Um Ano Novo Com a Mensagem de Deus Através do Irmão Alex Caetano
31/12/2014 | 14h22
"Grandes coisa fez por nós o Senhor, alegremos e exultemos" Essa Palavra do Senhor deve mover nossos corações ao findar este ano de 2014, tivemos lutas, enfrentamos talvez uma enfermidade, crises e também tributações. Mas a graça de Deus não nos abandonou, e a maior prova disso é que estamos aqui agora celebrando a chegada de um novo ano. O desanimo sempre aparece como um arma para impedir nossos sonhos e expectativas para o novo ano, mas não devemos olhar para o desanimo, como se ele pudesse nos dar algo, mas devemos olhar firmemente para JESUS CRISTO o autor de nossa fé. E Dele que vem a força para sermos vitoriosos, olhe para as coisa boas que te aconteceram em 2014 veja como a Mão do Senhor te sustentou. Coragem Deus deseja fazer maravilhas em sua vida em 2015, mas você deve manter firme na fé e a Esperança. Aos amigos desta coluna e ao meu grande irmão Marco (Marquinhos) desejo muitas conquistas e vitórias pois que nos conduziu até aqui é o mesmo que nos conduzirá neste novo ano nos dando o melhor de suas bênçãos e graças. Carinhosamente agradeço a você Marco pela sua amizade e presença em minha vida, você foi é um ser humano extraordinário, muitas bençãos para você e toda sua família. Do irmão de sempre, Alex Caetano
Comentar
Compartilhe
Mensagem Natalina do Nosso Bispo Dom Roberto Francisco
24/12/2014 | 11h31
O Natal para  os cristãos e para toda humanidade representa a maior visita de Deus a Terra. O Pai envia seu Filho, para armar a sua tenda no meio de nós, assumindo verdadeiramente a nossa humanidade. este glorioso mistério que chamamos de Encarnação, manifesta seu amor, sua bondade e ternura  infinitas. Por isso o Natal nos comunica a vida plena, gera a fraternidade universal de todas as pessoas e criaturas e nos trás a paz integral que todos almejamos e sonhamos. que consigamos viver com muita autenticidade e carinho este encontro com o Menino Deus Salvador, e possamos ser e testemunhar o Natal para todos os nossos familiares, amigos e conhecidos. Um Natal muito fraterno, generoso e solidário !bispo dom roberto
Comentar
Compartilhe
Gilberto Melo, Diretor Executivo de Futebol e Kiko Rocha, Superintendente de Gestão Estratégica do Americano Abrindo a Boca Para Marco Barcelos
22/12/2014 | 14h42
1- Gilberto Melo e Kiko Rocha aceitaram o desafio do Americano, clube de tradição que atravessa a pior crise da sua história, sem estádio e na 2ª divisão. Qual o caminho mais célere e seguro para tirar o clube desta situação e quais as bases deste contrato de parceria?   Sabemos da tradição do Americano FC, alguns fatores foram relevantes para aceitarmos esse desafio, primeiro o que vimos no Presidente Luciano Viana, ele ama o Americano, quer resgatar o clube e deixou claro que precisa de braços fortes para poder vencer os obstáculos, isso nos deu confiança e segurança para podermos trabalhar em equipe, é uma união de forças e esforços, em seguida a Nova Casa do Americano, não vamos falar da permuta, se a negociação foi excelente, boa, ruim ou péssima, chegamos no clube depois do acordo, estamos vivendo o Americano como um livro presente pro futuro, a estrutura que teremos é fantástica de nível internacional, são 198 mil m2, com 135 mil m2 construídos, Centro de Treinamento, Novo Estádio, Nova Sede Social, é tudo maravilhoso, vamos transformar esse complexo em um Centro de Excelência para formar profissionais, atletas e cidadãos e, o principal, um clube sem dividas e com as CND todas regularizadas, isso nos proporciona propor projetos de lei de incentivo ao esporte e a cultura, de âmbito estadual e federal, isso é fundamental para o crescimento sustentável do clube. As bases do contrato são informações internas que não devem ser divulgadas, as informações são abertas para o clube, toda diretoria, conselho analisaram o contrato e aprovaram, podem ter certeza que é algo que respeita e protege o clube, serão seis anos trabalhando no Americano.   