Comunicado sobre o funcionamento do comércio neste feriado!
30/05/2018 | 16h32

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL) informa que o comércio do nosso município continuará funcionando em horário normal.

Os supermercados, hortifrútis e outros estabelecimentos do ramo de alimentos estão, ainda, com o abastecimento comprometido. Os postos de gasolina, aos poucos estão alcançando os níveis normais de abastecimento.
 Demais lojistas acreditam que as mercadorias pedidas aos seus fornecedores só chegarão em seus estabelecimentos no decorrer dos próximos dez dias.
 Precisamos voltar a produzir
 A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) estima que, entre os dias 21 e 28 de maio, os setores do comércio e serviços deixaram de faturar, aproximadamente, R$ 27 bilhões devido à interrupção do transporte de carga nas rodovias do país. Com isso, a CNDL e o SPC Brasil avaliam que o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) será menor do que o inicialmente esperado em 2018 e poderá ser revisto para algo perto de 2%, inclusive com resultado negativo no consolidado do segundo trimestre.
 Precisamos voltar a trabalhar. Os setores produtivos, em geral, vêm sendo duramente atingidos pelo prolongamento da paralisação. O varejo, em especial, que gera 63% do PIB e fatura R$ 715 bilhões por ano, é o motor que move o país. Mas como tirar o sustento de prateleiras vazias, sem receber mercadorias, e com os consumidores sem condições de se deslocarem aos estabelecimentos por falta de combustível?
 A contribuição para sairmos dessa situação deve vir de todos: Governo Federal, Poder Legislativo, estados e municípios, assim como de toda a cadeia produtiva. A revisão do ICMS sobre os combustíveis, a melhoria da infraestrutura, o custo dos tributos e o peso da máquina pública precisam ser repensados. Estamos prontos para colaborar, pois entendemos que é urgente criar melhores condições para quem gera empregos e riqueza no país.
 Abertura do comércio no feriado de Corpus Christi
 O funcionamento é facultativo, ou seja, funcionarão os lojistas que quiserem, desde que observando as normas da Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018.
Comentar
Compartilhe
Greve dos petroleiros pode afetar preço nos combustíveis novamente!
30/05/2018 | 10h36

Para a população, a dúvida é se a greve voltará a afetar o abastecimento de combustíveis que vinha sendo normalizado a partir de ontem

Começou à meia-noite desta quarta-feira a greve nacional de petroleiros, organizada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP). A entidade convocou uma paralisação da classe para reivindicar a redução do preço dos combustíveis e a saída do presidente da Petrobras, Pedro Parente. Segundo o líder do movimento e coordenador-geral da FUP, José Maria Rangel, serão 72 horas de braços cruzados.
O grupo ignorou a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que considera a greve ilegal. A ministra Maria de Assis Calsing afirma que a paralisação é irregular, pois “trata-se, a toda evidência, de greve de caráter político”. “Não há pauta de reivindicações que trate das condições de trabalho dos empregados da Petrobras, até porque não se vislumbra a proximidade da data-base da categoria”, diz a decisão. A multa fixada é de 500.000 reais por dia.
Calsing atendeu a pedido de bloqueio do movimento feito pela Advocacia-Geral da União e pela Petrobras, dizendo que saem em defesa dos “enormes prejuízos à sociedade” em momento que se restabelecem os serviços comprometidos pela greve dos caminhoneiros. “Quero lamentar a decisão da Justiça, porque tomam uma posição sem ouvir o outro lado”, disse em assembleia José Maria Rangel. “O fato do Pedro Parente estar destruindo a Petrobras é uma decisão política. Queriam que víssemos o desmonte que a empresa está sofrendo quietos?”
Também em seu discurso, Rangel fez referência à greve dos petroleiros de 1995. Em maio daquele ano, os representantes de movimentos sociais se posicionaram contra a quebra dos monopólios do petróleo e das telecomunicações no Brasil. Até hoje, acreditam que foi graças à manutenção da greve pelos petroleiros que o destino da Petrobras foi diferente da Telebras. O episódio é tido como “histórico”, por ter “salvo” a estatal. Mais de 20 anos depois, veem em Parente o privatista que ameaça a empresa novamente.
Para a população, a dúvida é se a greve voltará a afetar o abastecimento de combustíveis que vinha sendo normalizado a partir de ontem. A FUP afirma que o estoque das refinarias está elevado, e descartou esse risco. Seja como for, a quarta-feira será de filas nos postos de todo o país na véspera do feriado.
Comentar
Compartilhe
Como fazer chamadas de voz e vídeo em grupo no WhatsApp
29/05/2018 | 13h38
O WhatsApp começou a liberar chamadas de voz e vídeo em grupo para usuários de iOS e Android, e não apenas para quem usa a versão beta do app. Saiba como fazer.
 
