Retrospectiva 2013 (4)
31/12/2013 | 15h18

A força insuperável do esporte continua insuperável. Boston Marathon (este vídeo saiu do ar, tente aqui);

A Trilha Perfeita;

Tenho estudado e procurado entender e colocar em prática este complexo método;

Será que vai rolar? A prova dos sonhos de 10 a cada 10 Maratonistas;

Este é o caminho. Ainda não tentou? Não sabe o que está perdendo. Bons treinos!

 

Comentar
Compartilhe
2º Desafio do Neném
31/12/2013 | 12h02

O lançamento do 2º Desafio do Neném vai acontecer nesta quinta (02/01) às 18 horas na Padaria Tutto dal Pane – - -rua Conselheiro José Fernandes, próximo à Avenida Pelinca. A largada do Desafio vai ser às 18 horas do dia 14/01 na Catedral de São Salvador --- a estrutura terá água no percurso e na chegada, isotônicos, frutas, massagem pós corrida, carro de apoio com profissionais da saúde e camiseta alusiva ao evento. Inscrições na Hering Store Pelinca --- 6, 7 e 8 de janeiro ou limite técnico de 50 corredores. Está chegando a hora, sejam bem vindos!

Comentar
Compartilhe
Retrospectiva 2013 (3)
30/12/2013 | 19h38
A Lenda ainda aprontando; Um cara que é referência para todos, corredores ou não; Personal Best em Berlin. Um luxo! Fala sério: estes corredores merecem ou não um aperto? Esta vai para os que pensam que a corrida na cidade tem apenas 5 anos; Personal Best em Buenos Aires? Também um luxo! Bela prova, grande corrida e inspirada dedicação; Belo trabalho de uma equipe acima da média; Quer saber quais os corredores que se destacaram este ano em Campos? Acesse aqui; Brincadeira esta corrida. Para os que gostam do verde, recomendo.
Comentar
Compartilhe
Comparando GPSs
30/12/2013 | 13h48

Se pretende adquirir e queres encontrar o GPS ideal para você, por aqui vai poder comparar os modelos. Siga a trilha:

Escolha a categoria no menu para preencher automaticamente as opções ou clique nos produtos para ativar suas próprias escolhas personalizadas. Uma vez que as caixa são sombreadas, clique no botão.

Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Retrospectiva 2013 (2)
29/12/2013 | 20h41
Segue o jogo:Aqui diz respeito a ter respeito por quem fez uma prova desta envergadura; Por aqui, declarações importantes numa data importante de um cara idem; Após 2 anos sem participar de uma prova, uma volta em grande estilo; Este foi o lançamento do importante projeto de corridas de rua na cidade. Onde tudo começou; Maravilha. Convite feito, convite aceito. 10! Seres Motrizes no Central Park? Show! Várias corridas na cidade em um mesmo mês? Bonito isso; Sabe aquele fim de semana perfeito? Foi este; Por aqui uma grande vitória de um grande cara. O poder do esporte continua inalterado; Elite A, B ou C? Que nada. Os caras gostam mesmo é de resenha. Bonita festa; Personal Best e muita superação? por aqui!
Comentar
Compartilhe
Superação no esporte
29/12/2013 | 13h21

O maratonista Iram Leon, 33, recebeu o diagnóstico de câncer no cérebro há três anos. Depois de uma cirurgia, ele retomou as provas levando a filha, Kiana, 7, que o acompanha num carrinho de bebê. Nascido em Chihuahua, no México, e morador do Texas, nos EUA, Leon trabalhava com jovens infratores e hoje está desempregado.

Os organizadores de uma corrida vencida por ele e pela filha em Austin iniciaram um fundo para pagar os estudos da menina e é possível enviar doações em dinheiro à dupla. Leia mais...

Fonte: Folha de São Paulo

 

Comentar
Compartilhe
Para inspirar o seu domingo Motriz
29/12/2013 | 08h36
[vimeo]http://vimeo.com/74386221[/vimeo] Bons treinos!
Comentar
Compartilhe
Retrospectiva 2013 (1)
28/12/2013 | 14h51

Sem a intenção de escolher os melhores posts - diante da profusão este ano - mas sim os mais representativos. Na verdade todos tiveram a sua função informativa, motivacional, ou simplesmente assuntos aos quais gosto. Beleza, vamos a eles.

O primeiro, é sobre um treino numa trilha secreta. Começando 2013 bem acompanhado;

Seguindo, o segundo diz respeito ao 1º Desafio do Neném, servindo de inspiração para o do dia 14/01/2014;

O seguinte fala sobre o barefoot - a arte de correr descalço - com dicas interessantes para quem vai para o litoral;

Este fez um grande sucesso. Diz respeito A Lenda. Se não sabes, leia para entender;

Por aqui, o meu primeiro treino com as huaraches.

Se ainda está por aqui, este é sobre um pedal abençoado. Bem legal;

Este é fantásticol. Fala sobre o dia que esta figura foi xingado pelo juiz;

Vamos em frente. Esta era para ser uma homenagem a um grande profissional e virou homenagem coletiva. Relevante;

Maravilha. Voltando ao tema corrida, esta foi uma singela homenagem aos corredores da Golden Four Asics, a prova;

Comentar
Compartilhe
Longo/futuro percurso
28/12/2013 | 10h22
Após os 10km de ontem (27/12) - - numa medição de possível futuro percurso para provas de 5 e 10km - - hoje teve mais 5km para a conta. Breve tem novidades. Bons treinos!
Comentar
Compartilhe
Em busca da Trilha Perfeita
27/12/2013 | 15h31
Comentar
Compartilhe
Lançamento do Desafio do Neném - Dia-Hora-Local
27/12/2013 | 05h30

O lançamento do 2º Desafio do Neném, que vai acontecer no dia 14 de janeiro ---véspera ao dia de Santo Amaro--- com saída às 18hs na Catedral de São Salvador e com distâncias de 37km - 25km - 13km -, terá o seu lançamento na próxima quinta (2/01/14) às 18 horas na Padaria Tutto dal Pane - - -rua Conselheiro José Fernandes, próximo à Avenida Pelinca.

Se estiver interessado e preparado, quer começar o ano em alto astral e em boas companhias, seja bem vindo. As inscrições serão realizadas na Hering Store - - - ao lado da padaria - - - nos dias 6, 7 e 8 de janeiro, ou o limite técnico de 50 vagas. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Rema Campos vence no exterior
26/12/2013 | 21h19

Atletas do Projeto Rema Campos sagrou-se vencedora do Duelo de Remo disputado na Argentina no dia 18 de dezembro. A vitória dos jovens atletas do remo de Campos  sobre a equipe do Clube de Remo Teotônia, no Rio Tigre, na cidade de mesmo nome, ocorreu após 40 horas de viagem. A equipe de Campos venceu na cidade, onde o remo é esporte tradicional, e conta com grande estrutura para a prática da modalidade, que é popular na cidade argentina. A equipe de Campos representou o Brasil na competição.

Foram determinantes os resultados vencedores nas provas Skiff Infantil, com Kevim Sá Damasceno; Skiff Aspirante, com Marcelo Junio Mendes de Oliveira; Double Aspirante, com Fabrício Teodoro dos Santos e Lucas Lopes Marins Azeredo e a prova mais esperada nas regatas, o Oito Com (ou Oito Gigante). “O entusiasmo e a alegria dos nossos atletas contagiou a todos durante a Regata na cidade de Tigre. Nossa equipe se empenhou muito e o resultado foi bastante merecido! Essa vitória valeu a pena pelo esforço pela viagem  porque a competição com equipe de alto nível na Argentina é um marco na história do remo de Campos”, destaca o presidente da Associação de Remo de Campos, Dimisson Nogueira, criador do Programa Rema Campos, que tem cunho de integração social.

- Temos recebido patrocínio muito importante da Prefeitura de Campos, através da Fundação Municipal de Esportes, e da Petrobras, para mantermos o programa funcionando. Para que nossa equipe de 12 atletas pudesse participar desta competição internacional no Duelo com o Teotônia, tivemos patrocínio especial da iniciativa privada. É bom fazer justiça e agradecermos o patrocínio da Coagro, Ortolink, SVG Construções, Vital Engenharia e a concessionária de veículos importados, Itakorea, que a exemplo da Prefeitura de Campos e da Petrobras, têm patrocinado o programa Rema Campos, cumpriram uma ação de responsabilidade social, ao patrocinarem a viagem que marca a história do Remo em Campos e principalmente na vida dos jovens atletas”, conclui Dimisson Nogueira.

Fonte: http://www.fmanha.com.br/esporte/remo-de-campos-vence-competicao-na-argentina

Comentar
Compartilhe
Desafio do Neném - Lançamento
26/12/2013 | 19h17

Este foi o primeiro --- janeiro de 2013. No próximo dia 14 de janeiro de 2014 tem mais. Amanhã (27/12), tem novidade por aqui, com dia e hora do lançamento. Sejam bem vindos!

Comentar
Compartilhe
Documentário
26/12/2013 | 17h51

O documentário sobre a São Silvestre --- a mais famosa corrida do Brasil, tanto por aqui como no exterior --- não trata somente da corrida, mas sim de sua relação com a cidade de São Paulo. Será lançado amanhã, dia 27/12, às vésperas da histórica corrida, realizada na virada do ano e sendo uma grande homenagem à cidade de São Paulo, cujas ruas servem de cenário para a emblemática competição.

Comentar
Compartilhe
1ª Meia Maratona de 2014
26/12/2013 | 14h58

1ª MEIA MARATONA INTERNACIONAL DE GOIÁS será realizada no dia 19 de Janeiro de 2014, na cidade de Caldas Novas/Goiás. Além da distância dos 21km, os corredores também poderão optar por 10km e 5km. Mais informações no site oficial da prova. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Elas e suas sapatilhas mágicas
26/12/2013 | 11h55
Comentar
Compartilhe
Saltos no treino de hipertrofia!? (Por Paulo Gentil)
26/12/2013 | 05h17

O regime de trabalho dos saltos pode fazer com que eles sejam um método eficiente para promover melhorias na potência, mas não na hipertrofia muscular. Basta estudar um pouco sobre o tema (eu recomendaria ler o russo Iuri Verskhoshanski) e veremos que a indicação do uso de saltos é justamente promover melhoras neurais SEM promover ganho de massa muscular, o que é especialmente importante para os atletas que querem melhorar a performance sem aumentar o peso.

Há uma revisão interessante de pesquisadores croatas publicada no prestigiado Sports Medicine na qual se conclui que o treino de pliometria (que seria uma versão intensa desses saltinhos que o pessoal anda fazendo nas academias) pode até induzir hipertrofia, mas os efeitos são pequenos quando comparados ao treinamento com pesos (Markovic & Mikulic, 2010).

Além disso, ao saltar a ênfase é dada nos ângulos de 90 graus para cima, sendo que é justamente nas maiores amplitudes que há maior recrutamento de glúteos e quadríceps (Bryanton et al., 2012) e é justamente quando se treina nelas que se ganha mais força e massa muscular (Bloomquist et al., 2013)

Ou seja, treina-se ao mesmo tempo de uma péssima forma tanto em termos fisiológicos quanto fisiológicos, quando se pensa em hipertrofia! Então, qual a ideia de enfiar saltos no meio dos treinos? Aí vem uns que dizem que saltar é "funcional". Não sei sobre vocês, mas conseguir saltar em cima de uma caixa não é uma função que eu preciso muito na minha vida...

Só mais uma coisa para as mulheres. As mulheres normalmente sofrem cinco vezes mais ruptura de ligamento cruzado anterior que os homens e essas lesões acontecem bastante após os saltos (Wild et al., 2012).

Enfim, o salto pode ter aplicações interessantes, mas cuidado para não se promover um desgaste desnecessário e sem um objetivo definido!

Paulo Gentil

Doutor em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília

Fontes:

Bloomquist K, Langberg H, Karlsen S, Madsgaard S, Boesen M, Raastad T. Effect of range of motion in heavy load squatting on muscle and tendon adaptations. Eur J Appl Physiol. 2013 Aug;113(8):2133-42. doi: 10.1007/s00421-013-2642-7. Epub 2013 Apr 20.

Bryanton MA, Kennedy MD, Carey JP, Chiu LZ. Effect of squat depth and barbell load on relative muscular effort in squatting. J Strength Cond Res. 2012 Oct;26(10):2820-8.

Markovic G, Mikulic P. Neuro-musculoskeletal and performance adaptations to lower-extremity plyometric training. Sports Med. 2010 Oct 1;40(10):859-95.

Wild CY, Steele JR, Munro BJ. Why do girls sustain more anterior cruciate ligament injuries than boys?: a review of the changes in estrogen and musculoskeletal structure and function during puberty. Sports Med. 2012 Sep 1;42(9):733-49.

Comentar
Compartilhe
Prestando contas
25/12/2013 | 19h31

Beleza, treino feito. Como diz o título, estou prestando contas do treino deste que vos fala (escreve). E hoje foi assim: Aquece 2km + 5x 100/30"+ 6x 300/1' + 1km voltando. Vamos em frente. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
"Quanto mais praticar, mais fácil você alcança resultados".
25/12/2013 | 17h31

Após ler esta frase acima, retirada do blog Correndo pela Vida e escrita pela Vanessa de Figueiredo Protasio, fui para mais uma corrida (neste dia, assim... sonolento). Se necessitas também de motivação pontual, recomendo. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Treino de Natal
25/12/2013 | 09h42

Mais um treino de confraternização de Natal realizado com velhos/novos amigos da corrida e da vida. Assim como em 2011 (aqui), 2012 (aqui), a diversão neste ano de 2103 foi garantida. Sem mais, bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Feliz Natal!
24/12/2013 | 13h04
Comentar
Compartilhe
Para quem já corre...
24/12/2013 | 05h51

...há algum tempo; busca melhoras da potência; não pensa em gasto calórico, muito menos em hipertrofia; quer dar um up na corrida, sem aquela de exercícios mágicos... Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Desafio do Neném - Inscrições!
23/12/2013 | 19h51

Boa tarde!! Acontecerá no dia 14 de Janeiro de 2014 o 2º Desafio do Neném. Desta vez o Desafio será ainda maior, pois no primeiro foram 33km correndo e desta vez o Desafio será de 37km.

Iremos dar a largada do Desafio em frente a Catedral às 18hs do dia 14/01 com a previsão de chagada às 23h (velocidade média em torno de 10km/h) do mesmo dia no distrito de Santo Amaro.

Portanto, se está pronto para o Desafio, seja bem vindo!

Serão duas pernas de 12km e teremos a última um pouco maior, medindo 13km. Então sinta-se convidado a participar do 2º Desafio do Neném e as inscrições acontecerão na Loja Hering Store no bairro Pelinca, serão 50 vagas.

Luiz Alberto Neném

Comentar
Compartilhe
O bicho vai pegar!
23/12/2013 | 16h00

A mais conceituada meia maratona do País --- Golden Four Asics --- que anunciou o seu calendário (aqui), ganhou um concorrente de peso para 2014. Como relatado em post anterior (aqui), a Mizuno 13.1 Half Marathon vem com tudo para entrar na preferência nacional.

Pois bem, tudo dentro da normalidade numa área, a corrida de rua, que não para de crescer pelo mundo. O único detalhe é que na abertura destas duas gigantes do esporte, as datas batem: dia 23 de março --- Golden Four/Porto Alegre e Mizuno 13.1/Belo Horizonte.

O bicho vai pegar. Bons treinos!

