CRM: é conhecido, mas pouco utilizado
30/04/2010 | 11h47

A fidelização dos clientes depende de aplicações das soluções de CRM (sigla em inglês para gestão especial de clientes), inclusive a Microsoft está “internacionalizando” seu software de CRM para 32 países (antes era restrito aos Estados Unidos), o que facilita, e muito, quem utiliza o sistema Windows, pois contará com atualizações online.

O mais interessante é que as empresa de tamanho médio, sabem disso, mas não utilizam essa ferramenta.

Segundo recente pesquisa, somente 1 entre 4 empresas medianas dispõem de algum tipo de software específico para esse importante trabalho, que é de administrar e analisar os dados dos clientes. Isso é fundamental para saber que atitude tomar não só nos momentos de crises, ou campanhas de vendas desesperadas, mas também no futuro da empresa.

O problema é que essas empresas ligam a palavra CRM com altos gastos e pouca aceitação por parte dos funcionários, por ter o trabalho de conseguir recolher esses dados dos clientes, e assim, descartam essa importante ferramenta.

Esse trabalho é necessário dentro das empresas atuais, mesmo que seja uma simples planilha do Excel. Mas antes, é necessário conhecer os pontos fracos da empresa, para que possa haver retorno concreto e apontar soluções.

Pesquise no mercado os preços dessa importante ferramenta, e verá que há várias opções e faixas de preço.

Comentar
Compartilhe
Rede Globo obteve liminar contra Portal Terra
30/04/2010 | 09h38

Em nota oficial, a Rede Globo anunciou que obteve liminar da 8º Vara Cívil do Rio de Janeiro contra o Portal Terra, pelo uso indevido de imagens dos jogos de futebol, exclusivo da emissora.

Além de disponibilizar imagens quase que em tempo real, o portal vendia cota de patrocínio, o que também fere a exclusividade da emissora, segundo as regras da Lei Pelé, para o uso jornalístico das imagens.

Comentar
Compartilhe
Ferrari na mira da justiça devido a possível propaganda subliminar
29/04/2010 | 17h04

Como já foi citado num post passado, a Ferrari usa na Fórmula 1 uma suposta propaganda subliminar dos cigarros Marlboro em seus carros, sendo que é proibida qualquer propaganda de cigarros em eventos esportivos.

Pois bem, agora a Ferrari está sendo acusada pela União Européia de utilizar essas mensagens subliminares, fazendo a propaganda de cigarros em seus carros. Os carros vermelhos com as listas brancas, como se vê nas fotos, nos remetem ao logo da Marlboro, que paga 100 milhões de Euros anuais de “patrocínio” a Ferrari.

Isso poderá ocasionar problemas durante o próximo Grande Prêmio, no Reino Unido.

Por outro lado, a Phillips Morris diz estar confiante de que não esta burlando a legislação antitabagista da Europa. Veremos..

Comentar
Compartilhe
Casas Bahia: prova de que anunciar faz bem!
28/04/2010 | 14h19

O maior anunciante no país em 2009 foi as Casas Bahia, com investimento de R$ 1,2 bilhão.

A linha de produto desse gigante do varejo atinge 186 milhões de consumidores por dia! Estima-se que a rede esteja presente em quase 18 milhões de lares, anunciando em 21 emissoras de televisão, 507 emissoras de rádio, 141 jornais e 33 títulos de revistas. A verba destinada ao marketing corresponde a 3% do faturamento bruto da empresa.

Para se ter uma idéia, em 2008 foram produzidos 27 mil anúncios, 4.3 mil filmes e 5 mil spots.

Aí vem a pergunta: é a maior rede de varejo porque anuncia mais, ou anuncia mais porque é a maior? A resposta é simples. Anuncie, faça propaganda de seu negócio, que com certeza trará retorno.

Comentar
Compartilhe
O poder da Marca Mãe
27/04/2010 | 17h16

Alguns anos atrás, as marcas corporativas (a marca da empresa) não recebiam a merecida atenção. O que importava eram as marcas dos produtos, como por exemplo, o OMO, onde poucas pessoas sabem a marca da empresa que produz (Unilever).

