Folha de São Paulo "descobre" salinização do Açu dois meses depois do blog
18/12/2012 | 16h14
Antes tarde do que nunca O renomado jornal Folha de São Paulo "descobriu" a salinização  e a progressiva desertificação do Açu pelas obras do porto de Eike dois meses depois do blog e do site Somos Assim (AQUI). Nessa terça-feira a Folha de SP publicou matéria sobre o assunto. (Confira AQUI).
Comentar
Compartilhe
Pulverizando os méritos no canto dos cisnes
11/12/2012 | 12h43
Ao apagar das luzes do atual mandato, os vereadores de Campos promoveram uma verdadeira salada durante uma incrível e chatíssima sessão solene da Câmara Municipal, com mais de quatro horas de duração, quando cerca de uma centena de pessoas foram agraciadas com comendas e títulos. Entre os agraciados, muitos mereciam as justas homenagens, já de outros, nunca antes se ouviu falar, ou se ouviu muito... Teve de tudo. Tal falta de parcimônia e seletividade não desmerece os méritos dos justamente homenageados, mas vilipendia sobremaneira o valor das comendas...
Comentar
Compartilhe
Salgando o pirão
07/12/2012 | 22h09
Comentar
Compartilhe
Inquérito Federal vai apurar salinização provocada por obras do Porto do Açu
06/12/2012 | 22h42
Salgando o pirão Ministério Público Federal vai apurar impactos da salinização e exige que Inea trabalhe Uma notícia boa para o futuro do meio ambiente, da população e dos agricultores do 5° distrito de São João da Barra e da Baixada, a divulgação dos preocupantes resultados da pesquisa realizada por uma equipe do laboratório de Ciências Ambientais da Uenf, integrada pelo Dr. Carlos Rezende e pela Dra. Marina Suzuki e mestrandos, levou o Ministério Público Federal, representado pelo procurador da República Eduardo Santos de Oliveira, a instaurar Inquérito para apurar o tamanho do impacto ambiental causado pelas obras de construção do superporto do Açu e também insta o Inea local, que já está ficando famoso pela sua estranha indolência e arraigada incompetência, a informar quais medidas tomadas para combater o impacto e também a realizar uma real e eficaz fiscalização no local das obras, além de solicitar o encaminhamento para o MPF das licenças ambientais concedidas para a obra. Como o procurador Eduardo Oliveira não brinca em serviço, recomenda-se que os responsáveis pela salinização e os responsáveis pela pífia fiscalização, tomem providências imediatas para dirimir impactos futuros às suas próprias trajetórias... O assunto veio à tona através de matéria publicada nesse blog (AQUI) e no site da Somos, confira. Risco para saúde da população PMSJB distribui água salgada imprópria para consumo humano RELEMBRE (AQUI) - Em entrevista exclusiva à equipe de reportagem da Somos, o Prof. Dr. Carlos Eduardo Rezende, do Laboratório de Ciências Ambientais (LCA) da Uenf, relatou o resultado de uma pesquisa realizada no 5º Distrito de São João da Barra com a água que a população está consumindo, distribuída sem monitoramento pela Prefeitura Municipal de São João da Barra, que, segundo os resultados obtidos por testes de condutividade elétrica com equipamentos de última geração, revelou um nível de sal muito além do normal, colocando em grave risco a saúde da população local, além de prejudicar animais domésticos, a fauna e a agricultura, já que o processo de salinização da terra é acelerado e irreversível.
Comentar
Compartilhe
Niemeyer morre no Rio depois de ter sido morto em Campos faz tempo
05/12/2012 | 22h46
Morreu hoje, aos 104 anos, Oscar Niemeyer. A notícia não é nenhuma novidade em Campos, onde já haviam matado parte dele e da sua obra ao permitir e estimular a construção de “puxadinhos quiosques” na Uenf (olha ela aí de novo) que, descaradamente, alteraram o seu projeto de “Cocar” do campus daquela universidade, úbica obra sua no município. Enquanto em Niterói se faz turismo percorrendo o “Caminho Niemeyer”, aqui se andou para trás e, pior, licitando os entojos com dois preços diferentes para o mesmo projeto, incrivelmente vencidos pela mesma empresa, em uma licitação pela manhã e outra à tarde... Niemeyer deve estar dando três voltas na cova...  
Comentar
Compartilhe
As que já eram sem nunca terem sido...
05/12/2012 | 22h27
Dia desses, o professor Marcos Pedlowski, da Uenf, comentou em seu mailing, com muita propriedade, que a maioria das famosas TVs de LCD de 50 da Uenf (SAIBA MAIS AQUI), com sua aquisição ainda sob investigação das autoridades, caminha celeremente para obsolescência antes mesmo de serem utilizadas, ferindo frontalmente o princípio da economicidade. Segundo ele, “ainda aguardando a tomada na parede ou uma extensão para poderem ser ligadas”. O atento mestre também lembra: “havia a promessa de que teríamos dentro da Uenf uma conexão com a TV online da Capes”. Pois é, o nobre acadêmico está cobertíssimo de razão. Nada rolou, só o inquérito... Pelo menos por enquanto, claro...
Comentar
Compartilhe
Mercador do alheio
05/12/2012 | 13h38
E o Mercadante hein? Apesar do veto de Dilma, não se dá por vencido na tentativa de tungar os royalties dos estados e municípios produtores. Agora organiza uma mobilização para tentar vetar o veto. Ele que porque quer pulverizar os royalties redistribuindo com todo os estados da Federação. Parece ter vislumbrado uma forma genial de ficar em evidência e passar por benfeitor para capitalizar futuramente nas urnas. Fazer caridade com o dinheiro dos outros é fácil...
Comentar
Compartilhe
Bom moço
05/12/2012 | 13h32
A posição de Mauro Silva, apesar de muito cotado para presidência da Câmara Municipal de Campos, em declarar apoio ao colega Edson Batista para o cargo, bastante simpática, não pode ser considerada apenas fruto de "bom mocismo". Na realidade, em seu grupo político nada acontece sem o OK de Garotinho. E Mauro, um seus mais leais escudeiros, certamente não daria um passo desses sem a benção do seu líder.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Esdras

[email protected]