Ilsan: “O grupo da prefeita é especialista em perseguição”
29/05/2012 | 04h16

Durante a sessão de hoje (29) a vereadora Ilsan Viana (PDT) falou sobre a ação do PTB contra o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT). “Esse grupo da prefeita é especialista em perseguição. Tentam atropelar os adversários de qualquer jeito. Um exemplo é a ação que o PTB moveu contra o ex-prefeito Arnaldo Vianna. Os advogados da prefeita responderam pelo PTB e tentaram obter uma liminar para deixar Arnaldo inelegível. Porém, o pedido foi negado pelo juiz”, disse Ilsan, que foi além. “Para um bom entendedor fica tudo muito claro. Eles estão querendo tirar Arnaldo da eleição. Isso é democracia ou ditadura? Esse grupo não conseguiu aceitar que Arnaldo está elegível e a prefeita cassada se encontra na Prefeitura por conta de uma liminar”, frisou Ilsan.

Comentar
Compartilhe
SFI: Beto Azevedo cassado
17/05/2012 | 04h41

beto

Após uma longa sessão extraordinária, que começou às 11h, seis vereadores votaram pela cassação do prefeito Beto Azevedo (PMDB). Três parlamantares votaram contra. Com isso, quem assume a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana é o vice-prefeito Frederico Barbosa Lemos (PR), filho do radialista Barbosa Lemos, ex-prefeito da cidade. "Com essa votação fica definida a cassação do prefeito", frisou o presidente da Câmara, Tininho.

Para o vereador Fabinho do Estaleiro, presidente da CP que cassou Beto, é um momento histórico. "Com tanta CPI terminando em pizza em nosso Brasil, temos em São Francisco de Itabapoana um grupo de vereadores que não se corrompeu e lutou pela punição do prefeito. A operação da Polícia Federal levou o nome de Renascer e isso tem tudo a ver com o atual momento. Estamos renascendo", disse o vereador, que chegou a chorar após o resultado. "Só eu sei o que a minha família passou nesses momentos de dificuldade", contou.

Votos:

Adriana da Silva Coelho -  Votou pela cassação

Cláudio Luiz Henriques - Contra a cassação

Fabinho do Estaleiro  - votou pela cassação

Jamilton Marcelino  - votou a favor da cassação

Jarédio Azevedo - votou a favor da cassação

Kademar Cordeiro - Contra a cassação

Renato de Buena - votou a favor da cassação

Sergio Elias - Contra a cassação

Tininho - votou a favor da cassação

Comentar
Compartilhe
Vergonha na cara
28/05/2012 | 06h38

vergonha

Em um texto publicado "Revista Bula", o escritor Menalton Braff analisou a falta de vergonha na cara. Confira:

Por Menalton Braff:

Será que é isso que nos falta? Esse jeito calhorda de rir de tudo, de fazer piada com tudo, de não levar nada a sério, isso tudo seria falta de vergonha na cara?

O brasileiro lê no jornal que dos seis mil presos pela polícia federal em dois anos nenhum continua na cadeia. Todos eles roubaram, indiscutivelmente, e muito mais do que a galinha do vizinho. O que acontece com eles? Estão por aí, flanando com o sossego que nos falta, a nós, que perdemos o sono se não conseguimos mais pagar as contas rigorosamente em dia. E como reage o público? O brasileiro ri, porque alguém, que não gosta de perder tempo, inventa uma piada sobre o assunto. Pronto, estamos todos de alma lavada. O riso quase sempre nos dá uma sensação de superioridade ou dela resulta. Então, toca rir porque segundo um ditado popular, que deve ter nascido aqui, nesta terra de Santa Cruz, “é melhor rir do que chorar”. Um ditado importante, uma vez que serve de suporte para todo livro de autoajuda.

Lembro-me então daquele ministro chinês (se não me engano da agricultura). Lembro-me de sua expressão aguardando o veredicto dos juízes.  Mas antes de ser mal interpretado, declaro-me solenemente contra a pena de morte.  O ministro chinês olhava para os juízes como quem se despede da vida. Uma expressão de vergonha pela má vida que levou. Qual seu crime? Aproveitou-se do cargo para enfiar a mão no dinheiro público. Foi condenado à morte.

Ah, que inveja! Não da pena de morte, que nada resolve. Sinto inveja é da vergonha que o ministro chinês tinha grudada no rosto.

Nós não precisamos de pena de morte, mas uma prisãozinha perpétua, quem sabe uns trinta anos para nossos corruptos, isso diminuiria a bandalheira.

Este assunto me ocorre por ter recebido uma mensagem, não me lembro de quem, dando conta de que o ministro chinês, Wen Jiabao, em visita ao Brasil, deixou com as autoridades o decálogo das medidas utilizadas por eles para seu desenvolvimento e para a superação das crises econômicas do mundo. Li por alto, não sei de cor. Mas no capítulo da corrupção, o decálogo, lembro-me bem, não era nada indulgente: pena de morte.

Bookmark and Share //
Comentar
Compartilhe
Saúde: Médicos do Ferreira Machado protestam
04/05/2012 | 07h39

Protesto-dos-médicos

O jornalista Fernando Leite informa em seu blog que médicos plantonistas do Hospital Ferreira Machado produziram um documento de denúncia e  ameaçam parar suas atividades  se não forem atendidos.  "Revelam que são precárias as dependências físicas do setor de atendimento, com goteiras e macas nos corredores, os menores salários da região e "condições precárias e insalubres" em desacordo com o código de ética médica. O documento foi encaminhado à prefeita do Município, ao secretário municipal de Saúde, com cópias para os Ministérios Públicos Estadual e Federal", explica o blogueiro.

Arquivos em pdf: Comunicado dos médicos da emergência do HFM1 Comunicado dos médicos da emergência do HFM2

Comentar
Compartilhe
SJB: Polícia Militar nas sessões da Câmara
25/05/2012 | 11h58

policia sjb

Após alegar ter interrompido a sessão de ontem (24) “por medida de segurança”, o presidente da Câmara de São João da Barra, Gersinho (PR) informou hoje (25) que na próxima sessão da Casa a Polícia Militar estará no prédio para garantir a segurança. De acordo com o presidente, todos os celulares deverão estar desligados, incluindo os aparelhos dos vereadores.

Duelo na Justiça — Mas engana-se quem pensa que o encerramento da sessão colocou fim no debate entre governistas e oposicionistas. Após o indeferimento no plenário, o vereador Neco (PMDB) já se movimenta para viabilizar duas CPIs na Justiça. “O presidente continua se negando a explicar os gastos com veículos, combustível, contratações e nomeações. Sendo assim, o caso vai para a Justiça. De uma forma ou de outra a população de São João da Barra vai saber sobre os absurdos que acontecem nesta atual gestão do Legislativo”, frisou Neco.

Com informações do Portal OZK

Comentar
Compartilhe
Rosinha quer uma "Cidade Inteligente"
17/05/2012 | 06h54

[caption id="attachment_10643" align="aligncenter" width="340" caption="Divulgação/Secom"]Divulgação/Secom[/caption]

Da assessoria:

A prefeita Rosinha Garotinho (PR) recebeu  hoje (17) no escritório de representação do Rio de Janeiro o diretor da IBM-Brasil, empresa líder em tecnologia e inovação, Augusto de Carvalho. Acompanhada pelo secretário de Serviços Públicos, Zacarias Albuquerque, e pelo presidente do Fundo de Desenvolvimento de Campos (Fundecam), Otávio Amaral, a prefeita conheceu o Projeto “Cidades Inteligentes”, desenvolvido pela empresa e que busca soluções inteligentes e sustentáveis para facilitar a vida dos cidadãos que moram em cidades de grande porte ou que estejam em fase de crescimento.

Durante a reunião, a prefeita mostrou interesse no projeto, principalmente, nas áreas de mobilidade urbana e inclusão digital. “Acho muito importante conciliar a tecnologia a este momento singular que Campos está vivendo. Me preocupo com o crescimento rápido e, consequentemente, com a qualidade de vida da população, por isso, neste momento, as áreas que mais me interessam para investir são as do trânsito, de forma inteligente, e da inclusão digital, permitindo assim que todas as pessoas tenham acesso à tecnologia”, disse Rosinha.

O diretor da IBM virá a Campos conhecer a realidade local e, assim, avaliar de que forma o projeto poderá contribuir e, em seguida, a empresa vai oferecer um workshop gratuito para mostrar todas as potencialidade tecnológicas que poderão ser disponibilizadas, principalmente, para órgãos, como as secretarias de Desenvolvimento Econômico e Petróleo; Saúde, Educação, Planejamento e Gestão, Fundecam, entre outros.  Ele adiantou que ficou surpreso com o que conheceu de Campos. “Estou impressionado com o desenvolvimento econômico de Campos”, ressaltou Augusto de Carvalho.

A perspectiva é de que, até 2050, 70% da população estejam vivendo em grandes cidades. A previsão é de que, em Campos, este crescimento chegue mais cedo, em virtude de empreendimentos como o Superporto do Açu e o Complexo Logístico e Industrial Farol-Barra do Furado.

Comentar
Compartilhe
Espaço Aberto: Leitor prevê futuro político de Campos
18/05/2012 | 05h53

espaço-aberto1-236x3001

Nos comentários sobre a transformação de Campos em uma “Cidade Inteligente”, o leitor Sávio enviou um comentário que divido aqui com vocês:

“Não se preocupem! Com a expansão do Município, por conta dos empreendimentos da iniciativa privada, como o Complexo do Porto do Açu, do empresário Eike Batista, a política de nossa região e do vizinho Município de São João da Barra, vai mudar completamente. À medida que se consolide o Porto de Açu, e as empresas se instalem na região, aumentará a oferta de emprego com salários melhores, bem como o interesse por cursos e aperfeiçoamento do processo individual de Educação. Este importante fator atuará como modificador do comportamento político-social da população, o que a fará escolher melhores políticos e que serão cobrados, ao invés da inércia dos eleitores de “um real”. O outro detalhe, é que a nova condição social deste trabalhador, implicará no surgimento de novos líderes, mas que surgirão da própria classe trabalhadora, com visões bem claras e relacionadas aos interesses coletivos. Portanto, aguardemos! Os políticos que conhecemos hoje aqui em nossa terrinha, não terão mais a menor chance. Já exibiram abundantemente toda a sua incompetência! Dentro desta panorâmica, temos esperança que a tal “Cidade Inteligente” aconteça e num futuro não muito distante. Uma das provas desta “Inteligência” há de ser que, de todos os nomes que conhecemos hoje, os mesmos só poderão ser lembrados como incompetentes, e serão esquecidos para sempre. Será o Desenvolvimento e o Progresso da região, o fator de modificação econômica, política e social. Quem viver, verá! Sávio"

Comentar
Compartilhe
Advogado defende Beto Azevedo
17/05/2012 | 04h05

[caption id="attachment_10627" align="aligncenter" width="251" caption="Foto - Blog do Paulo Noel"]Foto - Blog do Paulo Noel [/caption]

Neste momento o advogado João Paulo Granja usa a palavra para fazer a defesa do prefeito Beto Azevedo (PMDB). De acordo com ele, o julgamento na Câmara de São Francisco de Itabapoana é político e baseado em suposições. “Se a Polícia Federal não concluiu a investigação, como a Câmara investigou tudo em vinte dias? Não existem provas, não convocaram pessoas importantes. Condenar alguém por ‘ao que tudo indica’, ‘ao que parece’, ‘supostamente’. São afirmações baseadas em suposições. Não há certeza neste parecer. Fica nítido que este julgamento é político”, afirmou o advogado.

Atualização às 16h32 — "Prefeito não será candidato" — No final da sua explanação, João Paulo Granja informou que o prefeito não vai tentar a reeleição em outubro. "Faltam poucos meses para a eleição. O prefeito não será candidato e, no meu ponto de vista, afastar o prefeito só vai gerar um clima de instabilidade no município. Sendo afastado, o prefeito vai recorrer e, com certeza, haverá muita indefinição sobre o futuro do município", disse João Paulo.

Comentar
Compartilhe
MP quer explicações sobre viagens de Cabral
10/05/2012 | 02h34

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro informou ontem (9) que o procurador-geral de Justiça, Cláudio Lopes, pediu ao governador Sérgio Cabral (PMDB) informações a respeito de suas viagens ao exterior, que foram divulgadas no Blog do Garotinho, no fim de abril. O procurador-geral aguarda as respostas, que serão analisadas pela assessoria da Chefia Institucional. Por meio da assessoria, o governo do Estado informou que já recebeu e respondeu nesta quarta-feira à solicitação feita pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Garotinho publicou em seu blog pessoal fotos de Cabral (PMDB) e alguns de seus secretários em uma “farra em Paris”. Em uma das imagens, Régis Fichtner, secretário estadual da Casa Civil, aparece abraçado com Fernando Cavendish, ex-presidente da Delta, que está sendo investigada pela Polícia Federal por ter supostamente repassado verbas a firmas fantasmas do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso desde fevereiro por suspeita de comanda quadrilhas de máquinas de caça-níqueis.

Em nota, a assessoria do governo do Estado explicou que “em missão oficial à França, realizada nos dias 14 e 15 de setembro de 2009, o Governador Sérgio Cabral participou do lançamento do Guia Verde Michelin Rio de Janeiro, na Embaixada do Brasil em Paris; participou de encontros de trabalho para a então campanha pelas Olimpíadas de 2016 no Rio; e fez palestra na Câmara de Comércio Brasil-França para investidores franceses”.

Ainda segundo a assessoria, “entre os seus compromissos oficiais, o Governador recebeu, no dia 14, a condecoração máxima do Governo da França: a Légion d’Honneur, no Senado daquele país. Coube ao Presidente do Senado francês, Gerard Larcher, fazer a entrega. Após a solenidade, o Barão francês Gerard de Waldner, casado com a brasileira Sílvia Amélia de Waldner, chamou ao Clube Inglês convidados dele em homenagem ao Governador e à condecoração recebida.

Fonte: R7

Comentar
Compartilhe
SJB: Gersinho indefere requerimento da CPI
21/05/2012 | 07h03

Durante a sessão da Câmara de São João da Barra, que acontece neste momento, o vereador Neco (PMDB) solicitou a palavra e tentou iniciar, no plenário da Casa, a leitura do requerimento que solicitava a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Porém, antes mesmo da conclusão da leitura, o presidente da Casa, Gersinho (PMDB), indeferiu. "Está indeferido e vamos seguir a pauta", cortou Gersinho.

Irritado com a atitude do presidente, o vereador Neco (PMDB) desabafou. "É um absurdo o que acontece nesta Casa de Leis. Fomos eleitos vereadores e não podemos legislar. Não podemos fiscalizar o dinheiro público. Essa Casa tem R$ 416 mil por mês. Ninguém da bancada governista tem assessoria, veículo, telefone... Não sei como essa Mesa Diretora anda gastando os recursos. São apenas quatro vereadores com esse valor", disparou Neco, que prometeu protocolar as CPIs. "Vou protocolar amanhã essas CPIs. Esse presidente já responde a um processo por improbidade administrativa. Vamos encaminhar uma série de documentos ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas", disse Neco, que em um determinado momento teve o seu microfone cortado.

Comentar
Compartilhe
SFI: CP mantida e Beto na mira
14/05/2012 | 07h21

betoazevedo1

O juiz Leonardo Cajueiro D’Azevedo indeferiu o pedido de liminar para anular a Comissão Processante  (CP) que foi aberta pela Câmara de São Francisco de Itabapoana.  A solicitação foi feita pelos advogados do prefeito Beto Azevedo (PMDB).  Sendo assim, a sessão extraordinária marcada para amnhã (15), às 10h, está mantida e vai decidir o futuro do prefeito de SFI. De acordo com o presidente da CP, vereador Fabinho do Estaleiro (PSDB), existem dados concretos que comprovariam o envolvimento do prefeito em um esquema na área da Saúde.

Fonte: Bl0g do Paulo Noel

Comentar
Compartilhe
Quem são os vice-prefeitáveis?
22/05/2012 | 01h09

Conforme informei aqui, o município de Campos conta com oito pré-candidaturas à Prefeitura. Agora, as especulações nos bastidores giram em torno dos vices. Abaixo, os pré-candidatos e seus possíveis vices.

Quem é o vice de Rosinha Garotinho (PR)? O grupo da prefeita vai manter a dobradinha vencedora de 2008. Novamente o vice será Chicão Oliveira (PP).

Quem é o vice de Arnaldo Vianna (PDT)? - O deputado estadual João Peixoto já afirmou que só aceitaria ser vice em uma chapa encabeçada por Arnaldo. Porém, nos bastidores, cogita-se a possibilidade de Arnaldo receber o apoio de outros partidos ligados ao grupo do governador Sérgio Cabral (PMDB). E um deles poderia indicar o vice.

Quem é o vice de Odete Rocha (PCdoB)? - Nas primeiras conversas sobre o nome do vice o grupo da Professora Odete falou em Andral Tavares Filho (PV).

Quem é o vice de Andral Tavares (PV)? - O advogado, que tem o seu nome cotado para ser vice de Odete, tem dito que ainda é cedo para falar em definições.

Quem é o vice de Roberto Henriques (PSD)? - O deputado estadual, que aposta na força da aliança com o PMDB, estaria conversando com vários partidos. Nos bastidores, especula-se que o vice poderia ser um nome ligado ao ex-vereador Sérgio Diniz ou então ao PDT do ex-prefeito Arnaldo Vianna, caso Vianna não dispute a eleição.

Quem é o vice de Erik Schunck (PSOL)? - O vice do candidato da Fupo será o professor Amaro Sérgio (PCB).

Quem é o vice de João Peixoto (PSDC)? - O deputado estadual João Peixoto, que tem sido cobiçado para ser vice, tem conversado com vários partidos e deve revelar em breve as suas estratégias

Quem é o vice de Makhoul Moussallem (PT)? - O petista revelou que havia convidado o vereador Sérgio Diniz, que faleceu no último dia 14, para ser o vice em sua chapa. Segundo Makhoul, Diniz não aceitou por estar focado na busca por uma cedeira na Câmara. No momento, o PT conversa com partidos da Frente Democrática em busca de um vice que combine com Makhoul.

Comentar
Compartilhe
Neco: "Não tenho medo de CPI"
28/05/2012 | 11h38

neco na câmara

Durante a sessão de hoje (28) da Câmara de São João da Barra, o vereador Neco (PMDB) voltou a cobrar a abertura de duas CPIs para investigar a atual Mesa Diretora do Legislativo, presidida pelo vereador Gersinho (PR), da bancada de oposição. Vendo que a oposição cogitava a possibilidade de investigar a sua gestão na presidência da Casa, o vereador não perdeu tempo e aceitou o desafio. “Já fizeram uma ampla investigação da minha gestão. Não tenho medo de CPI. Então vamos investigar tudo”, disse Neco, que cobra explicações do atual presidente sobre gastos com veículos, contratações e nomeações.

Ficha Limpa — Durante a sessão de hoje (28) foi aprovado por unanimidade o parecer favorável, emitido pelas comissões de Justiça e Redação, e Finanças e Orçamento ao projeto de lei nº 002/12 (Ficha Limpa), do vereador Kaká (PT do B). A segunda e última discussão e votação da matéria será na próxima quinta-feira (31). “Esse projeto têm por objetivo, impedir que pessoas sem competência estejam à frente de alguma secretaria, uma vez que esses cargos não são escolhidos pelo povo e sim, pelo prefeito”, comentou Kaká. Projetos — Foram lidos e encaminhados às Comissões, dois projetos de lei da Mesa Diretora da Casa: o 001/12 e o 002/12, que dispõem, respectivamente, sobre a remuneração dos vereadores, prefeito e vice-prefeito para o quadriênio 2013/2016.

Comentar
Compartilhe
CPI não prevê convocação de Cabral e Cavendish
02/05/2012 | 05h41

Do Globo:

No plano de trabalho sugerido hoje (02) pelo relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), não há previsão de convocar para depor o dono da Construtora Delta, Fernando Cavendish. O plano confirma a estratégia dos governistas de limitar as investigações às operações da empresa no Centro-Oeste e no esquema de Cachoeira, deixando de fora os governadores, Marconi Perillo (PSDB-GO), Agnelo Queiroz (PT-DF) e Sérgio Cabral (PMDB-RJ). Odair sugeriu, por enquanto, a oitiva de Cláudio Abreu, gerente da Delta Centro-Oeste, no dia 29 de maio.

CPI na Alerj? — Em sua coluna "Radar", na revista Veja, o jornalista Lauro Jardim informa que o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) apresenta ainda hoje na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) um pedido de criação da CPI da Delta. A tendência é que o requerimento não seja aceito. E a razão é simples: Sérgio Cabral tem maioria absoluta na assembleia. Mas servirá como combustível à campanha de Freixo a prefeito do Rio.

Comentar
Compartilhe
Garotinho cutuca Nahim com vara curta
26/05/2012 | 11h54

[caption id="attachment_10845" align="aligncenter" width="318" caption="Charge meramente ilustrativa"]Charge meramente ilustrativa[/caption]

O deputado federal Anthony Garotinho (PR) fez o que o seu irmão lhe pediu para não fazer. Foi para o rádio fazer uma série de insinuações. Disse que Nahim precisa ter caráter e afirmou que seus aliados devem ver o irmão como um adversário. Além disso, Garotinho desafiou Nahim a apresentar tudo o que sabe sobre o seu antigo grupo político. “Meu irmão não pode ser um chantagista”, disse Garotinho.

Alerta — Na sessão da última quarta-feira, Nahim mandou um recado. “Se o deputado Garotinho não me respeitar, me chamar de traidor, eu vou ter que mostrar quem é quem. Não quero briga, só quero ter o direito de ser livre”, disse.

