Apple, Google, Facebook, NetFlix e outras empresas estão com vagas de emprego no Brasil
20/12/2017 | 14h26
As empresas de tecnologia, como Apple, Google, Facebook, Spotify, entre outras estão com vagas de emprego abertas para seus escritórios no Brasil. Confira os cargos que estão disponíveis e como se inscrever:
 Apple
A companhia está com 20 vagas abertas para as áreas de marketing, vendas e para as lojas, como gerente, Genius, analista de operações, engenheiro de soluções, entre outras. Confira as vagas e se inscreva aqui.
Facebook
A rede social está com 24 vagas para o seu escritório em São Paulo. Entre as áreas que estão contratando estão comunicação, marketing, vendas, operação de centro de dados, TI e desenvolvimento. Confira as vagas e se inscreva aqui.
Google
O Google está com 15 vagas para o seu escritório de São Paulo, que envolvem cargos dentro do próprio Google, como também para o YouTube e para o Waze. Confira as vagas e se inscreva aqui.
Netflix
A plataforma está com oito vagas abertas para o escritório de Alphaville, em São Paulo, incluindo áreas de marketing, comunicação, tecnologia, financeiro e tecnologia. Confira as vagas e se inscreva aqui.
Nubank
Ao todo, o Nubank tem sete vagas para o escritório de São Paulo, sendo elas para engenheiro de software, analista de experiência de consumidor, analista de operações, gerente de capital, engenheiro de aprendizado de máquinas, cientista de dados e recrutador. Confira as vagas e se inscreva aqui.
Spotify
A plataforma está com duas vagas para São Paulo, uma de estágio para publicidade e uma de gerente regional de operações de publicidade. Confira as vagas e se inscreva aqui.
Twitter
A empresa também está com duas vagas para o escritório de São Paulo, uma para a área do financeiro e uma para vendas e parcerias. Confira as vagas e se inscreva aqui.
Comentar
Compartilhe
Estas foram as principais buscas de 2017 no Google
14/12/2017 | 14h17
Escritório do Google em Irvine, na Califórnia 07/08/2017 REUTERS/Mike Blake
Escritório do Google em Irvine, na Califórnia 07/08/2017 REUTERS/Mike Blake
Com a proximidade do final de 2017, o Google divulga a lista de principais buscas e assuntos de 2017. A empresa divulgou uma lista local com aquilo que mais chamou a atenção dos brasileiros na internet.
 O termo mais buscado do ano foi o reality show da Rede Globo Big Brother Brasil. A tabela do campeonato brasileiro vem em segundo lugar, seguida do Enem.
 Além da lista de termos, o Google divulgou informações como tutoriais mais buscados (com liderança de “como fazer ovo de Páscoa?”), dúvidas mais frequentes (“O que é pangolim?”), entre outras coisas. Veja abaixo os rankings divulgados hoje pelo Google.
Brasil
Buscas
Big Brother Brasil
Tabela do Brasileirão
Enem
Marcelo Rezende
O Chamado
FGTS
Sisu
Furacão Irma
Despacito
A Fazenda
Como fazer?
Como fazer ovo de páscoa?
Como fazer jejum intermitente?
Como fazer crepioca?
Como fazer bacalhau?
Como fazer spinner?
Como fazer enquete no Instagram?
Como fazer declaração do Imposto de Renda?
Como fazer kefir?
Como fazer slime?
Como fazer queijo muçarela?
O que é?
O que é pangolim?
O que é Sarahah?
O que é TBT?
O que é um ábaco?
O que é sororidade?
O que é Páscoa?
O que é hand spinner?
O que é um diplomata?
O que é despacito?
O que é Valentine’s Day?
Por quê?
Por que o Brasil não está na Copa das Confederações?
Por que Zeca vai ser preso?
Por que o Evaristo saiu do Jornal Hoje?
Por que Claudia Leitte saiu do The Voice?
Por que Pedro Bial saiu do BBB?
Por que o Marcos saiu do BBB?
Por que não comer carne na Sexta-Feira Santa?
Por que no Brasil não tem furacão?
Por que os furacões recebem nomes femininos?
Por que a Catalunha quer se separar da Espanha?
Acontecimentos
Brasileirão
Furacão Irma
Copa do Brasil
Coreia do Norte
Rock in Rio
Copa das Confederações
Carnaval
Copa Libertadores
Oscar
Copa São Paulo de Futebol Júnior
Personalidades
William Waack
José Mayer
Léo Stronda
Fábio Assunção
Pabllo Vittar
Marcos Harter
Emilly Araújo
Elettra Lamborghini
Daniela Araújo
Eike Batista
Perdas
Marcelo Rezende
Márcia Cabrita
Chester Bennington
Teori Zavascki
Chris Cornell
Marisa Letícia
Marcos Tumura
Jerry Adriani
Lil Peep
Paulo Silvino
Filmes
It: A Coisa
Velozes e Furiosos 8
Liga da Justiça
Logan
Mulher-Maravilha
Cinquenta Tons Mais Escuros
A Cabana
La La Land – Cantando Estações
Meu Malvado Favorito 3
Thor: Ragnarok
Programas e Séries
Big Brother Brasil
