Garotinho ofende e humilha advogado dativo, e diz que vai processá-lo
28/08/2017 | 10h38
Garotinho usa seu blog como uma arma, mas a vítima poderá ser ele
Garotinho usa seu blog como uma arma, mas a vítima poderá ser ele
Cada dia mais próximo da sua sentença na Ação Penal da “Chequinho”, o maior esquema de compra de votos com Cheques Cidadão pagos com dinheiro público, Garotinho, dando sinais de total descontrole, ofende, humilha e vilipendia o advogado Antônio Carlos Guzzo, nomeado como seu segundo dativo pela justiça.
Depois de tentar atropelar a decisão judicial que nomeou mais um advogado dativo, dando procuração ao Dr. Carlos Azeredo, um policial civil aposentado, que advoga para seu ex-chefe de polícia Álvaro Lins, condenado por formação quadrilha junto com ele, Garotinho mostrou grande medo e irritação por ter o advogado dativo apresentado as alegações finais que ele tanto se esquivou em apresentar para postergar a proclamação da sua sentença, ele agora dispara pesado contra o advogado Antônio Carlos Guzzo:
Em seu blog ele ameaça o advogado com “uma representação à OAB, ação por reparação de danos morais, além de representação ao Tribunal Regional Federal”. E parte para agressões:
“Ele faz uma verdadeira lambança”
“Quantidade de besteiras que nem um estágio de Direito escreveria”
“Vergonhosa peça de defesa, provavelmente juntando material tirado do Google”
“Só pode ser um irresponsável”
“Ou é um gênio ou um irresponsável, sendo que a segunda hipótese é a mais provável”
“Rosário de maluquices”
“Como não é um bom advogado, o dr. Guzzo deve tratar de contratar um, pois vai doer no seu bolso a ação que irá responder”
Comentar
Compartilhe
Pau-mandado de Linda Mara é exonerado da Câmara
10/08/2017 | 15h50
O presidente da Câmara Municipal de Campos vereador Marcão Gomes exonerou o chefe de gabinete de vereadora Linda Mara que nessa quarta-feira causou tumulto na plenário, desacatou e desobedeceu uma ordem direta da presidência. 
Posse e nomeação após sair da cadeia
Logo que a sua vereadora de estimação, condenada na “Chequinho”, saiu da cadeia e tomou posse, ele foi nomeado em seu gabinete na Câmara.
Agora, desfrutando de outra boquinha para poder utilizar o seu tempo, pago com dinheiro público, para continuar seus ataques e mentiras, confortavelmente instalado em um gabinete com todas as mordomias, o pau-mandado de Linda Mara começou a se dar uma importância que não tem
Leia matéria completa AQUI
Comentar
Compartilhe
Garotinho prepara o esperneio para uma instância superior
05/08/2017 | 19h35
Para os desavisados pode até parecer brincadeira, mas é sério. Réu em Ação Penal, Garotinho quer determinar o andamento do seu próprio processo para poder escolher o juiz que irá julgá-lo.
Diante da gravidade das acusações na Ação Penal que responde, com desfecho a curto prazo, aparentemente o plano é simples e óbvio. Com todas essas manobras, acusações às autoridades do processo, “demissões” de advogados, etc., o ex-governador, dono de um QI privilegiado, que muitas vezes teima em não ouvir, simplesmente procura uma desesperada saída para o problema em que se meteu, criando situações que esteja pretendendo utilizar para um já premeditado “esperneio” em instância superior.
Como diria o saudoso jornalista Aluysio Barbosa: “Garotinho cria o fato e a sua versão do fato”.
Ainda não se pode avaliar se isso irá se tornar uma jogada genial, ou a maior burrada dos últimos tempos. Mas para Garotinho estar fazendo essa questão toda de não querer defesa, à toa é que não é...
Apesar da cena reprisada da demissão dos seus advogados, é pouco admissível acreditar que ele não continue guarnecido de uma forte orientação jurídica.
Logo, a sua ação demitindo todos os seus advogados conduziu a justiça a determinar o advogado dativo Amyr Moussallem que, na sexta-feira (4), recebeu os autos do processo, com prazo de cinco dias para apresentar as alegações finais de defesa de Garotinho.
Observem que acima utilizei a palavra “conduziu”. Como hábil titereiro, ele busca munição para dar vida ao seu indissociável personagem de vítima em outro campo.
Após as alegações finais, aguarda-se a sentença. Diante das provas contundentes e dos depoimentos das testemunhas, são grandes as probabilidades desse angu desandar para o lado da Lapa. E ele sabe disso...
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Esdras

[email protected]