Ozéias: "O que fizeram comigo foi uma grande perseguição"
31/08/2016 | 18h55
[caption id="attachment_43680" align="aligncenter" width="482"]ozeias Foto: Márcia Lemos[/caption]

O vereador Ozéias (PSDB), preso em flagrante pela equipe de fiscalização da 75ª Zona Eleitoral na última segunda-feira (29), comentou nesta quarta-feira (31) sobre o caso. "O que fizeram comigo foi uma grande perseguição. O que havia de errado lá? Provei que o dinheiro (R$ 27 mil) era para o pagamento de um boleto do ônibus da Auto Escola. Não havia cheque cidadão, nem compra de votos. As pessoas relatam problemas dos mais variados e eu anoto as demandas. Não posso anotar nada? Não posso trabalhar? Querem que eu fique em casa trancado? Nunca em minha vida eu havia entrado em uma Delegacia. Fui tratado como um ladrão. Algo absurdo", afirmou o parlamentar, ressaltando que o dinheiro continua retido. "O dinheiro ficou lá e a minha parcela está atrasada. Estou revoltado".

Segundo Ozéias, existem adversários tentando prejudicá-lo. "Em 2012 ninguém acreditava em minha vitória. Venci lá em Travessão um político que tinha muito espaço no governo. Consegui isso com muito trabalho e tem gente que não aceita. Fazem denúncias e tem gente o tempo todo me vigiando. Mas nada disso vai me abalar. Estou tranquilo e o meu grupo ficou ainda mais motivado após essa perseguição", completou.

Entenda o caso: aqui 

Comentar
Compartilhe
Após licença na Câmara, Clarissa acompanha impeachment no Senado
31/08/2016 | 14h38

A deputada federal Clarissa Garotinho (PR), que se licenciou na véspera da votação do impeachment na Câmara Federal, após declarar que votaria favorável (aqui), acompanhou de perto a votação no Senado, que definiu o afastamento definitivo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Em sua página no Facebook, a deputada, que é jornalista, cobriu a votação.

clarissa   Garotinho: "Renan mordeu e depois assoprou" - Em seu blog, o pai de Clarissa também comentou sobre a decisão do Senado (aqui). Veja a cobertura da votação histórica no blog do jornalista Arnaldo Neto (aqui).
Comentar
Compartilhe
Campos X Florianópolis: quem é mais eficiente?
31/08/2016 | 11h02
[caption id="attachment_43669" align="aligncenter" width="505"]Facebook/Gustavo Oviedo Facebook/Gustavo Oviedo[/caption]

Entenda - Ferramenta inédita lançada pela Folha de S. Paulo em conjunto com o Datafolha neste ano eleitoral mostra (aqui) quais prefeituras entregam mais serviços básicos à população usando menor volume de recursos financeiros. O Ranking de Eficiência dos Municípios leva em conta indicadores de saúde, educação e saneamento para calcular a eficiência da gestão e apresenta dados de 5.281 municípios, ou 95% do total de 5.569.

Numa escala de 0 a 1, só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. Pesquisa nacional do Datafolha mostra que só 26% dos brasileiros aprovam a gestão de suas prefeituras. Apesar de estar entre as cidades mais ricas do ranking, Campos amarga o 3.756º lugar e foi considerado um município pouco eficiente.

Comentar
Compartilhe
Sem "cinquentinha"?
31/08/2016 | 02h05
cinquenta Candidatos a vereador estão surpresos com a "sede" de algumas pessoas neste período eleitoral. No Facebook, já tem candidato deixando o seguinte recado: "Não estamos dando R$ 50 nem enchendo o tanque. Quem cola nosso adesivo é porque acredita no projeto".
Comentar
Compartilhe
Ensinou a pescar
31/08/2016 | 01h53

rosinha pesca 1

rosinha pesca 2

Muita gente diz que a prefeita Rosinha Garotinho (PR) aposta no assistencialismo, dando o peixe e se esquecendo de ensinar a pescar.

Porém, na tarde de ontem (30) ela fez questão de mostrar aos críticos que também sabe ensinar a pescar.

Em sua "força-tarefa" para melhorar a imagem do governo, a prefeita Rosinha já pedalou, cantou, visitou obras, simulou exercícios, posou para selfies, deu entrevistas, tirou centenas de selfies, gravou vídeos ao vivo e marcou presença na folia de época.

Comentar
Compartilhe
Grama bonita no valão imundo
30/08/2016 | 10h08
valão Embelezar valão parece ser uma especialidade do governo rosáceo. Após a obra milionária da Beira Valão, que colocou arcos iluminados, o governo agora investe em bonitas placas de grama no Jockey. Ao ver a colocação da grama, o internauta José Leonardo vez um vídeo que circula no WhatsApp e foi mostrado no jornal Folha no Ar (aqui).
Comentar
Compartilhe
Câmara sem sessão
30/08/2016 | 09h39

câmara

Quem imaginou um debate acalorado na Câmara de Campos sobre os temas polêmicos do cenário político e discussões sobre projetos, encontrou uma Casa sem trabalho na manhã desta terça-feira (30).

Faltou quórum para a realização da sessão que estava marcada para começar às 8h30.

Quanto custa? – Em análise, publicada no Facebook, o economista Ranulfo Vidigal informou que “cada vereador em Campos custa mensalmente ao cofres públicos, portanto, pagos com os impostos do munícipes (IPTU, ISS, royalties), cerca de R$ 100 mil”.

Comentar
Compartilhe
Compra de votos: vereador Ozéias preso em flagrante
29/08/2016 | 17h39

ozeias

A equipe de fiscalização da 75ª Zona Eleitoral recebeu na manhã desta segunda-feira (29) uma denúncia de que o vereador Ozéias (PSDB) estaria comprando votos de eleitores em Travessão. A equipe esteve no local e prendeu em flagrante o vereador junto com agendas, onde constavam anotações de distribuição de cestas básicas, cheque cidadão e R$ 27 mil. Ele foi encaminhado à Polícia Federal (PF). Após pagamento de fiança, foi liberado.

[caption id="attachment_43638" align="aligncenter" width="408"]pf Foram encontradas anotações com dados de eleitores, dinheiro e santinhos de Ozéias ao lado de Chicão - Foto de Rodrigo Silveira[/caption]

A delegada Carla de Melo Dolinski, responsável pela chefia da Delegacia da Polícia Federal em Campos, explicou que a PF está fazendo um trabalho preventivo ao lado da Justiça Eleitoral para apurar compra de votos. "Foi encontrado farto material eleitoral, várias listagens com indício de compra de votos e R$ 27 mil em dinheiro", informou a delegada.

Na defesa do vereador Ozéias, o advogado Luiz Henrique Freitas afirmou que não há nada que configure compra de votos. Segundo o advogado, o valor (R$ 27 mil) seria utilizado para quitar a parcela de um ônibus e as pessoas estavam lá para tirar carteira.

Mais informações na edição de amanhã (30) da Folha.

Atualização Às 19h30 - Alteração no título e inclusão de informações.

Comentar
Compartilhe
Garotinho sobre Pudim: "Fiquei de cama e minha esposa chamou o médico"
29/08/2016 | 12h10
garotinho05

O deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB), candidato à Prefeitura de Campos, tem batido forte no grupo rosáceo. E como toda ação gera uma e reação, já é possível notar que os rosáceos estão sentindo os golpes.

No sábado (27), durante programa de rádio, o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR), sem citar nomes, comentou sobre um "irmão, um amigo que cometeu um ato de traição". Segundo Garotinho, Pudim se uniu ao que há de pior na política do estado. Sobre a aliança com o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT), afirmou: "Dizia com todas as letras que Arnaldo era ladrão".

Garotinho também voltou a contar detalhes sobre a sua reação quando soube que Pudim deixou o grupo. "Quem me conhece sabe que sou muito ativo, mas naquele momento eu fiquei de cama. Ao ponto da minha esposa ter que chamar um médico. Ela disse: 'O que é isso, rapaz? Nunca vi paixão dessa. Parece paixão de marido por mulher".

Em seu programa de TV, Pudim diz que mudou de lado porque sofreu na pele "aquilo que toda cidade sente: uma enorme vontade de se libertar das amarras (...) hoje eles só têm projetos para eles mesmos. Para eles, política é uma guerra e vale tudo".

Comentar
Compartilhe
Cofre aberto: Construsan recebe R$ 808 mil e meio milhão para locação de veículos
29/08/2016 | 09h10
Faltando pouco mais de 30 dias para a eleição, o ritmo de obras continua frenético. A empreiteira Construsan recebeu R$ 808 mil na última sexta-feira (26) para obra de pavimentação, urbanização e drenagem no Parque Esplanada. Já a F.L.G Empreendimentos recebeu mais R$ 133 mil pela obra de infraestrutura no Xexé.

Doador - Em 2014 o empresário José Geraldo Gomes Manhães, sócio da Construsan, fez uma doação de R$ 650 mil ao diretório nacional do PR. Posteriormente, o recurso foi transferido para o diretório estadual, presidido pelo então deputado Anthony Garotinho (PR), que disputava o governo estadual (Matéria da revista Veja: aqui).

Mais de meio milhão para locação de veículos - Na quinta-feira (25) a Lumentech Comércio e Serviços recebeu R$ 533 mil por locação de veículos.

Comentar
Compartilhe
Tudo azul
28/08/2016 | 23h48
Pelo jeito, na disputa pela Prefeitura de Campos, azul é a cor mais quente. Cientes de que o azul cria senso de segurança e promove confiança, os prefeitáveis estão usando e abusando da cor. caio azul azul pudim azul nildo azul rafael azul matoso azul  
Comentar
Compartilhe
O que você faria para tirar Campos do buraco?
27/08/2016 | 16h47
[video width="384" height="384" mp4="http://www.folha1.com.br/_midias/wp/blogs3/bastos/wp-content/uploads/sites/2/2016/08/buraco.mp4"][/video]

Essa onda de transmissões ao vivo, no Facebook, tem gerado alguns deslizes. A prefeita Rosinha Garotinho (PR), por exemplo, ao tentar mostrar que muitos candidatos criticam sem apresentar soluções, sugeriu que os cidadãos perguntem aos políticos o que eles "fariam de diferente para tirar Campos do buraco".

Logo depois, ela consertou: "Ou melhor, para não colocar Campos no buraco".

Como na internet tudo é muito rápido, o vídeo, que lembra o clássico quadro humorístico do Fernandinho com a Ofélia, já circula no WhatsApp e Facebook.

Comentar
Compartilhe
Ponto Final — Caio espera pelo pai e evita "tiroteio"
27/08/2016 | 14h54

Ponto-final-1

Espera pelo pai

Em entrevista publicada na edição de hoje da Folha o candidato do PDT à Prefeitura de Campos, Caio Vianna, revela que aguarda o seu pai, o ex-prefeito Arnaldo Vianna, de braços abertos. Apesar das declarações de Arnaldo sobre falta de experiência do filho para administrar a cidade, Caio diz que, no fundo, o pai sabe da sua “capacidade e competência”. Com 27 anos, o mais jovem candidato à Prefeitura destacou sua habilidade na formação de “um grande arco de alianças”.

Desarmado, até quando?

Calculando cada passo, Caio Vianna quer evitar confrontos diretos na disputa pela Prefeitura de Campos. Ele avisa que o acirramento no primeiro turno pode inviabilizar uma aliança no segundo. O problema é que um quadro embolado entre oposicionistas, que pode se desenhar nas próximas pesquisas, deve gerar alguns “esbarrões”. Será que Caio vai manter o tom “paz e amor” até o fim? Na entrevista de hoje, por exemplo, ele já alfinetou Pudim. “Pintava Garotinho de Deus e Arnaldo de demônio. Hoje, inverteu tudo”.

Confronto de gerações

Os três candidatos mais jovens na disputa pela Prefeitura de Campos: Caio Vianna (PDT), Rafael Diniz (PPS) e Rogério Matoso (PPL) estarão com respostas na ponta da língua quando o assunto é a falta de experiência. Eles citam casos de políticos experientes que não se saíram muito bem nos últimos anos. Além disso, há um dado que anima os jovens políticos do Brasil. Recente pesquisa Ibope revelou que 54% dos brasileiros estão dispostos a votar em um candidato sem experiência política.

Tempo é dinheiro I

Uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Rio (Firjan) mostra que o tempo perdido pelos trabalhadores do Norte Fluminense no trajeto casa-trabalho-casa é responsável por um prejuízo de mais de R$ 2,6 bilhões. O valor é equivalente ao custo dos deslocamentos de 105,1 mil moradores da região que levam mais de 30 minutos no trajeto de ida e volta para o trabalho. O estudo foi realizado em nove cidades da região e mostra que, em média, cada trabalhador gasta 1h58 por dia.

Tempo é dinheiro II

Campos dos Goytacazes, segundo a pesquisa do Sistema Firjan, responde por 62,8% do custo total da região e na cidade, deixam de ser produzidos R$ 1,6 bilhão. Apesar de ter o segundo menor tempo médio de deslocamento (1h56) por trabalhador, o município concentra 52% daqueles que levam mais de 30 minutos no trajeto casa-trabalho-casa. O Sistema Firjan elenca a ausência de um planejamento urbano adequado como principal motivador para este forte desequilíbrio na distribuição de funções urbanas.

Registro por aplicativo

O cidadão fluminense não precisa mais ir a uma delegacia para registrar uma ocorrência policial. A partir de agora, a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro está disponibilizando um aplicativo de celular para facilitar e oferecer mais praticidade ao registro de ocorrências pelos cidadãos. Por meio do recurso, é possível escolher entre Comunicação de Ocorrência, Extravio (perda) de Documentos, Denúncia do Bairro, entre outros registros, e preencher o formulário com dados pessoais e informações sobre a ocorrência.

Delegacia Online

Disponível para Android e iOS, o Delegacia Online PCERJ foi desenvolvido pelo Departamento Geral de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (DGTIT) da instituição.Ao fazer o pré-registro no aplicativo, a pessoa descreve o ocorrido e escolhe a delegacia mais próxima onde deseja ser atendido, caso haja necessidade. Também é possível fazer denúncias anônimas sobre depósitos de armas e drogas, violência contra a mulher, entre outros assuntos.

Com a colaboração do jornalista Rodrigo Gonçalves. 

Coluna "Ponto Final" publicada na edição deste sábado (27). 

Comentar
Compartilhe
Corrente do PT com Caio
27/08/2016 | 14h28

Membros da Democracia Socialista, uma corrente interna do Partido dos Trabalhadores (PT) em Campos, enviaram um comunicado ao blog para reforçar o apoio ao candidato Caio Vianna (PDT), que disputa a Prefeitura de Campos.

