Audiência pública da Pátio Norte sem a Pátio Norte
31/05/2016 | 18h07
[caption id="attachment_41618" align="aligncenter" width="468"]Foto: Câmara Foto: Câmara[/caption]

A Câmara de Campos realizou na manhã desta terça-feira (31) uma audiência pública para debater a atuação da Pátio Norte em Campos. A ideia era ouvir a empresa e fazer questionamentos sobre supostos abusos. A Guarda Municipal compareceu, assim como o IMTT e a Polícia Militar. Porém, a Pátio Norte não enviou um único representante para dar esclarecimentos.

O vereador Nildo Cardoso (DEM), autor do requerimento que solicitou a audiência, lamentou. "Vejo que conseguimos avançar em alguns pontos, já que ouvimos a Guarda, a Polícia Militar e o IMTT. Porém, a ausência da Pátio Norte impossibilitou questionamentos diretos sobre uma série de absurdos", disse Nildo, que citou carros leiloados que saem sem regularização, abusos com deficientes e idosos, entre outros pontos que são questionados por vereadores e pela população.

Vereador fala em "cancelar concessão" - Nildo Cardoso, que comandou a audiência, informou quais serão os procedimentos adotados após a audiência. “Estamos preparando um projeto de lei que cancela totalmente essa concessão. No projeto, reduzimos em 50% o custo do reboque e da diária. E a administração seria feita totalmente pela gestão municipal, através do IMTT e a gerência seria da Guarda Civil Municipal”.

Comentar
Compartilhe
Prefeitura usa dinheiro do empréstimo para "promoção de eventos"
31/05/2016 | 10h08

rosinha no trio

Foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (31) o Decreto nº 135/2016, que dispõe sobre crédito adicional suplementar no orçamento fiscal do município.

Mais uma vez a Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL) contou com recursos da "venda do futuro" para pagar eventos do passado.

De acordo com a publicação foram disponibilizados R$ 177,6 mil para "promoção de eventos do Verão da Família" e R$ 26,9 mil para eventos da FCJOL. Total: R$ 204.665,00.

Pela publicação não é possível saber quais foram os eventos bancados pela Prefeitura.

Em três meses a FCJOL contou com suplementações que, somadas, chegam a quase meio milhão.

O recurso necessário para o Crédito Adicional Suplementar é proveniente de "Excesso de Arrecadação disponível no Banco Caixa Econômica Federal, Agência 0180, na conta corrente nº 600000107-3".

Recursos da "venda do futuro" também foram utilizados para:

FUNDO MUNICIPAL DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA: R$: 1.742.220,13

REFORMA E AMPLIACÃO DO HOSP. GERAL DE GUARUS HGG: R$ 1.000.000,00

APOIO ADMIN. - SEC. DE ADMIN. E GESTÃO DE PESSOAS: R$ 535.000,00

 PROGRAMA CAMPOS CIDADAO TARIFA SOCIAL R$ 1,00: R$ 2.210.890,62

Comentar
Compartilhe
Odebrecht oficializa delação e 300 políticos estão na mira
31/05/2016 | 08h29

marcelo

A Odebrecht, maior empreiteira do País, formalizou na última quarta-feira seu acordo delação premiada, segundo informa a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Segundo a jornalista, além de Marcelo Odebrecht, preso há quase um ano em Curitiba, até mesmo seu pai, Emílio Odebrecht, deve prestar depoimentos ao Ministério Público.

A delação, diz Mônica, não será seletiva. "A empreiteira se comprometeu oficialmente a detalhar o financiamento de todas as campanhas majoritárias de anos recentes com as quais colaborou – como as de Dilma Rousseff a presidente da República e Michel Temer vice e a de Aécio Neves a presidente, em 2014. Ou seja, nenhum dos grandes partidos (PT, PSDB e PMDB) deve ser poupado", diz ela. Nas planilhas apreendidas em uma das fases da Lava Jato, constam nomes de 300 políticos. Agora, os executivos da Odebrecht irão revelar como a empresa escolhia os políticos e se as doações faziam parte de algum "toma lá, dá cá".

Mônica informa ainda que não há nada de concreto sobre eventual acusação contra a presidente temporariamente afastada Dilma Rousseff. "O tema não foi ainda abordado oficialmente com o Ministério Público Federal", informa. "O termo assinado pela Odebrecht e pelos procuradores não define o número exato dos executivos que devem delatar. Mas ele pode chegar a 50", diz ainda a jornalista.

Fonte: Brasil 247

rosinha-lista--768x77

Campos - O clã Garotinho aparece nas planilhas da Odebrecht apreendidas na 23ª fase da operação Lava Jato, batizada de “Acarajé” (aqui). Logo após a divulgação das planilhas, o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) afirmou que as doações foram legais.

CPI - O contrato da Odebrecht em Campos, para a construção de casas populares, é o maior da história do município (R$ 1 bilhão). Vereadores da oposição e do bloco independente assinaram um pedido de CPI para investigar o contrato, mas uma manobra da bancada governista jogou a CPI da Lava Jato para o final da fila e impediu que ela fosse aberta na atual legislatura.

A ex-secretária da Odebrecht, Conceição Andrade, revelou em entrevista ao Fantástico que não tinha nada legal nas listas apreendidas. “Tudo isso era propina. Tudo que tem dentro, toda essa relação que existe nessa lista foi pagamento de propina, de caixa dois”, disse.

Atualização às 15h45 - Alteração no título e texto.

Comentar
Compartilhe
Teatro de Bolso: Prefeitura quer saída dos artistas para dedetização
30/05/2016 | 22h57

teatro

A Prefeitura de Campos dará inicio as obras no sistema de refrigeração do Teatro de Bolso Procópio Ferreira (TB) ainda esta semana. A informação é da presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Patrícia Cordeiro.

Antes, no entanto, será feita a dedetização do teatro e, para isso, é necessário que o espaço esteja vazio. De acordo com matéria publicada no site da Prefeitura, a permanência dos artistas vai atrasar o processo da entrega do local. "A intervenção faz parte do cronograma de obras que foi redimensionado devido à crise econômica que atinge o país", informa a matéria.

No ultimo dia 17 o secretário de Governo Anthony Garotinho, acompanhado do vice-prefeito Doutor Chicão, do vereador Mauro Silva, além de representantes municipais da área da cultura debateram sobre a pauta de reivindicações dos artistas, sendo estipulado um prazo que, segundo o governo, está sendo cumprido.

O Teatro de Bolso (TB), que se encontrava fechado e sem prazo para retorno das atividades, foi ocupado por artistas locais desde o dia 09 de maio.

Empresa contratada - O Diário Oficial do último dia 25 trouxe a homologação de um contrato firmado entre a Prefeitura de Campos e a empresa Planetec Terraplenagem e Pavimentação. O objetivo é a “prestação de serviços de engenharia com manutenção e restauração do sistema de refrigeração do ar condicionado central do Teatro Municipal Trianon, bem como o sistema de refrigeração de 03 (três) centrais de refrigeração e o sistema de duto quadrado do Teatro de Bolso Procópio Ferreira”. Valor: R$ 147,3 mil.

Nesta segunda-feira o Movimento #ocupateatrodebolso convidou artistas para uma Assembleia Geral, às 20h, no Teatro de Bolso, a fim de compartilhar com a classe as ações do movimento até o momento, assim como seus desdobramentos, e deliberar sobre a seguinte pauta:

a) Apresentação e Balanço da Ocupação b) Pauta Protocolada (aqui) c) Administração Compartilhada do Teatro d) Outros assuntos pertinentes ao contexto do movimento de ocupação.

Mais sobre a ocupação no blog Opiniões: aqui, aqui, aqui e aqui

Comentar
Compartilhe
Favoritos
30/05/2016 | 18h05

chicão

mauro

Hirano2

O grupo rosáceo conta com 10 pré-candidatos à Prefeitura de Campos. São eles: Chicão Oliveira (PR), Mauro Silva (PSDB), Edson Batista (PTB), Auxiliadora Freitas (PHS), Eduardo Crespo (PR), Thiago Ferrugem (PR), Fábio Ribeiro (PR), Edílson Peixoto (PR), Paulo Hirano (PR) e Charles Guerreiro (PR).

Mas será que todos estão realmente no páreo?

Quem acompanha os bastidores garante que apenas três nomes estariam cotados para encabeçar a chapa rosácea: Chicão, Mauro e Hirano.

A ideia de lançar dois nomes não está descartada. Nessa linha, o governo teria Mauro Silva pelo PSDB e um médico pelo PR (Chicão ou Hirano).

Comentar
Compartilhe
Prefeitura de Cabo Frio fica sem luz por falta de pagamento
30/05/2016 | 13h23

prefeitura

A Prefeitura de Cabo Frio amanheceu sem luz nesta segunda-feira (30). Outras 23 unidades do município onde funcionam serviços públicos também estão sem energia elétrica, segundo a Ampla, concessionária responsável pelo fornecimento, por falta de pagamento.

O governo municipal afirmou, no início da manhã, que desconhecia os motivos pelos quais os locais estavam sem luz. De acordo com a Prefeitura, representantes da secretaria de Fazenda foram até a administradora de energia elétrica da cidade para saber se a luz realmente tinha sido cortada e para tentar o restabelecimento do serviço.

Por meio de nota, a Ampla informou que a empresa somente tomou a decisão de interromper o abastecimento de energia após tentar negociar o débito em várias ocasiões. "Vale ressaltar que a distribuidora preservou o fornecimento de energia aos serviços essenciais, como iluminação pública, hospitais, escolas, corpo de bombeiros e vias públicas", afirma a nota.

Fonte: G1

Comentar
Compartilhe
“Candidatura do PSDB é decidida pelo presidente do PR?”
30/05/2016 | 12h55

FOTO

O técnico da indústria do Petróleo Lesley Beethoven, filiado ao PSDB, que em fevereiro alfinetou integrantes do ninho tucano (aqui), voltou a comentar sobre os movimentos do partido em Campos. Para Beethoven, o vereador Mauro Silva é um bom nome, mas fica a dúvida sobre quem vai realmente dar as cartas. “A candidatura do PSDB é decidida pelo Garotinho Presidente do PR?”, indaga.

“Estão esperando a decisão de quem?”- “Li uma declaração do Presidente municipal do PSDB, a quem devo respeitar como liderança nomeada pela gestão estadual, que 'já foi batido o martelo' pela candidatura própria. Se for Mauro o candidato, é um excelente nome. Culto, bem preparado e educadíssimo, sabe lidar com as pessoas. Bem articulado politicamente, transita bem até no campo da oposição. Outro dia ele postou uma foto com o Governador Pezão no Palácio Guanabara. Parece que são amigos pessoais. Então o PSDB já reconhece as inúmeras qualidades dele e portanto, obviamente é o nome preferido. Então vamos seguir logo em frente e preparar a militância para as convenções que já vão começar daqui a pouco para oficializarmos o nome dele como nosso candidato. Mas peraí, Mauro Silva poderá realmente se apresentar como o candidato pelo PSDB? Ninguém sabe... Nem ele! às vésperas de uma eleição disputadíssima como será 3 de Outubro, estão esperando a decisão de quem, de Garotinho? Então peraí, a candidatura do PSDB é decidida pelo Garotinho Presidente do PR? E o tempo está passando...”

Candidatura auxiliar - "Essa indefinição gera especulações tais como, a candidatura do PSDB é pra valer ou só pra ocupar o tempo de tv? Será pra cumprir tabela, com um candidato substituto se não for o Mauro, escolhido às pressas e sem viabilidade eleitoral? Vamos ser uma candidatura 'auxiliar' à 'principal' do PR, pra meramente embolarmos o jogo político? Os caciques do PSDB já decidiram em seus berços eleitorais. Basta olhar as cidades estratégicas pelo Brasil afora. Podem até existir dúvidas numa ou noutra cidade, mas elas são internas e não externas. Entende? Dizem que podemos compor com o PR na majoritária, dando o Vice. Opção interessante também. Mas infelizmente, o que vivemos há poucos dias da campanha oficial, pois a extra-oficial já começou, é uma total indefinição quanto a estratégias e nome. Como diria o gênio Albert Einstein: "loucura é fazer as coisas sempre do mesmo jeito e querer um resultado diferente". Dessa forma, não sei se teremos um resultado diferente das eleições anteriores".

Chicão é a bola da vez? - "Bem, num 'jogo político', a estratégia correta é a alma do sucesso. Na prática, uma candidatura com verdadeira pretensão de vitória não é construída da noite para o dia. No campo da genuína oposição, vejo claramente que todos os 3 pré-candidatos trabalham arduamente, sem dúvidas, seus nomes há pelo menos 3 anos. Já nas candidaturas ligadas a atual gestão municipal, cito o exemplo do Dr Chicão se posicionando como 'bola da vez', mirando a cadeira principal há pelo menos 4 anos, trabalhando pra isso, se articulando pesadamente, desde quando foi reeleito Vice-Prefeito em 2012. Ah, detalhes importantes: pessoas ligadas ao casal mandatário dizem que o Dr Chicão atualmente é o 'homem de confiança da família', pois tem sido um Vice com atuação política discreta, sem ofuscar a Prefeita Rosinha, se filiou ao PR partido de seu líder supremo, e pra completar o pacote ideal tem laços sanguíneos com o clã Garotinho. Enfim, ele com fatos e dados está há tempos construindo de forma segura sua candidatura a Prefeito".

Atualização para correção - Em comentário enviado ao blog, o presidente do PSDB em Campos, Robson Colla, informou que "o Sr. em questão não faz parte do diretório municipal do PSDB, sendo apenas e tão somente um mero filiado, assim como outros mais de mil e oitocentos que temos em Campos". 

Comentar
Compartilhe
Deu no Extra: MP investiga "Cidade da Criança"
29/05/2016 | 12h21
[caption id="attachment_41555" align="aligncenter" width="534"]Reprodução: Extra, Extra/Berenice Seara Reprodução: Extra, Extra/Berenice Seara[/caption]
Comentar
Compartilhe
Garotinho: “Tem político em Campos que só sabe comprar voto”
28/05/2016 | 11h47

Garotinho-Comudes

Em sua emissora de rádio, na manhã deste sábado (28), o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) revelou que irá liderar uma grande campanha contra a compra de votos. “Tem político em Campos que só sabe comprar voto. Não faz obra, não presta serviço, só compra votos”, disse Garotinho, que prometeu unir o seu grupo para “conscientizar as pessoas contra esta prática criminosa”.

“Trezentinhos” - Em 2012, logo após a eleição, a então vereadora Odisséia Carvalho (PT) disse que “a compra de votos foi deslavada”. “Dessa vez custou muito mais do que cinquentinha. Chegaram a comprar votos por trezentos reais. Pessoas ligadas a mim foram compradas, placas com o meu nome eram retiradas. Um verdadeiro absurdo”, desabafou (aqui).

Comentar
Compartilhe
Em ano eleitoral, bondades se multiplicam
28/05/2016 | 10h24
[caption id="attachment_41542" align="aligncenter" width="554"]Foto: Rodolfo Lins Foto: Rodolfo Lins[/caption]

Em 2014, ano eleitoral, o governo Rosinha chegou ao mês de dezembro com dificuldade financeira, mesmo com o maior orçamento da história de Campos (R$ 2,5 bilhões). Na época, apelou pela primeira vez para a "venda do futuro", antecipando R$ 250 milhões e pagando R$ 50 milhões de juros.

De lá pra cá foram só histórias tristes. Cortes, demissões, servidores sem plano de saúde, empresários sem receber, instituições filantrópicas e hospitais com convênios atrasados e obras paradas. A coisa estava tão feia que o governo precisou de mais um empréstimo no final de 2015 (R$ 200 milhões) e apelou para um terceiro empréstimo neste mês de maio (R$ 367 milhões).

