Depredaram a Uenf no fim de ano - Marginais dominam o campus sem lei
02/01/2017 | 11h53
[caption id="attachment_6282" align="aligncenter" width="850"]uenf-depedra-X-2 Carros e documentos depedrados[/caption]

Sem contar com serviços de vigilância patrimonial, suspensos por falta de pagamento do Governo do Estado, que não repassa recursos à Uenf desde 2015, nesse fim de ano a Universidade Estadual do Norte Fluminense foi vítima de vândalos que invadiram o campus daquela universidade e depredaram a Pró-Reitoria de Extensão, local de guarda de documentos, quebraram vidros de veículos oficiais e, entre outros atos de vandalismo da pior qualidade, arrombaram o ônibus da universidade. A extensão dos danos ainda está sendo avaliada.

[caption id="attachment_6283" align="aligncenter" width="850"]uenf-depedra-x Arrombaram salas e o ônibus da Universidade[/caption] [caption id="attachment_6284" align="aligncenter" width="850"]uenf-depedra-x-6 Os prejuízos foram enormes e agravam a situação financeira da Uenf[/caption] [caption id="attachment_6285" align="aligncenter" width="851"]uenf-depedra-x-7 Vestiário vandalizado e grades arrombadas[/caption] RELATO DE UMA ESTUDANTE - HOJE NA UENF: Muito cuidado aos que precisam ir na UENF por agora! Sou aluna de agronomia e estou na escala da casa de vegetação. Hoje fui acompanhada de uma colega de laboratório e da irmã dela para verificar como estavam as plantas, pois ficamos sabendo de uma suposta depredação que teria ocorrido lá. Ao chegarmos, conversando com funcionários que estavam lá , os mesmos não sabiam da depredação, mas alertaram que haviam pessoas em atitude suspeita rondando a universidade. Pois bem, o carro da polícia passou e não deu 2 min saiu um rapaz do mato (onde deveria ser um 'lago') de jeans, boné, sem camisa e de mochila e vem andando em direção à casa de vegetação que estávamos. Só não nos abordou pois percebeu que a irmã da minha colega estava trancada dentro do carro dela e seguiu caminho. Entramos no carro e demos mais uma volta pois percebemos que outra pessoa estava numa casa de vegetação mais para trás e não estava sabendo de nada  , nisso encontramos o carro de polícia saindo e avisamos como era a pessoa. Os policiais foram ate o encontro dele e revistaram o rapaz, que até onde vimos estava com vários 'saquinhos' não sei de que não sei de que dentro da mochila. Isso tudo pq tinha vários funcionários da limpeza, as pessoas que guardam as chaves e um  zelador. Isso tudo aconteceu atrás do prédio 4, na casa de vegetação de frente pra rua asfaltada. Moral da história: se precisarem ir , não vão sozinhos.
Comentar
Compartilhe
Rosinha e Thiago Calil: ex subsecretario ameaça contar tudo
14/06/2016 | 02h16
[caption id="attachment_6007" align="alignleft" width="764"]Condenado a 25 anos de cadeia no caso Meninas de Guarus, o amigo e cabo eleitoral de Rosinha, e seu ex-subsecretário de Governo ameaça "contar tudo que sabe". Se contar a metade, já complica a turma da Lapa Condenado a 25 anos de cadeia no caso Meninas de Guarus, o amigo e cabo eleitoral de Rosinha, e seu ex-subsecretário de Governo ameaça "contar tudo que sabe". Se contar a metade, já complica a turma da Lapa[/caption]

Abandonado pelo seu grupo político e desesperado com a condenação a 25 anos de cadeia por cárcere privado, formação de quadrilha e exploração sexual de menor no caso “Meninas de Guarus”, Thiago Calil ameaça “contar tudo”. Desfrutando de trânsito livre e intimidade com os seus caciques políticos, depois de servir fielmente como um “estratégico” cabo eleitoral, ele foi prestigiado com o cargo de confiança de subsecretário de Governo de Rosinha. O segundo nomeado pela prefeita, na mesma secretaria hoje ocupada pelo seu líder político Garotinho.

Antes da pena atual, preso na “Operação Cinquentinha”, quando ocupava o cargo, ele já havia sido condenado por crimes de corrupção passiva e de formação de quadrilha pela Justiça Eleitoral. Prevendo que seria preso, o ex-subsecretário de Governo foi visto aos berros na prefeitura “Se eu for preso, vou contar tudo que eu sei” (AQUI). Vamos torcer para que ele conte. Tem muita carne debaixo desse angu de caroço...

