Depredaram a Uenf no fim de ano - Marginais dominam o campus sem lei
02/01/2017 | 11h53
[caption id="attachment_6282" align="aligncenter" width="850"]uenf-depedra-X-2 Carros e documentos depedrados[/caption]

Sem contar com serviços de vigilância patrimonial, suspensos por falta de pagamento do Governo do Estado, que não repassa recursos à Uenf desde 2015, nesse fim de ano a Universidade Estadual do Norte Fluminense foi vítima de vândalos que invadiram o campus daquela universidade e depredaram a Pró-Reitoria de Extensão, local de guarda de documentos, quebraram vidros de veículos oficiais e, entre outros atos de vandalismo da pior qualidade, arrombaram o ônibus da universidade. A extensão dos danos ainda está sendo avaliada.

[caption id="attachment_6283" align="aligncenter" width="850"]uenf-depedra-x Arrombaram salas e o ônibus da Universidade[/caption] [caption id="attachment_6284" align="aligncenter" width="850"]uenf-depedra-x-6 Os prejuízos foram enormes e agravam a situação financeira da Uenf[/caption] [caption id="attachment_6285" align="aligncenter" width="851"]uenf-depedra-x-7 Vestiário vandalizado e grades arrombadas[/caption] RELATO DE UMA ESTUDANTE - HOJE NA UENF: Muito cuidado aos que precisam ir na UENF por agora! Sou aluna de agronomia e estou na escala da casa de vegetação. Hoje fui acompanhada de uma colega de laboratório e da irmã dela para verificar como estavam as plantas, pois ficamos sabendo de uma suposta depredação que teria ocorrido lá. Ao chegarmos, conversando com funcionários que estavam lá , os mesmos não sabiam da depredação, mas alertaram que haviam pessoas em atitude suspeita rondando a universidade. Pois bem, o carro da polícia passou e não deu 2 min saiu um rapaz do mato (onde deveria ser um 'lago') de jeans, boné, sem camisa e de mochila e vem andando em direção à casa de vegetação que estávamos. Só não nos abordou pois percebeu que a irmã da minha colega estava trancada dentro do carro dela e seguiu caminho. Entramos no carro e demos mais uma volta pois percebemos que outra pessoa estava numa casa de vegetação mais para trás e não estava sabendo de nada  , nisso encontramos o carro de polícia saindo e avisamos como era a pessoa. Os policiais foram ate o encontro dele e revistaram o rapaz, que até onde vimos estava com vários 'saquinhos' não sei de que não sei de que dentro da mochila. Isso tudo pq tinha vários funcionários da limpeza, as pessoas que guardam as chaves e um  zelador. Isso tudo aconteceu atrás do prédio 4, na casa de vegetação de frente pra rua asfaltada. Moral da história: se precisarem ir , não vão sozinhos.
Comentar
Compartilhe
A Flor e o Esterco, o esperneio dos desesperados...
26/12/2016 | 01h16
flor-primeira

Essa é primeira flor que nasceu em meu novo jardim, fruto de muito trabalho e forte adubo. Assim é na vida, o esterco que nos jogam fortalece nosso solo e faz florescer belas flores.

Coincidência ou não, ela nasceu no mesmo dia em que Maycon Morais e Ralfe Reis, tristes marionetes do “Comandante Rosa", entraram em polvorosa ao ver denunciado por esse blog o seu estratagema de servirem de “cavalos” para dar voz ao chefe no ataque a um juiz e, para isso, distorcendo a decisão de um ministro e burlando uma ordem judicial.

 Na iminência de ter que responder pelos seus mal feitos nas barras da Justiça e da Polícia Federal, apesar de se esforçarem muito para servir a seu mestre, mas sem o grande talento ou a inteligência dele para as coisas do mal, procuraram a orientação do profissional de plantão da sua facção, gente especializada e muito mais maliciosa.

Orientados pelo dito cujo, passaram a usar a mesma técnica do seu líder, tentando encobrir o mal feito esperneando e jogando nos outros o que lhes sobra, esterco.

