Rafael vai decretar Calamidade na Saúde
30/12/2016 | 01h03
Nota-dupla
Comentar
Compartilhe
DAS utilizados por Garotinho serão intimados pela Justiça e Polícia Federal na segunda-feira
24/12/2016 | 09h48
A postagem desse blog alertou a Polícia Federal e o Judiciário. Os responsáveis pelo site Diário da Planície, Maycon Morais e Ralfe Reis, detentores de cargo de confiança (DAS), pagos com dinheiro público pela prefeitura de Campos, e usados por Garotinho para burlar ordem judicial de não utilizar mídia ou rede social para atacar autoridades e desafetos, por conta da Operação Chequinho, serão intimados na segunda-feira para dar as devidas explicações sobre a manobra do líder e as distorções na divulgação da decisão do Ministro Gilmar Mendes ao atender pedido de informação solicitado em reclamação de Garotinho e vereadores investigados por compra de votos. O caso é sério. Além da dupla acima, outros envolvidos na divulgação encomendada por Garotinho também poderão ser responsabilizados.
Comentar
Compartilhe
Juiz suspende venda de patrimônio público para tapar rombo de Rosinha
15/12/2016 | 04h25
gafanhoto-rosa-2-mini-faceJuiz decreta fim da tentativa do Rosáceos de tapar o maior rombo da história de Campos vendendo patrimônio público ou comprometendo recebíveis: DEFIRO, pois, a TUTELA DE URGÊNCIA e SUSPENDO os atos de dação em pagamento ou termo de parcelamento de dívidas com vinculação de recursos do Fundo de Participação dos Municípios celebrados entre o município de Campos dos Goytacazes e o PREVICAMPOS com base em eventual lei municipal editada a partir do projeto de lei nº 101/2016 e sua Emenda Modificativa 002/2016.
Citem-se e intimem com urgência pelo OJA de plantão, o Município de Campos dos Goytacazes e o Presidente da Câmara dos Vereadores, com a advertência de que o descumprimento acarretará a nulidade dos tos doravante praticados, sem prejuízo de multa pessoal de R$ 50.000.00 para o agente responsável.
Intime-se a parte autora, por publicação no DJe
Campos dos Goytacazes, 15/12/2016.
Eron Simas dos Santos- Juiz em Exercício
Parabéns à Justiça!
Comentar
Compartilhe
Premonição & Informação
16/11/2016 | 01h56
Na minha coluna de terça na Folha da Manhã sob o título “Verdade”: "Com Beth Megafone trocando de instrumento e colocando a boca no trombone, a cuíca vai roncar"... RONCOU...
Comentar
Compartilhe
Antes corrigir do que depois remediar...
06/08/2016 | 04h27
[caption id="attachment_6136" align="aligncenter" width="756"]Olhando de longe não dá para imaginar o perigo... Olhando de longe não dá para imaginar o perigo...[/caption] [caption id="attachment_6137" align="alignleft" width="378"]Sinal-Pelinca (1)-x Olhando de perto....[/caption]

A estrutura metálica do semáforo na esquina da Pelinca com a Barao, de alto tráfego durante a semana, apresenta graves sinais de corrosão em sua base de sustentação, oferecendo riscos para os pedestres e ocupantes de carros. Qualquer mau humor do vento nordeste ou pirraça do vento sul e, pronto, está feito o estrago... Como dizia a minha avó: “antes corrigir do que remediar”...

