Educação no buraco
17/03/2014 | 08h40
[caption id="attachment_23249" align="aligncenter" width="390"] Foto - Folha da Manhã[/caption]

Quando o assunto é Educação, o município de Campos tem poucos motivos para comemorar. Se não bastasse o último lugar no Ideb e a falta de planejamento do governo municipal, também fica nítido que as escolas da rede estadual contam com sérios problemas. Hoje (17), por exemplo, alunos do Liceu de Humanidades de Campos protestaram e apontaram a falta de itens básicos como: água mineral, ventiladores e até materiais de higiene pessoal. E vale lembrar que, em maio do ano passado, o presidente da Comissão Permanente de Educação da Alerj, deputado Comte Bittencourt (PPS) visitou escolas estaduais de Campos e comandou uma audiência pública na Câmara. Agora, dez meses depois, as promessas e os problemas são os mesmos.

Além disso, quem frequenta as escolas da rede municipal não encontra um mar de rosas. Basta desligar um pouco a propaganda oficial e se ligar no verdadeiro retrato da educação (aqui).

Contraste — Enquanto a pequena cidade de Cocal dos Alves, no Piauí, se destaca nacionalmente e mostra que é possível oferecer uma educação de qualidade (aqui), o município de Campos e o governo do estado, com bilhões em caixa, continuam nos envergonhando.

Comentar
Compartilhe
Linda Mara: “Oposição deveria ver as obras de Cabral”
13/03/2014 | 12h15

Durante a sessão de ontem (12), após ouvir duras críticas da oposição ao governo da prefeita Rosinha Garotinho (PR), a vereadora Linda Mara (Pros) usou a tribuna e disparou contra o governo do estado. “Já que a oposição gosta colocar lupa para analisar o governo municipal, deveria fazer a mesma coisa em relação as obras do governo Cabral. Recentemente, no final de janeiro, o governo do estado entregou 138 casas no Parque Eldorado. Vocês já viram como essas casas estão? Um mês depois já é possível encontrar vasos e pias com problemas. O chão é de cimento e a casa não tem nem laje. É um forrinho bem fajuto. Quando cair uma chuva forte nem sei o que pode acontecer”, disse Linda Mara, que também comentou sobre as obras do Liceu. “Fizeram só uma festa para o governador aparecer. As obras nem foram concluídas”, completou
Comentar
Compartilhe
Novo Camelódromo X Arca de Noé
28/03/2014 | 05h19
[caption id="attachment_23519" align="aligncenter" width="483"] Foto - Facebook/Enquanto isso em Campos[/caption]
Comentar
Compartilhe
Cabral diz a Dilma que pode recorrer à Justiça contra transposição do Paraíba
22/03/2014 | 02h51

O governador Sérgio Cabral (PMDB) avisou à presidente Dilma Rousseff que “se for preciso, irá à Justiça”, para impedir que o governo de São Paulo aproveite águas do Rio Paraíba do Sul, ou do seu afluente, Jaguari, para reforçar os reservatórios do sistema Cantareira, em São Paulo, que está com sua capacidade de água quase esgotada, prejudicando a população paulista.

Cabral disse à presidente ainda que os órgãos técnicos do Rio ligados ao setor vão elaborar “todos os estudos possíveis” para impedir que seja aprovado qualquer projeto que estabeleça ajuda a São Paulo, usando água do rio paraíba do Sul. Cabral aproveitou a audiência com a presidente Dilma, agendada para apresentar um pedido de tropas federais para ajudar na segurança do Estado, abalado pelos ataques dos criminosos à polícia militar, nos morros pacificados, para advertir ao Planalto sobre sua disposição de não permitir que as águas da bacia do rio Paraíba sejam usadas para ajudar os paulistas.

Na reunião, Cabral fez questão de dizer que “respeita o governador Geraldo Alckmin, mas esta falta de água no estado é um problema de gestão dele e não do Rio de Janeiro”. E teria reiterado ainda que não vai permitir que a população de situação de seu estado seja prejudicada. A presidente Dilma Rousseff não vai entrar diretamente na disputa entre Cabral e Alckmin. Ela não quer incentivar esta guerra deflagrada entre os dois estados, que poderá ganhar proporções ainda maiores, em um ano eleitoral.

A recomendação da presidente Dilma foi para que a Agência Nacional de Águas (ANA) apressar os estudos existentes para que se resolva a questão. Só que, de acordo com informações obtidas na ANA, o governador de São Paulo ainda não apresentou nenhum novo estudo à agência pedindo a aprovação de qualquer projeto capaz de resolver o problema de abastecimento de água nos reservatórios do sistema Cantareira. O entendimento do governo federal é que a ANA tem de encontrar uma solução técnica que solucione o problema, sem agravá-lo politicamente.

Comentar
Compartilhe
Filho de Cabral é multado em R$ 10 mil por propaganda no Facebook
26/03/2014 | 09h35

Na sessão plenária desta quarta-feira (26), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro multou em R$ 10 mil o vice-presidente da Comissão Executiva Estadual do PMDB Marco Antonio Neves Cabral, filho do governador Sérgio Cabral, por propaganda eleitoral antecipada em rede social.

Por unanimidade, a Corte entendeu que o pretenso candidato se autopromoveu na página pessoal do Facebook, ao vincular obras e ações do atual governo para promover seu nome, viabilizando futura candidatura ao cargo de deputado estadual com o apoio do pai, Sergio Cabral.

Segundo o relator, juiz Fábio Uchôa, que em 3 de dezembro de 2013 concedeu liminar determinando a exclusão do conteúdo no Facebook, o virtual candidato valeu-se desse canal para divulgar obras do governo do Rio, assumindo com outros usuários da rede social a realização de serviços de infraestrutura no Estado.

Fonte: JB 

O blog "Eu Penso que", do jornalista Ricardo André Vasconcelos, também repercutiu a decisão do TRE.

Comentar
Compartilhe
Miguelito só pensa na merenda
26/03/2014 | 12h31
[caption id="attachment_23435" align="aligncenter" width="386"] Foto de Márcia Lemos[/caption]

Na "Escolinha do Professor Raimundo", o "Seu Boneco", personagem do Lug de Paula, pensava mais na merenda do que na aula. Em Campos, o vereador Miguelito (PP) demonstrou preocupação com o lanche e protestou contra os longos debates estimulados pela bancada de oposição. "Quer saber, já não aguento mais essa discussão que nunca dá em nada. Temos muitos assuntos mais importantes que ninguém nem fala. Então, acho que é melhor ficar lá atrás lanchando. E, por falar nisso, gostaria de pedir ao presidente para aumentar o lanche porque eu tô com fome", disse Miguelito, provocando risos no plenário.

No estilo "Professor Raimundo", o presidente da Casa, Edson Batista (PTB), pediu ao parlamentar para deixar a discussão sobre o lanche para os bastidores.

Comentar
Compartilhe
Torcedores pessimistas
06/03/2014 | 01h46
Tendo em vista uma enquete no site da Folha (aqui), fica nítido que os torcedores do Goytacaz e do Americano não andam muito confiantes em seus times.
Comentar
Compartilhe
Líderes da greve dos garis foram candidatos pelo PR de Garotinho
06/03/2014 | 11h56

Pelo menos quatro líderes do comando de greve dos garis têm algo em comum: são filiados ao Partido da República (PR), o mesmo do deputado e ex-governador Anthony Garotinho. Os nomes de Domingos Lopes Fernandes, Célio Viana , Alexandre Pais da Silva e João Carlos Bonfim Rosa constam do cadastro de associados ao partido disponível no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Célio Viana e Domingos Fernandes, inclusive, foram candidatos a vereador em 2012. Os quatro integraram uma comissão de dez representantes que se reuniu na quarta-feira, na Comlurb, com o defensor-geral do Estado, Nilson Bruno. Em 2010, Célio Viana, de 48 anos, só conseguiu 392 votos e não foi eleito. Ele se apresentava na cédula eleitoral como Célio Gari, o mesmo nome que usa numa rede social, na qual postou uma foto ao lado de Garotinho, no dia 20 de fevereiro. Durante o encontro de ontem (05) na Comlurb com o defensor público Nilson Bruno, Célio foi o único dos dez que não aceitou a contraproposta da empresa.

Ao jornal "Extra", Célio negou que a greve tenha envolvimento de políticos e que exista relação do movimento com as eleições deste ano. "Não há qualquer candidato envolvido nas reivindicações da categoria. Não temos nem panfletos e carro de som, por falta de dinheiro. Esse é um movimento dos garis", disse.

Ontem (05), o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 1ª Região José da Fonseca Martins Junior deferiu uma nova liminar, reafirmando a ilegalidade da greve e suspendendo o salário dos garis que não compareçam ao trabalho, conforme pedido feito pela Comlurb à Justiça. A decisão também permite a demissão dos líderes do movimento por justa causa.

De acordo com os líderes movimento, a categoria quer vencimentos de R$ 1.680, já incluído o adicional de 40% por insalubridade, em vez dos R$ 1.224,70 acordados pelo sindicato com a Comlurb. Os grevistas também pedem auxílio-alimentação diário de R$ 20, em vez de R$ 16, participação nos lucros, melhores condições de trabalho e transparência no plano de cargos e salários.

A greve foi deflagrada no sábado de carnaval, por um movimento à parte do Sindicato dos Empregados de Empresas de Asseio e Conservação do Rio, que representa a categoria. Na segunda-feira, quando montanhas de lixo começavam a se acumular pelas ruas da cidade, o sindicato fechou às pressas um acordo com a Prefeitura do Rio, prevendo reajuste salarial de 9% para os garis. Os grevistas, porém, não aceitaram.

 Fonte: O Globo 
Comentar
Compartilhe
Dilma diz a Cabral que candidatura de Lindbergh é "invenção de Lula"
14/03/2014 | 12h22

Em almoço realizado nesta quinta-feira, 13, no Palácio da Alvorada, a presidente Dilma Rousseff disse ao governador do Rio, Sérgio Cabral, que a candidatura do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) à sucessão fluminense foi "inventada" pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e não por ela. "Lindbergh é plano do Lula", afirmou Dilma, de acordo com relato dos convidados para o almoço. Além de Cabral, estavam presentes o vice-governador Luiz Fernando Pezão, o prefeito do Rio, Eduardo Paes - todos do PMDB -, e os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais).

Pezão é candidato ao governo do Rio. O PMDB quer que Lindbergh desista da disputa para apoiar o vice-governador, mas a cúpula do PT não abre mão da empreitada. No fim do ano passado, Dilma chamou Lindbergh para uma conversa reservada, no Planalto, e pediu a ele que amenizasse as críticas a Cabral, em nome da aliança e da governabilidade. No almoço de ontem (13), a presidente tentou saber se Cabral seguiria o caminho do presidente do PMDB do Rio, Jorge Picciani, que declarou apoio à candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG) ao Planalto. "Não, presidenta. Nós vamos estar no seu palanque", respondeu Cabral. Em sintonia com o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), Picciani afirmou e repetiu que seu partido não fará campanha para Dilma no Rio. "Não existe possibilidade de estarmos juntos com o PT, que acha que é dono do poder e vive nos afrontando", atacou Picciani.

No Planalto, há quem enxergue uma aliança entre Cabral e Eduardo Cunha. Dirigentes do PT estão convencidos de que o movimento também tem o objetivo de isolar o vice-presidente Michel Temer (PMDB), que será candidato a nova dobradinha com Dilma, na chapa da reeleição. A presidente, porém, já avisou que vai fortalecer Temer. A partir de agora, o vice será o principal interlocutor de Dilma nos assuntos envolvendo conflitos com o PMDB.

Fonte: Estadão 

Comentar
Compartilhe
Pezão prepara "agenda positiva"
28/03/2014 | 01h56

O vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), assumirá o governo no dia 4 de abril, logo depois da renúncia do governador Sérgio Cabral (PMDB). Os peemedebistas preparam o que chamam de "agenda positiva" para as primeiras semanas  de Pezão à frente do Palácio Guanabara. Ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), Pezão fará uma sequência de anúncios de obras e investimentos para a capital fluminense. Além disso, vai circular por dezenas de municípios anunciando parcerias e ações. A presidente Dilma Rousseff também vai participar do "pacote". Segundo Pezão, Dilma combinou uma agenda de eventos que deverá ser iniciada com o inauguração da Transcarioca (transporte com ônibus BRT que vai ligar a Barra ao Aeroporto Tom Jobim (Galeão), em 10 de maio. Além disso, está na lista o Arco Metropolitano (estrada que ligará Itaguaí a Itaboraí, passando por municípios da Baixada Fluminense) previsto para começar a funcionar até julho.

Os caciques do PMDB acreditam que após a "agenda positiva" e o trabalho do "rolo compressor",n que conta com 14 partidos, as pesquisas devem mostrar, já no mês de julho, um crescimento de Pezão nas pesquisas.

*Com informações de Felipe Patury/Época

Comentar
Compartilhe
Marco Antônio Cabral X Clarissa Garotinho
18/03/2014 | 02h08
[caption id="attachment_23254" align="aligncenter" width="400"] Reprodução da coluna Corpo a Corpo, do jornal O Dia[/caption]

Se na eleição de 2012 o deputado federal Anthony Garotinho (PR) colocou em ação um plano para fortalecer candidatos que poderiam tirar votos do seu irmão, o então vereador Nelson Nahim, agora é a vez do parlamentar sentir na pele algo parecido. Uma nota publicada na coluna "Corpo a Corpo", do jornal o dia, mostra que o governador Sérgio Cabral (PMDB) está disposto a ver o seu filho atropelar a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR). No PR, há quem aposte que Clarissa pode superar a marca dos 300 mil votos. Por sua vez, o PMDB aposta que Marco Antônio será o deputado federal mais votado do Rio.

Comentar
Compartilhe
Suledil desafia oposicionistas
08/03/2014 | 09h32

Neste sábado (08), durante participação no programa "Entrevista Coletiva", da rádio Diário FM, o secretário de Governo da Prefeitura de Campos, Suledil Bernardino, listou uma série de ações do governo Rosinha Garotinho (PR) e fez uma espécie de desafio: "Tem muita gente que gosta de criticar. Mas será que eles fizeram alguma coisa pelo município? Vamos comparar o que essa turma fez com o que o governo Rosinha vem fazendo pela população de Campos. Será que eles aceitam?", indagou Suledil.

Durante o programa ele citou programas como "Morar Feliz" e "Bairro Legal", além de reforma e construção de escolas e creches e ações na área da Saúde.

Conselhos e previsões — No início do ano passado Suledil deu conselhos aos oposicionistas (aqui). De acordo com ele, o grupo precisa se reciclar. "Só esta ausência de reciclagem explica essa fragilidade crescente e a falta de densidade política", opinou. Dias depois, ele insinuou que a oposição poderia cometer um "suicídio político e ser varrida" (aqui).

Na ocasião, a bancada de oposição reagiu de forma irônica (aqui). "Sinceramente, não posso levar muito a sério uma previsão de Suledil. No dia da eleição ele encontrou comigo e disse que dessa vez não dava pra mim. Fui o oitavo mais votado e estou aqui. Será que dá para levar a sério uma previsão dele?”, ironizou o vereador Rafael Diniz.

Comentar
Compartilhe
Carnaval fora de época: conselheiro de bloco desabafa
16/03/2014 | 08h00

Em seu perfil no Facebook, o conselheiro do G.R.B.S. Os Psicodélicos, Humberto Moreira Rangel, fez um desabafo sobre o Carnaval fora de época da Prefeitura de Campos. Em seu texto é possível notar que, faltando um pouco mais de um mês ara o evento, os blocos e escolas estão completamente perdidos. A cidade que investiu R$ 100 milhões em um Sambódromo se esqueceu de valorizar quem pode desfilar na bela e moderna passarela. Confira o texto, que também foi publicado no blog "Carraspana Campista", do Joca Muylaert (aqui):

"Absurdo
Carnaval fora de época é uma agressão. É uma afronta a cidade que já teve o terceiro melhor carnaval do Brasil. É um verdadeiro absurdo. Veja bem, ontem, 11 de março de 2014, segunda terça feira do mês, conforme reza o Estatuto, houve a reunião ordinária do Conselho Executivo do Bloco “Os Psicodélicos”. Reunião normal até que fomos informados pelo Sr Jorge Luiz Soares Vargas, Presidente Executivo do Bloco, que faltando apenas 6 (seis) semanas para o carnaval fora de época de Campos, que será realizado nos dias 25, 26 e 27 de abril, que está tudo na estaca zero. Tudo parado. Isto porque a Prefeitura exige que em todas as compras é preciso constar na Nota Fiscal, o número do cheque repassado pela Prefeitura para a agremiação. Sem isso não há prestação de contas. Ora, como não foi feito nenhum pagamento até hoje, ninguém sabe informar quando sairá e nem de quanto será o valor, ninguém pode comprar um mísero prego. Não se pode fazer nem o pagamento do carnavalesco ou de alguma encomenda, pois nenhuma agremiação de Campos, bloco, escola de samba e boi pintadinho possui, lógico, o referido número. Portanto, está tudo parado no carnaval de Campos. Ninguém consegue fazer 50 fantasias para a bateria, montar quatro carros alegóricos, montar uma Comissão de Frente em poucos dias. Tem que haver pesquisa de tecido, material e tempo para confecção. Tem que ter dedicação e tempo. E isto gera custo e planejamento.
Como todos sabem, o estabelecimento que comercializa os artigos de carnaval é o bazar e o armarinho, que trabalham com artigos sazonais. Em novembro e dezembro vendem artigos de Natal; em janeiro e fevereiro, artigos de Carnaval e em março e abril, artigos de Páscoa. Portanto, em Campos, como não mais existe carnaval, não temos ninguém vendendo artigos de carnaval. No Rio, acabou. Estão vendendo artigos de Páscoa, sobrando então, algumas lojinhas do centro de São Paulo, onde o que será encontrado foi o artigo que não foi vendido, o que sobrou, o que ninguém quis. Então ilustre leitor, não reclame e nem vaia quando você deparar com um desfile tipo o da Vila Isabel, com fantasia faltando pedaço, integrante sem chapéu, bateria sem fantasia, com couros furados e sem os símbolos da agremiação, não reclame da escola, boi ou bloco, vá direto reclamar na Fundação Osvaldo Lima ou direto com a própria prefeitura pelo atraso e descaso com as coisas, com a cultura e o patrimônio de Campos.
Falta a Prefeitura de Campos, carinho com a cidade, profissionalismo, planejamento e gestão. Alô Patrícia, alô Rosinha, alô Vereadores, alô campistas. Vamos salvar o que resta do carnaval campista?

Humberto Moreira Rangel
Conselheiro do G.R.B.S. Os Psicodélicos".

