Site da Fenorte vazio de projetos
25/02/2014 | 16h47
Diante dos últimos questionamentos sobre a Fenorte, nesse blog e também através de carta do deputado Roberto Henriques ao governador Sérgio Cabral, onde classifica o ex-reitor Almy como traidor, acusa Alexandre Cardoso de tèlo cooptado, e onde ainda sobra munição para o atual presidente da Fenrote Nelson Nahin como: "promoção pilotada pelo líder do Governo, meu colega de Assembleia, Deputado André Corrêa", fomos ao site da instituição conferir os projetos que teriam utilizado as verbas alegadas por Nahin como menores do que as citadas nesse blog, mas, decepção, a única área vazia do site da Fenorte é exatamente a de projetos. Confira AQUI ou clique na foto. Seria mas fácil se essa área do site não estivesse sempre em "construção".
Comentar
Compartilhe
Reprise ressucita Fenorte
25/02/2014 | 11h53
Pelo jeito, os pedidos políticos conseguiram melar a extinção da Fenorte. Deu no D.O. esta semana que o Governo do Estado abasteceu a conta da instituição com quatro milhões de reais. Um a menos que os cinco milhões que engrossaram o orçamento da Fenorte em 2013, destinados ao projeto "Cinema na Praça", um filme que pouca gente, ou ninguém, viu...
Comentar
Compartilhe
Produção da Technip no Porto com data marcada
24/02/2014 | 13h13
O dia 10 de março deverá ser lembrado como uma data histórica no desenvolvimento da região. Ele foi definido para o início da produção dos 200 quilômetros de tubos flexíveis de aço anuais da Flexibras/Technip, a primeira indústria a entrar em operação no Porto do Açu. O blog deseja boa sorte, e que outras sigam o exemplo. CEO da Technip irá ao Porto     Durante a semana inaugural, Thierry Pilenko, o presidente e CEO (Chief Executive Officer) da francesa Technip, virá ao Açu para ver de perto o funcionamento da nova fábrica do grupo. Segundo ele, “A Technip está empenhada em levar a cabo as suas atividades de forma ética e em conformidade estrita com a lei, onde quer que ela opere. No mundo de hoje, esta é a única maneira de fazer negócios". Estamos na torcida.
Comentar
Compartilhe
Infla Bloc
15/02/2014 | 21h27
Em tempos de inflação em alta e Black Bloc patrocinado em baixa, deve vir por aí a “Operação Cento e Cinquentinha”...
Comentar
Compartilhe
Crédito ao talento
14/02/2014 | 18h23
O arquiteto Victor Aquino, ex-secretário de Planejamento de São João da Barra, vai assumir a secretaria de Planejamento de Itaguaí a convite do prefeito Luciano Mota, que quer ter ao seu lado um técnico de porte para criar uma nova Itaguaí. Victor começa a atuar já na próxima segunda-feira.
Comentar
Compartilhe
Outro Bacellar, a mesma Rosinha...
13/02/2014 | 21h45
Ontem tive a oportunidade de rever o ex-vereador Marcos Bacellar durante audiência em processo de cunho intimidatório movido por Rosinha contra ele e este blogueiro. Após três anos sem fumar e uma cirurgia bariátrica, Marcos está outra pessoa, magro, saudável e bastante jovial. Já Rosinha, mesmo sem vê-la, pois se escuda em advogados para atingir quem elege como desafeto, deu para perceber que continua a mesmíssima pessoa...
Comentar
Compartilhe
Ultra Violeta Extremo em Campos
12/02/2014 | 12h52
                Esfolando As previsões do conceituado site Climatempo para Campos são impressionantes. Nem tanto pela temperatura alta e falta de chuvas, mas pela classificação do índice de incidência de Ultra Violeta como Extremo (tarja vermelha) em todos os dias da semana. Para quem não sabe, excesso de UV pode causar câncer de pele. Confira AQUI.
Comentar
Compartilhe
SOS via celular
12/02/2014 | 12h47
Quem quiser dar um mergulho no mar de Atafona deve primeiro comprar um celular à prova d’água, pois, em caso de afogamento, corre o risco de só ser socorrido se enviar uma mensagem de texto para os salva-vidas, totalmente distraídos com seus próprios celulares na praia...
Comentar
Compartilhe
Eike visita Porto do Açu dirigindo seu próprio carro
10/02/2014 | 13h09
Caindo na real Esta semana, Eike Batista novamente visitou as obras do Porto do Açu, mas, nada de helicóptero e comitiva, ele circulou no canteiro de obras na m mesma camionete Amaroc em que veio, dirigida por ele mesmo. Mas Eike não deve ser subestimado. Ainda detém valiosos 21% da Prumo e participações na OGpar (Óleo e Gás Participações), ex-OGX, e na OSX Construção Naval, dona do estaleiro no Porto do Açu, ainda patinhos feios, mas com potencial para cisnes. A Hyunday está na agulha para uma parceria no estaleiro que pode ser a salvação da lavoura para mais uma empresa X. Solução Ou essa parceria com Hyundai, ou a divisão do estaleiro em três, o que, segundo gente que entende do ramo, poderia ser a melhor solução, já que o estaleiro é gigantesco e, mesmo dividido, ainda seriam três grandes estaleiros.
