Proibida Divulgação de Pesquisa com Garotinho
30/09/2018 | 19h43
Coordenador de fiscalização da propaganda eleitoral alerta sobre proibição de pesquisa com Garotinho
 
O coordenador de fiscalização da propaganda eleitoral do Rio de Janeiro, juiz Mauro Nicolau Júnior, alerta que a divulgação de pesquisa com o candidato ao cargo de governador Anthony Garotinho (PRP) não é permitida. Nesta quinta-feira (27), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o indeferimento do pedido de candidatura do ex-governador do Rio de Janeiro, proibindo o político de praticar qualquer ato de campanha, inclusive os relativos ao horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão.
 
“A pesquisa eleitoral não deixa de ser uma forma de propagar o nome do ex-governador, por isso é vedada”, afirmou o magistrado, ressaltando que o aviso se destina também aos veículos de comunicação e empresas de pesquisa. Na decisão, a Corte Superior Eleitoral proibiu ainda o partido e a coligação do candidato de repassar novos recursos a sua campanha.
 
Assessoria de Comunicação Social do TRE-RJ
Comentar
Compartilhe
Congresso de Ginecologia e Obstetrícia no Rio
30/09/2018 | 07h58

XXII Congresso Mundial da FIGO 2018
Brasil, de 14 a 19 de outubro

Contracepção: a chave para atingir as metas de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas até 2030


A FIgo-Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia faz  o XXII Congresso Mundial FIGO 2018. Nove mil especialistas dos mais diversos países e continentes estarão no Rio de Janeiro, para abordar exaustivamente todos os aspectos da saúde da mulher no mundo 

Serão  relevantes debates sobre o acesso aos contraceptivos modernos; eles são essenciais para salvar vidas e para o desenvolvimento em todos os aspectos. Os investimentos de longo prazo em saúde sexual e reprodutiva de garotas e mulheres podem possibilitar que elas façam escolhas importantes, como quando iniciar vida sexual, casar, ter filhos e quantos, entre outras.

Quando uma mulher tem garantida a prerrogativa de espaçar suas gravidezes, apresenta melhor saúde e resultados sociais, inclusive para suas crianças. O espaçamento de gravidez permite reduções substanciais na morbidade e mortalidade materna e neonatal. Oferece às mulheres tempo para mais cuidados pessoais e com seus filhos, além de potencialmente poder contribuir mais para a sociedade e para a renda da própria família.

“Muitos dos números vergonhosos de mortes maternas são por conta de gravidezes não planejadas. Estas ou acabam em abortos inseguros ou provocam a deterioração da saúde da mulher, ambas situações levando à óbito. Quando gravidezes são planejadas e espaçadas, utilizando contraceptivos modernos, o risco de mortalidade materna reduz, conforme evidenciado em resultados bem-sucedidos do Objetivo de Desenvolvimento do Milênio, item 5; em relação a 1990, a razão da mortalidade materna foi reduzida quase pela metade, sendo que a mais significativa queda ocorreu após 2000”, pontua o Dr Faysal El-Kak, do Conselho Administrativo FIGO, Líbano.

Atualmente, em países de baixa renda, 885 milhões de mulheres em idade reprodutiva querem evitar uma gravidez. O Instituto Guttmacher relata que 23 milhões de garotas com idades de 15 a 19 anos, em regiões em desenvolvimento, possuem uma necessidade não atendida por contraceptivos modernos. Estima que, a cada ano, 21 milhões de jovens com idades de 15 a 19 anos e outras 2 milhões com idades abaixo de 15 anos engravidam.

Cada uma dessas jovens, portanto, provavelmente não irá concluir a educação, tornando-se mais difícil encontrar emprego, fazendo-a mais dependente e muitas vezes mais vulnerável à violência e abuso sexuais. Certamente importantes fatores de impacto sobre a saúde e bem-estar pelo resto de sua vida.

“Globalmente, há 214 milhões de mulheres com necessidade não atendida para contracepção. Isso sinaliza uma desconexão entre o desejo de uma mulher de planejar suas gravidezes e sua capacidade de realmente praticar tal ato. Ume necessidade não atendida pode levar a espaçamento entre gravidezes menor, o que possui um impacto negativo na saúde materna e do recém-nascido, e pode trazer pressão econômica adicional sobre uma família, facilitador para perpetuação do ciclo da pobreza”, pondera a Dra. Anita Makins, Vice-Diretora, PPIUD Initiative, FIGO

“Planejamento familiar salva vidas e ainda mais em países de baixa renda nos quais as necessidades por contraceptivas são enormes, e as taxas de prevalência de contraceptivos são baixas, impactando negativamente as taxas de morbidade e mortalidade materna e infantil. É nesses países com péssimas condições que esforços e recursos devem ser canalizados”, complementa o Dr Faysal El-Kak.

imagem

Privar mulheres de acesso e escolhas a contraceptivos pode, portanto, ter desdobramentos negativos em seu futuro. Reconhecendo isso, em 2015, todos os 193 membros das Nações Unidas se comprometeram a um conjunto de 17 Metas de Desenvolvimento Sustentável (Sustainable Development Goals – SDG) globais ambiciosas, incluindo duas metas únicas:


SDG 3.7:

Até 2030, garantir acesso universal a serviços de cuidados de saúde sexual e reprodutiva, incluindo para planejamento familiar, informações e educações, e a integração de saúde reprodutiva e, estratégias e programas nacionais.


SDG 5.6:

Até 2030, garantir acesso universal a direitos de reprodução e saúde reprodutiva e sexual, conforme acordado em conformidade com o Programa de Ação da Conferência Internacional Sobre População e Desenvolvimento e a Plataforma para Ação de Beijing e os documentos resultados de suas conferências de análise

“O empoderamento da mulher é a chave para alcançar as 17 ambiciosas metas de SDG. A Meta 5 é fundamental para tal efeito. Igualdade de gênero, educação, cuidados com a saúde, e garantir direitos de saúde sexual e reprodutiva contribuem para elevar o status da mulher”, argumenta o Dr. Faysal El-Kak.