Toque no ícone da chamada que você quer fazer (um telefone para voz, uma câmera para vídeo). Quando a chamada começar, você verá no canto superior direito da tela um ícone com o sinal de "+".
 
 
Toque nele e comece a adicionar as pessoas com quem você quer fazer a chamada em grupo. Apenas pessoas que já têm o recurso habilitado nos seus telefones poderão ser adicionadas.
 
As chamadas em grupo podem ter até quatro participantes simultâneos, tanto em vídeo quanto em áudio. Qualquer membro pode adicionar pessoas à conversa, não precisa ser aquele que iniciou a chamada.
 
 
Comentar
Compartilhe
CAOS NO PAÍS: Gasolina chega a ser vendida a R$ 8,99
24/05/2018 | 14h47
O preço do litro da gasolina chegou a ser vendido a R$ 8,99 nesta quarta-feira (23) no Recife após o abastecimento dos postos de combustíveis ser afetado devido ao terceiro dia de protestos dos caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel. Alguns postos na Região Metropolitana fecharam por falta de combustíveis para revenda.
 A mobilização dos caminhoneiros, que ocorre desde segunda (21), é nacional. Nos postos que continuam abertos na capital e no Grande Recife, motoristas formaram filas para abastecer que invadiram faixas de ruas e avenidas, complicando o trânsito. O Porto de Suape teve a operação comprometida e o número de viagens realizadas pelos ônibus na Região Metropolitana foi reduzido em 8% desde a manhã desta quarta.
 Na tarde desta quarta, os caminhoneiros realizam protestos em diversas rodovias do estado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-101, no Grande Recife, há dois pontos de manifestações: um no quilômetro 83, em Jaboatão dos Guararapes; outro no quilômetro 50, em Abreu e Lima. No Cabo de Santo Agostinho, houve bloqueio na via, encerrado às 15h50. Também em Jaboatão, houve manifestação no quilômetro 16 da BR-232, mas o ato foi encerrado às 16h30.
Em um posto localizado na Avenida Antônio de Góes, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, o litro da gasolina passou a ser vendido a R$ 8,99 durante a tarde desta quarta. Na Avenida Agamenon Magalhães, na altura do bairro do Torreão, na Zona Norte do Recife, um posto vendia o litro da gasolina a R$ 6,99. Na Avenida Getúlio Vargas, em Olinda, houve postos que fecharam por causa da falta de combustíveis e outros em que a gasolina acabou.
 Por meio de nota, o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon-PE) informou que recebeu denúncias de práticas abusivas nos postos de gasolinas, de combustíveis sendo vendidos por R$ 9, o litro. Por isso, o órgão enviou equipes de fiscais para verificar os preços de venda do produto.
Três postos na capital pernambucana foram autuados pelos preços abusivos. Dois deles, localizados na Avenida Norte, no bairro de Santo Amaro, foram autuados. Os preços eram de R$ 5,59 e R$ 4,99. O outro estabelecimento é de Boa Viagem, na Zona Sul, onde a gasolina estava sendo vendida a R$ 4,89. Na segunda (21), o preço do combustível, no mesmo estabelecimento, era de R$ 4,39.
 Suape
 Nesta quarta-feira (23), os terminais instalados no Porto de Suape, no Grande Recife, tiveram o acesso de caminhões interrompido por um grupo de manifestantes, segundo a administração do complexo portuário. Com a mobilização nacinal, a carga e descarga de produtos e as operações portuárias estão comprometidas. Ônibus e veículos menores têm acesso normal.
 A Justiça Federal concedou liminar, na noite de terça (22), determinando que o Sindicato dos Condutores em Transportes de Cargas Autônomos de Pernambuco (Sintracape) autorize o acesso de uma empresa terceirizada, que transporta combustível aeroviário, ao Porto de Suape.
