Garotinho manda chumbo na oposição de Campos – de Al Capone a urubu, fez a festa
30/12/2010 | 14h57
O ex-governador Garotinho fechou 2010 em seu blog disparando a sua metralhadora rotativa sem dó nem piedade em cima da recém criada “Frente Democrática de Oposição”. No texto ele diz que olhando a foto do grupo publicada na Folha teve vontade de rir, e não perdoou ninguém. Entre outros “elogios”, chamou Bacellar de Al Capone, disse que Sérgio Mendes abandonou a prefeitura pela porta dos fundos e foi considerado o pior prefeito que Campos já teve, acusou o filho de Odisséia de ter sido funcionário fantasma e o PT de ter indicado os diretores da Campos Luz que foram parar na cadeia, e ainda vaticinou: “em breve, mais pessoas serão presas”. Sem esquecer-se do seu arqui-rival, acusou Arnaldo Viana de manter contas em paraísos fiscais. Sobre o governo Mocaiber, Garotinho citou Nelson Rodrigues: “era ‘uma reunião de urubus, atrás de uma carniça’, no caso, a prefeitura de Campos”. Para finalizar o tiroteio, o ex-governador disparou um foguete: “Acho que essa frente deveria se chamar “Aliança para a Destruição de Campos”. Com a eleição adiada é a verdadeira história de “A volta dos que não foram”, ou o “Titanic”, que afundou levando os sonhos de pilantragem que muitos já estavam elaborando para saquear os cofres da prefeitura mais uma vez”.
Comentar
Compartilhe
Alexandre Rosa quer Garotinho, que dispensou Gersinho, porque quer Betinho
28/12/2010 | 22h48
O Quatrilho Caiu na rede é peixe. Em seu blog, o sanjoanense Zé Vitor reproduz diálogos que teria mantido com Nelson Nahin e Wladmir Matheus no dia 28. No primeiro diálogo Nahim teria dito que foi procurado por Alexandre Rosa, presidente da Câmara de São João da Barra, que procurava uma aproximação com Garotinho, mas a sua resposta não foi um banho de água fria em Rosa: “O compromisso do PR em SJB, é com o ex-prefeito Alberto Dauaire Filho”. Sobre o segundo diálogo, dessa vez com Wladmir, Vitor postou, “quem está à procura de Garotinho é Gersinho (futuro presidente da Câmara). Wladimir admitiu que Garotinho, neste momento, está animadíssimo com o cargo de deputado federal e bastante feliz com a votação que recebeu, e afirmou: ‘Garotinho vai de ex-prefeito para 2012’”. Leia na íntegra AQUI.
Comentar
Compartilhe
Arnaldo volta ao consultório
28/12/2010 | 13h45

xxxxxxxxxxxxxxx

O ex-prefeito e médico Arnaldo Viana, não reeleito deputado federal, estará de volta ao consultório a partir dessa segunda-feira, quando passará a atender no Hospital Álvaro Alvim. Mas apenas SUS e Social. Ele é neurocirurgião formado pela Faculdade de Medicina de Campos em 1972, com residência médica no Hospital da Lagoa (RJ), Membro titular da Academia Brasileira de Neurocirurgia e tem Pós-graduação em Neurocirurgia na Alemanha. Se a política sair perdendo, certamente a Saúde sairá ganhando.

Comentar
Compartilhe
Cidade X - supermoderna cidade digital para 250 mil pessoas - "The Guardian"
27/12/2010 | 23h05

Eike Batista ao "The Guardian": “Rio será inacreditável em 15 anos”

[caption id="attachment_724" align="aligncenter" width="639" caption="Confira no link abaixo a entrevista na íntegra. Vale usar o Google tradutor."][/caption] Em entrevista publicada no dia 26/12 pelo jornal inglês "The Guardian", Eike Batista declara que, através da sua holding EBX, pretende investir R$ 34 bilhões no Rio, em apenas dois anos, construindo portos, fábricas e perfuração de petróleo. "Se eu olhar para o Rio daqui a 10, 15 anos, será inacreditável". O diário britânico também fala, “ele está trabalhando em planos para construir, a partir do zero, uma supermoderna cidade digital para cerca de 250.000 pessoas. A cidade,que será erguida a 240 quilômetros da capital do estado e projetada pelo arquiteto brasileiro e urbanista Jaime Lerner, será chamada de Cidade X”. Leia a entrevista na íntegra AQUI.