"Temos o nosso compromisso com a decisão unânime da nossa convenção municipal. Lamentamos, contudo, que após sofrer pressão e chantagem de quem oprime o povo e nunca desejou o progresso do município, a direção nacional do PT optou por intervir em uma decisão coletiva local. Podem ter tirado o tempo de TV, mas isso não tirou o nosso entusiasmo com a campanha que tem como principal objetivo libertar Campos desses coronéis. Nossa tática eleitoral permanece firme, ocupando as ruas, as portas de escolas, faculdades conversando com cada trabalhador e trabalhadora, com cada estudante e cidadão que possamos alcançar e denunciar que, hoje, quem quer governar a nossa cidade foi secretário de Saúde e sequer conseguiu administrar sua pasta, deixando nossos postos de saúde sem médicos e remédios". 

Coordenadores da Democracia Socialista:  André Cruz, Robson Luis e Saulo Vidal. 

Comentar
Compartilhe
O que é possível fazer com a grana que Milton Cunha ganhou?
27/08/2016 | 11h39

rosinha-e-milton-400x711

O carnavalesco Milton Cunha, amigo da prefeita Rosinha Garotinho (PR) e da presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Patrícia Cordeiro, recebeu R$ 70 mil para organizar e gerenciar o Carnaval fora de época em Campos. Tudo isso em tempos de emergência econômica. O blog "Na Curva do Rio" mostrou ontem (26) o processo administrativo, com inexigibilidade de licitação, para o pagamento ao carnavalesco (aqui).

Cheque Cidadão - Com o valor destinado ao carnavalesco seria possível beneficiar 350 famílias com um Cheque Cidadão de R$ 200,00.

Leite especial - Também seria possível comprar centenas de latas do leite especial (Neocate) para crianças com alergia alimentar.

Colchões para as macas - Para evitar que pacientes fiquem em uma maca gelada, como ocorreu uma paciente denunciou (aqui), seria possível comprar mais de 400 colchonetes para as macas (aqui).

Fundo de Cultura - Em 2015 o orçamento previu R$ 60 mil para o Fundo de Cultura, com a missão de estimular e fortalecer toda a classe artística de Campos. Porém, só um cachê do Cunha supera todo o valor previsto para o Fundo.

Casa - Para que o dinheiro continue circulando em Campos, Milton Cunha pode comprar uma casa no Parque Boa Vista, que está sendo vendida por R$ 70 mil (aqui).

Comentar
Compartilhe
Pudim e Arnaldo com Pezão
26/08/2016 | 15h11

pezão

O deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB), candidato à Prefeitura de Campos e o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PMDB), visitaram ontem, (25) o governador licenciado Luiz Fernando Pezão (PMDB). A esposa de Arnaldo, Edilene Silva (PMDB) e o deputado estadual André Lazaroni  (PMDB), também participaram do encontro.

Segundo Pudim, a conversa girou em torno das eleições na região, com ênfase em Campos. "Após a filiação de Arnaldo ao PMDB, foi um momento em que pudemos fazer uma visita a ele e, ao mesmo tempo, conversar um pouco sobre o cenário regional das eleições municipais, com maior ênfase em Campos, tivemos a oportunidade de atualizá-lo sobre as candidaturas da região Norte. Foi um encontro muito agradável", explica Pudim.

Segundo Pudim, Pezão não irá se envolver diretamente no pleito, mas os conselhos são importantes. "Está em processo de recuperação, licenciado, não pode. Mas é sempre bom ouvir um bom conselho, afinal, saiu em último nas pesquisas e virou governador".

Comentar
Compartilhe
Ponto Final — É possível ir além da "pedra" e do mundo virtual?
26/08/2016 | 13h19

Ponto-final-1

Para ir além da “pedra”

Na entrevista publicada nesta sexta-feira pela Folha, o vereador Rafael Diniz (PPS) comentou sobre o fato de ser chamado de “candidato da pedra”. Ele reconheceu que essa identificação ocorreu após a eleição de 2012, quando se elegeu vereador sendo o mais votado em duas Zonas Eleitorais da “pedra”. Mas será que isso basta para chegar ao segundo turno e vencer uma máquina poderosa, que nos últimos anos dominou completamente na periferia? Rafael destacou que sempre morou em Guarus e garantiu que pode ter penetração em muitas outras áreas.

É possível?

Durante a entrevista, Rafael Diniz também comentou sobre a sua força nas redes sociais, sobretudo no Facebook. Mas será que é possível transformar curtidas e compartilhamentos em voto? Não há o risco de ser um candidato virtual? Até hoje, o único que fez isso muito bem foi o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que foi eleito em 2008 após um incrível engajamento no campo virtual. Indagado sobre o assunto, Diniz aproveitou o slogan do estadunidense. “Se ele pode, eu também posso. We can!”.

Notas publicadas na coluna "Ponto Final" desta sexta-feira (26). 

Comentar
Compartilhe
Wladimir: “Se alguém pode falar em renovação, sou eu”
26/08/2016 | 01h13

wlad

O ex-presidente do PR em Campos, Wladimir Garotinho, nunca escondeu qual é a sua meta. Em 2013 ele afirmou com todas as letras: "Um dia vou ser prefeito de Campos" (aqui). Porém, como ninguém da família pode entrar na disputa de 2016, é preciso manter o terreno minimamente dominado para se lançar em 2020. Um dos objetivos é evitar que outros jovens se fortaleçam.

Ciente de que existem jovens que podem ameaçar o reinado rosáceo na terra goitacá, Wladimir já partiu para o ataque. Ontem (25), durante o lançamento da campanha do seu amigo Thiago Ferrugem (PR), Wladimir atacou Caio Vianna (PDT) e Rafael Diniz (PR), que são candidatos à Prefeitura.

Sobre Caio, ele afirmou: “O próprio pai já disse que ele não tem competência e experiência para administrar”.

Já em relação ao vereador Rafael Diniz, comentou: “É uma pessoa que eu até conheço, mas temos que parar para pensar. Vocês sabem quem é o presidente do partido dele? É Sergio Mendes, ex-prefeito dessa cidade, que deixou funcionários sem receber. Então, como quer falar em renovação e mudança?

“Nós somos a renovação” - Segundo Wladimir, a renovação está no grupo rosáceo. “Se alguém pode falar em renovação, sou eu, o Thiago Ferrugem e o Bruno Dauaire, porque nós somos renovação do grupo que mais trabalhou pela cidade”.

Comentar
Compartilhe
Candidatos juntos por eleições limpas, sem compra de votos
25/08/2016 | 18h18

pacto

Candidatos à Prefeitura de Campos compareceram na tarde desta quinta-feira (25) na sede da Justiça Eleitoral para assinar um termo prometendo eleições limpas, sem compra de votos e outras práticas ilegais. Como um árbitro de boxe antes das lutas, o juiz lembrou que o confronto deve ser dentro das regras.

O clima entre os prefeitáveis foi muito amistoso. Eles reforçaram a importância de um debate em alto nível e prometeram um jogo limpo, sem "golpe baixo".

Participaram da reunião com o juiz Ricardo Coimbra, da 75ª Zona Eleitoral de Campos, os candidatos Caio Vianna (PDT), Chicão Oliveira (PR), Nildo Cardoso (DEM), Rafael Diniz (PPS) e Rogério Matoso (PPL). O candidato Geraldo Pudim (PMDB), que estava em reunião no Rio, foi representado pelo candidato a vice-prefeito Edmar Teixeira (PMDB).

Comentar
Compartilhe
Ponto Final - Quem é oposição de verdade?
25/08/2016 | 12h15

Ponto-final-1

Todos contra um?

Em um primeiro momento, quem analisa o quadro de candidatos à Prefeitura de Campos, imagina que a disputa será no estilo “todos contra um”. De um lado, cinco candidatos oposicionistas e, do outro, o Dr. Chicão (PR), candidato da máquina com o apoio do casal Garotinho. Porém, em entrevista publicada na edição desta quinta-feira da Folha, o vereador Nildo Cardoso (DEM), que disputa o governo municipal, diz que só no segundo turno será possível saber quem é oposição de verdade.

Nildo analisa “jogo duplo”

Citando o exemplo de 2008, quando Paulo Feijó, candidato pelo PSDB, foi uma linha auxiliar do grupo de Garotinho na eleição, Nildo afirmou que pode ter gente fazendo “jogo duplo”. Na visão de Nildo, só será possível saber quem é oposição de verdade no segundo turno. “Em 2008 Feijó dizia o tempo todo que estaria no segundo turno, mas ficou com 3.500 votos e fez aquele papel auxiliar”, diz Nildo.

Quem garante aliança?

Por enquanto, indagados sobre a união no segundo turno, Nildo e Geraldo Pudim (PMDB) garantiram aliança com a oposição. Já Rogério Matoso (PPL) último nas pesquisas de intenção de votos divulgadas até agora, afirmou que vai estar no segundo turno e não quis antecipar a possibilidade de aliança. Ciente de que a oposição unida no segundo turno é um risco para a manutenção do poder, o grupo garotista vai jogar forte para vencer no primeiro turno.

Arranhões inevitáveis

Para Nildo Cardoso, os arranhões no primeiro turno, entre os oposicionistas que estão na disputa, são inevitáveis. Mas ele acredita em um jogo limpo, sem “entradas desleais”. Fica nítido que a oposição se divide em dois blocos. De um lado, Nildo e Pudim se apresentam como mais experientes citam feitos administrativos. Do outro, três jovens que apontam a importância de oxigenação e não enxergam a pouca idade como empecilho.

Campanha nacional

Preocupados com o olhar sobre o adolescente que cometeu ato infracional, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Pastoral do Menor, junto com outras 23 instituições, lançarão em setembro a campanha “Dê Oportunidade. Faça diferente, ninguém nasce infrator”. A campanha é voltada para gestores de políticas públicas, sistema judiciário, conselhos de controle social e tutelares, educadores sociais, adolescentes, escolas, representantes de comunidades e movimentos sociais em geral.

Calçadão

Um dos grandes problemas do Calçadão de Campos, as grelhas das canaletas começaram a ser reformadas. Muitos são os casos de pessoas, sobretudo idosas, que acabaram vítimas dos vãos existentes do local, que levam a pequenas lesões ou mesmo a fraturas comprometedoras.

DRU

O Senado aprovou ontem o projeto que recria a Desvinculação de Receitas da União (DRU) com validade até 2023. A proposta segue para promulgação do Congresso. A DRU permite que o Governo Federal aplique os recursos em qualquer despesa considerada prioritária. Ele também pode usar o dinheiro para fazer superavit primário e conter o aumento da dívida pública. A proposta aprovada promove a desvinculação de 30% das receitas da União, Estados, DF e municípios. Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, a matéria tinha que ser votada em dois turnos, com o intervalo de três sessões entre eles. Um acordo entre líderes do PT e do PSDB, no entanto, permitiu que este prazo fosse quebrado, viabilizando a votação. No primeiro turno, foram 56 votos favoráveis e 13 contrários. No segundo, foram 54 votos a 15.

Coluna "Ponto Final" desta quinta-feira (25).

*Com a colaboração do jornalista Antunis Clayton.

Comentar
Compartilhe
Paciente desabafa: "Asfaltam ruas e me jogam em uma maca fria"
25/08/2016 | 02h00
[caption id="attachment_43550" align="aligncenter" width="496"]na maca fria Reprodução/Facebook[/caption]

Uma estudante campista utilizou o Facebook para desabafar após atendimento no Hospital Ferreira Machado(HFM). Na postagem, repercutida pelo Click Campos (aqui), ela destaca que, além da demora no atendimento, faltava estrutura. A reclamação sobre a maca fria, sem colchão e lençol, teria sido respondida da seguinte forma:  "não pode reclamar que não tem colchão. Tem gente com atendimento no chão”. Certa vez, rosáceos chegaram a dizer que "é melhor o chão do hospital do que o chão da rua" (aqui).

[caption id="attachment_43551" align="aligncenter" width="476"]Trecho do desabafo no Facebook Trecho do desabafo no Facebook[/caption]  

Situação caótica no HGG - No HGG, pacientes esperam até 10h por exame e convivem com superlotação. De acordo com a manicure Cláudia Márcia de Souza, que acompanhou o pai, João Batista França, na emergência do HGG, o serviço oferecido foi classificado como “horrível e humilhante”. Segundo ela, o cenário encontrado no HGG é de descaso e desrespeito. "Está crítico. Muita sujeira pelo chão e um péssimo atendimento à população. corredores estão cheios de macas e pacientes aglomerados. Um verdadeiro descaso". Veja na Folha a matéria e o vídeo (aqui).

Comentar
Compartilhe
Grupo rosáceo tem "plano B"?
25/08/2016 | 01h20

aprenda_jogar_xadrez

Como o blog informou na terça-feira (23), a eleição de 2012 ainda não terminou e pode mexer no tabuleiro da eleição de 2016 (aqui).

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), proposta pelo Ministério Público Eleitoral, começou a ser julgada na sessão de ontem (24) e foi interrompido após um pedido de vistas, como mostrou o blog "Na Curva do Rio" (aqui).

Uma fonte do blog informa que o julgamento foi interrompido quando o relator, desembargador Marco José Mattos Couto, votou pela inelegibilidade de oito anos para a prefeita Rosinha (PR) e o vice-prefeito Chicão Oliveira (PR), começando a contar de 2012. Além de Rosinha e Chicão, o vereador Mauro Silva (PSDB), que é candidato a vice-prefeito, também é alvo da ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral.

Alternativas - Caso o julgamento prossiga e ocorra uma derrota no TRE, a tropa jurídica rosácea pode fazer um movimento semelhante ao de 2012. Na eleição passada, a chapa Rosinha/Chicão teve o registro indeferido pelo TRE com base na Lei da Ficha Limpa, tendo em vista uma condenação por conta da eleição de 2008 (uso indevido dos meios de comunicação). A tropa jurídica pode entrar em ação e buscar uma decisão favorável no TSE. Há também a possibilidade de um "plano B" eleitoral. De acordo com as regras do jogo, a chapa pode ser substituída faltando até 20 dias para o pleito. Neste caso, o grupo conta com alguns jogadores no banco, como os vereadores Paulo Hirano (PR) e Edson Batista (PTB), que são coordenadores da campanha de Chicão e não disputam a reeleição para a Câmara.

Comentar
Compartilhe
Cofre aberto: Working recebe R$ 1,1 milhão
24/08/2016 | 09h53

A empresa Working recebeu mais R$ 1,1 milhão na última segunda-feira (22).

Foram duas notas por conta da manutenção de escolas (R$ 635 mil e R$ 404 mil) e outra por  uma obra/redes de esgoto. Pelas publicações no Portal da Transparência não é possível saber o local da manutenção, nem da obra.

