DER/RJ substitui ponte incendiada em Dores de Macabú
31/10/2014 | 17h37
IMG_4219O DER/RJ construiu e, entregou na tarde desta sexta(31) a ponte da Água Preta, na RJ 178; com esta ação restabelece o acesso a Quissamã, via RJ 178, e vice versa, sentido Campos. A antiga ponte também de madeira, havia sido queimada por moradores da localidade na ocasião de um trágico acidente no local. Conversamos no local com motoristas que voltavam a utilizar a ponte, nos falaram de sua satisfação em poder novamente transitar nesta estrada; perguntados sobre o acidente, e o que provocou o incêndio da ponte; eles atribuíram a tristeza, e ao estado de choque em um momento trágico; " acredito ter sido uma grande fatalidade, visto que o condutor do veículo acidentado era usuário cotidiano desta estrada. " comentou Antoninho, um dos motoristas, ainda sobre a nova ponte. Temos a informação que existe o projeto de construção e pavimentação de uma nova rodovia RJ-178/180, que liga Campos a Quissamã, passando por IMG_4214Dores de Macabú, e que segundo o Eng. Ivan do Amaral Figueiredo, Diretor da Residencia de Obras e Conservação do DER RJ, a licitação não aconteceu, porque ainda aguarda o parecer com a aprovação do TCE-RJ. " Esta é uma obra pequena e de baixo custo, mas de uma imensa importância para a mobilidade das pessoas na região, e para o escoamento da produção local, principalmente a leiteira, além da integração destes dois importantes municípios do Norte Fluminense. Por estas preocupações, buscamos esta celeridade. Construímos esta nova ponte de madeira, sabemos que não é o ideal; mas com ela restabelecemos o direito de ir e vir dos usuários desta estrada, que estavam tendo que fazer um contorno de mais de 50 km para chegar a Quissamã e do mesmo modo, para quem precisava ir de Quissamã para Campos. Estive aqui com minha equipe logo que a ponte foi incendiada, ouvimos e entendemos a revolta das pessoas naquela ocasião, fizemos o compromisso de refazer a ponte, e o DER RJ, fez melhor ainda , fez uma nova. Vamos aguardar que a licitação da nova rodovia aconteça logo; para agilizar o início das obras dependemos apenas do TCE RJ !" Afirmou o Dr. Ivan Figueiredo. IMG_4223Presentes ao local o Supervisor SECT/FENORTE/DITEC, Edison Faes, o Engenheiro Carlos Augusto da Coordenadoria Regional do Governo do ERJ, também o Gerente de Área da SECT/FENORTE/DIPROF, Armando Barreto, além do Sr João, que é uma das liderança dos produtores da região de Dores de DNIT RJ NorteMacabú e do Produtor Rural Zé Ribeiro, que estava aguardando um companheiro que veio de Quissamã, para bucá-lo do outro lado da ponte, que ele ainda não sabia estar sendo liberada para o trânsito. Na sua simplicidade ele disse: " que maravilha, quem não é daqui pode até não entender o que é ter de novo a pontezinha, estava difícil esse travessar de um lado pro outro de a pé, com os produtos , e daí seguir viagem em outra condução. " . Redação do Blog
Comentar
Compartilhe
Será; que ela é só um retrato na parede ?
31/10/2014 | 00h00
Será; que estão usando a sede da Prefeitura para reuniões do "marido da prefeita" com vereadores insurretos? Será que é à revelia da prefeita Rosinha, eleita com 167.615 votos, 69,964% dos votos válidos. Será que o marido da prefeita, barganha pra lá, escamba pra cá, naquele lugar, que é de nosso povo? Será que é de verdade, secretaria pra vereadores, cargos ou manutenção dos cargos pros outro, agradinhos pro tal? Será que a coisa vai pra onde ninguém sabe? Será que a sede da prefeitura é um prédio público, que está sendo feito privado? Será que isso é legal? Será Imoral? Será que não cabe a autoridades constituídas, alguma ação? Será; Oposição? Será, independentes? Será, onde e com quem estão? Será que vai alguém fazer alguma coisa? Será que estamos sem prefeita? Será que nem o perfume dela é o que se sente por lá? Será que senhor transformou ela, em só um retrato na parede do gabinete? Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Mais de 74 mil casos de corrupção foram julgados este ano
30/10/2014 | 18h25
De janeiro a julho de 2014, a Justiça Federal e as instâncias estaduais julgaram 74.186 processos relativos a corrupção. [caption width="250" align="alignright"] Foto da Internet[/caption]Segundo avaliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os juízes cumpriram umas da metas definidas pelo próprio CNJ para o Judiciário brasileiro. A expectativa é que até o final do ano os tribunais identifiquem e julguem as ações de improbidade administrativa e as ações penais relacionadas a crimes contra a administração pública. No caso da Justiça Federal foram cumpridas 100% das metas relacionadas aos 8.057 processos ajuizados em 2012, e 75,83% dos processos cujas ações foram distribuídas até 2011. No âmbito da Justiça Estadual, foram alcançadas 35,77% das metas de combate à corrupção, com o julgamento de 50.655 processos envolvendo improbidade administrativa e crimes contra a administração pública. Dos processos que tramitam na Justiça Federal, 13.114 envolvem crimes contra a administração pública, e 2.360 o crime de improbidade administrativa. Fonte: EBC
Comentar
Compartilhe
Campos de Bica seca e bico seco.
