Golpe do golpe
28/07/2015 | 02h26
golpe-2Os vigaristas não dão mole mesmo. Por conta do bilionário golpe na Petrobras, que afastou grandes empresas envolvidas, uma quadrilha está agindo como se fosse em nome da Petrobras para iludir empresas que buscam aproveitar oportunidades de negócios surgidas no vácuo do setor. O Petronotícias recebeu a denúncia de que três empresas foram assediadas com o mesmo golpe: recebem uma ligação em nome da Petrobras para uma reunião, quando é feita uma apresentação sobre as novas oportunidades. Há casos em que os falsários até almoçam com os empresários para estreitar a ligação e inspirar confiança e depois pedem toda documentação, a conta bancária e os cartões de crédito para verificações, que seriam “necessários” para a inscrição no cadastro da estatal. Além disso, os pilantras cobram um valor para agilizar o cadastramento em três parcelas de R$ 50 mil, e nunca mais apareceram. Nota da Petrobras: “A Petrobras reitera que não cobra nenhum tipo de taxa para o cadastramento de fornecedores. A Petrobras não credencia, indica ou orienta a contratação de quaisquer consultores, pessoas físicas ou jurídicas como intermediários para preencher os questionários do Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras”.
Comentar
Compartilhe
Feira do Petróleo de Macaé esvaziada
02/06/2015 | 11h54
Brasil-Offshore-1A antes pujante feira Brasil Offshore, Feira de Petróleo de Macaé, com realização prevista de 23 a 26 deste mês, anda na corda bamba por conta da crise no setor que está levando a desistência de participação de muitas empresas que fizeram reservas há dois anos. A própria Petrobras ainda não confirmou a sua participação. Além dela, a Technip, Confab e a Aker, também patrocinadoras, mantiveram o patrocínio, mas decidiram não montar estandes nesta edição. A Mobil e a Dassault, outras patrocinadoras, nem reservaram espaços. E a UTC, a única epecista, por conta do seu envolvimento na Lava Jato, também deve ficar de fora. A coisa está preta como o petróleo...
Comentar
Compartilhe
Macaé coloca uma pedra no caminho do Porto do Açu
26/11/2014 | 12h12
Vista aérea do terminal offshore T1 Atendendo a uma solicitação da Prefeitura de Macaé, o juiz Josué de Matos Ferreira, da 2ª Vara Cível de Macaé concedeu nessa terça-feira uma liminar que suspende a licitação da Petrobras para contratar operação logística portuária onde é dada como vencedora a Edison Chouest Offshore (ECO), que opera no Porto do Açu, em São João da Barra, da Prumo Logística. A prefeitura de Macaé alega que uma sobretaxa de 17% no edital teria favorecido a utilização do Porto do Açu que tem taxa zero, segundo explicação da Petrobras, por conta da distância menor em relação às áreas exploratórias em alto mar, o que garante menor custo logístico. Rapina Cobiçada por todos, a região está precisando urgentemente de políticos que realmente a defendam. O Congresso quer tirar nossos royalties do petróleo, São Paulo quer tirar a nossa água e, agora, Macaé quer tirar serviços do Porto do Açu.
Comentar
Compartilhe
Parquímetros em Macaé. Em Campos, flanelinhas...
05/11/2013 | 03h42
[caption id="attachment_4835" align="aligncenter" width="800" caption="Parquímetros funcionam em caráter de adaptação durante o mês de novembro - Foto: Guga Malheiros"][/caption]
Desde o dia 1º desse mês está em funcionamento em Macaé, em caráter de adaptação, um sistema de parquímetro. Até dezembro o equipamento funcionará sem a cobrança de tarifa para que a população possa se familiarizar com o novo sistema de estacionamento rotativo, que funciona com tíquetes e cartões eletrônicos. Ao fim desse período, o uso do tíquete nas vagas regulamentadas será obrigatório, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados, das 9h às 13h. A utilização do sistema de cobrança por meio de parquímetros prevê a regulamentação do uso de cerca de 1,2 mil vagas na região central. Enquanto isso, nossa Campos continua estacionada no atraso extorsivo dos flanelinhas...
Comentar
Compartilhe