2017 melhor - STF decide por nova fórmula de cálculo dos royalties
15/12/2016 | 06h12

petroleo-cifrao

 Rafael Diniz tem estrela. Além da neutralização do golpe dos Gafanhotos Rosas, uma decisão do STF para o Estado, abre um precedente que pode ajudar Campos a sair desse sufoco.

O Ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que Agência Nacional do Petróleo (ANP) utilize uma nova fórmula para o cálculo do preço mínimo do petróleo, o que cria um novo cálculo para os royalties, podendo render mais R$ 1 bilhão ao Estado do Rio. A ANP tem até o dia 1º de março de 2017 atuar com a nova fórmula.

Comentar
Compartilhe
Leide e Neco?
03/08/2016 | 12h03

leide-neco-2

?

?

?

Leide Cristina Fernandes Soares, ex-secretária de Educação de São João da Barra, está na alça de mira como a mais cotada para vice de Neco. Ela poderá ser confirmada na convenção de amanhã.

Comentar
Compartilhe
Aniversário de SJB com Manifestação Geral em clima de funeral
17/06/2016 | 01h00
526-sjb-manifesta-1-x Hoje, São João da Barra completa 166 anos, mas a “comemoração” foi às avessas, com uma enorme Manifestação Geral, em clima de funeral pelas ruas da cidade, reunindo estudantes protestando contra o corte de passes e bolsas, artistas e músicos protestando por falta de pagamento, funcionários das terceirizadas protestando contra o desemprego, e donas de casa protestando contra a vexatória situação de penúria da cidade. 526-sjb-manifesta-6-x 526-sjb-manifesta-7-X Sexta-feira negra para o prefeito Neco, que, apesar de contar com uma receita de cerca de 350 milhões por ano. Mais ou menos de 26 a 29 milhões mês, perto de 1 milhão por dia, decretou emergência econômico financeira no município, quase uma falência. As celebrações pelo dia da Cidade, e até a entrega da medalha Barão de São João da Barra, a maior honraria do município, foram suspensas. [caption id="attachment_6034" align="aligncenter" width="630"]Fotos Portal OZK Fotos Portal OZK[/caption] 526-sjb-manifesta-4-x
Comentar
Compartilhe
Único hospital de S. João da Barra pode fechar as portas por falta de pagamento da PMSJB
16/06/2016 | 07h04
sta-fachada Único hospital São João da Barra pode fechar Como diz o velho ditado: “Nada é tão ruim que não possa piorar”. Neco, perfeito de São João da Barra, já está perdendo o controle da situação. Ele passou a semana sendo fustigado pelos cortes de energia executados pela Ampla em importantes órgãos públicos, como a Defensoria Estadual, bloqueio do acesso ao prédio do CRAS por falta de pagamento, e até protesto da Banda União dos Operários, que diz ser obrigada a fechar as portas por corte na subvenção municipal. Agora Neco se vê às voltas com um problema muito mais grave. A Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra, o único hospital do município, divulgou nota oficial informando que a instituição, fundada em 1873, deverá fechar as portas por falta de medicamentos, pessoal e insolvência financeira. A instituição declara que tem convênio em vigor desde 2003, mas que em 2015, na administração Neco, a instituição perdeu a sua capacidade de pagamento sendo obrigada a "alocar recursos que deveriam ser utilizados em investimentos, fundos de contingência e reserva, pois tanto a remuneração do SUS quanto a do convênio (008/2015) com o município eram creditadas muito afora às datas pactuadas", afirma na nota. A instituição ainda diz que as parcelas dos meses de outubro, novembro e dezembro de 2015 não foram pagas, mas que foi firmado o convênio 015/2016 com o município, sendo este um estímulo para manter a estrutura em funcionamento pleno. "Firmados os convênios 2015 e 2016, deveres e direitos foram definidos. "A não cobertura financeira da estrutura pelo Poder Municipal, pendentes até hoje, nos trouxe uma dívida certa e tamanha", "Iniciamos a desativação do hospital. Não há como suportar tal situação. Ou existe a imediata condição de se repor os valores não pagos, ou nos deparamos com a realidade da paralisação extrema das atividades. 143 anos de vida de uma instituição representam um acervo incontestável para uma cidade. O quadro da deformação de uma Santa Casa por ora vivenciado em São João da Barra, não pode ser encarado como uma simples questão de falta de avaliação. Não pode ser qualquer decisão sem a profundidade de responsabilidades”. “Lamentável". Veja abaixo e confira (AQUI). [caption id="attachment_6021" align="aligncenter" width="669"]Fac Símile OZK Fac Símile OZK[/caption]  
Comentar
Compartilhe
O túnel de São João da Barra
16/06/2016 | 11h09
[caption id="attachment_6015" align="alignleft" width="161"]525-defensoria-luz Foto Portal OZK[/caption] A coisa está tão feia em São João da Barra, que Neco anda no maior aperto. Por falta de pagamento, na terça-feira, Flávia Moreira, proprietária do prédio onde está instalado o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), passou cadeado no portão impedindo o acesso ao prédio, só reabrindo ontem iniciando negociações com a prefeitura. Também por falta de pagamento, a Ampla cortou a luz da Fisioterapia da prefeitura, religada ontem, e agora estão correndo para tentar religar, ainda hoje, a luz da Defensoria Pública, vítima ontem de mais um corte da Ampla por falta de pagamento. Desse jeito, vai faltar luz até no fim do túnel... [caption id="attachment_6016" align="alignleft" width="279"]525-cadeado-x Foto Portal OZK[/caption]
Comentar
Compartilhe
Carla no foco
25/04/2016 | 03h52
victor   A ex-prefeita Carla Machado, que não brinca em serviço, está se preparando com afinco para apresentar projetos com foco na retomada do desenvolvimento planejado de São João da Barra. Pata tanto, convidou oficialmente o competente arquiteto Victor Aquino para coordenar a elaboração do seu Plano de Governo.
Comentar
Compartilhe
De olho no Açu
09/04/2016 | 11h57
porto_acu A chegada da Petrobras ao Porto do Açu está funcionando como um papel pega-moscas para empresas. Até os capixabas, que têm seu próprio porto, estão de olho no empreendimento. Esta semana, 12 empresários do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores do Espírito Santo (PDF/ES) estiveram no Porto do Açu com o foco voltado às demandas de fornecedores para o Complexo Industrial.
Comentar
Compartilhe
Cidade dos burros
28/12/2015 | 05h05
Burro-1 Cena bucólica de Campos, cidade dos burros, em todos os sentidos e lugares. Rua Barão de Miracema esquina com Salvador Corrêa. O progresso se rende ao atraso, a falta de fiscalização, à demagogia. Assim caminha Campos, de carroça...
Comentar
Compartilhe
Neco troca ônibus com emergência antecipada
27/11/2015 | 02h44
[caption id="attachment_5799" align="aligncenter" width="756"]Observem que no dia 24 de julho ônibus da empresa LKL já estavam pintados com o brasão de SJB Observem que no dia 24 de julho ônibus da empresa LKL já estavam pintados com o brasão de SJB[/caption]