Fonte: http://www.runningnews.com.br

 

Comentar
Compartilhe
Maratona de Porto Alegre 2014
23/12/2013 | 13h20

A 31ª Edição da Maratona Internacional de Porto Alegre ---com logo da edição de 2013 em sua 30º edição--- está confirmada para o dia 18 de Maio de 2014. Em breve mais informações sobre a prova. Bons treinos!

 

Comentar
Compartilhe
Novo Circuito
23/12/2013 | 05h31

Em Belo Horizonte (MG), no dia 23 de março, terá início o circuito de meias maratonas Mizuno - as Mizuno 13.1 Half Marathon (distância percorrida em milhas, correspondendo aos 21.097 metros tradicionais) - que também passará por São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Brasília, em datas ainda a confirmar. Muito bom. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Emoção na conclusão de uma Maratona
22/12/2013 | 17h34
A imagem vale mais que 100 palavras. Bons treinos!
Comentar
Compartilhe
Levantamento de pesos para a corrida - minha versão
21/12/2013 | 18h42

O treinamento de força é um aspecto muitas vezes negligenciado por muitos corredores. Apesar dos avanços na compreensão do papel que desempenha este treinamento em nosso desenvolvimento como corredores de longa distância, ainda existem alguns mitos difundidos na comunidade de corredores  sobre a melhor maneira de abordar a melhoria da força específica.

Como a maioria dos mitos de longa data, os mal-entendidos sobre o treinamento de força vem de informações desatualizadas que tem sido transmitidas ao longo dos anos. Infelizmente, no mundo de hoje, onde qualquer um pode se tornar um treinador de corrida participando de um seminário de fim de semana ou leituras pouco confiáveis, via net, estes são fatos que contribuem para a propagação de desinformação, onde muitos corredores simplesmente repetem as informações que já "aprenderam" sem levar em conta as recentes descobertas, pesquisas e desenvolvimentos no esporte.

É frequentemente afirmado que o uso de altas repetições com baixo peso é a melhor maneira de construir a resistência à execução específica dos músculos. O processo de pensamento é que repetições altas, assim como maior quilometragem, irá melhorar a resistência muscular. Infelizmente, altas repetições e pesos baixos não preenchem a lacuna que o corredor necessita.

Em primeiro lugar, as pesquisas recentes mostram que a realização de repetições na faixa de 12-20 não aumentam a resistência muscular mais do que a faixa de repetição 6-8. Em segundo lugar, você já está trabalhando em sua resistência muscular na estrada ou nos exercícios de pista. O objetivo do trabalho de força é construir força para executar rotinas e escalas que visam esse objetivo, pois esta é a idéia.

Portanto, ao invés de usar pesos leves e muitas repetições, você deve levantar o peso próximo do máximo que você pode lidar com segurança para 6-10 repetições (claro, tudo vai depender das fases do seu treinamento. Por exemplo, não vai trabalhar peso pesado na musculação as vésperas de uma maratona, ou meia, assim como uma competição curta). A faixa de repetições entre 6-10 permite a sobrecarga muscular máxima ou sub máxima e vai recrutar o maior número de fibras musculares, levando a um aumento da força.

A próxima vez que você se dirigir para a sessão de treinamento de força, considere a redução de suas repetições acrescentando mais peso para o seu exercício. Você vai maximizar seus ganhos desta importante Qualidade Física muito mais rápido.

Quando sugiro para os corredores que serão melhores servidos com o levantamento de pesos pesados??, a reação inicial é : "eu quero ser como o Mo Farah e não como o Arnold Schwarzenegger". Este medo vem de um mal-entendido de como "aumentar a massa magra" realmente ocorre .

Massa muscular não é determinada por levantamento de pesos pesados ??sozinho. De fato, levantamento de pesos pesados ??é a parte menos importante da equação. Nutrição - calorias especificamente em excesso - é o que contribui para aumentar a massa ao levantar pesos pesados, assim como para quem quer perder peso a quilometragem em si não é o fator mais importante, mas sim o balanço calórico negativo, ou seja gastar mais do que se consome.

Além disso, como a quantidade de tempo que você vai gastar na corrida que por muito supera a quantidade de tempo que você gasta no levantamento de pesos, será praticamente impossível para você ganhar massa indesejada ou prejudicial (a não ser, é claro, que você inverta os pápeis, com mais tempo e força nos pesos que na corrida).

Para os iniciantes, de 1 a 2 vezes por semana já se cumpre o seu importante papel. Para os avançados na corrida - por volta de 3 anos em diante e com provas mais longas no currículo - recomendo de 2/3 vezes por semana. Conforme as competições avançam, mais concentração na corrida e menos na sala de musculação - nesta época do ano dezembro/fevereiro, período de poucas provas e descanso de mais um ano de treinos e competições, sem contudo perder a força ganha, recomendo o peso pesado como foco.

Não tenha medo deste novo olhar se você está incluindo o levantamento de pesos em sua rotina de corrida. Reflita. Bons treinos!

Msc. Marcos Almeida

Fonte para leitura: http://running.competitor.com

Comentar
Compartilhe
Que isso?
21/12/2013 | 16h26
Esta é a Marathon du Mont-Blanc 2014. A montanha me fascina, encanta e motiva. Bons treinos! [vimeo]http://vimeo.com/74386222[/vimeo]
Comentar
Compartilhe
Mais um...
21/12/2013 | 11h51

...treino realizado com louvor. Para os que ainda não foram neste fim de semana e sabem da sua importância para manter-se atualizado com os treinos e também com o, digamos, "corpito" em dia, bons treinos e grandes emoções!

Comentar
Compartilhe
Não invente, movimente-se!
21/12/2013 | 07h38
 
Comentar
Compartilhe
Para recordar: cenas do 1º Desafio do Neném
20/12/2013 | 17h27

Por aqui e aqui, cenas do 1º Desafio do Neném que aconteceu no dia 15 de janeiro de 2013 --- Dia de Santo Amaro --- para lembrar e motivar ainda mais os que pretendem enfrentar esta aventura. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Parceria Motriz...
20/12/2013 | 14h47
...predileta. Bons treinos!  
Comentar
Compartilhe
Treinador
20/12/2013 | 12h25

Com este belo texto abaixo, o (muito bem interessante) site da Garmin vende - e muito bem, por sinal - o seu ótimo peixe. Gostei!

“Treinador” é um título que assume significados diferentes para atletas diferentes.

Um treinador é um filósofo, um veterano, um guru, um experimentador, um analista, um ditador e um mediador. Por vezes, um treinador é alguém que sabe como deveria ser o desempenho de uma pessoa, mesmo quando ela tem dúvidas...
Comentar
Compartilhe
Boa!
20/12/2013 | 05h23

Esta post vai para aqueles que estão sempre a procura do melhor esporte e não do melhor esporte para você mesmo, sem modismos, baseado no que te agrada. O conceito de melhor depende de n fatores. Em síntese, o prazer na sua prática é que te leva a uma sistematização da sua rotina, perpetuando o movimento na sua vida. Fica a dica. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Mudou!
19/12/2013 | 20h01

Uma nova cartilha publicada nesta quarta-feira no periódico The Journal of the American Medical Association (Jama) sugere que milhões de pessoas ao redor do mundo devem reduzir a quantidade de remédio para controlar a pressão alta.

Segundo as novas diretrizes, que levaram cinco anos para ser elaboradas, pessoas com mais de 60 anos podem atingir 15 como limite de pressão sistólica (máxima), antes de iniciar um tratamento para reduzi-la. O limite para a diastólica (mínima) permanece 9. Nos últimos trinta anos, médicos preconizam como saudável uma pressão arterial inferior a 14 por 9.

A pressão sistólica mede a força que o coração imprime sobre a parede das artérias. Já a diastólica calcula o momento em que o órgão relaxa e se enche de sangue.

A hipertensão é uma doença que pode causar ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, insuficiência renal e morte, se não for tratada adequadamente. "Esse estudo se baseou em evidências para recomendar limites rigorosos de tratamento, metas e medicamentos para hipertensão em adultos", informa o artigo, elaborado por dezessete especialistas.

Segundo Paul James, coautor da cartilha e chefe do departamento de medicina familiar da Faculdade de Medicina Carver, da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, estudo clínicos mostraram que critérios mais rígidos não se revertiam em vantagens para os pacientes. "Nós realmente não pudemos ver benefícios em reduzir a pressão para menos de 15 em pessoas acima de 60 anos. Ficou muito claro que 15 era o melhor número", diz.

Fonte: http://veja.abril.com.br

Comentar
Compartilhe
Circuito das Estações: sai Adidas e entra Mizuno
19/12/2013 | 17h29

Boas novas neste circuito de corridas que é um verdadeiro sucesso - focado nos corredores iniciantes - que agora tem como patrocinador a Mizuno em lugar da gigante Adidas.

O calendário do circuito 2014 já foi lançado (aqui) com a etapa outono sendo disputada em 9 cidades - no Rio de Janeiro vai ser no dia 9 de março de 2014 -. Bons treinos!

 

Comentar
Compartilhe
2º Desafio do Neném
19/12/2013 | 14h38
Breve, dia do lançamento, fiquem ligados. Sejam todos muito bem vindos!    
Comentar
Compartilhe
Estado da Arte
19/12/2013 | 05h33
Comentar
Compartilhe
Data da Meia Maratona do Rio de Janeiro
18/12/2013 | 15h18

A Meia Maratona do Rio de Janeiro definiu sua data para o calendário de corridas de 2014. Será no dia 31 de agosto com a novidade de uma prova de 5km.

Assim como define o regulamento dos 21km "A LARGADA da MEIA MARATONA será na Praia de São Conrado - Av. Prefeito Mendes de Morais e a CHEGADA no Aterro do Flamengo, conforme percurso detalhado divulgado no site do EVENTO".

Para os 5km o regulamento diz que a "LARGADA da CORRIDA 5K será no Aterro do Flamengo (Praça Arquiteto Laércio Sampaio, em frente as quadras de society) e a CHEGADA no Aterro do Flamengo (mesmo local da Meia Maratona), conforme percurso detalhado divulgado no site do EVENTO".

A largada da meia será às 8:58, sendo na minha opinião, o ponto fraco da prova. Já a corrida de 5km será às 8 horas. O ano promete. Bons treinos!

Fonte: http://www.yescom.com.br/meiadorio/2014/portugues/index.asp

Comentar
Compartilhe
Programação Esportiva do Farol - 2014
18/12/2013 | 12h19
DATA HORA LOCAL EVENTO
06,07,08,09/01 17h às 22h Quadra de Futsal de Santo Amaro TORNEIO DE FUTSAL DA BAIXADA
11/01 e 12/01 8h às 15h Próximo Ao Stand do Meio Ambiente TORNEIO DE FUTEVOLEI
11/01 e 12/01 10hs a s 17hs Arena Campeonato Evangelico - Futebol Areia
12-jan 8hs Colônia de Férias Atividade de Lazer - Melhor Idade
17-jan 21hs Arena Jungle Fight - MMA Masc. (Com Tv)
18/01 e 19/01 10hs a s17hs Xexé Torneio de Frescobol
18-jan 21hs Arena Pink Fight - MMA Fem. (Com Tv)
18-jan 9hs as 15hs Arena Volei ( Dupla) / 4x4 - Fem e Masc
25-jan 8hs as 16hs Em Frente ao Stand do Meio Ambiente Festival Radical ( Skate, Slack line, Weeling)
25/01 e 26/01 8h às 16h Arena REGIONAL DE BODYBOARD
26-jan 14h às 16h Arena FUTEBOL DOS ARTISTAS - MASCULINO
2-fev 9h às 16h Alambique Lelei FUSCACROSS
01/02 E 02/02 08hs Arena Copa Master
2-fev 8hs30 as 10h30 Em frente ao Clube Náutico Corrida de Rua - Um dia pela vida
8-fev 14hs Arena Seleção Carioca (Anos 80/90) x Sel. Campos
9-fev 14hs Arena Futebol Artistas - Feminino
16-fev 08hs Colônia de Férias Atividade de Lazer - Melhor Idade
16-fev 08hs a s 10hs Orla da Praia Passeio Ciclístico
22/02 e 23/02 08hs as 16hs Pier Surf
22-fev 16hs as 19hs Arena Festival de Artes Marciais
Eventos Diários Horários Local Modalidade
DE 07/01 a 26/02
Terça a Sexta 16hs/ 18hs Arena Futebol de areia
Terça, quarta e quinta 21hs as 23hs Arena Campeonato de Fut. De Areia
Terça e Quinta 21hs a 0hs Campo de Futebol ( Lagamar) Futebol de Campo
Terça a Sexta 16hs a s18hs Xexé Escolinha de Volei de areia
Terça a Sexta 07hs as 10hs Academia Viva Mais Musculação
Treça a Sexta 16hs a s20hs Academia Viva Mais Musculação
Sabado 08hs a s11hs Academia Viva Mais Musculação
Terça a Sexta 17hs a s18hs Palco Oficial Body Mix (Body Combat, Jump)
Terça a Sexta 08hs as 10hs Tenda Cultural Treinamento Funcional (Mat Pilates)
 
Comentar
Compartilhe
Em busca da Trilha Perfeita
18/12/2013 | 05h54
Comentar
Compartilhe
Arnold Conference Classic 2014
17/12/2013 | 18h39

Abaixo, informações sobre o Arnold Conference Classic 2014 que vai acontecer no RJ entre os dias 26 e 27 de abril de 2014.

A abertura oficial deste evento se dará com a presença do Arnold Schwarzenegger, Dr. Steven Fleck, Dr. Roberto Simão e Dr. Paulo Muzy.

A cerimônia de abertura terá como temática: Métodos e formas de treinamento para uma epidemia chamada, obesidade.

 

  • Não será vendido separadamente ingresso e/ou inscrição para as palestras de abertura.
  • Esta promoção é válida a partir de 12 horas (meio-dia) do dia 10/12/13 (dez de dezembro de dois mil e treze) terça-feira
  • Só será válida para os primeiros 300 (trezentos) inscritos em qualquer um dos módulos do Arnold Conference 2014
  • Será válido para inscrição somente em módulo completo
  • Nos casos de inscrição para o módulo de corrida de rua, bodybuilders que acontece somente um dia, também será aceita
  • A retirada do convite para a cerimônia de abertura acontecerá no dia 25/04/14 a partir das 16h, no Windsor Barra Hotel, juntamente com o credenciamento dos demais inscritos. Somente será feito com a presença do inscrito e apresentação de documento pessoal. Não serão aceitas procurações, autorizações nem demais documentos.

 
Comentar
Compartilhe
Calendário de corridas 2014
17/12/2013 | 13h44

Por aqui, mais um bacana calendário de corridas para você programar o seu ano de 2014. Não precisa se afobar e correr todas as provas, foque nas distâncias e provas mais interessantes, converse com o seu treinador e após aprovação de ambos, divirta-se. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
2º Desafio do Neném: Medalhas
17/12/2013 | 05h42

Estas são as medalhas do 2º Desafio do Neném em versões 37km, 25km e 13km, desta corrida que vai acontecer no dia 14 de janeiro com saída às 18 horas da Catedral de São Salvador. Breve, teremos mais informações por aqui. Vamos nessa? Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Evolução
16/12/2013 | 19h35
data Prova distância real ritmo tempo
5/5/13 I corrida Premium Automóveis 5K 4,96Km 4:24 00:21:50
14/7/13 Campos Run 2ª Etapa 5K 4,82Km 4:38 00:22:20 subida, ponte
21/7/13 Macaé 200 anos 10K 9,96Km 5:00 00:49:48 subida forte no km 2
25/8/13 2ª Corrida Jornal 3ª Via 8K 7,68Km 4:37 00:35:25
13/10/13 7ª Corrida da Penha 10K 9,62Km 4:34 00:43:57
19/10/13 Campos Run 5ª Etapa 6K 6,06Km 4:11 00:25:23
26/10/13 1ª Fera Night Run Campos 10K 9,18Km 4:17 00:39:18
30/11/13 1ª Campos Night Race 10K 7,14Km 4:09 0:29:35
14/12/13 1ª Macaé Night Race 5K 4,46Km 4:03 0:18:07 trechos acidentados(obras), pedra e blocos

Este arquivo me foi enviado por um corredor onde se pode observar sua evolução neste ano de 2013. Atente para os paces mostrados nas mais variadas distâncias. Parabéns ao Ser Motriz em questão, 2014 promete. Bons treinos!

