Discurso de Lula no Ato em Defesa da Petrobras (Video do Youtube)
28/02/2015 | 06h44
"Qualquer um tem o direito a não gostar do Lula, mas nenhum de nós pode negar o tamanho de sua história e a importância de seu legado". Zé Armando
Ouçam com atenção este seu último discurso. Vale cada minuto ... [embed]https://www.youtube.com/watch?v=3Ubts4YHGIg[/embed]
Comentar
Compartilhe
Na Igreja Matriz de Nsa Sra. de Fátima
28/02/2015 | 00h23
[caption id="attachment_7845" align="alignright" width="300"]Pr. Crimário Verdan com  grupo de jovens Pr. Crimário Verdan com jovens de sua paróquia [/caption]"Me confesso devedor de muitas estadas à presença de Deus e junto de meus irmãos no cenário sacro da Igreja de Nsa Sra. de Fátima, no IPS; lá onde antes de minha terrena existência, minha Vó Édinha levava seus filhos pra rezar, entre eles meu amado pai, Seu Nilton Barreto. Tem uma fortaleza; parte de mim e dos meus por lá. Meu nobilíssimo amigo Padre Crimário Verdan, agradeço o convite. Vou estar convosco e com os nossos"... Zé Armando
Compartilho os horários das celebrações Horários fixos das Missas no final de semana na Matriz Nossa Senhora de Fátima - IPS Sábado às 19h Domingo às 07h, 09h e 19h, e na Capela de Nossa Senhora Aparecida às 17h. Façamos da nossa Paróquia para que seja sempre uma Comunidade de fé, culto e amor, procurando valorizar o Dia do Senhor! Compartilhe! Eis a nossa obrigação! Que Deus vos abençoe!. Pe. Crimário Tavares Verdan.
Comentar
Compartilhe
Campos é alvo de ações terroristas
27/02/2015 | 13h22
Insanidade absoluta. Esta é a minha opinião sobre todo e qualquer ato ou ação terrotista. Uma informação de um dos líderes fudamentalistas locais acaba de ser divulgada na nova rádio oficial, ele afirma que um grupo de terroristas adversários está se movimentando pela planície. "E é bom que se fique atento, porque se essa coisa de ficar por ai, mês após mês, dia após dia, assoprando na direção dos postes que sustentam os semáforos da cidade de Campos dos Goytacazes, até que eles corroídos e oxidados caiam ao solo amado, isso apenas com os bafos deste novo grupo terrorista, a coisa vai ficar muito ruim; definitivamente isso precisa ter um basta". Imaginem caros leitores. Se os carniceiros do EI, tem conhecimento desta poderosa arma utilizada por esta célula terrorista campista. Contrata o reforço na hora. Pessoal; isso só pode ser coisa de criança. É gaiatísse pura, melhor levar na "brincadeiragem".....
Comentar
Compartilhe
Extremos climáticos devem ocorrer com mais frequência e intensidade em São Paulo
26/02/2015 | 17h58
A variação climática observada na Região Metropolitana de São Paulo nos últimos anos – caracterizada por chuvas intensas concentradas em poucos dias, espaçadas entre longos períodos secos e quentes – deve se tornar tendência ou até mesmo agravar nas próximas décadas. As conclusões são de um estudo realizado por pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em colaboração com colegas das Universidades de São Paulo (USP), Estadual de Campinas (Unicamp), Estadual Paulista (Unesp), de Taubaté (Unitau) e dos Institutos Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e de Aeronáutica e Espaço (IAE), entre outras instituições e universidades do Brasil e do exterior, no âmbito do Projeto Temático “Assessment of impacts and vulnerability to climate change in Brazil and strategies for adaptation option”, apoiado pela FAPESP. Resultados do estudo foram descritos em artigos publicados na revista Climate Research e contribuíram para a elaboração do Atlas de Projeções de Temperatura e Precipitação para o Estado de São Paulo, uma publicação interna do Inpe lançada em 2014, também resultado de projeto. “Estamos observando na Região Metropolitana de São Paulo um aumento na frequência de chuvas intensas, deflagradoras de enchentes e deslizamentos de terra, distribuídas entre períodos secos que podem se estender por meses", disse José Antônio Marengo Orsini, pesquisador do Inpe e atualmente no Cemaden. “Os modelos climáticos projetam que esses eventos climáticos extremos passarão a ser cada vez mais comuns em São Paulo e em outras cidades do mundo e podem até mesmo se intensificar, se forem mantidos o atual ritmo de urbanização e de emissão de gases de efeito estufa”, disse o pesquisador, que coordenou o estudo. Os pesquisadores analisaram a variabilidade do clima da região metropolitana nos últimos 80 anos por meio de dados diários de chuva referentes ao período de 1933 a 2011 fornecidos pela estação meteorológica Água Funda, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo (USP). Do período de 1973-1997, foram utilizados também dados de outras 94 estações meteorológicas espalhadas pela região. As observações indicaram um aumento significativo, desde 1961, no volume total de chuva durante a estação chuvosa, que pode estar associado à elevação na frequência de dias com chuva pesada e à diminuição de dias com precipitações leves na cidade. Enquanto os dias com chuva pesada – acima de 50 milímetros (mm) – foram quase nulos nos anos 1950, eles ocorreram entre duas e cinco vezes por ano entre 2000 e 2010 na cidade de São Paulo. Ilha de calor De acordo com Marengo, as alterações no regime de chuvas em São Paulo podem ser decorrentes da variabilidade climática natural, mas podem também