A Infraero apontou que os aeroportos operam normalmente nesta quarta (23) e que monitora o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais, além de estar em contato com companhias aéreas e órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir o fornecimento de combustível de aviação.
 A medida atende a um pedido da União, já que o protesto afeta tanto a atividade portuária quanto a regularidade de fornecimento de combustíveis para o Aeroporto Internacional do Recife-Guararapes/Gilberto Freyre. Por volta das 9h, o Porto de Suape informou que os manifestantes permitiram o acesso dos caminhões que fazem transporte de combustível de aviação.
 De acordo com a administração do porto, 12 navios estão na área do ancouradouro, por causa de indisponibilidade de área para armazenagem de mercadoria nos tanques. Até quinta-feira (24), o porto estima que outros navios sejam impedidos de atracar em Suape por causa da lotação da área para armazenagem ou falta de carga para embarque. Todas as empresas do porto organizado e embarcações tiveram o fornecimento de mantimentos interrompido.
 As operações de embarque e desembarque de veículos foram canceladas devido à ausência de carga da fábrica da Fiat em Goiana, no Grande Recife, e em Betim, em Minas Gerais. De acordo com o porto, os silos da Bunge Moinho, que armazena trigo, estão quase sem capacidade de armazenamento, impossibilitados de receber o produto de novas embarcações e de realizar a distribuição para padarias e indústrias.
Com a paralisação, o Terminal de Contêineres (Tecon Suape) corre o risco de ter a operação comprometida, já que os equipamentos que fazem a operação marítima de embarque e desembarque dos contêineres (portêineres) necessitam de óleo combustível para funcionamento e porque não há escoamento das mercadorias por via rodoviária.
 Na terça-feira (22), os manifestantes permitiram a entrada de um caminhão carregado com nitrogênio para o resfriamento do terminal da Ultracargo, que armazena produtos de alta periculosidade. O produto, não disponível no porto, é suficiente para operação até esta quarta-feira (23).
 O gás de cozinha (Gás Liquefeito de Petróleo) que atende diariamente a cerca de 30 mil famílias e pequenos comércios em diversas cidades de Pernambuco sai de Suape. Desde segunda-feira (21), nenhum produto foi retirado do porto. O desabastecimento, segundo o porto, impacta 200 clientes diretos por dia, como hospitais, indústrias, restaurantes, hotéis e prédios residenciais.
 O óleo combustível utilizado em geradores convencionais que funcionam em locais como hospitais, escolas e postos de saúde, também não saiu do porto, assim como a gasolina e etanol que estão no terminal.
A termoelétrica Suape Energia também não recebeu óleo combustível, que é transportado apenas por via rodoviária. Toda a carga encontra-se armazenada dentro do porto organizado.
 Correios
 A não distribuição de combustível também afeta a operação dos Correios, que suspenderam as postagens com dia e hora marcados (Sedex 10, 12 e Hoje). Por meio de nota, a empresa informou, ainda, que a paralisação “tem gerado forte impacto às operações da empresa em todo o país”. Os serviços Sedex e PAC, bem como o de correspondências, também sofrem com acréscimo de dias do prazo de entrega estipulado.
 Fonte: Globo.com
Comentar
Compartilhe
Este é o 11º aumento do preço da gasolina nos últimos dezessete dias
22/05/2018 | 10h35
