A Flor e o Esterco, o esperneio dos desesperados...
26/12/2016 | 01h16
flor-primeira

Essa é primeira flor que nasceu em meu novo jardim, fruto de muito trabalho e forte adubo. Assim é na vida, o esterco que nos jogam fortalece nosso solo e faz florescer belas flores.

Coincidência ou não, ela nasceu no mesmo dia em que Maycon Morais e Ralfe Reis, tristes marionetes do “Comandante Rosa", entraram em polvorosa ao ver denunciado por esse blog o seu estratagema de servirem de “cavalos” para dar voz ao chefe no ataque a um juiz e, para isso, distorcendo a decisão de um ministro e burlando uma ordem judicial.

 Na iminência de ter que responder pelos seus mal feitos nas barras da Justiça e da Polícia Federal, apesar de se esforçarem muito para servir a seu mestre, mas sem o grande talento ou a inteligência dele para as coisas do mal, procuraram a orientação do profissional de plantão da sua facção, gente especializada e muito mais maliciosa.

Orientados pelo dito cujo, passaram a usar a mesma técnica do seu líder, tentando encobrir o mal feito esperneando e jogando nos outros o que lhes sobra, esterco.

 Mas sem explicar como dois ocupantes de cargos de confiança da Prefeitura (DAS), nomeados pela prefeita Rosinha, e pagos com dinheiro público, dedicam o seu tempo, pago pela municipalidade, a um site criado única e exclusivamente para atacar, a mando do patrão oculto, os eleitos como desafetos do seu grupo político, e a Juízes que lhes punem as falcatruas.

 A exemplo de outros órgãos de comunicação criados para atender aos devaneios, ambições e vinganças de Garotinho, esse também irá se desvanecer na penumbra reservada aos pelegos e paus mandados, principalmente agora que se extingue o governo da patroa e o seu precioso adubo.

Não tenham dúvidas, essa facção será definitivamente excretada da política local, e eles ejetados das preciosas boquinhas que financiam esse tempo dedicado ao patrão degredado no Flamengo. Acabou o milho, acabou a pipoca...