29/10/2014 | 18h59
Lei seca 2De bica seca, pois a realidade é de um, digamos; pré racionamento, por conta do estado calamitoso do nosso principal abastecedor, o Rio Paraíba do Sul e; de bico seco, porque uma mega operação da "Lei Seca" está acontecendo por toda a cidade. Então amigão, é o seguinte: Bica seca, porque o Paraíba tá no osso ! E bico seco, porque a fiscalização do " Lei Seca" é osso ! Por Zé Armando R Barreto Comentário, a informação sobre a fiscalização do " Lei Seca " veio do "antenadíssimo" Muilo Dieguez....
Comentar
Compartilhe
Prefeitura faz "obrinha de mentirinha" em Lagoa de Cima. Será ?
29/10/2014 | 00h23
Meus queridos amigos; bem sei que são cinco ou seis, mas certamente um deles deve ter a resposta e, se não souber, teriam um vizinho que saiba? Que tal sair por ai perguntando? - Será que existem obras licitadas, empacadas ou não executadas na "amada" Campos dos Goytacazes? Ato seguinte, abro este espaço para nossos companheiros de sofrimento; Beto e André, moradores de Lagoa de Cima, que andam "embasbacados" com tamanho desleixo e desrespeito dos "gestores públicos" de Campos dos Goytacazes, para com seus concidadãos. Seguem os questionamentos: Alguém teria resposta para esse absurdo? Quem é o responsável pelo canteiro de obra? Que material é esse que foi feito o aterro? Cadê o empreiteiro que recebeu pela obra? Cadê o restante do material da ponte que esta fabricando desde agosto/13? Cadê o respeito com os moradores/eleitores e com o dinheiro público? Quem será responsável por qualquer acidente nessa obra? Cadê a placa com valor da obra e funcionários empregados. Qual a previsão da obra?
Como chegar ao Local: indo pela BR 101 entra em Ibitioca, passa por Pernambuca, antes de chegar ao Yacht Club entrar a esquerda, chegar ao destino é outra história...
Por Zé Armando Barreto Veja as fotos do local... [caption width="599" align="aligncenter"] Acesso a comunidade de Sta Rita em Lagoa de Cima[/caption]
Comentar
Compartilhe
Hora de agradecer ... São Francisco de Itabapoana venceu com Pezão
27/10/2014 | 12h29
Gente simples e boa O povo de São francisco é feito de gente simples; são em boa parte, pescadores artesanais, produtores rurais, trabalhadores e gente que vive do trabalho; um pequeno município que deu o seu recado em voz alta nas urnas: "nós somos PEZÃO !" Muito há que agradecer Foi uma votação expressiva, massiva para o governador Luiz Fernando Pezão; foram 13004 votos contra 6948 do adversário. Pezão recebeu 5769 votos a mais do que no 1° Turno; um detalhe que precisa ser observado é que com o muito bom trabalho do grupo que fez apoio a Pezão desde o início da campanha, somou forças a entrada na campanha de uma boa parte dos eleitores do prefeito Pedrinho Cherene, que receberam do mesmo a indicação para acompanhar desta feita o governador Pezão. Também precisa ser apontado o enfraquecimento do grupo político local do deputado Anthony Garotinho que foi o mais votado no primeiro turno, com 10295 votos e, derrotado, não conseguiu repassar seus votos para Crivella; o detalhe é que o Bispo o tirou do segundo turno; entre estes garotistas, vários vereadores e secretários que insistiram na obediência cega às ordens do como eles mesmo denominam "líder maior " e foram derrotados juntos com Lindberg, Crivella e Cia. Maioria vencedora A absoluta maioria foi vencedora; São Francisco, segue na aliança vencedora com Cabral, Pezão e nas parcerias com o Governo do ERJ. Situação Regional Situação muito semelhante aconteceram em Cardoso Moreira, Italva, Pádua, Varre Sai, Quissamã, São João da Barra e em todos os municípios do Norte Noroeste Fluminense; exceção para Carapebús. Por Zé Armando Barreto (continua)
Comentar
Compartilhe
Crivella e Garotinho nos panfletos que emporcalham as sarjetas .
