Antes ficassem quietos
04/02/2015 | 06h28
Em tempo de internet e redes sociais foi burrada um advogado ligado à família de Nestor Cerveró ter feito uma ligação amigável à fábrica de máscaras de carnaval, a Condal, de São Gonçalo, para impedir a confecção do rosto do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras. "Deviam levar na brincadeira", afirmou Olga Valles dona da Condal. Os disfarces de Cerveró caíram nas redes, prontos para serem impressos e usados pelos foliões. Quanto a Condal, o jeito foi produzir no lugar máscaras da ex-presidente da Petrobrás, Graça Foster. No Facebook já foram criadas dezenas de eventos que ironizam a ameaça de processo contra a tradicional fábrica de artigos carnavalescos. Aqui, perto de Campos, na vizinha Itaperuna, o povo bem humorado, não deixou barato. Estampou a programação do Carnaval Itaperunense. A brincadeira pelo país promete com marchinhas irônicas. Quem se sentir afetado é mais inteligente fazer cara de paisagem e entrar na folia popular. [caption id="attachment_8708" align="aligncenter" width="400"]mascara_graca Revista Época[/caption] [caption id="attachment_8709" align="aligncenter" width="553"]10961706_10204564998459918_1996676405_n Facebook[/caption]   Fonte: O Globo e redes sociais  
Comentar
Compartilhe