Perspectivas regionais

América Latina

Até 2017, havia mais de 24 milhões de mulheres em idade reprodutiva na América Latina e no Caribe com necessidade não atendida para contracepção. Como um resultado, estima-se que ocorram 14 milhões de gravidezes não pretendidas por ano.
Dessas, 46% terminam em aborto, muitas vezes não seguro, uma vez que apenas 3% dos países na região possuem amplo acesso ao aborto legal.


África Subsaariana

Para muitas mulheres jovens da África, gravidez e parto não são nem planejados nem desejados, causando alta e preocupante taxa de fertilidade. De acordo com dados relatados pelo Instituto Guttmacher, 21% das mulheres na África Subsaariana tiveram uma necessidade não atendida para contracepção moderna – a maior proporção no mundo.

Em 2017, 28% das gravidezes em mulheres com idade de 15-49 anos foram não pretendidas e apenas 56% deram à luz em um estabelecimento de saúde.

No entanto, alguns países africanos têm feito avanços rumo aos SDGs. Como o Quênia com o uso de contraceptivos aumentando para 6% e elevando as metas de seu Ministério de Saúde de revisão do planejamento de família.



Congresso Mundial do FIGO 2018, Rio de Janeiro

No próximo mês, mais de 9.000 profissionais de saúde, obstetras e ginecologistas das 130 sociedades de membros nacionais do FIGO (Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia), juntamente com parteiras, enfermeiras, clínicos gerais e outros especialistas que trabalham na área de saúde feminina e suas políticas e tomadores de decisão, NGOs, ONU e OMS irão se reunir no Rio para o Congresso Mundial da FIGO 2018.

O Congresso Mundial do FIGO facilitará discussões vitais com relação a essa importante área, incluindo uma sessão de painel dos especialistas do setor intitulada “Contracepção: a chave para atingir SDGs até 2030”, a Federação Africana de Obstetrícia e Ginecologia (AFOG) falando sobre “Serviços de cuidados com saúde reprodutiva e sexual na África: o passado, o presente e o futuro”, a OMS falando sobre “Melhorando a qualidade de saúde para saúde materna e de recém-nascidos – medinso as experiências das mulheres” e o Instituto Guttmacher falando sobre “Acelerando o progresso: Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos para todos”.

O programa completo pode ser acessado no endereço eletrônico www.figo2018.org.



Sobre FIGO

FIGO é uma organização profissional que une associações obstetrícias e ginecológicas de todos os lugares do planeta.

A visão do FIGO é que as mulheres do mundo alcancem os mais altos padrões possíveis de saúde e bem-estar físicos, mentais, reprodutivos e sexuais durante toda sua vida, nós lideramos as atividades do programa global, com um foco específico na África Subsariana e no Sudeste Asiático.

O FIGO atua em nível global, especialmente em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relativos à saúde reprodutiva, materna, de recém-nascidos, crianças e adolescentes e a doenças não transmissíveis (ODS3). Nós também trabalhamos para aumentar o status das mulheres e capacitar sua participação ativa para alcançar seus direitos reprodutivos e sexuais, incluindo a abordagem de FGM e violência de gênero (SDG5).

Também fornecemos educação e treinamento para nossas Sociedades-Membro e construímos capacidades das pessoas de países com poucos recursos por meio do fortalecimento da liderança, boas práticas e promoção de diálogos políticos.

Nós possuímos relações oficiais com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e um status consultivo com a Organização das Nações Unidas (ONU).

imagem


Credenciamento para jornalistas e mais informações
Acontece Comunicação e Notícias
Chico Damaso - Ana Morau
+ 55 11 3871-2331
+ 55 11 3873-6083
+ 55 11 99911-8117
acontece@acontecenoticias.com.br
www.acontecenoticias.com.br
Comentar
Compartilhe
Liminar Deferida contra entrevista de Lula na Prisão
28/09/2018 | 23h35
 
Fonte Primária: O Antagonista
Luiz Fux acaba de deferir liminar contra a decisão de Ricardo Lewandowski de permitir que o presidiário Lula desse entrevista à Folha de S.Paulo.
 
Eis o trecho mais importante da decisão:
 
“Defiro a liminar, ad referendum do Plenário, com fulcro no art. 4º da Lei n.º 8.437/92, para suspender ex tunc os efeitos da decisão proferida nos autos da Reclamação n.º 32.035, até que o colegiado aprecie a matéria de forma definitiva. Por conseguinte, determino que o requerido Luiz Inácio Lula da Silva se abstenha de realizar entrevista ou declaração a qualquer meio de comunicação, seja a imprensa ou outro veículo destinado à transmissão de informação para o público em geral. Determino, ainda, caso qualquer entrevista ou declaração já tenha sido realizada por parte do aludido requerido, a proibição da divulgação do seu conteúdo por qualquer forma, sob pena da configuração de crime de desobediência (art. 536, § 3º, do novo Código de Processo Civil e art. 330 do Código Penal). Intimem-se com urgência, por meio eletrônico ou outro que garanta máxima celeridade, a 12ª Vara Federal de Curitiba, o Superintendente da Polícia Federal no Paraná, a Empresa Folha da Manhã S.A., Mônica Bergamo e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Dê-se ciência à Procuradora-Geral da República. Publique-se. Intimem-se.”
Comentar
Compartilhe
Quem não fez Biometria vai poder votar em Itaperuna?
27/09/2018 | 09h40
O editor-chefe da Revista Estilo Off, a mais badalada publicação itaperunense, publicada mensalmente, passou para o BNB esta informação agora:
Atenção: a despeito da atitude insensata do STF em cancelar milhões de títulos, importante salientar que essa regra NÃO vale para Itaperuna nesta eleição. Me informei com a Chefe do Cartório Eleitoral da cidade e aqui a eleição será híbrida, ou seja, votarão normalmente quem fez e quem não fez biometria. 
Marcelo Nascimento
Comentar
Compartilhe
Qual será o melhor Café do Brasil em 2018
26/09/2018 | 13h40
 