Comentar
Compartilhe
TRE-RJ multa Garotinho em R$ 15 mil por propaganda antecipada
31/03/2014 | 11h33

Do Portal do TRE (aqui):

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) multou o deputado federal Anthony Garotinho (PR) em R$ 15 mil, na sessão plenária desta segunda-feira (31), por propaganda antecipada. No dia 26 de outubro de 2013, o programa "Terê Alerta", da emissora local Terê TV Canal 11, entrevistou o pré-candidato à Câmara Federal, Marcos André Lima, o Marquinhos do Cinema (PR), que fez menção à candidatura de Garotinho a governador neste ano. Num vídeo veiculado durante a entrevista, o deputado convida os telespectadores a enviarem sugestões para o seu blog pessoal, dizendo que eles estariam "ajudando Garotinho a mudar o Brasil". Marquinhos do Cinema também foi multado em R$ 15 mil.

Processo relacionado: RP 23054

O blog "Eu Penso que", do jornalista Ricardo André Vasconcelos, também replicou a nota do TRE (aqui).

Comentar
Compartilhe
Carnaval
01/03/2014 | 05h27

Hora de colocar o bloco na rua. Vou ver a banda passar e já volto!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=EMI3KYXJSaY[/youtube]

Comentar
Compartilhe
Voz das ruas
08/03/2014 | 03h32

No Rio, os garis continuam protestando. Inclusive, um cartaz vem fazendo sucesso na internet. Nele, é possível ver a comparação entre os salários da Comlurb:  garis (R$ 802), agentes de limpeza urbana (R$ 1.800), Gerentes: (R$ 8 mil), Diretores (R$ 25 mil) e Presidente (R$ 28 mil). Além disso, há também os gastos da Prefeitura do Rio com o Carnaval: R$ 35 milhões.

Em Campos, de acordo com o blog da Coluna (aqui), os garis recebem R$ 836,00.  E o salário só não é menor porque em 2012 os garis de Campos cruzaram os braços e cobraram melhores salários (aqui).

Comentar
Compartilhe
Cachê de Luan Santana em Macaé foi R$ 53 mil mais barato do que no "Verão da Gastança"
12/03/2014 | 04h07

No dia 31 de janeiro deste ano o cantor Luan Santana se apresentou em Macaé. O valor do cachê: R$ 180 mil. Em Campos, um mês depois, o cantor faturou R$ 233 mil. Uma diferença de R$ 53 mil.

Em Macaé a Prefeitura também divulgou os gastos com hospedagem, produção, transporte, camarim e carregadores. Ao todo, somando todas essas despesas, o show do cantor ficou com um valor próximo ao de Campos. Porém, em Campos, além do cachê (R$ 233 mil), a Prefeitura contou este ano com licitações separadas para transporte, buffet e hospedagens. Ou seja, colocando na ponta do lápis, o show em Campos foi muito além dos R$ 233.750,00.

Show do milhão — Uma coisa é certa: em apenas dois shows na terra dos royalties o cantor Luan Santana faturou quase meio milhão. Em breve vai até pensar em comprar um novo avião.

Atualização às 20h35— A assessoria da FCJOL enviou ao blog uma explicação sobre a diferença entre os cachês do cantor Luan Santana em Campos e Macaé. Em Campos, o show foi R$ 53 mil mais caro (aqui).  A nora explica que “as contratações de shows por parte da FCJOL são feitas de forma transparente e dentro das exigências do Tribunal de Contas do Estado. Por isso, por solicitação da presidente da FCJOL, Patrícia Cordeiro, o departamento financeiro da LS Music – representante oficial do artista – manifestou-se através de e-mail elucidando o assunto referente a valores de shows do artista em Campos e Macaé”. Segundo a empresa L.S Music, a data do show em Macaé pertencia a gravadora Som Livre. Portanto, a empresa desconhece o valor cobrado a título de cachê. Além disso, a empresa explica que o show realizado em Campos foi com o cenário da nova turnê do cantor.
Comentar
Compartilhe
Carnaval fora de época na pauta da Câmara
11/03/2014 | 01h46

Uma semana após o fim do Carnaval, já tem gente em Campos querendo debater sobre o Carnaval fora de época, que deve acontecer em abril no Cepop. Ontem (10), vários  presidentes de Escolas e Blocos estiveram no gabinete do vereador Thiago Virgílio (PTC) e entregaram um pedido de audiência pública para discutir sobre o Carnaval. Em seu perfil no Facebook o cantor João Damásio explica que os representantes das escolas e blocos cobram explicações do governo municipal sobre uma série de questões.

Tudo indica que mais uma vez a Prefeitura deve contratar shows nacionais e trazer escolas de samba do Rio, incluindo a comissão de frente da Unidos da Tijuca, campeã do Carnaval carioca. Cientes dos altos gastos com a turma de fora, os sambistas de Campos também querem uma “atenção especial” do governo rosáceo.

Pedido de informação — No ano passado os vereadores Fred Machado (SDD) e Rafael Diniz (PPS) protocolaram na Prefeitura um pedido de informação sobre os gastos do governo municipal com o Carnaval fora de época. Um ano depois, com o novo Carnaval extemporâneo se aproximando, as informações ainda não foram disponibilizadas.

Voz das ruas — Recentemente foi realizadauma pesquisa em Campos e, entre as perguntas, estava o Carnaval fora de época. O resultado mostrou que mais de 70% da população reprova a folia fora de hora.

Comentar
Compartilhe
Garotinho critica pesquisa que ainda nem foi divulgada
21/03/2014 | 05h11

Dizem que a melhor defesa é o ataque. Ciente disso, antes mesmo da divulgação de uma nova pesquisa do Ibope sobre o governo do Rio, o deputado federal Anthony Garotinho (PR), que não deve estar muito bem na fita, tratou de reclamar.

Segundo Garotinho, que teve acesso ao questionário do instituto e às normas adotadas na nova amostra, o Ibope realizou entre os dias 7 e de 10 de março a pesquisa, com 1008 entrevistas em todo o Estado do Rio.

Segundo o deputado, a culpa por uma possível queda de rendimento é do “Anthony”. “O presidente do IBOPE sabe que todas as vezes que meu nome é colocado em pesquisas como ‘Anthony Garotinho’ e não apenas como sou conhecido ‘Garotinho’ meu resultado fica uns seis a sete pontos abaixo. Isso já foi constatado pelo Instituto Datafolha, que atendendo a um pedido nosso passou a colocar nos formulários apenas ‘Garotinho’, e aí meu nome – da maneira como sou conhecido – passou a liderar todas as pesquisas”, disse.

Ainda segundo o deputado, o contratante da pesquisa, o Sindicato Nacional dos Condutores da Marinha Mercante, é filiado a uma central sindical recém fundada, a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), cujo presidente Alcir Albernoz, que é filiado ao PMDB. “Não tenham dúvidas, a pesquisa é uma grande armação para tentar tirar da cova a candidatura de Pezão inflando seus números, e claro, apresentar um resultado igualmente forjado me colocando com um índice abaixo do que eu tenho realmente”, conclui Garotinho.

Comentar
Compartilhe
Vereador critica obra inacabada e questiona secretário
28/03/2014 | 08h12
[caption id="attachment_23554" align="aligncenter" width="565"] Reprodução/Facebook[/caption]

Em seu perfil no Facebook o vereador Dayvison Miranda (PRB) publicou a foto da rua Aurino Tavares, no Parque Rosário, e questionou o secretário de Obras, Edílson Peixoto. "E agora, Dr. Edílson Peixoto, secretario de Obras, de quem foi a culpa: de Deus que mandou a chuva ou da obra que não foi concluída? Estou aguardando a resposta desde ontem a tarde, quando choveu, e a rua Aurino Tavares também encheu. O senhor ficou de me retornar, mas até agora nada. Tenho certeza que a culpa não é da Prefeita, pois a obra foi feita e não foi eficaz. Aguardamos solução e a sua resposta! Assim não dá!", frisou Dayvison.

Comentar
Compartilhe
Cabral nega ter dado apoio a Alckmin para captação de água do Rio Paraíba
20/03/2014 | 01h40

O governador do Rio, Sérgio Cabral, negou na noite desta quarta-feira que já tenha dado seu apoio para a proposta do governo de São Paulo para captar água no Rio Paraíba do Sul. Em nota, a assessoria do governador esclareceu que Cabral solicitou um parecer ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e ao secretário do Ambiente, Indio da Costa, “uma vez que se trata de demanda que exige análise técnica”. Mais cedo, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que conversou nesta quarta-feira com Cabral e o governador de Minas, Antônio Anastasia, para explicar a proposta e que teve o apoio deles. "Mas é claro", respondeu o governador paulista, quando perguntado se havia convencido principalmente Cabral da proposta.

O Rio usa parte da água do Rio Paraíba do Sul para o abastecimento do estado. Portanto, o anúncio da proposta de São Paulo de fazer uma obra para que, em situações de emergência, água do Paraíba do Sul seja transferida para represas de São Paulo já causou reações desfavoráveis no estado e preocupações sobre falta de água em municípios fluminenses. Alckmin explicou que, atualmente, o Rio de Janeiro capta 119 metros cúbicos de água por segundo do rio Paraíba do Sul. São Paulo, segundo ele, captaria cinco metros cúbicos por segundo, e apenas em situações de crise de abastecimento.

Apesar da situação crítica de abastecimento neste ano na região metropolitana paulista - o sistema Cantareira está com 14,7% da sua capacidade -, Alckmin explicou que a solução usando o Rio Paraíba do Sul seria apenas para enfrentar problemas de desabastecimento a partir de 2015. A obra levaria 14 meses e custaria cerca de R$ 500 milhões. Ele tratou a medida como preventiva e necessária para o futuro do abastecimento do estado.
Campos — Em Campos, o secretário municipal de Meio Ambiente, Zacarias Albuquerque, destacou que, até o momento, não há nenhuma decisão oficial da Agência Nacional de Águas (ANA), órgão legalmente competente para liberação da outorga, acerca do interesse do Estado de São de Paulo na transposição do Rio Paraíba do Sul para o sistema Cantareira. No entanto, o tema, segundo Zacarias, tem sido discutido em comitês regionais, como o de Estudo e Integração da Bacia do Paraíba do Sul, e não há consenso técnico para a aprovação do projeto. Há anos ambientalistas e pesquisadores nas áreas de geologia e oceanografia avaliam o avanço do mar no litoral de São João da Barra, mais precisamente em Atafona, e aponta o enfraquecimento do rio Paraíba do Sul como uma consequência do avanço do mar em sua foz. Outro problema levantado é a salinização do rio, que a cada dia tem estado mais enfraquecido. Confira a matéria completa publicada na Fola Online (aqui).
Comentar
Compartilhe
Após um ano, Conselho dos Royalties continua engavetado
18/03/2014 | 01h18

Se por um lado o vereador Paulo Hirano (PR) afirmou em entrevista à Folha, publicada no Blog Opiniões (aqui), que a prefeita Rosinha Garotinho (PR) implantou “nova era na política de Campos”, por outro o Conselho dos Royalties, que poderia ser um marco na fiscalização dos recursos bilionários, continua engavetado. Após a aprovação de uma indicação legislativa do vereador Albertinho (Pros), em março do ano passado, a criação do Conselho ficaria por conta da Prefeitura, que até hoje não tirou a proposta da gaveta.

O vereador Marcão (PT), que viu a Câmara negar o seu projeto que pretendia criar o Conselho dos Royalties, comentou recentemente sobre a demora. “Quando apresentei a minha proposta, disse que a responsabilidade deveria ser da Câmara, pois a nossa principal função é legislar pelo bem do povo. Também cheguei a indicar para participar do conselho representantes da área do petróleo, do Sindipetro, do meio ambiente, educação, saúde, OAB e do Conselho Regional de Contabilidade. Infelizmente, a gente continua vendo o descontrole na aplicação dos royalties”, disse.

Macaé — Enquanto isso, em Macaé, o conselho para fiscalizar a aplicação dos royalties funciona desde o início do ano passado.  Ele foi criado há quase três anos, através da Lei 3.373/2010, mas não chegou a funcionar por falta de regulamentação. O conselho é formado por membros do governo municipal e representantes da sociedade civil. Pelo governo, fazem parte as secretarias de Governo, Planejamento, Fazenda, além da Controladoria Geral do Município e Câmara Permanente de Gestão.
Comentar
Compartilhe
Marinéa Abude na mira do “fogo amigo”
27/03/2014 | 02h28

A secretária de Educação, Cultura e Espotes da Prefeitura de Campos, Marinéa Abude, que ultimamente tem falado pouco para evitar novas pérolas, deve ser a nova vítima do “fogo amigo” rosáceo. Nos bastidores, algumas figuras começam a se unir para iniciar um processo de fritura. Porém, os poucos defensores de Marinéa garantem que ela é dura na queda. Em outubro do ano passado, mesmo quando o clima estava bem pesado, ela resistiu e continuou no cargo.

Marinéa ainda nem completou um ano no comando da Educação. Ela assumiu a pasta em junho do ano passado. O grupo que defende Marinéa acredita que o novo ranking do Ideb, que será divulgado em maio pode dar força a secretária. Em recente entrevista ela afirmou que acredita em uma pequena melhora no ranking deste ano. Porém, segundo a secretária, "um melhor resultado só vai aparecer em 2015". Vale lembrar que o município de Campos ocupa a última colocação entre os 92 municípios do estado do Rio.

Comentar
Compartilhe
Fantástico mostra abandono em escolas públicas
09/03/2014 | 11h30

Em sua edição deste domingo o Fantástico mostrou a dura rotina de professores, pais e alunos de algumas escolas em Alagoas, Pernambuco e Maranhão. A reportagem mostra escolas sem cadeiras, piso, janelas, material de limpeza, água potável e banheiros. O transporte é complicado e, em alguns casos, é preciso colocar o pé na lama para estudar.

Tem até escola com aula ao ar livre, que precisa ser interrompida em dias de chuva. No final da matéria as respostas enviadas pelas Prefeituras foram bem parecidas com as que ouvimos nos últimos anos: a culpa é das gestões passadas e um "grande processo de reformulação foi iniciado pelo atual governo".

Para ver o vídeo com a matéria, clique aqui 

Campos: Infiltração, mofo, piso destruído, rachaduras e desabafo de mãe (aqui) — Não é preciso ir muito longe para encontrar escolas em situação precária. Em novembro do ano passado o médico sanitarista Erik Schunk (PSOL) publicou em seu blog algumas imagens que mostram a situação do Colégio 29 de Maio, a maior escola da rede municipal. “Falta de calçamento dentro de pátio, a instalação elétrica é um risco constante à integridade dos alunos e funcionários, há infiltração de água em teto e paredes com mofo nesses locais com risco de alergias e infecções respiratórias. Lixeiras, cadeiras e portas de salas quebradas completam o quadro de abandono em que se encontra escola. Até quando Dona Rosinha?”, perguntou Schunk.

Também no mês de novembro o grupo Cabruncos Livres fez uma exposição com diversas fotografias das escolas da rede municipal de ensino. Ao lado do movimento “Educadores de Campos em Luta", foi produzido um vídeo. Nele, é possível ouvir alguns depoimentos reveladores sobre a educação na terra goitacá. Confira:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=4Ei6T1Ni5xs[/youtube]

Comentar
Compartilhe
Tática da latinha
07/03/2014 | 08h45
[caption id="attachment_23029" align="aligncenter" width="434"] Pezão, Maria Lúcia, Cristine e Eduardo Paes no segundo dia de desfile do Grupo Especial - Foto: Agência O Dia[/caption]

Em matéria publicada no jornal "O Dia", a jornalista Rozane Monteiro revela a tática utilizada pelo vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), para tomar umas cervejinhas na Sapucaí. "Considero a possibilidade de eu ter sido a última a saber, na madrugada de segunda-feira, que as latinhas de Coca-Cola Zero que o prefeito Eduardo Paes e o vice-governador Luiz Fernando Pezão carregaram durante boa parte dos desfiles de domingo e segunda-feira têm tudo, menos refrigerante. Na verdade, as latinhas são os ‘copos’ que os dois usaram para tomar cerveja", disse Rozane, que completou: "Justiça seja feita. Nenhum dos dois tinha sinais de que exagerou na bebida e, que eu saiba, nenhum deles dirigiu depois. Portanto, quase comportados, os dois eram só mais uma dupla de foliões no Sambódromo".

Garotinho bombardeia — Sem perder tempo, o deputado federal Anthony Garotinho (PR), que não bebe, aproveitou para criticar os adversários: "Esse pessoal do PMDB é imbatível em matéria de armação. Até para beber cerveja no carnaval, Pezão e Paes fingem que é Coca Zero. Nada é verdadeiro, nada é às claras, vivem de armações, golpes, maquiagens, enfim, como disse no título, é o puro 171", disparou.

Será que Garotinho não sabe que na planície goitacá tem gente do seu grupo que usa uma tática bem parecida? Ou só vale criticar as latinhas misteriosas dos outros?

Comentar
Compartilhe
Câmara derrapa novamente e distribui carteira com erro
31/03/2014 | 04h51

Em agosto do ano passado, uma placa colocada logo na subida da escada principal da Câmara de Campos, contava com um acento no local errado. Na ocasião, a imagem foi parar no site de humor Kibe Loco (aqui). Agora, oito meses depois, a Câmara deu mais uma derrapada no português. Em uma carteira distribuída aos vereadores, o “S” da palavra Campos foi esquecido. Sendo assim, todo o material foi produzido com o nome “Campo (sic) dos Goytacazes”.

Se a culpa foi da empresa contratada, ela deve refazer e pagar pelo custo das novas carteiras. Porém, se o erro foi da Câmara, a conta será paga com o nosso dinheiro.

Comentar
Compartilhe
Show de Luan Santana custou R$ 233,7 mil
11/03/2014 | 12h10
  [caption id="attachment_23091" align="aligncenter" width="545"] Além de deixar seu autógrafo para a posteridade, o alto valor do cachê também deveria ficar registrado // Foto de Rogério Azevedo[/caption]

O “Verão da Família”, que para muitos foi o “Verão da Gastança”, ultrapassou todas as marcas em seu último show. Como o jornalista Ricardo André Vasconcelos já havia previsto em seu blog (aqui), quando publicou o pagamento de uma fatura no valor de R$ 116.875,00 para o cantor Luan Santana, uma nova fatura poderia ser paga.

Eis que dando uma olhada hoje (11) no Portal da Transparência, lá está o pagamento da segunda fatura no valor de R$ 116.875,00. Sendo assim, o show do sertanejo-pop Luan Santana custou R$ 233.750,00. Por coincidência, empatando com Maria Bethânia (aqui) (R$ 233.750,00) no ranking dos shows mais caros de Campos dos últimos anos.

Vale lembrar que além dos gastos com o cachê a Prefeitura também banca palco, som, iluminação, transporte, alimentação e hospedagem.

Comentar
Compartilhe
O que é mais fácil: ser situação ou oposição?
20/03/2014 | 02h00

Durante a sessão de ontem (19), após o vereador Abdu Neme (PR) afirmar que "é muito fácil fazer oposição", o vereador Nildo Cardoso (PMDB) usou a tribuna e disparou: "Estão achando que é fácil fazer oposição? Então venha para a nossa bancada! Faço oposição por convicção e mantenho o mesmo discurso da minha campanha. Nossa bancada não recebe benesses. Fácil mesmo é chegar aqui, ficar quieto e aprovar tudo que o governo manda", disse Nildo.

