Presidente Da JCI Fernando Antonio Loureiro Abrindo a Boca Para Marco Barcelos
30/01/2016 | 12h22
JCI Campos 1- Fernando Antonio Loureiro, o que o levou a aceitar esse desafio de ser Presidente da JCI Campos dos Goytacazes, antiga Câmara Júnior de Campos, que por mais de cinco décadas, formou inúmeros líderes da nossa sociedade campista? - Primeiramente, gostaria de agradecer o convite do meu querido amigo e passado Presidente, Marco Antônio Barcelos, a oportunidade de falar desta organização que tanto contribui para o desenvolvimento de líderes e cidadãos ativos ao redor do mundo, capacitados e motivados em promover mudanças positivas em suas comunidades. Em 2006, tive a honra de ser convidado pelo, então, presidente e hoje Senador JCI Felippe Klem, a conhecer esta Organização que hoje presido com muito orgulho. No mesmo ano, com 18 anos de idade, fui distintivado como membro. Desde então, exerci diversos cargos diretivos dentro da Organização como Diretor de Negócios, em 2009, e Tesoureiro, em 2011, e pude representá-la em diversos eventos municipais, nacionais e internacionais. Durante meus 10 anos no Movimento Juniorístico, participei de diversos projetos de impacto, em diversas áreas: comunitária, de capacitação, de negócios e internacional. Através da participação desses projetos e de nossas reuniões plenárias semanais, pude desenvolver minhas habilidades de liderança, comunicação, organização e negociação que me deram capacidade e confiança para desafiar meu espírito empreendedor e alavancar minha carreira profissional. Em 2014, decide que havia chegado a minha hora de aceitar um novo e grande desafio dentro da JCI em que pudesse continuar me desenvolvendo e retribuir um pouco do que a Organização e seus membros me oportunizaram. Decide me candidatar à Presidência da JCI Campos e fui eleito por unanimidade. O ano de 2016 será de grandes desafios e iremos encará-los com muita determinação e propósito. Faremos valer a nossa Missão ao proporcionarmos oportunidades de desenvolvimento para pessoas jovens criarem mudanças positivas. Estaremos participando ativamente dos acontecimentos da nossa cidade, nos unindo a outras organizações representativas, formando parcerias e impactando positivamente nossa cidade e região. 2- Na história da JCI Campos, diversos projetos pioneiros em nossa cidade foram desenvolvidos, alguns deles marcantes, como a fundação da APOE, CDL e Hemocentro. Qual o planejamento da Gestão 2016? - A história de atuação ativa da JCI em nossa cidade é fascinante. A JCI Campos dos Goytacazes foi responsável por inúmeros projetos que perduram sustentavelmente até hoje em nossa comunidade. Já no início do ano, resgataremos toda nossa história de ativismo e cidadania. Abriremos uma exposição que contará todos os fatos e eventos marcantes em que a JCI esteve diretamente envolvida na sua realização e fundaremos o Clube dos Seniores, onde iremos reunir todos os passados membros, presidentes e senadores da Organização que mantém o Coração Juniorístico ativo, como nosso amigo Marco Antonio, e que continuam buscando formas de mudar a realidade da nossa região, ofertando suas experiências e conhecimentos para continuarmos impactando e transformando a história da nossa cidade. A gestão 2016 também será do Desenvolvimento Pessoal. Buscaremos capacitar diversos grupos da sociedade, promovendo cursos que ofereçam ferramentas de comunicação, liderança, gestão, planejamento, buscando dar maior eficiência aos resultados dos projetos e das iniciativas populares, para assim podermos alcançar um maior número de pessoas. Com toda certeza, será um ano de muitas realizações. Muitos projetos já estão em nosso calendário para serem realizados e muitas novas ideias surgirão para atendermos as demandas da sociedade. A JCI buscará sempre ouvir os anseios da comunidade e, com criatividade e determinação, buscar alternativas para mudar a realidade. 