Se for beber dirija-se......
30/05/2014 | 13h07
[caption id="attachment_5969" align="alignleft" width="300" caption="Escritório pronto, esperando os trabalhadores " notúrnicos ""][/caption]Nós acompanhamos toda a emoção e empolgação do Fabiano Barros Terra, o querido amigo Terrinha, na remontagem deste pequeno paraíso; não sozinho, tinha uma renca¹ de gente boa em volta, mas os "starts", eram todos dele. A inspirar a arte pura, terna e singela da artista plástica Vvv O Terrinha é moleque bão ! Um amigo de fé, de pescarias, de risadas, de muita galhofada, de grandes viagens e de homéricos porres; dele, "porque eu se já bebi e ferrei, algum dia, sinceramente não me lembro!" Terrinha é um destes seres eternos, seres professores inigualáveis, entes guias incansáveis na arte de multiplicar e aglutinar amigos. Ontem eu liguei pro Dado, hoje o comandante do "Botequim Espaço +Q Perfeito", só pra confirmar que ele estava lá naquele epicentro de energia cósmica, positiva e vital; e me dirigi para a rua Riachuelo pra beber a alegria de ter amigos, como; Tigrão, Dado, Terrinha, Bilé, Luciano(São Nunca), Tai, Pope, Abraão, Vovô, Eduardo, Niltinho, Marcelinho, Castro, Cabeludo, Luisinho, Renato Santiago, e dezenas de muitos que devem se sentir citados aqui. Um brinde, a amizade, a boa folia. De hoje pra adiante, se for pra beber a alegria, já sei pra onde dirigir.... Já fechamos pra próxima eu e Terrinha e Dado. E ai; tem parceiro ? ¹ Renca: grande quantidade de algo ou; alguma coisa Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Horário Eleitoral - Coluna Comentários - 30/05/2014
30/05/2014 | 12h01
[caption id="attachment_5954" align="aligncenter" width="1187" caption="Clique na imagem para ampliar"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Mamógrafo Móvel do Estado, chegará dia 20 de Junho a São Francisco de Itabapoana
29/05/2014 | 16h34
[caption id="attachment_5939" align="alignright" width="300" caption="As mulheres não podem se descuidar da saúde, por isto, recomendamos a todas as moradoras da região que venham fazer exames"][/caption]O equipamento ficará estacionado nas imediações do Centro Municipal de Fisioterapia, permanecendo até o dia 09 de julho. . Para agendar o exame, o paciente deverá se dirigir ao Departamento de Regulação no Hospital Manoel Carola, com o pedido médico e cópias dos documentos pessoais. [caption id="attachment_5941" align="alignleft" width="300" caption="A unidade móvel ajuda no trabalho de prevenção não só do câncer como também de outras patologias da mama, e ainda facilita a realização de exames para pessoas que não têm acesso às unidades que oferecem o serviço"][/caption]. O atendimento acontecerá de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados e feriados, das 8h às 15h. No período, estarão disponíveis exames de mamografia e ultrassonografia de caráter eletivo, através do encaminhamento prévio da secretaria de saúde do município. O aparelho tem capacidade para realizar, diariamente, cerca de 60 mamografias e 30 ultrassonografias, além de 25 biópsias semanais. Os exames duram 20 minutos em média. As secretarias municipais de saúde são as responsáveis pelo agendamento, pelo repasse de informações preparatórias para a realização dos exames, assim como pela entrega dos resultados, que acontece em até 15 dias. Mais de 2.000 exames Inaugurado em janeiro deste ano, o Mamógrafo Móvel já realizou 2.190 mamografias e 828 ultrassonografias, beneficiando mais de 2.000 pacientes em todo estado. A unidade móvel foi inspirada nos Tomógrafos e Ressonância Magnética Móveis, projetos da SES que já realizaram, juntos, mais de 120 mil exames desde 2009. Assim como nos dois serviços, o Mamógrafo Móvel foi instalado numa carreta especial que é composta por dois mamógrafos, um aparelho de ultrassonografia e sistema informatizado que permite a avaliação e a liberação do laudo na unidade. Com informações de Ascom PMSFI/ImprensaRJ
Comentar
Compartilhe
Portal reúne dados sobre crianças e adolescentes fora da escola
28/05/2014 | 22h53
Mais de 3,8 milhões de crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos estão fora da escola. Esse é o alerta da página inicial do portal Fora da escola não pode! do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em parceria com a Campanha Nacional pelo Direito à Educação. O portal foi apresentado hoje (27) no 6º Fórum Nacional Extraordinário dos Dirigentes Municipais de Educação. No evento, vários secretários puderam consultar os dados do acesso escolar de seus municípios, e alguns viram os números pela primeira vez. O portal usa os microdados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e outras pesquisas e mostra, em cada município, quantos estão fora da escola e quem são essas crianças e adolescentes, de acordo com idade, sexo, cor/raça, renda familiar e nível de instrução dos responsáveis. O site traz ainda exemplos de como combater o problema e instituições às quais se pode recorrer, como conselhos tutelares, Ministério Público e organizações da sociedade civil. Leia mais notícias de Educação no Portal EBC A secretária de Educação de São José de Piranhas (PB), Fabiana Alves Inácio Ferreira, foi uma das que teve acesso aos números pela primeira vez. "Foi importante me deparar com essa realidade. O município precisa de um olhar mais apurado para resgatar essas crianças", disse. O desafio de Fabiana é incluir 383 crianças, 7,8% da população entre 4 e 17 anos. No município, a maior parte das crianças fora da escola tem renda familiar de até meio salário mínimo (80,2%), é negra (61,8%) e mora no campo (52,6%). Fabiana pretende acionar os agentes comunitários de saúde para ajudar a resgatar quem se afastou ou nunca entrou na escola. "Nosso maior problema são escolas multisseriadas, que não têm um atendimento especializado", avalia. Em todo o país, os municípios enfrentam problemas em duas fases extremas, na pré-escola e no ensino médio. De 4 a 5 anos de idade, 1.154.572 (30% dos excluídos) estão fora da escola. A etapa é de atuação prioritária dos municípios. De 15 a 17 anos, 1.725.232 não estão nas escolas ((44,8% do total dos que estão fora). A fase é de atuação prioritária dos estados. Por lei, o acesso deve ser universal até 2016. Outra fase que preocupa os gestores é o atendimento das crianças até os 3 anos de idade em creches, que pelo Plano Nacional de Educação (PNE), em tramitação no Congresso Nacional, deve chegar à metade dessa população em dez anos. Atualmente, 23,5% tem acesso à creche, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2012. Em Cachoeira dos Índios (PB), são duas escolas para atender às crianças até os 5 anos. Uma é improvisada, no campo, e tem 20 alunos. Outra, ainda está em construção, mas tem 100 alunos. “Era para atender a todos de 4 e 5 anos, mas não cabe. Senão não atendemos creche”, disse a secretária de Educação, Eliana Cândido. Ela também teve acesso aos dados pela primeira vez, mas disse que o município já solicitou aos agentes de saúde e ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome um levantamento mais atualizado. A subsecretária de Educação de Cotia (SP), Janilda Matos, disse que o município mantém um controle dos dados e que, para eles, os dados de 2010 são desatualizados. O problema da creche, no entanto, também não foi resolvido. Este ano, 3 mil crianças pleitearam uma vaga e não conseguiram. No município, há sete centros de educação infantil em construção, que devem ficar prontos em 2015. No site, os gestores podem fazer o download de materiais e compartilhar informações do município. “Queremos lançar um desafio a vocês, não como gestores de educação, mas como lideranças na comunidade, de ajudar a combater a exclusão escolar e mudar essa realidade”, disse o representante do Unicef no Brasil, Gary Stahl, dirigindo-se aos gestores na abertura do fórum. O 6º Fórum Nacional Extraordinário dos Dirigentes Municipais de Educação vai até sexta-feira (30) e reúne mais de mil dirigentes municipais de educação. *A repórter viajou a convite da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) Editora: Luana Lourenço Fonte: EBC
Comentar
Compartilhe
Cabral socorre Garotinho, que não dá nem um obrigadinho...
28/05/2014 | 12h39
Muito obrigado Cabral E nem mesmo, "um muito obrigado" pela atenção a demanda municipal, que foi imediatamente atendida pelo governo do estado do Rio de Janeiro. Eu faço pelos que precisam do atendimento pelo aparelho, um muito obrigado Cabral, Pezão e a todos que idealizaram este programa. Detalhe: "programa de governo , não é assistencialismo, e é pra vida toda, basta que se perpetue a boa, e salutar intenção política de continuar sua execução." No dos outros é tiro. porr........ Se fosse ao contrário; era "tiro, porrada e bomba" no Cabral ou no Pezão e, já estaria o feito, sendo divulgado em centenas de blogs, nos jornais, supostamente do deputado e nas suas supostas rádios e Tvs como: "a maior ação humanitária do último século." [caption id="" align="alignright" width="390" caption="imagem de arquivo"][/caption]Gestão mais ou menos da saúde em Campos Entendemos que o estado apenas continua cumprindo as suas obrigações de estado, esta em especial, em socorro a gestão municipal da saúde de Campos dos Goytacazes, que parece; não estar cumprindo eficientemente as obrigações da gestão municipal. Atente-se e ou, observe-se, a esta " importação da peça", para o equipamento de imagem do HFM; pois que se é verdade o que dizem as vozes das ruas; nesta Campos; "delezinho e delazinha"; nada é por acaso ou é de graça ! Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Marco um (X) no " Consórcio Planície na licitação pro transporte urbano
26/05/2014 | 23h12
Poderiam dizer que é premunição, uns outros diriam ser possivelmente uma informação privilegiada. Mas que nada, largue mão, é um palpite apenas, afinal logo será Junho, mês de São João.
