Boletim médico
27/05/2020 | 15h46
O Hospital Dr. Beda divulgou, no início da tarde, através de sua assessoria de imprensa, um boletim médico sobre Irmã Suraya Chaloub. Seu estado de saúde permanece grave, com ela se encontrando clinicamente estável desde que fez uma cirurgia após ter um AVE (Acidente Vascular Encefálico) hemorrágico na quarta-feira passada.
Irmã Suraya foi transferida após a cirurgia para o CTI (Centro de Terapia Intensiva) do hospital. Após em ficar em coma induzido através de sedativos, a sedação foi suspensa no fim de semana, assim permanecendo até hoje, mas ela se mantém em coma.
Uma nova informação que o boletim traz, que não é positiva, é que as imagens da tomografia demonstraram múltiplas áreas de lesões isquêmicas secundárias ao AVE hemorrágico, conferindo piora do prognóstico cerebral. Ela respira através de ventilador mecânico, com oxigenação adequada e redução das doses de medicações para manutenção da pressão arterial.
Irmã Suraya Chaloub, que segue lutando por sua vida, foi a principal dirigente do Censa (Auxiliadora) durante mais de 30 anos, estando ainda atuante na instituição. Confira abaixo o boletim médico:
Compartilhe
Três gordos
27/05/2020 | 14h59
Foi aberta, neste mês, no Rio, a Três Gordos, uma hamburgueria 100% digital (confira aqui). Quem empreende o negócio é o chef Thomas Troisgros, filho de Claude Troisgros e à frente dos restaurantes da família e do T.T. Burger, hamburgueria gourmet carioca. Sem os custos da loja física, seus produtos serão mais em conta para o consumidor.
O nome Três Gordos vem da tradução do sobrenome da família, Troigros, do francês para o português. A hamburgueria digital tem um "prato" único, o sanduíche Três Gordos, mais simples e econômico do que os do T.T. Burger, tendo apenas cinco ingredientes: pão, cheddar, picles de pepino, carne e molho.
O sanduíche segue a linha dos smash burgers e tem 3 opções de tamanho, de acordo com o número de carnes de hambúrguer. Seu preço irá varia de R$ 15,00 a R$ 29,00, dependendo do tamanho. Será possível ainda acrescentar ovo, cebola caramelada (R$ 3,00 cada) e/ou bacon (R$ 4,00).
Os combos, com batata-frita e refrigerante ou água, variam entre R$ 27,00 e R$ 39,00, dependendo do tamanho do sanduíche. A Três Gordos abriu contando com 5 lojas no iFood, atendendo no Rio as regiões da Zona Sul, Centro, Tijuca e Barra. Boa opção para os campistas em viagem ao Rio, quando a pandemia passar.
Fonte: Veja
Compartilhe
Advogados Carlos Alexandre e João Paulo Granja: lei dos descontos das mensalidades é inconstitucional
26/05/2020 | 21h23
Conforme foi noticiado e detalhado aquiaqui, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou o projeto de lei 2.052/20, que obriga as instituições privadas de ensino a reduzirem o valor das mensalidades durante o período de vigência do estado de calamidade pública. A lei segue agora para sanção do governador Wilson Witzel.
Os advogados João Paulo Granja e Carlos Alexandre de Azevedo Campos, ambos de grande competência, atuando por duas das principais bancas de advocacia de Campos, entendem que a lei é inconstitucional, por tratar de matéria que seria de competência federal. As associações que reúnem instituições de ensino prometem entrar na justiça contra a lei, arguindo sua inconstitucionalidade.
"Entendo por inconstitucional o Projeto de Lei 2052/2020, não apenas por legislar sobre vínculos jurídicos contratuais, mas também por versar sobre questões afetas à educação e às relações de trabalho, dentre outras, matérias de competência da União, nos termos do artigo 22, I e XXIV da Constituição Federal, mas por violar o princípio de livre iniciativa das instituições de ensino, balizada apenas, nos termos do artigo 209, I, às normas gerais da educação nacional." - afirma João Paulo Granja.
Já Carlos Alexandre de Azevedo aponta a inconstitucionalidade e ressalta três pontos: "É inconstitucional: competência da UNIÃO. Não vejo como proteção do consumidor (competência concorrente), mas interferência direta em relação contratual. Direito Civil lato sensu.". 
"Viola a livre concorrência na medida em que não reconhece que muitas instituições já conferem bolsas e descontos, o que significa que os 30% serão somados aos descontos já dados, o que exclui a capacidade de algumas instituições se manterem no mercado. A primeira inconstitucionalidade é formal (competência legislativa); a segunda, material (violação de liberdade fundamental)." - complementa Carlos Alexandre.
