MV Bill, sobre a política higienista de remoções de pessoas por conta das Olimpíadas no Rio: 'É uma covardia; um insulto!'. Saiba mais e veja fotos do show do rapper no Sesi-Campos
30/07/2016 | 01h07

DSCN8683

Foi com um barulho de tiroteio e guerra civil urbana, feito por sonoplastas, que começou o show "Contemporâneo", do rapper MV Bill, na semana passada, no Sesi, em Guarus, Campos-RJ. A apresentação de um dos maiores nomes da música mundial integra o projeto X-Tudo Cultural do Sesi e reuniu dezenas de fãs do autor de sons como "Traficando Informação" e "Soldado do Morro" e do documentário "Falcão - Meninos do Tráfico".

DSCN8670

O blog pediu ao rapper para que desse sua visão sobre as remoções de pessoas das ruas e de comunidades, na capital do Rio de Janeiro, por conta das Olimpíadas. Um levantamento feito pela Agência Pública, de jornalismo investigativo, lista 100 famílias que foram removidas de suas comunidades por conta dos jogos. Sobre essa política de higienização social, Bill comentou:

 

Eu acho que esse tipo de recolhimento compulsório é uma covardia. Eu já vi isso acontecer - na época do Pan, em 2007. Acho que é muita covardia pegar essas pessoas que fazem parte da população de rua, da população menos abastada, e jogar como se fosse uma sujeira pra debaixo do tapete. É uma característica muito conhecida nos governos do Brasil. Acho que isso é um insulto. Quando se fala da falta de um legado, pra mim é isso, inclusive. Tipo: às vezes eu vejo governantes falando de obras estruturais, como se elas fossem um legado esportivo. Não são. Obra estrutural é obrigação de quem está à frente dos governos. Então, acho que o legado poderia ter acontecido, só que a gente perdeu essa oportunidade.

DSCN8696

MV Bill levou os fãs ao delírio no Sesi. Ele subiu no palco junto de sua banda (composta por um clarinetista, um DJ e um baixista) e de sua parceira de trajetória e irmã, Kamilla CDD. Seu show "Contemporâneo" fala da violência urbana na capital carioca. Após a apresentação, Bill fez fotos com todos os fãs e distribuiu seu disco "Contemporâneo" - autografado.

[caption id="attachment_594" align="alignnone" width="922"]Kamilla CDD Kamilla CDD[/caption]

DSCN8729

DSCN8618 - Copia

O Festival X-Tudo, do Sesi

Começou em julho e termina neste sábado (30) o Festival X-Tudo, no Sesi-Campos. Neste sábado, rola em Guarus, com play às 20h, o show "Som do vale", com Carol Poesia. A classificação é 16 anos e os ingressos custam R$10.

"O show do MV Bill fortalece a programação do Festival X-Tudo Sesi Cultural. O festival tem uma programação com atrações diversificadas e que valorizou a produção local. Na programação, Bill é o unico artista reconhecido nacionalmente", disse o supervisor de Cultura do Teatro Sesi-Campos, Fernando Rossi.

     
 
Comentar
Compartilhe
Autor de sons como 'Traficando Informação' e 'Soldado do Morro', e do documentário 'Falcão-Meninos do Tráfico', MV Bill vai mandar a letra amanhã à noite, no Sesi, em Campos #PeriferiaÉOPoder
21/07/2016 | 13h29

18-07-2014-17-01-54-mv-bill

Um dos maiores nomes da música mundial, o rapper MV Bill, autor de sons consagrados como "Traficando informação", "Soldado do morro", "Estilo vagabundo", "Preto em movimento", "Só Deus pode me julgar", "O bagulho é doido" e tantos outros, e que assina também [junto com Celso Athayde] o documentário "Falcão - Meninos do Tráfico" [que exibimos no Cineclube Goytacá no final do ano passado], fará um show amanhã à noite, com play às 20h, no Sesi, em Guarus, Campos. Os ingressos estão à venda, no próprio Sesi, por R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada). A entrada é só para maiores de 16 anos e as vagas são limitadas! O bagulho é doido e esse show vai ser ainda mais! Não perde! Mais informações podem ser obtidas pelo telefone do Sesi-Campos: (22) 2101-9053. Hoje (21), MV Bill toca em Macaé e no sábado (23) o show rola em Itaperuna! #ORapÉOPoder!

maxresdefault

 
Comentar
Compartilhe
Listamos 10 motivos pelos quais Cunha deve ir pra cadeia! Saca só!
08/07/2016 | 18h43

>>Motivo 1:

motivo01

>>Motivo 2:

motivo02

>>Motivo 3:

motivo03  

>>Motivo 4:

motivo04

>>Motivo 5:

motivo05

>>Motivo 6:

motivo06

>>Motivo 7:

motivo07  

>>Motivo 8:

motivo08  

>>Motivo 9:

motivo09

>>Motivo 10:

motivo10      

Comentar
Compartilhe
O próximo passo é Cunha na cadeia! Vai rolar! #TchauBandido #Vaza
07/07/2016 | 19h27
cunha03