Porém, faltando apenas quatro meses para a eleição, é hora de deixar as histórias tristes de lado e anunciar bondades de todos os tipos. Nos últimos dias, representando a prefeita Rosinha Garotinho, sempre ao lado dos prefeitáveis Chicão Oliveira (PR) e Mauro Silva (PSDB), o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) anunciou: Carnaval fora de época, pagamento dos convênios com hospitais, renovação de convênio com escolas particulares, mil casas para os servidores, prometeu uma "caixa de saúde", assumiu o Restaurante Popular, pagou as parcelas atrasadas das entidades filantrópicas, um pacote de obras de R$ 50 milhões, entrega do novo camelódromo e do Hospital São José até dezembro.

A meta do governo rosáceo, pendurado no "cheque especial", é oferecer as "bondades" até o fim das eleições.

Depois, a nova gestão não vai ganhar um "pacote de bondades", mas uma herança maldita.

Comentar
Compartilhe
PSDB já bateu o martelo e não vai esperar por Garotinho
27/05/2016 | 10h39

O PSDB, que caminha em Campos com o casal Garotinho e integra a Frente Popular, não vai esperar pela decisão do líder rosáceo sobre o nome do grupo para 2016. Independente da escolha, com prévias ou sem prévias, o partido já deixou claro que terá um nome na disputa pela Prefeitura. O preferido é o vereador Mauro Silva, que já se coloca como pré-candidato. Porém, se o líder rosáceo tirar o seu "soldado" da batalha, os tucanos têm outras opções.

A disputa pela Prefeitura de Campos é uma determinação da Executiva Estadual, seguindo orientação da Executiva Nacional, comandada pelo senador Aécio Neves. Todos os municípios com mais de 200.000 eleitores têm que ter candidatos a prefeito, principalmente os que têm campanha na TV.

Em recente entrevista à Folha, o presidente do PSDB em Campos, Robson Colla, que deixou o governo Rosinha, afirmou que a postura do PSDB está acima da polarização entre oposição e situação. “Vamos mostrar que o PSDB tem condições de oferecer o que a nossa cidade precisa”, comentou Colla.

Comentar
Compartilhe
Inovaluz, PEN, governo Rosinha e Arnaldo Vianna
27/05/2016 | 10h17

A política é uma salada que mistura os mais variados personagens.

Veja, por exemplo, o caso da Inovaluz, empresa que tem contrato milionário em Campos e recebeu mais R$ 1,5 milhão na última quarta-feira (25), como mostrou o blog "Na Curva do Rio" (aqui).

A empresa, que atua no governo Rosinha desde 2009, é de Nova Iguaçu, terra do deputado federal Walney Rocha, que vem a ser presidente estadual do PEN, partido do ex-prefeito Arnaldo Vianna. Quem conhece os bastidores sabe que Walney possui uma ligação bem estreita com a Inovaluz, empresa que já fez até doação ao parlamentar (aqui).

E foi este mesmo Walney que se reuniu com Arnaldo Vianna em março e lançou a pré-candidatura do ex-prefeito à Prefeitura de Campos (aqui).

Há quem garanta que a defesa do nome de Arnaldo Vianna, feita por Walney e figuras do PEN, faz parte de um grande jogo.

Cientes de que a situação jurídica de Arnaldo é complicada, a turma estaria disposta a bagunçar a oposição e contribuir com o grupo rosáceo.

O contrato da Inovaluz em Campos gira em torno de R$ 20 milhões/ano.

Comentar
Compartilhe
Campos e a "metralhadora" citada por Sarney
26/05/2016 | 02h38

tiro

Em gravação divulgada ontem (25), o ex-presidente e ex-senador José Sarney (PMDB) afirmou que eventuais delações premiadas de executivos da empreiteira Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato, são "uma metralhadora de [calibre] ponto 100" (aqui).

Ontem, durante conversa sobre declaração de Sarney, políticos poderosos comentaram sobre figuras que podem ser "metralhadas" pelas delações da Odebrecht em todas as partes do Brasil. Um deles chegou a citar o nome do município Campos.

Para quem não se lembra, o clã Garotinho aparece nas planilhas da Odebrecht apreendidas na 23ª fase da operação Lava Jato, batizada de “Acarajé” (aqui).

Haja Rivotril.

Comentar
Compartilhe
Leite especial: "é dramática a situação das crianças"
25/05/2016 | 19h01
Em seu perfil no Facebook, o jornalista Rodrigo Florêncio comentou sobre o drama das crianças que necessitam da fórmula Neocate. leite Drama antigo — Em 2013 (aqui), quando a Prefeitura gastava milhões com shows e aditivos milionários, o blog publicou nota lembrando que este drama das crianças se arrasta desde 2011.
Comentar
Compartilhe
Beltrame com agenda em Campos
25/05/2016 | 18h12

pudim e beltrame

A convite do Primeiro-Secretário da Alerj, deputado Geraldo Pudim (PMDB), o secretário estadual de Segurança Pública José Mariano Beltrame, estará na 6ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP), em Campos, na próxima quarta-feira (01) para anunciar a Companhia Destacada da Polícia Militar para Guarus, além da reforma da 146ª e a 134ª Delegacia Legal.

Também estarão presentes o Comandante-Geral da PMERJ, Cel. Edison Duarte dos Santos e do Titular da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, Dr. Rivaldo Barbosa. "Serão grandes anúncios para sociedade. Estou bastante feliz, pois em menos de 15 dias após fazermos essas solicitações ao secretário Beltrame, ele vem a Campos ratificar estas demandas de urgência para nossa cidade e região.", destacou Pudim.

Endereço: Rua Gumercindo de Freitas, 135 Horário: 10h

Fonte: Ascom/Geraldo Pudim 

Em contato com o blog, o deputado estadual João Peixoto (PSDC) informa que também solicitou, em outubro do ano passado, o reaparelhamento e a reforma das Delegacias (146ª e a 134ª). Peixoto publicou em seu perfil nos Facebook as indicações e a emenda (aqui).

Comentar
Compartilhe
Hélio Anomal se coloca como pré-candidato do PT à Prefeitura
25/05/2016 | 11h20

anomal

O sindicalista Hélio Anomal, ex-presidente do PT de Campos, se coloca como mais um pré-candidato à Prefeitura (com ele, já são 22 prefeitáveis). Anomal, que já foi presidente do partido no município e candidato a vice-prefeito em 2008, na chapa encabeçada pelo ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN), disse ao Campos 24 Horas defende a necessidade do partido colocar um nome na disputa majoritária desde outubro do ano passado. Em 2012, Anomal disputou uma cadeira na Câmara e recebeu 513 votos. No dia da eleição ele chegou a ser detido por transporte ilegal de eleitor (aqui).

Porém, já sinalizando que companheiros pensam de forma diferente, ele diz: "Só espero que o PT não nos atrapalhe”.

Na contramão do que pensa Anomal, nomes fortes do PT em Campos e no estado defendem uma aliança na eleição deste ano.

Comentar
Compartilhe
Teatro de Bolso: Prefeitura contrata empresa para consertar sistema de ar condicionado
25/05/2016 | 09h38

teatro

O Diário Oficial desta quarta-feira (25) traz a homologação de um contrato firmado entre a Prefeitura de Campos e a empresa Planetec Terraplenagem e Pavimentação. O objetivo é a "prestação de serviços de engenharia com manutenção e restauração do sistema de refrigeração do ar condicionado central do Teatro Municipal Trianon, bem como o sistema de refrigeração de 03 (três) centrais de refrigeração e o sistema de duto quadrado do Teatro de Bolso Procópio Ferreira". Valor: R$ 147,3 mil.

O Teatro de Bolso (TB), que se encontrava fechado, foi ocupado por artistas locais desde o dia 09 de maio. Segundo a Prefeitura, a crise financeira teria impedido a finalização dos trabalhos que possibilitariam a reabertura.

A desculpa da crise não cola, já que a Prefeitura gastou, em dois meses, mais de R$ 170 mil com fogos de artifício (aqui).

Comentar
Compartilhe
Mais R$ 2,5 milhões nos cofres da Câmara
24/05/2016 | 12h33
camara-campos-dos-goytacazes

A Prefeitura de Campos repassou, na última sexta-feira (20), R$ 2,5 milhões à Câmara Municipal, referentes ao duodécimo de maio. A informação está no relatório de pagamentos disponível do Portal da Transparência da PMCG (aqui).

No Portal da Transparência da Câmara não é possível acompanhar como os recursos estão sendo aplicados, já que o item "pagamentos" não está funcionando.

Em tempos de crise, com carências em áreas importantes como Saúde e Educação, a Câmara de Campos poderia seguir o exemplo da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e contribuir com alguns segmentos.

Atualização às 19h - A transparência da Câmara continua com defeito.
Comentar
Compartilhe
LDO: audiência pública em clima de fim de festa
24/05/2016 | 10h36

A audiência pública para debater a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), na Câmara de Campos, foi realizada em clima de fim de festa. Em meia hora os representantes do governo municipal apresentaram as metas e não houve um único representante da sociedade civil organizada inscrito para debater.

Além disso, vereadores optaram por não fazer questionamentos.

Ao contatar que não havia mais o que fazer, o presidente da Casa, Edson Batista (PTB), encerrou os trabalhos.

Comentar
Compartilhe
"Venda do futuro": R$ 52 mil para eventos
24/05/2016 | 10h14
[caption id="attachment_41490" align="aligncenter" width="414"]photos (1) Prefeitura realizou grandes festas na praia do Farol[/caption] Foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (24) o decreto o nº 128/2016, que dispõe sobre crédito adicional suplementar.

Em uma lista das suplementações por excesso de arredação, devido a última "venda do futuro", que injetou R$ 367 milhões no cofre da Prefeitura, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) disponibiliza R$ 52 mil para "eventos da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima". A publicação não detalha quais foram os eventos bancados com o dinheiro do empréstimo que será pago durante uma década.

Na última semana já havia sido publicada uma suplementação de R$ 55,9 mil para a FCJOL. Os recursos foram utilizados para arcar com despesas pendentes do “Verão da Família”, na praia do Farol de São Thomé (aqui).

Os recursos da chamada "venda do futuro" também foram utilizados para:

Obrigações tributárias e contributivas: R$ 5 milhões

Merenda escolar/merendeiras: R$ 6,9 milhões

Material de consumo/secretaria de Gestão: R$ 1,1 milhão.

O recurso necessário para o Crédito Adicional Suplementar é proveniente de Excesso de Arrecadação disponível no Banco Caixa Econômica Federal, Agência 0180, na conta corrente nº 600000107-3.

Atualização às 14h20- Inclusão de informações 

Comentar
Compartilhe
Como descascar o abacaxi?
23/05/2016 | 22h40

Após "vender o futuro" três vezes, não investir na diversificação da economia e torrar bilhões, o grupo rosáceo irá entregar um verdadeiro abacaxi nas mãos do próximo gestor. Mas afinal, quais seriam os caminhos para fazer a máquina funcionar e evitar um colapso?

Após publicação do economista Ranulfo Vidigal, que fez um alerta sobre a "terra arrasada" (aqui), o professor José Luis Vianna da Cruz sugeriu um debate, sem fugir dos temas delicados, com nomes que irão entrar na disputa pela Prefeitura. "Temos que promover um debate sério para ajudar os candidatos a pensarem prioridades e como viabilizá-las. Denunciar, dissecar gastos e dívidas, debater fontes de arrecadação, renegociar, enfim, debater caminhos e saídas, envolvendo os candidatos nisso. A tendência é os candidatos saírem à cata de votos e não tocarem nos assuntos delicados. Depois de eleitos, vem o que Vidigal alerta...aí será tarde demais...todos vamos pagar...".

Comentar
Compartilhe
Mais uma vítima
23/05/2016 | 16h05

Na última sexta-feira (20) o blog revelou o drama de um senhor que aguardava por um cateterismo há duas semanas no Hospital Geral de Guarus (HGG) (aqui).

Hoje (23), um colaborador do blog informa que este senhor infartou no final de semana e agora precisa de um leito de UTI.

Desesperada, a família recorreu ao Ministério Público.

Enquanto isso, os responsáveis pela chave do cofre falam em "pacote de obras" e liberam R$ 19 milhões para empreiteiros em um único dia (aqui).

Comentar
Compartilhe
New York Times diz que PMDB "arruinou’ o Rio"
23/05/2016 | 15h40

pmdbtime

Em reportagem publicada ontem (22), o jornal “The New York Times” traça um extenso paralelo entre a chegada de Michel Temer à presidência e a gestão do PMDB no estado do Rio. O texto, chamado “Confiado a salvar o Brasil: o partido que arruinou o Rio”, começa com uma direta citação à crise educacional fluminense: “Estudantes ocupam escolas protestando contra cortes de investimento na educação, enquanto políticos locais que levaram as Olimpíadas à cidade do Rio lutam contra acusações de propina”. Em seguida, são lembrados: o tiroteio recente na Rocinha (equivocadamente localizada no Leblon) e até o assalto à filha do governador, Francisco Dornelles.

Em outro trecho, é feita a ponte entre o governo Temer e a recente experiência do PMDB à frente do poder no Rio. “Quando o novo líder do Brasil, Michel Temer, tomou as rédeas da nação este mês - um marco na luta cáustica para derrubar a presidente Dilma Rousseff, que enfrenta um processo de impeachment - ele prometeu um novo dia de ‘salvação nacional’. Mas o que o Sr. Temer não mencionou é que o seu partido político e seus aliados têm exercido um poder imenso no estado do Rio, que é rico em petróleo, durante a maior parte da última década. Em outras palavras, os críticos lamentam que o mesmo partido que criou uma confusão no Rio esteja comandando o país”.

A reportagem do “NYT” nomeia alguns políticos como ícones do perfil controverso do PMDB: Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara, Renan Calheiros, presidente em atividade do Senado e colecionador de inquéritos no STF, e o ex-governador Sérgio Cabral, lembrado pela recente acusação de que teria recebido 5% de propina dos custos da obra do Maracanã para os Jogos, além de uma disciplinada mesada de empreiteiros.

Fonte: Extra

Comentar
Compartilhe
Transporte de pacientes: Prefeitura reconhece dívida de R$ 432 mil
23/05/2016 | 10h08

O Diário Oficial desta segunda-feira (23) traz mais um termo de reconhecimento de dívida.

Dessa vez, a secretaria de Saúde, comandada pelo médico Geraldo Venâncio, "reconhece, por manifestação livre, a responsabilidade pelo valor original de R$ 432.540,00 (quatrocentos e trinta e dois mil, quinhentos e quarenta reais), devidos a Empresa São Salvador Ltda, inscrito no CNPJ nº 28.936.979/0001-23, referente á locação de veículo tipo ônibus, para Transporte Fora Domicílio - TFD".

"Cumpre asseverar que pagamento da mencionada dívida é exeqüível no exercício de 2016 e será pago em 8 parcelas de R$ 54.067,50, e seu impacto na execução orçamentária e financeira não impedirá, nem prejudicará o funcionamento das atividades desta Secretaria".

Comentar
Compartilhe
Rosinha nomeia presidente do PMB
23/05/2016 | 09h47

luciano

O Partido da Mulher Brasileira (PMB), que deixou de ser oposição e passou a ser situação, ganhou espaço no governo Rosinha.

No Diário Oficial desta segunda-feira (23) é possível verificar que a nomeação de Luciano Freitas Manhães para o cargo de assistente especial (DAS 7) na secretaria de Governo.

Ele é presidente do PMB no município.

Comentar
Compartilhe
Garotinho anuncia patrocínio de meio milhão para o Carnaval
21/05/2016 | 21h26

photos

Em agosto, como foi antecipado pelo blog (aqui), a Prefeitura de Campos vai realizar o Carnaval fora de época. Ciente da repercussão negativa, já que a cidade decretou estado de emergência econômica (aqui), o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) informou neste sábado (21) que a maior parte da folia será bancada por patrocinadores. "Uma empresa do ramo de bebidas ficou com uma cota de R$ 250 mil e uma de cosméticos vai disponibilizar mais R$ 250 mil", disse Garotinho, ressaltando que os nomes das empresas serão revelados na assinatura dos contratos.

