BR101 segue matando. “Presente de grego" pago adiantado
09/09/2013 | 12h27
Fim de semana com dezenas de vítimas na BR101, algumas fatais. A Estada da Morte segue matando e a concessionária Autopista Fluminense age com a displicência, o descaso e a lentidão de quem vê a duplicação da BR101, a “Estrada da Morte”, como um presente para nós. Definitivamente não é. A obra está sendo toda paga com o nosso dinheiro, e adiantado. Nesse caso, o único presente foi de grego, com a privatização da rodovia e a cobrança de pedágio antes da duplicação.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Esdras

[email protected]