Os preços do diesel e da gasolina voltam a subir nas refinarias a partir desta terça-feira. Segundo informações do site da Petrobras, a gasolina subirá 0,9% e o diesel 0,97%. Com a alta, o preço da gasolina passará a custar R$ 2,0867, enquanto o do óleo diesel sobe para R$ 2,3716.
Este é o 11º aumento do preço da gasolina nos últimos dezessete dias. A exceção ocorreu entre os dias 12 e 15 deste mês, quando a estatal interrompeu a sequência de altas ao manter o preço da gasolina em R$ 1,9330, e entre os dias 19 e 21 quando os preços passaram para R$ 2,0680. Ao longo do mês de maio, o preço da gasolina subiu 16,07%.
O produto iniciou o mês custando R$ 2,0877 na porta das refinarias, sem a incidência de impostos, e passará a valer a partir da meia-noite de hoje R$ 2,0867, contra os R$ 2,0680 que vigora desde o último aumento, no sábado passado (19).
Já o óleo diesel, que aumentará 0,97%, acumula alta de 12,3% desde o dia 1º de maio. Com o último aumento, o preço do produto passará de R$ 2,3488 – preço que passou a valer também no último sábado – para R$ 2,3716. É o sétimo aumento consecutivo do produto.
A Petrobras rebate as criticas às altas constantes dos derivados a atribui as elevações de preços às oscilações do preço do barril do petróleo no mercado externo. Segundo a estatal, "os combustíveis derivados de petróleo são commodities e têm seus preços atrelados aos mercados internacionais, cujas cotações variam diariamente, para cima e para baixo".
Segundo a companhia, a variação dos preços nas refinarias e terminais é importante para que a empresa possa competir de forma eficiente no mercado brasileiro.
Comentar
Compartilhe
'Chaves' e 'Chapolin' no Multishow terão mais de cem episódios inéditos
21/05/2018 | 11h33
Repetidos incontáveis vezes pelos protagonistas de “Chaves” e “Chapolin” ao longo de quase quatro décadas na TV brasileira, os bordões “Foi sem querer querendo”, “Isso, isso, isso”, “Ninguém tem paciência comigo” e “Não contavam com minha astúcia” serão ouvidos a partir de amanhã, às 23h, no Multishow. O canal por assinatura comprou da mexicana Televisa um pacote com os mais de 500 episódios dos dois seriados, já exibidos à exaustão pelo SBT desde os anos 1980.
Deste pacote, cerca de 140 episódios são inéditos por aqui (são mais de 90 episódios de “Chapolin” e mais de 40 de “Chaves”). Para entender o tipo de tratamento que daria às séries, o Multishow recrutou um grupo de fãs dos programas — criados em 1971 e hoje considerados verdadeiros cults — e promoveu mesas de discussão com eles. O canal decidiu exibir as duas atrações diariamente, em ordem cronológica e no horário noturno.
— Alguns episódios originais traziam esquetes raras, que também iremos exibir — conta a diretora de programação e conteúdo digital do canal Tatiana Costa, que explica o interesse do Multishow pelas produções. — O humor é um dos nossos pilares. A gente entendeu, através de pesquisas, que “Chaves” e “Chapolin” fazem parte do inconsciente coletivo do nosso telespectador. Mesmo sendo uma franquia exibida há quase 40 anos no Brasil, os programas têm um tipo de humor atemporal.
Comentar
Compartilhe
PF apreende R$ 30 mil em mercadorias desviadas por funcionário dos Correios
18/05/2018 | 09h39
Nesta semana, os Correios iniciaram uma campanha para explicar ao público os motivos de as encomendas internacionais demorarem a chegar. Uma coisa que a estatal não explicou é que existe uma possibilidade real de seus próprios funcionários desviarem os pacotes, como foi descoberto na região da Grande Florianópolis, em Santa Catarina.
 
