Ditadura Nunca Mais !
31/03/2014 | 18h03
Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/03/1433549-ato-lembra-50-anos-do-golpe-e-pede-punicao-a-torturadores-da-ditadura.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress ([email protected]). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado.
Comentar
Compartilhe
Parecer Falho faz Petrobras Fazer Péssimo Negócio e o Povo que Paga.
26/03/2014 | 19h31
A Presidência da República, por meio de nota à imprensa, afirmou que Dilma Rousseff se baseou em um parecer "falho" quando votou favoravelmente à compra de 50% de uma refinaria no Texas (EUA) pela Petrobras. O jornal "O Estado de S.Paulo", em reportagem publicada nesta quarta-feira (19), afirma que teve acesso a documentos que mostram que Dilma havia votado pela aprovação do negócio, em 2006, quando ela comandava  o Conselho de Administração da estatal. A compra da refinaria de Pasadena é alvo de investigações da Polícia Federal, por suspeita de superfaturamento. A PF também investiga denúncia de que  funcionários da estatal receberam propina para favorecer a empresa holandesa SBM Offshore, que aluga plataformas flutuantes a companhias petrolíferas. Ainda segundo a reportagem, a Petrobras comprou 50% da refinaria por US$ 360 milhões. Posteriormente, a estatal foi obrigada a comprar 100% da unidade, antes compartilhada com uma empresa belga, a Astra Oil. Ao final, o negócio custou à Petrobras US$ 1,18 bilhão. A obrigação de comprar 100% da refinaria fazia parte de uma cláusula do contrato chamada Put Option. Segundo a nota da Presidência da República, essa cláusula foi omitida no documento apresentado pela área internacional da Petrobras e que serviu de base para o Conselho de Administração da estatal aprovar a compra. A Put Option manda uma das partes da sociedade comprar a outra em caso de desacordo entre os sócios. Em 2008 houve desentendimento entre a Petrobras e a Astra Oil, o que obrigou a estatal brasileira a comprar a parte da sócia na refinaria.    
Comentar
Compartilhe
Tecnologia de Ponta Inédita Para achar a Rota no MH37
25/03/2014 | 17h49
A empresa de tecnologia de satélite Inmarsat disse ter confirmado o que muitas pessoas no mundo temiam - que o voo MH370 da Malaysia Airways caiu mesmo no sul do Oceano Índico, ao sudoeste da Austrália. A empresa britânica Inmarsat, uma das maiores operadores de satélites do mundo, estava recebendo 'pings' (pequenos sinais de dados) por hora emitidos por equipamentos a bordo do avião. Esses 'pings' continuaram sendo emitidos por cinco horas depois que a aeronave deixou o espaço aéreo da Malásia. Inicialmente, os 'pings' - que na prática funcionam como um recado de que todos os equipamentos estão ligados - revelaram duas possíveis rotas tomadas pelo avião: uma pelo norte e outra pelo sul. A rota pelo norte parecia pouco provável porque teria sido feita em direção a países que possuem sofisticados mecanismos de defesa aérea. O avião dificilmente conseguiria evitar ser detectado. A Inmarsat, que está colaborando com as investigações, passou o final de semana revisando todos os dados do MH370, e diz estar confiante de que o voo tomou a rota pelo sul. A empresa examinou a frequência das transmissões de 'ping' e as diferenças em relação a outros voos Boeing 777 da Malaysia Airlines. Isso permitiu que os engenheiros construíssem um modelo de como essa frequência se altera enquanto o avião está em movimento. Este é o famoso efeito Doppler - que busca 'esticar' ou 'comprimir' ondas de rádio que são emitidas por objetos em movimento. Com um carro de polícia em movimento, por exemplo, é possível perceber que o som da sirene varia. Este tipo de análise é uma tecnologia de ponta que nunca foi usada antes. O problema é que ainda assim não há indicação concreta da localização precisa da aeronave. Também há vários outros pontos de interrogação, como a altura, a velocidade e a quantidade de combustível. Mas só este dado já é suficiente para confirmar os piores medos dos familiares dos passageiros, pois revela que o avião estava se distanciando de qualquer local onde seria possível aterrissar. A única conclusão possível é de que ele acabou mergulhando no oceano.