Nos meses de junho e julho, após a terceira "venda do futuro" entrar no caixa da Prefeitura, a empresa recebeu mais de R$ 2 milhões (aqui e aqui e aqui).

Também receberam na segunda-feira as seguintes empreiteiras:

WINNER EMPREENDIMENTOS E SERVICOS LTDA - OBRA QUIOSQUES/BANHEIROS-CENTRO - R$ 38 mil

SANTE CONSTRUTORA LTDA - OBRA QUADRA COBERTA-SANTA ROSA - R$ 16,4 mil

VISÃO - EMPREENDIMENTOS LTDA. ME PAV.URB. DRENAGEM-ALPHAVILLE - R$ 1 milhão

EDAFO CONSTRUCOES LTDA NF 126 DE 09/08/16 10ª MEDICAO - R$ 61,8 mil

Comentar
Compartilhe
Ele não quer mostrar as pesquisas?
24/08/2016 | 01h59

Anthony-Garotinho-Renato-Araújo-ABr

Quem conhece o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) sabe que ele trabalha o tempo todo com pesquisas. Porém, ao contrário de outras eleições, quando divulgava diversos levantamentos, dessa vez ele parece esperar um pouco mais.

Algumas pessoas acreditam que esse novo comportamento tem a ver com a última disputa pelo governo do estado, quando liderou até a reta final, chegou a debochar dos adversários que estavam atrás, mas acabou em terceiro lugar, ficando fora do segundo turno.

Os aliados mais próximos acreditam que a ideia é esperar a candidatura da máquina ganhar mais corpo e soltar a primeira pesquisa já indicando que é possível vencer no primeiro turno. Para que isto aconteça, o instituto terá que atuar com muita precisão.

Comentar
Compartilhe
Ibope: No Rio, Crivella lidera com folga (27%)
24/08/2016 | 01h39

crivella

Pesquisa Ibope divulgada na noite de ontem (23) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Prefeitura do Rio de Janeiro:

- Marcelo Crivella (PRB) - 27% - Marcelo Freixo (PSOL) - 12% - Flávio Bolsonaro (PSC) - 11% - Jandira Feghali (PC do B) - 6% - Pedro Paulo (PMDB) - 6% - Índio da Costa (PSD) - 5% - Carlos Osório (PSDB) - 4% - Alessandro Molon (Rede) - 2% - Carmen Migueles (Novo) - 1% - Cyro Garcia (PSTU) - 1% - Branco/nulo - 20% - Não sabe/não respondeu - 5%

OBS.: O nome da candidata Thelma Bastos (PCO) não constou nesta rodada de pesquisa, por que a candidatura passou a ser divulgada no site do TSE somente no dia 19 de agosto, ou seja, após o registro da pesquisa.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo.

O Ibope ouviu 805 eleitores entre os dias 20 e 22 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no TRE-RJ sob o protocolo RJ-06567/2016.

Rejeição - O Ibope também apontou a rejeição dos candidatos. As maiores rejeições são de Marcelo Crivella (35%) e Jandira Feghali (35%). Na sequência, aparecem Pedro Paulo (33%), Flávio Bolsonaro (31%), Marcelo Freixo (25%), Cyro Garcia (22%), Índio da Costa (21%), Carlos Osório (20%), Alessandro Molon (18%), Carmen Migueles (18%), 1% disse que votaria em qualquer candidato ou que não rejeita nenhum, e 7% não sabem ou não responderam.

Fonte: G1

Campos - Na terra goitacá, o Ibope deve entrar em campo nas próximas semanas. Em 2012, a primeira pesquisa Ibope, encomendada pela Inter TV, afiliada da TV Globo, foi divulgada no dia 31 de agosto. Na ocasião, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) liderava com muita folga (63%) (aqui).

Comentar
Compartilhe
Novo prefeito sem reajuste salarial
23/08/2016 | 16h58

O novo prefeito de Campos, que assume em janeiro, não vai contar com um salário reajustado. Ao contrário do que ocorreu na legislatura anterior, quando a Câmara aprovou um reajuste dos subsídios para a prefeita, dessa vez a Mesa Diretora da Câmara defende a manutenção do atual vencimento (R$ 20 mil).

O projeto entrou na pauta da sessão de hoje (23), mas ainda não foi votado. Faltam os pareceres das comissões.

Fora do ar - Outro ponto polêmico da sessão de hoje foi o corte da transmissão das sessões pela TV Câmara. Por conta da eleição, o presidente Edson Batista (PTB) levou em consideração um parecer do jurídico da Casa e barrou a transmissão dos trabalhos. Além disso, também não será possível acompanhar pela internet.

* Mais informações sobre a sessão na edição de amanhã (24) da Folha. 

Comentar
Compartilhe
Rosinha e Chicão na pauta do TRE
23/08/2016 | 02h33

rosinha e chicão

A prefeita Rosinha Garotinho (PR) e o vice-prefeito Chicão Oliveira (PR) estão na pauta desta terça-feira (23) do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) (aqui). A sessão do TRE começa às 17h.

Já está nas mãos do desembargador Marco José Mattos Couto uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), proposta pelo Ministério Público Eleitoral, que aponta abuso de poder econômico, de poder político, uso indevido de meio de comunicação social, crime eleitoral por propaganda política, propaganda eleitoral (imprensa escrita - jornal, revista, tabloide e internet), durante a eleição de 2012.

A ação pede cassação do registro, do diploma e inelegibilidade.

pauta do TRE

"Segundo turno" na Justiça - A disputa pela Prefeitura de Campos em 2012, vencida pela prefeita Rosinha no primeiro turno, contou com uma espécie de “segundo turno” nos tribunais. Ao todo, cinco processos começaram a tramita na Justiça: três ajuizados pelo empresário José Geraldo e pelo PRP, um ajuizado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e outro proposto pela coligação do PT, que chegou na segunda colocação do pleito.

Atualização às 19h50 - O recurso saiu da pauta da sessão desta terça-feira e deverá ser analisado na sessão de amanhã (24).

Comentar
Compartilhe
Rosinha aprovou Carnaval fora de época
22/08/2016 | 16h02
[caption id="attachment_43506" align="aligncenter" width="516"]Foto: Gerson Gomes/Prefeitura Foto: Gerson Gomes/Prefeitura[/caption]

Se na internet muita gente questionou a folia fora de época, com fotos que mostram arquibancadas vazias, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) apontou o lado positivo da festa e elogiou o amigo Milton Cunha. "Fico feliz ao ver como nossas agremiações cresceram em profissionalismo. Isso prova que todo o investimento tem tido resultado. Oferecemos oficinas, visitas técnicas e contamos com a dedicação de Milton Cunha, grande nome do Carnaval brasileiro", disse Rosinha, que viu os desfiles em um camarote.

A folia contou com patrocínio da cervejaria Devassa e da TV Recordo (R$ 500 mil aqui), além de apoio da Prefeitura de Campos, através da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL).

Em julho, o governo suplementou R$ R$ 156,9 mil para a folia fora de época.

Comentar
Compartilhe
Pudim: "Arnaldo será o que quiser no meu governo"
22/08/2016 | 13h13
[caption id="attachment_43503" align="aligncenter" width="482"]Foto: Michelle Richa Foto: Michelle Richa/Folha da Manhã[/caption]

O deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB) foi o primeiro candidato à Prefeitura de Campos entrevistado pela Folha da Manhã. As entrevistas serão publicadas no jornal impresso até o próximo domingo (28).

Entre os temas abordados, Pudim comentou sobre o papel do ex-prefeito Arnaldo Vianna (PMDB) em sua campanha: “Arnaldo será o que quiser no meu governo. Conto com ele na Saúde”.

Confira outros trechos:

“No meu governo vereador não vai indicar administrador de Posto de Saúde nem diretor de escola”

“Não tenho vergonha de colocar as foto de Arnaldo ao lado da minha. E Chicão, coloca Garotinho? Caio bota a foto de Ilsan? E Rafael, coloca Sergio Mendes?”

“Ilsan tomou conta do governo de Arnaldo quando ele se recuperava após o aneurisma”.

“O caso de Garotinho é de psicopatia. Ele precisa se tratar. Pensa até que é Deus”.

Este é apenas um aperitivo. A entrevista, realizada pelos jornalistas Aluysio Abreu Barbosa, Suzy Monteiro e Arnaldo Neto, conta com outros temas bem quentes. Confira na edição de amanhã (23) da Folha.

Comentar
Compartilhe
Cofre aberto: Empreiteira recebe R$ 4,4 milhões
22/08/2016 | 09h55

A Construtora Avenida, do empresário Ari Pessanha, recebeu mais R$ 4,4 milhões da Prefeitura de Campos. De acordo com publicação no Portal da Transparência, que não informa o local da obra, o valor foi referente a "URBAN/PAVIM/CONST.REDE ESGOTO".

O pagamento ocorreu três dias após a Prefeitura suplementar R$ 10,2 milhões para obras (aqui).

Após um bom tempo com o cofre fechado, sem liberar recursos para concluir obras, o governo Rosinha intensificou o ritmo em julho deste ano, quando em cinco dias foram liberados R$ 5,4 milhões para quatro poderosas empreiteiras: Construtora Avenida, Construsan, Cofranza e F.L.G. Além disso, o governo aditivou R$ 2,6 milhões para Edafo, Hidrolumen e Maguima Construções.

A Construtora Avenida recebeu R$ 1 milhão em julho por obra de urbanização, pavimentação e drenagem em Goitacazes.

Pacotão – Em maio, após a terceira “venda do futuro”, foram quase R$ 19 milhões para empreiteiras. Entre as empresas que receberam estavam: Cofranza, Macro, Construsan e Imbeg.

Comentar
Compartilhe
Quais são as prioridades?
22/08/2016 | 09h45

No ano passado, alegando dificuldade financeira, a Prefeitura de Campos reduziu os valores dos convênios com instituições como Apoe, Casa Irmãos da Solidariedade, Apae e Educandário São José Operário. Inclusive, muitas estavam com vários meses do repasse atrasados.

Mas pelo jeito a ideia era economizar para outras prioridades.

Agora, na reta final para a eleição, não falta recursos para obras em todas as partes da cidade, incluindo até calçadas. Isso sem falar no gasto mensal para bancar a tropa dos contratados por RPA.

Comentar
Compartilhe
Bens declarados: Chicão é o mais rico e Pudim o mais pobre
20/08/2016 | 00h40
chicão

Após a inclusão de todos os candidatos à Prefeitura de Campos no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já é possível conferir os bens declarados por cada um e tirar a seguinte conclusão: o vice-prefeito Dr. Chicão (PR) lidera com folga. Já o deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB) aparece na lanterna quando o assunto é patrimônio.

Confira o total declarado por cada um:

Dr. Chicão: R$ 1,9 milhão Rogério Matoso (PPL): R$ 585 mil  Rafael Diniz (PPS): R$ 469 mil  Nildo Cardoso (DEM): R$ 437 mil  Caio Vianna (PDT): R$ 318 mil  Geraldo Pudim (PMDB): R$ 119 mil  Para conferir todos os bens declarados, clique aqui (Sudeste - RJ - Campos dos Goytacazes - prefeito)
Comentar
Compartilhe
Todo Carnaval tem seu fim
19/08/2016 | 13h59
[caption id="attachment_43484" align="aligncenter" width="499"]Facebook/Wellington Cordeiro Facebook/Wellington Cordeiro[/caption]
Comentar
Compartilhe
Edson Batista: "Já cumpri a minha missão na política"
19/08/2016 | 11h51

Edson-batista-2-3-768x512

O presidente da Câmara de Campos Edson Batista (PTB) resolveu se aposentar da política. "Já cumpri a minha missão, foram cinco mandatos de vereador e muitos serviços prestados. Estarei ao lado da chapa governista, mas não irei disputar a reeleição", disse Batista, que agora vai cuidar da família.

Fiel escudeiro do casal Garotinho, Edson Batista chegou a se colocar como pré-candidato à Prefeitura, mas retirou o seu nome do páreo (aqui).

Comentar
Compartilhe
Carroças: proposta engavetada na Câmara e acidente na 28 de Março
18/08/2016 | 15h35

O vereador Fred Machado (PPS) protocolou em maio de 2014, na Câmara de Campos, uma indicação legislativa com o objetivo de “proibir o trânsito de veículos de tração animal e criar um Fundo Municipal para a reinserção na atividade produtiva de catadores e carroceiros”.

Um ano e meio depois foi criado um grupo de trabalho para debater o assunto. Mas, como muitos outros projetos, o fim das carroças ficou na gaveta.

Enquanto a Câmara não se posiciona, o perigo só aumenta.

Hoje (18), uma carroça virou na 28 de março e quase gerou um acidente bem mais grave. Veja o vídeo que foi publicado pelo NF Notícias:

[caption id="attachment_43467" align="aligncenter" width="540"]CLIQUE PARA VER O VÍDEO CLIQUE PARA VER O VÍDEO[/caption]  

Atualização às 1h15 - Em contato com o blog, o presidente da Câmara de Campos, vereador Edson Batista (PTB), explicou que já existe uma a Lei 7.194/16, que proíbe o uso de animais no transporte em todo o Estado do Rio. A Lei foi sancionada em janeiro deste ano. "A Lei estadual tem mais peso do que a indicação legislativa do vereador Fred Machado. Também defendo os animais. Inclusive, o vereador Fred poderia pedir a sua irmã Carla Machado, que é do partido do governador em exercício, para fiscalizar os carroceiros de Campos que descumprem a Lei estadual", disse Edson.

De acordo com a lei, "será responsabilizado todo indivíduo que utilizar animais para situações de fretamento, transportes de cargas, materiais ou pessoas, nas áreas urbanas e rurais, por quaisquer atos que caracterizam maus tratos aos mesmos".
Comentar
Compartilhe
Rosinha suplementa R$ 256 mil para "premiações"
18/08/2016 | 11h11
Rosinha-posse-assina A prefeita Rosinha Garotinho (PR), que no início deste ano decretou estado de emergência econômica, continua mostrando que não abre mão dos grandes eventos. No Diário Oficial desta quinta-feira foi publicado um decreto que suplementa mais R$ 279,5 mil para a Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), comandada por Patrícia Cordeiro.  A maior parte (R$ 256 mil) vai para "PREMIAÇÕES CULT.ART.CIENT.DESP. E OUTRAS". Como o cobertor é curto, foi preciso anular uma verba que estava prevista para o Verão da Família na praia do Farol.
Comentar
Compartilhe
Em Itaperuna, candidato é "dona de casa"
18/08/2016 | 01h40
nandi

Um atento leitor do blog descobriu que Pedro Fernandes Fraga Freitas, o Nandi (PP), candidato a vereador em Itaperuna, preencheu sua profissão como "Dona de Casa".