 Mas sem explicar como dois ocupantes de cargos de confiança da Prefeitura (DAS), nomeados pela prefeita Rosinha, e pagos com dinheiro público, dedicam o seu tempo, pago pela municipalidade, a um site criado única e exclusivamente para atacar, a mando do patrão oculto, os eleitos como desafetos do seu grupo político, e a Juízes que lhes punem as falcatruas.

 A exemplo de outros órgãos de comunicação criados para atender aos devaneios, ambições e vinganças de Garotinho, esse também irá se desvanecer na penumbra reservada aos pelegos e paus mandados, principalmente agora que se extingue o governo da patroa e o seu precioso adubo.

Não tenham dúvidas, essa facção será definitivamente excretada da política local, e eles ejetados das preciosas boquinhas que financiam esse tempo dedicado ao patrão degredado no Flamengo. Acabou o milho, acabou a pipoca...

Comentar
Compartilhe
DAS utilizados por Garotinho serão intimados pela Justiça e Polícia Federal na segunda-feira
24/12/2016 | 09h48
A postagem desse blog alertou a Polícia Federal e o Judiciário. Os responsáveis pelo site Diário da Planície, Maycon Morais e Ralfe Reis, detentores de cargo de confiança (DAS), pagos com dinheiro público pela prefeitura de Campos, e usados por Garotinho para burlar ordem judicial de não utilizar mídia ou rede social para atacar autoridades e desafetos, por conta da Operação Chequinho, serão intimados na segunda-feira para dar as devidas explicações sobre a manobra do líder e as distorções na divulgação da decisão do Ministro Gilmar Mendes ao atender pedido de informação solicitado em reclamação de Garotinho e vereadores investigados por compra de votos. O caso é sério. Além da dupla acima, outros envolvidos na divulgação encomendada por Garotinho também poderão ser responsabilizados.
Comentar
Compartilhe
Morador de Búzios conta como foi agressão a campista
08/08/2016 | 09h34

Guilherme-1-x

No sábado (6/8), o campista Guilherme Crespo foi covardemente agredido (AQUI) após ter sido confundido por um funcionário de supermercado com outra pessoa, que já havia realizado pequenos furtos no estabelecimento, o que gerou um bate boca entre os dois, assistido por um grupo de desocupados que frequentam a Praça Santos Dumont, que interpelaram o rapaz que reagiu, sendo então agredido pelo grupo que, ao contrário das primeiras informações, não era formado por mais de 40 pessoas, mas por um grupo menor que poderá ser facilmente identificado, já que são conhecidos por diariamente frequentarem o local.

 Guilherme foi espancado e perseguido até um beco onde tentou se refugiar do bando que utilizava garrafas e até barras de ferro. Ali foi brutalmente agredido e, após ser socorrido pelos Bombeiros, se encontra hospitalizado sob coma induzido por ter sofrido, entre outras coisas, fratura de crânio. Ele é o terceiro turista agredido só nesse mês em Búzios. O caso foi registrado na 127ª Delegacia de Polícia (Búzios-RJ).

A agressão a Guilherme, um jovem pai de família querido pelos amigos, esta sendo fortemente repudiada nas redes sociais. Os amigos e a família torcem pela sua recuperação e para que a justiça seja feita.

 Abaixo o relato de um morador de Búzios que assistiu a agressão, mas que, por medo, preferiu não se identificar. Clique na imagem abaixo para ouvir.

[youtube]https://youtu.be/jZeHN2KibhI[/youtube]