Comentar
Compartilhe
Situação Caótica na Cidade Maravilhosa
22/03/2014 | 17h34
RIO — Os serviços de inteligência têm a informação de que os recentes ataques em áreas pacificadas foram ordenados pelo chefe da maior facção do Rio, o traficante Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, que está num presídio federal fora do Rio. A ordem teria sido passada aos traficantes José Benemário de Araújo, o maior articulador solto dessa quadrilha, para Claudio José de Souza Fontarigo, o Claudinho da Mineira; Ricardo Chaves de Castro Lima, o Fu; Bruno Eduardo da Silva Procópio, o Piná; Adauto Nascimento Gonçalves, o Pit Bull; e Luciano Martiniano da Silva, o Pezão. Todos são procurados pela polícia. Na madrugada desta sexta-feira, depois de uma reunião de emergência com o governador Sérgio Carbal e a cúpula da polícia, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, confirmou que a ordem para os ataques partiu de traficantes presos. Segundo Beltrame, o sistema penal e prisional deve ser repensado. Ele disse ainda que o aumento no uso de crack, a falta de controle das fronteiras, a maioridade penal e o uso de armas de fogo militares por civis contribuem para elevar a violência. — Se não discutirmos isso tudo de forma ampla, vamos passar a vida inteira resolvendo crises e não resolvendo o problema de segurança pública. Isso é um problema que atinge todos os estados, não é só do Rio de Janeiro — disse o secretário. As ordens de Marcinho, segundo a inteligência, foram repassadas a traficantes que comandam a venda de drogas em favelas. A facção estaria insatisfeita com a expansão das UPPs, o que lhe tirou importantes territórios como o Complexo do Alemão e a Favela do Jacarezinho. A gota d’água teria sido apacificação da Vila Kennedy, um dos últimos redutos da facção na Zona Oeste. A quadrilha estaria inconformada ainda com o fato de as favelas dominadas por facções rivais não terem sido pacificadas. Os detalhes dos ataques de quinta-feira teriam sido discutidos em reuniões nas favelas de Antares, em Santa Cruz, e Chapadão, na Pavuna — os dois últimos grandes redutos ainda não pacificados dessa facção. Na semana passada, um ofício da Subsecretaria Militar, da Secretaria estadual da Casa Civil, já alertava para uma informação obtida pelos serviços de inteligência sobre ataques simultâneos planejados por uma facção. O texto recomendava reforçar o policiamento na sede do governo. Relato velho traz medo às redes O vazamento de um informe sigiloso que os serviços de inteligência deveriam ter divulgado apenas para policiais se espalhou como rastilho nesta sexta-feira nas redes sociais, provocando medo. O alerta sobre possíveis ataques, assinado pelo serviço de inteligência da Marinha, foi parar no Facebook e no WhatsApp. As informações, do dia 12 de março, começaram a circular entre os policiais no momento em que as forças de segurança entravam na Vila Kennedy para a implantação de mais uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). No texto, estava a informação de que a maior facção criminosa do Rio promoveria ataques simultâneos a UPPs, monumentos históricos, pontos turísticos, teleféricos, cabines de polícia e postos de gasolina. O relatório informava ainda que a ordem, que teria partido de bandidos presos, era para promover uma onda de ataques, incluindo arrastões em vias expressas. Nesta sexta-feira, após os ataques da noite de quinta-feira, o texto começou a circular na internet, provocando uma onda de boatos. Foram divulgadas informações, sem procedência ou autoria, sobre arrastões na Tijuca, fechamento do comércio e ônibus queimados em favelas. Nenhuma das “previsões” se tornou realidade.
Comentar
Compartilhe
Caminhada Concorrida Por Centenas de Milhares de Pessoas no Mundo Todo
20/03/2014 | 21h01
Os Caminhos de Santiago são os percursos percorridos pelos peregrinos que afluem a Santiago de Compostela desde o século IX para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo suposto sepulcro se encontra na catedral de Santiago de Compostela. A peregrinação foi uma das mais concorridas da Europa medieval, cuja importância só era superada pela Via Francigena (com destino a Roma) e Jerusalém, sendo concedida indulgência plena a quem a fizesse. Depois de vários séculos relativamente esquecida, desde os anos 1980 que a popularidade da peregrinação tem vindo a crescer substancialmente, embora grande parte das pessoas que fazem o Caminho — nome pelo qual é também conhecida a peregrinação — atualmente não o façam por motivos religiosos. O Caminho tornou-se um itinerário espiritual e cultural de primeira ordem, que é percorrido, que por dezenas ou centenas de milhares de pessoas todos os anos. Foi declarado Primeiro Itinerário Cultural Europeu em 1987 e Património da Humanidade (na Espanha em 1993 e na França em 1998).