Comentar
Compartilhe
"Orquestrando a Vida" rebate Nota Oficial da Prefeitura
12/05/2012 | 08h22

foto ong

A ONG "Orquestrando a Vida" divulgou em seu site uma Nota Oficial sobre a polêmica envolvendo o fim das suas atividades. Segundo o maestro Jony William Villela Vianna, presidente da ONG, a Nota Oficial divulgada pela Prefeitura necessita de algumas respostas. "Primeiramente esclarecemos que a empresa EBX não suspendeu o patrocínio ao projeto, cujo contrato referente ao ano de 2011 foi cumprido e passa atualmente por um processo de renovação com a empresa supracitada. A prestação de contas referente ao convênio de 2009 foi considerada regular pela Controladoria Geral do Município, segundo o Certificado de Auditoria nº056/2010 (segue cópia do certificado em anexo) emitido em 25 de outubro de 2010 e assinado pelo chefe de Auditoria Geral, Drº Marcos André Hauaji Leal, e o Secretário Municipal de Controle e Orçamento, Drº Suledil Bernardino da Silva. Informamos ainda que em 29 de junho de 2010, o Presidente da ORAVI, Srº Jony William Villela Vianna, maestro fundador da ONG e responsável pela fundação, assinou um documento naquela data abrindo mão das duas parcelas restantes deste mesmo convênio, com pagamentos atrasados a fim de que um novo contrato fosse firmado. Assinou, contando com a promessa, que não se cumpriu, conforme vários órgãos de imprensa noticiaram. Em resposta a oportunidade para um novo convênio em 2010 e 2011 a instituição enviou todos os documentos necessários conforme pedido pela Fundação Teatro Municipal Trianon, não obtendo resposta para celebração de convênio. A ONG Orquestrando a Vida desconsidera o valor apresentado pelo Secretário em nota oficial, na estrutura para apresentações no ano de 2010, visto que a ONG visa promover a cultura e o ganho cultural da população com eventos públicos beneficiando toda a comunidade, uma vez que a ONG sempre honrou com transparência a toda e qualquer prestação de contas que tenha sido solicitada por quaisquer órgãos públicos ligados a cultura, patrimônio da cidade de Campos dos Goytacazes. Confirmamos e reconhecemos publicamente o apoio dado pela Prefeitura Municipal de Campos na viagem da Orquestra Sinfônica Mariuccia Iacovino a Bolívia em passagens aéreas e ônibus, conforme consta em nota oficial, e na viagem aos Estados Unidos na forma de cachês de três concertos realizados no Teatro Municipal Trianon para suprir gastos de hospedagem, e conforme matérias da imprensa realizadas na época e arquivos de fotos da instituição, em anexo", diz o maestro, que foi além:

"Esclarecemos ainda no que se refere à contratação de concertos no ano de 2012, confirmamos as sete apresentações no valor de R$ 59.500,00 a serem pagos em sete parcelas de R$8.500,00. A primeira parcela, referente ao concerto realizado em 27 de março de 2012, teve seu pagamento realizado no dia de ontem (10 de maio de 2012), mesmo dia da divulgação da nota oficial. Ressaltamos que todas as manifestações realizadas até o momento com a mobilização de órgãos da imprensa e da comunidade teve como objetivo sensibilizar toda a comunidade empresarial e tão somente e nenhum outro objetivo diverso deste. Somos pela pacífica e democrática mobilização da comunidade. A Orquestrando a Vida tem prestado relevante trabalho à população, principalmente no que diz respeito aos interesses da juventude, das pessoas mais carentes da cidade. Hoje com 16 anos, somos pioneiros na prestação de serviços de inclusão social através do incentivo cultural e do acesso a todos da pratica sinfônica em nosso país, realizando a plena inclusão de todos os setores da sociedade. É uma instituição sem fins lucrativos, mantida por patrocínios e doações e como qualquer instituição sem fins lucrativos tem sérias carências de manutenção e custeio das atividades ao longo de todo seu período de existência", finaliza

Para ver a postagem completa, com fotos de documentos, clique aqui

Comentar
Compartilhe
LLX investe R$ 20 milhões na recuperação de estradas em SJB
29/05/2012 | 03h32

Da Ascom:

A LLX, empresa de logística do Grupo EBX, está investindo R$ 20 milhões na pavimentação e recuperação de 35,5 km de estradas no 5º Distrito de São João da Barra, onde a empresa constrói o Superporto do Açu. Atualmente cerca de 50 pessoas trabalham nas obras, que foram iniciadas em abril e devem ser concluídas até o final deste ano.

Todas as estradas terão oito metros de largura, sendo seis de faixa de rolamento e um metro de acostamento para cada lado, além de sinalização vertical e horizontal. As vias receberão uma sub-base de argila, base de pedra do tipo bica corrida e cobertura de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

O pacote de obras foi dividido em quatro lotes, que serão realizados simultaneamente. O lote 1, com 5,5 km de extensão, vai da localidade de Caetá até a Vila da Terra. Neste lote estão contempladas parte da RJ 196 e parte da SB 30. Já o lote 2 foi dividido em dois trechos. O primeiro, que liga Palacete à Barra do Jacaré, tem 8,9 km e contempla a outra parte da SB 30 e a SB 48. O segundo trecho vai de Barra do Jacaré à Sabonete e tem 4,2 km. As obras deste trecho também garantem melhorias na SB 48.

O lote 3, com 9,6 km de extensão, compreende o trecho de Cazumbá a Bajuru, no qual serão asfaltadas a SB 50 e a SB 58. Também neste lote será construída uma ponte sobre o Canal Quitingute, com 30 metros de extensão e 10 metros de largura. O último lote vai da RJ 240 à Barra do Açu, com 7,3 km de extensão, e fará melhorias na SB 26, mais conhecida como Estrada da Figueira.

Comentar
Compartilhe
Frederico: “Vou mostrar o meu potencial”
17/05/2012 | 05h30

frederico

Com a cassação de Beto Azevedo (PMDB), quem assume o município de São Francisco de Itabapoana é o vice-prefeito Frederico Barbosa Lemos (PR). Sobre a sua missão, Frederico diz estar preparado. “Ninguém gostaria de ver o município neste momento. Temos atualmente uma Prefeitura sucateada, desmoralizada. Uma cidade que está em último lugar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Mas vamos trabalhar com dignidade, respeito e muita força de vontade. Vou ter a oportunidade de mostrar o meu potencial. Quero as pessoas que amam São Francisco ao meu lado, independente de partido político. Vou chegar cedo ao gabinete e começar a colocar a nossa cidade em ordem”, disse Frederico, que concedeu entrevista a Difusora.

Sobre o seu grupo político ele foi direto: “Meu líder político é Garotinho e me espelho no meu pai, Barbosa Lemos, que foi o primeiro prefeito de São Francisco”, frisou.

Comentar
Compartilhe
Eleição e Sacolão
06/05/2012 | 01h52
[caption id="attachment_10428" align="aligncenter" width="560" caption="Charge do Duke "]Charge do Duke [/caption]
Comentar
Compartilhe
Calcinha misteriosa em Brasília
30/05/2012 | 07h11

calcinha_trat

Há duas semanas um mistério ronda a segurança da Câmara dos Deputados e preocupa um deputado saliente. Por volta das 17h, no horário da Ordem do Dia, esse deputado chegou correndo para votar, e na entrada principal do plenário, próxima à Mesa, mexeu nos bolsos e sem ver, deixou cair a prova do crime: uma calcinha - mais para calçola - azul e vermelha, com babadinhos nas laterais.

Sem saber que deixara para trás o fetiche, o parlamentar foi para o meio do plenário. Um dos seguranças, vendo a calcinha estendida na entrada do plenário, sem despertar a atenção dos parlamentares, assessores e jornalistas que se amontoam na entrada, deu um chutinho discreto, empurrando a lingerie para o lado da lixeira.

Avisado pelos seguranças, um assessor do presidente Marco Maia (PT-RS) recolheu a calcinha e a escondeu no bolso. Temia que fosse descoberta por jornalistas de um desses programas que adoram colocar os parlamentares em fria. A partir daí, a peça íntima foi examinada por assessores, jornalistas e seguranças a exaustão. A única conclusão: a peça foi usada antes e não pertence a uma sílfide.

Sem saber o que fazer com o achado, a calcinha foi recolhida aos achados e perdidos da Segurança da Câmara. Até agora não foi reclamada pelo parlamentar saliente.

Fonte: O Globo

Comentar
Compartilhe
Cabral fala sobre viagens
11/05/2012 | 01h31

cabral

Um Sérgio Cabral Filho (PMDB) abatido e de poucas palavras pronunciou-se pessoalmente ontem (10) pela primeira vez sobre a polêmica em torno de suas 37 missões oficiais ao exterior desde que assumiu o governo do Rio em 2007 - até então, se manifestara apenas por notas oficiais. Depois de participar da inauguração da ampliação do Museu Ciência e Vida em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, o governador defendeu suas viagens internacionais, mas não se aprofundou em detalhes sobre quanto gastou na ida a Paris em setembro de 2009. "Essa viagem (setembro de 2009 a Paris) serviu para melhorar a imagem do Rio lá fora. Internacionalmente, a cidade tinha uma imagem de decadência, e nós revertemos isso. Nós trabalhamos desde 2007 para recuperar a imagem do Estado", afirmou o governador. Na viagem, foram feitas imagens de secretários e empresários com guardanapos na cabeça, brincando e dançando. Em algumas fotos, o governador aparece com o amigo e empresário Fernando Cavendish, controlador afastado da Delta Construções, empreiteira sob investigação da CPI do Cachoeira. Em outras, é mostrado dançando funk. "Nosso governo é de transparência e eficiência. Está tudo claramente divulgado na transparência fiscal", afirmou, referindo-se aos gastos, antes de sair sem responder a mais perguntas. Até esta quinta, evitara contato com repórteres, como em solenidades no Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)e no Teatro João Caetano, semana passada, quando usou portas laterais para sair sem falar.

Fonte: Estadão

Comentar
Compartilhe
Botafogo, Charlie Brown e sofrimento
14/05/2012 | 12h21
charlie fogo

Durante nossas vidas somos obrigados a conviver com decepções, perdas, sofrimento, dor e angústia. Nos momentos mais difíceis é possível ver a verdadeira face dos seres humanos. Alguns gritam, outros choram e há quem prefira sofrer calado. E o que o Botafogo tem a ver com isso? O Botafogo é um drama ambulante. Até na época de Garrincha, Nilton santos e Manga, quando éramos os maiores, as conquistas foram marcadas por sofrimento, dúvida e mística, muita mística. Tanto, que surgiu a expressão: “Tem coisas que só acontecem com o Botafogo”.

O botafoguense aprende desde cedo a encarar a derrota. Perde quando está jogando bem e também quando joga mal. Tenho 30 anos e comemorei alguns títulos (Brasileiro, Conmebol, Rio São Paulo, Estaduais (5) e Teresa Herrera). Porém, as tragédias foram muitas. Eliminações com erros de arbitragem, virada do River Plate após o Botafogo estar com a vaga na mão, 100 mil no Maracanã para ver o Juventude levar a Copa do Brasil, rebaixamento para a 2ª Divisão, frangos, contrações bizarras, treinadores malucos e presidentes incompetentes. É por essas e por outras que eu digo: Não somos os maiores sofredores! O botafoguense sofre menos. Ele aprende desde cedo que o jogo só acaba quando o juiz apita. Até lá, muita coisa pode acontecer. E, como eu disse, tem coisas que só acontecem com a gente. O botafoguense sempre espera pelo pior e, quanto acontece, rola uma espécie de “eu já sabia”. Ele sabe que a instabilidade é nossa companheira.

O time da moda pode virar o time da chacota de uma hora para a outra. Até o ídolo deixa a gente na mão. Depois de 1995, Túlio vestiu a camisa do Botafogo outras vezes. Porém, nunca voltou a brilhar como naquele ano mágico, quando fazia dupla com o Pantera Negra. Agora, o atacante Loco Abreu parece ter encarnado um tipo alvinegro. O cara que chegou cheio de sorrisos em 2010 virou um tio rabugento. Sempre acha que está sendo perseguido pela imprensa e se tornou o campeão de patadas nos repórteres. No campo, Loco é a instabilidade em pessoa. Três gols em um jogo e pênaltis perdidos e gols incríveis desperdiçados nas outras partidas. Outro jogador com a marca alvinegra é o Herrera. Apelidado na Argentina de “Quase Gol”, ele mostra no campo o que somos. Valentes, determinados, esforçados... Porém, batemos sempre na trave. Quase, quase. “Poxa, mas o trabalho do Oswaldo estava tão certinho”, disse um amigo após a derrota para o Fluminense. Mas é isso. Não nascemos para ser “certinhos”. Tem sempre algo que dá errado. Como disse certa ver o jornalista botafoguense Arnaldo Bloch: “Charlie Brown é Botafogo”. Ele se referia ao personagem do Charles M. Schulz. Aquele garoto das tirinhas cujo time de baseball nunca ganhou um jogo. “Ele sabe que a vitória não é o padrão, que nenhuma hegemonia dura por toda a eternidade, ele sabe da vocação decisiva da humanidade para a derrota. Charlie Brown sabe que a ideia civilizacional, no sentido do triunfo de uma certa evolução, é uma farsa, uma perversão, um desvio da natureza na direção do caos, a beleza que não passa de ilusão antropocêntrica”, filosofou o Arnaldo Bloch em sua crônica sobre a nossa mania crônica.

Nós já passamos pela UTI do futebol. Já renascemos após um jejum de 21 anos e voltamos a ter glórias, ídolos e lotamos estádios. Entre uma decepção e outra temos nossos dias de reis. E esses dias são aproveitados de forma magistral. No último dia 30, no Engenhão, após o Botafogo atropelar o Vasco e sair do estádio como campeão invicto da Taça Rio, vi um avô com lágrimas nos olhos abraçando o neto e dizendo. “Esse é o Botafogo!”. Hoje, duas semanas depois daquela vitória, já sofremos três derrotas, perdemos o Estadual e fomos eliminados da Copa do Brasil. Agora, aquele rapaz deve ter virado motivo de piada entre os colegas. Mas como diz o Loco Abreu, “ninguém morreu” e o Botafogo continua vivo. Não apenas vivo, mas Imortal.

Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB: Oposição na mira de duas CPIs
21/05/2012 | 05h31

[caption id="attachment_10688" align="aligncenter" width="380" caption="Mesa Diretora terá que se explicar "]Mesa Diretora terá que se explicar [/caption]

A bancada governista da Câmara de São João da Barra, que é maioria na Casa, vai cobrar uma série de informações da presidência do Legislativo, ocupada atualmente pelo vereador Gersinho (PR). O objetivo é a abertura de duas CPIs. A primeira pretende investigar o aluguel ou compra de automóveis que estariam sendo utilizados apenas pelos vereadores da oposição. Outra Comissão visa obter informações sobre cargos de confiança que teriam sido nomeados sem o conhecimento dos vereadores governistas. “É um absurdo  o que tem acontecido. Os vereadores governistas não têm direito a cargos, não utilizam automóveis e são preteridos em uma série de coisas. Cobramos informações por diversas vezes e nossos pedidos foram engavetados. Existem muitas coisas sombrias que precisam ser esclarecidas. Afinal, o Legislativo de SJB recebe mais de R$ 4,7 milhões por ano, mais de R$ 400 mil por mês. Não sabemos como eles aplicam essas verbas”, disse o vereador Neco (PMDB), aliado da prefeita Carla Machado (PMDB).

Para a abertura da CPI são necessários três vereadores. A bancada governista conta com cinco membros. Porém, segundo o vereador Aluizio Siqueira (PMDB), o presidente da Câmara anda atropelando o regimento da Casa. “Ele simplesmente ignora os nossos pedidos. Ganhamos na Justiça o direito de contar com assessores e fui informado que essas pessoas já teriam sido nomeadas. Agora resta saber quem foi que indicou. Será que são funcionários fantasmas? Queremos informações sobre isso e a Câmara não libera. E ainda tem esse contrato dos veículos. Não sabemos nada sobre essa licitação, se é que houve. Por isso, vamos abrir as CPIs”, disparou Aluízio.

Em caso de impasse, tudo indica que a queda de braço vai parar na Justiça. “Sempre temos que ao Judiciário para fazer o Legislativo agir da forma correta”, ressaltou o vereador Aluízio Siqueira.

CPI anulada na Justiça — Os aliados da prefeita Carla Machado lembram que no último dia 25 o Diário da Justiça do Estado do Rio de Janeiro publicou a sentença que anulou a CPI do Barro, criada pela oposição. De acordo com a decisão do juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de São João da Barra, Marcos Antônio Ribeiro de Moura Brito, a CPI criada pelo presidente da Câmara, Gersinho, foi anulada em função das diversas ilegalidades e arbitrariedades cometidas. O pedido de anulação foi feito através de um Mandado de Segurança que tem como autor o vereador Jonas (PMDB). De acordo com a sentença, “não bastasse o descumprimento de ordem judicial proferida em Superior Instância por parte do Presidente da Câmara, não foi observado o Regimento Interno da Câmara de Vereadores”.

Acompanhe a sessão — Neste momento acontece (aqui) a sessão da Câmara de SJB. O projeto da "Ficha Limpa" não deve entrar na pauta da sessão de hoje por conta da ausência do autor, vereador Kaká (PTdoB).

Atualização às 18h15 — Após  paralisação, a sessão recomeçou e, agora, conta com a presença do vereador Kaká.

Atualização às 21h57 — Em e-mail encaminhado ao blog a assessoria da Câmara informa:  "Alexandre, lendo seu blog, gostaria de solicitar que fosse feita uma retificação quanto a questão da CPI do Barro, essa Comissão Parlamentar de Inquérito foi instaurada no dia 25 de outubro de 2010, na gestão do presidente Alexandre Rosa e não dopresidente Gersinho como consta na sua postagem. Quanto a questão das duas CPI´s proposta pelos governistas na atual administração do Legislativo, o presidente Gersinho solicitou que seja protocolado requerimento na secretaria da Câmara, observando o artigo 27 da Lei Orgânica Munipal e inclusive solicitou que seja aberta as CPI´S estendendo a investigação as administrações dos vereadores José Amaro Martins de Souza (Neco) e Alexandre Rosa.

Comentar
Compartilhe
Nahim faz novas revelações no plenário
29/05/2012 | 10h53

nahim

Após as declarações do deputado federal Anthony Garotinho (PR), que o colocou como inimigo, o presidente da Câmara de Campos, vereador Nelson Nahim (PPL), fez mais um desabafo e contou que, em 2010, após a cassação da prefeita Rosinha Garotinho (PR), houve uma articulação de Garotinho para destituir Rogério Matoso (PPS) da presidência da Câmara. Agora, em 2012, Nahim disse que algo parecido poderia estar sendo articulado contra ele. Além disso, voltou a citar a ONG ligada ao irmão. “As pessoas não podem ser tratadas como propriedade. Dizer que os que estão comigo são inimigos. Isso aqui é ditadura? Vamos ter aula com Pinochet? Se não votar em alguém vira inimigo? Isso é deprimente. Pessoas que se acham donos da verdade. Eu disse o que a cidade inteira sabe. Temos em Campos uma ONG que paga para as pessoas frequentarem cursos. Existem listas e mais listas de pessoas de Santo Eduardo ao Farol de São Thomé que recebem pela ONG. É uma guerra suja. Quando assumi em 2010 fui chamado para ir ao PR e o objetivo de Garotinho era destituir o vice Rogério Matoso. Hoje já estou ouvindo que tem gente querendo fazer algo do tipo. Não duvido, porque ele já tentou fazer lá atrás com Rogério. Se quiser fazer algo para me destituir, podem fazer. Mas tenham motivos”, finalizou Nahim.

Episódio do PTB — Na sessão de hoje (29), Nelson Nahim também comentou sobre o PTB e classificou o presidente do partido em Campos, Edson Batista, como “o mesmo vassalo de sempre”. “Sou presidente do PPL. Não preciso procurar ninguém para ter partido. O deputado (Marcus Vinícius) é que estava insatisfeito. Ele me pediu para ir até a Alerj. O deputado se disse traído com Garotinho e afirmou que o partido estava sendo usado em Campos. Tenho como testemunha vários deputados estaduais. Que papelão que esse deputado faz. Quero dizer ao vereador Edson Batista que ele continua sendo o mesmo vassalo de sempre. Bacellar o chamou de capacho várias vezes com o dedo em riste. Não sou inimigo, mas não sou capacho de ninguém. O vereador Edson Batista foi dizer que eu estou com dificuldade na minha nominata. Quem é ele para dizer isso. O vereador Edson Batista é ruim de voto”, completou Nahim.

Bacellar fica sem falar — Como a bamcada governista não votou pela prorrogação da sessão, os trabalhos foram interrompidos às 11h. Sendo assim, o vereador Marcos Bacellar (PDT), que estava inscrito para falar e prometia um discurso bombástico, teve que deixar o plenário sem fazer o seu desabafo. "Isso é um absurdo", gritou Bacellar antes do encerramento.

Comentar
Compartilhe
MPF pede afastamento de Beto Azevedo
17/05/2012 | 03h29

Da Assessoria do MPF:

O Ministério Público Federal (MPF) em Campos (RJ) moveu uma ação cautelar de improbidade pedindo o afastamento e o bloqueio dos bens do prefeito de São Francisco de Itabapoana, Carlos Alberto Silva de Azevedo, do atual secretário de Saúde do município, Cristiano Salles Rodrigues, e do ex-secretário de Saúde Fabiano Córdova. Os três estão sendo investigados por fraudes na aplicação de verbas públicas do Fundo Nacional da Saúde (processo nº 0000898.18.2012.4.02.5103).

De acordo com as investigações da polícia, as fraudes envolviam desvio de recursos da prefeitura de São Francisco de Itabapoana por intermédio da Clínica Fênix, que superfaturava exames laboratoriais de baixa complexidade e era favorecida em licitações para prestação de exames de média e alta complexidade. As fraudes teriam o envolvimento do prefeito, do atual e do ex-secretário de Saúde, e de representantes da Clínica Fênix.

A ação cautelar é assinada pelos procuradores da República Eduardo Santos de Oliveira e Carmen Sant'Anna.

Comentar
Compartilhe
Henriques de olho na Ampla
24/05/2012 | 12h28
henriquesDa Ascom:

O deputado estadual Roberto Henriques (PSD) encaminhou solicitação de Audiência Pública junto à Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro  - ALERJ, objetivando acompanhar o Contrato de Concessão da Empresa, AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S/A.

Sobre a referida Audiência Pública, o deputado Roberto Henriques afirma: “Espero que a Comissão de Minas e Energia aprove nosso requerimento, convocando a Concessionária bem como a Agência Reguladora. Nosso objetivo é a proteção da População e buscar melhorias deste serviço tão essencial na rotina diária dos diversos setores da sociedade” finalizou o feputado.

