SHOPPING ESTRADA PODERÁ FICAR SEM ÁGUA
30/11/2013 | 17h57
"A conta de água e esgoto do Shopping estrada encontra-se sem pagamento e o abastecimento pode ser interrompido a qualquer momento." Disse o presidente da Associação de Lojistas do Shooping Estrada, Carlos Alberto Miranda.
- Imaginemos: Qual triste seria a situação de um senhor, de uma senhora, uma criança ou ainda, os dois juntos , desembarcando em Campos e necessitados, tivéssem que encarar um banheiro de rodoviária fétido e apodrecido ... . [caption id="" align="alignleft" width="229" caption="CODEMCA " Como vendilhões do Templo" - post de 22-11-2013 "][/caption] Ainda sobre o que nos falou o Sr. Senhor Presidente da Associação de Lojistas; tal fato, se deve a necessidade de ter tido a associação que cobrir as despesas com os salários de funcionários, materiais de limpeza e manutenção do Shopping Estrada, nestes últimos meses. A despesa é custeada com parte do que é arrecadado da "Taxa de embarque", taxa esta que tem sido regularmente recolhida e não repassada para a Associação. Tem sido compartilhado ao conhecimento público , através do Diário oficial do Município que a Prefeita Rosângela Matheus Barros Assed de Oliveira tem nomeado e exonerado variados "gestores" à CODEMCA, e estes vêem sistematicamente se apropriando de recursos que deveriam estar servindo à manutenção e a uma necessária evolução na qualidade de atendimento aos usuários do Terminal e, do Shopping Estrada como um todo. Não podem ser consideradas adequadas, quando se busca excelência na gestão pública, as escolhas dos colaboradores baseadas, não em qualidade e eficiência do gestor; mas sim, em interesses de atender a partidos políticos aliados. Nesta última "canetada", A Senhora Prefeita Rosinha, tirou o PRB e colocou o PHS; e pior seria se pior não fosse que; ela exonera os ditos "vendilhões do templo " e, nomeia os que, até que se prove o contrário, seriam conhecidamente "profanadores do erário comum". Prefeita Rosinha, nos permita sugerir: Coloque na CODEMCA um Gestor(note o "G" maiúsculo), que goste de, e que saiba trabalhar , que respeite o bem público e que sim; se preocupe com as coisas de Deus, mas que respeite e cuide do bem estar dos usuários, dos colaboradores e dos empreendedores do Shopping Estrada; estes pobres mortais! Não é possível que dentre estes milhares que estão na folha de pagamento da PMCG, não exista alguém qualificado a este fim. E mais, caso realmente não tenha com quem possa contar, devolva a total responsabilidade de administração do Shopping Estrada a iniciativa privada, que o construiu com seus próprios recursos e que vem sofrendo com os absurdos e abusos dos que passaram pelo órgão. Detalhe; estes últimos "gestores" foram tão bem, que a Guarda Municipal precisou ser deslocada para ocupar o espaço da CODEMCA, com a missão de "observar " a entrada e a saída dos que até lá se dirigiam; para trabalhar e, ou outros fins. É sempre bom precaver, numa destas, vá lá que um desavisado, queira querer levar o prédio nas costas De qualquer forma; nossos sinceros parabéns Prefeita Rosinha. A Senhora não se contentou à inércia e nem ignorou a rotina de situações problemáticas na CODEMCA; com felicidade percebemos que está buscando a solução. Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
- Uma longaaaaaaa..., duas rapidinhas - Coluna "Comentários" 29_11_2013
29/11/2013 | 09h31
[caption id="attachment_590" align="aligncenter" width="1187" caption="CLIQUE NA COLUNA PARA MELHOR VISUALIZAR"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Dr. Paulo Hirano vereador; contra fatos não há argumentos .
28/11/2013 | 22h46
[caption id="attachment_580" align="aligncenter" width="1172" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR O PARECER DO TCE_RJ SOBRE CONTAS DA PMCG"][/caption] R$ 1.366.109.931,10 de recursos oriundos de Royalties foram utilizados; com a seguinte "recomendação" do "Conselheiro-Relator": - 1) Para que o município atente para a necessidade do uso consciente e responsável dos recursos dos royalties, priorizando a alocação dessas receitas na aplicação de programas e ações voltadas para o desenvolvimento sustentável da economia local; -(SIC) R$ 544.269.125,92 de recursos do Fundo Municipal de Saúde foram utilizados;com as seguinte "Determinação:" - 11) Observar que a realização de despesas com ações e serviços públicos de saúde deverão ser financiadas com recursos movimentados exclusivamente pelo Fundo Municipal de Saúde, em atendimento à Lei Federal n.º 8.080/90 ; - (SIC) e "recomendação:" - III – Pela COMUNICAÇÃO à atual Chefe do Poder Executivo do Município de Campos dos Goytacazes, conforme previsto no § 1º do art. 6º da Deliberação TCE-RJ nº 204/96, a ser efetivada na forma do art. 3º da Deliberação TCE-RJ nº 234/06, alterado pela Deliberação TCE-RJ nº 241/07, ou, na impossibilidade, nos moldes do art. 26 do Regimento Interno deste Tribunal, para que tome ciência das ressalvas apontadas no relatório e adote as medidas necessárias visando o saneamento das impropriedades apontadas, alertando-a para os itens a seguir: a) Quanto à implementação de maior controle na gestão dos recursos da saúde, em razão da Lei Complementar Federal n.º 141/2012, atentando para a devida caracterização do gasto típico em ações e serviços de saúde voltados para promoção, proteção e sua recuperação; - (SIC) R$ 132.890.911,57 de recursos do FUNDEB foram utilizados; com a.....( esse é um capítulo à parte)
Um outro fato que merece ressalva é o de que o M. D. Presidente do TCE_RJ, Conselheiro Jonas Lopes de Carvalho Junior, mensurado ao final, ser o mesmo nominado nas reportagens abaixo. ( CLIQUE NAS IMAGENS )
[caption id="attachment_3471" align="alignleft" width="150" caption="STJ ACEITA DENÚNCIA CONTRA JONAS LOPES DE CARVALHO JÚNIOR, PRESIDENTE DO TCE"][/caption] [caption id="attachment_3472" align="alignright" width="150" caption="Polícia Federal e MPF retomam investigações no TCE e Jonas Lopes será intimado"][/caption] [caption id="attachment_3473" align="aligncenter" width="150" caption="O Tribunal que virou caso de polícia"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Ex-prefeito de Niterói pode pegar até três anos de prisão por abandono de idoso
28/11/2013 | 00h57
Rio de Janeiro - O ex-prefeito de Niterói Jorge Roberto da Silveira pode ser condenado a até três anos de prisão e a cinco anos de inabilitação para o exercício de cargos público por descumprimento de determinação judicial para acolhimento de idoso que se encontrava “em situação de grave risco”. A denuncia foi feita pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 2ª Central de Inquéritos. A ação penal contra o ex-prefeito de Niterói Jorge Roberto Silveira foi motivada pelo descumprimento de uma decisão judicial. Segundo o Ministério Público, em maio de 2012, o Juízo da Vara da Infância, Juventude e Idoso de Niterói, acolhendo o pedido do órgão, determinou que o município internasse o idoso Nasarino Almindo Vieira de Brito, na época com 81 anos, que estava em situação de grave risco. O idoso deveria ser encaminhado a uma instituição de acolhimento público ou a prefeitura deveria custear o seu acolhimento em abrigo particular. A decisão judicial tinha o prazo de dez dias para ser cumprida, devido à situação de saúde do idoso, mas, de acordo com a denúncia e com a prova documental produzida, o então prefeito de Niterói não cumpriu a determinação, alegando que o Ministério Público “não teria legitimidade para proteger o idoso”. Embora a Vara da Infância, Juventude e Idoso de Niterói não tenha acolhido a tese da prefeitura, fixando prazo de mais 48 horas para o cumprimento da decisão, ela não foi cumprida. O idoso morreu quatro meses depois, segundo o MP, enquanto o município questionava a ação que visava à proteção do idoso. O Ministério Público informou, na nota, que Nasarino só foi procurado pela prefeitura de Niterói no dia 23 de janeiro deste ano, “quatro meses após sua morte”. A conduta do ex-prefeito motivou o ajuizamento de ação penal pela 4ª Promotoria de Investigação Penal da 2ª Central de Inquéritos pela prática do crime descrito em artigo do Decreto-Lei nº 201/1967 que trata do tema. Em caso de condenação, a pena máxima para o crime é três anos de detenção. O ex-prefeito poderá ficar também inabilitado por cinco anos para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação. Uma equipe de assistência social e psicológica encaminhada ao local por solicitação do Ministério Público constatou a necessidade de abrigamento e internação do idoso. Relatório e laudos técnicos apontaram que o idoso tinha deficiência visual (cegueira total), hipertensão arterial e “quadro neurológico sugestivo de síndrome de demência em fase inicial”. A 4ª Promotoria de Investigação Penal de Niterói também requereu, como medidas cautelares, enquanto durar o processo-crime, a impossibilidade de o ex-prefeito se ausentar do estado do Rio de Janeiro e do país sem prévia autorização judicial, devendo comparecer mensalmente em juízo, para justificar suas atividades. Fonte EBC
Comentar
Compartilhe
CAMPOS DOS GOYTACAZES - Qual o melhor caminho ?
26/11/2013 | 12h21
[caption id="" align="aligncenter" width="579" caption="“MOBILIDADE URBANA EM CAMPOS DOS GOYTACAZES – UMA AGENDA URGENTE”."][/caption] . CLIQUE (AQUI) E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO
Comentar
Compartilhe
PPS_RJ com Aécio !
25/11/2013 | 18h27