Comentar
Compartilhe
Repúdio e Abaixo Assinado contra fechamento do UPH da Saldanha Marinho
04/08/2016 | 10h46
PU-Saldanha Após o Governo Municipal de Campos anunciar um “fechamento para reforma”, denunciado por esse blog (AQUI), e retroceder, o novo anúncio do fechamento da Unidade Pré - Hospitalar da Saldanha Marinho (Antigo Sandu), para colocar em funcionamento com os seus funcionários a UBS Penha, desta vez feita de Secretario de Governo e marido da prefeita em seu programa de rádio, deixou revoltados os médicos, funcionários, e milhares de moradores de dezenas de bairros e comunidades atendidas pelo UPH. Os médicos e funcionários divulgaram uma “Moção de Repúdio à pretensão do Governo Municipal de Campos dos Goytacazes de encerramento das atividades da UPHSM e transferência dos funcionários”, e um abaixo assinado está disponível naquela unidade e também percorrendo as comunidades e bairros atingidos. PU-abaixo-assinado Nas redes sociais viraliza a revolta contra a decisão, vista apenas como oportunista e eleitoreira. Algumas postagens citam a LEI 7.783: “São necessidades inadiáveis, da comunidade aquelas que, não atendidas, coloquem em perigo iminente a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população.". (AQUI) PU-Lei-Alexis O movimento cresce e deve gerar fortes protestos naquela unidade e na porta da Prefeitura de Campos. Leia abaixo a Moção de Repúdio na íntegra: Moção de Repúdio à pretensão do Governo Municipal de Campos dos Goytacazes de encerramento das atividades da UPHSM e transferência dos funcionários Campos 03 de Agosto de 2016 Surpreendidos com a declaração do Secretário Municipal de Governo de Campos dos Goytacazes Sr. Anthony Garotinho, em seu programa de rádio, de que a UNIDADE PRÉ-HOSPITALAR DA SALDANHA MARINHO será fechada, os funcionários da UPHSM, pertencente à FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMPOS, vem a público explicitar o seu posicionamento e manifestar o seu repúdio quanto ao encerramento do atendimento de urgência aos munícipes da área central e outros bairros: Tira Gosto, Matadouro, Portelinha, IPS, Parque Aurora, Parque São Benedito, Jóquei Clube, Novo Jóquei, Turfe Clube, Carvão, Ponta da Lama, Parque Santo Amaro, Parque São Caetano, Pecuária, Nova Brasília, Julião Nogueira, Guarus, Baixada Campista, entre outros, e em defesa da permanência do funcionamento da UNIDADE PRÉ-HOSPITALAR, com histórico de serviços prestados à comunidade desde 1966; tornando  notório, ainda, o nosso repúdio pela transferência dos  funcionários concursados  da UPH Saldanha Marinho para a UBS da Penha,  sem estudo prévio ou qualquer consulta à comunidade e/ou justificativa, agindo de forma  desrespeitosa  com os segmentos profissionais e com a população. Repudiamos a ação de desmonte da SAÚDE PÚBLICA no MUNICÍPIO DE CAMPOS, que desconsidera essa UNIDADE DE SAÚDE e a sua importância no contexto populacional, REDUZINDO ESSA VALIOSA E HISTÓRICA INSTITUIÇÃO A AÇÕES POLÍTICAS e minimizando a sua importância na vida da população que necessita desse atendimento. Repudiamos, ainda, o desaparelhamento a que esta unidade de saúde vem sendo submetida ao longo dos últimos anos, causando um impacto considerável na qualidade do atendimento prestado a esses usuários de direito. Hoje, a referida unidade pertence a FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE, constituindo a REDE DE URGÊNCIA DO MUNICÍPIO. Contamos com equipe multidisciplinar composta de: médicos; enfermeiros; técnicos de enfermagem; assistente social; farmacêutico, odontólogos, além da equipe técnico administrativa. POSSUÍMOS SALA DE MAL SÚBITO; TRÊS ENFERMARIAS, SALA DE HIPODERMIA, POSTO DE ENFERMAGEM; SALA DE SUTURA; SALA DE SERVIÇO SOCIAL; FARMÁCIA; SALA DE CURATIVOS E DOIS CONSULTÓRIOS MÉDICOS. SOMOS A ÚNICA UNIDADE PRÉ-HOSPITALAR DA MARGEM DIREITA DO RIO PARAÍBA E ABSORVEMOS OS ENCAMINHAMENTOS REALIZADOS PELO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR E EMERGÊNCIA EM CASA, ASSIM COMO ATESTAMOS ÓBITOS EM DOMICÍLIO. Por isso, nós funcionários da Unidade de Atendimento Pré-Hospitalar Saldanha Marinho (UPHSM) apresentamos a seguinte moção.
Comentar
Compartilhe
Monumento à ignorância
25/07/2016 | 12h15
[caption id="attachment_6082" align="aligncenter" width="756"]Olhem só o tamanho do absurdo! Olhem só o tamanho do absurdo![/caption] [caption id="attachment_6084" align="aligncenter" width="756"]camelo-ignorante-X3 Os tradicionais permissionários do Mercado ficarão definitivamente emparedados pelo Camelódromo, quando uma praça poderia humanizar e dar nova vida ao local[/caption] [caption id="attachment_6083" align="aligncenter" width="811"]A divulgação evita imagens frontais, mostrando apenas a lateral, apesar de deixar ver o emparedamento do Mercado A divulgação evita imagens frontais, mostrando apenas a lateral, apesar de deixar ver um tipo de emparedamento do Mercado[/caption]

