A Arquiteta e Urbanista Ecila Claudino Barreto Pessanha Gomes Abrindo a Boca para Marco Barcelos
26/10/2015 | 23h10
Fotos Ecila Fmanhã 1 - Na primeira década de 2000, foi incluída em algumas faculdades da cidade de Campos dos Goytacazes, a formação de Arquitetos, com isso a número de profissionais nesta área aumentou a concorrência no mercado de trabalho, o que você acha disso? E o que levou você a escolher esta profissão? Ecila Pessanha – Acho muito salutar, assim melhora a concorrência e a prestação de serviços à população, além de abrir espaço para a formação de novos profissionais. Em relação à escolha da profissão, eu já tinha formação de nível médio em Edificações pela Escola Técnica Federal de Campos, hoje IFF e já trabalhava com restauração e método decorativo em Pátina que é uma prestação de serviço engajada nesse segmento. A formação em Arquitetura e Urbanismo veio consolidar minha paixão pela profissão. 2 - Campos dos Goytacazes já possuía Arquitetos renomados e com uma clientela fiel aos seus trabalhos, como você se inseriu neste mercado, sabendo da concorrência que iria encontrar? – O bom profissional não tem que se preocupar com a concorrência, e sim com a qualidade do trabalho que irá oferecer. Considero essa questão de suma importância, ao mesmo tempo penso que aqueles que fazem seus trabalhos com amor, consequentemente obterão bons resultados. 3 - A maioria dos projetos que estamos acostumados a ver, o profissional preocupa-se em projetar as necessidades básicas e estruturais para uma construção, deixando em segundo plano o Paisagismo ou até mesmo ignorando-o, como você encara esta realidade? – Um Arquiteto Paisagista deve dominar com arte o espaço que irá trabalhar de forma tridimensional, considerando os corpos sólidos presentes nos espaços urbanos. O resultado deverá ser a criação de diferentes cenários ou tipos de paisagens denominadas de paisagens panorâmicas fechadas, ou dominadas livres. Considero que todo tipo de projeto arquitetônico, seja de natureza comercial, residencial, etc, deverão ser complementados por belas áreas verdes, afinal um Paisagismo bem elaborado valoriza ainda mais qualquer imóvel. 4 - Com a atual crise Mundial, em que estamos atravessando, o que você acha que vai acontecer com o mercado de trabalho desta área? – A crise afeta todos os segmentos do mercado, na prática essa preocupação não deve interferir na qualidade do trabalho, pois quem coloca amor no que faz não sofre o stress dos resultados negativos. 5 - Em nossa cidade existem muitas construções que foram construídas na prática, não estão documentadas nem possuem nenhum estudo técnico, portanto precisa ser analisado por um profissional da área e obter a documentação necessária para sua legalização. Como você analisa este cenário? – É de responsabilidade da Prefeitura, controlar, fiscalizar e cobrar toda a documentação de uma construção e é dever e obrigação do profissional qualificado, o estudo de viabilidade da área a ser construída bem como a responsabilidade técnica. Atualmente até uma pequena reforma deve ter um laudo de um Arquiteto ou Engenheiro ao se iniciar a obra, levando-se em conta que estamos tratando de vidas humanas.
Comentar
Compartilhe
Feijoada do Americano 2015
08/10/2015 | 20h39
Feijoada do Americano 2015 1-Presidente Executiva - Luciano Viana A Feijoada representa o resgate da identidade da Família Alvinegra, que voltou à frequentar os estádios e a vida social do clube. Isto demonstra o Amor pelo clube e o reconhecimento pelo trabalho desta Nova Diretoria. 2-Vice Presidente da Executiva - Ariel Vizzela Chácar A Feijoada do Americano Futebol Clube, é a demonstração do que será esta nova etapa deste clube centenário, onde seus associados poderão desfrutar de instalações de primeiro mundo, trazendo de volta a alegria e satisfação da Galera Alvinegra. 3-Vice Presidente da Executiva - Roberto Pessanha Gomes O evento Feijoada, não é uma comemoração pela venda ou permuta das Instalações Antigas do Americano FC em Parque Tamandaré, esse momento representa muito para todos dessa Nova Diretoria, que brigou e muito para que não houvesse esta transação. Porém como não adianta chorar o leite derramado, vamos olhar para frente e despedir deste lugar que muitas alegrias nos proporcionou, vamos comemorar a volta por cima, em pouco mais de um ano conseguimos resgatar a dignidade, o amor e auto-estima do Verdadeiro Torcedor Alvinegro, que se juntaram em prol de um Grandioso Americano FC, seja lá onde ele estiver 4-Vice Presidente da Executiva - Marquinho Madeira Concordo com a realização de eventos como este, para angariar receitas para o clube, porém não concordo com a entrega das instalações de Parque Tamandaré, antes da conclusão de todas as obras do Centro de Treinamentos em Guarús. 6-Presidente do Conselho - Carlos Abreu Se me perguntarem o que acho desse momento que estamos vivendo no nosso Americano FC, direi que estou muito feliz! Nunca deixo que a saudade do passado e o medo do futuro estraguem a beleza do "meu hoje", pois há dias que valem um momento, e há momentos que valem por toda uma vida. Ter a oportunidade de dar um "até breve" ao nosso Estádio será um desses momentos marcantes. 7-Vice Presidente do Conselho - Braz Siqueira Esse momento representa a certeza que o sucesso já começou, nos reunimos em comemoração a Grande Família que juntos estamos em qualquer lugar.
Comentar
Compartilhe
Americano agora é de Utilidade Pública.
02/10/2015 | 14h34
Durante sessão da Câmara de Vereadores no último dia 30, o vereador Neném marcou gol de placa apresentando um projeto para que o Americano seja declarado como instituição de Utilidade Pública, obtendo assim isenção de impostos, facilitando a assinatura de futuros convênios. O projeto de lei foi aprovado por unanimidade nos dois turnos, conforme determina a Lei Orgânica. 12077469_953801208009736_631352088_n Vários vereadores usaram a tribuna para enaltecer o brilhante projeto. O vereador Marcão ressaltou a importância social, porque vai tirar muitos jovens da rua. Rafael Diniz deu o exemplo do Degase, onde fez uma visita e descobriu que a maioria dos jovens são moradores de Guarus. “O complexo do Americano será muito importante para evitar esse quadro, sou de Guarus e fico feliz de ter um clube como Americano em nossa querida região”, disse Rafael. O vereador José Carlos relembrou o tempo que foi jogador da base do Americano e comentou que apesar de não concordar com o negócio que foi feito com a venda do estádio, vê com bons olhos o futuro do novo CT. A vereadora Auxiliadora declarou que ser torcedora de coração do Americano e ressaltou a importância do esporte associado à educação. Os vereadores Magal e Albertinho, também salientaram a importância que o complexo irá trazer para Guarus. Mauro Silva reforçou a importância do esporte para a nossa região. O vereador Fred relembrou os tempos de glória do Americano e da amizade familiar com Neném, que vem de longa data e faz questão de participar dos projetos esportivos junto com o vereador Neném. Foi emocionante vê o brilho nos olhos do presidente e sua diretoria na aprovação do Projeto e a cada vereador que os elogiavam era aplaudido.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marco Barcelos

[email protected]

Arquivos