26/10/2014 | 10h53
[caption width="960" align="alignleft"] Material de campanha do candidato Crivella jogado nas ruas da cidade de Campos dos Goytacazes[/caption]Aproveitando a manhã chuvosa para ver de perto o movimento os locais de votação da cidade, uma para triste surpresa, mutia sujeira de papeis e panfletos espalhados pelas ruas; detalhe é que, apenas material de campanha de Crivella, coladinho com Garotinho e uns poucos com a presidente Dilma, que a gente sabe, está sendo apoiada também pelo "bom menino da planície." Nos perdoem os porcos; as ruas estavam todas "emporcalhadas" e atentos não pudemos deixar de notar que a chuvinha que caía, juntava na sarjeta a papelada e levava pra entupir os bueiros. Amanhã uma " ação emergencial para limpar as bocas de lobo e minimizar as inundações na cidade... Ronaldo Caiado? é que tá certo: "..faz parte do chiqueiro...."
Comentar
Compartilhe
Pesquisa Istoé/Sensus: mostra Aécio na frente , mas em empate técnico
25/10/2014 | 22h07
[caption width="299" align="alignright"] ELEIÇÕES 2014[/caption]Diferente as pesquisas IBOPE e DATA FOLHA que mostraram Dilma(PT) em vantagem absoluta e sem possibilidades de empate técnico. O resultado da pesquisa Istoé/Sensus apresentou intenções de votos para Aécio de 45,7% contra 42% da presidente Dilma. Margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais. Ainda segundo a pesquisa, a rejeição de Dilma é maior que a a de Aécio; 42,5% a 35.3%. Considerando apenas os votos válidos, ou seja, sem brancos, nulos e indecisos, Aécio tem 52,1% do total e Dilma Rousseff totaliza 47,9%. - A pesquisa foi feita entre a última sexta-feira (24) e este sábado (25) com 2.000 eleitores de 136 cidades em 24 Estados do País. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) como BR-01193/2014.- Fonte: R7. Matéria na íntegra (AQUI)
Comentar
Compartilhe
Evangélicos apoiam Pezão contra Crivella da Universal.
24/10/2014 | 13h28
A matéria publicada na revista ÉPOCA, faz uma avaliação minuciosa da do comportamento do eleitor evangélico e aponta que Assembleia de Deus e pastores de outras denominações apoiam Pezão. A Universal, de Edir Macedo, fica ao lado de Crivella. Veja aqui, a matéria na íntegra.
A eleição para o governo do Rio de Janeiro revela uma cisão entre os evangélicos no Estado. De um lado, algumas das principais lideranças evangélicas fluminenses apoiam o candidato à reeleição, Luiz Fernando Pezão (PMDB). Do outro lado, apresenta-se como candidato de oposição Marcelo Crivella (PRB), bispo licenciado da Igreja UNIVERSAL do Reino de Deus e sobrinho de seu fundador, Edir Macedo. A divisão tem pouco a ver[caption width="300" align="alignright"] Edir Macedo, fundador da Igreja Universal. Ele apóia o sobrinho, Marcelo Crivella (PRB), na disputa pelo governo do Rio (Foto: Photo RioNews/Agência O Globo)[/caption] com visões políticas divergentes. Pesam mais a disputa por espaço e fiéis, assim como o ressentimentos de grupos religiosos em relação à Universal, tida como isolacionista. Adversários criticam a igreja liderada por Macedo de promover eventos sozinha, em vez de participar de grandes momentos comunitários evangélicos, como a Marcha para Jesus. Há críticas também ao histórico da Universal de comprar imóveis, assim como horários de TV e rádio, para desalojar pastores de outras denominações. De acordo com o IBGE, evangélicos representam um quarto da população fluminense. Maior igreja evangélica do país, com 12,3 milhões de fiéis, a Assembleia de Deus apoia Pezão. Os principais líderes em defesa da reeleição são os influentes pastores Abner Ferreira, presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus-Madureira, e Silas Malafaia, da Assembleia de Deus-Vitória em Cristo. Valdemiro Santiago, um dissidente da UNIVERSAL que criou a Igreja Mundial do Poder de Deus, também se manifestou a favor de Pezão. A igreja de Santiago tinha 315 mil fiéis, segundo o Censo de 2010 do IBGE. É vista como uma das principais responsáveis pela redução no número de seguidores da UNIVERSAL, que caiu 228 mil, para 1,87 milhão, entre 2000 e 2010. “Eles [Universal] sempre foram afastados, extremamente exclusivistas. Nunca participaram de eventos comunitários, não trabalham em conjunto. Só nesta época de eleição é que querem. Por favor, aí não! Se é para caminhar juntos, vamos caminhar do começo ao fim!”, afirma o pastor Abner Ferreira. “Eles criam essa barreira, absolutamente desnecessária. Há