Comentar
Compartilhe
Beto Azevedo diz que vai se afastar da política
08/05/2012 | 11h00

beto2

O blog do Paulo Noel (aqui) informa que o prefeito de São Francisco de Itabapoana, Beto Azevedo (PMDB), declarou na manhã desta terça-feira, em entrevista concedida a rádio São Francisco FM, que vai se afastar do mundo político e não subirá em palanque de nenhum candidato nas eleições de outubro. Beto se manifestou depois de ter sido acusado na noite de ontem (7) de ter contratado possíveis pistoleiros para assassinar o vereador Fabinho do Estaleiro, que preside a CP que pode gerar o seu afastamento. Ao comentar sobre o tema, o prefeito negou as acusações.

Ao blog do Paulo Noel, Beto disse que se trata de um grande absurdo. “Isso é a maior calúnia do mundo. Vou abrir um processo por danos morais contra ele. Fabinho quer se promover à custa de uma mentira. Jamais eu faria isso. Minha criação não permite algo dessa natureza. Eu estou sendo vítima de perseguição, e até da política resolvi me afastar. No que depender de mim o vereador pode ficar tranquilo. Fabinho deve jogar limpo e parar de enganar as pessoas se fazendo de vítima. O que ele quer é ibope”, disse Beto.

Segundo o vereador Fabinho do Estaleiro, um esquema estaria sendo articulado nos bastidores. “Fui procurado por uma autoridade policial que confirmou um esquema tramado para me assassinar. A autoridade relatou essa descoberta, e que o prefeito Beto Azevedo é o mentor. Três pessoas do Rio de Janeiro e duas da região, incluindo um policial civil que se recusou a participar do esquema, foram contatados para porem o plano em ação”, disse Fabinho.

Comentar
Compartilhe
Vídeo: O mundo cantando "Imagine"
08/05/2012 | 07h58

Após tantas discussões políticas em Campos, São João da Barra, Rio de Janeiro, Quissamã, São Francisco de Itabapoana e a CPI do Cachoeira em Brasília, precisamos de um pouquinho de otimismo. E nada melhor do que a canção “Imagine”, do John Lennon, interpretada por artistas dos quatro cantos do mundo no projeto Playing for Change. Entre os músicos estão o cantor Clarence Bekker, de Amsterdã (Holanda), o gaitista Grandpa Elliott, de New Orleans (EUA), Rajhesh Vaidhya e Pandit Janardan, além do contrabaixista R Selvaraj, de Chennai, e a violinista Gingger Shankar, de Calcutá (Índia), Yu Hatakeyama, de Tóquio (Japão), a cantora Ijeoma Njaka,de Akokwa (Nigéria), o baterista James Gadson, de Los Angeles (EUA), o flautista Rubin Shrestha e o percussionista Raju Maharjan, ambos de Kathmandhu (Nepal), o tecladista Noel Schajris, de Buenos Aires, a cantora Tamita McClellan, de Nova York (EUA), além de cinco brasileiros: Reinaldo Popó, Binho e Cicinho de Assis, de Salvador, Pretinho da Serrinha e Fernando Vidal, do Rio. No final, a sincronização e a participação de John Lennon

Como diz a letra, “você pode dizer que eu sou um sonhador, mas eu não sou o único”.

Comentar
Compartilhe
Ciência, Tecnologia e Inovação
30/05/2012 | 05h18

O ambiente político de Campos vive marcado por briguinhas, duelos, desafios, desabafos no rádio, na Câmara, nos blogs e jornais. Porém, raramente temos acesso aos debates sobre os planos para o futuro. Na maioria das vezes, quando o assunto é esse, escutamos discursos sobre a luta contra a redistribuição dos royalties do petróleo. Mas será que alguém pensa além dos royalties?

Recentemente, o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, que deve visitar em breve o nosso município, ressaltou a necessidade de obter o apoio da sociedade. Ele  destacou medidas importantes, como a formação de recursos humanos, o fortalecimento da estrutura de laboratórios dos institutos de pesquisa, o aperfeiçoamento do marco legal sobre ciência, tecnologia e inovação e a busca de novos mecanismos de financiamento. “O nosso desafio é transformar a ciência, a tecnologia e a inovação em protagonistas do desenvolvimento brasileiro, a exemplo de todas as nações com elevado nível de desenvolvimento. Estamos vivendo um momento especial, em que há reconhecimento de setores importantes da sociedade em relação ao papel que a ciência e a tecnologia têm que desempenhar”, afirmou Raupp.

Ele também observou que, enquanto a China forma 680 mil engenheiros por ano, o Brasil forma apenas 40 mil. Ressaltou ainda a necessidade de investimentos contínuos para a infraestrutura de pesquisa em todas as regiões do país. O ministro lembra que está tramitando no Congresso Nacional um projeto que estabelece novo marco legal para o setor. Ele considera importante definir regras específicas para as parcerias público-privadas em ciência, tecnologia e inovação, que levem em conta os “riscos inerentes” à atividade de pesquisa.

Royalties e Futuro — Marco Antônio Raupp defende que uma parcela dos royalties com a exploração das reservas de petróleo na camada pré-sal seja destinadasà educação e à ciência e à tecnologia.

Comentar
Compartilhe
BR-101: Audiência Pública na Alerj
16/05/2012 | 05h31

BR_101

Acontece amanhã, às 11h, na Sala das Comissões 316 do Palácio Tiradentes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), a Audiência Pública para acompanhar o contrato de concessão e cronograma de obras e melhorias da BR-101. A solicitação da audiência partiu dos deputados Roberto Henriques, João Peixoto, Sabino e Jânio Mendes.

Para a audiência foram convidados segmentos da sociedade civil organizada, Prefeitos, Presidentes das Câmaras Municipais dos Municípios por onde passa a BR – 101 Norte e os setores da Sociedade Civil, Autoridades, a Agência Nacional de Transportes Terrestres e Autopista Fluminense. “A BR-101 é uma das principais artérias de comunicação do país. A concessão é federal, mas os efeitos da administração deste contrato são sentidos principalmente pelos habitantes do nosso Estado, em especial os das regiões dos Lagos e Norte Fluminense, daí a imperiosa necessidade das autoridades federais darem conhecimento, na Alerj, de como vai a execução das melhorias previstas. Lembro, ainda, que, a BR-101 é um grande eixo de desenvolvimento, principalmente após a descoberta do pré-sal, mas além do desenvolvimento, o que nos move é a preservação da vida humana, nossa maior riqueza”, diz  o deputado Roberto Henriques.

Confirmadas as presenças do Superintendente da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), João Honorato Pereira, do Presidente do DER/RJ, Dr. Henrique Alberto Santos Ribeiro e do senhor José Alberto Beranger Callo que é Diretor Superintendente da Autopista Fluminense.

Comentar
Compartilhe
Eleições, escolhas e renúncias
30/05/2012 | 04h32

Com a eleição se aproximando, o clima em Campos começa a ficar tenso. Irmãos se tornaram adversários (Nahim X Garotinho), dois vereadores desistiram da candidatura (Pé no Chão e Marcos Bacellar). Além disso, visivelmente chateado, o vereador Abdu Neme (PR) deixou a sessão de hoje (30) e disse que terá uma conversa com a sua família. Na oposição, muitos pré-candidatos e pouco entrosamento. Na situação, uma única pré-candidata e muito fogo amigo.

Quem acompanha os bastidores da política goitacá sabe que esse é apenas o começo. Tem muita gente em dúvida sobre qual seria a melhor estratégia eleitoral. Em breve, vamos acompanhar novas revelações bombásticas.

Comentar
Compartilhe
Garotinho: "Arnaldo está inelegível"
25/05/2012 | 04h56

garotinho

O deputado federal Anthony Garotinho (PR) deu um descanso ao governador Sérgio Cabral (PMDB) para comentar em seu blog sobre a decisão do TSE em relação ao ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT). Ao contrário dos advogados de Arnaldo, que garantem a elegibilidade do pedetista, Garotinho afirma que não tem mais jeito. Bem ao seu estilo, Garotinho atacou até os blogueiros da planície goitacá. "É o fim da linha para Arnaldo Vianna. Por um lado é bom que vocês guardem o nome desses blogs que mentem descaradamente, para verem que não têm qualquer credibilidade, estão no bolso de Arnaldo e do deputado Roberto Pinóquio Henriques", disparou Garotinho.

Para Garotinho, a oposição coloca uma tática em prática. "A tática agora é tentar confundir a população enquanto discutem o que fazer, afinal com Arnaldo Vianna inelegível, resta à oposição de Campos ir com Roberto Pinóquio Henriques (PSD), completamente desmoralizado na cidade, que não consegue passar de 2% nas pesquisas. Ou então inventarem alguém para disputar com Rosinha que tem a aprovação de mais de 80% da população e que as pesquisas mostram que se a eleição fosse hoje ganharia disparada logo no 1º turno. E é bom destacar que nessa pesquisa ainda constava o nome de Arnaldo Vianna. Sem ele a situação da oposição é ainda mais desesperadora. Não adianta mentir Arnaldo! O sonho acabou!", completou Garotinho.

Comentar
Compartilhe
11 homens, uma mulher e muitos segredos
23/05/2012 | 12h54

oceans_eleven

Na sessão de ontem (22) da Câmara de Campos, apenas cinco vereadores estiveram no plenário (Nahim, Ilsan, Odisséia, Matoso e Bacellar). Os outros vereadores, conforme informou o blog “Na Curva do Rio”, da jornalista Suzy Monteiro, passaram o dia reunidos nos gabinetes de Altamir Bárbara (PSB) e Jorge Magal (PR). O quórum que faltou no plenário sobrou nas reuniões internas. E qual foi o motivo dessa longa reunião? Segundo Magal, assuntos ligados as Comissões do Legislativo. Será?

Na reunião, 11 homens (vereadores governistas), uma mulher (Dona Penha) e muitos segredos. Abalados por conta da possível perda do PTB, que passaria a integrar o grupo da oposição, os governistas estariam se preparando para novos embates e possíveis tormentas no mar de rosas.

Na sessão de hoje (23), que começa às 9h30, os debates devem esclarecer alguns mistérios.

Comentar
Compartilhe
Delta: Pudim fala sobre doação recebida em 2004
03/05/2012 | 03h24

pudim_silesio_correa

Em seu blog, o ex-deputado Geraldo Pudim, que atualmente coordena as companhas do PR na Baixada Fluminense, deu a sua versão para as doações recebidas pela sua campanha em 2004 (R$ 300 mil). "Vieram com discurso chulo que minha campanha para prefeito de Campos em 2004 teve doação da Delta. E respondo: teve sim. E há algum problema nisso? Não. Em algum momento foi contestado algum tipo de doação da Delta para campanha de fulano ou cicrano? Não. O que é contestado é o crescimento vertiginoso da Delta no governo Cabral, obras ganhas pela Delta sem licitações e com que dinheiro foram pagas as farras de Cavendish, Cabral e sua turma em Paris. Se assim fosse, deveriam levantar o dedo e apontar para a presidente Dilma Rousseff também, que recebeu (uma grande) doação da Delta para concorrer à presidência e se tornar a primeira mulher presidente do Brasil em 2010. Confira abaixo os valores doados pela Delta a Dilma", disse Pudim.

Para conferir a nota completa, clique aqui

Comentar
Compartilhe
Chico Buarque declara apoio ao PSOL
24/05/2012 | 07h25
[caption id="attachment_10782" align="aligncenter" width="300" caption="Caetano, Freixo e Chico "]chico com freixo[/caption]

Eleitor tradicional do PT, o cantor e compositor Chico Buarque declarou, na noite da última terça-feira, apoio à candidatura do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) à Prefeitura do Rio. A confirmação foi feita na casa do artista, no Leblon, durante um encontro organizado pelo também cantor e compositor Caetano Veloso, que já havia aderido à candidatura do PSOL.

O PT não terá candidato próprio nas eleições de outubro. Porém, terá a vaga de vice na chapa do atual prefeito Eduardo Paes (PMDB) à reeleição. O vice de Paes será o vereador Adilson Pires, ex-sindicalista e atual líder do governo na Câmara Municipal.

Segundo Freixo, Chico entrou "de cabeça" na campanha e aparecerá no horário eleitoral na televisão. "É esse tipo de aliança, com pessoas comprometidas com o futuro do Rio e do país, que eu busco. É melhor que fazer alianças espúrias para aumentar meu tempo no horário eleitoral na TV em troca de cargos públicos. Vamos ter pouco tempo de TV, mas temos as redes sociais e, sobretudo, a militância", disse Freixo.

Além de Freixo e Paes, já lançaram suas pré-candidaturas à Prefeitura do Rio a deputada estadual Aspásia Camargo (PV), o deputado federal Otávio Leite (PSDB) e o deputado federal Rodrigo Maia (DEM). A vice de Maia, filho do ex-prefeito César Maia, será a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR), filha do deputado federal Anthony Garotinho e da prefeita de Campos Rosinha Garotinho (PR).

Filho do historiador Sérgio Buarque de Hollanda, um dos membros fundadores do PT em 1980, Chico participou ativamente da primeira campanha de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência, em 1989. A primeira doação ao comitê de campanha de Lula naquele ano foi um cheque de Maria Amélia Cesário Alvim, mãe de Chico. O cheque era no valor da pensão que Dona Memélia, como era conhecida, recebia de Sérgio.

Quando Dona Memélia completou 100 anos, em janeiro de 2010, Lula e a então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, compareceram à festa, na cobertura de Chico. Ela viria a falecer em maio daquele ano. Naquele ano, mais uma vez Chico anunciou que votaria no PT.

Fonte: Agência Estado

Comentar
Compartilhe
Samba no pé e Orquestras sem apoio
04/05/2012 | 02h34
A mesma cidade que tem um Cepop de R$ 80 milhões vai ver o fim das atividades da ONG Orquestrando Vida, que atende a aproximadamente 750 crianças, grande parte delas vindas de escolas públicas? EnsaioAberto

Com quase 16 anos de existência, a ONG Orquestrando a Vida foi criada através de uma parceria entre o Centro Cultura Musical de Campos e a Fundação Musical Simon Bolívar (“El Sistema”, da Venezuela). O maestro defende a sensibilidade das pessoas que podem ajudar o projeto e solicita o auxílio de empresários e do poder público, para que continue ensinando música a crianças e jovens através de suas seis orquestras sinfônicas e duas bandas. Na última segunda-feira, o maestro Jony William Villela falou sobre o fim das orquestras e bandas no programa Folha no Ar, da PlenaTV. De acordo com ele, todas as orquestras e bandas encerrarão suas atividades e apenas a Orquestra Mariuccia Iacovino cumprirá sua agenda de concertos de maio.

Para o maestro, a solução por chegar por meio de patrocínios, se possível imediato, para que o pagamento das despesas possa ser feito. “Temos corrido, batido de porta em porta, mas, embora tenhamos uma intensa agenda de concertos em Campos e no exterior, me parece que somos ignorados e esquecidos. Durante 16 anos, somos responsáveis por 98% da agenda de concertos em Campos, além de participar de concertos no Brasil e no exterior. Não consigo entender o porquê do descaso com um tra-balho sério, de qualidade e comprometido com a sociedade”, comenta Villela.

Comentar
Compartilhe
Não vamos deixar a "Orquestrando a Vida' morrer
08/05/2012 | 11h40
[caption id="attachment_10451" align="aligncenter" width="700" caption="Imagem retirada do Facebook do Gustavo Alejandro Oviedo "]Imagem retirada do Facebook do Gustavo Alejandro Oviedo [/caption]
Comentar
Compartilhe
SJB: Laudo reforça tese governista
16/05/2012 | 05h12

[caption id="attachment_10615" align="aligncenter" width="439" caption="Foto/SJB Online"]Foto/SJB Online[/caption]

O advogado Jamilton Damasceno, que no início do governo Rosinha Garotinho (PR), em 2009, deu entrada em uma série de Ações envolvendo a Prefeitura de Campos, agora anda focado no governador Sérgio Cabral (PMDB) e na prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PMDB). Recentemente, ele ingressou com uma ação popular denunciando um suposto superfaturamento de uma área desapropriada pela Prefeitura para a construção da Escola Técnica no município. A desapropriação diz respeito a um terreno de 90 mil metros quadrados avaliado pela Prefeitura em R$ 1.627.861,00. Segundo a ação, movida pelos advogados Jamilton Moraes Damasceno e Antônio Maurício Costa, o valor real do terreno seria de, no máximo, R$ 300.000,00.

Agora, em matéria publicada pelo “SJB Online”, o Procurador do Município, Rui Nunes de Souza Júnior, afirma que uma decisão judicial determinou que um perito indicado pela Justiça fizesse uma avaliação da área para saber qual o real valor do terreno. Segundo o Procurador, o resultado técnico avaliou em R$ 5.178.324,48. “Foi nomeado um perito para elaborar laudo detalhado sobre o terreno desapropriado. O valor avaliado foi 17 vezes superior ao valor supostamente correto informado pelos autores da mencionada Ação Popular”, disse.

A Ação Popular, processo número 0001432-07.2011.8.19.0053, que tramita na 1ª Vara da Comarca de São João da Barra, ainda não foi julgada.  Porém, o Procurador já deixa claro que não há qualquer tipo de irregularidade. “Com esse laudo técnico do perito já se constata que não há qualquer superfaturamento em desapropriações no município”, concluiu o Procurador.

Fonte: SJB Online.

Comentar
Compartilhe
SJB: Número de cadeiras em debate
31/05/2012 | 06h13

Enquanto na grande maioria dos municípios brasileiros o número de cadeiras para a próxima legislatura já foi definido, na cidade de São João da Barra o debate continua. Por lá, a bancada de oposição quer aumentar de 9 para 13 o número de vereadores. Já a bancada governista defende a manutenção das 9 cadeiras. Tudo indica que as 9 cadeiras serão mantidas. “A população não quer saber de aumentar cadeiras. O povo quer ver os vereadores trabalhando mais. É um fato. Temos 34 mil habitantes e 9 vereadores é um bom número”, disse o vereador Jonas (PMDB) durante a sessão de hoje (31).

Comentar
Compartilhe
Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação vai visitar UENF
28/05/2012 | 11h48

[caption id="attachment_10861" align="aligncenter" width="300" caption="Ministro esteve com o reitor da UENF, Silvério de Paiva "]Ministro esteve com o reitor da UENF, Silvério de Paiva Freitas [/caption]

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, aceitou convite para visitar a UENF. O contato foi feito pessoalmente pelo reitor Silvério de Paiva Freitas. Os dois estiveram reunidos recentemente durante a inauguração do Programa de Exposições Temporárias do Museu Ciência e Vida e abertura da exposição de longa duração ‘Energia que move o mundo‘, promovida pela Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj).

Parque Tecnológico — O encontro teve ainda a presença do presidente da Fundação Estadual do Norte Fluminense (Fenorte), Almy Junior, ex-reitor da UENF, que conversou com o ministro Marco Antônio Raupp sobre o Parque Tecnológico. O Parque deverá ser gerido pela UENF com o apoio do corpo técnico da Fenorte/Tecnorte, que dará suporte em sua gestão e manutenção. Atualmente, já se discute a sua localização, que pode ser próximo ao corredor logístico do Superporto do Açu ou na Escola Agrícola Antonio Sarlo, no Parque Cidade Luz, em Campos. O objetivo desse Parque é contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico e social do Norte Fluminense, do Estado do Rio e do Brasil, tendo em vista a estruturação e gestão sustentável de um ambiente de negócio. O Parque já conta com o apoio da prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PMDB), do deputado federal Paulo Feijó (PR) e dos deputados estaduais João Peixoto (PSDC) e Roberto Henriques (PSD).

Fonte: Ascom/UENF

Comentar
Compartilhe
Odisséia aponta falta de remédios e superfaturamento
30/05/2012 | 10h13

Durante a sessão de hoje (30) a vereadora Odisséia Carvalho (PT) usou a tribuna da Câmara para apresentar uma lista com os gastos da Prefeitura de Campos com remédios. “Em alguns casos o aumento é de mais de 600%”, denunciou Odisséia”, que também apresentou uma série de relatos sobre a ausência de medicamentos em vários postos da cidade. “Temos ausência de remédios e, quando a Prefeitura compra, paga muito mais caro do que os governos do estado e federal”, disparou Odisséia.

Comentar
Compartilhe
Câmara de SFI: Julgamento de Beto já começou
17/05/2012 | 11h48

[caption id="attachment_10619" align="aligncenter" width="385" caption="Foto divulgada no Facebook pelo Rony Souza "]Foto divulgada no Facebook pelo Rony Souza [/caption]

Os vereadores de São Francisco de Itabapoana já deram início a sessão extraordiária que pode afastar o prefeito Beto Azevedo (PMDB). O advogado do prefeito, João Paulo Granja, que se encontra no plenário, tentou barrar a Comissão Processante (CP). Porém, não obteve resultados favoráveis. Os vereadores da bancada de oposição chegaram animados. Em caso de cassação, o vice-prefeito Frederico Barbosa Lemos (PR), assume ainda hoje.

Para acompanhar a sessão, clique aqui e ouça a Rádio São Francisco FM no blog do Paulo Noel.

Atualização às 13h55— Vereadora Adriana Coelho acaba de ler o parecer da CP, que solicita a cassação do prefeito Beto Azevedo. Agora, a sessão foi interrompida por 30 minutos para que os vereadores possam almoçar. Posteiormente, cada vereador terá 15 minutos para usar a palavra. Já a defesa de Beto Azevedo terá duas horas.

Comentar
Compartilhe
LLX assina contrato com Subsea 7 para instalação no Superporto
28/05/2012 | 11h35

Da assessoria:

A LLX Açu, subsidiária da LLX, empresa de logística do Grupo EBX, assinou na última sexta-feira (25) contrato com a Subsea 7 para a instalação de uma unidade para fabricação e revestimentos de dutos rígidos submarinos de grande extensão no Superporto do Açu, em construção em São João da Barra, no norte fluminense.