Atualizado às 5:33 de terça (17) relacionado a correção de conteúdo.

Comentar
Compartilhe
Do outro lado da terra também é febre
16/12/2013 | 16h00

A "febre"deste esporte contagiou o mundo. Através destas fotos --- em prova que não sei qual, mas que foi no oriente --- percebe-se todo o estilo destes corredores do outro lado da terra. Para que gosta de observar fotos, assim como eu, nota-se algumas peculiaridades entre os corredores. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Datas da Golden Four Asics 2014
16/12/2013 | 12h12
Parece que estas serão as datas do interessante circuito de meias maratonas rápidas --- com saída às 7 da manhã e uma grande estrutura pré e pós prova, um luxo! -- da Golden Four Asics 2014. 23/03 – Porto Alegre 06/04 – Rio de Janeiro 03/08 – São Paulo 09/11 – Brasília Fonte: http://www.corridaurbana.com.br/2013/12/golden-four-asics-2014-divulga-calendario/  
Comentar
Compartilhe
2º Desafio do Neném
15/12/2013 | 19h29

 

Estas fotos foram do 1º Desafio do Neném --- janeiro de 2013 --- onde aproveito para lembrar que em 2014 teremos a 2º Edição do Desafio do Neném. Breve divulgarei por aqui --- dia, hora e local do lançamento --- assim como o número total de vagas com dia e local da largada. Para adiantar, por hora, estas vão ser as distâncias do Desafio: 37km/25km/13km. Bons treinos e grandes emoções!

 

Comentar
Compartilhe
Nova atividade (via Bodytech)
15/12/2013 | 17h00

[vimeo]http://vimeo.com/79855806[/vimeo]

Atenta à nova tendência em fitness de treinamentos de alta intensidade e curta duração, “HITT – High Intensive Trainning”, a Bodytech traz ao Brasil com exclusividade o “20 Minute Workout”, atividade criada pelo americano Brett Hoebel, profissional renomado internacionalmente, especialista em fitness e ex-treinador do sucesso na TV americana “Biggest Loser”. A nova modalidade consiste em sequências de 30 a 60 segundos de exercício intenso (próximo ao limite), utilizando apenas o peso corporal e alternando os grupamentos musculares seguidos de um período destinado a recuperação. Para o lançamento, o criador Brett Hoebel veio ao Brasil e certificou a equipe Bodytech para ministrar a modalidade nos seus preceitos que já são sucesso lá fora.

Fonte: http://vimeo.com/79855806

Comentar
Compartilhe
Resultados da Campos Night Race 2013
15/12/2013 | 08h06
Por aqui, via site oficial do evento, foram disponibilizados os resultados da corrida Campos Night Race 2013 que aconteceu dia 30/11/13 - Cepop - tendo, segundo a organização do evento, as distâncias de 3km, 5km e 10km. Fonte: http://www.runnunes.com/#!resultados/c1fzp
Comentar
Compartilhe
Para animar (motivar) o seu fim de semana!
14/12/2013 | 16h47
Comentar
Compartilhe
É festa?
14/12/2013 | 12h13

Os vizinhos me perguntam periodicamente: é festa todo este movimento às 5 horas da matina? E eu respondo: não, é treino! Bons treinos, pois as emoções vem de bônus.

Comentar
Compartilhe
Sério?
13/12/2013 | 19h53
Matéria na íntegra (aqui) no site da Revista Veja SP. Atualizado às 7:03 de sábado (14/12) relacionado a acréscimo de conteúdo.  
Comentar
Compartilhe
Bank of America Chicago Marathon 2014: cadastre-se!
13/12/2013 | 16h20

As inscrições para o Bank of America Chicago Marathon 2014 será aberto em março. Dados cadastrais completos serão comunicados em janeiro através do site. Clique no link a seguir para receber as atualizações e o registo em janeiro: http://www.chicagomarathon.com/event-information/e-newsletters/mile-by-mile-newsletter-signup.

Ótimos treinos e grandes emoções!

Comentar
Compartilhe
Pura poesia
13/12/2013 | 13h45
[vimeo]http://vimeo.com/50658224[/vimeo]
Comentar
Compartilhe
Corridas de montanha (2): calendário do campeonato carioca
13/12/2013 | 10h10

Confira as etapas do Campeonato Carioca 2014 das corridas de montanha. Inscrição e informação, por aqui: www.corridasdemontanha.com.br. Bons treinos!

 

Comentar
Compartilhe
Corridas de montanha 2014 (1)
13/12/2013 | 05h21

Estas são as etapas do Copa Paulista de corrida de montanha 2014, vertente da corrida bem interessante e divertida --- apesar de todo o  "sofrimento" --- e que não para de crescer. Mais informações no site www.corridasdemontanha.com.br. Bons treinos e grandes emoções!

Comentar
Compartilhe
Inscrições abertas!
12/12/2013 | 18h35
 

Muito aguardada pelos amantes do trail running e fãs das provas que levam a assinatura Bombinhas Runners, o evento promete trazer emoção e beleza do início ao fim.

A prova que será realizada no dia 17 de Maio de 2014 ocorrerá nas paradisíacas cidades de Bombinhas, Itapema e Porto Belo. Serão oferecidas as modalidades: 100K – 84K – 65K – 50K – 21K – 12K (Individual)

Cada uma das cidades receberá 2 largadas com horários diferentes de início e todas as provas terão chegada na cidade de Porto Belo.

Para se inscrever com valores promocionais clique aqui.

Maiores de 60 anos e assessorias esportivas poderão se inscrever diretamente com a organização através do e-mail [email protected].

Confira o site oficial da prova ou nos acompanhe no FacebookTwitter.

Patrocínio: Prefeituras Municipais de BombinhasItapemaPorto Belo

Contato: [email protected]

Organização: Bombinhas Runners

Comentar
Compartilhe
News: Triathlon da Lagoa de Cima adiado para o dia 2 de Fevereiro.
12/12/2013 | 13h48

Em razão das fortes chuvas que assolam o Estado do Rio de Janeiro, a Prefeitura de Campos dos Goytacazes preferiu adiar a prova pois o local do evento encontra-se em péssimas condições. Infelizmente esta decisão teve que ser tomada, uma vez que o Poder Público local precisa focar o atendimento às situações de emergência que estão ocorrendo.

Os atletas que já se inscreveram podem solicitar a devolução da importância paga, ou a transferência para a nova data. Na foto, a rampa de saída da natação onde existe uma praia com areia, agora tomada pela água e detritos.

Fonte: Facebook da Federação de Triathlon do Estado do Rio de Janeiro.

Comentar
Compartilhe
Para motivar
12/12/2013 | 05h39

Este post é para motivar os que precisam ser motivados e estimular os que precisam de estímulo direcionado ao movimento Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Vai ser inesquecível!
11/12/2013 | 18h57

Nos últimos 117 anos, 443.272 corredores oficialmente terminaram a Maratona de Boston. Isso significa que quase meio milhão de medalhas de finisher foram entregues. Em 2014, esta prova promete ser inesquecível, visto todos os tristes acontecimentos deste ano. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Tríade da atleta feminina: desordem alimentar (bulimia ou anorexia); amenorréia (ciclo menstrual ausente); osteoporose.
11/12/2013 | 14h38

Este texto explica, de forma clara e didática, os fatores negativos nos esportes de endurance e sua relação com as mulheres. Discorre sobre a maior incidência de lesões por stress relacionada ao gênero e sua ligação com a "tríade da atleta feminina". Leitura importante para todos. Bons treinos!

A mulher e a fratura por estresse

As fraturas de estresse, que outrora eram quase que exclusividade de atletas de alta “performance” e militares têm se tornado lesões cada vez mais comuns entre esportistas. O que se têm observado nas clínicas de medicina esportiva é que esportes como o Triatlhon, corrida de montanha, maratona, ultra-maratona e demais esportes de endurance, fazendo com que o atleta ultrapasse a resistência fisio-histológica do osso e também por esgotamento muscular (esforço excessivo) com a falta de absorção de impactos acumulativos.

Invariavelmente, os músculos fadigados transferem a sobrecarga do stress para o osso ocorrendo a fratura por stress.

A participação feminina em atividades atléticas cresceu enormemente neste último quarto de século. Hoje, as mulheres constituem mais de 40% de todos os corredores de rua. Essa participação aumentada resultou em uma incidência maior de lesões por overuse.

As fraturas por estresse são lesões por overuse comuns observadas em corredores do sexo feminino e masculino.

Essas lesões afetam atletas em uma ampla variedade de atividades esportivas. Estudos têm mostrado resultados que indicam que as mulheres têm mais fraturas por stress do que os homens. Muitos ortopedistas atribuem este fato a uma condição conhecida como “a tríade da atleta feminina”: desordem alimentar (bulimia ou anorexia); amenorréia (ciclo menstrual ausente); osteoporose.

Dr. Adriano Leonardi (CRM/SP 99660) é Médico ortopedista especialista em cirurgia do joelho e traumatologia do esporte. Mestre em ortopedia e traumatologia pela Santa Casa de São Paulo

Fonte: http://www.runningnews.com.br

Comentar
Compartilhe
Corrida de São Sebastião 2014
11/12/2013 | 12h05
A CORRIDA DE SÃO SEBASTIÃO CAIXA é o mais tradicional evento esportivo da cidade, fazendo parte do calendário de eventos oficiais da Cidade conforme Decreto lei nº 4.760, e é realizado em comemoração ao dia do nosso padroeiro.
Data: 20/01/2013
Local: Aterro do Flamengo
Distâncias: 5 Km e 10 Km Estão abertas as inscrições para o evento, faça sua!!! - Percurso 5 km e 10 km - Corrida de São Sebastiãozinho (para crianças de 3 a 14 anos) Mais informações, por aqui: http://www.corridadesaosebastiao.com.br  
Comentar
Compartilhe
Sente o drama!
11/12/2013 | 05h29

Treino de pista de hoje encarado e realizado debaixo de chuva. 20' trote aquecimento/educativos/24 x 400m p/ 1'13'' - 1'14'' c/ intervalo de 50'' trote (a pista molhada segurou bastante)/+ 15' trote desaquecendo. No final da tarde mais 50min de rodagem.

Adriano Bastos (via facebook).

Comentar
Compartilhe
Ultra desafio em Costa Esmeralda
10/12/2013 | 20h23
As inscrições para a INDOMIT Costa Esmeralda Ultra Trail iniciam hoje, 10 de Dezembro.
Muito aguardada pelos amantes do trail running e fãs das provas que levam a assinatura Bombinhas Runners, a 1ª edição da INDOMIT Costa Esmeralda Ultra Trail promete trazer emoção e beleza do início ao fim.
A prova que será realizada no dia 17 de Maio de 2014 ocorrerá nas paradisíacas cidades deBombinhas, Itapema e Porto Belo. Serão oferecidas 6 modalidades individuais sendo 4 delas dentro da categoria ultramaratona.
Cada uma das cidades receberá 2 largadas com horários diferentes de início e todas as provas terão chegada na cidade de Porto Belo.
INDOMIT é o novo Circuito Trail sob a tutela Bombinhas Runners que tem o objetivo de ser realizado em lugares surpreendentes e o desafio de figurar entre os mais "duros" de sua categoria.
Para quem vai participar desta grande aventura as inscrições com valores promocionais iniciam hoje, dia 10 de Dezembro, através do site oficial do evento:www.indomit.com.br/costaesmeralda.
Maiores de 60 anos e assessorias esportivas poderão se inscrever diretamente com a organização através do e-mail [email protected]

Data: 17 de Maio de 2014.

Modalidades: 100K – 84K – 65K - 50K – 21K - 12 Km (Individual).

Patrocínio: Prefeituras Municipais de Bombinhas, Itapema e Porto Belo

Contato: [email protected]

Organização: Bombinhas Runners

 
Comentar
Compartilhe
Fazer sexo queima metade das calorias da corrida
10/12/2013 | 14h37

Não é de hoje que os pesquisadores buscam entender o impacto do sexo na saúde e na qualidade de vida. A literatura cientítica aponta que na década de 1950 casais já eram avaliados durante o ato sexual. Naquela época, pairava a dúvida se o sexo poderia precipitar um ataque cardíaco.

Felizmente, vários outros estudos mostraram que a frequência cardíaca sobe durante a relação sexual, mas em níveis toleráveis. Em um estudo de 2008, por exemplo, a frequência cardíaca dos sujeitos (de meia-idade) durante o orgasmo foi parecida a de uma série de abdominais. A conclusão foi a de que o risco de parada cardíaca relacionada ao sexo é muito pequeno, mas pode ser maior quando o ato é extraconjugal...

Mas e o sexo como condionamento físico? Quanto? Antony Karelis, professor de ciência do exercício da Universidade de Quebec, em Montreal, quis tirar isso a limpo. Ele decidiu medir a quantidade de energia realmente gasta durante o sexo. O estudo foi publicado na revista PLoS One.

Karelis e seus colegas recrutaram 21 casais de namorados heterossexuais com idade média de 23 anos. Primeiro, eles correram em esteiras por 30 minutos, enquanto os pesquisadores monitoraram o gasto de energia para depois comparar com exigências físicas do sexo.

Em seguida, os pesquisadores deram aos voluntários uma braçadeira que monitora o esforço em termos de calorias e METs (equivalente metabólico da tarefa), uma medida fisiológica que compara uma atividade com outra. Por exemplo, uma pessoa sentada e imóvel significa uma tarefa de 1 MET.

Os casais foram para casa orientados a concluir pelo menos um ato sexual por semana durante um mês, usando as braçadeiras. Também tinham que preencher questionários sobre como se sentiram em cada "sessão", fisica e psicologicamente, especialmente em comparação com a corrida na esteira.

Os pesquisadores concluíram que o sexo funciona como "exercício moderado". É uma atividade de 6 MET para os homens e de 5,6 MET para as mulheres. Isso seria equivalente a jogar duplas de tênis ou subir uma escada.

A corrida, como já era de se esperar, foi mais árdua, uma atividade de 8,5 MET para os homens e de 8,4 MET para as mulheres _embora alguns homens tenham gasto mais energia por breves períodos durante o sexo do que enquanto corriam.

Durante o sexo, os homens queimaram quatro calorias por minuto, enquanto as mulheres só três. A relação sexual durou em média 25 minutos (mas nem adianta perguntar sobre as posições porque o estudo não revelou quais foram). Na corrida, os homens queimaram cerca de nove calorias por minuto, enquanto as mulheres cerca de sete.

Resumo da ópera: o sexo pode ser considerado um exercício significativo e, por isso, vale a pena incentivá-lo como forma de combater o sedentarismo, segundo os pesquisadores. Noventa e oito por cento dos voluntários também relataram que fazer sexo foi mais divertido do que correr (ah, vá!). Os outros 2%, suponho, devem estar com problemas em casa...

