O Crescimento da Covid-19 na Região Noroeste
30/04/2020 | 15h21
<div>BNB EXCLUSIVO</div> <div>Por <span style="font-size: 14pt;">JOS&Eacute; SOUTO TOSTES*</span></div> <div><br /><br />O crescimento do coronav&iacute;rus no Noroeste Fluminense vem acompanhando a mesma taxa do resto do mundo. No in&iacute;cio eram poucos casos, crescimento pequeno, mas que vem se acentuando rapidamente. O que preocupa &eacute; a baix&iacute;ssima testagem dos casos, por falta de insumos (teste r&aacute;pido) e recursos limitados das administra&ccedil;&otilde;es municipais, localizadas numa das regi&otilde;es mais pobres do Brasil, onde os &iacute;ndices de desenvolvimento econ&ocirc;mico s&atilde;o diminutos.</div> <div><br />O Noroeste fica distante da capital, o que traz dificuldade log&iacute;stica para a realiza&ccedil;&atilde;o dos exames. Isso obriga as prefeituras pequenas, como a de Laje do Muria&eacute;, a disponibilizar diariamente um ve&iacute;culo para transportar exames at&eacute; a capital, onde fica o LACEN, laborat&oacute;rio p&uacute;blico do Estado, que realiza os diagn&oacute;sticos.</div> <div><br />Outro aspecto importante &eacute; o reduzido n&uacute;mero de leitos de UTI para COVID-19. Segundo o documento denominado Plano de Resposta de Emerg&ecirc;ncia ao Coronav&iacute;rus do Estado, na edi&ccedil;&atilde;o que tivemos acesso, o Estado tem disponibilizado 52 leitos no Noroeste Fluminese, os quais est&atilde;o no munic&iacute;pio de Bom Jesus do Itabapoana, no Hospital S&atilde;o Vicente de Paulo, sendo 40 de enfermaria e 12 de UTI.</div> <div><br />Quanto ao SUS, h&aacute; leitos dispon&iacute;veis em Itaperuna, em n&uacute;mero n&atilde;o informado via documento oficial, mas que seriam 30, segundo texto da C&acirc;mara Municipal de Itaperuna, desses, 10 seriam de UTI, j&aacute; reservados no Hospital S&atilde;o Jos&eacute; do Ava&iacute; para interna&ccedil;&atilde;o regional.</div> <div><br />Os munic&iacute;pios, por sua vez, tiveram iniciativas pr&oacute;prias na contrata&ccedil;&atilde;o de leitos em unidades particulares e at&eacute; com montagem de hospitais de campanha, como &eacute; o caso de Santo Ant&ocirc;nio de P&aacute;dua (20 leitos com respiradores) e S&atilde;o Jos&eacute; de Ub&aacute; (9 leitos, sendo 4 com respiradores e 5 completos do tipo sala vermelha).</div> <div><br />A maior preocupa&ccedil;&atilde;o &eacute; que n&atilde;o h&aacute; previs&atilde;o, pelo Estado, de um hospital de campanha na regi&atilde;o e de que com o crescimento do n&uacute;mero de doentes, o &uacute;nico hospital refer&ecirc;ncia para casos mais graves, o S&atilde;o Jos&eacute; do Ava&iacute;, n&atilde;o suporte receber pacientes de outros munic&iacute;pios e seus pr&oacute;prios doentes.</div> <div><br />Assim, urge que os prefeitos, diante desse crescimento exponencial, com o Estado registrando 20 casos (dia 28/04) e as prefeituras com n&uacute;meros bem mais expressivos, busquem apoio da Secretaria Estadual com vistas a ser erguido um hospital de campanha na regi&atilde;o. Isso pelo fato de que est&aacute; demonstrado que h&aacute; uma defasagem entre os n&uacute;meros da Secretaria Estadual em rela&ccedil;&atilde;o aos n&uacute;meros das secretarias municipais, gerando preju&iacute;zos para o planejamento de uma a&ccedil;&atilde;o espec&iacute;fica do Estado no Noroeste, pois, para o Estado, apenas s&atilde;o casos confirmados aqueles oriundos de pacientes internados e com coleta de material da boca ou nariz e n&atilde;o aqueles confirmados por meio de testes r&aacute;pidos, mecanismo adotado pelas prefeituras para controle de seus pacientes.<br />N&uacute;meros da Secretaria Estadual de Sa&uacute;de dia 29/04 &ndash; Noroeste<br /><br />B<strong>om Jesus de Itabapoana &ndash; 10</strong><br /><strong>Quissam&atilde; &ndash; 5</strong><br /><strong>S&atilde;o Fid&eacute;lis &ndash; 5</strong><br /><strong>Itaperuna &ndash; 3</strong><br /><strong>S&atilde;o Jos&eacute; de Ub&aacute; &ndash; 3</strong><br /><strong>Aperib&eacute; &ndash; 2</strong><br /><strong>Santo Ant&ocirc;nio de P&aacute;dua &ndash; 2</strong><br /><strong>Porci&uacute;ncula &ndash; 1</strong><br /><br /><br /><strong>Informes de Secretarias Municipais colhidos no Facebook de cada uma:</strong></div> <div><br /><strong>Bom Jesus do Itabapoana - 17 </strong><br /><strong>Itaperuna - 12 </strong><br /><strong>S&atilde;o Jos&eacute; de Ub&aacute; - 9 </strong><br /><strong>Porci&uacute;ncula &ndash; 7</strong><br /><strong>P&aacute;dua - 6</strong><br /><strong>Miracema - 4</strong><br /><strong>Itaocara &ndash; 4</strong><br /><strong>Aperib&eacute; &ndash; 2</strong><br /><br /> <br /><br /><br /><strong><em>*Tostes &eacute; advogado e jornalista</em></strong><br /><br /></div>
Comentar
Compartilhe
TJ Prorroga Suspensão de Atendimento até 15 de maio
30/04/2020 | 11h33
<div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">BNB em 1&ordf; M&Atilde;O</span></div> <div>PROVIMENTO CGJ N&ordm; 36/2020<br />Disciplina o funcionamento dos ju&iacute;zos de primeira<br />inst&acirc;ncia, das centrais de cumprimento de mandado<br />e n&uacute;cleos de aux&iacute;lio rec&iacute;proco, e das equipes<br />t&eacute;cnicas interdisciplinares, bem como, do servi&ccedil;o<br />interno na Corregedoria Geral da Justi&ccedil;a, durante a<br />vig&ecirc;ncia do Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio.</div> <div><br />O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTI&Ccedil;A DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO,<br />Desembargador Bernardo Garcez, no exerc&iacute;cio de suas atribui&ccedil;&otilde;es;<br />CONSIDERANDO a declara&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica de pandemia em rela&ccedil;&atilde;o ao novo<br />Coronav&iacute;rus, pela Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial da Sa&uacute;de &ndash; OMS, de 11 de mar&ccedil;o de<br />2020, assim como a Declara&ccedil;&atilde;o de Emerg&ecirc;ncia em Sa&uacute;de P&uacute;blica de<br />Import&acirc;ncia Internacional da OMS, de 30 de janeiro de 2020;</div> <div><br />CONSIDERANDO a Resolu&ccedil;&atilde;o CNJ n&ordm; 314/2020 do Conselho Nacional de<br />Justi&ccedil;a (CNJ), que termina com a suspens&atilde;o dos prazos nos processos que<br />tramitam em meio eletr&ocirc;nico, mas mant&eacute;m a suspens&atilde;o dos prazos naqueles<br />que tramitam em meio f&iacute;sico at&eacute; 15 de maio de 2020;</div> <div><br />CONSIDERANDO o Ato Normativo n&ordm; 12/2020 do Presidente do Tribunal de<br />Justi&ccedil;a do Estado do Rio de Janeiro que modifica as regras do Plant&atilde;o<br />Extraordin&aacute;rio;</div> <div><br />CONSIDERANDO a necessidade de regulamentar o funcionamento das<br />unidades judiciais de primeira inst&acirc;ncia, dos servi&ccedil;os auxiliares, centrais de<br />cumprimento de mandados e n&uacute;cleos de aux&iacute;lio rec&iacute;proco, bem como de equipes<br />t&eacute;cnicas interdisciplinares;</div> <div><br />RESOLVE<br />Art. 1&ordm;. Fica prorrogada para o dia 15 de maio de 2020, a suspens&atilde;o do trabalho<br />presencial nas unidades judici&aacute;rias de primeira inst&acirc;ncia, de magistrados,<br />servidores, auxiliares da justi&ccedil;a, estagi&aacute;rios e colaboradores, nos termos da<br />Resolu&ccedil;&atilde;o CNJ n&ordm; 314/2020 e do Ato Normativo do Presidente do TJERJ n&deg;<br />12/2020 n&ordm; 12/2020.</div> <div><br />Par&aacute;grafo &uacute;nico. Durante o per&iacute;odo previsto no caput, as unidades judici&aacute;rias<br />de 1&ordf; inst&acirc;ncia funcionar&atilde;o, nos dias &uacute;teis e no hor&aacute;rio das 11 &agrave;s 18 horas, em<br />regime de trabalho domiciliar (RETE), assegurada a manuten&ccedil;&atilde;o dos servi&ccedil;os<br />essenciais e das escalas de rod&iacute;zio presencial e sobreaviso determinadas pela<br />Administra&ccedil;&atilde;o e nesta norma.</div> <div><br />Art. 2&ordm;. Nos processos f&iacute;sicos, as medidas de natureza urgente ser&atilde;o apreciadas<br />pelo Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio, na forma do Ato Normativo do Presidente do TJERJ<br />n&deg; 12/2020.</div> <div><br />CAP&Iacute;TULO I<br />DAS UNIDADES JUDICIAIS DE PRIMEIRA INST&Acirc;NCIA<br />Art. 3&ordm;. Os ju&iacute;zes em exerc&iacute;cio nas unidades judiciais de primeiro grau dever&atilde;o<br />manter-se de prontid&atilde;o para o atendimento remoto de partes, advogados e<br />interessados durante o expediente forense, ou eventual convoca&ccedil;&atilde;o para<br />integrar a escala do Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio.</div> <div><br />Art. 4&ordm;. Os ju&iacute;zes e chefes de serventia, ou seus substitutos, dever&atilde;o zelar para<br />que os processos do seu acervo sejam tratados e movimentados, devendo<br />assegurar:</div> <div><br />I- a manuten&ccedil;&atilde;o dos servi&ccedil;os essenciais;<br />II - os servi&ccedil;os destinados &agrave; expedi&ccedil;&atilde;o e publica&ccedil;&atilde;o de atos judiciais e<br />administrativos;</div> <div><br />III - a produ&ccedil;&atilde;o de senten&ccedil;as e decis&otilde;es;</div> <div><br />IV &ndash; a prefer&ecirc;ncia aos pagamentos das condena&ccedil;&otilde;es e honor&aacute;rios advocat&iacute;cios periciais, conforme o Aviso TJ n&ordm; 38/2020;</div> <div><br />V &ndash; a consulta peri&oacute;dica e frequente aos e-mails funcionais;</div> <div><br />VI &ndash; o prosseguimento &agrave;s metas estabelecidas em planos conjuntos de a&ccedil;&atilde;o<br />e/ou fixadas pela Corregedoria Geral da Justi&ccedil;a, observadas as restri&ccedil;&otilde;es &agrave;s<br />atividades presenciais.</div> <div><br />Art. 5&ordm;. Nas unidades judici&aacute;rias de primeira inst&acirc;ncia eletr&ocirc;nicas ou h&iacute;bridas, os<br />ju&iacute;zes e chefes de serventia dever&atilde;o, ainda, assegurar:</div> <div><br />I &ndash; a retomada do regular andamento dos processos eletr&ocirc;nicos a partir do dia 4<br />de maio de 2020, considerando, para a contagem dos prazos processuais, o<br />artigo 3&ordm;, &sect;1&ordm;, da Resolu&ccedil;&atilde;o CNJ n&ordm; 314/2020;</div> <div><br />II &ndash; a realiza&ccedil;&atilde;o de atos processuais por meio eletr&ocirc;nico ou virtual, salvo absoluta<br />impossibilidade t&eacute;cnica ou pr&aacute;tica e observadas as formalidades do artigo 1&ordm;, &sect;<br />2&ordm;, do Ato Normativo do Presidente do TJERJ n&deg; 12/2020 e artigo 3&ordm;, &sect; 2&ordm;, da<br />Resolu&ccedil;&atilde;o CNJ n&deg; 314/2020;</div> <div><br />III &ndash; a comunica&ccedil;&atilde;o das decis&otilde;es judiciais &agrave;s empresas p&uacute;blicas e privadas,<br />ressalvadas as microempresas e empresas de pequeno porte, por meio,<br />exclusivamente, eletr&ocirc;nico, bem como, a intima&ccedil;&atilde;o das pessoas jur&iacute;dicas para<br />regularizar seus cadastros, na forma dos artigos 246, &sect;1&ordm;, 1.050 e 1.051 do<br />CPC/15 c/c artigo 5&ordm; da Lei n&ordm; 11.419/06;</div> <div><br />IV &ndash; a realiza&ccedil;&atilde;o de sess&otilde;es e audi&ecirc;ncias, incluindo as de concilia&ccedil;&atilde;o n&atilde;o<br />presencial, na forma dos artigos 7&ordm;, 8&ordm; e 9&ordm;, do Cap&iacute;tulo II, deste ato.<br />Art. 6&ordm;. Nos processos f&iacute;sicos, o juiz natural apreciar&aacute; todos os requerimentos<br />que n&atilde;o se enquadrem nas hip&oacute;teses previstas no artigo 3&ordm;, &sect; 1&ordm;, do Ato<br />Normativo do Presidente do TJERJ n&ordm; 12/2020.</div> <div><br />&sect;1&ordm; Os pedidos das partes e representa&ccedil;&otilde;es da Autoridade Policial ou do<br />Minist&eacute;rio P&uacute;blico ser&atilde;o encaminhados, em arquivo com extens&atilde;o .pdf,<br />diretamente ao e-mail funcional, para aprecia&ccedil;&atilde;o do juiz natural.</div> <div><br />&sect;2&ordm; As medidas sigilosas ser&atilde;o apreciadas pelo ju&iacute;zo natural, na forma do artigo<br />16, &sect;4&ordm;, do Ato Normativo do Presidente do TJRJ n&ordm; 12/2020, observado o<br />fluxograma em anexo a este provimento e o seguinte procedimento:</div> <div><br />I &ndash; o Minist&eacute;rio P&uacute;blico encaminhar&aacute; a folho de rosto, somente com os dados<br />b&aacute;sicos, para o setor de Distribui&ccedil;&atilde;o (artigo 1&ordm;, &sect;1&ordm;, do Provimento n&ordm; 06/2008);</div> <div><br />II &ndash; ap&oacute;s, o Minist&eacute;rio P&uacute;blico encaminhar&aacute; a medida sigilosa em arquivo com<br />extens&atilde;o .pdf, via e-mail funcional, para o juiz em exerc&iacute;cio no ju&iacute;zo natural,<br />seguindo o fluxo disponibilizado na p&aacute;gina da Corregedoria.</div> <div><br />&sect;3&ordm; O dep&oacute;sito de import&acirc;ncia em dinheiro ou valores ser&aacute; realizado por dep&oacute;sito<br />judicial &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o da serventia destinat&aacute;ria, podendo ser emitida a guia por<br />meio do sistema DEPJUD (https://www3.tjrj.jus.br/depjud/formPesqProc.faces).</div> <div><br />&sect;4&ordm; Somente nos casos em que entender ser urgente e essencial o acesso aos<br />autos, o magistrado indicar&aacute; um servidor em sobreaviso, para comparecimento<br />&agrave; serventia.</div> <div><br />&sect;5&ordm; A provid&ecirc;ncia prevista no par&aacute;grafo anterior ser&aacute; excepcional, cab&iacute;vel<br />somente quando as informa&ccedil;&otilde;es constantes do sistema n&atilde;o forem suficientes e,<br />nesse caso, preferir-se-&aacute; que o servidor envie imagens do processo, por correio<br />eletr&ocirc;nico ou celular funcional do magistrado.</div> <div><br />&sect;6&ordm; O magistrado indicar&aacute; o servidor que acessar&aacute; a unidade judicial,<br />comunicando tal decis&atilde;o, no F&oacute;rum Capital, diretamente &agrave; DIFOR<br />([email protected]) e, nos demais F&oacute;runs, ao juiz dirigente do NUR, que se<br />encarregar&aacute; de contatar a dire&ccedil;&atilde;o do respectivo f&oacute;rum.</div> <div><br />CAP&Iacute;TULO II<br />DA REALIZA&Ccedil;&Atilde;O DE AUDI&Ecirc;NCIAS<br />Art. 7&ordm;. Nos processos de r&eacute;us presos, ser&aacute; permitida a realiza&ccedil;&atilde;o de<br />audi&ecirc;ncias por videoconfer&ecirc;ncia, mediante decis&atilde;o fundamentada do<br />magistrado, que justificar&aacute; a urg&ecirc;ncia da medida, considerando as seguintes<br />hip&oacute;teses:</div> <div><br />I &ndash; possibilidade iminente de prescri&ccedil;&atilde;o;</div> <div><br />II &ndash; risco de excesso de prazo da pris&atilde;o preventiva;</div> <div><br />III &ndash; necessidade de produ&ccedil;&atilde;o de provas urgentes, nos termos do artigo 225 do<br />CPP.</div> <div>1&ordm; Nos casos dos menores apreendidos ou internados, s&atilde;o permitidas as<br />audi&ecirc;ncias por videoconfer&ecirc;ncia, mediante decis&atilde;o fundamentada, que <br />justificar&aacute; o risco iminente da manuten&ccedil;&atilde;o da medida restritiva ou de excesso de<br />prazo.</div> <div><br />&sect;2&ordm; Designada a audi&ecirc;ncia, o Juiz de Direito solicitar&aacute; &agrave; Presid&ecirc;ncia, por of&iacute;cio<br />eletr&ocirc;nico, instru&iacute;do com c&oacute;pia da decis&atilde;o, o agendamento do ato, que estar&aacute;<br />sujeito &agrave; disponibilidade dos equipamentos e ser&aacute; realizado atrav&eacute;s das salas<br />pr&oacute;prias para videoconfer&ecirc;ncia (SEAP ou DEGASE).</div> <div><br />Art. 8&ordm;. Poder&atilde;o ser realizadas audi&ecirc;ncias de concilia&ccedil;&atilde;o n&atilde;o presencial, na<br />forma prevista no artigo 22, &sect; 2&ordm;, da Lei n&deg;. 9.099/1995 (com as altera&ccedil;&otilde;es da<br />Lei n&deg;. 13.994/2020).