Homem dorme em Uber e acorda com corrida de mais de R$ 7 mil
11/10/2019 | 15h56

Chris Reed solicitou um Uber para realizar um percurso de pouco menos de uma hora

Um homem da Inglaterra solicitou uma corrida de Uber para fazer um percurso de Fulham para Croydon, em Londres. Entretanto, Chris Reed acabou dormindo durante a viagem e, quando acordou, a corrida estava com o valor de 1,4 mil libras esterlinas (aproximadamente R$ 7,2 mil).
O percurso solicitado, que deveria demorar menos de uma hora de carro, foi estendido pelo motorista por quase cinco horas e meia. No total, Reed rodou mais de 480 quilômetros sem acordar e nem ser acordado pelo motorista.
O homem decidiu contatar o serviço de atendimento ao cliente do aplicativo para ter uma solução e, eventualmente, ser reembolsado pela corrida. No Twitter, Reed escreveu: "Passei esta semana tentando obter respostas da Uber sobre como meu motorista conseguiu cruzar metade do Reino Unido enquanto eu cochilava pensando que estava indo de Fulham para Croydon".
 
 
Nos comentários de sua postagem, Reed registra suas tentativas de contato com a empresa. Até o momento, ele não foi contatado para nenhum esclarecimento. De acordo com ele, diversos convites para contar sua história na TV foram feitos, mas ele gostaria de resolver o problema com a empresa primeiro.
 
 
Comentar
Compartilhe
Instagram vai desabilitar recurso que permite ver atividade de usuários...
08/10/2019 | 17h17

Fim de uma era! Depois de acabar com o número de likes, o Instagram agora vai desabilitar a função “Seguindo”.

Essa é aquela abinha que a gente clica pra ver o que os nossos amigos tão curtindo, comentando etc. Era cada descoberta... pegava os contatinhos no pulo kkkk. Pô, Instagram, tá cada vez mais difícil a vida do stalker.
O Instagram vai desabilitar a função "seguindo", que permite aos usuários visualizarem as atividades, como curtidas e comentários, de quem eles seguem. A rede social lançou a função em 2011, quando o "seguindo" era a melhor maneira de descobrir as curtidas dos amigos. Porém, o "explorar" virou a principal ferramenta para navegar no Instagram.... 
"As pessoas não sabiam que suas atividades ficavam sempre disponíveis. Então, você está deixando as pessoas surpresas quando elas descobrem que suas atividades estão aparecendo", disse Vishal Shah, vice-presidente de produto do Instagram, ao BuzzFeed News.... 
 
 
Comentar
Compartilhe
Samsung e Sony encerram produção de smartphones
03/10/2019 | 16h28

Empresas atribuíram o fechamento de fábricas ao crescimento da concorrência

A Samsung e a Sony estão encerrando a produção de smartphones na China, diz reportagem da Reuters. A empresa sul-coreana atribuiu o fechamento ao aumento da concorrência no local e aos altos custos trabalhistas.
A última fábrica da Samsung fechou alguns meses depois que uma fábrica em Huizhou foi cortada e outra suspensa em 2018. A empresa já revelava, portanto, que não estava em uma boa situação ecônomica na China, isso porque ela perdeu lugar no mercado para fabricantes locais, como a Huawei e a Xiaomi.
Atualmente, a Samsung representa apenas 1% do mercado chinês de smartphones, contra os 13% que representava em 2013. A Sony também parece ter sofrido as consequências do aumento da concorrência e decidiu deixar o país asiático. A Reuters diz que a empresa está fechando sua fábrica em Pequim e só fará smartphones na Tailândia daqui para frente.
 
 
Essa não é a única notícia negativa para a Samsung, como você leu aqui no Olhar Digital, a empresa terá que pagar US$ 10 para usuários do Galaxy S4, por executar um aplicativo que falsificava as pontuações de 'benchmarking'.
 