Congresso do PPS do Rio de Janeiro decide por apoio ao PSDB [caption id="" align="alignleft" width="290" caption="Aécio Neves e Luiz Paulo ao lado de Roberto Freire e do Presidente Estadual reeleito Comte Bottencourt"][/caption] . Congresso do PPS do Rio de Janeiro decide por apoio ao PSDB Aécio Neves prestigiou congresso do partido no Rio de Janeiro . . Aliança com o PSDB e apoio a candidatura de Aécio Neves a presidente foram as principais decisões tomadas no 18º Congresso do PPS do estado do Rio de Janeiro ocorrido no último sábado, na UERJ, e que reuniu cerca de 500 pessoas. O evento levou o nome de Givaldo Siqueira, dirigente do partido que faleceu em setembro desse ano. Presidido pelo deputado Comte Bittencourt, o próprio senador Aécio Neves prestigiou o evento que também contou com a participação do presidente nacional do PPS, Roberto Freire, do senador Cássio Cunha Lima (PB), do deputado e presidente do PSDB de Minas, Marcus Pestana, dos deputados federais Stepan Nercesian e Otávio Leite, dos estaduais Luis Paulo Correia da Rocha, Gerson Bergher e José Luiz Nanci, da vereadora Tereza Bergher, do prefeito de Barra do Piraí, Jorge Babo e do presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz, além de diversas lideranças do PSDB em todo o Estado. Aécio Neves fez questão de esclarecer que o PPS foi aliado de primeira hora quando governou Minas e lembrou vários aspectos comuns que unem as duas legendas. Disse ainda que o PPS e PSDB assumem a responsabilidade de apresentar uma alternativa ao atual governo. Salientou que essa aliança será construída em benefício do Brasil. O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, afirmou que a atual política brasileira levou o país ao atraso e que a gestão do PT “inaugurou o populismo”. Para Freire, é preciso coragem para criticar o atual governo e reagir ao que incomoda. Roberto Freire lembrou que a decisão sobre a aliança do PPS só será definida em convenção no próximo ano. Disse ainda que no inicio de dezembro o partido terá o seu Congresso Nacional em São Paulo. O deputado Comte Bitttencourt, presidente do PPS no Rio de Janeiro, garantiu que no Rio o apoio do PPS ao PSDB é integral. Ele falou que os 20 delegados do PPS no Rio estão unidos em torno da ideia de apoiar Aécio Neves para presidente. O Congresso também elegeu: COMISSÃO EXECUTIVA EFETIVOS: COMTE BITTENCOURT – PRESIDENTE AÉCIO NANCI FILHO – 1º VICE-PRESIDENTE STEPAN NERCESSIAN – 2º VICE-PRESIDENTE GEORGETTE VIDOR MELLO – 3º VICE-PRESIDENTE ROBERTO PERCINOTO – SECRETÁRIO-GERAL CARLOS EDUARDO CAMINHA – 1º TESOUREIRO RAULINO AQUINO DE BARROS OLIVEIRA – REL. PARLAMENTAR NORMA SHIRLEY SANTOS ANGELO– COORD. DE MULHERES GILVAN CAVALCANTI DE MELO – CULTURA E EVENTOS MIGUEL ARCÂNGELO RIBEIRO – COORD. BAIXADA SEBASTIÃO RODRIGUES PAIXÃO – COORD. LESTE METROPOLITANO PAULO MAURÍCIO MAZZEI – COORD. REGIÃO DOS LAGOS EDUARDO CARDOSO DA SILVA – COORD. REGIÃO NORTE JOSÉ LUIZ NANCI – MEMBRO ARMANDO MARQUES SAMPAIO - MEMBRO SUPLENTES: LUIZ ANTONIO MARTINS GATO ELISEU DE OLIVEIRA NETO MIRYAN INÊS DE LIMA JAMILA SALIM CALIL RIBEIRO WANDERSON HANDDYN MÁXIMO DE OLIVEIRA Foto: Divulgação Fonte: Portal PPS-RJ
Comentar
Compartilhe
Outro pedido aceito
25/11/2013 | 18h01
" Quarta Vara Empresaria do Rio de Janeiro deferiu agora há pouco o pedido de recuperação judicial da OSX, empresa de construção naval de Eike Batista. A OSX acumula dívidas de cerca de 4,5 bilhões de reais com a Caixa Econômica Federal, BNDES e Techint. É a segunda empresa de Eike que, em menos de uma semana, tem sua recuperação judicial aceita – a outra foi a OGX, embora o pedido da petroleira só tenha sido deferido parcialmente. Ficaram de fora as subsidiárias da petroleira no exterior, o que impacta fortemente os planos dos reestruturadores. Agora, a OSX terá seis meses para apresentar ao juiz um plano de reestruturação das dívidas da empresa. Até lá, as dívidas ficam congeladas." Por Lauro Jardim
Comentar
Compartilhe
Rio entra em campanha de combate à violência contra a mulher
24/11/2013 | 02h50
[caption id="" align="alignleft" width="300" caption="O Dossiê Mulher, elaborado pelo Instituto de Segurança Pública, aponta a mulheres fluminenses como as maiores vítimas dos crimes de estupro (82,8%), (Julia Soul / Creative Commons)"][/caption] Rio de Janeiro – Um mutirão de serviços sociais no Parque de Madureira, zona norte do Rio, hoje (23), marcou a entrada da Prefeitura do Rio na campanha internacional "16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres". Equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher, do Ministério Público, da Defensoria Pública, do Tribunal de Justiça e de secretarias municipais tiraram dúvidas sobre as políticas públicas para a mulher em situação de violência. Segundo a secretária Especial de Políticas para a Mulher da Prefeitura do Rio, Ana Rocha, a Lei Maria da Penha impulsionou o aumento de denúncias. “As medidas protetivas e o disque 180, criaram melhores condições para a denúncia”, comentou. Para ela, a fonte de violência contra a mulher é o machismo. “É a visão de que a mulher é propriedade do homem. As pesquisas mostram que muitos casos de violência contra a mulher ocorrem após o rompimento do relacionamento”, contou ela. A professora Célia de Almeida acredita que só a educação pode reduzir a violência contra a mulher. “A campanha tem caráter educativo. É alcançar desde a criancinha aos adolescentes, abranger os diversos segmentos da sociedade. É algo cultural que precisa ser trabalhado de forma educativa”. A campanha "16 Dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres" foi criada em 1991 por 23 feministas de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres nos Estados Unidos. Atualmente, a campanha ocorre em 159 países. Vai do dia 25 de novembro (Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres) a 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos). No Brasil, a campanha começou no dia 20 de novembro (Dia Nacional da Consciência Negra) para destacar a dupla discriminação sofrida pelas mulheres negras. O Dossiê Mulher, elaborado pelo Instituto de Segurança Pública, da Secretaria de Segurança, aponta a mulheres fluminenses como as maiores vítimas dos crimes de estupro (82,8%), tentativa de estupro (94,9%), calúnia, injúria e difamação (72,4%), ameaça (66,7%), lesão corporal dolosa (65,3%) e constrangimento ilegal (56,6%). O relatório, baseado em registros da Polícia Civil durante 2012, aponta que grande parte dos delitos ocorreu no ambiente familiar. Agencia EBC
Comentar
Compartilhe
Consórcio "Aeroportos do Futuro" arremata metade do Galeão por R$19 bilhões
23/11/2013 | 11h50
"Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, deve multiplicar por três o número de passageiros em 25 anos. Veja quais obras obrigatórias o consórcio deverá realizar." Em 20 anos serão 60 milhões utilizando o Galeão [caption id="attachment_3401" align="aligncenter" width="577" caption="Assista a reportagem da Rede Brasil"][/caption]
Comentar
Compartilhe
CODEMCA - Como "vendilhões do Templo".
22/11/2013 | 20h37
[caption id="attachment_579" align="alignleft" width="268" caption="Terminal Rodoviário Shopping Estrada - Campos/RJ"][/caption] Associação de Lojistas do Shopping Estrada; por celular. . Os comerciantes da Associação de Lojistas do Shopping Estrada estão revoltados com o pessoal da IURD que controla a CODEMCA. . " O Garotinho em um de seus muitos arranjos; deu a CODEMCA, que é uma coisa pública, para os pastores da Igreja Universal. Isso é uma leviandade administrativa; eles não tem a qualificação necessária pra administrar nada! Vejam só; o outro presidente, Seu Jivago, não teve capacidade de fazer uma obra de reparação nos vazamentos da cobertura, gastou um monte de dinheiro e hoje, desce duas vezes mais água que antes da tal da reforma, os usuários do terminal, ficam praticamente sem ter onde ficar quando chove; a reforma dos banheiros foi outra mostra de desqualificação, quando acabaram a obra de reforma, não saía água das torneiras, o usuário ia ao banheiro e, não tinha como lavar as mãos, nesta o dinheiro deve ter ido pelo ralo também, é obra de mentirinha, só pra dizer que fez e, faturar; isso eles sabem fazer muito bem. Nas conversas, pelos corredores, os próprios "irmãos" falavam em voz alta na saída do seu Jivago: "Soube faturar mas não soube dividir, caiu! " Será que eles pensam que Deus não esta vendo isso ! Agora querem tirar o emprego de uma dúzia de pais e mães de família que cuidam da manutenção do Shopping Estrada,pra colocar uma empresa terceirizada, que pasmem, até já sabem qual vai ser, é uma tal de LIMPOT ou coisa que se pareça. Isso é covardia Prefeita Rosinha! Pois a parte do que está sob nossa responsabilidade está bem feita, o Terminal e o Shopping estão limpos e bem cuidados. E os IURDs, ainda vem com conversa de senhor , senhor ! O que chega pra gente, é que eles são sempre envolvidos em escândalos,que muito rapidamente são abafados, ou quase. Outro dia mesmo, o Secretário de Pesca, Pastor Vieira Reis, que detonou o Jivago da CODEMCA, foi exonerado por um destes episódios não totalmente explicados. Deus os perdoe ! Ontem, pela segunda vez, o vice diretor, pastor Rodrigo veio com um documento fajuto e sem base legal alguma, e ainda dizendo que se assinássemos eles iriam saldar o calote que estão dando na Associação de Lojistas do Shopping Estrada; não pagam o que foi acordado em Convênio faz muitos meses. Fazer a coisa desta maneira forçada, não seria por acaso; assédio moral ? O que eles precisam entender , inclusive o chefe deles, o seu Garotinho é que tudo isso aqui, foi construído com dinheiro privado, a prefeitura doou o terreno e por conta disso a Associação de Lojista paga permissão de uso e, nós pagamos em dia, não saímos por ai , dando calote e acharcando em nome de Deus. " A gente vive , como os que semeiam, não como vendilhões do templo..." Carlos Alberto Miranda Meirelles Presidente da Associação de Lojistas do Shopping Estrada Atualização: Após a exoneração do presidente da CODEMCA, na quinta feira próxima passada, foram enviadas tropas municipais, que garantiram a retirada pacífica e sem maiores danos à coisa e aos bens públicos da instituição. 30_11_2013 1323 h
Comentar
Compartilhe
Carrinho de mão e um balde! Coluna "Comentários" 22_11_2013
22/11/2013 | 08h44