Comentar
Compartilhe
Sinuca de bico na Fenorte
10/02/2014 | 13h05
Enquanto são feitas articulações políticas para evitar a extinção da Fenorte, os funcionários daquela fundação marcaram reunião para o próximo dia 11 para exigir a extinção da Fenorte e o seu remanejamento funcional para a Uenf. O governador Sérgio Cabral ficou numa sinuca de bico, se agradar o aliado vai comprar um barulho e tanto com os funcionários insatisfeitos. ATUALIZAÇÃO Campos dos Goytacazes, 07 de fevereiro de 2014. EDITAL DE CONVOCAÇÃO Assunto: ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Presidente da ASFETEC, no uso de suas atribuições, em conformidade com o artigo 12º do Estatuto, convoca TODOS OS SERVIDORES, para comparecimento à ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, para deliberarem sobre: I – DECRETAÇÃO DE GREVE. Tal ASSEMBLEIA será convocada para o dia 11 de fevereiro de 2013 (terça-feira) às 10h, com assembleia no Prédio E1, na antiga sala do GRH/PAG – Campus da UENF. Atenciosamente, Gustavo Guimarães do Nascimento Presidente/ASFETEC
Comentar
Compartilhe
Empata
07/02/2014 | 15h38
Depois de décadas de espera da ponte entre São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, fundamental para o pleno desenvolvimento da região, uma empresa do Rio Grande do Norte melou a licitação. Vai empatar o progresso dos outros, me desculpem, lá na “ponte que caiu”...
Comentar
Compartilhe
Progresso seguro
06/02/2014 | 18h49
Com o reaquecimento da economia da região, grandes empresas estão aportando em Campos. Como uma das maiores seguradoras do país, entre as cinco principais no ranking nacional, que está montando uma representação na Pelinca, que vai ocupar todo um prédio novo com lojão, bem em frente ao posto de combustíveis.
Comentar
Compartilhe
Diploma de óbito
05/02/2014 | 14h04
Os motoboys em Campos pilotam entre os carros com descargas abertas, disparando as buzinas, avançando sinais e cometendo todo tipo de infrações, como se fossem alunos de um curso de estupidez em cujo diploma virá escrito atestado de óbito...
Comentar
Compartilhe
Reaquecimento do mercado
04/02/2014 | 14h55
Reaquecimento Um bom sinal de que as coisas estão voltando aos eixos no Porto do Açu é o reaquecimento do mercado imobiliário nas praias de São João da Barra. Todos os 70 terrenos de um loteamento perto da Igreja de Grussaí que citei nessa coluna na semana passada foram reservados. Reaquecimento II Mais um empreendimento imobiliário na orla de Grussaí. Esse com dez casas de alto padrão próximas ao mar. Com tanta gente chegando, elas não vão dar nem para a saída.
Comentar
Compartilhe
Capacitação para petróleo e gás
04/02/2014 | 14h49
O Senai está ampliando a sua estrutura em Campos para atender à demanda do setor de petróleo e gás. Laboratórios e oficinas vão receber equipamentos de ponta e o número de salas será ampliado. O Senai quer aumentar a sua capacidade de atendimento de capacitação de 1.600 para 2.300 alunos.
Comentar
Compartilhe
Uma Ampla no meio do caminho
03/02/2014 | 16h28
Ampla no meio do caminho I No meio do caminho do progresso da região tem uma Ampla. É grande a expectativa para que o Porto do Açu entre em funcionamento, mas as obras ainda estão sendo tocadas com energia de um grande grupamento de geradores de alto custo movidos a diesel. O grave problema ainda tem outros aspectos preocupantes. Ampla no meio do caminho II Com inauguração prevista ainda para o primeiro semestre deste ano, a fábrica de tubos flexíveis da francesa Technip, um investimento de 650 milhões de reais, já está com a sua planta industrial semipronta e seu cais concretado. Obras também realizadas com energia elétrica proveniente de geradores próprios, só um deles consumindo diariamente 700 litros de combustível. Mas esbarra em um grande obstáculo para começar a fabricar seus 200 quilômetros de tubos anuais. Até agora, os cabos de energia da Ampla não chegaram ao Porto do Açu. Para complicar ainda mais a situação, quando as máquinas da fábrica forem acionadas, a energia consumida terá que ser, por contrato, fornecida pela concessionária do porto, a Prumo Logística, a preço Ampla. O alto custo do cumprimento dessa cláusula contratual vai refletir diretamente no início da operação do Porto do Açu. Ampla no meio do caminho III E os problemas relacionados ao fornecimento de energia elétrica para o Porto do Açu estão só começando. Vizinha da Technip, a National Oilwell Varco está com as obras da sua fábrica a todo vapor com objetivo de, também, iniciar a produção prevista de 250 km de tubos flexíveis por ano ainda nesse primeiro semestre, e com os mesmos obstáculos relacionados à energia elétrica da concorrente. Ampla no meio do caminho IV Ainda iniciando as obras de instalação de uma planta de montagem e produção de grupos geradores e propulsores azimutais no Porto do Açu, ironicamente, a Wärtsilä também terá que recorrer a geradores semelhantes ao que pretende produzir para poder realizar as suas obras. A Wärtsilä é uma empresa finlandesa, líder global no fornecimento de motores e prestação de serviços para navios e usinas termelétricas. Ampla no meio do caminho V Na fila para enfrentar a Ampla no meio do caminho, a InterMoor, do Grupo Acteon, está instalando uma unidade para apoio logístico e serviços especializados à indústria de óleo e gás, com 90 metros de frente de cais e 52.302 m² de área total, com início de operação previsto para 2014. Diante dos fatos, o que se vê é que a Ampla coloca em risco a esperança de progresso e desenvolvimento para toda a região, apesar das traumáticas desapropriações realizadas para passar as suas linhas de transmissão. Esse é um caso para ser visto de perto pelas autoridades, principalmente pelo Ministério Público.
Comentar
Compartilhe