Comentar
Compartilhe
Chuva de ovos nos Cavaleiros do Apocalipse por mais um atentado contra o verão de SJB
21/12/2010 | 12h38
[caption id="attachment_710" align="aligncenter" width="756" caption="A auxiliar de Guarda Civil, Simone Pinto Rangel, descontente com a atitude do presidente da Câmara Alexandre Rosa rasgou e cuspiu na camiseta com os dizeres “Estamos contra Alexandre Rosa”. "][/caption] Kamikazes Os vereadores conhecidos como os “Cinco Cavaleiros do Apocalipse de São João da Barra” perderam mais uma oportunidade de aprovar a suplementação de verba que viabilizaria o tradicional verão do município e poderia ajudar a consertar o que está sendo considerada a maior mancada política de todos os tempos na região e que deverá colocar uma pá de cal nas pretensões políticas do grupo que ambiciona eleger o próximo prefeito. A julgar pela que foi visto na Câmara, o tiro dos vereadores saiu pela culatra. [caption id="attachment_712" align="aligncenter" width="756" caption="Vereadores em fuga sob chuva de ovos e proteção policial"][/caption] Síndrome dos pequenos prefeitos Como se sofressem de uma “síndrome dos pequenos prefeitos”, os vereadores pareciam ter resolvido governar o município no lugar da prefeita eleita Carla Machado e retalharam o orçamento com 50 emendas que remanejam verbas em todas as secretarias. Após as medidas que revoltaram os sanjoanenses, os abilolados vereadores foram obrigados a sair da Câmara sob uma chuva de ovos e novamente protegidos por forte escolta policial, diante da forte comoção popular que se formou na cidade. Perplexa com o resultado da votação, a prefeita Carla Machado lembrou que o Orçamento de 2011, assim como o de 2010, foi realizado com participação popular, recebendo propostas, sugestões e pedidos da população, inclusive com audiências públicas. Carla lamentou a perda de R$ 50 milhões em capital circulante e disse que aguardará o encaminhamento oficial da mensagem pelo Legislativo.
Comentar
Compartilhe
Uenf compra 150 TVs de 52 polegadas por quase um milhão
20/12/2010 | 17h49
Nesse domingo, a Revista Somos Assim divulgou mais uma estranha licitação na Uenf. Desta vez foram adquiridos 150 televisores da marca Sony (isso mesmo, cento e cinquenta), modelo Bravia, de 52 polegadas, por R$ 5.882,99 a unidade, num total de R$ 882.448,50. A vencedora da licitação, na modalidade Pregão Eletrônico, nº 54/2010, foi a empresa Web Site Acessórios e Suprimentos Ltda, de nome fantasia Rio Supri. Sede Segundo o registro da Receita Federal, a sede da empresa é localizada no centro do Rio de Janeiro, na Rua do Lavradio, nº 5. Diante da volumosa e inusitada aquisição de 150 televisores de 52 polegadas, a equipe da revista Somos passou a pesquisar a transação e foi surpreendida pelo precário imóvel apontado como sede de uma empresa que fez uma venda de um valor tão alto para uma universidade estadual, aparentemente um casarão semi-abandonado, com um brechó de velhos móveis na frente, sem nenhuma placa ou indicação de que ali exista uma empresa desse porte, como é possível ver na foto. Por telefone, a funcionária Patrícia garantiu que a empresa funciona ali e que o acesso a ela se daria por dentro do poeirento e sujo brechó que funciona no andar térreo, mesmo não havendo qualquer identificação da “Website” ou “Rio Supri” na parte externa do prédio. Mas ela avisou que o rapaz que fica sentado na calçada, esse com o gato preto embaixo da cadeira, como se vê na foto publicada nesse post, estaria ali para dar informações sobre a localização da Website. Na casas Bahia economizaria 170 mil Outro fato que impressiona bastante na licitação de quase um milhão de reais para aquisição de 150 enormes TVs feita pela Uenf, é que o preço pago pela Universidade é bem superior ao encontrado facilmente em uma rápida pesquisa de mercado. Nos sites da Casas Bahia, Extra e Ponto Frio é possível encontrar o modelo de televisão entregue na Universidade com valores de mais de mil reais abaixo do que a Uenf pagou a Rio Supri, ou seja, de R$5.882, 99 o preço poderia ter baixado para R$4.749,05. A licitação foi do tipo menor preço global e, no fim das contas, a Universidade desembolsou R$ 882.448,50 pelos televisores, quando poderia ter pago R$ 712. 357. 50. Uma economia de R$170.091, que poderia ser ainda mais ampliada devido ao grande número de aparelhos adquiridos. Explicações ao Observatório Diante de tudo isso, questiona-se ainda a real necessidade da Uenf adquirir 150 enormes televisores, possivelmente um número maior do que o de salas de aula que tem disponíveis, por quase um milhão de reais, uma quantia que poderia muito bem ser aplicada em recursos humanos qualificados, sempre tão penalizados pelas diretrizes daquela instituição. Esse parece ser um caso adequado para ser analisado pelo recém-lançado Observatório de Controle Social. Certamente o magnífico reitor Almy Junior e a Web Site Acessórios e Suprimentos Ltda farão questão de fornecer todas as explicações legais para esclarecer os motivos da aquisição dos 150 aparelhos de TV de 52 polegadas a preço mais alto do que o encontrado facilmente no mercado varejista. Empresa diz que explicações cabem à Uenf e reitor não é localizado Procurada para esclarecer alguns pontos intrigantes desse contrato com a Uenf, a representante comercial da Website, Flávia Silva de Sousa, disse que qualquer questionamento tem que ser feito à Universidade. A equipe da Somos tentou localizar o reitor Almy Jr. para que ele pudesse dar maiores esclarecimentos, no entanto, foi informada em seu gabinete que o reitor estava no Rio de Janeiro. Saiba mais AQUI.