Tudo indica que o sistema, desligado da modernidade, não previa que existem muitos homens que são donos de casa. Inclusive, estudos revelam que muitas mulheres buscam homens que possam atuar desta forma (aqui).

E a busca de Nandi pela cadeira na Câmara de Itaperuna faz todo sentido, já que a meta é cuidar da Casa do povo.

Comentar
Compartilhe
Campos com 533 candidatos a vereador no sistema do TSE
18/08/2016 | 01h09
divulgcand

O sistema responsável pela divulgação das candidaturas registradas (aqui) já conta com 533 nomes que irão disputar cadeiras na Câmara de Campos.

E não termina por aí, já que ainda não entraram no sistema os candidatos do PMDB e do DEM.

Como a Folha informou no último domingo (aqui), serão cerca de 600 candidatos em uma disputa que promete ser muito acirrada.

Comentar
Compartilhe
Após pressão de Garotinho, PT deixa Caio Vianna
17/08/2016 | 12h41
[caption id="attachment_43448" align="aligncenter" width="518"]Em 2014 Rui Falcão negociou com Garotinho o apoio do PR ao PT no Rio. Agora, em 2016, o presidente nacional atendeu ao pedido do líder rosáceo Em 2014, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, negociou com Garotinho o apoio do PR no Rio. Agora, em 2016, o presidente nacional atendeu ao pedido do líder rosáceo[/caption]

Após uma costura "por cima", articulada pelo secretário de Governo Anthony Garotinho (PR), o diretório nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) resolveu retirar o apoio ao candidato Caio Vianna (PDT) na majoritária. A nova ata, que tem a missão de anular a convenção realizada pelo diretório municipal, foi divulgada pelo blog do Ralfe Reis (aqui). Com a manobra, Caio perde o tempo de TV do PT, que será distribuído entre os candidatos.

Agora, os petistas de Campos e Caio vão tentar recorrer.

"Município de Campos dos Goytacazes – RJ A Comissão Executiva Nacional (CEN) decidiu anular parcialmente a Convenção realizada no dia 03/08/2016 em que se deliberou pela formação de coligação para a disputa das eleições majoritárias de Prefeito e Vice-Prefeito com o PDT e demais partidos que formalizarem a coligação com o PDT, onde caberia a indicação do candidato a Prefeito pelo PDT – Caio Santos Vianna e o candidato a vice-prefeito pelo PSB – Gil Manhães Vianna Junior. Para as eleições de vereador a convenção deliberou formar Coligação com o PMN, PEN e o Partido dos Trabalhadores, cabendo ao PMN a indicação de 22 candidatos, sendo 22 do sexo masculino e 8 sexo feminino. O PEN indicará 10 candidatos, sendo 7 do sexo masculino e 3 do sexo feminino e o PT indicará 6 candidatos, 5 do sexo masculino e 1 do sexo feminino. Mediante os fatos ocorridos na convenção, com descumprimento de regras estatutárias e orientação superior, a CEN, nos termos do §1.º do art. 5.º das Normas Complementares do Estatuto do PT para as eleições 2016, decidiu aprovar que o Partido não participará de nenhuma Coligação formada para as eleições majoritárias de Prefeito e Vice-Prefeito e não apresentará candidato. E com relação à coligação proporcional, a CEN decidiu que o partido integrará a coligação "MOBILIZANDO FORÇAS", composta por PMN, PEN e PT, e terá como candidatos do partido ALEXANDRE VIANA LOURENÇO LIMA, n.º 13.050; ALEXIS WALLACE SARDINHA, n.º 13.013; JORGE LUIZ DIAS MACHADO, n.º 13.131; SALVADOR PASSOS SOARES, no 13.453; PAULO ROBERTO ROCHA, no 13.333 e ODISSEIA PINTO DE CARVALHO, no 13.613. Ficam nomeados os Srs. ANDRÉ LUIZ GOMES DE OLIVEIRA (Presidente do Diretório Municipal) e HÉLIO JOSÉ ANOMAL DE ALMEIDA; para realizar todos os encaminhamentos legais para o efetivo registro das chapas majoritárias e proporcional, inclusive, com poderes para nomear delegados perante a Justiça Eleitoral, nos termos que já foram acima especificados."

Antecipou - No último dia 04 o blog "Opiniões", do jornalista Aluysio Abreu Barbosa, publicou nota informando que, pressionado pelo líder rosáceo, o PT nacional iria anular a convenção que decidiu apoiar a candidatura de Caio (aqui).

Atualização às 17h20 - Em contato com o blog, a ex-vereadora Odisséia Carvalho (PT) revelou que todos os candidatos do PT estarão fazendo a campanha de Caio. Além disso, ela explicou que a próxima reunião da Executiva Nacional do PT vai ocorrer no pr?ximo dia 23. "Neste dia (23) o nosso recurso será analisado pela nacional. É importante destacar a postura do Caio, que foi muito compreensivo. No final das contas, a vontade de Garotinho não foi feita, já que ele queria levar o PT para a coligação do PR ou uma candidatura própria", comentou a ex-vereadora.

Comentar
Compartilhe
Fred: "Ninguém está vendo essa distribuição de Cheque Cidadão e RPA?"
17/08/2016 | 12h23

fredmachadoooo

No final da sessão desta quarta-feira (17) da Câmara de Campos, o vereador Fred Machado (PPS), que foi impedido de usar a palavra ontem (16), conseguiu usar a palavra. "Hoje fui informado que não existe palavra livre prevista no regimento da Câmara. Depende do presidente conceder, ou não. Respeito o presidente Edson Batista, mas solicito que ele mantenha o bom senso e entenda que não podemos abrir mão do nosso papel durante a eleição. Recebo queixas diariamente sobre problemas graves. Será que ninguém está vendo essa distribuição de Cheque Cidadão e RPA? Precisamos saber se houve um aumento da cota e quais critérios estão sendo utilizados", disse Fred.

Governistas que estavam presentes acharam melhor não entrar no debate e a sessão foi encerrada.

Sobre os questionamentos de Fred em relação a "palavra livre", o presidente Edson Batista (PTB) comentou: "Tudo vem sendo feito de acordo com o que é previsto no regimento interno da Casa".

Comentar
Compartilhe
Oposição alfineta oposição e rosáceos agradecem
17/08/2016 | 01h32

Enquanto o vice-prefeito Chicão Oliveira (PR) adota uma linha "paz e amor" e confia na força da máquina para chegar ao segundo turno, já tem gente na oposição se alfinetando.

Durante o lançamento da sua campanha, na Baixada Campista, o vereador Nildo Cardoso, candidato do DEM à Prefeitura, criticou os candidatos "que nunca administraram nada". "Nem foi presidente de bloco de Boi Pintadinho, nem foi síndico de prédio e nunca tocou uma quitanda, com todo respeito ao dono de quitanda. E quer administrar uma cidade com todos os problemas que nós temos?" (aqui).

Acreditando que a máquina teria passaporte assegurado para o segundo turno, muitos oposicionistas vão se "arranhar" durante a campanha.

Resta saber se depois o eleitor vai entender a união entre eles em um eventual segundo turno.

Quem agradece é Chicão e o grupo rosáceo.

Comentar
Compartilhe
Ex-secretário do governo Rosinha é preso por desvio de verba
16/08/2016 | 16h29

Policiais da Polinter prenderam o ex-subsecretário estadual de Trabalho e Renda Paulo Eduardo Alves Vasconcelos, na manhã desta terça-feira, na casa dele, no Méier, na Zona Norte do Rio. Condenado a cinco anos e seis meses por formação de quadrilha e desvio de verbas públicas, o réu integrou o governo de Rosinha Garotinho (2003-2007).

O mandado de prisão foi expedido no último dia 6, pelo desembargador Antonio José Ferreira Carvalho, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio.

Paulo Eduardo foi preso em 2008, na Operação Pecado Capital, acusado de ter recebido R$3 milhões de um esquema de desvio de verbas públicas. Na ocasião, foram detidos também os ex-secretários Gilson Cantarino (Saúde) e Marco Antônio Lucidi (Trabalho e Renda), e a ex-subsecretária de Assistência à Saúde e prima do ex-governador Anthony Garotinho, Alcione Athayde.

O réu já havia sido preso em 2007 quando registrava uma ocorrência na 37ª DP (Ilha do Governador). Ele mentiu dizendo que ainda estava no cargo para ser atendido mais rápido. Foi desmascarado e preso em flagrante. Ele também é citado num inquérito que apura crime de estelionato.

Fonte: Extra (aqui)

Comentar
Compartilhe
Cargo especial para Arnaldo no governo estadual
16/08/2016 | 13h32

A coluna "Extra, Extra", da jornalista Berenice Seara, informa que o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PMDB) deve ganhar um cargo especial no governo do estado. Ele aguarda a nomeação para uma subsecretaria com a função de cuidar da Saúde no interior. A nomeação seria pela secretaria de Governo, pasta das costuras políticas.

extra  

Coladinho com Arnaldo - Em sua página no Facebook, Pudim já mostrou que vai apostar na imagem de Arnaldo. A foto da capa mostra Arnaldo ao seu lado com a seguinte frase "esse tá preparado pra mudar Campos".

Comentar
Compartilhe
Câmara: Edson Batista corta "palavra livre"
16/08/2016 | 12h12

O presidente da Câmara de Campos, vereador Edson Batista (PTB), encerrou a sessão desta terça-feira (16) sem conceder a palavra ao vereador Fred Machado (PPS). Normalmente, no final das sessões, há espaço para a "palavra livre".

Irritado, o oposicionista desabafou: "Quer dizer que não posso falar? Se temos a palavra livre, como é que o presidente se acha no direito de cortar? Já está nítido que a ideia é evitar os debates durante a eleição. Mas o paciente que sofre na fila pode esperar a eleição? Os problemas nos quatro cantos da cidade podem esperar a eleição? Fui eleito para trabalhar até o último dia do mandato. Não vou abrir mão disso", disparou Fred, que não aceitou a justificativa do presidente. "Ele disse que a primeira foi sessão ordinária e as outras eram extraordinárias. E essas extraordinárias não foram publicadas no Diário Oficial?", indagou.

Novo horário - Foi aprovado durante a sessão desta terça-feira o novo horário da sessão. Agora as sessões vão começar às 8h.

Comentar
Compartilhe
Campanha na rede
16/08/2016 | 01h29
Eleições-2016 Foi-se o tempo em que era preciso esperar amanhecer o dia para iniciar a campanha eleitoral. Como a campanha começou oficialmente nesta terça-feira (16), bastou dar oh01 para que os candidatos dessem a largada. No Facebook, os candidatos à Prefeitura de Campos já estão em ritmo de campanha. Caio Vianna (PDT): aqui  Dr. Chicão (PR): aqui  Geraldo Pudim (PMDB): aqui Nildo Cardoso (DEM): aqui Rafael Diniz (PPS): aqui Rogério Matoso (PPL): aqui E logo após o sol nascer eles estarão nas ruas. Confira as agendas no blog "Na Curva do Rio": aqui 
Comentar
Compartilhe
Arnaldo filiado ao PMDB
15/08/2016 | 18h50

arnaldo

Ao lado do ministro dos Esportes, Leonardo Picciani e dos deputados estaduais André Lazaroni e Geraldo Pudim, o ex-prefeito Arnaldo Vianna se filiou ao PMDB. A esposa de Arnaldo, Edilene Silva, também virou peemedebista. "Dei a minha palavra e estarei ao lado de Pudim", diz Arnaldo.

O ex-prefeito deixou o PEN, legenda que vai caminhar ao lado do filho dele, Caio Vianna (PDT).

Comentar
Compartilhe
Rosinha suplementa mais R$ 10,2 milhões para obras
15/08/2016 | 12h39

rosinha

Faltando 45 dias para as eleições, o governo Rosinha continua investindo pesado em obras.

No Diário Oficial de hoje (15) consta uma suplementação de R$ 10,2 milhões para a secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana.

O pacote conta com R$ 5,5 milhões para "implantar Bairros Legais", R$ 4,1 milhões para "abertura, manutenção e conservação de vias urbanas e rurais", além de R$ 200 mil para reforma e R$ 376 mil para a segunda etapa do "Morar Feliz".

Cobertor curto - Como o cobertor anda curto, foi preciso anular recursos de outras pastas para colocar nas obras. Entre as secretarias que perderam recursos está a Educação. A prefeita anulou R$ 1 milhão que estava previsto para bolsas de estudo.  Também foi preciso anular R$ 2,5 milhões da secretaria de Gestão e Contratos. A verba estava prevista para gastos com pessoal, encargos administrativos e implantação do plano de cargos. O Fundo Municipal de Assistência Social perdeu R$ 1,5 milhão e a superintendência de Comunicação vai deixar de gastar R$ 2,5 milhões com campanhas publicitárias.

Comentar
Compartilhe
Garotinho ainda tenta tirar o PT de Caio
14/08/2016 | 23h50

Garotinho (1)

Engana-se quem pensa que o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) desistiu de pressionar a nacional do Partido dos Trabalhadores (PT).

O blog do Ralfe Reis informa que Garotinho recebeu uma ligação da executiva nacional do PT e a ideia é registrar uma nova ata que não prevê apoio ao PDT, nem coligação na disputa por cadeiras na Câmara. Com isso, o tempo de TV do PT seria repartido entre todos os candidatos.

A ex-vereadora Odisséia (PT) já afirmou que essa manobra representa a destruição do partido no município. “Não vou compactuar com uma decisão do PT Nacional que compactua com Garotinho”, diz Odisséia, que aposta em um recurso para garantir a validade da ata que definiu o apoio ao PDT.

No site do TSE consta o PDT ao lado de Caio (aqui).

Comentar
Compartilhe
Aposentou o Fusca?
14/08/2016 | 20h38
gelsimar

Em 2012 Gelsimar Gonzaga venceu a eleição em Itaocara e se tornou o primeiro prefeito da história do PSOL.

Matérias publicadas em site do Brasil inteiro mostravam o jeitão simples do político que andava de Fusca.

Agora, em 2016, ele teve uma pequena evolução em seu patrimônio.

Na lista de bens, disponível no site do TSE, ele declarou um Ford Fiesta 2013, avaliado em R$ 25 mil.

Comentar
Compartilhe
Câmara de Campos: quem são os puxadores de voto?
14/08/2016 | 15h05

A disputa por cadeiras na Câmara de Campos promete ser uma das mais acirradas da história. São cerca de 600 candidatos para 25 vagas. Mas afinal de contas, quem seriam os puxadores de voto de cada partido?

