Ser Natural é ...
21/01/2017 | 20h23
ow2017
Compartilhe
Feliz Ano Novo!!!!!
21/01/2017 | 20h23
Feliz Ano Novo!! https://www.youtube.com/watch?v=HSF12XQ0Qbs&t=8s
Compartilhe
Bresson O Olhar do Século
21/01/2017 | 20h23
capa_cartier_bresson.indd

Albert Camus, equilibrando um cigarro em meio a um sorriso cúmplice; Jean-Paul Sartre, na Pont des Arts, com seu olhar inconfundível; os funerais de Churchill e Gandhi; os retratos de Coco Chanel, William Faulkner e Samuel Beckett; a Guerra Civil Espanhola; a libertação de Paris; a Alemanha em ruínas. Ao lembrar das imagens que marcaram o século XX, evoca-se aquele que foi o responsável pelo olhar de um dos períodos mais turbulentos da história: Henri Cartier-Bresson (1908-2004). HCB, como é conhecido no meio, ensinou o mundo a ver e, juntamente com Robert Capa, contribuiu para alçar a posição do fotógrafo a outro patamar, não como mero ilustrador, mas como autor, que transmite sua visão e assina as próprias imagens. Foi também ao lado de Capa e de outros três fotógrafos visionários que fundou,em 1947, a agência de fotojornalismo mais prestigiosa do mundo, a Magnum. Pela primeira vez na história, os fotógrafos tornavam-se proprietários de seus negativos - uma utopia para a época. O jornalista Pierre Assouline, biógrafo de personalidades como o escritor belga Georges Simenon e do editor francês Gaston Gallimard, traça aqui o perfil do grande artista, construído após cinco anos de constantes conversas, durante os quais fundiu-se no papel de entrevistador e amigo. Ao revelar a parceria entre Cartier-Bresson e sua inseparável Leica, mostra que o olhar do fotógrafo não tinha limites e que as imagens por ele captadas refletem o caráter universal da natureza humana.

Livrarias para compra online http://www.lpm.com.br/site/default.asp  http://livraria.folha.com.br/ http://www.livrariacultura.com.br/ http://www.travessa.com.br/travessa.aspx
Compartilhe
Campos, eu e futuro - 5
21/01/2017 | 20h23
a-internet-das-coisas-publicação Se vc está se acostumando com as inúmeras possibilidades que a internet vem trazendo pra vc,  não fique assustado com o que vou falar, a coisa é muito, mas muito mais do que vc está se adaptando como por exemplo, as redes sociais no computador e smartphones, a coisa caminha bem mais pra frente do que já achamos se o máximo como por exemplo postar fotos, ter acesso a uma infinidade de músicas e filmes, ver notícias em tempo real , conversar com pessoas distantes por uma tela de lcd, e que torna as tecnologias do desenho animado "Os Jetsons" uma realidade impensável anos atrás, pois bem se vc tb anda se acostumando com armazenamento em "nuvens" se prepare vem por ai o armazenamento em "neblina", como tb está vindo a INTERNET DAS COISAS que o assunto da postagem de hoje, estou postando alguns vídeos que creio que vá contribuir bastante para o entendimento de que momento é esse que anda chegando bem de mansinho, com sua limitações mas que é uma questão de tempo e exponencialidade para isso entrar na pautas dos assuntos nos lugares mais comuns de convivência Definição de INTERNET DAS COISAS segundo o executivo da Cisco  Rowan Trollope,  "internet das Coisas é muito menos uma questão de Internet e muito mais uma mudança radical na forma como as coisas, ou produtos, são desenvolvidos, produzidos e se mantêm conectados. Passamos de objetos mecânicos para objetos inteligentes, que estão o tempo todo nos fornecendo informações que permitem melhorar o serviço prestado ao cliente e ao mesmo tempo melhorar o próprio produto ou serviço", http://www.cisco.com/c/pt_br/index.html Fotógrafos - #ficaadica, que oportunidades poderemos ver se as câmeras começarem a dialogar entre sim, se os figurinos dos clientes se comunicarem com nossas câmeras, bem como outras "coisas" começarem a conversar com nossos equipamentos, será que continuaremos a operar nossa câmera da mesma forma? Continuaremos a ser fotógrafos como somos hoje? Será que nosso poder criativo