Comentar
Compartilhe
Meninas de Guarus - Ministério da Justiça aceita denúncia da pedofilia em Campos
18/12/2010 | 21h20
Cumprindo o que havia prometido em entrevista exclusiva à Somos, o deputado federal Geraldo Pudim enviou ao Ministério da Justiça uma consistente denúncia sobre a exploração sexual de menores em Campos, principalmente do sórdido caso conhecido como “As meninas de Guarus”. Segundo o ofício nº 573/10, o Ministério da Justiça encaminhou o material sobre o caso à secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, secretaria Nacional de Segurança Pública e Departamento de Polícia Federal, solicitando que tomem conhecimento e adotem as providências pertinentes. O deputado Geraldo Pudim teve a sua atenção despertada para a lentidão na apuração do rumoroso caso da rede de exploração sexual de menores por um fato novo, trazido à tona pela vereadora Odisséia, de que os hotéis do centro da cidade estariam sendo usados para prostituição infantil. Pudim deixou claro que não entendia por que ainda não havia resultados efetivos no inquérito do Ministério Público Estadual. “É evidente que, no momento em que está nas mãos das autoridades competentes, você espera que haja um desdobramento e uma consequência. Eu gostaria realmente de ver, porque tem quase dois anos que esse inquérito está andando”, disse. As investigações sobre “As Meninas de Guarus” ganharam destaque na imprensa quando a Somos revelou, após ouvir algumas meninas vítimas da exploração, como a quadrilha agia cruelmente. Há denúncias de que duas menores foram drogadas até chegar a uma overdose fatal dentro da casa onde eram obrigadas a ficar trancadas, sem que os criminosos permitissem qualquer tipo de socorro. Saiba mais AQUI.
Comentar
Compartilhe
Marinha autoriza OSX e LLX a construir canal onshore do Superporto do Açu
18/12/2010 | 01h59
[caption id="attachment_682" align="aligncenter" width="756" caption="A projeção artística do canal onshore e do estaleiro da OSX no Porto do Açu"][/caption] Nesta sexta-feira (17), A OSX e a LLX anunciaram que a Marinha concedeu a autorização para o desenvolvimento do canal onshore no Superporto do Açu, onde será construído o estaleiro do grupo. O canal, que terá 7 km de cais e mais de 20 berços para atracação de navios, com retroárea de aproximadamente 8 milhões de m2, permitirá a duplicação do volume de exportações e importações projetado para o porto que, assim, ficará entre os maiores do mundo. Segundo Otávio Lazcano, diretor-presidente da LLX, “Esta divulgação representa um passo fundamental na consolidação do Complexo Industrial do Superporto do Açu que, com esta expansão, poderá atender a uma crescente demanda de empresas atraídas pela sua localização estratégica, eficiente integração logística e sinergias industriais”. O empreendimento deverá gerar 3.500 empregos só na fase de construção do estaleiro, totalizando 10 mil quando iniciar as operações, o que irá contribuir para o fortalecimento da economia local e ajudar a incentivar o crescimento da região.
Comentar
Compartilhe
EBX seleciona sanjoanenses para qualificação profissional para Superporto do Açu
18/12/2010 | 01h53
O Grupo EBX, de Eike Batista, marcou as datas das provas de seleção para os inscritos no Programa de Qualificação Profissional em São João da Barra, que serão realizadas de 4 a 7 de janeiro, em Atafona, Cajueiro, Açu e no centro da cidade. Nessa primeira etapa, o programa de qualificação, realizado em parceria com o Senai, vai selecionar 400 candidatos para cursos técnicos de soldador eletrodo revertido 4G, pedreiro de alvenaria, carpinteiro de formas de bancada, técnicas de armação para estrutura de concreto e técnicas de execução de alvenaria com blocos cerâmicos. A iniciativa vai capacitar sanjoanenses para o novo mercado de trabalho aberto pela construção do Super Porto do Açu, estaleiro e termoelétricas. Para informações sobre os locais de provas e datas, o Grupo EBX disponibilizou o endereço eletrônico comunidade@ebx.com.br.