Mas essa realidade mudou. As marcas corporativas estão deixando de serem coadjuvantes para tornarem-se protagonistas, assumindo o papel da marca mãe das marcas.

Isso ocorre devido à conscientização dos CEOs e empresários, de que uma empresa não deve fragmentar-se, ou seja, a organização deve ser uma força única.

Outro aspecto e talvez, o mais importante, é que hoje, as empresas não competem somente com outras que produzem os mesmos produtos/serviços. Muitas estão no Mercado de Capitais, como a Bovespa, competindo por consumidores, não de produtos, mas de ações. Na Bolsa, a Gol compete com as Americanas, Petrobrás, e assim por diante, e não somente com a TAM, por exemplo.

Além de claro, uma marca forte, de sucesso, a chance de se lançar os chamados produtos extensão de linha/marca com sucesso, é muito maior.

Comentar
Compartilhe
Consumidores saturados!
27/04/2010 | 10h23

Quando criamos mensagens publicitárias para divulgar nossos produtos, temos que tomar cuidado para não saturar o consumidor.

Em ressente estudo realizado na Alemanha, foi demonstrado que a superexposição publicitária pode confundir o público.

O estudo revela que 40% dos entrevistados se dizem confusos para distinguir o que realmente é importante para ele, e o que não é.

Assim, a sua propaganda pode interessá-lo, mas ele pode não entender, devido ao excesso de propaganda em rádio, televisão, meio impresso e online.

É claro que para atingir o sucesso é preciso divulgá-lo, mas de maneira coerente com seu negócio, simples e direta, mostrando a essência de sua marca e produto, e tomar cuidado para não “abrir muito os horizontes”, divulgá-lo somente para seu público alvo, que é o que realmente lhe interessa.

Na maioria das vezes, uma propaganda simples e direta, mas focado em seu público, além de custar menos, tem muito mais retorno. Por isso, não pense, a princípio, em rádios, televisões, outdoors... mas em um presente caprichado e de bom gosto, para pessoas especiais para seu negócio. Pense nisso.

Comentar
Compartilhe
Texto espetacular sobre o sucesso (e a vida!)
26/04/2010 | 09h15

Caros leitores, tomo a liberdade de citar um texto de Roberto Shinyashiki, psiquiatra, nascido em Santos, estado de São Paulo, que ficou famoso pelos seus livros de auto-ajuda e palestras motivacionais.

Abaixo, segue um texto, que além de interessante para nossas vidas, tem haver com que escrevo no blog, buscando ajudar, e incentivar de alguma maneira o sucesso dos leitores.

“Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.

Da mesma forma se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superando o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.

Se quiser um casamento gratificante, terá que investir em tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.

O sucesso é construído à noite! Durante o dia, você faz o que todos fazem.

Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.

Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. Não se compare a maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário que os outros estarão tomando chope com batatas fritas.

Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.

Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. A realização de um sonho depende da dedicação.

Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão.

A ilusão não tira ninguém de onde está.

Ilusão é combustível de perdedores.

Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa”. (Roberto Shinyashiki)

Comentar
Compartilhe
Mensagens subliminares nas propagandas!
23/04/2010 | 07h30

Existem várias propagandas e produtos que transmitem as chamadas mensagens subliminares.

Essas são mensagens que não podem ser captadas diretamente pelos sentidos humanos, mas que inconscientemente despertam “algo” em nós, consumidores.

Muitos produtos usam esse tipo de mensagem no design de suas embalagens, principalmente para atrair o público feminino. Alguns comerciais que são veiculados na TV, se prestarmos atenção, percebemos coisas estranhas.

Por que fazem isso? Por muitos motivos, entre eles, por diversão(!), brincadeira, e até para despertar nosso desejo de compra, inconscientemente.

Abaixo temos o exemplo de uma possível mensagem subliminar no logotipo da Coca-Cola, onde um homem bebe, provavelmente, uma lata do refrigerante.

Comentar
Compartilhe
Inovar para sobreviver
22/04/2010 | 09h00

Com o aumento da concorrência, muitas usando métodos desleais para conseguir clientes, está cada vez mais claro a necessidade de buscar alternativas diferentes para destacar-se, ou seja, inovar.