estar relacionadas ao crescimento da urbanização, em especial nos últimos 40 anos, que contribuiu para agravar os efeitos da “ilha de calor” na cidade. Com o aumento da urbanização, o solo da região – antes exposto e com vegetação remanescente da Mata Atlântica – foi sendo cada vez mais coberto por materiais como asfalto e concreto, que absorvem muito calor e não retêm umidade. Com isso, durante o dia o clima fica muito quente e, à noite, o calor acumulado é liberado para a atmosfera. A umidade relativa do ar da cidade é reduzida e a evaporação de água do solo para a formação de nuvens é acelerada, segundo explicou Marengo. “O aumento da taxa de evaporação faz com que mais água do solo seja extraída, deixando-o totalmente seco, como tem acontecido nas regiões dos reservatórios que abastecem a região metropolitana de São Paulo”, disse o pesquisador. “Isso pode contribuir para aumentar o deficit hídrico da cidade”, avaliou. [embed]https://www.youtube.com/watch?v=xSAheAnv0hE[/embed] Projeções climáticas A fim de avaliar possíveis tendências e alterações no padrão de chuvas extremas até 2100, os pesquisadores fizeram projeções de mudanças climáticas de diferentes regiões do Estado de São Paulo, incluindo a região metropolitana, usando uma técnica chamada downscaling. A técnica combina o modelo climático regional Eta-CPTEC, desenvolvido pelo Inpe, com os modelos globais HadCM3 e HadGEM2, criados no Reino Unido e usados pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), para fazer projeções de curto, médio e longo prazo, com uma resolução espacial de 40 quilômetros. “Ela permite fazer previsões climáticas mais detalhadas de regiões do Estado de São Paulo, como o Vale do Paraíba ou a Serra do Mar, que não aparecem em um modelo climático global”, explicou Marengo. O modelo foi rodado pelos pesquisadores com base no cenário 21 SRES A1B de emissões de gases de efeito estufa até 2100, usado pelo IPCC. Nesse cenário climático, considerado intermediário, as emissões de gases-estufa poderão atingir 450 partes por milhão (ppm) e causar um aumento na temperatura global da ordem de 3 ºC até 2100. Os pesquisadores realizaram simulações para os períodos de 2010 a 2040, 2041 a 2070 e 2071 a 2100, tendo como base o período climatológico de 1961 a 1990, adotado como padrão para projeções climáticas pela Organização Mundial de Meteorologia. Os resultados das projeções indicaram que aumentará a frequência e a intensidade de chuvas extremas na região metropolitana de São Paulo e nas regiões norte, central e leste do estado nas próximas décadas. Por outro lado, as projeções também sugeriram um aumento significativo na frequência de veranicos nessas mesmas regiões, sugerindo que as chuvas extremas serão concentradas em alguns dias e ocorrerão entre períodos de seca mais longos, explicou Marengo. “As projeções mostram que haverá um aumento dos riscos de enchentes, inundações e de delizamentos de terra na região metropolitana de São Paulo e nas regiões norte, central e leste do estado”, disse o pesquisador. “As pessoas que moram nessas regiões deverão experimentar um aumento maior de temperatura, assim como mudanças no regime de chuva e secas mais prolongandas”, afirmou. Vulnerabilidade climática Segundo Marengo, uma das razões pelas quais essas regiões do estado poderão ser mais atingidas pelas variações climáticas é o fato de terem maior densidade populacional. Além delas, as regiões do Vale do Paraíba, da Serra do Mar, da Baixada Santista e de Campinas também deverão sentir mais os efeitos das variações climáticas, indicou Marengo. “Os impactos sociais e econômicos do aumento da temperatura, secas mais prolongadas e mudanças no regime de chuva nesses locais deverão ser maiores”, estimou. “No caso da região oeste de São Paulo, por exemplo, onde a densidade populacional é menor, os impactos serão relativamente menores, mas também ocorrerão.” A projeção de aumento da mancha na região metropolitana de São Paulo até 2030, justamente nas áreas mais vulneráveis às consequências das mudanças climáticas, deverão agravar ainda mais o risco de desastres naturais, avaliou o pesquisador. “Os deslocamentos populacionais causados pelas mudanças climáticas não serão só rurais, porque há mais pessoas vivendo nas cidades do que no campo hoje”, estimou Marengo. “Se fenômenos recentes, como a seca em São Paulo, mostram que não estamos preparados para enfrentar os problemas relacionados às mudanças climáticas, os resultados do estudo reforçam que esses problemas só tendem a piorar e que é preciso considerar possíveis estratégias de adaptação”, disse Marengo. O artigo contendo resultados dos estudos Observed and projected changes in rainfall extremes in the Metropolitan Area of São Paulo (doi: 10.3354/cr01160), de Marengo e outros, pode ser lido na revista Climate Research em http://www.int-res.com/abstracts/cr/v61/n2/p93-107/ E o artigo “Rainfall and climate variability: long-term trends in the Metropolitan Area of São Paulo in the 20th century” (doi: 10.3354/cr01241), de Obregón e outros, pode ser lido na mesma revista em http://www.int-res.com/abstracts/cr/v61/n2/p93-107 Criado em 26/02/15 17h44 e atualizado em 26/02/15 17h48 Por Agência Fapesp Fonte: EBC
Comentar
Compartilhe
Sobre contas na Suíça, e sobre uma tribo da planície Goitacá...