Com a assinatura deste contrato, a LLX terá uma receita de aproximadamente R$ 21 milhões por ano com aluguel de área e utilização de infraestrutura pelos próximos 10 anos. “A cada novo contrato fechado, fica evidente que o Superporto do Açu é o site definitivo para as indústrias de suporte ao setor de Petróleo e Gás. Além da localização privilegiada em relação às Bacias de Campos, Santos e Espírito Santo e aos novos blocos de exploração de petróleo do pré-sal, as indústrias que optaram por instalar suas unidades no terminal TX2 do Superporto, também terão acesso direto ao mar através de um canal de águas abrigadas, tendo à sua disposição um cais próprio”, comentou Otávio Lazcano, Diretor Presidente da LLX. Com píer de 250 metros de extensão e dois berços para atracação de embarcações, a unidade da Subsea 7 será instalada na entrada do canal do TX2, em sua margem sul. A empresa tem o início de suas atividades previsto para o ano de 2014. A Subsea 7 é líder global em engenharia e construção submarina e fornecedora de serviços para a indústria de energia offshore em todo o mundo, com mais de 12 mil empregados e receita de US$ 5,5 bilhões em 2011.

Comentar
Compartilhe
Arnaldo: “Essa foi a primeira vitória”
25/05/2012 | 12h29

arnaldo3

O ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT), que ficou elegível após vitória na noite de ontem (24), por 5x1, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), veja aqui (Na Curva do Rio) e aqui (Blog do Cláudio Andrade), comentou sobre o resultado favorável. “Essa foi a primeira de muitas vitórias. Sempre disse que acreditava na Justiça e que mais cedo ou mais tarde as verdades iam começar a aparecer”, disse Arnaldo, deixando claro que não teme a força da máquina municipal. “Eles tem propaganda, pesquisas questionáveis e aplausos que custam muito caro. Eu tenho ao meu lado exatamente quem faz a diferença: o povo. É bom lembrar que governei com um Orçamento quatro vezes menor do que o atual e terminei o meu último mandato com quase 90% de aprovação”, frisou Arnaldo.

Na tarde de ontem (24), Vianna esteve no Rio de Janeiro participou de gravações do programa de TV do PDT. Hoje (25), o ex-prefeito dará mais detalhes sobre o assunto, incluindo a possibilidade de assumir uma cadeira na Câmara Federal.

Atualização às 10h50 — Indeferimento da candidatura de 2010 foi mantido

Em decisão unânime, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve ontem (24) decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) que indeferiu o registro de candidatura de Arnaldo França Vianna ao cargo de deputado federal nas eleições de 2010.  A Corte Regional julgou procedente impugnações propostas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pelo Partido da República (PR) em virtude de inelegibilidade e porque o pedido de registro do candidato não havia sido instruído com as informações necessárias.

O recurso que o político apresentou no TSE teve seguimento negado pelo relator, ministro Marcelo Ribeiro, em novembro de 2011. Contra essa decisão, foi apresentado outro recurso, também rejeitado nesta noite.  O julgamento do caso começou no dia 15 de dezembro de 2010, quando o relator manteve seu entendimento ao negar o recurso do político. Hoje, o ministro Arnaldo Versiani apresentou seu voto acompanhando o relator, mas com uma ressalva. Ele explicou que o político foi declarado inelegível porque contas referentes à época em que foi prefeito de Campos dos Goytacazes-RJ foram julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU), sendo inclusive mantida multa pela omissão do dever de prestar contas. “O meu entendimento pessoal sobre a matéria é diverso”, disse Versiani. Ao citar decisão em outro processo, ele afirmou que “não há como se reconhecer a existência de irregularidade insanável se, embora inicialmente omisso na prestação de contas, o administrador posteriormente comprovou a correta aplicação de recursos federais, como reconheceu a Corte de Contas, sem se averiguar desvio de finalidade (ou outras ilegalidades)”.

Mas o ministro reconheceu ficar vencido nessa posição, já que o TSE tem precedente no sentido de que a prestação de contas extemporânea (fora do prazo legal) configura hipótese de crime de responsabilidade, a acarretar a aplicação da inelegibilidade prevista na alínea “g” do inciso I do artigo 1º da LC nº 64/90, com a nova redação inserida pela LC nº 135/2010 (a Lei da Ficha Limpa). “Continuo convencido de que a omissão do dever de prestar contas não constitui irregularidade insanável, até porque pode ser sanada. Basta que o responsável preste contas, como, inclusive, aconteceu no caso dos autos”, disse.

De toda forma, ele ressaltou que o político também teve seu registro indeferido por outro fundamento: o de não ter instruído seu pedido de registro com a documentação necessária. Como a jurisprudência do TSE impede o reexame de provas por meio de recurso, o ministro Arnaldo Versiani rejeitou o pedido de Arnaldo França Vianna, acompanhando o relator. “Nesse particular, em se tratando de recurso especial, por versar sobre ausência de condição de elegibilidade, as questões suscitadas pelo candidato ou não foram objeto de prequestionamento ou exigem o exame do conteúdo fático-probatório dos autos, como observado pelo relator”, frisou. O ministro Marco Aurélio também seguiu a ressalva feita pelo ministro Versiani. “Subscrevo o que (o ministro Versiani) ressaltou quanto às contas: de que não se estaria diante de uma irregularidade insanável, tanto que houve o saneamento.” Os ministros Dias Toffoli, Nancy Andrighi, Gilson Dipp e Cármen Lúcia também acompanharam o relator.

Fonte: Agência de Notícias da Justiça Eleitoral

Posteriormente serão publicadas mais informações, incluindo a visão do advogado de Arnaldo.

Comentar
Compartilhe
Câmara do Rio debate limitação de homenagens
16/05/2012 | 12h42

A maioria dos vereadores do Rio de Janeiro mostrou que adora prestar homenagens na Câmara. Na hora de votar o projeto de lei de Ivanir de Mello (PP) e Teresa Bergher (PSDB), que limita a quantidade de moções apresentadas por cada vereador a 120 por ano, foi a maior brigalhada no plenário.

Debate em Campos — Recentemente, durante sessão da Câmara de Campos, o vereador Rogério Matoso (PPS) causou polêmica ao afirmar que, se fosse para o Legislativo aprovar apenas moções e congratulações, era melhor fechar as portas. “Um vereador não pode abrir mão do seu papel de fiscalizar, cobrar e legislar para ficar nessa bajulação sem fim. Requerimentos importantes são rejeitados e moções e congratulações aprovadas o tempo todo. Desse jeito, na minha opinião, o Legislativo perde completamente o seu sentido”, diz Matoso.

Comentar
Compartilhe
Thor Batista é indiciado por homicídio culposo
11/05/2012 | 07h51

thor

O estudante Thor Batista, filho do empresário Eike Batista, foi indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar) por ter atropelado e matado um ciclista na rodovia Rio-Petrópolis. A perícia concluiu que Thor estava a 135 km/h em sua Mercedes-Benz McLaren na Rodovia Washington Luís, que tem limite de 110 km/h. A informação foi dada pelo RJTV, da Rede Globo.

Testemunhas contaram à polícia que Thor teria feito zigue-zague e ultrapassagens pela direita, o que é proibido. A vítima, Wanderson Pereira dos Santos, de 30 anos, também foi considerada responsável pelo ocorrido por ter dirigido uma bicicleta após ingerir bebida alcoólica. O teste do bafômetro não indicou ingestão de álcool por Thor. Durante a apuração do caso, o delegado Mário Roberto Arruda afirmou que a vítima estava no meio da pista no momento do choque.

Através de nota, Marcio Thomaz Bastos, advogado de Thor, disse ao telejornal que é “impossível compreender como peritos chegaram à velocidade do carro”. A defesa do filho de Eike disse confiar no arquivamento do inquérito porque Thor não deu causa ao acidente.

Fonte:  Veja

Comentar
Compartilhe
PTB X Arnaldo Vianna
29/05/2012 | 01h33

xadrez-2-400x300

A eleição se aproxima e as estratégias dos grupos políticos vão ficando cada vez mais nítidas. Como em um jogo de xadrez, as primeiras movimentações já começaram.

O advogado Jonas Lopes de Carvalho Neto, que representa a prefeita Rosinha Garotinho (PR), representou o diretório do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) em uma ação solicitando a declaração da inelegibilidade do ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT) pelo prazo de oito anos com base na Lei Complementar 64/90. O objetivo era a obtenção de uma liminar que resultasse no acautelamento do título eleitoral de Arnaldo e impedimento de uma possível candidatura do pedetista. O pedido foi indeferido pelo juiz Felipe Pinelli Pedalino Costa.

Esta ação do PTB demonstra que, no grupo comandado pelo deputado federal Anthony Garotinho (PR), um dos primeiros objetivos neste início de "jogo" é a retirada de Arnaldo do tabuleiro político.

Comentar
Compartilhe
BR-101: Audiência Pública na Alerj
06/05/2012 | 08h38

henriques

O deputado estadual Roberto Henriques (PSD) informa que, ao lado dos deputados João Peixoto, Sabino e Jânio Mendes, oficiou a Comissão de Transportes da Alerj, solicitando com urgência a realização de audiência pública para discutir o contrato de concessão da BR-101 e o cronograma de obras e melhorias. Após a ação dos deputados, a audiência foi marcada para o próximo dia 17 de maio, às 11 horas, na Sala de Comissões 316, do Palácio Tiradentes da Alerj.

Para Roberto Henriques, a execução do cronograma de obras e melhorias, previstas no contrato de concessão, não correspondem às necessidades dos usuários da rodovia. Sendo assim, a Autopista Fluminense e a Agência Nacional de Transporte Terrestre – ANTT devem, nesta audiência, demonstrar o andamento das melhorias previstas, incluindo a duplicação da via, em contraprestação ao pedágio pago pelos usuários. Outros temas que serão abordados, além da duplicação da via, são obras como a Ponte que será construída na RJ 194 que ligara Campos a Gargaú, obras de melhorias nas estradas de Macaé, Quissamã, Carapebus e região. "A BR-101 é uma das principais artérias de comunicação do país. A concessão é federal, mas os efeitos da administração deste contrato são sentidos principalmente pelos habitantes do nosso Estado, em especial os das regiões dos Lagos e Norte Fluminense, daí a imperiosa necessidade das autoridades federais darem conhecimento, na Alerj, de como vai a execução das melhorias previstas. Lembro, ainda, que, a BR-101 é um grande eixo de desenvolvimento, principalmente após a descoberta do pré-sal, mas além do desenvolvimento, o que nos move é a preservação da vida humana, nossa maior riqueza”, disse Henriques.

Fonte: Campos Notícia

Comentar
Compartilhe
Campos com oito pré-candidatos à Prefeitura
10/05/2012 | 04h12

banner_eleicoes_2012

Após a definição da Fupo (PSOL, PSTU e PCB), que decidiu lançar a pré-candidatura de Erik Schunk, o tabuleiro político de Campos passou a contar com 8 pré-candidaturas.

[caption id="attachment_10502" align="aligncenter" width="634" caption="Info publicado hoje na Folha"]info[/caption]

Rosinha Garotinho: Para o grupo liderado pelo deputado federal Anthony Garotinho (PR) não existe dúvida. Todas as fichas estão depositadas na prefeita Rosinha Garotinho, que vai buscar a reeleição na eleição de outubro e larga como favorita.

Arnaldo Vianna: O ex-prefeito e ex-deputado federal Arnaldo Vianna, que em 2008 foi derrotado por Rosinha no 2º turno, é o pré-candidato do PDT. Alegando estar mais experiente e ter aprendido com os resultados desfavoráveis, Vianna é apontado nas pesquisas do Instituto Precisão como o nome mais forte da oposição.

Makhoul Moussallem: Apostando na união do diretório municipal do PT e na popularidade da dupla Dilma-Lula, os petistas lançaram a pré-candidatura do médico Makhoul Moussallem, que em 2004 e 2006 disputou a Prefeitura e foi bem votado. Em 2004, teve 33 mil votos e, em 2006, ficou com 23 mil.

Roberto Henriques: Eleito deputado estadual em 2010, Roberto Henriques (PSD) quer encarar os seus ex-aliados na eleição deste ano. Segundo Henriques, a prefeita Rosinha não fez a mudança prometida nos palanques. Filiado ao PSD, Henriques conta com o apoio do PMDB, partido do governador Sérgio Cabral.

João Peixoto: O deputado estadual João Peixoto (PSDC) entra na disputa com o objetivo de dar um toque mais popular ao grupo da oposição. Em seu quarto mandato na Alerj, Peixoto tem dito que a sua pré-candidatura foi motivada pelo grupo do governador Sérgio Cabral (PMDB).

Professora Odete: Grande novidade da eleição de 2008, quando obteve cerca de 27 mil votos, a Professora Odete, que se destacou nos debates ao encarar Arnaldo, Rosinha e Feijó, vai disputar mais uma vez o governo municipal.

Andral Tavares Filho: O advogado Andral Tavares Filho é o nome do PV para disputar a Prefeitura de Campos. Batendo na tecla de que o município necessita de um novo modelo administrativo. “O PV vai propor uma nova forma de fazer política, com responsabilidade, transparência, participação e fiscalização da sociedade”, tem dito o pré-candidato do PV.

Erik Schunk: Lançado na última segunda-feira como o pré-candidato da Fupo, o médico sanitarista Erik Schunk se apresenta como a alternativa. “Lutamos pela moralização da política pública e pela formulação de um abrangente projeto alternativo para o nosso município”, diz o pré-candidato da Fupo.

Comentar
Compartilhe
Rosinha: “Nahim fez críticas imaturas”
24/05/2012 | 03h57

rosinha

A prefeita Rosinha Garotinho (PR) e o deputado federal Anthony Garotinho (PR) comentaram em entrevista ao jornal “O Diário” o desabafo (aqui) do presidente da Câmara de Campos, Nelson Nahim (PR). Segundo Rosinha, “o presidente da Câmara, Nelson Nahim, está fazendo críticas imaturas”.

Por sua vez, o deputado federal Anthony Garotinho (PR), disse que não manda na prefeita Rosinha. “Os mesmos conselhos que dou a prefeita Rosinha dei a Nahim, quando ele estava na Prefeitura”, disse Garotinho, ressaltando qual é o seu papel no atual governo. “Claro que a prefeita de Campos é Rosinha. Cuido apenas da articulação política. Afinal, sou líder desse grupo que Nelson Nahim abandonou. Agora, se ele quer dizer que o governo é meu, fico feliz, porque é uma administração que tem mais de 80% de aprovação”, completou.

Comentar
Compartilhe
Informação agora é obrigação
16/05/2012 | 12h07
Se alguns governos não são transparentes por bem, terão que ser por Lei. Isso porque entrou em vigor nesta quarta-feira (16) a lei 12527/2011, Lei de Acesso à Informação que regulamenta o acesso a informações públicas a todo e qualquer cidadão. O Brasil passa a ser o 89º país no mundo e o 19º nas América Latina a adotar essa regulamentação que é garantida pela Constituição Federal de 1988.
O projeto foi sancionada no dia 18 de novembro de 2011 pela presidenta Dilma Roussef e será aplicada em todo serviço público do país. Segundo a Lei de Acesso à Informação, órgãos públicos federais, estaduais e municipais (ministérios, estatais, governos estaduais, prefeituras, empresas públicas, autarquias etc.) agora são obrigados a disponibilizar informações de todas suas ações desenvolvidas.
A lei determina cada órgão público crie uma central de atendimento, os SICs (Serviço de Informação ao Cidadão). Outra implicação da nova regulamentação trata da obrigatoriedade aos órgãos da divulgação clara de interesse coletivo, esclarecendo sobre registros de repasses, licitações, editais e resultados de concorrências públicas, concursos públicos, transferências de recursos financeiros, auditorias, gastos com salários de servidores, cronograma e gastos com obras, entre outras .
Exposição na Internet — A nova lei determina as informações de interesse público devem ficar expostas na internet, sempre atualizadas, sobre o acompanhamento de todas as ações, projetos, programas, obras do governo e respostas as principais perguntas da sociedade. Em casos de municípios com menos de 10 mil habitantes, os órgãos públicos ficam desobrigados da divulgação de suas operações na internet. Mas não estão isentos de prestarem esclarecimentos, sempre que solicitados.
O cidadão poderá retirar a sua informação, seja por escrito (o requerente pagará o custo da impressão), ou em caso de informação digital, levando uma mídia digital (CD,DVD), isso dependendo da forma que o órgão público armazena seus dados.
O que pode e o que não pode ser divulgado — Em caso de informações que não possam ser fornecidas de forma imediata, o que, por exemplo, demande pesquisas, o órgão terá até 20 dias para fornecer os dados, e dependendo o prazo pode ser prorrogado para mais 10 dias.
Havendo a negativa do fornecimento de informações, órgão terá que se justificar. Caso o cidadão não aceite a justificativa, o mesmo poderá entrar com recurso no próprio órgão. Cabe ressaltar , no entanto, que lei 12527/2011 resguarda os casos de dados sigilosos, que contenham informações de agentes públicos e privados, investigações da polícia, segredos de Estado, ou que coloquem em risco a segurança nacional.
Processo por improbidade — Para órgãos públicos ou servidores que se negarem ao fornecimento de informações, ou que não se justificarem legalmente , a nova Lei de Acesso à Informação prevê sanções administrativas, e processos por improbidade.

sic

Se alguns governos não são transparentes por bem, terão que ser por Lei. Isso porque entrou em vigor nesta quarta-feira (16) a lei 12527/2011, Lei de Acesso à Informação que regulamenta o acesso a informações públicas a todo e qualquer cidadão. O Brasil passa a ser o 89º país no mundo e o 19º nas América Latina a adotar essa regulamentação que é garantida pela Constituição Federal de 1988. O projeto foi sancionada no dia 18 de novembro de 2011 pela presidenta Dilma Rousseff e será aplicado em todo serviço público do país. Segundo a Lei de Acesso à Informação, órgãos públicos federais, estaduais e municipais (ministérios, estatais, governos estaduais, prefeituras, empresas públicas, autarquias etc.) agora são obrigados a disponibilizar informações de todas suas ações desenvolvidas.

A lei determina cada órgão público crie uma central de atendimento, os SICs (Serviço de Informação ao Cidadão). Outra implicação da nova regulamentação trata da obrigatoriedade aos órgãos da divulgação clara de interesse coletivo, esclarecendo sobre registros de repasses, licitações, editais e resultados de concorrências públicas, concursos públicos, transferências de recursos financeiros, auditorias, gastos com salários de servidores, cronograma e gastos com obras, entre outras .

Exposição na Internet — A nova lei determina as informações de interesse público devem ficar expostas na internet, sempre atualizadas, sobre o acompanhamento de todas as ações, projetos, programas, obras do governo e respostas as principais perguntas da sociedade. Em casos de municípios com menos de 10 mil habitantes, os órgãos públicos ficam desobrigados da divulgação de suas operações na internet. Mas não estão isentos de prestarem esclarecimentos, sempre que solicitados. O cidadão poderá retirar a sua informação, seja por escrito (o requerente pagará o custo da impressão), ou em caso de informação digital, levando uma mídia digital (CD,DVD), isso dependendo da forma que o órgão público armazena seus dados.

O que pode e o que não pode ser divulgado — Em caso de informações que não possam ser fornecidas de forma imediata, o que, por exemplo, demande pesquisas, o órgão terá até 20 dias para fornecer os dados, e dependendo o prazo pode ser prorrogado para mais 10 dias. Havendo a negativa do fornecimento de informações, órgão terá que se justificar. Caso o cidadão não aceite a justificativa, o mesmo poderá entrar com recurso no próprio órgão. Cabe ressaltar , no entanto, que lei 12527/2011 resguarda os casos de dados sigilosos, que contenham informações de agentes públicos e privados, investigações da polícia, segredos de Estado, ou que coloquem em risco a segurança nacional.

Processo por improbidade — Para órgãos públicos ou servidores que se negarem ao fornecimento de informações, ou que não se justificarem legalmente , a nova Lei de Acesso à Informação prevê sanções administrativas, e processos por improbidade.
Comentar
Compartilhe
Deputado diz que "Veja" era cúmplice de Cachoeira
08/05/2012 | 07h28

O deputado Fernando Ferro (PT-PE) defendeu que a CPI do Cachoeira investigue também as ligações do bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso pela Polícia Federal, com jornalistas da revista Veja, publicada pela editora Abril. "A sociedade exige o esclarecimento dessas relações. Não tenho dúvida de que o caminho correto é ouvir todos os citados [nas investigações], independente de que partido for, de que interesse empresarial for, de que segmento for. É bom para a democracia. Todos os atores do processo devem ser ouvidos e devem colaborar com o esclarecimento dessas denúncias", disse o deputado.

No último domingo, a TV Record exibiu matéria mostrando a ligação entre Carlinhos Cachoeira e a revista "Veja".

Comentar
Compartilhe
Procurador fala sobre suspensão da licitação
03/05/2012 | 06h37

francisco

Em seu blog, o Procurador Geral do do Município de Campos, Francisco de Assis Pessanha Filho, explicou que a Prefeitura de Campos não pensava em terceirizar a dívida ativa do município. "Ao contrário do que foi divulgado hoje, em alguns blogs, foi deferida uma liminar para a suspensão de um procedimento licitatório sim, originário da Secretaria de Finanças, mas que nada tem a ver com a dívida ativa do município.  A execução da dívida ativa é competência exclusiva da Procuradoria Geral do Município, por legislação específica e pela essência dos trabalhos deste órgão. Na qualidade de Procurador Geral deste Município, não permitiria a usurpação de qualquer prerrogativa legal do órgão que represento, seja por convicções profissionais, seja por impedimento legal", explicou.

O Procurador ressaltou que o juiz teria sido induzido ao erro. A confusão com a propagação da notícia foi a mesma que induziu a erro o magistrado prolator da decisão, o Excelentíssimo Juiz Marco Antônio Ribeiro de Moura Brito. Diga-se de passagem, que se trata de um dos melhores e mais competentes juízes que já conheci, tanto na cordialidade com os advogados, quanto, e, principalmente, pelo vasto conhecimento jurídico e bom senso que sempre permearam suas decisões.  Assim, tenho a mais absoluta certeza de que quando o Município tiver a oportunidade de apresentar, de forma ampla, o real objeto da licitação, essa decisão será revista pelo próprio magistrado prolator ou pelo Tribunal de Justiça.  Na verdade, ao contrário do que dito na inicial e nas matérias jornalísticas, trata-se de uma licitação cujo objeto é a prestação de serviços profissionais de assessoramento e consultoria contábil-tributária", completou.