Segundo Rodrigo Teles, presidente do Instituto Empreendedor Endeavor, “empreendedores inovadores pensam fora da caixa, sonham grande e botam pra fazer. São eles que revolucionam indústrias, desenvolvem o país e melhoram a vida das pessoas”.

A inovação é um ponto de destaque atualmente, e faz a diferença entre fracasso e sucesso. Existe até um manual explicativo sobre os tipos e como implantar inovações dentro das empresas, chamado de Manual de Oslo.

A seguir, citarei alguns tipos de inovações que poderão ajudar o leitor a conseguir êxito na busca pelo sucesso.

Começaremos pelas Inovações de Produtos, criando um novo ou melhorando-os significativamente, tanto o produto em si, como o serviço prestado. Isso pode ser aplicado também na Inovação de Processo que está ligado ao modo de distribuição desse produto.

Existe também a Inovação de Marketing, que são mudanças significativas na concepção do produto, desde sua fórmula até a embalagem, no posicionamento do produto, na promoção e na fixação de preços. E, como não poderia faltar, a Inovação Organizacional que é um novo método na prática dos negócios da empresa, na organização de seu local de trabalho ou em suas realizações externas.

Tente ficar atento, como gestor de sua empresa, a essas mudanças. Elas podem, e devem ser adaptadas a todos os tipos de negócios. Não fique parado, apenas reagindo ao mercado, seja proativo em relação a ele, e terá mais chance de sucesso.

Comentar
Compartilhe
Comercial Interessante
20/04/2010 | 14h00

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=rH5b0LnFt3M[/youtube]

Esse comercial foi produzida para a Coca-Cola. Muito interessante o único jeito usado para acordar o garoto para não perder a prova..vale a pena conferir.

Comentar
Compartilhe
Propaganda Eleitoral: a guerra continua
20/04/2010 | 09h06

Quem tem acompanhado o Blog, sabe que tenho escrito alguns episódios da guerra do marketing político para a corrida presidencial.

Ontem aconteceu mais um episódio na guerra dos bastidores. Desta vez, envolvendo a poderosa Rede Globo.

A emissora tinha preparado uma campanha comemorativa de seus 45 anos e, devido a pressões por parte da candidata Dilma Rousseff (PT), foi retirada do ar ontem, dia 19/04. Dilma afirmou em seu twitter, seguido por mais de 25 mil pessoas, que havia uma mensagem subliminar a favor do candidato José Serra (PMDB).

A Rede Globo, apesar de comprovar que a campanha foi criada em novembro de 2009, quando não havia nem candidatos e slogans, resolveu tirar a campanha do ar, evitando dar pretextos de ser acusada de tendenciosa.

Comentar
Compartilhe
Novo modelo de consumidores: "prosumidores"
19/04/2010 | 17h39

Apesar do assunto ser complicado e apenas uma tendência para o futuro, gostaria de escrever um pouco sobre uma nova modalidade de consumidores, mais a título de mantermos informados.

Segundo alguns especialistas, o simples consumidor deixará de existir daqui a alguns anos, dando lugar aos chamados “prosumidores”.

Os prosumidores são a junção das palavras profissional, produtor e consumidor, e diferencia-se do consumidor comum, pois esse novo indivíduo é mais envolvido no processo, não querendo mais ser enganado pela publicidade no modo geral.

Com a produção cada vez mais em massa e produtos padronizados, as empresas estão criando um processo de customização, criando produtos cada vez mais personalizados.

Devido aos novos modelos de comunicação, onde a interação é a palavra chave, as empresas incentivam e buscam a troca de contatos em redes sociais (Orkut, twitter), os consumidores estão mais participativos, inclusive no processo de produção, tornando-se “co-produtores”.

Com essa facilidade de contatos e informações, os prosumidores escutam mais opiniões e tomam suas decisões baseadas nas experiências dos outros.

O prosumidor acredita ter tudo ao seu alcance (comum a quem tem conhecimento), e decide se paga ou não pelo serviço. Buscam a simplificação, menos marcas, menos intromissão em sua vida, menos confusão e mais produtividade.