Comentar
Compartilhe
Você pode ser herói de alguém - DOE SANGUE
26/05/2014 | 17h39
Campanha "Sangue Bom" Realizara-se neste próximo Sábado (31), as 14:30 h, a primeira edição da campanha “Sangue Bom”, que tem como meta o estímulo a doação de sangue para o Hemocentro Regional - Hospital Ferreira Machado, o baixo estoque é uma constante e, é muito comum a falta de bolsas de sangue no Hemocentro que atende toda a região Norte e muitas vezes Noroeste do estado do Rio de Janeiro. O HFM é hospital de referencia regional, integrado ao SUS – Sistema Único de Saúde, sendo o maior hospital da nossa região, o que gera uma grande demanda por sangue. Juventude mobilizada Alguns jovens de nossa cidade, resolveram promover esta campanha com o objetivo de disseminar o hábito de doação de sangue no dia-a-dia da comunidade, informando e sensibilizando sobre a importância deste ato que salva vidas. Participe: " você pode ser o super-herói de alguém. " Convida o jovem Jean Paul R. Haddad.
Comentar
Compartilhe
Dividir para dominar. Isso é em Campos !
26/05/2014 | 13h27
Ainda nos feudos Foi assim durante todo período colonial, e parece que o tempo não passou, pois é assim no atual de Campos dos Goytacazes. Sucateamento estratégico É assim na necessária reestruturação do transporte urbano do município. Já se vão, cinco anos, minando as forças das empresas locais, sugando lhes as energias e condições de sobrevivência, com exceção de uma e, esta ainda tem forças pra levar a licitação de hoje em sua total abrangência. Maquiavel perdeu Uma coisa eu garanto: mesmo se der boa; com o que se pode ver de contendores debilitados e moribundos; vai dar ruim no final. - Maquiavel perdeu essa ! Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
- "Homem honesto não põe a sua assinatura em um contrato com a empresa Julio Simões"-
25/05/2014 | 02h23
No título; pequeno trecho do discurso proferido em sessão plenário pelo excelentíssimo deputado federal Anthony Garotinho.(AQUI) . Devo dizer, que concordo que as irregularidades mencionadas, se provadas, devam ser devidamente punidas pela justiça. Bem, sem mais delongas, vou deixar aqui duas perguntas: 1- É honesta quem mantém a assinatura em um contrato irregular(AQUI), mesmo depois de receber as comunicações do TCE/RJ, informando o fato? R.: (Apenas responder a primeira) 2. O que é ser honesto, senhor ? R.: Por Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Propaganda eleitoral ilegal, qual ?
24/05/2014 | 20h50
[caption id="" align="alignleft" width="215" caption="imagem de internet"][/caption]Para todo o lugar onde se olhar, se ouvir e ler, tem campanha eleitoral massiva, explicita e ou subliminar. Só a justiça eleitoral, que é cega , não vê ! E se vê, e repreende; na corrente processual que se segue, pelo meio do caminho ou até no final do caminho, alguém monocraticamente e, sempre às vésperas de, ou aos finais de semana, percebe para não ver. Ai eu lhes pergunto: falar o que? Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Porque o choro, Zé ?
24/05/2014 | 05h33
É dom ! De quem entende e compartilha das agonias alheias. De quem é sensível as necessidades de todos. De quem também busca a percepção das soluções para o coletivo De quem não quer só 'eu' De quem alimenta o 'nós' De novo amanheceu e, eu me vi a meio caminho de chorar Penso que é por ter me desviado das muitas pedras Umas que me atiraram, outras que topei pelo caminho Sou Homem de chorar sofrido, quando a vitória não vem E chorar inebriado de felicidade, quando os obstáculos são vencidos Sou Homem que sabe ter menos lágrimas no choro Porque um único homem, teve em seus olhos, todas as lágrimas do mundo. Grato senhor, por ter me ensinado e permitido; chorar até aqui ! Zé Armando
Comentar
Compartilhe
Encontro da Rede Nacional de Colegiados Territoriais se encerra com leitura da " Carta de Salvador".
22/05/2014 | 22h58
[caption id="" align="alignright" width="386" caption="... - o documento “é uma carta política, é uma prática de governança, representa nossos anseios, é um rumo.”(Foto: Rafael Carvalho/MDA )-"][/caption]Os resultados dos trabalhos em grupo, com as contribuições para a construção do Sistema Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (SNDRSS), e as orientações estratégicas para ação futura da Rede Nacional de Colegiados Territoriais, foram apresentados nesta quinta-feira (22), último dia do Encontro da Rede Nacional de Colegiados Territoriais. O Encontro teve seu encerramento, com a leitura da carta de Salvador e com debate e aprovação do regimento interno da rede Nacional de Colegiados Territoriais. O evento também serviu para a realização da eleição da coordenação política da Rede. [caption id="attachment_5879" align="alignright" width="300" caption="O secretário-executivo da Rede, Mazinho, foi reeleito no final da tarde."][/caption]Salientando a importância da carta de Salvador o secretário-executivo da Rede, Mazinho, afirmou que essa agenda terá o acompanhamento da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT/MDA), dos colegiados e dos conselhos estaduais. Ele lembrou que o documento “é uma carta política, é uma prática de governança, representa nossos anseios, é um rumo.” Andrea Butto, secretária de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SDT/MDA), ressaltou que nesse encontro falamos de um momento novo para construir a política de desenvolvimento territorial, que teve início no processo de preparação da 2ª [caption id="attachment_5889" align="alignright" width="300" caption="A secretária coordena a reunião de elaboração da Carta de Salvador."][/caption]Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável. “Partindo dos avanços e desafios, pactuamos uma agenda prioritária, para fortalecer a política de desenvolvimento rural que envolve compromissos do Governo Federal e de um maior diálogo com estados e municípios,” assinalou a secretária ao realçar que a iniciativa envolve também os conselhos estaduais e municipais de desenvolvimento rural sustentável, além de organizações da sociedade civil. Na carta de Salvador, todos os participantes do Encontro Nacional da Rede de Colegiados se comprometeram: com a construção do S istema Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário; em garantir a sustentabilidade do apoio aos colegiados; com a elaboração dos Planos Plurianuais Territoriais Participativos e dos planos estaduais de desenvolvimento rural sustentável e solidário; com a ampliação dos processos de formação dos agentes de desenvolvimento territorial e conselheiros(as); com a ampliação do diálogo entre as esferas de governo; em apoiar e promover a estruturação de consórcios públicos territoriais; em criar comitês/câmaras de desenvolvimento territorial; com a articulação entre os colegiados territoriais; e com a priorização e investimento em ações que fortaleçam a participação e a organização social de mulheres, jovens e povos e comunidades tradicionais. Para Haroldo José de Oliveira, representante do território do Alto Jequitinhonha, presidente da Associação Pró-Melhoramentos de Palmital, município de Datas, Minas Gerais, presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Solidário e Sustentável, esse Encontro é uma das principais ferramentas nas bases para dar força e conhecimento e para alavancar a agricultura familiar. "Os debates que vem acontecendo aqui mostram nossa realidade do Oiapoque ao Chuí. Penso que temos tudo para obter sucesso e fazer o desenvolvimento realmente ocorrer no campo. A representante do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Benedita Ribeiro, do Território Costa do Descobrimento, assentamento Milton Santos, em Porto Seguro, está satisfeita com a participação das mulheres neste Encontro que é de 49,1%. “Estamos perto dos 50%. Foi expressiva a participação das mulheres e estou com esperança de que as demandas do campo seja atendidas e tenham visibilidade com esses encontros”, disse. O Encontro da Rede Nacional de Colegiados Territoriais finaliza um ciclo de encontros estaduais, realizados nos 26 estados e no Distrito Federal. Estes eventos contaram com a participação de mais de mil pessoas, entre representantes dos colegiados territoriais, conselheiros dos Conselhos Estaduais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS) e dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRSS), das Delegacias Federais do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e da coordenação executiva da Rede Nacional de Colegiados. Atrações culturais As atrações musicais movimentaram a noites do Encontro. Na primeira noite, se apresentou um trio nordestino. Já na quarta-feira (21), todos dançaram ao som de um forró pé de serra, com a banda feminina do Olodum, e na noite desta quinta-feira (22), encerrando a programação cultural, se apresentam As ganhadeiras de Itapoã, num samba de roda. Fonte: mda.gov.br
Do Face ao Blog II - Marcelo Vivório e a matemática política regional - 10 + 10 > 22
22/05/2014 | 01h26
Marcelo Vivório, compartilhou via Facebook... Alexandre Tadeu pode ser o possível pré candidato à Vice Governador do senador e pré-candidato ao governo do estado, Marcelo Crivella (PRB) SERÁ ?????????? O senador e pré-candidato ao governo do estado, Marcelo Crivella (PRB) participou, no último sábado, do 8º Encontro Regional do PRB, em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. Na oportunidade, foram discutidas a conjuntura política-eleitoral, as demandas e reivindicações da região, e as próximas eleições. O pré-candidato tem comentado também que seu vice poderá sair do interior do Estado. Analisando o PRB na região não tem um quadro de políticos que entrariam em todas as esferas da sociedade o que seria o diferencial e ajudaria e muito o projeto do Senador, enfraquecendo o projeto do Deputado Garotinho por ser seu domicílio eleitoral e a cidade que sua esposa é prefeita. Em Campos dos Goytacazes o PRB conta com um político ( Tô contigo ) que agrada com seu programa, se destacando em diversas classes e esta em um momento político bom, se destacando nas pesquisas de bastidores para pré candidatura de Deputado Federal ou Deputado Estadual. Seguindo esta análise e dependendo das coligações o PRB pode ter sim uma chapa puro sangue com Marcelo Crivella e Alexandre Tadeu o ( TÔ CONTIGO) Vamos aguardar o desenrolar das articulações. Por Marcelo Vivório via Facebook
Comentar
Compartilhe
Do Face ao Blog I - Dr. Henrique Oliveira que salvou muitas crianças....