26/02/2015 | 06h05
Quem tem um mínimo de memória, deve estar bem lembrado que lá pelos idos de "dois mil e pouquinho", de uma tal conta na Suíça do Auditor da Sec. de Fazenda do ERJ, SILVEIRINHA. Segundo o advogado do próprio, esta conta serviria a financiamento de campanha eleitoral de candidata do PSB ao governo do estado do Rio de Janeiro. O Estadão publicou sobre o assunto. Leia (AQUI) - Faça o que eu digo , mas não faça o que eu faço. - Eita povinho cara de pau... Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Rosinha, Eike e Garotinho discutem potencialidade de Campos ? (Tres meses atrás)
23/02/2015 | 12h45
Faz bem uns quatro meses eu venho me perguntando o que teria levado o então deputado federal Anthony Garotinho e sua consorte prefeita Rosinha Garotinho a trazer na sede da PMCG_Prefeitura Municipal de Campos de Goytacazes o também, "ex", bem sucedido empresário Eike Batista. Não encontro lógica na reunião, nem inteligência ou eficiência em qualquer "dica" que pudesse dar o "ex" dono do Complexo do Açú. Release oficial A prefeita na ocasião distribuiu na mídia o seguinte: - no encontro foram apresentadas as potencialidades do município, “que vive um momento de crescimento econômico sem precedentes nos últimos anos, com geração de empregos formais, atração de novos empreendimentos. Campos cresce impulsionado pelas políticas públicas que estamos implantando, que preparam a infraestrutura da cidade, aquecendo a economia local, e promovendo geração de renda e empregos com inclusão social”. Fala de Eike( ex bilionário) - O empresário Eike Batista considerou o encontro positivo para a definição de caminhos “que permitam agregar valor à economia de matriz agrícola, com aporte de novas tecnologias e insumos, tendo como base a operação dos modernos modais logísticos a partir do Porto do Açu, beneficiando o setor rural com a expansão de perspectivas”. - Fica a pergunta Coincidentemente e, uns poucos meses atrás, e pelo visto, navegando na mesma onda do senhor "X", a "amada" cidade de Campos dos Goytacazes, começa a adernar e inicia seu naufrágio. Então; Hoje, com a justiça apreendendo desde o Iate até o celular do convidado de honra Garotinho e Rosinha; divido com vocês os meus questionamentos; um primeiro seria: o que Sr. Anthony Garotinho Matheus de Oliveira, queria aprender com Eike ? Fica o espaço aberto para as perguntas... Por Zé Armando [caption width="600" align="aligncenter"] Foto do Blog do Pedlovski[/caption]
Comentar
Compartilhe
Ratazanas infestam e levam perigo de mortes a Localidade de Campos dos Goytacazes.
21/02/2015 | 06h54
[caption id="attachment_7820" align="alignright" width="300"]Imagem ilustrativa Imagem da rede[/caption]Serviço pela metade Moradores foram deslocados para as novas casinhas construídas na localidade, ocorre que uma grande quantidade de escombros e lixo, foi deixado para trás nos locais das casa antigas; todas demolidas. Nestes escombros, uma infestação de ratazanas tem deixado intranquilos uma grande parte das famílias. Comentário aqui no Blog Recebemos este alerta através de um comentário aqui no BLOG da COLUNA e hoje fomos lá rever os amigos e ver de perto o que realmente está acontecendo por lá, para nossa tristeza, constatamos que esta situação, vem de mais de seis meses. “Aqui o problema é da vizinhança inteira, os bichos são enormes, realmente de assustar, tem que se tomar cuidado no período da noite para não pisar nas ratazanas, qua andam por todos os locais atrás de restos de comida. Tememos, principalmente por nossas crianças, que antes podiam brincar livres por toda nossa localidade, hoje não deixamos eles soltos pois correm o risco de serem contaminados pelo contato com fezes e urina dos roedores, contraindo doenças que podem ser fatais. Procuramos ajuda, fomos buscar ajuda com o "coordenador" da prefeitura, que é quem representa a prefeita Rosinha, até agora nada foi feito. As ratazanas estão invadindo casas. Não temos sossego nem pra dormir, até porque quando despertamos, encontramos sinais da passagem e dos estragos esses bichos fazem”. Disse um membro da associação de moradores, que pediu para não ser nominado.