[caption id="attachment_579" align="alignright" width="892" caption="CLIQUE PARA MELHOR VISUALIZAR"][/caption]

Comentar
Compartilhe
Presidente de João Goulart - Senado resgata a história
21/11/2013 | 21h04

Congresso anula sessão que declarou vaga a Presidência de João Goulart

O Congresso Nacional aprovou na madrugada desta quinta-feira (21) o projeto de resolução (PRN 4/13) dos senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Randolfe Rodrigues (Psol-AP), que anula a sessão do Congresso de 2 de abril de 1964 que declarou vaga a Presidência da República no mandato do presidente João Goulart.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, avaliou que a votação é a “oportunidade histórica de reparar uma mancha na História do País”. Ele ressaltou que a sessão foi acompanhada pelo filho de João Goulart, João Vicente Goulart.

Os dois autores da proposição ressaltaram a ilegalidade em que a sessão se baseou: declarou a presidência vaga mesmo depois que João Goulart enviou ao Congresso um documento dizendo que estava no País e no exercício do cargo.

“João Goulart estava no comando de suas atribuições e em pleno território nacional e, por isso, o presidente do Congresso não poderia ter convocado arbitrariamente a sessão e muito menos ter declarado vaga a presidência”, disse Randolfe Rodrigues.

Para Pedro Simon, a votação vai permitir uma nova interpretação da História. “Não vamos reconstituir os fatos. A história apenas vai dizer que, naquele dia, o presidente do Congresso usurpou de maneira estúpida e ridícula a vontade popular depondo o presidente da República”, disse.

Ouça a íntegra da sessão do Congresso que declarou vaga a Presidência em 1964.

Evitar repetição do erro

O relator do projeto, deputado Domingos Sávio (PMDB-MG), disse que ao anular a sessão que cassou o mandato de Jango, o Congresso pode impedir que a mesma situação ocorra novamente. “É triste, mas é necessário resgatar essa noite para que não se repitam mais coisas dessa natureza. Essa desastrada decisão é uma das muitas razões para tudo o que padeceram aqueles que viveram esse período sombrio da nossa História”, argumentou.

Para a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), o Congresso demonstrou para a História que o golpe que iniciou o regime militar foi baseado em falsidade. Para o senador Randolfe Rodrigues a proposta retirou o "ar de legalidade" do golpe de 1964.

Voz dissonante

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi a voz dissonante na votação do projeto. Para ele, o projeto quer “tocar fogo” no Diário do Congresso Nacional. “Querem apagar um fato histórico de modo infantil. Isso é mais do que Stalinismo, quando se apagavam fotografias, querem apagar o Diário do Congresso”, disse.

Bolsonaro citou vários artigos de jornal segundo os quais políticos e segmentos da sociedade foram favoráveis ao golpe. “A ABI [Associação Brasileira de Imprensa] e OAB [Ordem dos Advogados do Brasil] aprovaram o movimento. Toda a igreja católica, governadores, empresários e produtores rurais foram na mesma linha. Tiremos o peso dos militares, salvamos o País de um regime ditatorial”, disse.

O deputado Vieira da Cunha (PDT-RS) rebateu as críticas. “Quem quer apagar a historia com seu pronunciamento é colega Jair Bolsonaro, que hoje se superou da tribuna”, criticou.

Já o deputado Ronaldo Benedet (PMDB-SC) disse que é uma vitória da democracia o fato de o colega poder se manifestar contra uma proposta com ampla maioria. “Como é bela a democracia que conquistamos. Tão valiosa que até quem defende a ditadura e quer justificar a ditadura pode vir fazê-lo”, disse.

Os restos mortais de Jango, exumados na quarta-feira da semana passada (13), chegaram no dia seguinte a Brasília com honras de Estado. Eles passarão por exames no Instituto de Criminalística. Os testes foram solicitados pela família à Comissão da Verdade após declarações de um ex-agente da repressão da ditadura uruguaia, segundo o qual Jango teria sido envenenado.

Agencia Câmara de Notícias

Comentar
Compartilhe
Eleições 2014: Jogo eleitoral com novas regras.
20/11/2013 | 22h16

Minirreforma eleitoral segue para sanção e deve valer já para 2014

O Plenário do Senado aprovou em votação simbólica a minirreforma eleitoral, com medidas que, de acordo com seu autor, senador Romero Jucá (PMDB-RR), têm por objetivo diminuir os custos das campanhas e garantir mais condições de igualdade na disputa eleitoral entre os candidatos. A matéria segue para sanção presidencial. Segundo afirmou Jucá, as mudanças serão válidas já para as eleições de 2014.[caption id="" align="alignright" width="300" caption="Lia Paula/Agencia Senado"][/caption]

.

- A minirreforma eleitoral vale para 2014, porque não muda regras de eleição, mudamos apenas regras administrativas e procedimentais, que criam procedimentos de fiscalização, de transparência, de gasto. Não há nenhuma mudança que impacte o[caption id="attachment_3344" align="alignleft" width="150" caption="CLIQUE PARA INFOGRÁFICO COM MINI REFORMA ELEITORAL"][/caption]direito de cada um de disputar eleição – afirmou Jucá.

O PLS 441/13 foi aprovado no Senado em setembro, mas voltou à análise da Casa porque a Câmara fez alterações ao texto do relator, senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

Principais mudanças

Uma das mudanças eleitorais foi a inclusão da proibição de uso de bonecos gigantes, comuns em época de eleição. Os deputados mantiveram na minirreforma a proibição de propagandas como cartazes, placas, muros pintados em bens particulares. Mas ficam permitidos adesivos com tamanho máximo de 40 por 50 centímetros.

O texto aprovado proíbe, em vias públicas, propagandas eleitorais em cavaletes e cartazes. Nas vias públicas, será permitido o uso de bandeiras e de mesas para distribuição de material, contanto que não dificultem o trânsito de pessoas e veículos. A proposta também proíbe a substituição de candidatos a menos de 20 dias das eleições e obriga a publicação de atas de convenções partidárias na internet em até 24 horas.

Para o presidente do Senado, Renan Calheiros, a minirreforma vai reduzir de maneira significativa os gastos nas campanhas eleitorais.

- Como todos sabem, a eleição no Brasil é das mais caras do mundo – disse Renan Calheiros.

Os senadores decidiram recolocar no texto o limite de contratação de cabos eleitorais. Agora, a contratação de cabos eleitorais fica limitada a 1% do eleitorado em municípios com até 30 mil eleitores. Acima disso, será possível contratar uma pessoa a cada mil eleitores a mais.

O texto aprovado nesta quarta-feira (20) não altera a proibição de doações a candidatos por parte de concessionárias e permissionárias de serviços públicos. Essa proibição já é prevista na Lei 9.504/1997 e a parte que flexibilizava essa proibição foi retirada do texto final.

Financiamento público exclusivo

Vários senadores criticaram que a minirreforma deixou de fora pontos importantes como o financiamento público exclusivo de campanha. Outros também levantaram dúvidas sobre a aplicação das novas regras já nas eleições de 2014. Mas o senador Jucá garantiu que as modificações valerão já para as eleições do ano que vem.

O maior crítico da minirreforma foi o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR). Para ele, o texto aprovado “não contribui em nada para o aperfeiçoamento nem para a democratização do debate eleitoral”.

- Nós somos um minicongresso, por acaso, para estar aprovando minirreformas? Por que é que a gente nunca faz uma reforma para valer? Essa minirreforma nada mais é do que um esquema para proteger donos de rádio e de televisão – afirmou Mozarildo.

O senador Wellington Dias (PT-PI) concordou com as críticas de Mozarildo.

Já o senador Mário Couto (PSDB-PA) afirmou que a minirreforma “é um avanço substancial na democracia e na liberdade das eleições brasileiras”. Ele ponderou que o melhor seria “uma ampla reforma eleitoral”, mas que as mudanças aprovadas nesta quarta-feira (20) dará sim mais condição de igualdade aos candidatos nas campanhas eleitorais.

O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) foi um dos que reclamaram de o Congresso não ter conseguido consenso para aprovação do financiamento público exclusivo das campanhas, o que, para ele, modificaria de maneira realmente profunda a influência do poder econômico nas eleições.

Na mesma linha, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) também lamentou que o financiamento público exclusivo das campanhas não vigore no Brasil.

- Não é uma reforma que muda as estruturas do sistema eleitoral e do sistema político. Isso só vai acontecer com o financiamento público de campanhas. Hoje, grandes conglomerados financeiros e econômicos desequilibram as campanhas e o processo eleitoral – disse Randolfe.

Eleições de 2014

Também o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) também fez duras críticas ao alcance limitado das alterações. Ele colocou em dúvida se todas as mudanças realmente poderão valer para as eleições de 2014.

- Perdemos a oportunidade de fazer mudanças mais significativas, na verdade é uma ‘nanorreforma’ eleitoral. Vai criar mais confusão que esclarecimento. Vai acabar ficando pro TSE decidir – disse.

Para o senador José Agripino (DEM-RN), o limite à contratação de cabos eleitorais é moralizadora do processo eleitoral, pois acabará com a “prática de compra de votos disfarçada de forma escrachada”.

- Há candidatos que contratam 40 mil bocas de urna no dia da votação, na verdade são votos comprados – disse.

Depois da aprovação do projeto, Jucá afirmou que as mudanças vão baratear e dar mais transparência às campanhas.

- Estamos criando padrões de gastos para que os tribunais eleitorais e o Ministério Público possam fiscalizar a eleição e possa ter mais equidade nas eleições. São medidas salutares que criam mais transparência no processo eleitoral – afirmou Jucá.

O senador Benedito de Lira (PP-AL) afirmou que o Senado estava aprovando “um arremedo de última hora para dar satisfação à sociedade”.

- Eu lamento profundamente que nós hoje estejamos reunidos para tratar desta matéria, que não traz eficácia nenhuma para as eleições de 2014 – opinou.

