Investindo Maciçamente na Educação, Gera Uma Consciência Crítica, Avalia o Presidente do PPS de Campos dos Goytacazes Sérgio Mendes Abrindo a Boca Para Marco Barcelos.
14/08/2017 | 16h29
1- Como presidente do PPS de Campos dos Goytacazes, quais as pretensões para as eleições de 2018? Já existem pré-candidatos?
R: É absolutamente natural que o partido, uma vez no poder, pense em eleger representantes para a Alerj e Congresso. Portanto, no momento, o nosso foco é ajudar o prefeito Rafael Diniz a tirar Campos desse atoleiro financeiro que os Garotinho mergulharam nosso município.
 
2- Na reforma politica, na sua avaliação o sistema distrital, mandatos executivos sem reeleição e calendário único para as eleições, são propostas viáveis?
R: Lamento que nesse país, essas "possíveis reformas" acontecem de uma forma casuística, e sempre na undécima hora do prazo final. Acho que esse debate deve ser ampliado e discutido exaustivamente para que, o que ficar decidido, perdure por um bom e longo tempo pelo bem do regime democrático.
 
3- Na lama da corrupção que se espalhou por todas as esferas politicas, foram condenados e presos políticos a nível municipal, estadual e federal. Na sua visão como resgatar a credibilidade e o papel politico de um povo tão sofrido.
R: Primeiro investindo maciçamente na educação e conscientização do povo brasileiro. A educação gera uma consciência crítica, e cidadãos mais exigentes com relação aos seus direitos. Segundo, leis severíssimas para que os malfeitores compreendam que verdadeiramente o crime não compensa.
 
4- Nestas ultimas eleições o PPS elegeu o prefeito Rafael Diniz com uma votação histórica. Na sua opinião, o que representa este resultado e o que a sociedade pode esperar de novos projetos para o nosso município.
R: A sociedade espera uma nova forma de fazer política. E é o que o prefeito tem feito. Governo participativo, transparente, dialogando permanentemente com a sociedade, e com olhos voltados para as novas gerações. Populismo nunca mais!
 
5- O PPS tem hoje propostas de governo que poderia auxiliar o Prefeito na geração de novos postos de trabalho cobrindo os anseios da sociedade campista?
R: Há vinte anos atrás, quando governei essa cidade, a nossa arrecadação girou em média, em torno de R$ 75 Milhões ano. Ao contrário do que criticam nossos opositores, tivemos grandes avanços. Inauguramos, junto com o saudoso ex-governador Leonel Brizola, a UENF, onde a nossa ação foi decisiva na desapropriação de 500 mil metros quadrados de área para a implantação da mesma. Trouxemos o gás para as indústrias, algum tempo depois entrou também nas residências, Heliporto no Farol, Nova rodoviária (Shopping Estrada), enfim, trabalhamos sobretudo, sempre com parcerias. Essa, a meu ver, é uma das principais qualidades do prefeito Rafael Diniz: diálogo permanente, visão de futuro e PARCERIAS. Firjan, Sistema S, sociedade civil organizada e prefeitura, se dando as mãos, tenho certeza de que nosso município experimentará novos tempos.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marco Barcelos

[email protected]

Arquivos