Daqui do Blog da Coluna, fazemos o alerta do enorme perigo, e um pedido de urgência na retirada dos escombros que estão servindo de esconderijo e local de proliferação dos roedores, também de imediata ação de desratização na localidade de Ponta Grossa dos Fidalgos. São vidas sendo colocadas em risco por conta de mais um serviço "mais ou menos" da prefeitura de Campos dos Goytacazes. Afinal seis meses para atender um demanda destas é absoluta falta de respeito com a vida humana. Pra não perder o time: " Quem ama de verdade, não maltrata assim !"
Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
os cordeirinhos tem chifres e cospem fogo
20/02/2015 | 07h38
Abertura de contas brasileiras no HSBC suíço teve pico durante privatizações de FHC Maior escândalo de sonegação da história mundial teve pico durante as privatizações no governo Fernando Henrique O escândalo Swiss Leaks vinha sendo repercutido muito mais na Blogosfera. Demorou a chegar aos jornalões e continua sendo ignorado pela Globo. Essa abulia da grande mídia em relação a um escândalo que, em recursos de brasileiros, chega a 7 bilhões de dólares, começou a se tornar inteligível após a divulgação de que um dos depositantes suspeitos é ligado ao PSDB. O dito cujo, conforme vem sendo repercutido pela Blogosfera, é Saul Sabbá. Ele tem relação com os tucanos porque assessorou o Programa Nacional de Desestatização do governo FHC, sobretudo nas privatizações de empresas de energia. O desinteresse da mídia nacional sobre o assunto vinha sendo tão grande que o deputado federal pelo PT gaúcho Paulo Pimenta recorreu ao Ministério da Justiça pedindo investigação das autoridades sobre os brasileiros que figurem nessa lista. Esse desinteresse da mídia tradicional tornou-se suspeito já que as informações sobre o escândalo levantado pelo jornal francês Le Monde foram repassadas ao The International Consortium of Investigative Journalists (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos), que, por sua vez, escolheu o portal UOL para repassar as informações. Contudo, o UOL parece pouco interessado em divulgar nomes. Até o momento, tem se limitado a caçar nomes que de alguma forma possam estar ligados ao escândalo da Petrobrás. Contudo, informações do ICIJ sugerem que os brasileiros envolvidos na maracutaia suíça podem ter relações muito maiores com um escândalo bem mais antigo, as privatizações do governo Fernando Henrique Cardoso. Segundo o que já foi divulgado pela entidade supracitada, grande parte das contas de brasileiros no HSBC suíço foi aberta entre 1988 e 1991. De 1991 a 1997, essa abertura de contas perde fôlego. Mas, a partir de 1997, há um novo pico. Essa forte abertura de contas dura até 2001. Como se sabe, foi a partir de 1997 que as privatizações do governo FHC ganharam impulso. E foi por volta de 2000/2001 que o processo perdeu fôlego. O jornalista investigativo Amaury Jr. acaba de anunciar que se desligou do ICIJ porque a instituição estaria fazendo vazamentos seletivos dos depositantes. Amaury é autor do best-seller A Privataria Tucana. Com mais de 200 mil exemplares vendidos, o livro quase gerou uma CPI, que o ex-presidente petista da Câmara Marco Maia não quis instalar. Agora, o Swiss Leaks pode terminar investigação que o cordato PT não quis fazer, já que as autoridades brasileiras vão ter que esclarecer por que houve um fluxo tão grande de abertura de contas de brasileiros no HSBC suíço justamente no momento em que o governo FHC vendia nossas estatais a estrangeiros a preço de banana.
Comentar
Compartilhe
Não comprem Plano de Saúde da UNIMED RIO
19/02/2015 | 12h44
Do site da ANS vem o alerta que; dentre as 11 operadoras proibidas de comercializar está a UNIMED/RIO_ COOPERATIVA DE TRABALHO MEDICO DO RIO DE JANEIRO. Qual a implicação da UNIMED Campos nesta situação, ela também está proibida de comercializar? Seria relevante, se a diretoria do Plano de Saúde UNIMED, nos trouxesse esta informação. O nosso espaço está aberto. email: [email protected] Planos de Saúde com Comercialização Suspensa
Atenção: Não contrate os planos de saúde listados abaixo. Se receber oferta para adquirir um desses planos, denuncie à ANS.
CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO PARA IR PARA SITE DA ANS_ Agência Nacional de Saúde [caption id="attachment_7811" align="aligncenter" width="800"]A partir de hoje (19), 70 planos de saúde de 11 operadoras estão suspensos por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A partir de hoje (19), 70 planos de saúde de 11 operadoras estão suspensos por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).[/caption]
Comentar
Compartilhe
Os que Dão... (Do Face ao Blog)
18/02/2015 | 07h46
- Alguns dias são especialmentes bons de acordar. Esta quarta feira é absolutamente um destes. Entre uns goles de café forte, abusando do WIFI da Florindo, na Pelinca, esbarro numa rede social, com esta peça magnífica. Esta remexida nas cinzas, pelo imortal José Cunha Filho; faz voláteis às minhas vistas; as Fênix, Medéias, Bobos, amizades, delícias, muitas "traquinagens e traquitudes¹" e as delíciosas bulinagens nas "Fhadinhas juvenis" de nossas memórias momescas, quase recentes. Zé; meu carnaval foi todo "rebrincado" neste seu texto. Isquindô lelê véi...
