Cadeira e caneta Com Pezão?
31/07/2013 | 18h59
As peças se movimentam no tabuleiro político. Membros do PMDB local, chegados ainda ontem de reunião na capital, teriam desenhado uma providencial saída do Governador Sérgio Cabral do comando administrativo do Estado do Rio de Janeiro, o lugar seria naturalmente ocupado pelo vice, Sr. Luiz Fernando Pezão. O Jovem Marco Antonio Cabral seria lançado candidato a vaga única no Senado Federal.Na Planície uma nova formatação no Diretório Municipal, que teria à frente o Jornalista Fernando Leite. As palavras voam livres pelo ar, é aguardar um pouco para conferir se é fato ou apenas especulação. Desta forma, o Deputado Federal Anthony Matheus não vai mesmo recuperar os sono perdido. E ai? Fala Garotinho...... Informe: Muito bom saber que temos as cabeças pensantes de nossa planície, ligadas aqui no nosso Blog da Coluna. Ricardo André Vasconcelos( Eu Penso Que) sempre atento a tudo; nos traz a orientação de que a idade mínima para se ocupar uma cadeira no Senado Federal é de 35 anos. Portanto o jovem Cabral deve seguir na direção da busca por uma vaga na Câmara Federal. Gratos ficamos ao companheiro Ricardo André Vasconcelos. Aproveitando a deixa, segue a transcrição de trecho da Constituição Federal que rege sobre idade mínima para mandatos eletivos. A Constituição Federal de 1988 prevê apenas idade mínima como uma das condições de elegibilidade, como dispõe o artigo 14, 3º, VI: Art. 14, 3º - São condições de elegibilidade, na forma da lei: (...) VI - a idade mínima de: a) trinta e cinco anos para Presidente e Vice-Presidente da República e Senador; b) trinta anos para Governador e Vice-Governador de Estado e do Distrito Federal; c) vinte e um anos para Deputado Federal, Deputado Estadual ou Distrital, Prefeito, Vice-Prefeito e juiz de paz; d) dezoito anos para Vereador. ZÉA
Comentar
Compartilhe
Macaé - Royalties e Participação somam R$ 290 milhões
31/07/2013 | 05h36
Município ainda registra efeitos relativos a queda na produção do petróleo no país, o que influencia no montante liberado através da exploração na Bacia de Campos Na semana dedicada a comemoração dos 200 anos de criação da Vila de Macaé, a principal riqueza gerada na cidade, responsável por toda a transformação do reconhecimento do município, de Princesinha do Atlântico, a Capital Nacional do Petróleo, registra números expressivos. Com a liberação da parcela dos royalties do petróleo referente a julho - R$ 35.638.783,66 -, Macaé alcançou em julho a arrecadação total de R$ 290.328.398,34 apenas com os recursos originados do processo de produção e exploração do petróleo na Bacia de Campos. Atividade que colocou Macaé no topo entre as cidades mais prósperas do país, o setor offshore segue ainda se recuperando de medidas adotadas pela principal companhia petrolífera do país, a Petrobras, que ocasionaram uma redução no percentual de produção e, consequentemente no volume de recursos gerados ao município polo da maior fonte da economia brasileira. Apenas com as sete parcelas dos royalties, liberadas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), Macaé foi capaz de receber R$ 264.170.156,08. Apesar de expressivo, o valor representa uma diferença negativa de R$ 20.647.859,91 em relação ao percentual calculado, de janeiro a julho, no ano passado: R$ 320.705.065,25. Com as duas parcelas da Participação Especial, Macaé arrecadou neste ano R$ 26.158.242,16, enquanto, em 2012, o valor foi de R$ 35.887.049,91, uma diferença de R$ 9.728.807,75. No total do ano, Macaé apresenta em 2013 uma queda de R$ 30.376.666,91, em relação ao total acumulado de janeiro a julho em 2012. Comparados, os números registrados entre os dois anos apontam uma queda de cerca de R$ 4,5 milhões por mês, nos recursos originados pela exploração e produção do petróleo, para Macaé, em 2013. Através do planejamento apresentado pela Petrobras, a estimativa é que o volume de produção de petróleo, e consequentemente o percentual de recursos gerados a Macaé, comece a se elevar a partir dos próximos meses. Em julho, o município registrou um aumento de R$ 3 milhões, comparada a parcela liberada no mês passado. Fonte: Odebateon Abaixo valores transferidos ao município vizinho de Campos dos Goytacazes.
Comentar
Compartilhe
Governo federal formaliza prazo para o fim do sinal analógico para TV em 2018
31/07/2013 | 03h53

Governo federal formaliza prazo para o fim do sinal analógico para TV em 2018

O governo federal formalizou nesta terça-feira (30) o adiamento do prazo final para o desligamento completo do sinal analógico para as emissoras de TV, que deverão transmitir apenas em sinal digital, para dezembro 2018. Anteriormente, o prazo estipulado seria para junho de 2016, mas o governo já havia indicado que adiaria o prazo final. As informações são do jornal A Folha de S. Paulo.
Entretanto, o processo de desligamento obrigatório gradual do sinal analógico começará a valer no dia primeiro de janeiro de 2015, com base em um calendário estipulado pelo Ministério das Comunicações. Acredita-se que a transição completa do analógico para o digital levaria dez anos, contando a partir de 30 de junho de 2006, mas, para que o sinal não acabasse de uma hora para outra, o governo decidiu prorrogar o prazo de desligamento.
O novo texto determina que "a transmissão digital de sons e imagens incluirá, durante o período de transição, a veiculação simultânea da programação em tecnologia analógica". E ao fim do prazo, os canais utilizados pelo sinal analógico deverão ser devolvidos ao governo.
O governo também concederá outorgas para a exploração de serviços utilizando a tecnologia analógica no dia 31 de agosto deste ano para as emissoras de televisão. Já as retransmissoras deverão acompanhar as datas determinadas pelo Ministério das Comunicações para o fim das transmissões analógicas em cada região do país.