Para os populistas da Lapa, que seguem cegamente a esférica doutrina do vale tudo para se manter no poder, o patrimônio histórico e arquitetônico de Campos, pelo jeito, não vale nada.

Foram iniciadas as obras do maior monumento à ignorância e o descaso e à nossa história, já erigido no município, um paquidérmico “Camelódromo” de dois andares que irá, sem dó nem piedade, cobrir totalmente a fachada do belo Mercado Municipal de Campos, atropelando seus 95 anos de existência.

A estranha obra, de fortes contornos eleitorais, com parecer contrário do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural, só está sendo retomada praticamente às vésperas das eleições municipais, vai trazer prejuízos irrecuperáveis para todos os campistas, em favor do continuísmo no poder de um grupo político, o mesmo que é responsável por quebrar e endividar o município por décadas.

Ainda que se queira favorecer "empresários" particulares em um logradouro público utilizando verbas públicas, e em desfavor do comércio legalmente estabelecido, e tradicionalmente pagador de impostos, não haveria outro local para instalar os camelôs?

É preciso que a Justiça tire a venda dos olhos e impeça de vez esse descalabro, que será lamentado por muitas e muitas gerações de campistas.

Comentário do Leitor nos Estados Unidos:

Nao gosto de comparar, mas terei que comparar, aqui na cidade onde vivo, temos um mercado lindo, ha 10 anos estava completamente abandonado, vivo no estado de Ohio nos EUA um dos estados que mais sofreu com a crise dos anos 70, a cidade e menor do que Campos, 300 mil habitantes, pobre comparada a Campos e sem petroleo, a cidade vive de impostos, ha 10 anos a prefeitura resolveu restaurar o mercado, restaurado o mercado agora e uma das maiores atracoes turisticas da cidade, ao redor foram construidos pracas e muitos restaurantes, hoje o bairro do mercado e um dos bairros mais movimentados da cidade, o movimento e tao grande que o mercado ate 2015 funcionava 3 dias/ semana e agora funciona ate os domingos, qual a dificuldade de Campos para fazer igual? ou melhor? ( abaixo o mercado daqui)

camelo-usa-2

camelo-usa-1

Comentar
Compartilhe
Campos, bons cinemas, péssima educação
30/06/2016 | 01h10
[caption id="attachment_6059" align="aligncenter" width="756"]cinema-pes- Cena de horror na platéia de Truque Mestre 2, no Cine Araújo do Boulevard[/caption] Campos hoje conta com ótimos cinemas, com modernas e luxuosas salas de exibição, o que contrasta fortemente com o comportamento de muitos campistas, que deixam as salas imundas ao fim das sessões, apesar da farta oferta de latas de lixo na saída. Muitos falam alto, e bobagens, como se estivessem em casa, sem se incomodar ao mínimo em atrapalhar aqueles que pagaram para ver um bom filme em paz. Deixam seu celulares ligados, recebem ruidosas chamadas e iluminam as salas atendendo. Mas, entre os costumeiros desrespeitos e falta de civilidade, um chama a atenção, jovens muito bem vestidas que ostensivamente colocam os seu pés  sobre o encosto do banco da frente exibindo suas caras sandálias, scarpins e total falta de educação.
Comentar
Compartilhe
Os "Órfãos de Rosinha" têm padrasto
29/06/2016 | 01h02