Os Que Dão... José Cunha Filho - Tô com sono! E medo dos índios! Vambora! - Ainda não passou o último bonde! Vai sair agora o “Deixa que Eu Chuto” com Zazau fantasiado de chinesa, espera mais um bocadinho... - Só se me der mais algodão doce. Era domingo de carnaval? Campos inteira aglomerada na Praça das Quatro Jornadas pra ver passar os cordões, os blocos de índio, a velha Santa Casa iluminada tendo ao lado a Igreja Mãe dos Homens, fechada. Com o padreco escondido numa das torres vigiando os pecadores e, principalmente, as pecadoras a desfilar em carro aberto no corso. Que ia e vinha pelo circuito que incluía a Alberto Torres e a praça principal. Um palmo de coxa a descoberto e... - Vou sair no sujo. Acabaram de formar uma boneca lá no Turfe, tem até porta-bandeira! - Boneca com porta-bandeira, onde se viu? - Pior! É macho e tá levando o estandarte com a pintura de um jacu num toco. O nome do bloco é “Há Jacu no Pau” - Não passa! Nem chega no Jardim São Benedito! A polícia especial prende e baixa o cacete em todo mundo! - Tem nada errado, cabrunco de cara ranheta! Jacu é uma ave, sua besta! Já vi no dicionário. Lá diz que é uma “ave galiforme”. - Sei, explica isso pro locutor da rádio que vai dizer o nome do bloco na hora que ele passar no centro. Se passar... E não é que passou?! O locutor fingiu que não viu. Um farrancho atrás do estandarte, milhares de “clóvis” a bater tamborim, um que outro pierrô a pinicar uma viola de brinquedo e vamos que vamos. Com direito a soldado da policia especial. Capacete branco feito de penico e tudo mais. Batucada, não escola de samba. Atrás, boi pintadinho com condutor repleto de cachaça e direito a paradinha pra alma do boi esvaziar a bexiga. Tome rodouro metálica no ar, colombina de vidro pra cheirar no lenço amarrado no punho, aquele zumbido de fim de mundo, os clarins anunciando os blocos de salão, “Almirantes” do Saldanha, “Caveiras” do Automóvel Clube e era tudo uma festa só. Levava-se hora e meia para atravessar a praça e chegar ao Boulevard. Quem não gostava do carnaval preferia rir com a sessão comédia gigante no Trianon. Com direito a, no escurinho do cinema, trocar a lança-perfume pelo toque macio dos seios úmidos da namoradinha, recém-saídos da espuma do De Millus. Passou. Criaram regras e normas, desfiles oficiais e lá se foi o improviso, a brincadeira, a originalidade, a criatividade. Sumiram, esfumaram-se blocos, escolas de samba, o corso, os ranchos, os cordões, os bois pintadinhos. Durante algum tempo, ainda se brincava sem regras e preconceitos, brigas e furdunços na então tranquila São João da Barra onde não havia desfiles oficiais. Com passeata de mascarados que durava quatro dias e noites, gente indo e vindo pela avenida principal. Em silêncio uns, outros buzinando, alguns de quepe de capitão de fragata braços dados com os vestidos como cafetão de gravata. Confundir dá zebra. Só nos resta torcer e esperar pelo último bloco a desfilar, orgulhoso porta-estandarte a anunciar que “Os Que Dão Vem Atrás”. Virão?
[caption id="attachment_7796" align="alignleft" width="100"]José Cunha Filho José Cunha Filho[/caption] . Jornalista, cronista e escritor imortal da Academia Campista de Letras(ACL) e autor dos livros de crônicas “O Lornhão de Bauxita” (1990) e “Morte na Redação”(2000)
. Traquitudes¹.: Dialeto Gargauês
Comentar
Compartilhe
Prime ambulâncias. Quase 3 meses sem receber e bancando motoristas .
15/02/2015 | 11h07
Domingo de carnaval, ainda pela manhã e eu recebo uma mensagem "in box" no facebook, de uma usuária desta rede social.
" estou escrevendo com meu pai aqui do lado, ele pede pra dizer ao senhor que é mentira o que falaram na rádio esta semana , os pagamentos não estão em dia, nem com a empresa e, nem com todos os funcionários dela, papai é motorista da PRIME das ambulâncias só não sei até quando, pois o que tem conhecimento é que o último pagamento feito a PRIME foi em Novembro, já vai bem pro final de Fevereiro e nada da prefeita Rosinha pagar. O patrão dele está bancando os motoristas, mesmo sem receber, mas pelo que eles ouve lá é que está ficando impossível continuar bancando a prefeitura. seu Zé Papai acha que vão ser demitidos por causa desta situação, o senhor ajuda nós?"