</div> <div><br />Art. 9&ordm;. Ser&aacute; permitida, ainda, a crit&eacute;rio do juiz de Direito, independente da<br />compet&ecirc;ncia, a realiza&ccedil;&atilde;o de audi&ecirc;ncias virtuais, podendo ser utilizada a<br />plataforma cisco webex ou outra ferramenta equivalente disponibilizada pelo<br />TJRJ, na forma prevista no artigo 6&ordm;, &sect;2&ordm;, da Resolu&ccedil;&atilde;o CNJ n&ordm; 314/2020.</div> <div><br />&sect;1&ordm; Para a pr&aacute;tica do ato, as partes, advogados e testemunhas ser&atilde;o intimados<br />por aplicativo de mensagens, e-mail ou qualquer meio de comunica&ccedil;&atilde;o<br />admiss&iacute;vel, observada a parte final do artigo 6&ordm;, &sect;3&ordm;, da Resolu&ccedil;&atilde;o CNJ n&ordm;<br />314/2020.</div> <div><br />&sect;2&ordm; Como primeiro ato da audi&ecirc;ncia, os integrantes dever&atilde;o exibir documento<br />de identifica&ccedil;&atilde;o pessoal com foto. No caso de testemunha/v&iacute;tima protegida, a<br />identifica&ccedil;&atilde;o pessoal com a exibi&ccedil;&atilde;o do documento original com foto, dever&aacute; ser<br />feita em grava&ccedil;&atilde;o separada.</div> <div><br />&sect;3&ordm; Para a oitiva de partes e das testemunhas separadamente, dever&aacute; ser usado<br />o recurso de deixar os participantes aguardando no lobby.</div> <div><br />&sect;4&ordm; Ocorrendo problemas no sistema durante a realiza&ccedil;&atilde;o da audi&ecirc;ncia, o juiz<br />poder&aacute; suspender o ato, mediante decis&atilde;o registrada em ata.</div> <div><br />&sect;5&ordm; Realizado o ato, a plataforma cisco webex far&aacute; automaticamente o registro<br />em um arquivo extens&atilde;o .mp4, que dever&aacute; ser juntado ao processo e, na sua<br />impossibilidade, gravado em m&iacute;dia que ser&aacute; acautelada na serventia e tal<br />informa&ccedil;&atilde;o ser&aacute; registrada em ata.</div> <div><br />&sect;6&ordm; Na hip&oacute;tese de ser proferida senten&ccedil;a em audi&ecirc;ncia, o termo dever&aacute; ser<br />compartilhado para visualiza&ccedil;&atilde;o pela pr&oacute;pria ferramenta, exceto em caso de<br />dispensa pelas partes, o que ser&aacute; registrado em ata.</div> <div><br />&sect;7&ordm; O Termo de Audi&ecirc;ncia dever&aacute; registrar que o ato foi realizado<br />excepcionalmente por meio virtual, diante da Pandemia do COVID-19 e da<br />impossibilidade de acesso de pessoas ao pr&eacute;dio do f&oacute;rum, mencionado as partes<br />que participaram da videoconfer&ecirc;ncia e a forma de registro do Ato (inserido no<br />processo ou m&iacute;dia dispon&iacute;vel na serventia).</div> <div><br />&sect;8&ordm; A DGTEC poder&aacute; sanar eventuais d&uacute;vidas, orientando quanto &agrave; realiza&ccedil;&atilde;o<br />do ato atrav&eacute;s da plataforma escolhida e seu registro no sistema DCP.</div> <div><br />CAP&Iacute;TULO III<br />DO PLANT&Atilde;O EXTRAORDIN&Aacute;RIO<br />Art. 10. No Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio de que trata o artigo 3&ordm; do Ato Normativo TJRJ<br />n&ordm; 12/2020, o magistrado em exerc&iacute;cio na unidade judicial indicar&aacute; 2 (dois)<br />servidores para atua&ccedil;&atilde;o presencial no cart&oacute;rio.</div> <div><br />&sect;1&ordm; Na Comarca da Capital, ser&atilde;o designados, ainda, pelo Corregedor-Geral da<br />Justi&ccedil;a, para o trabalho presencial, servidores do Departamento de Distribui&ccedil;&atilde;o<br />(DEDIS) e oficiais de justi&ccedil;a.</div> <div><br />&sect;2&ordm; Os servidores designados para o plant&atilde;o extraordin&aacute;rio ser&atilde;o habilitados no<br />sistema de processamento eletr&ocirc;nico, da Diretoria-Geral de Tecnologia da<br />Informa&ccedil;&atilde;o e Comunica&ccedil;&atilde;o de Dados - DGTEC (telefone 3133-9100, e-mail: [email protected] ou link: <a href="https://www3.tjrj.jus.br/suporteti/ess.do)">https://www3.tjrj.jus.br/suporteti/ess.do)</a>.</div> <div><br />Art. 11. Em todas as comarcas, a serventia designada processar&aacute; os feitos no<br />sistema informatizado do Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio, registrando todos os atos<br />praticados, que dever&atilde;o constar nas respectivas atas, incluindo os atrasos e<br />faltas dos servidores, bem como as respectivas justificativas.</div> <div><br />&sect;1&ordm; Todos os atos processuais praticados e documentos emitidos durante o<br />Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio instruir&atilde;o o expediente a ser remetido ao Juiz Natural.<br />&sect;2&ordm; Ap&oacute;s o encerramento do Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio, a ata ser&aacute; assinada pelo<br />magistrado e dois servidores e enviada, via e-mail funcional, ao endere&ccedil;o<br />eletr&ocirc;nico: <a href="mailto:[email protected]">[email protected]</a>.</div> <div><br />&sect;3&ordm; Na unidade judicial h&iacute;brida, recebidos os autos virtualizados do Plant&atilde;o, o<br />feito seguir&aacute; obrigatoriamente por meio eletr&ocirc;nico, na forma do artigo 16, &sect;3&ordm;, do<br />Ato Normativo do Presidente do TJERJ n&ordm; 12/2020.</div> <div><br />&sect;4&ordm; A aus&ecirc;ncia injustificada de servidor escalado ou convocado para o Plant&atilde;o,<br />bem como a substitui&ccedil;&atilde;o de servidor por estagi&aacute;rio de Direito, ser&aacute; considerada<br />falta grave, cabendo ao juiz de plant&atilde;o, nesses casos, enviar, ainda, c&oacute;pia da<br />ata ao Juiz Dirigente do NUR para as provid&ecirc;ncias disciplinares cab&iacute;veis.</div> <div><br />Art. 12. Nas Comarcas do Interior, os chefes de serventia dos cart&oacute;rios<br />Distribuidores assegurar&atilde;o, sempre que a unidade judicial do F&oacute;rum onde est&atilde;o<br />fisicamente instalados estiver na escala do Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio, a<br />continuidade dos servi&ccedil;os de expedi&ccedil;&atilde;o de certid&otilde;es e recebimento das notas<br />de distribui&ccedil;&atilde;o extrajudicial, independente de permanecerem em trabalho remoto<br />durante os demais dias &uacute;teis compreendidos no per&iacute;odo previsto no art. 1&ordm;.</div> <div><br />CAP&Iacute;TULO IV<br />DAS CENTRAIS DE CUMPRIMENTO DE MANDADOS<br />E N&Uacute;CLEOS DE AUX&Iacute;LIO REC&Iacute;PROCA<br />Art. 13. Os encarregados pelas Centrais de Cumprimento de Mandados e os<br />respons&aacute;veis administrativos dos N&uacute;cleos de Aux&iacute;lio Rec&iacute;proco de Oficiais de <br />Justi&ccedil;a Avaliadores - NAROJA dever&atilde;o elaborar escala com 2 (dois) Oficiais de<br />Justi&ccedil;a Avaliadores, por dia &uacute;til, para atuarem em sistema de sobreaviso.</div> <div><br />Art. 14. Os Oficiais de Justi&ccedil;a Avaliadores cumprir&atilde;o os mandados e os<br />devolver&atilde;o, eletronicamente, com as exce&ccedil;&otilde;es tratadas neste provimento.<br />Art. 15. Somente os mandados judiciais de natureza urgente, mediante expressa<br />determina&ccedil;&atilde;o judicial, ser&atilde;o cumpridos pelos Oficiais de Justi&ccedil;a Avaliadores,<br />durante o per&iacute;odo do Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio.</div> <div><br />&sect;1&ordm; Os mandados eletr&ocirc;nicos expedidos e encaminhados &agrave;s CCM/NAROJA<br />dever&atilde;o apresentar a marca&ccedil;&atilde;o de MEDIDA URGENTE, possibilitando a sua<br />f&aacute;cil visualiza&ccedil;&atilde;o, de modo que se destaquem dos demais.</div> <div><br />&sect;2&ordm; N&atilde;o ser&atilde;o considerados urgentes os mandados judiciais direcionados aos<br />custodiados em unidades prisionais n&atilde;o contemplados por alvar&aacute; de soltura.<br />&sect;3&ordm; O prazo para o cumprimento dos mandados n&atilde;o urgentes ficar&aacute; suspenso<br />no Sistema da Central de Mandados - SCM.</div> <div><br />&sect;4&ordm; Nos procedimentos de medidas protetivas, os Oficiais de Justi&ccedil;a Avaliadores<br />poder&atilde;o cientificar as v&iacute;timas de viol&ecirc;ncia dom&eacute;stica e familiar por qualquer meio<br />eletr&ocirc;nico dispon&iacute;vel e, n&atilde;o sendo poss&iacute;vel, poder&atilde;o faz&ecirc;-lo por<br />correspond&ecirc;ncia.</div> <div><br />&sect;5&ordm; Os mandados referentes &agrave;s audi&ecirc;ncias suspensas ser&atilde;o imediatamente<br />devolvidos aos cart&oacute;rios judiciais.</div> <div><br />Art. 16. Os mandados de intima&ccedil;&atilde;o e cumprimento de medidas judiciais para<br />interna&ccedil;&atilde;o hospitalar ser&atilde;o executados do seguinte modo:</div> <div><br />I &ndash; mandados referentes a a&ccedil;&otilde;es judiciais movidas contra o Estado do Rio de<br />Janeiro ser&atilde;o executados na Comarca da Capital, na Central de Regula&ccedil;&atilde;o de<br />Vagas do Estado do Rio de Janeiro, situada na rua Carmo Neto s/n&ordm;, Pra&ccedil;a XI,<br />Rio de Janeiro;</div> <div><br />II &ndash; mandados referentes a a&ccedil;&otilde;es judiciais movidas contra o Estado do Rio de<br />Janeiro nas demais Comarcas ser&atilde;o encaminhados &agrave; Central de Mandados da<br />Capital, a fim de que sejam cumpridos por essa central no endere&ccedil;o previsto no<br />Inciso I;</div> <div><br />III &ndash; mandados referentes a a&ccedil;&otilde;es judiciais movidas contra o Munic&iacute;pio do Rio<br />de Janeiro ser&atilde;o cumpridos na Comarca da Capital, na Central de Regula&ccedil;&atilde;o de<br />Vagas do Munic&iacute;pio, situada na Pra&ccedil;a da Rep&uacute;blica n&ordm; 111, Centro, Rio de<br />Janeiro (Hospital Souza Aguiar);</div> <div><br />IV &ndash; mandados referentes a a&ccedil;&otilde;es judiciais movidas contra os demais Munic&iacute;pios<br />ser&atilde;o cumpridos nos respectivos Munic&iacute;pios, nas suas Centrais de Regula&ccedil;&atilde;o<br />de Vagas ou nos &Oacute;rg&atilde;os que tenham a atribui&ccedil;&atilde;o de regular as vagas de<br />interna&ccedil;&atilde;o;</div> <div><br />V &ndash; mandados referentes a a&ccedil;&otilde;es judiciais sobre vagas para interna&ccedil;&atilde;o em<br />hospitais da rede privada ser&atilde;o cumpridos pelo Oficial de Justi&ccedil;a Avaliador junto <br />&agrave; administra&ccedil;&atilde;o do hospital indicado no mandado, podendo obter, por meio<br />eletr&ocirc;nico, o mapa hospitalar que indique as vagas em utiliza&ccedil;&atilde;o e as vagas<br />dispon&iacute;veis, para anexar &agrave; sua certid&atilde;o, na qual deve constar o nome do<br />empregado que prestar as informa&ccedil;&otilde;es.</div> <div><br />Art. 17. Excepcionalmente durante o per&iacute;odo previsto no artigo 1&ordm;, os alvar&aacute;s de<br />soltura ser&atilde;o encaminhados, via correio eletr&ocirc;nico, para cumprimento pela<br />Secretaria de Administra&ccedil;&atilde;o Penitenci&aacute;ria (SEAP).</div> <div><br />&sect;1&ordm; Os Oficiais de Justi&ccedil;a Avaliadores que n&atilde;o participarem da escala de<br />sobreaviso, por estarem no grupo de risco de contamina&ccedil;&atilde;o pelo COVID19,<br />ser&atilde;o preferencialmente designados para o cumprimento dos Alvar&aacute;s de Soltura.</div> <div><br />&sect;2&ordm; As CCMs e os NAROJAs dever&atilde;o encaminhar os alvar&aacute;s de soltura, ainda<br />que a unidade prisional esteja fora de sua &aacute;rea de atua&ccedil;&atilde;o, sendo vedada a<br />devolu&ccedil;&atilde;o ou o redirecionamento.</div> <div><br />&sect;3&ordm; O Oficial de Justi&ccedil;a Avaliador remeter&aacute; eletronicamente o alvar&aacute; de soltura<br />em formato port&aacute;til de documento (.pdf), juntamente com a certid&atilde;o de nada<br />consta obtida na consulta SARQ/Polinter, por meio do seu e-mail institucional,<br />para os endere&ccedil;os eletr&ocirc;nicos da Unidade Prisional da SEAP onde est&aacute; o<br />acautelado.</div> <div><br />&sect;4&ordm; Simultaneamente ao cumprimento do alvar&aacute; de soltura, ser&atilde;o cumpridos<br />mandados judiciais direcionados ao mesmo custodiado beneficiado pela ordem<br />de liberdade.</div> <div><br />Art. 18. O Oficial de Justi&ccedil;a Avaliador certificar&aacute;, no SCM, a devolu&ccedil;&atilde;o do alvar&aacute;<br />de soltura devidamente cumprido pela SEAP, nos termos dos artigos anteriores,<br />juntando c&oacute;pia do arquivo (.pdf) com certid&atilde;o de cumprimento da Unidade<br />Prisional.</div> <div><br />Art. 19. Os Oficiais de Justi&ccedil;a Avaliadores dever&atilde;o estabelecer mecanismos de<br />controle do efetivo cumprimento das ordens judiciais pela SEAP e, caso a<br />resposta n&atilde;o seja recebida em at&eacute; 24 (vinte e quatro) horas ap&oacute;s o envio da<br />mensagem, a solicita&ccedil;&atilde;o dever&aacute; ser reiterada e o servidor certificar&aacute; o ocorrido<br />e comunicar&aacute; ao juiz que expediu a ordem.</div> <div><br />CAP&Iacute;TULO V<br />DOS COMISS&Aacute;RIOS DE JUSTI&Ccedil;A, SERVI&Ccedil;OS AUXILIARES DO JU&Iacute;ZO E<br />EQUIPES T&Eacute;CNICAS INTERDISCIPLINARES<br />Art. 20. A equipe t&eacute;cnica designada para o Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio ser&aacute; composta<br />por um assistente social, um psic&oacute;logo e um comiss&aacute;rio, cabendo-lhes<br />apresentar os pareceres solicitados, atuar nas dilig&ecirc;ncias, tratar com a rede de<br />prote&ccedil;&atilde;o e realizar contato com as equipes t&eacute;cnicas atuantes no caso, quando<br />necess&aacute;rio.</div> <div><br />&sect; 1&ordm; Todas as equipes t&eacute;cnicas, incluindo aquelas designadas para o Plant&atilde;o<br />Extraordin&aacute;rio, ficar&atilde;o dispon&iacute;veis remotamente, por e-mail e telefone, mantendo <br />contato permanente com os respectivos chefes de serventia e permanecendo<br />sobreaviso, ficando suspenso qualquer atendimento presencial, ressalvada<br />situa&ccedil;&atilde;o de urg&ecirc;ncia expressamente determinada pelo magistrado.</div> <div><br />&sect; 2&ordm; As escalas de assistentes sociais, psic&oacute;logos e comiss&aacute;rios na Capital e<br />Interior ser&atilde;o divulgadas pela Divis&atilde;o de Apoio T&eacute;cnico Interdisciplinar e<br />disponibilizadas por e-mail dos respectivos Servi&ccedil;os de Apoio.</div> <div><br />&sect; 3&ordm; As Equipes das Varas de Inf&acirc;ncia, Juventude e Idoso (VIJIs), Inf&acirc;ncia e<br />Juventude (VIJs), Juizados de Viol&ecirc;ncia Familiar contra a Mulher (JVDFMs) e<br />respectivos comiss&aacute;rios de justi&ccedil;a permanecer&atilde;o &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o dos respectivos<br />magistrados quando designados para o Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio, sem preju&iacute;zo das<br />atividades regulares da vara e do apoio a outros ju&iacute;zos de plant&atilde;o em dias &uacute;teis,<br />quando solicitado.</div> <div><br />&sect; 4&ordm; Apoiar&aacute; o Plant&atilde;o Extraordin&aacute;rio a equipe de comiss&aacute;rios do ju&iacute;zo natural<br />competente para o processo, o que ser&aacute; certificado pela equipe do Plant&atilde;o.</div> <div><br />Art. 21. Autorizando o magistrado, as equipes interdisciplinares poder&atilde;o realizar<br />atendimentos t&eacute;cnicos n&atilde;o presenciais mediante o emprego dos recursos<br />tecnol&oacute;gicos dispon&iacute;veis de transmiss&atilde;o virtual de sons e imagens em tempo<br />real.</div> <div><br />&sect; 1&ordm; &Eacute; vedada a grava&ccedil;&atilde;o do atendimento, ressalvada expressa autoriza&ccedil;&atilde;o<br />legal, devendo ser redigido laudo escrito &agrave; semelhan&ccedil;a do atendimento<br />presencial.</div> <div><br />&sect; 2&ordm; O servidor interdisciplinar a quem couber o atendimento n&atilde;o presencial<br />dever&aacute; dedicar-se ao atendimento da demanda judicial, analisando a<br />possibilidade de entrevistas &agrave; dist&acirc;ncia, contatando as partes e advogados por<br />meio de e-mail ou telefone, agendando entrevista e cientificando as partes<br />tamb&eacute;m por e-mail, bem como devolvendo o processo com a manifesta&ccedil;&atilde;o<br />t&eacute;cnica, anexando-a ao processo eletr&ocirc;nico ou a encaminhando por e-mail.