Fonte: Canaltec

Comentar
Compartilhe
Raio X , do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis.
29/07/2013 | 20h45
ANP publica anuário estatístico com dados de 2003 a 2012. RIO - A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicou nesta segunda-feira, 29, o Anuário Estatístico Brasileiro do Petróleo 2013. A publicação contém dados informados anteriormente pela agência, já que o período de coleta se encerra em dezembro de 2012. O anuário traz informações detalhadas e apresenta um histórico desde 2003. Entre os destaques, a ANP apontou, em comunicado à imprensa, o recorde da produção bruta de gás natural no Brasil, que atingiu 70,8 milhões de metros cúbicos/dia - um incremento de 7,3% em relação a 2011 - além da expressiva redução de queimas e perdas (-17,8%) e do volume de gás reinjetado nos poços (-12,3%). O ano de 2012 também mostrou um significativo aumento da produção de petróleo e gás do pré-sal, que em dezembro atingiu, respectivamente, 247 mil barris/dia e 7,9 milhões de metros cúbicos/dia. Outro destaque foi o aumento de investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), que alcançou R$ 1,2 bilhão em 2012. No ano passado, também as participações governamentais bateram recordes e atingiram R$ 31,8 bilhões, diz a ANP. Do total, os royalties representaram R$ 15,6 bilhões e as participações especiais, R$ 15,9 bilhões. No segmento de refino, a produção de derivados assinalou 2,02 milhões de barris/dia, alta de 6,5% em relação a 2011. No abastecimento, em comparação com 2011, as vendas de combustíveis cresceram em um ritmo mais acelerado (6,1%) no Brasil, com destaque para o aumento de 11,9% do volume de gasolina C comercializado, em contraste com a queda de 9,6% nas vendas de etanol hidratado, relata o comunicado da ANP. Clique aqui para ver a versão online do Anuário Estatístico 2013 . . [caption id="attachment_1220" align="alignright" width="150" caption="Clique na imagem para acessar Anuário 2011"][/caption]Na imagem ao lado Anuário de 2011 em PDF Fonte: Agencia Estado
Comentar
Compartilhe
Quem sou eu para julgar ?
29/07/2013 | 19h49
Do Blog " Na Curva do Rio" Papa Francisco: “Se uma pessoa é gay, quem sou eu para julgá-la?” Por suzy,(aqui) em 29-07-2013 - 13h32 Em entrevista aos jornalistas que o acompanharam no voo de volta a Roma, o Papa Francisco deu um das declarações mais importantes da Igreja, talvez, nos últimos séculos. Ele defendeu os homossexuais, dizendo que “eles não devem ser discriminados e devem ser integrados na sociedade”. Ironizou ainda quem diz que tem gay no Vaticano, dizendo que esse não é o problema e que ainda não viu ninguém com “carteira” se identificando como tal. E perguntou: “se uma pessoa é gay, procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu, por caridade, para julgá-la?” Isso não quer dizer que a Igreja vai aceitar casamento gay, que está indo contra a seus princípios ou coisa parecida. Isso quer dizer respeito, cuja falta é um mal no mundo hoje. (Fonte O Globo) [caption id="attachment_1098" align="alignright" width="646" caption="Clique na imagem para assistir ao vídeo sobre assunto"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Coluna COMENTÁRIOS de 26_07_2013
29/07/2013 | 19h34
[caption id="attachment_1194" align="alignright" width="300" caption="Clique na imagem para ampliar "][/caption]
Comentar
Compartilhe
Até breve Brasil !
29/07/2013 | 00h24
Papa pede mudanças sociais no Brasil, mas evita temas polêmicos Rio de Janeiro, 28 jul - O papa Francisco terminou neste domingo sua visita ao Brasil, a primeira viagem internacional de seu pontificado, convocando a Igreja para que se transforme em um agente de mudança social por 'um mundo novo', mas evitou os temas mais polêmicos, como o aborto, a pedofilia e o casamento gay. O pontífice admitiu as falhas da própria Igreja para essa missão e pediu aos bispos que reconheçam os motivos pelos quais [caption id="" align="alignright" width="597" caption="Papa Francisco em N. Sra. Aparecida"][/caption]perderam fiéis, que é o caso do Brasil, onde o volume de católicos caiu na última década, mas continua sendo o país com maior número de seguidores da fé católica no mundo. O próprio papa se perguntou se a Igreja não tinha se transformado em 'uma relíquia do passado', 'muito fria' e 'prisioneira de sua própria linguagem rígida'. Foi uma mensagem de renovação que transmitiu não só com suas palavras, mas também pela forma como conduziu sua visita de sete dias ao Brasil, que causou dores de cabeça aos responsáveis por sua segurança. Francisco viajou em um papamóvel sem proteção nos laterais; bebeu o chimarrão que lhe foi oferecido por peregrinos na rua; beijou muitas crianças e usou um carro utilitário ao invés de um automóvel de luxo. Nesse carro fez o percurso entre o aeroporto e a catedral no dia em que chegou com o vidro da janela abaixado, apesar de passar por uma região de favelas, e também não levantou o vidro quando, por um erro na rota de seu veículo, ficou preso em um engarrafamento e foi cercado por fiéis que tentavam tocá-lo. Foram gestos de um homem que disse que quer uma Igreja que não apenas se dedique aos pobres, mas que seja humilde. Hoje, afirmou que os bispos devem ser pastores próximos das pessoas, simples e austeros, 'homens que não tenham psicologia de príncipes, que não sejam ambiciosos'. Francisco foi ouvido por 45 prelados da América Latina. O pontífice pregou a mudança em um país, o Brasil, que clama por ela, como mostra a onda de protestos que o país vive desde junho, a maior em décadas. Em seu auge, até 1,2 milhões de pessoas saíram às ruas em um único dia para pedir melhores serviços de saúde e educação, e para protestar contra a corrupção, entre outras reivindicações. O papa revelou sua simpatia por essas manifestações em uma visita a uma comunidade carente na última quarta-feira, quando afirmou que ninguém pode permanecer indiferente diante das desigualdades sociais e que os jovens devem lutar contra a corrupção e a injustiça. Em seguida, se dirigiu à elite brasileira, em reunião com autoridades no Theatro Municipal, onde defendeu um 'diálogo construtivo'. 