22/05/2014 | 00h01
Sobre uma destas crianças... " Eu tinha pouco mais que um ano, e criança é bicho sem freio; fui mexer atrás de uma porta , acabei por ingerir um bocado de uma pasta roxa que usava em ferimentos de animais. Foi quando morri pela segunda vez; a primeira foi ao nascer, do jeito ao contrário, na famosa posição, " de de c´ pra lua"; na primeira que quase parti, o anjo ressuscitador foi o velho Dr. Marcondes; nesta segunda viajem, me trouxe de volta o Dr. Henrique, obrigado Doutores. Eu rezo todos os dias para que eles estejam atentos, Dr. Henriques e Marcondes, onde estiverem e, que me guiem um outro Dr Anjo quando eu precisar de novo, para que ele me ajude chegar na linha final, numa destas minhas corridas por esta vida...." Zé Armando Da página do Facebook de Nelson Nahim
Boa noite, meus companheiros! Divido com vocês o meu artigo, publicado às quartas, na Folha da Manhã. Espero que gostem da mensagem. Nos braços do Pai Recebi, na última semana, da minha querida prima Ineida, filha do meu inesquecível tio Henrique Oliveira, pediatra que salvou muitas crianças nesta cidade por várias gerações, um vídeo que me levou as lágrimas. Mostrando imagens ocorridas na Olimpíada de Barcelona, em 1992, onde um atleta que era o favorito para a prova de 400 metros, já que tinha se preparado ao longo de vários anos, no meio da prova sente que o músculo de sua perna estourou e ele cai na pista. Sentindo uma dor insuportável médicos chegam para socorrê-lo e mesmo ferido ele se levanta e mancando continua a correr, para a surpresa de todos. Demonstrando em seu rosto um sofrimento enorme, ele continua mancando pela pista de atletismo do estádio, quando de repente um homem driblando os seguranças ,invade a pista e o abraçando lhe diz: “Meu filho você não precisa fazer mais isso”. Ainda em lágrimas, o corredor responde ao seu pai – Mas eu preciso terminar a prova. O pai, então, abraçado ao seu filho, lhe respondeu que eles fariam aquilo juntos e foram abraçados até a linha de chegada, sob aplausos de milhares de pessoas presentes no estádio. Ele não chegou em primeiro lugar, mas percorreu a prova até o fim, completou a corrida, apesar de todas as dores, lágrimas e sofrimento. Deus é assim com todos nós. É como aquele pai, que vendo caído ao chão seu filho, vem em nosso auxílio. Quando estamos sofrendo, machucados, e querendo chegar ao final, Ele vem, nos ajuda e acolhe em seus braços. A mensagem nos mostra que a vida é uma corrida cheia de obstáculos inesperados e precisamos ser fortes, porque Ele nos ama. Assim foi com meu querido tio Henrique, que já nos deixou , valente, forte, até o final, apesar de todos os seus sofrimentos. Você está machucado, ferido, triste, a ponto de se ver vencido em suas dificuldades? Não desista, tenha fé, acredite, pois somente nos braços do Pai alcançamos a linha de chegada.
Por Nelson Nahim; em sua coluna, nesta quarta feira (21_05) no Jornal A Folha da Manhã...
Comentar
Compartilhe
Minha indicação à vice-governadoria do Estado
20/05/2014 | 16h14
Ontem, durante a reunião do diretório estadual do PDT, foi aprovado o indicativo de manutenção da aliança firmada entre o nosso partido e o PMDB, garantindo poderes para a executiva estadual concluir as negociações a esse respeito até a convenção partidária que acontece em junho. Meu nome foi indicado pelo partido para compor a chapa com o governador Luiz Fernando Pezão, pré-candidato à reeleição ao Governo do Estado. Isso me coloca numa posição de grande responsabilidade, como representante do PDT nessa empreitada. Com isso, firma-se um novo cenário diferente do qual vínhamos traçando desde que deixei oficialmente a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca (a Sedrap), e reassumi minha cadeira na Alerj, na expectativa de vir candidato a deputado. Quero dizer que esse resultado é a continuidade de um compromisso assumido há quatro anos, quando fui eleito deputado estadual e, pouco depois, quando assumi a Sedrap, de poder fazer mais por Niterói e pelo nosso estado. A chance de seguirmos adiante com nosso trabalho em benefício da população. Essa projeção não era algo que pensava de imediato, confesso. Meu objetivo, como disse há pouco, era vir como deputado federal, no intuito de, assim, poder fazer ainda mais por Niterói. Mas, se nesse momento, o PDT sente a necessidade de que meu nome faça parte dessa chapa majoritária, estou pronto para encarar mais este desafio. A candidatura de Pezão é muito importante para dar continuidade aos avanços que vivemos nos últimos anos em nosso estado, e o nosso partido reafirma sua crença nesse companheiro. Reassumo o compromisso de defender as bandeiras do PDT e de Leonel Brizola, como sempre fiz ao longo da minha trajetória na política desde a infância, quando aos nove anos fundei o Comitê Mirim. Posso dizer com orgulho que o PDT faz parte da minha vida. Este será, claro, um desafio muito maior. Mas seguirei firme honrando o histórico de lutas, conquistas e ideais de Brizola e do PDT. Um partido que fez história no Estado do Rio de Janeiro, sempre ao lado do povo trabalhador. Do Blog de Felipe Peixoto
Comentar
Compartilhe
Territórios da Bahia na vanguarda
19/05/2014 | 23h35
[caption id="attachment_5836" align="alignleft" width="300" caption="Ministro Miguel Rosseto e Governador Jackes Wagner na abertura do ENREDENACIONALO"][/caption] Começou o Encontro Nacional dos Colegiados Começou o debate sobre a trajetória da política de desenvolvimento rural sustentável e solidário, este é o caminho para consolidar uma proposta de Sistema Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (SNDRSS). Estes são os principais objetivos do Encontro da Rede Nacional de Colegiados Territoriais (Enrede/Nacional 2014), que teve sua abertura nesta segunda-feira (19), às 19 horas, no Gran Hotel Stella Maris, em Salvador, (BA). A solenidade contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto e do governador da Bahia, Jaques Wagner, Secretários de Agricultura de seis estados, toda a coordenação Executiva da Rede Nacional de Colegiados Territoriais e diversas autoridades. Parcerias para o Desenvolvimento agrário Durante a abertura do evento, foi assinado Acordo de Cooperação entre o MDA e os governos dos estados do Acre, Amazonas, Pernambuco, Mato Grosso, Maranhão, Ceará e Bahia. O documento estabelece a intenção de realizar de forma conjunta as ações necessárias para a elaboração dos Planos Estaduais e Territoriais de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, para a construção do Sistema Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário e para o fortalecimento dos programas Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais e Territórios da Cidadania. Cooperação institucional Na oportunidade, também, foi assinado Acordo de Cooperação entre o MDA, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT), a Diretoria de Políticas para Mulheres Rurais, da Secretaria de Política para Mulheres da Presidência da República (SPM), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O MDA está investindo cerca de R$ 29 milhões, para a contratação de projetos pelo CNPq, com vistas à implantação de Núcleos de Extensão em Desenvolvimento Territorial (Nedets), nos 239 territórios rurais que integram o Pronat. Estes Núcleos – que se constituem em equipes de professores, pesquisadores e assessores territoriais – realizarão, nos territórios, ações de extensão e pesquisa, envolvendo o assessoramento, acompanhamento e monitoramento das políticas públicas de desenvolvimento rural e de inclusão produtiva. [caption id="attachment_5851" align="alignleft" width="300" caption="Ministro Miguel Rosseto falou sobre interação entre os poderes cosntituídos"][/caption]Museu andante Também foi anunciado, pelo ministro do MDA, Miguel Rossetto e pelo reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Jaime Arturo Ramírez, o roteiro cultural do evento, promovido por meio do Caminhão Museu Sentimentos da Terra. A iniciativa é fruto da parceria entre a UFMG, por meio do Projeto República, e o MDA, via Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural (Nead). Equipado com tecnologia de informação e entretenimento de ponta, o Caminhão Museu conta com diversos ambientes, que abrigam grande exposição interativa, disponibilizando um acervo historiográfico com uma linguagem artística acessível ao público rural. Rede Nacional mostrando força Como demonstração da força de mobilização e importância dos Territórios da Cidadania, marcaram presença na abertura do evento os ministros do Planejamento, Orçamento e Gestão; do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos; da Secretaria de Políticas para as Mulheres; da Secretaria-Geral da Presidência da República; da Casa Civil; da Secretaria de Relações Interinstitucionais da Presidência da República. além de representantes dos governadores dos estados do Acre, Amazônia, Pernambuco, Mato Grosso, Maranhão e Ceará. Enrede Governo da Bahia incentiva desenvolvimento territorial O Enrede Nacional esta sendo promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em parceria com a Rede Nacional de Colegiados Territoriais, Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH) e apoio do governo do estado da Bahia. [caption id="attachment_5840" align="alignright" width="150" caption="Armando Barreto presente, na delegação que representa a REDE RIO no encontro Nacional"][/caption]Rede Rio trabalhando em Salvador Como coordenadores da Rede Rio de Janeiro de Colegiados, estiveram presentes ao ENREDENACIONAL, José Armando Barreto(FENORTE), Virgimar Cler(Colônia Z20), Lucimara Muniz(IDANNF), Jocimar(PMS) e Vania( Quilombolas da restinga de Marambaia). Ao todo, são mais de 600 participantes que nestes próximos três dias vão entender quais as ações e medidas necessárias ao desenvolvimento da produção agrária no Brasil. " Fiquei realmente impressionado com as realizações dos Territórios da Bahia; tudo que ouvimos do governador Jaques Wagner, nos diz que precisamos trabalhar muito, para alcançar o patamar de desenvolvimento dos Territórios Baianos; vamos na volta ao Rio, levar este recado aos governantes do Rio de Janeiro..." (Zé Armando) [caption id="attachment_5855" align="alignleft" width="590" caption="A simpatia do Governador da Bahia abraçando os territórios e os participantes "][/caption] Por Zé Armando Barreto Com Site MDA
Comentar
Compartilhe
PAC 3, na pauta de Encontro em Salvador_BA...