[caption id="attachment_43378" align="aligncenter" width="597"]puxadores Gráfico: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.[/caption] Leia a matéria completa: aqui 
Comentar
Compartilhe
Vídeo: as lágrimas de Rosinha
13/08/2016 | 14h24
Ao som da canção "Como é grande o meu amor por você", de Roberto Carlos, interpretada por Dom Américo, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) se emocionou ao reabrir o Restaurante Popular. "É uma emoção saber que vamos ajudar a alimentar muitas pessoas", disse Rosinha. O vídeo, postado pelo fotógrafo Gerson Gomes, bombou no Facebook. Muitos elogiaram a prefeita, outros, nem tanto. [video width="400" height="222" mp4="http://www.folha1.com.br/_midias/wp/blogs3/bastos/wp-content/uploads/sites/2/2016/08/rosinha.mp4"][/video]
Comentar
Compartilhe
PT na coligação de Caio
13/08/2016 | 12h40
O sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já conta com os registros de dois candidatos à Prefeitura de Campos: Caio Viana (PDT) e Rogério Matoso (PPL), como mostram os blogs "Na Curva do Rio" e Ralfe Reis. A coligação de Caio, chamada "Você Governa", conta com os seguintes partidos: PDT/PSC /PSDC /PSB /PEN/PT/PMN. Ou seja, após a possibilidade de lançar candidatura própria, o PT acabou fechando a aliança com o PDT. Na disputa por cadeiras na Câmara, o PT estará ao lado do PEN e PMN. Limite de gastos: Tanto Caio como Rogério Matoso protocolaram na Justiça a previsão limite de gastos no primeiro turno: R$ 2,1 milhões.
Comentar
Compartilhe
Hirano e Edson não vão disputar a reeleição?
12/08/2016 | 20h31
hirano e edson

Os rosáceos reúnem neste momento, em um galpão, os candidatos da Frente Popular que vão buscar cadeiras na Câmara de Campos. Ao todo, o grupo governista espera contar com 302 nomes na disputa.

Durante a reunião eles foram informados sobre puxadores de votos que estariam fora do páreo. Entre os nomes que não vão buscar a reeleição estão os vereadores Edson Batista (PTB), presidente da Câmara de Campos, e o vereador Paulo Hirano (PR), que já foi líder do governo na Casa.

Os dois chegaram a se colocar como pré-candidatos à Prefeitura de Campos e ensaiaram uma chapa, com Hirano na cabeça e Edson como vice.

Comentar
Compartilhe
Pedalando contra o tempo
12/08/2016 | 16h04
[caption id="attachment_43352" align="aligncenter" width="456"]Foto: Filipe Lemos / Campos 24 Horas Foto: Filipe Lemos [/caption]

Em setembro de 2015 a prefeita Rosinha Garotinho (PR) lançou a pedra fundamental da revitalização da Lagoa do Vigário, em Guarus  (aqui).

Agora, quase um ano depois, ela passou pelo local para informar que a obra estará finalizada no dia 31 de agosto, faltando um mês para a eleição.

De olho no pleito, a prefeita pedala contra o tempo.

Comentar
Compartilhe
Câmara: Aluguel de veículos por R$ 66,7 mil
12/08/2016 | 11h03

carro--400x299

A Câmara de Campos resolveu prorrogar o contrato para aluguel de veículos até abril do próximo ano, quando já terá sido iniciada uma nova legislatura.

A empresa contratada foi a V. L. Viana Machado e Serviços. Valor: R$ 66,7 mil.

O extrato do contrato, publicado na edição desta sexta-feira (12) do Diário Oficial, não informa quantos veículos foram alugados.

Outro contrato – Além dos veículos que atendem as necessidades da Escola do Legislativo, a Câmara possuia outro contrato com a empresa V.L. Viana Machado Serviços. Por R$ 124 mil, o Legislativo alugou oito veículos em agosto do ano passado.

Polêmicas – No dia 22 de agosto o jornalista Ricardo André Vasconcelos publicou uma foto no Facebook que mostrava um dos carros alugados pela Câmara  estacionado num posto de combustíveis na Avenida Brasil, próximo à entrada de Bangu. Na ocasião, o jornalista perguntou o que o carro, pago com o nosso dinheiro, estaria fazendo por lá. Mesmo com muitos compartilhamentos no Facebook, ninguém apareceu para desvendar o mistério (aqui). Em novembro foi a vez do vereador Ozéias usar o carro da Câmara para curtir uma partida de futebol (aqui). 

Comentar
Compartilhe
Arnaldo Vianna e Edilene vão se filiar ao PMDB
11/08/2016 | 18h02
[caption id="attachment_43336" align="aligncenter" width="410"]Facebook/Edilene Facebook/Edilene[/caption]

O ex-prefeito Arnaldo Vianna e a mulher dele, Edilene Silva, vão sair do PEN e se filiar ao PMDB na próxima segunda-feira (15), às 17h.

O casal promete trabalhar ativamente ao lado do deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB), candidato à Prefeitura. "Meu compromisso com Geraldo Pudim é irrevogável. Quando disse que vejo nele a pessoa mais preparada para esse desafio de assumir a Prefeitura como ela está, é porque tenho convicção. A retomada não é só política, mas de uma amizade de longas datas. Agora, ao receber e aceitar o convite de ingressar com Edilene ao PMDB me vejo em condições de enfrentar os desafios que teremos pela frente, e principalmente ajudar ao cidadão de Campos voltar a sorrir. Essa é uma medida que significa o início de um planejamento maior", disse Arnaldo.

Edilene seria vice de Pudim por indicação de Arnaldo, mas o PEN estadual fez uma intervenção do diretório municipal e anunciou apoio a Caio.

A informação foi publicada no blog da coluna "Extra, Extra" (aqui).

Comentar
Compartilhe
Restaurante: reinauguração com lágrimas, discursos, música e bolo
11/08/2016 | 14h53
[caption id="attachment_43339" align="aligncenter" width="496"]Foto: Dib´s Foto: Dib´s[/caption]   [caption id="attachment_43327" align="aligncenter" width="418"]Facebook/Edna Márcia Facebook/Edna Márcia[/caption]   [caption id="attachment_43328" align="aligncenter" width="496"]Facebook/Maninho Azevedo Facebook/Maninho Azevedo[/caption]   O Restaurante Popular Romiltom Bárbara foi reaberto ao público na manhã de hoje (11), após passar por obras de recuperação.

Como não poderia ser diferente, a reinauguração se tornou um evento, com música (Rosinha e Dom Américo), lágrimas da prefeita, discursos e um bolo com uma imagem enorme de chefe do Executivo.

Segundo a prefeita, a novidade é que, a partir de amanhã (12), também, será servido um café da manhã, a R$ 0,35. O almoço (R$ 1) vai ser sempre de segunda a sexta-feira das 11h às 15h, enquanto o café da manhã das 6h30 às 9h. “Agora, todos os dias, o restaurante vai servir uma refeição de qualidade e um café da manhã”.

Comentar
Compartilhe
Chicão: líder na intenção, vice-líder na rejeição
11/08/2016 | 13h51
[caption id="attachment_43322" align="aligncenter" width="515"]Foto: Phillipe Moacyr Foto: Phillipe Moacyr[/caption]

Os rosáceos, que por enquanto não divulgam pesquisas, estão satisfeitos com o resultado do levantamento do instituto Pro4, que mostra o vice-prefeito Chicão Oliveira (PR) liderando a corrida eleitoral com 17,6% na estimulada.

Mas não foi só na intenção que Chicão cresceu. No ranking da rejeição ele assumiu a segunda colocação, saltando de 6,3% para 17,6%. No quesito rejeição, ele é o vice-líder, atrás apenas de Geraldo Pudim (28,1%).

Os menos rejeitados são os três mais jovens na disputa: Caio Vianna (5,3%), Rogério Matoso (3,9%) e Rafael Diniz (3,2%).

A pesquisa foi publicada na edição de hoje da Folha e replicada pelo blog “Opiniões”, do jornalista Aluysio Abreu Barbosa (aqui).
Comentar
Compartilhe
Chicão (17,6%), Caio (13,7%), Rafael (13,2%), Pudim (11,1%), Nildo (4,2%) e Rogério (2,9%)
11/08/2016 | 11h39
[caption id="attachment_43314" align="aligncenter" width="594"]Pesquisa-Pro4-agosto-2016-1-768x357 (Infográfico de Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)[/caption]

A nova pesquisa do instituto Pro4, com 620 eleitores das sete zonas eleitorais do município, encomendada pela Folha e realizada no último sábado (06), mostra o vice-prefeito Dr. Chicão (PR) liderando na espontânea (4,8%) e estimulada (17,6%).

Na estimulada, dentro da margem de erro de 3,9% para mais ou menos, Chicão ficou em empate técnico com Caio Vianna (PDT), que bateu 13,7%; Rafael Diniz (PPS), com 13,2%; e Geraldo Pudim, com 11,1%. Atrás apareceram Nildo Cardoso (DEM), com 4,2%; e Rogério Matoso (PPL), com 2,9%.

Este é o primeiro levantamento divulgado após a definição dos seis nomes.

A pesquisa foi publicada na edição de hoje da Folha e replicada pelo blog "Opiniões", do jornalista Aluysio Abreu Barbosa (aqui).

Comentar
Compartilhe
Decisão do STF torna Arnaldo elegível?
11/08/2016 | 10h19

arnold

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (10) que só uma Câmara de Vereadores pode tornar inelegível um prefeito que teve suas contas rejeitadas por um tribunal de contas. Assim, para ficar impedido de disputar um outro cargo eletivo, não bastará a desaprovação pelos tribunais, que auxiliam o Legislativo na análise dos gastos (aqui).

Em 2010, a Lei da Ficha Limpa determinou que ficariam inelegíveis candidatos que tiveram contas rejeitadas "pelo órgão competente". A dúvida se dava em relação a qual órgão caberia tal decisão: se somente a Câmara Municipal ou também um Tribunal de Contas. Desde então, o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) separa as contas em dois tipos: as contas de governo (com números globais de receitas e despesas) e as contas de gestão (mais detalhadas, em que o prefeito também ordena gastos específicos, por exemplo).

Assim, a Justiça Eleitoral considerava que a desaprovação de contas de gestão (mais detalhada) por um tribunal de contas bastava para declarar a inelegibilidade, mesmo com aprovação posterior pela câmara dos vereadores.

Como o ex-prefeito Arnaldo Vianna estaria inelegível por ter contas rejeitadas em tribunais (TCE e TCU), o entendimento do TSE mudaria a situação dele?

Só é preciso saber se, além das contas, Arnaldo também teria outras causas de inelegibilidade, como improbidade administrativa.

Comentar
Compartilhe
Fred Machado: "Tenho mais de 20 projetos engavetados pela Câmara"
11/08/2016 | 10h11

fred

O vereador Fred Machado (PPS) usou o seu perfil no Facebook para desabafar sobre a demora para a colocação de projetos na pauta da Câmara. "Muito se fala em democracia e respeito na Câmara de Campos. Mas é só discurso. Na prática impera um governo ditatorial, formado pela vontade de um ditador e seus simpatizantes. Só são ouvidos aqueles que aquiescem com o ditador. Há mais de 20 projetos meus protocolados na Câmara que sequer foram colocados em pauta para discussão.Engavetados, dormem sob a mão do ditador. Mesmo que sejam para o bem da população, não sairão da gaveta pois podem subverter a imperiosa ordem do chefe: só eu sei, só eu posso. Mas esta sina tem dia e hora para acabar. Eu creio na vitória do bem, da justiça e da democracia", disse Fred.

Sobre a tentativa dos rosáceos de evitar temas polêmicos durante o período eleitoral, ele comentou: "O doente não pode esperar a eleição passar".

Comentar
Compartilhe
Exército virtual
10/08/2016 | 19h07

fake

Faltando menos de dois meses para a eleição, começa a crescer nas redes sociais o número de perfis falsos. Trata-se de um exército virtual com a missão de descontruir adversários e fortalacer aliados.

Tem "soldado virtual" para todos os gostos.

Tem até perfil da situação que se passa por oposição. A meta é se infiltrar no grupo oposicionista para espalhar boatos e criar intrigas.

Crime - É sempre bom lembrar que este ano será considerado crime, com detenção de 2 a 4 anos e multa de R$ 15 mil a R$ 50 mil, contratar direta ou indiretamente grupo de pessoas com a finalidade específica de emitir mensagens ou comentários na internet para ofender a honra ou denegrir a imagem de candidato, partido ou coligação. A pena de prisão poderá ser aplicada a quem contratar e também aos que forem contratados para esse fim.

 
Comentar
Compartilhe
Gil Vianna: "Garotinho foi muito infeliz, mas Deus não dorme"
10/08/2016 | 11h40
gil

O vereador Genásio (PSC) apresentou durante a sessão desta quarta-feira (10) da Câmara de Campos uma moção de aplausos pela volta de Gil Vianna ao comando do PSB em Campos. "O vereador Gil Vianna não se curvou e recuperou a presidência do partido", disse Genásio.

Com a palavra, Gil fez um desabafo. "Meu amigo Rafael Diniz sempre lembra que após qualquer batalha o mais importante é ter uma família esperando por nós. Esse é o nosso maior tesouro. Mas tem gente que parece não se importar com tudo isso. O secretário Garotinho é um grande político, mas foi muito infeliz em diversas ocasiões. Falou absurdos sobre mim que não esqueço. E agora ainda teve essa história do partido. Mas Deus não dorme e sabe de todas as coisas", disse.

Segundo Gil, por mais reviravoltas que ocorram, ele continua ao lado de Caio. "Dei a minha palavra e vou manter. Com partido, sem partido, como candidato a vice ou não".

Comentar
Compartilhe
Briga pelo PSB mostra a política como ela é
10/08/2016 | 11h25
ponto-final-1 A política como ela é (I)

Na última sexta-feira membros do grupo rosáceo davam como certa uma intervenção no diretório do PSB, presidido em Campos por Gil Vianna (PSB). Naquele momento, a Folha divulgou matéria revelando que o senador Romário (PSB) havia entrado em campo para manter o partido ao lado de Caio Vianna (PDT), candidato à Prefeitura. No final de semana, o blog do Ralfe Reis divulgou documento que mostrava a nova composição do PSB, com aliados do governo rosáceo no comando. O fato foi consumado na segunda, quando o sistema do TSE mostrava que Gil estava fora e o grupo de Garotinho dentro.

A política como ela é (II)

A briga pelo PSB mostra a cara da política em nosso país. Jogadas “por cima”, duelos entre caciques e a ética no banco de reservas. Em silêncio, um velho conhecido do secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) entrou em cena. Wilson Sombra, ex-namorado da deputada Clarissa Garotinho (PR), que coordenou o programa “Jovens Pela Paz” na gestão de Rosinha no estado, articulou com homens fortes do PSB em Brasília e uma nova intervenção ocorreu na tarde de ontem, dessa vez tirando o partido dos rosáceos e devolvendo ao vereador Gil Vianna, candidato a vice-prefeito na chapa de Caio.