terá o mesmo formato que temos hoje ou teremos que ter novas habilidades e talentos? Para quem não é bobo e fica atento as novas possibilidades tecnológicas e o que elas desenham na movimentação de mercado, vejo boas possibilidades, o que não posso dizer para os "profissionais" que seguem exaustivamente padrões que nascem desgastados face as efemeridades de apreciações estéticas e tecnológicas,  para os colegas de profissão que também  compreendem que seu equipamento é o epicentro intocável da captura fotográfica, para esses vejo um doloroso momento de desmaterialização profissional de evolução exponencial. Um vídeo muito rápido e mega empolgante do que poderá ser a internet das coisas https://www.youtube.com/watch?v=JrhH1j1R3tM Vc quer compreender de forma rápida o que e não é a internet das coisas, click neste vídeo abaixo feito pela "J!Quant"  uma empresa que atua no seguimento de  Big Data, analise de dados e  IoT (internet das coisas) https://www.youtube.com/watch?v=Es5hs6CeNAA Uma troca de ideias bem interessantes sobre a internet das coisas no programa Palavras Cruzadas no canal de comunicação da Unicamp, são reflexões sensatas e bem esclarecedoras de algumas dúvidas bem comuns entre nós,   um diálogo norteador entre um jornalista, dois professores de engenharia elétrica e uma professora de computação. http://www.rtv.unicamp.br/ https://www.youtube.com/watch?v=rm_dN8GqpV0
Compartilhe
Boa Fotografia de "Família" não é Exclusividade da Câmera, é Exclusividade do Fotógrafo
21/01/2017 | 20h23
Antes de começar a falar do assunto principal que é produzir "fotografias pra sempre", vamos fazer  uma reflexão,!!! Quando vejo um cometário em que qualifica uma fotografia como sendo boa pq parece com outra coisa qualquer , rsrsrs,  do tipo "essa foto é tão linda que parece uma pintura", primeiro fico pensando curiosamente, de que pintura, estilo, de que artista essa pessoa fala, continuo no vácuo depois destes questionamentos. Na boa isso me causa um certo desconforto ao ler, para mim uma fotografia por ser muito boa tem que parecer somente com uma "boa fotografia", que no caso essa fotografia poe ser boa pode ter lançado mão de uma boa composição, de uma boa luz, de um ponto de vista ousado ou não, boa pq foi uma percepção sagaz, boa pq me trouxe sentimentos incríveis do passado ou mesmo do momento em curso,  a fotografia pode ser boa por "N" motivos ou até mesmo, uma fotografia pode ser boa pq me remete a composição, a luz, aos elementos formais  de uma determinada pintura, do quadro  de "fulano" , enfim, sei que essa frase  vem de muito tempo, no mínimo depois de 1839 e falamos no automático, sem pensar, mas para mim ela não deixa de ser pobre e rasa como justificativa pq a fotografia em questão é boa, confesso que quando leio frases assim isso me toca de forma que a fotografia passa a me parecer que estar sempre a espera de um dia se tornar pintura para ser perfeitamente bela, o que não é verdade, maçã para ser saborosa nunca vai precisar ser uma laranja , muito menos uma fotografia para ser bela vai precisar ser uma pintura, depois dessa reflexão vamos ao assunto principal que são as belas fotografias de Thais Siqueira e Isabel Maia, que vejo, que de tão belas, essas fotografias me parecem com "fotografias que existirão para sempre" Acredito muito que durante o ano 2017,   nós (apreciadores da boa fotografia) não importaremos tanto com o equipamento fotográfico, cada vez mais, a medida que o ano for passando não nos preocuparemos se  a "fotografia"  foi feita por uma câmera com outros recursos como  as DSLR`s (aquelas que trocam de lente ) ou por tablets /smartphones, porque cada vez mais o que vai valer é a intensidade da narrativa autêntica e genuína do que foi retratado, o belo real das relações, o quanto sentiremos diante dos clicks, mesmo sem conhecer as pessoas retratadas , nos sentiremos preenchidos de felicidades por termos a oportunidade de estar diante daquela relação, mesmo que