19/05/2014 | 05h47
Salvador_BA de 19 a 22 de Maio de 2014 O I Encontro da Rede Nacional de Colegiados Territoriais – ENREDENACIONAL tem como objetivo fortalecer institucionalmente a Rede Nacional de Colegiados Territoriais – RNCT para atuar de forma estratégica no avanço da abordagem territorial na política de desenvolvimento do Brasil Rural e é um marco nos 10 anos de trajetória da Politica Nacional de Desenvolvimento Territorial Rural Sustentável e Solidário coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SDT/MDA),em parceria com a sociedade. A iniciativa é realização é da SDT em parceria com o IADH – Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano, e com os apoios do Governo do Estado da Bahia e da RNCT. Gente que produz Agricultores familiares, assentados da reforma agrária, camponeses, extrativistas, pescadores artesanais, povos indígenas, quilombolas, povos e comunidades tradicionais, mulheres, jovens, representantes do poder público e da sociedade de todo Brasil se encontrarão em Salvador- BA em maio de 2014 para debater sobre os 10 anos da Politica Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário no Brasil e o seu cenário futuro, o fortalecimento da Rede Nacional de Colegiados Territoriais e a construção do Sistema Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário – SNDRSS. " Agora pela manhã, enquanto seguimos para o Enredenacional em Salvador, estará acontecendo em Campos , na Universidade Federal Rural, a entrega das últimas 25 máquinas agrícolas do PAC2, a seguir o Ministro Rosseto, do Desenvolvimento Agrário, irá ao "Che Guevara" entregar a Agroindústria ao companheiro Davi e todos os produtores rurais daquele assentamento; esta é a realização de anos de muita luta e muito trabalho, reuniões, diálogos e entendimentos destas e de muitas outras demandas territoriais. Infelizmente não poderemos estar presentes neste ato, mas é assim mesmo, nossa parte é trabalhar pelo desenvolvimento agrário; seguimos viagem e, vamos discutir e defender nossos projetos e apresentar demandas de todos os territórios do Rio de Janeiro. Em agosto, quando o PAC3 for lançado, nossa contribuição estará lá; novos avanços, novos sonhos, com certeza estarão muito mais próximos de se tornar realidade."
Comentar
Compartilhe
Agricultura Familiar - Lideranças territoriais reunidas em Brasília
16/05/2014 | 23h46
[caption id="attachment_5805" align="alignleft" width="300" caption="Coordenadores estaduais na pré reunião do Enredenacional , realizada no SDT/Brasília"][/caption]Vai acontecer em Salvador- BA, entre 19 e 22 de maio de 2014 o ENREDENACIONAL, serão debatidos os 10 anos da Política Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário no Brasil e o seu cenário futuro, o fortalecimento da Rede Nacional de Colegiados Territoriais e a construção do Sistema Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário – SNDRSS. Uma pré reunião aconteceu nesta sexta(16/05) em Brasília, na sede do Ministério do Desenvolvimento Agrário, presentes os coordenadores das Redes Estaduais de todos os estados brasileiros, corpo técnico do SDT/MDA e a Secretária de Desenvolvimento Territorial, Andrea Butto; em pauta, definições de estratégias para tomadas de decisões necessários a realização deste que será o maior evento, envolvendo entes e instituições participantes do Programa Territórios da Cidadania. " Lá em Salvador, teremos mais de 600 participantes de 239 territórios rurais, que representaram mais de 20 milhões de brasileiros da agricultura familiar, assentados da reforma agrária, pescadores, gestores públicos, indígenas, quilombolas, homens e mulheres, envolvidos na produção familiar; uma mobilização impensada antes da implantação do Programa Territórios da Cidadania em 2008, pelo presidente Lula e que teve a continuidade garantida pela presidenta Dilma Roussef; este é um movimento onde a política se mostra verdadeiramente a serviço do social e do desenvolvimento agrário, solidário e sustentável. " Disse a secretária Andrea Butto Fotos da Reunião Pré ENREDENACIONAL
Comentar
Compartilhe
Dilma reza pra São Luiz Inácio da Silva
16/05/2014 | 21h56
Ontem, sexta feira(16) estive a trabalho no Planalto Central, num deles, fui no anexo IV; entrei, e fui reto pra copa, direto pro cafezinho proseado, e no copo de vidro; tenho orgulho de dizer que bons amigos de Brasília, trabalham servindo; foi muita prosa e boas conversas de pé de ouvido; numa destas eu ouvi, que foi pedido aos "companheiros", que fortalecessem o nome de Lula e, que usassem mais paixão nisto, que falassem de seus bons feitos sociais, que fizessem isso em todos os lugares e com todos que tivessem contato, que se formasse uma poderosa corrente humana de divulgação, tipo uma corrente de fofoca do bem. Seu Nilson, um alagoano, com quarenta anos de Brasília; na sua simplicidade veio com essa: " sabe seu Zé Armando, a presidenta tentou ser a presidenta dela mesma, largou de lado o catecismo que lhe foi ensinado, depois de muito pecar, começou a arder no inferno, no desespero ela invocou o único santo que podia salvá-la". Eu já sabia qual era o santo, mesmo assim, até pra esticar o proseado com um velho amigo, eu perguntei; que santo é esse? Sempre com um sorriso matreiro, ele mandou: " é São Luiz Inácio da Silva, ele já anda por ai, abençoando e espalhando de volta por todo lugar os seus seguidores, eu mesmo fiquei quase quatro anos na geladeira, pagando a penitência que a dona presidenta me deu; to aqui de volta; o senhor quer açúcar ? É de Alagoas, o senhor sabe que a coisa melhorou muito por lá, quando o presidente LULA, deu apoio aos pequenos produtores de cana de açúcar. " por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
O Esgoto é da " Águas do Paraíba" - Coluna Comentários sexta 16/05/14
16/05/2014 | 17h29
[caption id="attachment_5800" align="aligncenter" width="596" caption="Clique para ampliar a imagem da Coluna Comantários"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Última entrega de máquinas do PAC2 no Rio de Janeiro vai beneficiar 5,8 mil famílias de agricultores
16/05/2014 | 14h52
[caption id="" align="alignleft" width="306" caption="Foto: David Alves"][/caption]O Governo Federal, por intermédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), conclui, nesta segunda-feira (19), a entrega de todas as máquinas da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2 Equipamentos) previstas para o estado do Rio de Janeiro. No evento que vai ocorrer a partir das 9h no município de Campos dos Goytacazes, a 274 quilômetros da capital fluminense, serão entregues 25 motoniveladoras a igual número de municípios. Os veículos foram adquiridos pelo MDA para ajudar a reforçar a reestruturação produtiva dos agricultores familiares a partir da conservação contínua das vias que interligam as propriedades do meio rural às cidades — as chamadas estradas vicinais. O MDA investiu R$ 10,3 milhões nas 25 motoniveladoras. O conjunto de equipamentos deve atender 87,2 mil pessoas que moram no meio rural fluminense, das quais 5,8 mil agricultores familiares. “Ao final desta entrega, 55 municípios do Rio de Janeiro terão recebido 165 equipamentos do PAC2, sendo 55 retroescavadeiras, 55 motoniveladoras e 55 caminhões-caçamba, totalizando um investimento de R$ 44,6 milhões por parte do Governo Federal, via MDA”, explica o delegado-substituto do Ministério no estado, Sérgio Videira Coelho. “E o mais importante é que essas 165 máquinas vão beneficiar uma população rural de pouco mais de 246 mil pessoas, sendo que, desse total, 24,1 mil são agricultores familiares. Com estradas em boas condições, a rotina dos trabalhadores rurais vai melhorar significativamente, seja no deslocamento das famílias, seja no escoamento da produção”, acrescenta Sérgio. PAC2 Equipamentos O Governo Federal está investindo quase R$ 5 bilhões na aquisição de mais de 18 mil máquinas — todas produzidas pela indústria nacional. Mais de cinco mil municípios estão sendo beneficiados, representando 91% das prefeituras do País. Cada município com até 50 mil habitantes recebe um kit com uma retroescavadeira, uma motoniveladora e um caminhão-caçamba. “Mas os municípios nordestinos em situação de emergência, por causa da estiagem, e os localizados na região do Semiárido recebem, também, uma pá-carregadeira e um caminhão-pipa”, lembra o economista do PAC2 Equipamentos do MDA, Régis Oliveira. Municípios do RJ beneficiados com a entrega de 25 motoniveladoras: Areal Armação dos Búzios Arraial do Cabo Bom Jardim Cantagalo Carmo Comendador Levy Gasparian Cordeiro Engenheiro Paulo de Frontin Iguaba Grande Italva Laje do Muriaé Mendes Miguel Pereira Natividade Paraíba do Sul Piraí Porto Real Quatis Quissamã Rio Claro São João da Barra Tanguá Trajano de Moraes Vassouras Serviço: Evento: Entrega de máquinas do PAC2 para 25 municípios do Rio de Janeiro Dia: 19 de maio (segunda-feira). Horário: 9h. Local: Campus "Campos dos Goytacazes" da Universidade Federal Rural do Estado do Rio de Janeiro/UFRRJ. Endereço: Estrada do Açúcar, Km 05 s/nº, Bairro Donana, Campos dos Goytacazes – RJ.
