Dilma já chegou ao Porto do Açu
26/04/2012 | 04h45

[caption id="attachment_10304" align="aligncenter" width="320" caption="Foto de Phillipe Moacyr"]Foto de Phillipe Moacyr[/caption]

[caption id="attachment_10307" align="aligncenter" width="336" caption="Ministro Edison Lobão, Dilma, Cabral e Carla Machado — Foto de Fabrício Berto publicada no blog do Paulo Noel"]Ministro Edison Lobão, Dilma, Cabral e Carla Machado — Fotos: Fabrício Berto[/caption]

A presidente Dilma Rousseff, acompanhada do governador Sérgio Cabral (PMDB), já chegou ao Porto do Açu, em São João da Barra. A presidente foi recepcionada pela prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PMDB), e pelo empresário e anfitrião Eike Batista, dono do Grupo EBX, da qual faz parte a LLX, empresa responsável pela construção Superporto. A prefeita de Campos, Rosinha Garotinho (PR) e o deputado federal Anthony Garotinho (PR) também estão acompanhando a visita.

Dilma participa da celebração do início de produção de petróleo no campo de Waimea, na Bacia de Campos, pela OGX, empresa do grupo EBX, que possui 30 blocos exploratórios no Brasil e cinco na Colômbia. Na comitiva presidencial, estarão diversas autoridades do governo federal, como os ministros dos Portos, Leônidas Cristino, e de Minas e Energia, Edison Lobão.

Na ocasião, Eike Batista e Murilo Ferreira, presidente da Vale, assinam o memorando de entendimento entre a LLX, empresa de logística do grupo EBX, e a Ferrovia Centro Atlântica, administrada pela Vale. O documento prevê a continuidade dos estudos de viabilidade e para obtenção das licenças ambientais necessárias para a construção do trecho ferroviário até o Porto Açu.

Segundo o secretário de Transportes, Julio Lopes, a extensão do ramal é importante para o escoamento de mercadorias e produtos industrializados pelo Porto do Açu. "É uma obra de muito impacto que precisa ainda de alguns ajustes, mas ela é imprescindível para a operação do complexo siderúrgico e das indústrias que vão se instalar no distrito industrial da retroárea do porto e também na região,. Há um projeto de porto em andamento na vizinha Barra do Furado. Já em dezembro, estaremos com o destacamento do porto que será uma base muito importante de apoio à produção do pré-sal", disse Lopes.

Fonte: Portal do Governo do RJ

Manifestação na BR-356 — Antes da chegada da presidente Dilma, um grupo de estudantes da Uenf, Uff e representantes do MST organizou uma manifestação solicitando o veto de Dilma ao  Código Florestal aprovado na ontem (25). Veja aqui

Comentar
Compartilhe