Instabilidade

Em poucos dias o PSB contou com duas convenções, dois presidentes e o clima de instabilidade permanecem. Os aliados de Caio Vianna garantem que a fatura está sacramentada e o registro no TSE será deferido com Gil Vianna como candidato a vice-prefeito. Já os aliados de Garotinho alegam que a convenção que colocou o partido ao lado da chapa Chicão (PR) e Mauro (PSDB) ainda está valendo, o que vai gerar uma judicialização. Comandante do partido no estado, o deputado federal Hugo Leal continua em silêncio, se esquivando de jornalistas de Campos e da capital.

Decisão da nacional

Se o deputado Hugo Leal optou pelo silêncio, um membro do PSB resolveu comentar sobre a polêmica. Joílson Cardoso, membro da executiva nacional do PSB e primeiro secretário fluminense do partido, disse ontem que a decisão de manter Gil Vianna ao lado de Caio não é de uma pessoa, é “da direção nacional do PSB”. Segundo Joílson, a nacional não compactua com “o projeto do Sr. (Anthony) Garotinho (PR)”.

Ironia do destino

Em 2008 o PSB era o partido do então prefeito Alexandre Mocaiber, que apoiava a candidatura de Arnaldo Vianna. Naquele ano, os principais nomes do partido em Campos não viram com bons olhos a entrada de Ilsan Vianna na disputa por cadeiras na Câmara. O clima ficou pesado e muitos candidatos fortes de uma nominata que fez 40 mil votos, “remaram” para Rosinha, o que tria contribuído para a derrota de Arnaldo. Agora, oito anos depois, um Vianna está no jogo e usa todas as armas possíveis para não perder o PSB.

Doação

No último mês várias campanhas de doação de sangue e plaquetas foram feitas em rede social. Mesmo assim, o déficit no hemocentro continua grande, levando, até ao adiamento de cirurgias eletivas. É preciso que a boa vontade e a solidariedade virtual se convertam em atitudes reais. Curtida não dá sangue.

Paciência

A obra é necessária, mas é necessário, também, que seja executada o mais rápido possível. Quem passa pelas ruas centrais, principalmente nos horários de pico e tentando alcançar a Praça São Salvador está precisando de paciência extra. O trânsito beira o insuportável e as alternativas de escoamento também não ajudam.

* Com a colaboração da jornalista Suzy Monteiro 

Leia mais sobre a disputa pelo PSB no blog "Opiniões" (aqui)

Comentar
Compartilhe
PSB: quem vai rir por último?
09/08/2016 | 18h38
quem vair rir

Engana-se quem pensa que a briga pelo PSB acabou.

O grupo de Caio Vianna (PDT) trabalha para manter a convenção que lançou Gil Vianna (PSB) como candidato a vice-prefeito e já estaria bem próximo de reverter movimento dos rosáceos, como mostra o blog "Opiniões", do jornalista Aluysio Abreu Barbosa (aqui).

Já a turma do Garotinho garante que vai valer a última convenção (aqui).

Quem vai rir por último?

E a "palavra empenhada" de Hugo Leal (aqui), vai valer pra quem?

Atualização às 19h55 - Durou pouco o reinado rosáceo no PSB. No sistema do TSE já consta o vereador Gil Vianna novamente como presidente do partido em Campos, como mostra o blog "Opiniões' (aqui). E quem entrou em campo para devolver o PSB ao grupo de Caio foi um velho conhecido do líder rosáceo: Wilson Sombra, ex-namorado da deputada federal Clarissa Garotinho (PR).

TSE-PSB-1

Comentar
Compartilhe
Câmara com sessão relâmpago
09/08/2016 | 17h01
A Câmara de Campos, que ficou um mês de "férias" e voltou na semana passada sem quórum na terça e com sessão festiva na quarta, ainda parece em clima de recesso. Hoje (09), o presidente abriu os trabalhos por volta das 11h e fechou antes das 12h. Na pauta, projetos de vereadores governistas como o que regulamenta economia solidária em Campos, de autoria da Professora Auxiliadora (PHS). Depois, sem abrir a palavra para os vereadores presentes, o presidente Edson Batista (PTB) encerrou os trabalhos. Amanhã, às 10h30, está prevista mais uma sessão. Mais informações na edição de amanhã (10) da Folha. 
Comentar
Compartilhe
Plano B
09/08/2016 | 11h09
[caption id="attachment_43268" align="aligncenter" width="372"]Renê-Siqueira-2016-768x432 Foto: Campos 24 Horas[/caption]

O grupo de Caio Vianna (PDT) ainda trava uma batalha para tentar manter o vereador Gil Vianna (PSB) como candidato a vice-prefeito na chapa.

Porém, nos bastidores, já tem gente se movimentando de olho em um plano B. O empresário Renê Siqueira (PSC), que esteve cotado para ser vice do vereador Alexandre Tadeu (PRB), que desistiu da disputa, seria uma das opções.

Renê, que já atuou como diretor da Associação Evangélica de Campos, disse em abril que “é grande o poder dos líderes evangélicos de influenciar as escolhas eleitorais dos fiéis (...) lugar de evangélico é nas grandes campanhas por um governo do justo" (aqui).

Além do PSC, Caio conta com o apoio do PSDC, PMN, PEN e espera pelo PT.

O blog "Na Curva do Rio" postou nota sobre as possibilidades do PDT após a mudança no diretório do PSB (aqui).

Comentar
Compartilhe
Gil Vianna fala em "honrar convenção" que o lançou como vice
09/08/2016 | 00h33

Em seu perfil no Facebook, o vereador Gil Vianna, que perdeu a presidência do PSB em Campos, se disse "surpreso" com a notícia (aqui). Segundo Gil, haverá um esforço para fazer valer a convenção anterior que o lançou candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Caio Vianna (PDT).

gil

Comentar
Compartilhe
Nova convenção do PSB: sozinho na proporcional e com Chicão na majoritária
08/08/2016 | 17h49

A ata da nova convenção do PSB está disponível na Justiça Eleitoral. Se por um lado os aliados de Caio garantem que a anterior está valendo, por outro os rosáceos já comemoram o reforço. Pela ata, ficou definido que o partido vai caminhar sozinho na disputa por cadeiras na Câmara e ao lado da chapa Chicão (PR) e Mauro (PSDB) na majoritária.

psb   psb 2 O blog “Opiniões”, do jornalista Aluysio Abreu Barbosa, primeiro a revelar detalhes sobre a articulação “por cima” (aqui), mostrou que Garotinho ganhou a queda de braço no TSE  (aqui).
Comentar
Compartilhe
Escapou
08/08/2016 | 17h38

Até a reta final das articulações para definir as chapas, o vereador Rafael Diniz (PPS) mantinha um bom entendimento com o PSB de Gil Vianna. Inclusive, era grande a chance de Gil ser vice na chapa de Diniz.

Porém, Caio Vianna (PDT) costurou e levou Gil Vianna para ser vice em sua chapa, ficando com o tempo de TV do PSB.

De longe, quem acompanhava todos esses movimentos era Anthony Garotinho (PR), que esperava o tabuleiro se arrumar para movimentar as peças.

Agora, um ano e dois meses após perder o PSB (aqui), Garotinho recupera o partido, como mostra o blog "Opiniões" (aqui), do jornalista Aluysio Abreu Barbosa, primeiro a revelar detalhes sobre a articulação "por cima" (aqui).

Aliados de Caio, que entraram em contato hoje (08) com Hugo Leal, ainda esperam uma reviravolta.

Agora, diante de toda essa confusão, fica nítido que perder Gil Vianna para Caio fez Rafael Diniz escapar de todo esse clima de instabilidade.

Comentar
Compartilhe
Cofre aberto: R$ 1,7 milhão para empreiteiros
08/08/2016 | 09h59

Faltando menos de dois meses para as eleições, o ritmo das obras continua frenético.

Na última quinta-feira (04) a HIDROLUMEN CONSTRUTORA LTDA recebeu R$ 1.460.337,94 por conta de urbanização e pavimentação asfáltica na Estância da Penha.

No mesmo dia, a Prefeitura também pagou R$ 239,7 mil a JOTESSE E MENDES CONSTRUCOES LTDA (Vila Olímpica/Travessão) e R$ 39,3 mil a LUCAS E LUCAS CONSTRUCOES SERV.COMERCIO LTDA (Quadra no Farol).

Comentar
Compartilhe
No sistema do TSE, PSB é comandado por Gil Vianna
07/08/2016 | 19h58
[caption id="attachment_43238" align="aligncenter" width="594"]psb Clique para ampliar[/caption]

Membros do grupo rosáceo continuam dando como certo o reforço do PSB.

Porém, no Sistema de Gerenciamento de Informações Partidárias (SGIP), a comissão provisória vigente ainda é presidida pelo vereador Gil Vianna, candidato a vice-prefeito na chapa de Caio Vianna (PDT).

Neste domingo (07), Gil e Caio estiveram na sede do PSB em Campos e garantiram que o deputado federal Hugo Leal deu a palavra de que nada irá mudar na planície.

Comentar
Compartilhe
Hugo Leal diz que "palavra empenhada" vai valer em Campos
06/08/2016 | 18h10

O blog recebeu uma nota do deputado federal Hugo Leal, novo comandante do PSB no estado, que gera mais uma reviravolta no jogo.

Segundo Leal, "tendo em vista a palavra empenhada e os avanços já ocorridos no município de Campos, informo a suspensão de qualquer modificação dos entendimentos já estabelecidos".

Ou seja, neste momento o partido ainda está com Gil Vianna, candidato a vice-prefeito na chapa de Caio Vianna (PDT).

Resta saber se o jogo terminou ou ainda teremos uma prorrogação e disputa de pênaltis.

Comentar
Compartilhe
Jogo pelo PSB com “entrada desleal” dos dois lados
06/08/2016 | 17h26

DeJong

Em abril do ano passado o senador Romário decidiu que haveria intervenção em todos os diretórios do PSB no estado do Rio (aqui). Naquele momento, com uma “entrada desleal”, o Baixinho derrubou em Campos o diretório permanente que era presidido pelo vereador Altamir Bárbara.

Revoltado, Bárbara afirmou que havia sido eleito e toda a documentação estava registrada. “Vamos lutar ma Justiça”, garantiu. Porém, não houve jeito e o time de Gil Vianna entrou em campo.

Agora, um ano e dois meses depois, a turma de Romário levou um “carrinho” e Hugo Leal devolveu o comando do partido ao grupo de Altamir. Com um discurso muito parecido com o de Altamir em 2015, os aliados de Gil falam em lutar para fazer Justiça. Veja no blog “Na Curva do Rio” (aqui).

Esse é o retrato do jogo político em nosso país. Canetas, cavadinhas, chapéu, erros da arbitragem, faltas estratégicas, entradas desleais e muitas simulações.

O movimento de Garotinho para tirar o PSB de Caio foi revelado ontem pelo blog “Opiniões” (aqui).

Comentar
Compartilhe
Ponto Final — Após ação de Garotinho, as reações do PT em Campos
06/08/2016 | 12h50
ponto-final-1    

Ação e reação (I)

Antes das urnas, a batalha eleitoral começou quente nos bastidores. Para fragilizar adversários e aumentar as chances de vitória do seu grupo político, o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) entrou em cena nos últimos dias e fez movimentos estratégicos. Um deles tinha a missão de tirar o PT de Caio Vianna (PDT). A pressão de Garotinho “por cima” gerou a possibilidade de a aliança em Campos ser anulada. Com isso, o PT teria dois caminhos: ficar com o PR ou ter candidatura própria.

Ação e reação (II)

A ex-vereadora Odisséia Carvalho, que defendeu a aliança estratégica com o PDT, disse que o movimento de Garotinho “por cima”, que fez a direção nacional impor a candidatura própria em Campos, representa a destruição do partido no município. “Infelizmente, esta decisão está destruindo o PT de Campos, que estava, a duras penas, tentando se reerguer. Não vou compactuar com uma decisão do PT nacional que compactua com Garotinho”, diz Odisséia, que já aposta em um recurso para garantir a validade da ata que definiu o apoio ao PDT.

Professor no páreo?

Se a ex-vereadora Odisséia Carvalho nem quer cogitar a possibilidade de candidatura própria, o professor Alexandre Lourenço, um jovem do quadro do PT em Campos, que obteve 850 votos em 2012, poderia ir para o sacrifício e encarar uma candidatura própria. Jovem e articulado, o petista se aproxima, individualmente, daquele perfil que o eleitor campista parece buscar e pode encontrar também refletido no rosto de Rafael Diniz (PPS), de Rogério Matoso (PPL) e de Caio.

Quem perde?

Se a convenção da municipal for anulada, como esta coluna antecipou, com Alexandre Lourenço candidato a prefeito, além de um Caio esvaziado do generoso tempo de propaganda do PT, Rafael e Rogério também sairiam perdendo. Na base da eliminação, Rafael e Rogério esperavam herdar os cerca de 15 mil votos que a esquerda tem em Campos. Membro de uma ala no PT chamada “Resistência de esquerda”, Lourenço poderia ser uma peça importante para o grupo rosáceo.

Que força é essa?

Nos bastidores, muita gente se perguntou sobre o que teria feito o diretório nacional do PT aceitar o pedido de Garotinho. Será que a licença da deputada Clarissa, durante a votação do impeachment, e algumas articulações no Estado são mais fortes do que o PDT, que se posicionou contra o impeachment e chegou a expulsar parlamentares? Há quem diga que esse movimento tem a ver com algo muito maior. São fortes os indícios de que a Odebrecht e o PT continuam mantendo entendimentos na área política nessas eleições municipais e isso pode envolver movimentos em algumas cidades.

Esporte 

O final de semana de Festa do Santíssimo Salvador é repleto de atividades esportivas. A Fundação Municipal de Esportes (FME) realiza e apoia eventos dentro da programação das comemorações do padroeiro da cidade. Hoje acontece a tradicional prova ciclística de São Salvador, que este ano chega à 72ª edição, seguindo como a prova mais antiga no circuito nacional de ciclismo. A disputa este ano terá 12 categorias e cerca de 150 competidores.

Bienal

Com o tema “Leitura que muda o mundo”, a 9ª Bienal do Livro de Campos vai homenagear o escritor campista Waldir Pinto de Carvalho. A maior feira literária do interior do estado do Rio de Janeiro foi aberta ontem. A cerimônia contou com a presença de Walnize Carvalho, filha do homenageado, Waldir Pinto de Carvalho, e teve a participação do Coral Infanto-Juvenil Municipal do Teatro Trianon e a banda Maria Auxiliadora Freitas. O evento segue até o dia 14 e a entrada é gratuita.