- Amiguinha do Facebook; sou solidário na sua aflição; mas quem sou eu pra interferir numa situação destas, o que vou fazer é o que já fiz aqui neste mesmo espaço uns poucos dias atrás, dar espaço a reclamação. Não ousei e não ouso dizer que o senhor secretário é um mentiroso, prefiro continuar na linha do "equívoco" por lhes terem faltado, com a informação correta e eficiente. Ao nossos leitores; eu informo que estou tentando o acesso ao relatório de pagamento de Dezembro/2014, para a necessária averiguação de ter havido ou não o pagamento pela prefeitura a empresa PRIME. Janeiro com certeza, pelo relatório de pagamentos da Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes, disponibilizado em atendimento a exigência de Lei Federal, no portal da Transparência no site da PMCG, este pagamento não aconteceu. Quem tiver e puder, incluindo o radialista que deu a informação do suposto pagamento a PRIME ambulâncias; nos envie por gentileza o relatório no email do BLOG DA COLUNA; [email protected] Por Zé Armando Leia Também: ” DASdialista deseducativo”.
Comentar
Compartilhe
Chupa o osso
14/02/2015 | 22h58
Acabei de receber informes de que o carnaval em Sta Clara, São João da Barra e Farol está uma maravilha. Póts, depois do Natal nenhuma ocasião é tão imune as discissitudes da vida. Tá tudo bom, tudo maravilhoso, quarta feira vai chegar; "Carnevale" foi embora Chora as cinzas Chupa o osso... Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Lagoa de Campelo - Morte anunciada...
12/02/2015 | 18h36
[caption id="attachment_7804" align="alignright" width="300"]O encontro  foi realizado na Associação de Pescadores do PQ Prazeres O encontro foi realizado na Associação de Pescadores do PQ Prazeres[/caption]Mobilizada pela Rede RIO de Territórios da Cidadania, aconteceu hoje pela manhã(12_02) o encontro para a discussão sobre a falência hídrica da Lagoa do Campelo. Presentes; representantes de seis associações de produtores da Agricultura Familiar e também de líderes dos Pescadores Artesanais, além de getores municipais, entre eles o Secretário de Agricultura de Campos e São Francisco de Itabapoana, a Secretária de Meio Ambiente de SFI, o Secretário de Pesca de Campos, Colônia de Pesca Z-19, além de técnicos das fundações estaduais; FENORTE e FIPERJ. [caption id="attachment_7806" align="alignleft" width="300"]Seis Associações de Produtores Rurais e  de  pescadores estiveram presentes Seis Associações de Produtores Rurais e de pescadores estiveram presentes[/caption]" Cerca de 400 famílias estão sem condições de trabalho por falta de água no entorno do Campelo, que está com 10 % de seu volume normal. Com a impossibilidade de plantio, a oferta de merenda escolar na rede de ensino municipal de Campos em atendimento ao PNAE_Programa Nacional de Alimentação Escolar, poderá ser prejudicada, uma vez que a chamada pública para o fornecimento de diversos itens de hortifrutigranjeiros, seria atendida pelos produtores rurais da Agricultura Familiar dos assentamentos de Campelo". [caption id="attachment_7807" align="alignright" width="300"]A preocupação é com o nível de Campelo que está com 10% de sua capacidade A preocupação é com o nível de Campelo que está com 10% de sua capacidade[/caption]O principal canal de abastecinmento da Lagoa de Campelo é o Vigário que está obstruído e precisando de limpeza urgente. Sem água, Campelo deixará de abastecer o Canal Resende que tem sua foz em Guaxindiba/SFI, que sem seu fluxo normal, acarretará acúmulo de despejos domésticos, na calha e impropriedade para banho de praias no litoral São Franciscano. Também estão prejudicados pescadores do Resende e produtores rurais da região cortada pelo canal Resende e da Praia de Guaxindiba. Os pescadores da Lagoa de Campelo, temem que aconteça uma grande mortandade de [caption id="attachment_7808" align="alignleft" width="150"]A preocupação com a falta dágua na Lagoa de Campelo reuniu pescadores, produtores e autoridades A preocupação com a falta dágua na Lagoa de Campelo reuniu pescadores, produtores e autoridades [/caption]peixes nos proximos dias, agravando ainda mais a situação de penúria que já enffrentam pela escassez do pescado. Na reunião foi indicado o grupo que irá elaborar um documento a ser apresentado em reunião com o Secretaria Estadual do Ambiente, Andre Correa?; nele a solicitação de intervenção imediata, na limpeza do Canal Vigário e instalação de bomba para abastecimento do mesmo. Zé Armando REDE RIO de TC_MDA
Comentar
Compartilhe
PRONA - Partido tem um novo registro em Brasília
11/02/2015 | 12h15
Partido Novo . Um novo PRONA_Partido da Reedificação da Ordem Nacional"" [caption id="attachment_7775" align="alignleft" width="300"]O novo PRONA  ja está está sendo formado  a nível Nacional O novo PRONA ja está está sendo formado a nível Nacional[/caption] A publicação da nova legenda, constou no DOU de segunda feira(09/02/2015). Logo que recebi as informações e descobri quem seria o comandante desta nova bandeira, busquei o contato com o Presidente Nacional Marcelo Vivório, que está em Brasília cuidando das articulações para o registro definitivo, segundo Vivório, seu retorno será amanhã; quando irá nos conceder uma exclusiva, com mais detalhes sobre o retorno do partido no Brasil. Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
" DASdialista deseducativo".