O secretário contou que a meta é vender mais uma cota de patrocínio. "Nossa cidade tem um espaço incrível, que é o Cepop, e os patrocinadores apostam em nosso potencial", frisou Garotinho durante programa em sua emissora de rádio.

Agora é sério? - No verão deste ano Garotinho disse que o único show nacional do "Verão da Família" seria totalmente bancado pela concessionária Águas do Paraíba (aqui). Porém, a Prefeitura de Campos pagou R$ 100 mil pelo show do pagodeiro (aqui).

Comentar
Compartilhe
Dona Penha desistiu da aposentadoria?
21/05/2016 | 21h11

dona penha

A vereadora Dona Penha (PT do B), que tem 83 anos, parecia caminhar para o seu último mandato na Câmara de Campos. Tudo indicava que ela iria se aposentar no final de 2016. Inclusive, dois filhos já estavam de olho na cadeira da mãe: José Cláudio e Silvinho.

Porém, o presidente estadual do PT do B, Vinicius Cordeiro, aposta na reeleição de Dona Penha. Em postagem do blog "Opiniões", Vinicius Cordeiro diz que "o PT do B vai trabalhar para tentar reeleger as vereadores: Dona Penha e Cecília Ribeiro Gomes" (aqui).

Comentar
Compartilhe
MPE propõe ação contra Emec e Prefeitura
20/05/2016 | 19h43

emec

Após 15 meses de investigação o Ministério Público Estadual (MPE) decidiu propor ao Judiciário uma Ação Civil Pública por danos ambientais e por atos de improbidade administrativa contra o Município de Campos, o ex-secretário de Desenvolvimento Ambiental Jorge Ribeiro Rangel (PTB), a Emec e seus sócios administrativos, Francisco e Fábio Junger.

O inquérito inicial foi instaurado no dia 24 de fevereiro de 2015, a partir da representação formulada por moradores vizinhos, os quais se mostraram inconformados com a ocupação da área aos fundos do Horto Municipal pela sociedade empresária EMEC, em função dos transtornos aos moradores e ao meio ambiente, além da suspeita de ilegalidade na cessão de uso do espaço público para uma empresa privada. Os danos ao meio ambiente seriam originados principalmente de fossas construídas para despejo dos dejetos provenientes dos banheiros químicos, e pela degradação da flora local, com reflexos na fauna, para dar espaço a diversas máquinas e veículos de grande porte da empresa, bem como para a construção do galpão da empresa.

Desde 2011 a empresa que cuida dos jardins é a Emec Obras e Serviços, do Espírito Santo. O contrato anual gira em torno de R$ 15 milhões. Entre 2011 e 2015 o governo gastou cerca de R$ 75 milhões para manter os jardins.

Leia mais nos blogs do jornalista Fernando Leite e do no blog do Pedlowski: aqui e aqui 

Comentar
Compartilhe
Quantos "bolsonáticos" existem em Campos?
20/05/2016 | 14h53

JAIR-BOLSONARO-facebook

Como mostra o blog "Ponto Vista" (aqui), uma homenagem feita por formandos da Faculdade de Medicina de Campos (FMC) ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) virou polêmica nacional.

Mas afinal de contas, é grande o número de "bolsonáticos" em Campos?

Tendo em vista a última eleição, sim.

Dos deputados federais eleitos em 2014, Bolsonaro foi o quarto mais votado em Campos, com 7.643 votos. Ele só foi superado por políticos com apoio da máquina (Clarissa e Feijó) e da Igreja Universal (Roberto Sales).

É bom lembrar que os votos de Bolsonaro na terra goitacá foram conquistados sem ele pisar na cidade, nem receber apoio de políticos daqui.

Já o deputado Jean Wyllys (PSOL), desafeto declarado de Bolsonaro, recebeu 1.760 votos em Campos.

Os números dizem muito sobre o perfil conservador do eleitorado de Campos.

Agradecimento - Em um vídeo, Bolsonaro agradece aos formandos da FMC (aqui).    
Comentar
Compartilhe
Após mais sete dias de internação, Pezão recebe alta
20/05/2016 | 12h54
[caption id="attachment_41418" align="aligncenter" width="444"]Pablo Jacob / Agência O Globo Pablo Jacob / Agência O Globo[/caption]

Internado há sete dias, o governador Luiz Fernando Pezão recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira. Ele saiu do Pró-Cardíaco, em Botafogo, acompanhando da esposa, Maria Lúcia Horta, afirmando que está bem disposto e otimista como sempre esteve desde o início do tratamento. Mas desabafou, no entanto, dizendo que se sente muito mal durante as sessões de quimioterapia e que fica muito cansado. "Agradeço ao povo fluminense pelo carinho que tenho recebido por meio de cartas e mensagens", destacou o governador. "Terminei o terceiro ciclo e estou indo para o quarto. A cada ciclo que eu faço, surge uma coisa diferente", disse.

Pezão disse que ainda não há previsão para o seu retorno ao trabalho e que tem que se preparar parao quarto ciclo de quimioterapia. "A minha programação agora é ir para casa descansar e esperar o novo ciclo", disse o governador.

O oncologista Daniel Tabak, que trata do câncer de Pezão, disse que o quadro infeccioso foi totalmente resolvido. "A melhor notícia, no entanto, é que a avaliação realizada nesta quinta-feira mostrou que o governador não tem evidencia do linfoma. Isso não quer dizer que ele esteja curado, mas que respondeu precocemente ao tratamento com quimioterapia. Afinal, foram apenas três ciclos realizados até agora. A boa resposta ao tratamento não modifica a previsão inicial, que é um total de oito ciclos. O próximo está previsto para o dia 30 de junho", disse o médico.

Pezão disse que se mantém otimista, assim como no primeiro momento em que soube da doença: "Confio nos médicos, enfermeiros e em todo mundo que está cuidando de mim".

Fonte: O Globo 
Comentar
Compartilhe
Escolheram os empreiteiros e esqueceram os pacientes?
20/05/2016 | 11h51

saude_publica_pede_socorro_recorte1

Alguns casos que refletem o drama diário dos pacientes que dependem da rede pública de Saúde.

Uma mulher, que teve um bebê há três meses, está com um sangramento e buscou atendimento no Hospital Plantadores de Cana (HPC). Chegando lá, foi informada que esse atendimento agora é com o Hospital Geral de Guarus (HGG). No HGG, disseram que ela deveria voltar ao HPC. Vítima deste jogo de empurra, ela não sabe o que fazer.

Outro caso: um senhor espera há duas semanas por um cateterismo no HGG. A família não sabe o que fazer.

Isso sem falar na informação assustadora publicada no blog do Cláudio Andrade: "desde o dia 22 de março até o dia 11 de maio do corrente ano já morreram 92 pessoas no HGG".

Na última quarta-feira (18) deixei a seguinte pergunta no ar: É hora de agradar empreiteiros ou pacientes que agonizam nos corredores? (aqui). Naquele mesmo dia, os empreiteiros receberam um "pacotão" de R$ 18 milhões (aqui).

Escolheram os empreiteiros?

Comentar
Compartilhe
Líder rosáceo promete casas para servidores
19/05/2016 | 23h37

Garotinho_na_radio_Saara_foto_Inacio_Teixeira_Coperphoto_28-8-2014-006

Em ano eleitoral não tem essa história de crise. Após concretizar a terceira "venda do futuro", o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) anunciou que a Prefeitura de Campos firmou parceria com a construtora Realiza. O objetivo é financiar 300 casas para os servidores municipais.

Em seu blog (aqui), o pré-candidato à Prefeitura de Campos, Charles Guerreiro (PR) comentou sobre o novo item do "pacote de bondades", mas não deu detalhes. Como os servidores poderão adquirir as casas? Já tem gente achando que as residências serão sorteadas no programa de rádio.

Ele também prometeu que a caixa de assistência, que substituirá o plano de saúde dos servidores, também vai sair do papel. Os servidores aguardam a conclusão dessa promessa há mais de um ano. Em abril do ano passado Garotinho disse que "a caixa de assistência está sendo providenciada" (aqui).

Comentar
Compartilhe
Quissamã: Prefeito vai antecipar pagamento dos servidores
19/05/2016 | 16h11

prefeito

O prefeito Nilton Pinto (PSDB) anunciou nesta quinta-feira (19) a antecipação do pagamento dos servidores municipais de Quissamã, referente ao mês de maio. O objetivo da medida é aquecer a economia do município, além de beneficiar o funcionalismo antes do feriado de Corpus Christi, que é celebrado no próximo dia 26. A folha de pagamento do funcionalismo municipal é de aproximadamente R$ 8 milhões, valor que vai promover fluxo de caixa no comércio local. “Mesmo diante da crise financeira em nível nacional e do colapso enfrentado pelos municípios produtores de petróleo, a Prefeitura de Quissamã segue pagando os proventos dos servidores rigorosamente em dia. Gradativamente vamos superar os desafios”, avaliou o prefeito.

A secretaria de Administração confirmou as novas datas e os Grupos 1 e 2, que receberiam no dia 27, terão o pagamento no dia 23. O Grupo 3, antes agendado para o dia 30, agora tem antecipação para o dia 24, por fim o Grupo 4, marcado para o dia 31 vai receber no dia 25.

Reforma Administrativa - No início deste mês o prefeito enviou ao Legislativo o Projeto de Reforma Administrativa. Atualmente o governo conta com 12 secretarias e quatro (4) coordenadorias. O projeto prevê a manutenção de sete secretarias, extinção de outras cinco, com transformação e incorporação de coordenadorias especiais nas pastas que foram mantidas. Com a aprovação da reforma, será possível enxugar a máquina e promover uma economia de cerca de R$ 2 milhões/ano (aqui).

Fonte: Comunicação/Quissamã 

Comentar
Compartilhe
Enquanto isso, na "Cidade da Criança"
19/05/2016 | 14h39
[caption id="attachment_41395" align="aligncenter" width="492"]cidade da criança Facebook/Ralfe Reis[/caption]

O secretário de Educação, Cultura e Esportes, Frederico Tavares Rangel, e o presidente da Codemca, Wainer Teixeira de Castro, passearam hoje (19) pela "Cidade da Criança", a Disney Goitacá, e testaram os modernos brinquedos do Espaço da Ciência.

Ao ver a foto no Facebook, a vereadora Auxiliadora Freitas (PHS), cuja fala motivou o apelido do espaço (aqui), comentou: "Que legal!!!! Não sabia. .. senão teria ido. Parabéns!".

E ainda tem gente dizendo que o governo rosáceo vive uma situação caótica. Basta olhar a expressão dos cargos de confiança para notar que, no mundo cor de rosa, as coisas estão tranquilas e favoráveis.

Comentar
Compartilhe
PCE recebe R$ 2,2 milhões para gerenciar projetos
19/05/2016 | 11h11

A empresa PCE Projetos e Consultoria recebeu na última terça-feira (17), uma semana após a concretização da terceira "venda do futuro", mais R$ 2,2 milhões da Prefeitura de Campos. A empresa atua na fiscalização e gerenciamento de obras no município.

Nos últimos anos a PCE firmou contratos milionários com a Prefeitura. Em 2013, por exemplo, o valor do contrato foi de R$ 17,9 milhões.

Em setembro do ano passado, após uma árvore cair e matar o empresário Carlos Emanuel dos Santos Ribeiro, em local onde ocorria obra da Prefeitura, o vereador José Carlos disparou contra a PCE. "Temos em Campos uma empresa chamada PCE, que recebe R$ 17 milhões por ano para fiscalizar. Tem cinco funcionários, ganha milhões, e não fiscaliza nada. Temos que chamar os representantes dessa empresa aqui. Vamos ficar aguardando outras tragédias?”, disse José Carlos (aqui)

Comentar
Compartilhe
Tá na área
18/05/2016 | 18h58

cunhaO carnavalesco Milton Cunha, que recebeu da Prefeitura de Campos para coordenar os carnavais na terra goitacá, está de volta.

Amigo da prefeita Rosinha Garotinho (PR) e da presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Patrícia Cordeiro, Milton Cunha vai se reunir nesta quarta-feira com carnavalescos no Museu HIstórico de Campos.

A folia fora de época vai ocorrer em agosto, nos dias 19, 20 e 21.

Comentar
Compartilhe
Marcão: "Rosinha tem medo da CPI"
18/05/2016 | 17h14

MarcãoO vereador Marcão (Rede) voltou a comentar sobre as manobras da bancada governista para evitar a CPI da Lava Jato. Em artigo publicado na Folha, o parlamentar afirmou que a prefeita Rosinha Garotinho (PR) "tem medo de CPI" e deixou uma série de perguntas no ar: "Rosinha Garotinho qual é o seu medo? Oriente a bancada parlamentar de seu governo a autorizar a instalação da CPI da Lava Jato! Por que não quer que o governo seja investigado? O dinheiro doado pela Odebrecht não foi limpinho? Por que o medo?", indagou.

Marcão também listou assuntos espinhosos para o governo. "Os problemas do seu desgoverno são os mais diversos, podemos citar: Contratação de uma empresa fantasma (GAP) para aluguel de ambulâncias, compra de milhões de reais de materiais didáticos adquiridos da empresa Expoente, escândalo da empresa Edafo Construções com investigação pelo MP num esquema na prefeitura, caixa preta dos repasses do Fundeb, situação dos contratos da saúde, auditoria da passagem social, recadastramento do cheque cidadão, venda dos royalties, tem ainda a questão do rombo de cerca de R$ 110 milhões apontados em auditoria".

Comentar
Compartilhe
Suplementação de R$ 55,9 mil para "promoção de eventos"
18/05/2016 | 15h27

Cópia-de-Farol-2014-400x320

Foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (18) um decreto que dispõe sobre crédito adicional suplementar para a Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL). A suplementação de R$ 55,9 mil é para arcar com despesas pendentes do "Verão da Família", na praia do Farol de São Thomé.

Em março foi publicada uma suplementação de R$ 149 mil para eventos do "Verão da Família" (aqui).

Em dezembro do ano passado a prefeita Rosinha utilizou R$ 1,3 milhão da segunda "venda do futuro" para a promoção de eventos do “Verão da Família” (aqui).

No mês de fevereiro foram gastos R$ 230 mil com iluminação, som, montagem de palco, fotos e telão (aqui).

Comentar
Compartilhe
É hora de agradar empreiteiros ou pacientes que agonizam nos corredores?
18/05/2016 | 10h44

Com a Saúde caótica, uma folha de pagamento pesada e muitas dívidas, é hora de iniciar novas obras?

A maioria dos gestores entenderia que não, mas o líder rosáceo anunciou um pacote milionário de obras. Tirando obras importantes, que já deveriam estar concluídas, como é o caso do Hospital da Baixada, muitas ações anunciadas não são urgentes. Além disso, nos últimos dias, foram liberados muitos milhões para obras de pavimentação.

Em ano eleitoral, ao que tudo indica, é melhor agradar empreiteiros do que pacientes que agonizam nos corredores.

Comentar
Compartilhe
Caio divulga vídeo com depoimento do pai
17/05/2016 | 13h42
[caption id="attachment_41367" align="aligncenter" width="487"]Clique na imagem para ver o vídeo Clique na imagem para ver o vídeo[/caption]

E a novela conta com mais um capítulo...

Nesta terça-feira (17), três dias após o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN) anunciar que é pré-candidato à Prefeitura (aqui) e rebater a informação de que teria saído do páreo (aqui), o presidente do PDT em Campos, Caio Vianna, divulgou um vídeo no Facebook com um trecho do discurso do pai durante a inauguração da nova sede do PDT.

No vídeo, Caio diz: "Enquanto todos nós estivermos juntos e comprometidos, não tem nada que não possamos fazer". Depois, Arnaldo comenta: "Eu disse que estava entregando o melhor de mim, mas quero dizer que o melhor de mim superou o pai. Arnaldo, Caio, Caio, Arnaldo é uma coisa só. Estamos unidos".