'Ou se aposta pela cultura do encontro, ou todos perdem', disse o papa, que acrescentou que 'entre a indiferença egoísta e o protesto violento, sempre há uma opção possível: o diálogo'. O pontífice deseja essa aproximação social também para a própria Igreja. 'Quero confusão nas dioceses, quero que a igreja vá para as ruas', disse em um encontro com peregrinos argentinos. Em relação aos participantes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o evento que o trouxe ao Rio de Janeiro, os encorajou a superarem a apatia, a oferecerem 'uma resposta cristã para as inquietações sociais e políticas' e que os jovens sejam os protagonistas das mudanças sociais. Mais de 3 milhões de pessoas ouviram hoje sua mensagem em uma missa que lotou os quatro quilômetros da praia de Copacabana, onde o grito mais frequente foi: 'Esta é a juventude do papa'. Mas essa juventude é em geral mais liberal que a ortodoxia eclesial, segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha com participantes da JMJ. Assim, 65% dos jovens consultados defenderam o uso de preservativos e 53% da pílula anticoncepcional. Duas jovens peregrinas da JMJ inclusive se uniram no sábado à chamada 'Marcha das Vadias', na qual mulheres com roupas provocativas e de topless protestaram contra os abusos sexuais e em favor do aborto. O pontífice evitou entrar nesses temas polêmicos e também não mencionou os abusos de menores cometidos por sacerdotes, um escândalo que abalou a imagem da Igreja nos últimos anos em todo o mundo. O mais perto que chegou desse assunto foi quando reconheceu as falhas do clero. 'Com a Cruz, Jesus se une aos muitos jovens que perderam sua confiança nas instituições políticas porque veem egoísmo e corrupção, ou que perderam sua fé na Igreja, e inclusive em Deus, pela incoerência dos cristãos e dos ministros do Evangelho', afirmou. Agencia EFE
Comentar
Compartilhe
26/07/2013 18:19-Recebido com decisão - Pedido de cassação de Neco
28/07/2013 | 00h38
Segundo informações da internet, nesta sexta-feira (26/07), a juíza eleitoral de São João da Barra, Luciana Cesário de Mello [caption id="attachment_1184" align="alignright" width="300" caption="Qualquer semelhança com situações reais é mera conscidência"][/caption] Novaes, registrou a decisão no processo (Aije Nº 39184) que pede a cassação do prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza, o Neco(PMDB), e o vereador Eziel Pedro (PSDC). Por ter ocorrida ao final do expediente do cartório eleitoral, a decisão da magistrada ainda não é conhecida, o que ocorrerá na próxima segunda-feira. PROCESSO: Nº 39184 - AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL UF: RJ 37ª ZONA ELEITORAL Nº ÚNICO: 39184.2012.619.0037 MUNICÍPIO: SÃO JOÃO DA BARRA - RJ N.° Origem: PROTOCOLO: 2421072012 - 25/09/2012 18:23 AUTOR: PARTIDO DA REPÚBLICA - PR AUTOR: Coligação Partidária São João da Barra vai mudar para melhor ADVOGADO: FRANCISCO DE ASSIS PESSANHA FILHO ADVOGADO: Jonas Lopes de Carvalho Neto ADVOGADO: José Olímpio dos Santos Siqueira ADVOGADO: Guilherme Grandmasson Ferreira Chaves ADVOGADA: Gisele Teixeira Neves Braga ADVOGADO: Karla Danielle Tavares G. de Souza ADVOGADO: Douglas Leonard Queiroz Pessanha ADVOGADA: Fernanda Lontra Henriques Vieira ADVOGADO: Pedro Ivo Costa Miranda ADVOGADA: Rosely Ribeiro de Carvalho Pessanha RÉ (U) (S): JOSÉ AMARO MARTINS DE SOUZA (NECO) RÉ (U) (S): ALEXANDRE ROSA GOMES RÉ (U) (S): EZIEL PEDRO DA SILVA RÉ (U) (S): COLIGAÇÃO COMPROMISSO COM O FUTURO RÉ (U) (S): COLIGAÇÃO SÃO JOÃO DA BARRA NÃO PODE PARAR RÉ (U) (S): PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRATICO BRASILEIRO - PMDB RÉ (U) (S): PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA CRISTÃO - PSDC JUIZ(A): LEANDRO LOYOLA DE ABREU ASSUNTO: AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL - ABUSO - DE PODER DE ECONÔMICO - CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO - CRIME ELEITORAL - PEDIDO DE CASSAÇÃO DE DIPLOMA - PEDIDO DE CASSAÇÃO DE REGISTRO - PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE INELEGIBILIDADE LOCALIZAÇÃO: ZE-037-37ª Zona Eleitoral FASE ATUAL: 26/07/2013 18:19-Recebido com decisão Andamento Despachos/Sentenças Processos Apensados Documentos Juntados Todos Andamentos Seção Data e Hora Andamento ZE-037 26/07/2013 18:19 Recebido com decisão ZE-037 18/07/2013 16:45 Autos conclusos para sentença ZE-037 18/07/2013 14:21 Documento Retornado do MPE, com alegações finais. ZE-037 16/07/2013 16:48 Documento expedido em 16/07/2013 para MINISTÉRIO PÚBLICO ZE-037 16/07/2013 16:40 Documento Retornado expedido por equívoco. ZE-037 16/07/2013 15:58 Documento expedido em 16/07/2013 para MINISTÉRIO PÚBLICO ZE-037 16/07/2013 15:46 Vista ao MPE para alegações finais. ZE-037 16/07/2013 15:45 Certidão . ZE-037 15/07/2013 18:18 Juntada do documento nº 108.074/2013 ZE-037 15/07/2013 15:51 Juntada do documento nº 107.717/2013 ZE-037 15/07/2013 15:31 Juntada do documento nº 107.680/2013 ZE-037 11/07/2013 14:50 Publicação em 11/07/2013 Diário da Justiça Eletrônico do TRE-RJ N. 144 Pag. 55/56. Despacho de 07/07/2013. ZE-037 10/07/2013 13:06 Recebido com despacho ZE-037 10/07/2013 13:06 Registrado Despacho de 07/07/2013. Determinando ZE-037 04/07/2013 16:09 Autos conclusos para despacho ZE-037 06/06/2013 16:35 Juntada do documento nº 86.201/2013 ZE-037 03/06/2013 15:23 Recebidos . ZE-037 02/05/2013 13:26 Autos conclusos para despacho ZE-037 30/04/2013 15:04 Juntada do documento nº 66.555/2013 ZE-037 01/03/2013 17:03 Certidão . ZE-037 01/03/2013 17:03 Retificação do andamento . ZE-037 26/02/2013 12:51 Juntada do Ofício n. 32/2013 ZE-037 18/02/2013 18:35 Certidão . ZE-037 15/02/2013 16:53 Certidão . ZE-037 15/02/2013 15:43 Publicação em 08/02/2013 Diário da Justiça Eletrônico do TRE-RJ N. 028 Pag. 73/75. Despacho de 11/01/2013. ZE-037 06/02/2013 17:29 Recebido com despacho ZE-037 06/02/2013 17:27 Registrado Despacho de 11/01/2013. Determinando providências ZE-037 14/12/2012 10:52 