Este novo modelo de cliente é considerado mais pró-ativo, buscando experimentar novidades, pois sabe que o tempo de lazer é curto, é mais equilibrado, responsável e comprometido, do que um simples consumidor. O prosumidor visa uma nova vida social, onde a geografia, o tempo, a política e a religião não são mais tão importantes, e sim a honestidade na propaganda, que ofereça o que realmente promete. Uma experiência inovadora.

Comentar
Compartilhe
Marketing 4 D! uma experiência divertida.
19/04/2010 | 10h05

Uma nova tendência de marketing é conseguir aguçar os 4 sentidos (paladar, tato, olfato e visão) dos consumidores, oferecendo uma experiência única.

É o que esta fazendo, até o dia 30 de abril, a marca de chocolate Lacta (justo este produto!), pertencente a Kraft Foods Brasil. A empresa alugou um espaço, chamado Lacta 4D Motion, dentro do Shopping Recife em Pernambuco, onde os visitantes têm todos os seus sentidos aguçados.

Na entrada recebem 25 gramas do chocolate para tocar e apreciar o sabor e em seguida, assistem um filme sobre a fabricação dos chocolates. Em um determinado momento, uma máquina lança um aroma dos chocolates ao leite Lacta, que “perfuma” a sala, estimulando o olfato, enquanto degustam o produto.

A agência responsável pelo marketing é a Ogilvy (um dos sites mais divertidos entre as agencias de publicidade), e tem como objetivo incentivar o consumo do chocolate em tabletes (pouco consumido na região) e expandir a presença da marca no nordeste.

Comentar
Compartilhe
5 dicas para aumentar as vendas
17/04/2010 | 06h00

1º.    Organize-se. Crie um Checklist (pode ser um espaço em sua agenda) sobre as atividades importantes do dia, e informações sobre produtos, vendas e o ambiente que lhe cerca.

2º.    Conheça suas vantagens. Veja o que realmente funciona, veja as ferramentas que trazem resultados, estude sua empresa e, principalmente, a de seu concorrente.

3º.    Trabalhe a gestão de clientes. Faça a segmentação para saber o que, quando, como e para quem oferecer seus produtos. Saiba a margem que deverá trabalhar para cada um dos grupos de clientes.

4º.    Faça sua empresa aparecer. Torne-se conhecido, realize pesquisas de opinião, ofereça serviços gratuitos para pessoas importantes, escreva cartas, artigos e comentários para revistas e jornais especializados em sua área.

5º.    Aprenda a vender. Não faça uma venda fria, torne-a uma experiência agradável para seus clientes. Procure buscar o que realmente interessa para eles. A maioria dos compradores querem soluções (por isso compram produtos, no fundo, visando facilitar algo), então seja a solução.

Comentar
Compartilhe
O poder da internet
16/04/2010 | 11h29

Para muitas autoridades em marketing, a internet é o futuro da publicidade. Para alguns, é a reconstrução do vendedor porta a porta.

Quando navegamos pela rede, estamos acessíveis a vários tipos de mensagens, e se bem feitas, prendem nossa atenção e a partir daí, o processo é simples. Sacamos o cartão, ou imprimimos o boleto e esperamos pelo produto no conforto do nosso lar.

Por isso, as empresas que querem alavancar suas vendas não devem deixar essa ferramenta de lado.

Mas a publicidade pela internet pode causar alguns problemas, entre eles o mais grave é, devido ao surgimento de vários meios de comunicação, e não mais somente a TV e o rádio, a fragmentação da mensagem. Isto causa confusão, podendo “cortar” a propaganda ao meio, e até se contradizer.

Por isso, é importante usar a internet como ferramenta a favor, tomando muito cuidado, como tudo relacionado ao marketing, pois pode levar a empresa de esperança e promessa de vendas, ao abismo.

Comentar
Compartilhe
Pão de Açucar: 1º lugar
15/04/2010 | 20h00

A rede de supermercados Pão de Açúcar assumiu a 1º posição do ranking do setor no Brasil em 2009, segundo Abras (Associação Brasileira de Supermercados). A rede faturou R$ 26 bilhões em 2009, R$ 610 milhões a mais do que o Carrefour, segundo colocado, seguido pelo gigante americano Walmart, com a terceira colocação.