Comentar
Compartilhe
Papinha passa por exames no HFM e será transferido
17/05/2016 | 13h29

Papinha

O deputado estadual Papinha (PP), que sofreu acidente de carro na noite de ontem (16), na RJ 224 (aqui), passou por exames no Hospital Ferreira Machado (HFM) e deve ser transferido para o Hospital Dr. Beda nesta terça-feira (17). Exames detectaram traumas no tornozelo esquerdo e pulmão, por conta da pancada. De acordo com os médicos, que conversaram com a família, não há motivo para preocupação. O quadro é estável, mas não há previsão de alta.

No corredor do Ferreira Machado, o parlamentar se queixa das dores e não se lembra o motivo que ocasionou o acidente.

Comentar
Compartilhe
Cofre aberto: mais de meio milhão por aluguel de veículos
17/05/2016 | 09h15

A empresa LUMENTECH COMERCIO E SERVICOS LTDA recebeu, na última sexta-feira (13), mais R$ 504 mil da Prefeitura de Campos por serviços de locação de veículos. A informação está disponível no Portal da Transparência. Porém, não é possível saber quais são os veículos, nem quantos foram alugados. O pagamento ocorreu dois dias após a Prefeitura anunciar a terceira "venda do futuro", que injetou R$ 367 milhões nos cofres do governo municipal. 

Contrato de R$ 8,7 milhões – Em janeiro do ano passado a coluna “Extra, Extra”, da jornalista Berenice Seara, publicou uma nota (aqui), sobre a prorrogação, por um ano, do contrato de locação de veículos através de um termo aditivo de R$ 8,7 milhões. Na época, a jornalista buscou detalhes sobre o contrato, mas não obteve resposta.

Empreiteira - Com a "venda do futuro" na conta, a empreiteira F.L.G. EMPREENDIMENTOS LTDA também recebeu. O pagamento de R$ 1,3 milhão foi por conta de uma obra de infraestrutura no Farol de São Thomé. Para quem não se lembra, esta foi a empresa que colocou os bloquetes coloridos no Farol (aqui).
Comentar
Compartilhe
Prefeitura gasta mais R$ 1,7 milhão com material que poderia ser gratuito
17/05/2016 | 09h08

A Prefeitura de Campos pagou na última sexta-feira (13) mais R$ 1,7 milhão pela aquisição de material didático da empresa Merlin Sistema de Ensino Ltda. A informação foi divulgada hoje (17) no relatório de pagamento do Portal da Transparência.

O pagamento ocorreu no mesmo dia em que a oposição esteve no Ministério Público Federal (MPF) (e protocolou uma representação em face da prefeita Rosinha Garotinho (PR) e do secretário de Educação, Cultura e Esportes, Frederico Tavares Rangel. O objetivo dos vereadores é buscar informações sobre os contratos firmados entre a Prefeitura de Campos e as empresas Expoente e Merlin, que fornecem material didático (aqui).

De acordo com os parlamentares, já foram gastos mais de R$ 40 milhões com materiais que poderiam ter sido disponibilizados gratuitamente pelo governo federal. “Essa empresa Merlin, de Curitiba, é uma submarca da Expoente, com o mesmo CNPJ. Se a cidade vive um momento difícil, como podemos aceitar esse tipo de gasto com materiais que são enviados gratuitamente pelo governo federal?”, indagou o vereador Fred Machado (PPS).

Comentar
Compartilhe
Chicão tranquilão
16/05/2016 | 17h04

chicão

Enquanto a oposição bate cabeça com mais de 10 pré-candidaturas e disputas até entre amigos e familiares, o vice-prefeito Chicão Oliveira (PR) tem esbanjado tranquilidade. Mesmo sendo ex-comandante da Saúde, área apontada nas pesquisas como a pior do governo Rosinha, Chicão não exibe um único arranhão. Apontado como o nome mais viável do grupo para disputar a Prefeitura, ele tem dito que está cada vez mais "firme e forte".

Neste momento, além de não desgastar os possíveis nomes do governo (Chicão e Mauro), a oposição ainda está conseguindo se destruir sozinha.

Comentar
Compartilhe
Governo Rosinha gasta mais R$ 76 mil com queima de fogos
16/05/2016 | 10h45
[caption id="attachment_41332" align="aligncenter" width="410"]Foto: Rogério Azevedo Foto: Rogério Azevedo[/caption]

Um dia após anunciar a terceira "venda do futuro", que injetou R$ 367 milhões nos cofres da Prefeitura, o governo Rosinha soltou pagamentos para a empresa Inside FX Efeitos Especiais. De acordo com a publicação no Portal da Transparência, a empresa prestou serviço de “pirotecnia”. Ou seja, trata-se de um espetáculo com fogos de artifício. A soma das duas notas fica em R$ 76 mil. 

É bom lembrar que, em abril, a mesma empresa recebeu R$ 96 mil, também por serviços de pirotecnia (aqui).

Ou seja, em dois meses a Prefeitura pagou mais de R$ 170 mil por espetáculos pirotécnicos.

Comentar
Compartilhe
Cofre aberto: Prefeitura gasta mais R$ 60 mil com passagens aéreas
16/05/2016 | 10h20
voar-voar

A Prefeitura de Campos, que vive a maior crise das últimas décadas, decretou estado de emergência econômica e "vendeu o futuro" três vezes, gastou mais R$ 60 mil com passagens áreas.

A empresa L.M Viagens e Turismo recebeu três notas no último dia 12, totalizando R$ 60 mil. 

Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência, que não detalha o destino, nem quem utilizou as passagens.

 Em abril a Prefeitura pagou R$ 20 mil, em março 16,5 mil e, em fevereiro, Rosinha gastou R$ 42 mil com passagens aéreas. 

Nos últimos três anos o governo Rosinha gastou mais de R$ 1,4 milhão com passagens aéreas: aqui.

 
Comentar
Compartilhe
Esqueceram de mim
15/05/2016 | 22h14
[caption id="attachment_41315" align="aligncenter" width="416"]Charles Guerreiro é o décimo pré-candiado governista Charles Guerreiro é o décimo pré-candiado governista[/caption]

O grupo rosáceo, que irá disputar uma eleição interna, conta com 10 pré-candidatos à Prefeitura. O último a entrar no páreo foi Charles Guerreiro (PR), como mostrou o blog "Na Curva do Rio" (aqui). Porém, ocorreu uma situação inusitada: ele foi esquecido pelos organizadores e não apareceu em uma matéria divulgada pelo grupo.

Após se queixar em um grupo do NOS no WharsApp, Charles foi incluído na lista dos prefeitáveis rosáceos com direito a pedido de desculpa do líder.

zap
Os dez prefeitáveis governistas são: Chicão Oliveira (PR), Mauro Silva (PSDB), Edson Batista (PTB), Auxiliadora Freitas (PHS), Eduardo Crespo (PR), Thiago Ferrugem (PR), Fábio Ribeiro (PR), Edílson Peixoto (PR), Paulo Hirano (PR) e Charles Guerreiro (PR).
Comentar
Compartilhe
Câmara de Campos vai seguir exemplo da Alerj?
15/05/2016 | 21h37

cheque

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro doou (Alerj) doou  no início deste mês oito cheques no valor total de R$ 16 milhões para órgãos estaduais, entre eles, a secretaria de Segurança, que recebeu R$ 3,5 milhões. De acordo com a Alerj, as doações, em caráter emergencial, foram aprovadas pela Mesa Diretora no dia 19 de abril e os recursos sairão do orçamento da casa, que economizou mais de R$ 169 milhões em 2015 com o corte de despesas de custeio.

E a Câmara de Campos, que anda gastando com bustos e parece não sentir os efeitos da crise, fará alguma doação ao governo municipal? Será que a Câmara não tem condições de ajudar entidades como Apoe. Apae, Casa Irmãos da Solidariedade, por exemplo?

Quando a Câmara economizou? - A atual gestão da Alerj diz que economizou R$ 169 milhões  em 2015 com corte de despesas de custeio. E a Câmara de Campos, quando economizou em 2015? Será que o orçamento anual de R$ 30 milhões, que supera a receita de muitas cidades brasileiras, é pouco?

Não sobrou nada - Nos últimos anos a Câmara de Campos não devolveu um centavo ao governo municipal. Algo que não ocorria nas gestões anteriores. Em 2012, por exemplo, o então presidente Nelson Nahim devolveu R$ 1,2 milhão à Prefeitura. "Fizemos obras, concedemos reajuste, contratamos e, mesmo assim, conseguimos economizar R$ 1,2 milhão", disse Nahim na ocasião (aqui).

Comentar
Compartilhe
Após sinalizar apoio ao filho, Arnaldo diz que é pré-candidato
14/05/2016 | 15h30

Em recente entrevista o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN) afirmou que "a única vez que vemos os pais se separarem dos filhos são nas novelas" (aqui). Porém, ao trocar o PDT pelo PEN, Arnaldo iniciou uma novela que parecia ter contato com o seu capítulo final na última quinta-feira (12), quando sinalizou seu apoio ao filho Caio Vianna (aqui), que é pré-candidato à Prefeitura de Campos.

Mas ao que tudo indica essa novela ainda vai contar com mais alguns capítulos. Hoje (14), dois dias depois de discursar e exaltar as qualidades do filho, que já foi lançado como candidato à Prefeitura pelo PDT (aqui), o diretório municipal do PEN divulga uma Nota de Esclarecimento, assinada por Arnaldo e Assuer Junior, informando que a legenda terá candidatura própria e que o ex-prefeito ainda é pré-candidato.

Sobre as pendências jurídicas, que deixaram Arnaldo inelegível nas últimas eleições, a nota se limita a dizer que "a respeito da judicialização está trabalhando e confiamos plenamente no êxito da demanda".

Ou seja, neste momento temos pai e filho pré-candidatos à Prefeitura de Campos. No grupo do PEN, nomes que defendem a pré-candidatura de Arnaldo apostam que Caio perde o PDT para Garotinho. Já o grupo que defende a pré-candidatura de Caio aponta a pendência jurídica de Arnaldo e enxerga o filho como melhor opção.

Agora, o que resta é esperar os próximos capítulos.

arnaldo pen
Comentar
Compartilhe
Após "venda do futuro", Garotinho lança "pacote de bondades"
14/05/2016 | 00h19

Garotinho-Comudes

Nos últimos dias o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) chamou todas as responsabilidades para ele. Conversou com artistas no Teatro de Bolso, negociou com carnavalescos, se reuniu com os diretores de hospitais conveniados, anunciou a "Frente Popular" e até lançou "pacote de bondades".

Matéria publicada pelo Diário informa que a secretaria de Controle da prefeitura já empenhou os recursos da ordem de R$ 50 milhões para a conclusão das obras dos hospitais São José (Goitacazes) e de Travessão; do Mercado Municipal, com a construção do Novo Shopping Popular Michel Hadad; de 12 creches e seis escolas-modelo; de mais cinco vilas olímpicas; além da retomada do programa Bairro Legal em vários pontos do município. Será que todas as obras serão concluídas em sete meses e meio?

Segundo o líder rosáceo, os R$ 367 milhões do terceiro empréstimo serão investidos em obras, pagamento de fornecedores e na recontratação de funcionários para escolas, creches como auxiliares de creches e merendeiras, entre outras.

Nos bastidores, os aliados do governo comemoraram com entusiamo a terceira "venda do futuro". Faltando menos de cinco meses para a eleição, eles acreditam que esse "pacote de bondades" será fundamental para fortalecer o grupo na disputa.

Comentar
Compartilhe
Rosáceos lançam "Frente Progressista Popular"
13/05/2016 | 23h45

IMG_6991

Foi lançada nesta sexta-feira (13), no auditório da CDL/Campos, a "Frente Progressista e Popular". O grupo, formado por 12 partidos, assinou um documento onde se comprometem a seguir o mesmo objetivo político: consolidar políticas públicas que promovam desenvolvimento social, econômico e político da cidade de Campos.

Fazem parte da frente os seguintes partidos: PR, PTB, PTC, PHS, PT do B, PSDB, PSD, PMB, Solidariedade, PRTB, PSL e PRP.

As legendas foram representadas por seus presidentes municipais, Edson Batista do PTB, Renatinho do PTC, Kellinho do PR, Luciano Freitas do PMB, Orlando Portugal do Solidariedade, Wainer Teixeira do PHS, Otávio Amaral do PT do B, Paulão do PSD, Gilson do PRTB, Vinícius Madureira do PRP, Miguelito do PSL e Mauro Silva representando o PSDB.

Também compareceram os vereadoras Miguelito (PSL), Thiago Virgílio (PTC), Jorge Rangel (PTB), Auxiliadora Freitas (PHS), Cecília Ribeiro Gomes (PT do B), Jorge Magal (PSD), Neném (PTB) e Alvaro César (PRTB), além do deputado estadual, Bruno Dauaire (PR).

Abrindo o encontro, o secretário de Governo Anthony Garotinho comentou sobre a missão da Frente. “Neste ato de hoje vamos formalizar a Frente Progressista e Popular com esses 12 partidos, de onde irão sair os pré-candidatos a prefeito e a vice, que serão responsáveis por manter este governo progressista e popular. Neste momento de crise financeira nacional que estamos vivendo é importante manter a união e o foco no trabalho realizado”.

No momento a Frente conta com 10 pré-candidatos à Prefeitura. Chicão Oliveira (PR), Mauro Silva, Edson Batista, Paulo Hirano (PR), Auxiliadora Freitas, Thiago Ferrugem (PR), Edílson Peixoto (PR), Eduardo Crespo (PR), Charles Guerreiro (PR) e Fábio Ribeiro (PR).

Fonte: Blog do Edson Batista

Comentar
Compartilhe
No MPF, oposição questiona gastos milionários com material didático
13/05/2016 | 15h44

oposição no mpf

Os vereadores Fred Machado (PPS), Rafael Diniz (PPS), Marcão (Rede) e José Carlos (PSDC) foram ao Ministério Público Federal (MPF) nesta sexta-feira (13) e protocolaram uma representação em face da prefeita Rosinha Garotinho (PR) e do secretário de Educação, Cultura e Esportes, Frederico Tavares Rangel. O objetivo dos vereadores é buscar informações sobre os contratos firmados entre a Prefeitura de Campos e as empresas Expoente e Merlin, que fornecem material didático. De acordo com os parlamentares, já foram gastos mais de R$ 40 milhões com materiais que poderiam ter sido disponibilizados gratuitamente pelo governo federal. "Essa empresa Merlin, de Curitiba, é uma submarca da Expoente, com o mesmo CNPJ. Se a cidade vive um momento difícil, como podemos aceitar esse tipo de gasto com materiais que são enviados gratuitamente pelo governo federal?", indaga Fred.

Para Rafael Diniz, os recursos utilizados com o material da Expoente/Merlin poderiam ser aplicados de outra forma. "Muitos municípios que utilizam o material enviado pelo governo federal estão com notas muito melhores do que Campos no ranking do Ideb. Então, esse recurso poderia ser aplicado em outras áreas ou na própria Educação. Nossa luta é pela responsabilidade com os gastos públicos", frisou Rafael.

Além dos quatro vereadores que foram ao MPF, também assinaram a representação os seguintes parlamentares: Nildo Cardoso (DEM), Dayvison Miranda (PSDC), Gil Vianna (PSB), Alexandre Tadeu (PRB) e Genásio (PSC).

Nos anos de 2013 e 2014 o blog “Opiniões”, do jornalista Aluysio Abreu Barbosa, contou com uma ampla cobertura sobre o caso Expoente.

Confira aquiaquiaquiaquiaquiaquiaquiaquiaquiaqui e aqui.

Comentar
Compartilhe
Arnaldo: "É hora de apostar na juventude"
13/05/2016 | 11h00

arnaldo e caio

O ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN) participou ontem da inauguração da nova sede do PDT e, ao lado de antigos e novos militantes, anunciou que aposta suas fichas na pré-candidatura do seu filho Caio Vianna (PDT) à Prefeitura de Campos.