Comentar
Compartilhe
Lula bombando no Facebook
20/05/2012 | 03h59

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou na última quinta-feira (17) sua página oficial no Facebook. O perfil na rede social será administrado pelo Instituto Lula, organização não-governamental do ex-presidente. De acordo com a assessoria de Lula, ele pretende utilizar a ferramenta para divulgar atividades do ex-presidente no Brasil e no exterior, em especial ações de cooperação com países da África e da América Latina. A página de abertura mostra imagem da posse da presidente Dilma Rousseff, no momento em que ela recebia de Lula a faixa presidencial. Até este momento, mais de 114 mil pessoas "curtiram" a página.

Na página é possível acompanhar toda a história do presidente, desde o seu nascimento até as suas atividades nos dias de hoje.
Comentar
Compartilhe
Marcha das Vadias em Campos
29/05/2012 | 11h37

marcha das vadias

Já está no Facebook (aqui), como evento público, o convite para a Marcha das Vadias em Campos. Na rede social, as organizadoras informam que, apesar da data marcada (8 de julho), o dia oficial ainda não foi definido. Até agora, 479 campistas confirmaram presença.

Quer participar da organização ou então ajudar de alguma forma? Apresente-se aqui

marcha livre

A Marcha das Vadias teve inicio no Canadá em resposta a conduta machista de um policial. Este declarou que as mulheres eram vítimas de ataques sexuais, pois se “vestiam como vagabundas”. A partir do fato, inúmeras manifestações surgiram em todo o mundo. No Brasil, a cidade de São Paulo foi a primeira capital brasileira a organizar a Marcha, seguidas das cidades do Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza, Brasília, Salvador e outras.

As mulheres saíram às ruas com o objetivo de reafirmar a autodeterminação sobre os seus corpos e para combater essa sociedade que as educa para não serem estupradas, porém não ensina a NÃO estuprar. As mulheres durante a marcha usam roupas provocantes: como blusinhas transparentes, lingerie, saias, salto alto ou apenas o sutiã.

A primeira Marcha das Vadias no Brasil ocorreu em São Paulo em 4 de junho de 2011, organizada pela publicitária curitibana Madô Lopez. Após o anúncio do evento com a criação de uma página no Facebook, mais de 6.000 pessoas confirmaram presença no evento. No entanto, diferentemente das versões em outros países, somente cerca de 300 pessoas compareceram, de acordo com a contagem da Polícia Militar. Neste mesmo ano iniciou-se a manifestação no Recife e Brasília.

A Marcha das Vadias é um movimento que vai às ruas para questionar o papel que nos é colocado enquanto mulheres. A palavra vadia tanta vezes usada para ofender e machucar, hoje passa por uma ressignificação, estratégia essa usada pelo movimento.

vadias

Comentar
Compartilhe
Médicos terão audiência com secretário de Saúde
24/05/2012 | 12h48
[caption id="attachment_10763" align="aligncenter" width="448" caption="Geraldo Venâncio vai receber representantes do Sindicato "]geraldo[/caption]

O Sindicato dos Médicos informa (aqui) que foi marcada uma Audiência para o próximo dia 29 com o secretário de Saúde do município de Campos, Dr. Geraldo Venâncio. No ofício encaminhado ao secretário, o Sindicato informou qual será a Pauta de Reivindicações.

Pauta de Reivindicações:

Incorporação das horas extras e outros adicionais (extensão de carga horária habitual)

Adicional de Tempo de Serviço retroativo para os efetivado recentes

FGTS não depositados

Gratificação do Ato Médico

Equiparação do vencimento básico aos dos Concursados (R$ 2.800,00)

Solicitação de substituição para férias e licenças de médicos plantonistas

* Por falar em Saúde, fui informado hoje que salários estão atrasados no Hospital Geral de Guarus (HGG) e Ferreira Machado.

Comentar
Compartilhe
Estadão entra com requerimento sobre viagens de Cabral
08/05/2012 | 10h56

estadao

O "Estado de S. Paulo" protocolou ontem (7) junto ao governo do Estado do Rio de Janeiro um pedido de informações sobre as viagens do governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) ao exterior. O objetivo do requerimento, dirigido ao secretário da Casa Civil, Régis Fichtner, é obter esclarecimentos sobre visitas do governador a outros países e sobre dúvidas que as envolvem. Elas surgiram após a divulgação de fotos e vídeos nos quais Cabral aparece se divertindo e até jantando em um restaurante de luxo em Mônaco com o amigo e empresário Fernando Cavendish, controlador da empresa Delta, investigada pela CPI do Cachoeira.

As imagens foram divulgadas primeiro pelo blog do deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ), um adversário de Cabral, mas depois foram reproduzidas pela imprensa. O governador diz que, nas viagens, pagou despesas privadas do seu bolso e afirma que nunca misturou os interesses do Rio - que contratou com a Delta obras de R$ 1,49 bilhão - com amizade, mas não dá entrevistas sobre o assunto. Limitou-se, até esta segunda, a se manifestar por notas preparadas por sua assessoria de imprensa. Em dois eventos na semana passada, no Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e no Teatro João Caetano, o governador saiu por portas laterais, evitando contato com jornalistas.

No requerimento, de cinco páginas, o Estadão encaminha oficialmente 14 perguntas ao governo do Rio de Janeiro. O jornal pede, entre outras coisas, a relação completa das viagens do governador fluminense ao exterior desde sua primeira posse em 2007 até 30 de abril de 2012, e informações sobre seus objetivos e agendas, meios de transporte utilizados, custos, convidados, pagamentos, hotéis. O documento foi elaborado com base na Constituição de 1988, que fixa o princípio da publicidade nos assuntos públicos e estabelece o direito dos cidadãos de requerer aos Três Poderes informações de seu interesse particular ou coletivo. O requerimento também se refere à legislação ordinária de acesso a informações públicas, que também dá direito a recorrer ao Judiciário para obtê-los.

Comentar
Compartilhe
Feliz Dia das Mães!
13/05/2012 | 06h49
dia das mães
Comentar
Compartilhe
Juízes se unem e protestam contra Garotinho
18/05/2012 | 07h11

Do Conjur - Por Marcos de Vasconcellos

Nesta sexta-feira (18/5), juízes federais se reuniram em um ato contra o ataque do deputado federal Anthony Garotinho ao juiz que o condenou por crime de quadrilha. O político deu a entender, em discurso feito na última semana, que o juiz federal Marcelo Leonardo Tavares, que o condenou, estava seguindo orientações de terceiros, com uma sentença “encomendada”.

Em defesa do juiz Tavares, a Associação de Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação de Juízes Federais do Rio de Janeiro e do Espírito Santo (Ajuferjes) organizaram um ato de desagravo no auditório da Justiça Federal, no Rio de Janeiro, ao qual compareceram representantes da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro, Advocacia Geral da União, Ministério Público Federal, Associação dos Juízes do Trabalho e Ordem dos Advogados do Brasil. “Merece repúdio, não só das associações dos juízes federais, mas de todo cidadão, as palavras do deputado federal Garotinho que procuraram atassalhar a honra de um homem de bem, de um juiz honrado, como é o juiz Marcelo Tavares. A atitude do parlamentar é fruto de consciência perversa”, diz a nota assinada pelas associações.

No documento, juízes federais acusam o político de “esconder-se atrás da imunidade parlamentar” para atacar o juiz de forma leviana. “Foi, sem dúvida, uma tentativa de intimidação do magistrado e de desqualificação de sua honra”, afirma o vice-presidente da Ajufe na 2ª Região, Fabrício Fernandes de Castro. Segundo Castro, o que está em jogo e que mereceu a organização do ato “é a independência do Poder Judiciário, último guardião das liberdades”.

Também presente no ato, o presidente da seccional fluminense da OAB, Wadih Damous, fez questão de deixar claro que a luta ali também era importante aos advogados, o que pôde ser confirmado com a presença dos conselheiros da entidade Maurício Faro e Gilberto Fraga. “Nas relações entre advogados e juízes, muitas vezes nos estranhamos, representamos um contra o outro e podemos cometer eventuais injustiças, mas tudo dentro da esfera das relações civilizadas”, disse Damous, criticando as insinuações Garotinho.

O presidente da OAB-RJ disse que está na hora de se “reformatar a imunidade parlamentar”, para não mais dar livre curso a atitudes que configurem injúria calúnia e difamação em colocações fora da esfera parlamentar.

O processo no qual Garotinho foi condenado é resultante da operação da Polícia Federal chamada Segurança Pública S/A, que teve por objetivo desarticular uma quadrilha que atuava na Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro durante a gestão de Garotinho. De acordo com a investigação, a estrutura da Polícia Civil do Rio era utilizada para praticar crimes de lavagem de dinheiro, facilitar contrabando e corrupção.

Clique aqui para ler o discurso de Fabrício Fernandes de Castro no evento.

Comentar
Compartilhe
PTB/Campos vai ao PTB/Rio para garantir parceria
26/05/2012 | 11h07

[caption id="attachment_10842" align="aligncenter" width="500" caption="Edson Batista foi ao encontro do deputado Marcus Vinícius"]Edson Batista foi ao encontro do deputado Marcus Vinícius [/caption]

O jornalista Avelino Ferreira informa em seu blog que a executiva do PTB de Campos reuniu-se ontem (25) com o presidente da executiva estadual, deputado estadual Marcus Vinícius, no Rio de Janeiro. "Na oportunidade, Marcus Vinícius, após receber o documento com a assinatura de todos os pré-candidatos do PTB à Câmara, de apoio à Rosinha e de respaldo à executiva municipal, disse que não há a mínima possibilidade de qualquer interferência no partido em Campos", informou Avelino, que publicou um depoimento do deputado: "Temos conhecimento da organização do PTB em Campos, dos cursos promovidos pela executiva municipal e sabemos da integridade do Dr. Edson Batista e do seu empenho para o crescimento da legenda. Em Campos, o Partido tem autonomia e vai continuar apoiando a prefeita Rosinha Garotinho".

Segundo Avelino, o deputado disse que a data da convenção municipal será decidida pela executiva local e, devido a solidez do partido no município, a executiva municipal "tem nosso aval para formar um Diretório efetivo, permanente". O deputado Marcus Vinícius posou para fotos com a executiva local (Edson Batista, presidente, Avelino Ferreira, vice, Fernando Machado, secretário geral e Amaro Martins, tesoureiro). A foto, segundo Avelino, foi para "não pairar dúvidas quanto a afinidade da direção regional com a direção municipal do partido". Para completar Avelino diz que o resto "é boataria que não deve ser levado em consideração".

Comentário do blog: Se era boataria que não merecia ser levada em consideração, por que o PTB de Campos realizou reunião, convocou pré-candidatos, assinou carta de apoio, viajou até o Rio e tirou várias fotos para mostrar a solidez? Que boato bombástico, hein!

Comentar
Compartilhe
Arnaldo elegível? Garotinho diz que não e TSE diz que sim
25/05/2012 | 07h49

A assessoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que o ex-prefeito Arnaldo Vianna está elegível. Em seu blog “Na Curva do Rio”, a jornalista Suzy Monteiro explica que, segundo a assessoria, embora o órgão tenha negado registro dele a deputado federal, ele não se enquadra na “Ficha Limpa”, já que a Lei só vale para as eleições de 2012.

Resumindo. De acordo com a assessoria do TSE, Arnaldo Vianna pode disputar a eleição deste ano. Porém, para assumir uma cadeira na Câmara Federal, ainda precisa vencer mais uma batalha na Justiça.

Contatos do TSE — Em caso de dúvida sobre as fontes, os interessados podem entrar em contato com a Assessoria de Imprensa do TSE — Para falar com a Assessoria, os contatos são: (61) 3030-7083, 3030-7084, 3030-7085, 3030-7086, 3030-7088 e 3030-7089. O email é: [email protected].

Quem quiser perguntar pessoalmente, a nova sede da Assessoria está localizada no Setor de Administração Federal Sul (SAF/Sul), Quadra 7, Lote 2, Brasília-DF, próxima às sedes do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Comentar
Compartilhe
Justiça determina que Garotinho retire imagens de secretário
18/05/2012 | 02h53
Do R7:

A Justiça determinou que o deputado federal e ex-governador Anthony Garotinho (PR) retire de seu blog imagens e informações sobre o secretário estadual da Casa Civil, Regis Fichtner, e sua esposa, Helena Fernandes. O prazo dado pela juíza Simone Chevrand, da 25ª Vara Cível do Rio, é de duas horas a partir do momento em que Garotinho receber oficialmente a notificação.

A medida, emitida em caráter liminar, atende ao pedido de Regis Fichtner, que entrou com uma ação indenizatória por danos morais. Em caso de desobediência, o ex-governador terá de pagar multa de R$ 500 mil. A assessoria do deputado disse que ele voltou de Brasília no fim da tarde desta quinta e seguiu para uma reunião na Região dos Lagos. Até as 21h30, a assessoria desconhecia qualquer comunicado da Justiça a respeito das imagens.

As imagens publicadas no blog de Garotinho são acompanhadas de uma série de informações que atacam o secretário da Casa Civil, acusando-o de manter uma empresa imobiliária dentro da própria casa e de adquirir farmácias. Segundo o deputado, Fichtner teria usado dinheiro público desviado para obter os bens.

garotinho_camara-757490

Garotinho fala em censura — Segundo Garotinho, aliados do governador estão tentando censurar o seu blog. "O desespero do governador Sérgio Cabral e de seus auxiliares diante da comprovação pública de farras no exterior, enriquecimento, recebimento de propinas, tráfico de influência no governo, favorecimento de secretários e parentes, além de outras irregularidades os tem levado a optar pela censura ao invés da negação dos fatos. Nenhum dos fatos que revelei foi contestado ou desmentido, apenas eles não querem que mais pessoas tomem conhecimento dos seus atos injustificáveis', disse o deputado.

"Sou deputado federal" — "Com todo o respeito à magistrada que ainda nem sei qual é, alguém precisa alertá-la que sou deputado federal e o que diz o artigo 53 da Constituição do Brasil: 'Os deputados federais e senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos'", frisou Garotinho.

Comentar
Compartilhe
Pacientes sem atendimento em Guarus
07/05/2012 | 06h38

saude

O RJ TV 1ª edição informou que o dia de ontem (6) foi marcado por reclamações no posto de urgência de Guarus. Depois uma longa espera, muita gente voltou pra casa sem atendimento.

Para ver a matéria, clique aqui

Comentar
Compartilhe
Fim do imposto para CD e DVD nacional
09/05/2012 | 07h22

Do G1:

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou nesta quarta-feira (9) proposta de emenda constitucional que isenta de tributos a produção de CDs e DVDs de autores ou artistas brasileiros. A PEC 123/2011, conhecida como PEC da Música, já passou pela Câmara dos Deputados e agora segue agora para análise em plenário. Se aprovada em dois turnos, vai para sanção presidencial.

Pela proposta, CDs e DVDs de música nacional ficariam imunes do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), da Contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Ficaria preservada apenas a tributação sobre a replicação industrial.

Em seu parecer, o relator da PEC na CCJ, Eunício Oliveira (PMDB-CE), estima um abatimento de até 40% no preço final dos CDs e DVDs nacionais. Já a senadora Vanessa Grazziotin (PC do B-AM), que protestou contra a aprovação na tribuna, contestou o percentual, calculando que num CD ou DVD de R$ 20, o valor do tributo seria de apenas R$ 0,50.

Comentar
Compartilhe
Taxa de Iluminação volta a ser debatida na Câmara
29/05/2012 | 10h26

A Comissão de Legislação e Justiça vetou o projeto de Lei do vereador Rogério Matoso (PPS) que pretendia revogar a Lei que criou a Contribuição de Iluminação Pública, conhecida em nossa cidade como a “Taxa de Iluminação”. De acordo com Rogério Matoso, a Taxa é inconstitucional.

Segundo Matoso, o artigo 4º da Lei inverte equivocadamente a política urbana prevista no inciso II do § 4º do artigo 182 da Constituição Federal, além de prestigiar os “latifundiários urbanos”, cobrando menos tributo destes e onerando os proprietários de imóveis residenciais e comerciais. “Trata-se de uma Lei inconstitucional, que deveria ser revogada pelo Poder Legislativo Municipal. Listei uma série de problemas relacionados a essa Lei”, explica Matoso, que prometeu continuar lutando pela revogação. “Já que a maioria aqui na Câmara vetou, vamos tentar barrar essa Lei na Justiça”, afirmou Matoso.

O vereador Dante (PSC), que faz parte da bancada da prefeita Rosinha e integra a Comissão de Legislação e Justiça, explicou o motivo da proposta ter sido barrada. “Houve vício de iniciativa. O vereador não pode fazer uma Lei que crie despesa ou tire receita do município”, afirmou Dante.

Único membro da oposição que não votou ao lado de Rogério Matoso, o vereador Marcos Bacellar (PDT), explicou o motivo. “Não posso ser incoerente. Aprovei esta Lei quando era presidente após um pedido da prefeita. Ela é legal. Porém, a questão da aplicação dos recursos ficou só na promessa. Na época eles alegaram que essa Lei seria para efetivar o pessoal do PSF. Isso daí eles não fizeram”, disse Bacellar.

Comentar
Compartilhe
Política de Campos fica mais pobre
14/05/2012 | 04h46

Conforme informou o blog Opiniões (aqui), morreu na tarde de hoje (14) o ex-deputado e ex-vereador Sérgio Diniz (PPS), um dos poucos políticos que podíamos colocar a mão no fogo. Em uma de suas últimas entrevistas, ao programa “Avesso do Avesso”, Diniz falou sobre a sua infância e adolescência (foi seminarista), gostos musicais, política e família. No último bloco, ao ser indagado se a política ainda tem jeito, ele foi enfático: "Na medida em que nós tivermos jeito. Nós somos a essência de tudo isso. É um processo lento, difícil, complexo e conflitante". Confira esta aula:

Comentar
Compartilhe
Oposição cobra reajuste dos servidores
09/05/2012 | 11h33

matoso

Durante a sessão de hoje (9), vereadores da bancada de oposição cobraram um posicionamento da prefeita Rosinha Garotinho (PR) em relação ao reajuste salarial dos servidores municipais. Eles lembraram que a maioria dos municípios já definiu essa questão “É comum que o reajuste seja anunciado no dia do trabalhador. Mas até agora a prefeita Rosinha não se manifestou", disse a vereadora Odisséia Carvalho.

O vice-presidente da Câmara de Campos, vereador Rogério Matoso (PPS), teve um pedido de informação negado. “Eu gostaria de saber quando esse reajuste será anunciado. Muitos servidores fazem esse questionamento, mas a bancada governista achou melhor rejeitar e não informar”, relatou Matoso.

Em defesa da prefeita, o vereador Abdu Neme (PR) explicou que tudo vai ser definido no momento certo. “Até entendo o pedido do vereador Rogério Matoso. No entanto, a prefeita ainda está dentro do prazo e tenho certeza de que em breve isso será anunciado”, explicou Abdu.

Magal diz que vontade da oposição é igual a dor de barriga — Para o líder do governo na Câmara, vereador Jorge Magal (PR), tem gente querendo governar no lugar da prefeita Rosinha. “A oposição quer o lugar da prefeita. Eles tentam fazer de tudo para ocupar o lugar dela. Mas essa vontade é igual a dor de barriga. Dá e passa. A prefeita vai anunciar o aumento com responsabilidade, sem levar em conta o que vereador disse ou deixou de dizer”, frisou Magal.

São João da Barra — No município de São João da Barra, a Prefeitura concedeu aumento de 14,13% aos servidores municipais. O projeto de lei foi enviado pelo Executivo à Câmara Municipal e foi aprovado no dia 19 de março por unanimidade pelos vereadores e o reajuste já passou a vigorar em março.  O índice é igual ao concedido pelo governo federal e mantém o percentual de diferença entre o piso mínimo do município e o salário mínino nacional, além de continuar sendo os maiores aumentos da região.

Comentar
Compartilhe
De olho no Garotinho
30/05/2012 | 11h17
[caption id="attachment_10942" align="aligncenter" width="643" caption="Reprodução do Radar online - Site da revista Veja "]o alvo[/caption]

Comentar
Compartilhe
"O Dia": Rosinha fala sobre ações, acusações e planos
26/05/2012 | 01h40

Em entrevista ao jornal "O Dia", a prefeita Rosinha Garotinho (PR) falou sobre seus principais projetos na Prefeitura de Campos. Na última pergunta, ao ser indagada sobre a reeleição, disse: "Posso ser. A lei me garante".

[caption id="attachment_10817" align="aligncenter" width="575" caption="Foto: Mauro Pimentel"]Foto: Mauro Pimentel[/caption]

Do "O Dia":

Rio -  Com 14 distritos e uma extensão territorial quatro vezes maior que a cidade do Rio de Janeiro, o município de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, já foi conhecido como a capital do petróleo e do açúcar. Atualmente, é um reconhecido polo comercial e financeiro, que vai receber nos próximos anos dois grandes projetos: o Porto do Açu e o Porto Farol Barra do Furado. Em mais uma entrevista do ‘Painel O Dia no Estado’, a atual prefeita Rosinha Garotinho, que foi governadora entre os anos de 2003 e 2007, fala sobre o passado, os projetos e diz que os recentes problemas enfrentados com a Justiça não passam de perseguição política.

Diversos projetos de urbanismo e paisagismo mudaram o aspecto urbano de Campos. Mas em relação à infraestrutura, o que tem sido feito?

Gastamos 20% de nossa verba em obras de melhorias na cidade. E fizemos um planejamento para que as mudanças exteriores caminhassem junto com as obras de infraestrutura. Por isso, as pessoas sentem a diferença quando andam ou chegam à cidade. Não prorroguei prazos de obras, pelo contrário, estreitei o relacionamento com várias empresas. Pois não adiantava eu construir calçada nova e asfaltar a rua, se uma obra de saneamento vai quebrar tudo de novo. Trabalhamos em parceria com a companhia de água e esgoto, por exemplo, e fizemos muitas obras nas galerias de água pluvial. Hoje, somos a segunda cidade do estado em qualidade de saneamento básico. Projetos como ‘Bairro Legal’ e ‘Meu Bairro é Show’ também foram essenciais e levaram esgoto, luz, asfalto e calçadas novas para bairros que estavam esquecidos. Isso se reflete no dia a dia da cidade.

Nos próximos anos Campos será casa de grandes projetos que estão em construção, como o Porto do Açu e o Porto Farol Barra do Furado. A cidade está pronta para o crescimento?