Comentar
Compartilhe
Classe C: um bom negócio
15/04/2010 | 11h45

Como já foi citado em outros posts, a classe C é a tendência de investimento para o futuro, e por isso, está atraindo a atenção e o investimento das grandes empresas.

Em 2009, a classe C, que conta com 49% da população brasileira, foi a única a crescer em consumo em relação ao ano anterior, passou de 26,3% em 2008, para 36,1% em 2009. Em contra partida, as classes A e B cairam de 30,1% e 43,6% respectivamente, para 21,5% e 42,4%.

Um dos motivos é que a renda dessa classe está altamente ligada ao salário mínimo, que está em constante aumento desde 2003.

Em 2010, o reajuste foi de quase 10% em relação ao ano anterior. Some-se isso a queda da inflação, o resultado será de milhões de consumidores de baixa renda com mais dinheiro no bolso. Segundo dados da FGV (Fundação Getúlio Vargas), a classe C detém atualmente, 46% da renda nacional, contra 44% das classes A e B.

Essa movimentação entre as classes significa oportunidade de mercado para as empresas que estão mudando seu planejamento de produtos e serviços para melhor atendê-las.

Comentar
Compartilhe
Campanha para as vítimas das chuvas no RJ
14/04/2010 | 17h52

Começa hoje, dia 14/04, o envio de torpedos pela operadora Tim para todos seus clientes cadastrados em sua base de dados, convidando seus usuários a doar R$ 4,00 (valor fixo) para as vítimas das chuvas que atingiram o Rio de janeiro. Uma ação interessante, que junta a solidariedade com marketing (como não?).

Para ajudar, os clientes deverão enviar uma mensagem de texto com a palavra DOAR para o número 9696840. O valor arrecadado será depositado na conta RioSolidário – Obra Social do Rio de Janeiro.

Comentar
Compartilhe
A importância do slogan para sua marca
14/04/2010 | 10h54

Todos os empreendedores, do micro ao macro, devem saber que é importante para o fortalecimento de sua marca, possuir um slogan que ajude a memorizar e a construir um vínculo do consumidor com a empresa.

O slogan foi criado pelos Celtas, nome dado a um conjunto de povos organizados em várias tribos, localizadas na Europa séculos atrás, como grito de guerra, buscando incentivar seus guerreiros durante as batalhas. Mas como criar um?

Um bom slogan deve ser simples e claro, sendo fácil de memorizar, e principalmente, cumprir seu papel fundamental que é de passar a mensagem desejada pela empresa. Temos slogans que define posicionamento, atributos funcionais, emocionais, tradição, preço, e muito mais.

Podemos citar alguns exemplos consagrados como: Folha da Manhã, a diferença está na qualidade; Bombril, 1001 utilidades; Vivo, conexão como nenhuma outra; Tomou Doril, a dor sumiu; Bohemia, desde 1853; Telha Norte, preço baixo é nosso forte, e muitos outros que conhecemos.

Crie um slogan, sempre buscando ser claro e objetivo, e que passe a essência de seu negócio, que, com certeza, ajudará a associação de seus clientes à sua marca.

Comentar
Compartilhe
Proibição de propagandas para menores
12/04/2010 | 20h45

O assunto é polêmico e já faz algum tempo que querem proibir as propagandas destinadas as crianças no Brasil, geralmente veiculadas nos canais destinados a esse público.

As propagandas que causam maiores polêmicas são as relacionadas a produtos estéticos e dieta.

Apesar de nem todos concordarem com essa vulnerabilidade do público infantil, um melhor controle e lei própria para esse público, se faz necessário. Alguns países da Europa, como o caso da Suécia, proíbem os comerciais destinados a menores de 12 anos. Também não podemos ser radicais.

As crianças talvez não saibam discernir o que é certo ou errado, ou qual o limite entre a realidade e a ficção. Para ficar num exemplo mais simples, isso pode tornar-se caso de saúde pública, sendo que pesquisas recentes apontam que 10% das crianças brasileiras são obesas.

Precisamos ter cuidado quando falamos com a infância e controlar melhor as mensagens que passamos para elas, pois temos uma grande responsabilidade na educação e em sua qualidade de vida.