Se em março Arnaldo se declarava pré-candidato (aqui) e dizia que estava "livre para concorrer", agora o discurso está focado em uma aposta na juventude. "O nosso país vive um momento dramático. Em nossa cidade não é diferente. Os que prometeram a mudança quebraram o município. Por isso, é hora de apostar nos jovens com capacidade para enfrentar grandes desafios. Troquei o PDT pelo PEN, mas deixei o melhor de mim no partido que carrego em meu coração", disse Arnaldo, que desde o início afirmava que estaria junto com o filho dentro de sua estratégia para a eleição deste ano.

Comentar
Compartilhe
Antes do rombo no PreviCampos, escândalos no Caprev e Prece
13/05/2016 | 10h27

O histórico do grupo garotista com fundo dos servidores não é nada animador. Décadas antes do atual escândalo (aqui), que gerou até ação de improbidade administrativa, proposta pelo Ministério Público Estadual de Campos (MPE) (aqui), os rosáceos conviveram com polêmicas na primeira passagem de Garotinho pela Prefeitura e também durante a gestão no governo estadual.

Caprev - Matéria publicada pela revista “Época” em 2010 (aqui) informa que, em seu primeiro mandato na Prefeitura de Campos, Anthony Garotinho criou a Caprev, Caixa de Assistência e Previdência de Campos. Para presidi-la, nomeou o amigo Jonas Lopes de Carvalho. Cada servidor do município sofria descontos de 8% a 11% por mês, dependendo da faixa salarial, para capitalizar a Caprev. No fim do governo, os adversários descobriram que o caixa da Caprev estava vazio.  o ex-vereador Antônio Carlos Rangel lembra que, ocasião, apresentou ao plenário da Câmara Municipal um requerimento de informações sobre a Caprev. “Meu pedido foi rejeitado porque Garotinho tinha maioria”, diz. “Dos 21 vereadores, apenas cinco votaram comigo.” Rangel chama de “escândalo” o episódio da Caprev.

Dívida parcelada há 20 anos - A revista “Época” teve acesso a um documento interno da prefeitura, o ofício 64/96, em que o então prefeito Sérgio Mendes informa à Caprev que herdou de Garotinho uma dívida de R$ 8,4 milhões e pede o parcelamento do débito. Já Garotinho e Jonas Lopes garantem que tudo estava em perfeito funcionamento quando Mendes assumiu.

Escândalo Prece - Fundo dos servidores da Cedae - Em 2006, durante o último ano da gestão de Rosinha no governo do estado, a polêmica ficou por conta do Prece, fundo dos servidores da Cedae. Na ocasião, como mostra matéria publicada pela Folha de S. Paulo, houve "suspeita de desvio de dinheiro do fundo para uso político no governo Rosinha Matheus (PMDB) e o TCE decidiu realizar uma inspeção extraordinária no Prece". O tribunal teria indícios de que ao menos R$ 300 milhões poderiam ter sido desviados desde que Rosinha assumiu o governo, em 2003.

Eduardo Cunha ajudou - O caso foi parar na CPI dos Correios e havia uma proposta para derrubar os sigilos do fundo. Mas segundo a matéria publicada na Folha de S. Paulo (aqui), Garotinho articulou com ninguém mais, ninguém menos do que o deputado Eduardo Cunha (PMDB) para derrubar a proposta que pretendia abrir a caixa preta do fundo.

Comentar
Compartilhe
Câmara: R$ 100 mil para bustos, medalhas e troféus
13/05/2016 | 09h40

busto

Foram publicados no Diário Oficial desta sexta-feira (13) os extratos dos contratos firmados pela Câmara de Campos para contratação de empresas especializadas no fornecimento e instalação do busto de Manoel Theodoro de Almeida Baptista e Justina Maria do Espírito Santo para compor o Corredor Cultural da Câmara e aquisição de placas, troféus e medalhas para atender as necessidades da Câmara.

Comentar
Compartilhe
Dramas de uma cidade quebrada
13/05/2016 | 00h27

Se a demora para consertar o ar-condicionado do Teatro de Bolso já é motivo de revolta, o que podemos dizer sobre um paciente internado no Álvaro Alvim para cirurgia cardíaca que não passou pelo procedimento cirúrgico por falta de estrutura no Hemocentro. Com o aparelho de ar-condicionado do Hemocentro quebrado não era possível fazer os testes necessários para liberar as bolsas de sangue. Por conta disso, a cirurgia foi adiada.

E na semana passada o problema era a falta do kit para examinar o sangue.

Enquanto isso, o que resta aos pacientes é rezar...

E não são apenas os seres humanos que sofrem com a falta de estrutura desta pobre cidade rica. Em seu perfil no Facebook o empresário Victor Montalvão relatou o drama de um cavalo que foi atropelado na noite de ontem (12) Arthur Bernardes. Com o animal agonizando na pista, um guarda municipal ligou para o CCZ solicitando a eutanásia. Porém, cortaram o plantão do CCZ e não tem Veterinário. "Serviços básicos não funcionam mais, nossa cidade está largada", protestou Victor, lembrando que, após a intervenção de pessoas sensatas, um veterinário foi ao local examinar e acabar com o sofrimento do animal.

 
Comentar
Compartilhe
Neco: "Vamos ter que fazer mais cortes para manter contas equilibradas"
12/05/2016 | 23h41

Se na Prefeitura de Campos, que já conseguiu três empréstimos, a coisa tá feia e a prefeita teve que fazer "acrobacia" (aqui), nos outros municípios produtores, que não conseguiram uma única antecipação, a situação começa a ficar desesperadora. Em seu perfil no Facebook o prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), fez um relato sobre o drama para fechar as contas.

neco

Comentar
Compartilhe
As pedaladas de Rosinha
12/05/2016 | 15h16

rosinha

Em tempos de cobertor curto, com a necessidade de remanejar receitas de um lado para o outro, os responsáveis pela chave do cofre da Prefeitura de Campos estão trabalhando dobrado.

Por conta do contingenciamento de 30%, o governo Rosinha vai trabalhar com um orçamento de R$ 1,2 bilhão. Ou seja, só há recurso para a folha de pagamento, que deve ficar em torno de R$ 950 milhões, e gastos essenciais em áreas como Saúde e Educação. No caso da Saúde, já falta dinheiro para arcar com os convênios e hospitais ameaçam suspender atendimentos (aqui).

Para a oposição, a prefeita já encontrou um jeitinho. Além dos três empréstimos, cuja soma já ultrapassa R$ 1 bilhão, a prefeita já começou a pedalar. A primeira pedalada teria sido praticada ontem (12), quando a Câmara aprovou o parcelamento e reparcelamento de dívidas com o PreviCampos. "Será que a Câmara Municipal faltou com seu dever de fiscalizar e tomar providências em relação as dívidas da Prefeitura com o Fundo? Os atuais gestores municipais estariam ou não incorrendo em crime de improbidade administrativa?”, indaga o economista José Alves de Azevedo, ex-aliado do grupo rosáceo.

Comentar
Compartilhe
Ponto final — do teatro do oprimido ao papel de opressor
12/05/2016 | 11h43

Ponto-final2

Papéis invertidos (I)

Mais de 30 anos após ocupar o Teatro de Bolso como vice-presidente da Associação Regional de Teatro Amador (Arta), o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) viu os papéis se inverterem. Se na década de 80 ele estava ao lado dos oprimidos, dessa vez ele é apontado como o opressor. Ciente da repercussão da ocupação por parte dos artistas locais, com apoio de nomes nacionais como o ator Tônico Pereira, Garotinho chamou para si a responsabilidade e foi ao espaço dialogar em nome da prefeita Rosinha.

Papéis invertidos (II)

Como a Folha Dois informa em sua capa desta quinta-feira (aqui), o vereador Mauro Silva (PSDB) esteve ontem no Teatro de Bolso e dialogou com o grupo que ocupa o espaço. Líder do governo na Câmara de Campos, Mauro tentou levar os artistas ao encontro de Garotinho, mas eles disseram que esperavam pelo secretário no teatro. Horas depois, Mauro chegou ao teatro ao lado de Garotinho e do vice-prefeito Chicão Oliveira (PR).

Alma desarmada

Alegando estar com a “alma desarmada”, Garotinho contou histórias sobre o seu início no teatro e falou sobre o seu encontro com Rosinha, quando os dois frequentavam grupos teatrais diferentes. Ao ouvir alguém dizer que ele “foi ator”, Garotinho rebateu, com bom humor: “Não fui, ainda sou ator”. Ciente das deficiências da política cultural do município, ele deixou de lado o seu personagem agressivo e entrou em cena como o Garotinho Paz e Amor.

Qual será a solução?

Após dizer que acha o “movimento bonito”, Anthony Garotinho afirmou que o seu objetivo não era estimular o fim da ocupação, mas a busca por uma solução. Ele prometeu manter o diálogo e solicitou uma pauta de ação, com a possibilidade do grupo assumir a administração do teatro em uma gestão compartilhada. Hoje, às 21h, haverá mais uma reunião no teatro para avaliar a pauta de reivindicações.

Dividir para reinar

Mesmo com o seu personagem mais tranquilo, Garotinho não abandonou os seus instintos primitivos. Ao detectar artistas com personalidades fortes, ele passou a tentar dividir o grupo. “Tem gente que quer solucionar, outros pretendem apenas confrontar”. É a velha tática: dividir para reinar.

Patrícia na mira

A presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Patrícia Cordeiro, foi alvo de diversas críticas dos artistas que ocupam o Teatro de Bolso. Alegam falta de diálogo, desinteresse por ações culturais e foco apenas no entretenimento e gastança com shows. Muitos artistas chegaram a cobrar a exoneração de Patrícia. Neste momento, Garotinho afirmou que não gostaria de “falar sobre pessoas” e deixou essa pauta para a noite de hoje.

“Você é o nosso exemplo”

Um dos atores disse que o jovem Garotinho de 1982, que lutou contra os poderosos e liderou a ocupação do Teatro de Bolso, serve como um exemplo para os artistas locais que cobram mais dignidade. No mesmo palco em que encenou e dirigiu muitas peças, o Garotinho de 2016, já grisalho, parecia refletir sobre a grande ironia do destino, como na dramaturgia dos antigos gregos que deu origem ao teatro. Resta saber se como comédia, ou tragédia.

Comentar
Compartilhe
Dilma: "Posso ter cometido erros, não crimes"
12/05/2016 | 11h21

dilma

Em pronunciamento na manhã desta quinta-feira (12), após a decisão do Senado, a presidente afastada Dilma Roussef (PT) voltou a chamar o impeachment de "golpe" e garantiu ter "cometido erros, não crimes".

Confira alguns trechos:

"O que está em jogo são as conquistas sociais dos governos petistas. Está em jogo a grande descoberta do Brasil, o pré-sal".

 "Estamos vendo um impeachment fraudulento, um verdadeiro golpe (...) A oposição conspirou abertamente".

"Meu governo tem sido alvo de intensa sabotagem que serviu para forjar o meio ambiente propício ao golpe".

A presidente afastada Dilma diz que "não cometeu crime de responsabilidade", não tem contas no exterior, nunca recebeu propinas e jamais compactuou com a corrupção. Dilma diz que o processo é frágil, juridicamente inconsistente, contra uma pessoa inocente.

"Não existe injustiça mais devastadora que condenar um inocente", disse Dilma, denunciando uma "farsa jurídica".

 "Nada restou para ser pago, nem dívida há", diz Dilma, afirmando que praticou "atos legítimos de gestão orçamentária".

Dilma voltou a dizer que "atos idênticos" foram praticados pelos seus antecessores. "Não era crime então, e não é crime agora", disse.

Ela garantiu que vai continuar lutando para exercer seu mandato até o fim, até 2018.

"Vamos mostrar ao mundo que há milhões de defensores da democracia em nosso país", diz Dilma. "A democracia é o lado certo da história. Jamais vamos desistir, jamais vou desistir de lutar", disse.

Comentar
Compartilhe
Gilmar Mendes autoriza inquérito contra Aécio por caso Furnas
12/05/2016 | 04h53

aecio

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes acolheu um dos pedidos da Procuradoria-Geral da República (PGR) para abertura de inquérito contra o senador e presidente do PSDB, Aécio Neves (MG). A decisão de Mendes em autorizar as investigações por corrupção passiva e lavagem de dinheiro contra o tucano, baseadas na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, aconteceu no mesmo dia em que ele foi sorteado para relatar o caso no Supremo.

Embora o acordo de colaboração de Delcídio com a PGR tenha sido firmado no âmbito da Operação Lava Jato, o relator da operação no STF, ministro Teori Zavascki, considerou em despacho na terça-feira que as suspeitas que recaem sobre a participação de Aécio em um esquema de corrupção em Furnas, subsidiária da estatal do setor elétrico Eletrobras, não têm conexão com a Lava Jato.

No pedido para investigar o senador tucano, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicita que ele preste depoimento ao Ministério Público Federal em um prazo de até três meses, assim como outras pessoas supostamente envolvidas no esquema de corrupção na estatal, como o ex-diretor de Furnas Dimas Toledo. O procurador-geral também pede à Polícia Federal que colete indícios entre o material já apreendido na Operação Lava Jato para a apuração das suspeitas.

Em depoimentos prestados aos investigadores do Ministério Público Federal, Delcídio relatou um diálogo mantido com o ex-presidente Lula, em que o assunto foi a influência de Aécio na diretoria de Furnas comandada por Dimas Toledo, a quem cabia administrar contratos de terceirização. Segundo o ex-petista, em uma viagem em maio de 2005, Lula quis saber quem era Toledo e disse: "Eu assumi e o Janene veio pedir pelo Dimas. Depois veio o Aécio e pediu por ele. Agora o PT, que era contra, está a favor". Na sequência, Lula concluiu: "Pelo jeito ele está roubando muito".

Fonte: Veja 

Comentar
Compartilhe
"Venda do futuro": R$ 367 milhões na conta e prestações até 2026
11/05/2016 | 19h59
REGALIAS POR EL PETROLEO. ILUSTRACION: SEMANA OCTUBRE 4 DE 2010

Como mostra o blog "Na Curva do Rio", da jornalista Suzy Monteiro (aqui), a Prefeitura de Campos anunciou nesta quarta-feira (11) a sua terceira "venda do futuro" em menos de um ano e meio. O valor, adiantado por este blog no último dia 05 (aqui), foi de R$562 milhões.

Porém, em seu comunicado oficial, a Prefeitura esclarece que R$ 195 milhões nem chegaram a entrar nos cofres, já que foram usados para "quitar integralmente o saldo da cessão anterior". Ainda segundo o comunicado, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) terá R$ 367 milhões para "investimentos em todos os setores do município".

Juros - O comunicado da Prefeitura não fala sobre os juros oriundos desta terceira "venda do futuro". Na operação anterior o mistério só foi divulgado quando o advogado José Paes Neto teve acesso ao contrato. Naquela operação o governo havia se comprometido a pagar cerca de R$ 110 milhões só de juros (aqui). De acordo com o comunicado, o parcelamento vai durar uma década.

“Venda do futuro” no balcão de negócios do impeachment - Matéria do jornalista José Casado, publicada em abril no “Extra” (aqui), revela as negociações nos bastidores de Brasília. De acordo com a reportagem, o empréstimo de Campos entrou na negociação.

Comentar
Compartilhe
PMN na trincheira da oposição
11/05/2016 | 17h20
[caption id="attachment_41209" align="aligncenter" width="417"]pmn A presidente estadual do PMN, Graça Lara Fortes, com a Alessandra Faes, que comanda a legenda em Campos[/caption]

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) que contava com o vereador Álvaro César no "rolo compressor" governista e era presidido no município por nomes ligados ao parlamentar rosáceo, agora está na trincheira da oposição. Quem assumiu a presidência da legenda em Campos foi Alessandra Faes, que é pre-candidata a vereadora.

Na disputa pela Prefeitura o partido deve caminhar ao lado do PDT, que aposta na pré-candidatura de Caio Vianna.