Agência Senado

CLIQUE AQUI E OUÇA A NOTÍCIA NA RÁDIO SENADO

Comentar
Compartilhe
NQT_Telecomunicações, vendida por R$ 200 milhões(empresa detém rede de fibra ótica em Campos)
20/11/2013 | 11h39
Isa, da Colômbia, compra NQT no Brasil por R$ 200 milhões Segundo fontes, companhia colombiana fechou acordo para aquisição da Nelson Quintas Telecomunicações para obter uma rede de fibra ótica no Rio [caption id="" align="aligncenter" width="590" caption="Cabos de fibra óptica: acordo entre - Interconexión Eléctrica e a Nelson Quintas Telecomunicações foi concluído e pode ser anunciado ainda nesta semana"][/caption]Foto: REUTERS/Jose Miguel Gomez São Paulo - Interconexión Eléctrica SA ESP (Isa), a companhia de energia e telecomunicações da Colômbia, adquiriu Nelson Quintas Telecomunicações Ltda. por cerca de R$ 200 milhões para obter uma rede de fibra ótica no Rio de Janeiro, segundo duas pessoas próximas ao negócio. O acordo foi concluído e pode ser anunciado ainda nesta semana, disseram as fontes, que pediram para não ser identificadas porque a aquisição ainda não foi divulgada. Isa comprou NQT do grupo português Nelson Quintas Filhos. Segundo seu website, a NQT possui a maior rede de fibra ótica de propriedade privada no Rio de Janeiro. A aquisição será feita por meio da unidade Internexa. ISA já atua em São Paulo, o maior mercado do Brasil para fibra ótica. Tim, com sede no Rio de Janeiro, adquiriu a AES Atimus Group em 2011 por R$ 1,52 bilhões e disse que está olhando para transações semelhantes este ano. O HSBC Holdings Plc está assessorando Isa na aquisição, e o Crédit Agricole SA está aconselhando NQT, disseram as pessoas. A tecnologia da Isa inclui fibra ótica, transmissão por satélite e redes de micro-ondas de apoio, segundo o website. No Brasil, a Isa é dona da CTEEP, Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista. O HSBC não quis comentar. O Crédit Agricole, a NQT e a Isa não retornaram pedidos de comenários. [caption id="attachment_3337" align="aligncenter" width="726" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR"][/caption] Fonte: Exame Comentário: 20/11 11:37: A empresa está bem próxima, tem rede de fibra ótica distribuída e, em expansão por toda Campos e região.
Comentar
Compartilhe
Garotinho do mal e perseguidor ...
19/11/2013 | 09h50
Demorou mas o SBT, com certeza finalmente supera a Globo com esta inusitada perseguição do garotinho do mal..... CLIQUE NA IMAGEM E ASSISTA O VÍDEO [caption id="" align="aligncenter" width="580" caption="Clique na imagem e assista ao vídeo da vingança do garotinho do mal"][/caption]
Amigão, esta postagem até foge um pouco do foco do Blog da Coluna, mas, hoje estou com o Gonzaguinha: " Viver é não a vergonha de ser feliz..."
À todos; um maravilhoso, 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra. " RACISMO E PRECONCEITO É PRODUTO DA MEDIOCRIDADE..."
Zé Armando Comentário, 17:25h: O vídeo está circulando na internet com mais de 100.000 acessos. Em momento nenhum foi mencionado; Fulano de tal, Beltrano ou, ainda o Sr. Ciclano, pelos redatores deste espaço.
Comentar
Compartilhe
Vitória: Concurso para urbanizar orla
18/11/2013 | 21h22
Prefeito Luciano Rezende disse que a urbanização vai integrar os bairros da orla noroeste Por: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Vitória Concurso Orla Noroeste vai urbanizar a baía e beneficiar 72 mil moradores Um novo eixo de lazer, turismo e geração de renda será criado para as famílias de Vitória com a urbanização da orla noroeste. O anúncio do prefeito Luciano Rezende foi feito na noite desta quarta-feira (14), no Tancredão, na solenidade de lançamento do Concurso Nacional Orla Noroeste de Vitória, que vai selecionar as melhores propostas para a implantação de calçadões, deques, píeres, praças e espaços de contemplação entre o antigo Cais do Hidroavião, em Santo Antônio, e a Ponte da Passagem, em Andorinhas. "Vamos fazer uma urbanização contínua que vai integrar os bairros, ser uma opção de lazer para as famílias e ainda uma opção para o turismo, com geração de emprego e renda. O concurso vai tirar o melhor projeto que vai mudar este lado de Vitória. Recuperaremos o conceito de ilha voltada para o mar, tendo vida noturna nessa área", explicou o prefeito. A solenidade contou com a presença de cerca de 160 pessoas. De acordo com o prefeito, a cidade ganhará um plano diretor para a orla, fazendo interface com as alterações futuras na Rodovia Serafim Derenzi. Serão beneficiados diretamente cerca de 72 mil moradores de 20 bairros (Andorinhas, Ariovaldo Favalessa, Bela Vista, Caratoíra, Conquista, Estrelinha, Grande Vitória,[caption id="" align="alignright" width="350" caption="Prefeito Luciano Rezende disse que a urbanização vai integrar os bairros da orla noroeste "][/caption] Ilha das Caieiras, Inhanguetá, Joana D’Arc, Nova Palestina, Mário Cypreste, Redenção, Resistência, São Pedro, Santa Luiza, Santa Martha, Santo André, Santo Antônio e Universitário). Intervenções "Os arquitetos e urbanistas vão pensar vias de ligação da Serafim Derenzi com a orla para que possam ser feitas intervenções que melhorem a mobilidade de pedestres e ciclistas. O conceito é orla água, orla mangue e orla pedra, elementos naturais que vão ser valorizados com os projetos. Eles vão apresentar soluções que aind contribuam para a preservação do maior mangue urbano do Brasil, que está nesta região, criando uma consciência ecológica", disse a secretária de Desenvolvimento da Cidade, Sandra Monarcha, que coordena o projeto no município. Para o vereador Davi Esmael, o projeto, a ser implantado a médio e longo prazo, mostra a preocupação da gestão com o futuro da cidade. Já o vereador Wanderson Marinho acredita que Vitória muda a história da região com a implantação do projeto, que vai dar vida ao local. O Concurso Nacional Orla Noroeste de Vitória é realizado pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-ES). "Fazer um concurso dessa natureza é uma atitude de coragem e mostra que o município está aberto à contribuições", ressaltou o presidente do IAB-ES, André Abe. As regras de participação estarão disponíveis em um site a partir desta segunda-feira (18). Após apresentados, os projetos serão avaliados e a Prefeitura de Vitória dará a contrapartida para a sua execução.
Comentar
Compartilhe
Promotor e Atitude. Cá, como lá!
18/11/2013 | 01h09
{ ATITUDE } Esta é a palavra que precisa ser transformada em ação; pela população, pela sociedade organizada, pelos poderes constituídos e pelos gestores público, pelo todo ! Nem só no que diz respeito a shows, mas sim, em tudo que envolva dinheiro público. O exemplo que está sendo dado pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo precisa ser irradiado para o nosso lado da fronteira, urgente e imediatamente ! Assista ao Vídeo da entrevista no Bom Dia ES da TV Globo_ES: [caption id="attachment_3295" align="aligncenter" width="962" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO DA REPORTAGEM "][/caption]
Comentar
Compartilhe
Vereadores de Campos tem avaliação de 40% ruim e péssima - Instituto Iguape -
17/11/2013 | 04h09
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR COLUNA COMENTÁRIOS [caption id="attachment_578" align="aligncenter" width="658" caption="CLIQUE NA IMAGEM E LEIA TAMBÉM: " OPORTUNIDADE DE OURO ""][/caption]
Comentar
Compartilhe
- Acusação Criminosa - Coluna "COMENTÁRIOS" 16_11_2013
16/11/2013 | 15h58
[caption id="attachment_576" align="aligncenter" width="2646" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR _ MOVIMENTE NO CURSOR DEPOIS DA AMPLIADA "][/caption]
Comentar
Compartilhe
Garotinho "esculachou a Polícia".
15/11/2013 | 11h59
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE A PÁGINA [caption id="attachment_577" align="aligncenter" width="1051" caption="CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR A NOTA"][/caption]
Fila da corrupção não para de crescer ...
15/11/2013 | 01h25
Agora a fila da condenação também entra no mesmo ritmo de crescimento. Campos tem representantes de peso neste seguimento, desde sanguessugas até criminosos comuns. Presos; os criminosos do mensalão vão abrir a cancela por onde vão passar muitos dos corruptos conhecidos da vizinhança. Principalmente aqueles que a força poderosa da mídia não permitir que fiquem escondidos ou camuflados. Estamos juntos ao Papa Francisco nesta luta:
- "Uma vida com base na corrupção é putrefação envernizada ! "
. [caption id="attachment_3243" align="aligncenter" width="400" caption="Amanhã nas bancas "][/caption] Leia Também: " Garotinho esculachou a Polícia "
Comentar
Compartilhe
ASSUMA O COMANDO PREFEITA.
13/11/2013 | 23h59
- O que se vende nas propagandas a respeito do atendimento do Hospital Ferreira Machado entendo que é uma verdadeira enganação. Segundo informações telefônicas direto do hospital, depois de tanto esperar, graças a um telefonema de meu cunhado para o Vereador Kellinho, da base de apoio do atual governo, os procedimentos de atendimento foram iniciados, a quem pessoalmente remeto meus agradecimentos pessoais, mas infelizmente não posso fazer o mesmo com a direção deste Hospital. Tudo foi resolvido em 30 minutos. Difícil foi saber nos bastidores do hospital, que o medico estava de "Stand Bay" no repouso. Mas escandaloso, é que uma senhora idosa teve que ficar dentro do hospital, a espera do atendimento especializado, cerca de 5 horas e 30 minutos. Fica aqui o meu protesto e repudio, para que fatos negativos como este não se repitam e que a população nunca dependa de interferências de políticos para ser atendido. Estão brincando com a vida da população. A minha independência sempre me fez agir assim. "Tá bom para o povo eu apoio e elogio, tá ruim para o povo, eu não compactuou e falo a verdade. -(SIC) Trecho do texto publicado no Facebook pelo Senhor Carlos Café e, postado pelo Blog Estou Procurando o que Fazer.(AQUI) Comentário:
O Blog da Coluna, já tinha conhecimento dessa prática: A saúde à serviço da política eleitoral. Especialmente de alguns vereadores. Tem mais : com áreas de atuação delimitada, tal e qual o tráfico de drogas. Se um avança na área do outro , termina em guerra! Só não denunciamos antes, embora tendo como provar porque, iría expor a fonte. Soubemos que há um esquema sofisticado de traficância da dor e da vida. No município, é prática usual, ter pessoas contratadas por pol?ticos para agenciar doentes que necessitam de consultas, exames , cirurgias e outros atendimentos em troca de votos. Esta é a forma mais vil da política clientelista. O que aconteceu à sogra do Senhor Carlos Café. Embora inaceitável, inconcebível e repudiável, é coisa menor diante do que acontece diariamente na saúde de Campos. Não há gestores sérios e bem intencionados que resolvam. Mas, com todo o respeito aos gestores, mesmo entendendo que não mereçam ressalva, pois sabem que o acontecido além de verídico é cotidiano, que além de indecente é criminoso. Entretanto, o inconformismo maior do blog é com a prefeita. Ela conhece a dor do povo, sabe que, quem mais sofre são os que menos têm. Justamente esses, são o que nela confiam e votam, portanto merecedores de toda consideração e estima. A prefeita conhece cara-a-cara o sofrimento daqueles que a querem muito. Dê um basta nisso, prefeita. Assuma o comando da saúde. Afaste esses abutres. Como mãe zelosa que é, não permita que estes, que a consideram como tal, continuem passando a humilhação que passam. Não esqueça: A Senhora Acalentou a Esperança da Mudança.!!!
[caption id="attachment_3218" align="aligncenter " width="579" caption="A Prefeita conhece as carências e sabe onde está o povo que sofre !"][/caption]
Comentar
Compartilhe
STF determina cumprimento de penas de 22 condenados no processo do mensalão
13/11/2013 | 23h57