Independente de leis devemos consultar nossa consciência, aqui falando como profissional de marketing, pois temos a responsabilidade de oferecer uma programação saudável e de qualidade, em todos os sentidos, apesar de saber que a realidade nem sempre é assim...

Comentar
Compartilhe
Comercial espetacular copa 2010
12/04/2010 | 12h00
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=WpORaOPfffo[/youtube]

Este comercial tem feito bastante sucesso, e não é sem motivos. É uma propaganda da Pepsi, que consegue juntar os melhores jogadores de futebol da atualidade, na África do Sul, cenário da copa do mundo deste ano, e o final é bem divertido. Vale a pena conferir.

Comentar
Compartilhe
Inovar para sobreviver
11/04/2010 | 20h40

Para os empreendedores em geral, e principalmente para os pequenos, introduzir inovações e aperfeiçoamentos é, obviamente, necessário para a sobrevivência do negócio.

Segundo dados recentes publicados pelo SEBRAE-SP, 53% das micro-empresas adotam algum tipo de inovação em suas operações. Destas empresas, 14% inovam com muita freqüência, sendo que dentro desse grupo, 62% declaram ter obtido êxito no aumento de vendas e volume de produção.

Em contrapartida, as empresas que declaram não inovar, apenas 27% obtêm esse aumento.

Isso parece óbvio, mas muitos insistem em deixar seu empreendimento como está, com medo de mudar e perder seus clientes ou medo de investir recursos sem garantia de sucesso, por isso vemos poucas mudanças nas lojas que freqüentamos, por exemplo.

Mas aí que esta o erro. De uma hora para outra, os clientes somem e vem aquela pergunta: “nossa você sumiu! Aconteceu alguma coisa? Quanto tempo!” E muitos não conseguem descobrir e entender o motivo...

Esses números comprovam a velha máxima, onde buscar a diferenciação inovando e aperfeiçoando sua empresa ou produto, é fundamental para a sobrevivência de seu empreendimento, por isso, não tenha medo, seja diferente, inove!

Comentar
Compartilhe
A hora e a vez da classe C
09/04/2010 | 21h50
Segundo dados da recente pesquisa realizada por um dos mais conceituados institutos de pesquisa, a Nielsen, o comportamento de compra da classe C esta mudando. Os dados mais relevantes são as mudanças de gastos com produtos de alto custo-benefício, para gastos com produtos chamados de “mimos”. Segundo a pesquisa, foram gastos mais de R$ 470 milhões com biscoitos e chocolates finos, por exemplo. Outro aumento de gastos foram com produtos saudáveis, antes considerados um luxo, como alimentos diet, light e funcionais, que fazem bem a saúde. Além disso, a classe C já esta buscando a praticidade em suas compras, como por exemplo, trocando o extrato de tomate pelo molho já pronto e o sabão em pó pelo líquido. É hora de aproveitar e investir nessa classe cada vez mais emergente. Não com produtos de baixa qualidade, mas com produtos bons, mostrando respeito por essa classe que está buscando qualidade em suas compras, buscando presentear-se, mesmo que custe um pouco mais caro.
Comentar
Compartilhe
Novos empregos
09/04/2010 | 14h28

O ano de 2010 está sendo bom em relação à geração de empregos na indústria. Segundo o IBGE, no primeiro mês do ano houve um crescimento de 0,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Já em fevereiro, cresceu 0,6% em relação ao mês anterior.

Mas em contrapartida, no acumulado do bimestre, houve um descenso de 0,2% em relação ao mesmo período de 2009.

Mas a notícia é boa, mostra que o emprego na indústria está se recuperando, abrindo mais vagas e voltando a contratar, principalmente para nossa região, onde é hora de tentar recolocar-se no mercado de trabalho, com o mega investimento no porto do Açu, e empresas que oferecem suporte a esse projeto.

Comentar
Compartilhe
Propaganda inovadora!
09/04/2010 | 08h46

O Banco Itaú criou uma propaganda diferente, inusitada e inovadora para um jornal de grande circulação.

A capa do “Estado de São Paulo” de ontem, dia 08/04, saiu com manchas de tintas com as cores do banco. O Estado permitiu a propaganda por que a “capa falsa” era uma réplica perfeita de sua capa do dia.