Calil-rosa-Capas-1-X

Comentar
Compartilhe
Falta vergonha na cara - Ladrões esperam acidentes em Morro do Coco para saquear
25/01/2016 | 01h06

Em tempos em que se fala a todo momento na desonestidade dos políticos brasileiros, em Lavajato etc..., é bom que se veja esse vídeo para descobrir que a raiz do problema está nos próprios brasileiros. Aqui mesmo, em Morro do Coco, brasileiros/campistas formaram quadrilhas especializadas em saquear veículos acidentados na BR 101, com os motoristas mortos. Verdadeiras aves de rapina sem o menor pudor em se aproveitar da desgraça alheia. A falta de vergonha na cara é geral. Confira abaixo.

https://youtu.be/4OfLFgf0nIU Você, Brasileiro, ainda tem coragem de dizer que os problemas do Brasil são os Políticos??? Tá na hora do Brasileiro assumir sua responsabilidade, e admitir que É CORRUPTO POR NATUREZA!
O Brasil não tem mais jeito, e não é culpa dos Políticos, e sim do Brasileiro! O PROBLEMA DO BRASIL É O BRASILEIRO! Como se orgulhar de um povo assim? Como se orgulhar de um país assim? Cadê a moral e os bons princípios desse povo? Brasileiro NEM SABE o que é isso! É uma vergonha! E não me venham com Ufanismo besta aqui... Já passou da hora do Brasileiro admitir as suas mazelas, e tomar vergonha na cara, e mudar! O Jeitinho Brasileiro que você tanto se orgulha, nada mais é que CORRUPÇÃO! Sabe porque você não rouba a Petrobras também? Porque não tem chance, se tivesse faria até pior! Assim é o Brasileiro! Tem exceções? Sim, mas são raras e não podemos analisar por elas, e sim pela REGRA! Toma Vergonha na sua Cara Brasileiro!!! (O Brazil de fora do Brasil)
Comentar
Compartilhe
Burros continuam escravizados: Carroceiros ignoram lei que proíbe tração animal
12/01/2016 | 05h17
[caption id="attachment_5855" align="aligncenter" width="756"]burro-monta-1 Nessa terça-feira, ignorando a lei, carroças circulavam livremente na Avenida 28 de Março. Afinal, quem são os "burros" dessa história?[/caption] As carroças tracionadas por burros e cavalos continuam transitando livremente pela cidade de Campos, inclusive nas áreas onde existe proibição municipal para não atrapalhar o trânsito. Seus condutores não estão dando a menor bola para as autoridades. De nada vai adiantar a Lei 7.194/2016 – de autoria do deputado estadual Dionísio Lins, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão, proibindo a utilização de tração animal. O texto não especifica quem irá fiscalizar e punir o seu não cumprimento.
Comentar
Compartilhe
“Meninas de Guarus” no Tribunal do Júri
15/08/2015 | 11h30
Blog-Meninas-olhosNa segunda-feira, às 11h, será realizada a primeira das duas audiências programadas (a segunda será na terça-feira) com os réus do escabroso caso de pedofilia, prostituição, drogas, extorsão e homicídios conhecido como “Meninas de Guarus”. Como todos os juízes de Campos se deram por impedidos, os atos serão presididos pela juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias. São tantos os indiciados, que as audiências serão realizadas no salão do Tribunal do Júri.
Comentar
Compartilhe
Matar ou Morrer?
25/05/2015 | 02h02
faca-na-caveira Nesses tempos em que se discute porte de arma para o cidadão e a validade do Estatuto do Desarmamento, a página “Faca na Caveira”, de notícias relacionadas a policiais no Facebook, que mostra vários vídeos reais de policiais e vítimas reagindo e matando assaltantes, tem divulgado o slogan: “Quando a vítima está armada, bandido tem que procurar emprego” e também o versículo bíblico: “Se o ladrão for achado roubando, e for ferido, e morrer, o que o feriu não será culpado do sangue”. Êxodo 22:2. Diante das últimas notícias de violência dos meliantes contra pessoas indefesas, os dois textos levam à reflexão. Clique na imagem e confira o "Faca na Caveira".
Comentar
Compartilhe
13 entidades, e até os Bispos, pedem a volta do Cel. Ramiro ao comando da PM de Campos
01/12/2014 | 02h02