seja na timeline  das redes sociais , pq o fotógrafo naquele momento não usou o equipamento e sim suas conexões interiores misturadas com aquilo que estava a frente dele,  não importando com que  "câmera " ele estava usando, não importando os limites técnicos delas como uma "crença limitante" a produção de uma fotografia de impactos valiosos, neste momento o fotógrafo lança mão dos limites técnicos sim (todo equipamento fotográfico tem ) para concentrar sua energia criativa e perceptiva naquela relação de pessoas , que são inúmeras ,  como casamentos, amigos, família, etc Segue abaixo fotografias clickadas por duas fotógrafas daqui da cidade, Thais Siqueira e Isabel Maia, elas fizeram essas fotos com câmera DSLR e Smartphone, diante do que nos foi mostrado nestas relações familiares não importa qual câmera foi. Um equipamento atribui mérito ou não as fotos, é possível identificar quais foram feitas com que equipamentos? São fotos valiosíssimas para estas famílias, são relações que estão desenhas pra sempre e sempre que nossa memória quiser reviver como eram essas relações, lá estarão estas fotos para confirmar e resgatar aspectos que se perderam no tempo, uma boa fotografia não se faz com uma boa câmera, se faz com boas pessoas que se tornam bons fotógrafos. fotos de Isabel Maia 14963253_1382100251813573_3894990697203957872_n 15726572_1453750427981888_3635469547482640163_n 15781083_1453750444648553_168115350878716863_n Fotos de Thais Siqueira 15740726_10211865687976814_8918584240818123735_n 15740782_10211865684656731_7453808317821136481_n 15780990_10211865728817835_1139987501496732774_n
Compartilhe
Campos, eu e o futuro - 4
21/01/2017 | 20h23
bigdata Quantas vezes vc entrou em um determinado site e lá estava uma propaganda de algo que vc andou pesquisando, pois bem isso é ação que utilizou a Big Data , vamos mais adiante , vc está em um site qualquer e do nada aparece algo que vc ainda não pesquisou mas que esta muito interessado em comprar ou vai precisar comprar em função de uma viagem que irá fazer, pois bem isso é a utilização do Big Data  em que em um cruzamento de dados em função da sua relação de sites navegados, empresas especializadas no assunto conseguem prever que em tantos dias vc irá precisar daquele produto, parece curioso mas vc não vai me deixar mentir sozinho e já deve estar lembrando de situações vividas parecidas com essa, pois bem o que podemos entender dentre inúmeros conceitos sobre Big Data, que é um conjunto  de recursos  no universo da computação baseados  nos famosos algoritmos que já citamos em outras postagens,  que através  em ferramentas específicas  de banco de dados,  começam a  agregar informações  estruturados e não estruturados, que vai de planilhas, documentos de textos, senhas, palavras chaves de direcionamento de links, sim e não e formulários, imagens, vídeos, enfim as ações que fazemos frente a todos os dispositivos conectados a internet, não estou falando só dos computadores pessoais, falo dos smartphones, tablets e outros dispositivos que estão conectados a internet,  isso tudo gera uma infinidade de informações, e o grande momento que vivemos é tirar valor dessas informações e nisso surgiram empresas especializadas em gerenciar e analisar essa Big Data, e fornecendo a clientes um imenso  potencial competitivo, isso mesmo, rsrs,  vc deve estar pensando quanto a  privacidade e  mudança de estratégias  na publicidade, verdade  essas questões e muitas outras terão cada vez mais espaços nas discussões éticas, mesmo que seja um assunto que está presente entre nós há bastante tempo  ainda estamos só no começo da utilização da Big Data O grande desafio das empresas especializadas neste setor, é  como descobrir,  como gerenciar e analisar essa quantidade de dados não estruturados ( são 85% das informações )  que cresce exponencialmente e  diariamente , para que ao entendimento dessas informações possamos nos deparar com a geração  de  novas experiências, uma