Feliz Natal Carlinhos!
24/12/2015 | 07h03
Um dia, guardarei grata memória da lida neste blog. Até aqui foram cinco anos de frutífera troca. Construimos respeito. Fiz amigos. Do leitor, recebi o retorno: cobrança e incentivo. Dos que me acompanham, sem querer melindrar qualquer pessoa, o Carlinhos é o número UM. Imbatível no destemor ao criticar a elite política que usa o eleitor como um objeto desprezível para se aboletar nos poderes da república. Presente em todos os momentos deste blog, com uma palavra humilde e colaborativa. Não o conheço pessoalmente e, no entanto, por ele nutro afeição. Na pessoa dele, faço meus votos aos demais leitores amigos. Um Feliz Natal junto aos seus!! Mesmo com retrocessos, manobras, carestia, escândalos, rebaixamentos, estagflação, uma pausa para festejar a VIDA! Queria publicar uma imagem representativa do Natal do brasileiro, escolhi a charge abaixo, fala por si. [caption id="attachment_9513" align="aligncenter" width="640"]FullSizeRender(32) Publicada, hoje (24), no jornal Folha de São Paulo[/caption]
Comentar
Compartilhe
Natal minguado
14/12/2015 | 09h01
Vai ser difícil o brasileiro fazer as suas compras tradicionais de Natal. A carestia chegou pra valer e, até alguns - não poucos - nem sabem se receberão o 13º salário antes da festa, como manda a lei trabalhista. Se no início do ano, gastar R$ 100,00 no supermercado, era sinônimo de carrinho razoavelmente farto agora, no final do ano, o brasileiro tem que pensar duas vezes antes de comprar qualquer produto, ou se contentar em sair com umas poucas sacolinhas de compras. Estamos voltando a 25 anos atrás. Passar na máquina registradora é tenso. IMG_5525
Comentar
Compartilhe
Prognóstico natalino
08/11/2015 | 04h01
Será que até o "bom velhinho" zangou conosco? FullSizeRender(17) Folha de São Paulo
Comentar
Compartilhe
FELIZ ANIVERSÁRIO
28/03/2014 | 02h27
Em 1835, Campos dos Goytacazes foi elevada à categoria de cidade neste dia, portanto, passamos a ter este status há 179 anos. Deixar de ser vila para ser cidade pressupõe alguns quesitos que na administração municipal atendam à cidadania. Será que os nossos governantes nas últimas décadas têm tido a preocupação e a competência de planejar a cidade do presente para o futuro, como alguns o fizeram no início do século retrasado? Todos os que aqui chegam ficam extasiados com a beleza e o potencial de desenvolvimento da nossa planície e, também, da região do Imbé e do norte do município. Inconcebível que continuemos a querer viver à larga, desperdiçando os royalties do petróleo, com entretenimentos, projetos e obras de qualidade duvidosa que não trazem nenhum benefício, nem agregam nenhum valor à construção de nossa cultura, cidadania e sustentabilidade. Há 43 anos, chegou à nossa cidade um mineiro médico para dar aula na Faculdade de Medicina de Campos. Apaixonou-se pela cidade e, também, pela campista Carminha, com quem se casou e teve o Larry filho. Larry pai foi quem implantou o primeiro Centro de Terapia Intensiva do interior do Estado do Rio de Janeiro. Tive a honra e a alegria de poder ajudá-lo nesta tarefa. Como disse acima, todos que aqui chegam se encantam com o nosso potencial. Com Gualter Larry Alves não foi diferente, assim como foi comigo. Ambos adotamos e fomos adotados pela cidade e pelo povo campista, nos tornamos gratos e tentamos retribuir colaborando com o desenvolvimento da medicina em Campos. Hoje, aproveito para primeiro parabenizar a minha cidade, desejando para ela um futuro autossustentável, próspero e pacífico. Um futuro no qual todos os campistas sejam cidadãos plenos, nossa educação seja a primeira do Estado, nossa saúde nota dez, cultura não seja confundida com entretenimento, emprego pleno para seus filhos, índice de violência zero e, consequentemente, mortes somente as inevitáveis. Em segundo, saudar o meu amigo Larry pelo seu aniversário e dizer para ele, Carminha e Larry filho, e também para todos os campistas, que devemos e podemos continuar a acreditar e sonhar com uma Campos melhor. Só depende de nós. Makhoul Moussallem Médico conselheiro do CREMERJ e CFM *Artigo publicado hoje, (28/03), no jornal Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
E no Rio é Carnaval
23/02/2014 | 09h08
A cidade do Rio de Janeiro, sob uma solina daquelas de rachar os miolos, praias cheias, transito arrastado, povo nas ruas, turistas nos quatro cantos, se entrega ao rei momo....aderiu ao Carnaval. Que venha a brincadeira, o fazer de conta, que daqui a alguns dias tudo se acaba.