O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o cumprimento das penas de 22 condenados no processo do mensalão (Ação Penal 470). Fica de fora apenas o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), que teve embargos de declaração parcialmente aceitos na sessão desta quarta-feira (13). Os recursos do parlamentar não foram considerados protelatórios, e ele ainda tem recurso de embargo infringente a ser julgado.[caption id="" align="alignright" width="372" caption="Joaquim Barbosa (D): os que tiverem diminuição da pena devem começar a cumprir a pena no regime mais liberal até que seja definida a pena final."][/caption] Ficou decidido ainda que os nomes dos réus devem ser colocados no rol dos culpados e a Justiça Eleitoral e o Congresso Nacional devem ser notificados da decisão. Quanto à definição se a cassação do mandato pode ser determinada pelo STF, os ministros deixaram para ser discutida quando forem julgados os embargos infringentes. Dos 22, 16 réus apresentaram embargos infringentes e podem ter sua pena modificada. Estão nessa situação os deputados Valdemar Costa Neto (PR-SP), Pedro Henry (PP-MT) e José Genoíno (PT-SP). Os ministros decidiram que todos começarão a cumprir a parte da pena relativa a condenações contra as quais não cabe mais recurso. Todos esses réus foram condenados por mais de um crime. Portanto, começará a ser cumprida a pena que não será questionada. Oito réus já tem a pena definitiva. Penas alternativas Três foram condenados a penas alternativas. O ex-deputado José Borba, o ex-assessor do PTB Emerson Palmieri e o ex-corretor Enivaldo Quadrado. Eles também já vão começar a cumprir suas penas. O presidente do STF e ministro relator, Joaquim Barbosa, informou que, aqueles que vierem a ter diminuição da pena, com mudança para um regime mais favorável, devem começar a cumprir essa pena nesse regime mais liberal até que seja definida a pena final. Ainda não se sabe quando começará o cumprimento das penas. Isso depende de providências que devem ser tomadas a partir de agora pelo ministro Joaquim Barbosa. Direito de defesa x impunidade Os ministros enfatizaram que é hora de mostrar que, o direito de defesa deve ser garantido, mas que a impunidade não pode prevalecer. O Plenário admitiu que seja analisada a admissibilidade de embargos infringentes daqueles réus que apresentaram o recurso, mas não têm os quatro votos favoráveis necessários. A decisão irritou o ministro Gilmar Mendes que já antes da sessão afirmava que o tribunal precisa agir para evitar a situação de indefinição e impunidade. "Nós temos um sistema recursal bastante generoso. Em princípio é necessário ter uma compreensão em função mesmo de outros tempos, autoritários, mas é preciso ter cuidado para não banalizar recursos de caráter meramente procrastinatório." Para o ministro Roberto Barroso, chegou a hora de encerrar o capítulo mensalão, cuja denúncia foi apresentada em abril de 2006. "Não existe em parte alguma do mundo direito ilimitado de recorrer. Um dia o processo acaba e a decisão tem de ser cumprida. Penso com relação a esse processo que esse dia chegou." Veja como ficou o resultado do julgamento de cada um dos recursos analisados na sessão desta quarta-feira. Fonte: Câmara dos Deputados Foto: Antônio Araujo
Comentar
Compartilhe
" Seria melhor para ele se colocasse uma pedra ao pescoço e fosse atirado ao mar".
12/11/2013 | 22h09
Papa faz duro sermão contra corruptos . "Seria melhor se colocasse uma pedra ao pescoço e fosse atirado ao mar’, diz Francisco, citando uma passagem bíblica" [caption id="" align="alignright" width="300" caption="É a segunda vez em menos de uma semana que o Papa Francisco ataca os males da corrupção FILIPPO MONTEFORTE / AFP "][/caption] VATICANO - Em uma de suas homilias mais fortes desde que foi eleito, o Papa Francisco citou uma passagem da Bíblia na qual diz que alguns pecadores merecem ser amarrados a uma pedra e atirados ao mar, em uma referência clara à corrupção. Ele fez as declarações na segunda-feira durante uma missa na Casa de Santa Marta, onde escolheu morar depois de rejeitar o luxuoso Palácio Apostólico. O Pontífice argentino criticou cristãos que levam uma vida dupla por dar dinheiro à Igreja, enquanto roubam do Estado. Segundo ele, são pecadores que merecem ser punidos. Citando o Evangelho de São Lucas, no Novo Testamento, ele afirmou: - Jesus diz: ‘Seria melhor para ele se colocasse uma pedra ao pescoço e fosse atirado ao mar’. . O Papa descreveu as pessoas envolvidas em corrupção como tumbas, “bonitas por fora, mas por dentro cheias de ossos de mortos e de putrefação”. . - Uma vida com base na corrupção é putrefação envernizada - disse ele. O sermão, que não fez alusão direta à corrupção dentro da Igreja Católica, vem num momento em que Francisco concentra esforços para acabar com irregularidades financeiras no Banco do Vaticano. Foi a segunda vez em poucos dias que ele atacou os males da corrupção. Na sexta-feira, ele usou palavras fortes para criticar católicos que usam dinheiro sujo para regar os seus filhos com presentes e mandá-los a escolas caras. Fonte: oglobo.com
Comentar
Compartilhe
Pudim, Feijó: Nayth à declarar! (foto dos amigos)
12/11/2013 | 00h17
[caption id="attachment_3184" align="alignright" width="877" caption="Na foto: Deputado Federal Paulo Feijó, Assessor Parlamentar Nayth e Deputado Estadual Geraldo Pudim"][/caption]
Estamos sinceramente sensibilizados com a absurda perseguição que anda sofrendo o "vosso" representante na ALERJ; Deputado Geraldo Pudim e, também os "vossos" deputados da Câmara Federal. Tão sensibilizados que a título de prevenção e, no intuito de evitar futuros danos a "moral" dos ditos representantes do povo campista; publicamos aqui as relações de seus "secretários de gabinete".(assessores) Para que, em um importante serviço de utilidade pública, nossos queridos leitores possam divulgar qualquer irregularidade encontrada, se houver e impedir que aconteça o mesmo que aconteceu na infeliz nomeação do indivíduo "Nayth", à assessoria do Deputado Estadual Geraldo Pudim. Segue lista de Secretários de Gabinete(assessores):
[gallery link="file" columns="2"] Comentário: Se o amigo vê diariamente alguns destes, passeando pela planície Goitacá é; porque não necessariamente este, precisa estar "trabalhando", em Brasília, pode ficar prestando a assessoria ao Deputado em sua região de origem.
Clique na imagem para ler também:
[caption id="attachment_3170" align="alignright" width="150" caption="- Uma vida com base na corrupção é putrefação envernizada - Papa Francisco"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Deputado condenado, do Partido Republicano_PR...
09/11/2013 | 20h04
O deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP), condenado a 7 anos e 10 meses no regime semiaberto, alterou o domicílio de São Paulo para Brasília. Em entrevistas, ele afirmou que fez isso porque pretende ser detido na capital federal e deixar o presídio para trabalhar de dia em questões administrativas de seu partido, o PR.
Fonte: Condenados no mensalão começam a se preparar para cumprir penas. G1 [caption id="" align="aligncenter" width="763" caption="Deputado Federal eleito pelo Partido Republicano_PR imagem da internet "][/caption] Veja(AQUI) o caminho do dinheiro no mensalão. G1
Comentar
Compartilhe
Nova Ferrovia Rio - Vitória, terá estação " Porto do Açú "!
08/11/2013 | 14h30
Audiência pública será em dezembro e em janeiro deverá acontecer visita técnica ao município O projeto original da linha férrea Rio-Vitória que não constava entrada no porto será levado à audiência pública em dezembro, já com uma alteração importante para São João da Barra. Trata-se de um braço que se estenderá até o Porto do Açu. Isso porque o prefeito José Amaro de Souza (Neco), em reunião com o secretário executivo do ministério dos Transportes, Miguel Mário Bianco Masella, durante visita a Brasília acompanhado dos nove vereadores, solicitou a construção desse braço, que vai viabilizar de vez a construção do porto. Em janeiro deverá acontecer visita técnica ao município e a previsão é de que a ferrovia fique pronta até 2016. “Estou muito feliz. Porque isso viabiliza de vez o Porto do Açu de característica multiuso e a reto portuária, o que vai gerar muito emprego. Isso tudo é a consolidação desse projeto grandioso que é o porto, através do qual será reforçado o ciclo econômico do município e até do país, já que os produtos poderão ser escoados por aqui”, declarou o prefeito. A Ferrovia faz parte do Programa de Investimentos em Logística lançado pelo governo federal que terá recursos da ordem de R$ 20 bilhões/ano para ampliar a rede ferroviária e renovar a malha rodoviária nacional. Além de garantir a ligação de São João da Barra com a malha ferroviária do país, a linha férrea contribuirá para alavancar a economia do País com escoamento via Porto do Açu.
Comentar
Compartilhe
SAÚDE NA UTI.... Coluna " COMENTÁRIOS " 08 11 13
08/11/2013 | 07h54
Vereador Magal: A prefeita sabe, ou não sabe ? [caption id="attachment_3090" align="aligncenter" width="886" caption="CLIQUE PARA AMPLIAR E MELHOR VISUALIZAR"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Cultura recebe investimentos em São João da Barra
07/11/2013 | 17h51
No espaço pode-se realizar estudos, reflexões e debates com imagens, vídeos, arquivos e livros. São João da Barra recebeu na noite desta quarta-feira (06), no Palácio Cultural Carlos Martins, um espaço que visa o fortalecimento da identidade cultural do território, através do resgate da história e memória, por meio de imagens, vídeos, arquivos e um acervo de livros. O projeto é uma parceria da Prefeitura de São João da Barra, através da secretaria de Educação e Cultura, com a LLX, IBIO e GIT.[caption id="" align="alignright" width="278" caption="Clique na imagem para melhor visualizar"][/caption] O espaço que era chamado de Centro de Conhecimento, hoje passa a ser o Centro de Desenvolvimento Territorial (CDT), onde a população possa realizar estudos, e participar de reflexões e debates sobre sua região e seus rumos nos próximos anos. O espaço hoje disponibiliza de um material técnico e cultural, com mais de 130 títulos sobre a região e o desenvolvimento das cidades, além de estudos sobre o Superporto do Açu, teses de mestrado e doutorado. O Programa de Animação Científica e Artística Digital (PACAD) foi lançado no evento como parte do Centro de Desenvolvimento Territorial (CDT), que busca o conceito de vincular a história e memória ao sistema digital e tecnológico. O programa é uma exposição digital que permite a troca de conhecimentos por meio de conteúdos onde quem está em Portugal pode ver as imagens que estão na PACAD de São João da Barra. E a “Rede Espaço Memória” que valoriza a história local através de encontros, objetos e registros. Para o gerente Socioambiental e Fundiário da LLX, Marcos Machado, o projeto é uma grande oportunidade de estreitar um relacionamento com a população trazendo conhecimentos. “As pessoas precisam saber mais sobre o seu lugar, sua cidade, e também buscar a troca de informações, o projeto é um intercâmbio de culturas”, disse. Marcos acrescenta dizendo que essa parceria entre o governo municipal e LLX é muito importante para o desenvolvimento do município. O coordenador de Cultura da Prefeitura de São João da Barra, André Pinto, falou da importância do espaço para os estudantes. “O CDT e a sala Pacad é um banquete de pesquisa e um espaço para debate muito bom para aqueles que buscam aprofundar nas questões históricas, ambientais, pois nós temos um material excelente que trazem estes assuntos, além de um banco de imagens com os diversos lugares do nosso município, como rio Paraíba, Pontal de Atafona, igrejas, entre muitos conteúdos da região e do mundo”, comentou André. Os representantes da Herity Internacional, Maurizzio Quagliuolo e Gaia Marnetto, que participaram do evento, recebeu da Prefeitura de São João da Barra uma homenagem simbólica com uma placa, cada, que leva o Brasão do município. Na terça-feira (05), eles certificaram seis prédios históricos do município, que é pioneiro no Estado do Rio de Janeiro. Participaram também do evento, a diretora do Palácio Cultural, Sônia Ferreira e o secretário de Transportes e Trânsito, Mário Rocha Filho. Secretaria de Comunicação Social/Ascom
Comentar
Compartilhe
Se liga mermão...
07/11/2013 | 14h58