</div> <div><br />&sect; 3&ordm; Os endere&ccedil;os eletr&ocirc;nicos e contatos dos Respons&aacute;veis Interdisciplinares de<br />cada equipe t&eacute;cnica ser&atilde;o disponibilizados no sitio eletr&ocirc;nico da Corregedoria.</div> <div><br />&sect; 4&ordm; N&atilde;o sendo poss&iacute;vel a atua&ccedil;&atilde;o n&atilde;o presencial, o servidor interdisciplinar<br />informar&aacute; esse fato nos autos para decis&atilde;o do magistrado.</div> <div><br />CAP&Iacute;TULO VI<br />DO SERVI&Ccedil;O INTERNO NA CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTI&Ccedil;A<br />Art. 22. Os ju&iacute;zes e servidores da Corregedoria-Geral da Justi&ccedil;a atuar&atilde;o em<br />regime de trabalho remoto (RETE), devendo manter-se de prontid&atilde;o e em<br />sobreaviso para atendimento quando solicitado, e aptos a comparecerem<br />presencialmente caso convocados.</div> <div><br />&sect; 1&ordm; Fica mantido, em sistema de rod&iacute;zio, o expediente interno presencial nas<br />respectivas unidades, conforme escala de plant&atilde;o organizada pela Corregedoria<br />e divulgada em seu s&iacute;tio eletr&ocirc;nico.</div> <div><br />&sect; 2&ordm; Na impossibilidade de comparecimento, outro servidor ou juiz ser&aacute; escalado<br />para comparecer presencialmente.</div> <div><br />Art. 23. O protocolo administrativo da Corregedoria Geral da Justi&ccedil;a funcionar&aacute;<br />regularmente ([email protected]), assim como os processos SEI, priorizandose em todas as diretorias as mat&eacute;rias relacionadas &agrave; crise sanit&aacute;ria e os<br />processos administrativos disciplinares.</div> <div><br />CAP&Iacute;TULO VII<br />DAS DISPOSI&Ccedil;&Otilde;ES GERAIS<br />Art. 24. Os requerimentos com pedidos de dispensa dos servidores convocados<br />para os plant&otilde;es ordin&aacute;rio e extraordin&aacute;rio ser&atilde;o instru&iacute;dos com os documentos<br />que os justifiquem e ser&atilde;o encaminhados por e-mail &agrave;s respectivas unidades de<br />lota&ccedil;&atilde;o.<br />Par&aacute;grafo &uacute;nico. A decis&atilde;o dos requerimentos referidos no caput caber&aacute; aos<br />ju&iacute;zes titulares ou em exerc&iacute;cio nas unidades judiciais e &agrave; chefia imediata nas<br />unidades administrativas, e ser&aacute; comunicada &agrave; Divis&atilde;o de Pessoal da<br />Corregedoria &ndash; DIPES, por e-mail, para que seja anotada nas fichas funcionais.</div> <div><br />Art. 25. Caber&aacute; aos respons&aacute;veis pelas unidades judiciais e administrativas a<br />disciplina da escala de rod&iacute;zio, observando-se o rol taxativo do artigo 37 do Ato<br />Normativo TJ n&ordm; 12/2020.<br />Par&aacute;grafo &uacute;nico. A escala ser&aacute; comunicada &agrave; Diretoria-Geral de Tecnologia da<br />Informa&ccedil;&atilde;o e Comunica&ccedil;&atilde;o de Dados - DGTEC (telefone 3133-9100, e-mail:<br />[email protected] ou link:<br />https://www3.tjrj.jus.br/suporteti/ess.do, para as provid&ecirc;ncias do artigo 4&ordm;, &sect;<br />2&ordm;, do referido ato normativo.</div> <div><br />Art. 26. Os servidores exclu&iacute;dos das escalas dos rod&iacute;zios ordin&aacute;rio ou<br />extraordin&aacute;rio, nas hip&oacute;teses do artigo 37 do Ato Normativo do Presidente do<br />TJRJ n&ordm; 12/2020, ter&atilde;o prioridade de acesso ao trabalho remoto.</div> <div><br />Art. 27. Os telefones das unidades judicias e gabinetes, servi&ccedil;os auxiliares do<br />Ju&iacute;zo, da Divis&atilde;o de Apoio T&eacute;cnico Interdisciplinar (DIATI), de todas as unidades<br />de equipes, das Centrais de Cumprimento de Mandados e dos N&uacute;cleos de<br />Aux&iacute;lio Rec&iacute;proco de Oficiais de Justi&ccedil;a Avaliadores informados no s&iacute;tio<br />eletr&ocirc;nico do Tribunal de Justi&ccedil;a do Estado do Rio de Janeiro continuar&atilde;o<br />programados com o redirecionamento das chamadas recebidas (SIGA-ME), a<br />fim de que seja garantido o atendimento remoto.</div> <div><br />Par&aacute;grafo &uacute;nico. Os magistrados e gestores das unidades referidas no caput<br />dever&atilde;o zelar para que 2 (dois) n&uacute;meros de telefones celulares, com os nomes <br />completos e matr&iacute;culas dos titulares das linhas, sendo um obrigatoriamente o do<br />gestor ou substituto, estejam sempre dispon&iacute;veis e atualizados.<br />Art. 28. Este ato entra em vigor no dia 1&ordm; de maio de 2020 e ter&aacute; validade at&eacute; o<br />dia 15 de maio de 2020, podendo ser prorrogado por ato do Corregedor-Geral<br />da Justi&ccedil;a, na hip&oacute;tese de subsistir a situa&ccedil;&atilde;o excepcional que levou &agrave; sua<br />edi&ccedil;&atilde;o.</div> <div><br />Art. 29. Ficam revogadas as disposi&ccedil;&otilde;es em contr&aacute;rio.<br /></div> <div>Rio de Janeiro, 29 de abril de 2020.</div> <div><br /><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;"><em><strong>Desembargador BERNARDO GARCEZ</strong></em></span></div> <div>Corregedor-Geral de Justi&ccedil;a</div> <div>&nbsp;</div>
Comentar
Compartilhe
PRTB Apresenta seus pré-candidatos à Prefeitura
29/04/2020 | 20h36
<div>BNB POL&Iacute;TICA</div> <div>Eugenio Velloso, CEO do Grupo Itanet e o professor Nivaldo Godoy, foram oficialmente apresentados ontem pelo PRTB, como pr&eacute;-candidatos a prefeito e vice, respectivamente.</div> <div>Ambos possuem vasta experi&ecirc;ncia nas For&ccedil;as Armadas.</div>
Comentar
Compartilhe
MP Recomenda que Comércio Volte a Fechar
29/04/2020 | 19h08
<div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;"><strong><a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/blogninobellieny/1260869-novo-decreto-da-prefeitura-de-itaperuna-reabre-comercio.html">l</a>BNB Em 1&ordf; M&Atilde;O</strong></span></div> <div>Considerada por muitos como a boa not&iacute;cia do dia, a reabertura do com&eacute;rcio de Itaperuna efetuada hoje por for&ccedil;a de decreto municipal ( Veja <a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/blogninobellieny/1260869-novo-decreto-da-prefeitura-de-itaperuna-reabre-comercio.html"><span style="color: #ff0000;">AQUI</span></a>), recebeu agora &agrave; tarde recomenda&ccedil;&atilde;o do Minist&eacute;rio P&uacute;blico do Estado do Rio de Janeiro para fechar novamente. Leia o teor do documento assinado pelo promotor de Justi&ccedil;a, Bruno Santar&eacute;m:</div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/29/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_29_at_18_56_29-1611848.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea9f928cfdba', 'cd_midia':1611848, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/29/whatsapp_image_2020_04_29_at_18_56_29-1611848.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '357', 'cd_midia_h': '635', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:357px;height:635px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/29/whatsapp_image_2020_04_29_at_18_56_29-1611848.jpeg" alt="" width="357" height="635"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div>
Comentar
Compartilhe
Programa Mulher Melhor Entrevista Presidente da Câmara
29/04/2020 | 08h35
<div>BNB REPERCUSS&Atilde;O</div> <div>A jornalista Luciana Moreira, apresentadora do Programa Mulher Melhor, produzido e editado pela VSS Imagens, entrevistou esta semana o presidente da CM de Itaperuna, <strong><em>Sinei Torresmo</em></strong> dos Santos Menezes, durante quase meia-hora, abordando aspectos da vida pessoal, profissional e pol&iacute;tica do presidente, como o primeiro trabalho, de bombeiro hidr&aacute;ulico, igual ao pai e depois empreendedor no ramo de comest&iacute;veis com sucesso e popularidade suficientes para incorporar ao pr&oacute;prio nome, o artigo produzido: torresmo.</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>A trajet&oacute;ria pol&iacute;tico-comunit&aacute;ria come&ccedil;a em 1996 e em 2012, tenta eleger-se a vereador, perdendo por 18 votos. Em 2016, concorre novamente e consegue, vindo a ser presidente da casa no &uacute;ltimo bi&ecirc;nio, cercando-se de assessores competentes e motivados por um estilo de gest&atilde;o democr&aacute;tica e participativa em que todos s&atilde;o ouvidos antes das decis&otilde;es finais.</div> <div>Com um estilo simples, observador e um pouco t&iacute;mido, o pai de Tainah, Tha&iacute;s e Lu&iacute;s Fernando, Sinei Torresmo, mostra-se &agrave; vontade, conversando com Luciana Moreira.</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Mas a&iacute;... saiba mais vendo a entrevista na &iacute;ntegra, clicando <a href="https://www.youtube.com/watch?v=OKhE0DsfRC0&amp;feature=youtu.be">AQUI</a></div>
Comentar
Compartilhe
Novo Decreto da Prefeitura de Itaperuna Reabre Comércio
29/04/2020 | 07h15
<div>BNB de 1&ordf; M&Atilde;O</div> <div>(Clique&nbsp;<a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/blogninobellieny/1260867-prefeito-de-itaperuna-vai-reabrir-comercio-com-restricoes-e-cautelas.html">AQUI</a>&nbsp;e reveja reportagem sobre o an&uacute;ncio ontem, do novo decreto)</div> <div>DECRETO N&ordm; 6234 DE 28 DE ABRIL DE 2020</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>O PRESENTE DECRETO DISP&Otilde;E SOBRE NOVAS MEDIDAS PREVENTIVAS E NECESS&Aacute;RIAS AO EVITAMENTO DO CONT&Aacute;GIO E PROLIFERA&Ccedil;&Atilde;O DO N O V O C O R O N A V &Iacute; R U S ( C O V I D - 1 9 ) , E M DECORR&Ecirc;NCIA DA SITUA&Ccedil;&Atilde;O DE CALAMIDADE P&Uacute;BLICA NO MUNIC&Iacute;PIO DE ITAPERUNA E D&Aacute; OUTRAS PROVID&Ecirc;NCIAS.</div> <div>O PREFEITO MUNICIPAL DE ITAPERUNA/RJ, no uso de suas atribui&ccedil;&otilde;es legais e com base no que disp&otilde;e a Lei Municipal n&ordm;. 774/2017,</div> <div>CONSIDERANDO:</div> <div>- Que o Supremo Tribunal Federal, na Medida Cautelar da A&ccedil;&atilde;o Direta de Constitucionalidade n&ordm;. 6341-DF, em cogni&ccedil;&atilde;o sum&aacute;ria, reconheceu a compet&ecirc;ncia concorrente para que os Munic&iacute;pios possam adotar medidas preventivas no combate ao Novo Coronav&iacute;rus - COVID-19;</div> <div>- O reconhecimento do Estado de Calamidade P&uacute;blica decretado no Munic&iacute;pio de&nbsp;Itaperuna em raz&atilde;o da grave crise de sa&uacute;de ocasionada pela pandemia do Novo Coronav&iacute;rus (COVID-19) por meio do Decreto n&ordm;. 6225, de 06 de abril de 2020;</div> <div>- O posicionamento recente da Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial de Sa&uacute;de e do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, sobre o uso comunit&aacute;rio de m&aacute;scaras como estrat&eacute;gia para diminuir o cont&aacute;gio pelo COVID-19;&nbsp;</div> <div>- A Nota Informativa do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de n&ordm;. 3/2020-CGGAPDESF/SAPS/MS, indicando a utiliza&ccedil;&atilde;o de m&aacute;scaras caseiras como mais uma interven&ccedil;&atilde;o a ser implementada visando interromper o ciclo do COVID-19;</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>- Que a curva de difus&atilde;o da COVID-19 no Munic&iacute;pio de Itaperuna tem se apresentado linear nas &uacute;ltimas semanas;</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>- Que o Munic&iacute;pio de Itaperuna conta nesta data com 70% (setenta por cento) da capacidade instalada para atendimento na sa&uacute;de (leitos de UTI, leitos normais, as demandas das Unidades B&aacute;sicas de Sa&uacute;de e na UPA) livres e dispon&iacute;veis, al&eacute;m da disponibilidade de EPI`s para os profissionais da sa&uacute;de, conforme recomenda&ccedil;&atilde;o do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de;</div> <div>- Que encontra-se em fase final a instala&ccedil;&atilde;o e implementa&ccedil;&atilde;o do CENTRO DE REFER&Ecirc;NCIA COVID-19 (Hospital de Campanha Municipal), para o tratamento dos Mun&iacute;cipes,</div> <div>DECRETA:&nbsp;</div> <div>Art. 1&ordm;. Prorroga-se at&eacute; o dia 15 de maio do presente ano os efeitos do Decreto n&ordm;. 6230/2020, que passar&aacute; a conter as altera&ccedil;&otilde;es lan&ccedil;adas no presente Decreto.</div> <div>Art. 2&ordm;. Ficam revogados os Incisos III e IX do art. 4&ordm; do Decreto n&ordm;. 6230/2020.</div> <div>Art. 3&ordm;. Ficam inseridos os Incisos XII e XIII ao art. 5&ordm; do Decreto n&ordm;. 6230/2020, que conter&atilde;o a seguinte reda&ccedil;&atilde;o:</div> <div>(...);</div> <div>XII &ndash; Fica autorizado o atendimento ao p&uacute;blico no com&eacute;rcio em geral e estabelecimentos cong&ecirc;neres,mediante as seguintes condi&ccedil;&otilde;es:</div> <div>A) Uso obrigat&oacute;rio de m&aacute;scaras de prote&ccedil;&atilde;o dos funcion&aacute;rios e clientes (ainda que sob as custas dos estabelecimentos comerciais) e higieniza&ccedil;&atilde;o regular e peri&oacute;dica das m&atilde;os e dos locais de contato e balc&otilde;es com &aacute;lcool gel antiss&eacute;ptico 70&ordm;;</div> <div>B) Atendimento m&aacute;ximo de 02 (dois) clientes por vez em estabelecimentos com at&eacute; 05 (cinco) funcion&aacute;rios e, atendimento de no m&aacute;ximo 04 (quatro) clientes por vez em estabelecimentos com mais de 05 (cinco) funcion&aacute;rios;</div> <div>C) Dever&aacute; ser mantida a dist&acirc;ncia de no m&iacute;nimo 02 m (dois metros) entre os clientes, e, de 01 m (um metro) entres os funcion&aacute;rios e os clientes;</div> <div>D) Os funcion&aacute;rios dos estabelecimentos dever&atilde;o velar pela n&atilde;o forma&ccedil;&atilde;o de filas;</div> <div>E) N&atilde;o ser&aacute; permitido o atendimento ou perman&ecirc;ncia nos estabelecimentos de pessoas pertencentes a grupos de risco;</div> <div>F) O atendimento ocorrer&aacute; somente das 10 &agrave;s 19 horas (das segundas &agrave;s sextas-feiras), e, de 09 &agrave;s 13 horas aos s&aacute;bados;</div> <div>G) Os estabelecimentos n&atilde;o poder&atilde;o criar, em qualquer hip&oacute;tese, campanhas ou atividades promocionais que possam resultar em aglomera&ccedil;&otilde;es;</div> <div>H) Dever&atilde;o os estabelecimentos divulgar em suas redes sociais, ou outros ve&iacute;culos de comunica&ccedil;&atilde;o, as presentes condi&ccedil;&otilde;es de funcionamento;</div> <div>I) Dever&atilde;o os entregadores se paramentar de m&aacute;scaras, luvas e &aacute;lcool em gel antiss&eacute;ptico 70&ordm;, nas entregas feitas por delivery.</div> <div>XIII &ndash; Se reconhece a essencialidade das atividades realizadas pelas Entidades Religiosas, onde se restabelece a realiza&ccedil;&atilde;o de seus cultos, missas e reuni&otilde;es, mediante as seguintes condi&ccedil;&otilde;es:</div> <div>A) Somente ser&aacute; permitida a entrada e participa&ccedil;&atilde;o de no m&aacute;ximo 20 (vinte) pessoas a cada 100 (cem) assentos dispon&iacute;veis, seguindo-se sempre esta propor&ccedil;&atilde;o quando variar o n&uacute;mero de assentos dispon&iacute;veis para mais ou menos, respeitando o distanciamento m&iacute;nimo de 02 m (dois metros) entre pessoas no interior do estabelecimento religioso;</div> <div>B) Ficar&aacute; um representante da Entidade Religiosa na porta de entrada fazendo o controle de acesso de pessoas, al&eacute;m de disponibilizar m&aacute;scara de prote&ccedil;&atilde;o (para quem n&atilde;o a possui) e &aacute;lcool em gel antiss&eacute;ptico 70&ordm;;</div> <div>C) N&atilde;o ser&aacute; permitida a entrada e perman&ecirc;ncia de pessoas pertencentes a grupos de risco.</div> <div>Art. 4&ordm;. O art. 3&ordm; do Decreto n&ordm;. 6230/2020 passa a conter a seguinte reda&ccedil;&atilde;o:</div> <div>&ldquo;Art. 3&ordm;. Fica prorrogado o vencimento da cota &uacute;nica e da 1&ordf; e 2&ordf; parcelas do IPTU, ITU, ISS-fixo e Taxa de Localiza&ccedil;&atilde;o do exerc&iacute;cio de 2020 para 15/05/2020, at&eacute; ulterior decis&atilde;o/fixa&ccedil;&atilde;o.