Comentar
Compartilhe
Rafael Diniz: "Estão vendendo o futuro dos servidores"
11/05/2016 | 11h43

Rafael-Diniz

O Gabinete da Prefeita enviou ao Legislativo, para a aprovação em ritmo de "rolo compressor", um projeto que visa parcelar e reparcelar os débitos do governo com o seu Regime Próprio de Previdência Social. "Estão arrombando os cofres do Previcampos. Meteram a mão no dinheiro dos servidores e agora sugerem esse parcelamento. Estão metendo a mão desde 2014. Já parcelaram outras vezes e não pagaram", disparou o vereador Marcão (Rede), que defende uma auditoria nas contas do Previcampos.

Já o vereador Rafael Diniz (PPS) afirma que se trata de mais uma "venda do futuro". "Já venderam o futuro duas vezes e, agora, estão vendendo o futuro dos servidores municipais. Estão negociando o dinheiro sagrado dos servidores. Não houve diálogo sobre a dívida nem debate com a Câmara. O projeto chegou agora e já querem votar em regime de urgência. Qual é a posição do Sindicato dos Servidores?", protestou Diniz.

Para o vereador José Carlos (PSDC), trata-se de "um sequestro de um bem dos servidores. Qual é o tamanho do rombo?", indagou.

Na visão de Genásio (PSC), quem aprovar o projeto se responsabiliza por "aposentados e pensionistas que irão sofrer um duro golpe".

Na tribuna, o vereador Alexandre Tadeu (PRB) disse que o projeto "só tem a missão de tapar o buraco nas contas da Prefeitura".

Dayvison Miranda (PSDC) afirmou que "Garotinho raspou o Fundo dos servidores da Cedae quando foi governador".

Na defesa do governo, o vereador Paulo Hirano (PR) afirmou que "ninguém está pegando dinheiro do servidor". Ele garante que "o parcelamento de um débito será feito dentro da legalidade".

O vereador Jorge Rangel (PTB) defendeu o governo, mas ressaltou que "o projeto não é dos melhores".

"Acrobacia" foi alertada por ex-secretário - Em abril (aqui) o economista José Alves de Azevedo Neto, que já atuou como secretário do governo Rosinha, chegando a representar os rosáceos nos debates sobre Orçamentos anuais na Câmara, apontou uma "acrobacia", com utilização de “crédito podre do Fundecam”, para amortizar a dívida da Prefeitura de Campos com o Previcampos.

Comentar
Compartilhe
Veja a ordem de senadores que vão discursar sobre o impeachment
11/05/2016 | 09h27

A senadora Ana Amélia (PP-RS) será a primeira a discursar sobre o impeachment. No total, 68 parlamentares se inscreveram para falar na sessão que votará o afastamento temporário da presidente Dilma Rousseff (PT). Ela será seguida por José Medeiros (PSD-MT) e Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP). Todos eles são a favor do processo de impeachment. Cada um terá direito a 15 minutos de fala — e, se todos usarem todo o tempo, só essa parte da sessão vai levar 17 horas. O senador Romário (PSB) será o 11º a discursar. Mesmo número que ele usava nas costas quando jogava. Marcelo Crivella (PRB) será o 29º  e Lindbergh Farias (PT) o 49º. Um discurso muito esperado é o do ex-presidente Fernando Collor, que sofreu impeachment em 1992. Ele será o 38º .

A sessão para votar a instauração do processo de impeachment de Dilma é dividida em três blocos: das 9h às 12h; das 13h às 18h; e das 19h até o termino da votação.

Depois de todos os senadores inscritos discursarem, é a vez do relator da comissão especial do impeachment no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG), discursar e, depois, do advogado-geral da união, José Eduardo Cardozo, que defenderá Dilma Rousseff. Os dois também terão 15 minutos de fala. Por fim, começa a votação.

A ordem dos discursos 1. Senadora Ana Amélia 2. Senador José Medeiros 3. Senador Aloysio Nunes Ferreira 4. Senadora Marta Suplicy 5. Senador Ataídes Oliveira 6. Senador Ronaldo Caiado 7. Senador Zeze Perrella 8. Senadora Lúcia Vânia 9. Senador Magno Malta 10. Senador Ricardo Ferraço 11. Senador Romário 12. Senador Sérgio Petecão 13. Senador Telmário Mota 14. Senador Dário Berger 15. Senadora Simone Tebet 16. Senador Cristovam Buarque 17. Senadora Angela Portela 18. Senador José Maranhão 19. Senador José Agripino 20. Senador Jorge Viana 21. Senador Acir Gurgacz 22. Senadora Fátima Bezerra 23. Senador Eduardo Amorim 24. Senador Aécio Neves 25. Senador Wilder Morais 26. Senador Alvaro Dias 27. Senador Waldemir Moka 28. Senador Roberto Requião 29. Senador Marcelo Crivella 30. Senador Randolfe Rodrigues 31. Senador Lasier Martins 32. Senadora Vanessa Grazziotin 33. Senador Reguffe 34. Senador Hélio José 35. Senador Cássio Cunha Lima 36. Senadora Regina Sousa 37. Senador Armando Monteiro 38. Senador Fernando Collor 39. Senador Fernando Bezerra Coelho 40. Senador Valdir Raupp 41. Senador Paulo Bauer 42. Senador Gladson Cameli 43. Senador Garibaldi Alves Filho 44. Senador Omar Aziz 45. Senador João Capiberibe 46. Senadora Lídice da Mata 47. Senador Antonio Carlos Valadares 48. Senador Otto Alencar 49. Senador Lindbergh Farias 50. Senador Paulo Rocha 51. Senadora Maria do Carmo Alves 52. Senador Tasso Jereissati 53. Senador Wellington Fagundes 54. Senadora Gleisi Hoffmann 55. Senador Flexa Ribeiro 56. Senador Paulo Paim 57. Senador Roberto Rocha 58. Senador Blairo Maggi 59. Senador Donizeti Nogueira 60. Senador José Pimentel 61. Senador Dalirio Beber 62. Senador Walter Pinheiro 63. Senador José Serra 64. Senador Humberto Costa 65. Senador Davi Alcolumbre 66. Senador Ciro Nogueira 67. Senador Ivo Cassol 68. Senador Benedito de Lira Fonte: Extra/Senado
Comentar
Compartilhe
Após "fogo amigo", rosáceo avisa: "vai levar porrada"
11/05/2016 | 08h41

briga-trabalho-elhombre

O clima no grupo governista não é um mar de rosas.

Ontem (10), no grupo do WhatsApp "Amigos do Garotinho", um rosáceo mandou o seguinte recado: "Estão tirando pessoas indicadas por mim e colocando de outros candidatos. Coisa de moleque. Vai levar porrada!".

A turma do deixa disso tentou acalmar os ânimos, mas o clima ficou pesado.

Comentar
Compartilhe
Uniformes no lixo: secretário abre sindicância e promete apurar
10/05/2016 | 13h50

frederico

O blog publicou nota ontem (09) informando que, há dois meses, um pai de aluno da rede municipal encaminhou ao vereador Fred Machado (PPS) um vídeo que mostra, em um galpão onde são guardados ônibus da Prefeitura, diversos uniformes escolares da rede municipal cheios de bolor e jogados em uma lixeira (aqui).

Hoje (10), o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Frederico Rangel, informou que foi aberta uma sindicância para apurar o caso. "Procuramos o jurídico da secretaria e instauramos uma sindicância para apurar imediatamente. Mas por que levaram dois meses para divulgar o vídeo? Só divulgaram após a licitação para uma compra necessária", disse o secretário (aqui).

Cabe lembrar ao secretário que o vídeo não foi divulgado apenas agora. A primeira publicação foi feita em março (aqui).

Comentar
Compartilhe
Auxiliadora: "Dinheiro de Campos não está em paraísos fiscais"
10/05/2016 | 13h02

Auxiliadora-nova

Durante a sessão desta terça-feira (10) a vereadora Auxiliadora Freitas (PHS) usou a tribuna para defender o governo Rosinha. "O dinheiro de Campos não foi parar na Suíça ou em paraísos fiscais. O dinheiro está nos salários em dia e no plano de cargos e salários, por exemplo", disse a parlamentar, que é pré-candidata à Prefeitura.

Para a parlamentar, os problemas econômicos enfrentados pela Prefeitura foram gerados "lá em Brasília pelos petistas e peemedebistas".

Marcão questiona - Após a fala de Auxiliadora o vereador Marcão (Rede) aproveitou para alfinetar. "Se não tem dinheiro na Suíça, nem em paraísos fiscais, por que a vereadora se negou a assinar o pedido de CPI para investigar o contrato da Odebrecht em Campos?".

Comentar
Compartilhe
Garotinho condenado a pagar mais uma indenização
10/05/2016 | 09h27

Garotinho-4

Pelo jeito o líder rosáceo vive uma espécie de inferno astral.

O secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) perdeu mais uma ação na Justiça. Dessa vez a derrota, no Tribunal de Justiça (TJ-RJ), foi para o deputado estadual André Lazaroni (PMDB). Na campanha eleitoral de 2010, Garotinho, então deputado federal, afirmou em seu blog que Lazaroni teria feito acordo com o tráfico na Rocinha para conseguir votos.

A 15ª Câmara Cível o condenou a pagar R$ 20 mil a Lazaroni. Garotinho alegou que Lazaroni queria censurá-lo. Caiu ainda o argumento de que tinha direito à inviolabilidade da palavra na época, quando era deputado federal. Para a Justiça, Garotinho quis difamar Lazaroni. A empresa Palavra de Paz Produções, que hospeda o blog e da qual Garotinho é sócio, foi incluída na condenação. É a segunda derrota do político no Judiciário em poucos dias. Sexta-feira, ele foi condenado na Justiça Federal a pagar R$ 176 mil por ofender o juiz federal Marcelo Tavares, além de prestar serviço à comunidade.

Fonte: Justiça e Cidadania/O Dia

Atualização às 16h30 - E não vai parar por aí. Em uma rápida busca pelos sites dos tribunais é possível notar que o ex-governador é réu em uma enormidade de processos. Inclusive, existe um que em breve irá completar duas décadas. Após deixar a Prefeitura, o ex-prefeito Sergio Mendes foi bombardeado e, munido das fitas, ingressou com um processo por calúnia e difamação. Mendes contou com vitórias e Garotinho recorreu. Neste momento o processo está no STF e uma condenação poderá fazer o dono da casinha da Lapa desembolsar uma bolada.

Comentar
Compartilhe
Prefeitura gasta mais R$ 25,8 mil com aluguel de veículos
10/05/2016 | 08h52

Mesmo em tempos de crise e após adquirir veículos zero quilômetro para atender algumas pastas, a Prefeitura de Campos continua gastando com aluguel. No relatório de pagamentos do Portal da Transparência é possível notar que a empresa Suprema Locação Ltda recebeu duas parcelas de R$ 12,9 mil (R$ 25,8) para locação de veículos. Como se tratam de parcelas dos meses de fevereiro e março, a Prefeitura ainda deve R$ 12,9 mil pela parcela de abril.

O contrato com a Suprema Locação foi assinado em dezembro do ano passado. Trata-se do segundo termo aditivo, no valor de R$ 155,6 mil.

Pelo contrato, que chega ao fim em dezembro, foram alugados quatro veículos (sem combustível e motoristas) para atender o gabinete da prefeita, gabinete do vice-prefeito e secretaria de Paz e Defesa Social (que nem existe mais).

Vital recebeu R$ 2 milhões - A Vital Engenharia, responsável pela coleta de lixo e varrição, recebeu R$ 2 milhões na última semana. As notas são referentes ao mês de janeiro. Ou seja, ainda existem dívidas de, pelo menos, R$ 6 milhões.

R$ 205 mil com combustível - Já a empresa Trivale Administração Lta recebeu R$ 205 mil por fornecer combustível.

Comentar
Compartilhe
Precisa acontecer alguma coisa
09/05/2016 | 23h43
[caption id="attachment_41147" align="aligncenter" width="446"]baú-do-fernando-leite Garotinho e Rosinha ocuparam o Teatro de Bolso na década de 80 e combateram a velha política / Foto: Baú do Fernando Leite[/caption]

Em 1983 um grupo muito promissor estava em cartaz no Teatro de Bolso com a peça "Precisa Acontecer Alguma Coisa", texto de Fernando Leite de Anthony Garotinho. O espetáculo tinha no elenco, Rose David, Marcia Gama, Luiz Guilherme, Rosinha Matheus, Ricardo André, Juscelino Resende, Jorge Luiz, Ricardo Sá, Gugu Leite, Fernando Leite e Garotinho. O jovem Sergio Mendes ajudava na sonoplastia. A peça estimulou o Movimento Político "Muda Campos", que em 1989 derrubou os velhos caciques e conquistou a Prefeitura de Campos.

Agora, mais de três décadas depois, outros jovens artistas ocupam o Teatro de Bolso e lutam contra velhos caciques, como mostra o blog "Opiniões" (aqui).

A vida é feita de ciclos e, como dizia o título da peça de Garotinho e Fernando Leite: Precisa acontecer alguma coisa.

Atualização às 9h20 - Em sua página no Facebook o jornalista Gustavo Matheus, que esteve na noite de ontem (09) no Teatro de Bolso, comentou sobre a ocupação.

gustavo post

Comentar
Compartilhe
Após uniformes no lixo, licitação para comprar uniformes
09/05/2016 | 15h18

Há dois meses um pai de aluno da rede municipal encaminhou ao vereador Fred Machado (PPS) um vídeo que mostra, em um galpão onde são guardados ônibus da Prefeitura, diversos uniformes escolares da rede municipal cheios de bolor e jogados em uma lixeira.

Agora, Fred divulga no Facebook que a Prefeitura vai realizar licitação para comprar camisas. "Onde está a responsabilidade pelo dinheiro público? E a crise?", indaga o parlamentar.

A licitação está marcada para o dia 20 de maio.

[caption id="attachment_41139" align="aligncenter" width="489"]uniforme CLIQUE NA IMAGEM PARA VER O VÍDEO[/caption]
Comentar
Compartilhe
Governo Rosinha fugiu das CPIs do Rombo e da Lava Jato
09/05/2016 | 15h05

Em 2013, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) solicitou uma auditoria e foi descoberto um rombo de R$ 110 milhões nos cofres do município. A oposição tentou emplacar uma CPI do Rombo na Câmara de Campos, mas o grupo rosáceo manobrou e escapou da investigação.

Em junho do ano passado a coluna “Ponto Final” informou que os articuladores do governo já manobravam para impedir que opositores e independentes abrissem a CPI. “A ideia é se adiantar e propor CPIs antes da oposição, enchendo a pauta e deixando a CPI da oposição no fim da fila” (aqui).

Repetiu a estratégia - Hoje (09), como mostra o blog "Na Curva do Rio" (aqui), o grupo rosáceo repetiu a estratégia para fugir da CPI da Lava Jato. Misteriosamente apareceram CPIs protocoladas antes e o pedido de investigação sobre as relações da Odebrecht em Campos foram parar no fim da fila.

Comentar
Compartilhe
Justiça ordena arresto de R$ 1,5 bilhão para pagar salários dos servidores estaduais
09/05/2016 | 14h30

O juiz Leonardo Grandmasson Ferreira Chaves, da 8ª Vara de Fazenda Pública, que já passou pela Comarca de Campos, ordenou o arresto imediato de R$ 1,5 bilhão das contas do governo do Estado. A decisão do juiz concede a tutela antecipada pedida pela Federação das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado do Rio (Fasp) para o pagamento de todos os servidores do Estado do Rio, sejam ativos ou inativos. A ordem foi expedida no início da tarde desta segunda-feira e será encaminhada para cumprimento pelos oficiais de justiça.

A Fasp já conta com os dados enviados pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) das contas do servidores para que o repasse seja feito até o fim da noite aos mais de 460 mil funcionários do Estado. A tutela pedida pela Federação cobrava o pagamento de todo o funcionalismo até o 3º dia útil do mês seguinte ao trabalhado, como o calendário de pagamento até dezembro de 2015. Hoje os pagamentos estão sendo feitos no 10º dia útil do mês seguinte ao trabalhado.