A propaganda visa fazer com bom gosto, o elo entre os clientes que querem reformar e construir, com o banco Itaú.Completando a propaganda, a sobrecapa mostra um casal com as tintas usadas na reforma de seu apartamento.

Bom exemplo a ser seguido em propagandas para a mídia impressa, criativas e eficientes, que causam boa repercussão

Comentar
Compartilhe
Novo lançamento
08/04/2010 | 17h39

Está próximo de ser lançado no Brasil, o Guaraná Antártica Açaí, feita com a famosa fruta da Amazônia.

Assim, junta-se o guaraná com o açaí numa bebida única, com sabor que promete surpreender o consumidor. A campanha de lançamento está sendo feita pela agência de publicidade DM9DDB.

O Guaraná Antártica é o refrigerante líder no segmento de guaranás no Brasil, com 37% de mercado e promete aumentar ainda mais essa participação com o novo lançamento.

Comentar
Compartilhe
Cosméticos? sim!
08/04/2010 | 08h33

O setor de cosméticos é o que mais cresce no país. O Brasil é o segundo pais que mais consome, ficando atrás somente dos Estados Unidos, e em 2009 o setor movimentou cerca de R$ 25 bilhões.

O segmento que mais vende são os artigos de higiene pessoal, seguido por cosméticos no geral e perfumaria. Um dos motivos desse crescimento é a mudança de conceito do “artigo de vaidade” por “artigo de saúde”, ligando o cuidado com sua aparência ao bem estar pessoal e aumento da auto-estima, enfim, incorporando o “custo beleza” às despesas mensais.

Como exemplo, temos os salões de beleza, que em alguns casos chegam a embocar metade do salário de muitas mulheres, que por sua vez, chegam a usar até 20 itens (!) de beleza e higiene por dia.

Mas aí que está talvez, a grande vantagem deste ramo, pois os homens estão aderindo a esse costume, e o setor de beleza masculina já corresponde a 10% do total das vendas mundiais, e esse número tendo a aumentar cada vez mais.

Comentar
Compartilhe
Propaganda genial
07/04/2010 | 07h18
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=eCeVzbOFpBo[/youtube] Essa propaganda foi feita para a marca de tênis Rainha. Criativa e engraçada, mostrando a qualidade do produto de um jeito divertido.
Comentar
Compartilhe
Aumente suas vendas!
06/04/2010 | 17h48

O marketing direto, que visa utilizar 1 ou mais mídia de propaganda para obter o retorno dos clientes, está sendo muito utilizado na era digital e é uma ótima ferramenta para aumentar as vendas.

Para potencializar ainda mais esse efeito, ele deve ser combinado com outras plataformas, como por exemplo, as redes sociais, com o twitter, Facebook e Orkut. Segundo alguns estudos, as campanhas de marketing direto associadas a essas redes, ou canais de apoio, aumentam e muito, a resposta e a efetividade de sua propaganda.

O ideal é aprofundar-se mais sobre o assunto para realmente saber para quem e como fazer esse envio, sendo que parece uma ferramenta de fácil uso, como por exemplo o email, mas por isso corre-se o risco de rasgar dinheiro, literalmente.

Por exemplo: Faça um folder caprichado e envie um email complementar, sobre seu produto ou empresa. Ótima propaganda, mas se enviar para as pessoas erradas, o que fazemos? Rasgamos e jogamos no lixo.

O problema é que não é raro recebemos propagandas direcionadas a nós, que pouco nos interessam, ou nada tem a ver com nosso estilo de vida.

Comentar
Compartilhe
A confirmação do CRM
05/04/2010 | 21h46

CRM é uma sigla em inglês (Customer Relationship Management) que significa Gestão Especial de Clientes.

O CRM anda junto com a Fidelização de Clientes, e passaram por uma prova de fogo durante a crise do ano passado, e não só sobreviveram como comprovaram suas eficácias.

Durante a crise, muitas empresas adotaram a estratégica de gastar com seus clientes através de programas de fidelidades, ao invés de gastar buscando novos clientes. Ótimo. Mas agora, são necessários planos mais elaborados e atuais.