2- O Glorioso Americano abriu para visitação dos torcedores o tão sonhado centro de treinamento e o que se viu foram obras bem adiantadas com a previsão de inauguração em março de 2015. Gilberto, como gerente de futebol que trabalhou em grandes clubes e até na seleção brasileira, quais as perspectivas para este complexo? Queremos fazer história e fazer do Americano um clube modelo de reconhecimento internacional, vamos agregar todo nosso knowhow e networking a favor do Americano, estamos nos estruturando para conquistar a chancela da CBF reconhecendo o CT como um Centro de Excelência, estivemos em contato com a Confederação Alemã de Futebol, estudamos a forma que eles revolucionaram o futebol Alemão, vamos criar uma metodologia de treinamento que venha dos núcleos até o sub 20, e com o tempo vamos entender como isso será implantado no profissional. Vamos explorar o espaço de outras formas para torná-lo autossuntentável, estabelecendo parcerias para recebermos equipes do país e de fora, organizar camps com jovens do mundo todo, a idéia é trabalhar o espaço para desenvolver nossos profissionais e atletas e também para atender o publico externo, isso vai nos ajudar a manter uma estrutura.   3- Kiko Rocha na gerencia de Marketing e com pouco ainda a oferecer aos novos associados, como fará para atraí-los? Estamos vivendo um ano difícil, Copa do Mundo no Brasil, eleições para Presidência, isso atrasou tudo, o país parou esperando o que seria do nosso governo, o momento é de captação de recurso, vamos usar a lei de incentivo ao esporte estadual para viabilizar o clube nesse primeiro momento, percebemos que o patrocínio privado esta complicado, acreditamos que pelo momento político e pela instabilidade econômica do nosso país. O torcedor quer ver a bola rolar, lançamos um programa de sócio torcedor "Americano Para Todos" (www.americanoparatodos.com.br) recentemente, o sócio torcedor e os sócios do clube além de terem acesso a benefícios e experiências relacionadas ao clube e diretamente ao futebol, terão acesso a uma rede de vantagens em estabelecimentos da região com descontos que variam de 10% a 50%, isso possibilita dar um retorno pro torcedor e gerar um retorno pro clube, é um ganha-ganha, você paga sua parcela mensal e ganha descontos na rede de estabelecimentos, queremos que no final do mês o valor do desconto seja maior do que o torcedor paga mensalmente ao clube. Tudo vai caminhar com mais naturalidade a hora que o futebol começar a andar, temos que ser pacientes e ter confiança de que estamos todos trabalhando para colocarmos o Americano no seu devido lugar. 4- Gilberto, o time profissional hoje possui apenas 09 jogadores da base, além de, atualmente, estar sem técnico. Existe algum grande clube interessado em fazer parceria, cedendo jogadores sem custo para o Americano para servir de vitrine? Tem algum técnico em vista ou sendo “sondado”? Minha vivência no futebol proporciona relacionamento com grandes clubes, ja conversamos com 9 clubes grandes e eles estão a disposição para ajudar, mas não podemos nos precipitar, enquanto o recurso não entrar não podemos formalizar as parcerias, temos que ter estrutura para receber os atletas que virão sem custo dos grandes times e não só para eles, para todo o nosso elenco, o trabalho será profissional. Temos três nomes para assumir como técnico, definiremos isso nos próximos dias, o trabalho do futebol profissional esta bem adiantado, vocês vão ter acesso a tudo na hora certa.   5- Campos dos Goytacazes sempre revelou craques como o lendário Didi “o folha seca” e atualmente Gil do Corinthians e da Seleção Brasileira. O que a empresa G6 está programando para revelar novos talentos. Não só Campos dos Goytacazes tem essa força, vivemos no país do futebol, estaremos atentos a tudo, estamos estruturando um projeto de núcleos para nossa região e cidades vizinhas e ja possuímos um grupo de olheiros que trabalham para a G6 em diferentes regiões do Brasil, com a estrutura que teremos passa a ser obrigação resgatar ao Americano esse título de formador de craques.      