Comentar
Compartilhe
Cavaleiros do Apocalipse quase apanham da população de SJB
17/12/2010 | 14h00
[caption id="attachment_667" align="aligncenter" width="756" caption="O tempo fechou para os vereadores que saíram da Câmara seguidos pelo povo revoltado"][/caption] O tempo fechou em São João da Barra. Sem pensar nas consequências, “Cavaleiros do Apocalipse” sepultam o verão de SJB. A população se revoltou com a decisão, que tira 50 milhões da economia local e vereadores se viram obrigados a fugir sob escolta policial para não apanhar de populares. [caption id="attachment_668" align="aligncenter" width="756" caption="Camarão, depois do deboche, a fuga..."][/caption] Impacto na economia A decisão da Câmara, por cinco votos dos “Cavaleiros do Apocalipse”, reduziu a suplementação solicitada pelo Executivo, de R$ 7 milhões para R$ 600 mil, inviabilizando a realização da programação de verão, o que vai causar um forte impacto em toda a cadeia comercial do município, reduzindo drasticamente o movimento em pousadas, bares e restaurantes, o que levará a mesma redução de vendas a supermercados, farmácias, padarias etc.. Para agravar ainda mais a situação, a maioria desses estabelecimentos investiu em reformas e estoques que precisam ser pagos. Isso, além das centenas de profissionais, como eletricistas, bombeiros, jardineiros e ambulantes que ficarão sem fonte de renda, gerando um enorme problema social. [caption id="attachment_669" align="aligncenter" width="756" caption="Quais motivos levaram os vereadores a tirar o sustento de centenas de trabalhadores sanjoanenses?"][/caption] Até os amigos repudiam Dezenas de amigos e eleitores dos cinco vereadores que marcaram esse gol contra São João da Barra. Renato Machado, da Barra FM, se disse decepcionado com a atuação do seu amigo pessoal Alexandre Rosa, presidente da Câmara, e dos outros quatro vereadores: “o que está sendo feito com a população de São João da Barra é uma covardia” [caption id="attachment_670" align="aligncenter" width="756" caption="Vereador Kaká olha assustando pra trás enquanto vereador "Camarão" é cobrado pelo povo"][/caption] [caption id="attachment_673" align="aligncenter" width="755" caption="Kaká, Camarão e Rodolfo fugindo do povo"][/caption] Enterro solidário Ao sepultar o verão de São João da Barra, município que se orgulha da sua forte vocação turística, os cinco “Cavaleiros do Apocalipse” jogam uma pá de cal na sepultura das suas próprias pretensões políticas.
Comentar
Compartilhe
Cavaleiros do Apocalipse sepultam verão de São João da Barra
16/12/2010 | 20h12
Os coveiros do verão [caption id="attachment_165" align="aligncenter" width="755" caption="Entrando pela porta de trás da história"][/caption] Movidos por um insano jogo de vaidades, ambição e sede de poder, os vereadores Alexandre Rosa, Gersinho, Camarão, Kaká e Franquis acabam marcar um verdadeiro gol contra, que vai afetar toda a economia e a população de São João da Barra,  sepultando o verão do município ao aprovar apenas 10% do pedido de suplementação da prefeita Carla Machado. Depois dessa, dificilmente um deles será novamente eleito por lá e, diante da revolta popular que formou na frente da Câmara, até passear na praia ou andar na rua pode ficar difícil ou impossível para os desmiolados edis. Entre eles, o que deverá sair perdendo mais será o próprio presidente da Câmara Alexandre Rosa que, antes de tudo, é comerciante estabelecido na praça sanjoanense. Basta ler os comentários do blog para perceber que será forte o boicote popular ao seu estabelecimento. O povo não perdoa a quem lhe tira o pão e o leite das crianças. Cabeças de camarão Os cinco vereadores conhecidos como os “Cavaleiros do Apocalipse” de São João da Barra não mediram as consequências na ânsia de tentar empanar o brilho do governo de Carla Machado, que vem planejando um futuro brilhante para aquele município. Para atingir seus obscuros objetivos o quinteto já sabotou o Porto do Açu e, agora, sepultou as festas de fim de ano e o verão, responsáveis por injetar milhares de reais na economia local. Pelo visto, eles têm na cabeça o mesmo que os camarões da região...
Comentar
Compartilhe
Retorno de Rosinha deverá abalar mais a situação do que a oposição
14/12/2010 | 22h43
A decisão do TSE, que anula o acórdão que tornava inelegível Garotinho e cassou Rosinha e Chicão, com o provável retorno da prefeita cassada à prefeitura de Campos em pouco tempo, levará a uma nova reviravolta no tabuleiro político do município, pois a expectativa da eleição suplementar pode ter causado um estrago bem maior do que aparenta. Afinal, Nahim, um “mussum ensaboado”, como diz o povo da baixada, retornaria à presidência da Câmara Municipal fortalecido por levar na bagagem as boas relações que manteve com vereadores da situação e da oposição durante o seu período de interinidade. Uma situação que, certamente, não deve ter agradado muito ao seu líder e irmão, apesar de ele negar, e também pesado bastante na avaliação que fez sobre a intensidade do desejo de Nahim em ensaiar um vôo solo, uma ousadia que Garotinho nunca perdoou aos seus comandados.
Comentar
Compartilhe
Cavaleiros do Apocalipse matam Papai Noel, Réveillon e Verão de SJB
14/12/2010 | 00h25
Em uma manobra com objetivos conhecidos, mas que legalmente não podem ser divulgados, apesar de todo mundo saber quais são, os cinco vereadores de São João da Barra, conhecidos como os Cavaleiros do Apocalipse por tentar inviabilizar o progresso da região através do Porto do Açu, efetuaram cortes radicais no orçamento para inviabilizar as tradicionais festas de fim de ano e o verão, sufocando a vocação turística do município. Sem os shows e a organização oficial da temporada, serão retirados 40 milhões de capital circulante nas pousadas, nos quiosques, nos restaurantes e no comércio em geral. Essa é a expectativa que criaram para o verão de SJB.