coronel-ramiroEm nota ao governador Pezão, divulgada na manhã dessa segunda-feira pela  Assessoria de Comunicação da Acic, 13 entidades e os dois bispos de Campos pedem que seja tornando sem efeito o ato de exoneração do Coronel Ramiro do comando do 8º Batalhão de Policia Militar de Campos. A nota ressalta: " Nos últimos meses de forma acertada, Vossa Excelência designou o Tenente Coronel Ramiro, Comandante do 8º Batalhão de Policia Militar, um profissional que trouxe alento a nossa Região e esperança de dias melhores, realizando um trabalho eficaz, sério e em consonância com a comunidade e sociedade civil organizada.  De forma repentina, que nos causou estranheza e preocupação, fomos surpreendidos pela publicação, no dia 29 de novembro do corrente ano, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro com o Ato de exoneração do Coronel Ramiro do comando do 8º BPM. Diante dos fatos, as entidades abaixo assinados, vem encarecidamente solicitar a Vossa Excelência que seja reconsiderado o ato de exoneração do Coronel Ramiro". ABAIXO ASSINADO Nessa segunda-feira, um movimento encabeçado por entidades da sociedade civil organizada de Campos vai colher assinaturas dos campistas em um abaixo assinado ao Governando Pezão pedindo a volta do Coronel Ramiro ao comando do 8º BPM. A coleta de assinaturas será iniciada a partir das 15h, na Praça São Salvador.
 Leia abaixo a nota na íntegra e veja a relação das entidades:
--------------------------------------------------------------------------------------  AO EXMO. GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DR. LUIZ FERNANDO PEZÃO  Campos dos Goytacazes, 01 de dezembro de 2014.  Excelentíssimo Senhor Governador  Primeiramente gostaríamos de ressaltar a nossa admiração pela dedicação e preocupação de Vossa Excelência no combate a violência, uma das questões que aflige a população do nosso Estado e de todo o país, que é a segurança pública. Ressaltamos ainda a nossa preocupação com a onda de violência que assola toda a nossa Região, mas não poderíamos deixar de admitir que nos últimos meses de forma acertada, Vossa Excelência designou o Tenente Coronel Ramiro, Comandante do 8º Batalhão de Policia Militar, um profissional que trouxe alento a nossa Região e esperança de dias melhores, realizando um trabalho eficaz, sério e em consonância com a comunidade e sociedade civil organizada. De forma repentina, que nos causou estranheza e preocupação, fomos surpreendidos pela publicação, no dia 29 de novembro do corrente ano, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro com o Ato de exoneração do Coronel Ramiro do comando do 8º BPM. Diante dos fatos, as entidades abaixo assinados, vem encarecidamente solicitar a Vossa Excelência que seja reconsiderado o ato de exoneração do Coronel Ramiro, que sempre atuou em defesa do Estado, de forma exemplar e que traz sensação de segurança aos nossos munícipes. Abaixo assinado as entidades que solicitam e confiam na sensibilidade e espirito publico de Vossa Excelência para tornar sem efeito o ato de exoneração do Coronel Ramiro. Atenciosamente, OAB – 12ª Subseção OSC – Organização Integrada de Segurança Cidadã ACIC – Associação Comercial da Industria e Comércio CDL - Câmara dos Diretores Lojistas de Campos AIC – Associação Industrial de Campos ACLIG – Associação Cultural Líbano-Goytacá ASMENNF – Associação dos Servidores Militares Estaduais do Norte e Noroeste Fluminense IFF – Instituto Federal Fluminense ESA – Escola Superior de Advocacia SETA – Confraria de Usuários da BR 101 SINDVAREJO - Sindicato dos Varejistas JCI – Câmara Júnior Bispo da Administração Apostólica São João Maria Vianney Bispo Diocesano de Campos dos Goytacazes Guia Cadê Campos Rotary Clube São Salvador
Comentar
Compartilhe
Dia de festa na bandidagem! Exonerado Comandante da PM de Campos!
29/11/2014 | 12h56
coronel-ramiro-campos (1) É de se lamentar profundamente a exoneração do comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Campos, Coronel Ramiro de Oliveira Campos, que vinha apresentando um elogiável serviço à comunidade campista ao colocar o efetivo PM para trabalhar na rua como nunca se viu antes, combatendo de frente a crescente violência com blitzens diárias e mega operações. Foi só mostrar trabalho sério. Um prêmio para os marginais Hoje é dia de festa para os assassinos de motos, para os traficantes, para os ladrões e assaltantes, para a bandidagem em geral! É preciso reagir! A sociedade organizada, entidades, clubes de serviço etc, precisa se movimentar para tentar reverter essa situação. É um absurdo que prevaleçam decisões que premiam a violência e os marginais em detrimento da população.  A quem interessa isso?  

