DEVER CUMPRIDO
06/01/2013 | 10h10
Na quinta feira passada (03/01),  recebemos denúncia da prática intensa  de pesca predatória em uma das margens da Lagoa de Cima. O resultado da pesca ilegal estaria sendo destinado à venda, inclusive ao estado de Minas Gerais, ver post aqui. Um crime contra o meio ambiente, contra a o equilíbrio da natureza.  O autor da denúncia, um leitor de bem com a cidade de Campos e de mal com todo tipo de atentado à cidadania, nos ofereceu prova sustancial. Solicitávamos a fiscalização dos órgãos competentes que pusesse um basta na nefasta prática. Pois, ficamos sabendo que Agentes do Grupamento Ambiental da Guarda Civil de Campos apreenderam dois dias após a postagem, na tarde de sábado (05/01), redes ilegais em um rio na localidade de Lagoa de Cima. Estamos em período de defeso. Na presença da fiscalização, oito homens fugiram a nado. Largaram redes e até um barco a motor para trás. O material apreendido foi encaminhado a 134ª Delegacia Legal do Centro, onde o caso foi registrado. Para mais detalhes, ver também aqui.    
Comentar
Compartilhe