Durante a sessão, o debate esquentou e acabou fugindo do tema principal. Confira algumas posições:

A declaração de Nildo deixou alguns governistas bem incomodados. A vereadora Auxiliadora Freitas (PHS) não perdeu tempo e foi até a tribuna informar que não recebe nada. Sem entrar no debate sobre ser fácil ou difícil ser situação, ela disse: "Quero deixar bem claro que não recebo benesses. É lógico que aliados possuem condições para empregar algumas pessoas. Isso é normal. Mas informo que a prefeita tem valorizado muito os concursados e nem isso é possível. Defendo o governo por acreditar no grupo e quero deixar claro que ninguém nunca conversou comigo para me induzir a votar desta ou daquela maneira aqui na Câmara. Decido tudo por conta própria", disse Auxiliadora Freitas.

O vereador Álvaro César (PMN) também fez questão de dizer que não recebe nada. "Me elegi vereador sem ajuda de Garotinho ou Rosinha. E não tenho um único cargo de confiança indicado na Prefeitura. Defendo a prefeita Rosinha e voto com a minha própria consciência", garantiu.

Discordando do líder da bancada de oposição, Nildo Cardoso, o vereador Rafael Diniz (PPS) também opinou: "Acho que dessa vez vou discordar do vereador Nildo. Na verdade, acho que não deve ser muito fácil ser da bancada de situação. Imagine ter que votar favorável em temas que discordam? Será que isso é fácil? Eu, por exemplo, não aceito ficar calado e obedecer ordens que discordo. Essa não é uma tarefa fácil", disse Rafael.

Já a vereadora Dona Penha (DEM) criticou o debate. "Não podemos ficar aqui feito caranguejos, andando para os lados e discutindo coisas que não são produtivas. Mas quero avisar que não sou pau mandada de ninguém. Sei muito bem o que estou fazendo e nas coisas que estou votando', afirmou.

Rebatendo o vereador Kellinho (PR), que apontou como "hipócrita" a atitude de alguns oposicionistas, o vereador Fred Machado (SDD) disparou: "Acusam a oposição de hipocrisia. Mas se querem procurar um termo para definir algumas pessoas, eu acho que a palavra submissão também pode ser usada nesta Casa. E em muitos casos quem perde por conta dessa submissão é a população", disse Fred.

Por fim, o vereador Abdu Neme (PR) chutou o pau da barraca. "Eu voto do jeito que eu quero e como eu quero. Se é submisso ou não, não interessa. A prefeita pode mandar os projetos que votarei favorável. Eu confio na prefeita", afirmou.

Comentar
Compartilhe
Carnaval: sem explicar gastos de 2013, Rosinha anuncia programação de 2014
26/03/2014 | 08h57

Em maio de 2013 (aqui) os vereadores Rafael Diniz (PPS) e Fred Machado (SDD) apresentaram um requerimento solicitando informações sobre o Carnaval fora de época realizado pela Prefeitura de Campos em abril daquele ano, com direito a escolas de samba do Rio de Janeiro e grande estrutura. Porém, o pedido foi atropelado pelo “rolo compressor” e ninguém soube quanto custou a folia.

Agora, quase um ano depois, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) já prepara uma nova festa. A Prefeitura, através da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, vai promover nos próximos dias 25, 26 e 27 de abril, o Campos Folia 2014, o carnaval fora de época da cidade.

Segundo o superintendente de Igualdade Racial, Jorge Luiz dos Santos, as escolas e os blocos receberão a subvenção por parte da municipalidade através da Liga Independente das Entidades de Samba de Campos (Liescam), que passa a administrar o carnaval da cidade. “Infelizmente não pudemos antecipar o repasse para as entidades, devido a algumas pendências. Os representantes das agremiações devem ficar atentos ao calendário da Liescam”, disse Jorge. A previsão é que os recursos sejam liberados na primeira quinzena de abril. Ou seja, as escolas e blocos terão apenas dez dias para investir em fantasias e preparar tudo para o desfile.

De acordo com o presidente da Liescam, Jaiminho Pessanha, tudo será acompanhado de perto. “Estaremos cobrando das entidades, qualidade na passarela do samba, e acompanhando as prestações de contas e o cumprimento do regulamento. Tudo isso para que possamos fazer um carnaval organizado e que agrade à população”, informa.

Comentar
Compartilhe
Confira os cachês dos últimos shows do “Verão da Família”
05/03/2014 | 12h21

Sempre atendo ao Diário Oficial, o jornalista Ricardo André Vasconcelos publicou em seu blog (aqui), os valores pagos pelos últimos grandes shows do “Verão da Família”, na praia do Farol de São Thomé. Mas é bom lembrar que alguns shows são pagos em notas fiscais diferentes, o que pode encarecer mais um pouco as apresentações nos próximos dias. Além disso, não etão incluídos os gastos com transporte, alimentação, som, iluminação, trios e palcos.

Luan Santana (show do próximo domingo): Já foi paga uma fatura no valor de R$ 116.875,00 e pode ser que ainda tenha uma outra, o que dobra o valor do cachê.

"Só Prá Contrariar" (SPC): custou R$ 191.380,00 pagas em duas notas fiscais emitidas pela APN Serviços Ltda (NFs 22 e 23, ambas emitidas em 26/02/2014) e pagas em 27/02/2014 - processos 20140190002168 e 20140190002168 e ordens bancárias 2014OB02803 2014OB02801, respectivamente).

Outros shows no Carnaval:

Carla Perez: R$ 56.100,00 - NF-E 201425 - Processo 20140190002272 - Ordem Bancária 2014OB02790 - HS EVENTOS E PRODUÇÕES ARTISTICAS LTDA.

Grupo Pixote: R$ 60.775,00 - NF-E 75 de 26/02/2014 - Processo 20140190002175 - Ordem bancária – 2014OB02789 - CORACÃO PRODUCÕES E EVENTOS LTDA.

Ainda falta o valor do cachê da banda Cheiro de Amor, que se apresenta no próximo sábado (08).

Já os shows locais, com apresentações nos trios e distritos, giram em torno de R$ 950,00 a R$ 8 mil. Para conferir os pagamentos, clique aqui 

Mais sobre os gastos do verão: aqui, aqui, aqui e aqui

É bom lembrar que em Campos os shows não terminam com o fim da folia. Por aqui ainda tem Carnaval fora de época, desfiles dos bois, quadrilhas (de São João) , Festa de São Salvador, festas nos bairros, entre outros eventos custeados com os milhões do governo municipal.

Comentar
Compartilhe
Farol: Arrastão, confusão e guardas agredidos
04/03/2014 | 08h53

No "Verão da Família", após um arrastão e a falta de segurança na tarde de hoje (04), três jovens escolheram uma forma nada civilizada para protestar. Sem Policiais Militares por perto, eles cobraram uma atitude mais enérgica de dois guardas municipais e acabaram agredindo os agentes com pedaços de madeira. Um dos guardas chegou a sofrer um grande corte na cabeça e levou 16 pontos.

Posteriormente, os três rapazes foram detidos e as imagens das câmeras de monitoramento da praia foram levadas para a 134ª DP/Centro, onde o caso está sendo registrado. Os agressores são da mesma família, mas moram em cidades diferentes: Campos, Itaboraí e Manilha.

O blog também foi informado sobre uma série de confusões durante o trio elétrico na tarde de ontem (03). De acordo com pessoas que estavam no local, alguns tiros foram disparados.

Antes que alguém diga que só os casos do Farol são divulgados por aqui, vale lembrar que o blog já postou diversas notas sobre o clima de insegurança na região: aqui, aqui, aqui e aqui 

Com informações do site Campos 24 Horas 

Comentar
Compartilhe
Coladinho
11/03/2014 | 11h01
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=am7rpx5xOwg[/youtube]

Com o seu celular, o governador Sérgio Cabral (PMDB) gravou um vídeo durante a cerimônia de ontem no Liceu de Humanidade de Campos. Quem vê o vídeo percebe que o deputado estadual Roberto Henriques (PSD) estava tão coladinho que o governador precisou dar uma ajeitada no enquadramento para o parlamentar não aparecer mais do que ele.

Durante o seu discurso Cabral lembrou que essa é uma de suas últimas ações antes de entregar o governo ao vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). “Como estou me despedindo, vou aproveitar para fazer um discurso um pouco maior. Só não será mais longo do que o discurso do deputado Roberto Henriques”, brincou Cabral.

Comentar
Compartilhe
Após cancelamento de processo seletivo, Prefeitura de SJB divulga nota
21/03/2014 | 06h25

Conforme a Folha Online informou (aqui), após ação do Ministério Público, os processos seletivos para contratos temporários lançados pela Prefeitura de São João da Barra para diversas secretarias foi cancelado. Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) será assinado no próximo dia 26. Os resultados parciais das secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e Coordenação de Defesa Civil já haviam sido divulgados.

NOTA OFICIAL - Prefeitura de São João da Barra

A Prefeitura de São João da Barra esclarece que o Processo Seletivo Simplificado em andamento desde o dia 12 de fevereiro, contemplando vários setores da administração municipal, prossegue dentro da normalidade, porém sem previsão de contratação imediata. A medida atende recomendação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, emitida no dia 20 de março de 2014, para a não realização de nenhum processo seletivo simplificado, nem prorrogação ou contratação de trabalhadores sem concurso público para qualquer área a partir da referida data. Uma reunião entre representantes do Poder Executivo e do Ministério Público está agendada para o dia 26 de março para tratar do assunto.

Comentar
Compartilhe
Ibope: Garotinho lidera com Crivella, mas tem rejeição de 60%
26/03/2014 | 12h25

O Portal R7 publicou pesquisa do Ibope que mostra um empate técnico entre o deputado federal Anthony Garotinho (PR) e o ministro da Pesca, Marcelo Crivella (PRB). Enquanto o parlamentar aparece com 19%, o bispo da Universal tem 18%. Logo atrás está o senador Lindbergh Farias (PT), com 13%, seguido pelo vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), com 6%. Em quarto lugar está Alfredo Sirkis (PSB), com 2%. Votos brancos e nulos somam 35% e indecisos, 8%. O Ibope ouviu 1.008 eleitores entre os dias 7 a 10 de março. No quesito rejeição, Garotinho fica em segundo lugar, com 60%. O mais rejeitado é o vereador carioca Cesar Maia (DEM), que tem 69% de rejeição.

Vitória de Crivella no 2º turno — Nos cenários de segundo turno analisados, Crivella estaria à frente de Garotinho com 28% a 24% das intenções de voto. Contra Lindberg, Crivella venceria por 31% a 20%. Contra Pezão, Crivella teria vantagem de 36% a 13%. Rejeição — O Ibope também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os três mais rejeitados foram César Maia (DEM), com 69%, Garotinho, com 60%, e Pezão, com 59%. O levantamento foi encomendado pelo Sindicato Nacional dos Condutores da Marinha Mercante e Afins e foi registrado no TRE-RJ sob o número 00002/2014.

Garotinho reclamou — Antes mesmo da divulgação da pesquisa o deputado Anthony Garotinho reclamou.  “O presidente do IBOPE sabe que todas as vezes que meu nome é colocado em pesquisas como ‘Anthony Garotinho’ e não apenas como sou conhecido ‘Garotinho’ meu resultado fica uns seis a sete pontos abaixo. Isso já foi constatado pelo Instituto Datafolha, que atendendo a um pedido nosso passou a colocar nos formulários apenas ‘Garotinho’, e aí meu nome – da maneira como sou conhecido – passou a liderar todas as pesquisas”, disse.

Comentar
Compartilhe
Albertinho: "Só não serei candidato se o Pros ficar contra Garotinho"
25/03/2014 | 06h33

Durante a sessão de hoje (25), após fazer um extenso relato sobre sua vida e reafirmar seu "amor pelo casal Garotinho", o vereador Albertinho (Pros) comentou sobre a sua pré-candidatura a deputado estadual. "Apesar do fogo amigo, após uma reunião entre companheiros, posso dizer que nada foi definido. Quero deixar claro que minha pre-candidatura está mantida. Só haverá alguma mudança se o Pros não caminhar com o Garotinho. Mas acredito que o partido ainda vai se aproximar dele. E quero garantir uma coisa: se entrar na disputa, vou entrar para ganhar", afirmou.

Comentar
Compartilhe
Inquérito contra Garotinho na pauta do STF
26/03/2014 | 09h17
Do Blog "Eu Penso que"/Ricardo André Vasconcelos (aqui) Pauta de julgamentos do STF para esta quinta-feira, dia 27, que pode ser conferida aqui no Portal da Corte:

O processo esteve na pauta da semana passada mas teve o julgamento adiado porque a ministra relatora, Carmen Lúcia, estava ausente. Caso os ministros, por maioria, acatem a manifestação da PGR e aceitem a denúncia, o deputado Garotinho vai ser réu em mais uma ação penal. Ele já responde criminalmente (AP 640 - veja aqui) por "Crimes Praticados por Funcionários Públicos Contra a Administração em Geral | Corrupção passiva  DIREITO PENAL | Crimes contra a Paz Pública | Quadrilha ou Bando". O autos estão conclusos desde 24/02/2014 e podem entrar na pauta ainda no primeiro semestre. Além disso, há outro inquérito (3519), este concluso desde novembro de 2013 e investiga "Crimes Praticados por Funcionários Públicos Contra a Administração em Geral | Peculato". No inquérito 3519, a prefeita Rosinha Garotinho também é ré. O processo, segundo consulta ao STF já tem 55 volumes e 7.908 páginas. O relator é o ministro Dias Toffoly.

Confira aqui outros processos em que o deputado Garotinho figura como réu ou autor no STF.

Atualização Às 23h50 — O deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) livrou-se de passar à condição de réu em ação penal, no Supremo Tribunal Federal, indiciado que foi, em inquérito aberto pelo Ministério Público Federal, pelos crimes de difamação e injúria. Por 5 votos a 3, a maioria do plenário entendeu que as acusações feitas por Garotinho no seu blog, em 2011, contra o deputado estadual André Lazaroni - atual secretário de Esportes do governo Sérgio Crabral - de ligações estreitas com o tráfico de drogas na Favela da Rocinha, não constituíram nenhum delito.

Comentar
Compartilhe
Marcão: “Rosinha contou com R$ 11,7 bilhões em seis anos”
13/03/2014 | 12h34

Durante a sessão de ontem (12) o vereador Marcão usou a tribuna comentou sobre os altos orçamentos dos últimos anos. “Somando todos os governos entre os anos de 1993 e 2008 (15) anos o município contou com R$ 6 bilhões. Agora, em apenas seis anos, a prefeita Rosinha já contou com R$ 11,7 bilhões. Ou seja, nunca antes na história de Campos o município contou com tanto dinheiro. E aí, gostaria de saber o que foi feito com R$ 11,7 bilhões. Onde está esse dinheiro todo?”, indagou Marcão.

Na tribuna, o vereador Rafael Diniz (PPS) sugeriu um pedido de informação sobre os gastos bilionários nos últimos anos. “Seria bom para tentar desvendar o mistério desses orçamentos bilionários. Mas será que os aliados da prefeita vão aprovar o requerimento solicitando s informações?”, questionou Diniz.

Na defesa do governo, diversos vereadores da situação se revezaram no plenário. De acordo com o vereador Paulo Hirano (PR), que citou investimentos na Saúde, Educação e ações em diversos bairros, a população consegue ver de forma bem clara como os R$ 11,7 bilhões foram gastos.

Comentar
Compartilhe
Em Campos, Cabral e Pezão articulam com aliados
10/03/2014 | 01h44
[caption id="attachment_23077" align="aligncenter" width="538"] Foto de Paulo Sérgio Pinheiro[/caption]

Em Campos para entregar as obras de reforma e ampliação do Liceu de Humanidades de Campos, o governador Sérgio Cabral (PMDB) e o vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) aproveitaram a visita para articular com políticos da região. Participaram do evento os prefeitos Neco (São João da Barra), Pedrinho Cherene (São Francisco), Gegê Cantarino (Cardoso Moreira) e Luiz Fenemê (São Fidélis). Os deputados estaduais João Peixoto (PSDC) e Roberto Henriques (PSD) e o presidente da Fenorte, Nelson Nahim (PSD), também estavam ao lado do governador e do vice. Quem representou a prefeita Rosinha Garotinho (PR) foi o vice-prefeito Chicão Oliveira (PP), que elogiou o trabalho do governo estadual. “Como ex-liceísta não posso deixar de parabenizar o governo pela obra de restauração. Na verdade, trata-se de algo bem mais amplo do que uma simples obra, já que o Liceu é um patrimônio histórico”, disse.

O ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT), a ex-vereadora Ilsan Viana (PDT), o ex-prefeito Sérgio Mendes (PPS), o presidente do PV em Campos, Gustavo Matheus, e o vereador Nildo Cardoso (PMDB), também marcaram presença. Inclusive, nos próximos dias, novidades e parcerias devem ser anunciadas.

Com tantos políticos presentes, a dupla Cabral e Pezão aproveitou para articular. Eles sondaram sobre outras ações que podem ser desenvolvidas pelo governo na região e deixaram claro que estão confiantes para a eleição de outubro. Mesmo com Pezão largando atrás nas pesquisas, o clima no grupo é de tranquilidade. “Quem conhece política sabe que o jogo começou agora. Tem gente que faz política apenas falando. Já o governador Cabral e o vice Pezão vão mostrar ações e serviços prestados em todo o estado”, disse João Peixoto.

“Amigo a gente escolhe” — Em seu discurso, Nelson Nahim elogiou Cabral e lembrou que se trata de uma amizade antiga. “O Cabral é um amigo. Outras coisas a gente não pode escolher, mas amigo a gente escolhe”, disse Nahim, que agradeceu pela forma como foi recebido no grupo. “Me sinto revigorado”, afirmou.

Se o coreto falasse — Antigos liceístas voltaram ao local e comentaram sobre histórias do passado. Um deles, logo após o fim do evento, soltou a seguinte pérola em uma rodinha: “Tem um ex-aluno que ficou muito poderoso e hoje é evangélico. Mas na época de Liceu ele era bem diferente. Se aquele coreto falasse, nossa mãe!”, brincou.

Liceu — Tombado pelo Instituto Estadual de Patrimônio Cultural (Inepac) em 1988, a edificação exigiu intervenções delicadas. Os trabalhos foram executados pela Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro (Emop) em dois prédios diferentes: no principal, onde funciona a direção, e no lateral, que antigamente era uma senzala e hoje abriga nove salas de aula e um laboratório de Química. O governador Sérgio Cabral mostrou-se orgulhoso do resultado. “É um resgate histórico de décadas de sonho da população. O Liceu é um patrimônio histórico nacional. A obra fez a modernização para os alunos e manteve o resgate histórico do prédio”, comemorou o governador.

Comentar
Compartilhe
Rosinha anuncia pacote de inaugurações
12/03/2014 | 08h44

Dentro das comemorações pelos 179 anos de elevação da Vila de São Salvador à categoria de cidade de Campos, a Prefeita Rosinha Garotinho (PR) inaugura durante este mês uma série de obras. Hoje (13) será inaugurada a Praça Principal do Parque Aldeia e, na sexta-feira (14), a Vila Olímpica de Santa Rosa.  Ontem (12), ela inaugurou as obras de infraestrutura na localidade de Rio Preto.