avelino-robson

Aparentemente mal informado, e dormindo muito cedo e bem agasalhado, ou, na realidade, apenas exercitando na prática a arte da negação do óbvio, como reza a cartilha do seu pequeno mestre Yoda da Lapa, o funcionário da Câmara Municipal de Campos Avelino Ferreira resolveu culpar os "Órfãos de Rosinha" por seu próprio sofrimento nesse inverno, ao dormirem tiritando ao relento nas calçadas laterais à praça principal de Campos, além de taxá-los de forasteiros e alcoólatras: “saiba de onde são os "moradores de rua", “o porque de não desejarem ficar nas casas de atendimento da Prefeitura (nas quais a bebida alcoólica é proibida)”.

Avelino escolheu como canal para descarregar a sua ira de pior cego (aquele que não quer ver) o Facebook do jornalista Robson Cândido, da Plena TV, que havia compartilhado a postagem desse blog, sob o título “Vive-se um verdadeiro pesadelo na história de Campos”, trazendo as incontestáveis fotos do descaso do poder público, esse sim, o maior responsável pelo desnecessário sofrimento dos “Órfãos de Rosinha”, que agora sabe-se, têm padrasto. E tudo isso no mesmo dia em que a cidade deglutia  a amarga notícia de mais desperdício de dinheiro público para alimentar a farra oficial dos shows e trios elétricos.

Avelino teve a sua estranha pretensão de defender o indefensável imediatamente repudiada por Robson Cândido: “Sobre os moradores, se estão em Campos, deveriam no mínimo, estarem sendo acompanhados por profissionais competentes e pagos com o nosso dinheiro”, “Em relação ao ALCOOLISMO, (dos moradores de rua) também temos profissionais competentes e pagos com o nosso DINHEIRO para atendê-los! Finalizando: espero que esteja, e com certeza deve estar, neste momento bem agasalhado!”.

Avelino podia ter dormido sem essa, para não ter algum pesadelo...

Abaixo, mais alguns dos incontáveis comentários no Face de Robson sobre os "Órfãos de Rosinha", que viralizaram nas redes sociais

avelino-robson-2

Comentar
Compartilhe
Os Órfãos de Rosinha
28/06/2016 | 12h12
a--relento-3

a--relento-2

A beleza de cartão postal da madrugada refletindo as luzes no frio do granito da Praça São Salvador não é suficiente para esconder a face mais cruel do abandono pelo poder público.

Nas calçadas laterais, tentando fugir da luz dos postes e do inverno implacável, pessoas dormem no chão, ao relento, tiritando de frio. Separando a pele humana das ásperas e geladas pedras portuguesas, apenas finas folhas de papelão recolhidas do lixo do comércio e alguns velhos e minguados cobertores.

Só quando, completamente vencidos pelo cansaço, se abrigam em suas minúsculas tendas nômades dos sonhos, o mais íntimo dos territórios, conseguem uma fugaz trégua do desamparo e do trauma da sua condição social, um pequeno repouso para o corpo e o espírito.

São os órfãos de Rosinha, para quem não importam shows caros ou retumbantes trios elétricos. Para eles, apenas um teto noturno, quatro paredes, e a dignidade de um banheiro e um prato de sopa fariam toda a diferença...

Comentar
Compartilhe
Terra de Burros Espertos
19/05/2016 | 03h18

burros-dupla-28-março-X

Enquanto muitos “burros” espertos de duas patas pastam implacáveis nossos recursos em gabinetes refrigerados, outros, à revelia da lei, continuam sendo explorados em nossas avenidas sob o peso de cargas exageradas, maus tratos e cruéis chicotadas, ignorando solenemente a Lei 7.194/2016 – de autoria do deputado estadual Dionísio Lins, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão, que proíbe a utilização de tração animal. Sem recursos, por conta do "pasto capinado baixo" para utilização pouco recomendada, não foi providenciada uma alternativa de qualificação e trabalho para os carroceiros, e o problema social está servindo de desculpa para a incompetência e os desmandos administrativos. A foto acima foi tirada às 13h de hoje na Avenida 28 de Março, uma das principais de Campos.

Comentar
Compartilhe
Próximo >