11/02/2015 | 09h30
Uns dias atrás,na data limite do que permitia uma certa decisão judicial, nos oferecem a informação, via ondas do rádio, de que todas as famílias da margem da linha estão acomodadas em suas "casinhas". Alguns moradores andam dizendo que o relato quase oficial, tem uma certa distância do real. Hoje, pela manhã; no "mesmíssimo" programa radiofônico oficioso da prefeitura, respondendo a uma queixa por falta de recebimento de salário, feita por um funcionário da empresa que presta serviço de ambulância, contratada do município; um dos "DASdialistas", afirmou que a empresa não poderia deixar de ter pago, porque recebeu em Janeiro de 2015. O nobre está "equivocado"! Não está no relatório de despesas, publicado na páginja oficial da prefeitura. Então não recebeu ! E; se recebeu foi de outra forma. Existe outra forma de se liquidar compromissos oficiais? Tentei localizar o diretor da empresa citada pelo DASdialista, infelizmente não tive sucesso, mas seus assessores afirmaram que ele não recebeu nenhum telefonema, email, telegrama legal ou sinal de fumaça. A informação é o combustível que move o mundo, se quiser mudar pra melhor, é preciso abastecer onde tenha produto sem adúlteração. Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Muita atividade nas obras da Ponte SFI / SJB
09/02/2015 | 07h06
[caption id="attachment_7756" align="alignleft" width="300"]Pilotis sendo erguidos à margem do Rio Paraíba do Suil Pilotis sendo erguidos à margem do Rio Paraíba do Suil[/caption]Tem que olhar e ver Quem passa na pista, não vê toda a atividade dos operários que constroem os acessos da nova ponte que ligará São Francisco de itabapoana a São João da Barra. Sugiro uma parada; mesmo de longe, se pode observar que o ritmo é eficiente e contínuo, aproximando a cada dia mais ou dois municípíos, que um dia já foram um único. [caption id="attachment_7755" align="alignright" width="300"]Já estão  sendo construídas as Transversinas Já estão sendo construídas as Transversinas [/caption]Desenvolvimento seguirá pela RJ-196 Com a interligação pela RJ-196, vai fazer finalmente acontecer o desenvolvimento em SFI de Itabapoana, virão novas oportunidades e o fortalecimento do mercado de trabalho em todos os seguimentos, em especial para seus jovens; por outro lado, vai dar a SJB as condições de parcerias necessárias ao crescimento com sustentabilidade. Acompanhamos desde os primeiros arranjos entre os prefeitos dos municípios e o governo do estado, faz uns anos e agora com a realidade sendo construída frente aos olhos, é só alegria e motivos pra agradecer aos que fizeram acontecer. Faço justas vênias a todos que lutaram este bom combate e, em especial ao ex governador Sérgio Cabral e ao hoje na administração do estado, Luiz Fernando Pezão; que mesmo contra todos os contrários levaram este sonho antigo do povo de São Francisco e de São João da Barra, a realização. Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
O povo não perdoa - Coluna Comentários 06.02.2015
07/02/2015 | 16h28
[caption id="attachment_7749" align="aligncenter" width="896"]Clique na imagem para acessar a Coluna Comentários na íntegra Clique na imagem para acessar a Coluna Comentários na íntegra[/caption]
Comentar
Compartilhe
Derrota do Planalto - Coluna Comentários 06.02.2015
07/02/2015 | 00h23
[caption id="attachment_7744" align="alignright" width="800"]Clique na imagem para ampliar Clique na imagem para ampliar[/caption]
Comentar
Compartilhe
Dá pra usar as milhagens para Espanha?
06/02/2015 | 23h23
Em passagens que eventualmente serão adquiridas pela agência de viagens contratada pela Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes. Entendam que é apenas uma curiosidade. Num exemplo de uma viagem a um lugar escolhido aleatóriamente tipo; Espanha. Os vereadores que receberam milhas de viagens em férias neste belo país, poderiam descontar na compra de outras passagens? Zé Armando [caption width="590" align="aligncenter"] Imagem da Internet[/caption]
Comentar
Compartilhe
Alô Águas do Paraíba. Água vazando desde ás 6 da manhã
06/02/2015 | 16h23
[caption id="attachment_7731" align="alignleft" width="300"]Anoitecendo e a água está rolando bueiro abaixo. Anoitecendo e a água está rolando bueiro abaixo.