Leia, aqui neste link, matéria do The Guardian sobre a renúncia do cara ultra-conservador [que é apoiado por nada mais nada menos do que Collor!] que fez todas as manobras possíveis para tirar Dilma Rousseff do cargo, ferindo o processo democrático do Brasil, e que é investigado pelo Supremo Tribunal Federal por corrupção, intimidação de legisladores, obstrução da justiça e abuso de poder! Segundo o The Guardian, Cunha disse à imprensa brasileira que: se for pra cadeia, não vai sozinho. Esperamos que ele vá, e leve com ele o Temer, o Bolsonaro e afins! :)

Vamos postando, numa série (acompanhe nos próximos posts neste blog), os porquês de Cunha ser um dos verdadeiros e maiores bandidos desse país.

Motivo 1:

cunha01

Motivo 2:

cunha04 [caption id="attachment_559" align="alignnone" width="800"]As imagens são da Mídia Ninja. As imagens são da Mídia Ninja.[/caption]  
Comentar
Compartilhe
Racionais MCs levam público ao delírio em show no Festival Internacional da Utopia, em Maricá-RJ. 'Você vota em quem você quiser. Mas, presta atenção: omissão, não!', disse Mano Brown. Veja fotos e saiba como foi!
01/07/2016 | 01h13
Texto: Thaís Tostes/Mídia Ninja/ Na Lata Fotos: Thaís Tostes/Mídia Ninja/ Na Lata; e Adriano Choque/Coberturas Utópicas

Na quarta-feira da semana passada, dia 22, o maior grupo de rap do Brasil e um dos maiores do mundo, Racionais MCs, subiu no palco da Praia da Barra, em Maricá-RJ, no Festival Internacional da Utopia, e fez um mega show pra um público formado, em maioria, por adolescentes e jovens negros moradores de zonas urbanas periféricas, fãs em potencial da banda formada em 1988. Foi com a música "Você me deve" que os Racionais deram play num set formado só por sonzeiras como "Negro drama", "Diário de um detento", "Vida loka", "Homem na estrada" e várias do álbum "Cores & Valores" (2014).

racionais-thaís tostes - na lata

O público foi ao delírio quando nada mais nada menos do que Mano Brown e companhia saíram por dentre a fumaça que era emitida diante daquele mega telão que exibia a caveira que marca o grupo e se posicionaram na frente das letras garrafais, em vermelho, que escreviam "Racionais". Parecia uma utopia aquele show, mas era realidade! O público entrou em êxtase e cantou todas as músicas, por completo, junto com os ícones Brown, Edi Rock, KL Jay e Ice Blue.

"Eu aprendi a rimar. Antes de mim, vieram muitos que lutaram pela liberdade; lutaram contra o massacre; contra morte de índio, morte de preto, morte de pobre. Muita gente lutou. Então, não cabe a nós nos omitir sobre nossa própria vida. Eu não vim aqui falar sobre político nenhum! E não quero que vote em ninguém, também! Isso aqui não pode ser uma tocaia, cabo eleitoral. Não é uma tocaia! Vamo' trocar a ideia! Você torce pro time que você quiser, vota em quem você quiser. Mas, presta atenção: omissão não! O ser humano tem uma missão - se não for individual, que seja coletiva. Mas o que não pode é parasitar, e deixar o inimigo entrar na nossa casa, abrir a geladeira, mexer com nossa mulher. Nós temos que honrar quem nós somos. Não é ser um exército de drogados - piolhos, que dão na cabeça de qualquer um", disse Brown.

[caption id="attachment_549" align="aligncenter" width="692"]Racionais. Bastidores. Mano Brown nos bastidores.[/caption]

Um dos fãs que foram ao show é Daniel Freitas, de 19 anos, que curte Racionais desde os 14. Morador de Maricá, Daniel curtiu a apresentação bem pertinho do palco, colado na grade. "Curto muito Racionais! Esse foi meu primeiro show. Espero ir em outros. Acho que Mano Brown mandou bem quando disse que não estava ali pra falar de política. Ele foi e fez o dele, que é levar alegria pros fãs da banda", comentou.

Após o show, Edi Rock e o "Lord Joker" (integrante da banda que usa uma fantasia formada por uma roupa de presidiário e uma máscara em preto e branco) desceram do palco e fizeram vários selfies com a galera. No backstage, os músicos também posaram pra fotos com os fãs, apertaram a mão de vários deles e autografaram bonés.

[caption id="attachment_550" align="alignnone" width="1130"]Edi Rock Edi Rock[/caption] photo1013913831966091233 photo1013913831966091237        
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Thaís Tostes

[email protected]