Na próxima semana serão inauguradas mais obras, entre elas, praças e avenidas. Ainda no pacote de inaugurações deste mês foram inauguradas duas creches modelos, em Saturnino Braga e em Santo Eduardo. Para fechar a programação comemorativa, no final do mês será realizado desfile cívico, no Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop), reunindo secretarias e fundações que farão apresentação das principais ações desenvolvidas.

Atualização às 0h36 — Na noite de ontem (12), durante a entrega das obras de infraestrutura em Rio Preto, que contou com uma super produção (palco, telão, muitas luzes e música), a prefeita Rosinha Garotinho anunciou que a localidade vai ganhar 90 casas do Programa Morar Feliz, com a construção começando já neste semestre. Ela também informou que irá lançar a vacina contra o vírus HPV também para meninos. Há quatro anos a vacina já é aplicada nas meninas. "Rio Preto nunca viu tantas obras como agora. E vamos fazer também o Morar Feliz. Mas não é só isso, a partir de agora vamos aplicar a HPV também nos meninos. Campos foi pioneiro na implantação da vacina na rede pública a disponibilizando para as meninas", destacou Rosinha em seu discurso.

Rio Preto — As obras de infraestrutura passaram por seis ruas e mais o acesso à localidade. O investimento total foi de pouco mais de R$ 9 milhões e incluiu a construção de uma ponte que beneficiará o desenvolvimento do turismo na região. Além disso, a obra de reforma da creche está em fase final.

[caption id="attachment_23142" align="aligncenter" width="512"] Em Rio Preto a entrega das obras de infraestrutura contou com uma super produção                                        Foto: César Ferreira/ Secretaria de Agricultura[/caption]

Comentar
Compartilhe
São João da Barra terá Concurso Público ainda este ano
31/03/2014 | 05h36

Da Secom/SJB: 

Uma reunião na tarde desta segunda-feira, 31, em São João da Barra, entre representantes da Prefeitura e do Ministério Púbico Estadual, definiu pela realização de um concurso público ainda para este ano. A meta é suprir carências em vários setores da administração. Algumas dessas vagas vêm sendo supridas por meio de contratos. Inicialmente com validade de três meses, terminando nesta segunda-feira, esses contratos serão estendidos por mais um mês, conforme o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado no encontro. Em relação ao Processo Seletivo Simplificado, ele está mantido, sem prazo para contratação.

O próximo passo por parte da prefeitura de São João da Barra será um levantamento a respeito das necessidades para que sejam realizados os trâmites para abertura do processo licitatório e contratação da empresa que irá realizar o concurso.

Comentar
Compartilhe
Tropa rosácea tenta desanimar Alexandre Tadeu
25/03/2014 | 11h43

Após tentar minar a candidatura do vereador Alexandre Tadeu (PRB), o Tô Contigo, e perceber que as ameaças não estavam fazendo efeito, a Tropa Rosácea começa a utilizar uma nova tática. O plano agora é insinuar que uma vitória do vereador, que é pré-candidato a deputado federal, pode diminuir a sua força em Campos, já que o impediria de apresentar o programa “Balanço Geral”.

Em seu blog (aqui), o Ralfe Reis, diz que, sendo eleito, Tadeu não teria mais tempo para apresentar o seu programa ao vivo e, consequentemente, perderia a imagem do político mais atuante. Tal afastamento da mídia local pode atrapalhar possíveis projetos políticos do apresentador em 2016”.

Porém, pensando em 2014 e, sobretudo na eleição de 2016, a turma da Record e da Universal já levantou a possibilidade de montar um estúdio em Brasília para que o Tô Contigo possa continuar aparecendo diariamente no “Balanço Geral”.

Atualização às 12h40 — Metas do PRB — Em entrevista ao “10 Perguntas”, no Blog do Kennedy Alencar, o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, diz que a meta do partido é “eleger, no mínimo, 16 deputados federais em 2014?. Ele lembra que o partido obteve oito vagas na Câmara em 2010. No estado do Rio, o Tô Contigo é o 2º vice-presidente do PRB e uma das apostas para 2014.

Papo reto — Em mensagem enviada ao blog "Na Curva do Rio", da jornalista Suzy Monteiro (aqui), Alexandre Tadeu diz: "a minha candidatura a deputado não está e nunca esteve condicionada ao meu apoio à candidatura de Anthony Garotinho (PR) ao governo do Estado do Rio. O motivo é óbvio: o meu partido (PRB) tem como pré-candidato ao governo do Estado o ministro Marcelo Crivella".

Comentar
Compartilhe
Rosinha lança “Pacote de Aniversário”
25/03/2014 | 12h26

De acordo com matéria publicada hoje (25) no site da Prefeitura, no aniversário de 179 anos da elevação da Vila de São Salvador à categoria de cidade de Campos, quem ganha presente é a população.

Depois de inaugurar durante este mês uma série de obras e lançar a vacina contra o vírus HPV para meninos, a prefeita Rosinha Garotinho reúne na próxima sexta-feira diferentes secretarias no Cepop para uma manhã de prestação de serviços.

O aniversário da cidade começa às 9h se estende até às 13h, com direito a bolo de 179 metros, parabéns e muita diversão. A programação reúne música, teatro, esporte, cultura e entretenimento, com direito a aula de ginástica, pintura no rosto para crianças, animadores culturais promovendo brincadeiras, jogos de perguntas e respostas com brindes, feira de artesanato, coral da terceira idade e muito mais.

Já as pessoas que quiserem ficar em dia com a saúde haverá aferição de pressão arterial, teste de glicose, distribuição de preservativos dentro do Programa DST/Aids, ônibus do Hemocentro durante todo o dia para doação de sangue e vacinação contra HPV para meninos de 11 a 15 anos.

E não termina aí. Essa também será uma oportunidade para quem quiser crescer profissionalmente. Será apresentada a lista de ofertas de emprego disponibilizada no Balcão de Empregos, inscrição para cursos do Pronatec e outros oferecidos pela prefeitura, além de agendamento para retirada de documentos.

Fonte: Secom/Campos 

Comentar
Compartilhe
Rosinha participa de ensaio fotográfico para capa de CD
27/03/2014 | 06h38
[caption id="attachment_23498" align="aligncenter" width="403"] Foto Nelcimar Pires/Facebook[/caption]

Engana-se quem pensa que a prefeita Rosinha Garotinho (PR) desistiu da ideia de lançar um CD. Com diversas músicas já gravadas, incluindo parcerias com artistas como Joanna, Daniel, Frank Aguiar, Elymar Santos e Agnaldo Timóteo, ela participou nesta quinta-feira (27) de um ensaio fotográfico no estúdio do fotógrafo Binho Dutra, ao lado da sua amiga e fiel escudeira, Patrícia Cordeiro. As fotos vão ilustrar a capa do CD.

Em seu perfil no Facebook, o estilista Nelcimar Pires revelou algumas imagens do ensaio fotográfico. "Grandes surpresas vindo com grandes bênçãos! Aguardem!", postou Nelcimar.

O cantor Elymar Santos revela alguns detalhes sobre o disco. "Sou o padrinho musical da Rosinha. Comigo ela já cantou até no Canecão. No CD vamos gravar 'Poxa' e provavelmente 'Cidadão', canções que sempre cantamos juntos", diz Elymar.

Comentar
Compartilhe
As 82 ambulâncias já estão circulando?
13/03/2014 | 12h17

No dia 20 de fevereiro, após ser indagado pelo vereador Rafael Diniz (PPS) sobre as ambulâncias que ainda não haviam sido entregues pela empresa Nova Master, o vereador Paulo Hirano (PR), líder do governo na Câmara, informou (aqui) que das 82 previstas no contrato, apenas 26 haviam sido entregues. Na ocasião, ele disse: “Essa angústia também existe entre os governistas. Porém, por conta de uma decisão judicial, não foi possível realizar uma nova licitação. Ao todo, 26 ambulâncias já estão circulando. Fomos informados que as 82 ambulâncias já estarão circulando em março”, disse Hirano.

Como já estamos chegando a metade do mês de março, será que as 82 ambulâncias estão circulando?

Vale lembrar que o contrato prevê um gasto mensal de R$ 2 milhões.

Comentar
Compartilhe
Reajuste dos servidores: Campos (7%) e São João da Barra (12%)
19/03/2014 | 02h32

Campos: A prefeita Rosinha Garotinho (PR) vai encaminhar na tarde de hoje (19) projeto de lei para a Câmara de Vereadores, concedendo reajuste antecipado para o mês de abril da ordem de 7% para os servidores municipais. O índice é superior à inflação do IPC nos últimos 12 meses, que está acumulado em 5,26% e, se acordo com matéria publicada no site da Prefeitura, representa o esforço do município na valorização do servidor público. A Prefeita Rosinha Garotinho destaca que a adoção de políticas públicas de modernização da administração municipal, com a geração de empregos e atração de novos empreendimentos, tem possibilitado o município a concessão de reajustes acima da inflação, a partir do aumento da arrecadação própria, já que não é permitido, por Lei Federal, o uso de royalties do petróleo para pagamento de pessoal do quadro permanente.

São João da Barra: Os servidores públicos da Prefeitura e da Câmara de São João da Barra terão um aumento de 12% em seus salários, a partir deste mês. Os projetos de leis que concedem a revisão geral anual foram aprovados em caráter de urgência na sessão desta terça (18), pelo Legislativo. O objetivo da correção salarial, em decorrência da inflação, visa garantir a manutenção do poder aquisitivo frente à desvalorização da moeda nacional.

Fontes: Secom/ Campos e Secom/SJB 

Comentar
Compartilhe
Após a chuva, camelôs ficam ilhados
27/03/2014 | 05h48

Com a obra do Mercado Municipal, a Prefeitura de Campos apresentou um projeto aos comerciantes que atuavam no Shopping Popular Michel Haddad e providenciou a transferência para o Parque Alberto Sampaio. Neste local provisório, os responsáveis pela mudança garantiram que toda a estrutura necessária seria oferecida. Porém, bastou uma chuva cair para mostrar que o planejamento não foi dos melhores. Neste momento, para comprar algo nas bancas é necessário usar um barco. No Facebook, diversas pessoas estão protestando. "Descaso total com os trabalhadores. Mas enfim... quem se importa, né? Os responsáveis por isso trabalham em gabinetes e nem faz diferença se chove ou faz sol. Espero q o a reforma venha para beneficiar os trabalhadores. Ou seria ingenuidade minha?", disse Emanuelle Cesar. 

A filha de um comerciante também protestou: "Os engenheiros não sabiam que quando chove esse local vira uma piscina?  Teremos que providenciar um barco para poder comprar no NOVO camelódromo? Meu pai trabalha lá e já prevemos muitos prejuízos", disse Aline Grad Branca.

[caption id="attachment_23486" align="aligncenter" width="485"]Já é possível ver a água entrar no local provisório Já é possível ver a água entrar no local provisório[/caption]

Posto de Detran com cachoeira — Se por um lado a Prefeitura deixou os comerciantes do camelô ilhados, por outro o governo do estado presenteou os donos de automóveis, que pagam um IPVA altíssimo,  com uma cachoeira. Um leitor da Folha usou o WhatsApp e enviou o seguinte vídeo ao jornal:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=cYD1MPRVL_A[/youtube]

Motoristas que aguardavam nas filas para vistoria, precisaram de guarda-chuva devido as perfurações em vários pontos do telhado.
Comentar
Compartilhe
Rosinha anuncia "pacote de bondades" no aniversário da cidade
28/03/2014 | 05h42
Encerrando as comemorações dos 179 anos de Campos,  a prefeita Rosinha Garotinho (PR) anunciou um pacote de benefícios para os servidores municipais. "Fizemos adequações no custeio da prefeitura para implantar melhorias para nossos servidores, em especial para os da área da Saúde, que tiveram carga horária reduzida, para seguirmos o preconizado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e humanizarmos ainda mais o serviço prestado à população",contou a prefeita.
Plantões de 12h e gratificações — Rosinha anunciou que médicos do Hospital Ferreira Machado e do Hospital Geral de Guarus terão direito a plantões de 12 horas e gratificação somada aos salários.  "Assim, o médico que fizer plantão durante a semana, receberá pouco mais de R$ 8 mil e, nos finais de semana, pouco mais R$ 9 mil. Esse benefício é para os médicos que atuam nessas unidades, que atendem emergência s vermelha e branca", explicou.
Mudanças na carga horária de técnicos e auxiliares de enfermagem — Técnicos e auxiliares de enfermagem também serão beneficiados.  "A carga horária desses profissionais é de fato pesada, pelo trabalho desgastante que executam. Agora, a carga horária deles será de 30 horas semanais", contou a prefeita. Rosinha explicou que os benefícios constam em um projeto de Lei que será enviado à Câmara Municipal.
Reajuste dos servidores  passou de 7% para 10% — Conforme o blog "Em Tempo", do jornalista Cilênio Tavares informou (aqui), a prefeita atendeu a um pedido do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e vai conceder aumento de 10% à categoria.   "Atendemos a uma solicitação do Sindicato dos Servidores e passarei  para 10% o aumento de 7% que havia sido dado aos servidores, e que já era superior ao IPCA de 5,56%", concluiu a prefeita, ressaltando que um novo projeto de Lei será apresentado à Câmara para alterar o reajuste. Vale lembrar que a bancada de oposição se posicionou contra o reajuste de 7% e, assim como o sindicato, cobrou um aumento superior.
Prefeita lista benefícios — A prefeita Rosinha lembrou que, desde o início de seu governo,  os servidores vêm acumulando ganhos. "A prefeitura regularizou o FGTS; passou mais de 4 mil funcionários do regime CLT para estatutários; igualou gratificações dos funcionários do HGG ao do Ferreira Machado;concedeu gratificação de  por risco de vida a auxiliares de vigilantes da Guarda Municipal; igualou gratificações de auxiliares e técnicos de enfermagem  dos hospitais públicos de Campos e realizou concurso publico, acrescentando mais de três mil novos servidores ao quadro municipal. A  folha de pagamento com servidores passou, de janeiro de 2009, de R$ 29 milhões para R$ 58 milhões atuais", listou.
Fonte: Secom/Prefeitura de Campos 
Comentar
Compartilhe
Monopólio no céu e na terra
31/03/2014 | 01h46

Em eu blog "Ponto de Vista", Christiano Abreu Barbosa publicou nota sobre os altos preços das passagens áreas para quem deseja voar de Campos para o Rio (aqui). Os valores são exorbitantes e conseguem superar passagens para o exterior.

Mas é bom lembrar que não sofre apenas os que voam. Quem viaja pelo chão, com a empresa 1001, também paga caro. Porém, mesmo com protestos dos usuários e uma audiência pública na Alerj, nada mudou...
Comentar
Compartilhe
Paulo Feijó e Tiririca entre os campeões de presença no plenário
05/03/2014 | 07h17
[caption id="attachment_22982" align="aligncenter" width="563"] Facebook/Herval Junior[/caption]

Nem só de faltas vive o Congresso Nacional. Levantamento feito pela Revista Congresso em Foco revela que 29 deputados não tiveram nenhuma ausência no ano passado. Mas nem todos exerceram o mandato o ano inteiro. Desses, apenas 15 registraram presença em todos os 113 dias com sessões deliberativas. Entre eles, seis que ainda não perderam um dia sequer da atual legislatura, iniciada em fevereiro de 2011: Alexandre Leite (DEM-SP), Lincoln Portela (PR-MG), Manato (SDD-ES), Pedro Chaves (PMDB-GO), Reguffe (PDT-DF) e Tiririca (PR-SP). Na lista com os mais assíduos de 2013, o único deputado do estado do Rio de Janeiro é Paulo Feijó (PR).

No Senado, os mais assíduos em 2013 foram José Pimentel (PT-CE), Paulo Paim (PT-RS) e Ruben Figueiró (PSDB-MS), que registraram presença em 118 das 119 sessões realizadas pela Casa. Pimentel já havia sido o mais presente nos dois últimos anos: ele compareceu a todas as sessões de 2012 e faltou a apenas uma de 2011.

Com 100% de presença no plenário em 2013, o deputado Amauri Teixeira (PT-BA) acredita que o excesso de faltas dos parlamentares prejudica ainda mais a já desgastada imagem do Congresso. Ele diz ter recusado vários convites para eventos fora da Câmara em dias de votação por entender que é obrigação do congressista estar presente no plenário. “O número excessivo de faltas dos parlamentares atinge a credibilidade da instituição diante da população”, afirma. “Hoje, não podemos enganar mais ninguém”, acrescenta o petista.

Clique aqui para ver a relação dos deputados mais assíduos

Comentar
Compartilhe
Macaé: Vereadores aprovam pedidos de informação e contas de Riverton
13/03/2014 | 01h17

Enquanto no município de Campos os pedidos de informação apresentados pela oposição são atropelados pelo “rolo compressor”, no município de Macaé até o líder do governo vota favorável e busca esclarecimentos sobre assuntos polêmicos. Além dos pedidos de informação da oposição, a Câmara de Macaé também aprovou esta semana as contas do ex-prefeito Riverton Mussi (PMDB).

Ontem (12), por exemplo, foram aprovados dois pedidos de informação do vereador Igor Sardinha (PT) sobre a Educação. O primeiro solicita dados sobre as planilhas referentes ao número de bolsas distribuídas nos anos de 2012 e 2013, assim como o planejamento definido para a gestão de 2014. O segundo pedido de informação, aprovado por unanimidade, cobra explicações sobre a Escola Municipal Professora Maria Izabel Damaceno, diante da paralisação dos profissionais, registrada no início do mês, em função de problemas. “Segundo relato dos profissionais que atuam na escola, há problemas no laboratório de informática, na quadra e com o serviço de abastecimento. Eles paralisaram as atividades antes do Carnaval e a situação não foi resolvida. Precisamos saber qual é o planejamento do governo em promover a manutenção da unidade através de cronograma de obras, ação que vamos acompanhar”, apontou Igor Sardinha, que faz oposição ao governo.

O vereador Julinho do Aeroporto (PPL), líder do governo na Câmara, reforçou a preocupação sobre o futuro da escola. Ele admitiu que a unidade enfrenta problemas. “A situação da escola é muito complicada e a direção da unidade, que chegou a entregar o cargo, não conseguiu resolver os problemas. Há casos de ameaças de agressão a profissionais e a alunos. Mas essa situação não pode ser conduzida de forma política. É preciso de uma atuação mais direta da secretaria de Educação”, disse o parlamentar.

Contas de Riverton — Na última terça-feira (11), no debate marcado pela análise entre o parecer técnico, com o apontamento de 17 irregularidades, e o posicionamento político, diante de um plenário formado por apoiadores do governo passado, a Câmara de Macaé rejeitou, por 14 votos contrários e três favoráveis o relatório do TCE, que emitiu parecer contrário as contas da gestão do ex-prefeito Riverton Mussi (PMDB), em relação ao exercício fiscal de 2012. Sendo assim, Riverton fica sem pendências para disputar uma cadeira na Alerj na eleição deste ano.