Nenhuma cidade está. Nem o Governo Federal estaria. Mas estamos trabalhando para isso. A população ainda vai se assustar com o crescimento que a cidade vai ter. Pois, como você disse, ainda nem saímos da fase da construção. Mesmo assim já temos mais de dez mil novos empregos, e a cidade não para de crescer.

E os investimentos na saúde? Quais foram?

Olha, se eu fosse fazer saúde só com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) seria o caos. Eu invisto R$ 40 milhões a mais da verba dos royalties do petróleo na saúde. Acabamos com as filas de madrugada para marcação de consultas, que hoje é feita online no próprio posto de saúde. Quase todos os postos oferecem coleta para exames simples, criamos o serviço de ‘Emergência em Casa’ e fomos o primeiro município a disponibilizar vacinas preventivas. Hoje vacinamos gratuitamente as meninas contra o HPV e fomos o primeiro município do estado a oferecer vacina contra hepatite A, que não está no calendário do Ministério da Saúde. Só com a vacina para meningite, outra que oferecemos, reduzimos em 40% a mortalidade de crianças de um ano. Além disso, estamos construindo leitos de CTI, que deve aumentar em 70% a capacidade desse tipo de atendimento no município.

O que foi feito para educação em Campos nos últimos anos?

Quando eu assumi o governo, a educação em Campos estava à frente somente do sertão nordestino. Mas o processo de mudança na educação é lento. Antes do meu governo, a grade curricular era uma bagunça e cada escola ensinava o que queria. Hoje isso mudou. Padronizamos a grade curricular, compramos material didático, oferecemos merenda e transporte escolar de qualidade e criamos um Plano de Cargos e Salários para os professores. Além disso, quase 200 escolas do município foram reformadas. Durante meu mandato, serão seis novas escolas, que atenderão cerca de mil crianças e 29 novas creches, oito delas construídas com verba do Governo Federal. Todas as outras creches e escolas foram construídas e reformadas com a verba dos royalties do petróleo.

A senhora sempre disse que quer ter uma administração humana, pautada na justiça social. Alguns chamam isso de populismo. Como lida com as críticas?

Eu encaro com muita naturalidade. Pela nossa Constituição, todos têm o direito de viver com o mínimo de dignidade. Então, governo com essa premissa. Quem tem dinheiro paga para ter plano de saúde, creche e escola particular. Mas e quem não tem? Tenho que fornecer tudo isso. É um direito de todos. O dinheiro público deve valer para todo mundo no quesito infraestrutura, urbanização, segurança e organização da cidade. Mas o restante deve financiar o básico para aqueles que não têm nada. Hoje gastamos menos de 3% do nosso orçamento em ações sociais. O restante é gasto com necessidades básicas, que fazem parte do nosso programa.

A senhora tem um bom índice de aprovação de seu mandato. A que atribui essa aprovação?

Campos estava abandonada há muito tempo. Hoje a população vê obras e melhorias. Tanto vê que pede e sugere soluções para os problemas. Eu acho isso saudável. A cidade pode se orgulhar em muitos pontos. Temos um Centro de Eventos Populares Osório Peixoto, o Cepop, um local para receber eventos que tem capacidade de um público de 40 mil pessoas e o maior palco da América Latina em estrutura metálica. Temos também a Fundação Municipal de Esportes (FME), que atende mais de cinco mil pessoas em atividades como futebol, vôlei, basquete e natação. Hoje, estamos entre as cinco cidades que mais investem em esporte. Tínhamos um Plano Diretor antigo, que está sendo modificado e criamos um Conselho para estudar o que pode ser feito para melhorar a cidade nos próximos anos. As mudanças estão sendo feitas. E a população vê isso.

Nos últimos dez anos, a senhora teve problemas com Justiça Eleitoral que resultaram em processos de inelegibilidade, entre outras coisas. No final do ano passado teve seu mandato cassado novamente com a acusação de abuso de poder econômico e uso indevido de meio de comunicação. O que a senhora tem a dizer sobre essas acusações?

Qualquer pessoa que ocupa um cargo público corre o risco de responder processos pro resto da vida. Porque qualquer cidadão que entrar com um processo contra um governante, a Justiça irá acatar. Nessa questão do meu afastamento, eu dei uma entrevista na rádio em junho de 2008, quando voltei a morar em Campos. Na ocasião disse que estava voltando porque topei o desafio do partido em me candidatar à prefeita. Agora se isso é motivo para cassar o mandato tinha que cassar também o da presidenta Dilma (Rousseff), que quando ministra do governo Lula ia para os palanques oficiais como a candidata do presidente. Eu nunca usei palanque oficial. Esse mesmo processo diz que é abuso de poder econômico. Isso não existe.

Mas a senhora foi entrevistada pelo seu marido, que também é político.

Eu não estava no governo, meu marido não estava no governo, não existe abuso de poder econômico por conta de uma entrevista de rádio. O processo que meu marido sofreu é em razão de ele ser radialista e ter me entrevistado. Veja bem, nunca vi um jornalista ser processado porque entrevistou um político. Dentro ou fora do prazo eleitoral. Foi isso que ele fez. É um radialista que entrevistou uma candidata. Se essa ‘moda pega’, todos vocês (jornalistas) serão processados. Isso é ridículo. Então sou obrigada a achar que isso é perseguição. Mas ainda que a Justiça ache que eu estou errada, a Dilma recebeu R$ 5 mil de multa por fazer campanha em palanque oficial. Porque então não me multaram? Porque para a Dilma a lei é de um jeito, e para a Rosinha é de outra? A lei é a mesma.

E sobre a aliança Republicana, Democrática e Popular. O que a senhora tem a dizer sobre essa nova aliança entre os ex-rivais políticos Anthony Garotinho (PR) e Cesar Maia (DEM)?

Olha, política é assim mesmo. Quando as questões ficam no campo administrativo, tudo se resolve. E política é aglutinar forças. Só não se pode perder o foco de que tipo de política você quer adotar, o que você quer defender. A sua posição e suas crenças não podem mudar, mas os entendimentos e alianças vão variando de eleição a eleição. É assim mesmo.

Então a senhora será candidata a reeleição?

Posso ser. A lei me garante.

Para ler a entrevista completa, clique AQUI

Comentar
Compartilhe
Garotinho: "Policiais vão vasculhar a minha vida, meus filhos e Rosinha"
15/05/2012 | 10h37

garotinho federal

O deputado federal Anthony Garotinho (PR), que nos últimos dias se tornou denunciante, está bem próximo de ser o denunciado da vez. Quem diz isso é ele mesmo. Em seu blog, o parlamentar voltou a afirmar que sabe de operações que estão para acontecer. E o homem por trás disso, segundo Garotinho, seria o governador Sérgio Cabral (PMDB). "Junto com Beltrame, seu secretário de Segurança, escalou um policial civil e outro federal cujos nomes já são do meu conhecimento para mais uma vez vasculhar minha vida pessoal, a vida dos meus filhos e a administração de Rosinha à frente da Prefeitura de Campos", disse Garotinho.

Comentar
Compartilhe
Prefeita divulga programação do Circuito Junino de SJB
19/05/2012 | 12h21

circuito-sjb-1280x768

A prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PMDB), divulgou, na manhã deste sábado (19), a programação de shows do Circuito Junino 2012 de São João da Barra. A divulgação foi feita através da Rádio Barra FM, Continental AM e do Portalozk.com, com exclusividade, no Programa Bom Dia Prefeita. O evento vai contar com artistas como Alexandre Pires, Turma do Pagode, Capital Inicial, Luan Santana, João Neto e Frederico, Junior e Gustavo, entre outros. Confira:

FESTA SANTO ANTONIO Alexandre Pires – (terça-feira – 12/06) Turma do Pagode – (quarta-feira – 13/06)

FESTA SÃO JOÃO BATISTA Cavaleiros do Forró (sábado – 16/06) Capital Inicial – (domingo – 17/06) – Aniversário da cidade Junior e Gustavo – (quarta-feira – 20/06) Luan Santana – (quinta-feira – 21/06) Fescan e Celebrare – (sexta-feira – 22/06) João Lucas e Marcelo – (sábado – 23/06) Padre Juarez de Castro – (domingo – 24/06)

FESTA SÃO PEDRO Anjos de Resgate – (sexta-feira – 29/06) Gabi Amarantos – (sábado – 30/06) João Neto e Frederico – (domingo – 01/07)

Fonte: Portal OZK
Comentar
Compartilhe
Garotinho em rota de colisão com juízes
16/05/2012 | 03h44

garotinho

O deputado federal Anthony Garotinho (PR) está em rota  de colisão com representantes do Poder Judiciário. O presidente da Associação de Juízes Federais (Ajufe), Fernando Tourinho Neto, divulgou uma nota endereçada ao parlamentar repudiando a atitude de atacar o juiz Marcelo Leonardo, que condenou Garotinho a dois anos e meio de prisão, podendo ser convertidos em serviços sociais, por, segundo o juiz, chefiar uma quadrilha formada por policiais no Rio de Janeiro.

Na nota, Tourinho critica a atitude de Garotinho de se esconder atrás da imunidade parlamentar para produzir leviandades das quais, segundo o juiz, o deputado certamente seria responsabilizado como cidadão civil.

Na tribuna da Câmara Federal, Garotinho comentou sobre o assunto e voltou a alfinetar o juiz Marcelo Leonardo. Veja o vídeo:

Comentar
Compartilhe
Vídeo: Entrevista com Odorico Paraguaçu
22/05/2012 | 05h23

odorico paraguaçu

As eleições estão se aproximando e os eleitores de todo o país começam a escutar promessas mirabolantes. Tudo isso me fez lembrar de Odorico Paraguaçu, prefeito da fictícia Sucupira.

Odorico governou Sucupira com tanta malandragem que serve de referência para muitos políticos “modernos”. Troca de partido, voto de cabresto, nepotismo, petróleo, fraudes, terceirização de milagres, homossexualidade e outros assuntos bem presentes nos dias de hoje foram abordados pelo prefeito de Sucupira em 1981. Veja o vídeo:

Realizações de Odorico: - Primeiro prefeito reeleito do Brasil, num tempo em que a reeleição nem existia - Primeiro prefeito que renunciou e desrenunciou em apenas um final de semana - Primeiro prefeito a vender as empresas municipais - Primeiro prefeito a pegar verbas de empreiteiras - Primeiro prefeito a enviar divisas a um banco do exterior - Primeiro prefeito a vender a mãe para ganhar a eleição - Primeiro prefeito a acusar a imprensa de ser marronzista - Primeiro prefeito a colocar parentes e cupinchas no gabinete - Primeiro prefeito a fazer acordos com a oposição - Primeiro prefeito a dizer que não sabia de nada - Primeiro prefeito a subir vertiginosamente os impostos municipais - Primeiro prefeito a inaugurar o cemitério de Sucupira
Comentar
Compartilhe
Fogo amigo
12/05/2012 | 04h30
fogo amigo

A eleição se aproxima e o clima esquenta na Prefeitura de Campos. O blog foi informado que um grupo ligado ao vereador Jorge Magal (PR), líder do governo na Câmara de Campos, não anda muito satisfeito com a secretária da Família e Assistência Social, Izaura Freire. Ontem (11), nos arredores do Cais da Lapa, houve uma reunião para arquitetar a fritura da secretária.

Comentar
Compartilhe
Disque-TRE recebe 293 denúncias
21/05/2012 | 06h28

TRE-RJ

Inaugurado há sete dias, o Disque-Denúncia Eleitoral do TRE-RJ já recebeu 293 ligações com denúncias de irregularidades em todo o Estado. Do total, 98 chamadas referiam-se a ocorrências na capital. Entre os municípios do interior, Belford Roxo, com 25 denúncias, e Duque de Caxias, com 14, foram os que registraram o maior número de chamadas. As denúncias serão verificadas pelas equipes de fiscalização das zonas eleitorais de cada município. Com base no material apreendido, o Ministério Público Eleitoral decidirá se oferece, ou não, representação contra as pessoas envolvidas. O Disque-Denúncia Eleitoral é uma iniciativa do presidente do TRE-RJ, desembargador Luiz Zveiter. O serviço atende a todo o Estado do Rio, de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, por meio de três linhas telefônicas: (21) 3513-8144 e (21) 3513-8249, que aceitam ligações a cobrar, inclusive por celular, e (21) 3513-8204. O e-mail [email protected] também está à disposição da população para informar possíveis irregularidades da propaganda eleitoral.

Fonte: Ascom/TRE-RJ

Comentar
Compartilhe
Cabral mal na foto; Garotinho, estilingue… e vidraça
01/05/2012 | 02h29

bob

Em seu comentário no Jornal Gazeta (aqui), o jornalista Bob Fernandes opinou ontem (30) sobre as fotos e vídeos divulgados pelo deputado federal Anthony Garotinho (PR) em seu blog. Confira:

"Explosivas as fotos tornadas públicas por Garotinho nesse último final de semana. Explosivo, também, o filme exibido pelo ex-governador do Rio de Janeiro em seu blog. Nesse conjunto de imagens, de 2009, Sérgio Cabral, governador do Rio, está em Paris. Segundo Garotinho, no luxuoso Hotel Ritz. Lá estão Sérgio Cabral, sua mulher, Adriana, e alguns de seus secretários. Inclusive um que hoje está no Tribunal que aprova ou reprova as contas do governo. Estão todos festejando com Cabral. Com eles está Fernando Cavendish, o dono da empreiteira Delta.
A Delta é o coração -ou o cofre- que está na mira da CPI do Cachoeira. Na prefeitura de Eduardo Paes e no governo Cabral, a Delta tem contratos de mais de R$ 1 bilhão e meio. Alguns sendo, agora, rescindidos às pressas.
Perguntas inevitáveis: Quem pagou a conta dessa farra e de outras milionárias viagens de Cabral, Cavendish e os seus? O governo do Rio ou o empresário? A resposta, seja qual for, será um desastre político.
No ano passado a queda de um helicóptero no sul da Bahia jogou luz sobre as estreitas relações entre Cabral e o dono da Delta. Onde Cabral, o Pedro Álvares, descobriu o Brasil, o Brasil começou a descobrir o Sérgio Cabral Filho.
Diz o lugar comum que uma foto vale por mil palavras. Às vezes uma foto diz muito. Até mais do que mil palavras. Mas, às vezes, fotos e imagens não conseguem revelar quase nada do que um fato esconde. Do que um fato realmente "É".
Estas fotos são explosivas porque, nesse momento de CPI do Cachoeira, da Delta e de tantos mais, as imagens se tornam profundamente sugestivas. Não há crime nas fotos e filme. O que há é farto material para investigação. E para a imaginação. Ainda mais quando o denunciante é Garotinho.
Garotinho e sua mulher, Rosinha, já governaram o Rio. Garotinho é, sempre, candidato a voltar ao governo. De volta ao lugar comum: uma foto pode valer por muitas palavras. Essa foto, por exemplo, mostra o denunciante Garotinho numa limusine, em Washington. Seus acompanhantes são o à época prefeito de Miami, Joe Carollo, (à esquerda) e o então Chefe do FBI no Brasil, Carlos Costa (à direita).
[caption id="attachment_10358" align="aligncenter" width="456" caption="Foto: Reprodução/CartaCapital"]foto-Garotinho-Joe-prefeito-de-Miami-e-Carlos-Costa-chefe-do-FBI[/caption]
Garotinho, nessa foto, seguia para a posse do presidente Bush, o Júnior.  Isso no dia 20 de janeiro de 2001. Garotinho foi o único político brasileiro convidado pelo FBI. Ele era o candidato à Presidência da República preferido pela seção brasileira do FBI.
Hoje, Garotinho é denunciante. É estilingue. Quem quiser saber dos tempos em que Garotinho foi vidraça, foi denunciado, é só ir ao Google. As citações, até há pouco, eram 783 mil".
Comentar
Compartilhe
Alerj: Novo embate entre Clarissa e Henriques
08/05/2012 | 05h12

RH_X_CG

Do Informe JB:

Os deputados estaduais Roberto Henriques (PSD) e Clarissa Garotinho (PR) protagonizaram um longo bate-boca na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), nesta terça-feira (08). Clarissa cobrava uma postura mais rígida dos parlamentares em relação à CPI proposta para investigar a relação do governador Sérgio Cabral com o empreiteiro Fernando Cavendish quando Roberto Henriques usou o tempo destinado a outro deputado do PSD para contra-atacar. O helicóptero da discórdia "Eu quero assinar esse pedido de CPI, mas só vou fazê-lo quando a Clarisa ou o seu pai (o deputado federal Anthony Garotinho) me disserem a quem pertence o helicóptero no qual a família Garotinho tem viajado em Campos", atacou Henriques, citando o número de registro da aeronave. Ao ser interpelado por Clarissa, o deputado reforçou as críticas. "A Clarissa se mostra bem semelhante ao seu pai, que não tem respeito por ninguém. Acho que ainda não caiu a ficha de que ela não está mais morando no Palácio Laranjeiras, dando ordens aos garçons, como era nos tempos em que Garotinho era governador". Para contra-atacar, Clarissa lembrou o passado recente de Roberto Henriques na vida política de Campos. "Em Campos, diz-se que Roberto Henriques já amou Mocaiber, já amou Garotinho, ama Cabral e, na verdade, não ama ninguém", disparou, lembrando que o helicóptero usado por seu pai pertence a uma empresa de locação de helicópteros.
Comentar
Compartilhe
Nahim: "O prefeito de Campos é Garotinho"
23/05/2012 | 10h19

nahim

O presidente da Câmara de Campos, Nelson Nahim (PPL), fez um desabafo durante a sessão de hoje. Segundo Nahim, o PPL não vai caminhar com a prefeita Rosinha Garotinho (PR). "Não podemos aceitar certas coisas. A prefeita Rosinha não decide nada. Quem governa é o deputado Garotinho, meu irmão. O prefeito de Campos é o deputado Garotinho. A prefeita não despacha com vereadores e, sinceramente, não consigo apoiar esse governo. Votar em Rosinha é ter mais quatro anos de Garotinho. Se ela fosse a prefeita eu daria um voto de confiança porque ela merece. Mas não é ela que governa", disparou Nahim, que foi além. "Hoje Campos assiste um homem usar a cidade para atender vontades pessoais. Ele quer retornar ao governo do Estado e, para isso, faz de tudo para reforçar as suas bases eleitorais", disse Nahim.

Nahim também afirmou que o governo Rosinha é incoerente. "Eles estão ao lado de pessoas que eram atacadas por Garotinho. Corruptos que foram apontados por Garotinho hoje indicam cargos importantes com objetivo meramente eleitoral. É muita demagogia. Eu tenho pena da nossa cidade e da prefeita Rosinha", frisou Nahim, lembrando do seu tempo na Prefeitura. "Muita gente apostou que eu seria um péssimo prefeito. Fui bem e isso não foi aceito por quem gosta de brilhar sozinho", completou.

Surpresas — Segundo Nahim, muitas coisas podem acontecer. "Não se surpreendam se Chicão deixar de ser o vice. Não sei se Dr. Chicão será útil novamente. Eles já me trocaram em 2008 e podem fazer isso novamente", opinou Nahim.

PTB — Sobre o PTB, Nahim disse que foi procurado diversas vezes por representantes da legenda. "Eles disseram que o PTB estava sendo usado por Garotinho. Mas eu afirmei que já tinha um partido para cuidar", contou Nahim, que rebateu os ataques do ex-vereador Edson Batista (PTB), que o acusou de articular uma espécie de golpe contra o PTB. "Não seja ingrato, Edson. Eu te socorri em 2010 quando você apareceu com as calças nas mãos pedindo ajuda para o deputado Marcus Vinícius, do PTB. Não seja bajulador, Edson. Eu não procurei o PTB para nada. Foi o Edson que me procurou para dizer que Bacellar estaria pegando o PTB. Vossa Excelência foi muito ajudado por mim e por Bacellar e, depois, cuspiu no prato que comeu", afirmou Nahim.

Recado — Após o seu desabafo, Nahim fez um alerta. "Se o deputado Garotinho não me respeitar, me chamar de traidor, eu vou ter que mostrar quem é quem. Não quero briga, só quero ter o direito de ser livre", disse.

Magal: "Não há nada de errado na ajuda de Garotinho" — Segundo o vereador Jorge Magal (PR), líder do governo na Câmara de Campos, a interferência de Garotinho é normal. "Ilsan ajudava Arnaldo, Dona Nélia ajuda Nahim e Garotinho ajuda Rosinha. O que tem de errado nisso?", indagou Magal, que prometeu se esforçar para unir novamente os irmãos. "Gostaria de ver novamente os irmãos juntos. Tanto na política como na família", disse Magal.

Para Nahim, existem diferenças no apoio entre os casais. "No meu caso é diferente. Nélia nunca entrou no gabinete para fazer reuniões com vereadores. Não dá para comparar a minha esposa com Garotinho. Ela jamais faria o que ele faz. Ela é minha conselheira, mas não decide por mim", ressaltou Nahim.

Comentar
Compartilhe
SJB: Neco protocola requerimentos das CPIs
22/05/2012 | 04h12

[caption id="attachment_10709" align="aligncenter" width="300" caption="Foto/TV Sanjoanense"]Foto/TV Sanjoanense[/caption]

Após ter os seus requerimentos indeferidos na sessão de ontem (21), o vereador Neco (PMDB) protocolou hoje (22), na Câmara de São João da Barra, os requerimentos que solicitam a abertura de duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) no Legislativo sanjoanense.O objetivo é investigar nomeações, contratos e gastos com veículos.

De acordo com Neco, como o requerimento conta com as assinaturas necessárias, não há como o presidente da Câmara, Gersinho (PR),  da bancada de oposição, barrar as Comissões. “Eles vão tentar engavetar mais uma vez os requerimentos da bancada governista. Mas não vivemos em uma ditadura. Por isso, se não for liberada na Câmara, com certeza iremos liberar as CPIs na Justiça, através de um mandado de segurança”, explica o vereador Neco.

Ontem (21), durante a sessão, o presidente da Câmara fez uma proposta. “A gente libera as CPIs se os períodos de Neco e Alexandre Rosa na presidência entrarem na investigação", disse Gersinho. Porém, para Neco, se trata de uma jogada política da oposição. “Eles querem politizar o debate. Nós estamos cobrando informações com questionamentos bem embasados tecnicamente. Mas eles só querem saber de picuinha. Falaram até em uma auditoria do meu período como presidente da Câmara. É bom lembrar que isso já foi feito e, se, quiserem, podem fazer mais uma vez. Não tenho nada a esconder”, frisou Neco.