Autos conclusos para despacho ZE-037 14/12/2012 10:46 Juntada de termo de audiência de instrução e julgamento. ZE-037 11/12/2012 17:03 Documento Retornado do MPE com ciência. ZE-037 07/12/2012 14:27 Documento expedido em 07/12/2012 para MINISTÉRIO PÚBLICO ZE-037 07/12/2012 09:39 Vista ao MPE . ZE-037 07/12/2012 09:36 Publicação em 07/12/2012 Diário da Justiça Eletrônico do TRE-RJ N. 302 Pag. 11/12. Despacho de 05/12/2012. ZE-037 07/12/2012 09:35 Registrado Despacho de 05/12/2012. Com despacho de designação de audiência. ZE-037 06/12/2012 19:45 Recebido com despacho ZE-037 23/10/2012 13:39 Autos conclusos para despacho ZE-037 18/10/2012 16:19 Recebido com quota ministerial ZE-037 18/10/2012 16:18 Documento Retornado do MP ZE-037 10/10/2012 09:41 Documento expedido em 10/10/2012 para MINISTÉRIO PÚBLICO ZE-037 10/10/2012 09:40 Vista ao MPE . ZE-037 09/10/2012 19:40 Recebido com despacho ZE-037 09/10/2012 14:28 Autos conclusos para despacho ZE-037 09/10/2012 14:27 Certificada procurações arquivadas em cartório ZE-037 09/10/2012 14:27 Certificada a tempestividade da defesa ZE-037 04/10/2012 12:37 Juntada do documento nº 255.206/2012 ZE-037 04/10/2012 12:00 Juntada do documento nº 255.211/2012 ZE-037 28/09/2012 19:10 Certificada a notificação dos investigados ZE-037 27/09/2012 16:22 Certidão . ZE-037 26/09/2012 19:42 Recebido com despacho ZE-037 26/09/2012 14:48 Autos conclusos para despacho ZE-037 26/09/2012 14:48 Certificada procuração arquivada em cartório ZE-037 26/09/2012 13:30 Atualizada autuação zona (Nº Coincidência, Pedido Inicial, Advogado) ZE-037 26/09/2012 12:35 Atualizada autuação zona (Nº Coincidência, Pedido Inicial, Advogado) ZE-037 26/09/2012 12:23 Autuado zona - AIJE nº 391-84.2012.6.19.0037 ZE-037 25/09/2012 18:38 Documento registrado ZE-037 25/09/2012 18:23 Protocolado Despacho Despacho em 07/07/2013 - AIJE Nº 39184 LUCIANA CESARIO DE MELLO NOVAIS Publicado em 11/07/2013 no Diário da Justiça Eletrônico do TRE-RJ, nº 144, página 55/56 Intimem-se as partes e o Ministério Público para apresentação de alegações finais, no prazo comum de 2 (dois) dias, nos termos do art. 22, X, da LC 64/90. Despacho em 11/01/2013 - AIJE Nº 39184 LUCIANA CESARIO DE MELLO NOVAIS Publicado em 08/02/2013 no Diário da Justiça Eletrônico do TRE-RJ, nº 028, página 73/75 Defiro os requerimentos formulados pelas partes em audiência. Determino que o cartório providencie a extração de cópia e juntada nos presentes autos. Determino, ainda, que o cartório providencie a remessa da mídia para perícia. P.I. Despacho em 05/12/2012 - AIJE Nº 39184 LUCIANA CESARIO DE MELLO NOVAIS Publicado em 07/12/2012 no Diário da Justiça Eletrônico do TRE-RJ, nº 302, página 11/12 Designo audiência para o dia 13/12/2012, às 15h, na sala de audiências da 1ª Vara desta comarca, para oitiva das testemunhas arroladas pelas partes, sendo que as testemunhas deverão comparecer à audiência independentemente de intimação, nos termos do art. 26 da Res. TSE nº 23.367/2011 (LC nº 64/90, art. 22, V). Intimem-se as partes pelo DJE. Dê-se ciência ao MPE. Documentos Juntados Protocolo Tipo 66.555/2013 OFÍCIO 86.201/2013 ACAO 107.680/2013 PETIÇÃO 107.717/2013 PETIÇÃO 108.074/2013 PETIÇÃO 255.206/2012 PETIÇÃO 255.211/2012 PETIÇÃO
Comentar
Compartilhe
Papa Francisco diz que, na cruz, Jesus se une a jovens que perderam a confiança em suas instituições políticas
27/07/2013 | 04h08
Rio de Janeiro- Em um discurso que misturou o português e o espanhol e se seguiu à Via Sacra, na Praia de Copacabana, o papa Francisco disse que, na cruz, Jesus se une às mais diversas vítimas de violência, intolerância e desigualdade. "Jesus se une a quem é perseguido por sua religião, por suas ideias ou simplesmente por sua cor da pele. Jesus se une aos jovens que perderam a confiança em suas instituições políticas por causa da corrupção e do egoísmo". O papa lembrou ainda de diversos problemas que afligem a juventude e, como o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, fez na missa de abertura da Jornada Mundial da Juventude, na terça-feira (17), mencionou as vítimas do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. "Jesus se une ao sofrimento das vítimas da violência que já não podem gritar, sobretudo aos indefesos. Jesus se une às famílias que se encontram em dificuldade pela perda trágica de seus filhos. Jesus encontra os jovens vítimas no incêndio de Santa Maria, no princípio deste ano. Rezamos por eles", disse o papa, que fez uma pausa e foi aplaudido." Francisco perguntou aos jovens brasileiros sobre o que eles deixaram ao tocar na Cruz Peregrina, que esteve no país por dois anos, e o que a cruz deixou neles. Por fim, disse que a cruz convida os homens a saírem de si mesmos e ir ao encontro dos necessitados. Após a fala do papa, a programação da jornada continuou com shows e os apresentadores pediram que o público continuasse para evitar transtornos na saída de Copacabana. Agência EBC
Comentar
Compartilhe
Papa Francisco rezou com cristãos evangélicos da Assembleia de Deus, em Manguinhos.
26/07/2013 | 01h09
Rio de Janeiro- Em sua caminhada pela comunidade de Varginha, no Complexo de Manguinhos, na zona norte da capital fluminense, o papa Francisco parou em uma igreja evangélica da Assembleia de Deus e fez uma oração com o pastor e os cristãos protestantes, informou o padre Márcio Queiroz, que acompanhou o pontífice na visita à favela. "Caminhando pela comunidade, chegamos até a igreja evangélica. Eu mostrei a ele que eles estavam no templo, e ele pediu para ir até lá para cumprimentá-los. O papa falou com o pastor e com as pessoas que estavam lá, e os convidou a rezarem um Pai Nosso", disse. O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, também comentou a parada do pontífice na Assembleia de Deus. "O papa parou em frente à igreja e rezou com os fiéis da Assembleia de Deus que estavam na porta. Até eles pediram bênção. Foi um momento ecumênico, espontâneo e muito bonito", ressaltou. Trecho nota agencia BrasilEBC
Comentar
Compartilhe
O que esta errado com a passagem de R$ 1,00 ?