produção mais impactante e eficaz,  gerando novas possibilidades de consumos  e novos serviços, essas empresas fazem uma investigação destes dados a partir da investigação do volume, da variedade, da velocidade e  veracidade, tudo para que forneça valores que se possam ser aplicados como ferramentas exclusivas de outras empresas,  creio que muitas oportunidades surgirão pela frente com acesso a  Big Data!!!!! Hoje no mundo temos disponíveis muitos números relativos a  Big Data, segue alguns. FOTÓGRAFOS  - #ficaadica , em 2017 80% das fotos serão feitas em smartphones e cada vez mais estas fotos estarão disponíveis em nuvens, conseguiu ver uma oportunidade? OPORTUNIDADE DE TRABALHO - Já temos 4 milhões de profissionais no mundo trabalhando com a Big Data, sendo que metade dessa galera estão nos EUA,  #ficaadica “oportunidades para 2017” INVESTIMENTO - Obama investiu 200 milhões dólares em empresas e profissionais que trabalham com Big data CIRCULAÇÃO DE CAPITAL - Em 2017 estima-se que o negócio Big Data vai gerar um mercado de 50 bilhões de dólares AS INFORMAÇÕES SÃO NOVAS - 90% dos dados no mundo hoje são novos,  foram produzidos de 2013 pra cá OPORTUNIDADES DESCONHECIDAS - 2,2 milhões de terabytes novinhos de informações são gerados todos os dias no mundo e que até 2020 serão  40 trilhões de gigabytes por dia TEM DECIDIR RÁPIDO PARA FICAR NA FRENTE - Quem trabalha com as informações da Big data toma decisões 5 vezes mais rápidas e certeiras do que a concorrência OPORTUNIDADES INFINITAS - O trafego de informações cresceu 5 vezes em 5 anos , movimentou  mais de 1 zettabyte esse ano A LINGUAGEM DO MOMENTO - Todos os dias são carregados para o youtube mais de 300 horas vídeos por hora ANTECIPAÇÃO - Walmart coleta  2,5 petabytes  de dados por hora, com isso ela prevê estoque, consumos sazonais , preferências por alguns produtos, etc grande parte destes dados e muitos outros que não foram postados foram gerados pela maior empresa do mundo em consultoria empresarial a McKinsey & Company, mas tb  coloquei informações geradas  pela Statista e Gartner http://www.mckinsey.com.br/ https://www.statista.com/ http://www.gartner.com/technology/home.jsp Um TED  interessante sobre Big Data https://www.youtube.com/watch?v=hsoKlE67rTw
Compartilhe
A referência de hoje é pra galera que está começando a fazer "retratos"
21/01/2017 | 20h23
Se fosse fazer uma chamada somente com seu verdadeiro nome  Félix  Gaspard Tournachon, talvez poucos se atentaria que estaríamos fanado do grande retratista do século XIX  FELIX NADAR, um homem do seu tempo que  lançava mão das tecnologias que poderiam contribuir com sua fotografia, ele que traz a possibilidade pela primeira vez no mundo do valor estético e narrativo de uma fotografia aérea, utilizou pela primeira vez a luz artificial como iluminação principal da fotografia e assim lança a ideia embrionária do flash, um visionário não somente  por investir no maior estúdio fotográfico do seu tempo mas principalmente por acreditar em novas propostas estéticas , como por exemplo quando ele abre seu estúdio para as primeiras reuniões do impressionistas,   segue abaixo uma boa exposição audiovisual de  José Carlos Robles sobre esse fotógrafo que desenhou muito do que somos hoje e ao mesmo tempo nos aponta o quanto aproveitamos pouco do nosso tempo em nossa identidade fotográfica!!! Autoportrait_tournant_Nadar_c.1865 [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XmcRaK-ZUTc[/youtube]
Compartilhe
Campos, eu e futuro - 3
21/01/2017 | 20h23