Comentar
Compartilhe
Um Presente de Aniversário Para Entrar na História de Nossa Cidade
12/03/2014 | 16h24
O nosso glorioso Americano faz 100 anos esse ano e ganhou de presente a perda do estádio parque Tamandaré como era conhecido.Ontem nós torcedores fomos à câmara de vereadores da nossa cidade reivindicar a transparência da negociação do nosso estádio com a empresa IMBEG e o presidente da câmara abriu a tribuna livre para nós torcedores explanarmos sobre a pouca vergonha que foi essa negociação e o torcedor Vinicius falou do nosso ego ferido e o vereador Nildo Cardoso após a fala do nosso torcedor na tribuna livre entrou com uma moção que a diretoria do Americano e a IMBEG que seja convidada a ir na câmara prestar esclarecimento e levar o contrato da negociação pois até hoje nenhum torcedor teve acesso. O vereador Abdu Neme também lançou uma moção de repúdio à toda diretoria do Americano e ambas foram aprovadas por unanimidade. É uma vergonha nosso glorioso que já cedeu 2 jogadores para seleção Brasileira que foi Eneacampeão Campista e campeão da taça Guanabara e na década de 80 jogou campeonato Brasileiro e ganhou do Santos aqui no nosso estádio de 1x0 com o gol de Paulo Roberto ( Cabeção),em 1983 ganhou de 1x0 com o gol de Té em cima do flamengo com o público com mais de 20 mil pessoas inclusive eu que tinha na época 14 anos.E depois de tanta luta e história me lancei candidato na eleição de 2011 e fizeram de tudo para eu não concorrer pois queriam se perpetuar no poder como esta até hoje e a eleição foi anulada por suspeitada de fraude, e quando marcava a outra eleição eu adoeci e tive 2 paradas cardíacas me deixando com sequelas e não pude concorrer. Agora só me resta lutar para o nosso glorioso não acabar.
Comentar
Compartilhe
Roubou o Rosário No Velório de Seu Amigo Confessa Papa Francisco
07/03/2014 | 16h25
Mais uma vez o papa Francisco surpreendeu sua audiência ao confessar aos párocos de Roma que roubou um crucifixo de um colega de Buenos Aires. A história foi relatada durante um encontro com os religiosos de sua diocese em Roma, pois o papa é também o bispo da capital italiana. Francisco discursava sobre a importância da misericórdia e relatou a história de Aristide, um padre idoso da paróquia do Santíssimo Sacramento de Buenos Aires, que era muito conhecido por ser um grande confessor e que inclusive foi ordenado para confessar João Paulo II durante sua visita à Argentina. Papa Francisco pede perdão recíproco e diálogo sincero na Venezuela O pontífice contou que era vigário-geral quando soube da morte do sacerdote. Ao chegar ao funeral, ficou surpreso ao constatar que ao lado do caixão havia apenas duas senhoras o velando e que não havia nenhuma flor disposta no caixão. “Esse homem havia perdoado os pecados de todos os sacerdotes de Buenos Aires e não tinha uma só flor”, lembrou. Sempre com fala simples, Francisco narrou que foi comprar flores e colocou-as ao lado do caixão. Ao ver o crucifixo que o sacerdote tinha entre as mãos, disse: “Vi o rosário e imediatamente o ladrão que todos temos dentro de nós veio à minha mente. E enquanto eu colocava as flores, peguei a cruz”, confessou, acrescentando que a colocou no bolso. “Espero só ter metade da misericórdia que tu tiveste”, teria dito o papa no momento. Desde este dia, ele disse que carrega um bolsinho em sua batina na altura do peito para levar sempre consigo essa cruz. "Quando me vem um mal pensamento sobre alguém levo sempre a mão ao peito para tocar essa cruz", afirmou.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marco Barcelos

[email protected]