Comentar
Compartilhe
Quem é o pai do semáforo?
07/05/2012 | 03h32
mascote_semaforo

A leitora Carla enviou uma mensagem ao blog comentando sobre a disputa pela paternidade de um semáforo na Padaria Nogueira. Confira:

"Alexandre, gostaria de usar seu blog para fazer um esclarecimento: Moradores do Parque Guarus juntamente com Igreja Católica e Evangélica aqui do bairro uniram-se para pedir a instalação de semáforo na Padaria Nogueira. Um abaixo-assinado passou por todo o bairro. Na semana passada recebemos a notícia, não sei se verdadeira ou não, de que nossa solicitação será atendida ainda este mês. Desde então, vários vereadores e candidatos a vereadores que nada tem a ver com o movimento, se autodenominam “os pais do semáforo”. Gostaria de salientar que esta é uma solicitação já antiga da comunidade, e extremamente necessária, devido aos altos índices de acidentes que ocorrem no local, e que embora na área tenhamos dois vereadores, nenhum deles jamais se prestou a conseguir algo tão simples. O mérito pela instalação do semáforo é todo da comunidade, que se uniu e soube revindicar! Obrigada!"

Comentar
Compartilhe
Cine Blog: Corra que a polícia vem aí!
16/05/2012 | 12h38
[caption id="attachment_10571" align="aligncenter" width="551" caption="Montagem baseada no filme "Corra que a polícia vem aí", dirigido pelo David Zucker e estrelado pelo Leslie Nielsen "]Corra que a polícia vem aí1[/caption] Para conhecer o filme original, clique aqui Para ver outras montagens da série Cine Blog, clique aqui, aqui e aqui
Comentar
Compartilhe
Diretor de TV e campanhas políticas
23/05/2012 | 04h36
[caption id="attachment_10741" align="aligncenter" width="234" caption="Ascom/Prefeitura"]camacho[/caption]

O site da Prefeitura de Campos informa que os amantes do teatro recebem na noite desta quarta-feira (23), às 19h, no Palácio da Cultura, o diretor de Teledramaturgia, Ajax Camacho. Ele vai ministrar palestra intitulada “Técnicas de Interpretação para TV” para os alunos do curso livre de teatro e a comunidade em geral. Na oportunidade, Camacho vai contar suas experiências profissionais e falar da diferença entre os palcos e a TV.

Campanha de Rosinha em 2008 — Porém, o release da Prefeitura não lembra que Ajax Camacho também pode dar algumas dicas importantes sobre campanhas políticas. Na internet, em uma simples busca (aqui) é possível descobrir que ele esteve aqui em Campos na eleição de 2008. No currículo consta: “Campanhas para as Prefeituras de Campos e Cabo Frio, elegendo seus dois candidatos (Rosinha Garotinho e Marquinho Mendes)”.

Será que Ajax Camacho vai participar também da campanha de 2012?

Comentar
Compartilhe
Albertinho: “Bacellar vai apoiar Diego da Nova Rio”
30/05/2012 | 10h57
Albertinho-021-300x282 Após o vereador Marcos Bacellar (PDT) afirmar que o vereador Albertinho (PP) era conhecido como “Menudo de Mocaiber”, o aliado da prefeita Rosinha Garotinho (PR) revelou quais seriam os planos do oposicionista. “O vereador Bacellar vai acabar apoiando a prefeita Rosinha. Digo isso porque ele vai apoiar Diego da Nova Rio, que é aliado da prefeita. Então, acho que Diego pode convencer Bacellar a votar em Rosinha”, disse Albertinho.

Após a revelação de Albertinho, o vereador Marcos Bacellar confirmou a informação e alfinetou o governista. "Tenho um acordo político com ele (Diego) e não vou me estender para evitar campanha fora de hora. Estou abrindo mão da minha candidatura e não tenho vaidade. Já Albertinho faz acordo com Sérgio Cabral, Garotinho, Wilson Cabral, Mocaiber e até com o Diabo", disparou Bacellar.

Informação — Diego, que é pré-candidato a vereador pelo PSB, dá as cartas na empresa "Nova Rio", uma das empresas mais fortes que atuam no governo Rosinha.

Comentar
Compartilhe
Dilson Drummond ou Arnaldo Vianna?
01/05/2012 | 03h14
dilson drummond
Com a nomeação do deputado Brizola Netto (PDT) para o Ministério do Trabalho, o dono da cadeira, Sérgio Zveiter (PDT), pode antecipar a sua saída da Secretaria de Defesa do Consumidor e reassumir o seu mandato parlamentar, antecipando a desincompatibilização para concorrer ao cargo de Prefeito de Niterói. Com isso, não há especulação sobre quem assumiria a cadeira que estava sendo ocupada pelo atual ministro.
No entanto, tudo indica que Zveiter deve permanecer na Secretaria até a oficialização da sua candidatura (junho) e logo a seguir solicitar licença de três meses para participar da campanha, permitindo a ascensão do suplente de deputado e vereador gonçalense, o médico Dilson Drumond, que obteve 51.974 votos na eleição de 2010.
arnaldo
E Arnaldo Vianna? — Em seu blog (aqui) a jornalista Suzy Monteiro fala sobre a possibilidade do ex-prefeito Arnaldo Vianna assumir a cadeira. Porém, ainda não existiria uma definição sobre os votos de Arnaldo. De acordo com o TSE (aqui) ele obteve 53.605 votos e se encontra na lista dos indeferidos. Com essa votação, Arnaldo ficou com a segunda suplência do PDT, na frente de Dilson Drumond (51.974). Agora resta saber se Arnaldo já teria resolvido todas as pendências na Justiça.
Comentar
Compartilhe
Inaugurações em SJB
12/05/2012 | 04h47

O vereador Neco (PMDB), pré-candidato à Prefeitura de São João da Barra, divulgou hoje (12) em seu Facebook as inaugurações deste final de semana no município. “Este final de semana está sendo marcado por inaugurações em São João da Barra. A prefeita Carla Machado e demais integrantes da administração pública municipal estarão na localidade de Cazumbá, no Quinto Distrito do Município, às 19h, para entregar à população, a Praça Thieres Rodrigues dos Santos. No domingo, o Bairro Nossa Senhora de Fátima, na sede do município, recebe a Creche Escola João Rodrigues Pinto, em solenidade às 17h. Construída com recursos próprios e ocupando uma área de 3525 metros quadrados, a Praça conta com quadra de areia, quadra poliesportiva com cobertura, palco, playground mesas de jogos, bancos, jardim e iluminação metálica com superpostes. O espaço fica na área central da comunidade e representa uma importante opção de lazer para toda a população”, contou Neco.

O vereador também ressaltou que a Creche Escola conta com quatro salas de aula, cozinha, refeitório, sanitários com acessibilidade, jardim, pátio e urbanização internos e duas salas para berçário e fraldário. “A nova unidade escolar possui 980 metros quadrados de área construída e conta ainda com salas para professores e para direção. Essa creche escola terá capacidade para atender 230 crianças de zero a cinco anos em horário integral. Até o mês de junho estaremos inaugurando outras três unidades, nas localidades Barcelos, Mato Escuro e Açu. Estaremos presentes mais uma vez para compartilhar com o povo estas conquistas”, completou o parlamentar.

Comentar
Compartilhe
Justiça suspende terceirização da dívida ativa
03/05/2012 | 01h38

decisão licitação

Após ação popular movida pelo advogado José Paes Neto, o juiz Marcos Antônio Ribeiro de Moura Brito, da 3ª Vara Cível, suspendeu, através de liminar, a licitação que visa “contratar uma empresa especializada na prestação de serviços profissionais de assessoramento e consultoria jurídico tributária no levantamento de valores que possam ser recuperados em favor do município ou que possam incrementar a sua receita, bem como na execução das medidas que efetivem tais recuperações ou incrementos”.

De acordo com o advogado, o pregão que estava marcado para hoje (03), às 10h, foi suspenso porque “o valor a ser pago ao vencedor da licitação seria exagerado. Além disso, o juiz afirmou que da forma como redigido o edital, seria aberta uma brecha para terceirização de serviços que deveriam ser exercidos com exclusividade pela Procuradoria do Município”.

Petista havia protestado — Recentemente, ao tomar conhecimento sobre a licitação, a vereadora Odisséia Carvalho (PT) protestou em seu blog (aqui) sobre as justificativas listadas no edital. Uma delas seria de que a Prefeitura recebe poucos recursos. “Se os Procuradores do Município não são especializados na cobrança da dívida ativa, então quem é? E como assim crise econômica?? Como assim escassos repasses dos entes estatais?? A Sra. Prefeita poderia nos dizer onde foi parar o escasso recurso de 1 BILHÃO E 397 MILHÕES DE REAIS repassado no ano passado ao nosso município???”, indagou Odisséia.

Comentar
Compartilhe
Alerj: Oposição quer CPI para investigar Delta e Cabral
02/05/2012 | 09h07

freixo e clarissa

Do Globo:

Os deputado estaduais Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e Clarissa Garotinho (PR-RJ) deram entrada, nesta tarde de quarta-feira, com pedidos de abertura de CPI para investigar os contratos entre o governo estadual e a empreiteira Delta, do empresário Fernando Cavendish, e viagens do governador Sérgio Cabral (PMDB). O pedido de Freixo foi feito por meio de projeto de resolução que, após publicação no Diário Oficial, deverá ir à votação em plenário. A aprovação por maioria absoluta garante a instalação da CPI na Alerj. Paralelamente, Freixo colhe assinaturas em requerimento para a abertura da CPI. No Congresso, não estão previstos os depoimentos de Cavendish e nem do governador Sérgio Cabral.

Comentar
Compartilhe
Pobre Garotinho
11/05/2012 | 05h54

30BRA66

Hoje (11), em seu blog, ao comentar sobre a participação do empresário Eike Batista no próximo Rock in Rio, o deputado federal Anthony Garotinho (PR) deixou claro que a sua situação financeira não é grande coisa. “Até eu se atuasse nessa área de shows musicais e tivesse dinheiro iria querer comprar uma fatia do Rock in Rio”, disse o parlamentar. Recentemente, em entrevista ao CQC (aqui), Garotinho contou que para conseguir comprar o seu carro (um Corolla) teve que financiar em várias vezes.

E você pensando que vida de político era moleza, hein!

Comentar
Compartilhe
Prefeitura: Reajuste de 5,1%?
16/05/2012 | 07h14
salario minimo Segundo nossos informantes da PMCG, a folha de pagamento já está sendo rodada e o reajuste salarial é de apenas e tão somente 5,1%. Fonte: Estou Procurando o que Fazer

Em matéria publicada pela Folha a categoria reivindicou 20% de reajuste.  Em 2011, o governo deu 6,51% de aumento aos 20.853 servidores de Campos entre inativos, pensionistas, empregados públicos celetistas (regidos pela CLT), pessoal da ativa e comissionados, mas esse ano a categoria não quer aceitar reajuste baseado na correção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Em entrevista à Folha, o presidente do Siprosep, Sérgio Azevedo Almeida, disse esperar por um reajuste de 14,13%.

Os municípios de São João da Barra e Quissamã, por exemplo, deram 14,13% de aumento aos servidores em março.

Comentar
Compartilhe
Contribuição Social das Grandes Fortunas
23/05/2012 | 11h26

fortunas1

Está emperrada na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados o parecer da relatora Jandira Feghali (PCdoB-RJ) sobre o Projeto de Lei Complementar 48/11, de autoria do deputado Dr. Aluizio (PV-RJ), que trata da Contribuição Social das Grandes Fortunas.

Este projeto propõe a criação da Contribuição Social das Grandes Fortunas (CSGF) cuja a expectativa é arrecadar anualmente R$ 14 bilhões para financiar a saúde no país. Na condição de relatora da matéria, a parlamentar defende que a arrecadação dessa contribuição seja direcionada exclusivamente para ações e serviços de Saúde e o valor recolhido destinado ao Fundo Nacional de Saúde (FNS). A medida alcança um universo de 56 mil contribuintes brasileiros com patrimônio superior a R$ 4 milhões.

[caption id="attachment_10750" align="aligncenter" width="519" caption="Deputada Jandira Feghali é a relatora do projeto "]Deputada Jandira Feghali é a relatora do projeto [/caption]

Reestruturação do SUS

Em seu relatório, a deputada Jandira Feghali propõe a criação de nove faixas de riqueza em que os contribuintes nelas inseridos ficariam obrigados a pagar a contribuição, cuja única finalidade será financiar o SUS. O texto prevê que contribuintes com patrimônio entre R$ 4 milhões e R$ 7 milhões pagariam uma alíquota de 0,4% sobre esses valores; entre R$ 7 milhões e R$ 12 milhões, 0,5%; entre R$ 12 milhões e R$ 20 milhões, 0,6%; entre R$ 20 milhões e R$ 30 milhões, 0,8%; entre R$ 30 milhões e R$ 50 milhões, 1%; entre R$ 50 e R$ 75 milhões, 1,2%; entre R$ 75 milhões e R$ 120 milhões, 1,5%; entre R$ 120 milhões e R$ 150 milhões, 1,8%; e a última faixa, para aqueles contribuintes com renda acima de R$ 150 milhões, a alíquota seria de 2,1% sobre esse valor.

Mudanças entre parecer e proposta original

Uma das contribuições oferecidas pela parlamentar foi modificar de 9 (nove) para 6 (seis) as faixas de riqueza, entre R$ 5,52 milhões e acima de R$ 115 milhões, e não entre R$ 4 milhões e acima de R$ 150 milhões. A base de dados utilizada pelo autor da proposta e a relatora da matéria foi disponibilizada pela Receita Federal, que adotou como referência o ano de 2008. Segundo o órgão, o universo das grandes fortunas no país está assim distribuído:

? 997 contribuintes com patrimônio superior a R$ 100 milhões; ? 1.327 pessoas declararam ter um patrimônio entre R$ 50 milhões e R$ 100 milhões; ? 5.047 entre R$ 20 milhões e R$ 50 milhões; ? 10.168 entre R$ 10 e R$ 20 milhões; ? 26.206 entre R$ 5 milhões e R$ 10 milhões.

Segundo Jandira, os números explicam porque a contribuição sobre as grandes fortunas recai sobre um contingente reduzido de 38.095 contribuintes. Ela também explica que escolheu a modalidade de contribuição social como uma estratégia para vincular a destinação dos recursos para a Saúde. Se o dinheiro fosse recolhido na condição de imposto, estaria sujeito à livre utilização da União. Segundo Feghali, a expectativa de arrecadação anual é de quase R$ 14 bilhões.

Segundo ela, a iniciativa estimula a construção de uma sociedade mais justa e democrática. “A constituição brasileira já prevê a taxação sobre grandes fortunas como forma de redistribuição de benefícios com o conjunto da sociedade. É assim com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) progressivo, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e até mesmo com a Contribuição à Seguridade Social brasileira”, defende.

A iniciativa do Projeto de Lei foi baseada na legislação francesa, que cobra o Impôt de Solidarité sur la Fortune. O imposto francês é o mesmo que serviu como inspiração para os parâmetros e cálculos definidos das alíquotas de incidência do projeto relatado por Jandira Feghali. Fonte: Assessoria

Comentar
Compartilhe
Justiça obriga Garotinho a retirar fotos do blog
03/05/2012 | 10h36

Agência Estado

A Justiça do Rio determinou nesta quinta que o deputado federal Anthony Garotinho (PR) retire de seu blog, no prazo de 48 horas, as imagens de Jordana Kfuri Cavendish. Mulher de Fernando Cavendish, dono da construtora Delta, ela morreu em um acidente de helicóptero ocorrido em Trancoso, na Bahia em junho de 2011. O blog de Garotinho exibe imagens em foto e vídeo de Jordana ao lado de Cavendish e do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), em viagens pela Europa. O advogado Armando Miceli Filho ajuizou ação em nome do pai de Jordana, Dario Kfuri, pedindo à Justiça que determine a retirada das imagens e o pagamento de indenização pelo uso não autorizado delas.

A Justiça ainda não se manifestou sobre o pedido de indenização, mas determinou a retirada das imagens, sob pena de multa de R$ 500 mil, a ser pago por Garotinho caso exceda o prazo de 48 horas para retirar as imagens. Se a punição for aplicada, o valor será devolvido ao ex-governador quando ele cumprir a decisão. No blog, Garotinho lamentou ter usado a imagem de Jordana. "Todavia algumas situações são fatos jornalísticos contundentes e reveladores", afirmou.

Comentar
Compartilhe
SJB: Garotinho divulga áudio e Carla responde com nota e vídeo
03/05/2012 | 11h57

O deputado federal Anthony Garotinho (PR), que vive seus dias de franco-atirador, divulgou em seu blog (aqui) um áudio para, segundo ele, "abalar a tranquila cidade de São João da Barra". Segundo o dono da "Palavra de Paz", a prefeita Carla Machado (PMDB) teria contratado um capanga para espancar uma mulher chamada Lenilce.

Prefeita comenta — Ao tomar conhecimento sobre a postagem de Garotinho, a prefeita Carla Machado se manifestou por meio de uma nota oficial encaminhada ao blog: "Infelizmente ainda nos deparamos com acusações infundadas deste tipo. Esta história de gravação já foi resolvida há anos, essa falácia é dos anos 90 e nada disso é verdade. O que me admira é ver pessoas que se dizem experientes caírem neste tipo de conversa mentirosa e desqualificada. Vou tomar as medidas judiciais cabíveis contra estas acusações. Eu e Lenilce somos grandes amigas e trabalhamos juntas. A própria Lenilce já teve que desmentir esta história diversas vezes. Isso só vem mostrar o desespero de um grupo político que quer fazer de tudo para entrar em São João da Barra, mas se depara com um trabalho sério e uma aprovação de governo de 87%', disse a prefeita.

Vídeo — Além disso, foi publicado um vídeo no YouTube com a Lenilce, citada no áudio, contando que mantém atualmente uma relação de amizade com a prefeita Carla Machado e que tudo não passa de uma estratégia política para abalar o grupo da prefeita. Confira:

Comentar
Compartilhe
Músicas da semana
26/05/2012 | 01h55
Comentar
Compartilhe
Meninas de Guarus: mais de mil dias de indefinição
17/05/2012 | 08h00
meninas

Quase três anos após a publicação da primeira notícia sobre o terrível escândalo de pedofilia em nossa cidade, continuamos com muitas perguntas e poucas respostas.

Em busca de alguma luz, comecei a fazer uma pesquisa sobre o tema e descobri que entre junho de 2009 e maio de 2012, políticos de todos os grupos se posicionaram, a imprensa cobrou e muitas perguntas foram feitas. Porém, mais de 1.000 dias após a primeira notícia, ainda não temos uma definição…

Prisões, escândalos, fofocas, promessas e espera, muita espera…

Junho de 2009 — A primeira notícia sobre o caso foi publicada pela Folha da Manhã em junho de 2009.  Na ocasião, Leilson Rocha da Silva, conhecido como Alex, foi preso.

Novembro de 2009— Pedofilia, poder, estelionato e boato. Estes foram os ingredientes da entrevista coletiva concedida em novembro de 2009 pelo presidente da Câmara, Nelson Nahim (PR). De acordo com ele, não dava mais para ficar calado. “Minha filha já escutou isso (suspeita de pedofilia e envolvimento de vereadores) na escola. Não dava para me calar”, disse Nahim. O vereador deixou claro que desejava ver os culpados na cadeia e afirmou que alguém poderia estar se passando por ele.

Novembro de 2009 — A revista “Somos Assim” publicou uma matéria sobre crimes bárbaros de pedofilia, prostituição infantil e homicídio. Um homem chamado Leilson Rocha da Silva, conhecido como Alex, preso em junho, teria drogado crianças carentes de Guarus e forçado as mesmas a manter relações sexuais.

Dezembro de 2009 — O então deputado Arnaldo Vianna (PDT) solicitou que a CPI da Pedofilia, aberta no Senado Federal e presidida pelo senador Magno Malta (PR), investigasse as denúncias de pedofilia no município de Campos. Ele fez um pronunciamento na tribuna da Câmara Federal e afirmou que desejava ver os culpados na cadeia.

Dezembro de 2009 — O senador Magno Malta, presidente da CPI da Pedofilia, declarou em rede nacional, durante o programa do Datena, na Band, que visitaria o município de Campos com o objetivo de apurar a existência de uma rede de pedofilia na cidade.

Janeiro de 2010 — A revista “Somos Assim” informou que três meninas incluídas no programa de proteção a testemunhas, reconheceram, por fotos, dezenas de envolvidos. Na ocasião, o promotor Leandro Manhães disse que as investigações estavam quase sendo concluídas.

Maio de 2010 — Alegando estar cansada de esperar pela finalização das investigações dos casos de pedofilia em Campos, a vereadora Odisséia Carvalho (PT) disse que pensava em propor a abertura de uma CPI da Pedofilia na Câmara de Campos. “Vamos entrar em contato com o Ministério Público para saber como estão as investigações”, disse a vereadora.

Julho de 2010 — Em seu blog, o então deputado Arnaldo Vianna  reclamou sobre a morosidade das investigações dos crimes de pedofilia em Campos. Segundo Vianna, o deputado Luiz Couto (PT), que integra a Comissão de Direito Humanos, se colocou a disposição para colaborar. Arnaldo solicitou uma audiência pública em Campos com os Membros da Comissão de Direitos Humanos

Novembro de 2010 — O então deputado federal Geraldo Pudim (PR) citou em seu discurso, na tribuna da Câmara Federal, uma denúncia feita pela vereadora Odisséia. Segundo a petista, existe, em Campos, exploração de menores em hotéis da cidade. Na ocasião, o site “Ururau” entrou em contato com o promotor Leandro Manhães. Ele afirmou que as investigações prosseguem, mas que em segredo de justiça e que havia também uma investigação pelo suposto sumiço de duas meninas.

Junho de 2011 — A vereadora Odisséia Carvalho (PT) informou que, seis meses após a denúncia ter sido feita, o que se tem como resposta é apenas que o processo foi encaminhado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República...