ai Para ilustrar um pouco o que é a inteligência artificial “AI” , imagino que especialistas da área terão muitas outras abordagens mais precisas sobre o assunto, mas com a intenção de somente nos situar, podemos entender que é um dispositivo  informatizado que de forma autônoma cria uma relação de conexão de dados e assim passam a fazer tarefas e ações que simulam nossa capacidade de percepção, de raciocínio e assim a “AI”  começa a  tomar decisões em busca de uma série de respostas de questões do nosso dia a dia , a “AI” é uma forma inteligente fora do corpo humano. Se vc já viu filmes em que ilustram a Inteligência artificial naquelas personagens humanoides que se apaixonam,  que são malvados,   que são heróis, falo de robô, android,  ciborgue, etc,  isso é a visão cinematográfica do “AI”, ainda bem que  a coisa não é assim, pelo menos por enquanto e pelo que ando vendo vai demorar bastante para que cheguem nesse grau de presença e interação entre a galera “gente”, “robôs” e “ciborgues”, porém nem tudo está tão distante assim,  atualmente contamos com a “AI” de forma mais participativa  em uma quantidade maior do que imaginamos que ela realmente esteja, as vezes de maneira mais simpática as vezes não tão assim, principalmente quando ela é responsável pela desmaterialização ou anuncio de extinção de muitas funções e profissões, enfim a inteligência artificial é uma realidade entre nós, para nos situar de sua existência e quais oportunidades poderemos ver em 2017 vou citar algumas áreas em que ela se encontra existindo com muita força e eficiência . WATSON - É um supercomputador que ficou famoso para o grande público, depois de ganhar por duas vezes o programa americano de pergunta e resposta Jeopardy, hoje essa tecnologia é aplicada em diversos setores no mundo do trabalho, entre elas podemos citar uma bem conhecida entre nós que é o Bradesco, a inteligência artificial Watson em breve será amplamente vista em diversos setores e a área médica ( para citar uma) com certeza será uma grande beneficiada.   ibm-watson-1434893639439 watson_on_jeopardy https://www.ibm.com/watson/ https://www.youtube.com/watch?v=vOgjBewz_GQ ROSS - Podemos chamá-lo de  “advogado artificial" , ele usa a mesma tecnologia de inteligência artificial, é um supercomputador só que aplicado a área jurídica, as oportunidades geradas pela " AI" é tão série e real que a centenária empresa americana de advocacia Baker & Hostetler utiliza a tecnologia do ROSS http://www.rossintelligence.com/ https://www.bakerlaw.com/ http://www.conjur.com.br/2016-mai-16/escritorio-advocacia-estreia-primeiro-robo-advogado-eua BRINQUEDOS INTELIGENTES - são brinquedos que respondem as crianças,  não são respostas a partir de frases já gravadas como conhecemos nos brinquedos que já existem há tempos, esses brinquedos "smarts' respondem  perguntas se conectando com o supercomputador Watson da IBM que foi mencionado acima. CikGNouXAAAsOae kids.toysx1440 https://cognitoys.com/ b-pepper-b-20150619 (1) PEPPER -  Um “robô sensível” que reconhece expressões com que ele interage http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/maquina-com-sentimento-e-futuro-da-inteligencia-artificial-diz-pai-do-robo-sensivel.ghtml https://www.ald.softbankrobotics.com/en/cool-robots/pepper [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=lqlyxg1-gE0[/youtube] SIRI, GOOGLE NOW E CORTANA - Você sabia que possivelmente seu smartphone tem uma 'AI' que responde suas perguntas e te ajuda anotar, buscar números, assuntos, endereços na internet e muito mais , estou falando por exemplo do Siri uma voz do Iphone que vai te ajudar muito, agora neste embalo do AI temos tb a Cartana que vem no Windows 10 http://www.apple.com/br/ios/siri/ https://www.youtube.com/watch?v=u4jQNHUU6hg https://www.youtube.com/watch?v=3W2HQN64TOg https://www.youtube.com/watch?v=OgddgCh3qQg Para finalizar a postagem e na intenção de situar para que caminhos estamos dando passos deixo uma notinha abaixo, em outro momento refletiremos  um pouco mais !!! EMS ( emulações com muita precisão do cérebro humano)   - Aquilo que parece pura ficção científica teve um um passo importante anunciado, a IBM  conseguiu criar neurônios e sinapses artificiais que é uma imitação da cognição de nosso cérebro no processo de aprendizado, tudo bem que a projeção para que os computadores emulem nossos cérebros não é para 2017, falam coisa de 100 anos.