O caso foi revelado nesta semana pela Polícia Federal, que executou um mando de busca e apreendeu aproximadamente R$ 30 mil em mercadorias desviadas na casa deste funcionário dos Correios, que não foi identificado. A casa é localizada na cidade de Palhoça, mas a PF também não revelou em qual agência ele trabalha.
 
O funcionário dos Correios estaria desviando os produtos para vendas em sites e aplicativos de comércio eletrônico, que também não foram identificados. Alguns dos pacotes ainda estavam na caixa original lacrada, contando até mesmo com nota fiscal dos destinatários.
 
Apesar disso, o rapaz não foi preso, porque a situação não foi considerada um flagrante, já que o desvio de produtos havia acontecido em um momento anterior. Ele será indiciado pelo crime de peculato, com pena máxima de até 12 anos de prisão. Ele também deve perder o cargo público que ocupa em caso de condenação.
 
Segundo a Polícia Federal, as suspeitas de que estava havendo algum tipo de desvio de produtos em agências dos Correios vieram após uma série de depoimentos de compradores que nunca receberam suas compras.
Comentar
Compartilhe
Netflix quer bater recorde e lançar 86 filmes próprios neste ano
16/05/2018 | 15h47
À medida que os estúdios de Hollywood lançam seus campeões de bilheteria nas salas de cinema no verão do Hemisfério Norte, a empresa Netflix está tentando dar aos cinéfilos motivo para ficarem em casa. O serviço de streaming está a caminho de lançar pelo menos 86 filmes originais Netflix em 2018, disse a empresa à Reuters. Isso excede a produção programada dos quatro principais estúdios de cinema tradicionais combinados, assim como o recorde anterior de 61 filmes do Netflix no ano passado. 
A estratégia agressiva é destinada em parte para responder as queixas de que o acervo de filmes do serviço é obsoleto, um problema que pode ser exacerbado pela decisão da Walt Disney de deixar de fornecer novos filmes para os clientes do Netflix nos EUA em 2019. Comprar filmes de outros estúdios também se tornou mais caro à medida que a competição em streaming e intensificou. 
Ter mais de seus próprios filmes está valendo a pena, disse a Netflix. A empresa disse à Reuters que os 33 filmes Netflix lançados até agora este ano foram assistidos mais de 300 milhões de vezes por mais de 80 milhões de contas de usuários em todo o mundo. Essa é uma audiência média de mais de 9 milhões de espectadores por filme. 
Executivos disseram que o grande número de filmes é uma resposta à grande variedade de gostos que eles estão tentando satisfazer, e que os dados que eles coletam sobre os hábitos de visualização dos assinantes fornecem informações que os ajudam a escolher filmes. 
Dos 125 milhões de clientes da Netflix, 55 por cento vivem fora dos Estados Unidos, e a empresa está contando com mercados estrangeiros para impulsionar o crescimento futuro. 
“É arte e ciência”, disse Ian Bricke, que supervisiona o licenciamento e a produção de filmes independentes da Netflix. “Nosso público global é cada vez mais diversificado. Estamos constantemente aprendendo e tentando ficar mais inteligentes.” 
Farra de gastos
A companhia não quis dizer quanto está gastando na produção de filmes próprios, mas orçou gastos de 8 bilhões de dólares em programação em 2018, um número que inclui séries de TV e filmes originais, além de conteúdo licenciado de outros. 
Os gastos pesados resultarão em um fluxo de caixa livre negativo de até 4 bilhões de dólares este ano, disse a empresa. Os investidores até o momento endossam a estratégia, já que o número de assinantes da Netflix continua crescendo, levando as ações a acumularem alta de 70 por cento este ano. 
Cerca de um terço da audiência da Netflix é para filmes, disseram executivos da empresa, enquanto o resto é para ofertas televisivas, incluindo as séries originais aclamadas da empresa, como “House of Cards” e “Stranger Things”. 
A recepção crítica dos filmes originais da Netflix tem sido mista, e alguns diretores proeminentes rejeitam a ideia de fazer filmes que serão vistos principalmente na telinha.
Comentar
Compartilhe
Gasolina volta a subir, Rio de Janeiro (R$ 4,72) na lista dos mais elevados!
15/05/2018 | 14h40
Ceará fica atrás apenas do Acre (R$ 4,88) e Rio de Janeiro (R$ 4,72). Litro da gasolina chegou a R$ 4,70.
O preço médio da gasolina no estado Ceará é o mais alto do Nordeste e terceiro do país, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP), com base em um levantamento realizado entre os dias 6 e 12 deste mês. Com o litro custando R$ 4,56 para o consumidor, o estado ficou atrás apenas do Acre (R$ 4,88) e Rio de Janeiro (R$ 4,72) na lista dos mais elevados.
Segundo a ANP, o litro da gasolina chega a ser comercializado por R$ 4,70 no Ceará; ja o valor mais baixo foi encontrado por R$ 4,24. A pesquisa foi realizada em 216 postos do estado.
Em Fortaleza, o preço médio encontrado nos estabelecimentos é de R$ 4,56. Em um dos postos pesquisados foi encontrado o combustível por R$ 4,29 o litro. O valor mais alto na capital cearense é de R$ 4,59.
No Brasil
O preço médio do litro de gasolina no país ficou em R$ 4,257, ante R$ 4,225 na semana anterior. A alta corresponde a 0,76%. Na última pesquisa, havia recuado 0,02%.
Com o novo aumento, a gasolina acumula alta de 3,85% desde o início do ano, e avança 21,28% desde que a Petrobras iniciou sua nova política de preços, em julho do ano passado.
Comentar
Compartilhe
Uber agora permite que usuário avalie motorista no meio da viagem
14/05/2018 | 16h19
A Uber está realizando uma alteração em seu aplicativo que permitirá que os usuários avaliem os motoristas no meio das viagens e não apenas no final delas. Conforme relata o The Verge, essa é uma forma da empresa aumentar o número de avaliações dos seus motoristas.
 