Comentar
Compartilhe
O Mercado ganhou da paisagem
15/05/2014 | 12h41
Caminhando hoje pela Rua Barão do Amazonas, destampei com a visão do belo Mercado Municipal de Campos dos Goytacazes... Mesmo com visão "estrupiada" pelos tapumes da obra que a prefeitura está fazendo ali, me encantei com a imagem, de tempos que já perderam o dono e, começa a despertar em mim a curiosidade felina de reconhecer o já conhecido. Eu quero ver o velho , virar novo Sendo velho de novo... Tô na bica esperando Rita, sem pressa e com nenhuma precisão de modernidade Só esperando, pra "desegurar" a saudade Comer pastel de Isabel E bucho "esbranqueado" pelo seu Manoel beber pinga, E sentir de novo A delícia da boa catinga Do cheiro do meu povo Da gente de bem Que vai e que vem trazendo da roça de Santo Antonio ou de carroça, Da rapa a dura Do moleque ao pé E sorrir com candura Ao filar um café Neste mercado, que tem, o que tem Já deu muito, largado, o seu recado Que rebolado tem, destes que vai e vem É dela, a bela, faz muito que é ex donzela Eita Dona Neném... Zé Armando
Comentar
Compartilhe
FFC contrata K-Mendes, que contrata e não paga trabalhadores trazidos do Nordeste
14/05/2014 | 18h28
Trabalhadores ludibriados Tudo certo e nada resolvido, para dezenas de trabalhadores vindos do nordeste brasileiro para o Porto do Açú. Agora a noite eles ainda aguardavam uma solução por parte da K-Mendes, que segundo os armadores, foi subcontratada pela espanhola FFC– Fomento de Construcciones y Contratas.[gallery columns="4"] " Estamos sem receber faz meses, sem dinheiro nenhum, fomos desalojados da pousada lá em Grussaí, e a gente não sabe nem como será a nossa alimentação daqui pra frente, mas uma coisa é certa, ficamos por aqui mesmo no sindicato e, amanhã vamos caminhando ao MPT_Ministério Público do Trabalho, onde seremos recebidos ás 10h". Disse um dos líderes dos trabalhadores. PM garantiu a tranquilidade O transito no trecho da Saldanha Marinho entre a Riachuelo e Rua do Gás, ficou bastante tumultuado, quatro viaturas da PM estavam no local para garantir a tranquilidade no local. Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Dias Tófoli já comanda o TSE
13/05/2014 | 19h03
[caption id="" align="aligncenter" width="340" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR A NOTÍCIA NO SITE DO TSE"][/caption]
- Contarei com os juízes e Tribunais Regionais Eleitorais, que na imensa nação brasileira levam a Justiça Eleitoral até os seus confins. Também o ministério público e os senhores advogados que nesta especializada militam, todos, eu sei, com imenso carinho. Na justiça eleitoral não há lugar para os que dela não gostam.
- Aos servidores da Justiça Eleitoral. São os servidores que fazem a Justiça Eleitoral. Nós, os dirigentes, passamos, os servidores ficam. Saibam do meu respeito e testemunho que não são e não serão apenas de palavras, mas de ações concretas para uma melhor profissionalização e melhores condições de trabalho. - (Trechos do discurso de posse do presidente do TSE Dias Tófoli)
Comentar
Compartilhe
Nível do Cantareira cai e volume útil de água pode acabar até julho
13/05/2014 | 10h09
SÃO PAULO - O nível do Sistema Cantareira, que abastece de água cerca de 8 milhões de pessoas na Grande São Paulo, caiu novamente. Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), nesta terça-feira, 13, o índice de reserva nas represas chegou a 8,6%. No dia anterior, havia 8,8% de água. Caso o ritmo de queda continue igual à média dos últimos 30 dias, o volume útil do Cantareira se esgotará em 78 dias, em 30 de julho. Contudo, a velocidade pode ser maior, já que os meses de maio, junho e julho tendem a ser mais secos do que abril. Desde o dia 13 do mês passado, o sistema perdeu 3,5% de água reservada. Um ano atrás, o reservatório contava com 61,2% de sua capacidade de armazenamento de água. Quando o volume útil terminar, o governo Geraldo Alckmin (PSDB) pretende extrair o chamado volume morto do Cantareira, reserva de água que fica nas camadas mais profundas das represas, abaixo do nível das bombas. Essa quantidade de água garantiria o abastecimento na Região Metropolitana por mais alguns meses. Fonte: Estadão/São Paulo
Comentar
Compartilhe
R$ 36.702.778,52 mais barato. E se fosse na obra do CEPOP ?
12/05/2014 | 19h22
Tem que ter sempre uma boa explicação [caption id="" align="alignright" width="260" caption="Estrutura pré moldada sendo transportada para montagem no local da obra"][/caption]Esta economia para o Governo do Estado de R$ 36.702.778,52 , na construção da Ponte sobre o Rio Paraíba do Sul, que vai integrar, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra é fácil de explicar: a PREMAG é a empresa fabrica os pré moldados e fornece para muitas destas empreiteiras, inclusive a IMBEG. Fabrica, transporta e monta; então tá explicado a diferença! Ou não ? Deu mais ou menos Este é um entendimento pessoal. "Deu boa" pra PREMAG, "deu Boa" pro Governo de estado, "deu boa" pro povo do Rio de Janeiro e; deu ruim e, vai dar muito para quem com certeza fatura as brutas diferenças desta e de muitas obras por este Brasil afora..... E no CEPOP Esta conta é pra todo mundo, em especial para toda a população de Campos dos Goytacazes que pagou o CEPOP e, esta pagando outras obras por ai: quanto custaria a menos o CEPOP, se fosse feito diretamente com a PREMAG ? Sobre a PREMAG
A PREMAG foi fundada em 1975 objetivando executar obras-de-arte especiais (pontes, viadutos, passarelas etc) e correntes (bueiros, canais etc), necessárias aos organismos ligados à construção de rodovias e ferrovias, utilizando concreto protendido e/ou armado, pré-fabricado em usina. O pioneirismo nesse setor estende-se até aos dias atuais, envolvendo o Sistema PREMAG de Construções uma complexa engenharia, integrando as atividades de execução, transporte e montagem, onde são utilizados equipamentos próprios e especiais. A PREMAG já executou mais de 1000 obras nos estados da Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Do site da empresa PREMAG
Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Tá, Tófoli pro TSE !
10/05/2014 | 07h38
Posse do ministro Dias Toffoli na Presidência do Tribunal Superior Eleitoral. Data: 13 de maio de 2014, às 19h, no plenário do Tribunal Superior Eleitoral, localizado no Setor de Administração Federal Sul, quadra 7, lotes 1 e 2, Brasília-DF. Para parâmetros ... (do Facebook) Façam uma comparação entre os Currículos de dois Ministros do Supremo, Joaquim Barbosa e Dias Tófoli. Joaquim Barbosa
- Joaquim Barbosa nasceu em Paracatu, noroeste de Minas Gerais. É o primogênito de oito filhos. Pai pedreiro e mãe dona de casa, passou a ser arrimo de família quando estes se separaram. - Aos 16 anos foi sozinho para Brasília , arranjou emprego na gráfica do Correio Braziliense e terminou o segundo grau, sempre estudando em colégio público. - Entrou na Faculdade de Direito sem necessitar de cotas. - Obteve seu bacharelado em Direito na Universidade de Brasília, onde, em seguida, obteve seu mestrado em Direito do Estado. - Foi Oficial de Chancelaria do Ministério das Relações Exteriores (1976-1979) , tendo servido na Embaixada do Brasil em Helsinki, Finlândia e, após, foi advogado do SERPRO - Serviço Federal de Processamento de Dados (1979-84). Prestou concurso público para procurador da República, e foi aprovado . - Licenciou-se do cargo e foi estudar na França, por quatro anos, tendo obtido seu mestrado e doutorado ambos em Direito Público, pela Universidade de Paris-II (Panthéon-Assas) em 1990 e 1993. - Retornou ao cargo de Procurador no Rio de Janeiro e Professor concursado da UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. - Foi Visiting Scholar no Human Rights Institute da Faculdade de Direito da Universidade de Columbia, em Nova York (1999 a 2000) e na UCLA - Universidade da Califórnia - Los Angeles School of Law (2002 a 2003). - Fez estudos complementares de idiomas estrangeiros no Brasil, na Inglaterra, nos Estados Unidos, na Áustria e na Alemanha - é fluente em francês, inglês, alemão e espanhol. - Toca piano e violino desde os 16 anos de idade.