O presidente da Câmara de Macaé, Eduardo Cardoso (PPS), informou que o prefeito Dr. Aluízio (PV) se posicionou contra a aprovação das contas. Porém, não interferiu no posicionamento da bancada governista. “O prefeito Dr. Aluízio se posicionou favorável ao parecer do TCE, considerando o fator técnico. Porém, afirmou que a bancada deve votar de acordo com o entendimento de cada um dos vereadores. Não houve qualquer pressão do governo sobre a decisão que será adotada pelos vereadores da bancada governista”, salientou Dr. Eduardo Cardoso.

Fonte: O Debate/Macaé

Comentar
Compartilhe
SJB abre processo seletivo com mais de 600 vagas
07/03/2014 | 01h35

A prefeitura de São João da Barra está com inscrições abertas para o processo seletivo da secretaria de Saúde a partir de hoje, dia sete até a próxima quarta-feira, dia 14. As inscrições estão sendo realizadas no Ginásio de Esportes Municipal Arlindo Aquino, na Rua João Patrício, s/n, Centro. Com mais de 600 vagas distribuídas entre os níveis fundamental e superior, as oportunidades variam entre R$778,68 e R$ 5.944,53. De acordo com a coordenação, o processo seletivo tem validade de dois anos.

As vagas são destinadas para a contratação de Médico Clínico Geral (ambulatório e plantonista), Médico Anestesista, Cardiologista, Pediatra (ambulatório e plantonista), Obstetra (plantonista), Psiquiatra, Psicólogo, Terapeuta Ocupacional, Odontólogo, Auxiliar de Consultório Dentário (ACD), Farmacêutico, Técnico de Farmácia, Professor de Educação Física, Assistente Social, Fisioterapeuta, Enfermeiro, Técnico de Enfermagem, Médico Radiologista, Técnico em Radiologia, Técnico em Imobilização, Nutricionista, Apoio Administrativo, Maqueiro, Oficineiro (Artesanato), Eletricista e Operador de Rádio de Telecomunicação.

Para se inscrever, os candidatos devem apresentar originais e cópias dos seguintes documentos: Carteira de Identidade, CPF, Carteira de Trabalho, Título de Eleitor com comprovação de Regularidade com a Justiça Eleitoral, comprovante de residência, certificado de reservista (apenas para os homens), documentação comprobatória de Carteira de Habilitação relativa à função pretendida, quando necessária, diploma ou certificado de escolaridade reconhecido pelo MEC, no qual habilita para o exercício da função pretendida, documentação comprobatória de experiência profissional na área com no mínimo de 06 (seis) meses, original e/ou cópia autenticada, que deverá ser entregue até o ato da entrevista, PIS/PASEP, comprovante de naturalização, caso o candidato não seja brasileiro e currículo profissional atualizado.

A segunda etapa do processo consistirá em entrevista que será realizada na sede da Policlínica, na Rua Barão de Barcelos, 88, Centro, (em frente à rodoviária) entre 9h e 17h. No dia 18/03 serão entrevistados os candidatos que tiverem as iniciais dos nomes de A a F. No dia 19/03, a entrevista seguirá com os candidatos das letras G a L. No dia 20/03 será a vez das letras M e N. E para finalizar a etapa de entrevistas, no dia 21/03  serão os candidatos das letras O a Z.

Maiores detalhes sobre o processo seletivo acesse o site da prefeitura no endereço eletrônico www.sjb.rj.gov.br

Fonte: Secom/SJB

Mais cedo, o jornalista Cilênio Tavares adiantou em seu blog (aqui) que a notícia foi dada em primeira mão pelo Portal OZK.

Comentar
Compartilhe
Geraldo Venâncio: "Marcão parece estar com amnésia seletiva"
19/03/2014 | 02h51

Em comentário enviado ao blog, o secretário de Família e Assistência Social, Geraldo Venâncio, que foi apontado pelo vereador Marcão (PT), no Blog Opiniões (aqui), como ex-aliado do ex-prefeito Alexandre Mocaiber (PSB), alfinetou o vereador da oposição.  "O Vereador Marcão, ex DAS do governo Mocaiber, parece estar com amnésia seletiva. Disse que eu era da base de vereadores de Mocaiber. Caro edil, reporte-se aos anais da CMCG e analise minhas posições e pronunciamentos, inclusive procure saber quem foi o autor do requerimento, em julho de 2007, solicitando instalação de CPI. Fui, com orgulho, secretário de saúde de Campista e pedi demissão após seu afastamento", afirmou.

Comentar
Compartilhe
Dilma articula com Cabral e Pezão
27/03/2014 | 01h37

Há duas semanas, a presidente Dilma Rousseff recebeu o governador Sergio Cabral (PMDB), o vice Luiz Fernando Pezão (PMDB) e o prefeito Eduardo Paes (PMDB). No ponto alto do encontro, ela sinalizou não ter compromisso com a candidatura de Lindbergh Farias, do PT, ao Palácio Guanabara. Segundo relatos de presentes, Dilma afirmou que a candidatura do senador Lindbergh foi "inventada" pelo antecessor. "É plano do Lula", teria dito.

Dilma e Pezão trocaram afagos. Dilma teria dito que não tem como ficar contra a campanha de Pezão. “Eu tô com ela e não abro. Por mais que o PT no Rio queira fazer essas intrigas, com a gente não tem isso”, afirmou, por sua vez, Pezão.  Para mostrar que estará firme e forte ao lado de Cabral e Pezão, ela participará de ato no Rio um pouco antes do governador deixar o governo com o vice.

O entrosamento entre Dilma e Pezão não anda agradando os petistas do Rio de Janeiro. Na última semana o presidente estadual do PT, Washington Quaquá, garantiu que a aproximação com o ex-presidente Lula é muito maior. Porém, evitou criticar diretamente a relação entre Dilma e a dupla Cabral/Pezão.

Fonte: Brasil 247 

Comentar
Compartilhe
Mujica: um político sincero
09/03/2014 | 01h34

Quem acompanha o mundo político sabe que grande parte dos discursos não passam de teatro. Nesse palco, onde muitos aplausos são comprados, as melhores atuações são premiadas com mandatos eletivos. Tudo é combinado: tristeza, sorrisos, angústia e indignação. Porém, nesse mundo da fantasia, ainda existem alguns atores que abrem mão de seus papéis, tiram a máscara, e falam abertamente com o público. Uma dessas figuras é o presidente do Uruguai, José (Pepe) Mujica. Mesmo discordando de algumas colocações do presidente, é impossível deixar de reconhecer que ele dispensa as formalidades e opina com sinceridade sobre assuntos espinhosos.

Em entrevista ao jornal “O Globo”, publicada hoje (09), ele opina sobre temas polêmicos como aborto, casamento gay e legalização da maconha: “Aborto é velho como o mundo. A mulher na sua solidão inevitavelmente tem de se enfrentar com este problema. Para nós, a legalização do aborto e os métodos de contracepção, o trabalho psicológico, significam uma maneira de perder menos. Aqui a mulher não vai diretamente a uma clínica para fazer aborto, isto era na época em que era clandestino. Passa pelo psicólogo, depois é bem atendida. O casamento homossexual, por favor, também é mais velho que o mundo. Tivemos Júlio César, Alexandre, o Grande... Dizer que é moderno, é mais antigo do que nós todos. É um dado de realidade objetiva, existe. Para nós, não legalizar seria torturar as pessoas inutilmente. Aqui enxergamos a hipocrisia! Em muitos estados dos EUA existe um talonário vendido no comércio para receitas médicas; basta o médico assinar e dizer que você precisa de maconha para uma dorzinha aqui. É hipócrita!”, afirma Mujica, sem medo de perder a popularidade por conta de seus comentários. "Não estou preocupado. É um risco político, mas o mundo não teria mudado se agíssemos só pensando do ponto de vista eleitoral”, completa.

Em relação aos protestos em diversas partes do mundo, ele comentou: “Eu simpatizo com os protestos, mas não levam a lugar nenhum. Para construir, é preciso criar uma mente política, coletiva, de longo prazo, com ideias, disciplina, e com método. As sociedades não mudam por causa de grandes homens, mudam quando os protestos se organizam, têm disciplina e métodos de longo prazo. Temos de revalorizar o papel da política. Estes movimentos de protesto têm a vantagem do novo, e tentam alguma coisa nova porque desconfiam do velho, especialmente dos partidos, porque perderam a confiança neles. Mas as primaveras têm se transformado em inverno porque não sabem aonde ir”, opinou.

Sobre a diferença entre o sonho da juventude e a experiência no poder, ele diz: “Há 40 ou 50 anos, achávamos que chegar ao governo nos permitiria criar uma nova sociedade. Nossa maneira de pensar era ingênua, uma sociedade é muito mais complexa, e o poder é limitado por todos os lados. Limitado pelo peso que têm as corporações existentes na sociedade, limitado pelo direito e a Constituição — um limite que tem de existir. E, sobretudo, toda a política de mudança, a longo prazo, significa mudança de cultura, o mais difícil de mudar numa sociedade. Quando somos jovens, às vezes, não temos paciência para compreender, quando começamos a ser velhos, sobra paciência, mas falta força”.

Comentar
Compartilhe
O dilema de Cabral
30/03/2014 | 02h24

 

O governador Sérgio Cabral (PMDB), que deixa o cargo nesta semana, está inseguro com seu futuro. Seu nome está à disposição para disputar o Senado, mas o martelo só será batido em junho. Até lá, espera ter se recuperado na opinião pública. Se isso não ocorrer, a direção regional do partido quer que ele concorra a deputado federal para puxar votos a fim de eleger uma forte bancada.

Senado — Pesquisa Ibope divulgada na última semana mostra o deputado estadual Wagner Montes (PSD) liderando, com 18%, a corrida pelo Senado. O governador Sérgio Cabral aparece em segundo lugar, empatado com a deputada Benedita da Silva (PT). Ambos têm 12%. A pesquisa também mostra Romário (PSB) 11%, Jandira Feghali (PCdoB) 7% e Francisco Dornelles (PP) 6%. Os números foram divulgados pelo vereador César Maia (DEM) e publicados no blog "Ponto de Vista", do Christiano Abreu Barbosa (aqui).

Comentar
Compartilhe
Vídeo: Suspeito confessa ter atirado em filho de perito
25/03/2014 | 01h35

Rondinely Mendes Natal, 31 anos, suspeito da morte de Felipe Leite Vieira, 28, após um acidente de trânsito na noite de sábado (22), no Centro de Campos, foi conduzido, no início da noite desta segunda-feira (24), para a Casa de Custódia Dalton Crespo de Castro, onde aguardará julgamento.

Durante depoimento, após ser detido, ele contou à polícia que teria ficado “nervoso” após a colisão porque havia ingerido duas cervejas, não tinha habilitação e o documento do veículo estava atrasado.

Em vídeo publicado no YouTube pelo jornalista Granger Ferreira é possível ver a chegada de Rondinely, que confessou ter atirado após ver Felipe se dirigir ao carro. Porém, o delegado Paulo Pires informou que a vítima foi atingida por um tiro no peito e outros três pelas costas, enquanto tentava fugir do atirador. O fato teria sido confirmado por laudo pericial.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=CuO5Rfs0Esc[/youtube]
Comentar
Compartilhe
Garotinho X Editora Globo: TRE nega direito de resposta
20/03/2014 | 04h44

O desembargador Wagner Cinelli de Paula Freitas, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, negou pedido de direito de resposta do deputado federal Anthony Garotinho (PR) à Editora Globo S/A, por suposta propaganda negativa. O deputado argumentou que uma reportagem publicada na revista Época na semana de 10 a 16 de fevereiro teria conteúdo ofensivo a sua honra, além de tecer elogios ao Governo do Estado. O desembargador Cinelli lembrou que o direito de resposta é assegurado pela legislação "desde que haja candidato escolhido em convenção do partido", o que só ocorrerá a partir de 10 de junho. O magistrado julgou extinto o processo, sem exame do mérito.

Processo relacionado: RP-4834
Comentar
Compartilhe
Pezão já conta com o apoio de 14 partidos
23/03/2014 | 03h32

O diretório fluminense do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) fechou aliança com o PMDB para apoiar a candidatura do atual vice-governador, Luiz Fernando Pezão, ao governo do estado nas eleições deste ano. A sigla é a 14ª a declarar apoio ao candidato do governador Sérgio Cabral. Além do PTB, já firmaram aliança com o PMDB os partidos PTN, PEN, PSD, PP, PDT, PSL, PMN, PTC, PRP, PSDC, PRTB, Solidariedade e PSC.

O anúncio foi feito pelo presidente estadual do partido, Marcus Vinícius Ferreira. O apoio do PTB já era previsto, já que o partido é um tradicional aliado do PMDB no estado. “Reafirmo o apoio de nosso partido à candidatura de Pezão neste pleito de 2014, consciente da importância de um homem público experiente e capaz à frente da gestão fluminense e certo da capacidade do mesmo para assumir e dar prosseguimento às inúmeras ações realizadas nos últimos sete anos”, diz Marcus Vinícius.

Em Campos o PTB é aliado da prefeita Rosinha Garotinho (PR) e conta com duas cadeiras na Câmara: o presidente da Casa, Edson Batista e o vereador Neném.

O arco de alianças dará a Pezão mais de nove minutos no horário eleitoral gratuito de televisão durante o primeiro turno. Os demais pré-candidatos não anunciaram ainda nenhuma aliança formal. Caso não façam alianças, os dois primeiros colocados, o deputado federal Anthony Garotinho (PR) e o ministro da Pesca, Marcelo Crivella (PRB), devem ter direito a cerca de um minuto no horário eleitoral gratuito. Lindbergh Farias (PT), terceiro colocado, terá direito a cerca de três minutos. O petista negocia atualmente aliança com o PCdoB, tradicional aliado da legenda. Caso haja segundo turno, os dois candidatos escolhidos pelo eleitor terão o mesmo tempo de TV.

Comentar
Compartilhe
Líder do PMDB chama presidente do PT-RJ de pilantra
06/03/2014 | 05h57

O líder do PMDB na Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha, não deixou barato as declarações do presidente do PT do Rio, Washington Quaquá, ao jornal "O Globo". Após o petista chamá-lo de chantagista, Cunha disse, por meio do Twitter, que Quaquá é um pilantra e que não iria baixar ao nível dele. “Não vou perder tempo e baixar o nível com um pilantra como esse Quaquá. Ele não é personagem de páginas políticas e sim de páginas policiais”, escreveu Cunha em seu perfil no Twitter.

A relação entre os dois partidos está desgastada desde que o PT bateu o pé para lançar a pré-candidatura do senador Lindbergh Farias ao governo do Rio. O PMDB deve lançar o atual vice-governador Luiz Fernando Pezão. Os dois aliados também estão em pé de guerra em outros estados, como Ceará, Bahia e Maranhão. Os atritos locais, somada à disputa por mais pastas na reforma ministerial, levou a uma tensão para a aliança em nível nacional. “Ledo engano, acharem que essa discussão da aliança está restrita aos problemas do Rio. A coisa é muito mais complexa”, postou o líder do PMDB.

Numa série de mensagens postadas nesta quinta-feira, Cunha sugere que a imprensa visite o aeroporto de Maricá, cidade governada por Quaquá, para saber o que ele está fazendo por lá e que isso é criminoso. “Recentemente causou a queda de um avião com mortes porque colocou veículos da prefeitura na pista e impediu que o avião com problemas descesse”, escreveu o peemedebista. “Como falei, é um caso de polícia e não de política. Deixo ele para os companheiros do Rio responderem, ele não tem tamanho para isso”.

Fonte: O Globo

Comentar
Compartilhe
O sábado é uma ilusão
29/03/2014 | 11h56

Certa vez, em uma entrevista, o escritor Nelson Rodrigues citou uma história de sua infância. "Eu era bem jovem ainda, uma criança. Minha mãe estava conversando com o jardineiro sobre os dias que ele viria cuidar das plantas. 'Você vem dia tal, dia tal... e vem também no sábado...' . Aí o jardineiro respondeu, meio pra si mesmo: 'Sábado é uma ilusão'. E eu ali do lado, pequeno, ouvi e me espantei, fiquei muito intrigado sobre o por quê do sábado ser uma ilusão. O sábado é uma ilusão, não sei o por quê, mas é", contou Nelson.

Então, neste dia ilusório, chega de reclamar sobre alagamentos, última colocação no Ideb, problemas na Saúde, shows milionários, ruas com buracos e obras que nunca terminam. Vamos aproveitar o sábado para ver uma cidade linda, com pessoas felizes, Saúde nota 10 , Cultura exemplar, Agricultores satisfeitos, Transparência na aplicação dos recursos e Obras bem planejadas. Confira o vídeo institucional da Prefeitura de Campos que parabeniza a nossa cidade pelo aniversário:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=I8Ag3n6S-68[/youtube]

Comentar
Compartilhe
Em Niterói, Rosinha debate sobre BR-101 e sugere parcerias
17/03/2014 | 12h16
[caption id="attachment_23242" align="aligncenter" width="461"] Facebook/Rosinha[/caption]

Na manhã desta segunda-feira (17) a prefeita Rosinha Garotinho esteve em Niterói, no Memorial Roberto Silveira, como presidente da Ompetro, ao lado do prefeito anfitrião Rodrigo Neves, do prefeito de Cabo Frio Alair Correa e secretários representantes de outros municípios da Bacia de Campos, discutindo as seguintes questões: luta pela aceleração da duplicação da BR 101, qualificação da mão-de-obra regional para a cadeia do petróleo, gargalos do movimento portuário e sua proposta de criação de um plano regional para redução dos resíduos sólidos.

De acordo com o secretário executivo da Ompetro, o secretário de Petróleo, Energias alternativas e Inovação Tecnológica de Campos, Marcelo Neves, os prefeitos assinaram protocolo de intensões de criar um programa de sustentabilidade regional com base no recolhimento de resíduos sólidos para reduzir o impacto ambiental.  "O petróleo gera royalties, que gera desenvolvimento, e por seu turno, o desenvolvimento gera mais resíduos sólidos. Preocupada com a necessidade de se aplicar metodologia para reduzir os resíduos sólidos, a Ompetro abraçou a causa, para auxiliar principalmente os municípios menores, que têm dificuldades para implementar programas, como a coleta seletiva do lixo reciclável", informou Marcelo Neves.