Cláudia Collucci - (é repórter especial da Folha, especializada na área da saúde. Mestre em história da ciência pela PUC-SP e pós graduanda em gestão de saúde pela FGV-SP, foi bolsista da University of Michigan (2010) e da Georgetown University (2011), onde pesquisou sobre conflitos de interesse e o impacto das novas tecnologias em saúde. É autora dos livros "Quero ser mãe" e "Por que a gravidez não vem?" e coautora de "Experimentos e Experimentações". Escreve às terças, no site).

Fonte: http://www.folha.uol.com.br

 
Comentar
Compartilhe
Corrida Vertical - Inscrições abertas!
10/12/2013 | 05h12

As inscrições são gratuitas bastando, no entanto, a doação de 1 litro de leite em caixa. É muito divertido a participação neste evento. Ano que vem será realizado um Circuito de Corridas Verticais em Campos nos vários prédios de nossa cidade. Diversão, atividade física, competição e lazer esportivo para todos. INSCREVA-SE JÁ e garanta sua camiseta.

Victor Longo Braz (via Facebook)

Comentar
Compartilhe
WTR- World Trail Run - Arraial do Cabo
09/12/2013 | 19h13

O WTR Arraial do Cabo será no dia 24/05/2014! Reserve na sua agenda para o calendário do próximo ano. Abriremos as inscrições na próxima semana e teremos distâncias de 21km e de 10,5km como nos anos anteriores.

Organização WTR

Comentar
Compartilhe
Costa Esmeralda Indomit UltraTrail
09/12/2013 | 14h09

Prezados Runners,

Gostaríamos de agradecer a cada um de vocês que foram fundamentais para o sucesso das provas organizadas por Bombinhas Runners no Brasil.

Desde a sua criação em 2009 crescemos com vocês, fazendo com que o encontro do trail running nacional aconteça em Bombinhas.

Acima de tudo acreditamos na importância da busca constante por superar-se, em ações inovadoras e diferenciadas.

Muitos de vocês já sabem do nosso novo projeto na direção da Costa Esmeralda Ultra Trail Marathon, que será realizada no dia 17 de Maio de 2014 e terá abertura das inscrições no dia 10 de Dezembro.

Nosso projeto, muito ambicioso por sinal, é que esta prova seja o primeiro passo para um novo circuito internacional, dentro das dimensões de uma ultramaratona. O nome escolhido para o mesmo foi INDOMIT!

Assim como Mahatma Gandhi estamos convictos que: A força não provém da capacidade física e sim de uma VONTADE INDOMÁVEL.

 

A escolha de Costa Esmeralda não foi por acaso. Além de estar localizada na região aonde Bombinhas Runners iniciou, possui todos os predicados para se realizar uma belíssima ultramaratona tais como: diversidade geográfica, acessibilidade, estrutura turística e apoio municipal.

Estamos muito motivados e empenhados em realizar um evento inesquecível.

 

Venham ser parte deste grande desafio. Aguardamos vocês na INDOMIT Costa Esmeralda Ultra Trail!

Atenciosamente,

Equipe Bombinhas Adventure Runners

Mais informações, por aqui, no site oficial da prova.

 

Comentar
Compartilhe
Coleção de medalhas
09/12/2013 | 11h45

Já participei de inúmeras corridas nestes meus 30 e poucos anos de movimento. Tenho registrado em minha memória provas como duatlons, triathlons, 5kms, 10kms, meias maratonas e maratonas sem ter guardado, fisicamente, nenhuma medalha destes momentos. Os que convivem mais proximamente a mim sabem: gosto mesmo é de uma camisa de corrida!

Bem, entendo e respeito os que tem uma verdadeira coleção de medalhas e as vezes, na verdade poucas vezes, até me arrependo de não ter registrado, como disse, fisicamente estas participações. Acima e abaixo percebe-se como fica bacana uma coleção das participações em eventos Motrizes. Se estás começando agora, reflita se no futuro este ato vai lhe ser importante. Bons treinos!

Comentar
Compartilhe
Enquanto isso... inspire-se!
08/12/2013 | 17h41
Comentar
Compartilhe
Boa polêmica (2): Método Dr. Phil Maffetone- Sem treino de Força
08/12/2013 | 13h20

Bem, mais um artigo, este, desenvolvido pelo Dr. Phil Maffetone - uma referência mundial no treinamento de corredores amadores e elite - que faz um contraponto bem interessante ao artigo anterior. Segundo a sua linha, trabalha-se basicamente com frequências cardíacas muito baixas e calculadas de acordo com a sua idade ---(180-age, com variáveis)---  e executada durante treinos por um longo período, podendo ir até 6 meses.

São 12 semanas iniciais rodando em alto volume e baixa FC. No inicio, para a mesma FC, a velocidade fica bem lenta e durante as doze semanas subsequentes a velocidade aumenta até chegar a um ponto chamado platô, para a mesma FC, com objetivo de transformar o organismo do atleta. Após esta fase entra-se nos treinos de velocidade que são feitos em torno de 20 minutos.

Este exemplo, aplicado numa pessoa de 40 anos e com problema de joelho  - diminui 5 batimentos por isto -  exercitando 2/3 x por semana, seguindo o que o programa indica:

Exemplo: Você tem 40 anos, tem se exercitado 2-3 vezes por semana durante os últimos 3 anos, mas têm problemas de saúde, incluindo dor nos joelhos: 180-40 - 5= 135BPM. Vamos dizer que você tem 40 minutos para ir para uma corrida: Warm-Up (aquecimento), aumentando a sua FC até 115-125 por 15 minutos; Mantenha a frequência cardíaca entre 125-135 por 10 minutos; Cool-Down (volta a calma), 15 minutos diminuindo a sua FC de 125 até a sua frequência cardíaca de marcha normal.

Definições: O que é: método desenvolvido por Phill Maffetone que consiste em fazer seus treinos de corrida numa certa faixa de batimentos cardíacos, com os seguintes objetivos: -não estressar desnecessariamente o organismo e manter o exercício num nível aeróbio (fonte: http://professoradolfo.blogspot.com.br/2012/09/o-metodo-maffetone.html).

Por aqui, ou abaixo, do blog do Adolfo Neto, se se interessar em realizar ou até mesmo para conhecer esta linha de trabalho, vai entender melhor e ficar muito bem informado. Bons treinos!

 

Quer Velocidade? Vá Devagar! Pelo Dr. Maffetone O monitor de ritmo cardíaco (1) ainda é um companheiro de treino subavaliado e mal compreendido: Hoje em dia, muitos corredores têm monitor, mas não tiram dele o proveito correspondente ao seu custo. Na verdade, os HRM são apenas unidades de bio-resposta (2). O Dicionário Médico de Dorland define bio-resposta como “o processo que fornece informação audio-visual sobre o estado duma função do corpo humano de modo a poder-se exercer controle sobre essa função”, Como estudantes nos anos 70 envolvidos num projecto de investigação, medimos as respostas do ser humano a vários estímulos psicológicos; sons, efeitos visuais e uma variedade de estímulos físicos, incluindo a actividade física. Avaliaram-se as reacções observadas, medindo-se a temperatura, a transpiração e o ritmo cardíaco. Tornou-se evidente que o uso do HRM para medir objectivamente uma função corporal era simples, preciso e muito útil. E era obvia a sua aplicação no desporto. Para mim, foi o começo dum longo processo de utilização dos HRM nos atletas. No começo dos anos 80, eu utilizava esses monitores em três aplicações importantes: • O treino • A auto-avaliação • A corrida O Treino O uso de HRM no treino tem dois aspectos importantes. O primeiro de todos é que os atletas de resistência têm que construir uma boa base aeróbica, uma noção promovida décadas atrás pelo o famoso treinador de corredores Arthur Lydiard. A segunda coisa a ter em conta tem a ver com o ritmo cardíaco específico seguido no treino e com a maneira como um corredor determina o seu importante valor. Vejamos cada um desses aspectos por si: Construção duma base aeróbica quer dizer treinar apenas na zona aeróbica. Durante o período da construção da base excluem-se treinos anaeróbicos (incluindo corrida). A actividade anaeróbica falseará o desenvolvimento eficiente na base aeróbica, pelo que todos os treinos são exclusivamente aeróbicos. Isso inclui a sessão longa de Domingo, o correr no sobe e desce dos parques florestais e qualquer outro treino em que haja uma forte influência de outros corredores ou do próprio terreno. Para além disso, o período da construção da base anaeróbica não tem levantamento de pesos, uma vez que o halterofilismo é também uma actividade anaeróbica. Existem várias razões porque os treinos anaeróbicos podem inibir a construção da base aeróbica: • O treino anaeróbico pode diminuir o número de fibras musculares aeróbicas, por vezes de forma significativa. Bastam, para isso, umas poucas semanas de treino a ritmo elevado demais. • O ácido láctico produzido no treino anaeróbico pode inibir as enzimas musculares aeróbicas necessárias à construção da base aeróbica. • O treino anaeróbico eleva o quociente respiratório. Isto significa que aumenta a percentagem de energia derivada do açúcar e diminui a queima das gorduras. Com o passar do tempo, isto pode forçar a mais metabolismo anaeróbico e a menos, aeróbico. • O stress também pode inibir o sistema aeróbico. O stress é quase sinónima de treino anaeróbico. Stress excessivo eleva os níveis de cortisol, o que acaba por aumentar os níveis de insulina, inibindo a queima das gorduras e aumentando a utilização do açúcar, promovendo o metabolismo anaeróbico e inibindo a actividade anaeróbica. O treino da base aeróbica é, muitas vezes, um período em que o treino de disciplina, dedicação e trabalho duro são primordiais. A maior parte dos atletas acham que estes três atributos têm a ver com dureza, grande esforço e sofrimento. Mas torna-se frequentemente bem mais duro que isso: O treino correcto durante a base aeróbica é, para muitos atletas, o mais difícil do meu programa: É a capacidade de correr devagar, não obstante o que os outros atletas possam estar a fazer ou a dizer. Nas provas mais longas, 95 a 98% da energia gasta vem do sistema aeróbico. É esta outra razão para eu recomendar que a maior parte do treino dirigido à melhoria deste processo. A construção duma boa base aeróbica leva cerca de três meses. Para corredores que perderam a sua capacidade competitiva, que têm problemas crónicos (lesões, doenças), ou que não conseguem perder o peso que têm a mais, uma base mais longa – até seis meses – pode operar maravilhas. Mas põe-se a questão: Que ritmo cardíaco usar para o treino aeróbico? O mais importante do treino com HRM será o saber qual o ritmo cardíaco a utilizar. Todos conhecemos a fórmula 220 menos a idade, multiplicada por 65 – 85%. Mas este método não tem fundamento. O ritmo cardíaco máximo duma pessoa deve ser de 220 menos a idade. Contudo, quem já se lançou numa pista ou numa corrida para chegar ao seu ritmo cardíaco máximo, terá descoberto, tal como mais de metade das pessoas, que não é o que a fórmula prevê. E depois, a percentagem: qual adoptar – 65%, 75%, 80%? Em vez de nos deitarmos a adivinhar, podemos usar uma fórmula nova, fundamentada cientificamente. Vejam mais adiante o texto sobre a Fórmula 180, que fixa o melhor ritmo cardíaco para a construção duma base aeróbica. No começo, o treino a este ritmo cardíaco causa tensão emocional ao atleta. “Não consigo treinar assim tão lentamente!” é um comentário muito comum. Mas dentro de pouco tempo, não só se sentirá melhor, mas também a sua passada será mais rápida ao mesmo ritmo cardíaco. Um benefício significativo da aplicação da Fórmula 180 ao treino é a resposta bioquímica do corpo: A produção de radicais livres é mínima, comparada com a corrida a ritmos mesmo um pouco superiores. Estas substâncias químicas podem contribuir para problemas degenerativos, inflamações, doença do coração e câncer, para já não falar no acelerar do processo de envelhecimento. Usando a Fórmula 180, pode-se correr mais sem se arriscar a entrar em tensão bioquímica. A Fórmula 180 Para achar o ritmo cardíaco máximo (aeróbico): 1. Subtrair a idade de 180 (180-idade). 2. Modificar este número segundo uma das seguintes situações: • Para quem convalesce de uma doença grave /Coração, uma operação, um internamento hospitalar) ou está com uma medicação prolongada, subtrai-se 10; • Para quem nunca treinou ou treinou mas ficou lesionado, retoma a corrida após um interregno, ou tem alergias ou está frequentemente constipado, subtrai-se 5; • Para quem pratica desporto há dois anos sem problemas e só se constipa uma ou duas vezes por ano, subtrai-se 0; • Para quem tem praticado por mais de dois anos sem qualquer problema e vai progredindo na competição sem problemas, soma-se 5. Por exemplo, quem tem 30 anos e cai na segunda situação, acima: 180-30=150 e 150-5= 145. É este o seu ritmo cardíaco aeróbico máximo. Para uma construção de base aeróbica eficiente, deve treinar dentro ou abaixo desse valor durante todo o período de treino. Auto-Avaliação Um benefício significativo da construção duma base aeróbica é a capacidade de se correr mais depressa com o mesmo esforço, isto é, com o mesmo ritmo cardíaco aeróbico. E uma vantagem do uso do HRM é a possibilidade de medir objectivamente estas melhorias, utilizando o teste da função aeróbica máxima (MAF) (3). O teste MAF mede objectivamente a evolução da velocidade aeróbica durante a construção da base. Velocidade aeróbica significa que se pode correr mais depressa com o mesmo ritmo cardíaco aeróbico. Normalmente, julga-se que apenas o trabalho anaeróbico dá velocidade. Mas os desenvolvimentos aeróbicos também dão e sem o desgaste que muitas vezes acompanha o treino duro. Faz-se o teste MAF numa pista com o HRM, correndo ao ritmo cardíaco máximo (aeróbico). Três a cinco milhas fornecem dados seguros, embora o teste de apenas uma milha seja suficiente. Faz-se o teste depois de um aquecimento ligeiro. Abaixo está um exemplo concreto dos resultados obtidos com um corredor praticando o teste MAF ao ritmo cardíaco de 150: Milha 1 8:21 Milha 2 8:27 Milha 3 8:38 Milha 4 8:44 Milha 5 8:49 Durante qualquer teste MAF, é normal os tempos aumentarem, sendo a primeira milha sempre a mais rápida e a última, a mais lenta. Se assim não for, quer dizer que não se fez um aquecimento prévio adequado. Para além disso, o teste deve mostrar tempos mais rápidos à medida que as semanas de treino passam. Por exemplo, em quatro meses, pode-se ver o progresso da resistência neste caso concreto: Abril Maio Junho Julho Milha 1 8:21 8:11 7:57 7:44 Milha 2 8:27 8:18 8:05 7:52 Milha 3 8:38 8:26 8:10 7:59 Milha 4 8:44 8:33 8:17 8:09 Milha 5 8:49 8:39 8:24 8:15 Este progresso geralmente só se verifica na base aeróbica. Se se acrescentar trabalho anaeróbico ou corrida ao ritmo de treino próprio de cada atleta, o progresso não será tão bom, ou, mesmo, não haverá progresso nenhum. Execute-se o teste MAF regularmente, ao longo de todo o ano e registem-se os resultados individuais. Recomendo que se faça o teste de três em três ou de quatro em quatro semanas. A maior vantagem do teste é a possibilidade de nos informar objectivamente de qualquer obstáculo muito antes de se sentir algo ou dele acontecer na forma de uma lesão ou de um decréscimo de desempenho. Se alguma coisa interfere com o progresso – treino inadequado, má dieta, tensão excessiva – não se quererá ficar à espera que algo desagradável aconteça, quando já for tarde. O teste MAF avisa-nos, fornecendo tempos demasiado baixos, meses antes de os problemas acontecerem. Corrida Outro aspecto importante do HRM e do teste MAF é que o teste permite prever os resultados. Há uma relação directa entre o ritmo aeróbico e o esforço na corrida, por outras palavras, se os resultados do teste MAF melhoram, melhorará a capacidade na corrida. Os dados obtidos com centenas de corredores durante vários anos tornaram evidentes que o desempenho dum corredor ao ritmo do máximo aeróbico está na proporção directa do ritmo de competição. A tabela abaixo, baseada em dados reais, ilustra a relação entre o MAF e o desempenho numa corrida de 5 quilómetros: ritmo de ritmo de MAF competição MAF competição 5Km Minutos / milha // Minutos / Km // tempo 10:00 7:30 6:13 4:40 23.18 9:00 7.00 5:36 4:20 21:45 8:30 6:45 5:17 4:12 20:58 8:00 6:30 4:59 4:02 20:12 7:30 6:00 4:40 3:44 18:38 7:00 5:30 4:21 3:25 17:05 6:30 5:15 4:03 3:16 16:19 6:00 5:00 3:44 3:06 15:32 5:45 4:45 3:35 2:57 14:45 5:30 4:30 3:25 2:48 13:59 5:15 4:20 3:16 2:42 13:28 5:00 4:15 3:07 2:38 13:12 O uso do monitor de ritmo cardíaco como guia ao longo dos períodos de construção de base aeróbica não só ajudam a se ficar com saúde, mas também, a se alcançar o melhor desempenho possível, durante muitos anos. O Dr. Philip Maffetone tem treinado muitos atletas de nível mundial e atletas de vários escalões, na maior parte dos desportos, por mais de 20 anos. O seu livro mais recente é Na Saúde e Na Boa Forma e o seu novo livro, Treino Para A Resistência, tem a saída prevista para Dezembro (Barmore Productions, 607-652-7610). Concedida autorização de divulgação, desde que dela se dê conhecimento ao autor, à FootNotes e à Road Runners Club of América. Traduzido do inglês, por José Carlos Carreira Jorge e Álvaro Costa. Concedida autorização de divulgação da tradução, desde que indicados os tradutores. Notas dos tradutores: (1): HRM, de “Heart Rate Monitor” (2): biofeedback, em inglês (3): MAF, de Maximum Aerobic Function Em 2005, o seu último livro chama-se The Maffetone Method: The Low-stress, No-pain Way to Exceptional Fitness de Agosto 1999 Fix Your Feet: Build the Best Foundation for Healthy, Pain Free Knees, Hips and Spine de Janeiro de 2004 um livro sobre fisioterapia O Dr Maffetone foi considerado o Treinador do Ano em 1994 pela Triathlete Magazine e também foi considerado pela Inside Triathlon uma das 20 pessoas + influentes nos desportos de endurance