Publicado na edição de hoje (06) da Folha da Manhã. 

Comentar
Compartilhe
Chapas definidas
05/08/2016 | 20h13

Após 20 pré-candidaturas, articulações, rasteiras, troca-troca e muito jogo "por cima", as chapas na disputa pela Prefeitura de Campos estão definidas:

[caption id="attachment_43214" align="aligncenter" width="316"]caio e gil Caio Vianna (PDT) e Gil Vianna (PSB)[/caption]   [caption id="attachment_43215" align="aligncenter" width="428"]chico e mauro Chicão (PR) e Mauro Silva (PSDB)[/caption]   [caption id="attachment_43213" align="aligncenter" width="428"]edmar Geraldo Pudim (PMDB) e Edmar (PMDB)[/caption]   [caption id="attachment_43205" align="aligncenter" width="450"]rafael e conceição Rafael Diniz (PPS) e Conceição Santana (PPS) [/caption]   [caption id="attachment_43216" align="aligncenter" width="277"]matoso e gabi Rogério Matoso (PPL) e Gabriela Mariano (PCdoB)[/caption]   [caption id="attachment_43218" align="aligncenter" width="444"]nildo e papinha Nildo Cardoso (DEM) e Papinha (PP)[/caption]
Comentar
Compartilhe
Rafael Diniz anuncia vice
05/08/2016 | 20h08
rafael e conceição

A assistente social Conceição Santana (PPS), que foi presidente do Asilo do Carmo durante oito anos, será candidata a vice-prefeita na chapa de Rafael Diniz (PPS). "Tenho ao meu lado uma assistente social com quase três décadas de experiência, que sempre lutou pelos idosos e não tem os vícios da velha política. Uma cidadã  que, mesmo sem mandatos, fez muito em nossa cidade", disse Diniz.

Mais informações na edição de amanhã (06) da Folha.

O blog "Na Curva do Rio" foi o primeiro a publicar a notícia (aqui).

Comentar
Compartilhe
Chapa definida: Nildo e Papinha
05/08/2016 | 16h10

Como o blog "Na Curva do Rio" publicou (aqui), vereador Nildo Cardoso (DEM) convocou a imprensa para anunciar o seu vice.

O ex-vereador Papinha, que havia se lançado candidato pelo PP mas continuava negociando, fechou com Nildo e será o vice na chapa.

Antes de fechar com Nildo, Papinha conversou com todos os nomes que ainda não estavam com suas chapas fechadas. Além disso, foi marcado em cima pelos aliados de Caio Vianna 9PDT), já que haveria um acordo "por cima" para o PP caminhar com o jovem em Campos.

Comentar
Compartilhe
O que está por trás da articulação dos rosáceos com o PT?
05/08/2016 | 11h55

duvidas

Ontem (04), após a notícia, no blog "Opiniões" (aqui), sobre a nacional do PT ter barrado a aliança com o PDT em Campos, muita gente se perguntou: afinal, que força é essa dos rosáceos?

Será que a licença da deputada Clarissa e algumas articulações no estado são mais fortes do que o PDT, que se posicionou contra o impeachment e chegou a expulsar parlamentares?

Há quem diga que esse movimento tem a ver com algo muito maior.

São fortes os indícios de que a Odebrecht e o PT continuam mantendo entendimentos na área política nessas eleições municipais. A empreiteira, cujos executivos estão metidos até o pescoço na Operação Lava Jato, já teria enviado ao presidente da legenda, Rui Falcão, a relação das cidades que a empresa tem negócios com prefeituras e que dependerá de uma mão amiga para manter apoios aos governantes. Falcão teria correspondido aos apelos. Em alguns casos, pretende até fazer intervenção para manter os companheiros felizes.

Comentar
Compartilhe
PT cogita lançar professor Alexandre
05/08/2016 | 09h03

professor

Como o blog “Opiniões” informou (aqui), após uma pressão do líder rosáceo, o PT nacional vai anular a convenção da última quarta-feira do PT de Campos que decidiu apoiar a candidatura de Caio Vianna (PDT) a prefeito, coligando na proporcional com PMN e PEN.

Com a anulação da convenção, o PT voltaria a ter duas alternativas: caminhar com o grupo garotista ou apostar em uma candidatura própria.

Ciente de que o sindicalista Hélio Anomal aparece na lista do TCE, os caciques do PT no estado querem apostar em uma jovem prata da casa, o professor Alexandre Lourenço, apontado como um dos melhores quadros jovens do PT em Campos e região. Em 2012 o professor obteve 850 votos na disputa por uma cadeira na Câmara e ficou com a segunda suplência.

O tempo é curto e as definições precisam ocorrer nesta sexta-feira. Além da estratégia do PT, também serão definidos hoje os vices de Rafael Diniz (PPS), Nildo Cardoso (DEM) e Geraldo Pudim (PMDB).

Atualização às 14h20 - PT X PT – A Democracia socialista, uma ala do PT em Campos que defende a aliança com o PDT, já entrou com recurso para evitar que uma decisão da nacional anule as definições constadas em ata.

Comentar
Compartilhe
PPL confirma Matoso: “Sou livre para falar em mudança”
04/08/2016 | 22h10
[caption id="attachment_43177" align="aligncenter" width="434"]Foto: Edu Prudêncio Foto: Edu Prudêncio[/caption]

O PPL realizou sua convenção na noite desta quinta-feira (04), no Clube de Regatas Campista, e confirmou o nome do ex-vereador Rogério Matoso como candidato à Prefeitura de Campos. Ao lado do Pros e do PCdoB, Matoso afirmou que é preciso ser livre para fazer grandes transformações. "Nada contra quem está na disputa. O respeito sempre vai existir, mas para falar em mudança é preciso ser livre. É preciso ter coragem para criticar não só o desgoverno de hoje, mas tudo o que houve de errado durante décadas", afirmou Matoso.

A candidata a vice na chapa de Matoso será a universitária Gabriela Mariano, do PCdoB. "Represento a mulher que trabalha, que estuda e que luta diariamente por uma cidade mais justa. Hoje, ao ver este espaço completamente lotado, posso sentir que vamos em busca da vitória. Essa chapa vai dizer muitas verdades durante essa campanha. Seremos o grito dos campistas que clamam por mudanças", discursou.

O evento contou com a presença da professora Odete Rocha, presidente do PCdoB em Campos, do presidente do Pros no município, Robinho Pitangueira, do presidente estadual do PPL, Irapuã Santos, e do ex-deputado Roberto Henriques (PPL).

Comentar
Compartilhe
Ponto Final — Definições e indefinições no tabuleiro político
04/08/2016 | 11h19
ponto-final-1  

PT escolhe Caio

Após sabatinar Rafael Diniz (PPS), Caio Vianna (PDT) e Rogério Matoso (PPS), o diretório do PT em Campos, que contava com a pré-candidatura de Hélio Anomal, optou pela aliança com o pedetista, tendo em vista a sintonia entre os partidos. Na busca por cadeiras na Câmara, o PT vai indicar sete nomes e coligar com PMN e PEN, legendas que fazem parte da aliança em torno de Caio.

Tudo certo?

Como a política é feita de reviravoltas, a decisão do diretório de Campos é apenas mais um passo. Agora, ela precisa ser referendada pelo diretório nacional. E como esta coluna antecipou no último dia 21, o líder rosáceo entrou em contato com o presidente nacional do PT, Rui Falcão, com o objetivo de atrair o PT para a coligação do PR. O movimento gerou um documento com o pedido do rosáceo. Agora, um duelo será travado “por cima”. Se a aliança com Caio for barrada, restarão dois caminhos ao PT: candidatura própria ou aliança com os garotistas.

Nildo é candidato

O vereador Nildo Cardoso (DEM) cumpriu a promessa. Não será candidato a reeleição e vai entrar na disputa pela Prefeitura de Campos. Ontem, durante a convenção do DEM, o vereador da Baixada afirmou que não está entrando para “cumprir tabela”. “O jogo começa agora”, disse Nildo, que não conseguiu costurar alianças. Ele tentou atrair o ex-vereador Papinha para a vaga de vice, mas o político do PP está se esquivando.

O que Papinha vai fazer?

Se no plenário da Câmara o vereador Nildo Cardoso mostrava força e fez uma convenção com muitos discursos, em uma pequena sala do Legislativo o ex-vereador Papinha realizou um encontro modesto. Oficialmente, se colocou como candidato a prefeito, mas o jogo ainda está aberto. Hoje, ele vai estar com os caciques do PP e deve voltar com a orientação final. Candidatura própria? Vice em uma chapa da oposição?

Iluminação restabelecida

A Prefeitura de Quissamã foi ao Tribunal de Justiça e conseguiu uma decisão favorável, que determinou a concessionária Ampla a restabelecer imediatamente o fornecimento de energia elétrica no prédio da sede administrativa, suspenso desde terça. Ontem o expediente, foi suspenso. Hoje acontece normalmente. O município aguarda, ainda, a efetivação da proposta de parcelamento encaminhada à empresa.

Bazar virtual

Nem selfies e fofocas vive o Facebook. Seguindo exemplos bem sucedidos de outras cidades, Campos conta com diversos grupos para trocar, vender e até doar produtos. Tem cachorro, celular, mesa, cadeira, carro, fralda, vídeo game, entre muitos outros itens. As páginas não possuem fins lucrativos e os moderadores excluem qualquer tipo de propaganda abusiva ou ofensa entre os participantes.

Uenf e FMC (I)

Será realizado hoje,  a partir das 9h, no auditório II do prédio P4, na UENF, o Workshop UENF – FMC: Prospectando parcerias em ciência, tecnologia e inovação. O evento objetiva aproximar os pesquisadores das duas instituições e prospectar oportunidades para parcerias, público-privadas, em pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de saúde entre docentes do Centro de Biociências e Biotecnologia (CBB), Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias (CCTA) e Centro de Ciências e Tecnologias (CCT) da UENF e professores da Faculdade de Medicina de Campos (FMC).

Uenf e FMC (II)

O workshop é fruto de um contato entre dirigentes da FMC e a Reitoria da UENF, com o objetivo de estabelecer parcerias com professores da UENF na área da saúde. Dentre as tratativas, ficou acordado que a próxima edição do evento, ainda em 2016, envolverá exclusivamente os professores do Centro de Ciências do Homem (CCH) e da FMC.

Com a colaboração dos jornalistas Rodrigo Gonçalves e Arnaldo Neto.  Publicado na edição de hoje (04) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Arnaldo: "Não briguei com meu filho. Não somos inimigos"
04/08/2016 | 10h13

arnaldo-e-caio-768x576

Após as polêmicas declarações sobre o seu filho Caio Vianna (PDT) e a aliança com o deputado estadual Geraldo Pudim (PR), o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN), publicou uma carta no Facebook com explicações (aqui).

Segundo Arnaldo, não existe crise familiar nem briga. “Temos dois cenários: o primeiro é a relação de pai e filho que não está abalada um centímetro sequer. A segunda é nossa relação política que também não está abalada. Apenas não concordo que ele seja candidato a prefeito agora. Discordamos. Isso não faz de pai e filho inimigos, como tentam dizer”.

Só Freud explica - Sem citar nomes, o texto publicado na página de Arnaldo faz clara referência ao artigo do jornalista Aluysio Abreu Barbosa intitulado “Só Freud explica — Tragédia grega na novela política de Campos” (aqui), que ganhou grande repercussão. “Após o anúncio da minha aliança com Pudim tentam, por qualquer motivo ainda desconhecido, construir a tese na cabeça da população que Campos é um emaranhado de tragédias gregas envolvendo política e família. Muito embora estas tragédias possam ter acontecido em famílias que dominaram a política local nos últimos anos o mesmo enredo não se reproduz no caso de Arnaldo Vianna e Caio Vianna”.

Motivo - Arnaldo, que em maio sinalizou que iria apoiar o filho (aqui), também voltou a comentar sobre o motivo que o fez mudar de ideia. “Ao contrário do que tentam induzir na cabeça da população, não briguei com meu filho. Não somos inimigos. O único motivo pelo qual não irei apoiar sua candidatura é que, na minha vasta experiência na política, acho que ele ainda não está preparado para assumir o desafio de administrar Campos nas condições que a cidade agora se encontra. Este cenário requer mais experiência. Eu como pai orientei-o a retirar a candidatura para prefeito, porque considero muito ruim ele ter trancado a faculdade e não ter seguido com os estudos. Eu estudei, e ainda estudo muito para me manter atualizado. É preciso que ele termine os estudos antes de querer encarar um desafio dessa magnitude. Assim que ele estiver com o preparo necessário, serei o primeiro a seu lado. Essa é minha orientação como pai que só quer ver o bem do filho. Essa é minha obrigação como pai e como líder político”, afirmou.

Pudim elogiado – Ao lado de Pudim, Arnaldo fez questão de elogiar o candidato do PMDB. “Pudim tem experiência administrativa. Foi meu vice-prefeito e me ajudou muito a administrar essa cidade. Fomos deputados federais junto e Pudim foi um dos parlamentares mais atuantes. Agora é deputado estadual e Primeiro-Secretário. Na gestão de Pudim a Alerj economizou mais de 180 milhões de reais e pôde ajudar ao Governo do Estado nesse momento de crise. Ao longo da campanha vocês verão que Pudim se constitui na melhor escolha para o momento que Campos apresenta”.

Dia dos Pais - Após Caio dizer que espera que o pai repita o gesto de maio, quando lhe deu um beijo e disse que a melhor parte dele estava no PDT, Arnaldo comentou: "Vou fazer o que ele mesmo pediu: vou esperá-lo na minha casa no dia dos pais, dar um abraço apertado, um beijo e passar um dia tranquilo em família".

O que ele quer? - Ao publicar a carta, o grupo de Arnaldo quer mais do que uma demonstração de que não há briga entre pai e filho. Com uma estratégia que lembra a do líder rosáceo, a ideia é tornar Arnaldo uma vítima, papel que no momento está apenas com Caio.

Comentar
Compartilhe
PT de Campos decide caminhar com Caio
03/08/2016 | 20h51

O sindicalista Hélio Anomal retirou sua pré-candidatura à Prefeitura de Campos e o diretório municipal do PT optou por uma aliança com o PDT de Caio Vianna, que vai disputar o governo municipal.

Na proporcional, como o blog antecipou, a legenda vai coligar com PMN e PEN.

Nacional vai aprovar? - Porém, após a decisão dos petistas da planície, a situação vai chegar ao planalto. "A nacional vai decidir. Como o Menininho da Lapa pressiona e tenta mexer as peças em Campos, ele terá que duelar lá em cima", afirmou a ex-vereadora Odisséia Carvalho.