O programa contemplará, além dos municípios produtores de petróleo, também os municípios das zonas limítrofes, situados no Norte e Noroeste do Estado. Os prefeitos e a equipe econômica de cada prefeitura vão trabalhar para definir qual metodologia será aplicada para a operação deste programa.
A Ompetro buscará a obtenção de recursos junto ao governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que tem verba específica para programas de sustentabilidade, conforme informou Marcelo Neves.
Comentar
Compartilhe
Sem revelar gastos no Farol ou citar Fundo de Cultura, Patrícia Cordeiro anuncia novidades para 2014
13/03/2014 | 01h47

Ainda sem revelar quanto custou o verão do Farol, apontado por muitos como o “Verão da Gastança”, a presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Patrícia Cordeiro, já começou a anunciar as principais ações previstas para este ano. Sem citar apresentações musicais e focando nas ações culturais, a ideia é mostrar que o governo Rosinha desenvolve atividades que vão além dos shows milionários. Porém, em momento algum foi citado o Fundo Municipal de Cultura, uma luta antiga dos artistas que ficou com apenas R$ 176 mil para todo o ano de 2014. Valor menor do que os cachês artistas como Luan Santana (R$ 233 mil), Thiaguinho (R$ 219 mil), Alexandre Pires (R$ 191 mil) e Jammil (R$ 193 mil).

Em matéria enviada aos veículos de comunicação Patrícia Cordeiro revela a criação das Escola de TV, Cinema e Carnaval. “A Escola de TV e Cinema visa fomentar e capacitar os amantes deste segmento cultural e a Escola de Carnaval vai profissionalizar os representantes das agremiações nas questões burocráticas e principalmente artísticas”, explica a assessoria da FCJOL.

Ela afirma que o governo tem investido na cultura de diferentes formas, tendo em vista a riqueza cultural e histórica da cidade. O plano de trabalho da Companhia de Dança e da Orquestra Sinfônica Municipal foi ampliado, onde os alunos receberão figurinos, e outros incentivos que auxiliarão no crescimento profissional dos jovens. A Superintendência de Igualdade Racial está com inscrições abertas e conta com 1.200 vagas para quem deseja se preparar para o mercado de trabalho. Além disso, a Prefeitura, através da FCJOL, promete continuar apoiando as festas tradicionais. “Quando as festas são religiosas, temos sempre contato com a Diocese, para que a programação seja de acordo com a proposta da festa. Além disso, também, dentro do que é possível, atendemos às solicitações que chegam através de ofício”, informa Patrícia.

Carnaval fora de época, Bienal e Festivais — De acordo com Patrícia Cordeiro, o Carnaval fora de época, o Campos Folia 2014, vai abrilhantar o Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop) no final de abril. No mesmo espaço, em maio, acontecerá a 8ª edição da maior feira literária do interior do Estado do Rio de Janeiro, a Bienal do Livro, que vai homenagear o escritor José Cândido de Carvalho. O Departamento de Literatura, em parceria com a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, está realizando palestras sobre a vida e obra do escritor campista, para que os professores desenvolvam atividades com os livros do autor. Serão realizados, ainda este ano, os Festivais de Bandas de Garagem, Dança, Cultura Urbana e Samba. A novidade é a realização do Festival Nacional de Teatro.

Arquivo Público — O Arquivo Público Municipal dará inicio ao trabalho de restauração dos altares de Santo Miguel e Nossa Senhora das Dores, que foram devolvidos para a prefeitura, a partir da decisão judicial da 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro. Os altares estavam sob tutela do Museu Histórico Nacional e foram encontrados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), em antiquário.

Museu — O Museu Histórico de Campos, que funciona na Praça São Salvador, está preparando uma exposição especial sobre o aniversário de 179 anos da cidade. Todos os meses haverá uma exposição. Em 2013, o espaço concorreu ao prêmio nacional Rodrigo Mello de Andrade na categoria políticas públicas, programas e projetos governamentais. A indicação foi feita pela Comissão Estadual do Iphan do Rio de Janeiro, representando o Estado.

Trianon — O Teatro Trianon abre a temporada este mês e, segundo Patrícia Cordeiro,, a agenda deste ano será composta de musicais, espetáculos teatrais e dança. O objetivo é contemplar todas as modalidades culturais.

Teatro de Bolso — Ainda em 2014 será inaugurado o novo Teatro de Bolso Procópio Ferreira , que estará aberto para as produções locais, conforme orientação da prefeita Rosinha Garotinho.

Casas de Cultura — A Casa de Cultura Antônio Silva vai realizar uma exposição sobre a vida do poeta que dá nome ao equipamento cultural, localizado em Conselheiro Josino. Várias atividades também serão desenvolvidas na Casa de Cultura José Cândido de Carvalho, em Goitacazes.

Verão da Família —  De acordo com a matéria enviada pela assessoria da FCJOL, a programação do Verão da Família 2014 atraiu milhares de pessoas ao balneário campista, de janeiro a março. Vários nomes do cenário nacional e local participaram das atrações culturais promovidas pela Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima. Segundo a presidente, Patrícia Cordeiro, as atividades realizadas reuniram famílias inteiras que puderam se divertir com tranquilidade e conhecer um pouco da cultura local.  "A intenção da prefeitura foi levar entretenimento e atividades culturais e esportivas aos moradores e veranistas, onde as pessoas se divertem e movimentam a economia. O saldo foi positivo sendo comemorado pelos ambulantes, comerciantes e proprietários de imóveis", destaca a presidente, salientando que o Farol recebe programação durante o ano, dentro do Projeto Farol de Todas as Estações.

Atualização às 19h45 — A assessoria da FCJOL enviou ao blog uma explicação sobre a diferença entre os cachês do cantor Luan Santana em Campos e Macaé. Em Campos, o show foi R$ 53 mil mais caro (aqui).  A nora explica que "as contratações de shows por parte da FCJOL são feitas de forma transparente e dentro das exigências do Tribunal de Contas do Estado. Por isso, por solicitação da presidente da FCJOL, Patrícia Cordeiro, o departamento financeiro da LS Music - representante oficial do artista - manifestou-se através de e-mail elucidando o assunto referente a valores de shows do artista em Campos e Macaé".

Segundo a empresa L.S Music, a data do show em Macaé pertencia a gravadora Som Livre. Portanto, a empresa desconhece o valor cobrado a título de cachê. Além disso, a empresa explica que o show realizado em Campos foi com o cenário da nova turnê do cantor.

Comentar
Compartilhe
Após sentir dor no peito, vereador passa a noite no corredor do HGG
24/03/2014 | 01h33
[caption id="attachment_23360" align="aligncenter" width="277"] Facebook/Dayvison Miranda[/caption]

Após sentir uma dor no tórax, o vereador Dayvison Miranda (PRB) se dirigiu na noite de ontem (23) ao Hospital Geral de Guarus (HGG). Chegando lá, ele alega ter sido muito bem atendido pelos funcionários. Porém, como não havia lugar na enfermaria, teve que ficar  no corredor do hospital. Logo após passar a noite no corredor, o vereador publicou uma nota no Facebook informando que amanheceu sem dor. Além disso, agradeceu pelo atendimento recebido.

Em outubro do passado o secretário de Administração Fábio Ribeiro caiu do cavalo e foi atendido no corredor do Ferreira Machado (aqui).

 
Comentar
Compartilhe
Negada liminar para apreender revista com suposta propaganda de Pezão
21/03/2014 | 04h29
O TRE-RJ negou pedido em caráter provisório do Partido da República (PR) para impedir a distribuição da revista gratuita "Tenho Dito", na qual o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) teria feito propaganda antecipada do vice-governador Luiz Fernando de Souza Pezão. A publicação, de novembro de 2013, traz na capa uma fotografia do vice-governador com o título "Pezão leva melhorias para vários municípios". O desembargador Horácio Ribeiro Neto entendeu que não havia provas da existência de exemplares na sede do PMDB e que a data da tiragem da revista afasta risco imediato, não cabendo decisão liminar. O mérito da ação ainda será julgado.
Comentar
Compartilhe
Com que roupa eu vou?
06/03/2014 | 11h37
[caption id="attachment_23004" align="aligncenter" width="346"] Facebook/Andrea S. Pinto[/caption]

Em visita ao município de Campos, o deputado federal Glauber Braga, vice-presidente estadual do PSB, mostrou que o partido ainda não sabe a roupa que vai vestir na disputa pelo governo do Rio. “Podemos apoiar o Miro Teixeira (Pros) ou lançar o deputado Alfredo Sirkis. Há também uma ala que defende um apoio ao senador Lindbergh Farias”, disse o parlamentar, que pelo menos adianta que uma roupa o PSB não vai usar: “Não estaremos ao lado do PMDB. Queremos alguém que ofereça a possibilidade de mudança”, afirmou.

Sobre a situação do partido em Campos, que caminha com o casal Garotinho, Glauber Braga comentou: “Respeitamos as peculiaridades locais do nosso partido. Não vejo problema na aliança com o atual governo”, disse.

Em Campos, tudo indica que o partido vai continuar tendo como principais comandantes o vereador Altamir Bárbara e o secretário de Limpeza Pública, Jorge Rangel.

Comentar
Compartilhe
Charge: Black Little Boy Bloc
16/03/2014 | 12h33
Charge do Chico Caruso publicada na edição de hoje (16) do jornal "O Globo": [caption id="attachment_23218" align="aligncenter" width="500"] Charge do Chico Caruso publicada na edição de hoje (16) do jornal "O Globo"[/caption]
Comentar
Compartilhe
Levando o nome de Campos, Léo Santos empata no UFC
24/03/2014 | 12h55
[caption id="attachment_23353" align="aligncenter" width="434"] Léo Santos e Norman Parke empataram no UFC em Natal (Foto: Rodrigo Malinverni)[/caption]

Com o nome da cidade de Campos na camisa e na bermuda, o lutador Léo Santos fez sua estreia no UFC em uma luta truncada contra o norte-irlandês Norman Parke. O combate, que ocorreu na noite de ontem (23), acabou com um empate majoritário (29-27 Léo Santos e duplo 28-28). O lutador da Nova União vinha de vitória sobre William Patolino, quando conquistou o TUF Brasil 2. Ele tem 12 triunfos e três derrotas no cartel. Já o norte-irlandês soma 19 vitórias e duas derrotas.

Para conferir a matéria do Globo Esporte/Combate sobre a luta, clique aqui  Um vídeo com os melhores momentos foi publicado pelo jornalista Granger Ferreira no YouTube: [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=hpujX68dQgo[/youtube]

Comentar
Compartilhe
Lula identifica digital de Cabral na crise com PMDB
07/03/2014 | 09h57

A estratégia traçada pela cúpula da campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff para contornar a crise com o PMDB será privilegiar a interlocução com o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) e dar menos atenção aos ataques do líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Na reunião ocorrida na última quarta-feira no Palácio da Alvorada, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria diagnosticado a influência do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), para inflar as indisposições da bancada contra o vice-presidente.

De acordo com um petista presente ao encontro, todos concordaram com a avaliação feita por Lula de que é necessário fortalecer o diálogo com Temer já que Eduardo Cunha estaria se prestando ao papel de estimular o rompimento da aliança nacional, desejo de Cabral após a decisão do PT de bancar a candidatura do senador Lindbergh Faria (PT-RJ) ao governo. Cabral forçava o apoio do PT à candidatura do vice-governador Luiz Fernando Pezão. No entanto, em janeiro, o partido presidido no estado pelo prefeito de Maricá, Washington Quaquá, decidiu romper a aliança, entregar os cargos que possuíam no governo e bancar candidatura própria.

Magoados, peemedebistas do Rio já se dizem dispostos a montar no estado o palanque de Aécio Neves (PSDB), atendendo a decisão tomada pelo partido de não aceitar palanques duplos. Eles negam, no entanto, que a crise seja motivada apenas pela conjuntura política do Rio. “Ledo engano acharem que essa discussão da aliança está restrita aos problemas do Rio. A coisa é muito mais complexa”, comentou Eduardo Cunha em postagem em uma rede social.

Bate-boca — Cunha está em viagem a Roma e mesmo assim mantém na internet o bate-boca com o presidente nacional do PT, Rui Falcão. Ele aponta que quem começou a discussão foi o petista. “Engraçado, sou agredido pelo Rui Falcão, respondo, aí ele vem e diz que não aceita ultimato? Quem está dando ultimato? Ele quer se fazer de vítima”, postou. A mágoa do líder é porque Falcão teria dito, ao passar por um dos camarotes da Marques de Sapucaí durante o Carnaval, que o PMDB na Câmara estaria descontente por não ter recebido cargos na reforma ministerial.

Fonte: Luciana Lima / iG Brasília 

Comentar
Compartilhe
Concurso da Câmara: novela continua
14/03/2014 | 08h47

Foi realizada hoje (14) a terceira reunião do Grupo Extraordinário para análise dos questionamentos sobre as desclassificações dos concursados da Câmara de Campos (aqui).

Na ocasião, os integrantes do grupo revisaram as documentações dos candidatos desclassificados e encaminharam ofício convidando o Chefe do Departamento de Pessoal da gestão anterior da Casa para dirimir eventuais dúvidas em relação à documentação apresentada e anexada aos processos. Ele será questionado sobre encaminhamento para exames médicos. Os vereadores do grupo de trabalho fizeram questionamentos sobre a possibilidade de regularização das pendências documentais dos candidatos. Porém, o Procurador da Câmara (Luiz Felippe Klem) negou esta possibilidade, afirmando que o Edital do concurso não previu esta possibilidade, além da existência de candidatos que aguardam a vaga por ocasião de desclassificações.

Foi ratificado durante a reunião que os candidatos que desejarem ter acesso às cópias das documentações apresentadas poderão solicitar formalmente. Mais uma reunião será realizada na próxima quinta-feira (20).

O Grupo de Trabalho é presidido pelo vereadores Thiago Virgílio. Também integram o grupo os vereadores da oposição Fred Machado (PSD) e Rafael Diniz (PPS), além da vereadora Linda Mara Silva (Pros), o procurador da Câmara, Luiz Felippe Klem e o representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Rodrigo Feitosa.

Comentário do blog — Quem acompanhou a novela do PSF consegue notar que o Concurso da Câmara segue um roteiro bem parecido. Porém, com temperos políticos mais claros. Desde o início da atual gestão, em janeiro de 2013, ficou nítido que o atual grupo estava disposto a atropelar o concurso, principalmente para barrar a entrada do advogado José Paes Neto, que passou em primeiro lugar. Mais informações sobre as “Jogadas Previsíveis” podem ser conferidas aqui

Comentar
Compartilhe
Prefeitura vai contratar 253 médicos por processo simplificado
21/03/2014 | 12h07

Do blog Eu Penso Que/Ricardo André Vasconcelos (aqui)

A Prefeitura de Campos abre na próxima terça-feira (25) as inscrições no processo seletivo simplificado para contratação de 253 médicos. O processo vai ser coordenado pela Fundação Benedito Pereira Nunes e as inscrições devem ser feitas pela Internet (www.fmc.br) até o dia 02 de abril. As provas serão realizadas no dia 06 de abril. O edital 001/2014 foi publicado no Diário Oficial de hoje e é o atendimento de uma determinação do Ministério Público do Trabalho.

O contrato de seis meses é renovável por igual período.

Atualização às 22h45 —  O processo seletivo tem por finalidade atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, de acordo com o Artigo 37, XIX da Constituição Federal.  Em 2012 a prefeitura realizou concurso, também para a saúde, e todos os médicos aprovados nas especialidades agora ofertadas, foram convocados. Um novo concurso para a área da saúde está sendo elaborado, quando preencherá essas vagas.  As inscrições serão realizadas via internet, no site www.fmc.br , do dia 25 até o dia 02 de abril. Também no dia 25 será publicado o edital dos conteúdos programáticos do processo seletivo. No dia 06 de abril será realizada prova objetiva e, no dia 08, a divulgação do gabarito nos sites da Fundação Benedito Pereira Nunes e da Prefeitura de Campos. Também do dia 08 ao dia 10, é o prazo para recursos das provas objetivas. Todas as informações podem ser obtidas no Diário Oficial do Município, pelo site www.campos.rj.gov.br

Comentar
Compartilhe
Roberto Henriques: “Se quiserem debater, o microfone está garantido”
12/03/2014 | 03h26

Em mensagem enviada ao blog, o deputado estadual Roberto Henriques (PSD) comenta sobre as declarações dos vereadores da oposição durante a sessão de ontem (aqui) e convida os parlamentares para um debate em seu programa de rádio. “O microfone está garantido. Podemos debater sem problemas”, diz Henriques.

Confira a mensagem enviada por Roberto ao blog:

“Caríssimo Bastos e Caríssimos Leitores ,

Peço-lhes desculpas, não sabia que era proibido elogiar o Rafael Diniz. Parece que estão querendo impor a mim a lei do silêncio… Dias atrás criaram uma polêmica invertebrada de argumentos sólidos (apenas algumas contraditas mereceram minhas considerações ); só porque trouxe de novo a público (já o fizera no primeiro semestre do primeiro ano do meu mandato); minha proposta ao Governo Estadual pelo aproveitamento da FENORTE como Órgão Aglutinador e Integrador das ações do Executivo nas Regiões Norte e Noroeste Fluminense. Ressalto mais uma vez que me inspirei nos sonhos dos nossos antepassados… Teve nascedouro na mente criativa do jovem Governador Roberto Silveira na década de 1950. Isto bastou para despertar posições de ódio, que o tempo já,já irá explicar. Outras posições, construídas no campo das ideias, cumpre-me o dever, mesmo não concordando, respeitá-las. Voltemos, pois, a arenga do momento com alguns Vereadores: Qual o motivo substancioso da arenga??? Tenho colocado sim no meu Programa aos sábados, irradiado pela Continental, assim como, em várias entrevistas, opiniões elogiosas para Graciete Santana, Professora Odete, Erik Schunk, dando um destaque maior para o Rafael Diniz. Onde reside o mal???? “Deixem que eu diga, que eu pense e o que eu fale… Vem pra cá …. Vai pra lá… Eu não estou fazendo nada (de mau), nem vocês também…. Faz mal bater um papo tão gostoso sobre alguém???? Relaxa Nildo, Fred , Marcão…. As trombetas ainda nem tocaram e vocês estão nervosos???? Qual e o meu papo??? Calma,vou dizer para quem não me deu a honra de ouvir o meu Programa “Espaço Aberto”, digo: Respeito e elogio a Graciete,o Erik,a Odete e o Rafael Diniz…. Eles tem autoridade para falar… Outros reclamam porque estão doidos para voltar, simplesmente por isso… Outros se calaram, se acovardaram na comodidade do poder, quando estes (poderes), adentraram a “Porta Larga da Perdição “… Outros tantos, não estão aí no Poder atual, porque não lhes deram confiança… Por ultimo, disse: Como velho caminheiro, olho e observo o Rafael, além de admira-lo. Por fim, sempre digo: Eles (Rafael,Odete,Graciete,Erik) não foram testados como Eu ( R H ); que por várias vezes ouvi a voz da “Porta Larga da Perdição ” me gritando….. RH,vem pra nossa Sodoma feita de Royalties…., vem pra cá também seu otário…A seguir, termino dizendo: Nada do que fiz,ou pelo que fiz, mereço elogios… Sequer resume em virtudes,são pré-requisitos, obrigações… Meu mérito foi me entregar sempre por inteiro,arriscar sempre,encarar corajosamente os desafios,gastar a própria saúde e me sacrificar-me por vocês, por seus filhos, por seus netos ….Nas oportunidades que meu tempo histórico me proporciona,exercer o Poder com alegria,entusiasmo,embriagado pelos sonhos,dominado e prisioneiro das nossas tradições históricas. Bastos, Caros Leitores, foi sempre assim que disse, ou mais ou menos assim….Ouçam o Programa, sábado, das 10h ao meio dia, Rádio Continental, AM-1270. Quem quiser, apareça lá, garanto o microfone. Gosto de ver a Planície murmurando, gritando, reclamando, elogiando e criticando. Esta é nossa singularidade!”