Compartilhe
Esta é uma foto perfeita do meu tempo!!!!
21/01/2017 | 20h23
Esta semana me deparei com este click (metalinguístico) do  fotógrafo  Joel H. Garcia em minha time line do Facebook, quando vi, logo imaginei, mais uma chiadeira da interferência dos fotógrafos amadores na fotografia dos profissionais, não deu outra , era justamente essa abordagem na matéria que essa foto ilustrava, entendo que ações como essas podem atrapalhar,  mas o que é atrapalhar? Não seria esta a verdadeira foto contemporânea, da era pós-digital, a foto mais atual no tempo e espaço desse beijo? Não seria a foto da foto atual do beijo, fazendo uma reflexão e não afirmando que foi, não seria por acaso que o verdadeiro registro fotográfico espontâneo do nosso tempo estragou o "espontâneo" programado que reinou durante todo um tempo, uma espécie de combinado entre noivos , padre, convidados e fotógrafos, de uma pseudo fotografia espontânea? Então onde ficaria, diante desta foto, o nosso desejo pelo registro autêntico? Será que o autêntico, espontâneo, genuíno não pode ser real ? Temos mesmo como fotógrafos controlar toda a cena até mesmo as aceitáveis fotos que podem entrar na qualidade de espontâneo, digo aquelas que por uma convenção invisível de membros não participantes, estabeleceram um dia como únicas possibilidades de registros autênticos ? Achei o click metalinguístico do Joel bastante válida como fotografia do beijo do nosso tempo, uma foto que que foi colocada em prática uma combinação do momento decisivo de Bresson com o bom humor e a ironia visual de Doisneau, não conheço o Joel mas deixo aqui meus parabéns pelo click!!! Creio podemos ter uma outra discussão do que somente pararmos nossos olhos neste duelo entre amador e seus smartphones e profissionais que foram contratos para a cobertura fotográfica. Sou fotojornalista e experimentei e sei que é possível lançarmos mão das interferências que se movimentam sem nossa permissão como um elemento narrativo daquilo que estou fotografando, ruido está no âmbito do contextual e tb do intelectual, é urgente quebramos ou mesmo refletirmos os paradigmas do "aceitável visualmente", acredito e defendo que a  fotografia contemporânea se faz com aquilo que anda acontecendo agora na sociedade e não somente em tendências, Joel parabéns!!! Uma reflexão sobre esta foto Joel logo abaixo, pq essa seria inadequada em relação as outras que posto logo abaixo que marcavam presença nos álbuns a pouco tempo como adequadas ? Qual verdade escolheremos a do movimento do entorno do click ou somente as  verdades dos fotógrafos? foto Segue abaixo fotos que encontrei na pesquisa de imagens do google , porém são fotos que tiveram uma validade de boa fotografia , agora eu me pergunto pq estas são válidas se tb não mostraram o beijo?     08-89 98DSC_1640- 46716135-jovem-casal-se-beijando-escondido-atr 5475816857_4a24c97231 [caption id="attachment_9227" align="aligncenter" width="768"]http://www.dreamstime.com/royalty-free-stock-images-hidden-kiss-image24783949 http://www.dreamstime.com/royalty-free-stock-images-hidden-kiss-image24783949[/caption] casal-se-beijando-escondido-foto-viacheslav-nikolaenkoshutterstockcom-0000000000016077 [caption id="attachment_9229" align="aligncenter" width="512"]Married couple. Bride and groom kissing behind wedding bouquet Married couple. Bride and groom kissing behind wedding bouquet[/caption] DSC_5188-24 IMG_4432-1
Compartilhe
Campos, eu e o futuro - 2
21/01/2017 | 20h23