25/07/2013 | 00h10
A notícia da redução para R$ 0,90 do preço nas passagem dos ônibus municipais em São João da Barra, ainda bomba na internet, enquanto que, as notícias no município vizinho, muito rico. Não tem nada de festejos e alegria. Quebra de empresa, não pagamento de funcionários, decreto de situação emergencial em setor do transporte público, empresa de outro estado, entrando pela janela nas rotas de empresa campista. Vó Mariana, dizia: "Prudência e caldo de galinha nunca fizeram mal a ninguém." O prefeito Neco de SJB, deve atentar aos equívocos constantes e, observar atentamente aos erros da prefeita campista, para não repeti-los em São João da Barra. - Olhos atentos, ao que deve estar deixando a face rosada, morta de vergonha. Zéa LEIA TAMBÉM: MP combate irregularidades no transporte urbano
Comentar
Compartilhe
Decreto de Cabral não quebra sigilos telefônico e de internet, diz MP !
24/07/2013 | 00h21
O procurador-geral de Justiça do MPE (Ministério Público Estadual), no Rio de Janeiro, Marfan Vieira, informou, por meio da [caption id="" align="alignleft" width="620" caption="foto divulgação"][/caption]assessoria de imprensa, que a Ceiv (Comissão Especial de Investigação de Atos de Vandalismo em Manifestações Públicas), criada por decreto pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), e publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (22), não poderá obter quebra de sigilo telefônico sem autorização judicial. A explicação foi dada em meio à polêmica sobre o texto do decreto que cria a Ceiv, avaliado por especialistas como "inconstitucional" e de "alma ditatorial" e bastante criticada nas redes sociais. A primeira reunião oficial da comissão está acontecendo na tarde desta terça (23), na sede do MPRJ, no centro do Rio. O texto do decreto, que passa a valer a partir desta terça, dá abertura para que a comissão solicite a quebra do sigilo telefônico e de internet de suspeitos de cometerem atos de vandalismo. O decreto ainda determina que as operadoras têm até 24 horas para atender à demanda. "As solicitações e determinações da Ceiv encaminhadas a todos os órgãos públicos e privados no âmbito do Estado do Rio de Janeiro terão prioridade absoluta em relação a quaisquer outras atividades da sua competência ou atribuição. As empresas Operadoras de Telefonia e Provedores de Internet terão prazo máximo de 24 horas para atendimento dos pedidos de informações da Ceiv", diz o artigo 3º. "Caberá à Ceiv tomar todas as providências necessárias à realização da investigação da prática de atos de vandalismo, podendo requisitar informações, realizar diligências e praticar quaisquer atos necessários à instrução de procedimentos criminais com a finalidade de punição de atos ilícitos praticados no âmbito de manifestação públicas", completa o artigo 2º do decreto. Durante a reunião, que contou com a participação de procuradores e promotores do MPRJ e de representantes das polícias Civil e Militar, que compõem a comissão, o presidente da Ceiv tentou dar respostas aos jornalistas que o questionaram sobre as acusações de que a lei é inconstitucional. "Todos os direitos das pessoas serão respeitados. Tanto as polícias quanto o Ministério Público em nenhum momento vão indicar um caminho excepcional. Tudo acontecerá exatamente dentro da legalidade", declarou o procurador Eduardo Lima Neto, que é chefe de gabinete do Ministério Público Estadual. "A lei será observada. Tenham certeza de que não nos afastaremos da lei em momento algum", insistiu. Sobre o prazo máximo de 24 horas que as empresas teriam para responder, ele afirmou que "é uma questão de prazo dentro das investigações". "Tanto essa estratégia quanto outras, que estão sendo discutidas pela comissão, têm a finalidade de dar a velocidade à devida apuração desses fatos, para termos a devida resposta que a sociedade necessita", completou Lima Neto. Depois de menos de dois minutos de entrevista, ele recebeu uma ligação no telefone celular e disse que precisaria voltar para a reunião, que ainda estava acontecendo. Ele foi indicado à presidência da comissão pelo procurador-geral do MPRJ. Por meio da assessoria do órgão, Marfan Vieira também afirmou que os "órgãos privados" citados no artigo 3º são "empresas mistas". Ainda não foi definido pela comissão o caráter dos pedidos. Segundo o MPRJ, o objetivo da comissão é centralizar informações e inquéritos que estavam pulverizados, já que "não havia uma investigação sistêmica". ASCOM MPE RJ
Comentar
Compartilhe
Protesto com Beijaço Gay na chegada do Papa...........
23/07/2013 | 21h57
Ontem , nas proximidades do Palácio Guanabara, manifestantes protestaram contra os gastos do governo com a visita do papa, contra o governo do Rio e a favor do casamento gay. "Durante a chegada do papa, manifestantes promoveram um beijaço gay na zona sul do Rio e um protesto contra os gastos públicos com a visita do líder católico terminou em conflito entre policiais e manifestantes." Já caminhamos em ritmo eleitoral, é importante entender, e olhar a opção Gay com respeito. os três pré candidatos a Governador do Estado do Rio , tem posições distintas sobre o assunto, mas com certeza consideram a importância; sócio, [caption id="attachment_1120" align="alignright" width="300" caption="Imagem da internet"][/caption]cultural, política e eleitoral, desta imensa massa. Tomando para parâmetro que em Copacabana, na Zona Sul do Rio, cerca de 1 milhão de pessoas estiveram reunidas recentemente na Parada do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). Eleição nos dias de hoje é jogo frio, tudo na base dos cálculos matemáticos; e estes números coloridos, poderão ser novamente o fiel da balança como aconteceu na Presidencial de 2010. Serão mais mais que respeitados , serão buscados "apaixonadamente." Por outro foco: A "Cura Gay", garantirá a próxima eleição do Feliciano ? Assista ao Vídeo: Cura Gay, homossexualismo e marco Feliciano
Comentar
Compartilhe
Governo corta R$ 10 bilhões adicionais do Orçamento
23/07/2013 | 03h49

