Jiu-Jitsu Americano Com Kézia Azevedo Abrindo A Boca Para Marco Barcelos.
29/04/2016 | 16h41
13081874_972204312901133_146546404_n O Americano é esporte. Além do futebol o clube patrocina outros esportes, como Jiu-jitsu . Muito pouco tempo para muita conquista A lutadora Kézia Azevedo, de apenas 13 anos esteve no CT Eduardo Augusto Viana da Silva para visitar e fazer um convite ao Presidente Luciano Viana, para sua próxima luta. Há dois anos Kézia foi auxiliada pelo seu médico a praticar uma atividade física; um esporte. Então como na sua escola havia aula de Jiu-jitsu, a mesma começou a praticar. Ela treina todo dia pesado, na ABB. E vem tendo ótimos resultados em tão pouco tempo. Desde que começou participar de campeonatos, a jovem lutadora já conquistou sete medalhas: primeiro segundo e terceiro lugar. O Americano tem uma grande participação nessas conquistas. - Para nós é um orgulho muito grande ter o Americano como patrocinador. A gente fala do clube com muito orgulho. O Presidente Luciano Viana sempre recebe eu e a minha filha muito bem, comentou a mãe de Kézia. Seu próximo compromisso será participar da 8° Copa Arraial Jiu-jitsu, em Praia Grande, Arraial do Cabo.
Comentar
Compartilhe
Americano Patrocina Ciclismo de Estrada Com Kayllan Machado Abrindo a Boca Para Marco Barcelos
22/04/2016 | 17h38
foto_2233 1. Kayllan o que motivou a escolher o ciclismo de estrada? Há quanto tempo que prática e quais competições? Foi na escola. Vi um cartaz e me interessei. Não sabia que era para competir. Daí eu entrei. Em três semanas o professor disse que iria à Maringá competir. E fiquei em uma colocação boa. 29° lugar. Há nove meses, e tem apenas 14 anos. A primeira corrida monta bike em Maricá; A segunda Corrida Ciclista no Farol de São Tomé; Campeonato Estadual em São João da Barra (Venceu as duas etapas) A prova de contra relógio é de resistência. Circuito Ortobom no Rio de Janeiro; Contra Relógio de Motain Bike na Lagoa de Cima. 2. O Americano será primeiro patrocinador, como espera corresponder nas futuras competições? Espero trazer boas colocações no pódio para poder levantar a bandeira do Americano. Quero poder fazer a primeira corrida de maio em São Paulo e poder levantar a bandeira do Americano no lugar mais alto do pódio. 3. Qual calendário das competições que terá durante este ano? O que espera de apoio do Americano? A primeira será dia primeiro de m aio em São Paulo, Volta do Futuro em São Carlos e Etapas do Campeonato Brasileiro em Maringá E jogos escolares na Paraíba, a tradicional corrida de são salvador. 4. Quantas horas por dia, e qual distância que você percorre em seus treinamentos? Varia de uma a três horas de acordo com treinamento. Média de 90Km, tem dia que eu pedalo 70km e 110km, segunda a segunda. 5. Existem muitos adolescentes nas ruas, qual conselho que você pode dar a esse jovens? E para seguir o caminho do esporte? É poder praticar um esporte para ajudar a eles e família. Assim caminhar para um caminho melhor. Que com o esporte eu melhorei minhas notas na escola com apoio do meu técnico Marcos Coutinho Ladislau. foto_2236
Comentar
Compartilhe
Presidente do PSDB e PT Se Posicionam Em Relação Ao Impeachment Abrindo A Boca Para Marco Barcelos
19/04/2016 | 18h10
Presidente do PSDB Robson Colla : 13000264_10208635223505376_5447888098921556684_n Em relação ao impeachment, defendo a tese de que se trata de um rito previsto na Constituição Brasileira, não havendo qualquer motivo para que se fale em golpe ou coisa que o valha. O PT não só defendeu como deu entrada em varios pedidos de impeachment desde o governo Collor até o governo Fernando Henrique. Nessa época, para eles, era um instrumento legitimo e constitucional. O que mudou ?!?! Presidente do PT André Oliveira : 10408138_611877295592470_6250331988747599896_n O impeachment da Presidenta Dilma é um ato de vingança do presidente da Câmara dos deputados Eduardo Cunha, que diante do posicionamento do Partido dos Trabalhadores em votar pela admissão de seu processo de cassação de mandato no Conselho de ética, ele resolveu no mesmo dia aceitar esse pedido de impeachment em relação a Presidenta Dilma, que não cometeu nenhum crime de responsabilidade e impeachment sem crime de responsabilidade é golpe. As chamadas pedaladas fiscais sempre foram feitas em governos anteriores e o Tribunal de Contas da União sempre aceitou e de uma hora para outra resolveu mudar de ideia e não aceitar e os decretos de suplementações foram feitos embasados em pareceres técnicos dos órgãos de controle. Esse processo de impeachment que foi conduzido por um presidente da Câmara que comprovadamente é réu em diversos processos e tem contas no exterior não declaradas é nulo na sua origem e agora no Senado tenho certeza que os Senadores irão se atentar a essa questão de que se houve crime de responsabilidade e deixarão de lado as questões políticas de um grupo que perdeu as eleições nas urnas e querem ganhar no voto, que sejam respeitados os 54 milhões de votos que a presidenta Dilma teve e que a oposição se organize para ganhar no voto e respeite o Estado democrático de direito.
Comentar
Compartilhe
Desafios Na Nova Delegacia Regional de Odontologia Com Dr. Alexandre Buchaul Abrindo A Boca Para Marco Barcelos.