Comentar
Compartilhe
Boa polêmica: "O Exercício Aeróbico de intensidade moderada é a pior opção que existe para perder massa gorda".
08/12/2013 | 09h46

Este e o próximo post ---mais tarde libero--- são linhas de trabalho e pesquisa aos quais os meios utilizados são bem contraditórios. Para os que gostam de ler para se informar neste assunto, sendo leigo ou profissional da área, é bem interessante, visto todas as informações inclusas nos artigos. Boa leitura ---que é longa mas vale cada linha--- e bons treinos!

Para que não hajam dúvidas o exercício aeróbico a que me refiro é aquele tipo de exercício contínuo de longa duração no intervalo dos 60-70% da frequência cardíaca máxima. Com certeza que já ouviu que correr é a melhor forma de queimar gordura. Todos nós ouvimos a mesma cantiga e eu também já acreditei que isto era assim. Porque fui ensinado desta forma. A explicação era mais ou menos esta: só a partir dos 20 e tal minutos de exercício contínuo é que começamos a entrar no metabolismo das gorduras e como tal o exercíco cardio de longa duração é a melhor solução para estimular a perda de gordura. Por isso o ideal é correr pelos menos uns 40-45 minutos para queimarmos a tal gordura não desejada. Entretanto medíamos a frequência cardíaca para apurar se estávamos na “zona de queima de gordura” e acabávamos de correr com aquela sensação de dever cumprido – “Hoje corri 40 minutos e queimei 500 calorias”. “Sinto-me muito melhor”.

Lembram-se de ver esta imagem nos ginásios e nos livros de fisiologia?

Infelizmente para muitas pessoas este ainda é o tipo de treino que fazem para tentar perder massa gorda. Mas, acredite, esta é de longe a melhor solução e as consequências de fazer corridas de longa duração sem estar preparado para tal podem ser desastrosas para a saúde do seu corpo e das suas articulações. Contrariamente ao que possa pensar é preciso estar em forma para correr. As forças de reacção do solo (recorde-se da 3ª lei de Newton – para cada acção há uma reacção igual e oposta) quando corre estão situadas entre 2 a 5 vezes o seu peso corporal, portanto se a sua musculatura não estiver preparada para estes impactos sucessivos, o melhor que tem a fazer é evitar a corrida. Aliás, esta é uma das razões pelas quais vemos muitos corredores recreativos lesionados com frequência – não têm força suficiente para minimizar os efeitos dos impactos causados pela corrida e depois o corpo acaba por pagar factura.

Pense durante uns segundos: Conhece alguém que tenha tentado fazer este tipo de treino e tenha obtido bons resultados no que diz respeito à perda de massa gorda e ganhos de massa muscular? Conhece alguém que participe em corridas de longa duração e tenha um físico de um corredor de 100 ou 200 metros? De certeza que não conhece. E sabe porquê? Porque fisiologicamente é impossível que isso aconteça.

Vejamos alguns aspectos negativos do Treino Aeróbico

O Treino Aeróbico aumenta o cortisol e acelera o envelhecimento

Se os seus níveis de cortisol estão constantemente elevados, o seu corpo vai acumular gordura em vez de queimar gordura. O cortisol alto vai levar também ao aumento de gordura visceral na barriga o que, por si só, aumenta a acumulação de gordura e a inflamação sistémica no corpo (se pensa que isto não é muito importante recomendo que dê uma vista de olhos na imagem abaixo para saber as respetivas consequências). Elevados níveis de cortisol aceleram também o envelhecimento porque verifica-se um aumento das substâncias oxidantes (radicais livres) no organismo que produzem inflamação no cérebro, coração, trato intestinal e órgãos reprodutivos.

Sabemos que o exercício aumenta o cortisol, porque o exercício causa stress ao corpo, no entanto, no caso do treino de força isto é óptimo porque obriga o organismo a se adaptar e a ficar mais forte. Com o treino de força o cortisol aumenta, mas aumenta também a produção de hormonas anabólicas (hormonas que estimulam a formação de tecido muscular – hormona do crescimento, testosterona, factor de crescimento insulínico) que superam completamente o efeito negativo do cortisol. Pelo contrário, o treino aeróbico causa stress ao corpo sem aumentar as hormonas anabólicas e o resultado é uma elevação do estado inflamatório devido ao efeito catabólico do exercício. Pior ainda: uma vez que as hormonas que estimulam a formação de tecido muscular não são estimuladas e o nosso corpo continua a precisar de produzir energia, este irá utilizar a nossa massa muscular como carburante energético, levando a uma diminuição da massa muscular e, nos casos mais extremos, a um aumento da massa gorda!

O Treino Aeróbico crónico causa maior inflamação e aumenta o stress oxidativo

A inflamação crónica é um grave problema de saúde que envelhece os tecidos e que tem sido chamado de “assassino silencioso”. A inflamação crónica ocorre quando as células estão sendo repetidamente atacadas por radicais livres oxidativos, insulina elevada, ou altos níveis de cortisol, isto para citar alguns. Esta situação está associada à acumulação de gordura, doença cardíaca, resistência à insulina e diabetes, asma, artrite, cancro, deficiente função reprodutiva, problemas de estômago e outras doenças.

O stress oxidativo ocorre quando o corpo produz radicais livres em resposta ao ambiente rico em oxigénio criado pela respiração aumentada que acontece com o treino aeróbico. Os radicais livres são substâncias tóxicas que têm de ser neutralizadas (por exemplo com a ingestão de frutos vermelhos e cacau puro), porque senão, de outra forma, elas vão causar danos nas nossas células e causar o envelhecimento prematuro.

A inflamação crónica é diferente da inflamação aguda que se segue ao treino ou lesão, já que esta última tem um efeito protector sobre o corpo, deslocalizando sangue para o tecido danificado com o objetivo de acelerar a recuperação.

O Treino Aeróbico pode causar diminuição do tamanho e função dos órgãos genitais

Um estudo publicado no Canadian Journal of Applied Physiology testou o efeito da natação aeróbica em ratos e os investigadores descobriram que os exercícios de resistência intensa levam ao stress oxidativo, que causa a disfunção do sistema reprodutivo masculino.

Neste estudo foi utilizado um grupo de controlo que não fez nenhum exercício e não tomou nenhum suplemento, um grupo que só fez exercício e um terceiro grupo que fez exercício e tomou um suplemento de vitamina E. Os grupos que fizeram exercício e exercício + suplemento realizaram quatro horas de natação por dia, cinco dias por semana durante dez semanas. Ao grupo de exercício + suplemento  foi dada uma dose de 50mg por cada kg de peso corporal por dia de vitamina E. Atenção que este é um volume relativamente elevado de exercício, mas é provável que um atleta de elite de resistência, ou mesmo um atleta recreativo, faça treinos com este volume.

Depois de dez semanas de exercício, os investigadores descobriram que o grupo que só fez exercício teve uma diminuição significativa no tamanho dos órgãos reprodutores (testículos e órgãos sexuais acessórios), níveis mais baixos de testosterona, hormona luteinizante e outros marcadores de androgénio. Tal como era de esperar, no grupo de controlo não aconteceu nada. No grupo que realizou exercício e tomou suplementação não se verificaram diferenças significativas nas áreas mencionadas e no stress oxidativo, pelo que os antioxidantes podem ser um suplemento razoável para minimizar os efeitos do treino aeróbico.

O Treino Aeróbico torna-o mais lento

Existem duas categorias principais de fibras musculares que compõem os músculos, sendo que as mesmas  têm capacidades e funções  diferentes. As fibras tipo I ou vermelhas são as que chamamos de contracção lenta e estão capacitadas para gerar menor tensão durante períodos prolongados de tempo. Pelo contrário, as fibras tipo II ou brancas são as que chamamos de contracção rápida, sendo que estas esgotam-se mais rapidamente mas estão capacitadas para gerar maior tensão / força. As fibras tipo I estão associadas a movimentos lentos e repetitivos (como por exemplo aqueles que assistimos nas corridas de longa duração, no ciclismo e na natação) enquanto que as fibras tipo II estão associadas a movimentos mais rápidos e explosivos (como por exemplo aqueles que acontecem nos lançamentos, nos saltos ou até no swing de golfe).

À medida que envelhecemos verifica-se uma conversão de fibras tipo II (rápidas) em fibras tipo I (lentas) e como tal tornamo-nos naturalmente mais lentos. Para inverter ou minimizar este processo, é fundamental estimular o trabalho de força e potência porque estas são as capacidades físicas que mais perdemos ao longo da vida – a partir dos 60 anos perdemos naturalmente cerca de 1,4-2,5% de força e 3,5% de potência ao ano. Portanto, se fizermos apenas treino aeróbico, estamos a estimular as fibras de contracção lenta e isto significa que não só não estamos a resolver o problema, como estamos a agravá-lo.

E antes que pense que não precisa de trabalhar a força e potência para a sua vida diária, pense naquelas situações em que tem que ajudar alguém a carregar alguma coisa ou quando perde o equilibrio e precisa de reagir rapidamente para não se magoar. Trabalhando desta forma vamos ser mais independentes, cair menos vezes e recuperar mais rapidamente após uma lesão.

O Treino Aeróbico pode comprometer o sistema imunitário

Há ampla evidência de que o treino aeróbico leva à supressão imunológica, colocando atletas de resistência aeróbica em maior risco de infecção, particularmente doença respiratória superior. O tipo de exercício aeróbico que leva à disfunção imune é mais pronunciado quando o exercício é contínuo, longo (cerca de 90 minutos por sessão) e de intensidade moderada a elevada (60-80% do VO2 Max.). O exagero na intensidade do treino aeróbico leva a um maior risco de doença, podendo despoletar várias modificações a nível hormonal.

Vejamos os aspectos positivos do Treino Aeróbico

Na verdade só há beneficios neste tipo de treino para a população sedentária ou para algum tipo de população específica que não possa realizar outro tipo de treino, como por exemplo treino de força, treino de resistência metabólico ou treino intervalado de alta intensidade. O que é importante perceber é que é melhor fazer algum tipo de treino aeróbico com uma duração de 30 minutos do que não fazer absolutamente nada. Portanto, se tem que optar entre não fazer nada e fazer este tipo de treino, é melhor fazer os tais 30 minutos na passadeira ou na elíptica.

Qual o melhor tipo de treino para perder massa gorda?

Segundo as investigações mais recentes o treino de força, o treino de resistência metabólico (MRT) e, num segundo plano, o treino intervalado de alta intensidade (HIIT) são aqueles que têm garantido os melhores resultados às pessoas que querem perder massa gorda. Como estamos a falar do tipo de treino e não da melhor forma para perder massa gorda, não vamos incluir aqui a nutrição, porque senão este seria o factor número um a ter em conta neste processo.

O treino de força consiste basicamente em levantar pesos e pode incluir exercícios com o próprio peso do corpo. O treino de resistência metabólico (MRT) é aquele tipo de treino em circuito, no qual fazemos vários exercícios seguidos com pouco tempo de descanso entre séries. O treino intervalado de alta intensidade (HIIT), tal como o nome indica, é um tipo de treino que alterna períodos de trabalho de alta intensidade (anaeróbicos) com períodos de recuperação menos intensos.

Os beneficios destas formas de treino superam de forma indiscutível o treino aeróbico, não só para perder massa gorda, mas também para aumentar a força, a velocidade, a massa muscular e a melhoria da saúde cardiovascular (lembre-se que o coração também é um músculo – não é por acaso que os maratonistas têm corações mais pequenos que os velocistas). Isto acontece porque, como vimos acima, a resposta hormonal destas formas de treino estimula a formação de tecido muscular e o músculo é o principal ingrediente do nosso corpo para queimar gordura (para que tenha a noção da importância deste facto saiba que o músculo queima 70 vezes mais calorias que a gordura!). Ou seja, quanto maior a nossa massa muscular, mais alta será a nossa taxa metabólica de repouso e quanto mais alta a taxa metabólica de repouso mais gordura vamos queimar.

Além disto, há ainda outro fenómeno fisiológico que importa destacar mais conhecido por EPOC (Excess Post- Exercise Oxygen Consumption). O EPOC é o consumo adicional de oxigénio que acontece após a realização de exercício e pode ser entendido mais facilmente como o débito de oxigénio, isto é, a quantidade de oxigénio que necessitamos para repor as reservas de energia. Pense naquilo que acontece quando tem que fazer um sprint para não perder o autocarro ou o avião. O EPOC é tanto mais alto quando maior a intensidade do exercício que fazemos, portanto a intensidade, ao contrário da duração do exercício, tem uma maior influência na queima de gordura após a realização do treino. Não pense apenas nas calorias que queima durante o exercício (na verdade isso é pouco importante), pense nos mecanismos fisiológicos que vão desencadear a perda de massa gorda após o exercício. Sim, isto significa que pode queimar gordura enquanto está a trabalhar ou a dormir. E o que tem mais piada é que este efeito pode durar entre 6 e 48 horas, dependendo da intensidade e duração da sessão de treino.