A Fazenda
A Força do Querer
13 Reasons Why
A Lei do Amor
Rock Story
Dragon Ball Super
Galinha Pintadinha
Carinha de Anjo
Game of Thrones
Músicas
Despacito
Deu Onda
Trem-Bala
Paradinha
Vai Embrazando
Despedida
Rap Lord
Shape of You
Olha a Explosão
Sua Cara
Times da Série A
Flamengo
Corinthians
Palmeiras
São Paulo
Grêmio
Vasco da Gama
Santos
Cruzeiro
Atlético Mineiro
Botafogo
Tecnologia
iPhone 8
Sarahah
iPhone X
Moto G5
Moto G5 Plus
Android Device Manager
Moto G4 Plus
Moto G4
Zenfone 4
J7 Prime
Buscas
Hurricane Irma
iPhone 8
iPhone X
Matt Lauer
Meghan Markle
13 Reasons Why
Tom Petty
Fidget Spinner
Chester Bennington
India National Cricket Team
TV Shows
Stranger Things
13 Reasons Why
Big Brother Brasil
Game of Thrones
Iron Fist
Bigg Boss
Riverdale
American Gods
The Kapil Sharma Show
Mindhunter
Músicas
Despacito
Shape of You
Perfect
Havana
Look What You Made Me Do
HUMBLE.
Versace on the Floor
Closer
Bad and Boujee
Rockstar
Comentar
Compartilhe
Garrafa ecológica que filtra água SUJA chega ao Brasil
07/12/2017 | 16h08
Sucesso de vendas em todo o mundo, a garrafinha FiltraFit soluciona um problema de saúde pública e também de ecologia
A contaminação da água encanada tem sido um problema recorrente na vida dos brasileiros. Diversas análises e estudos indicam que cada vez mais nossa água apresenta níveis indesejados de substâncias nocivas à saúde, as quais podem causar doenças extremamente graves quando consumidas em excesso.
O que ocorre é que a água da torneia em todos os países do mundo não é confiável e pode trazer substâncias nocivas à saúde, até mesmo as indústrias que comercializam água mineral não são tão seguras assim. Foi pensando nisso que as fabricantes da Filtrafit desenvolveram esta garrafa que está dando o que falar.
Qual a solução?
A solução tem se tornado popular: Filtrafit, uma garrafinha reutilizável com filtro embutido. A ideia é simples: basta encher a garrafa com água da torneira, e à medida que a água passa pelo filtro, ele remove o cloro, metais pesados e outras impurezas presentes na água. O filtro é feito de carvão ativado granulado, que "agarra" as impurezas antes delas entrarem em seu organismo. Para garantir a boa qualidade da água, basta trocar o filtro a cada 300 garrafinhas que você encher - mais ou menos 3 meses, caso use ela todos os dias.
Com a preocupação com o meio-ambiente, cidades como São Francisco nos EUA já baniram a venda de água mineral em garrafas plásticas. Esse é outro ponto em que a Filtrafit se destaca: por ser reutilizável, trocando o filtro você pode continuar usando sempre a mesma garrafa, sem poluir o meio-ambiente. Além disso, já levando em conta a troca do filtro, usar a Filtrafit acaba custando 85% menos do que comprar água mineral no supermercado - é um pequeno investimento que se paga rapidamente.
A Filtrafit também é feita de materiais reciclados e é livre de BPA, um composto plástico muito utilizado na fabricação de garrafas mas que é prejudicial à saúde (o BPA já foi banido na Europa e no Canadá). A Filtrafit utiliza um plástico resistente, tem um formato tipo “Squeeze” fácil de segurar e o tamanho certo para carregar na bolsa ou na mochila.
Diferenciais da Filtrafit:
Design do produto feito nos EUA
Plástico com certificado livre de BPA
Água limpa em qualquer lugar que você vá
Reutilizável: Troque o filtro e use quantas vezes quiser
Comentar
Compartilhe
Testamos o caríssimo iPhone 10 ou X, custo R$7.600,00; veja
06/12/2017 | 12h34
A Apple lançou neste ano o iPhone X, a maior revolução no design de seus celulares desde o iPhone 6. Com uma tela que cobre a parte frontal inteira do aparelho e um design inteiro de vidro e aço inoxidável, o dispositivo realmente tem o aspecto digno de um celular de US$ 1.000, com o preço sugerido no Brasil chegando aos R$ 7.600. E embora leve algum tempo para se acostumar a navegar pelo seu sistema sem o tradicional botão Home, ele deve ser o aparelho ideal para os fãs da Apple com dinheiro de sobra.
Durante o uso, o aspecto mais notável de seu design é a pequena borda superior que cobre um pedaço da tela. Ela parece um pouco estranha no começo, mas não chega a atrapalhar a usabilidade. Por mais diferente que ela seja, ela deve ser um detalhe de construção com o qual os fãs da empresa se acostumarão rapidamente. A traseira de vidro do dispositivo também é muito bonita, mas acumula muitas impressões digitais, além de ser um ponto de fragilidade.
 