IMPRESSÃO 3D Que a impressão 3D em um futuro breve substituirá pequenos negócios como os famosos pontos de vendas de açaí e churrasquinho, na intenção de fonte de renda com  baixo e médio  investimento , isso eu não tenho dúvidas, sabemos que a Impressão 3D  já é uma realidade em muitos setores e em alguns já começa a mostrar suas primeiras aplicações, sabemos que ela traz algumas vantagens  e as mais perceptíveis é a  redução do desperdício de matéria prima devido  a impressão acontecer somente sob demanda de uso e apenas o material que se utilizar na peça reduzindo assim as rebarbas e rejeitos,  características de outros processos de fabricação, a produção é altamente customizável, personalizada abrindo assim novas oportunidades de negócios  que independem de um parque industrial para dar corpo ao produto criativo e por fim o baixo custo de produção. Por enquanto neste início da tecnologia contamos com algumas desvantagens que é o investimento em equipamentos mais sofisticados tecnologicamente para produção de peças mais complexas, exige uma capacitação tanto na elaboração virtual das peças, scanners e softwares 3D e tb na calibração do equipamento que pode levar um tempo significativo, o tempo de impressão de uma peça ainda é um incômodo se tornando um processo lento dependendo da complexidade das peças, mas como toda tecnologia a 3D não é diferente  o aperfeiçoamento do processo é uma questão de tempo. 3d Vamos ver alguns de muitos setores que andam usando essa tecnologia Indústria automotiva -  Essa tecnologia também não é algo de poucos meses algo que surgiu no mundo dos negócios neste ano de 2016, a Local Motors em 2014 já dava seus primeiros passos com a tecnologia fazendo um veículo impresso em 3D e com apenas 50 peças  [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=9fvRa_JqsAE[/youtube] http://www.theverge.com/2016/6/16/11952072/local-motors-3d-printed-self-driving-bus-washington-dc-launch https://localmotors.com/ Indústria aeroespacial e aviação - Impossível não citarmos o nome de  Elon Musk neste processo tecnologico, estamos falando de um empreendedor, visionário que pensa muito a frente do pensamentos normais de investimentos empresariais do nosso tempo, ele consegue isso somando o que temos hoje de tecnologia e a evolução da mesma em uma projeção de futuro, assim ele consegue sair na frente em uma série de iniciativas que hoje fazem parte de nosso cotidiano como por exemplo PayPal, Tesla, Spacex e  Solar City ,  como o assunto é impressão 3D vamos fazer um recorte em suas iniciativas , a SpaceX uma empresa de transporte espacial, os motores de seus foguetes são produzidos em impressoras 3D e não param por ai as empresas que acreditam neste processo de fabricação, a Nasa e Airbus  tb usam a tecnologia 3D na confecção de peças das turbinas. [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=ghngQkt3sho[/youtube] [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Cy3V3KR1LWc[/youtube] https://www.nasa.gov/marshall/news/nasa-3-D-prints-first-full-scale-copper-rocket-engine-part.html Industria alimentícia - A tecnologia de impressão 3D tb vai chegar a produção de alimentos é o que promete a empresa Modern Meadow que usará bioprinting, ciência aplicada a produção de tecidos e impressão 3D, que produz couros em laboratório e que em no futuro fará impressão em laboratório de carnes de  frango e de porco, quando essa tecnologia se consolidar e alcançar a larga escala de