Infelizmente, para a maioria das pessoas que têm tentado perder peso passando horas e horas na passadeira ou na bicicleta, o treino aeróbico apenas eleva o EPOC por alguns minutos após o exercício, constituindo, portanto, a pior opção para queimar gordura.

Conclusão

O exercício aeróbico é a pior opção que tem à sua disposição se o seu objetivo é queimar gordura e melhorar a sua composição corporal. Na verdade, depois do trabalho de pesquisa que efectuei para escrever estas linhas é que me apercebi que o treino aeróbico tem ainda mais efeitos negativos no nosso corpo do que aquilo que pensava. Sim, refiro-me particularmente àquela parte “pode causar diminuição do tamanho e função dos órgãos genitais”. Brincadeiras à parte, a ciência diz-nos que se apenas fizer treino aeróbico, o seu metabolismo vai ficar mais lento e mais propício a acumular gordura.

Sendo assim, a chave para perder peso e/ou massa gorda está na intensidade do trabalho. Hoje em dia já não há segredos nem dúvidas a este respeito.

Recomendações

Com a finalidade de potenciar a perda de massa gorda, recomendo o seguinte:

1) Tenha atenção à nutrição e hidratação. Se não cuidar destes dois aspectos, por mais que treine de forma intensa, os resultados vão ficar aquém do esperado. Regra geral, coma mais proteína, mais hidratos de carbono das frutas e verduras, mais fibra e elimine as gorduras hidrogenadas. Em relação à hidratação, beba no mínimo 1,5 litros de água por cada 50 kg de peso corporal.

2) Faça treino de força, treino de resistência metabólico ou treino intervalado de alta intensidade pelo menos 2-3 vezes por semana. Procure um profissional qualificado para lhe ajudar na prescrição do treino, nas componentes críticas, número de repetições, tempo de descanso e número de séries.

3) Faça exercícios compostos que envolvam o recrutamento dos principais grupos musculares (exemplo: agachamentos, flexões, burpees, elevações, lunges, peso morto, remada, press de peito / ombros, exercícios com a bola medicinal, pranchas, kettlebell swings, power cleans).

4) Tome um suplemento de óleo de peixe e uma multivitamina. Tendo em conta o excesso de alimentos processados na nossa alimentação, a maioria das pessoas são deficitárias em gorduras ómega 3 e num largo número de vitaminas.

5) Faça treino aeróbico (1 x por semana) como complemento do treino de força ou dos outros tipos de treino, apenas se gostar e se não tiver excesso de peso ou obesidade.

6) Esqueça os exercícios típicos dos culturistas, que normalmente consistem em trabalhar músculos de forma isolada, e todos aqueles que costuma realizar nas máquinas, uma vez que este tipo de trabalho não vai ajudá-lo(a) a obter os melhores resultados.

Ajude os seus amigos e partilhe este post com aqueles que andam a tentar perder peso e a realizar este tipo de treino!

E claro, nao se esqueçam de deixar os vossos comentários abaixo, gostava de saber a vossa opinião.

Até breve,

PC

Referências:

Alwyn Cosgrove (2010) – Training Techniques to Maximize Fat Loss.

Alwyn Cosgrove (2007) – The Hierarchy of Fat Loss.

Charles Poliquin (2011) – The (Many) Negatives of Aerobic Training.

Charles Poliquin (2011) – How to Counter The Many Negatives of Aerobic Training.

Mark J. Smith (2008) – Sprint Interval Training – “It’s a HIIT”.

Michael Boyle (2011) – Complete Training Systems for Basketball Players.

Precision Nutrition (2008) – Intense Exercise, Why and How.

Para que não hajam dúvidas o exercício aeróbico a que me refiro é aquele tipo de exercício contínuo de longa duração no intervalo dos 60-70% da frequência cardíaca máxima. Com certeza que já ouviu que correr é a melhor forma de queimar gordura. Todos nós ouvimos a mesma cantiga e eu também já acreditei que isto era assim. Porque fui ensinado desta forma. A explicação era mais ou menos esta: só a partir dos 20 e tal minutos de exercício contínuo é que começamos a entrar no metabolismo das gorduras e como tal o exercíco cardio de longa duração é a melhor solução para estimular a perda de gordura. Por isso o ideal é correr pelos menos uns 40-45 minutos para queimarmos a tal gordura não desejada. Entretanto medíamos a frequência cardíaca para apurar se estávamos na “zona de queima de gordura” e acabávamos de correr com aquela sensação de dever cumprido – “Hoje corri 40 minutos e queimei 500 calorias”. “Sinto-me muito melhor”.

Lembram-se de ver esta imagem nos ginásios e nos livros de fisiologia?

Infelizmente para muitas pessoas este ainda é o tipo de treino que fazem para tentar perder massa gorda. Mas, acredite, esta é de longe a melhor solução e as consequências de fazer corridas de longa duração sem estar preparado para tal podem ser desastrosas para a saúde do seu corpo e das suas articulações. Contrariamente ao que possa pensar é preciso estar em forma para correr. As forças de reacção do solo (recorde-se da 3ª lei de Newton – para cada acção há uma reacção igual e oposta) quando corre estão situadas entre 2 a 5 vezes o seu peso corporal, portanto se a sua musculatura não estiver preparada para estes impactos sucessivos, o melhor que tem a fazer é evitar a corrida. Aliás, esta é uma das razões pelas quais vemos muitos corredores recreativos lesionados com frequência – não têm força suficiente para minimizar os efeitos dos impactos causados pela corrida e depois o corpo acaba por pagar factura.

Pense durante uns segundos: Conhece alguém que tenha tentado fazer este tipo de treino e tenha obtido bons resultados no que diz respeito à perda de massa gorda e ganhos de massa muscular? Conhece alguém que participe em corridas de longa duração e tenha um físico de um corredor de 100 ou 200 metros? De certeza que não conhece. E sabe porquê? Porque fisiologicamente é impossível que isso aconteça.

Vejamos alguns aspectos negativos do Treino Aeróbico

O Treino Aeróbico aumenta o cortisol e acelera o envelhecimento

Se os seus níveis de cortisol estão constantemente elevados, o seu corpo vai acumular gordura em vez de queimar gordura. O cortisol alto vai levar também ao aumento de gordura visceral na barriga o que, por si só, aumenta a acumulação de gordura e a inflamação sistémica no corpo (se pensa que isto não é muito importante recomendo que dê uma vista de olhos na imagem abaixo para saber as respetivas consequências). Elevados níveis de cortisol aceleram também o envelhecimento porque verifica-se um aumento das substâncias oxidantes (radicais livres) no organismo que produzem inflamação no cérebro, coração, trato intestinal e órgãos reprodutivos.

Sabemos que o exercício aumenta o cortisol, porque o exercício causa stress ao corpo, no entanto, no caso do treino de força isto é óptimo porque obriga o organismo a se adaptar e a ficar mais forte. Com o treino de força o cortisol aumenta, mas aumenta também a produção de hormonas anabólicas (hormonas que estimulam a formação de tecido muscular – hormona do crescimento, testosterona, factor de crescimento insulínico) que superam completamente o efeito negativo do cortisol. Pelo contrário, o treino aeróbico causa stress ao corpo sem aumentar as hormonas anabólicas e o resultado é uma elevação do estado inflamatório devido ao efeito catabólico do exercício. Pior ainda: uma vez que as hormonas que estimulam a formação de tecido muscular não são estimuladas e o nosso corpo continua a precisar de produzir energia, este irá utilizar a nossa massa muscular como carburante energético, levando a uma diminuição da massa muscular e, nos casos mais extremos, a um aumento da massa gorda!

O Treino Aeróbico crónico causa maior inflamação e aumenta o stress oxidativo

A inflamação crónica é um grave problema de saúde que envelhece os tecidos e que tem sido chamado de “assassino silencioso”. A inflamação crónica ocorre quando as células estão sendo repetidamente atacadas por radicais livres oxidativos, insulina elevada, ou altos níveis de cortisol, isto para citar alguns. Esta situação está associada à acumulação de gordura, doença cardíaca, resistência à insulina e diabetes, asma, artrite, cancro, deficiente função reprodutiva, problemas de estômago e outras doenças.

O stress oxidativo ocorre quando o corpo produz radicais livres em resposta ao ambiente rico em oxigénio criado pela respiração aumentada que acontece com o treino aeróbico. Os radicais livres são substâncias tóxicas que têm de ser neutralizadas (por exemplo com a ingestão de frutos vermelhos e cacau puro), porque senão, de outra forma, elas vão causar danos nas nossas células e causar o envelhecimento prematuro.

A inflamação crónica é diferente da inflamação aguda que se segue ao treino ou lesão, já que esta última tem um efeito protector sobre o corpo, deslocalizando sangue para o tecido danificado com o objetivo de acelerar a recuperação.

O Treino Aeróbico pode causar diminuição do tamanho e função dos órgãos genitais

Um estudo publicado no Canadian Journal of Applied Physiology testou o efeito da natação aeróbica em ratos e os investigadores descobriram que os exercícios de resistência intensa levam ao stress oxidativo, que causa a disfunção do sistema reprodutivo masculino.

Neste estudo foi utilizado um grupo de controlo que não fez nenhum exercício e não tomou nenhum suplemento, um grupo que só fez exercício e um terceiro grupo que fez exercício e tomou um suplemento de vitamina E. Os grupos que fizeram exercício e exercício + suplemento realizaram quatro horas de natação por dia, cinco dias por semana durante dez semanas. Ao grupo de exercício + suplemento  foi dada uma dose de 50mg por cada kg de peso corporal por dia de vitamina E. Atenção que este é um volume relativamente elevado de exercício, mas é provável que um atleta de elite de resistência, ou mesmo um atleta recreativo, faça treinos com este volume.

Depois de dez semanas de exercício, os investigadores descobriram que o grupo que só fez exercício teve uma diminuição significativa no tamanho dos órgãos reprodutores (testículos e órgãos sexuais acessórios), níveis mais baixos de testosterona, hormona luteinizante e outros marcadores de androgénio. Tal como era de esperar, no grupo de controlo não aconteceu nada. No grupo que realizou exercício e tomou suplementação não se verificaram diferenças significativas nas áreas mencionadas e no stress oxidativo, pelo que os antioxidantes podem ser um suplemento razoável para minimizar os efeitos do treino aeróbico.

O Treino Aeróbico torna-o mais lento

Existem duas categorias principais de fibras musculares que compõem os músculos, sendo que as mesmas  têm capacidades e funções  diferentes. As fibras tipo I ou vermelhas são as que chamamos de contracção lenta e estão capacitadas para gerar menor tensão durante períodos prolongados de tempo. Pelo contrário, as fibras tipo II ou brancas são as que chamamos de contracção rápida, sendo que estas esgotam-se mais rapidamente mas estão capacitadas para gerar maior tensão / força. As fibras tipo I estão associadas a movimentos lentos e repetitivos (como por exemplo aqueles que assistimos nas corridas de longa duração, no ciclismo e na natação) enquanto que as fibras tipo II estão associadas a movimentos mais rápidos e explosivos (como por exemplo aqueles que acontecem nos lançamentos, nos saltos ou até no swing de golfe).

À medida que envelhecemos verifica-se uma conversão de fibras tipo II (rápidas) em fibras tipo I (lentas) e como tal tornamo-nos naturalmente mais lentos. Para inverter ou minimizar este processo, é fundamental estimular o trabalho de força e potência porque estas são as capacidades físicas que mais perdemos ao longo da vida – a partir dos 60 anos perdemos naturalmente cerca de 1,4-2,5% de força e 3,5% de potência ao ano. Portanto, se fizermos apenas treino aeróbico, estamos a estimular as fibras de contracção lenta e isto significa que não só não estamos a resolver o problema, como estamos a agravá-lo.

E antes que pense que não precisa de trabalhar a força e potência para a sua vida diária, pense naquelas situações em que tem que ajudar alguém a carregar alguma coisa ou quando perde o equilibrio e precisa de reagir rapidamente para não se magoar. Trabalhando desta forma vamos ser mais independentes, cair menos vezes e recuperar mais rapidamente após uma lesão.

O Treino Aeróbico pode comprometer o sistema imunitário

Há ampla evidência de que o treino aeróbico leva à supressão imunológica, colocando atletas de resistência aeróbica em maior risco de infecção, particularmente doença respiratória superior. O tipo de exercício aeróbico que leva à disfunção imune é mais pronunciado quando o exercício é contínuo, longo (cerca de 90 minutos por sessão) e de intensidade moderada a elevada (60-80% do VO2 Max.). O exagero na intensidade do treino aeróbico leva a um maior risco de doença, podendo despoletar várias modificações a nível hormonal.

Vejamos os aspectos positivos do Treino Aeróbico

Na verdade só há beneficios neste tipo de treino para a população sedentária ou para algum tipo de população específica que não possa realizar outro tipo de treino, como por exemplo treino de força, treino de resistência metabólico ou treino intervalado de alta intensidade. O que é importante perceber é que é melhor fazer algum tipo de treino aeróbico com uma duração de 30 minutos do que não fazer absolutamente nada. Portanto, se tem que optar entre não fazer nada e fazer este tipo de treino, é melhor fazer os tais 30 minutos na passadeira ou na elíptica.

Qual o melhor tipo de treino para perder massa gorda?

Segundo as investigações mais recentes o treino de força, o treino de resistência metabólico (MRT) e, num segundo plano, o treino intervalado de alta intensidade (HIIT) são aqueles que têm garantido os melhores resultados às pessoas que querem perder massa gorda. Como estamos a falar do tipo de treino e não da melhor forma para perder massa gorda, não vamos incluir aqui a nutrição, porque senão este seria o factor número um a ter em conta neste processo.

O treino de força consiste basicamente em levantar pesos e pode incluir exercícios com o próprio peso do corpo. O treino de resistência metabólico (MRT) é aquele tipo de treino em circuito, no qual fazemos vários exercícios seguidos com pouco tempo de descanso entre séries. O treino intervalado de alta intensidade (HIIT), tal como o nome indica, é um tipo de treino que alterna períodos de trabalho de alta intensidade (anaeróbicos) com períodos de recuperação menos intensos.

Os beneficios destas formas de treino superam de forma indiscutível o treino aeróbico, não só para perder massa gorda, mas também para aumentar a força, a velocidade, a massa muscular e a melhoria da saúde cardiovascular (lembre-se que o coração também é um músculo – não é por acaso que os maratonistas têm corações mais pequenos que os velocistas). Isto acontece porque, como vimos acima, a resposta hormonal destas formas de treino estimula a formação de tecido muscular e o músculo é o principal ingrediente do nosso corpo para queimar gordura (para que tenha a noção da importância deste facto saiba que o músculo queima 70 vezes mais calorias que a gordura!). Ou seja, quanto maior a nossa massa muscular, mais alta será a nossa taxa metabólica de repouso e quanto mais alta a taxa metabólica de repouso mais gordura vamos queimar.