&rdquo;</div> <div>Art. 5&ordm;. Fica estabelecido o uso obrigat&oacute;rio e massivo de m&aacute;scaras no almejo de se evitar o cont&aacute;gio contamina&ccedil;&atilde;o comunit&aacute;ria do Novo Coronav&iacute;rus, nos seguintes moldes:</div> <div>I &ndash; No uso do transporte p&uacute;blico, de t&aacute;xi, transportes por aplicativos ou compartilhados;&nbsp;</div> <div>II &ndash; Para o acesso aos estabelecimentos considerados como essenciais, com exce&ccedil;&atilde;o dos bares, restaurantes e outros do g&ecirc;nero;</div> <div>III &ndash; Para o acesso aos estabelecimentos comerciais que tiverem suas atividades retomadas pelo presente Decreto; e,</div> <div>IV &ndash; Para o desempenho das atividades em reparti&ccedil;&otilde;es p&uacute;blicas e privadas.</div> <div>Par&aacute;grafo &uacute;nico. Ser&aacute; obrigat&oacute;ria a todos os populares a utiliza&ccedil;&atilde;o de m&aacute;scara de prote&ccedil;&atilde;o na ocasi&atilde;o de estada e circula&ccedil;&atilde;o em locais p&uacute;blicos, e, ser&aacute; de responsabilidade de todos os estabelecimentos comerciais e meios de transportes de passageiros, o fornecimento da m&aacute;scara quando o particular n&atilde;o a estiver usando.</div> <div>Art. 6&ordm;. Ficam restabelecidas as atividades das feiras livres, mediante as seguintes condi&ccedil;&otilde;es:</div> <div>I &ndash; Ser&aacute; obrigat&oacute;rio o uso de m&aacute;scaras de prote&ccedil;&atilde;o, luvas e higieniza&ccedil;&atilde;o regular e peri&oacute;dica das m&atilde;os e dos locais de contato e balc&otilde;es com &aacute;lcool gel antiss&eacute;ptico 70&ordm;;</div> <div>II &ndash; Dever&aacute; ser fornecida pelos feirantes m&aacute;scara de prote&ccedil;&atilde;o para o cliente que n&atilde;o a possui (&agrave;s suas custas) e &aacute;lcool gel antiss&eacute;ptico 70&ordm;;</div> <div>III &ndash; Cada barraca ter&aacute; no m&aacute;ximo 02 (dois) feirantes/atendentes, ficando tamb&eacute;m limitado o n&uacute;mero m&aacute;ximo de atendimento de um cliente por feirante/atendente;</div> <div>IV &ndash; Fica proibido o atendimento a menores e a pessoas pertencentes a grupos de risco, a n&atilde;o ser pelo sistema de drive thru;&nbsp;</div> <div>V &ndash; Ser&aacute; mantido o distanciamento m&iacute;nimo de 1,5 m (um metro e meio) entre barracas;</div> <div>VI &ndash; Cada barraca ter&aacute; no m&aacute;ximo 03 m (tr&ecirc;s metros) de comprimento por 02 m (dois metros) de largura;</div> <div>VII &ndash; Os feirantes dever&atilde;o velar pela <em>n&atilde;o</em> forma&ccedil;&atilde;o de filas;</div> <div>VIII &ndash; Dever&atilde;o os feirantes divulgar em r&aacute;dios, ou outros ve&iacute;culos de comunica&ccedil;&atilde;o, as presentes condi&ccedil;&otilde;es de funcionamento.</div> <div>Par&aacute;grafo &uacute;nico. A Municipalidade disponibilizar&aacute; toda a Avenida Cory Pillar (sentido Cidade Nova &ndash; Centro) para a realiza&ccedil;&atilde;o da feira livre, circula&ccedil;&atilde;o de pedestres e sistema drive thru, no intuito de promover o distanciamento entre pessoas, onde ser&aacute; demonstrada no &ldquo;esquema ilustrado no Anexo 01 deste Decreto&rdquo; a sua forma de funcionamento.</div> <div>Art. 7&ordm;. As medidas previstas neste Decreto poder&atilde;o ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situa&ccedil;&atilde;o epidemiol&oacute;gica do Munic&iacute;pio</div> <div><em>Este Decreto entra em vigor na data de sua publica&ccedil;&atilde;o.</em></div> <div><em>Itaperuna/RJ, 28 de abril de 2020.</em></div> <div><em><strong>VITOR MEIRELES GON&Ccedil;ALVES</strong></em></div> <div>Procurador Geral do Munic&iacute;pio</div> <div><em><strong>MARCUS VINICIUS DE OLIVEIRA PINTO</strong></em></div> <div>Prefeito Municipal</div>
Comentar
Compartilhe
Prefeito de Itaperuna Vai Reabrir Comércio com Restrições e Cautelas
28/04/2020 | 21h47
<div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">BNB em 1&ordf; M&Atilde;O</span></div> <div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">Novo Decreto- Veja&nbsp;<a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/blogninobellieny/1260869-novo-decreto-da-prefeitura-de-itaperuna-reabre-comercio.html"><span style="color: #ff0000;">AQUI</span></a></span></div> <div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">ITAPERUNA-RJ</span></div> <div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">Uso obrigat&oacute;rio de m&aacute;scaras</span></div> <div>Com decreto a ser publicado daqui a pouco, valendo a partir de amanh&atilde;, quarta-feira e fazendo uso das redes sociais Ao Vivo, o prefeito Marcus Vin&iacute;cius de Oliveira Pinto, acompanhado do procurador geral do munic&iacute;pio, V&iacute;ctor Meirelles, comunicou a reabertura de todo o com&eacute;rcio local, com restri&ccedil;&otilde;es, cautela, redu&ccedil;&atilde;o de hor&aacute;rio, uso obrigat&oacute;rio de m&aacute;scaras em todos os cidad&atilde;os no trabalho ou em circula&ccedil;&atilde;o.</div> <div>Est&atilde;o proibidas promo&ccedil;&otilde;es, aglomera&ccedil;&otilde;es e cada estabelecimento ter&aacute; que ter dispon&iacute;vel material de higieniza&ccedil;&atilde;o.</div> <div>Grupos de risco devem permanecer em casa. O decreto pode ser invertido em caso de subida da curva de cont&aacute;gio, no momento est&aacute;vel. O prefeito deixou claro se houver qualquer alarme nos gr&aacute;ficos, voltar&aacute; ao fechamento.</div> <div>As m&aacute;scaras higi&ecirc;nicas s&atilde;o obrigat&oacute;rias o tempo todo em locais p&uacute;blicos e no com&eacute;rcio em geral, sendo fiscalizado o uso pelos funcion&aacute;rios dos bares, restaurantes, butiques, concession&aacute;rias e demais casas comerciais, e eles tamb&eacute;m compulsoriamente obrigados a trajarem-na.</div> <div>Em caso de desobedi&ecirc;ncia flagrada, penalidades ser&atilde;o impostas aos respons&aacute;veis. Igrejas tamb&eacute;m voltar&atilde;o a funcionar, com os fi&eacute;is de m&aacute;scaras, fiscalizadas pelos pr&oacute;prios membros dos templos, com o espa&ccedil;o reduzido para evitar proximidade abaixo de 2m.</div> <div>A Feira Popular, tradicional aos s&aacute;bados voltar&aacute; seguindo regula&ccedil;&atilde;o adequada a ser descrita no decreto municipal, dentro dos mesmos padr&otilde;es estipulados para o restante do com&eacute;rcio, al&eacute;m de uma dist&acirc;ncia de 1m e meio de uma tenda para outra, usando o sistema de drive-trhu, n&atilde;o precisando os clientes sa&iacute;rem dos ve&iacute;culos.</div> <div>O prefeito MV fez quest&atilde;o de reafirmar que hoje Itaperuna tem 70% de capacidade livre dos leitos hospitalares, o que permite a presente flexibiliza&ccedil;&atilde;o, a exemplo de outras cidades com as mesmas estat&iacute;sticas.</div> <div>As academias esportivas ainda n&atilde;o far&atilde;o parte desta reabertura pelo menos por enquanto, sendo estudada uma maneira respons&aacute;vel para o retorno &agrave;s atividades</div> <div>&nbsp;Assim que sair&nbsp; oficialmente o decreto o BNB-Blog Nino Bellieny, publicar&aacute; na &iacute;ntegra.</div>
Comentar
Compartilhe
Prefeita Surpreende no Norte Fluminense
28/04/2020 | 12h24
<div>Por<span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;"> Lael Santos*</span></div> <div><span style="font-size: 12pt; font-family: arial, helvetica, sans-serif;"><strong>Prefeita surpreende e em uma live revela uma cidade que n&atilde;o parou em meio &agrave; crise<br /><br /><br /></strong>Em meio aos tantos problemas enfrentados pelo munic&iacute;pio, S&atilde;o Francisco de Itabapoana n&atilde;o ficou estagnada, antes arrega&ccedil;ou as mangas n&atilde;o tirando o foco e se lembrando o tempo inteiro de uma s&eacute;rie de responsabilidades assumidas, que de maneira alguma poderiam ser paralisadas.</span></div> <div><span style="font-size: 12pt; font-family: arial, helvetica, sans-serif;"><br />A Prefeita Francimara na live desta segunda-feira(27/04) anunciou que alugou duas patrulhas mecanizadas com duas patrol, duas retroescavadeiras e dois caminh&otilde;es para atenderem a demanda de recupera&ccedil;&atilde;o das estradas vicinais do munic&iacute;pio, que foram atingidas pelas fortes chuvas. Neste pacote est&atilde;o as localidades de Carrapato, Espiador, Cobi&ccedil;a, Vil&atilde;o, Santa Clara, Quatro Bocas, Boa Sorte, Fazenda Santana, Caldeir&atilde;o, Santa Luzia, Macuco. </span></div> <div><span style="font-size: 12pt; font-family: arial, helvetica, sans-serif;">As m&aacute;quinas das Secretarias de Obras e Agricultura est&atilde;o trabalhando &agrave; todo vapor, e os trabalhos ser&atilde;o intensificados com a chegada dos demais maquin&aacute;rios. O projeto de recupera&ccedil;&atilde;o das estradas est&aacute; tra&ccedil;ado para desenvolver 4 frentes de trabalho no munic&iacute;pio. Interven&ccedil;&otilde;es j&aacute; foram feitas na curva do desvio em Barra de Itabapoana, 70% do Macuco, Ponto de Cacimbas at&eacute; o trevo de Santa Luzia, nas proximidades de onde caiu uma ponte. Hoje os trabalhos prosseguem em Floresta, Florestinha, Roda D'&Aacute;gua at&eacute; Campo Novo.<br />Outros servi&ccedil;os continuam em andamento, como a Pra&ccedil;a com Playground em Boa Vista Italiana, Pra&ccedil;a de Garga&uacute; e Floresta em fase de conclus&atilde;o, Deserto Feliz tamb&eacute;m est&aacute; no projeto de urbaniza&ccedil;&atilde;o.</span></div> <div><span style="font-size: 12pt; font-family: arial, helvetica, sans-serif;"><br />O Centro Poliesportivo, uma obra que estava parada desde 2011 ser&aacute; inaugurado agora no m&ecirc;s de maio, e caso a obra n&atilde;o fosse conclu&iacute;da, 1 milh&atilde;o de reais teria que ser devolvido ao Governo Federal, mas diferente do governo anterior, que foi totalmente irrespons&aacute;vel com a execu&ccedil;&atilde;o deste fant&aacute;stico projeto, a Prefeita Francimara, demonstrando responsabilidade com a coisa p&uacute;blica, mesmo com tantos percal&ccedil;os entregar&aacute; &agrave; popula&ccedil;&atilde;o o t&atilde;o sonhado Gin&aacute;sio Esportivo.</span></div> <div><span style="font-size: 12pt; font-family: arial, helvetica, sans-serif;">O Projeto &eacute; composto pela constru&ccedil;&atilde;o de uma quadra poliesportiva, banheiros masculino e feminino, vesti&aacute;rios, dep&oacute;sitos, arquibancadas, instala&ccedil;&otilde;es el&eacute;tricas e hidr&aacute;ulicas, reforma da estrutura do telhado e ilumina&ccedil;&atilde;o e acessibilidade.</span></div> <div><span style="font-size: 12pt; font-family: arial, helvetica, sans-serif;"><br />Um governo s&eacute;rio, compromissado com o social, n&atilde;o se exime de todas os seus compromissos assumidos.<br />"Este &eacute; um pouco de muita cousa que ainda apresentaremos para a nossa popula&ccedil;&atilde;o nos pr&oacute;ximos dias. A vida n&atilde;o pode parar, e a nossa administra&ccedil;&atilde;o consciente da responsabilidade em todos os &acirc;mbitos tem desempenhado o seu papel de promover o bem estar para a comunidade." Concluiu, muito empolgada, a Prefeita Francimara.<br /><br /></span></div> <div><span style="font-size: 12pt; font-family: arial, helvetica, sans-serif;">* Editor do&nbsp;<a href="http://admin2.fiveedit.com.br/laelsantos.blogspot.com">laelsantos.blogspot.com</a></span></div>
Comentar
Compartilhe
Xô Crise! Dois investimentos na cidade
28/04/2020 | 11h02
<div><strong>BNB em 1&ordf; M&Atilde;O</strong></div> <div>Cada um em seu ramo, ambos inclusive considerados essenciais, est&atilde;o abrindo as portas em Itaperuna-RJ: o Mercado Novato, na Rua Plat&atilde;o Boechat na Cehab, mercearia-padaria-hortifruti, da empres&aacute;ria Patr&iacute;cia Lovato e a Casa dos Ladrilhos, do mineiro de Muria&eacute;, Jos&eacute; F&eacute;lix, na Avenida No&ecirc;mia Godinho Bittencourt, Bairro Aeroporto, material de constru&ccedil;&atilde;o e representa&ccedil;&atilde;o &uacute;nica em ladrilhos hidr&aacute;ulicos de uma f&aacute;brica tamb&eacute;m de Minas Gerais.</div>
Comentar
Compartilhe
Um Novo Líder no Noroeste
28/04/2020 | 08h51
<div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">BNB Exclusivo</span></div> <div>Empossado em 20 de novembro de 2018, depois de vencer elei&ccedil;&atilde;o suplementar no dia 28 de outubro do mesmo ano, com&nbsp;2.890 votos, ao lado candidato a vice, Jos&eacute; Maria Sanha&ccedil;o, e&nbsp;j&aacute; tendo sido prefeito de Laje do Muri&aacute;e-RJ, Jos&eacute; Elizer-MDB, vem se destacando em um quesito atualmente raro na Regi&atilde;o Noroeste: a lideran&ccedil;a intermunicipal, sendo porta-voz de v&aacute;rios outros prefeitos e com eles participando de reuni&otilde;es virtuais com o governador do Estado do Rio, Wilson Witzel, puxando para si a responsabilidade de convocar os colegas, mantendo o di&aacute;logo e gerando ideias.</div> <div>M&eacute;dico, atento &agrave; realidade do pequeno munic&iacute;pio, mas focado no assunto que entende bem, Sa&uacute;de, durante essa intermin&aacute;vel crise da Covid-19, desponta-se como um l&iacute;der regional, diplom&aacute;tico e atuante.</div> <div>E como o Noroeste precisa...</div>
Comentar
Compartilhe
Adiada Reunião Sobre Reabertura do Comércio Itaperunense
27/04/2020 | 19h41
<div>Exclusiva</div> <div>Por <span style="font-size: 12pt; font-family: 'arial black', sans-serif;">Marcelo Nascimento, editor da Revista Estilo Off</span></div> <div>&nbsp;</div> <div>Foi por &aacute;gua abaixo as expectativas da lideran&ccedil;a dos comerciantes de Itaperuna com a reuni&atilde;o que seria hoje com o prefeito Marcus Vin&iacute;cius e o promotor p&uacute;blico Bruno Santar&eacute;m para discutirem a possibilidade ou n&atilde;o de reabertura do com&eacute;rcio.</div> <div>Horas antes da reuni&atilde;o marcada o promotor pediu para adi&aacute;-la para semana que vem alegando orienta&ccedil;&otilde;es vindas do &oacute;rg&atilde;o no Rio. A promotoria tamb&eacute;m disse que a pr&oacute;xima reuni&atilde;o n&atilde;o ser&aacute; presencial e sim de forma virtual. Com isso os comerciantes v&atilde;o esperar mais uma semana de portas fechadas at&eacute; que seja reagendada a reuni&atilde;o ou que o prefeito decida sozinho pela reabertura.</div> <div><br />Edmilson Ladeira, presidente do Sincom&eacute;rcio, conversou com a gente ao telefone, e disse que apresentou um estudo detalhado e adaptado do produzido pela ABRASCE - Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira de Shoppings Centers - em que aponta viabilidade t&eacute;cnica garantindo seguran&ccedil;a para a popula&ccedil;&atilde;o, como a promessa de n&atilde;o fazer promo&ccedil;&otilde;es em lojas pelos pr&oacute;ximos 60 dias, limitar a entrada de clientes nos recintos, o uso obrigat&oacute;rio de m&aacute;scaras aos funcion&aacute;rios e &aacute;lcool gel para os colaboradores e clientes, al&eacute;m de um hor&aacute;rio reduzido que iria de 12h &agrave;s 17h.</div> <div>&ldquo;<em><strong>A gente est&aacute; tentando de tudo para negociar a abertura do com&eacute;rcio de Itaperuna. Entendemos a situa&ccedil;&atilde;o da pandemia, mas precisamos seguir o trabalho para que consigamos tocar as empresas, sen&atilde;o n&atilde;o conseguiremos segurar essa barra por mais tempo&rdquo;</strong></em> Disse Edmilson.</div>
Comentar
Compartilhe
A Uva Ancelotta e a Vinícola Fin
27/04/2020 | 08h21