A decisão antecipa, desta forma, o pagamento dos servidores. O governo ainda não garantiu que o pagamento seria feito no dia 13. Na semana passada, a secretária de planejamento afirmou que somente arrestos poderiam ajudar nos pagamentos.

A decisão ressalta que, caso seja necessário, os oficiais de Justiça podem requisitar força policial para cumprimento da ordem. De acordo com o texto, a mudança da data de pagamento dos servidores para o 10º dia útil do mês subsequente impõe "ônus excessivo" aos servidores públicos (ativo e inativos) e pensionistas. A decisão ainda lembra que, com o descumprimento pelo Estado do Rio, várias associações e sindicatos vem buscando garantir o pagamento de seus representados em ações judiciais, o que é prejudicial e pode ter como consequência decisões conflitantes sobre o mesmo tema.

Fonte: Extra

Atualização às 19h55 - Suspensa - O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, suspendeu nesta segunda-feira, dia 9, a liminar concedida na tarde deste mesmo dia, pela 8ª Vara de Fazenda Pública da Capital, que determinava o arresto de R$ 1,5 bilhão das contas do Estado para o pagamento dos salários de abril dos servidores.

Comentar
Compartilhe
Cunha está por trás da decisão de Maranhão?
09/05/2016 | 13h21
Deputado Waldir Maranhão assume a presidência da Câmara Federal com o afastamento de Eduardo Cunha. Foto Orlando Brito Aliados da presidente Dilma Rousseff (PT) comemoram a decisão do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP), que anulou o processo de impeachment. É bom lembrar que Maranhão esteve com o presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) no último sábado (07). Irritado com a falta de apoio, Cunha pode estar tirando algumas cartas da manga. Essa polêmica, que pode atrasar o processo, é interessante para Cunha. Ou seja, o debate jurídico é o que menos importa  neste momento. O jogo é político e o balcão de negócios funciona 24h. O blog "Na Curva do Rio", da jornalista Suzy Monteiro, publicou nota sobre a decisão de Maranhão: aqui  Atualização às 16h55 - O jornalista Guilherme Amado divulgou na coluna do Lauro Jardim que a decisão de Waldir Maranhão de anular a tramitação do impeachment de Dilma Rousseff foi uma orientação do seu aliado e antecessor na presidência da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB).  Aqui
Comentar
Compartilhe
Pesquisas no forno
08/05/2016 | 10h57

Institutos já entraram em campo e as primeiras pesquisas registradas devem ser divulgadas nas próximas semanas em Campos. Porém, os responsáveis pelos levantamentos lembram que somente após as convenções, em agosto, será possível ter uma noção mais clara sobre o quadro do município. Em agosto, a estratégia do governo estará definida (um ou dois candidatos) e o número de nome da oposição será bem menor do que no momento.

Comentar
Compartilhe
Pedido de mãe
08/05/2016 | 10h51
Um aliado do grupo rosáceo revelou nos bastidores que a mãe pediu o seguinte presente: "Meu filho, larga esse governo. Você não precisa disso". Ele chegou até a pensar na possibilidade, mas optou por continuar na base. Entre o pedido da mãe e o governo, que o alimentou muito bem durante os últimos anos, ele ficou com a segunda opção.  
Comentar
Compartilhe
Garotinho é condenado a prisão por calúnia contra juiz
06/05/2016 | 18h39
[caption id="attachment_41110" align="aligncenter" width="412"]garotinho Foto de Leonardo Berenger[/caption]

O ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, secretário de Governo da Prefeitura de Campos, foi condenado pela Justiça Federal a dois anos e oito meses de prisão por calúnia contra o juiz federal Marcelo Leonardo Tavares. A pena, no entanto, foi substituída pelo pagamento de prestação pecuniária de mais 200 salários mínimos e prestação de serviço à comunidade, segundo decisão do juiz Marcos Andre Bizzo Moliari, da 9ª Vara Federal Criminal. A condenação ocorreu na última segunda-feira (02).

Garotinho, em seu blog pessoal, teria ofendido duas vezes o magistrado com comentários, acusando-o de prevaricação e corrupção passiva, de acordo com a decisão final do juiz. "A primeira mentira está na afirmação de que o Tribunal Regional Federal me condenou. É mentira. Um juiz em primeira instância deu uma sentença que qualquer cidadão que entenda minimamente de Direito sabe que foi encomendada. Inclusive estou representando contra esse magistrado no Conselho Nacional de Justiça, onde estive pessoalmente com a corregedora Ministra Eliana Calmon", escreveu ele em novembro de 2011.

Em 2012, ele voltou a fazer comentários contra o juiz, dizendo que "Aquele processo foi uma armação política e o juiz foi parte dela", afirmou Garotinho. Cabe recurso da decisão.

Fonte: G1

Atualização às 0h20 - Garotinho diz que alguns juízes "se acham Deuses" - Através de mensagem encaminhada aos aliados, pelo aplicativo WhatsApp, o ex-governador Garotinho informou que irá recorrer e voltou a alfinetar o juiz. "A notícia que um juiz federal me condenou por calúnia contra um colega seu é no caso daquele juiz amigo da cúpula corrupta da CBF que denunciei como deputado. Vou recorrer dessa decisão de primeira instância, pois a época era Deputado Federal e tudo que falei foi da Tribuna da Câmara amparado no artigo 53 da Constituição que diz que os parlamentares são invioláveis civil e penalmente por quaisquer de suas palavras e opiniões. Por acreditar que a decisão foi injusta, recorri contra o Juiz até o Conselho Nacional de Justiça. Juízes também erram embora alguns se achem Deuses".

Comentar
Compartilhe
Presidente nacional do PSB reforça pré-candidatura de Gil à Prefeitura
06/05/2016 | 15h33
gil em bsb

O vereador Gil Vianna, presidente do PSB em Campos, se encontrou em Brasília com o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira. Durante o encontro, Siqueira fez questão de reforçar a pré-candidatura de Gil à Prefeitura de Campos. De olho no crescimento do partido em cidades estratégicas, o PSB já colocou Campos como uma das prioridades no estado do Rio. Inclusive, o senador Romário já avisou que a legenda terá um "plano de ataque" forte na planície goitacá (aqui).

Gil Vianna participa em Brasília do Seminário Nacional do PSB, visando as eleições de 2016. No momento, o vereador articula com nomes da oposição e, até agosto, as alianças serão anunciadas.

Comentar
Compartilhe
Paulo Hirano também é pré-candidato à Prefeitura
06/05/2016 | 11h15

hirano2

Em sua coluna publicada nesta sexta-feira (06), na Folha, o jornalista Saulo Pessanha informa que o vereador Paulo Hirano (PR), ex-líder do governo Rosinha na Câmara, se colocou como mais um prefeitável do grupo rosáceo.

Hirano, que no ano passado ficou afastado durante oito meses para tratamento de saúde, quer enfrentar mais um desafio. Ele teria o apoio de um forte empresário do município, que foi peça fundamental nas últimas campanhas do grupo rosáceo em Campos.

Além de Hirano, o grupo governista conta com os seguintes prefeitáveis: Chicão Oliveira (PR), Mauro Silva (PSDB), Edson Batista (PTB), Auxiliadora Freitas (PHS), Eduardo Crespo (PR), Thiago Ferrugem (PR), Fábio Ribeiro (PR) e Edílson Peixoto (PR).

Comentar
Compartilhe
Quem é o pai da criança?
06/05/2016 | 10h09
[caption id="attachment_41091" align="aligncenter" width="470"]picciani cheque Após ajudar PM, Picciani disse que Alerj vai enviar recursos a Uenf[/caption]

Após a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) anunciar a liberação de R$ 1,5 milhão para ajudar a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), que enfrenta a pior crise financeira de sua história, o deputado estadual Bruno Dauaire (PR) fez questão de dizer que partiu dele o pedido de utilização de parte do fundo para socorrer a Uenf.

Porém, na visão de outros parlamentares e de políticos do município, não existe apenas um pai. Na última semana, em reunião do Parlamento Regional, deputados e vereadores se uniram em busca de um reforço para a Uenf (aqui).

Ontem (05), o presidente da Alerj, Jorge Picciani (PMDB) declarou no plenário da Alerj, durante solenidade de entrega do cheque de R$ 3,5 milhões a Polícia Militar, que “vão esperar a conclusão do quadrimestre para fazer o novo repasse, e que a próxima instituição a receber será a Uenf, diante do pedido feito pelos deputados Comte Bittencourt e Geraldo Pudim”.

Inclusive, Pudim afastou a possibilidade de existir apenas "um pai" e frisou que se trata de uma conquista coletiva. “Essa é uma conquista coletiva. A Alerj se sensibiliza com a Uenf. A Comissão de Educação, na pessoa do deputado Comte Bittencourt, tem sido braço forte em defesa da Uenf e, como deputado e Primeiro Secretário fiz todos os esforços para que a Universidade, que é um patrimônio de Campos e da região, possa superar essa crise. Apresentei todas as minhas emendas, num total de R$ 10 milhões, por entender a importância que a universidade tem na produção de conhecimento e que com a grave crise vai abrandar esse momento que precisa ter a união de todos, sem partidarismo", frisou. 

O blog do Arnaldo Neto publicou nota sobre o assunto: aqui 

Comentar
Compartilhe
Capas de hoje
06/05/2016 | 09h41
capa o dia capa meia hora   Estado de Minas capa extra capa correio   capa globo
Comentar
Compartilhe
Petistas não apareceram
05/05/2016 | 19h07

foto

Logo após a presidente da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, inaugurar junto com a prefeita Rosinha Garotinho (PR), 600 casas do programa "Minha Casa, Minha Vida", no Parque Santa Rosa, um aliado do governo comentou: "Este evento é uma parceria do município com o governo federal e ninguém do partido da presidente Dilma apareceu. Ainda tem petista em Campos?", indagou o rosáceo, lembrando que nomes como Makhoul Moussallem e o vereador Marcão (Rede), pularam fora do partido.

O grupo rosáceo está com muita moral com a presidente Dilma Rousseff (PT). Principalmente após a deputada Clarissa Garotinho (PR) se licenciar e não votar favorável ao impeachment. Além disso, o líder rosáceo disse que conversou com a presidente e colocou Rosinha no telefone para bater um papo com a petista.

O blog do Arnaldo Neto destaca que, durante o evento, Garotinho fez até uma defesa da presidente Dilma. "Ela está sendo perseguida por que, assim como Rosinha (PR), em Campos, todo mundo que olha pelo pobre é perseguido”, afirmou (aqui).

Comentar
Compartilhe
Presidente da Caixa faz tour pela cidade
05/05/2016 | 15h02
[caption id="attachment_41071" align="aligncenter" width="470"]Foto: Luciana Fonseca Foto: Luciana Fonseca[/caption]

A presidente da Caixa Econômica Federal, Míriam Belchior, fez um tour pelo município de Campos nesta quinta-feira (05). Acompanhada do casal Garotinho, ela visitou creches e passou até pela "Cidade da Criança", a "Disney" de Campos. "Estou encantada com a Cidade da Criança. A prefeita está de parabéns ao pensar em um espaço onde as crianças possam ter lazer e, ao mesmo tempo, possam aprender porque é um importante instrumento de educação", disse Míriam.

Ela inaugura nesta tarde o Conjunto Habitacional "Minha Casa, Minha Vida" do Parque Santa Rosa, onde 600 casas serão entregues.

Todo esse carinho com a presidente da Caixa vai muito além das 600 casas. A Prefeitura está prestes a sacramentar mais uma "venda do futuro" e toda operação vem sendo feita com a Caixa.

Comentar
Compartilhe
Hora de agradar o "rolo compressor"
05/05/2016 | 12h41

Nos últimos meses os membros do "rolo compressor" reclamavam pelos cantos sobre uma falta de carinho do líder rosáceo. Eles pediam reuniões individuais para tratar se suas pautas e os encontros eram sempre desmarcados.

Porém, no último final de semana, após uma reunião na casa do líder do governo na Câmara, vereador Mauro Silva (PSDB), o grupo prometeu ficar unido e aguardar a resolução de algumas pautas pendentes.

Com a "venda do futuro" bem próxima de sair, o líder já avisou que muitas coisas vão voltar a andar na cidade.

Comentar
Compartilhe
Nomeada
05/05/2016 | 09h35
[caption id="attachment_41062" align="aligncenter" width="416"]nomeada Dibs Hauaji[/caption]

Irmã da jornalista Linda Mara Silva, que deixou o cargo de assessora particular da prefeita para disputar a eleição, Dinalva Romão foi  nomeada hoje (05) pela prefeita Rosinha Garotinho (PR) para o cargo de assessora especial da prefeita (DAS 2). Após a volta de Garotinho ao município, Dinalva vem atuando diretamente ao lado do secretário de Governo. O cargo era ocupado pela jornalista Débora Batista, que agora responde pela assessoria particular da prefeita.

Delminda Maria Moreira também foi nomeada hoje. Ela assume o cargo de assistente especial de gabinete (DAS 5).

Outra mudança nos quadros foi a exoneração de Bruno Azeredo Gomes, que ocupava o cargo de subprocurador adjunto do município (DAS 2).

Comentar
Compartilhe
"Venda do futuro": Prefeitura vai ceder mais de meio bilhão
05/05/2016 | 01h05

acordoscomerciais006-768x320

Uma fonte do blog informou agora que a Prefeitura de Campos já fechou a terceira "venda do futuro". Em mais uma negociação com a Caixa Econômica Federal, o governo irá ceder R$ 560 milhões. Porém, com os juros descontados, o dinheiro que vai entrar no caixa será em torno de R$ 400 milhões, ou menos. Ou seja, serão mais de R$ 100 milhões de juros.

É bom lembrar que os juros das duas primeiras operações ficaram em R$ 160 milhões (aqui). Com o valor seria possível construir dezenas de escolas, postos de saúde e vilas olímpicas.

Na correria para fortalecer o caixa da Prefeitura, a ideia é publicar a operação no Diário Oficial desta quinta-feira (05).

Empréstimo para pagar empréstimos - Se tem gente pensando que esse dinheiro vai deixar tudo tranquilo e favorável, é bom lembrar que a Prefeitura tem compromissos bem pesados pela frente. Este ano, as parcelas dos empréstimos de 2014 e 2015 ficam em quase R$ 210 milhões (aqui). Isso sem falar na enorme fila de fornecedores e empreiteiros.

Ontem (04), em seu blog, o jornalista Arnaldo Neto citou a visita da presidente da Caixa Econômica Federal ao município e destacou que poderia ser um sinal sobre a concretização de mais uma "venda do futuro" (aqui).

Comentar
Compartilhe
Dornelles e Pezão são alvos de pedidos de impeachment
04/05/2016 | 18h33

image1646229641562498888

Há dois pedidos de impeachment na Assembleia Estadual do Rio de Janeiro. O primeiro foi protocolado em janeiro contra o governador licenciado Luiz Fernando Pezão. O segundo é mais recente. Foi protocolado no começo de abril e tem como alvo o governador interino Francisco Dornelles, que substitui Pezão (afastado por uma licença médica). Os dois pedidos estão relacionados ao descalabro econômico do Estado, que tem tido dificuldade para pagar salários de servidores e aposentados.

Cabe ao presidente da Assembleia, Jorge Picciani, levar os processos adiante ou arquivá-los. Aliados de Picciani, que é do PMDB assim como Pezão, dizem que estão insatisfeitos com a condução do governo. Se o cenário não melhorar, as chances de um pedido assim ser encaminhado crescem após os Jogos Olímpicos. Enquanto isso Dornelles terá de lidar com a turma, que pede mais espaço em seu governo.