Comentar
Compartilhe
Julgamento de Garotinho amanhã foi um balde água fria na manifestação de hoje
13/12/2010 | 18h02
[caption id="attachment_635" align="aligncenter" width="756" caption="As ultimas manifestações da turma da Lapa saíram pela culatra"][/caption] O julgamento do recurso de Garotinho, marcado para amanhã no TSE, foi determinante para o cancelamento da manifestação em frente ao prédio da Justiça Eleitoral de Campos contra a decisão do TRE, que marcou eleições suplementares no município. Ainda são muito fortes, e bastante amargas, as lembranças dos péssimos resultados obtidos pelas algazarras do populismo messiânico da Lapa contra a cassação de Rosinha. Esperto, Garotinho sabe que mais vale um mandato de deputado na mão do que dois voando, e que as probabilidades de garantir o seu diploma são bem maiores sem que os ministros recebam notícias da incitação da insurgência da turba contra decisões judiciais.
Comentar
Compartilhe
Nahim faz reforma simples em casa média por 220 mil reais
12/12/2010 | 23h12
O “Show dos Milhões” continua [caption id="attachment_626" align="aligncenter" width="756" caption="PMCG faz reforma simples em casa média por 220 mil reais"][/caption] Quem ficou surpreso com a reforma do banheiro do terminal rodoviário por 94 mil reais agora tem motivo para tomar outro susto. O prefeito Nelson Nahim está reformando uma casa média por mais de 220 mil reais. Dava para construir outra Desta vez, o prefeito interino Nelson Nahim contratou a empresa Econflu – Empresa de Construção Norte e Noroeste Flumimense Ltda – para reformar uma casa para a implantação do Centro de Tratamento de Lesões Cutâneas e Pé Diabético, da secretaria de Saúde, por incríveis R$220.343,40. Isso mesmo, mais de duzentos e vinte mil reais. O imóvel, uma casa de tamanho médio, é localizado à Rua Salvador Corrêa, em frente ao colégio Nossa Senhora Auxiliadora. Como se pode ver claramente nas fotos publicadas nesta edição, as reformas que estão sendo realizadas não têm nada de especial. Qualquer pessoa que já reformou uma casa sabe que com R$ 220.343,40 é possível construir uma nova casa daquele tamanho, ao invés de simplesmente reformá-la. Ainda mais sem o custo do terreno da construção. Já que, segundo informações, o imóvel teria sido desapropriado pela prefeitura. Ou comprar três bons apartamentos Para se ter noção do valor absurdo que a prefeitura está pagando, com esta mesma quantia (a inicial) é possível comprar três bons apartamentos de 2 quartos em Campos: Anúncio no site da Terreplan: PQ. Rodoviário – Apto. 02 qtos, sala, cozinha, wc com blindex, área de serviço, lazer completa, sistema segurança, Ref.:1036 - Tel.:2737-5000 - CJ5104/RJ Ref. 1036 Tipo: Apto 02 qtos. Local: Parque dos Rodoviários - Campos dos Goytacazes - Valor: R$ 72.000,00 http://www.terreplan.com.br/?secao=prontos_detalhes&ref=1036 (Alías, R$ 72.000,00 é mesmo preço de custo de cada casa popular do programa Morar Feliz, construídas em área de lagoa e sem colunas de concreto) É ruim, mas pode piorar Mas o que já é ruim ainda pode ficar pior. Além do valor inicial já ser impressionante, ainda existe a possibilidade da tradicional aditivação de 25%.  Este termo aditivo é previsto na lei 8666 somente para os casos em que a alteração do projeto inicial ocorre motivada por terceiros (nem pelo contratante nem pelo contratado), mas a sua aplicação tem sido corriqueira nos contratos da Prefeitura de Campos, o que poderia fazer a estranha reforma chegar a incríveis R$275.429,25. Veja AQUI como o dinheiro dos royalties do petróleo de Campos foi e continua indo para o ralo.