[/caption]- RUA JOAO BATISTA SEIXAS TINOCO, 55 - PQ ESPLANADA - [caption id="attachment_7733" align="alignright" width="225"]Em plena crise hídrica,  vazamento de água, deixa moradores indignados. Em plena crise hídrica, vazamento de água, deixa moradores indignados.[/caption]Dizem que quando uma mensagem é escrita com letras maiúsculas é porque está carregada de brabeza. Sendo assim a moradora desta rua está " fula da vida" com a negligência da empresa responsável pelo abastecimento nesta cidade. É água tratada, e indo pro valão. Tá sobrando água será? Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Fraude em licitação.
05/02/2015 | 06h43
Eu por força das atividades políticas e laborais, visito muitos dos municípios da região. O que mais me salta aos olhos é a facildade com que se direciona os resultados das licitações para atender este ou aquele interesse, esta ou aquela empreiteira, este ou aquele aliado político. Em nossas andanças temos casos de fraudes em licitação comprovados e já com ações penais encaminhadas, ações estas que podem causar até prisões; em outro caso, denúncias de " vícios" nos processos licitatórios já comprovadas pelo TCE RJ, que provocaram cancelamentos de licitações. Vamos tratar caso a caso neste nosso espaço. A gente também quer saber: cadê o dinheiro que estava aqui? Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Chuvisco não...
04/02/2015 | 12h49
Começa a entardecer e as esperanças de uns dias melhores nos acendem. Os olhares se esticam pro céu, e tome a reforçar nas orações: " Deus manda chuva, mais chuva, manda mais e mais chuva. Se o senhor atender; faço esta turma prometer nunca mais escolher errado, ou em troca de trocados". Nesta "planície republicana", chuvisquinho mal feito queremos mais não, já deu dona! Já foi o tempo em que ele era sinônimo de alegria nas festas palacianas. Chuvisco não; queremos é temporal. Por favor Papai do céu. Ouve minhas preces. Esse povo bem que merece. Deixa descer do céu, éu, éu, éu.... Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Secretário afinadinho sô ...
03/02/2015 | 23h01
Carência pluvial Esse negócio de falta de chuva tá deixando todo mundo muito agoniado. Eu, que tenho uma varanda voltada pro Sudoeste com uma vista maravilhosa das montanhas do Imbé, fico numa vigilância alucinada pelas negras e chuvosas núvens que costumavam vir daquela direção, numa de minhas piores fases de abstinência pluviométrica , cheguei a sentir cheiro de terra molhada a uns dias atrás; em um dia que era só poeira e sol escaldante. Hoje a chuva chegou, mansa e doce, feito moça que mexe com o brinquedo, mas quer se manter "moça"; sabe como é né; vai e vem só na brincadeirinha.... Soltanda a alegria em forma de cantoria Parece que tão emocionado quanto eu com a chegada desta chuviscadinha, e ainda quem sabe, influenciado por uns e outros artistas de seu círculo de amizades, o senhor secretário de Agricultura Eduardo Crespo libertou sua felicidade em forma de cantoria. E como rede social, não tem parede, o áudio foi compartilhado e chegou até nossos apurados ouvidos. Sabe de uma coisa, a alegria contagiou. A gente que é da roça, precisa de pouquinha coisa pra ser feliz... E não é, que é afinadinho o moço Crespo... Ouçam o áudio. [playlist ids="7716"] Por Zé Armando
Comentar
Compartilhe
"Mãozinha podre"
01/02/2015 | 21h38
Perdeu de novo. Deu Eduardo Cunha no comando da Câmara Federal... Com a derrota Fernando Chinaglia(PT/SP) quem deu aquele apoiozinho, somou mais uma derrota ao currículo. Tá virando freguês. Terceiro Lugar na eleição Detalhe: por pouco o Chinaglia não encara um terceiro lugar no pleito. O resultado foi - Eduardo Cunha (RJ), ganhou a eleição em primeiro turno na Casa, com 267 votos. O petista Arlindo Chinaglia (PT-SP) obteve 136 votos; seguido por Júlio Delgado (PSB-MG), com 100 votos; e Chico Alencar (PSOL-RJ), com 8. Dois parlamentares votaram em branco. - (http://www.blogs1.fmanha.com.br/bastos/) Mão podre Já nos "preparatórios e ajustórios" para as eleições municipais de 2016, apenas por garantia, seria prudente ficar alí pelos bastidores, largar mão de declarar apoio a este ou aquele nome. Vá lá que seja verdade, esta conversa de Boulevard que a dita "mão boa" esta definhando e virando "mão podre". Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Incompetência tem que ter custo zero!
01/02/2015 | 16h52
Votação urgentíssima. Um decreto da prefeita Rosinha Garotinho, já aprovado em caráter de urgência pela Câmara reduz os valores pagos aos "cento e tantos" nomeados das casas. Uma quentinha paga. Respeitando algumas raras excessões, a maioria desta turma, deveria era trabalhar a custo zero; no máximo a troco de ficar perto do chefe pras bajuladas diárias, mais uma quentinha, que já está paga; afinal boa parte de Dezembro e Janeiro não tinha alunos em sala de aula, o que não impediu a fatura. Como Já tá paga, entrega onde mesmo? Zé Armando
Comentar
Compartilhe