Fonte: Época/Expresso

Comentar
Compartilhe
José Carlos: "O avião preto vai passar por aqui"
04/05/2016 | 15h08

jose-carlos

O vereador José Carlos (PSDC) usou a tribuna durante a sessão desta quarta-feira (04) para disparar contra o governo rosáceo. “A grande verdade é que a farra tem dia e hora para acabar. Se preparem porque o avião preto vai passar por aqui. Ninguém pode achar que vai fazer de tudo e ficar impune”, disse o vereador.

Segundo o oposicionista, as irregularidades estão por todos os lados e já tem gente tomando remédio. “Firam muitos bilhões nos últimos anos. Tem muita gente que já está tomando calmante”, frisou.

Comentar
Compartilhe
Janot pede ao STF para investigar Aécio e Eduardo Paes
04/05/2016 | 13h13

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para abrir um segundo inquérito para investigar o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG). Também são alvos do mesmo pedido o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB).

Os três políticos são suspeitos de terem tentado ocultar da CPI dos Correios, em 2005, informações sobre o suposto esquema de compra de votos em troca de apoio parlamentar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais durante a gestão do ex-governador Eduardo Azeredo, o chamado mensalão do PSDB. A CPI dos Correios investigou outro esquema de compra de votos, o mensalão do PT.

À época, Aécio era governador de Minas Gerais. Já Paes e Sampaio eram integrantes da bancada do PSDB na Câmara dos Deputados. O atual prefeito do Rio, inclusive, chegou a ocupar o cargo de subrelator da CPI dos Correios.

O pedido é baseado no termo de colaboração 18 do senador Delcídio do Amaral, no qual ele indica irregularidades para maquiar dados do Banco Rural em relação ao mensalão mineiro durante a CPI dos Correios, em 2005, que investigou o mensalão do PT. Delcídio do Amaral era presidente da CPI.

Matéria completa no G1: aqui Janot apresentou denúncia contra Lula e Dilma no STF: aqui
Comentar
Compartilhe
Por onde anda o Instituto Precisão?
04/05/2016 | 00h49

precisão

Na eleição de 2012, quando a prefeita Rosinha Garotinho (PR) era franca favorita e estava com a aprovação na casa dos 75%, o grupo rosáceo fazia questão de divulgar pesquisas todo mês. A ideia era colocar água no chopp da oposição e mostrar que a fatura estava liquidada. O Instituto escolhido era sempre o Precisão, que em 2011 teve contrato de R$ 3,7 milhões para prestar serviços de consultoria/assessoria no governo Rosinha.

Por onde anda? - Agora, faltando menos de cinco meses para a eleição, ainda não foi divulgada uma única pesquisa do Precisão. Talvez os rosáceos estejam esperando a definição do candidato, que deve ocorrer no final deste mês, após as prévias. Além disso, neste momento não seria interessante mostrar o atual quadro, que não deve estar nada tranquilo e favorável.

Pesquisas no forno - Outros institutos já entraram em campo e as primeiras pesquisas registradas devem ser divulgadas nas próximas semanas. Porém, quem conhece o jogo sabe que será apenas um retrato do momento. Até outubro muitas coisas vão mudar.

Olho na máquina - Mesmo desgastada, a máquina não pode ser subestimada. O nome governista deve ganhar força na reta final, assim como ocorreu com o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) na eleição de 2014. Ele largou com menos de 5% e conseguiu a vitória.

Comentar
Compartilhe
Papinha e Bolsonaro
04/05/2016 | 00h31

papinhajairbolsonaro-1

Deputados estaduais derrubaram o quórum da sessão que marcaria a data de entrega da medalha Tiradentes ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na tarde de ontem (03). Dos 60 parlamentares presentes no plenário da Assembleia Legislativa (Alerj), somente seis votaram a favor de homenagear Bolsonaro, que se envolveu em uma polêmica ao reverenciar o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, no mês passado, durante seu voto favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), na Câmara dos Deputados. Entre os seis deputados pró-Bolsonaro estava Papinha (PP), de Campos.

Nem mesmo o filho do homenageado, o deputado Flavio Bolsonaro (PSC), votou na sessão. Mais tarde, no entanto, ele voltou ao plenário para defender o pai. Os deputados que votaram a favor de Bolsonaro foram Dionisio Lins (PP), Doutor Deodalto (DEM), Papinha (PP), Wagner Montes (PRB), Edson Albertassi (PMDB) e Milton Rangel (DEM).

Ustra chefiou o Doi-Codi entre 1970 e 74, quando houve mortes, desaparecimentos forçados e tortura, segundo relatório da Comissão Nacional da Verdade. Bolsonaro já disse em entrevistas ser favorável à tortura.

Fonte: O Globo 

Comentar
Compartilhe
Câmara com festa e sem sessão
03/05/2016 | 11h44

camara-campos-dos-goytacazes

Quem esperava uma sessão quente se deparou com mais um dia de festa na Câmara de Campos.

Uma cerimônia para a entrega de comendas e homenagens foi marcada para o horário da sessão, na manhã desta terça-feira (03). Ao contrário de outras Câmaras, que deixam as homenagens para horários diferentes da sessão, em Campos a festa sempre é marcada para o horário dos trabalhos.

Nos bastidores um grupo ligado ao governo defende "sessões de paz e amor". A ideia é ter mais tempo para fazer política na rua e evitar debates tensos no plenário.

* Mais informações sobre a sessão na edição de amanhã (04) da Folha. 

Comentar
Compartilhe
Quanto Rosinha gastou com paisagismo?
03/05/2016 | 10h53

rosinha planta

Quem anda pelo município de Campos consegue notar que em diversos pontos da cidade existe um trabalho de paisagismo, com bonitos jardins. Mas afinal de contas, quanto custou aos cofres públicos esse serviço?

Desde 2011 a empresa que cuida dos jardins é a Emec Obras e Serviços, do Espírito Santo. O contrato anual gira em torno de R$ 15 milhões. Entre 2011 e 2015 o governo gastou cerca de R$ 75 milhões para manter os jardins.

Com este valor seria possível reformar e ampliar o hospital São José, que ainda não está pronto, pelo menos 10 vezes. Além disso, com R$ 75 milhões a Prefeitura poderia construir cerca de 20 escolas modelo. Em Mato Grosso do Sul um moderno Hospital da Mulher e da Criança foi orçado em R$ 41 milhões (aqui). Mas como a Saúde e Educação vão muito bem, sobra dinheiro para cuidar dos jardins.

Doação - Mas não foram apenas as plantas que a Emec regou. Em 2014 a empresa fez uma doação de R$ 350 mil ao diretório estadual do PR, presidido pelo então deputado Anthony Garotinho, candidato ao governo do estado naquele ano.

Comentar
Compartilhe
Após conquistar vaga de concurso na Justiça, secretário é exonerado
03/05/2016 | 10h11

landes-768x510

portaria

O advogado Roberto Landes, que processou a Prefeitura de Campos e apontou a farra do RPA, DAS e terceirizados (aqui), foi exonerado, a pedido, nesta terça-feira (03). Ele respondia pela secretaria de Fazenda.

Em seu pedido de liminar, concedida pelo desembargador Rogério de Oliveira Souza, Landes apontou diversas irregularidades, como a “preterição de candidatos aprovados: direito à nomeação – uma vez comprovada a existência da vaga, sendo esta preenchida, ainda que precariamente, fica caracterizada a preterição do candidato aprovado em concurso”. Ele chegou a listar funcionários que não passaram no concurso e estão na lista do RPA.

O blog "Na Curva do Rio" postou nota nesta manhã (aqui) com a portaria, assinada pela prefeita Rosinha Garotinho (PR), publicada no Diário Oficial.

Comentar
Compartilhe
Perdeu a confiança?
02/05/2016 | 23h46

jogo do poder

Nas reuniões do seu grupo político o secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) enche o peito e diz: "Rosinha fará o seu sucessor no primeiro turno".

Porém, indagado pelo pelo jornalista Ricardo Bruno, durante o programa "Jogo do Poder", da CNT, sobre as chances de uma terceira vitória consecutiva em Campos, o líder rosáceo evitou esbanjar confiança. "Se soubesse isso não precisava fazer mais nada. Rosinha já se elegeu e se reelegeu. Agora vamos escolher um candidato", disse o secretário.

Perguntado se os nomes mais fortes seriam o vice-prefeito Chicão Oliveira (PR) e o vereador Mauro Silva (PSDB), Garotinho citou as prévias. "O candidato será escolhido numa prévia. Vão votar 20 mil pessoas do nosso grupo", informou, ressaltando que essa eleição interna será realizada ainda neste mês de maio.

Derrota como exemplo - Segundo Garotinho, pesquisas neste momento não contam muito. "Eu liderava as pesquisas até setembro. Treino é treino e jogo, é jogo".

Comentar
Compartilhe
MPF recorre ao STJ pedindo condenação de Pezão por improbidade
02/05/2016 | 16h43

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) em processo que pede a condenação do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), por ato de improbidade administrativa como prefeito de Piraí (RJ), cidade que ele governou entre 1997 e 2004. A ação, também proposta contra o ex-secretário municipal de administração Paulo Maurício Carvalho de Souza, tem origem na compra de ambulância para o município.

A Procuradoria Regional da República da 2ª Região (PRR2) sustenta que os gestores descumpriram a lei de licitações ao comprar ambulância dividindo a aquisição em duas: do veículo e mão de obra para adaptá-lo para ambulância. Ainda de acordo com a procuradoria, a medida lhes permitiu licitar por meio de convite, sem tomada de preços de mercado, o que motivou um prejuízo de R$ 14,5 mil – valor do convênio federal de 2000, ainda sujeito a atualização monetária.

O recurso da procuradoria já havia sido negado pela 3ª Seção do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). Caso a decisão do TRF2 seja reformada pelo STJ, poderá ser aplicada a pena da perda de direitos políticos, uma das sanções previstas para a improbidade.

O governador, que está licenciado devido ao tratamento contra o câncer, está internado desde a última quinta-feira no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo. A assessoria de Pezão ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: O Globo 

Comentar
Compartilhe
Ninguém é de ninguém
02/05/2016 | 16h26

aprenda_jogar_xadrez

Faltando três meses para as convenções que vão determinar as coligações, as movimentações continuam intensas no tabuleiro político.

Partidos que já teriam definido seus rumos, iniciaram conversas com outras frentes. Além disso, caciques que articulam "por cima", como Jorge Picciani, presidente da Alerj e do PMDB, já começaram a entrar no jogo.

No momento, o grupo rosáceo conta com 12 partidos: PR, PSDB, PTB, PHS, PT do B, SDD, PSD, PMB, PTC, PRTB, PSL, PRP.

Já a oposição conta com as seguintes legendas: PMDB, PT, PDT, PPS, DEM, PV, PP, PSDC, Pros, PSOL, PCdoB, PCB, DEM, PSTU, PEN, Rede, PPL e PMN.

No bloco "independente", em diálogo com a oposição, estão: PSB, PSC e PRB.

Comentar
Compartilhe
Desorganização
02/05/2016 | 14h39

Quem passou nesta segunda-feira (02) pelo Centro de Referência e Tratamento da Criança e do Adolescente, antiga Apic, teve que conviver com a falta de organização. Mães e crianças ficaram espremidas em um corredor quente e escuro. Em média, o tempo de espera na fila era de quase uma hora.

Enquanto isso, do outro lado da rua, uma "Cidade da Criança" que custou R$ 17 milhões estava vazia. Por que não levar a campanha para a "Disney Goitacá", um espaço lúdico e mais iluminado, que foi pago com o meu, o seu, o nosso dinheiro?

É bom lembrar que, em Manaus, as campanhas de vacinação acontecem na "Cidade da Criança" (aqui), que custou R$ 5,2 milhões.

Comentar
Compartilhe
Secretário de Rosinha processou Prefeitura e garantiu posse como concursado
02/05/2016 | 13h54

landes

O advogado Roberto Landes, que responde pela secretaria de Fazenda no governo Rosinha Garotinho, aprovado em concurso público, realizado em 2012, para o cargo de assessor técnico, se cansou de esperar e fez como muitos concursados de Campos que brigam na Justiça para garantir a posse.

Ele entrou com um processo contra a Prefeitura de Campos e garantiu, após concessão de liminar, a sua posse. Roberto Landes questionou, em seu pedido de liminar, a farra das terceirizações, nomeações e a imensa lista de RPA.

Em seu pedido de liminar o secretário de Fazenda aponta diversas irregularidades, como a "preterição de candidatos aprovados: direito à nomeação - uma vez comprovada a existência da vaga, sendo esta preenchida, ainda que precariamente, fica caracterizada a preterição do candidato aprovado em concurso".

Ao analisar o pedido, o desembargador Rogério de Oliveira Souza deu ganho de causa e determinou "a nomeação e posse do impetrante para o cargo de Assessor Técnico, com observância da ordem de classificação".

 O blog "Na Curva do Rio", da jornalista Suzy Monteiro, publicou nota sobre o assunto: aqui 

Comentar
Compartilhe
Dilma quer antecipar eleição presidencial para outubro
02/05/2016 | 09h10

dilma

A derradeira semana antes de o Senado analisar o pedido de impeachment não terminará sem medidas drásticas. Ainda dispondo dos poderes de presidente, que perderá caso o processo seja aberto, Dilma Rousseff deve enviar nos próximos dias ao Congresso uma proposta de emenda constitucional que estabelece novas eleições em 2 outubro. Apesar da resistência de movimentos sociais, a ideia, defendida por um grupo de senadores, é encarada como a cartada final pelo grupo da presidente.

Dilma e ministros palacianos, como Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), concordaram com a ideia da eleição, mas a presidente ainda gostaria de conquistar o consenso dos movimentos sociais. Não há unanimidade entre os ministros, no entanto. Um deles defende que a renúncia seria a negação de todo o discurso de que o processo de impeachment é um golpe, adotado pela presidente até aqui.

Ao bunker do vice-presidente Michel Temer, que vem se preparando para assumir o cargo por 180 dias a partir do dia 11, quando o plenário do Senado decidirá o destino de Dilma, chegou a informação de que a presidente faria, na próxima sexta, um pronunciamento, em cadeia de rádio e TV, lançando a proposta de eleição direta. Ela renunciaria ao cargo e pediria a Temer que fizesse o mesmo. A reação do vice é taxativa: a chance de ele aceitar é nula. "Seria fugir da responsabilidade. Essa, sim, é uma proposta golpista", disse ao Globo quando essa tese começou a circular, na semana passada.

Fonte: O Globo

Comentar
Compartilhe
Quanto Rosinha gastou com propaganda?
01/05/2016 | 23h43

rosinha

Faltando menos de oito meses para deixar o governo, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) teve a gestão com mais recursos da história de Campos. Somando seus dois governos, serão mais de R$ 15 bilhões. Só com a secretaria de Comunicação Social, responsável pela propaganda oficial, o governo rosáceo gastou, entre 2009 e 2015, mais de R$ 70 milhões. Com este valor seria possível reformar e ampliar o Hospital da Baixada pelo menos 10 vezes.

Com R$ 70 milhões também seria possível construir 25 escolas de dois pavimentos, com consultório médico e auditório, nos moldes da que foi erguida pela Prefeitura em Ponta da Lama.

Hospital da Criança - No ano passado o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, entregou o alvará de construção do Bloco 2 do Hospital da Criança. As obras começaram em agosto e a inauguração está prevista para outubro deste ano. O projeto conta com um edifício pré-moldado de dois andares (um subterrâneo e um térreo) e vai custar R$ 82 milhões. Porém, em Campos, o governo achou melhor investir na diversão. Cidade da Criança (R$ 17 milhões) e Cepop (R$ 100 milhões).

Propaganda X Realidade - Há um ano o blog publicou nota (aqui) sobre a diferença entre a propaganda e a realidade. Na propaganda exibida na TV, o governo Rosinha mostra um Hospital Ferreira Machado impecável (aqui). As belas imagens lembram até os cenários de algumas séries médicas famosas como “Grey’s Anatomy”, “ER” e “House”.  Para reforçar a propaganda, uma paciente surge e diz que “a nota é 10”.

Comentar
Compartilhe