Comentar
Compartilhe
DAS utilizados por Garotinho serão intimados pela Justiça e Polícia Federal na segunda-feira
24/12/2016 | 09h48
A postagem desse blog alertou a Polícia Federal e o Judiciário. Os responsáveis pelo site Diário da Planície, Maycon Morais e Ralfe Reis, detentores de cargo de confiança (DAS), pagos com dinheiro público pela prefeitura de Campos, e usados por Garotinho para burlar ordem judicial de não utilizar mídia ou rede social para atacar autoridades e desafetos, por conta da Operação Chequinho, serão intimados na segunda-feira para dar as devidas explicações sobre a manobra do líder e as distorções na divulgação da decisão do Ministro Gilmar Mendes ao atender pedido de informação solicitado em reclamação de Garotinho e vereadores investigados por compra de votos. O caso é sério. Além da dupla acima, outros envolvidos na divulgação encomendada por Garotinho também poderão ser responsabilizados.
Comentar
Compartilhe
Garotinho usa DAS da Prefeitura para burlar ordem judicial e atacar Juiz Ralph Manhães
24/12/2016 | 10h00
Criado site para burlar decisão judicial que impede Garotinho de falar sobre “Chequinho” Depois dos rosáceos perderem todo o acesso à Rádio O Diário e ao jornal O Diário, a criação do site "Diário da Planície" por detentores de cargos de confiança (DAS) da Prefeitura é a mais nova manobra utilizada por Garotinho para burlar a decisão judicial que o impede de falar sobre a “Operação Chequinho” e atacar autoridades e desafetos. [caption id="attachment_6248" align="aligncenter" width="756"]Site para Garotinho burlar ordem judicial Site criado para Garotinho burlar ordem judicial é mantido por DAS da prefeitura[/caption] A “Chequinho” investiga a compra de votos com Cheques Cidadão e já fez o ex-governador virar presidiário, passando uma noite em Bangu, produzindo aquela histriônica cena do esperneio, e agora o deixou degredado no Flamengo, impedido por ordem judicial de se manifestar sobre o assunto. A turma da “boquinha” maycon-morais-X     O Diretor de Programas Para a Juventude (DAS 3), da Fundação Municipal para Infância e Juventude, Maycon Moraes, assina o site como Diretor e “Editor Chefe”, mesmo sem apresentar na publicação qualificações técnicas ou número de registro profissional como jornalista. Egresso do Programa Jovens Pela Paz, ele foi nomeado pela Prefeita Rosinha em 16 de junho de 2015, através da Portaria 992/2015 publicada no Diário Oficial do Município. maycon-nomeação [caption id="attachment_6252" align="alignleft" width="225"]ralfe-garotinho Ralfe Reis e seu líder Garotinho[/caption]   Além dele, também atua no site o blogueiro Ralfe Reis Coutinho, ex-colunista do jornal O Diário que, ainda que de maneira mal oculta, é o responsável por fazer a ponte com Garotinho para publicação de matérias do interesse do ex-governador, publicadas simultaneamente no site e no seu blog pessoal, como pode ser facilmente comprovado pela utilização das mesmas fotos e textos.   Ralfe Reis, com longo histórico como militante rosáceo, também é ocupante de cargo de confiança na prefeitura, nomeado pela Prefeita Rosinha em 28 de maio de 2015, através da Portaria 851/2015, como Gerente de Apoio Técnico (DAS 5) na Secretaria de Educação. Nomeação-Ralfe-DO-X Blog do Ralfe Reis - Um clone do outro Ralfe-Blog-Gilmar Factóides e distorções A origem do material com ataques a autoridades e desafetos do grupo político também pode ser facilmente comprovada com documentos. Uma reclamação contra o juiz Ralph Manhães, feita por Garotinho (publicada aqui) ao Ministro Gilmar Mendes e relatada pela famosa Luciana Lossio, está sendo utilizada como se fosse iniciativa do Ministro o pedido de informações ao juiz Ralph Manhães, distorcendo completamente os fatos, como se o dito na inicial (pelo advogado de Garotinho) fossem palavras do ministro. Reclamação-Garotinho-GilmarDistorções e induções - Veja o pedido do Ministro acima citando a inicial de Garotinho que pede as tais "informações", agora leia abaixo a tentativa de indução do leitor ao erro achando que o Ministro que listou tais "informações" do pedido.  [caption id="attachment_6255" align="aligncenter" width="708"]distorcoes O novo site de Garotinho usa dos piores artifícios da imprensa marrom, manipulando um pedido de informação feito pelo próprio ex-governador como se fosse feito por um Ministro[/caption] Caso de polícia Esse é um caso para ser seriamente investigado pelas autoridades judiciais e policiais, afinal, tudo indica que o ex-governador Garotinho está utilizando funcionários públicos pagos com o nosso dinheiro para descumprir a ordem judicial de não se manifestar contra as autoridades que investigam o escândalo da ampla e vergonhosa compra de votos com a utilização de um programa social também pago com dinheiro público. Uma afronta que merece ser coibida, e todos os atores exemplarmente punidos.
Comentar
Compartilhe
Rosinha tirou o dela da reta...
16/12/2016 | 04h28
Diante da revolta popular e temerosa das decisões judiciais, Rosinha manda seu preposto Edson Batista retirar da pauta a indecente proposta de venda de patrimônio público para tapar seu rombo no Previ Campos. Dr. Eron Simas, o juiz que estava sendo desrespeitado, é o mesmo que vai dar as sentenças do "Chequinho"... Como sempre digo: quem tem, tem medo... e, como diz Garotinho, tirou o seu da reta... 603-rosinha-tira
Comentar
Compartilhe
Liminar suspende as terceirizações no apagar das luzes do governo Rosa
13/12/2016 | 12h56
Liminar em ação popular suspende as terceirizações no apagar das luzes do governo Rosa... confiram Consulta Processual - Número - Primeira Instância As informações aqui contidas não produzem efeitos legais. Somente a publicação no DJERJ oficializa despachos e decisões e estabelece prazos.