Nessa sexta-feira, Neco, prefeito de São João da Barra, surpreendeu os sanjoanenses colocando uma nova empresa de ônibus para operar as linhas municipais. O prefeito declarou em seu Facebook: “decretamos a caducidade da concessão e contratamos de forma emergencial a LKL, que atenderá toda população”. Um detalhe estranho e contraditório é que a empresa LKL já estava com os ônibus pintados com o brasão de São João da Barra desde o final de julho passado. No dia 24 daquele mês a empresa Borges Reformadora publicou em sua página do Face as fotos dos veículos já preparados.

A empresa anterior, a Campostur, alega contabilizar mais de três milhões de reais de prejuízos, durante os 27 meses do contrato regido sobre uma projeção de 113 mil passageiros na época áurea de Eike Batista, o que não se configurou, gerando apenas 50 mil passageiros.

Caso não haja uma reviravolta judicial na decisão emergencial, no máximo em seis meses, obrigatoriamente, deverá ser realizada uma licitação sobre a concessão das linhas municipais.

Certamente, o prefeito Neco irá exercer a recomendada transparência no trato da coisa pública divulgando imediatamente os valores desse novo contrato para que a população possa fazer as devidas comparações entre o atual e o anterior e, assim, tirar as suas próprias conclusões.

Comentar
Compartilhe
Novo Centro Médico em Campos
06/10/2015 | 02h31
Med-3   Um novo empreendimento começa sacudir a área da saúde de Campos. Duas empresas de engenharia, uma campista e outra carioca, em parceira com um grande shopping local, vão construir o maior centro médico da região, com centenas de consultórios, laboratórios e serviços de diagnóstico por imagem. Empresários e profissionais já estão sendo prospectados para adesão à iniciativa.
Comentar
Compartilhe
Próximo >