Concurso Coffee of the Year 2018 - Inscrições até 1º de outubro

O melhor café especial do Brasil será revelado na Semana Internacional do Café, entre os dias 7 e 9 de novembro, em BH

Está chegando a hora de um dos eventos mais esperados da Semana Internacional do Café 2018 – SIC! O concurso Coffee of The Year 2018 reúne os melhores cafés do Brasil, para eleger o grande destaque do ano. Produtores têm até 1º de outubro para se inscrever e encaminhar suas amostras. Classificadores nacionais e internacionais farão a avaliação dos cafés recebidos e, durante a SIC, os 10 melhores vão a voto popular e de especialistas.

Nos três dias de evento, os visitantes poderão participar da degustação às cegas e votar em seu preferido. O resultado final será divulgado no último dia, 9 de novembro. “É uma oportunidade incrível para divulgar os cafés e fazer negócios”, destaca Mariana Proença, diretora de Conteúdo da Café Editora, uma das organizadoras da Semana Internacional do Café.



Classificação

A lista dos TOP 10 é retirada de uma outra com 150 cafés. E não é fácil entrar neste seleto ranking. Os cafés indicados pelos produtores precisam atingir uma classificação mínima de 80 pontos, em uma escala de 100. Todas as amostras são avaliados por uma comissão julgadora baseada nas avaliações da Associação de Cafés Especiais (SCA, na sigla em inglês), bem como nas notas de qualidade referenciadas pelo Instituto de Qualidade do Café (CQI, na sigla em inglês). A avaliação sensorial leva em conta vários itens, como: aspecto, seca, cor, porcentagem de peneiras, tipo, teor de umidade, torração e qualidade.

“O concurso é uma vitrine sem igual para os produtores, pois gera muito interesse de compradores pelo produto e enfatiza a qualidade da região produtora”, explica Mariana Proença.



Vencedores Coffee of The Year 2017



Sandra Lelis da Silva, de Araponga, nas Matas de Minas, levou o título de Coffee of the Year 2017 na categoria arábica. Ela foi a primeira mulher a vencer o concurso! Sandra tem uma produção familiar na sua região e conta que desde a premiação recebeu uma série de visitas de empresários do exterior que foram comprar o café que ela produz. “Sem dúvida ficamos muito mais conhecidos, o prêmio foi uma vitrine para o nosso café”, comemora! Na categoria conilon, os campeões de 2017 foram os Irmãos Dutra, de Manhuaçu, Matas de Minas.



CRONOGRAMA DO COFFEE OF THE YEAR 2018





AÇÃO

PRAZO



Prazo para envio das amostras por CORREIOS ou TRANSPORTADORA (data de postagem)





01º/10



Prazo máximo de recebimento das amostras PRESENCIAL (entrega em mãos)





05/10



Divulgação Pública da Lista dos 150 Melhores Classificados





23/10



Cerimônia de Premiação Pública na Semana Internacional do Café dos 10 Melhores Categoria Arábica e 5 Melhores Categoria Canéfora





09/11





Sobre a Semana Internacional do Café



A Semana Internacional do Café (SIC) é uma iniciativa do Sistema FAEMG, Café Editora e Sebrae. Reunirá de 7 a 9 de novembro de 2018, no Expominas, em Belo Horizonte, toda a cadeia produtiva do setor cafeeiro nacional e internacional, em prol do crescimento social e economicamente sustentável do produto brasileiro. O encontro envolve cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários, baristas, proprietários de cafeterias e apreciadores. Durante os três dias são realizados mais de 25 eventos simultâneos focados nas áreas de Mercado & Consumo, Conhecimento & Inovação e Negócios & Empreendedorismo.



Receberá neste ano os mundiais de barista World Coffee in Good Spirits Championship (drinques alcoólicos com café), World Latte Art Championship (desenho no café com leite), World Brewers Cup (preparo de café) e World Cup Tasters Championship (prova de café) organizados pela World Coffee Events com o National Body da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA).



Patrocinadores

A SIC tem como patrocinadores Diamante o Sistema Ocemg, Sescoop e OCB.



Serviço

Semana Internacional do Café 2018

De 7 a 9 de novembro

Das 11h às 20h

Expominas, Belo Horizonte (MG)

Facebook e Twitter: @semanadocafe

Instagram @semanainternacionaldocafe

www.semanainternacionaldocafe.com.br
Comentar
Compartilhe
Coluna Maria Luzia No Ar
24/09/2018 | 18h37
Por Maria Luzia Borges Amaral Ramos
Coluna nº 1
A semana foi intensa para os clubes de serviço e entidades sociais de Itaperuna. Nós do Rotary Club, estivemos em várias atividades, registradas com muito prazer:
Rotary Club de Itaperuna, Lions Clube, Lions Centenário, Demoly, Maçonarias, Rotaract,
Casa da Amizade,
Escoteiros,
Unig,
Secretária do Ambiente,
Bióloga Jó,
Secretária de Agricultura,
Emater, Prefeitura Municipal de Itaperuna
Vinícius Bastos, subtenente João Ricardo Rodrigues, Maria Luzia e subtenente Theodoro leite
Vinícius Bastos, subtenente João Ricardo Rodrigues, Maria Luzia e subtenente Theodoro leite
Da esquerda para direita: Ronaldo, Sr Manoel Mozzer, Ten Azevedo, Cap Souza, Pastor Valdir, Padre Luiz, Maria Luzia, Sd Giliany, Cel Vollmer e Marcílio.
Da esquerda para direita: Ronaldo, Sr Manoel Mozzer, Ten Azevedo, Cap Souza, Pastor Valdir, Padre Luiz, Maria Luzia, Sd Giliany, Cel Vollmer e Marcílio.
Gilberto Almo  Luis Almir Pontes   Marcílio Soares  Edson Antunes  Fernando   Laurindo.
Gilberto Almo Luis Almir Pontes Marcílio Soares Edson Antunes Fernando Laurindo.
Comentar
Compartilhe
Seu Celular Está Irregular? Você vai saber hoje mesmo
23/09/2018 | 10h06
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) inicia neste domingo (23) a notificação de portadores de aparelhos de telefone celular irregulares em 10 Estados das regiões Centro-Oeste, Sul, Norte e Sudeste, incluindo o Rio Grande do Sul. São considerados irregulares os aparelhos adulterados, roubados, extraviados e não certificados pela Anatel.
Quem estiver utilizando aparelhos irregulares vai começar a receber mensagens alertando sobre o problema. Além do RS, nos Estados do Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Tocantins, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, a medida vale para aparelhos irregulares habilitados a partir de 23 de setembro de 2018.
LEIA MAIS

Como descobrir se seu celular está regularizado na AnatelComo descobrir se seu celular está regularizado na Anatel
Celular ilegal é habilitado em minutos em Porto AlegreCelular ilegal é habilitado em minutos em Porto Alegre
Cerca de 40 milhões de brasileiros podem ter o celular bloqueadoCerca de 40 milhões de brasileiros podem ter o celular bloqueado
Os aparelhos irregulares receberão a seguinte mensagem, enviada pelo número 2828: "Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em XX dias. Acessewww.anatel.gov.br/celularlegal ou ligue *XXXX"
O bloqueio dos aparelhos será feito a partir de 8 de dezembro de 2018. A última mensagem, na véspera do bloqueio, apresentará o seguinte conteúdo: "Operadora avia: Este celular IMEI XXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal ou ligue *XXXX"
Certificado
De acordo com a legislação, todo aparelho celular em uso no país deve ser certificado ou ter sua certificação aceita pela Anatel. "Aparelhos celulares certificados passaram por uma série de testes antes de chegarem às mãos do consumidor. O usuário deve sempre procurar o selo da Anatel no verso da bateria do celular e também no carregador", informou a assessoria.
Com o bloqueio, a Anatel pretende coibir o uso de telefones móveis não certificados, com IMEI adulterado, clonado ou outras formas de fraude. Segundo a Anatel, os usuários que já têm aparelhos móveis irregulares habilitados não serão desconectados, caso não alterem o número.
IMEI (do inglês International Mobile Equipment Identity) é o número de identificação do celular. O IMEI DB, como é chamado, é acessado por fabricantes, operadoras e agências reguladoras de todo o mundo, razão pela qual aparelhos que são certificados em qualquer país têm o IMEI inserido lá.
Número
Para saber se o número de IMEI é legal, basta discar *#06#. Se a numeração coincidir com o que aparece na caixa, o aparelho é regular. Caso contrário, há uma grande chance de o aparelho ser irregular.
A agência disse que, uma parceria entre prestadoras, fabricantes e a Anatel serviu para a implantação de um sistema informatizado que identifica os celulares irregulares em uso na rede.

Original: GaúchaZ
Comentar
Compartilhe
Grávidas podem comer peixes?
20/09/2018 | 09h11
Artigo de Luciana Peres*
A ingesta de peixes é parte importante de uma dieta saudável, vez que a composição nutricional destes é muito favorável, possuindo uma baixa quantidade de gordura saturada, proteínas de alto valor biológico e outros nutrientes importantes, como os ácidos graxos ômega-3.
Uma dieta balanceada que inclua uma certa variedade de peixes contribui para a saúde cardiovascular e para o crescimento e desenvolvimento das crianças. No entanto, existe uma preocupação pública de que as quantias relativamente baixas de mercúrio encontradas nos frutos do mar sejam lesivas para o cérebro fetal, fato este que se tornou um limitante do consumo de pescados durante a gestação, porém poucas evidências consistentes comprovam este fato.
Em recentes publicações, não foram encontradas associações adversas entre os níveis de mercúrio no sangue materno e o desenvolvimento neurocognitivo de crianças. O mercúrio está naturalmente presente na maioria dos peixes, entretanto, sabe-se que para haver dano a saúde, o consumo necessita estar bem além do que a maioria da população ingere.
Um estudo realizado em gestantes e seus filhos na República de Seychelles, que alimentam-se diariamente de peixes (exposição ao mercúrio dez vezes maior do que os valores registrados nos Estados Unidos) não evidenciou nenhum desfecho negativo.
Por isso, a Food and Drug Administration (FDA) e a Environmental Protection Agency (EPA) publicaram, no ano passado, uma nova orientação que difere da recomendação anterior de 2004: mulheres que pretendam engravidar ou que estejam grávidas devem ingerir de 2-3 porções semanais de peixes, evitando os tipos de pescados considerados mais contaminados pelo mercúrio .
É sabido que os riscos relacionados à exposição de mercúrio dependem não só da quantidade de peixe consumida, mas também dos níveis de mercúrio contidos em cada espécie. As entidades acima citadas também forneceram uma lista com 62 tipos de peixes, crustáceos e moluscos e os dividiram em três categorias de segurança: melhores escolhas, boas escolhas e escolhas a serem evitadas.
Os peixes do grupo “melhores escolhas” incluem o salmão, o atum enlatado light , a tilápia, o bagre e o bacalhau. Já o atum bigeye, o tubarão, o peixe-espada e o marlin estão na categoria que deve ser evitada.
Todavia, a nova orientação, não citou os benefícios ao desenvolvimento neurocognitivo do consumo de peixe durante a gestação. Várias entidades, como a Organização Mundial da Saúde, destacam a melhora do neurodesenvolvimento como um benefício específico do consumo de peixe.
As evidências científicas dos benefícios subjacentes do consumo de peixe para o desenvolvimento cognitivo são fortes, como já publicado em uma revisão sistemática de Starling e colaboradores em 2015.
Um outro estudo mostrou que os filhos de mulheres que consumiram uma média de 588 g de peixe semanais (quantidade acima da recomendação atual) tiveram pontuações totais mais altas de desenvolvimento verbal, motor, memória e desenvolvimento cognitivo global.
Calcula-se, atualmente, que o consumo recomendado de peixe possa aumentar de 3-5 pontos no QI da criança.Ao contrário do consumo de peixe, a suplementação com cápsulas de ômega-3 não oferece o mesmo benefício – a razão para isso ainda não é totalmente compreendida, mas se imagina que outros nutrientes presentes no peixe (e não apenas o ômega-3) contribuam para os benefícios neurocognitivos.
Logo, é imperioso que os médicos e nutricionistas reconheçam a importância de informar às gestantes sobre estes benefícios, uma vez que esta informação pode estimular o consumo e, assim, mulheres e crianças pequenas irão obter os benefícios da ingesta do peixe.
* Luciana Dornelles Sampaio Peres é clínica médica (RQE 29636), endocrinologista (RQE 29637), pós-graduada em Nutrologia/ABRAN. Atua em Porto Alegre e Alegrete, no Rio Grande do Sul.
Comentar
Compartilhe
UniRedentor lança 2 cursos superiores de alto rendimento
17/09/2018 | 20h48
Em 1ª Mão- IES fundada em 2002 na cidade de Itaperuna, Noroeste do Estado do Rio, confirma sua vocação para a ousadia e o sucesso lançando 2 cursos de uma só vez, com vestibular para ambas marcado para novembro próximo: Medicina Veterinaria e Educação Física.
Comentar
Compartilhe
Multa Alta para Enquete Eleitoral nas Redes Sociais
14/09/2018 | 00h16
Uma simples enquete nas redes sociais para saber em quem os seguidores do seu perfil desejam votar, vai custar uma multa de até R$ 329 mil, como reza o artigo 23 da Resolução 23549/2017 do TSE-Tribunal Eleitoral Regional. Está nele: “é vedada, no período de campanha eleitoral, a realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral”.
 
Para isso acontecer, basta o MPE-Ministério Público Eleitoral investigar e o processo resultar em condenação por descumprimento da lei.
 
Portanto, melhor não mexer no assunto...
Comentar
Compartilhe
Direito de Itaperuna dentre os 10 maiores do Rio
14/09/2018 | 00h02
Foi divulgado ontem, 13/9/2018,  o desempenho das instituições de ensino a partir das aprovações no XXV Exame d OAB-Ordem dos Advogados do Brasil e mais uma vez o curso de Direito da UniRedentor-Itaperuna, está dentre os melhores do Estado do Rio de Janeiro. Confira na tabela abaixo a 8ª posição no geral e a 3ª no setor das faculdades particulares. 

XXV EXAME DE ORDEM: ÍNDICE GERAL DE APROVAÇÃO
1) FGV-------------------------------------------------------87,50%
2) UFRRJ-TRÊS RIOS------------------------------------75,02%
3) UFF-Niterói-----------------------------------------------68,79%
4) UERJ------------------------------------------------------60,50%
5) UFF-VOLTA REDONDA--------------------------------57,69%
6) UNIRIO----------------------------------------------------57,63%
7) PUC-RIO--------------------------------------------------56,04%
8) UNIREDENTOR-----------------------------------------53,85%
9) UFRRJ----------------------------------------------------53,57%
10) UFRJ-RIO-----------------------------------------------50,22%
Comentar
Compartilhe
Já tem data o novo Vestibular de Medicina de Itaperuna
13/09/2018 | 09h32
Tradição não se faz só com o Tempo. UniRedentor apresenta seus vestibulares de Medicina e Tradicional

Ao completar 16 anos neste 2018, a UniRedentor confirma sua trajetória ascendente e mostra que, não só o tempo é o responsável pela tradição, mas a eficiência e a seriedade, ao lançar durante essa semana o Vestibular de Medicina, marcado para o dia 1º de dezembro próximo e o Tradicional, com os demais cursos para o dia 24 de novembro ou 2 de dezembro.
Os eventos são bem concorridos e fazem de Itaperuna-RJ, onde a UniRedentor tem sua base principal, uma central de recepção de candidatos de todo o Brasil e de outros países.
Nas cidades de Campos dos Goytacazes, Queimados e Paraíba do Sul, também fluminenses, o vestibular da UniRed, como é carinhosamente chamada pelos universitários, pode ser agendado, ( exceto Medicina, presente apenas em Itaperuna).


Saiba mais acessando AQUI



Comentar
Compartilhe
Fim da Cirurgia de Bolsonaro
13/09/2018 | 00h01


A cirurgia a que foi submetido o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) acabou há poucos minutos. Ele passa bem.

Foram retiradas aderências que obstruíram o intestino delgado, e corrigida uma fístula surgida em uma das suturas feitas na operação inicial após o atentado em Juiz de Fora (MG), na quinta (6).

A cirurgia nesta quarta durou pouco mais de uma hora.
Origem da informação- Folha de São Paulo/Igor Gielow)
Comentar
Compartilhe
Bolsonaro passa por cirurgia de emergência
12/09/2018 | 22h58
O candidato à Presidência Jair Bolsonaro foi levado ao centro cirúrgico na noite de hoje, quarta-feira 13 de setembro, para uma cirurgia de urgência no hospital Hospital Israelita Albert Einstein, por causa de um problema no intestino. Ele teve uma distensão abdominal e sentiu náuseas.
 
Pelas informações do UOL, a notícia foi confirmada às 22h30 pelo presidente em exercício do PSL, Gustavo Bebianno. Até o momento desta reportagem, o hospital ainda não se manifestou sobre o procedimento.
Origem da nota: Notícias ao Minuto Brasil e UOL
Comentar
Compartilhe
Filho de Bolsonaro Adia Palestra em Itaperuna
10/09/2018 | 15h00
EM 1ª MÃO
Com palestra marcada há quase um mês para hoje em Itaperuna, no auditório da UniRedentor, o deputado federal Flávio Bolsonaro, enviou uma vídeo pelas redes sociais explicando a sua necessidade de estar perto do pai e de acompanhar as investigações do atentado, pela Polícia Federal. Flávio Bolsonaro e pede aos eleitores que se multipliquem nas ruas e nas redes sociais.
Está marcada para as 15h de hoje uma passeata do Movimento Direita Itaperuna, saindo de frente à Igreja do Relógio.
INFORMAÇÕES PARA ESTE BLOG SOBRE QUAISQUER CANDIDATOS- DESDE QUE VINDAS DE FONTES SEGURAS- SERÃO PUBLICADAS
Comentar
Compartilhe
Facada em Bolsonaro: Falha na Segurança
08/09/2018 | 20h54
O BNB-BlogNinoBellieny, pediu a Marco Antônio de Souza*, militar de grande experiência em Ações de Comandos e Forças Especiais, para analisar o atentado ao candidato a presidência do Brasil, Jair Messias Bolsonaro. Na opinião dele, faltou profissionais testados em situações reais:
A ANÁLISE 
A improvisação na segurança costuma ser paga com sangue ‘amigo’. Ao se pensar em segurança, obrigatoriamente, há de se compreender a inata, poderosa e histórica resistência do Homem comum em matar seu semelhante (os baixos números de abertura de fogo em importantes conflitos mundiais históricos provam isso). Sempre haverá maiores chances de uma resposta positiva frente à um evento crítico, quando se prioriza o emprego do profissional com significativo histórico de abertura de fogo, ou adequadamente condicionado nas mais modernas táticas, técnicas e procedimentos militares de defesa. Na minha avaliação, ou o indivíduo fora testado em fogo real, ou passou por um massivo e adequado condicionamento para o ato de matar. Não vejo uma terceira via. 
 
*Marco Antonio de Souza: é carioca, tem 53 anos, é Sargento da Reserva Remunerada do Exército Brasileiro. Serviu 30 anos nas Forças Especiais (1983 a 2013) onde se especializou em Ações de Comandos, contraterrorismo, mergulho, salto livre, operações em área de selva, montanha, pantanal e caatinga; é especialista em armamento leve, perito em tiro de alta precisão (sniper) e sobrevivência em ambientes hostis. Atuou em missões de paz da ONU, com destaques na pacificação da favela de Cité Soleil – Haiti (2007) e no socorro às vítimas do terremoto tambem no Haiti (2010). Trabalhou como técnico de segurança em mineradora no Sudeste da África. É casado e tem três filhos.
Comentar
Compartilhe
Por que não tem sangue na faca que atingiu Bolsonaro
07/09/2018 | 13h28
PUBLICADO ORIGINALMENTE HOJE EM O ESTADO DE MINAS
Por Iracema Amaral
A falta de sangue na faca que atingiu a barriga do deputado federal e candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), e no pano branco que cobriu o ferimento viraram foco de dúvidas a respeito do atentado ocorrido na cidade mineira de Juiz de Fora, na Zona da Mata nessa quinta-feira (6).Médicos ouvidos pela reportagem do Estado de Minas, na manhã desta sexta-feira, asseguraram que estas observações só fazem sentido aos olhos do leigo. Por se tratar de um momento de ânimos acirrados da campanha eleitoral, os dois cirurgiões pediram para que suas identidades sejam mantidas em sigilo. O mesmo ocorreu com um investigador da Polícia Civil que trabalha no IML de Belo Horizonte.
 
 
Um dos médicos ouvidos pela reportagem, cirurgão-geral há 38 anos, hoje lecionando em uma Faculdade de Medicina em Minas, disse que quanto mais rápida a estocada de um objeto cortante, a exemplo do que ocorreu com Adélio Bispo de Oliveira, menos suja a arma sairá do corpo da vítima.
 
 
O cirurgião-geral explicou que, apesar de o corte em Bolsonaro ter sido profundo, provocando hemorragia interna, a arma pode ter sido sido limpa pela gordura que o corpo humano tem sob a pele. Além disso, ele explicou que as imagens veiculadas no momento em que o candidato é atingido não permitem garantir que não havia sangue na faca.
 
 
Outro cirurgião ouvido pela reportagem, que opera há mais de 10 anos em um hospital de Belo Horizonte, disse que a explicação para a falta de sangue na faca pode ser explicada pelo fato de o líquido peritoneal ( contido na cavidade abdominal) ser de baixa viscosidade e, por isso, ter diluído o sangue. Além disso, o corte sofrido em uma veia abdominal, que levou o candidato a ter uma hermorragia interna, não se exterioriza de imediato, o que pode explicar também o pano branco não ter sido machado de sangue. O sangue fluiria para dentro e não para fora.
Perícia
 
 
O cirurgião-geral e professor destacou também que apenas o laudo da perícia técnica poderá afirmar se a faca aprrendida pela Polícia Militar, cuja foto foi divulgada para a imprensa, é de fato a arma do crime.
 
 
Opinião compartilhada pelo investigador da Polícia Civil que trabalha no IML. Ele lembrou os recursos técnicos disponíveis hoje para detectar sangue ou qualquer outro fluido que fica em armas usadas em crimes, ainda que microscopicamente. Em meio à confusão que se seguiu ao atentado, destacou o investigador, não se sabe nas mãos de quantas pessoas essa faca passou.
Matéria do jornal O Estado de Minas
Foto: Arte: Soraia Piva
Comentar
Compartilhe
A Internet não é médica
06/09/2018 | 09h30
 
O risco do autodiagnóstico e a segurança do check-up
Artigo de Américo Tângari Junior*
 A internet é uma ferramenta tecnológica que torna mais rápida a comunicação no mundo moderno, um grande avanço da civilização. Mas é um meio eletrônico para troca de informações, não pode ser confundida com o guru iluminado que sobe ao pico da montanha para semear a sabedoria na terra.
 
Como é máquina alimentada por seres humanos - em geral desconhecidos, limitados e sujeito a erros, como toda a espécie -, convém não submeter a própria vida às informações que chegam pelo computador ou pelo smartphone.
 
Mas, infelizmente, é o que vem ocorrendo com uma boa parte dos brasileiros e de outros povos que preferem se autodiagnosticar e a se automedicar segundo a “sabedoria” do doutor Google. Essas pessoas ainda não perceberam os riscos a que estão sujeitas.
 
Assim como proliferam as fake news, as informações médicas pela internet podem ser igualmente falsas ou desprovidas do devido embasamento científico, embora reconheçamos as mais sérias, de fontes identificadas e comprovadas.
 
Porém, isso não justifica o fato de alguém, a partir de um incômodo qualquer, recorrer à internet, verificar o nome de algum remédio, se automedicar e, depois, ficar sem saber se é portador ou não de alguma doença. Pode ser que o incômodo volte outras vezes e só aí o paciente poderá desconfiar de algo mais sério, além do mal-estar passageiro.
 
Nesses tempos de tanta tecnologia disponível na área médica, algumas pessoas se esquecem da importância do exame clínico para o diagnóstico e tratamento de doenças. O exame é dividido em duas etapas: a anamnese e o exame físico.
 
Anamnese (do grego ana, trazer de novo, e mnesis, memória) é básico: o paciente deve relatar ao médico seus sintomas, falar de seu passado e presente, de sua vida, de sua família e de seus antecedentes, de seus hábitos. Neste processo deve-se estabelecer uma conversa franca entre os dois.
 
A partir daí, além dos exames laboratoriais, é possível obter informações sobre o estado geral do paciente, podendo ser identificadas doenças por meio de sinais e sintomas. Mas medicina não é uma ciência exata. Por exemplo, não é possível um diagnóstico de infarto do coração em diversas situações em que nenhum exame o identifica, principalmente pela internet.
 
Nessa interação com o paciente se formulam 70% dos diagnósticos. O foco na pessoa – e não no computador ou na ressonância magnética - é que levará às causas de uma moléstia e a indicar o melhor caminho para o tratamento. Em cardiologia, por exemplo, médico e paciente precisam ficar atentos aos sintomas que podem indicar algum tipo de comprometimento.
 
Alguns sinais podem ser confundidos com um simples mal-estar. Sudorese, tremores e falta de ar estão entre as várias manifestações de princípio de infarto agudo do miocárdio. Mesmo em análise para diferenciar infecção de inflamação é preciso levar em conta sinais, sintomas e as diversas variações clínicas e exames laboratoriais. Outro caso é o AVE - Acidente Vascular Encefálico, antes chamado de AVC -, que pode se manifestar apenas como uma confusão mental passageira. Como tratar essa informação pela internet? O que pode ser apenas mal-estar de momento pode esconder algo mais grave e cabe ao médico investigar e tratar.
 
Levantamento recente do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), entidade de pesquisa e pós-graduação na área farmacêutica, divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo, mostrou que a situação é mais grave do que se imagina. Afinal, pessoas das classes A e B, jovens e com curso superior, formam a maioria dos pacientes que usa a internet para se autodiagnosticar. O terceiro estudo do instituto sobre o tema apontou que 40,9% dos brasileiros fazem autodiagnóstico pela internet. Desses, 63,84% têm formação superior.
 
Na pesquisa anterior, de 2016, o índice de autodiagnóstico online foi de 40%. Imaginava-se que o público em busca de soluções pela internet era de classe média para baixo, por falta de condições de procurar um médico.
 
Mas o resultado surpreendeu e surgiram então as pessoas das classes altas, esclarecidas e com poder econômico para buscar informações mais concretas e conscientes sobre saúde. Na classificação econômica, 55% dessas pessoas são das classes A e B e 26% das classes D e E. As de renda mais baixa ainda buscam mais o médico em prontos-socorros. Quanto mais idosas, mais recorrem ao médico, pois têm dificuldade com a internet. O levantamento foi feito em maio deste ano em 120 municípios, incluindo todas as capitais, e ouviu 2.090 pessoas com mais de 16 anos.
Para os pesquisadores, o imediatismo está entre as motivações, principalmente entre os jovens de 16 a 34 anos. Imediatismo ou preguiça da rotina de marcar um horário, o tempo às vezes longo na sala de espera, depois os exames, etc.
 
Esses pacientes costumam procurar o médico já com efeitos colaterais ou interação medicamentosa. Ou seja, alguma doença foi mascarada, o que resultará em diagnóstico retardado.
 
Boa parte das doenças começa com dor, febre, indisposição, sintomas comuns, e as pessoas se valem de remédios mais conhecidos, sem esperar sua progressão. Aí mora o perigo de mascarar algo mais grave.
 
Se o paciente não tem nenhum dos sintomas e vai ao consultório apenas em nome da prevenção, ótimo. Está a caminho de uma vida mais longa. De todo modo, é importante fazer um check-up uma vez por ano, a verdadeira chave da boa saúde.
 
Enfim, fazer da prevenção o principal aliado, manter o compasso da máquina e viver intensamente. O corpo merece, em nome da sobrevivência.
 
 
 
*Américo Tângari Junior é especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia e Associação Médica Brasileira.
 
 
Comentar
Compartilhe
Reunião do TRE
05/09/2018 | 19h47
ASCOM TRE-RJ
12:07 (Há 7 horas)
 
para TRE-RJ
 
TRE-RJ irá realizar reunião com instituições religiosas e partidos sobre fiscalização
 
Na próxima segunda-feira (10), às 14h, será realizada reunião com representantes de instituições religiosas e advogados de partidos políticos para esclarecimento sobre as ações das equipes de fiscalização da propaganda eleitoral no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), no Centro do Rio. Na ocasião, serão abordadas as situações de possível utilização abusiva de estruturas e crenças religiosas para alavancagem de candidaturas políticas.
 
"Tal encontro se alinha à política de cooperação que vem sendo adotada por esta Administração, fundada no constante diálogo, com propósito de estabelecimento de diretrizes e delineamento de condutas que serão consideradas ilícitos eleitorais, de modo a assegurar a legitimidade do processo democrático e a igualdade de condições entre os aspirantes a cargos públicos", explica o presidente do TRE-RJ, desembargador Carlos Eduardo da Fonseca Passos, que convida os representantes de instituições religiosas a participarem da reunião.
Comentar
Compartilhe
Destruição do Museu Nacional: Símbolo de um país em chamas há tempos
04/09/2018 | 01h20
NInoBellieny
Duzentos anos de História queimados em poucas horas, incineradas milhões de peças valiosas para a Ciência e para o entendimento do que somos hoje. Nas redes sociais, muito lamento, mas também escárnio, há quem esteja vibrando como novos neros de uma época neorromana.
É difícil compreender o Brasil. E muito fácil de sentir. Um país que não só deixa sucumbir um dos seus principais relicários do que nos trouxe, mal ou bem, até aqui, mas também queima hospitais, escolas, universidades, sonhos e vidas. 
Exterminados por todo o tipo de fogo e este não vem dos céus, não é um bíblico castigo de Deus como há quem se arvore a dizer. Pelo menos ainda não.
Florestas desaparecem, animais morrem, humanos se matam aos milhares, intelectos não se desenvolvem e os melhores cérebros buscam lugares sérios e seguros em outros continentes, como também a força da juventude vai atrás de sonhos impossíveis aqui.
Enquanto falam em reconstruir o ( prédio) Museu, políticos que estiveram no poder e ardem em fogos internos para voltarem e outros que nunca estiveram e igualmente se queimam para conseguir, disparam acusações, esquecem de seus erros e se engalfinham aos holofotes. Eles sempre pegam carona em tragédias.
Reconstruam o Museu Nacional, mesmo cientes de que, nunca será como antes. As tecnologias contribuirão para um ambiente virtual usando as imagens daquilo que se destruiu para sempre, mas será um triste moderno museu antigo refeito à espera de um novo incêndio.
Obesas verbas oficiais bancaram projetos culturais anos e anos, com muito para poucos deitarem e rolarem. A metade da metade do que estes artistas e projetos, receberam, daria para dar ao MN condições de segurança em todos os sentidos. No entanto, o mínimo foi repassado para os cuidados de um acervo que, se fosse oferecido aos maiores museus do mundo, seria muito bem vendido.
Preferiram deixar queimar. Querem construir uma nova história... talvez seja esta a melhor maneira de se perpetuar um poder. Esvaziar as mentes já esvaziadas, tirar ainda mais orgulho de um povo, torná-lo bovino e plácido, escravo inconsciente e rentável até morrer.
Queimar museus não é um começo. O país vem sendo queimado há muito, muito tempo.
Comentar
Compartilhe
Crise? Menos no Mercado Erótico
03/09/2018 | 12h02
Por Daiana Oliveira
A busca pelo bem estar e saúde sexual tem aumentado a cada dia. São diversos produtos que auxiliam para essa melhoria, e essa crescente demanda está favorecendo o segmento erótico e sensual.

Segundo a ABEME (Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico), o setor sensual e erótico Brasileiro tem destaque no cenário mundial, não apenas por sua grandiosidade e inovação, mas também pela criatividade, principalmente no setor de cosmética sensual: Autossuficiente na produção de cosmética sensual, o Brasil comercializa 10 milhões de itens ao mês (destes, cerca de 3,5 bilhões são géis, cremes e lubrificantes), sendo ainda referência mundial em lingerie sexy.

Em relação a 2017 o crescimento foi em torno de 15%, e há espaço para mais crescimento, já que cerca de 75% dos brasileiros nunca experimentaram nenhum produto erótico. Hoje no Brasil, são cerca de 12 mil pontos de vendas de produtos sensuais.

A INTT Cosméticos, fabricante de cosméticos sensuais e eróticos, cresceu 25% em relação a 2017. Segundo a Stephanie Seitz, diretora de marketing da marca, o mercado tem potencial para crescer ainda mais.

Já a Boutique Erótica Lovetoys, aumentou em 23% as vendas em relação ao ano anterior, prova disso é que as pessoas estão deixando a timidez de lado. Ainda assim, houve crescimento no e-commerce da marca. Para a Waléria Albuquerque, diretora da Lovetoys, os produtos importados e mais diferenciados, são os mais procurados e os cosméticos possuem maior volume em vendas.

As datas comemorativas como o Dia dos Namorados, Dia do Orgasmo e Dia do Sexo são os principais para o mercado e movimentam as vendas.

Comentar
Compartilhe