Processo No 0032699-41.2016.8.19.0014 TJ/RJ - 13/12/2016 12:52:24 - Primeira instância - Distribuído em 03/12/2016 Processo eletrônico - clique aqui para visualizar. Pesquisar processo eletrônico Comarca de Campos dos Goytacazes 4ª Vara Cível Cartório da 4ª Vara Cível Endereço: Avenida 15 de Novembro 289 Bairro: Centro Cidade: Campos dos Goytacazes Ofício de Registro: 1º Ofício de Registro de Distribuição de Campos Ação: Habilitação / Registro Cadastral / Julgamento / Homologação / Licitações Assunto: Edital / Licitações C/C Habilitação / Registro Cadastral / Julgamento / Homologação / Licitações Classe: Ação Popular - Lei 4717/65 Autor FABIO GOMES DE FREITAS BASTOS Réu MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES e outro(s)... Listar todos os personagens Advogado(s): RJ158273 - LARISSA FERREIRA ROCHA Tipo do Movimento: Recebimento Data de Recebimento: 13/12/2016 Tipo do Movimento: Decisão - Concedida a Antecipação de tutela Data Decisão: 13/12/2016 Descrição: DEFIRO, pois, EM PARTE a TUTELA DE URGÊNCIA para SUSPENDER os processos licitatórios Pregões Presenciais n. 035/2016, 036/2016, 038/2016, 039/2016, 040/2016, 044/2016 e 045/2016 até o julgamento definitivo desta ação, so... Ver íntegra do(a) Decisão Tipo do Movimento: Conclusão ao Juiz Data da conclusão: 13/12/2016 Juiz: ERON SIMAS DOS SANTOS Processo(s) no Tribunal de Justiça: Não há. Localização na serventia: Retorno da Conclusão ao Juiz
Comentar
Compartilhe
Médico de Garotinho é um artista
18/11/2016 | 02h12
592-medico O Dr. Marcial Raul Navarrete Uribe, o médico que acompanhou Rosinha ao Complexo Penitenciário de Bangu, e que também se fez advogado afirmando que era "direito do Garotinho" ficar no hospital, como está na decisão do Juiz, que achou o palpite sui generis, também é cardiologista, endocrinologista, clínico geral e pneumologista. Pelo jeito, é tudo... E parece também ser um artista. 592-decisao-1 592-medico-monta Veja abaixo alguns dos problemas em que ele já se meteu: PORTARIA Nº 264, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016 O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso da competência que lhe foi delegada pelo art. 1o, inciso I, do Decreto no 3.035, de 27 de abril de 1999, de acordo com o art. 132, inciso XII, da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e tendo em vista o que consta no Processo no 33383.076198/1990-89, resolve: Demitir MARCIAL RAUL NAVARRETE URIBE, ocupante do cargo de Médico, matrícula no SIAPE no 0643682, no Quadro de Pessoal do Ministério da Saúde por acumulação ilícita de cargos públicos. MARCELO CASTRO PORTARIA Nº 265, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016 O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso da competência que lhe foi delegada pelo art. 1º, inciso I, do Decreto no 3.035, de 27 de abril de 1999, de acordo com o art. 132, inciso XII, e 134, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e tendo em vista o que consta no Processo nº 33383.076198/1990-89, resolve: Cassar a Aposentadoria de MARCIAL RAUL NAVARRETE URIBE, aposentado do cargo de Médico, matrícula no SIAPE no 6643682, no Quadro de Pessoal do Ministério da Saúde, por acumulação ilícita de cargos públicos. MARCELO CASTRO Ele também foi excluído no governo Dilma por improbidade administrativa, e agora parece que está tentando voltar (pelo poder político). Ele é servidor do Estado e também tem várias ações judiciais no Rio. É realmente um cara problemático. Considerando a entrevista dada pelo médico em frente a Bangu no meio da madrugada. Por que será? APELAÇÃO CIVEL : AC 200951010127400 RJ 2009.51.01.012740-0 VIGÉSIMA SEGUNDA VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (200951010127400) RELATÓRIO Trata-se de apelação interposta por MARCIAL RAUL NAVARRETE URIBE contra a sentença de fls. 86/89, que denegou a segurança requerida no presente mandamus, em que o impetrante objetiva ordem no sentido de que a autoridade coatora se abstenha de exigir-lhe a opção por um dos dois cargos de médico que ocupa junto ao Ministério da Saúde ou pela renúncia aos proventos de aposentadoria que percebe como médico do Estado do Rio de Janeiro. O MM Juiz a quo denegou a segurança ao fundamento de ser impossível a acumulação de três vínculos públicos... Assinale-se, por outro lado, que, como bem ressaltou o Ilustre representante do MPF (fl. 123), o cargo de médico que o apelante detém junto ao Hospital da Piedade, antigo Hospital Universitário Gama Filho, encampado pelo extinto INAMPS em 1991, não foi conquistado mediante concurso público de provas e títulos, ou na forma do art. 19 do ADCT da CF/88, razão pela qual não haveria que se falar em aplicação da regra excepcional do art. 11 da EC 20/98.   Portanto, ele não é servidor municipal do Rio (pois suas acumulações já estão descritas aí em cima), não trabalhando no Souza Aguiar. Note-se que o cargo que ocupava como médico do Estado do Rio de Janeiro foi SEM concurso público, por indicação política.
Comentar
Compartilhe
Rosinha e Thiago Calil: ex subsecretario ameaça contar tudo
14/06/2016 | 02h16
[caption id="attachment_6007" align="alignleft" width="764"]Condenado a 25 anos de cadeia no caso Meninas de Guarus, o amigo e cabo eleitoral de Rosinha, e seu ex-subsecretário de Governo ameaça "contar tudo que sabe". Se contar a metade, já complica a turma da Lapa Condenado a 25 anos de cadeia no caso Meninas de Guarus, o amigo e cabo eleitoral de Rosinha, e seu ex-subsecretário de Governo ameaça "contar tudo que sabe". Se contar a metade, já complica a turma da Lapa[/caption]