José Antonio Dias Toffoli
- Em um passado não muito distante foi formado pela USP. - Pós Graduação: nunca fez. - Mestrado: nunca fez. - Doutorado: também não. - Concursos: em 1994 e 1995 foi reprovado em concursos para Juiz Estadual em São Paulo (note que é concurso para Juiz Estadual e não Federal) . - Depois disso, abriu um escritório e começou a atuar em movimentos populares. Nessa militância, aproximou-se do deputado federal Arlindo Chinaglia e deu o grande salto na carreira ao unir-se ao PT . - Aproximou-se de Lula e Jose Dirceu, que o escolheram para ser advogado das campanhas eleitorais de 1998 , 2002 e 2006 . - Com a vitória de Lula , foi nomeado sub chefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil , então comandada por José Dirceu . - Com a queda do chefe , pediu demissão e voltou à banca privada . - Longe do governo , trabalhou na campanha à reeleição de Lula , serviço que lhe rendeu 1 milhão de reais em honorários . - No segundo mandato , voltou ao governo como chefe da Advocacia-Geral da União . - José Antonio Dias Toffoli é duas vezes réu. Ele foi condenado pela Justiça , em dois processos que correm em primeira instância no Estado do Amapá . - Em termos solenemente pesados, a sentença mais recente manda Toffoli devolver aos cofres públicos a quantia de setecentos mil reais, dinheiro recebido "indevidamente e imoralmente" por contratos ilegais, celebrados entre o seu escritório e o governo do Amapá. - Um dos empecilhos mais incontornáveis para ele é a sua visceral ligação com o PT, especialmente com o ex-ministro José Dirceu. - Sua carreira confunde-se com a trajetória de militante petista, sendo que essa simbiose é, ao fundo e ao cabo, a única justificativa para encaminhá-lo ao Supremo Tribunal Federal, onde tomou posse em uma das cadeiras no dia 23 de outubro de 2009, indicado pelo Presidente da República (Lula)
Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
As fofocas são criminosas, pois matam Deus e o próximo, diz Papa
09/05/2014 | 14h47
No coração de uma pessoa atingida pelo ciúme e pela inveja há dois fatores claros, segundo o Papa: a amargura e a fofoca. [caption id="" align="alignright" width="250" caption="Em Missa, Francisco destacou o perigo da fofoca. Foto: Rádio Vaticano"][/caption]Inveja e fofoca destroem comunidades cristãs, diz Papa. "Que os cristãos fechem a porta para ciúmes, invejas e fofocas que dividem e destroem suas comunidades." Esta foi a exortação do Papa Francisco aos fiéis, nesta em Missa celebrada na Casa Santa Marta, no sexto dia de oração pela unidade dos cristãos. A reflexão do Papa partiu da Primeira Leitura do dia, que fala da vitória dos israelitas sobre os filisteus graças à coragem do jovem Davi. Francisco destacou, nesta passagem, o ciúme do rei Saul, que, por inveja, decidiu matar Davi. “Assim faz o ciúme nos nossos corações. É uma inquietude má, que não tolera o fato de um irmão ou uma irmã tenha algo que eu não tenho”. O Papa refletiu sobre os efeitos desse sentimento de ciúme e inveja. Ele lembrou que foi justamente pela porta da inveja que o diabo entrou no mundo, como diz a Bíblia. “O ciúme e a inveja abrem as portas para todas as coisas más. Também divide a comunidade. Uma comunidade cristã, quando sofre – alguns de seus membros – de inveja, de ciúme, acaba dividida: um contra o outro. É um veneno forte”. No coração de uma pessoa atingida pelo ciúme e pela inveja há dois fatores claros, segundo o Papa: a amargura e a fofoca. “Porque este não tolera que aquele tenha algo, a solução é humilhar o outro, para que eu seja maior. E o instrumento é a fofoca. Procure e você verá que atrás de uma fofoca há o ciúme e a inveja, que dividem a comunidade e destróem a comunidade. Essas são as armas do diabo”. Concluindo a homilia, Francisco rezou pelas comunidades cristãs, pedindo que esta semente do ciúme não seja semeada e a inveja não tome conta do coração. Zé Armando, com Rádio Vaticano(23/01)
Comentar
Compartilhe
"Deu boa" pra PREMAG, deu boa pro Estado do Rio de Janeiro". . (Ponte SJB a SFI - Amanhã(09/05) abertura de envelopes -)
08/05/2014 | 20h02
[caption id="" align="alignleft" width="300" caption="A licitação anterior contemplou consórcio onde a empresa campista IMBEG era parte"][/caption]Esta marcada para o dia 09 de Maio, guardem esta data, a abertura dos envelopes que irão deixar às nossas vistas a empresa ou o consórcio que vai construir a ponte SFI/SJB, que fará a tão sonhada integração entre os municípios de São Francisco de Itabapoana a São João da Barra. O custo inicial do empreendimento seria de mais de 140 milhões de reais. É aguardar o vencedor e a seguir esperar que a interferência das negativas práticas políticas dominantes em nossa região não interfiram no andamento do processo. Zé Armando Barreto . Atualização em 09_05_2014 ás 17:08 h: A vencedora do pregão foi a PREMAG, que apresentou uma proposta de R$ 105.789.109.67. Estamos aqui batendo palmas; teremos R$ 36.702.778,52 de economia para os cofres do Estado do Rio, em se comparando ao orçamento inicial que era de R$ 142.491.888,19.
Que bom seria, se tudo fosse como na poesia... Vai aqui uma oração Pedindo pra acontecer Esta linha de união Pro Sertão reflorescer Encaminho pros dois Santos Inchado de devoção Juntem logo estes encantos Meu querido São Francisco Nosso amigo São João Não ouso citar a fonte Que me deu esta alegria Da obra da nova Ponte Mas peço reforço na reza Pros povos que a gente preza E que o amanhã; seja o tal dia. Zé Armando
Prefeita faz surpresa desagradável aos taxistas
08/05/2014 | 12h32
Surpresa desagradável O Presidente do SICAVEROC-Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Campos, Sr.Marcelo Vivório, informou a pouco por e-mail ao Blog da Coluna, que foi surpreendido pelo decreto da prefeita Rosinha Garotinho que concedia apenas 6% de aumento nas tarifas. Não fomos ouvidos [caption id="attachment_5723" align="alignright" width="180" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR O OFÍCIO"][/caption]Segundo o líder da categoria foi encaminhado no dia 03 de Fevereiro passado, um oficio a prefeita Rosinha Garotinho, solicitando que fossem realizados estudos, pelo pessoal competente da prefeitura, que permitissem um ajuste de 20% nas tarifas do transporte rodoviário(táxi) ajuste percentual r que atenderia a realidade atual de custos da categoria dos taxistas. " Foi realmente uma surpresa muito desagradável, saber desta decisão da prefeita. Ainda não temos informações precisas, de como foi feito o cálculo para a concessão destes 6%. Não nos foi feito nenhum tipo de questionamento sobre os valores; de despesas, custos e obrigações que recaem sobre nós taxistas; a prefeita não tentou qualquer diálogo. O valor acrescido de 6%; não atende a nossas necessidades operacionais e de sobrevivência digna; não faz justiça ao serviço que prestamos atualmente; com a qualificação, eficiência e conforto, que oferecemos a população fixa e flutuante de Campos; a frota de táxis de Campos está quase que totalmente, dotada de veículos novos e confortáveis. Vou ouvir os companheiros taxistas, e entender de que maneira eles vão reagir, a seguir, vamos tentar ser ouvidos pela prefeita, tentar fazer com que ela entenda que, com este ajuste de apenas 6% nas tarifas, teremos dificuldades na manutenção dos nossos veículos, com evidente possibilidade de deterioração e em pouco tempo, e sucateamento da frota. Isso seria uma regressão. Não podemos permitir." Afirmou o sindicalista, Marcelo Vivório. Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Michel - O dono do Boulevard...