BRASÍLIA - O governo federal fez um corte adicional de R$ 10 bilhões no Orçamento deste ano para tentar assegurar o cumprimento da meta de superávit primário de 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB). Esse ajuste, segundo números divulgados[caption id="attachment_1112" align="alignright" width="725" caption="Imagem da internet"][/caption]pelos Ministérios da Fazenda e do Planejamento, deve-se se à redução na projeção das despesas primárias que passaram de R$ 937,9 bilhões para R$ 927,9 bilhões. A receita administrada foi revista de R$ 706,8 bilhões para R$ 702,1 bilhões. Já as receitas da previdência recuaram de R$ 316 bilhões para R$ 313 bilhões.

Segundo o documento, foi mantida a previsão de abatimento de R$ 45 bilhões da meta de superávit primário. Pelo orçamento de 2013, o governo pode descontar até R$ 65 bilhões de investimentos e desonerações da meta de superávit primário deste ano. Com o abatimento, a meta de superávit primário do governo central é de R$ 63,1 bilhões para o ano. Já para os Estados e municípios, a previsão de superávit primário é de R$ 47,8 bilhões. A meta de superávit primário do setor público consolidado ficou em R$ 110,9 bilhões ou o equivalente a 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

Qualidade do gasto

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que objetivo é “melhorar a qualidade do gasto público, reforçar o resultado fiscal do governo central e tornar mais claras e transparentes as medidas para atingir o resultado fiscal”.

“Continuamos trabalhando com o cenário internacional adverso”, afirmou.

Ao mostrar dados de crescimento econômico de diversos países, Mantega disse que “a economia brasileira está crescendo mais que no ano passado”, lembrando que o Produto Interno Bruto (PIB) avançou 0,6% no primeiro trimestre.

“Estamos até que indo bem considerando o cenário adverso”, avaliou o ministro. Para ele, investimento e a atividade agropecuária “vão bem” e a indústria de transformação nem tanto.

(Edna Simão, Leandra Peres e Thiago Resende | Valor)

Veja também: Cura Gay, Homossexualismo e Marco Feliciano
Comentar
Compartilhe
Papa diz que estará em segurança no Rio
22/07/2013 | 15h19

Papa estará seguro apesar de JMJ ser evento complexo, diz prefeito do Rio

Agência Brasil



Rio de Janeiro - O papa Francisco estará totalmente seguro e poderá circular livremente pela cidade durante a Jornada Mundial da Juventude, disse hoje (22) o prefeito Eduardo Paes. Ele informou, no entanto, que a JMJ será o grande evento mais complexo da cidade do ponto de vista logístico, se comparada a outros como a Rio+20 e a Copa das Confederações, que o Rio sediou nos últimos 12 meses.

Para a jornada, são esperados milhares de visitantes, que se deslocarão pela cidade, mas outra característica contribui para o desafio da organização: "Sabemos que o papa Francisco quebra regras e isso é um orgulho para a nossa cidade, porque mostra que ele estará à vontade", disse o prefeito, que concedeu uma entrevista coletiva ao lado do arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, para dar boas-vindas aos jornalistas.

[caption id="" align="alignright" width="320" caption="Papa in Rio"][/caption]Sobre as manifestações que podem ocorrer durante a presença do pontífice, Paes disse que isso é já é esperado e que não há cidade visitada pelo papa em que não haja protestos. "A cidade vai criar todas as condições para que o papa possa circular à vontade. Ele é querido pelos católicos e por pessoas de outras religiões, e o carioca tem uma tradição de receber bem os visitantes".

O prefeito disse ainda não ter números, mas afirmou que a primeira impressão é a de que a cidade receberá uma quantidade de visitantes ainda maior do que o esperado, o que considerou bom. Em seu discurso, Paes reconheceu que a maior exposição do Rio evidencia suas contradições, mazelas e desafios, assim como suas qualidades. Apesar disso, para o prefeito, a imagem que ficará será a de uma cidade que está se desenvolvendo.

"Fica o compromisso de usar essa visita do papa como estímulo a superar os desafios e a receber o papa de braços abertos", disse o prefeito, que garantiu: "Realizaremos a melhor JMJ de todos os tempos".

O arcebispo do Rio destacou a participação de jovens na organização da jornada, já que sua presença no Comitê Organizador Local passa de 80% dos membros. Dom Orani disse crer que o encontro fortalecerá as esperanças da população e dos fiéis, e que a jornada "vem para estender a mão a todas as pessoas que queiram construir um mundo mais justo e fraterno."

"Sabemos que existem movimentos e ideais diversificados e que nem todos pensam como nós, mas temos a mesma preocupação com a dignidade humana", enfatizou o arcebispo.

Ao lado de Paes e Orani, seis jovens católicos de diferentes partes do mundo deram testemunhos na coletiva. Entre eles estava o carioca Allan Farias, da zona norte, que é DJ e tocará música eletrônica em um dos atos culturais da programação, na Cidade do Samba. Além dele, falaram representantes da China, de Moçambique, da Argentina, do México e da Síria.

Agência BrasilEBC

Comentar
Compartilhe
Entidades médicas de saída das Câmaras e Comissões governamentais.
21/07/2013 | 16h26

As entidades médicas deixarão de participar de todas as Câmaras, Comissões e Grupos de Trabalho dos ministérios da Saúde e da Educação. Também não terão mais assento no Conselho Nacional de Saúde. A saída é conseqüência das decisões unilaterais tomadas pelo governo ultimamente, como o programa Mais Médicos e os vetos à lei do Ato Médico, tomadas sem nenhum diálogo com as médicas e médicos brasileiros.[caption id="" align="alignright" width="300" caption="Passeata na Avenida Paulista. Crédito: Osmar Bustos"][/caption]
Desde 2011 que as entidades médicas ? Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB), a Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR) e a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) ? buscavam o consenso, apresentando propostas para a interiorização da assistência à saúde. O governo, no entanto, preferiu agir de forma unilateral e autoritária.
A nota lembra que as entidades médicas participaram de inúmeras reuniões nos Ministérios da Saúde e da Educação, assim como de encontro com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. Em todas as oportunidades, ouviram os argumentos e apresentaram sugestões para interiorizar a medicina, como a criação de uma carreira de Estado para o médico e outros profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) e a aceitação da vinda de médicos estrangeiros aprovados no exame de validação de diplomas (Revalida) para atuar em áreas de difícil provimento.
“A indiferença como as propostas foram tratadas e os constantes ataques aos médicos e suas entidades, transferindo-lhes a responsabilidade pela crise da assistência que se deve, em verdade, à falta de investimentos e má gestão (ambas sob o crivo do Executivo), sinalizaram que o Governo, a priori, não tem interesse em dialogar ou elaborar soluções reais, com a participação dos médicos, da academia e outros setores da sociedade.”, enfatiza a nota.

