Em Nova Iguaçu, governo banca festa para Pezão
30/04/2013 | 01h58
Do jornal "O Globo":

Em evento patrocinado pelo governo do estado, com direito a shows de funk e pagode, o vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), anunciará nesta terça-feira em Nova Iguaçu o repasse de R$ 1 bilhão em obras de infraestrutura no município. Pezão é pré-candidato à sucessão do governador Sérgio Cabral (PMDB) em 2014. A cidade foi administrada, entre 2004 e 2010, pelo senador Lindbergh Farias (PT), outro pré-candidato e seu possível adversário nas eleições do ano que vem.

A festa em torno de Pezão será realizada na Praça Rui Barbosa, no Centro. Contará com a presença no palanque do próprio Cabral e de deputados e vereadores da base aliada do PMDB no estado. A verba servirá para a construção de hospital, dois viadutos, passarelas e apartamentos populares. Os recursos também serão usados para reformar escolas, pavimentar ruas e fazer saneamento básico, drenagem e recuperação e ampliação de estradas, como a Via Light e a Avenida Abílio Augusto Távora. Segundo a prefeitura, a previsão é que as obras comecem este ano. O governo do estado, porém, não deu prazo para que todos os projetos do pacote a ser anunciado por Pezão fiquem prontos.

O encontro faz parte de mais uma ofensiva de Cabral e do PMDB para tentar neutralizar o potencial de votos de Lindbergh na Baixada Fluminense e reforçar a imagem de Pezão na região. O prefeito da cidade, Nelson Bornier (PMDB), era ex-desafeto de Cabral. Os dois se reaproximaram em 2012, de olho em 2014. Uma das estratégias é vasculhar possíveis irregularidades cometidas por Lindbergh quando ele era prefeito. Bornier perdeu as eleições municipais para o petista em 2008.

Comentar
Compartilhe