espaço para todos fazerem seu trabalho”. O pastor Malafaia reforça a crítica. “Eles são igreja evangélica na hora da eleição. Fora (desse período), são isolados. Não participam de nada. Na hora do voto, é ‘irmão’?”, afirma. “Todas as lideranças que conheço apoiam Pezão. Abner, Marcus Gregório [da Baixada Fluminense], eu, Valdemiro... não conheço nenhum líder de expressão no Estado do Rio de Janeiro que apoie Crivella”, diz Malafaia. ÉPOCA entrou em contato com a campanha de Crivella e enviou uma mensagem com perguntas sobre a divisão que é tema desta reportagem. A assessoria de imprensa informou que o candidato não responderia questões sobre religião. Em nota, a assessoria de imprensa da Universal afirma: “deve surpreender é o fato de que, apesar de alguns poucos líderes evangélicos estarem apoiando o outro candidato, Marcelo Crivella desfrute de grande apoio e aceitação dos evangélicos em geral, incluindo muitos membros das igrejas dos citados líderes. A verdade é que o povo conhece a índole e trabalho de Crivella.” A assessoria da Universal afirmou desconhecer “tal isolamento” da igreja no meio e citou como exemplo a recente presença de “mais de dez mil pastores de centenas de denominações evangélicas”, em reunião presidida pelo Bispo Macedo no Templo de Salomão. “Só do Rio de Janeiro vieram mais de 700 líderes.” [caption width="299" align="alignright"] Silas Malafaia, pastor da Assembleia de Deus-Vitória em Cristo. Ele dá apoio ao candidato Luiz Fernando Pezão (PMDB) (Foto: Adriana Lorete / Agencia O Globo)[/caption] Voto é contra a Universal, diz Malafaia Questionado se o voto pregado pelas lideranças evangélicas é mais a favor de Pezão ou contra a Universal, Malafaia admitiu: “O voto vai ser contra o que Edir Macedo representa no meio evangélico. É muito mais o voto contra a Universal, de várias lideranças. Não somos trouxas! A Universal é individualista, não estende a mão uma vez. Aí chega a eleição e eles: ‘Meu irmão, meu irmão...’”, diz o pastor. “Nós não somos trouxas. Eles nunca nos respeitaram e agora querem o nosso voto? Não podemos votar em alguém que representa a liderança de uma igreja que não respeita nem seus irmãos”, afirma. O líder religioso reclama do que reputa como uma prática tradicional da Universal, de desalojar pastores de outras denominações. “Um pastor pequeno aluga um cinema em uma área boa; eles vêm e compram o cinema e põem o pastor para fora”, diz. Ele aponta também o que considera uma contradição de Crivella. “O Crivella diz ‘irmão vota em irmão’, mas no primeiro turno nacional, havia dois irmãos, Marina Silva e Everaldo Pereira. E ele apoiou Dilma”, afirma. O pastor havia apoiado Crivella em duas campanhas anteriores, inclusive na última, para o Senado. Após ter ficado neutro no primeiro turno no Rio, Malafaia chegou a criticar as primeiras peças de campanha eleitoral de Pezão para o segundo turno. Em sua visão, elas atacavam a Universal como instituição, o que poderia levantar os evangélicos contra o candidato do PMDB. O alerta foi ouvido e o tom da campanha, modificado. Na última semana, Malafaia gravou depoimento para Pezão em que ataca o candidato do PRB. Estilos distintos e “projeto de poder” A disputa entre os grupos religiosos evangélicos explicita ainda estilos distintos de atuação religiosa e política. Fundada no Brasil em 1910, a Assembleia de Deus caracteriza-se pelos templos numerosos e despojados, espalhados pelo país, frequentemente em casas simples em comunidades pobres e favelas. A Universal, criada em 1977, opta por grandes e faustosos templos em áreas centrais das cidades. Exemplos disso são a Catedral Universal da Fé, com 72 mil metros quadrados e capacidade para 14 mil fiéis, no Rio de Janeiro, e o Templo de Salomão, recentemente inaugurado em São Paulo, ao custo de R$ 680 milhões, com capacidade para 10 mil pessoas sentadas. Na estrutura de poder, a Universal tem comando centralizado, na figura de Edir Macedo. A Assembleia de Deus é descentralizada, com grupos autônomos em cada estado. Enquanto os políticos eleitos pela Universal respondem a um comando único, os da Assembleia de Deus representam várias lideranças evangélicas pelo país. Abner e Malafaia atribuem isso ao que chamam de “projeto de poder” da Universal, concentrada também em eleger representantes para cargos majoritários. “Em 1995, Macedo me chamou para almoçar em sua casa na Barra da Tijuca, uma conversa de três horas, e me disse pessoalmente: ‘Quero fazer um presidente da República. Ainda não tenho a pessoa, o homem.’ E me convidou para ser candidato a deputado federal. Nunca quis, não vou ser candidato a nada”, disse Malafaia. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Universal afirma que “não tem plano de poder, e sim plano de evangelização”. “Até entre os 12 apóstolos houve dissidência. É do caráter humano. O importante é procurar fazer o bem sem olhar a quem — histórico que a Universal e Crivella têm de sobra”, afirma a igreja, no texto. Na última década, a Universal perdeu espaço no campo político. Na legislatura 2004-2007, a igreja tinha oito deputados estaduais na Assembleia Legislativa e cinco federais pelo Rio. Na época, seu líder político era o ex-deputado federal Bispo Rodrigues, considerado um articulador hábil. Ele foi expulso da igreja por envolvimento em diferentes escândalos – foi condenado a seis anos e três meses de prisão por envolvimento no Mensalão e cumpre prisão domiciliar desde setembro. Este ano, a Universal elegeu dois deputados estaduais no Rio e dois federais. A Assembleia de Deus conquistou três vagas federais e cinco estaduais no Rio.
A matéria pode ser acessada no site de origem (AQUI)
Comentar
Compartilhe
" Quer casa bonita na favela, vota no Crivella..."
22/10/2014 | 15h13
Sinceramente eu imaginava que eu já tinha ouvido de tudo, mas nesta, o Bispo Crivella se superou .... Crivella foi um Ministro da Pesca e Aquicultura que não ajudou a produzir um único Lambari Um pastor eleito por sua Igreja Senador, que por este único mérito, recebeu para seu comando o Ministério da Pesca e Aquicultura, saiu, deixou em seu lugar um outro pastor desta mesma Igreja; juntos eles não ajudaram a produzir, em nenhum dos 92 municípios do ERJ, um Lambarizinho sequer; isto, em todo o período a frente do ministério. Vem com esta conversa atravessada de nos dar uma casa bonita na favela, se votar nele. A frase é um menosprezo a inteligência do eleitor ! - Bispo Crivella: " eu não quero casa bonita na favela, não quero nossa gente na favela. O que eu quero é a favela transformada em bairros com infraestrutura e condições ideais de vida para toda a gente deste estado e do Brasil". Ao ouvir da boca de um candidato a governador do meu estado uma sandice destas, me vem à mente que isto já é fruto de sua aliança com um certo candidato derrotado no primeiro turno, que com um "x" mandou fazer a "bonita" obra na Beira Valão em Campos; onde a Prefeita Rosinha Garotinho com um custo absurdo; enfeitou o balde e deixou a "titica" dentro. E aquilo fede, com o verão e o calor, vai feder muito mais... Por estes motivos, e dezenas de outros eu não voto na manutenção da pobreza, não voto no assistencialismo voltado às vantagens políticas pessoais; não voto em Crivella, não voto em Garotinho ! Eu voto no desenvolvimento e na evolução do Estado do Rio de Janeiro. Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Crivella+Garotinho = ?
22/10/2014 | 05h49
O mesmo discurso rábico, ultrapassado do "fora Cabral". No público militantes. De novo; apenas os fiéis, o menino da Lapa em terceiro plano e o Bispo Fazendo um dueto. " Pra mim já deu... Não inspira mais esta gente que não mede nem família, quando o objeto é o poder. Xá pra lá encosto".... (Rose, moradora das casinhas na Tapera) Detalhe: A Dona Rose é membro da IURD !
Comentar
Compartilhe
O Jogo sujo do poder
17/10/2014 | 18h09
Terminada o primeiro turno, com as forças estabelecidas nas urnas, os que foram derrotados começam a se preocupar em como sobreviverão no próximo ciclo. Começam então, com as ferramentas e as forças que ainda lhes restam, as movimentações , as articulações subterrâneas e as conjurações. Jânio Quadros, sincero e enigmático, sempre levantava falas sobre umas tais " forças ocultas". Parece, que na luta pela cadeira é um tipo de luta, com a derrota e o futuro ameaçado dentro da própria estrutura e diante de uma ociosidade eminente; as armas podem ser as mesmas que servem ao " Cramulhão, ao Cavernoso"; que de mestre do mal, se torna apenas aprendiz. É preciso se buscar entendimento no que está acontecendo; o que parece se ver é: vingança, covardia, ódio e estratégias maquiavélicas. E podem também ser os fatos e as verdades expostas em escaras. Avançou no Front; o que preparou a cama de pregos pro inimigo. Tem muita batalha pela frente... Orai e vigiai, atentai aos seus medos e seus fantasmas...