 photo owlgif2.gif

Vovó já dizia: " Criancinha que pega mentira, o bicho pega..."
Comentar
Compartilhe
Comer é viver perigosamente...
06/11/2013 | 11h35
"O médico cardiologista Geniberto Paiva Campos, ex-presidente da Sociedade de Cardiologia do Distrito Federal (SBC-DF) e atualmente coordenador do Observatório da Saúde do Distrito Federal disse à Agência Brasil que o sal é o grande responsável por problemas como o infarto, a diabetes e a hipertensão, esta última de difícil diagnóstico que se tornou um problema de saúde pública. “O excesso de sal é ruim, traz problemas para o coração, para os rins, eleva a pressão arterial e está diretamente ligado as causas de infarto”, destacou o cardiologista." (EBC) Segundo ele, todo esse impacto na saúde do brasileiro torna o consumo excessivo de sal e de sódio um problema de saúde pública e, por isso, torna-se necessária a redução do uso do sódio nos alimentos. "A nutricionista e professora da Universidade de Brasília (UnB), Raquel Botelho, deu dicas para controlar o consumo de sal. “Nós temos que incentivar a população a usar temperos a base de ervas, até mesmo pimentas, porque não contêm sódio”. Outro produto que pode ajudar no processo de redução do consumo de sal é o alho, tempero que é benéfico à saúde que contribui no tratamento de infecções patogênicas e previne doenças como o câncer e problemas cardiovasculares. A professora explicou que o cidadão tem que tomar cuidado com os temperos industrializados. “Cada tablete de tempero contém mais de 1 mil miligramas de sódio”. Segundo ela, o brasileiro consome três vezes mais sal do que deveria."(Agencia Brasil) [caption id="attachment_3020" align="aligncenter" width="730" caption="Esta ilustração assusta a quem aprecia uma alimentação "convencional""][/caption]
Comentar
Compartilhe
Deputado João Peixoto: O Seu Elias não é funcionário do DetranRJ
05/11/2013 | 18h17
Por telefone; o Deputado Estadual João Peixoto,[caption id="" align="alignright" width="190" caption="Foto de Arquivo"][/caption] informou ao Blog da Coluna que o Sr. Elias Gonçalves, não faz parte dos quadros do DETRAN/RJ, não teve nada de carta de demissão, e que ele trabalha no Campos I, contratado por uma empresa prestadora de serviço. " Realmente não é fácil encarar a quantidade de trabalho nos postos do DETRAN, precisa muita disposição, eu sempre busco acompanhar de perto, tem que pegar firme e não tem hora boa, é igual ao Deputado aqui; estou desde ontem aqui no Rio na ALERJ, e nem sabia que ele tinha saído da empresa lá". Disse João Peixoto.
Comentar
Compartilhe
Observatórios Sociais, combatem a corrupção por todo o País
05/11/2013 | 05h14
Campos dos Goytacazes tem o seu Observatório do Setor Público; nos atentou a este novo instrumento de controle da corrupção, a entrevista do arquiteto Renato Siqueira já comentada (AQUI) no Blog da Coluna. Buscando informações sobre o tema, nos deparamos com esta preciosa e instrutiva matéria do site Veja Online. Que decidimos compartilhar na íntegra com nossos amigos, que firmemente seguem nesta luta pela moralização da gestão pública. Leia a seguir... Vale muito à pena !

Transparência

Rede de ONGs ensina a deter corrupção enquanto é tempo

Sem alarde, Observatórios Sociais se alastram por cidades médias e pequenas do Brasil, monitorando editais de licitação de forma sistemática, antevendo fraudes e garantindo vultosa economia para os cofres municipais. E agora querem pôr o pé nas principais metrópoles do país[caption id="" align="aligncenter" width="597" caption="Fiscalização sistemática previne a corrupção e eleva o debate sobre a qualidade dos gastos públicos (iStock)"][/caption]

Há dois caminhos para combater a corrupção. Um deles é o de punir os malfeitos — e todos sabem como é difícil obter condenações no Brasil, e mais ainda reaver os valores desviados. O outro caminho é o da prevenção, o de se antecipar aos corruptos. É a isso que se dedica o Observatório Social do Brasil (OSB), uma rede de ONGs que se alastrou por 14 estados. O ponto de partida é a constatação de que boa parte das fraudes pode ser adivinhada nas entrelinhas das licitações. Basta ter acesso à papelada, o olho treinado e (muita) paciência para desenredar suas tramas. O mesmo método evita que erros que não envolvem má fé, mas saem caro para o contribuinte, sejam cometidos. Em 2012, a OSB conseguiu impedir que 305 milhões de reais escoassem dos cofres municipais.

A ideia nasceu em Maringá, no Paraná, na esteira de um escândalo de corrupção que estourou na gestão do prefeito Jairo de Moraes Gianoto, tendo por pivô seu secretário de Fazenda, Luiz Antonio Paolicchi. Gianoto se afastou do cargo em 2000, perdeu a reeleição e se retirou da política — e da cidade. Em 2006, foi condenado a 14 anos de prisão por desvio de verbas públicas, sonegação e formação de quadrilha. Em 2010, em nova sentença condenatória, a Justiça cobrou o ressarcimento de estratosféricos 500 milhões de reais em ação por improbidade administrativa. Gianoto recorre em liberdade. Paolicchi foi assassinado em 2011.

Enquanto os processos se arrastavam na Justiça, um grupo de moradores indignados resolveu, em vez de vandalizar as lojas da cidade ou incendiar caminhões, organizar um sistema de fiscalização do poder público que prevenisse futuras tramoias. O marco zero é 2005. Naquele ano, a prefeitura lançou um edital para a compra de 2.918.000 comprimidos para dor de cabeça. Na licitação, foi fixado o valor de 0,009 centavos por drágea. Na hora do empenho, "esqueceram" um zero, e o preço saiu por 0,09. Esse singelo "descuido" teria então o efeito de multiplicar por dez o gasto total (de 26.262 mil reais para 262.620 mil reais). Revelada a trapalhada, o processo foi suspenso.

A experiência em Maringá deu tão certo que começou a ser reproduzida por outras cidades. Com o tempo, ganhou um amplo leque de apoios institucionais: Ministério Público, OAB, Federações da Indústria e do Comércio, Receita Federal, Tribunais de Contas, universidades e, principalmente, as Associações Comerciais, que abrigam 70% dos Observatórios Sociais (OS). Atualmente, 77 municípios contam com seus próprios observatórios. Na próxima segunda-feira, Curitiba sedia o quarto encontro nacional, para que as boas práticas de cada unidade sejam compartilhadas pelas demais.