Além disto, há ainda outro fenómeno fisiológico que importa destacar mais conhecido por EPOC (Excess Post- Exercise Oxygen Consumption). O EPOC é o consumo adicional de oxigénio que acontece após a realização de exercício e pode ser entendido mais facilmente como o débito de oxigénio, isto é, a quantidade de oxigénio que necessitamos para repor as reservas de energia. Pense naquilo que acontece quando tem que fazer um sprint para não perder o autocarro ou o avião. O EPOC é tanto mais alto quando maior a intensidade do exercício que fazemos, portanto a intensidade, ao contrário da duração do exercício, tem uma maior influência na queima de gordura após a realização do treino. Não pense apenas nas calorias que queima durante o exercício (na verdade isso é pouco importante), pense nos mecanismos fisiológicos que vão desencadear a perda de massa gorda após o exercício. Sim, isto significa que pode queimar gordura enquanto está a trabalhar ou a dormir. E o que tem mais piada é que este efeito pode durar entre 6 e 48 horas, dependendo da intensidade e duração da sessão de treino.

Infelizmente, para a maioria das pessoas que têm tentado perder peso passando horas e horas na passadeira ou na bicicleta, o treino aeróbico apenas eleva o EPOC por alguns minutos após o exercício, constituindo, portanto, a pior opção para queimar gordura.

Conclusão

O exercício aeróbico é a pior opção que tem à sua disposição se o seu objetivo é queimar gordura e melhorar a sua composição corporal. Na verdade, depois do trabalho de pesquisa que efectuei para escrever estas linhas é que me apercebi que o treino aeróbico tem ainda mais efeitos negativos no nosso corpo do que aquilo que pensava. Sim, refiro-me particularmente àquela parte “pode causar diminuição do tamanho e função dos órgãos genitais”. Brincadeiras à parte, a ciência diz-nos que se apenas fizer treino aeróbico, o seu metabolismo vai ficar mais lento e mais propício a acumular gordura.

Sendo assim, a chave para perder peso e/ou massa gorda está na intensidade do trabalho. Hoje em dia já não há segredos nem dúvidas a este respeito.

Recomendações

Com a finalidade de potenciar a perda de massa gorda, recomendo o seguinte:

1) Tenha atenção à nutrição e hidratação. Se não cuidar destes dois aspectos, por mais que treine de forma intensa, os resultados vão ficar aquém do esperado. Regra geral, coma mais proteína, mais hidratos de carbono das frutas e verduras, mais fibra e elimine as gorduras hidrogenadas. Em relação à hidratação, beba no mínimo 1,5 litros de água por cada 50 kg de peso corporal.

2) Faça treino de força, treino de resistência metabólico ou treino intervalado de alta intensidade pelo menos 2-3 vezes por semana. Procure um profissional qualificado para lhe ajudar na prescrição do treino, nas componentes críticas, número de repetições, tempo de descanso e número de séries.

3) Faça exercícios compostos que envolvam o recrutamento dos principais grupos musculares (exemplo: agachamentos, flexões, burpees, elevações, lunges, peso morto, remada, press de peito / ombros, exercícios com a bola medicinal, pranchas, kettlebell swings, power cleans).

4) Tome um suplemento de óleo de peixe e uma multivitamina. Tendo em conta o excesso de alimentos processados na nossa alimentação, a maioria das pessoas são deficitárias em gorduras ómega 3 e num largo número de vitaminas.

5) Faça treino aeróbico (1 x por semana) como complemento do treino de força ou dos outros tipos de treino, apenas se gostar e se não tiver excesso de peso ou obesidade.

6) Esqueça os exercícios típicos dos culturistas, que normalmente consistem em trabalhar músculos de forma isolada, e todos aqueles que costuma realizar nas máquinas, uma vez que este tipo de trabalho não vai ajudá-lo(a) a obter os melhores resultados.

Ajude os seus amigos e partilhe este post com aqueles que andam a tentar perder peso e a realizar este tipo de treino!

E claro, nao se esqueçam de deixar os vossos comentários abaixo, gostava de saber a vossa opinião.

Até breve,

PC

Referências:

Alwyn Cosgrove (2010) – Training Techniques to Maximize Fat Loss.

Alwyn Cosgrove (2007) – The Hierarchy of Fat Loss.

Charles Poliquin (2011) – The (Many) Negatives of Aerobic Training.

Charles Poliquin (2011) – How to Counter The Many Negatives of Aerobic Training.

Mark J. Smith (2008) – Sprint Interval Training – “It’s a HIIT”.

Michael Boyle (2011) – Complete Training Systems for Basketball Players.

Precision Nutrition (2008) – Intense Exercise, Why and How.

Fonte: http://pedrocorreiatraining.wordpress.com/about/

 
Comentar
Compartilhe
2º Desafio do Neném
07/12/2013 | 18h43

Após um longo descanso, acabei de fazer meu treino para o segundo Desafio rumo a Santo Amaro, o 2º Desafio do Neném. Em breve mais informações. Até!

Luiz Alberto Neném

Comentar
Compartilhe
Run&Walk de Natal: 5ª Etapa Cambaíba
07/12/2013 | 17h02
Comentar
Compartilhe
Quem corre é muito mais inteligente!
07/12/2013 | 14h52

Quem corre (se movimenta) é muito mais inteligente! Leia para entender esta minha premissa. Bons treinos!

Exercícios aeróbicos feitos de forma regular estimulam o pensamento criativo, revela um novo estudo da Universidade de Leiden, na Holanda. De acordo com o trabalho, assinado pelo psicólogo cognitivo Lorenza Colzato, as pessoas que praticam exercícios por ao menos quatro vezes por semana são mais criativas do que aquelas que levam uma vida sedentária.

Os voluntários que se exercitavam com frequência (faziam longas caminhadas, corriam ou andavam de bicicleta) obtiveram resultados melhores numa série de testes cognitivos propostos pelo professor no estudo.

— A literatura sugere que pessoas criativas algumas vezes usam os exercícios para superar bloqueios mentais ou falta de inspiração — afirmou psicólogo em entrevista ao jornal britânico “The Telegraph”. — De fato, autores como Henry James e Thomas Mann costumavam caminhar antes de começar a escrever.

Segundo o especialista, no entanto, o exercício só ajuda na flexibilidade do raciocínio quando o corpo já está acostumado às atividades físicas.

— Se não for assim, grande parte da energia necessária para o pensamento criativo acaba indo para o movimento — explicou Colzato. — Mas o exercício regular pode, sim, agir como um estimulante do sistema cognitivo, promovendo a criatividade de uma forma barata e saudável.

No estudo, os participantes foram estimulados a determinar usos alternativos para objetos cotidianos, como um lápis. Testes em que os voluntários devem achar uma relação entre três palavras diferentes também foram usados.

— Comparamos os resultados daqueles que se exercitavam pelo menos quatro vezes na semana com aqueles que não praticavam exercícios regularmente — afirmou Colzato ao periódico britânico. — Descobrimos que os que se exercitavam com regularidade tinham uma performance melhor. Acreditamos que os exercícios físicos treinam seu cérebro para se tornar mais flexível na busca por soluções criativas.

O efeito, no entanto, dura pouco. De acordo com os especialistas, ele cai drasticamente quando as pessoas estão em repouso. O estudo foi publicado na revista “Fronteiras da neurociência humana”.

Fonte: http://oglobo.globo.com/saude/

Comentar
Compartilhe
Bom dia galera! (Por Dimitri Vianna)
07/12/2013 | 07h58

Bom dia galera!! Esse é o espirito, assim quero transmitir a mensagem, porque treino por treino não faz sentido algum pra mim. O treino tem que ir além de apenas um treino. Tem que fazer bem por inteiro, tem que ter prazer, me fazer sorrir!!

Dimitri Vianna
Comentar
Compartilhe
Daqui a pouco na pista(!?)
06/12/2013 | 19h53
Comentar
Compartilhe
Corrida Vertical em Campos - amanhã (07/12)
06/12/2013 | 16h52

Amanhã, às 8h30min, no IFF Centro. As inscrições ainda estão abertas gratuitamente para toda comunidade. É só levar um litro de leite em caixa. PARTICIPE!

Vitor Longo Braz (Via Facebook)

Comentar
Compartilhe
Grupos e jogos da Copa do Mundo
06/12/2013 | 16h07

TABELA DE JOGOS

COPA do MUNDO

GRUPO A

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
BRASIL 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CROÁCIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
MÉXICO 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CAMARÕES 0 0 0 0 0 0 0 0 0
    RODADA 1
  • BRASIL
    X
    Croácia Qui 12/06/2014 - 17:00 Arena Corinthians
  • México
    X
    Camarões Sex 13/06/2014 - 13:00 Arena das Dunas
    RODADA 2
  • BRASIL
    X
    México Ter 17/06/2014 - 16:00 Castelão (CE)
  • Croácia
    X
    Camarões Qua 18/06/2014 - 15:00 Arena da Amazônia
    RODADA 3
  • BRASIL
    X
    Camarões Seg 23/06/2014 - 17:00 Mané Garrincha
  • Croácia
    X
    México Seg 23/06/2014 - 17:00 Arena Pernambuco

GRUPO B

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
ESPANHA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
HOLANDA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CHILE 0 0 0 0 0 0 0 0 0
AUSTRÁLIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
    RODADA 1
  • Espanha
    X
    Holanda Sex 13/06/2014 - 16:00 Fonte Nova
  • Chile
    X
    Austrália Sex 13/06/2014 - 18:00 Arena Pantanal
    RODADA 2
  • Holanda
    X
    Austrália Qua 18/06/2014 - 13:00 Beira Rio
  • Espanha
    X
    Chile Qua 18/06/2014 - 19:00 Maracanã
    RODADA 3
  • Espanha
    X
    Austrália Seg 23/06/2014 - 13:00 Arena da Baixada
  • Holanda
    X
    Chile Seg 23/06/2014 - 13:00 Arena Corinthians

GRUPO C

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
COLÔMBIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
GRÉCIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
COSTA DO MARFIM 0 0 0 0 0 0 0 0 0
JAPÃO 0 0 0 0 0 0 0 0 0
    RODADA 1
  • Colômbia
    X
    Grécia Sab 14/06/2014 - 13:00 Mineirão
  • Costa do Marfim
    X
    Japão Sab 14/06/2014 - 19:00 Arena Pernambuco
    RODADA 2
  • Colômbia
    X
    Costa do Marfim Qui 19/06/2014 - 13:00 Mané Garrincha
  • Grécia
    X
    Japão Qui 19/06/2014 - 19:00 Arena das Dunas
    RODADA 3
  • Colômbia
    X
    Japão Ter 24/06/2014 - 16:00 Arena Pantanal
  • Grécia
    X
    Costa do Marfim Ter 24/06/2014 - 17:00 Castelão (CE)

GRUPO D

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
URUGUAI 0 0 0 0 0 0 0 0 0
COSTA RICA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
INGLATERRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ITÁLIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
    RODADA 1
  • Uruguai
    X
    Costa Rica Sab 14/06/2014 - 16:00 Castelão (CE)
  • Inglaterra
    X
    Itália Sab 14/06/2014 - 21:00 Arena da Amazônia
    RODADA 2
  • Uruguai
    X
    Inglaterra Qui 19/06/2014 - 16:00 Arena Corinthians
  • Costa Rica
    X
    Itália Sex 20/06/2014 - 13:00 Arena Pernambuco
    RODADA 3
  • Uruguai
    X
    Itália Ter 24/06/2014 - 13:00 Arena das Dunas
  • Costa Rica
    X
    Inglaterra Ter 24/06/2014 - 13:00 Mineirão

GRUPO E

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
SUÍÇA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
EQUADOR 0 0 0 0 0 0 0 0 0
FRANÇA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
HONDURAS 0 0 0 0 0 0 0 0 0
    RODADA 1
  • Suíça
    X
    Equador Dom 15/06/2014 - 13:00 Mané Garrincha
  • França
    X
    Honduras Dom 15/06/2014 - 16:00 Beira Rio
    RODADA 2
  • Suíça
    X
    França Sex 20/06/2014 - 16:00 Fonte Nova
  • Equador
    X
    Honduras Sex 20/06/2014 - 19:00 Arena da Baixada
    RODADA 3
  • Suíça
    X
    Honduras Qua 25/06/2014 - 16:00 Arena da Amazônia
  • Equador
    X
    França Qua 25/06/2014 - 17:00 Maracanã

GRUPO F

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
ARGENTINA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BÓSNIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
IRÃ 0 0 0 0 0 0 0 0 0
NIGÉRIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
    RODADA 1
  • Argentina
    X
    Bósnia Dom 15/06/2014 - 19:00 Maracanã
  • Irã
    X
    Nigéria Seg 16/06/2014 - 16:00 Arena da Baixada
    RODADA 2
  • Argentina
    X
    Irã Sab 21/06/2014 - 13:00 Mineirão
  • Bósnia
    X
    Nigéria Sab 21/06/2014 - 18:00 Arena Pantanal
    RODADA 3
  • Argentina
    X
    Nigéria Qua 25/06/2014 - 13:00 Beira Rio
  • Bósnia
    X
    Irã Qua 25/06/2014 - 13:00 Fonte Nova

GRUPO G

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
ALEMANHA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
PORTUGAL 0 0 0 0 0 0 0 0 0
GANA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ESTADOS UNIDOS 0 0 0 0 0 0 0 0 0
    RODADA 1
  • Alemanha
    X
    Portugal Seg 16/06/2014 - 13:00 Fonte Nova
  • Gana
    X
    Estados Unidos Seg 16/06/2014 - 19:00 Arena das Dunas
    RODADA 2
  • Alemanha
    X
    Gana Sab 21/06/2014 - 16:00 Castelão (CE)
  • Portugal
    X
    Estados Unidos Dom 22/06/2014 - 15:00 Arena da Amazônia
    RODADA 3
  • Alemanha
    X
    Estados Unidos Qui 26/06/2014 - 13:00 Arena Pernambuco
  • Portugal
    X
    Gana Qui 26/06/2014 - 13:00 Mané Garrincha

GRUPO H

SELEÇÕES P J V E D GP GC SG A
BÉLGICA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARGÉLIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
RÚSSIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0
COREIA DO SUL 0 0 0 0 0 0 0 0 0   
Comentar
Compartilhe
Em busca da Trilha Perfeita
06/12/2013 | 15h02
Comentar
Compartilhe
II Triathlon da Lagoa de Cima
06/12/2013 | 11h35

Olha aí uma boa opção para encerrarmos o ano com chave de ouro! Provinha enxuta, com R$ 3,8 mil em prêmios aos 5 primeiros no masculino e feminino geral. Mais informações no nosso site oficial: www.triathlon.org.br.

Fonte: http://www.triathlon.org.br

Comentar
Compartilhe
Presente de Natal
06/12/2013 | 05h38
Muitos me perguntam qual é o meu GPS favorito, daí aproveito para deixar esta dica que serve como presente de Natal direcionado aos corredores ou até mesmo como o meu presente de Natal dado por mim mesmo. Garanto que vai agradar, e muito. Abaixo, especificações básicas. Bons treinos!

GPS Garmin 610 - Forerunner, que possui relógio com GPS e tela touchscreen. Com apenas um toque ou passar do dedo, o monitor permite que o atleta corra enquanto grava todos os detalhes do percurso. Ainda é possível verificar a sua distância, ritmo, posição do GPS, batimento cardíacos, cálculos de calorias e depois transferir os dados sem fios para o seu PC ou MAC. Tamanho único. Modelo unissex. Tela sensível ao toque. Grava ponto de interesse. Cálculo de calorias avançados. Alertas vibratórios. Training Effect: indica a intensidade do treino ajudando os atletas a treinarem de forma mais eficiente. Virtual Racer: corra contra seus melhores treinos, considerando variações de velocidades e condições reais. Transfere dados sem fios para PC e MAC. Faz upload com o recurso sem fio dos dados da sua corrida para o site Garmin Connect quando estiver no alcance do seu computador, para que você possa analisar os dados da sua corrida com calma. Funciona com a tecnologia sem fio ANT+™ e USB stick, fornecido com o GPS de pulso.