Comentar
Compartilhe
Quem será o Eduardo Cunha da Câmara de Campos?
16/03/2014 | 01h49

Ao tomarem conhecimento sobre as estratégias do líder do PMDB na Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), que tem desafiado a presidente Dilma Rousseff (PT), alguns vereadores de Campos ficaram empolgados.  Segundo os parlamentares, se houvesse um Eduardo Cunha em Campos eles não seriam tão pisoteados pelo líder da tropa rosácea. Inclusive, já tem gente fazendo cálculos sobre os vereadores que poderiam iniciar um "motim" em busca de mais poder e respeito.

De acordo com alguns membros do grupo, os ensinamentos maquiavélicos de Eduardo Cunha poderão ser utilizados na disputa pela presidência da Câmara, que acontece até o final deste ano.

Porém, como está acostumado a conviver com o Eduardo Cunha de verdade, tudo indica que o deputado federal Anthony Garotinho (PR) vai atropelar facilmente os planos de quem tentar copiar a raposa do Congresso.

Na IstoÉ — A capa da revista IstoÉ desta semana mostra uma comparação entre Eduardo Cunha e Frank Underwood, personagem de Kevin Spacey na série "House of Cards". A matéria completa pode ser lida aqui 

Comentar
Compartilhe
Nildo sobre Roberto Henriques: "Só pode estar surtado"
11/03/2014 | 08h27

Durante a sessão de hoje (11) o vereador Nildo Cardoso (PMDB), líder da bancada de oposição, mostrou que o "fogo amigo" não está presente apenas no grupo governista. "Soube que o deputado Roberto Henriques andou dizendo em um programa de rádio que apenas o vereador Rafael Diniz age como oposicionista. Ele insinuou que eu, Marcão e Fred não somos boas companhias", disse Nildo, que foi além: "Ao elogiar Rafael ele está certo. Porém, foi a única coisa certa que ele falou. Andei pesquisando sobre surto. Acho que essa pessoa pode estar surtada. Deu um branco, sei lá. Ele não pode sair por aí falando o que quiser. Não vai ficar por isso mesmo. Toda vez que bater, vai levar", afirmou Nildo.

Na tribuna, o vereador Marcão (PT) também rebateu as declarações de Henriques. "Eu respeito apenas as pessoas que me respeitam. O deputado Roberto Henriques quer criticar a oposição? Ele foi eleito com o apoio do PR de Garotinho fazendo oposição ao governador Cabral. Porém, não aguentou ficar nem um mês na oposição. Virou aliado do governador. Basta ver o currículo dele para entender algumas coisas. Foi eleito vice-prefeito com o apoio do grupo de Mocaiber e Arnaldo. Logo depois, brigou. Depois, foi eleito deputado com apoio de Garotinho e Rosinha. Logo depois, brigou. Isso explica muitas coisas", disse Marcão.

O vereador Fred Machado (SDD) analisou o que poderia estar por trás das declarações de Henriques. "Na verdade trata-se de um jogo eleitoral.  Ele só criticou pessoas que estão na disputa eleitoral ou são ligadas a quem está. Eu sou irmão da ex-prefeita Crala Machado, que é pré-candidata a deputada estadual. Marcão também é pré-candidato a deputado estadual e Nildo é pré-candidato a deputado federal. Acho que o deputado Roberto Henriques deveria fazer coisas mais produtivas do que aparecer apenas como papagaio de pirata do governador Cabral. Eu tinha respeito por ele, mas hoje o respeito é zero", disparou.

Em seu blog "Na Curva do Rio", a jornalista Suzy Monteiro publicou nota sobre o fogo amigo na oposição (aqui).

Comentar
Compartilhe
Joaquim Barbosa: “Não serei candidato a presidente”
08/03/2014 | 10h03

Trezentos metros separam o Palácio do Planalto da presidência do Supremo Tribunal Federal, ocupado hoje por Joaquim Benedito Barbosa Gomes, o herói do mensalão – o homem que muitos brasileiros gostariam de ver no outro lado da Praça dos Três Poderes. Seria uma travessia inédita na democracia brasileira. Do amplo gabinete espelhado da presidência do Supremo, no alto do Tribunal, os 300 metros se encolhem. É a ilusão que o poder em Brasília confere. Parece bastar um pulinho. Mas requer um salto suicida. Joaquim sabe disso. Por isso, resolveu: não será candidato a presidente da República em 2014. Numa tarde recente e chuvosa em Brasília, Joaquim recebeu, naquele mesmo gabinete, mais um curioso em saber, afinal, quais são seus planos para 2014. Joaquim não olhava a vista. Não tinha interesse. Olhava para os livros – como sempre fez. O interlocutor observou que Joaquim não teria aptidão para entrar na política, ainda mais depois de conhecer, no processo do mensalão, as sujas entranhas dos partidos brasileiros. Mesmo que entrasse depois. Mesmo que num cargo menor – se a Presidência está a 300 metros, o Congresso está a apenas 100. “Acho difícil”, afirmou Joaquim. “Não me vejo fazendo isso (entrando na política algum dia). O jogo da política é muito pesado, muito sujo. Estou só assistindo a essa movimentação.” E deu um sorriso malicioso, como quem quer fazer os adversários sofrer – leia-se, a turma do PT que o esculhamba diuturnamente – com a perspectiva de ter de enfrentá-lo nas eleições. “Deixem falar… Deixa falar… Não serei candidato a presidente. Realmente eu não quero”, disse. “É lançar-se, expor-se, a um apedrejamento.”

O apedrejamento a que ele se refere é diferente das pauladas que tomou à frente do mensalão. Joaquim sabe disso. “Em 11 anos aqui, você aprende. Adquire uma casca dura. Eu não tinha essa casca dura até há uns seis anos. Isso vem com o tempo.” Embora Joaquim discorde que suas dores crônicas nas costas e nos quadris tenham relação com os rigores do mensalão, é unanimidade entre seus amigos que o processo lhe custou muito. As dores incomodam. E devem ser o principal fator que definirá a provável aposentadoria precoce do Supremo, em novembro deste ano. Joaquim pretende se aposentar quando deixar a presidência da Corte.

Fonte: Época 

Comentar
Compartilhe
Rosinha nomeia Rosana Juncá
10/03/2014 | 12h28

O Diário Oficial de hoje (10) traz a nomeação da empresária e professora Rosana Juncá. Ela assume a subsecretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, que atualmente é comandada por Wainer Teixeira de Castro. Em 2010 Rosana foi nomeada pelo governador Sérgio Cabral (PMDB) e ficou responsável pela  Coordenadoria de Educação Regional Norte Fluminense. Agora, no grupo da prefeita Rosinha Garotinho (PR), ela assume uma nova missão.

Comentar
Compartilhe
Quem entendeu o recado de Garotinho?
24/03/2014 | 07h34
[caption id="attachment_23371" align="aligncenter" width="588"] Foto de Rodrigo Silveira[/caption]

Desde o final da eleição de 2012 o deputado federal Anthony Garotinho (PR) tem dito o seguinte aos membros da tropa rosácea: “Eu ajudei cada um de vocês na eleição. Agora, como serei candidato ao governo, é a minha vez de ser ajudado”. Porém, ao que tudo indica, pouca gente entendeu o recado. Nos últimos meses, talvez pelo fato de terem sido mal acostumados, muitos deles cobraram mais carinho e afeto. Outros, que lançaram pré-candidaturas à Alerj e Câmara Federal, sonhavam com uma grande “estrutura” para suas campanhas. No final das contas, como um pai que perde o controle de seus filhos, Garotinho sentou e conversou com os rosáceos. Deixou claro, mais uma vez, que o principal desafio é a sua candidatura ao governo, esfriou o “fogo amigo”, prometeu ser mais bondoso e apontou quais serão as peças que estarão no tabuleiro.

No final das contas, em relação aos pré-candidatos, pouca coisa mudou em relação ao que foi adiantado em janeiro (aqui).

Bombeiro — Acostumado a colocar fogo nos debates políticos do estado, disparando pesado contra os seus adversários, Garotinho vem assumindo um novo papel em Campos. Como o seu grupo é grande e conta com vários focos de "incêndio amigo", ele tem atuado como bombeiro.

Mais informações sobre as escolhas de Garotinho nos blogs Na Curva do Rio (aqui) e Opiniões (aqui)

Comentar
Compartilhe
Campos ganha "Parque Aquático" em seu aniversário
28/03/2014 | 07h44

A chuva desta sexta-feira, que alagou diversos pontos da cidade, deve ter feito a prefeita Rosinha Graotinho (PR) pensar em trocar o seu programa "Bairro Legal" pelo "Barco Legal". Em algumas ruas era possível encontrar caiaques circulando. Na João Maria, por exemplo, dois meninos brincavam no "Parque Aquático Goitacá", um "presente" para os campistas neo aniversário da cidade. Em outros pontos da cidade também era possível encontrar campistas remando... Confira as fotos e as montagens que caíram na rede:

[caption id="attachment_23542" align="aligncenter" width="538"] Foto - Jonathas C. Boa Morte[/caption]   [caption id="attachment_23543" align="aligncenter" width="538"] Foto - Jonathas C. Boa Morte[/caption]   [caption id="attachment_23544" align="aligncenter" width="538"] Foto - Jonathas C. Boa Morte[/caption]   [caption id="attachment_23545" align="aligncenter" width="512"] Facebook/Everaldo Junior[/caption]   [caption id="attachment_23547" align="aligncenter" width="502"] Facebook/Enquanto isso em Campos[/caption]   [caption id="attachment_23550" align="aligncenter" width="528"] Facebook/Campista Cabrunco[/caption]
Comentar
Compartilhe
Quem vai morrer na praia?
31/03/2014 | 01h25

Aos poucos, com a eleição se aproximando, os grupos políticos começam a definir quem serão os nomes escolhidos para disputar cadeiras na Alerj e Câmara Federal. Também é nessa hora que alguns pré-candidatos que nadaram desde o ano passado vão começar a morrer na praia. No grupo liderado pelo deputado federal Anthony Garotinho (PR), tirando os nomes do PR, que estão praticamente definidos, os pré-candidatos de outros partidos já começam a se preparar para o pior. E nem adianta fazer birra! O líder do grupo já mandou um recado no estilo Capitão Nascimento, do filme "Tropa de Elite": "Se não aguentar a pressão, pede pra sair!"

Comentar
Compartilhe
Guardas agredidos: o outro lado da moeda
10/03/2014 | 05h39

No último dia 04 o blog publicou uma nota (aqui) sobre um arrastão na praia do Farol de São Thomé que gerou um confusão envolvendo guardas municipais. O caso foi parar na Delegacia e um dos guardas ficou com um grande ferimento na cabeça. Agora, seis dias depois, o blog recebe o desabafo da esposa de um dos acusados de agressão. Como abrimos espaço para a versão dos guardas, aí está o outro lado da moeda:

"É lamentável como as pessoas são influenciadas pela mídia! Sou esposa de um dos rapazes e estávamos todos em família: maridos, esposas e filhos!!! Vimos um rapaz sendo roubado,por um grupo de infratores que roubaram seu cordão! O rapaz gritava ajuda e os guardas estavam bem próximos olhando aquela situação e não fizeram nada! Ficaram parados vendo aquela cena lamentável! Perguntamos a eles porque não fizem nada e ficamos surpresos que ninguém havia comunicado o fato a eles e que eles não iriam fazer nada!!! Chocados fomos buscar parte da nossa família que havia ficado na beira mar! Contamos o ocorrido e pedimos para eles irem embora todos juntos,pois nós poderíamos ser as próximas vítimas! Indignado meu cunhado que é do Rio perguntou ao guarda porque eles sequer passaram um rádio para a PM para buscar ajuda e disse que eles foram omissos! O mesmo guarda que ficou parado vendo a cena descrita anteriormente achou ruim quando foi chamado de omisso! E DEU UM SOCO NO ROSTO DE UM PAI DE FAMÍLIA E TRABALHADOR! O mesmo pode ser visto com a cabeça enfaixada será que ninguém se perguntou o que é aquilo? Não,pois a mídia só mostra a outra parte com ferimento. Pois é, ele também levou um corte na cabeça e levou pontos, esse ferimento foi efetuado pelo Guarda! Minha família saiu do Rio para vir curtir o Carnaval da Família, e por ironia minha família foi detida! Sabe o que mais choca? Quando aquele cidadão foi agredido e roubado pelos marginais ninguém apareceu,ninguém!!! Agora quando houve essa confusão… em menos de 2 minutos mais de dez Guardas apareceram!!! Pagamos impostos, cumprimos nossos papel de cidadãos, minha família veio a Campos e no final no “Verão da Família” foi minha família que saiu como marginais e como outros sites estão divulgando… vagabundos! Lamentável! Não quero saber do Farol não indico ninguém sair de sua cidade para vir passar o Carnaval aqui! Pois nesse verão da família, famílias perderam entes queridos, famílias foram roubadas, famílias foram agredidas e famílias que foram pedir explicações da inércia, levam um soco na boca e pontos na cabeças e saem como vagabundos dessa história! Lamentável!!!!!"  Ass: Julia. 

Comentar
Compartilhe
Um ano após denúncia, Prefeitura anuncia creche na Baixada
07/03/2014 | 10h35

Em março do ano passado, logo após o "Show do Milhão" do verão, a população da Baixada Campista pedia mais respeito e denunciava as péssimas condições de uma creche. Localizada em Baixa Grande, a Creche Escola Maria dos Conceição dos Santos estava em situação precária. Quem olhava conseguia ver apenas uma casa abandonada. Na ocasião, as fotos da "creche" foram publicadas pelo blog do Cláudio Andrade (aqui).

Agora, um ano após a denúncia, a Prefeitura de Campos divulga em seu site que a localidade de Baixa Grande vai ganhar uma Creche Escola Modelo, ao lado da praça. Trata-se de investimento com recursos da Prefeitura e do Governo Federal. A unidade vai contar com nove salas de aula, pátio, sala multiuso, anfiteatro, refeitório, banheiros masculino e feminino, administração, playground e lavanderia.

Atualização às 19h35 — Em e-mail enviado ao blog, a Coordenação de Jornalismo da Secretaria de Comunicação informa que a primeira matéria sobre a obra da creche foi publicada em maio do ano passado. Ou seja, dois meses após a publicação das fotos no blog do Cláudio Andrade (aqui). Na matéria de maio a Prefeitura informou (aqui) que a obra estava orçada em R$ 1,3 milhão e seria realizada em parceria com o governo do estado. Depois, nos meses de julho (aqui), agosto (aqui), novembro (aqui), dezembro (aqui) e janeiro (aqui), foram publicadas outras matérias que comentavam sobre o andamento da obra, dessa vez anunciando uma parceria com o governo federal.

Atualização Às 09h45 (08/03/2014) — A Secom explica que a matéria anunciando uma parceria com o governo estadual será corrigida:  "A obra em questão está sendo realizada com recursos do Governo Federal, através do Pró-Infância. A devida correção será feita".
[caption id="attachment_23012" align="aligncenter" width="400"] Casa em péssimas condições era usada como creche[/caption] [caption id="attachment_23014" align="aligncenter" width="501"] Um ano após denúncia, Prefeitura mostra funcionários trabalhando na construção da Creche Modelo - Foto de Rogério Azevedo[/caption]

Atualização às 19h50 — Em matéria publicada no final da tarde de hoje a Prefeitura fez uma espécie de Prestação de Contas sobre as Creches. De acordo com o governo, são 8.100 alunos matriculados em creches da rede pública municipal. "O número supera a quantidade de habitantes em alguns municípios do norte e noroeste fluminense. O município vem investindo, maciçamente, na construção de creches no município e  já construiu 14 creches modelo nos últimos cinco anos. Ao todo, Campos conta com 79 creches. Além de uma estrutura de alto nível, a prefeitura oferece merenda de qualidade, material pedagógico para a educação infantil que, antes de 2008 não havia, uniformes, incluindo de frio para que a criança não deixe de ir à aula em dias de temperatura mais baixa. Mais 11 creches estão sendo construídas, sendo oito em parceria com o governo federal.  Novas unidades também serão construídas, como em Donana e no Parque Saraiva", informa a matéria.

Comentar
Compartilhe
Em Teresópolis, "boa noite" de Garotinho irrita população
11/03/2014 | 10h42
[caption id="attachment_23109" align="aligncenter" width="448"] Montagem/O Diário de Teresópolis[/caption]

O jornal "O Diário de Teresópolis" publicou matéria do jornalista Anderson Duarte (aqui) sobre uma mensagem de boa noite atribuída ao deputado federal Anthony Garotinho (PR). Com o texto: “O Garotinho deseja uma noite de paz pra você”, o SMS se alastrou por quase toda a cidade e levantou muitas dúvidas quanto a sua procedência, originalidade e o acesso do autor do envio aos números dos celulares. "Não é possível ainda afirmar que a mensagem pertence mesmo a uma estratégia de campanha do deputado, nem mesmo se foi alguma ação da própria concorrência do político, o fato é que as últimas atitudes do ex-governador acabam contribuindo para que a sua imagem não assim das melhores no eleitorado", explica Anderson Duarte.

Em poucos minutos na página do jornal no Facebook (aqui), uma notinha sobre o “boa noite” de Garotinho acabou recebendo mais de 250 comentários, quase a totalidade com críticas e ironias quanto a possível atitude do político. "Uma pergunta permeou os internautas: como conseguiram os números telefônicos dos teresopolitanos? Afinal, houve até quem tenha recebido a famigerada mensagem em duas linhas, enquanto quem não recebeu, conhece pelo menos uma dúzia que recebeu o SMS. Enfim, em um cálculo bem estimado é possível dizer que cerca de 80% da cidade pode ter sido vítima do ‘boa noite’ político", conta o jornalista.

Comentar
Compartilhe
Presidente do Supremo denuncia jornalista por racismo
21/03/2014 | 02h30
[caption id="attachment_23323" align="aligncenter" width="300"] Foto: Nelson Jr. / STF / Divulgação[/caption] O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, encaminhou uma denúncia à Justiça Federal contra o jornalista Ricardo Noblat pelos crimes de injúria, difamação e preconceito racial. Em representação ao Ministério Público Federal, ele diz que Noblat atacou sua honra e praticou crime de racismo em texto publicado em seu blog e no jornal O Globo, em agosto, dias após uma discussão entre Barbosa e seu vice, Ricardo Lewandowski. No texto, Noblat faz menção ao fato de o presidente do STF ser negro e afirma que Barbosa não teria sido escolhido só por seus conhecimentos. O jornalista diz que "para entender melhor Joaquim" é necessário acrescentar "a sua cor". A Procuradoria enviou denúncia criminal à Justiça Federal do Rio e pede que Noblat seja condenado por crimes contra a honra e delito racial. Somadas, as penas podem chegar a 10 anos e 4 meses de prisão. Fonte: Portal Terra
Comentar
Compartilhe
A despedida da Kombi
28/03/2014 | 01h06

Para marcar o fim da Kombi, que deixou de ser fabricada em dezembro de 2013, a Volkswagen lançou ontem (27) um minidocumentário com o último desejo do veículo.  Em um vídeo de quatro minutos produzido pela Spray Filmes, a Kombi narra sua história por meio da voz da atriz Maria Alice Vergueiro, e conta desde o seu nascimento, até o anúncio emocionado do seu fim.