Comentar
Compartilhe
Único hospital de S. João da Barra pode fechar as portas por falta de pagamento da PMSJB
16/06/2016 | 07h04
sta-fachada Único hospital São João da Barra pode fechar Como diz o velho ditado: “Nada é tão ruim que não possa piorar”. Neco, perfeito de São João da Barra, já está perdendo o controle da situação. Ele passou a semana sendo fustigado pelos cortes de energia executados pela Ampla em importantes órgãos públicos, como a Defensoria Estadual, bloqueio do acesso ao prédio do CRAS por falta de pagamento, e até protesto da Banda União dos Operários, que diz ser obrigada a fechar as portas por corte na subvenção municipal. Agora Neco se vê às voltas com um problema muito mais grave. A Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra, o único hospital do município, divulgou nota oficial informando que a instituição, fundada em 1873, deverá fechar as portas por falta de medicamentos, pessoal e insolvência financeira. A instituição declara que tem convênio em vigor desde 2003, mas que em 2015, na administração Neco, a instituição perdeu a sua capacidade de pagamento sendo obrigada a "alocar recursos que deveriam ser utilizados em investimentos, fundos de contingência e reserva, pois tanto a remuneração do SUS quanto a do convênio (008/2015) com o município eram creditadas muito afora às datas pactuadas", afirma na nota. A instituição ainda diz que as parcelas dos meses de outubro, novembro e dezembro de 2015 não foram pagas, mas que foi firmado o convênio 015/2016 com o município, sendo este um estímulo para manter a estrutura em funcionamento pleno. "Firmados os convênios 2015 e 2016, deveres e direitos foram definidos. "A não cobertura financeira da estrutura pelo Poder Municipal, pendentes até hoje, nos trouxe uma dívida certa e tamanha", "Iniciamos a desativação do hospital. Não há como suportar tal situação. Ou existe a imediata condição de se repor os valores não pagos, ou nos deparamos com a realidade da paralisação extrema das atividades. 143 anos de vida de uma instituição representam um acervo incontestável para uma cidade. O quadro da deformação de uma Santa Casa por ora vivenciado em São João da Barra, não pode ser encarado como uma simples questão de falta de avaliação. Não pode ser qualquer decisão sem a profundidade de responsabilidades”. “Lamentável". Veja abaixo e confira (AQUI). [caption id="attachment_6021" align="aligncenter" width="669"]Fac Símile OZK Fac Símile OZK[/caption]  
Comentar
Compartilhe
Rosinha e Thiago Calil: ex subsecretario ameaça contar tudo
14/06/2016 | 02h16
[caption id="attachment_6007" align="alignleft" width="764"]Condenado a 25 anos de cadeia no caso Meninas de Guarus, o amigo e cabo eleitoral de Rosinha, e seu ex-subsecretário de Governo ameaça "contar tudo que sabe". Se contar a metade, já complica a turma da Lapa Condenado a 25 anos de cadeia no caso Meninas de Guarus, o amigo e cabo eleitoral de Rosinha, e seu ex-subsecretário de Governo ameaça "contar tudo que sabe". Se contar a metade, já complica a turma da Lapa[/caption]

Abandonado pelo seu grupo político e desesperado com a condenação a 25 anos de cadeia por cárcere privado, formação de quadrilha e exploração sexual de menor no caso “Meninas de Guarus”, Thiago Calil ameaça “contar tudo”. Desfrutando de trânsito livre e intimidade com os seus caciques políticos, depois de servir fielmente como um “estratégico” cabo eleitoral, ele foi prestigiado com o cargo de confiança de subsecretário de Governo de Rosinha. O segundo nomeado pela prefeita, na mesma secretaria hoje ocupada pelo seu líder político Garotinho.

Antes da pena atual, preso na “Operação Cinquentinha”, quando ocupava o cargo, ele já havia sido condenado por crimes de corrupção passiva e de formação de quadrilha pela Justiça Eleitoral. Prevendo que seria preso, o ex-subsecretário de Governo foi visto aos berros na prefeitura “Se eu for preso, vou contar tudo que eu sei” (AQUI). Vamos torcer para que ele conte. Tem muita carne debaixo desse angu de caroço...

Calil-rosa-Capas-1-X

Comentar
Compartilhe
Tremedeira na Lapa
29/04/2016 | 02h12
Moro-ralph Com a Lava Jato chegando a Campos para passar a limpo essa história de “bônus” da Odebrecht, essa foto do encontro do juiz federal Sérgio Moro com o juiz estadual Ralph Manhães (acima) tem potencial para tirar o sono da turma da Lapa. Dizem que quem não deve não teme.... Mas tremedeira promete ser grande...
Comentar
Compartilhe
Lama da Odebrecht na Lapa
23/03/2016 | 02h35
490-lava-jato-02-4-1 Quem não deve não teme, mas quem deve, deve estar tremendo... A lama do “Sistema Estruturado” de propinas da Odebrecht, desmantelado pela operação “Lava Jato”, chegou a Campos, onde a empresa tocou várias obras milionárias a preços pouco recomendáveis... O nome da prefeita Rosinha aparece ao lado de cifras de um milhão. O Comitê Financeiro de Garotinho também aparece com um milhão. A filha deputada Clarissa Garotinho não ficou de fora, e seu nome aparece ao lado da cifra de 500. Só não se sabe ainda se seriam por ocasião ou por mesada. A casa caiu, já não dá mais para Morar Feliz na Lapa...
Comentar
Compartilhe
Amarga surpresa
14/03/2016 | 11h50
Construção-de-Veneza   Uma amarga surpresa nas obras de um grande empreendimento no final da Pelinca. Devido a uma imprevisão na composição do terreno, as estacas projetadas não foram suficientes para suportar o peso da obra. O projeto terá que ser todo refeito, gerando prejuízos e mais atraso. Mas, se serve de consolo, é melhor descobrir agora do que depois...
Comentar
Compartilhe
Próximo >