 
Via: 9to5Google
Comentar
Compartilhe
Golpe com máquina de cartão no delivery, fique atento!
02/10/2019 | 14h47

Entregadores usam maquininhas com telas quebradas ou danificadas para induzir o cliente a aprovar compras com valor muito mais alto do que o original

Quem costuma pedir comida em casa, seja pelo telefone ou aplicativo, e opta por pagar na entrega deve ficar atento: uma nova modalidade de golpe está causando dores de cabeça para alguns consumidores. É o ‘Golpe do Delivery’.
Ele funciona de forma muito simples: o entregador chega com seu pedido e, na hora de cobrar, apresenta uma maquininha com a tela danificada ou tão arranhada que fica difícil ou impossível ver o valor a pagar. Para justificar, muitos dizem que a máquina foi danificada durante um tombo em uma das entregas e ainda não foi substituída.
Distraído, o consumidor confia que o valor da cobrança está correto, digita a senha e confirma a compra. E não percebe que, na verdade, acabou de aprovar uma compra com valor muito mais alto, em uma máquina que pertence ao entregador e não ao estabelecimento onde o pedido foi feito. Para não levantar suspeitas o próprio entregador paga o pedido original usando a máquina do restaurante. E quando a vítima percebe, já é tarde demais.
 
 
Para evitar cair no golpe, a dica é nunca confirmar uma compra caso não seja possível ver o valor na tela da maquininha, e sempre guardar o comprovante da compra. Caso você seja uma vítima, faça um boletim de ocorrência, entre em contato com seu banco e descubra a empresa responsável pela maquininha usada. Entre em contato com esta empresa, relatando o que ocorreu e apresentando uma cópia do boletim de ocorrência, para ter seu dinheiro de volta.
 
 
Fonte: UOL
Comentar
Compartilhe
Assistir centenas de canais gratuitos através de IPTV? A polícia está de olho!
01/10/2019 | 12h02

Sistema de gerenciamento usado por mais de 5.000 provedores atingia 50 milhões de usuários e teve impacto imediato no mercado

O IPTV pirata havia ganhado popularidade nos últimos anos e como as autoridades começavam a ficar mais atentas a esta prática. O resultado disso já está sendo visto: uma operação policial na Europa derrubou um sistema gigantesco de gerenciamento de IPTV chamado Xtream-Codes, deixando muitos usuários desse tipo de serviço no escuro.
A operação foi chamada de Black IPTV mirou vários alvos. Primeiramente, as autoridades foram atrás dos indivíduos por trás de um provedor de IPTV na Itália. No entanto, a ação também acabou por derrubar o Xtream-Codes, sistema que é base para vários serviços de IPTV. Estima-se que ele fosse usado por 5.000 provedores atingindo 50 milhões de usuários finais, então o seu encerramento teve um impacto imediato.
De fato, a Sandvine, empresa que produz equipamento de rede e que costuma monitorar esse tipo de tráfego, notou uma queda brutal no volume de dados que circula na internet relacionado a serviços de IPTV piratas. Em contato com o site TorrentFreak, a companhia confirmou que percebeu uma queda de 50% no tráfego de IPTV ilícito.
 
 
A operação atingiu as plataformas de IPTV no dia 18 de setembro, uma quarta-feira, mas seus efeitos só foram sentidos ao longo dos dois dias seguintes por questões técnicas. Foi neste momento, de quinta para sexta-feira, em que a Sandvine percebeu a queda drástica de 50%.
 
 
No entanto, a pirataria é comparada a uma hidra por bons motivos: corte uma cabeça e outras surgem. Os provedores logo começaram a migrar para outros sistemas de gerenciamento além do Xtream-Codes, e os serviços logo começaram a ser restabelecidos.
A Sandvine listou cinco serviços que foram completamente derrubados com a operação policial entre os dias 19 e 21 de setembro. Segundo a empresa, quase todos já estavam se recuperando no dia 21, com apenas um deles ainda inativo. Contudo, é importante notar que o mercado de IPTV pirata é consideravelmente maior do que esses cinco serviços e é difícil estimar com precisão o total de plataformas similares afetadas e quantas delas conseguiram se recuperar.
 
 
 
 
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Gustavo Abreu

[email protected]