Blog alerta e comerciantes reagem no Mercado
19/11/2015 | 02h01
[caption id="attachment_5795" align="aligncenter" width="960"]Levados ao desespero pelo descaso oficial, comerciantes reagem e derrubam tapumes deixando a vista mais problemas (Foto do Face de Ralph Braz) Levados ao desespero pelo descaso oficial, comerciantes reagem e derrubam tapumes deixando a vista mais problemas (Foto do Face de Ralph Braz)[/caption] [caption id="attachment_5784" align="aligncenter" width="960"]A deddrubada dos tapumes revelou mais problemas (Foto do Face de Ralph Braz) A derrubada dos tapumes revelou mais problemas (Foto do Face de Ralph Braz)[/caption] O alerta desse blog sobre os grandes prejuízos e o alto risco causado pela paralisação das obras da absurda tentativa de empachamento o Mercado Municipal de Campos com um paquidérmico Camelódromo de dois andares, sem que a prefeitura tomasse as providências adequadas para evitar os prejuízos dos comerciantes e o forte risco de incêndio no lixão em que o canteiro de obras havia se transformado, fez com que os comerciantes reagissem e tombassem os tapumes (AQUI), revelando que, além dos riscos já citados e do prejuízo para o patrimônio histórico e arquitetônico de todos os campistas, existe um grave risco de saúde para a população, com os grandes buracos cheios de água parada, criadouros férteis para as lavras do Aedes Aegypti, transmissor da Dengue e da Zica, que levando o país a um epidemia de microcefalia. [caption id="attachment_5790" align="aligncenter" width="960"]Criadouro Municipal de Aedes (Foto do Face de Ralph Braz) Criadouro Municipal de Aedes (Foto do Face de Ralph Braz)[/caption] [caption id="attachment_5792" align="aligncenter" width="960"]O espaço público livre poderia ser aproveitado para uma praça que serviria a toda a população ((Foto do Face de Ralph Braz) O espaço público livre poderia ser aproveitado para uma praça que serviria a toda a população ((Foto do Face de Ralph Braz)[/caption] Que sirva de exemplo para todos os campistas que, de uma forma ou outra, são prejudicados por decisões oficiais equivocadas. A passividade é cúmplice dos desmandos.
Comentar
Compartilhe
Mercado Municipal, desordem, prejuízos e alto risco
17/11/2015 | 03h14
[caption id="attachment_5780" align="aligncenter" width="1260"]O abandono oficial é de alto risco O abandono oficial é de alto risco[/caption]

As malfadadas obras de um novo paquidérmico Camelódromo no Mercado Municipal de Campos estão conseguindo unanimidade de feirantes, lojistas e população. Os comerciantes têm sido extremamente prejudicados  pelo caos gerado pelas obras, aí incluída a sujeira, a falta de circulação de ar e a dificuldade de acesso do público.

[caption id="attachment_5778" align="aligncenter" width="945"]Comércios sufocados, comerciantes no sufoco, empregos em risco Comércios sufocados, comerciantes no sufoco, empregos em risco[/caption]

Os lojistas da parte externa de frente para as obras estão chegando ao desespero com as suas lojas empachadas pelos tapumes que deixaram apenas um estreito corredor de menos de um metro de largura para passagem dos clientes e mercadorias, causando enormes prejuízos.

[caption id="attachment_5781" align="aligncenter" width="945"] As marcas do fogo são um sinal de alerta para o perigo[/caption]

Mas a situação é ainda mais complicada e perigosa do que parece a primeira vista. O canteiro de obras abandonado está se tornando um lixão e, como se vê nas fotos, com alto risco de incêndio, pelo fogo ateado ao lixo, seja intencionalmente ou por bingas de cigarro, que pode levar a uma tragédia de proporções inimagináveis.

O risco é grande e providências precisam ser urgentemente tomadas para se evitar o pior.

Caso o vento espalhe fagulhas do fogo no lixo, ele poderá tomar as lojas do antigo prédio e seus arredores. Com a palavra as autoridades responsáveis. Só não dá para chorar depois do leite derramado ou do Mercado incendiado.

Comentar
Compartilhe
Festa em SJB é fogo
20/06/2014 | 01h18
Fogo Festa em São João da Barra é fogo. Na próxima terça-feira, Dia de São João Batista, padroeiro do município, é bom colocar os bombeiros de plantão... Piromaníaco Há que suspeite de um novo piromaníaco agindo em São João da Barra. Quem se lembra do antigo, que ateava fogo nas casas de veraneio em Atafona? Esse novo, pelo jeito, prefere restaurantes...  
Comentar
Compartilhe
Reconstruindo o sonho
24/03/2014 | 01h21
As obras da nova Femac estão indo de vento em popa. Toda a família Chagas está focada nos trabalhos de reconstrução. Apesar da gentileza e do belo gesto de amizade da família Jacyntho, cedendo a Casa Rosada após o incêndio, o sonho dos Chagas e voltar o mais rápido possível para a sua casa.
Comentar
Compartilhe
Ninguém pode negar
08/11/2013 | 01h26
Ninguém pode negar. Carla é fogo...
Comentar
Compartilhe
Femac abre as portas na 13 de Maio
03/11/2013 | 08h33
Como fruto do esforço conjunto da família Chagas, amigos e funcionários, nessa segunda-feira, em tempo recorde, a Femac Móveis vai abrir as portas na bela Casa Rosada, na esquina da Rua 13 de Maio com Av. Conselheiro Otaviano, toda decorada e adaptada à nova função. Chá quente Após os sucessivos incêndios em lojas de móveis e colchões, cresceu geometricamente em Campos a procura para fazer seguro nesse segmento. Mas as seguradoras, mais acostumadas a receber do que a pagar, diante da grande demanda, se negam a fazer novos contratos. Só estão renovando os antigos. Como dizia meu avô, seguro morreu de velho... Fogo de lâmpada Falando nisso, o perito da seguradora que veio a Campos fazer a perícia do incêndio da Femac é o mesmo que fez a perícia na malfadada Boate Kiss, em Santa Maria (RS), em janeiro deste ano. De alto gabarito, ele foi escolhido pela proporção do incêndio daqui. Das suas conclusões deixou escapar que uma lâmpada fluorescente pode ter dado início ao fogo. Pois é, esse tipo de lâmpada só tem a luz fria, mas o reator gera altas temperaturas.
Comentar
Compartilhe