<div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">COLUNA DE VINHOS</span></div> <div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">POR JO&Atilde;O RICARDO RODRIGUES</span></div> <div>Terminando a nossa s&eacute;rie sobre &ldquo;uvas italianas em solo brasileiro, hoje iremos apresentar uma uva italiana que j&aacute; adquiriu cidadania brasileira e vem se destacando na elabora&ccedil;&atilde;o de grandes vinhos.<br /><br /><br />A Uva<br /><br />Nativa da regi&atilde;o da Emiglia Romagna, no norte da It&aacute;lia a uva Ancellotta, outros nomes ( Ancelotta di Massenzatico, Balsamina Nera, Lancellotta, Uino ou uvino),&eacute; tamb&eacute;m cultivada em menor escala em outras regi&otilde;es da Italia como Piemonte, V&eacute;neto, Friuli-Venecia Julia e na Toscana.</div> <div><br /> &Eacute; uma variedade que apresenta uma elevada concentra&ccedil;&atilde;o de antocianinas e, portanto, uma forte pigmenta&ccedil;&atilde;o que proporciona uma cor bem escura, devido a essa caracter&iacute;stica &eacute; muito usada no corte de vinhos tintos com a finalidade de adiocionar cor a mistura, tamb&eacute;m &eacute; bastante utilizada como uva secund&aacute;ria na elabora&ccedil;&atilde;o dos vinhos tintos Lambruscos.<br /><br /> <br /><br />Por&eacute;m a Ancellotta conheceu novas regi&otilde;es no mundo, onde tem se adaptado muito bem e hoje em dia somente 6% da produ&ccedil;&atilde;o mundial est&aacute; na It&aacute;lia, o restante se concentra na Argentina 44% e no Brasil com 50% da produ&ccedil;&atilde;o mundial.<br /><br /> <br /><br />No Brasil encontrou terroir na Serra Ga&uacute;cha e Regi&atilde;o das Miss&ocirc;es onde podemos encontrar excelentes varietais que geralmente s&atilde;o vinhos suavemente frutados, florais com sabores maduros de frutas vermelhas, com boa acidez, taninos maduros e uma cor profunda e intensa e longevos, nos cortes &eacute; geralmente usada em misturas com Merlot e Cabernet Sauvignon, <br /><br />A Vin&iacute;cola<br /><br />A vin&iacute;cola FIN est&aacute; localizada na regi&atilde;o conhecida como Sete Povos das Miss&otilde;es, refer&ecirc;ncia hist&oacute;rica dos sete aldeamentos instalados pelos Padres Jesu&iacute;tas na regi&atilde;o Oeste ga&uacute;cha entre os anos de 1682 e 1706.</div> <div>Durante esse per&iacute;odo os Padres Jesu&iacute;tas foram os primeiros a implantar a vitivinicultura na regi&atilde;o com a finalidade de elaborar os vinhos utilizados nas celebra&ccedil;&otilde;es religiosas.<br /><br /><br />A Vin&iacute;cola FIN &eacute; uma empresa familiar que cultiva uvas das quais elabora vinhos finos de alta qualidade, a sede da vin&iacute;cola fica localizada na Rodovia BR 285, Km 509 - Entre-Iju&iacute;s, na rota tur&iacute;stica que liga Santo &Acirc;ngelo &ldquo;Capital das Miss&otilde;es&rdquo; ao S&iacute;tio Arqueol&oacute;gico de S&atilde;o Miguel Arcanjo(Patrim&ocirc;nio Mundial pela UNESCO em 1983) localizado na cidade de S&atilde;o Miguel das Miss&otilde;es.<br /><br /> <br /><br />A hist&oacute;ria da tradi&ccedil;&atilde;o na elabora&ccedil;&atilde;o de vinhos venho junto com o patriarca da fam&iacute;lia Luigi Fin nascido em Arzignano, na prov&iacute;ncia de V&ecirc;neto, que em 1876 imigrou para o Brasil, mais especificamente para a regi&atilde;o de Campo dos Bugres (hoje Caxias do Sul), a fam&iacute;lia cresceu e desbravou novas regi&otilde;es, onde tamb&eacute;m foram pioneiros em diversas atividade, o Sr Jorge Fin da 3&ordf; gera&ccedil;&atilde;o da fam&iacute;lia se dedicou a vitivinicultura e com o mesmo espirito dos pioneiros mant&eacute;m vivas as ra&iacute;zes e a tradi&ccedil;&atilde;o familiar no cultivo de videiras e elabora&ccedil;&atilde;o de vinhos.<br /><br />A Vin&iacute;cola FIN &eacute; biodin&acirc;mica, ou seja, n&atilde;o utiliza produtos qu&iacute;micos no cultivo e na produ&ccedil;&atilde;o dos seus vinhos, sendo tamb&eacute;m 100% sustent&aacute;vel e utiliza as boas pr&aacute;ticas na intera&ccedil;&atilde;o com o meio ambiente, como a produ&ccedil;&atilde;o do pr&oacute;prio adubo com as sobras dos materiais utilizados no processo da produ&ccedil;&atilde;o do vinho.<br /><br /><br /> <br /><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/27/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_25_at_12_31_30-1610664.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea6bf382aa87', 'cd_midia':1610664, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/27/whatsapp_image_2020_04_25_at_12_31_30-1610664.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '180', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:180px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/27/whatsapp_image_2020_04_25_at_12_31_30-1610664.jpeg" alt="" width="813" height="180"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce><br /><br />Vinicola FIN, Sr Jorge Fin (propriet&aacute;rio) e Sitio Arqueol&oacute;gico das Miss&otilde;es de S&atilde;o Miguel<br /><br /><br />A regi&atilde;o missioneira apresenta um coeficiente h&eacute;lio-pluviom&eacute;trico muito bom e um excelente potencial de solo e clima, com elevados &iacute;ndices de radia&ccedil;&atilde;o solar, esta&ccedil;&otilde;es bem definidas, adequada amplitude t&eacute;rmica e menor incid&ecirc;ncia de chuvas.</div> <div>Os vinhos somente s&atilde;o elaborados quando a qualidade das uvas &eacute; considerada excepcional, buscando um vinho que tenha em seus aromas e sabores as caracter&iacute;sticas do &ldquo;Terroir Missioneiro&rdquo;, a produ&ccedil;&atilde;o &eacute; de aproximadamente 60 mil garrafas por ano.</div> <div>Na &aacute;rea da vinicola s&atilde;o cultivadas cepas de origem francesas como a Cabernet Sauvignon, Merlot e Tannat, e a Italiana Ancellota, dessas uvas s&atilde;o produzidos vinhos finos, tamb&eacute;m produz outras variedades utilizadas para produ&ccedil;&atilde;o de vinhos brancos e tintos de mesa, espumantes e sucos, para o envelhecimento dos vinhos utiliza exclusivamente barricas de carvalho franc&ecirc;s.<br /><br />A vin&iacute;cola recebe visitas individuais, fam&iacute;lias e grupos de turistas, oferecendo degusta&ccedil;&otilde;es dirigidas e visita na &aacute;rea da vin&iacute;cola, possui restaurante com agendamento pr&eacute;vio.<br /><br />Informa&ccedil;&otilde;es e fotos obtidos no site da vin&iacute;cola FIN<br /><br /> <br /><br />O Vinho<br /><br />Gran Reserva do Produtor Ancellota, safra 2012.<br /><br /> <br /><br />Visual: apresenta uma sedutora cor rubi intensa com halos viol&aacute;ceos, l&iacute;mpido e brilhante j&aacute; demonstrando uma boa acidez, lagrimas viscosas;<br /><br />Aromas: inicialmente fechados, aos poucos na ta&ccedil;a abriu trazendo frutas negras maduras, destaque para ameixa preta, amoras, aparece couro e aromas terrosos. <br /><br />Na boca: ataque suave com taninos redondos, boa acidez, m&eacute;dio para encorpado, no retrogosto aparece a ameixa, final persistente, 13 % de &aacute;lcool bem integrado.<br /><br />Achei bem gastron&ocirc;mico e j&aacute; com seus 8 anos de vida demonstra que ainda tem um longo caminho pela frente.<br /><br />Envelhecimento: 8 meses em barricas novas de carvalho franc&ecirc;s;<br /><br />Temperatura ideal para consumo: entre 14 e 16&deg;;<br /><br />Pre&ccedil;o m&eacute;dio: entre R$ 90 e 100,00.<br /><br />Vinho adquirido na Loja Virtual da vin&iacute;cola: https://vinicolafin.com.br/shop/<br /><br />Harmonizado com um corte tomahawk, retirado da parte dianteira do lombo do boi, onde &eacute; poss&iacute;vel extrair apenas quatro pe&ccedil;as por animal, &eacute; o mesmo corte do prime rib, por&eacute;m com um osso maior (chegando a 30 cm) &eacute; composto pelo ancho (fil&eacute; de costela).<br /><br /> <br /><br /><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/27/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_25_at_12_32_10-1610665.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea6bf382aa87', 'cd_midia':1610665, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/27/whatsapp_image_2020_04_25_at_12_32_10-1610665.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '359', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:359px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/27/whatsapp_image_2020_04_25_at_12_32_10-1610665.jpeg" alt="" width="813" height="359"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce><br /><br /> <br /><br /><br /><br /></div>
Comentar
Compartilhe
Empresário Acredita em Itaperuna Mesmo em Plena Crise
23/04/2020 | 10h26
<div>BNB em 1&ordf; M&Atilde;O</div> <div>O cardosense Cristiano Mello desde crian&ccedil;a trabalha com lanches, experi&ecirc;ncias adquiridas com a m&atilde;e e o pai, ambos comerciantes. At&eacute; que veio o primeiro neg&oacute;cio pr&oacute;prio em Cardoso Moreira, aprendendo gest&atilde;o e inova&ccedil;&atilde;o. Para uma ideia maior e mais ousada foi um pulo e em Campos dos Goytacazes lan&ccedil;ou a House 82 Hamburgueria, em 2015.</div> <div>Agora, vem para Itaperuna e abre a 3&ordf; filial regional,(<em>as duas anteriores est&atilde;o no Shopping Boulevard e no</em> <em>Parque S&atilde;o Caetano em Campos</em>), no Shopping Gourmet, do CEO do Grupo Chequer, Wilsinho Chequer.</div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/23/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_23_at_10_16_22__1_-1609103.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea19596ef78b', 'cd_midia':1609103, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/23/whatsapp_image_2020_04_23_at_10_16_22__1_-1609103.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': 'H82H', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '808', 'cd_midia_h': '813', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:808px;height:813px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/23/whatsapp_image_2020_04_23_at_10_16_22__1_-1609103.jpeg" alt="" width="808" height="813"> <figcaption> H82H </figcaption> </figure></tinymce></div> <div>O sucesso da H82H cresceu em cima de qualidade, criatividade e generosidade em conte&uacute;do do produto.</div> <div>Al&eacute;m de uma linha de entrega com rapidez e seguran&ccedil;a. Mesmo em duros tempos de Coronav&iacute;rus, Cristiano acredita na cidade e exatamente no poder do delivery, em alta com a quarentena.</div> <div>A princ&iacute;pio o m&ecirc;s de estreia &eacute; agosto. E Itaperuna agradece.</div>
Comentar
Compartilhe
Prefeitura do Rio Decreta Uso Obrigatório de Máscaras
18/04/2020 | 19h23
<div>BNB RIO</div> <div>DECRETO RIO N&ordm; 47375 DE 18 DE ABRIL DE 2020<br />Altera o Decreto Rio n&ordm; 47.282 de 21 de mar&ccedil;o de 2020, que determina a ado&ccedil;&atilde;o de<br />medidas adicionais, pelo Munic&iacute;pio, para enfrentamento da pandemia do novo<br />Coronav&iacute;rus - COVID - 19, para tornar obrigat&oacute;rio o uso de m&aacute;scaras de prote&ccedil;&atilde;o facial,<br />como medida complementar &agrave; redu&ccedil;&atilde;o do cont&aacute;gio pelo Sars-Cov-2, e d&aacute; outras<br />provid&ecirc;ncias.</div> <div><br />O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribui&ccedil;&otilde;es que lhe s&atilde;o conferidas<br />pela legisla&ccedil;&atilde;o em vigor, e<br />CONSIDERANDO a situa&ccedil;&atilde;o de emerg&ecirc;ncia e de calamidade p&uacute;blica no Munic&iacute;pio, reconhecidas<br />pelos Decretos Rio n&ordm;s 47.263, de 17 de mar&ccedil;o de 2020, e 47.355, de 08 de abril de 2020, bem<br />como a conveni&ecirc;ncia e a oportunidade da ado&ccedil;&atilde;o de novas medidas de vigil&acirc;ncia epidemiol&oacute;gica,<br />consoante o disposto na Lei federal n&ordm; 8.080, de 19 de setembro de 1990, que disp&otilde;e sobre as<br />condi&ccedil;&otilde;es para a promo&ccedil;&atilde;o, prote&ccedil;&atilde;o e recupera&ccedil;&atilde;o da sa&uacute;de, a organiza&ccedil;&atilde;o e o funcionamento<br />dos servi&ccedil;os correspondentes e d&aacute; outras provid&ecirc;ncias, e na Lei federal n&ordm; 13.979, de 6 de fevereiro<br />de 2020, que disp&otilde;e sobre as medidas para enfrentamento da emerg&ecirc;ncia de sa&uacute;de p&uacute;blica de<br />import&acirc;ncia internacional decorrente do coronav&iacute;rus respons&aacute;vel pelo surto de 2019;<br />CONSIDERANDO que dentre as a&ccedil;&otilde;es aptas &agrave; preven&ccedil;&atilde;o de agravos &agrave; sa&uacute;de individual ou coletiva,<br />de que trata a Lei federal n&ordm; 8.080, de 1990, figura a recomenda&ccedil;&atilde;o de ado&ccedil;&atilde;o de medidas de<br />preven&ccedil;&atilde;o e controle das doen&ccedil;as;</div> <div><br />CONSIDERANDO o reconhecimento, pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia - SBPT,<br />pela Organiza&ccedil;&atilde;o Pan-Americana da Sa&uacute;de - OPAS, e pela Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial de Sa&uacute;de - OMS,<br />quanto &agrave; efic&aacute;cia do uso de m&aacute;scara facial, como medida de redu&ccedil;&atilde;o da contamina&ccedil;&atilde;o pelo SarsCov-2;<br />CONSIDERANDO as informa&ccedil;&otilde;es constantes do documento Orienta&ccedil;&otilde;es Gerais - M&aacute;scaras faciais</div> <div>de uso n&atilde;o profissional, da Agencia Nacional de Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria - ANVISA, de 3 de abril de 2020,<br />constante do endere&ccedil;o eletr&ocirc;nico<br />http://portal.anvisa.gov.br/documents/219201/4340788/NT+M%C3%A1scaras.pdf/bf430184-8550-<br />42cb-a975-1d5e1c5a10f7;</div> <div><br />CONSIDERANDO a necessidade de ampliar a disponibilidade de m&aacute;scaras cir&uacute;rgicas do tipo N-95<br />ou equivalente, para os profissionais de sa&uacute;de e outros que se obriguem ao contato pr&oacute;ximo e<br />prolongado com poss&iacute;veis fontes de cont&aacute;gio,</div> <div><br />DECRETA:<br />Art. 1&ordm; O Decreto Rio n&ordm; 47.282 de 21 de mar&ccedil;o de 2020, que determina a ado&ccedil;&atilde;o de medidas<br />adicionais, pelo Munic&iacute;pio, para enfrentamento da pandemia do novo Coronav&iacute;rus - COVID - 19,<br />passa a vigorar acrescido dos seguintes dispositivos:<br />&ldquo;..................................................................</div> <div>Art. 1&ordm;-J Fica considerado obrigat&oacute;rio o uso de m&aacute;scara facial n&atilde;o profissional durante o<br />deslocamento de pessoas pelos bens p&uacute;blicos do Munic&iacute;pio e para o atendimento em<br />estabelecimentos com funcionamento autorizado, em especial, para:<br />I - uso de meios de transporte p&uacute;blico ou privado de passageiros;<br />II - desempenho de atividades laborais em ambientes compartilhados, nos setores p&uacute;blico e<br />privado;<br />&sect; 1&ordm; Para efeito do caput deste artigo, e em conformidade com o disposto no art. 99 da Lei n&ordm;<br />10.406, de 10 de janeiro de 2002, que institui o C&oacute;digo Civil, consideram-se bens p&uacute;blicos:<br />I - os de uso comum do povo, tais como lagoas, rios, mares, estradas, ruas e pra&ccedil;as;<br />II - os de uso especial, tais como edif&iacute;cios ou terrenos destinados a servi&ccedil;o ou estabelecimento<br />da administra&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, inclusive os de suas autarquias.<br />&sect; 2&ordm; A produ&ccedil;&atilde;o de m&aacute;scaras artesanais pode ser realizada segundo as orienta&ccedil;&otilde;es constantes<br />da Nota Informativa n&ordm; 3/2020-CGGAP/DESF/SAPS/MS, dispon&iacute;vel na p&aacute;gina do Minist&eacute;rio da<br />Sa&uacute;de no endere&ccedil;o eletr&ocirc;nico www.saude.gov.br, e o seu uso observar&aacute; as orienta&ccedil;&otilde;es<br />constantes do ANEXO III deste Decreto.<br />&sect; 3&ordm; Os fabricantes e distribuidores de m&aacute;scaras para uso profissional garantir&atilde;o,<br />prioritariamente, o abastecimento da rede p&uacute;blica de assist&ecirc;ncia e de aten&ccedil;&atilde;o &agrave; sa&uacute;de.<br />&sect; 4&ordm; A SMS, a SEOP e a SMASDH baixar&atilde;o Resolu&ccedil;&atilde;o CoConjunta com as medidas necess&aacute;rias<br />ao cumprimento deste Decreto.<br />&sect; 5&ordm; Os &oacute;rg&atilde;os municipais integrantes da gest&atilde;o do ordenamento p&uacute;blico orientar&atilde;o as pessoas<br />quanto &agrave; import&acirc;ncia do uso das m&aacute;scaras.