"Ainda na hipótese do Judiciário não reconhecer nenhuma das inconstitucionalidades, então se impõe, no mínimo, o que chama-se de "interpretação conforme a Constituição": uma interpretação da lei que resulte na aplicação de 30% no percentual que exceder aos descontos já dados pelas instituições sobre a mensalidade padrão, mantidos os descontos em vigor que já excedessem o percentual de 30%. Assim, em bolsas de 20%, seria aplicado mais um percentual de 10; 25, de 5; 30, de 0. É uma interpretação que harmoniza os interesses dos alunos e o Direito das escolas de se manterem." - finaliza o advogado.
Compartilhe
Como ficariam as mensalidades escolares com os descontos aprovados pela Alerj
26/05/2020 | 20h11
O jornalista Arnaldo Neto noticiou aqui, em seu blog, no Folha 1, que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, em discussão única, o projeto de lei 2.052/20, que obriga as instituições privadas de ensino a reduzirem o valor das mensalidades durante o período de vigência do estado de calamidade pública, instituído pela Lei 8.794/20, sancionada pelo governador Wilson Witzel em 17 de abril de 2020.
A redução perduraria até quando as aulas presenciais forem retomadas, devidamente autorizadas pelo poder público. Não está claro se a eficácia da lei valerá a partir de 17 de abril, data do decreto de calamidade, ou se após a possível sanção da lei. O desconto base obrigatório é de 30%, mas há uma tabela que define isenções conforme o valor da mensalidade, reduzindo, na prática o valor do desconto.
Mensalidades escolares até R$ 350,00 não terão desconto, ficando este valor como teto de isenção. Em mensalidades acima de R$ 350,00, será aplicado um fator de redução de R$ 350,00 para base de cálculo e sobre o valor remanescente será aplicado o desconto de 30%. 
Para o caso de cooperativas, associações educacionais, fundações e micro e pequenas empresas de educação, o teto de isenção sobre para R$ 700,00. Neste caso mensalidades acima de R$ 700,00 sofrerão uma redução de R$ 350,00 e sobre o valor remanescente será aplicado o desconto de 30%.
A redução nos valores será aplicada apenas aos contratos que preveem aulas na modalidade presencial e não valerão para contratos com inadimplência há pelo menos duas mensalidades. A lei segue agora para sanção do governador Wilson Witzel, que terá até 15 dias úteis para sancioná-lo ou vetá-lo.
Além de aguardar a sanção do governador, a lei pode encontrar um percalço no caminho, uma vez que organizações de entidades educacionais prometem questionar a sua constitucionalidade, atribuindo competência federal, e não estadual, para o tema.
Confira mais detalhes aqui na matéria do jornalista Arnaldo Neto no Folha 1.
Atualização às 21h45 de 26/05/2020: Alteração do possível início de vigência da lei.
Atualização às 17h23 de 28/05/2020: Supressão do quadro inicial de simulação. Confira aqui o correto e todos os detalhes da lei que, ao contrário do anúncio feito pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) em seu site, anteontem, no final do dia, o projeto de lei 2.052/20, aprovado em em discussão única, não obriga todas as instituições privadas de ensino a reduzirem o valor das mensalidades em 30%
Compartilhe
Boletim médico
25/05/2020 | 14h27
O Hospital Dr. Beda divulgou há pouco, através de sua assessoria de imprensa, um boletim médico sobre Irmã Suraya Chaloub. Seu estado de saúde permanece grave, mas ela se encontra clinicamente estável desde que fez uma cirurgia após ter um AVE (Acidente Vascular Encefálico) hemorrágico na quarta-feira passada, sem intercorrências desde então.
Irmã Suraya Chaloub foi a principal dirigente do Censa (Auxiliadora) durante mais de 30 anos, estando ainda atuante na instituição. A cirurgia foi bem sucedida no seu objetivo de diminuir a pressão intracraniana, tendo sido conduzida pelos neurocirurgiões Arthur Borges e Leandro Alcy.
Ela foi transferida após a cirurgia para o CTI (Centro de Terapia Intensiva) do hospital, em quadro grave, mas considerado estável, situação em que permanece. Após em ficar em coma induzido através de sedativos, a sedação foi suspensa no fim de semana, com o quadro comatoso se mantendo.