Em primeiro lugar deve-se premiar a confiança que esses principais clientes depositaram em nós, fornecendo dados, muitos particulares, para que nós analisássemos e tomássemos decisões acertadas. E, por favor, não achem que isso é gastar a toa. Outra crise pode vir...

Por fim, buscar novas maneiras para retirar e oferecer mais informações aos consumidores sobre produtos e marcas que sua empresa comercializa, e porque não, mais informações sobre sua própria empresa, assim, buscando dialogar com os clientes, pois muitos empresários de sucesso afirmam que “dialogam” com seus consumidores antes de fazer ajustes em preços e produtos. Ou seja, eles são sua maior fonte de informação...

Comentar
Compartilhe
Criatividade em mídias móveis
05/04/2010 | 12h58

O Rio de Janeiro sediará de 24 a 28 de maio na PUC (Pontifícia Universidade católica) da Gávea, o Mobilefest – Rio, Festival internacional de Criatividade Móvel.

Para quem quiser participar, pode inscrever-se pelo email [email protected] até o dia 15 de abril, e enviar seus artigos, produtos, protótipos, soluções e aplicativos, relacionados ao tema “Como a tecnologia móvel pode contribuir para a democracia, cultura, arte, ecologia, paz, educação, saúde e terceiro setor?”.

O resultado será divulgado dia 25 de abril no site www.mobilefest.com.br, e os selecionados poderão participar do Mobilefest - Rio e do V Mobilefest, que ocorrerá em São Paulo de 14 a 19 de setembro, exibindo seus trabalhos

Comentar
Compartilhe
Clientes: deixe-os boquiabertos!
03/04/2010 | 17h52

Surpreenda seu cliente. Tente encantá-lo. O cliente nunca se esquece quando é mal atendido, entretanto, também não, quando é surpreendentemente bem atendido.

Como já foi falado aqui, um cliente dá muito valor ao tratamento que lhe foi dado, e a tendência é ele sair falando tanto do funcionário quanto da empresa. Aí que mora o perigo, pois, o que marca é o atendimento, seja ele positivo ou negativo.

E como você atende seus clientes? Não é difícil encantá-los, mas requer alguns cuidados.

Podemos citar alguns exemplos. Uma floricultura, onde o local seja agradável e não um local úmido com montes de produtos espalhados. Quando um cliente entra, se o atendente reconhecê-lo e perguntar como está determinada planta ou flor que foi vendida um tempo atrás, e colocar-se a disposição para, conforme a resposta, ir verificar o local e até mesmo trocar a mercadoria, quem não ficará maravilhado?

A cabeleireira que liga para suas clientes que cortaram os cabelos, alguns dias depois, perguntando se era aquilo mesmo que ela queria e colocando-se a disposição para reparos, se necessário, com certeza tem a agenda cheia. E por aí vai, com muito mais exemplos.

Amigos, com os produtos quase idênticos em relação ao preço e prazo, o que faz a diferença é a demonstração de interesse pelo cliente, tentando ajudá-lo a solucionar seus problemas, oferecendo serviços e soluções rápidas e mostrando que, em seu estabelecimento, realmente há o comprometimento com a educação e o bom atendimento.

Comentar
Compartilhe
Redução da jornada de trabalho
01/04/2010 | 10h56

Está sendo discutida a redução da jornada de trabalho, das atuais 44 horas semanas para 40 horas. Isso já faz parte das reivindicações dos trabalhadores desde os primórdios do capitalismo.

Esse é uma discussão longa e polêmica. Há quem concorde alegando, por exemplo, que criará mais postos de trabalhos, outros alegam que aumentará o custo da produção, e assim por diante.

Em minha opinião, polêmica por sinal, deveria ser facultativo. Cada empresário decretar e analisar o que ele quer para a sua empresa e principalmente, para seus trabalhadores. Muitos inclusive já vêm fazendo isso.

Às vezes, a redução da jornada de trabalho gera melhor qualidade de vida, o que pode aumentar a produção. Outras, o custo da mão de obra aumenta e fica difícil a procura por funcionários qualificados, o que gera desemprego aos demais.

Assim, a discussão parece não ter fim, por isso nada melhor do que os próprios empresários resolverem o que é importante para sua empresa e valores.

Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Fábio Pexe

[email protected]