<br />&sect; 6&ordm; A inobserv&acirc;ncia ao disposto neste Decreto sujeita o infrator ao pagamento de multa<br />por deixar de executar, dificultar ou opor-se &agrave; execu&ccedil;&atilde;o de medidas sanit&aacute;rias que visem &agrave;<br />preven&ccedil;&atilde;o das doen&ccedil;as transmiss&iacute;veis e sua dissemina&ccedil;&atilde;o, &agrave; preserva&ccedil;&atilde;o e &agrave; manuten&ccedil;&atilde;o da<br />sa&uacute;de, de que trata o inciso IX, do art. 30, do Decreto municipal n&ordm; 45.585, de 27 de dezembro<br />de 2018, que disp&otilde;e sobre o regulamento administrativo do C&oacute;digo de Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria,<br />Vigil&acirc;ncia de Zoonoses e de Inspe&ccedil;&atilde;o Agropecu&aacute;ria, de que trata a Lei Complementar n&ordm; 197,<br />de 27 de dezembro de 2018, no tocante ao licenciamento sanit&aacute;rio e aos procedimentos<br />fiscalizat&oacute;rios, sem preju&iacute;zo de eventual responsabiliza&ccedil;&atilde;o pelo crime de infra&ccedil;&atilde;o de medida<br />sanit&aacute;ria preventiva, de que trata o art. 268, do Decreto-Lei n&ordm; 2.848, de 7 de dezembro de<br />1940, C&oacute;digo Penal, na forma do regulamento.<br />...........................................................................................................&rdquo;</div> <div><br />Art. 2&ordm; Este Decreto entra em vigor na data de sua publica&ccedil;&atilde;o, produzindo os seus efeitos ap&oacute;s<br />decorridos cinco dias.<br />Rio de Janeiro, 18 de abril de 2020; 456&ordm; ano da funda&ccedil;&atilde;o&nbsp;Conjunta com as medidas necess&aacute;rias<br />ao cumprimento deste Decreto.<br />&sect; 5&ordm; Os &oacute;rg&atilde;os municipais integrantes da gest&atilde;o do ordenamento p&uacute;blico orientar&atilde;o as pessoas<br />quanto &agrave; import&acirc;ncia do uso das m&aacute;scaras.<br />&sect; 6&ordm; A inobserv&acirc;ncia ao disposto neste Decreto sujeita o infrator ao pagamento de multa<br />por deixar de executar, dificultar ou opor-se &agrave; execu&ccedil;&atilde;o de medidas sanit&aacute;rias que visem &agrave;<br />preven&ccedil;&atilde;o das doen&ccedil;as transmiss&iacute;veis e sua dissemina&ccedil;&atilde;o, &agrave; preserva&ccedil;&atilde;o e &agrave; manuten&ccedil;&atilde;o da<br />sa&uacute;de, de que trata o inciso IX, do art. 30, do Decreto municipal n&ordm; 45.585, de 27 de dezembro<br />de 2018, que disp&otilde;e sobre o regulamento administrativo do C&oacute;digo de Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria,<br />Vigil&acirc;ncia de Zoonoses e de Inspe&ccedil;&atilde;o Agropecu&aacute;ria, de que trata a Lei Complementar n&ordm; 197,<br />de 27 de dezembro de 2018, no tocante ao licenciamento sanit&aacute;rio e aos procedimentos<br />fiscalizat&oacute;rios, sem preju&iacute;zo de eventual responsabiliza&ccedil;&atilde;o pelo crime de infra&ccedil;&atilde;o de medida<br />sanit&aacute;ria preventiva, de que trata o art. 268, do Decreto-Lei n&ordm; 2.848, de 7 de dezembro de<br />1940, C&oacute;digo Penal, na forma do regulamento.<br />...........................................................................................................&rdquo;</div> <div><br />Art. 2&ordm; Este Decreto entra em vigor na data de sua publica&ccedil;&atilde;o, produzindo os seus efeitos ap&oacute;s<br />decorridos cinco dias.<br />Rio de Janeiro, 18 de abril de 2020; 456&ordm; ano da funda&ccedil;&atilde;oConjunta com as medidas necess&aacute;rias<br />ao cumprimento deste Decreto.<br />&sect; 5&ordm; Os &oacute;rg&atilde;os municipais integrantes da gest&atilde;o do ordenamento p&uacute;blico orientar&atilde;o as pessoas<br />quanto &agrave; import&acirc;ncia do uso das m&aacute;scaras.<br />&sect; 6&ordm; A inobserv&acirc;ncia ao disposto neste Decreto sujeita o infrator ao pagamento de multa<br />por deixar de executar, dificultar ou opor-se &agrave; execu&ccedil;&atilde;o de medidas sanit&aacute;rias que visem &agrave;<br />preven&ccedil;&atilde;o das doen&ccedil;as transmiss&iacute;veis e sua dissemina&ccedil;&atilde;o, &agrave; preserva&ccedil;&atilde;o e &agrave; manuten&ccedil;&atilde;o da<br />sa&uacute;de, de que trata o inciso IX, do art. 30, do Decreto municipal n&ordm; 45.585, de 27 de dezembro<br />de 2018, que disp&otilde;e sobre o regulamento administrativo do C&oacute;digo de Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria,<br />Vigil&acirc;ncia de Zoonoses e de Inspe&ccedil;&atilde;o Agropecu&aacute;ria, de que trata a Lei Complementar n&ordm; 197,<br />de 27 de dezembro de 2018, no tocante ao licenciamento sanit&aacute;rio e aos procedimentos<br />fiscalizat&oacute;rios, sem preju&iacute;zo de eventual responsabiliza&ccedil;&atilde;o pelo crime de infra&ccedil;&atilde;o de medida<br />sanit&aacute;ria preventiva, de que trata o art. 268, do Decreto-Lei n&ordm; 2.848, de 7 de dezembro de<br />1940, C&oacute;digo Penal, na forma do regulamento.<br />...........................................................................................................&rdquo;</div> <div><br />Art. 2&ordm; Este Decreto entra em vigor na data de sua publica&ccedil;&atilde;o, produzindo os seus efeitos ap&oacute;s<br />decorridos cinco dias.<br />Rio de Janeiro, 18 de abril de 2020; 456&ordm; ano da funda&ccedil;&atilde;o da Cidade.<br />MARCELO CRIVELLA<br />ANEXO III</div> <div><br />CONFEC&Ccedil;&Atilde;O, UTILIZA&Ccedil;&Atilde;O E HIGIENIZA&Ccedil;&Atilde;O DE M&Aacute;SCARA FACIAL<br />N&Atilde;O PROFISSIONAL<br />As m&aacute;scaras devem ser preferencialmente:<br />confeccionadas em tecidos de algod&atilde;o;<br />em n&uacute;mero de cinco para cada usu&aacute;rio;<br />para utiliza&ccedil;&atilde;o n&atilde;o compartilhada, sem preju&iacute;zo da observ&acirc;ncia das recomenda&ccedil;&otilde;es de afastamento m&iacute;nimo entre as pessoas e de cont&iacute;nua higieniza&ccedil;&atilde;o das m&atilde;os, com &aacute;gua e<br />sabonete ou com &aacute;lcool com concentra&ccedil;&atilde;o de setenta por cento.<br />O uso da m&aacute;scara de que trata este Decreto dever&aacute; ser evitado por:<br />profissionais de sa&uacute;de durante a sua atua&ccedil;&atilde;o;</div> <div><br />pacientes contaminados ou com sintomas de contamina&ccedil;&atilde;o pelo Sars-Cov-2, na hip&oacute;tese de<br />disponibilidade do modelo de uso profissional;<br />pessoas que cuidam de pacientes contaminados;<br />crian&ccedil;as menores de dois anos de idade, pessoas com problemas respirat&oacute;rios ou incapazes de<br />remover a m&aacute;scara sem assist&ecirc;ncia;<br />pessoas com contraindica&ccedil;&atilde;o feita por profissional de sa&uacute;de.</div> <div>Antes da coloca&ccedil;&atilde;o da m&aacute;scara, o usu&aacute;rio deve observar os seguintes cuidados:<br />assegurar-se de que a m&aacute;scara est&aacute; limpa e sem rupturas;<br />fazer a adequada higieniza&ccedil;&atilde;o das m&atilde;os;<br />evitar contato com a parte frontal da m&aacute;scara e, havendo o contato ap&oacute;s o uso, executar<br />imediatamente a higiene das m&atilde;os;<br />cobrir totalmente a boca e o nariz, sem deixar espa&ccedil;os nas laterais;<br />manter o conforto e o espa&ccedil;o para a respira&ccedil;&atilde;o;<br />evitar maquiagem ou base durante o uso.<br />Para o uso da m&aacute;scara devem ser observados os seguintes cuidados:<br />utilizar a mesma m&aacute;scara por, no m&aacute;ximo, de tr&ecirc;s horas;<br />troca-la ap&oacute;s o tempo m&aacute;ximo de utiliza&ccedil;&atilde;o ou sempre que ela ficar &uacute;mida, com sujeira aparente,<br />danificada ou se houver dificuldade para respirar;<br />higienizar as m&atilde;os ao chegar em casa e ap&oacute;s retir&aacute;-la, reservando-a para a lavagem logo que<br />poss&iacute;vel;</div> <div><br />repetir os procedimentos de higieniza&ccedil;&atilde;o das m&atilde;os sempre que retirar e recolocar a m&aacute;scara;<br />n&atilde;o compartilhar a m&aacute;scara, AINDA QUE ELA ESTEJA LAVADA.<br />Para a limpeza das m&aacute;scaras de uso n&atilde;o profissional dever&atilde;o ser observados os seguintes<br />procedimentos:<br />as de tecido podem ser lavadas e reutilizadas regularmente, entretanto, recomenda-se evitar<br />mais que trinta lavagens;<br />lavar separadamente;<br />lavar previamente com &aacute;gua corrente e sab&atilde;o neutro e, ap&oacute;s, deixar de molho em solu&ccedil;&atilde;o de<br />&aacute;gua com &aacute;gua sanit&aacute;ria ou outro desinfetante, na propor&ccedil;&atilde;o de duas colheres de sopa para cada<br />litro de &aacute;gua, de vinte a trinta minutos;<br />enxaguar bem em &aacute;gua corrente, para remover res&iacute;duos de desinfetante;<br />evitar torcer com for&ccedil;a e deixe-a secar;<br />passar com ferro quente;<br />guardar em recipiente fechado.<br />A produ&ccedil;&atilde;o de m&aacute;scaras artesanais pode realizada segundo as orienta&ccedil;&otilde;es constantes da Nota<br />Informativa n&ordm; 3/2020-CGGAP/DESF/SAPS/MS, dispon&iacute;vel na p&aacute;gina do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de no<br />endere&ccedil;o eletr&ocirc;nico <a href="http://www.saude.gov.br">saude.gov.br</a>.</div> <div>Os fabricantes e distribuidores de m&aacute;scaras para uso profissional garantir&atilde;o, prioritariamente, o<br />abastecimento da rede p&uacute;blica de assist&ecirc;ncia e aten&ccedil;&atilde;o &agrave; sa&uacute;de</div>
Comentar
Compartilhe
Promotora se Reúne com Prefeitos do Noroeste
14/04/2020 | 16h35
<div>BNB em 1&ordf; M&Atilde;O</div> <div>Depois de enviar alguns of&iacute;cios, que n&atilde;o foram respondidos, a promotora p&uacute;blica Raquel Rosmaninho, realizou uma reuni&atilde;o hoje pela manh&atilde; no Col&eacute;gio Alvorada em Natividade e convocou os prefeitos de Bom Jesus do Itabapoana, Varre-Sai, Natividade, Porci&uacute;ncula, Laje do Muria&eacute; e Italva.</div> <div>Lage enviou um representante e Italva, nenhum</div> <div>Na reuni&atilde;o a promotora questionou as a&ccedil;&otilde;es feitas pelas prefeituras at&eacute; agora no combate ao Covid-19, como que tipo de aquisi&ccedil;&atilde;o foi feita sem licita&ccedil;&atilde;o, quais atitudes foram tomadas para prote&ccedil;&atilde;o &agrave; sa&uacute;de, quanto j&aacute; foi recebido em verbas governamentais, qual a destina&ccedil;&atilde;o efetuada e a continuidade da educa&ccedil;&atilde;o escolar.</div> <div>Raquel Rosmaninho colocou-se &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o para ajudar, mas tamb&eacute;m cobrou respostas imediatas dos prefeitos e disse que continuar&aacute; acompanhando cada uma deles.</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div>
Comentar
Compartilhe
Falecimento de Esposa do Desembargador Luis Leite
14/04/2020 | 10h06
<div>BNB</div> <div>Luis Leite Ara&uacute;jo,&nbsp; desembargador aposentado do Tribunal de Justi&ccedil;a do Estado do Rio de Janeiro e personalidade querida em Itaperuna onde nasceu, foi vereador, juiz de Direito,&nbsp; e voltou a residir desde de a retirada da corte, comunica:</div> <div>NOTA DE FALECIMENTO</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Luiz Leite Araujo, esposo, Luiz Leite Araujo Junior, Valeria Ferreira Pessoa Araujo, Otac&iacute;lio Soares de Araujo Neto, C&iacute;ntia Carla de Castro Araujo e Let&iacute;cia Leite Araujo, filhos e noras, Luiz Leite Araujo Neto, Leonardo de Castro Araujo, Lucas Leite Garcia, S&eacute;rgio Murilo de Souza Garcia Junior e Luize Leite Garcia, netos, cumprem o doloroso dever de comunicar o falecimento, hoje, de sua saudosa esposa, m&atilde;e, sogra e av&oacute;, <strong>SENI MARIA</strong> <strong><em>ARAUJO</em></strong>, e convidam para seu sepultamento, ainda hoje, dia 14/04/2020, &agrave;s 16:00 horas, no Cemit&eacute;rio S&atilde;o Jos&eacute; do Avahy.</div> <div>O vel&oacute;rio estar&aacute; ocorrendo, a partir das 11:00 horas, na resid&ecirc;ncia do casal, &agrave; Rua Ary Parreiras 69, no Bairro Niter&oacute;i, nesta cidade de Itaperuna-RJ.</div> <div>A todos que comparecerem a este ato de f&eacute; crist&atilde;, a fam&iacute;lia enlutada, antecipadamente agradece.</div> <div>&nbsp;<br /></div>
Comentar
Compartilhe
Da Toscana à Serra Catarinense
12/04/2020 | 12h59
<div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 14pt;">COLUNA DE VINHOS</span></div> <div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 14pt;">JO&Atilde;O RICARDO RODRIGUES</span></div> <div>Seguindo na nossa s&eacute;rie &ldquo;Uvas italianas em solo brasileiro&rdquo;, hoje vamos a Toscana conhecer mais uma uva &iacute;cone da It&aacute;lia e na volta, passaremos pela Serra Catarinense para conhecer uma Vin&iacute;cola que tem a alma italiana nas suas uvas e vinhos!<br /><br />A Uva<br /><br />A Sangiovese &eacute; uma uva tinta italiana, amplamente produzida na regi&atilde;o central da It&aacute;lia, pertence &agrave; fam&iacute;lia da Vitis vinifera, sua origem &eacute; incerta, mas algumas informa&ccedil;&otilde;es hist&oacute;ricas remetem a registros de que no s&eacute;culo XVI, sua produ&ccedil;&atilde;o cobre 11% da superf&iacute;cie vitivin&iacute;cola nacional, &eacute; considerada uma das &ldquo;j&oacute;ias&rdquo; da Toscana.<br /><br />D&aacute; origem a vinhos de estilos e personalidades bem distintas doando caracter&iacute;sticas diversas dependendo do seu terroir, alguns s&atilde;o leves e f&aacute;ceis de beber, como os populares Chianti, outros mais encorpados, como o Vino Nobile di Montepulciano e em sua melhor forma, produz um vinho rico, complexo e de envelhecimento prolongado, como o Brunello de Montalcino.<br /><br />Os bons vinhos feitos com a Sangiovese s&atilde;o ricos em taninos, fortes e encorpados, na sua cor podemos perceber um rubi intenso, no seu gosto e aroma, amarena que &eacute; um tipo de cereja, amoras, ameixas, mirtilo, em seus aromas florais podemos encontrar violetas e rosas, al&eacute;m de notas de ervas e especiarias, j&aacute; nos grandes vinhos envelhecidos a baunilha e o tabaco.<br /><br />A Sangiovese que j&aacute; foi muito cultivada na Serra Ga&uacute;cha, hoje encontra-se em quantidade reduzida.<br /><br />Para harmonizar os vinhos tintos menos encorpados, como o Chianti, um bom espaguete &agrave; bolonhesa, j&aacute; os mais encorpados uma boa bisteca de carne.<br /><br />A Vin&iacute;cola<br /><br />A vin&iacute;cola Leone di Venezia est&aacute; situada em Morro Agudo na cidade de S&atilde;o Joaquim em Santa Catarina, essa regi&atilde;o, que devido a combina&ccedil;&atilde;o entre o clima ideal e a matura&ccedil;&atilde;o adequada dos frutos, vem se destacando na elabora&ccedil;&atilde;o de vinhos finos de altitude. Como o pr&oacute;prio nome sugere, Leone di Venezia, o empreendimento &eacute; todo inspirado na regi&atilde;o do V&ecirc;neto, na It&aacute;lia, de onde veio a fam&iacute;lia de Saul Bianco, engenheiro agr&ocirc;nomo e propriet&aacute;rio da vin&iacute;cola, que tem como slogan produzir &ldquo;vinhos no estilo italiano no terroir de altitude&rdquo;.<br /><br />A vin&iacute;cola est&aacute; em uma altitude de 1280 m acima do n&iacute;vel do mar, onde nos cinco hectares de vinhedos se destacam as castas italianas. Os plantios iniciaram em 2008 com mudas importadas, aliando t&eacute;cnicas de preserva&ccedil;&atilde;o ambiental, pr&aacute;ticas culturais e a modernas tecnologias na condu&ccedil;&atilde;o da vitivinicultura.</div> <div>Foram cultivadas 26 diferentes variedades e avaliadas suas caracter&iacute;sticas fenol&oacute;gicas e condi&ccedil;&otilde;es de adaptabilidade ao terroir da regi&atilde;o, levando em conta principalmente a resist&ecirc;ncia as doen&ccedil;as, as condi&ccedil;&otilde;es clim&aacute;ticas e naturalmente, a qualidade final dos vinhos produzidos. Atualmente se destacam as tintas Sangiovese, Montepulciano, Refosco Dal Peduncolo Roso, Aglianico, Nero D&acute;avola e Primitivo, e as brancas Gewurztraminer, Garganega, Grechetto, Vermentino e Verdello. Tr&ecirc;s uvas tintas s&atilde;o cultivadas com paix&atilde;o. A Rondinela, a Corvina e a Molinara, para a produ&ccedil;&atilde;o de um vinho especial, com uvas apassitadas, no estilo Amarone della Valpolicela.