02/04/2016 | 12h01
foto_0249 1- Dr. Alexandre Buchaul, ao assumir a Delegacia Regional Norte Fluminense do Sindicato dos Cirurgiões-Dentistas no Estado do Rio de Janeiro quais são os principais desafios encontrados? Encontramos muitas demandas reprimidas, pela dificuldade no acesso às representações classistas até então. Estamos dando vazão a estas queixas dos colegas cirurgiões-dentistas e buscando as melhores soluções para os problemas que afligem a categoria. Estamos com negociações adiantadas para locação de uma sala comercial, no Centro da cidade, para estabelecermos a sede da Delegacia, que servirá de referência para todos os municípios da Região. Estamos em processo de dissídio coletivo com o sindicato patronal para estabelecermos melhores condições para a categoria regida pela CLT. A pauta desta ação contém 34 cláusulas que regulam desde a ausência ao trabalho para frequência a cursos e congressos até a questão salarial. Tomamos, também, a iniciativa de formar um grupo para tentar conter o aumento abusivo do ISSQN no município de Campos. Mobilização esta que já conta com a adesão de importantes organismos como Conselho Regional de Odontologia (CRO), Associação Norte Fluminense de Engenheiros e Arquitetos (ANFEA), Sindicato dos Médicos de Campos (SIMEC), Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (CREMERJ) e Ordem dos Advogados do Brasil-12a Subseção (OAB-Campos). Estamos já tomando medidas para discussão da tabela dos convênios e ações contra o aviltamento profissional promovido pelas administradoras de planos de saúde. Além disso, estudamos medidas a serem implementadas quanto à questão das condições de trabalho dos cirurgiões-dentistas no serviço público e na forma em que se dá o acolhimento e atendimento às necessidades da população. 2- A delegacia que recentemente foi fundada para lutar pela nossa classe, como está a adesão dos Dentistas? E para se associar qual o caminho? À medida que nos mostramos atuantes e acessíveis, vários colegas tem buscado a delegacia para se sindicalizar. Isso reflete a carência de representação que havia e também a confiança no trabalho que vem sendo executado. A sindicalização pode ser feita através do e-mail [email protected], endereço eletrônico para o qual devem ser enviados os dados (CPF, CRO, RG, Nome completo, endereço, telefone e e-mail) e solicitar o envio de boleto da anuidade social manifestando o desejo de sindicalizar-se. Essas e outras informações também estão disponíveis no site www.scdrj.org.br. 3- Qual a abrangência da Delegacia Norte Fluminense do SCDRJ? Quais os municípios envolvidos? A delegacia abrange toda a mesorregião Norte Fluminense e tem sua sede no município de Campos dos Goytacazes, por ser este o munícipio polo regional. Estão envolvidos na delegacia os municípios de Campos dos Goytacazes, São Francisco do Itabapoana, São João da Barra, São Fidélis, Cardoso Moreira, Quissamã, Carapebus, Conceição de Macabú e Macaé. 4- Dr. Alexandre Buchaul, Nesta ultima terça-feira foi feita uma reunião com a delegacia e as entidades CREMERJ, ANFEA, CRO RJ, UNIFLU – FOC, Sindicato dos Médicos de Campos e OAB, o que foi discutido? Discutimos a questão do aumento de impostos. Com a entrada em vigor do novo código tributário os profissionais liberais tiveram um aumento abusivo nas taxas referentes ao ISSQN cobradas pela Prefeitura. A crise econômica afeta o setor privado em grau, não raras vezes, maior que ao setor governamental. Não vemos os aumentos das alíquotas de tributos como forma inteligente de minorar os efeitos da crise. Tais atos inibem a livre iniciativa e o empreendedorismo, levam a menor disposição para abertura de novos negócios, aprofundamento da crise e desemprego, um círculo vicioso que leva toda a economia dos setores numa espiral descendente. De forma mais imediata o aumento de custos ao setor produtivo ainda acaba sendo, necessariamente, repassado ao consumidor. O que dificulta as pessoas o acesso a serviços, neste caso em especial, notadamente os de saúde. 5- Durante a reunião o representante do CRORJ, Dr. Renato Gonçalves, o classificou como um líder e teria feito o desafio, a sugestão, de uma possível candidatura sua a vereador. Desafio aceito? Este é um ponto muito delicado. Uma decisão que atinge muitas pessoas e que acaba sendo analisada e julgada sob muitos pontos de vista diferentes. A atuação política é a forma mais eficaz de trazer benefícios às categorias representadas e à população em geral e quando nos dedicamos à atividade classista sempre nos vemos diante desta possibilidade. Optei, após muitas considerações minhas, de amigos e familiares por abraçar este desafio. Eu tenho um sonho! Gosto de políticas públicas e há tempos acompanho o cenário que se revela diante de nossos olhos, muitas vezes num jogo retórico sem nenhum resultado real. Essa dicotomia entre governo e oposição não traz benefícios a nossa cidade, vejo que precisamos de propostas, de ideias, que nos levem a resolver os gargalos que impedem a todos de viver melhor. Boas propostas são sempre boas propostas não importa de onde venham e más propostas não nos interessam, venham de onde vierem, ainda que revestidas de boas intenções. A decisão de me colocar como pré-candidato a vereador foi bastante difícil, mas uma vez que foi tomada, será levada até o fim com todas as minhas forças. Missão dada é missão cumprida! foto_0257 foto_0247
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marco Barcelos

[email protected]