A paciente segue com monitorização eletroencefalográfica, sendo acompanhada continuamente pelos médicos assistentes Drs. Maron El Kik e Camila El Kik; médicos intensivistas Drs. Marcelo D’avila, Bruno D’avila e equipe; e o neurocirurgião Dr. Arthur Borges. Confira abaixo o boletim médico:
Atualização às 21h28 de 25/05/2020: Inclusão de novo boletim, divulgado pelo Hospital Dr. Beda às 20h30, com a manutenção do quadro estável e monitorização eletroencefalográfica, em coma, mas com atividade cerebral patente. Confira:
Atualização às 14h18 de 26/05/2020: Inclusão de novo boletim, divulgado pelo Hospital Dr. Beda às 14h00 de 26 de maio (terça-feira), com a manutenção do quadro grave, em coma, com evolução clínica estável. Confira:
Compartilhe
Morreu Dom Américo
25/05/2020 | 11h39
Foto: Antônio Filho
Faleceu há pouco, por volta de 11h00, no Hospital Geral de Guarus, Dom Américo, nosso eterno Osvaldão, aos 69 anos. Ele havia sido internado desde o dia 02 de março, com falta de ar e alteração de pressão. Após lutar pela vida durante 85 dias, ele morreu por falência múltipla dos órgãos.
Há suspeita que Osvaldão tenha contraído covid-19. Foi feito um teste, cujo resultado ainda não saiu. Ele deixa quatro filhos e três netos. Não haverá velório, em função das restrições do isolamento social. O enterro será realizado no Cemitério do Campo da Paz, às 17h00.
Carreira - Nascido em 18 de fevereiro de 1951, Osvaldo Américo Ribeiro de Freitas, gigante de 1,96m, começou a cantar em 1967 e, naquele tempo, suas maiores influências eram Cauby Peixoto e Agnaldo Timóteo. Em 1970 a sua carreira deslanchou de vez e, rapidamente, o menino chamado de Osvaldinho, na infância, passou a ser Osvaldão, nos palcos, com muito talento e alegria.
O nome Dom Américo veio de um interessante acaso da vida. Na gravadora PolyGram, um produtor chegou a pensar em nomes artísticos para Osvaldo Américo, como "Valdo de Oz” e “Amerix". Foi então que seu filho mais velho, Marcos Vicente, mais tarde chamado pelo pai de Apollo, trouxe a solução. Ainda na infância, o menino chamava o pai de "Dão" e, com o tempo, passou a pronunciar "Dom". Criativo, Osvaldo decidiu que, seguindo o apelido dado por Apollo, se chamaria Dom Américo.
O maior sucesso de Dom foi a canção “Butterfly”, de Paulo Debétio e Paulinho Rezende, presente no LP "Luminosidade". Para seus fãs, outro destaque do repertório era "New York, New York". Fã de Tim Maia, Osvaldão era intérprete de seus grandes sucessos, fazendo o público dançar, em seus shows.
Vida fora dos palcos - Osvaldão era professor, formando em Ciências Agrícolas e Pedagogia, pela Escola Agrícola Estadual Antônio Sarlo, da qual foi aluno, ente 1964 e 1970, se destacando pela regência da banda marcial. Mais tarde, foi professor da instituição, de 1973 a 1995. Especialista em paisagismo e jardinocultura, Dom foi convidado para conceber o projeto do Cemitério Parque Campo da Paz, do qual se tornou gerente geral, permanecendo no cargo até 1994.
Nos palcos, o sucesso sempre rodeou o astro maior da música campista. Depois de atuar como cantor de baile e bar, Dom foi se adaptando aos desafios e, com maestria, se transformou em cantor de trio elétrico, quando a praia do Farol de São Thomé passou a ter esse tipo de atração, nas temporadas de verão.
Rede nacional - Com um talento que merecia ser conhecido por todo o Brasil, Dom viveu, em 1996, uma grande oportunidade de mostrar seu talento, em rede nacional, no programa "Jô Soares Onze e Meia", do SBT. Naquele momento, Osvaldão pesava 180 quilos e estava divulgando o CD "Salsa Brasil".
Em boa parte da carreira, Dom Américo dividiu os palcos com grandes músicos, por ele carinhosamente chamados de “comparsas”, além de seu filho mais velho Apollo Ramidan, herdeiro de seu talento para os palcos. Nos bastidores, o astro contou com o auxílio de Alexandre "Tim Maia", apelido carinhoso com o qual seu assistente ficou conhecido.
Reconhecido e valorizado pelos campistas, Dom Américo recebeu, da Câmara de Vereadores, em 17 de dezembro de 2018, a Ordem do Mérito Wilson Batista, honraria conferida em reconhecimento a aqueles que se destacam no campo musical, no município.
Realização de sonhos - E se o palco era a casa de Dom Américo, por muitas vezes ele o dividiu com seus ídolos. Agnaldo Timóteo e Joanna, são apenas dois dos tantos astros com os quais Osvaldão cantou. Mas, o grande sonho se tornou realidade 30 de junho em 2016, quando Dom dividiu o palco do Teatro Municipal Trianon com os jovens músicos da ONG Orquestrando a Vida, em um bonito concerto da Sinfônica Mariuccia Iacovino, pela comemoração de seus 49 anos de carreira.