Comentar
Compartilhe
Sileno Martinho- Administrador, Professor Universitário e Articulista de Jornais da Região Abrindo a Boca Para Marco Barcelos
15/12/2014 | 18h36
1- Sileno Martinho, nas eleições de prefeito de 2016 teremos uma mudança haja vista que a atual prefeita não poderá concorrer. Como analista das questões locais e regionais, qual o perfil ideal de um gestor para assumir o cargo mais importante de nossa cidade?   R. Na minha opinião, o perfil ideal para a governança nos tempos atuais é representado pela figura do prefeito empreendedor. Já passamos o período onde “ governar era construir estradas” mais adiante vivemos o “tudo pelo social” e agora estamos diante do prefeito que contemple uma visão empreendedora, mobilidade geográfica, grande conhecimento de mundo e uma rede de relacionamento capaz de trazer recursos para o município, independente da questão dos royalties. Some-se a isso a capacidade de liderar e resolver conflitos internos. Este é a meu ver o perfil ideal em tempos de globalização.   2- A câmara municipal de Campos hoje possui 20 vereadores da situação e apenas 5 da oposição. Em sua opinião esse quadro não prejudica o desenvolvimento de Campos do Goytacazes?   R. A verdade é que a composição das forças políticas é um dos pressupostos básicos da democracia e faz parte do jogo político, sendo que como poder independente, o papel do legislativo é fiscalizar em nome da população os atos do poder executivo e propor medidas que venham a somar para o crescimento do município, independente de situação ou oposição. No meu entender, uma oposição forte e inteligente em qualquer nível, sempre contribui para o desenvolvimento do município à medida que faz uma análise mais crítica das ações e aponta para situações que muitas vezes não estão sendo observadas. O desequilíbrio muito grande dessas forças, pode até acabar prejudicando pela supremacia constante de uma sobre a outra, mas isto também faz parte do jogo democrático.   3- O governador Luís Fernando Pezão ganhou a eleição em nossa cidade no 2º turno. O que o senhor atribui a essa vitória?   R Pezão conseguiu sair de um patamar pequeno e chegar à frente nos dois turnos no estado, com uma estratégia de marketing bem montada, mostrando um lado simples e humilde de uma pessoa egressa do interior, onde na TV evitou embates mais acalorados e focou seu discurso em politicas públicas e projetos sustentáveis, além de estar sempre mostrando o seu lado familiar e o eleitor acabou embarcando nesta onde. Como era pouco conhecido, acabou ficando com o estigma da mudança. Conseguiu se descolar do governo Cabral e recebeu da população democraticamente a grande chance de governar nosso estado. Mostrou um novo jeito de fazer política, o que não quer dizer que vai dar certo sempre.   4- Nunca se deu uma disputa nas eleições presidenciais tão acirradas, o Brasil deu um exemplo de democracia. A consequência dessa disputa esta tendo reflexo no congresso nacional e na câmara dos deputados, quais as estratégias para se costurar essa colcha de retalhos que esta em nosso país?   R. Na verdade esta eleição não terminou, pois seus reflexos vão perdurar até a próxima. Então, pedir para a oposição descer do palanque é utópico neste momento, pois a oposição gostou do resultado, ganhou um gás tremendo, representa quase metade da população deste país, e vai permanecer surfando na grande votação que teve nas regiões com maior nível de renda e onde estão os grandes de formadores de opinião. Creio que voltaremos às manifestações de rua e o acirramento das questões no Congresso Nacional será de certo modo até natural, pois lá é uma casa de debates. Portanto, esta colcha de retalhos vai continuar até 2018.   5- Quais os principais pontos da Reforma Política e qual o caminho que a presidenta Dilma terá que fazer para a sua aprovação? R. A reforma política é relevante e já passou até da hora, principalmente relacionadas ao voto distrital e financiamento público de campanha, mas não é tarefa fácil à medida em que são muitos os partidos envolvidos e cada um trazendo no bojo seus ideais republicanos. Atualmente, os montantes envolvidos em cada campanha definem basicamente vitórias e derrotas, pois às vezes a luta é desigual. É muita disparidade! Que é necessário melhorar o sistema político brasileiro até para fortalecer a democracia ninguém duvida, mas fazer esta reforma neste momento de turbulências é bastante complexo. Creio que o caminho mais curto poderia ser a convocação de uma Assembleia Constituinte Exclusiva, sem interromper os trabalhos do Congresso Nacional. Um forte abraço.