"Você tem lugares para ir e coisas para fazer, e nós nunca queremos perder uma oportunidade para ouvir e melhorar", afirma a companhia em um post no seu blog oficial.
Atualmente, no final da corrida o usuário recebe a opção de avaliar o motorista entre uma e cinco estrelas, além de escolher entre um grupo de comentários pré-selecionados, como “boa conversa” ou “excelente serviço”. Os motoristas que tiverem uma média abaixo de 4,6 são desativados do aplicativo e precisam fazer um curso de melhorias.
 
A classificação no meio da viagem, por enquanto, está disponível apenas para alguns usuários. Os motoristas não poderão avaliar os usuários ao longo da corrida por questões de segurança.
Comentar
Compartilhe
INSTAGRAM fora do ar?!
10/05/2018 | 14h41
O Instagram passou por instabilidades na manhã desta quinta-feira, 10. A rede social ficou fora do ar para alguns usuários brasileiros e também na Europa por volta das 9h, tendo outro pico logo após as 10h, no horário de Brasília. O assunto chegou a aparecer nos Trending Topics do Twitter, onde os internautas reclamavam de problemas para enviar mensagens e ver o feed de notícias. 
De acordo com o site Down Detector, o pico de queixas de queda do Instagram ocorreu por volta de 9h40. Na plataforma, conhecida por reportar este tipo de problemas, as principais reclamações eram para abrir o feed de notícias, fazer login na rede social e também acessar o site. O assunto também foi um dos mais comentados da manhã no Twitter.
Além do Brasil, a falha do Instagram promete ter afetado usuários de alguns países europeus, como Inglaterra e Alemanha, da Ásia, os Estados Unidos e vizinhos do Brasil como a Guiana e a Argentina. Apesar da extensão do problema, nem todos parecem ter sido afetados pela queda desta quinta-feira, 10.
 
Ainda de acordo com os relatos, o problema parece já ter sido resolvido na maior parte do mundo. Até o momento, o Instagram ainda não se manifestou sobre as causas para a queda da rede social e nem a extensão do problema.
 
 
Gustavo Abreu Carvalho
Comentar
Compartilhe
Você escolhe o final do filme no cinema pelo celular! Novidade!
04/05/2018 | 12h12
A Fox tem uma ideia que vai diametralmente contra os princípios das salas de cinema. A empresa quer incentivar os espectadores a tirar o celular e usá-lo durante a sessão para um motivo específico: votar para definir qual rumo a história que se desenrola na telona deve tomar.
  A empresa revelou que está desenvolvendo um filme da série de livros “Escolha sua aventura”, que traz várias histórias que podem tomar diferentes caminhos dependendo de escolhas do leitor. A ideia da Fox é transportar essa experiência para as telonas, e para isso os espectadores deverão votar nos rumos da trama por meio de um aplicativo de celular.
 O anúncio foi feito durante a CinemaCon, que acontece em Las Vegas. A Fox anunciou uma parceria com a empresa Kino Industries para licenciar a tecnologia CtrlMovie, com a qual poderão ser realizados os votos. A promessa é de que as decisões do público podem influenciar a trama, o final e até mesmo a duração do filme, tudo isso sem que haja uma quebra no ritmo com uma pausa entre cenas.
 A ideia pode ser interessante, mas pode trazer alguns complicadores. Os espectadores devem ter controle limitado sobre as decisões, porque uma parcela do público pode deliberadamente tomar as piores atitudes para estragar a experiência de todos. Além disso, não é uma boa ideia ter algo como um “final ruim”, como um “game over”, em uma sala de cinema, sendo que sua única opção para obter um novo final seria pagar uma nova sessão. Em um jogo de videogame ou livro interativo, basta recomeçar para tomar um novo caminho.
 A ideia de filmes interativos tem ganhado alguma força recentemente, mas é a primeira vez que alguma empresa ventila usar celulares para replicar esse conceito nos cinemas. A Netflix, por exemplo, já possui conteúdos no estilo “escolha sua aventura” voltados para crianças; a empresa também tem planos de lançar algo no estilo para os assinantes adultos, mas ainda não revelou detalhes.
 Gustavo Abreu
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Gustavo Abreu

[email protected]

Um blog sobre curiosidades, imagens, vídeos interessantes, dicas de filmes, séries, ilustrações, viagens e tudo que está bombando na net.