Logo no início do filme, o veículo “diz” que está indo, mas que foi isso que fez ao longo de seus 63 anos. Pessoas que tiveram a vida marcada pelo modelo da Volkswagen, como Bob Hieronimous, que pintou a Kombi durante o festival de Woodstock, foram homenageadas e receberam presentes especiais do veículo. A primeira fase da campanha, anunciada em jornais e revistas, mostrava um suposto testamento do veículo. Nele, a Kombi expressava seu último desejo, narrado, agora, no vídeo.

Intitulado de “Os últimos desejos da Kombi”, o minidocumentário retrata o reencontro da Kombi com a família de seu criador Ben Pon em Amersfoort, na Holanda. Ao final do vídeo, a Kombi indaga “como estou me sentindo? Surpreendentemente bem”, e desaparece na estrada, como se estivesse seguindo o seu caminho.

Assista, a seguir, o último vídeo da Kombi:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=I_B4-UjQtD8[/youtube]

Fonte: Exame

O vídeo também foi compartilhado pelo blog "Imaginar" (aqui), do fotógrafo Diomarcelo Pessanha.

Comentar
Compartilhe
Show do Milhão não chegou ao banheiro do Palácio da Cultura
13/03/2014 | 11h12

Enquanto no “Verão da Gastança” a prefeita Rosinha Garotinho (PR) gasta quase meio milhão com apenas dois shows (Luan Santana e Thiaguinho), o banheiro masculino do Palácio da Cultura, sede da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, que contrata os shows, é motivo de protesto na internet. Em seu blog (aqui), a jornalista Luciana Portinho publicou o desabafo e as fotos de Eduardo Caetano, que na manhã da última terça-feira encontrou o banheiro com portas e torneiras amarradas, além de muita sujeira.

[caption id="attachment_23184" align="aligncenter" width="504"] Para saber onde fica o banheiro masculino é preciso desvendar a seguinte mensagem cifrada: B Hei Masc No [/caption] [caption id="attachment_23185" align="aligncenter" width="504"] Quem quiser lavar as mãos tem que ser mestre na arte de improvisar, já que as torneiras estão amarradas[/caption]

[caption id="attachment_23187" align="aligncenter" width="504"] Se quiser privacidade, basta entrar e segurar a porta com o pé[/caption]
Comentar
Compartilhe
Reclamando do "Anthony", Garotinho tentou barrar divulgação da pesquisa
27/03/2014 | 03h39

Da Ascom/TRE-RJ: 

O desembargador do TRE-RJ Horácio dos Santos Ribeiro Neto negou pedido liminar (em caráter provisório) do deputado federal Anthony Garotinho e do Partido da República (PR) para proibir a divulgação de pesquisa do Ibope de intenção de voto para governador e senador no Estado. O magistrado entendeu que, diferentemente do que alegou o deputado na ação, o fato de a enquete ter utilizado o nome "Garotinho" em vez de "Anthony Garotinho" não é, "por si só, fator hábil a dificultar sua identificação pelos eleitores e, em consequência, a alterar o resultado da pesquisa".

O desembargador destacou, ainda, que o deputado é "conhecido radialista" e "participa há longos anos do meio político". O mérito da ação ainda será julgado.

 Processo relacionado: RP 11414

Comentar
Compartilhe
João Peixoto: “O jogo está começando agora”
31/03/2014 | 02h34
[caption id="attachment_23583" align="aligncenter" width="465"] Peixoto participou de evento em Macaé ao lado de Cabral e Pezão[/caption]

O deputado estadual João Peixoto (PSDC), que na última sexta-feira (28) esteve em Macaé ao lado do governador Sérgio Cabral (PMDB) e do vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), garante que muitas reviravoltas irão ocorrer na disputa pelo governo do estado. “Estou em busca do meu quinto mandato na Alerj. Já acompanhei muitos governos e muitas disputas eleitorais. Pelo que estou vendo, o jogo está começando agora. Não adianta pensar que tem favorito”, disse Peixoto, que aposta no crescimento de Pezão. “Ele está muito tranquilo e confiante. Além disso, conta com aliados importantes em todas as partes do estado. Os próprios adversários sabem que ele vai crescer”, disse Peixoto.

Comentar
Compartilhe
Bazar do Eike
07/03/2014 | 11h07

Depois de promover um verdadeiro "saldão" no ano passado — e vender ações, barco, o hotel Glória e até um jatinho — o empresário Eike Batista colocou à venda pela internet 700 itens de escritório. Os objetos eram usados no edifício então ocupado pela Óleo e Gás Participações, ex-OGX, que se mudou para um prédio menor e mais condizente com a realidade da petroleira, que já não ostenta mais os dias de glória do passado.

O "bazar" será realizado na próxima segunda-feira, pelo site Sold Leilões. Segundo a empresa de leilão, a venda inclui computadores, tablets, fragmentadora de papel, impressora, scanners, cadeiras e vasos. Esta semana, a revista Forbes publicou sua tradicional lista de bilionários e Eike, que já ostentou o posto de 7º homem mais rico do mundo, nem sequer é listado no ranking.

Fonte: Veja 

Comentar
Compartilhe
Câmara quer esclarecimentos sobre venda do Godofredo Cruz
11/03/2014 | 06h31

A Câmara de Campos aprovou durante a sessão de hoje (11) um requerimento do vereador Nildo Cardoso (PMDB) solicitando a presença no Legislativo da diretoria do Americano e de representantes da empresa Imbeg, que adquiriu e já começou a demolir o estádio Godofredo Cruz.

De acordo com Nildo, existem muitas dúvidas que precisam ser esclarecidas. "Temos que ver de perto esse contrato. Quem se beneficiou? Quem foi prejudicado?", indagou o vereador.

O vereador Abdu Neme (PR), que é torcedor do Americano e sua família tem uma história ao lado do clube, votou contra: "Se essa turma vier eu não participo da sessão. Essas pessoas se uniram para destruir o Americano. Eu já discuti muito e não teve jeito. O Americano está morrendo", desabafou Abdu, que se emocionou na tribuna.

Comentar
Compartilhe
Meu caro amigo
16/03/2014 | 01h00

Um amigo que mora longe me perguntou como vai a nossa querida Campos dos Goytacazes. Lembrando da canção “Meu Caro Amigo”, do Chico Buarque, expliquei que “aqui na terra estão jogando futebol: Goytacaz e Americano sonham com a 1ª divisão do estadual”. E por falar em futebol, citei interferências políticas no Goyta e a demolição do Godofredo Cruz, que deve fazer o alvinegro do Parque Tamandaré entrar pelo cano...

Também expliquei que “enquanto existem problemas no Abrigo João Viana, no verão do Farol se gasta R$ 233 mil com show do Luan Santana”. E aí, no embalo da música do Chico, ele perguntou: “Então a coisa por aí tá preta?”. Respondi que, na verdade, “a coisa aqui tá rosa”.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=RplxzTPCynU#aid=P-SwM_Jcaio[/youtube]

Comentar
Compartilhe
"Rolo compressor" atropela pedido de informação sobre shows do verão
25/03/2014 | 08h11

O vereador Rafael Diniz (PPS) solicitou durante a sessão de hoje (25) informações sobre todos os gastos com o verão do Farol de São Thomé. "Tenho documentos que mostram distorções ente shows realizados em Campos e em outros municípios. Luan Santana custou 233 mil em Campos e 180 mil em Macaé. No caso do Thiaguinho, foi 219 mil em Campos e 180 mil em Macaé. O primeiro foi 53 mil mais caro e o segundo foi 39 mil acima. Será que não temos o direito de saber quais foram os gastos com palco, shows, iluminação, trios elétricos, som e banheiros químicos? Para onde esta indo esse dinheiro?", indagou Diniz.

Para o vereador, o governo deve explicações. "Não podemos aceitar a existência de um Fundo de Cultura que fica com R$ 176 mil para um ano inteiro. Enquanto isso, em apenas um shows que não dura mais de duas horas, a banda Jammil e uma Noites recebe R$ 193 mil", disse Rafael.

Na tribuna, o líder do governo, Paulo Hirano (PR) solicitou que a bancada governista votasse contra o pedido de informação. Segundo Hirano, o governo Rosinha é transparente e tudo foi publicado no Diário Oficial. Ele também citou uma lista com shows que foram mais caros em outras cidades.

Atualização às 21h20 — Após o "rolo compressor" atropelar o requerimento sobre os shows, o vereador Rafael Diniz desabafou: "Sinceramente, tem coisas que não consigo entender. Dizem que o governo é transparente e se negam a apresentar um relatório completo sobre os shows. Não me resta outra alternativa. Vou convocar a senhora Patrícia Cordeiro para prestar esclarecimentos nesta Casa. Ela diz em entrevistas que tudo é feito com transparência. É mentira! Queremos um debate público com a presença dela", afirmou.

Para a vereadora Linda Mara (Pros), a oposição está "jogando para a galera". Segundo a vereadora, tem gente que fala sobre o Farol e nem aparece na praia. "Não é só show. Tem muita gente que se beneficia com o verão.  São comerciantes, tem o setor imobiliário. São muitas coisas envolvidas. E é bom lembrar que convidei a oposição para conversar com Patrícia e ninguém foi", disse Linda Mara.

Vendo que alguns governistas citavam os governos passados,  o vereador Fred Machado (SDD) sugeriu uma CPI. "Então vamos investigar tudo. Juntar o passado com o presente. Vamos comparar os valores. Será que alguém aprova essa CPI? Se o governo atual é tão transparente, não vai aparecer nada errado", disse Fred, lembrando que recentemente a própria prefeita sugeriu uma CPI.

Comentar
Compartilhe
Peemedebista quer ser deputado-presidiário
24/03/2014 | 07h07

Condenado a três anos e um mês pelo crime de esterilização irregular de mulheres, o deputado federal Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) afirmou nesta segunda-feira que não pretende renunciar ao mandato. “Posso perfeitamente continuar exercendo o mandato. Eu tenho até as 21h para ficar na rua”, disse, em referência ao regime aberto determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele disse que aguarda ser notificado pela Polícia Federal para se entregar. O parlamentar foi acusado de oferecer cirurgia de laqueadura em troca de votos nas eleições municipais de 2004, quando concorreu a prefeito de Marabá (PA). O regime domiciliar permite que ele fique fora de casa das 5h às 21h. Nesse período, o peemedebista pretende exercer seu mandato na Câmara.

O STF negou os últimos recursos e determinou o início do cumprimento da pena na última quinta-feira. Nesse dia, Bentes integrou a comitiva da presidente Dilma Rousseff para a entrega de máquinas em Marabá. “Tenho recebido muita solidariedade do meu partido, dos meus amigos e da minha família. Não estou sendo pressionado a renunciar. Cada coisa tem seu tempo e eu ainda vou estudar tudo com muita cautela e prudência”, disse.

Nesta segunda-feira, a Corte enviou a ordem de prisão à Vara de Execuções Penais e Medidas Alternativas (Vepema). Como no Distrito Federal não há casa de albergados, onde dormem os presos em regime aberto, o deputado deverá ficar em sua residência. Também nesta segunda, a Câmara foi comunicada pelo STF sobre a ordem de prisão do deputado, documento necessário para a Mesa Diretora dar início a um processo de cassação do mandato. A reunião para deliberar sobre o caso tem de ser marcada pelo presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Caso o processo seja aberto e aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Bentes será julgado em plenário com voto aberto.

Fonte: Veja 

Comentar
Compartilhe
MPF realiza evento para debater royalties e "maldição do petróleo"
25/03/2014 | 12h46

Da Ascom/MPF

O Ministério Público Federal (MPF) em Campos dos Goytacazes (RJ) realiza no próximo dia 4 de abril o Fórum Nacional Royalties e Direitos Humanos. O objetivo do evento é promover um debate entre a sociedade civil e o poder público acerca da destinação dos recursos dos royalties do petróleo e gás natural à educação, com ênfase na educação básica. Organizado pelo Grupo de Ação Estratégica para Assuntos do Petróleo, vinculado a 3ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, o fórum pretende contribuir para melhor compreender e encaminhar soluções para a chamada “maldição do Petróleo”, em que se constata que países produtores de petróleo não conseguem erradicar a pobreza da maioria de sua população, apresentando baixos índices de desenvolvimento humano. "A exploração de recursos minerais, sobretudo pela indústria petrolífera, precisa definitivamente contribuir com a melhora da qualidade de vida dos brasileiros. Por isto, a destinação dos recursos dos royalties do petróleo como ferramenta de inclusão educacional é uma preocupação do Ministério Público Federal. O Fórum será uma ótima oportunidade para que Poder Público e sociedade civil debatam, democraticamente, a questão" - disse o procurador da República Eduardo Santos de Oliveira, coordenador do Grupo de Ação Estratégica para Assuntos do Petróleo do MPF.

Painéis e palestrantes —  O fórum será composto por três painés: “Segurança Pública nas Escolas”, “A Destinação dos Royalties para a Educação Pública: avanços e aspectos controversos da lei 12858/2013 e “Construindo Estratégia: a otimização da educação básica com os recursos dos Royalties”. Dentre os palestrantes confirmados estão o subprocurador-geral da República Antônio Carlos Fonseca da Silva, o procurador geral da Agência Nacional do Petróleo Tiago Macedo, o promotor de justiça Victor Santos Queiroz, os professores e pesquisadores Fátima Bayma, Salomão Ximenes e Eizira Lucia de Oliveira e o secretário de educação do Espírito Santo, Klinger Marcos Alves.

Dentre os convidados para o evento estão prefeitos e secretários municipais de educação, diretores de escola, professores, promotores de justiça, juízes, defensores públicos, entre outras autoridades dos diferentes níveis de governo.

Inscrições — O Fórum Nacional Royalties e Direitos Humanos destina-se ao público em geral e qualquer pessoa pode se inscrever. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de abril no site www.forumroyaltiesedireitos.com.br . Todos os participantes receberão certificado emitido pela 3ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF e validado pela Escola Superior de advocacia. A presença valerá sete horas de atividade acadêmica para os estudantes de Direito.

O evento será das 12h às 19h no Teatro Municipal Trianon (Rua Marechal Floriano, 211 - Centro, Campos dos Goytacazes - RJ). Mais informações no site www.forumroyaltiesedireitos.com.br .

Comentar
Compartilhe
Odontologia: auxiliares protestam
17/03/2014 | 11h48

Por diversas vezes os vereadores da bancada de oposição afirmaram que o setor de odontologia da Prefeitura de Campos está "entregue as baratas". Inclusive, chegou a ser proposta pelo vereador Fred Machado (SDD) uma audiência pública na Câmara. Porém, o requerimento foi atropelado pelo "rolo compressor" governista. Eis que hoje (17)o blog foi informado sobre um protesto dos auxiliares de consultórios. Eles estão de braços cruzados na secretaria de Saúde e esperam um posicionamento do governo sobre uma série de questionamentos. Muitos reclamam sobre falta de estrutura, salários que estariam vindo errado e falta de diálogo com o gerente do departamento Odontológico da Prefeitura, Ivan Machado.

Comentar
Compartilhe
Bloco de samba de Campos condenado a devolver verba do Carnaval de 2011
13/03/2014 | 08h26
[caption id="attachment_23181" align="aligncenter" width="496"] Bloco desfilou em 2011 com o enredo “Vista a sua fantasia e pode comemorar”[/caption] Do portal do TCE (aqui):

O bloco de samba Unidos de Nova Brasília, de Campos dos Goytacazes, região Norte Fluminense, foi punido pelo TCE na sessão plenária desta quinta-feira (13/3) e condenado a devolver a quantia de R$ 57.264,11, equivalente a 22.480,32 Ufir-RJ. Em 2011, o bloco recebeu, a título de subvenção social, R$ 48.000 da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima. O voto do conselheiro-relator Marco Antonio Barbosa de Alencar aponta várias irregularidades no contrato celebrado, entre elas a emissão de cheques nominais a pessoas que não constam nos comprovantes de despesa, movimentação bancária sem relação com as notas fiscais apresentadas como comprovantes de despesa, ausência de vínculo entre os pagamentos e os débitos realizados e execução de despesas em desacordo com a aplicação proposta no plano de trabalho com o pagamento de serviços a uma única empresa. De acordo com o Regimento Interno do TCE-RJ, o valor deve ser devolvido aos cofres municipais no prazo legal, contado a partir da ciência da decisão. No caso de não haver pagamento, o procedimento seguinte é a inscrição na Dívida Ativa municipal.

Fonte: Blog Eu Penso que/Ricardo André Vasconcelos (aqui)

Comentar
Compartilhe
Com protesto da oposição, Câmara aprova reajuste de 7% para os servidores
19/03/2014 | 06h52

Foi aprovado durante a sessão de hoje (19) da Câmara de Campos, em regime de urgência, o reajuste de 7% para os servidores efetivos da Prefeitura de Campos. A bancada de oposição votou contra o reajuste e protestou na tribuna. "No ano passado deram um reajuste de mais de 60% para os secretários e apenas 7% para os servidores estatutários. Isso é um absurdo", disparou o vereador Fred Machado (SDD).

Para o vereador Rafael Diniz (PPS), a prefeita não respeita os servidores. "É bom lembrar que o servidor é independente e vota em quem quiser. E o servidor fica mesmo quando esse governo sair. Por outro lado, o mesmo governo gastou R$ 9,5 milhões, só em fevereiro, com os terceirizados. Nem o Sindicato dos servidores foi informado sobre esse reajuste de 7%. Fizeram isso sem debater com ninguém", disse Rafael.

O vereador Marcão (PT) criticou duramente a prefeita Rosinha. "Já disse uma vez e repito: a prefeita Rosinha não gosta dos servidores. Se analisar os salários entre o governo anterior e este governo, os servidores vai chegar a conclusão que perderam 20% em relação ao salário mínimo. Além disso, se não me engano, o vale alimentação está congelado desde 2010. Defendemos que o vale deixe de ser de R$ 200 e passe para R$ 350. Atualmente não é um vale alimentação, mas sim um vale lanche, um vale coxinha", disse Marcão.

Na tribuna, o vereador Paulo Hirano (PR), líder do governo na Câmara, disse que o governo cumpre a Lei de Responsabilidade Fiscal e concedeu um reajuste acima da inflação. "A prefeita valoriza os servidores. Prova disso é o fato da prefeita ter convocado 3 mil concursados", disse Hirano.

Comentar
Compartilhe