Comentar
Compartilhe
Olha o urso!
05/12/2013 | 17h01

Bicho, cuidado. Se errar o ritmo numa prova este urso estará te esperando ávido para pular nas suas costas - e as vezes vem com toda a família -. Para quem ainda teve a sorte de não ter a sua companhia, te digo: é muito pesado. Se for em provas longas, tipo Maratona ou meia maratona, aí o bicho pega.

Isto acontece, na maior parte das vezes, por dois motivos: quando não se está preparado para uma prova - fato pouco comum no meio que convivo - e principalmente quando se aperta demais o pace na primeira parte da prova - fato comum no meio que convivo -.

O segredo para fugir do urso e sua família? Correr dentro da sua realidade e buscar sempre o split negativo (2ª parte na corrida mais rápida que a primeira) na prova. Também, durante treinos específicos, realizar este método. Bons treinos!

Msc. Marcos Almeida

Comentar
Compartilhe
Calendário de eventos de aventura
05/12/2013 | 12h08
Por aqui, no Território Online, conseguirá visualizar provas de aventuras dos próximos meses pelo planeta. Para os que gostam, recomendo!
Comentar
Compartilhe
Circuito de Corrida de Rua de Campos (Por Nivaldo Godoi Ramos)
04/12/2013 | 21h20

Ao término do Circuito de Corridas de Campos em 2013, faço uma reflexão do período que acompanho as provas de rua, organizadas pela Fundação de Esportes, este pela missão a mim atribuída, como representante da Federação de Atletismo na região, mas acima de tudo como amante do esporte.

Observei no período de 2002 até os dias de hoje, a preocupação dos organizadores em corrigir as falhas encontradas, e assim pudemos ver a cada ano a correção destas, com a evolução e crescimento deste evento, quer no aspecto técnico, estrutura, premiação, inscrição, participação popular, dentre outros, portanto, como conclusão entendemos que esta cumpre todos os requisitos necessários que exigem um evento de corrida rústica, estando apta a se candidatar a uma das provas do Campeonato Estadual de Corridas de Rua, com selo da FARJ (Federação de Atletismo do Estado do Rio de Janeiro).

Porém, entretanto, como ex-atleta, professor, técnico, organizador de eventos e principalmente um idealista que milita nesta área desde 1979, faço questão de me expressar de maneira pessoal.

Como todo bom evento, este também provocou mudanças no comportamento dos participantes, com reflexos na população daquela cidade e seus munícipes, como exemplo vejo a superação dos abnegados e talentosos atletas de rua, de Campos que até então  solitariamente participavam de raras provas por ali e buscavam outras fora, são hoje graças ao Circuito,  referência, sendo   acompanhados  e admirados por todos, além de valorizados recebendo alem de troféus e medalhas, premiações em dinheiro.

Vejo também um novo participante, sim, este diferenciado, não se preocupando com as primeiras colocações, mas sim em buscar a cada dia a baixar seu próprio tempo colocando como prioridade a busca pela qualidade de vida.

Vejo com grande simpatia o colorido nos uniformes dos atletas das academias que travam uma competição sadia, porém acirrada dentre seus integrantes, e, como manifestam sua alegria quando um dos componentes de sua equipe sobe ao pódio.

Vejo também muitos dos professores responsáveis por estas equipes buscando informações para evoluir no treinamento de seus alunos, mostrando e dando relevância a este que é o mais popular dos esportes a nível de participação em todo mundo (A corrida de Rua).

Outros profissionais da área vendo o sucesso do circuito e o público alvo que sempre aumenta foram buscar também a organizar eventos como estes, o que mostra o sucesso das corridas de rua naquela cidade.

Estando em Itaperuna e atuando como idealizador e técnico de um projeto social que tem como objetivo levar a atividade física gratuita na busca de qualidade de vida de seus alunos, tendo como ancora a caminhada e a corrida rústica, tenho neste evento, com a seriedade como é tratado, como  ferramenta prioritária  na  avaliação e evolução técnica de nossos alunos, independente de sexo ou faixa etária (O projeto Godoi atende pessoas de ambos os sexos de 10 à 90 anos) e, por várias vezes  estes ao participar deste circuito, vencendo e subindo ao pódio, vemos a alegria destes  integrantes e o reflexo  desta alegria se estender  também em nossa cidade, aumentando assim o desejo de outros virem a participar.

Vejo também a presença de atletas de várias cidades o que a exemplo de Itaperuna tenho certeza que participação destes no evento em questão leva o mesmo reflexo efeito positivo para seus conterrâneos.

Quanto ao aspecto técnico das etapas do Circuito, ao qual sempre participam grandes atletas, este evento nos deu uma oportunidade impar para que pudéssemos acompanhar o crescimento e evolução técnica daqueles que se transformaram de "boas promessas e possíveis talentos" na certeza do que são hoje "grandes atletas”, haja visto que no ano de 2012 nosso aluno  Wilson Araújo, terminou como melhor atleta do Brasil na categoria juvenil para as provas de 10.000 metros e o outro Alessandro Marinho como melhor atleta do Estado, e estes participam das provas de Campos desde que tinham  tinham 14 anos, portanto este o evento que os lapidaram.

Só como registro, caso a Olimpíada acontecesse neste período, estando eles como adultos nas mesmas condições, os convocados seriam estes. Portanto entendo, quer seja no contexto social, esportivo, institucional, lazer, técnico que este evento, foi, é, e continuará sendo ferramenta prioritária não só para Campos, mas também para toda região.

Quero parabenizar e agradecer ao Mestre Marcos Almeida pela iniciativa e pela organização, e por estar sempre buscando evoluir e assim conseguindo fazer com que este evento seja o sucesso que é.

Agradeço também, e parabenizo ao nosso Herói Olímpico e hoje Presidente da Fundação de Esportes de Campos, O Pampa, pela realização do Circuito ao qual não tenho dúvida buscará melhorar ainda mais e também junto com sua  equipe, através de sua experiência Olímpica, levará este sucesso para outras modalidades e atletas e assim não temos dúvida, que de Campos e ou de nossa Região sairá um atleta Olímpico ainda na “RIO 2016”, portanto só me resta dizer. OBRIGADO.

Nivaldo Godoi Ramos

Professor Especialista em Atletismo e Condicionamento Físico

Diretor para o interior e Vice Presidente do Conselho Deliberativo da Federação de Atletismo do Estado do Rio de Janeiro

Comentar
Compartilhe
NY Marathon 2014: vagas garantidas!
04/12/2013 | 13h52

Maravilha! Após três anos de tentativa - 2010, 2011 e 2012 sendo agora em 2013 o último no regulamento que dá direito a vaga após as tentativas relatadas - as 2 duas inscrições estão garantidas e confirmadas para a Maratona de NY 2014.

A 1ª função mais importante foi feita, a inscrição - para ter foco na prova. A segunda que é o futuro treinamento específico - possivelmente 12/16 semanas com início no 2º semestre de 2014. Finalizando com a 3ª - que é correr a prova - teoricamente a mais fácil. Bons treinos!

Visit us at NYRR.org
Dear, -----------,-------------. Thanks for your recent purchase from New York Road Runners! You’ve registered for the following: 
Item Name Item Size Item Color Item Quantity Price ($)
2014 TCS New York City Marathon - - 1 $352
Donation - - - $10
Grand Total $362
Please click the link below to download the calendar:
2014 TCS New York City Marathon    Download Calendar
Note: Entry fees are non-refundable and non-transferable Please don't reply to this e-mail. If you have any questions, you can call 212-860-4455 or e-mail[email protected]. Thank you, New York Road Runners
Comentar
Compartilhe
Medidas populares para prevenir câimbras podem ser inócuas
04/12/2013 | 05h27

Existem vários tipos de cãibras: cãibras fisiológicas (que ocorrem em músculos normais, causadas pelo exercício físico), patológicas (que ocorrem em músculos ou nervos doentes) e sintomáticas (associadas a alguns tipos de doenças ou ao uso de medicamentos).

Durante a atividade física, é comum que atletas sofram com o desconforto das câimbras. Em maratonistas, por exemplo, a prevalência de câimbras é superior a 50%, segundo pesquisa publicada na revista científica Sports Medicine.

Porém , diferente do que muitos imaginam, certas medidas populares para prevenir o problema podem não ser tão eficazes. A ideia de comer banana, por exemplo, vem da teoria de que a câimbra é causada pela falta de alguns eletrólitos importantes para a contração muscular, como o potássio presente em quantidade expressiva na fruta. Entretanto, essa teoria não possui apuração científica e estudos mais controlados mostram que o conceito não é plausível. Assim, a banana não ajuda nas câimbras. Além disso, estudos comprovam que a ingestão de banana antes ou depois do treino não eleva o nível de potássio de forma significativa para os músculos.

A perda de água corporal no decorrer da atividade física também é considerada um fator responsável pelas câimbras. Porém, as pesquisas científicas também não confirmam esta teoria. Em um mesmo jogo ou ambiente esportivo, as pessoas mais desidratadas não são as que apresentam mais câimbras e as mais hidratadas não ficam livres delas.

Assim, a teoria neuromuscular parece ser a mais promissora, segundo cientistas. Os músculos são controlados pelo sistema nervoso central (encéfalo e medula espinhal) através de um refinado sistema de nervos. Quando esse sistema envia um sinal muito intenso para o músculo, fazendo com que sofra uma contração exagerada, a câimbra acontece. Isso ocorre com mais frequência em momentos de fadiga ou quando há algum mecanismo de dor associado. Portanto, o alongamento da musculatura ainda é a melhor forma de se evitar o problema.

Fonte: http://www.educacaofisica.com.br/index.php/ciencia-ef/canais-cienciaef/biomecanica/26605-medidas-populares-para-prevenir-caimbras-podem-ser-inocuas

Comentar
Compartilhe
No topo! (Por Fabiano Figueiredo)
03/12/2013 | 21h25
Comentar
Compartilhe
Resultados da Mizuno Uphill Marathon
03/12/2013 | 11h35
Masculino 1 – Leonardo Maciel – 3:31:11 2 – Paulo Lacerda – 3:43:42 3 – Carlos Kawasaki – 3:46:46 4 – Jacques Fernandes – 3:47:27 5 – Henrique Villela – 3:53:23 6 – Frederico Mendes – 3:54:10 7 – Zé Lúcio Cardim – 3:59:14 8 – Fabrízio Tinoco – 4:02:10 9 – Marcel Pracidelle – 4:10:02 10 – Everton Larrondo – 4:13:48 11 – Marcos Freddo – 4:15:07 12- Daniel Gohl – 4:15:26 13 – Flávio Simão – 4:18:13 14 – Orlando Venâncio – 4:28:29 15 – Gustavo Tubino – 4:32:51 16 – Fábio Pierry – 4:37:40 17 – Sergio Xavier – 4:40:15 18 – Regis Dias – 4:41:51 19 – Sergio Rocha – 4:41:51 20 – Alexandre Chaves – 4:43:28 21 – Herivelto Gomes – 4:43:28 22 – Roger De Abreu – 4:46:24 23 – Darvin Ribas – 4:47:19 24 – Eugênio Frederico – 4:49:32 25 – Marcello Lauer – 4:49:35 26 – Luiz Bastos – 4:49:59 27 – Harry Thomas Jr – 4:51:16 28 – Sergio Crespo – 5:16:15 29 – Robson Souto – 5:16:15 30 – Ricardo Nishizaki – 5:23:42 31 – Rodrigo Da Fonseca – 5:23:42 32 – Iuri Totti – 5:37:38 Feminino 1 – Mirlene Picin – 3:48:34 2 – Marina Richwin – 3:54:24 3 – Eloiza Testolin – 4:08:18 4 – Paula Narvaez – 4:10:02 5 – Daniela Santarosa – 4:12:14 6 – Cláudia Webber – 4:20:10 7 – Monica Moncada – 4:22:48 8 – Karina Brito – 4:28:16 9 – Vania Wong – 4:28:57 10 – Adriana Gaspar – 4:29:53 11 – Claudia Maragliano – 4:36:02 12 – Karine César – 4:49:43 13 – Giselle De La Higuera – 4:59:47 14 – Jacke Reis – 4:59:47 15 – Niva Mello – 5:03:02 16 – Betina Balletta – 5:18:53 17 – Patricia Nemoto – 5:22:31 18 – Yara Achôa – 5:37:38 Fonte: http://www.runningnews.com.br/noticias/inovacao-e-a-marca-da-mizuno-uphill-marathon/2013/12/  
Comentar
Compartilhe
Inscrições abertas para sorteio da Maratona de Nova York 2014
03/12/2013 | 05h03

Para quem pretende tentar, confia na sorte e sonha em correr esta Major, via sorteio, é por aqui, pois as inscrições abriram ontem (02/12). Boa sorte!

Comentar
Compartilhe
Costa Esmeralda Ultra Trail Marathon
02/12/2013 | 19h45
QUANDO: 17 de Maio de 2014 AONDE: Costa Esmeralda/SC - Brasil O QUE: 100 – 84 – 65 – 50 – 21 – 10 Km POR QUE: Somos loucos por uma aventura TRAIL RUN! Início das inscrições dia 10 de Dezembro!!!
Comentar
Compartilhe
460km por SP
02/12/2013 | 16h13

Blogueiro e corredor Rodolfo Lucena vai percorrer 460km em homenagem aos 460 anos da cidade de SP - dia 25 de janeiro de 2014 - transformando em kms esta data num período aproximado de 40 dias.  Boa sorte e grandes emoções para o corredor frente a tamanho desafio.

Comentar
Compartilhe
Resultados da Corrida Corporarte
01/12/2013 | 18h13

Estes são os resultados da 1ª Caminhada e corrida Corporarte realizada hoje (01/12) em Lagoa de Cima em distâncias de 6 e 11km, tendo num total de 73 corredores.

GERAL MASCULINO 11 KM GERAL FEMININO 11 KM GERAL MASCULINO 6 KM GERAL FEMININO 6 KM FAIXA ETÁRIA MASCULINO 11 KM FAIXA ETÁRIA FEMININO 11 KM FAIXA ETÁRIA MASCULINO 6 KM FAIXA ETÁRIA FEMININO 6 KM Fonte: http://www.cronotag.com.br/index.php  
Comentar
Compartilhe
Resultados Circuito das Estações Adidas Rio
01/12/2013 | 14h59
Por aqui link para os resultados da tradicional prova Circuito das Estações Adidas que aconteceu hoje (01/12) no RJ. Atualizado às 16:41 com acréscimo de foto.
Comentar
Compartilhe
Vencedores da Volta da Pampulha 2013
01/12/2013 | 11h57

Classificação dos 6 primeiros homens na volta da Pampulha 2013 onde o grande Giovani dos Santos conquistou o Bi-Campeonato.

1. Giovani dos Santos

2. Damião Anselmo

3. Valério de Sousa

4. Marcio Leão

5. Gilmar Lopes.

6 . Franck Caldeira

Fonte: Pé de Vento Petrópolis

Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marcos Almeida

[email protected]

Marcos Almeida é assessor esportivo, especialista em Ciência da Musculação e mestre em Ciência da Motricidade Humana.