Leia também:

Em VEJA de 06/12/2000: Assim é demais

Divulgação[caption id="" align="alignleft" width="252" caption="Ater Cristofoli, presidente do OSB: "O grande negócio está na prevenção""][/caption]

"Depois que roubam..." – O empresário Ater Cristofoli, de 49 anos, dirigiu a primeira réplica do Observatório, em Campo Mourão, no interior do Paraná, onde nasceu e hoje mantém fábricas, uma fundação, escola técnica e incubadora. "A gente se tocou que, enquanto fazia rifa, vendia jantar e colhia doações para ajudar a Santa Casa, o Lar dos Velhinhos ou a APAE, milhares de reais eram jogados fora em compras mal feitas ou desvios", diz. "E o grande negócio está na prevenção. Depois que roubam... aí esquece." Com a entrada em cena do Observatório Social, os custos com material escolar caíram para um terço, e o gasto com medicamentos, pela metade. Cristofoli hoje está à frente da organização nacional dos Observatórios Sociais, e seu objetivo é acelerar a irradiação da franquia.

Basicamente, os Observatórios Sociais funcionam assim: um punhado de técnicos, voluntários e estagiários debruça-se sobre os editais das principais modalidades de licitação (concorrência, convite, tomada de preços e pregões), com especial atenção aos casos em que o governo a descarta (inexigibilidade ou dispensa de licitação); encontrada uma suspeita, a secretaria ou a prefeitura é formalmente notificada; não havendo providências, o caso é reportado aos vereadores (que têm, a propósito, o dever constitucional de fiscalizar a administração municipal); se nada funcionar, recorre-se então ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas. "Mas em geral você liquida o caso logo na primeira etapa", conta Cristofoli. "É muita exposição. Quando a gente pega uma irregularidade, é que está muito evidente."

O roteiro básico dos Observatórios Sociais se completa com a divulgação dos editais, para aumentar a concorrência, a presença nos pregões, para apontar os lances suspeitos, e o acompanhamento das entregas, para garantir que os contratos sejam efetivamente cumpridos. "O efeito psicológico é muito grande", diz José Roberto de Jesus, do OS de Rolim de Moura (RO). A entidade entrou em operação em 2009, seguindo um roteiro comum: antes de abrir as portas, azeitou o trânsito com o Ministério Público e arrancou, na campanha municipal de 2008, o compromisso público dos candidatos com a iniciativa. Já no primeiro ano, a cidade conseguiu reduzir o custo de várias compras: cálices de plástico baixaram de 12,90 reais em 2008 para 1,05 a unidade; anticoagulante, de 47 reais para 17,50 reais; papel para impressora, de 15 reais para 1,92 reais.

Leia também:

Em VEJA de 06/12/2000: Assim é demais

Metrópoles no alvo – A economia para os cofres públicos vai bem além das miudezas. A partir da análise de 378 licitações, Itajaí (Santa Catarina) conseguiu salvar do desperdício ou da corrupção 29 milhões de reais em 2012. Em São José (também em SC), a revogação de um único edital — para exploração do serviço de estacionamento rotativo — evitou desembolsos que somariam 15 milhões de reais ao longo de dez anos. "O grau de confiança dos observatórios é muito grande. Eles têm conhecimento técnico para verificar os documentos", diz o promotor Davi do Espírito Santo, coordenador do Centro de Apoio Operacional da Moralidade Administrativa. Em 2013, o MP de Santa Catarina formalizou uma parceria com OSs do estado. São duas frentes. Por uma delas, os OS vão ajudar a verificar se as administrações municipais estão cumprindo a lei de acesso de informação efetivamente. Na outra frente, as ONGs farão chegar aos promotores as denúncias de editais viciados.

Segundo Espírito Santo, uma das razões da credibilidade dos observatórios é seu caráter técnico. "Não são denúncias movidas por partidarismo ou vingança", diz. Para manter este perfil, os observatórios não aceitam militantes entre seus 1.500 voluntários nem funcionários dos órgãos que eventualmente serão fiscalizados. "O foco é a gestão, não o prefeito", diz Roberto de Jesus.

Esta neutralidade política tem se mostrado um empecilho para a implantação dos Observatórios Sociais nas grandes metrópoles, onde a agenda dos partidos, governo e oposição exerce maior influência sobre as entidades que costumam prestar auxílio aos escritórios. "Nas cidades de pequeno ou médio porte, a experiência tem funcionado muito bem. Mas ainda não sabemos lidar com cidade grande", admite Cristofoli.

Em São Paulo, a iniciativa está sendo gestada com apoio do sindicato dos auditores-fiscais da Receita Federal. Para além da questão política, Luiz Fuchs, vice-presidente do Sindifisco em São Paulo, aponta o tamanho da cidade como o principal desafio. Por exemplo: o orçamento da cidade aprovado para 2013 foi de 42,1 bilhões, quase cinquenta vezes o de Maringá, de 870 milhões. Fuchs explica que ainda está em estudo a melhor estratégia para enfrentar as contas municipais, se por região ou subprefeitura, por exemplo.

Má gestão – O monitoramento sistemático das contas eleva o debate sobre a qualidade do gasto público. Em junho de 2013, por exemplo, a Câmara de Ponta Grossa licitou a compra de sete veículos. Exigências: freio a disco nas quatro rodas, faróis de neblina, vidros elétricos nas quatro portas, aparelho de MP3 e câmbio automático. Total orçado: 311.184,60 reais. Os números vieram a público, e pipocaram as críticas. Os vereadores então baixaram as exigências, e o custo final da compra saiu por 198.800 reais, uma economia de 112.384,60 reais.

Às vezes nem se trata de corrupção. É má gestão, mesmo. Depois dos casos dos comprimidos, os maringaenses descobriram, por exemplo, que a cidade mantinha estocados cadernos de desenho em quantidade suficiente para os próximos 24 anos, carbono preto para 62 anos e pincéis marcadores para 133 anos. Em resposta à revelação desses e de outros absurdos, a prefeitura promoveu a organização de um almoxarifado central e a informatização do controle de estoques. "Hoje temos uma execução orçamentária mais racional", diz a presidente do Observatório Social de Maringá, Fábia dos Santos Sacco. "Não está perfeito. Mas avançamos bastante."