Comentar
Compartilhe
Ponte SFI x SJB - Obras a todo vapor em São Francisco de Itabapoana
17/10/2014 | 03h33
[caption width="640" align="alignleft"] Obras do acesso da ponte SFI x SJB na RJ-196 [/caption] O canteiro de obras às margens da RJ-196(CPS/Gargaú_SFI), já está em plena atividade, nele estão sendo construídos os pilares do acesso viário, no lado de São Francisco de Itabapoana. Quando finalizada a ponte terá uma extensão de 1.344 metros, 16,20 metros de largura e um investimento de mais de 105 milhões. As obras foram iniciadas em junho [caption width="400" align="alignright"] Um sonho de muitos anos está se tornando realidade; um investimento de cerca de R$ 105.000.000,00 do Governo do Estado do Rio de Janeiro[/caption]deste ano e têm prazo de execução de 12 meses.A ponte vai possibilitar a tal sonhada ligação terrestre pelo litoral entre o ERJ e o ES, o que vai promover desenvolvimento ao seguimento do turismo em São Francisco e São João da Barra. .Alguns objetivos das obras da RJ-194/196 e da Nova Ponte e pontos favoráveis a região estão descritas abaixo:
– Facilitar a ligação entre os municípios da região, diretamente, Campos, São Francisco do Itabapoana e São João da Barra, desafogando o intenso tráfego de veículos da BR-101. – Melhorar as condições precárias de tráfego pela via, e pavimentar o trecho ainda em leito natural. – Beneficiar direta e indiretamente mais de 500 mil pessoas. – Fazer o acesso ao futuro Super Porto do Açu. – Promover a interação territorial e incentivar o crescimento econômico da Região Norte Fluminense. – Melhorar e intensificar a ligação viária entre os municípios dos territórios Norte _ Noroeste. – Será via de grande importância para o deslocamento da produção frutífera e agropecuária da Região Norte Fluminense. – Dar suporte as vias secundárias e servir como rota para translado da produção petrolífera da Região Norte Fluminense. – Rota alternativa de ligação entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.
Fotos do local. [caption width="600" align="aligncenter"] Construção do pilar no acesso norte RJ-196[/caption] [caption width="600" align="aligncenter"] A previsão de entrega da ponte é de 12 meses[/caption] Por Zé Armando RBarreto
Comentar
Compartilhe
O uso do cachimbo deixa a boca torta?
16/10/2014 | 13h00
Não há dúvidas que a política de transferência de renda,via bolsas, foi criada no governo FHC, através de dona Ruth Cardoso. O Bolsa Escola, é o embrião do Bolsa Família . Foi num governo do PSDB, Marconi Perillo , que esses programas de transferência de renda foram unificados. No lançamento do Bolsa Família,o próprio Lula faz um reconhecimento especial ao governador de Goiás - como pode se conferir no vídeo abaixo-, atribuindo-lhe a iniciativa. Volto já. [embed]https://www.youtube.com/watch?v=4vCeoPLLUn8[/embed] Esses programas, quando bem gerenciados,têm um alcance enorme e de inclusão indiscutível . É bem verdade, que os desvios- mulher, filho, irmão, protegidos, etc de políticos sendo incluídos neles o descredibilizam. Assim como fazer deles meio de vida. Aproveitar de uma iniciativa espetacular, para fugir do trabalho é um desvio inaceitável.. Aprendi com os doutos da causa, que o programa é emergencial e temporário - "quem tem fome, tem pressa"-, e quanto menos ele durar mais eficiente ele será. Mas não é isso que está acontecendo. O programa só aumenta, numa demonstração clara que a verdadeira e sonhada inclusão através da educação e da qualificação; enfim : LIBERDADE !! não está conseguindo o resultado esperado. Numa recente pesquisa em Campos, quase 70% da população preferiam : menos Bolsa Família, e mais empregos. E pasmem, naqueles que têm renda de 1 a 2 salários mínimos ,o índice era maior. Gonzaguinha, resumiu na letra de sua música "Guerreiro Menino", o sentimento do povo. O trecho diz assim: " um homem se humilha se castram o seu sonho, seu sonho é sua vida. E vida é trabalho. Sem o seu trabalho o homem não tem honra,e sem a sua honra se morre e se mata. Ou será que o conceito acima deu lugar ao dito popular: O uso do cachimbo deixa a boca torta.?