NOTA DAS ENTIDADES MÉDICAS A SOCIEDADE
Anúncio de retirada de representantes de Comissões do Governo
DIÁLOGO ROMPIDO
Brasília, 19 de julho de 2013.
Ao editar de forma unilateral e autoritária medidas paliativas que afetam a qualidade dos serviços públicos de Saúde e o exercício da Medicina no país, o Governo Federal rompeu o diálogo com as entidades médicas, que, desde 2011, buscavam insistentemente o consenso, sempre apresentando propostas para a interiorização da assistência.
As entidades médicas participaram de inúmeras reuniões nos Ministérios da Saúde e da Educação, assim como de encontro com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. Em todas as oportunidades, mostraram-se dispostas a ouvir os argumentos e posicionaram-se com sugestões concretas para levar o atendimento aos municípios do interior.
Entre as soluções encaminhadas, encontram-se a criação de uma carreira de Estado para o médico e outros profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS), a implantação de um Programa de Interiorização do Médico Brasileiro (com garantia efetivas de condições de trabalho e supervisão) e vinda de médicos estrangeiros aprovados no exame de validação de diplomas (Revalida) para atuar em áreas de difícil acesso e provimento.
A forma indiferente como as propostas foram tratadas e os constantes ataques aos médicos e suas entidades, transferindo-lhes a responsabilidade pela crise da assistência, que se deve à falta de investimentos, má gestão e corrupção, sinalizaram que o Governo não tem interesse em dialogar ou elaborar soluções com a participação dos médicos e outros setores da sociedade.
Diante desse quadro, as entidades médicas nacionais anunciam o seu afastamento de Câmaras e Comissões em nível governamental nas áreas de Saúde e da Educação, onde mantêm representantes, como a Comissão Nacional de Residência Médica (CNMR), o Grupo de Trabalho para a Criação da Carreira de Estado e o Conselho Nacional de Saúde (CNS). A decisão decorre de deliberação tomada por reunião ampliada, com a participação de lideranças de mais de 100 entidades da categoria, realizada, em Brasília, na quarta-feira (17).
A AMB, ANMR, CFM e Fenam – bem como todas as entidades médicas regionais e filiadas - continuarão sua atuação junto aos médicos, aos pacientes, aos parlamentares e à sociedade em geral para não permitir a destruição da Medicina brasileira e a desassistência da população.

ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA/ ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS MÉDICOS RESIDENTES/
CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA/ FEDERAÇÃO NACIONAL DOS MÉDICOS

Fonte: Site CFM
Leia também: O BRASIL NAS RUAS CONTRA IMPORTAÇÃO DE MÉDICOS
CFM ENTRA COM AÇÃO PEDINDO SUSPENSÃO DO " MAIS MÉDICOS"