Itajaí (SC)< O observatório de Itajaí é um dos mais ativos do país. Seus números ilustram a capacidade dos OSs para proteger os cofres públicos. De 2009 a 2012, a entidade monitorou 1160 processos licitatórios, evitando desperdícios que somam 151.689.141,86 reais. O OS busca fiscalizar todo tipo de licitação. No ano passado, foram acompanhados 203 pregões presenciais (economia de 13.559.432,79 reais), 38 editais da modalidade convite (economia de 376.524,31 reais), 29 tomadas de preços (economia de 2.483.087,39 reais), 6 concorrências (economia de 12.249.223,62 reais) e 7 pregões eletrônicos (economia de 246.375,20 reais). Total no ano: 29 milhões de reais. Maringá (PR) O observatório de Maringá é o primeiro do país e serviu de inspiração para todos os demais. Seu primeiro grande caso, em 2005, foi um edital para compra de 2.918.000 comprimidos antiinflamatórios. Na licitação, fixou-se o valor de 0,009 centavos a drágea. No empenho, um zero "sumiu", e ficou 0,09. Com isso, o gasto total pularia de 26.262 mil reais para 262.620 mil reais. Revelada a trapalhada, o processo foi suspenso. Londrina (PR) Em Londrina, o Observatório conseguiu em 2010 a impugnação de um edital de 53,4 milhões de reais para terceirização da gestão do sistema de iluminação pública. Entre diversas irregularidades, a equipe apontou: inexistência de projeto básico e executivo; integração irregular de diversos serviços acessórios e até incompatíveis; ilegalidade do prazo para execução; inexistência de cotação para formação do preço; etc. Segundo estimativas da entidade, o custo do serviço saltaria de aproximadamente 100 mil reais por ao mês para 450 mil reais por mês. Vícios similares foram encontrados em editais lançados para o mesmo serviço por outras cidades do estado. Rolim de Moura (RO) Logo no primeiro ano de atuação do OS de Rolim de Moura, em 2009, houve uma substancial redução de custos das compras feitas em pregões. Cálices de plástico adquiridos em 2008 por 12,90 reais saíram por 1,05 real em 2009; Papel para impressora baixou de 15 reais para 1,92 real. Soro controle patológico foi de 80 reais para 28 reais; Anticoagulante, de 47 reais para 17,50 reais; Corante, de 61,50 reais para 26,40 reais. Para garantir que os contratos sejam efetivamente cumpridos, a equipe do OS também acompanha a entrega das compras. Ponta Grossa (PR) Em junho de 2013, a Câmara de Ponta Grossa lançou um edital para a compra de sete carros, exigindo um modelo sedan motor 2.0 e seis hatch 1.6, todos com freio a disco nas quatro rodas, faróis de neblina, vidros elétricos, aparelho MP3 e câmbio automático. Custo total: 311.184,60. A licitação veio a público, e os pontagrossenses não gostaram: acharam excessivo. Um novo edital foi lançado, baixando as exigências: sete automóveis hatch motor 1.0, sem a necessidade de câmbio automático, farol de neblina ou MP3. Em julho, foi feito o pregão. Custo total: R$ 198.800,00, economia de R$ 112.384,60. Além disso, tramita na casa outro processo de licitação para a compra de rastreadores, para que o uso dos veículos também seja fiscalizado. São José (SC) Em 2012, o observatório apontou 11 indícios de irregularidades em edital para conceder à iniciativa privada a exploração de vagas de estacionamento rotativo na cidade, entre eles a suspeita de direcionamento da licitação. A concessão, por dez anos, previa a arrecadação de 15 milhões de reais. O caso foi levado primeiro à prefeitura e depois à Câmara Municipal, sem que fossem prestadas as devidas explicações. Diante disso, o OS recorreu ao Tribunal de Contas de Santa Catarina, que mandou suspender o processo para uma análise detalhada do caso. Confirmadas as irregularidades, o município revogou a concorrência. Esta matéria foi compartilhada da Veja Online de 02_11_2013
Comentar
Compartilhe
CÁI A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE CAMPOS ?
04/11/2013 | 11h31
Recebemos como comentário da postagem anterior; "O Aeromóvel da Rosinha e o Trem Bala Chinês…" aqui no BLOG DA COLUNA o que transcrevemos abaixo. - BOMBA…. INFORMAÇÃO: O Subcoordenador do DETRAN-COMAUTO, o Prof. Elias Rocha Gonçalves, entregou o cargo ao Dep. Estadual João Peixoto, alegando forum íntimo para não continuar no cargo. Agradeceu a indicação e entregou a CARTA DE DEMISSÃO. Achamos que o Prof. Elias será o “NOVO” Secretário de Educação de Campos. Elias é Doutor em Educação e Pós Doc em Gestão e Organização Educacional e concursado da SMEC. torcemos por todos. Att, Prof. Fábio- SIC " A verdade é que, se confirmando a informação é um enorme passo à frente dado pela Prefeita Rosinha, em direção a qualificação e eficiência em gestão de seu quadro de colaboradores, muitos dos quais, nós do Blog da Coluna; sem falsa modéstia, "eficientemente". temos nossas sinceras dúvidas, quanto à competência em gestão. Esperamos ansiosamente para para poder parabenizá-la".
Comentar
Compartilhe
O Aeromóvel da Rosinha e o Trem Bala Chinês...
03/11/2013 | 10h55
Na sexta feira passada(01/11) estávamos como fazemos em muitas de nossas manhãs, ouvindo no Programa "Página aberta", na Rádio Educativa FM, já fomos mais assíduos, mas a aparente submissão ao poder local, tem nos feito perder um pouco do interesse; mas são boas almas, tem salvação! Ligamos o radinho de pilha no momento em que estava sendo entrevistado um Doutor Arquiteto, o Senhor Renato Siqueira, falou em nome de um certo Observatório de Campos, e levava um convite ao " Seminário Mobilidade Urbana em Campos dos Goytacazes - Uma agenda urgente! " que acontecerá nos dias 29 e 30 de novembro de 2013, no IFF. Segundo o arquiteto, existe um prazo, que consta, segundo ele na Lei Nº 12.587, de 03 de Janeiro de 2012, Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, prazo este que se extingue em 2015, para que todos os municípios do país tenham o seu Plano Local de Mobilidade Urbana integrado ao Plano Diretor Municipal; e o Doutor tá certo; diz lá no Capitulo V, art. 24 que é isso mesmo, ponto pro moço observador! A pauta, nos pareceu ser o convite à uma ampla análise e discussão sobre o tema. Diversas instituições foram convidadas, privadas e públicas, entre elas o Instituto Municipal de Trânsito E Transportes _IMTT, que não confirmou presença, embora tenha sido dito; o Instituto é parte em várias mesas de discussão. Nas palavras do Arquiteto sobre o Aeromóvel, sob responsabilidade do IMTT, diz ele que apenas tem conhecimento de que um “cheque em branco” de R$ 300.000.000,00(TREZENTOS MILHÕES DE REAIS), foi autorizado pela Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes ao IMTT e, nenhum tipo de projeto foi apresentado à população. Ainda segundo o arquiteto Renato Siqueira, o Aeromóvel, funciona em estrutura suspensa e sobre a ciclovia da 28 de Março, a cerca de doze metros do nível do chão, o tal aeromóvel, literalmente passaria voando pelas janelas dos imóveis da avenida; colégios, hotéis, clínicas, residências, universidades, restaurantes, Secretaria de Educação, Prefeitura, e sobre tudo que está construído face, à Avenida Vinte e oito de Março e até do futuro empreendimento IMBEG/AMERICANO. Concordamos com o Arquiteto; que paisagem vai estar à nossa janela e sobre nossas cabeças. Detalhe; o projeto foi denunciado como irregular e já havia sido declarado inviável pelo mesmo Renato Siqueira, como informou a reportagem (AQUI) na Folha Online. Hoje, fomos ainda mais abastecidos de informações em belíssima reportagem dos companheiros, Mário Sérgio Júnior, Michelle Gomes, Dulcides Netto sobre o tema (AQUI)na Folha Online. O IMTT, cujos colaboradores ficam frente à frente com às abusadas lotadas no centro de Campos e nem as enxergam, que não se mostrou eficiente e qualificado para elaborar um edital básico que atendesse as interesses dos "munícipes", de que se licite novas empresas e finalmente dê regularização ao transporte urbano em Campos, à ponto da gestora maior, apontar par um pedido de socorro ao TCE/RJ, para execução do trabalho. Vai poder como, executar um protejo do nível tecnológico, deste futurista "Aeromóvel" ? A quem a prefeita Rosinha pedirá socorro, quando novamente o IMTT se mostrar incompetente? E os R$ 300.000.000,00(TREZENTOS MILHÕES DE REAIS); quanto já foi mexido nesta fonte? E pra comprometer ainda mais a credibilidade da causa; já estando em andamento este tal de aeromóvel, que vai atender a meia dúzia , deixando milhares na pista; se vai passar por cima, porque gastou nosso dinheiro pintando de vermelho o piso da Ciclovia e, quanto foi ? Comentário: Só me vem à cabeça uma coisa quando eu ouço falar neste troço voando sobre nossas cabeças: Uma reportagem do G1 sobre um trem bala da china que voou da linha suspensa ! E das falcatruas , desfalques e corrupção em torno dos envolvidos nas obras(AQUI) [caption id="" align="aligncenter" width="620" caption="Equipes de emergência trabalham no resgate de vítimas de descarrilamento de trem-bala na província de Zhejiang, na China (Foto: AP)"][/caption] ZéA
Comentar
Compartilhe
Prefeita Rosinha admite "ao vivo", que quadro de colaboradores é incompetente
02/11/2013 | 11h38
A Prefeita afirmou à poucos instantes no Programa de rádio de "todo Sábado"; "Entrevista Coletiva", que vai pedir ao Tribunal de Contas do Estado_TCE, que elabore o Edital de Licitação e envie de volta à Prefeitura de Campos, chancelada; para a complicado transporte Urbano em Campos. [caption id="" align="alignright" width="800" caption="Prefeita Rosângela Assed Matheus de Oliveira(Rosinha)"][/caption] Prefeita Rosângela Assed Matheus de Oliveira, Vossa Excelência merece elogios; afinal não é qualquer gestor público que admite publicamente a incompetência de seu quadro de colaboradores, neste caso específico o setor cuida do transporte urbano, Instituto Municipal de Transporte e Trânsito(IMTT). Incompetência? Vamos aprofundar a questão? Quais as razões ? Seria o fato de cargos nomeados de gestores dos mais diversos órgãos das prefeituras, serem políticos ao invés de critério técnico? Seria por conta da gestora maior, deste bilionário município, não perceber, nestes sucessivos atropelos, que nomeados à funções vitais de lideranças e militâncias, absolutamente, só tem propósitos políticos eleitorais? Seria esta prática continuada o que tem levado ao insucesso de vossa gestão ? - Não adianta fazer a obra da rua, enfeitar, inaugurar com festas, espalhar aos quatro ventos que está tudo lindo e depois colocar câmeras nas galerias, também para procurar os despejos clandestinos de esgoto, com novos e apavorantes custos. Quem não tem um mínimo de distorção no que enxerga; vê que: "Por fora é bela viola, por dentro é pão bolorento". Poderia ser qualquer uma das novas secretárias; e sem buscar o imediatismo; citamos como exemplo claro, a Secretaria de Pesca; a senhora criou para acomodar o grupo político da Igreja Universal do Reino de Deus(IURD), leia-se PRB: Lá estão os custos de salários de Secretários , Sub Secretários , Diretores, Assessores, custeio, despesas de estrutura e operacionais. Que depois de meses roendo e já trocando de Secretário, não produziu como resultado; um único "Sairú". Essa prática de incompetência evolui tal qual um Câncer; numa organismo que só a intervenção e o acompanhamento de certos vereadores permite um melhor resultado e uma maior satisfação, também por estes fatos é que na "infâmia", se encontra a saúde do município... A gestão descontrolada, tem levado a este estado caótico em que está a atenção e atendimento à população pobre desta planície que como já dissemos lá atrás, a Senhora Prefeita sabe exatamente onde está ! ZéA
Comentar
Compartilhe
Coluna "COMENTÁRIOS" 01 11 2013 - Campos tem Secretaria de saúde ?
01/11/2013 | 14h35
[caption id="attachment_2947" align="aligncenter" width="1175" caption="Clique para melhor visualizar a Coluna ..."][/caption]
Comentar
Compartilhe
Garotinho e IURD - " Plano de Poder - Deus, Cristãos e a política..."
01/11/2013 | 14h03
No calor das eleições de 2012, o jornalista Johnny Bernardo fez uma análise muito interessante sobre os objetivos e ideias do líder da IURD, Edir Macedo , sobre fé e política, o que na nossa opinião acrescenta maior credibilidade ao artigo publicado pelo Bernardo é que aconteceu no calor e em meio a grandes "polêmicas" da campanha de Celso Russomano(PRB) contra o ao final vitorioso Haddad, à prefeitura de São Paulo. Lá foi; "Deus(PSD) contra o diabo Vermelho(PT)" Disse o jornalista que: "O objetivo claro da Igreja Universal é dominar o Brasil", existe uma estratégia montada e apresentada no livro " Plano de Poder - Deus, os Cristãos e a Política". A estratégia deste Plano de Poder está sendo executado. O Ministro Crivella, andarilho, em plena campanha ao Governo do Estado do Rio, toda semana em visita de trabalho, num município diferente e; tome mídia! Por aqui; o crescimento político e a evolução eleitoral do " Alexandre Tadeu Tô Contigo ", já aponta uma real possibilidade na disputa pela majoritária em 2016, que certamente; incomoda... incomoda.....incomoda...incomoda..... o Garotinho, que melancólico mas, atento e à procura; segue sem um nome consistente e de sua plena confiança e, que atenda a sua principal exigência; que é a de "submissão total" às sua vontades. Ele fez um carinho ao PRB , criando, no meio do ano a Secretaria da Pesca; que se mostrou lenta ou sem mobilidade, sem pessoal qualificado e sem orçamento, por óbvia obediência ao que rege a legislação, que tem um quadro, em que apenas uma meia dúzia foi autorizado à indicação do hoje já exonerado Secretário, Pastor Vieira Reis. todo o quadro restante, sob comando do "chefe", no pacotinho foi também a Codenca, onde antes comandava o Sr. Jivago, que fez o trabalho mas não dividiu as "responsabilidades" e, que mesmo assim, permanece forte, e com o controle de uma ou outra situação, segundo sustenta o próprio pessoal da casa. O Ponto é: Como ambos tem um "Plano de Poder - Deus, Cristão e a política" em prática. Garotinho e IURD estão entrando numa batalha ferrenha, pela conquista da mesma bilionária fortaleza ! Deus proteja os muros desta "Sodoma dos Goytacazes". Zé Armando Barreto
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Murillo Dieguez

[email protected]