Comentar
Compartilhe
Se você não votou, vai poder votar !
15/10/2014 | 21h39
Eleitor ausente no primeiro turno pode votar normalmente no segundo O eleitor que, por algum motivo, deixou de votar no primeiro turno das eleições, poderá participar normalmente do segundo turno. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cada turno é considerado uma “eleição distinta”. Assim, mesmo que o eleitor não tenha votado ou justificado a ausênca no último dia 5 de outubro, deverá, no próximo dia 26, comparecer à sua sessão de votação e exercer, sem qualquer impedimento, o direito de voto. No primeiro turno, de 115,1 milhões de eleitores aptos a votar, 27,6 milhões não compareceram ou justificaram. Mesmo votando normalmente no segundo turno, o eleitor terá até o dia 4 de dezembro para apresentar justificativa de ausência no cartório eleitoral de sua cidade. O formulário está disponível no site do TSE e deve ser preenchido pelo próprio eleitor. Fonte: EBC
Comentar
Compartilhe
Manifestação paraliza o Centro, em Campos(neste instante)
13/10/2014 | 10h23
Populares revoltados com obras paralizadas do Mercado Municipal e Centro Histórico. Uma enorme massa se movimenta, como pode, pelas ruas do Centro, com panelaço e gritos de: " Garotinho apanhou, a obra parou" e outros. Muita discussão e brigas, a PM está acompanhando. Por Zé Arnando[caption id="attachment_6961" align="aligncenter" width="600" caption="Foto de Nel ( pelo Wattsapp)"][/caption]
Comentar
Compartilhe
"Pesquisa" GERP - O primeiro milagre de Crivella...
11/10/2014 | 15h57
O GERP tá na área Registrou uma no dia 06, com a pesquisa já execução, finalizando em dois dias. Apresentando este resultado impressionante, que apresenta um crescimento de mais de vinte pontos percentuais em apenas dois dias após as eleições do dia 05; onde o líder teve mais de 40% dos votos, contra 20 e poucos por cento do segundo lugar. O detalhe é que a divulgação aconteceu pela rede Record do grupo Record, cujos mandatários estão no comando da Igreja Universal. É justo informar que ainda não haviam sido formados os acordos com PR e PT. Isso é um diagnóstico, no mínimo misterioso; que mínimo; é o máximo, é milagroso ! Tenho um grande amigo que diz que este negócio é sério... Pra quem não acredita em milagres. olha um aí ! Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Tá no sangue !
10/10/2014 | 06h08
Garotinha na platéia O debate da Band, aconteceu no Teatro Oi Casa Grande. Gritos, agitação, parte da risadaria e as manifestações que incomodaram os outros convidados, além do condutor do debate; aconteceram por conta de um pequeno grupo; o detalhe é que este pessoal estava sob o comando de deputada federal recentemente eleita, e filha do candidato derrotado ao governo do estado do Rio, Clarissa Garotinho; só uma coisa me vem à cabeça: Tá no sangue, este DNA " agitador ". Um outro Crivella Durante os intervalos, olhares debochados e modos dissimulados, mostraram um Crivella que a gente não conhecia. Seria o mesmo homem, que poucos segundos antes estava frente às câmeras? [caption id="attachment_6935" align="alignright" width="300" caption="Folhapress"][/caption]Holofotes no Pezão Terminado o debate, a correria dos jornalistas para a entrevista final, mostrou a supremacia eleitoral e a real importância entre os debatedores. Um monte de microfones, câmeras e jornalistas em cima do Pezão e; apenas dois se dirigiram ao Bispo Crivella. Tipo assim 15 x 2 ...
Comentar
Compartilhe
Política e religião: Palanque ou altar ?
09/10/2014 | 12h58
No debate de ontem(Veja OnLine), o candidato vencedor com mais de 40 % dos votos, no primeiro turno da eleição no ERJ, Luiz Fernando Pezão, sugeriu ao seu oponente, Bispo Crivella, não se deixasse contaminar pelo hábito de mentir, do seu agora aliado, Anthony Garotinho. Já era ! Se esta é também prática cotidiana do Bispo Crivella eu não posso dizer, mas em relação a estas conversas fiadas de que não misturam política com religião; os fatos mostram, que eles mentem o tempo todo; andaram e andam por ai, fazendo altares e púlpitos com a "Cruz de Cristo", de palanque eleitoral. Que isso Bispo; esqueceu da onipresença e da onisciência do criador? Se aprende desde garotinho que mentir é pecado, e que Deus está vendo? [caption id="attachment_6925" align="aligncenter" width="960" caption=Política no "altar" em campanha eleitoral de 2012( Rosinha e Daivson recebem apoio do Ministro Crivella) Cartaz no alto à direita..."][/caption]
Comentar
Compartilhe
"Abestado" povo de São Paulo e " alegrado" povo do Rio de janeiro.