07/05/2014 | 21h07
" Fala Zé Armando vê se você pode me ajudar. Estou escrevendo um livro sobre meu avô Michel Haddad, comerciante conhecido na cidade de Campos dos Goytacazes, enfim se você tiver ou conhecer qualquer pessoa que tenha historias, dados ou então material sobre Michel Haddad por favor me passe, qualquer material sobre ele é bem vindo. Uma das figuras mais conhecidas e queridas de Campos dos Goytacazes, Michel Haddad, é considerado o primeiro comerciante de rua da cidade. Era visto todos os dias, sentado na frente do antigo Café Monte Líbano, atual Largo da Imprensa, com charuto na boca, bengala nas mãos e cercado das mercadorias que vendia. Algum tempo depois de morto, Michel Haddad foi homenageado pelo prefeito da época, Anthony Garotinho, que batizou com o seu nome, em 07/12/1991, o Shopping Popular (camelódromo) construído na Rua Barão do Amazonas, ao lado do Mercado Municipal. " Jean Paul R. Haddad, graduado em Comunicação, tem especialização em Marketing e Propaganda, é Neto de Michel Haddad, filho de Samir Haddad, via Facebook
[caption id="attachment_5698" align="aligncenter" width="600" caption="Descendente de Libaneses, tinha o comércio nas veias... Nasceu em Campos no dia 05 de julho de 1911"][/caption] Que ajudar que nada amigo. Imensa honra meu amigo ter sido um dos milhares de fregueses de seu avô Michel e, seguir sendo freguês e amigo de seu pai Samir. Bom trabalho ... Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Com seca no principal reservatório de SP, Copa do Mundo poderá ter falta de água
07/05/2014 | 19h41
Especialistas alertam para a escassez hídrica nos meses de junho e julho [caption id="" align="alignleft" width="260" caption=" Obra para bombear água ao lado mais crítico da represa do Jacareí Paulo Fischer/27.03.2014/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo "][/caption]A principal fonte de abastecimento de água em São Paulo, o Sistema Cantareira, está com o nível abaixo de 10% e especialistas alertam para a possível escassez hídrica durante a Copa do Mundo, que começa no dia 12 de junho. Diante da falta de chuvas, é grande a possibilidade de municípios que abrigarão seleções durante o mundial enfrentarem falta de água. A análise é do Consórcio PCJ, grupo sem fins lucrativos com usuários de águas das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, que ajudam a abastecer a Grande São Paulo por meio do Sistema Cantareira. O engenheiro e especialista em uso racional da água Paulo Costa faz coro à avaliação. — São Paulo enfrentará racionamento de água durante a Copa do Mundo. Alckmin não admite racionamento, mas paulistas já sentem falta de água Leia mais notícias de São Paulo De acordo com o especialista,o racionamento deve ser iniciado antes mesmo do mundial de futebol. — Estamos em um momento crítico principalmente por conta da falta de investimentos no setor. Desde 2007 já era possível enxergar que, em pouco tempo, a cidade enfrentaria problemas de abastecimento. Infelizmente o problema surge bem no momento da Copa do Mundo. Nesta quarta-feira (7), o nível de água contido pelas barragens do Sistema Cantareira — que atende quase 9 milhões de pessoas na capital e na região metropolitana — é de 9,6%, o menor índice da história. Em 2003, quando houve racionamento na capital, o Cantareira já estava em estado de atenção por funcionar com menos de 30% de seu potencial. O coordenador de projetos do Consórcio PCJ, José Cezar Saad, defende o racionamento imediato de água. — Eu já teria fechado o registro, lógico. Porque, na realidade, o grande problema não é nem hoje, é a estação da estiagem normal que vamos enfrentar a partir de maio e junho. Outros reservatórios Cálculos feitos pela própria Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) projetam um cenário ainda mais pessimista para o fim do "volume útil" do Sistema Cantareira. A empresa estima que, no pior panorama, a água represada acima do nível das comportas do manancial que abastece 47% da Grande São Paulo e a região de Campinas se esgote em 21 de junho, 9 dias após o início da Copa do Mundo. A capital é abastecida por outros três sistemas: Alto do Tietê, Guarapiranga e Rio Claro. Todos estão com os níveis muito abaixo daqueles registrados no ano passado. Para poupar a reserva do Cantareira, a Sabesp modificou a origem da água de alguns bairros e remanejou o abastecimento. Desde o fim de fevereiro, os bairros paulistanos Penha, Ermelino Matarazzo, Cangaíba, Vila Formosa e Carrão, todos na zona leste, deixaram o Sistema Cantareira e passaram a receber água do Sistema Alto Tietê. Com o mesmo objetivo, moradores de parte do Jabaquara e dos bairros Vila Olímpia, Brooklin (zona sul) e Pinheiros (zona oeste) passaram a ser abastecidos pelo Sistema Alto Tietê. O R7 comparou, mês a mês, o nível médio dos mananciais da região metropolitana. Foi levada em consideração a situação de cada reservatório no dia 1º de cada mês desde 2003. Os números indicam que abril e maio costumam ser a época do ano em que os reservatórios atingem seu maior patamar. A partir de junho, a situação piora gradativamente, até os meses de novembro e dezembro. A retomada, em geral, ocorre em janeiro. Neste ano, porém, os reservatórios atingiram nível crítico justamente no mês que antecede a estiagem de outono-inverno. Saad complementa que, com o baixo nível dos reservatórios, vai ficar difícil extrair água. — Os túneis podem ficar com barro, vão trabalhar pela metade ou menos da metade de sua seção. Isso pode provocar desgaste na estrutura. Posição do governo Em março deste ano, o secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Edson Giriboni, garantiu que a Grande São Paulo terá água durante os meses de junho e julho. A crise no abastecimento fez com que o governo do Estado iniciasse um rodízio noturno, segundo documento da Prefeitura distribuído em abril — a Sabesp nega a prática. Nos últimos 20 anos, a população do Estado de São Paulo passou por pelo menos três racionamentos nos sistemas Guarapiranga e Alto Cotia, que atendem as regiões sul e oeste da capital e os municípios de Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Cotia e Vargem Grande Paulista. A Sabesp informa que, nos níveis atuais de chuva, a região metropolitana tem o abastecimento garantido até março de 2015. A companhia afirma também que não há racionamento, rodízio ou restrição de consumo de água em nenhum dos 365 municípios atendidos. A Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos informa que não há programação de racionamento de água na cpaital e que o volume estratégico do Sistema Cantareira é suficiente para abastecimento até meados de 2015. Fonte: Portal R7
Comentar
Compartilhe
Altamir Bárbara no comando do PSB...
07/05/2014 | 12h13
[caption id="" align="alignright" width="137" caption="Vereador está em seu mandato "][/caption]O Vereador Altamir Bárbara é quem comanda o Partido Socialista Brasileiro em Campos , desde o dia 25 de Abril passado, completa a executiva o RICARDO PESSANHA GOMES - SECRETÁRIO e SÉRGIO DE AZEVEDO ALMEIDA - TESOUREIRO, novos tempos no PSB. Em reunião realizada no início do mês de Março, o nome do Vereador Altamir Bárbara já era considerado. O encontro foi informado pelo jornalista Alexandre Bastos (AQUI), na Folha OnLine. Notícia na Folha On Line: PSB local liberado para seguir Garotinho
Comentar
Compartilhe
Porto Central começa a sair do papel em 2014
06/05/2014 | 18h54
Será investido R$ 1,5 bi na primeira fase. O complexo funcionará plenamente em 2020. [caption id="" align="alignleft" width="280" caption="Investidores apresentam projeto do Porto Central para a prefeita de Kennedy"][/caption]As obras do Porto Central, em Presidente Kennedy, no Sul do Estado, começam no segundo semestre do ano que vem. As quatro etapas do projeto foram apresentadas, na quinta-feira (14), durante reunião com representantes políticos, o Governo do Estado e empresários ligados ao Porto de Roterd㠖 responsável por operar o empreendimento. O novo terminal deverá viabilizar a presença da Ferrous no Estado uma vez que o porto começa a operar em 2017, três anos antes do início das obras da mineradora, que será vizinha do Porto Central na Praia da Neves. De acordo com o Secretário de Estado de Desenvolvimento, Nery De Rossi, o Porto Central deverá atender as demandas da Ferrous. “Houve uma readequação no cronograma da Ferrous. Ela deve iniciar explorando uma mina em Minas Gerias, e o Porto Central vai se apresentar como uma alternativa futura para otimizar a viabilidade econômica do projeto”, destaca. Rossi disse ainda, que as atividades da Ferrous na região, devem começar entre 2019 e 2020, e confirmou uma negociação dela com a empresa de Eike Batista. “Em um primeiro momento, enquanto não existe o Porto Central a Ferrous pretende realmente escoar parte da produção de uma das minas pelo RJ, mas obviamente que a partir da conclusão das obras do porto Central, esse seria a alternativa otimizada para o escoamento da produção”, explicou o secretário. Conversas preliminares entre o Porto Central e a Ferrous apontam também uma possível parceria entre as duas empresa. De acordo com José Maria, já foi apresentado a Ferrous o projeto do Porto. “Isso é uma conversa que estamos começando agora. Devido a fase do nosso projeto, eles estão aguardando o desenvolvimento, e sinalizaram com uma possibilidade a ser estudada”, afirmou. A intenção do Porto Central é focar o escoamento no mercado de óleo e gás, mármore e granito, offshore e bases supply, em um primeiro momento. Segundo Novaes, tem havido algumas conversas com clientes, mas o fechamento dos contratos irá depender das licenças do Ibama e Operacional que aguardam sair ao longo do ano. Serão investidos na primeira etapa aproximadamente 1,5 bilhões de reais. O projeto total irá ocupar uma área de 20 milhões de metros quadrados, que terá sua conclusão final em 2020, quando chegaria a ferrovia no município, segundo informou o Diretor de Implantação do Projeto, José Maria de Novaes. A intenção do Porto Central é oferecer o maior número de empregos para os moradores da região, deixando 30% a 40% para profissionais de fora. Para esses, será construído um Núcleo Urbano, que servirá de abrigo para os trabalhadores. Outra obra que deverá ser construída é uma escola técnica, para capacitar profissionais que queiram trabalhar nas fases de construção e operação do Porto Central. Fonte: Gazeta Online
Comentar
Compartilhe
Do Face ao Blog - " Zangadinho e ciumento " -
06/05/2014 | 17h59
Molequinho virulento Malvadinho e sem amor Zangadinho e ciumento Bole com a folha E não bole com a a flor
Zé Armando
Governador promete aumentar efetivo em até 2 mil homens durante a Copa do Mundo
06/05/2014 | 15h10
Rio pode aumentar ainda mais policiamento para segurança na Copa [caption id="" align="aligncenter" width="600" caption="Policial faz a segurança durante Flamengo x Palmeiras pelo Brasileiro (Foto. Getty)"][/caption] O governo do Rio de Janeiro vai aumentar ainda mais a presença policial na rua, se necessário, para garantir a segurança durante a Copa do Mundo, afirmou o governador Luiz Fernando Pezão nesta segunda-feira, depois de ter sido antecipado o reforço no policiamento devido ao aumento da violência. Um adicional de cerca de 2 mil policiais militares foi às ruas para fazer um policiamento mais ostensivo nesta segunda. "Não queremos só reduzir (a criminalidade), mas também aumentar a sensação de segurança, que é importante. Se precisar colocar mais de 2 mil homens, nós vamos colocar", afirmou Pezão. Os índices de violência no Rio voltaram a subir nos primeiros meses de 2014, revelando um recrudescimento da criminalidade após período de quedas seguidas creditado às Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) instaladas em comunidades antes dominadas pelo tráfico de drogas. Consideradas um marco na política de segurança pública da cidade, as UPPs têm passado por um teste de confiança imposto por uma série de casos de violência e ataques nos últimos meses. Em abril, uma das principais avenidas de Copacabana foi fechada por algumas horas devido a um protesto de moradores da favela Pavão-Pavãozinho iniciado depois que foi encontrado o corpo de um morador que, segundo familiares, foi alvo de violência policial. Em outras regiões da cidade, sedes de UPPS foram alvo de ataques com armas de fogo, o que levou o Estado a solicitar ajuda de tropas federais para reforçar a segurança. Apesar dos problemas, o governador garantiu que a Copa do Mundo será tranquila na cidade, que vai receber sete partidas, incluindo a final em 13 de julho no Maracanã. "Haverá uma integração entre todas as forças para a Copa do Mundo. Haverá um contingente muito forte para a Copa do Mundo", afirmou Pezão. "A gente sempre fez grandes eventos como Rio-92, Rio+20 e, agora na Copa... temos garantia de que será tranquilo." Para reforçar a presença policial nas ruas, o governo do Rio cassou as folgas e, com a expectativa de possíveis protestos e manifestações durante o Mundial, o efetivo será ainda mais reforçado. Só no entorno do Maracanã o número de policiais a ser empregado será cerca de 70% maior que o utilizado na Copa das Confederações, em 2013, quando houve protestos e conflitos entre policiais e manifestantes nos arredores do estádio. Fonte:ESPN
Comentar
Compartilhe
Dias Tófoli ...