<br /><br />Um pouco da hist&oacute;ria da Leone Di Venezia<br /><br />It&aacute;lia, final do s&eacute;culo XIX, a unifica&ccedil;&atilde;o do estado italiano e a industrializa&ccedil;&atilde;o do pa&iacute;s causou uma crise na &aacute;rea da agricultura, a qual incentivou a migra&ccedil;&atilde;o de muitos italianos para o Brasil. Com pouca bagagem, mas carregando sua enorme paix&atilde;o pelo vinho, a fam&iacute;lia Bianco instalou-se em uma das col&ocirc;nias de Caxias do Sul/RS.</div> <div><br />Guerino Bianco, av&ocirc; de Saul Bianco &ndash; fundador da Vin&iacute;cola &ndash; acompanhou seus pais origin&aacute;rios da cidade de Vicenza, Veneto, na grande corrente migrat&oacute;ria para o Brasil, onde manteve viva as tradi&ccedil;&otilde;es italianas, sendo uma delas a produ&ccedil;&atilde;o de vinho. Com sua habilidade de trabalhar com madeira, iniciou a produ&ccedil;&atilde;o de pipas e barricas para armazenagem do vinho e que depois, tornou-se uma das mais importante no mercado de recipientes para vinhos da Regi&atilde;o Colonial Italiana do Rio Grande do Sul.</div> <div><br />A forte liga&ccedil;&atilde;o da fam&iacute;lia com a vitivinicultura, levou Saul Bianco a estudar agronomia, com o objetivo de montar sua cantina. Entretanto, antes mesmo de formado, foi convidado a trabalhar em uma grande multinacional onde atuou por 32 anos. Quando aposentado, decidiu retomar o velho e grande sonho de produzir vinhos. Morou um ano na It&aacute;lia, juntamente com a esposa Alcinita, onde estudou enologia no Centro Regional para a Viticultura e Enologia, em Conegliano Veneto (Treviso).</div> <div><br />H&aacute; muitos anos morando em Florian&oacute;polis e com a recente descoberta das excepcionais condi&ccedil;&otilde;es para a produ&ccedil;&atilde;o de uvas vin&iacute;feras na Serra Catarinense, foi natural a escolha da regi&atilde;o para a implanta&ccedil;&atilde;o dos vinhedos e cantina.<br /><br /> <br /><br /> <br /><br /> <br /><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/12/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_12_at_11_19_46-1604101.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e9339e2efbc3', 'cd_midia':1604101, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/12/whatsapp_image_2020_04_12_at_11_19_46-1604101.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '170', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:170px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/12/whatsapp_image_2020_04_12_at_11_19_46-1604101.jpeg" alt="" width="813" height="170"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce><br />A arquitetura da vin&iacute;cola foi inspirada no pal&aacute;cio italiano Villa di Maser (1564 &ndash; Treviso/Veneto), uma obra prima de Andrea Pal&aacute;dio, arquiteto vicentino, que imprimiu com sua genialidade o estilo construtivo que marca at&eacute; hoje a arquitetura da It&aacute;lia.<br /><br />Informa&ccedil;&otilde;es e fotos obtidos no site da vin&iacute;cola.<br /><br />www.leonedivenezia.com.br<br />Contato:[email protected]<br />Tel.: (49) 99973-1135 &ndash; WhatsApp &ndash; (49) 99967-3668<br /><br />A Vin&iacute;cola oferece mediante reserva os seguintes servi&ccedil;os para visitantes: <br /><br />Visita guiada na Vin&iacute;cola, seguindo todo o processo de elabora&ccedil;&atilde;o e matura&ccedil;&atilde;o dos vinhos.<br />Piquenique<br /><br />Degusta&ccedil;&atilde;o de 06 importantes vinhos (incluindo o top da vin&iacute;cola), acompanhado de Bruschettas. Uma viagem de aromas e sabores Italianos na Serra Catarinense.<br /><br />Entre fevereiro e abril &eacute; poss&iacute;vel passear nos vinhedos e conhecer as variedades de uvas que amadurecem, no entorno da vin&iacute;cola.<br /><br /> <br /><br />O Vinho<br /><br />Leone Di Venezia Sangiovese 2017,<br /><br />Cor: Um leve vermelho rubi com halos viol&aacute;ceos, l&iacute;mpido e brilhante.<br />Aroma: com aromas e sabores complexos de amoras pretas, cerejas, violeta, baunilha e chocolate. Revelando sua passagem por carvalho, onde estagiou por 8 meses.<br /><br />Paladar: Na boca, revela sua passagem pelo carvalho, com corpo m&eacute;dio, mas com uma estrutura elegante e harm&ocirc;nica, com taninos ainda vivos, mas maduros e um longo final de boca.<br />Teor Alco&oacute;lico: 13,5%<br />Harmoniza&ccedil;&atilde;o: Harmoniza com assados de carnes leves, molhos suaves, lasanhas e queijos.<br />Consumir preferencialmente: 17 a 19&ordm; C<br /><br />Informa&ccedil;&otilde;es Gerais: A uva sangiovese, originaria da toscana teve &oacute;tima adapta&ccedil;&atilde;o em S&atilde;o Joaquim a 1280 metros de altitude, cultivada na Leone di Venezia.<br />As uvas foram colhidas em meados de abril, com &oacute;tima matura&ccedil;&atilde;o e sanidade, vinificadas em pureza por 11 dias. Ap&oacute;s a malol&aacute;tica, o vinho permaneceu oito meses em barricas de carvalho de segunda passagem.<br /><br /> <br /><br /><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/12/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_12_at_11_20_15-1604102.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e9339e2efbc3', 'cd_midia':1604102, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/12/whatsapp_image_2020_04_12_at_11_20_15-1604102.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '674', 'cd_midia_h': '272', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:674px;height:272px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/12/whatsapp_image_2020_04_12_at_11_20_15-1604102.jpeg" alt="" width="674" height="272"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce><br /><br />Vinho degustado durante a apresenta&ccedil;&atilde;o da Vin&iacute;cola Leone Di Venezia pelo En&oacute;logo e propriet&aacute;rio Saul Bianco na ABS- Rio.<br /><br /><br /><br /><br /><br /></div>
Comentar
Compartilhe
A Pandemia e o Pandemônio
10/04/2020 | 19h24
<div>BNB EXCLUSIVO</div> <div>Artigo de <span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">Dura Ferrer*</span></div> <div><br />Em &eacute;poca de pandemia, s&oacute; ouvimos falar que a casa esta ficando uma pandem&ocirc;nio , pois com filhos em casa sem fazer nada , tudo que estava no lugar come&ccedil;a ficar fora causando assim irritabilidade e desconforto.</div> <div><br />Veja que coisa boa as coisas saindo do lugar as coisas sendo modificadas e &agrave;s vezes observadas.</div> <div><br />A casa toda certinha, com uma vida toda certinha e de repente tudo revirado.</div> <div>Assim que estamos vivendo e iremos viver pelo menos um bom per&iacute;odo.</div> <div><br />Vamos tirar proveito desse tumulto em casa, desse pandem&ocirc;nio e nos desfazer daquilo que n&atilde;o &eacute; mais &uacute;til<br />para n&oacute;s, mas pode ser para outros.</div> <div><br />Ser&aacute; que &eacute; essa a leitura que teremos que fazer ?</div> <div><br />Acredito que sim. Observando mais tudo e todos.<br />Desfazer de todas as coisas que est&atilde;o paradas e que n&atilde;o fazem parte h&aacute; muito tempo do nosso cen&aacute;rio de vida.</div> <div><br />Busquei em Augusto Branco o fechamento para artigo:</div> <div>&ldquo;Neste mundo que parece virado pelo avesso, precisamos fazer do fim um recome&ccedil;o, precisamos<br />fazer o bem brotar tamb&eacute;m do mal.&rdquo;</div> <div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif;">*Dura &eacute; psic&oacute;loga e professora universit&aacute;ria.</span></div>
Comentar
Compartilhe
Município Liberado Prefere Manter As Restrições
09/04/2020 | 08h00
<div>Por Sandra Santos Carvalho</div> <div>O prefeito de Santo Ant&ocirc;nio de P&aacute;dua, ao lado dos membros da Coordenadoria Municipal de Preven&ccedil;&atilde;o e Combate ao Covid-19, declarou por meio de uma <em><strong>live </strong></em>divulgada pela p&aacute;gina oficial da prefeitura no FaceBook,que continuar&atilde;o valendo os decretos n&ordm; 038/20 e n&ordm; 026/2020, com o isolamento social e todas as restri&ccedil;&otilde;es.</div> <div>A decis&atilde;o segundo o prefeito foi tomada&nbsp; com a Coordenadoria&nbsp; pelo bem da sa&uacute;de e o do bem estar da popula&ccedil;&atilde;o, mesmo depois da flexibiliza&ccedil;&atilde;o feita pelo governador do Estado do Rio, Wilson Witzel, para alguns munic&iacute;pios, dentre eles Santo Ant&ocirc;nio de P&aacute;dua.</div> <div>A op&ccedil;&atilde;o principal &eacute; manter as restri&ccedil;&otilde;es relacionadas ao isolamento social e ao funcionamento do com&eacute;rcio na cidade, mantendo a fiscaliza&ccedil;&atilde;o</div>
Comentar
Compartilhe
2 Pré-Candidatos já Têm seus Pré-Vices
05/04/2020 | 16h22
<div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">BNB 1&ordf; M&atilde;o</span></div> <div><span style="font-family: 'arial black', sans-serif; font-size: 12pt;">N&atilde;o &eacute; campeonato de futev&ocirc;lei, mas as duplas come&ccedil;am a se formar</span></div> <div>Kadu Novaes, pr&eacute; &agrave; Casa-Grande de Itaperuna, forma desde a zero hora de hoje, uma tamb&eacute;m pr&eacute;-dobradinha com o ex-vice-prefeito de Alfred&atilde;o, Dr. Denilton Gon&ccedil;alves Pereira, que filiou-se aos 45m do segundo tempo ao PRB-Partido Republicano Brasileiro, o mesmo de Kadu.</div> <div>Ontem foi &uacute;ltimo dia para troca partid&aacute;ria e desincompatibiliza&ccedil;&atilde;o de cargos de confian&ccedil;a.</div> <div>Ex-prefeito de Itaperuna de 2012 a 2016, Alfred&atilde;o, do PSD-Partido Social Democrata, entra em quadra com o pr&eacute;-vice Alexandre da Autoescola, do PP- Progressistas, ex-candidato a prefeito nas &uacute;ltimas de 2016.</div> <div>A pr&eacute; Jeane Hespanhol, assinou na quinta-feira passada com o PMB-Partido da Mulher Brasileira, mas ainda n&atilde;o anunciou o seu, (ou a sua) pr&eacute;-vice.</div> <div>Outros pr&eacute;-candidatos ainda n&atilde;o manifestaram-se.</div> <div>@ninobellieny</div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/170x96/1_futevolei-1599887.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e8a2fa36f251', 'cd_midia':1599887, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/futevolei-1599887.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '300', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:300px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/futevolei-1599887.jpg" alt="" width="813" height="300"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div>
Comentar
Compartilhe
Itaperunense se Reelege Defensor-Geral
05/04/2020 | 04h08
<div>BNB 1&ordf; M&Atilde;O</div> <div>Alberto Pessoa Bastos, foi o candidato mais votado nas elei&ccedil;&otilde;es virtuais realizadas pela DPE/MA-Defensoria P&uacute;blica do Estado do Maranh&atilde;o, no recente 3 de abril.</div> <div>Com 161 votos, mais de 85% do geral, &eacute; o percentual mais alto da hist&oacute;ria da Defensoria P&uacute;blica maranhense. Alberto&nbsp; se reelege, ocupando o cargo at&eacute; 2022.</div> <div>Ele &eacute; irm&atilde;o do vereador de Itaperuna, Gl&aacute;uber Pessoa Bastos.&nbsp;&nbsp;</div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_05_at_04_04_54-1599509.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e898350e4a5e', 'cd_midia':1599509, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/whatsapp_image_2020_04_05_at_04_04_54-1599509.jpeg', 'ds_midia': 'Alberto Pessoa Bastos', 'ds_midia_credi': 'ArquivoPessoal', 'ds_midia_titlo': 'Alberto Pessoa Bastos', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '757', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:757px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/whatsapp_image_2020_04_05_at_04_04_54-1599509.jpeg" alt="Alberto Pessoa Bastos" width="813" height="757"> <figcaption> Alberto Pessoa Bastos / ArquivoPessoal </figcaption> </figure></tinymce></div>
Comentar
Compartilhe
O Segredo do Fracasso
05/04/2020 | 03h45
<div>BNB ARTIGO EXCLUSIVO</div> <div>Por Guilherme Fonseca*</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Existe um perfil de candidato ao Executivo Municipal que, na &acirc;nsia de se diferenciar para o eleitor em rela&ccedil;&atilde;o aos opositores, adota um discurso euf&oacute;rico, de que resolver&aacute; todos os problemas do Munic&iacute;pio em pouco tempo.</div> <div>Encerrado o per&iacute;odo eleitoral, j&aacute; no exerc&iacute;cio do cargo, come&ccedil;a a press&atilde;o da opini&atilde;o p&uacute;blica para que as promessas de campanha sejam cumpridas.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Diante das dificuldades encontradas e n&atilde;o abordadas na campanha, resolve adotar a&ccedil;&otilde;es superficiais, medidas paliativas e sem qualquer planejamento, cuja tend&ecirc;ncia l&oacute;gica &eacute; agravar a situa&ccedil;&atilde;o.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>O resultado deste comportamento - melhor dizendo, politicagem - &eacute; perverso para a sa&uacute;de financeira da Prefeitura: o colapso das finan&ccedil;as, com poss&iacute;veis atrasos ao pagamento dos fornecedores e servidores municipais, a suspens&atilde;o de obras e toda uma s&eacute;rie de outras consequ&ecirc;ncias perversas.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>O desdobramento, a m&eacute;dio prazo, ser&aacute; menos dinheiro circulando no com&eacute;rcio, comprometendo a gera&ccedil;&atilde;o de emprego e de renda na economia local.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Nesse contexto, a C&acirc;mara de Vereadores tem papel ainda mais relevante na fiscaliza&ccedil;&atilde;o do Poder Executivo, por meio do monitoramento permanente das medidas adotadas pelos prefeitos em rela&ccedil;&atilde;o ao aumento de gastos, sem a necess&aacute;ria previs&atilde;o de receita. Cabe aos vereadores fiscalizarem e acompanharem essas proje&ccedil;&otilde;es e cobrarem do Executivo a&ccedil;&otilde;es preventivas, em defesa dos servidores p&uacute;blicos e do com&eacute;rcio local e, obviamente, informarem &agrave; popula&ccedil;&atilde;o.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>O segredo para n&atilde;o fracassar &eacute; realizar um trabalho s&eacute;rio, com uma equipe preparada, respons&aacute;vel e que entenda das &aacute;reas onde est&atilde;o atuando.</div> <div>&Eacute; importante, tamb&eacute;m, aprimorar os instrumentos de transpar&ecirc;ncia, por meio de melhorias no site oficial da Prefeitura, facilitando o acesso &agrave;s informa&ccedil;&otilde;es p&uacute;blicas, prestando contas &agrave; popula&ccedil;&atilde;o sobre o que vem sendo feito.</div> <div>A transpar&ecirc;ncia n&atilde;o &eacute; apenas uma obriga&ccedil;&atilde;o imposta pela lei, &eacute; fundamental para o controle pol&iacute;tico e social realizado pela popula&ccedil;&atilde;o, vereadores, partidos pol&iacute;ticos, al&eacute;m de entidades como associa&ccedil;&atilde;o comercial, associa&ccedil;&otilde;es de moradores e organiza&ccedil;&otilde;es sociais.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_04_at_16_21_17-1599472.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e897cf0d1a1a', 'cd_midia':1599480, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/157x178/1_whatsapp_image_2020_04_04_at_16_21_17-1599472.jpeg', 'ds_midia': 'Guilherme', 'ds_midia_credi': 'SpyPhoto', 'ds_midia_titlo': 'Guilherme', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '157', 'cd_midia_h': '179', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:157px;height:179px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/157x178/1_whatsapp_image_2020_04_04_at_16_21_17-1599472.jpeg" alt="Guilherme" width="157" height="179"> <figcaption> Guilherme / SpyPhoto </figcaption> </figure></tinymce></div> <div>*Guilherme Fonseca</div> <div>Arquiteto Urbanista</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>[email protected]</div>