06/10/2014 | 12h59
Ei abestado.... O eleitor Paulista, destinou ao Tiririca, uns poucos 1.016.796 votos; vixê maria, é realmente de impressionar a força do palhaço Tiririca nas urnas. Eu, só ficaria mais "abestado" se o Garotinho fosse eleito governador no Rio ! O Rio é lindo ! Parece que o Rio de janeiro vai ficar mais lindo, com a Vitória de Pezão e, a superação de Crivella sobre o Garotinho. Esta derrota, só não aconteceu em Campos em 2008, por conta do adversário ter sido, digamos; menos eficiente. [caption id="" align="alignright" width="300" caption="Foto da internet"][/caption]Onda de alívio na planície Já prevíamos; o que não podia ser previsto é a onda de alívio que passa por Campos dos Goytacazes com a derrota do menino belicoso. Torço de verdade, para que esta derrota lhe traga uma lição de humildade, que passe a tratar a todos, aliados e adversários com mais respeito. Se não, caminha a passos largos pro ostracismo. No mais, é rodar pela cidade e ver a cara de felicidade deste povo. E o amanhã... Em 2016, vai ela ! Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Porque eu não votarei no Garotinho...
05/10/2014 | 03h18
O candidato tem três irmãos e nenhum vai votar nele ! Dizem; e eu imagino que seja pura maldade, que nem a mãe vai votar nele. A família não vota; eu também não voto! Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Crivella mostra que também sabe bater abaixo da cintura
04/10/2014 | 14h43
Material impresso com informações negativas sobre Garotinho e Pezão, está sendo distribuído fartamente por todo o estado do Rio. O que parece é que um Lobo, deixou a pele do cordeiro e mostrou o tamanho de seus dentes. Aqui na garagem, na do vizinho, e do outro vizinho e do .... O vento juntava nos cantos uma boa quantidade destes impressos. Na parte que coube a minha humilde moradia, observando a tiragem de 1.000.000 de exemplares, que consta no panfleto, e numa conta rápido eu diria que este número está subdimensionado ou submensurado; vejam assim: em uma única residência foram jogados cinco exemplares, Campos deve ter umas 120.000 residencias, só por esta conta já se vão 600.000 e aí; quantos seriam nos outros 91 municípios deste estado? Haja papel e, haja dinheiro pra pagar . Vai pra prestação de contas ? Olha aqui no panfletinho, com notas não tão elogiosas aos adversários atuais; [gallery columns="2"] Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
" Obrigado Prefeita Rosinha Garotinho"... Coluna COMENTÁRIOS de 03.10.2014
03/10/2014 | 17h51
[caption id="attachment_6891" align="aligncenter" width="600" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA MELHOR VISUALIZAR"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Cadê o Santiago Andrade; meu caro professor ?
02/10/2014 | 06h18
" Cadê o Amarildo? " A pergunta colocada estrategicamente ao final da fala do professor, no debate da Rede Globo, tinha a clara intenção impactar com um assunto que foi pauta mundial, apenas para ganhar a atenção e os holofotes. Bingo; ele está tendo seus minutos de fama. Mas a nossa memória recente, nos enviou esta ai abaixo:
Desmascarados: Marcelo Freixo e o PSOL por trás dos ativistas que feriram o cinegrafista da Band Postado Por: Marcos Paulo Goes " ...Estes indivíduos se dedicam na realização de praticas de crimes e desestabilização, sob pretexto de serem "manifestantes". Eles depredam, invadem propriedade privadas, ameaçam, intimidam e procuram atacar a polícia, como autênticos marginais..."
Também o G1, levantou essa suspeita sobre os Arautos da conversa fiada. Leia (AQUI) Estagiário de advogado diz que ativista afirmou que homem que acendeu rojão era ligado ao deputado estadual Marcelo Freixo Pois é Hipocrisia pura desta turma que se junta pra vender o que não são. Que destroem patrimônio público, particular, moral, apenas para satisfazer seus interesses políticos pessoais.. Diz ai professor: Cadê Amarildo, cadê Santiago, cadê ? Ainda tem a situação ilegal de terem suas campanhas eleitorais, patrocinadas por sindicatos.... levantado no mesmo debate pelo candidato Pezão . É pra rir; ou pra chorar? Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Murillo Dieguez

[email protected]