Como a coluna "Ponto Final" já havia antecipado, o líder rosáceo ligou para o presidente nacional do PT, Rui Falcão, e tentou montar uma estratégia em Campos. Ou uma coligação do PT com o PR, ou candidatura própria (aqui).

Comentar
Compartilhe
Papinha se coloca no páreo, mas ainda negocia
03/08/2016 | 18h53

Durante a convenção do PP, que ocorreu em uma pequena sala da Câmara, o ex-vereador recebeu os pré-candidatos a vereador e definiu a nominata do partido para a eleição. Além disso, se colocou no páreo como candidato à Prefeitura, mas avisou que as articulações seguem até a próxima sexta-feira (05). "Hoje sou candidato, mas vivo um drama familiar, já que o meu irmão está na UTI. Vou ao Rio amanhã conversar e terminar de definir a nossa estratégia em Campos", diz Papinha.

Nos últimos dias ele conversou com os grupos de Nildo Cardoso (DEM), Rafael Diniz (PPS) e Caio Vianna (PDT).

Diante de sua nominata, que não conta com figurões, Papinha fez de tudo para animar a tropa. "Na minha primeira vitória tinha gente no grupo que me apontava com 100 votos. Consegui 4.500. Vocês não podem desanimar", disse.

 
Comentar
Compartilhe
DEM confirma Nildo como candidato à Prefeitura
03/08/2016 | 18h32

O DEM confirmou na tarde desta quarta-feira (03), durante convenção na Câmara de Campos, o vereador Nildo Cardoso como candidato à Prefeitura de Campos.

Em seu discurso, ao lado da família e dos pré-candidatos a vereador do DEM, Nildo comentou sobre a sua história de vida e afirmou que "agora o jogo começou". "Uma vez perguntaram ao Brizola o que ele achava de ter 2% nas pesquisas. Ele disse que estava excelente, já que nem havia começado a campanha. Naquela eleição ele virou o jogo e ganhou. Aqui eu digo a mesma coisa. O jogo está começando agora e já estou satisfeito com a posição que iremos largar", comentou, ressaltado que "Campos precisa de um choque de ordem".

Para a vaga de vice, o nome mais cotado é o do professor Alexandre Delvaux, ex-presidente do PMDB em Campos. Em 2012, Delvaux chegou a ser anunciado como vice de Makhoul Moussallem, mas foi substituído por Andral Tavares (PV).

 
Comentar
Compartilhe
PT caminha para aliança com Caio
03/08/2016 | 10h55
Após indicar que apostaria em uma candidatura própria, com o sindicalista Hélio Anomal, o PT caminha para uma aliança com o PDT de Caio Vianna. A meta é fechar com PMN e PEN na disputa por cadeiras na Câmara. A convenção do PT acontece nesta quarta-feira (03). Nos últimos dias a coluna "Ponto Final" adiantou a mudança de rumo do PT  (aqui e aqui).
Comentar
Compartilhe
FCJOL com mais uma suplementação: R$ 342,5 mil
03/08/2016 | 10h21

fcjol

No Orçamento deste ano, aprovado pela Câmara, a previsão orçamentária da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL) foi de R$ 3,5 milhões. A ideia era mostrar que o governo apertou os cintos em tempos de crise e deu prioridade a outras áreas.

Porém, os empréstimos entraram e a receita da FCJOL foi turbinada. Até o momento a pasta contou com R$ 4 milhões em suplementação.

Nesta quarta-feira (03) foram mais R$ 342,5 mil.

Bienal (R$ 247,6)

Eventos (R$ 92,8)

Apoio administrativo (R$ 2 mil).

Comentar
Compartilhe
Movimentações no tabuleiro
03/08/2016 | 01h57

xadrex

Nos bastidores as movimentações no tabuleiro político são intensas.

O PT, como a coluna "Ponto Final" revelou (aqui), deve sair do páreo. Na bolsa de apostas o mais cotado para ficar com o partido é o PDT de Caio. Porém, reviravoltas são possíveis durante a convenção desta quarta-feira (03).

O PP do ex-vereador Papinha também pode reservar surpresas. A convenção ocorre hoje, às 15, na Câmara, no mesmo horário do DEM, que deve lançar a candidatura do vereador Nildo Cardoso.

Tudo indica que, após mais de 20 pré-candidatos à Prefeitura, seis estarão na disputa: Geraldo Pudim (PMDB), Rafael Diniz (PPS), Caio Vianna (PDT), Chicão (PR), Nildo Cardoso (DEM) e Rogério Matoso (PPL).

Vices - Por enquanto, apenas dois vices estão definidos: Gil Vianna (PSB) com Caio e Mauro Silva (PSDB) com Chicão.

Os outros vices serão revelados ainda esta semana.

Comentar
Compartilhe
Deixou Rosinha e ficou com Chicão
02/08/2016 | 14h04
guerreiro

O ex-ouvidor da Prefeitura de Campos, Charles Guerreiro usou o seu blog para disparar pesado contra nomes fortes do governo (aqui). Em uma postagem ele afirmou que estava fora e que contaria muito sobre os bastidores.

Porém, nada como um dia após o outro.

Guerreiro, que chegou a se colocar como prefeitável, deixou Rosinha e ficou com Chicão e Mauro.

Ou seja, trocou a Rosa pelos candidatos Rosáceos.

Comentar
Compartilhe
Na volta das "férias", Câmara sem sessão
02/08/2016 | 10h55

camara55

Após um mês de recesso a Câmara de Campos voltou ao trabalho na manhã desta terça-feira. Porém, dos 25 parlamentares, apenas nove estavam presentes.

Sem quórum, o presidente da Casa, Edson Batista (PTB), encerrou os trabalhos.

Estavam presentes: Marcão (Rede), Rafael Diniz (PPS), Fred Machado (PPS), Nildo Cardoso (DEM), Edson Batista (PTB), Thiago Virgílio (PTC), Auxiliadora Freitas (PHS), Jorge Rangel (PTB) e Alexandre Tadeu (PRB).

Comentar
Compartilhe
Empresa vai receber R$ 599 mil por coordenação da Bienal
02/08/2016 | 10h02
[caption id="attachment_43081" align="aligncenter" width="448"]Estrutura já está sendo montada no Cepop - Foto: Antônio Leudo Estrutura já está sendo montada no Cepop - Foto: Antônio Leudo[/caption]

Realizar grandes eventos não é uma tarefa fácil, nem barata.

O Diário Oficial desta terça-feira (02) trouxe a contratação da empresa Robério Paulo, por R$ 599 mil, para coordenar a XI Bienal do Livro de Campos. Já a parte estrutural ficou por R$ 399 mil, como mostrou o blog "Na Curva do Rio" (aqui). A Bienal começa na próxima sexta-feira (5) e prossegue até o dia 14, no Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop).

PROCESSO n. º 2016.019.000152-2-PR

PREGÃO PRESENCIAL nº 023/2014

CONTRATO Nº 019/2016

OBJETO: prestação de serviços de coordenação operacional e organizacional (coordenação executiva e curadoria) dos trabalhos da “IX BIENAL DO LIVRO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES”.

CONTRATANTE: FUNDAÇÃO CULTURAL JORNALISTA OSWALDO LIMA

CONTRATADA: ROBÉRIO PAULO DA SILVA - ME.

CNPJ/MF sob o nº 20.461.397/0001-26

Valor global: R$ 599.650,00 (quinhentos e noventa e nove mil e seiscentos e cinqüenta reais)

Prazo de Execução: 24 horas após a assinatura do contrato e até 15 (quinze) dias após o encerramento da IX BIENAL DO LIVRO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES.

Data da Assinatura: 29/07/2016.

Publique-se Campos dos Goytacazes, 01 de agosto de 2016. Patrícia Cordeiro Alves Alencar Presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima
Comentar
Compartilhe
Ritmo de campanha
02/08/2016 | 01h58
[caption id="attachment_43075" align="aligncenter" width="494"]ritmo de campanha Facebook/Regina Vianna Santos[/caption]

Antes mesmo do início oficial da campanha, o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN) e sua esposa Edilene entraram de cabeça na campanha do deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB).

Como neste momento não é permitido pedir votos, eles aproveitam para dar mais visibilidade a aliança e tentam criar um "efeito Arnaldo" na pré-campanha de Pudim.

Edilene ainda sonha com a vaga de vice, mas no momento quem comanda o PEN em Campos é o grupo de Caio. Caso Edilene insista, os novos dirigentes do partido cogitam até expulsá-la do partido.

Ontem (01) o trio passou pelo Mercado Municipal.

Comentar
Compartilhe
Tudo em família no PSD: Magal presidente e irmão vice
02/08/2016 | 01h30

família

Após o PSD balançar e ficar próximo de um acordo com a oposição, o grupo governista entrou em ação e conseguiu manter o partido na aliança que vai apoiar a chapa Chicão (PR) e Mauro Silva (PSDB).

Já consta no sistema do TSE a nova composição do diretório municipal, com o vereador Jorge Magal na presidência e seu irmão Henrique Santana na vice-presidência. magal
Comentar
Compartilhe
Pré-sal em jogo
01/08/2016 | 17h29
[caption id="attachment_43059" align="aligncenter" width="591"]em jogo Clique para ampliar[/caption]

Caiu na rede um movimento chamado “Pré-sal em Jogo”, com a missão de pressionar deputados e mobilizar os cidadãos contra o Projeto de Lei 4567/16, que acaba com a garantia legal de que a Petrobras participe em, pelo menos 30%, de cada jazida do pré-sal que for explorada, e também tira das mãos da estatal a operação exclusiva desses recursos.

Para acessar o site a pressionar os nobres parlamentares, clique aqui  Para ver o vídeo, clique aqui 
Comentar
Compartilhe
Pezão longe da eleição
01/08/2016 | 16h50
WJTEMER102 - RJ - 29/07/2013 - MICHEL TEMER/OLIMPÍADAS RIO 2016 - NACIONAL/ESPORTES OE - O Presidente da República Federativa do Brasil em exercício, Michel Temer, nesta manhã de sábado (30), durante apresentação das obras e Inauguração da linha 4 do metrô no Rio de Janeiro. Na foto o Presidente Michel Temer e o Governador do Rio de Janeiro, que esta afastado para fazer o tratamento de um cancer, Luiz Fernando Pezão. Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Recuperado após travar e vencer uma batalha contra o câncer, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) deve voltar ao governo em setembro, um mês antes do primeiro turno das eleições municipais. Porém, seu foco principal será a grave crise econômica do estado.

Nos últimos dias ele deixou claro que não vai se envolver com a eleição. Nem articulações internas ele irá fazer para fortalecer aliados nos municípios do estado.

Ou seja, a articulação do PMDB nos municípios vai ficar toda nas mãos do presidente da Alerj, Jorge Picciani, que também é presidente estadual da legenda.

O blog do Ralfe Reis publicou nota sobre a possibilidade de Pezão participar da eleição de Campos (aqui).

Comentar
Compartilhe
Ponto Final — Rosáceos ganharam a metade da briga antes do confronto?
01/08/2016 | 11h01

ponto-final-1

Eles são imbatíveis?

Na política a metade da briga se ganha antes mesmo do confronto. São as articulações em busca de partidos e financiadores. Nesse ponto, não há como negar que o grupo rosáceo saiu na frente. Além da máquina com milhares de cargos de confiança e contratados por RPA e programas sociais, eles contam com mais tempo de TV e financiadores poderosos. Para completar, optaram pela chapa Chicão e Mauro, considerada a mais viável, inclusive com penetração na chamada “pedra”. Mas será que eles são imbatíveis?

Força da oposição

A escolha da chapa Chicão e Mauro, ao invés de um nome com perfil mais rosáceo, foi a demonstração de que o secretário de Governo reconhece a força da oposição, mesmo completamente dividida. Ele sabe que a cabeça do eleitor é um mistério e uma “onda” poderia derrubá-lo do trono que foi recuperado em 2008. Em 2012, quando Rosinha se reelegeu no primeiro turno, os nomes da oposição (Makhoul, Arnaldo, Schunk e José Geraldo) somaram mais de 100 mil votos. Agora, com o governo desgastado e sem Rosinha noa páreo, a previsão é de que esse número aumente, forçando um segundo turno.

União após arranhões?

Tudo indica que a disputa pela Prefeitura de Campos vai contar com seis candidatos oposicionistas e apenas uma chapa governista. Porém, se as próximas pesquisas mostrarem mais de duas candidaturas competitivas na oposição, o governo pode escapar das pancadas mais fortes e o clima esquentar entre os nomes oposicionistas. E depois, em caso de segundo turno, quem se arranhou vai querer se unir? E o eleitor, vai entender? Vale lembrar que, nas últimas eleições com segundo turno, em 2004 e 2008, candidatos como Makhoul e Odete, ficaram neutros após o primeiro turno.

Proposta indecente

Presidente do PV em Campos, o jornalista Gustavo Matheus declarou apoio à candidatura de Rafael Diniz (PPS) e revelou que, nas conversas pré-eleitorais, não faltaram “propostas indecentes”. Segundo Gustavo, alguns movimentos nos bastidores revelaram que o grupo governista “se esforçou muito para tentar esvaziar a candidatura de Rafael". Nas redes sociais, Gustavo deixou uma pergunta no ar: "Que medo é esse?".

Notas publicadas na coluna "Ponto Final" desta segunda-feira (01). 

Comentar
Compartilhe
Tá contido
01/08/2016 | 10h58

Alexandre-Tadeu-1

O vereador Alexandre Tadeu (PRB), o Tô Contigo, tem evitado comentar sobre a postura do seu partido, que trocou sua candidatura à Prefeitura por uma aliança com o grupo rosáceo. O parlamentar, que em março disse que uma aliança com o governo seria “uma incoerência”, agora está contido.

No sábado (30), ao anunciar o acordo com o PRB durante a convenção do PR e chamar o presidente do partido, o líder rosáceo perguntou: “E o Tadeu, veio?”. Meio sem graça, o presidente explicou que o vereador não estava no local.

Comentar
Compartilhe
José Carlos: "Meu acordo com Arnaldo acabou"
01/08/2016 | 10h35
jose-carlos
O vereador José Carlos (PSDC), que nos últimos meses defendeu a pré-candidatura do ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN) à Prefeitura, já avisou que vai ficar ao lado de Caio. “No início do processo afirmei que meu apoio seria do ex-prefeito Arnaldo Vianna. Mas como Arnaldo saiu da disputa, vou seguir o deputado estadual João Peixoto, que está com Caio”, disse José Carlos, que brincou sobre a escolha. “Por recomendação médica, não posso chegar nem perto de pudim. Estou com pré-diabetes”, comentou.
Comentar
Compartilhe