Comentar
Compartilhe
Cirurgião Dentista (Dr. USP_SP) Maurício Serejo Abrindo a Boca Para Marco Barcelos
12/12/2014 | 10h06
1) Dr. Maurício Serejo a Implantodontia é uma especialidade que nem todos pacientes tem acesso pelo seu alto custo, e alguns casos pela falta de conhecimento.Existe algum centro especializado para pacientes que tem um menor poder aquisitivo?   R: Existe sim. Eu coordeno um Centro de Estudos onde possuímos um curso de Pós-Graduação em Implantodontia, no qual formamos 12 dentistas em Especialistas na área. Neste curso fazemos um atendimento de custo menor, justamente visando o atendimento de pacientes com menor poder aquisitivo, bem como orientamos sobre tudo acerca dos implantes dentários.   2) Pacientes que tem envolvimentos sistêmicos como a diabetes e a cardiopatias podem fazer cirurgia de implante? R: Sim desde que estejam devidamente acompanhados pelos seus Médicos e por sua vez estejam controlados.Sempre solicitamos antes de realizar a cirurgia de implantes risco cirúrgico e liberação dos médicos para cirurgia, além dos exames complementares onde nós podemos avaliar as taxas destes pacientes.   3) O fumo além de escurecer os dentes colaboram nas perdas dentárias associadas a doença periodontal.Pacientes fumantes são contra-indicados a fazer a cirurgia pois haveria uma rejeição?   R; Os trabalhos científicos mostram que o fumo atrapalha a cicatrização tecidual e que este prejuízo se torna mais evidente em pacientes que consomem mais de 2 maços de cigarro por dia. Para estes pacientes contra-indicamos o implante, porém para os fumantes de menor quantidade, aconselhamos deixar o hábito, e orientamos quanto ao risco de insucesso , cientes disto realizamos a instalação dos implantes.Todavia o insucesso é devido ao fumo pois os implantes são estruturas metálicas de titânio, totalmente biocompatíveis com o organismo humano, logo a rejeição não existe.   4) A prótese total que é a famosa dentadura que acometem pacientes na maioria dos casos na terceira idade. O implante veio para resolver estes casos? R: Com certeza. Com o advento dos implantes nós podemos não só promover uma maior eficiência destas próteses, bem como podemos proporcionar aos pacientes próteses fixas, onde eles deixariam de utilizar a prótese total.   5) A perda precoce dos dentes em pacientes jovens vem diminuindo a cada ano com a prevenção mais ainda tem um alto índice. A partir de que idade e quais os exames necessários para fazer implantes?   R: Na verdade os implantes só devem ser instalados a partir do término da fase de crescimento ósseo e conseguimos visualizar por meio de radiografias de mão e punho.Aproximadamente em média se dá após os 17 anos e meio de idade.
Comentar
Compartilhe
Vice Presidente do Americano FC Roberto Pessanha Gomes Abrindo a Boca Para Marcos Barcelos
08/12/2014 | 14h16
1-  Roberto Pessanha  Na Reunião do último dia 02 o que ficou decidido de quando irá começar o campeonato  carioca de futebol da série B ?
 Foram colocadas 03 datas para serem votadas no Arbitral, 21/02/2015, 28/02/2015 e 07/03/2015. Por unanimidade a escolha da data de início ficou para 07/03/2015.
2- Quantos Atletas poderão serem inscritos e qual a data limite ?
Roberto Pessanha Gomes - Serão permitidos as inscrições de 28 Atletas Profissionais e 05 Atletas Amadores ( Sub-20 ) até o início da competição, podendos nomes serem substituídos até o final do primeiro turno da competição.
3- Roberto Pessanaha  Todos os Times estão automaticamente escalados para fazerem parte deste Campeonato, conforme as suas conquistas em relação ao Campeonato do Ano Passado ?
 Não, conforme anunciado pelo Presidente de FERJ, o Sr. Rubens Lopes da Costa Filho, existem clubes que estão em débitos financeiros com a Federação, ficando a data limite de 09/02/2015 que será a Segunda Etapa do Arbitral, para saudarem suas dívidas, caso contrário ficaram de fora do Campeonato de 2015 e sofrerão as penalidades devidas, seja rebaixamento e/ou multas.
4- Roberto Pessanha no arbitral o que ficou decidido  quanto ao Regulamento do campeonato  será o mesmo do Ano Anterior ?
 Não, existem poucas as diferenças, porém são significantes:
- Como já descrito acima, a Limitação de Jogadores Inscritos é uma alteração significante.
- Outra alteração, é a exclusão do regulamento, a possibilidade dos clubes pagarem pelo Terceiro Cartão Amarelo para liberarem seus atletas para jogarem, acabou esta possibilidade e o atleta terá que cumprir a suspensão automática.
- Toda a decisão terão jogos de ida e volta, independente da fase ( turno ), ficando o critério de desempate para o Time de melhor campanha. Prática diferente do ano anterior.
- E por último, que para mim é a mais importante, subirão 03 ( três ) Times para a Primeirona,porém isso ainda está condicionado a uma reunião que será feita com os Times da Série A.
5- O  Campeonato carioca da série B é muito deficitário, existe a possibilidade da Federação arranjar um Patrocinador Master para todos os Times ?
 - Conforme declarações do Presidente de Federação, está difícil até para os Times da Série A, o que segundo ele é praticamente impossível, ficando claro que os Times é que terão que correr atrás de seus Patrocinadores em todos os níveis.
 
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marco Barcelos

[email protected]