Comentar
Compartilhe
OSX e LLX anunciam datas das Audiências Públicas para licenciamento Ambiental do Estaleiro do Açu
10/12/2010 | 23h44
[caption id="attachment_621" align="aligncenter" width="756" caption="Fase atual das obras do Super Porto do Açu"][/caption] Nem mesmo os cinco Cavaleiros do Apocalipse de São João da Barra estão conseguindo impedir o progresso da região. Nessa sexta-feira (10), a OSX e LLX publicaram no Diário Oficial do Estado as datas para as audiências públicas para implantação do estaleiro no Açu, marcadas para os dias 11 e 12 de janeiro de 2011, quando será discutido o processo de licenciamento ambiental para a instalação da Unidade de Construção Naval do Açu (UCN Açu), no Super Porto do Açu, em São João da Barra. O projeto representa um investimento de US$1,7 bilhão (cerca de R$ 3 bilhões) e vai gerar 3.500 empregos diretos na construção e 10 mil diretos na operação. No total serão investidos R$ 4,3 bilhões no Terminal Portuário Privativo de Uso Misto do Açu, sendo R$ 1,9 bilhão pela LLX Minas-Rio (responsável pela implantação do terminal portuário dedicado ao minério de ferro) e R$ 2,4 bilhões pela LLX Açu (responsável pela operação das demais cargas como produtos siderúrgicos, carvão, granéis líquidos e granito). A OSX Construção Naval tem como sócia (10% de participação) a sul-coreana Hyundai Heavy Industries (HHI), líder mundial em construção naval. Pelo acordo estratégico firmado entre as partes a HHI irá transferir tecnologia estado da arte e knowhow que permitirão a OSX atingir níveis de produtividade asiática em apenas dois anos de operação. Para Otávio Lazcano, diretor presidente e de Relações com Investidores da LLX, esse evento representa um “marco definitivo para o crescimento do Complexo Industrial do Superporto do Açu”.
Comentar
Compartilhe
João Peixoto e o drama da cassação
09/12/2010 | 20h56
[caption id="attachment_153" align="aligncenter" width="756" caption="O mandato de João Peixoto está na corda bamba"][/caption] Aumenta o drama do deputado João Peixoto. O juiz Luiz Márcio Victor Alves Pereira, do TRE-RJ, deu cinco dias para que o deputado recém-reeleito se manifeste sobre a o pedido de Tutela Antecipada, que visa a sua cassação, na Ação de Investigação Eleitoral, Nº-673214.2010.619.0000, sobre captação ilícita de sufrágio (compra de votos), abuso de poder econômico, abuso de poder político/autoridade, e que engloba pedidos de cassação do diploma e do registro eleitoral, e pedido de declaração de inelegibilidade. A liminar para a cassação será apreciada após a sua notificação e o transcurso dos cinco dias. Segundo o advogado Jamilton Damasceno, autor da peça, o bicho já pegou. Agora é só uma questão de tempo.
Comentar
Compartilhe
Debaixo da ponte gritando ao vento pela prefeita cassada Rosinha Garotinho
09/12/2010 | 20h23
[caption id="attachment_610" align="aligncenter" width="756" caption="Bateu o desespero no populismo messiânico da Lapa"][/caption] O populismo messiânico da Lapa continua com as suas velhas e manjadíssimas práticas de querer ganhar tudo no peito e no grito. “Militantes”, inconformados com a determinação de uma eleição suplementar em Campos, a que chamam de “Golpe”, estão organizando para segunda-feira uma das suas tradicionais algazarras, dessa vez entre o prédio da Justiça Eleitoral e aquela “área de alimentação” que a prefeita cassada Rosinha Garotinho preparou debaixo da ponte... Sabe o que eles vão ganhar com isso? Calos no pé e muita dor de cabeça e de garganta...
Comentar
Compartilhe
Alexandre Rosa fala sobre tudo - entrevista completa
08/12/2010 | 14h13
Atendendo a inúmeros pedidos de leitores do blog, principalmente os do 5º Distrito de São João da Barra, que vivem momentos de apreensão e não tiveram acesso à entrevista do presidente da Câmara Municipal de São João da Barra, Alexandre Rosa, que respondeu à perguntas sobre assuntos polêmicos do município, como desapropriação, candidatura a prefeito, Carla Machado, demissões na Câmara e até sobre briga de galos, publicada na última edição da Revista Somos Assim, o blog disponibiliza a Entrevista Completa Aqui. Leia, tire as suas conclusões e deixe o seu comentário.
Comentar
Compartilhe
TRE marca eleição em Campos e populismo messiânico da Lapa entra em desespero
08/12/2010 | 00h06
Vai começar a briga pelos despojos de Rosinha Líder esférico e jurista derrotado na cassassão da chefe fazem pirraça e esperneiam, mas eleição suplementar está marcada para o dia 6 de fevereiro, como adiantou o blog Opiniões (AQUI). Apesar de negarem de pés juntos, e continuarem afirmando que acreditam em um retorno triunfal da prefeita cassada Rosinha Garotinho, populistas já colocam nomes na agulha para entrar nessa disputa por um resto do mandato, temperado com aquele gosto amargo de bucha de canhão, já que os cofres estão vazios, o orçamento do próximo ano já está comprometido e os royalties estão perigando. Ou seja, comeram a carne e deixaram o osso... Quem se habilita?
