Um Presente de Natal para os Deficientes Visuais
23/12/2017 | 14h00
Principal
Principal / Principal
Chegou há 2 meses no Brasil um presente de Natal para os deficientes visuais, uma tecnologia pioneira ao poder da visão artificial, em uma plataforma portátil que melhore a vida de indivíduos com deficiência visual chamada ORCAM my Eyes.
Semana passada fui a São Paulo conhecer essa versão em português pois a tecnologia conheci no Canadá na versão em Inglês. Fiquei encantado com este Óculos que me trouxe muitos benefícios, ele fotografa o rosto das pessoas e ao apontar o dedo para a pessoa você fala o nome e a imagem do rosto fica armazenada na memória, quando a pessoa passar por você, ele falará o nome dela.
Outro recurso fantástico o ORCAM auxilia na leitura de textos em livros, revistas e jornais, e até mesmo a tela do computador facilitando a leitura de e-mails, também o óculos lê placas a uma distância de 5 metros, que eu pude testar.
Toda esta tecnologia teve início com Amnon Shashua que é um pesquisador israelense na área de ciências da computação, e se especializou na computação visual. Tudo começou em 1999 quando ele imaginou um “carro do bem” que não causasse acidentes. Em suas pesquisas, concebeu um algorítimo que possibilita a detecção de objetos no campo de visão de uma câmera. Foi daí que surgiu Mobileye.
 
Em 2010, a tecnologia foi aplicada para humanos por meio do produto OrCam MyEye®. Trata-se de uma câmera acoplada a um óculos que auxilia pessoas com deficiência visual a executar tarefas diárias.
Antes de cofundar a OrCam, Ziv Aviram cofundou a Mobileye, uma empresa israelense que desenvolve sistemas de assistência à direção baseadas em seus sistemas-em-chip proprietários e algoritmos de visão que detectam pedestres, veículos e placas de trânsito.
Aviram é formato em Engenharia Industrial e Administração pela Universidade Ben-Gurion.
Fiquei imensamente feliz com esta tecnologia, senti a necessidade de compartilhar  com todas as pessoas que precisam, trazendo uma melhor qualidade de vida ao deficiente visual.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marco Barcelos

[email protected]