Destravar a tela com a Face ID é tão simples quanto parece. Cadastrar o próprio rosto leva menos de um minuto, e depois que isso é feito, o iPhone X se destrava de maneira automática sempre que detecta que o dono está olhando para ele. O conteúdo de notificações de aplicativos como o WhatsApp também fica escondido até que o dono olhe para o dispositivo, o que também ajuda a espantar bisbilhoteiros. Não tivemos a oportunidade de testar o aparelho no escuro ou em um ambiente externo, mas ao menos na sala em que o testamos, o recurso não deixou nada a desejar.
 
As câmeras sempre são um ponto forte dos iPhones e a do iPhone X é ainda melhor. As lentes dela são capazes de transformar mesmo cenas e objetos corriqueiros em verdadeiras obras de arte. E o celular ainda tem um recurso exclusivo de pós-processamento de imagens que permite alterar as condições de luz delas. Com ele, é possível emular as condições de luz de estúdios fotográficos, por exemplo, e com isso gerar imagens deslumbrantes. Esses recursos também funcionam na câmera frontal do dispositivo, o que permite tirar selfies bem legais.
 
Outro recurso exclusivo do dispositivo são os Animojis, emojis que podem ser animados pelos usuários. O celular faz isso cruzando os dados captados pelo seu leitor facial com alguns modelos tridimensionais de emojis. Com isso, é possível gravar e enviar vídeos de até 10 segundos aos seus contatos. O recurso pode não ser particularmente útil, mas é muito divertido.
 
A maior diferença entre o iPhone X e os outros aparelhos da Apple é a ausência de um botão físico na parte frontal. Sem ele, a navegação pela iOS é feita totalmente por meio de gestos, e leva algum tempo para se acostumar com eles. Alguns deles têm uma diferença bem sutil entre si, e são fáceis de se confundir. Por exemplo: deslizar para baixo a partir do lado direito da tela traz a Central de controle, mas se o mesmo gesto for feito a partir do lado esquerdo, o que aparece é a central de notificações. Leva algum tempo para se acostumar a essas mudanças.
 
Por mais que o iPhone X seja tão diferente, ele ainda é bem parecido com os outros iPhones. Quem estava esperando uma grande revolução nos celulares da Apple talvez fique um pouco decepcionado. Mas mesmo com o pouco tempo que passamos com ele, fica claro que ele é a expressão máxima de alguns princípios de design que a empresa vem perseguindo há anos. E quem quiser ter o melhor iPhone disponível no mercado vai sentir que vale a pena investir nele.
 
 
ModeloiPhone X
ProcessadorApple A11 "Bionic" hexa-core
RAM3 GB
ArmazenamentoDe 64 GB a 256 GB
Tela5,8 polegadas, 1125x2436 pixels
(proporção 19,5 por 9, 458 dpi)
Câmeras traseiras12MP com abertura de f/1.8 +
12MP teleobjetiva com abertura de f/2.4
Ambas com estabilização óptica
Câmera frontal7MP com abertura de f/2.2
Bateria2716 mAh
Comentar
Compartilhe
WhatsApp fica 30min fora do ar!
01/12/2017 | 12h52
O WhatsApp enfrentou instabilidades na tarde desta quinta-feira, 30, ao redor do mundo. Usuários relataram nas redes sociais não conseguir enviar ou receber mensagens no aplicativo entre 16h e 16h30. O serviço só voltou a se estabilizar por volta das 17h15.
De acordo com o site Down Detector, que monitora serviços e páginas na internet, o aplicativo está apresentando instabilidade em todo o país desde as 16h21. Os principais relatos são de falha geral, problemas no envio de mensagem e também no acesso.
No Brasil, o assunto chegou ao primeiro lugar nos Trending Topics. Além dos brasileiros, usuários de outros países também estão relatando falhas no serviço de mensagem. Até agora, o problema atinge Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Finlândia, Chile, Paquistão, Dubai, Índia e México.
Em resposta à publicação do jornal britânico Independent, um representante da empresa comentou a falha. "Usuários ao redor do mundo estão incapazes de acessar o serviço. Nós pedimos desculpas pelo incoveninente e estamos trabalhando para resolver este problema assim que possível.
Ainda de acordo com os usuários, o serviço voltou a funcionar por volta das 17h15 da tarde desta quinta-feira, 30. No entanto, ainda não se sabe o motivo para a falha generalizada do aplicativo. O WhatsApp também não se manifestou nas redes sociais.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Gustavo Abreu

[email protected]

Um blog sobre curiosidades, imagens, vídeos interessantes, dicas de filmes, séries, ilustrações, viagens e tudo que está bombando na net.