3- Para os jovens com espírito de liderança e empreendedorismo que queiram conhecer e participar da JCI, qual a idade para ingressar, o perfil e o que podem esperar desta fantástica organização? - A JCI é uma organização aberta e democrática, apartidária e sem vínculo religioso, com foco nos jovens de 18 a 40 anos das mais variadas vertentes profissionais de atuação. Um dos grandes diferenciais está na heterogeneidade profissional, de conhecimento e habilidades dos membros, o que vem a enriquecer a organização e os projetos desenvolvidos nas mais diversas áreas. Essa mesma atmosfera torna o ambiente propício e convidativo para novas parcerias. O que nos une é o espírito empreendedor, a vontade de buscar as mudanças positivas que tanto precisamos em toda a comunidade. A postura ativa que cada membro como cidadão carrega dentro de si. Seguindo sua missão de criar oportunidades de desenvolvimento aos jovens, a JCI oferece uma grade de Cursos Oficiais, reconhecidos internacionalmente, que buscam desenvolver habilidades necessárias a um bom líder, oportunizando aos membros, tornarem-se instrutores certificados destes cursos. Através de nossos projetos, capacitamos as pessoas na prática, envolvendo-as nas mais diversas atividades. Além disso, o ambiente de positividade e fraternidade oportuniza novas parcerias e amizades dentro e fora da JCI, seja na Organização Local ou ao redor do mundo. 4- A JCI, Organização Internacional com 100 anos de atuação desde sua fundação, em St. Louis - EUA, em 1915, está presente em mais de cem países, em todos os continentes, e, atualmente, em quarenta e quatro Organizações Locais em nosso país. Qual a oportunidade que os membros têm ao fazer contato com mais de mil companheiros no Brasil e mais de duzentos mil em todo o mundo? - Vivemos em um mundo globalizado, onde as fronteiras territoriais não limitam as da informação e do conhecimento. A JCI precisa estar dentro das comunidades, trabalhando e gerando mudanças positivas. Desta forma, ela caminha em direção à sua missão e é mediante ações locais que geramos os impactos globais e as grandes mudanças. A JCI, por meio de eventos locais, regionais, continentais e mundiais, cria ambientes de integração e cooperação mútua com os jovens das mais diversas localidades do país e do mundo. Através desses contatos, diversos projetos e ideias de sucesso são compartilhados no intuito de expandir e promover maiores impactos positivos. A JCI busca ser vista como a organização que une todos os setores da sociedade ao redor do mundo. Isso traz aos seus membros oportunidades infinitas de networking, experiências e relacionamento. Hoje, tenho amigos em todos os continentes do mundo graças à JCI. Meu envolvimento com a Organização me levou a diversas cidades e países que nunca imaginei conhecer. Conheci pessoas incríveis que se tornaram grandes amigos, graças ao Movimento Juniorístico, pois compartilhamos de um mesmo ideal, um mesmo propósito de vida. Nossa organização é infinita em oportunidades. Cada membro define o tamanho da JCI na sua vida. Eu escolhi com que ela fosse enorme, e hoje colho os frutos das minhas escolhas. 5- Quais os princípios e valores que regem a JCI e devem ser reconhecidos em seus membros? - No início de todo evento e reunião oficial da JCI em qualquer lugar do mundo, recita-se o que chamamos de “Credo Júnior”. A Carta de Princípios da nossa Organização define os valores e propósitos que norteiam nosso trabalho e nossa postura diante da sociedade e das pessoas. É por intermédio desta Carta que todo nosso trabalho e dedicação ganham sentido e valor para nós mesmos e nossa vida ganha um propósito: “Nós Acreditamos: Que a fé em Deus dá sentido e finalidade à vida; Que a fraternidade entre os homens transcende a soberania das nações; Que a justiça econômica pode ser melhor obtida por homens livres, através da livre iniciativa; Que os governos devem ser de leis mais que de homens; Que o grande tesouro da terra está na personalidade humana; E que servir a humanidade é a melhor obra de uma vida.” Gostaria de agradecer novamente ao Companheiro Marco Antônio, um exemplo de força e propósito de vida, pelo convite, e convido a todos que se reconheceram nos mesmos ideais de vida e que queiram se tornar um cidadão mais ativo e uma pessoa melhor, com que conheçam a JCI. Acessem o site www.jci.cc - JCI Mundial e www.jci.org.br - JCI Brasil. Para aqueles que se interessarem, nossas reuniões retornarão após o Carnaval, toda segunda-feira, às 20hs, em nossa sede, no Ed. Pioneiro, no centro da cidade, 7º Andar. Deixo também o nosso contato: [email protected]
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marco Barcelos

[email protected]

Arquivos