Dom Américo marcou várias gerações de campistas, com seu talento, alto astral e energia nos palcos. Já assisti várias apresentações dele, sempre animadas e marcantes, muito atencioso e carinhoso com o público. Estive com ele em vários carnavais, seja em clubes ou nas lendárias festas na casa de Edvar Chagas. Transmito aqui os meus sentimentos a Mauro, Apollo e demais familiares. Que siga em paz nosso Osvaldão!
Confira mais informações aqui, no Folha 1.
* Com o jornalista Antônio Filho
Atualização às 13h35 de 25/05/2020: Informações sobre velório, que não haverá, e enterro.
Compartilhe
Boletim médico
24/05/2020 | 13h33
O Hospital Dr. Beda divulgou há pouco, através de sua assessoria de imprensa, um boletim médico sobre Irmã Suraya Chaloub. Seu estado de saúde permanece grave, mas ela se encontra clinicamente estável desde que fez uma cirurgia após ter um AVE (Acidente Vascular Encefálico) hemorrágico na quarta-feira passada, sem intercorrências desde então.
Irmã Suraya Chaloub foi a principal dirigente do Censa (Auxiliadora) durante mais de 30 anos, estando ainda atuante na instituição. A cirurgia foi bem sucedida no seu objetivo de diminuir a pressão intracraniana, tendo sido conduzida pelos neurocirurgiões Arthur Borges e Leandro Alcy.
Ela foi transferida após a cirurgia para a UTI do hospital, em quadro grave, mas considerado estável, situação em que permanece, em coma induzido. Ontem foi feita a liberação dos sedativos e a paciente segue com monitorização eletroencefalográfica. Confira abaixo o boletim médico:
O boletim médico gerou uma nota oficial do Censa e do Isecensa. Confira abaixo:
Atualização às 20h23 de 24/05/2020: Confira abaixo novo boletim médico, divulgado às 20h20 pela assessoria de comunicação do Hospital Dr. Beda. Irmã Suraya Chaloub segue em condição clínica estável, sem intercorrências no dia de hoje.
Compartilhe
É falsa a notícia que Irmã Suraya faleceu
23/05/2020 | 19h41
São falsas as notícias de que Irmã Suraya faleceu. Forte, como em toda a sua trajetória de vida, ela continua sua luta pela vida no Hospital Doutor Beda. Seu estado de saúde é grave, mas ela se encontra clinicamente estável desde que fez uma cirurgia após ter um AVE (Acidente Vascular Encefálico) hemorrágico na quarta-feira passada.
Irmã Suraya Chaloub foi a principal dirigente do Censa (Auxiliadora) durante mais de 30 anos, estando ainda atuante na instituição. A cirurgia foi bem sucedida no seu objetivo de diminuir a pressão intracraniana, tendo sido conduzida pelos neurocirurgiões Arthur Borges e Leandro Alcy
Ela foi transferida após a cirurgia para a UTI do hospital, em quadro grave, mas considerado estável, situação em que permanece, em coma induzido, com a liberação gradativa dos sedativos.
Nas redes sociais, maior foco de desinformação mundial, várias pessoas postaram a falsa notícia do falecimento de Irmã Suraya, em total desrespeito, assim como fizeram nesta semana com Dom Américo, o eterno Oswaldão.
Mais um festival de notícias falsas no WhatsApp, campeão nacional de fake news. O falso falecimento foi noticiado em vários grupos, seja com o próprio usuário escrevendo ou no famoso "encaminhamento" de um texto, que sabe-se lá de onde veio, na versão moderna da fofoca.
Compartilhe
Lockdown irá continuar
23/05/2020 | 12h52
A Prefeitura de Campos publicará hoje um novo decreto para regulamentar as normas de isolamento do município como forma de combate à propagação do coronavírus. O lockdown será continuado por mais uma semana, com algumas flexibilizações, conforme foi noticiado aqui no Folha 1 e está na capa da edição impressa da Folha Manhã. A conferir.
Com o lockdown, o índice de isolamento subiu de 40% para 65%. A meta é 70%.
Atualização às 14h45 de 23/05/2020: O decreto foi publicado pela Prefeitura há pouco, em edição extraordinária do Diário Oficial, confirmando o teor desta nota, na íntegra.
Compartilhe
Solução para o distanciamento social
22/05/2020 | 16h55
O Burger King lançou, na Itália, uma versão do seu sanduíche carro-chefe, o Whopper, voltado para o distanciamento social: o "Social Distancing Whopper", com cebola tripla.
Fonte: Geek Publicitário
Compartilhe
Sobre o autor

Christiano Abreu Barbosa

[email protected]

Arquivos