Outubro de 2011 — O blog “Sarcasmo S/A” publicou um vídeo com a canção “Socorro”, interpretada pela Cássia Eller. Novembro de 2011 — Alex, que explorava as Meninas de Guarus foi condenado por outro caso. Abril de 2012 — O jornalista Esdras Pereira lembrou que  "ninguém lembra, ninguém fala, ninguém viu… Parece até que esse terrível e sórdido caso de pedofilia, extorsão, poder, drogas e homicídios nunca aconteceu…"

Comentar
Compartilhe
SFI: PMDB articula "Plano B"
21/05/2012 | 10h30
[caption id="attachment_10683" align="aligncenter" width="409" caption="Foto-Blog do Paulo Noel "]pmdb reuniao[/caption]

Estiveram reunidos ontem (20), em São Francisco de Itabapoana, representantes do PCdoB, PMDB, PSD, PSDC, PPS e PDT no município. A reunião teve o objetivo de decidir os caminhos a serem traçados visando o pleito de 2012. Participaram da reunião a presidente do PCdoB, Adriana Rodrigues, José Armando, do PPS, Nelson Vinagre (PSD), Augusto Alves (PDT), Teté (PSDC) Renato Cunha  (PMDB), além do vereador Sérgio Elias que estaria cotado para assumir a presidência provisória do PMDB.

Com a cassação do prefeito Beto Azevedo (PMDB), que não vai disputar a reeleição, os partidos que caminhavam ao lado de Beto já começam a elaborar um "Plano B".

Fonte: Blog do Paulo Noel

Comentar
Compartilhe
SJB: Após debate sobre CPIs, sessão encerrada
24/05/2012 | 06h08

camara-sjb

A Câmara de São João da Barra voltou a viver seus dias de tensão entre situação e oposição. Na sessão de hoje, que começou por volta das 17h30, o vereador Aluízio Siqueira (PMDB), líder do governo na Casa, questionou a ata da última sessão e afirmou que as CPIs não poderiam ter sido barradas  na sessão da última segunda-feira (aqui) pelo presidente do Legislativo, vereador Gersinho (PR). Segundo Aluízio, os governistas não estão tendo o direito de investigar supostas irregularidades no Legislativo, incluindo suspeita de nepotismo, contratações, nomeações, gastos com veículos e combustível.

Segundo Gersinho, as CPIs estão sendo analisadas pela Procuradoria da Câmara. “A Procuradoria está analisando e o parecer vai ser respeitado. Tudo vai acontecer na hora certa. Temos dez dias para responder”, explicou Gersinho, que continuou sendo questionado por Aluízio. “O Regimento Interno não está sendo respeitado. A CPI deveria ter sido aberta no plenário. Tínhamos as assinaturas necessárias”, frisou Aluízio.

Camarão exaltado — Enquanto Aluízio questionava Gersinho, o vereador Zezinho Camarão (PR) entrou na discussão e, bastante exaltado, disse aos gritos que Aluízio não poderia interromper o presidente. A reação de Camarão foi criticada pelo líder do governo. “O vereador Camarão acha que é o dono desta Casa. Ele grita, faz barulho, mas tem que entender que a Câmara não é dele”, disparou Aluízio.

Sessão encerrada — Após a discussão entre Zezinho Camarão e Aluízio, o presidente da Câmara suspendeu a sessão. A próxima sessão acontece segunda-feira (28), às 17h30.

Medida de segurança — De acordo com a assessoria da Câmara a sessão foi encerrada "por medida de segurança". Vale lembrar que em uma dessas "crises", em junho do ano passado (aqui), o vereador Zezinho Camarão acertou um soco no vereador Alexandre Rosa (PMDB).

Governistas na Justiça — Sem conseguir a abertura das CPIs, o grupo governista vai ao Judiciário em busca de um mandado de segurança. "O presidente da Câmara não pode continuar atropelando a Lei. Isso vai ser relatado na Justiça e com certeza vamos iniciar essas investigações. Hoje, em São João da Barra, a grande maioria da população deseja essa investigação. E é exatamente isso que vamos fazer", diz o vereador Neco (PMDB), deixando claro que não teme qualquer tipo de investigação sobre a sua gestão na presidência da Casa. "Já fizeram uma auditoria em 2009 e continuo dizendo que não tenho medo de investigação", completou.

Comentar
Compartilhe
Bacellar: "Não sou candidato a vereador"
30/05/2012 | 10h25

marcos bacellar

O vereador Marcos Bacellar (PT do B) anunciou hoje (30), na tribuna da Câmara, que não vai buscar a reeleição. “Não sei se vou assumir na Alerj, se vou me candidatar a outro cargo. Mas nessa disputa para vereador eu não entro”, disse Bacellar, prometendo continuar o embate contra o governo Rosinha. “Não estou fugindo da briga. Vou continuar exercendo o meu papel de cidadão. Vou continuar mostrando o que o presidente da Câmara disse. O prefeito de Campos é Garotinho. Um homem que se acha no direito de chamar todo mundo de vagabundo, de ladrão e depois faz um carinho e a pessoa fica boa. Chocolate, quando era de Arnaldo, foi chamado de ladrão de TV. Hoje tá no time de Garotinho. Geraldo Venâncio, um homem sério, também é pupilo. Wilson Cabral, Beto Paixão e Beto do Parque Prazeres. Edílson Peixoto, que era chamado de Tatu. Todos no colo do Garotinho. Ele chama de ladrão e depois dá carinho. Mete o cacete em quem ele quer. Não posso me esquecer do vereador Albertinho, que era chamado por Garotinho de Menudo de Mocaiber", disse Bacellar, lembrando que o ex-presidente da Campos Luz, Sivaldo Abílio, também teria virado aliado do casal Garotinho. "Sivaldo tá no time de Mauro Silva, do PT do B", completou Bacellar.

Sobre o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT), pré-candidato à Prefeitura, Bacellar afirmou que o pedetista incomoda Garotinho. "O deputado Garotinho não suporta ver o brilho de Arnaldo. Por isso, tenta de todas as formas destruir o seu ex-aliado", afirmou.

Vice de Arnaldo? — A declaração de Bacellar sobre a eleição gera especulações sobre o seu destino. Será que o oposicionista vai entrar na campanha de algum candidato a vereador? Será que ele vai ser vice de Arnaldo, seu colega de partido?

Comentar
Compartilhe
SJB: CPI, debate e nova confusão na Câmara
31/05/2012 | 06h22

camara sjbbb

Após a leitura de um requerimento que solicita a abertura de uma CPI para apurar as três últimas gestões da Mesa Diretora da Câmara de São João da Barra, houve uma discussão envolvendo vereadores da oposição e da situação. Mas além dos parlamentares, uma senhora também resolveu protestar e foi advertida pelo presidente da Casa, Gersinho (PR).

Ao notar que ela não iria deixar o local, Gersinho pediu apoio da Polícia Militar (PM). Foi a senha para iniciar uma gritaria no Legislativo. “Se ela não sair a sessão será encerrada”, disse Gersinho.

Para o vereador Aluízio Siqueira (PMDB), coisas absurdas estão acontecendo no Legislativo sanjoanense. "Protocolamos uma CPI na Câmara e eles informaram que teríamos que aguardar um parecer. Agora, eles aparecem com outra CPI. É engraçado. A CPI que eles elaboram não precisa de parecer? A nossa foi protocolada muito antes. Eles não respeitam nada", disparou o vereador governista.

Atualização às 18h40 — Sessão encerrada após a confusão

Comentar
Compartilhe
Dilma é 2ª mãe mais poderosa do mundo
11/05/2012 | 08h40

[caption id="attachment_10516" align="aligncenter" width="300" caption="Dilma com o neto, Gabriel, e a filha, Paula"]Dilma com o neto, Gabriel, e a filha, Paula[/caption]

A presidente Dilma Rousseff é a segunda mãe mais poderosa do mundo, atrás apenas da Secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton. O ranking foi elaborado pela revista estadunidense "Forbes", que considerou o sucesso e a força das matriarcas de acordo com suas atuações em esferas de governo, negócios, entretenimento e filantropia.

A lista estrelada é composta por 20 nomes, entre eles da cantora Beyoncé Knowles (a mais jovem, com 30 anos, um filho e em 14º lugar), a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama (de 48 anos, 2 filhas, em 7º lugar), a presidente da Pepsi, a indiana Indra Nooyi (56, em 3º lugar), a diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, (42, em 4º lugar, 2 filhos), Cristine Lagarde, diretora-geral do FMI (56, em 8° lugar, 2 filhos) e Cristina Kircher (59, 2 filhos, em 13º lugar).

Fonte: Folha de S. Paulo

Comentar
Compartilhe
Enterro simbólico em Santa Maria
28/05/2012 | 05h15

O blog do “L Werneck” informa que alguns moradores de Santa Maria, insatisfeitos com a programação da tradicional festa no distrito, resolveram fazer uma manifestação contra a Prefeitura de Campos, que organizou o evento. De acordo com Werneck, “a programação da festa foi realmente o estopim para tal iniciativa, mas existem na comunidade, segundo eles, várias pendências que foram prometidas pelo atual governo que ajudaram também a muitos a participar efetivamente do ato”.

No Facebook os moradores cobram uma quadra coberta e reclamam de esgoto a céu aberto.

[caption id="attachment_10872" align="aligncenter" width="510" caption="Foto/Blog do L Werneck"]caixão da Prefeitura[/caption]

Comentar
Compartilhe
Magal: "Rosinha vai ajudar a ONG"
08/05/2012 | 11h46

magal

Agora, durante a sessão da Câmara de Campos, o vereador Jorge Magal (PR), líder do governo, explicou que houve uma reunião na noite de ontem com o Procurador Geral do Município, Francisco de Assis Pessanha Filho, o secretário (Governo e Controle) Suledil Bernardino, o vice-prefeito Chicão Oliveira (PP) e representantes da ONG “Orquestrando a Vida”. “A prefeita já deixou claro que vai ajudar. Com certeza, dentro da legalidade, essa ajuda vai acontecer. A diretoria da ONG já foi informada e os meios legais estão sendo buscados. Eu conheço o trabalho maravilhoso da ONG que perdeu alguns patrocínios de empresas e agora precisa dessa ajuda”, informou Magal, que alfinetou a oposição. “Não adianta fazer chantagem. O que a oposição fez para ajudar a ONG?”, indagou Magal.

Comentar
Compartilhe
Prefeitura tenta reverter decisão e liberar licitação
09/05/2012 | 10h31
[caption id="attachment_10470" align="aligncenter" width="639" caption="Trecho da petição encaminhada pela Procuradoria do Município ao Juiz que barrou a licitação"]decisão[/caption]

Após uma decisão judicial (aqui) que barrou a contratação de uma empresa para prestação de serviços profissionais de assessoramento e consultoria contábil-tributária, a Procuradoria apresentou ao juiz seus argumentos para liberar o pregão. Ao blog, o advogado José Paes Neto explica que "na tentativa de obter autorização judicial para poder prosseguir com a licitação, a Procuradoria informou que alterou o edital do pregão para deixar claro que fica vedado  'qualquer tipo de intervenção judicial em favor do Município pela empresa contratada, haja vista que a execução de medidas judiciais cabe exclusivamente à Procuradoria Geral do Município". Além disso, o advogado listou algumas alterações. "O edital foi alterado para reduzir o valor da remuneração devida à empresa que eventualmente seja contratada. Pela nova redação, o percentual máximo sobre a arrecadação do Município destinado à empresa contratada, anteriormente fixado em 15%, seria reduzido para 8%, o que representaria uma economia de pelo menos R$ 3.500.000,00 aos cofres públicos", explicou.

Redução — De acordo com o advogado, a redução do valor representa uma vitória. "Muito embora o Exmo. Sr. Juiz da 3ª Vara Cível ainda não tenha se manifestado acerca dessa petição, e existam outros argumentos aptos a impedir a realização dessa licitação, a alteração do edital já representa uma grande vitória para sociedade, pois os recursos economizados poderão reverter em melhorias para a população. De todo modo, fica uma indagação que merece resposta imediata: Se a terceirização dos serviços pode ser feita por cerca de R$ 4.000.000,00, por que o valor inicialmente proposto girava em torno de R$ 7.500.000,00?", indagou.

Esclarecimentos — No último dia 3 (aqui), o Procurador Geral do Município, Francisco de Assis Pessanha Filho, explicou que o governo municipal não pretendia terceirizar a dívida ativa. "Tenho a mais absoluta certeza de que quando o Município tiver a oportunidade de apresentar, de forma ampla, o real objeto da licitação, essa decisão será revista pelo próprio magistrado prolator ou pelo Tribunal de Justiça. Na verdade, ao contrário do que dito na inicial e nas matérias jornalísticas, trata-se de uma licitação cujo objeto é a prestação de serviços profissionais de assessoramento e consultoria contábil-tributária", afirmou.

Procuradores concursados — Ontem, o blog "Estou Procurando o que Fazer"  publicou uma nota informando que Procuradores concursados da Prefeitura de Campos dos Goytacazes haviam pedido impugnação de edital de pregão que foi suspenso pela Justiça. Para conferir, clique aqui

Comentar
Compartilhe
Pré-sal e a mídia nos municípios produtores
04/05/2012 | 04h45

O "Observatório da Imprensa", programa da TV Brasil, produziu edição especial  sobre os impactos do pré-sal na imprensa do interior. Foram ouvidos jornalistas, professores e diretores de veículos de comunicação em cidades como Campos, Macaé, Vitória e Santos. Confira o programa dividido em quatro blocos.

Fonte: Blog Urgente!
Comentar
Compartilhe
Câmara de SFI vai julgar Beto Azevedo no dia 15
09/05/2012 | 11h41

betoazevedo1

O blog do Paulo Noel informa que o vereador de São Francisco de Itabapoana, Fabinho do Estaleiro, presidente da Comissão Processante (CP) que apura irregulares na área da Saúde, disse em entrevista a uma emissora de rádio que já está pautada para o dia 15 de maio (terça-feira), às 10 horas, o julgamento do processo que vai definir a cassação ou não do prefeito Beto Azevedo (PMDB). "Durante o julgamento cada vereador terá 15 minutos para se manifestar. Depois, o prefeito ou o seu advogado, na defesa, expõe durante 2 horas o que tem a questionar. A partir deste momento, o julgamento entra em pauta e o prefeito só será cassado com a votação dois terços dos vereadores, ou seja seis vereadores dos nove que compõe o Legislativo", informa o blogueiro.

Atualização às 16h — O advogado do prefeito Beto Azevedo, João Paulo Granja, informou ao blog que já foram tomadas todas as medidas para trancar a CP. Segundo o advogado, existem vários vícios na Comissão. "Listamos uma série de vícios e agora vamos aguardar a decisão judicial", informou João Paulo, alegando estar confiante.

Comentar
Compartilhe
CPI: PMDB tenta evitar convocação de Cabral
01/05/2012 | 02h01

Sergio_Cabral_Governador_Rio_de_Janeiro_be_01

Tranquilos até poucos dias atrás com o tiroteio entre PT e oposição, que mantinha o PMDB distante do alvo central da CPI do caso Cachoeira, integrantes da cúpula do partido começaram a se mobilizar no fim de semana para tentar blindar o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e evitar que seja aprovada sua convocação para depor logo no início dos trabalhos. Dirigentes peemedebistas não escondem o desconforto e a preocupação com a superexposição das relações de Cabral com o dono da Delta, Fernando Cavendish, em fotos divulgadas pelo ex-governador e deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ).

A avaliação feita em conversas reservadas era de que a CPI começa a caminhar com as próprias pernas, e que a cúpula do PMDB terá que rever sua estratégia inicial de se manter à margem da CPI que nunca quis. Por isso, apesar do feriado de hoje, o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), chega a Brasília para uma reunião com o presidente licenciado do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e com o presidente da CPI, Vital do Rêgo (PMDB-PB), para discutir como conduzir o caso e não deixar que o foco da CPI extrapole o objeto de sua criação: o esquema Carlinhos Cachoeira, Delta e o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). "O Renan me deu liberdade para agir de acordo com minhas convicções. E minha convicção é que não vou ser instrumento de lutas regionais. Pode tirar o Garotinho da chuva!", disse Ferraço, ontem, ao GLOBO. Preferindo manter-se no anonimato, um deputado do PMDB faz a mesma avaliação que Ferraço: "A CPI começa a ganhar rumo próprio. Quem é que vai convocar o Perillo e o Agnelo e depois botar a cara lá para defender o Cabral? Quem defender Cabral vira alvo. Como que o Renan, que quer ser presidente do Senado, vai defender isso? Só por baixo dos panos", disse.

Nas conversas de bastidores, peemedebistas avaliaram que a situação de Cabral se complicou muito no final de semana com a divulgação dos vídeos e fotos. Mas a ordem interna é não alimentar essa polêmica. "A CPI é para investigar o Cachoeira e as investigações das operações da Polícia Federal. Se tem outras ramificações, lá na frente a CPI terá que investigar. Temos que aguardar o plano de trabalho da comissão para ver onde e o que tem de ligação com Cachoeira", disse ex-líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), ressaltando que não é da CPI. Cabral, que não tem relação estreita com seus partidários no Congresso, está procurando aproximação maior e sondou pessoas do partido para refutar suspeitas de que privilegiou a Delta.

garotinho

Garotinho passa a ser alvo — Após a divulgação das fotos de Cabral, o deputado Garotinho passou a ter o seu passado analisado por políticos e jornalistas de todo o país. Todos querem descobrir se o telhado dele é ou não é feito de vidro. Nesse embalo, uma matéria publicada no "Contas Abertas" informa que, em 2004, Geraldo Pudim recebeu doações de R$ 300 mil da construtora Delta. Pudim recebia apoio maciço de Garotinho – nas eleições seguintes (2006), o slogan “votar no Pudim é votar no Garotinho” o fez se eleger deputado federal.

O blog "Estou Procurando o que Fazer" publicou (aqui) a página que informa a doação de R$ 300 mil ao candidato de Garotinho.

Agora, além de bombardear Cabral, Garotinho vai ter que reservar um espaço para se defender. E ele já mandou um recado em seu blog. "Só quero avisar aqui Cabral que ameaças não me amedrontam. Quem me conhece sabe que sou um homem de coragem, que sempre enfrentei adversários e inimigos poderosos. Se não recuei até hoje, não será por mais essas ameaças de Cabral que vou me acovardar. Digo mais para que todos saibam: Tudo o que já mostrei e o que ainda vou revelar aqui no blog é aperitivo perto do que vou levar para a CPI", disparou Garotinho.

Fontes: O Globo, Contas Abertas,  Estou Procurando o que Fazer e Blog do Garotinho

Comentar
Compartilhe
Alerj de olho na duplicação da BR-101
17/05/2012 | 11h34

henriques-audiência

As comissões de Transportes e de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vão atuar junto ao Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) para tentar agilizar as licenças de duplicação da Rodovia BR-101, no trecho entre Rio Bonito e Campos. A decisão foi tomada em audiência conjunta realizada nesta quinta-feira (17), em que foram recebidos representantes do consórcio Autopista Fluminense, que administra a parte Norte da rodovia desde 2008. Presidente da Comissão de Assuntos Municipais, o deputado Jânio Mendes (PDT) afirmou que será agendada uma ida à Brasília para reuniões com os institutos.

Segundo o deputado estadual Roberto Henriques (PSD), que cobrava um debate sobre o tema desde fevereiro, a audiência foi solicitada porque a execução do cronograma de obras e melhorias, previstas no contrato de concessão, não corresponde às necessidades dos usuários da rodovia, encontrando-se defasado. Durante a audiência, Henriques fez uma série de indagações ao representante da Autopista Fluminense.

Versão da Autopista — Superintendente da Autopista Fluminense, José Roberto Gallo informou que o contrato de concessão prevê a duplicação de cerca de 180 quilômetros. “Dividimos esta obra em três partes e, em duas delas, temos encontrado dificuldade no processo de licenciamento ambiental, pois estão localizadas em áreas de conservação”, explicou Gallo. Segundo o executivo da Autopista, o licenciamento está em andamento e as obras no trecho entre Macaé e Campos encontram-se avançadas, com previsão para entrega de 10 quilômetros de pista dupla já no mês de agosto. Ainda de acordo com Gallo, a expectativa da empresa é que as obras no trecho entre Rio das Ostras e Casemiro de Abreu recebam licença ambiental dentro de dois meses, com início imediato das obras. Já o segundo trecho, que fica entre Casemiro de Abreu e Macaé e atravessa a Reserva Biológica União, deverá levar mais tempo para ser licenciado. “Entendemos a importância da duplicação desta rodovia para o estado. Então, a parceria com a Alerj pode contribuir muito para acelerar este processo de licenciamento”, avaliou.

Também participaram da audiência representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), da Agência Reguladora de Transportes Concedidos do Estado (Agetransp), da Federação das Indústrias do Estado (Firjan) e o prefeito de Macaé, Riverton Mussi (PMDB).

Comentar
Compartilhe
TRE apreende jornal do PR
18/05/2012 | 10h32

jornal

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio pediu ontem (17) a apreensão do jornal "A República". A última edição do veículo, que pertence ao Partido da República (PR) estampa na capa as fotos do governador Sérgio Cabral (PMDB) em Paris com o empresário Fernando Cavendish e outros secretários do governo.  As imagens são as mesmas divulgadas anteriormente pelo deputado federal Anthony Garotinho (PR).

A apreensão foi deflagrada por fiscais do TRE na sede do partido, no Centro do Rio. O próprio PMDB fez a reclamação à Justiça Eleitoral alegando que se tratava de propaganda eleitoral antecipada. Na contramão, o PR justifica que o jornal não pode ser considerado propaganda eleitoral, já que não dá voz a nenhum candidato das próximas eleições, apenas mostra as fotos das festas de Cabral em Paris. "Essas fotos já foram divulgadas amplamente no Jornal do Brasil e na capa de outros grandes veículos. Não há razão para essa apreensão arbitrária. Nós consideramos esse um ato de censura", atacou o secretário-geral do PR, Fernando Peregrino. "Nós, inclusive, tratamos de remover as fotos da esposa falecida de Cavendish, a Jordana, como a Justiça já tinha determinado". Peregrino também informou que vai prestar queixa na 5ª DP (Centro). Segundo advogados consultados pelo partido, a apreensão foi ilegal.

Fonte: Jornal do Brasil

Comentar
Compartilhe