Fotografias Luciana Portinho

 

   
Comentar
Compartilhe
É amanhã....
15/08/2013 | 11h28
[caption id="attachment_6845" align="aligncenter" width="600" caption="Divulgação"][/caption]

.... A grande festa na roça! Vai ser pra lá de animada e ainda vai ajudar os nossos  jovens músicos a se apresentarem no inicio de setembro em quatro cidades de Portugal. Esses músicos são o lado ótimo de Campos. Tenho baita orgulho de todos eles!

Todos lá!
Comentar
Compartilhe
Depois da Primeira Mão
07/06/2013 | 08h01
A programação completa da Excess Tour, durante a 54ª Expoagro, no Parque de Exposições da Fundação Cultural. (lá do blog de Fabio Abud, aqui) [caption id="attachment_6453" align="aligncenter" width="520" caption="Divulgação"][/caption]

Aqueles shows caros de final de noite que impediam a população, em particular as famílias, de frequentar o parque, foram suspensos. Em minha opinião, o formato novo do evento está melhor, foca as atividades rurais, o agronegócio. Foi recuperado o selo de exposição estadual, é então a 37ª Feira Agropecuária Estadual. Ao longo do ano, o que não falta em Campos e região é oportunidade de assistir a shows gratuitos e shows pagos.

Algumas pessoas, por desconhecerem, comparam a Expoagro de Campos com outras festas rurais gratuitas. Impossível, a nossa não é bancada pelo poder público municipal, tampouco o parque local é publico. A nova diretoria (assumiu em novembro de 2012) não encontrou facilidades, pelo contrário. Sobravam inúmeras dívidas; água e luz cortadas por atraso no pagamento, demissão de funcionários. Encararam o financeiro quadro caótico com valentia e seriedade, fazem um esforço para recuperar o interesse do campista cada vez mais afastado da vida rural. Em 2013, a balada da noite é para quem é da balada. São vários ambientes, atendem as variadas vertentes. Para a Excess Tour serão vendidos passaportes. Adiante divulgaremos mais!  
Comentar
Compartilhe
"Foi bonita a festa pá"
15/04/2013 | 10h17
Com forte representação da política estadual, regional, municipal  e da liderança empresarial das regiões norte e noroeste fluminense, a 22ª Feijoada da Folha da Manhã, mais uma vez confirma sua destacada presença no calendário social. Em tarde de clima ameno, gente de todas as classes, gêneros, ideologias e idades se confraternizaram na festa reunida em torno do bom feijão, da boa música e das tantas conversas. A unir tudo e todos a homenagem ao poetinha Vinicius de Moraes, a presença da despojada  musa Helô Pinheiro - inspiradora da famosa canção 'Garota de Ipanema' -, a decoração clara - rica em detalhes misturados - de João Ibrahim e a vontade dos presentes em criar uma atmosfera de troca, aproximação e alegria. A presença dos dois principais candidatos ao governo estadual em 2014, o Senador Lindberg e o Vice-Governador Pezão, por si só evidenciam a  relevância do evento. Parabéns ao Grupo Folha da Manhã!  
Comentar
Compartilhe
QUE PENA!
26/03/2013 | 01h34
A chegada do jornal Folha da Manhã, em casa hoje, me deu dó da cena. 'Chamaram' 4.500 servidores públicos a ir para pista do CEPOP. Desfilaram para o concreto armado. Ninguém! Dá para ver que tem algo errado, tempos atrás era certinha a presença alegre da população na festividade. [caption id="attachment_5981" align="aligncenter" width="550" caption="Ft. Valmir Oliveira"][/caption] Uma lástima com a comemoração cívica aos 178 anos de elevação de Campos à condição de Cidade.
Comentar
Compartilhe
SURURU no carnaval campista
22/02/2013 | 12h45

Decididamente, continua surpreendente o clima irracional que domina parte das organizaçãoes carnavalescas de Campos. Hoje pela manhã, mais uma vez a sociedade campista assiste à falta de entendimento entre as sociedades canavalescas locais e o setor responsável pelo carnaval ( que aqui em Campos, não acontece no Carnaval como em todos os demais lugares do mundo).

Fui cobrir para a Folha da Manhã. Ao entrar na sala com a fotógrafa Hellen Souza, nos deparamos com o secretário Municipal de Cultura de Campos, Orávio de Campos Soares, sentado em uma das cabeceiras da sala de reuniões, envolto e acuado por representantes carnavalescos, alguns exaltados, falando ao mesmo tempo, naquele clima passional que impossibilita qualquer diálogo, quanto mais um acordo comum.

Até para conseguir alcançar as razões do ânimo exaltado, nos demandou certa organização das idéias e um olhar apurado para entender qual o cerne das desavenças.

Única decisão de comum acordo:  marcada nova reunião aberta para a terça da semana próxima (26/03), às 10h, no Teatro de Bolso , com a presença de todos e de demais representantes da prefeitura de Campos, como da Procuradoria, do Controle e da Auditoria, orgãos responsáveis por aprovar as contas das agremiações, um dos pontos da confusão.

 

 

Comentar
Compartilhe
Próximo >
Sobre o autor

Luciana Portinho

[email protected]