06/05/2014 | 14h40
Certas vergonhas deveriam como antigamente, ser escondidas ou disfarçadas. Mas o que se vê hoje, é quem muitas atrocidades contra a normalidade e moralidade acontecem sem véus. Na cara dura ! " Seria constrangedor ao cidadão de bem; se os votos que tem o Garotinho, a aliança para a eleição de 2014, e seu suposto poder material; tivessem fundamentado a decisão monocrática do Ministro Dias Tófoli." Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
No Aeroporto e Heliporto de Campos. É assim que se faz baderna. .(Parece que foi ontem)
04/05/2014 | 20h37
Estas abomináveis invasões, precisam ser encaradas como um cunho educacional. É pra entender e, aprender como não se faz. Mídia negativa Se na ocasião a ideia era de demonstrar a força e alcançar repercussão na mídia nacional; parabéns, chegou lá ! Só que "deu ruim". E de uma forma absurdamente negativa, se foi pelo mundo a imagem da povo de de Campos do Goytacazes, invadindo e destruindo bens públicos. Imagens das invasões do Aeroporto e Heliporto de Campos; ações muito bem organizadas, onde se pôde facilmente identificar, funcionários públicos, vereadores da situação e pessoal terceirizado da prefeitura e; no comando a própria prefeita Rosinha Garotinho. Foi dinheiro do povo? Os baderneiros foram mobilizados, organizados e deslocados, provavelmente com recursos públicos; situação que foi afirmada pela própria prefeita. É desagradável aos olhos, assistir ao comando pessoal da prefeita de um município com tamanha grandeza e história de vanguarda como Campos, envolvida nestas ações retrógradas, nestas badernas e transgressões à ordem pública. Nada justifica a violência e a propagação da desordem. Se esta vontade e disposição, tivesse sido colocada à serviço de soluções para os problemas da Educação, da Saúde e do transporte, certamente não estaríamos agora beirando o caos, que anda tentando se instalar na cidade. Precisava provocar ? Justo é; fazer alguns questionamentos aos senhores promotores públicos; estaduais e federais: Diante dos fatos de vandalismo e destruição de patrimônio público, para que alguma medida legal fosse tomada; haveria realmente a necessidade de provocação, diante das provocações dos próprios e absurdos fatos; que causaram: interrupção do tráfico aéreo, impedimento ao exercício do direito constitucional ao trabalho, ao direito de livremente ir e vir e outros direitos cerceados? Não estamos aqui , em intenção das críticas vazias, entendemos o hoje como consequência da inércia do ontem; um absurdo nasceu onde não houve a ação da voluntária da justiça e a repulsa das pessoas de bem. E o mal só se instala, onde o bom e o justo não se apresenta ! Pra fazer diferente " Não é privilégio de Campos; é porém constrangedor ao cidadão de bem, saber da existência de um poder corrosivo e corruptor, que se fez e se fortaleceu, em quase todas as cidades onde se ofereceu e não se soube usar, os "dinheiros fáceis" dos royalties. Mas tem jeito ! Ainda há tempo de se aprender com os erros; diagnosticar e entender as diversas demandas, planejar, elaborar e executar a construção de um amanhã, que seja total e completamente diferente deste hoje. Beira o utópico mas; que seja pacífico e harmônico, desenvolvido e evoluído !" Assista ao vídeo abaixo. [caption id="attachment_5646" align="alignleft" width="590" caption="Vídeo da Página no Youtube do Site URURAU.COM (Clique na imagem para assistir)"][/caption]
Você vai ler também: Manifestantes contrários à cassação de Rosinha fecham BR-101
Por Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Mocaiber: Roberto Henriques me traiu ...
03/05/2014 | 11h34
Uma entrevista publicada hoje em jornal (CHAPA BRANCA) local, o ex prefeito afirmou que foi traído pelo seu vice na época, Roberto Henriques. "Ao contrário de buscar trabalhar pelo município, se preocupava em tentar derrotar o poder instalado. Parece ser um hábito, do atual deputado estadual Roberto Henriques, que mal foi eleito, pulou do PR para outro partido". Neste momento(11:13 h) o ex prefeito Mocaiber concede uma entrevista em rádio local, que segundo anunciou o apresentador Carlos Cunha, será de grandes revelações. Telhado de vidro, realizações na sua gestão, obras emergenciais e outros erros cometidos. Nesta situação, mais que a afirmação pelo ex prefeito Mocaiber da traição, feita pelo seu ex afeto Roberto Henriques, a confirmação da aliança com os Garotinhos, um situação que se tinha desconfiança desde as eleições de 2008. É o tal do boi voando na política...... Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Rosinha admite uso de verba pública em protesto no RJ (parece que foi ontem)
02/05/2014 | 18h25
" Longe de se assumir uma postura a favor da baderna e da desordem, apenas para recordar que estas práticas de bandalha e avacalhação com o bem comum foi iniciada e incentivada pelo grupo, que ora comanda o município de Campos dos Goytacazes."
- A prefeita de Campos e ex-governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho, admitiu usar recursos da prefeitura para apoiar a ação de manifestantes, que bloquearam nesta quinta-feira as duas pistas da rodovia BR-101 na altura de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, ...... - "É tudo verba pública e eu estou lutando por verba pública. Se tiver que ser usado (recurso público), vai ser usado. É uma questão de sobrevivência", disse Rosinha, que chegou de helicóptero ao local após deixar o Rio. " - A rodovia, principal ligação entre o Rio e o Espírito Santo, só foi liberada no início desta noite. Durante o dia, pneus foram queimados. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebeu denúncias de que funcionários públicos foram recrutados ............." - À tarde, funcionários da prefeitura de Campos distribuíram quentinhas e armaram tendas para os manifestantes, que usavam um trio elétrico para os discursos de simpatizantes e políticos da região. Um caminhão da prefeitura de Campos foi apreendido pela PRF transportando pneus para serem queimados no local. - Agência Estado | 11/03/2010 19:58:00
Comentário: O que foi feito em relação a estas situações pelo MPF e MPE ?
Comentar
Compartilhe
O "Bobo" de gabinete e seu teatrinho de araque
02/05/2014 | 14h17
[caption id="" align="alignright" width="200" caption="Carpideiras no teatro "][/caption]Hoje pela manhã, ouvi um muito bem ensaiado desabafo, entremeado de dor, prantos e lamúrias; de um quase convincente, "Bobo da Corte local", o espetáculo aconteceu num desses palcos, onde existem muitos microfones sempre abertos, e à serviço de seu famoso grupo de fantoches. Ele lastimava a situação caótica instalada no reinado. Por pouco não me convenceu e emocionou, por muito pouco eu estaria em estado hipinótico, eles estão treinados nestas técnicas de ilusão. Mas, forte que fui, neste momento, nada me atingiu e ao contrário do que intencionava o bobo chefe; tal encenação, fez minha imaginação remeter as famosas carpideiras do interior do Nordeste; para quem não sabe, carpideiras, são aquelas velhas senhoras que são pagas para gritar em desespero e chorar copiosamente às alças do caixão de um falecido ou falecida. Também lembrei Vandré em sua canção, " Depois é só chorar", que eu compartilho letra e música aqui abaixo. Zé Armando Depois é só chorar(CLIQUE AQUI PARA OUVIR A CANÇÃO) Ama que tudo é só amar Sonha que a vida é só sonhar Toma do amor tudo que é bom Toma depressa enquanto é bom Que depois o amor é só chorar Ama que a vida é só amar Sonha que tudo é só sonhar Toma do amor tudo que é bom Toma depressa Enquanto é bom Que depois o amor é só chorar Sim, depois o amor é só chorar Depois o amor é só chorar Gerardo Vandré
Comentar
Compartilhe
" DIREITO DE IR E VIR..."Coluna Comentários 02 de Maio de 2014
02/05/2014 | 12h36
[caption id="attachment_5664" align="aligncenter" width="600" caption="CLIQUE PARA MELHOR VISUALIZAR"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Sem ônibus em Campos, vai a pé pra casa. Faz bem caminhar !
01/05/2014 | 17h54
O povo bom, e beira o simplório, acreditando na conversa fiada de políticos mentirosos e mal intencionados. Os problemas no transporte urbano em Campos são antigos, desde outras passagens do ex prefeito e seus seguidores cegos pela prefeitura; agora passados seis anos de governo da mulher do ex prefeito, a bandalha foi incentivada e só aumenta; ela diz saber de gente de fora chegando pra participar das manifestações, para queimar ônibus, já fez ameaças que vai municipalizar a frota; parece coação ou, seria apenas bravatas? Sobre as afirmações da prefeita, eu pergunto: soube como ? Quem são estes estrangeiros? De onde vem ? Porque a senhora não vai a polícia e denúncia ? Se a senhora é parte do problema, porque não toma uma atitude de verdade e se torna parte da solução? E você usuário do transporte coletivo de Campos dos Goytacazes: Você elegeu esta gente diz que ama esta cidade. Cante uma canção de caminhada e vá a pé, até sua casa... Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe