Luta pela duplicação da BR-101 une adversários
11/05/2013 | 03h56

A luta pela duplicação da BR-101 consegue colocar nomes da oposição ao lado do “rolo compressor” da prefeita Rosinha Garotinho (PR). Ontem (10), durante audiência pública em Macaé, os vereadores Fred Machado (PSD) e Marcão (PT) e o deputado estadual Roberto Henriques (PSD) se uniram ao vereador Mauro Silva (PT do B) e a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR). Eles criticaram a Autopista Fluminense e afirmaram que o número de acidentes e óbitos crescem na mesma proporção que crescem os lucros da concessionária.

Cientes de que juntos são mais fortes, os parlamentares estão dando um bom exemplo.

Comentar
Compartilhe
BR-101: Audiência Pública na Alerj
06/05/2012 | 08h38

henriques

O deputado estadual Roberto Henriques (PSD) informa que, ao lado dos deputados João Peixoto, Sabino e Jânio Mendes, oficiou a Comissão de Transportes da Alerj, solicitando com urgência a realização de audiência pública para discutir o contrato de concessão da BR-101 e o cronograma de obras e melhorias. Após a ação dos deputados, a audiência foi marcada para o próximo dia 17 de maio, às 11 horas, na Sala de Comissões 316, do Palácio Tiradentes da Alerj.

Para Roberto Henriques, a execução do cronograma de obras e melhorias, previstas no contrato de concessão, não correspondem às necessidades dos usuários da rodovia. Sendo assim, a Autopista Fluminense e a Agência Nacional de Transporte Terrestre – ANTT devem, nesta audiência, demonstrar o andamento das melhorias previstas, incluindo a duplicação da via, em contraprestação ao pedágio pago pelos usuários. Outros temas que serão abordados, além da duplicação da via, são obras como a Ponte que será construída na RJ 194 que ligara Campos a Gargaú, obras de melhorias nas estradas de Macaé, Quissamã, Carapebus e região. "A BR-101 é uma das principais artérias de comunicação do país. A concessão é federal, mas os efeitos da administração deste contrato são sentidos principalmente pelos habitantes do nosso Estado, em especial os das regiões dos Lagos e Norte Fluminense, daí a imperiosa necessidade das autoridades federais darem conhecimento, na Alerj, de como vai a execução das melhorias previstas. Lembro, ainda, que, a BR-101 é um grande eixo de desenvolvimento, principalmente após a descoberta do pré-sal, mas além do desenvolvimento, o que nos move é a preservação da vida humana, nossa maior riqueza”, disse Henriques.

Fonte: Campos Notícia

Comentar
Compartilhe