Comentar
Compartilhe
Nahim vai reformar banheiro por 94 mil reais
05/12/2010 | 10h51
A construção de um banheiro no valor de 30 mil reais, no governo Arnaldo Viana, foi alvo de ferozes críticas do grupo de Garotinho, e o valor da obra também foi assunto acalorado em um dos debates entre Rosinha Garotinho e Arnaldo Viana na época da campanha para a eleição de 2008. Mas, para surpresa de todos, agora, em plena gestão interina do irmão de Garotinho e cunhado da prefeita cassada Rosinha Garotinho, Nelson Nahim, que sempre enfatizou que ouve o irmão e a cunhada em seus atos oficiais, foi publicado no Diário Oficial do Município (23/11) o extrato do contrato nº 553/10 / processo n.º 2010.026.000257-5-PR / carta convite nº 167/2010, que registra, oficialmente, a contratação da empresa Crespo Sacre Construções Ltda para a reforma do banheiro público no terminal rodoviário, na Avenida XV de Novembro, pelo valor de R$94.797.98. Isso mesmo, mais de 94 mil reais apenas pela reforma do banheiro no terminal rodoviário. Saiba mais AQUI. Reforma de banheiro por 94 mil e de Posto de Saúde por 22 mil [caption id="attachment_573" align="aligncenter" width="755" caption="Reforma de banheiro por 94 mil e de posto de saúde por apenas 22"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Presidente da Câmara de SJB fala sobre assuntos polêmicos do município
05/12/2010 | 10h35
O presidente da Câmara de Vereadores, Alexandre Rosa, concedeu ampla entrevista à revista Somos Assim, publicada nesse domingo, onde fala sobre desapropriação no 5º Distrito para área industrial do Super Porto do Açu, vícios de inconstitucionalidade na lei que transforma área do Distrito Industrial em área de interesse ambiental e rural, obras na Câmara, CPI, brigas de galo, saída do grupo de Carla Machado, candidatura a prefeito de SJB, Cinco Cavaleiros do Apocalipse, mudanças no regimento da Câmara, eleição de Gersinho e futura chapa para a prefeitura, exoneração de funcionários da Câmara por ordem judicial e ameaças de banho de sangue caso os produtores do 5º Distrito que tiveram terras desapropriadas sejam retirados à força. Vejam abaixo um trecho da entrevista: ...S.A.: Recentemente nós fizemos uma matéria sobre briga de galo em SJB, que é uma coisa muito enraizada, com três rinhas de galo no município, uma muito frequentada, em Caetá. O que a Câmara está fazendo para combater essa crueldade combatida no mundo inteiro. Alexandre: Eu, particularmente, não gosto de nenhum tipo de jogo. A crueldade com os animais eu entendo que existem órgãos ambientais para fiscalizar isso. S.A.: Vocês também poderiam denunciar isso. Alexandre: Já foi feita a denúncia através de vocês. Mas a gente pode estar apurando. Só que não foi proposição de nenhum vereador, nem de situação nem de oposição. S.A.: É de conhecimento geral da população a localização desses centros de treinamento e das rinhas. A denúncia é que um dos maiores proprietários de centros de treinamento é um dos vereadores do seu grupo. Alexandre: Tem que provar se realmente existe isso. S.A.: Essa semana ele tirou os galos da casa dele, mas deixou as gaiolas. Você deve saber de quem a gente está falando... Como presidente da Câmara, você deve ter conhecimento do que acontece na cidade. Alexandre: Eu sei que existe. Não vou negar que alguns colegas têm uma certa..., como eu vou dizer para não me comprometer e comprometer as pessoas? Porque de repente a gente pode ser interpretado. Existem essas especulações de que existem rinhas, maus tratos com animais, mas eu nunca frequentei. Mas não estaria atrelado a um vereador X. S.A.: Não falamos em vereador X, mas a existência dessa prática cruel em SJB não é mais especulação. Nós fotografamos e os endereços foram divulgados. Seria simples você fazer um pedido de informação à prefeitura sobre o IPTU e ver o proprietário ou quem aluga. Alexandre: Por que exclusivamente eu tenho que fazer? Existem na Câmara nove vereadores, por que eu, exclusivamente a partir da denúncia da revista, tenho que fazer? Eu nunca frequentei rinha de galo. Sinceramente, nem sabia que existe uma lei que proíbe a briga de galo propriamente dita...