Comentar
Compartilhe
Uma Uva do Piemonte e a História da San Michelle
05/04/2020 | 03h26
<div>COLUNA DE VINHOS</div> <div>Por JO&Atilde;O RICARDO RODRIGUES</div> <div>A Uva<br /><br />A coluna hoje vai falar de uma uva &iacute;cone do Piemonte, norte da It&aacute;lia, que d&aacute; origem a v&aacute;rios vinhos famosos, entre eles, o Barolo, conhecido como o &ldquo;Rei dos Vinhos e o Vinho dos Reis&rdquo;.</div> <div>A Uva Nebbiolo, tamb&eacute;m conhecida como Chiavennasca ou Spanna, &eacute; uma casta tinta conhecida por sua acidez e taninos acentuados originando um vinho complexo e r&uacute;stico, com um grande potencial de guarda, envelhecimento e aromas de alcatr&atilde;o e rosas.<br /><br />As denomina&ccedil;&otilde;es de origem mais famosas no Piemonte s&atilde;o as Barolo e Barbaresco que figuram entre os melhores vinhos do mundo. Existem outras DOs com vinhos mais em conta, como Langhe Nebbiolo, Nebbiolo D&rsquo;Alba e Magno que s&atilde;o vinhos que apresentam as mesmas caracter&iacute;sticas da uva, por&eacute;m n&atilde;o necessitam de tanto tempo evoluindo em garrafa, podendo ser apreciados mais jovens.<br /><br />A Nebbiolo &eacute; bastante delicada e sens&iacute;vel &agrave;s varia&ccedil;&otilde;es de solo e clima, sendo dif&iacute;cil de ser cultivada e raramente se adapta em outros terroirs.<br /><br />Curiosidade: O nome desta variedade deriva da palavra italiana Nebbia (n&eacute;voa em portugu&ecirc;s), e faz men&ccedil;&atilde;o &agrave; neblina que envolve os vinhedos no final do outono, quando as uvas s&atilde;o colhidas. Outra justificativa para o nome &eacute; que a Nebiollo tem alta concentra&ccedil;&atilde;o de pru&iacute;na, uma subst&acirc;ncia que confere um aspecto ligeiramente esbranqui&ccedil;ado ou cinza que lembram n&eacute;voa.<br /><br />Os vinhos elaborados a partir da Uva Nebbiolo s&atilde;o poderosos, t&acirc;nicos e com acidez elevada (quando jovens, exibem forte acidez e taninos muito firmes, sendo praticamente imposs&iacute;veis de serem consumidos) e geralmente precisam um longo per&iacute;odo de envelhecimento, para que a acidez e os taninos consigam atingir um equil&iacute;brio assim os vinhos ganham complexidade e eleg&acirc;ncia. Seus aromas e sabores s&atilde;o bem particulares em rela&ccedil;&atilde;o a outras variedades de uvas.<br /><br />No Brasil alguns produtores tem conseguindo bons resultados com o cultivo e elabora&ccedil;&atilde;o de vinhos com a Nebbiolo, uns dos &iacute;cones foi o vitivinicultor Oscar Guglielmone (j&aacute; falecido), propriet&aacute;rio da antiga Adega Medieval, localizada em Viam&atilde;o que se tornou uma verdadeira lenda na elabora&ccedil;&atilde;o de vinhos com a casta Nebbiolo.<br /><br />Devido ao seu alto &iacute;ndice de acidez e taninos, a Nebbiolo deve ser harmonizada com pratos que tenham sabores &aacute;cidos, mas ao mesmo tempo um bom &iacute;ndice de gordura. Essas caracter&iacute;sticas devem estar bem equilibradas, ou sua degusta&ccedil;&atilde;o n&atilde;o ser&aacute; agrad&aacute;vel.<br /><br /> <br /><br />A Vin&iacute;cola<br /><br />Localizada na cidade de Rodeio &ndash; SC, a hist&oacute;ria da vin&iacute;cola San Michelle come&ccedil;a h&aacute; 25 anos, no antigo Castelo de San Michele de Trento, It&aacute;lia, quando Marcelo Luiz Sardagna e Silnei Alberto Furlani, descentendes trentinos da cidade de Rodeio, Santa Catarina, colocaram na mala a paix&atilde;o pelo vinho e atravessaram o oceano para se especializar nos m&eacute;todos tradicionais da vinicultura do velho mundo.<br /><br /> <br /><br />Motivados a compreender os segredos dos vinhos europeus, os jovens adentraram nas centen&aacute;rias muralhas do reconhecido Instituto San Michele all&rsquo;Adige, na It&aacute;lia, para vivenciar as t&eacute;cnicas da vitivinicultura. Ap&oacute;s anos de estudo, Marcelo e Silnei iniciaram a busca pela f&oacute;rmula perfeita, especializando-se nas mais conceituadas vin&iacute;colas do Norte da It&aacute;lia.<br /><br /> <br /><br />De volta ao Brasil e sob o patroc&iacute;nio da Prov&iacute;ncia Aut&ocirc;noma de Trento, em 1993 o sonho ganhou forma: nasceu, j&aacute; cheia de hist&oacute;ria e tradi&ccedil;&atilde;o, a Vin&iacute;cola &ldquo;San Michele&rdquo;, onde elaboram diversos tipos de vinhos finos, brancos e tintos, como tamb&eacute;m a Spumante Moscatel e Brutt especial, s&atilde;o um dos poucos viticultores no Brasil que trabalham com a cepa Nebiollo e a partir de 2015 com a marca de vinho BARONE tem oferecido um excelente vinho de terroir, do qual somente 2.000 garrafas foram produzidas,<br /><br /> <br /><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_04_at_17_43_02-1599437.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e897789f1791', 'cd_midia':1599437, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/whatsapp_image_2020_04_04_at_17_43_02-1599437.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '541', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:541px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/whatsapp_image_2020_04_04_at_17_43_02-1599437.jpeg" alt="" width="813" height="541"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce><br /><br /> <br /><br />Com t&eacute;cnicas, tecnologia e procedimentos modernos a San Michelle tem se destacado tanto no Brasil como no exterior, arrematando diversos pr&ecirc;mios nos concursos em que participa.<br /><br /> <br /><br />A vin&iacute;cola possui uma adega para degusta&ccedil;&atilde;o aberta ao publico conforme os hor&aacute;rios abaixo<br /><br />HOR&Aacute;RIO DE ATENDIMENTO<br /><br />Segunda &agrave; Sexta<br />9h &agrave;s 12h, 13h30min &agrave;s 18h<br />S&aacute;bados e Domingos<br />9h &agrave;s 17h30min<br /><br /> <br /><br />O Vinho<br /><br />SAN MICHELE BARONE NEBBIOLO, 2018<br /><br />VISUAL: Colora&ccedil;&atilde;o vermelho-rubi pouco intenso com reflexos viol&aacute;ceos, l&iacute;mpido e brilhante.<br /><br />OLFATIVO: Na primeira impress&atilde;o um pouco r&uacute;stico, com o tempo no decanter abriu aromas de frutas vermelhas, florais, mel, chocolate e baunilha.<br /><br />GUSTATIVO: Potente e robusto, bem estruturado, taninos presentes secando a boca, porem a acidez faz a sua parte e equilibra bem, o &aacute;lcool d&aacute; corpo ao vinho e desce de forma harmoniosa, final longo e redondo.<br /><br />Sem d&uacute;vida o melhor custo-benef&iacute;cio para um Nebbiolo brasileiro, recomendo a experi&ecirc;ncia e guarde algumas garrafas para ver a evolu&ccedil;&atilde;o.<br /><br />Recomendo de 1h a 1:30 no decanter<br /><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_04_at_17_43_02__1_-1599436.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e897789f1791', 'cd_midia':1599436, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/whatsapp_image_2020_04_04_at_17_43_02__1_-1599436.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '541', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:541px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/05/whatsapp_image_2020_04_04_at_17_43_02__1_-1599436.jpeg" alt="" width="813" height="541"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce><br /><br />Somente 2000 garrafas produzidas. (Garrafa degustada 967)<br /><br />Harmonizado com Arroz Carreteiro<br /><br /><br />TEOR ALCO&Oacute;LICO: 13,90%<br /><br />Temperatura de servi&ccedil;o:16&deg;C a 18&deg;C<br /><br />TEOR ALCO&Oacute;LICO: 13,90%<br /><br /> <br /><br />Grande Prova Vinhos do Brasil<br /><br />Brasil | 2019<br /><br /><br />Barone Piccole Produzione<br /><br />Wines of Brazil Awards<br /><br />Brasil | 2019<br /><br /><br />Barone Piccole Produzione<br /><br />Wines of Brazil Awards - 90 Pontos<br /><br />Brasil | 2019<br /><br />Concurso Mundial de Bruxelas<br /><br />Brasil | 2018<br /><br /><br />Barone Piccole Produzione<br /><br />Concurso Mundial de Bruxelas<br /><br />Brasil | 2017<br /><br /><br />Barone Piccole Produzione<br /><br />Concurso Mundial de Bruxelas<br /><br />Brasil | 2016<br /><br /><br />Barone Piccole Produzione<br /><br />Concurso Mundial de Bruxelas<br /><br />Brasil | 2015<br /><br /> <br /><br /><br /><br /></div>
Comentar
Compartilhe
Ex-Secretária Municipal Lança Pré-Candidatura
03/04/2020 | 09h21
<div>BNB 1&ordf; M&Atilde;O</div> <div>Ao assinar na tarde de 30 de mar&ccedil;o recente, em Copacabana, Rio de Janeiro, com o PMB-Partido da Mulher Brasileira, a ex-secretaria de Ambiente de Itaperuna, Jeane Hespanhol, abonada pela presidente nacional do partido, Sued Haidar, admitiu ser pr&eacute;-candidata &agrave; prefeitura itaperunense.</div> <div>Jeane &eacute; atualmente coordenadora de cultura do Norte/Noroeste do Estado do Rio.</div> <div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/03/170x96/1_jeane-1598173.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e8728e34e5e3', 'cd_midia':1598173, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/03/jeane-1598173.jpg', 'ds_midia': ' Jeane e Sued', 'ds_midia_credi': 'Foto-Ascom PMB', 'ds_midia_titlo': ' Jeane e Sued', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '813', 'cd_midia_h': '813', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:813px;height:813px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/03/jeane-1598173.jpg" alt=" Jeane e Sued" width="813" height="813"> <figcaption> Jeane e Sued / Foto-Ascom PMB </figcaption> </figure></tinymce></div> </div> <div>&nbsp;<br /></div>
Comentar
Compartilhe
UniRedentor Doa Testes Rápidos de Coronavírus e Material de Segurança
02/04/2020 | 03h04
<div>BNB 1&ordf; M&Atilde;O</div> <div>Comprometida com Itaperuna-RJ, cidade onde implantou seu curso de Medicina h&aacute; cinco anos, bem como os munic&iacute;pios do entorno que acolheram seus alunos nos campos de pr&aacute;tica, a <strong><em>UniREDENTOR</em></strong> anunciou a doa&ccedil;&atilde;o de equipamentos de prote&ccedil;&atilde;o individual (EPIs), al&eacute;m de testes r&aacute;pidos de coronav&iacute;rus.</div> <div>No total, ser&atilde;o destinados 150 kits de teste r&aacute;pido de coronav&iacute;rus, 50 mil gorros descart&aacute;veis, 10 mil pares de luvas de procedimento, 500 m&aacute;scaras face shield e 200 m&aacute;scaras cir&uacute;rgicas. Os produtos chegam aos munic&iacute;pios nos pr&oacute;ximos dias e ser&atilde;o encaminhados para hospitaissecretarias municipais de Sa&uacute;de.</div> <div>&ldquo;<strong><em>Como institui&ccedil;&atilde;o parte do maior grupo de educa&ccedil;&atilde;o m&eacute;dica do pa&iacute;s, a Afya Educacional, estamos engajados desde as primeiras not&iacute;cias sobre a COVID-19. Temos trabalhado desde ent&atilde;o para oferecer o melhor para nossos alunos, professores e colaboradores, e a comunidade que nos acolhe n&atilde;o poderia ficar de fora. Em um momento de tamanho desafio, nossa responsabilidade como institui&ccedil;&atilde;o de ensino vocacionada para a Medicina &eacute; enorme e vamos vencer juntos esta batalha&rdquo;</em></strong>, afirma Andr&eacute; Reali, Reitor da <strong><em>UniRedentor.</em></strong></div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/02/170x96/1_whatsapp_image_2020_04_02_at_03_00_34-1596847.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e857fe0708aa', 'cd_midia':1596847, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/02/whatsapp_image_2020_04_02_at_03_00_34-1596847.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': 'ComunicaRedentor', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '763', 'cd_midia_h': '813', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:763px;height:813px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/02/whatsapp_image_2020_04_02_at_03_00_34-1596847.jpeg" alt="" width="763" height="813"> <figcaption> ComunicaRedentor </figcaption> </figure></tinymce></div> <div>&nbsp;Sede da UniRed, Itaperuna-RJ</div> <div>&nbsp;SOBRE A AFYA EDUCACIONAL</div> <div>&nbsp;A Afya &eacute; o maior grupo de faculdades de Medicina do Brasil em n&uacute;mero de vagas (1.866) autorizadas pelo Minist&eacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o (MEC). A empresa nasceu em 2019 da incorpora&ccedil;&atilde;o de outras marcas do segmento de educa&ccedil;&atilde;o m&eacute;dica com o objetivo de ser a grande parceira destes profissionais em toda a sua jornada de forma&ccedil;&atilde;o. A primeira faculdade de medicina do grupo come&ccedil;ou a operar h&aacute; 20 anos, em 1999, no Tocantins, no Norte do pa&iacute;s.</div> <div>Por meio de suas unidades de ensino, a Afya atua desde a gradua&ccedil;&atilde;o - s&atilde;o 30 cursos, com destaque para a Medicina -, passando pelos cursos para provas de resid&ecirc;ncia e outros t&iacute;tulos at&eacute; especializa&ccedil;&otilde;es m&eacute;dicas. O grupo aposta em uma abordagem metodol&oacute;gica inovadora, que combina conte&uacute;do integrado, aprendizado interativo e uma experi&ecirc;ncia adaptativa para alunos de Medicina ao longo de sua forma&ccedil;&atilde;o profissional.</div> <div>Por meio de uma plataforma digital, a Afya oferece aos seus alunos acesso a materiais did&aacute;ticos, incluindo tutoriais em v&iacute;deo, podcasts, materiais de leitura e quest&otilde;es pr&aacute;ticas.</div> <div>&nbsp;Mais informa&ccedil;&otilde;es no <a href="http://www.afya.com.br">www.afya.com.br</a> e no i<a href="http://www.afya.com.br">r.afya.com.br</a></div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;<br /></div>
Comentar
Compartilhe
Estilista Itaperunense e Editor de Revista Produzem Máscaras de Proteção
01/04/2020 | 11h43
<div>BNB em 1&ordf; M&Atilde;O</div> <div>Paloma Ferreira, formada em Moda no ano passado pela Universidade Federal de Juiz de Fora-MG, teve uma ideia e n&atilde;o demorou para execut&aacute;-la: produzir m&aacute;scaras em grandes quantidades, a serem doadas para os setores da linha de frente na conten&ccedil;&atilde;o ao Coronav&iacute;rus e aos pacientes que surgirem. E a&iacute;, entrou em cena&nbsp;Marcelo Nascimento, o CEO da Revista Estilo Off, tamb&eacute;m de Itaperuna.</div> <div>Paloma come&ccedil;ou pelo Bairro Fiteiro com o aux&iacute;lio da m&atilde;e, por&eacute;m com a chegada de Marcelo, o crescimento foi imediato, usando as redes sociais para divulgar e angariar material para a produ&ccedil;&atilde;o, muito j&aacute; doado por empres&aacute;rios, inclusive de Muria&eacute;-MG.</div> <div><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/01/170x96/1_whatsapp_image_2020_03_30_at_12_07_27-1596311.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e84ad55788d9', 'cd_midia':1596311, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/01/whatsapp_image_2020_03_30_at_12_07_27-1596311.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '357', 'cd_midia_h': '635', 'align': 'Left'}"><figure class="Left" style="width:357px;height:635px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/01/whatsapp_image_2020_03_30_at_12_07_27-1596311.jpeg" alt="" width="357" height="635"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div>Hoje &agrave; tarde, um lote ser&aacute; entregue aos integrantes do 29&ordm; BPM-Batalh&atilde;o de Pol&iacute;cia Militar, sediado em Itaperuna.</div> <div><strong><em>As pe&ccedil;as s&atilde;o higienizadas, por isso h&aacute; necessidade n&atilde;o s&oacute; de aviamentos e tecido,</em></strong> mas de &aacute;lcool gel, relatou Marcelo Nascimento.</div> <div>Policiais civis tamb&eacute;m receber&atilde;o.</div> <div>Interessados em colaborar, acessem o Instagram da revista:<a href="http://admin2.fiveedit.com.br/@estilo.off" target="_blank" rel="noopener noreferrer"> @estilo.off</a></div>
Comentar
Compartilhe