Abandonado pelo seu grupo político e desesperado com a condenação a 25 anos de cadeia por cárcere privado, formação de quadrilha e exploração sexual de menor no caso “Meninas de Guarus”, Thiago Calil ameaça “contar tudo”. Desfrutando de trânsito livre e intimidade com os seus caciques políticos, depois de servir fielmente como um “estratégico” cabo eleitoral, ele foi prestigiado com o cargo de confiança de subsecretário de Governo de Rosinha. O segundo nomeado pela prefeita, na mesma secretaria hoje ocupada pelo seu líder político Garotinho.

Antes da pena atual, preso na “Operação Cinquentinha”, quando ocupava o cargo, ele já havia sido condenado por crimes de corrupção passiva e de formação de quadrilha pela Justiça Eleitoral. Prevendo que seria preso, o ex-subsecretário de Governo foi visto aos berros na prefeitura “Se eu for preso, vou contar tudo que eu sei” (AQUI). Vamos torcer para que ele conte. Tem muita carne debaixo desse angu de caroço...

Calil-rosa-Capas-1-X

Comentar
Compartilhe
Aqui o buraco é mais embaixo
14/03/2015 | 04h53
Controlada por uma política de tamanho inverso ao da sua própria goela, tão grande que está se autodevorando pelo próprio rabo do descarado modus operandi dos seus desmandos e inconsequências, Campos está vivendo dentro de um buraco no fundo do grande buraco em que foi colocado o Brasil, que, só agora, parece ter descoberto, como o velho marido enganado, o que todo mundo já sabia há muito tempo: somos todos corneados por quadrilhas oficializadas pelos votos da ignorância, dos cheques cidadão, das casinhas populares, das bolsas família e de outros paternalismos com o mesmo índice de danosa periculosidade. Agora que se levanta sem falsos pudores a saia da corrupção que demoliu a Petrobras, o sonho de uma economia regional fortalecida pelo advento do pré-sal fica cada vez mais distante, naufragado nas águas profundas da pouca vergonha que assola o país. Diante de tudo isso, dói saber que, apesar da fantástica fortuna recebida em décadas de preciosos e voláteis royalties de morte anunciada, que nos escorreram pelos dedos das obras superfaturadas, terceirizações e outras inconfessáveis mumunhas, aqui não se construiu a sustentabilidade do incentivo à agricultura e o apoio à indústria sucroalcooleira, grande empregadora e nossa histórica vocação, novas indústrias ou empresas que estimulassem a economia local e gerassem postos de empregos que não fossem os geridos pelo populismo messiânico da Lapa com a dolorosa rédea curta do escambo eleitoral, que por aqui só produziu excrescências como dois prefeitos no mesmo município, um de fato e outro oficial. Não será apenas o afastamento da prefeita por alegado motivo de saúde ou o da presidenta por impeachment que resolverá totalmente o nosso problema, mas já é um bom começo. É preciso matar o mal pela raiz, excretando de vez esses grupos da nossa cena política. Enquanto isso não for feito, o velho ditado, que arremetia a valentia e orgulho, se aplicará a Campos e ao Brasil de forma lamentável, pois aqui o buraco agora é, realmente, mais embaixo, e nós fomos colocados dentro dele. Resta ao campista, assim como ao resto do país, sair pelas próprias mãos, as mesmas que registram os votos nas urnas, desse escuro buraco em que nos meteram. Publicado hoje na edição impressa da Folha
Comentar
Compartilhe
“Meninas de Guarus” – Todo mundo na rua
06/11/2014 | 11h06
passarinhosNo embalo do Habeas Corpus concedido ao ex-vereador Nelson Nahim, já em liberdade, todos os presos acusados de envolvimento no rumoroso caso das “Meninas de Guarus” tiveram as suas prisões preventivas revogadas pelo juiz Rodrigo Rocha, de Itaocara, em exercício na Primeira Vara Cível da Comarca de Campos. Ironicamente, até o acusado Thiago Calil, o único que estava foragido, também foi beneficiado pela decisão. Por conta do segredo de justiça, não foi divulgado o grau de envolvimento, nem de que crimes são acusados cada um deles. Apenas o ex-vereador Nelson Nahim teve revelado o motivo da sua prisão, uma suposta coação de testemunhas. Resta saber se os acusados de crimes graves não poderão se aproveitar da decisão para se evadir antes de serem devidamente enquadrados diante da lei para responder por eles. O certo é que o precedente da fuga já existe.
Comentar
Compartilhe
Nem parece...
30/08/2014 | 08h43
Se distribuir gasolina para quem participa de carreata é proibido, aqui em Campos nem parece...
Comentar
Compartilhe
Próximo >