produção  utilizando a bioimpressão de carne, isso possibilitará  alimentar um grande números de pessoas com 99% menos de espaço territorial, reduzindo em 96% o gasto de água e uma redução brutal  dos gases que causam o  efeito de estufa, como tb um minimização de gasto na ordem de  45% da energia, o Brasil que é exportador de carne como ficará diante dessa possível realidade? https://www.wallstreetdaily.com/2016/12/07/eat-3-d-printed-meat/ http://www.modernmeadow.com/ Área médica  - A criação de um orgão artificial a partir de um impressão 3D ja deus seus primeiros passos , vem or ai o  rim artificial,  assim que esse futuro ( mais breve do que vc imagina) chegar, espera-se resolver o tamanho da fila do transplante renal, esses primeiros passos já foram dados pelo professor de Harvard sr Jennifer Lewis prof [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Sry17B8SYGk[/youtube] http://www.nature.com/articles/srep34845 http://lewisgroup.seas.harvard.edu/ Fotografia - #ficaadica para o fotógrafo, eu percebo  que em breve teremos a popularização de  uma nova versão de fotografia, com a tecnologia 3D ela tem a chance de deixar de ser plana (bidimensional)  e passar a possibilitar um registro pra sempre de algo 3d não falo do visual holográficoe sim uma fotografia tátil , salvando as devidas  proporções e texturas daquele momento  da vida dos modelos, uma espécie de escultura só que feita em 3d a partir de uma escaneamento  fotográfico, o newborn, fotografias de casais, casamentos , etc, terão outros valores de apreciação, essa hipótese não é algo remoto, já existem  diversas empresas pelo mundo e aqui no Brasil que produzem o que citei acima, só que ainda não tão escalável. ee http://miniaturas3d.com/ http://www.miniyou.com.br/default.asp Construção civil  - Na China uma casa de 400 metros quadrados  foi impressa em tecnologia 3D e tudo ficou pronto em 45 dias e segundo a empresa  WinSun responsável pela obra, quero dizer pela impressão 3D, afirma que  nem mesmo um terremoto de 8 pontos na escala Richter é capaz de derrubar a construção [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=UkQSaM43nNw[/youtube] http://www.mirror.co.uk/news/world-news/worlds-first-3d-printed-house-8297190 Moda - Como lidaremos com a fabricação de vestuários  também passará por transformações em função da tecnologia de impressão 3D, como podemos ver no vestido  customizável  “Kinematic Petals” que recebe influências no design a partir dos movimentos orgânicos naturais, a empresa que tb faz acessórios em 3d a Nervous System empresa idealizadora da obra e outros acessórios, diz que o vestido é algo que traduz uma combinação de ciência, arte e tecnologia, a galera é rápida inclusive já rolou o 3D New York Fashion Week vest vest 2 https://www.youtube.com/watch?v=3s94mIhCyt4 https://www.bloomberg.com/news/articles/2016-04-15/3d-printing-is-poised-to-bring-haute-couture-into-the-home http://n-e-r-v-o-u-s.com/shop/search_tags.php?search=3dprint Caso tenha se interessado pelo assunto segue alguns sites, de muitos que existem,  em  que podemos baixar de graça objetos de decoração, vestuário e muito mais, para impressão 3d , já tem muita gente fazendo coisas em casa a partir de uma impressão 3D domestica, no mercado já temos impressoras por menos de 1000 reais. https://www.myminifactory.com/ https://pinshape.com/ https://cults3d.com/en http://www.3dshook.com/
Compartilhe
Sobre o autor

Diomarcelo Pessanha

[email protected]