Comentar
Compartilhe
Cavaleiros do Apocalipse derrubam veto à lei que impede desenvolvimento da região
03/12/2010 | 13h10
[caption id="attachment_560" align="aligncenter" width="755" caption="Os "Cinco Cavaleiros do Apocalipse de Sâo João da Barra" - Foto / arquivo / Folha da Manhã"][/caption] Aconteceu o que todo mundo já sabia. Os “Cinco Cavaleiros do Apocalipse de São João da Barra” derrubaram o veto da prefeita Carla Machado à lei que pretende transformar o 5º Distrito em Área de Interesse Ambiental e Rural, impedindo a instalação do Distrito Industrial do Super Porto do Açu e seus 50 mil futuros postos de trabalho. Agora a decisão final caberá à Justiça. Democracia e ordem Parabéns ao povo de São João da Barra que, apesar dos incitamentos, mostrou-se ordeiro e democrático durante o debate da questão em plenário, até nas educadas vaias para o deputado Paulo Ramos. Lei foi aprovada sem passar pelo procurador da Câmara Mas, o que pouca gente ainda sabe, é que essa lei, que terá a sua inconstitucionalidade questionada na Justiça, foi montada no gabinete do deputado Paulo Ramos e, estranhamente, não passou pelo crivo do Procurador da Câmara Municipal de São João da Barra, o expert advogado dr. João Paulo Granja. Isso foi confirmado por ele mesmo e por Alexandre Rosa, presidente da Câmara, durante entrevista que será públicada pela revista Somos Assim em sua edição do próximo domingo. Na mesma entrevista, Alexandre Rosa declara que essa lei foi aprovada apenas para forçar um diálogo e vislumbra que ela traga vícios de inconstitucionalidade. Adiantamos alguns trechos da ampla entrevista abaixo: “S.A.: Você não achou radical uma lei dessas, que pode impedir todo esse investimento? Alexandre: Na verdade, a lei está tramitando. Nós usamos de um instrumento para tentar estabelecer esse diálogo, porque a boa vontade a gente não está vendo. S.A.: Quando você fala que está lei está apenas tramitando, vocês não levá-la até o fim? Alexandre: Nós pretendemos levá-la até o ponto em que haja entendimento. S.A.: Há quem diga que essa lei é inconstitucional. Alexandre: Existem vícios, de repente, de inconstitucionalidade, não posso garantir. S.A.: Dr. João Paulo (Granja), o senhor que é o procurador geral da Câmara, examinou essa lei? João Paulo: Não. S.A.: Vocês propuseram uma lei sem ouvir o procurador geral da Câmara? Alexandre: No dia que a gente for apreciar o veto vai estar presente o deputado Paulo Ramos que foi quem esteve com os proprietários de terras e que nos orientou em relação a essa lei de tombamento.” STF vê inconstitucionalidade A jurisprudência sobre casos semelhantes mostra que o tombamento é prerrogativa do poder executivo (no caso, da prefeita Carla Machado), e afirma a incompetência do poder legislativo nessa área (vereadores), sob pena de violar a Constituição, Veja abaixo um trecho da decisão do STF: ADI 1706 / DF - DISTRITO FEDERAL AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE Relator(a):  Min. EROS GRAU Julgamento:  09/04/2008           Órgão Julgador:  Tribunal Pleno ...5. O tombamento é constituído mediante ato do Poder Executivo que estabelece o alcance da limitação ao direito de propriedade. Incompetência do Poder Legislativo no que toca a essas restrições, pena de violação ao disposto no artigo 2º da Constituição do Brasil.... Decisão O Tribunal, por unanimidade e nos termos do voto do relator, julgou procedente a ação direta. Votou o Presidente. Ausentes, justificadamente, a Senhora Ministra Ellen Gracie (Presidente) e o Senhor Ministro Cezar Peluso. Presidiu o julgamento o Senhor Ministro Gilmar Mendes (Vice-Presidente). Plenário, 09.04.2008. (Grifei)
Comentar
Compartilhe
Carla Machado veta lei que impedia desenvolvimento da região com Porto do Açu
01/12/2010 | 19h53
A prefeita de São João da Barra Carla Machado, como se previa, vetou a lei que transformava a área do 5º Distrito em Área de Interesse Ambiental e Rural, aprovada pelos cinco vereadores que ficaram conhecidos como “Os Cavaleiros do Apocalipse de São João da Barra”. A lei impediria a criação do Distrito Industrial do Super Porto do Açu e a geração de 50 mil postos de trabalho na região, além de atravancar todo o desenvolvimento do Norte Fluminense e do Estado. Tiro pela culatra A inconstitucionalidade dessa lei tem sido questionada, já que ela seria prerrogativa do executivo e não do legislativo. Segundo o próprio Alexandre Rosa, presidente da Câmara sanjoanense, declarou em ampla entrevista que será publicada pela revista Somos no próximo domingo, a lei teria sido aprovada para forçar uma negociação, o que pode ter sido um tiro pela culatra, já que se derrubarem o veto da prefeita a lei será sancionada e, sem uma provável decisão judicial contrária, a área seria transformada em Área de Interesse Ambiental, onde nem mesmo a atividade rural dos produtores, que os vereadores dizem defender, poderia ser exercida. Colocando lenha na fogueira Para completar essa trapalhada toda, os vereadores estão convocando produtores e moradores do distrito para uma manifestação amanhã dentro da pequena sede do município. Em contrapartida, os trabalhadores do Porto do Açu, sentindo-se prejudicados, também devem comparecer para defender seus interesses, o que pode criar uma situação imprevisível e muito perigosa. Caso a coisa saia de controle, a responsabilidade deverá recair sobre quem incitou a população através das emissoras de rádio. Pelo sim, pelo não, a hora é de manter o bom senso e a tranquilidade, para resolver a polêmica civilizadamente. Mas, a essas alturas dos acontecimentos, um bom reforço do policiamento da cidade seria bem melhor que chorar sobre leite derramado. Veja AQUI o veto na íntegra
Comentar
Compartilhe