ATUALIZAÇÃO

Blog Opiniões - de Aluysio Abreu Barbosa

Acic repudia exoneração do coronel Ramiro do comando do 8º BPM

Por e-mail, a Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic) enviou uma nota de repúdio pela exoneração do coronel Ramiro de Oliveira Campos do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), enviada ao comandante da PM no Estado, que o blog republica abaixo. Mais informações sobre o caso foram dadas aquiaqui e aqui, respectivamente, pelos jornalistas Esdras Pereira, Alexandre Bastos e Suzy Monteiro.
  Acic
Comentar
Compartilhe
“Meninas de Guarus” – Todo mundo na rua
06/11/2014 | 11h06
passarinhosNo embalo do Habeas Corpus concedido ao ex-vereador Nelson Nahim, já em liberdade, todos os presos acusados de envolvimento no rumoroso caso das “Meninas de Guarus” tiveram as suas prisões preventivas revogadas pelo juiz Rodrigo Rocha, de Itaocara, em exercício na Primeira Vara Cível da Comarca de Campos. Ironicamente, até o acusado Thiago Calil, o único que estava foragido, também foi beneficiado pela decisão. Por conta do segredo de justiça, não foi divulgado o grau de envolvimento, nem de que crimes são acusados cada um deles. Apenas o ex-vereador Nelson Nahim teve revelado o motivo da sua prisão, uma suposta coação de testemunhas. Resta saber se os acusados de crimes graves não poderão se aproveitar da decisão para se evadir antes de serem devidamente enquadrados diante da lei para responder por eles. O certo é que o precedente da fuga já existe.
Comentar
Compartilhe
Nahim diz que sua prisão tem dedo de político
06/11/2014 | 03h20

Nelson-NahimDurante a entrevista coletiva após a sua soltura por força da concessão de um Habeas Corpus, o ex-vereador Nelson Nahim, sem acusar ninguém diretamente, declarou acreditar em influência política e grandes coincidências e ligações íntimas de pessoas no Ministério Público com o Governo Municipal com os fatos que levaram a sua prisão.

Nahim negou qualquer envolvimento com pedofilia e também suposta coação de testemunha. Além de afirmar que nunca foi ouvido no inquérito que contém depoimentos de pessoas que nunca viu.

 Trechos da entrevista:

"Em respeito a justiça estou deixando de falar coisas que gostaria de falar"

“Não prenderam a mim, prenderam minha família toda, porque a vida de todos parou. Se tem uma coisa que eu não sou é perigoso para ser encarcerado sem ao menos ser ouvido”

“Quando você não tem prova, é leviano levantar nome de alguém. Mas há muitas coincidências: Não tenho nada contra às instituições. Presidi dois poderes (Câmara e Prefeitura de Campos), tenho o maior respeito pelo Judiciário. Não estou aqui questionando a decisão do juiz, que pelo livre convencimento dele achou que deveria tomar essa decisão. Respeito demais o Ministério Público, grandes promotores de Justiça, mas há grandes coincidências. Muitas coincidências que me levam, e não vou citar nomes, mas pessoas com cargos no Ministério Público tem ligações muito íntimas com o Governo Municipal”

"Aqueles que não posso mencionar os nomes, porque o processo corre em segredo de justiça, e que são covardes e não deixam as digitais, vão uma hora ou outra ter o que merecem, se não pela justiça dos homens será pela justiça divina, discordo da decisão do juiz e recorremos em instância superior. Agora é importante resolver a questão judicial. Houve engano irreparável. A repercussão de minha prisão jamais será reparada e isso terá que ser visto no momento oportuno”

 Nelson Nahim.

Comentar
Compartilhe
Próximo >