Comentar
Compartilhe
A sorte é que o campista é manso ? (Reflexão para o final de semana)
20/07/2013 | 00h12
[caption id="attachment_1010" align="aligncenter" width="585" caption="Coluna COMENTÁRIOS na íntegra, clique no manso"][/caption] Será ? E até quando ?
Comentar
Compartilhe
Vitória a qualquer preço ?
19/07/2013 | 14h00
Na derrota sofrida pelo Goytacaz FC, por 6 x 0 no Tribunal de Justiça Desportiva. Foi feita uma imagem à porta de entrada do[caption id="attachment_995" align="alignright" width="150" caption="Foto do Ururau.com"][/caption] plenário do TJD, nela entre outros; o Presidente Jomar Garcia, o Deputado Estadual Pudim e o já anunciado pré candidato a Deputado Estadual Wladimir Garotinho, ambos crias do Deputado Federal Anthony Matheus, o menino Wladimir , de maneira natural. É impossível distinguir, onde a paixão pelo clube, a busca na evolução do esporte e o interesse nos votos dos torcedores, começa ou termina. Choram os milhares de torcedores do Azul da rua do Gaz, choramos todos os campistas, pois que, se dependesse do trabalho da equipe do futebol mostrada nos campos de bola, estaria o Goitão na Séria A Carioca, como único representante das terras Goytacazes. Erraram os comandantes; assumiram e, como réus confessos pediram o direito a pena menor; foi-lhes concedida a pena menor, como rege o Código Brasileiro de Justiça Desportiva_CBJD, Art. 214. Abaixo a íntegra do artigo: "Art. 214. Incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente. (Redação dada pela Resolução CNE nº 29 de 2009). PENA: perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, prova ou equivalente, e multa de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais). (NR). § 1º Para os fins deste artigo, não serão computados os pontos eventualmente obtidos pelo infrator. (NR). § 2º O resultado da partida, prova ou equivalente será mantido, mas à entidade infratora não serão computados eventuais critérios de desempate que lhe beneficiem, constantes do regulamento da competição, como, entre outros, o registro da vitória ou de pontos marcados." Numa eventual vitória do Goytacaz, seriam derrotados os direitos legítimos das equipes do EC São João da Barra e do América FC, que não ocorreram nas irregularidades cometidas pelos dirigentes do Goytacaz Futebol Clube, menos mal, se fosse diferente; seria o errado vencendo o certo! Ruim pro Goytacaz, ruim pra Campos, péssimo pros que querem as vitórias a qualquer preço. Onde a articulação de " coisas políticas" não foi suficiente ? Onde o Presidente do Clube não foi eficiente? Onde começar o novo, tendo o velho como ensinamento? Onde e como fazer com que o certo vença o errado ? O Goytacaz FC tem time pra isso, dentro e fora dos gramados ! LEIA AQUI A COLUNA COMENTÁRIOS DE 19 de JULHO de 2013 GOYTACAZ DERROTADO NO TJD.
Comentar
Compartilhe
Coluna COMENTÁRIOS da sexta feira 19_07_2013
19/07/2013 | 09h00
[caption id="attachment_988" align="aligncenter" width="300" caption="Clique na imagem acima par ampliar e permitir a leitura"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Goytacaz derrotado no TJD.
18/07/2013 | 19h06
Punição de seis pontos ao Goytacaz é mantida no TJD Por maioria de votos, recurso do Alvianil da Rua do Gás é negado no Pleno Vitor Costa Carioca Série B Em julgamento do Pleno do TJD-RJ nesta quinta-feira (18), por maioria de votos, nenhum dos recursos foi acatado e a decisão da 4ª Comissão Disciplinar em manter a punição de seis pontos ao Goytacaz na Série B do Campeonato Carioca pela escalação irregular do zagueiro Tallis em dois jogos, contra Angra e Sampaio Corrêa. Com isso, o Alvianil da Rua do Gás segue eliminado da disputa e o America, consequentemente, classificado ao Triangular Final. Entretanto, ainda não há previsão para a volta do Campeonato Carioca da Série B, pois o Goytacaz pode, a qualquer momento, entrar com recurso também no STJD. O America não anunciou se pretende recorrer ao Supremo para tentar a punição de nove e não de seis pontos, como o determinado pelo Pleno. O julgamento Como foi o primeiro recorrente, o America foi o primeiro a falar. O advogado do clube, Dr. Mauro Chidid, voltou a afirmar que Tallis jogou irregularmente contra Angra dos Reis e Sampaio Corrêa, por isso, três pontos por cada partida, além da pontuação obtida com a vitória sobre o mesmo Angra por 2 a 1. - O Goytacaz se utilizou em duas oportunidades o atleta de forma irregular. A primeira, contra o Angra dos Reis, e a segunda, contra o Sampaio Corrêa. O America vem ao Pleno pedir para que o Tribunal faça justiça – afirmou. Por outro lado, o advogado do Goytacaz, José Manuel Brito, se defendeu dizendo que o clube não foi intimado nem para comparecer ao julgamento do recurso e tampouco ao caso Tallis. Por fim, pediu a punição de apenas três pontos e não de seis, alegando que o zagueiro atuou irregularmente apenas um jogo por conta da suspensão automática. - O atleta cumpriu a suspensão automática e isso não foi levado em consideração. Ele só teria atuado irregularmente a partir do dia 04/05 e não seria possível a aplicação do caput a partir da subsequÊncia. Se houvesse a aplicação conforme o America pede, o Goytacaz seria duplamente penalizado – disse o advogado. A Procuradoria se colocou contra os dois recursos, tanto o do America quanto ao do Goytacaz. Apresentou-se, inclusive, favorável a manutenção do que se foi julgado pela 4ª Comissão Disciplinar, que puniu o clube por seis pontos pela escalação irregular do zagueiro Tallis. No final, após os votos dos auditores, ficou confirmada a punição de seis pontos do Goytacaz. Os dois primeiros e os dois últimos auditores votaram pela manutenção dos seis pontos. Apenas dois divergiram e queriam a punição de nove, acatando o recurso do America, o que acabou não acontecendo. Ninguém votou a favor do Goyta. Fonte FutRio.net_Vitor Costa
Comentar
Compartilhe
Mulheres avante !
18/07/2013 | 18h26
Plenário aprova regulamentação da Secretaria da Mulher na Câmara Reivindicação da bancada feminina, órgão é formado pela procuradoria e pela secretaria dos direitos da mulher. [caption id="" align="alignleft" width="229" caption="arquivo/Lucio Bernardo Jr"][/caption] Janete Rocha Pietá Janete Rocha Pietá pede agora aprovação de proposta que garante mulheres na Mesa Diretora. O Plenário aprovou nesta quarta-feira um substitutivo ao Projeto de Resolução 69/11, da deputada Janete Rocha Pietá (PT-SP), que regulamenta a Secretaria da Mulher, composta pela Procuradoria da Mulher e pela Coordenadoria dos Direitos da Mulher. A criação da nova instância era uma reivindicação da bancada feminina na Câmara, atualmente composta por 46 deputadas. A proposta aprovada pelo Plenário é fruto de um acordo costurado pela bancada com a Mesa Diretora. Pelo acordo, o PRC 69 recebeu parecer pela rejeição, e no seu lugar foi aprovado o PRC 202/13, de autoria da Mesa, que tramitava em conjunto. O relator da matéria foi o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR). Segundo o texto aprovado, a secretaria é um “órgão político institucional que atua em benefício da população feminina” e terá como objetivo transformar a Câmara num centro de debates das “questões relacionadas à igualdade de gênero e à defesa dos direitos das mulheres”. Para atuar, a nova instância terá direito a 13 cargos e funções. Procuradoria Entre as prerrogativas da Procuradoria da Mulher estão receber denúncias de violência e discriminação contra a mulher e encaminhá-las aos órgãos competentes; fiscalizar a execução de programas federais voltados à igualdade de gênero; promover pesquisas e estudos sobre os direitos da mulher; e representar a Câmara em eventos destinados a discutir a valorização da mulher. A procuradoria será formada por uma procuradora e três adjuntas, eleitas pela bancada feminina, em votação secreta, com mandato de dois anos, sendo vedada a reeleição. As procuradoras adjuntas deverão pertencer a partidos diferentes. A Coordenadoria dos Direitos da Mulher terá estrutura similar: uma titular (coordenadora-geral) e três adjuntas, também eleitas pelas deputadas. Entre as funções da coordenadoria estão participar das reuniões do Colégio de Líderes, com direito a voz e voto, e divulgar a atuação da bancada feminina. Avanço Para a deputada Janete Rocha Pietá, a bancada feminina, que tem menos de 9% dos 513 deputados, tem conseguido conquistas com grande protagonismo. Ela elogiou o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, pela iniciativa de colocar em votação a matéria, mas pediu também apoio para outras conquistas. “Queremos também a votação da PEC da deputada Luiza Erundina (PSB-SP) que propõe um cargo permanente para as mulheres tanto na Mesa da Câmara dos Deputados quanto do Senado”, afirmou Janete, referindo-se à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 590/06. Íntegra da proposta: PEC-590/2006 PRC-69/2011 PRC-202/2013 Fonte Agencia Câmara Leia também: Contrato de Talis, do Goytacaz, é rescindido judicialmente[caption id="attachment_961" align="alignright" width="180" caption="Clique aqui"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Sérgio Cabral; mete a boca na oposição...
18/07/2013 | 02h03
Manifestantes da Rocinha se unem ao grupo que protesta perto da residência do governador do Rio Rio de Janeiro - Duas manifestações complicam o trânsito na zona sul do Rio desde o fim da tarde. A primeira ocorre perto da residência do governador Sérgio Cabral, na esquina da Avenida Delfim Moreira com Rua Aristides Espínola, no Leblon. Na outra, moradores da Rocinha, na Gávea, protestam por causa do desaparecimento de um morador da comunidade. O grupo formado por cerca de 100 manifestantes, de acordo com a Polícia Militar (PM), chegou a fechar a Autoestrada Lagoa-Barra por alguns minutos. Depois, eles seguiram em passeata até o Leblon, onde se juntaram ao grupo que está nas proximidades do prédio onde mora o governador. De acordo com a PM, cerca de 700 pessoas estão no local de forma pacífica. O trânsito está complicado para quem vai para a Barra da Tijuca e o Recreio dos Bandeirantes devido ao fechamento da Avenida Delfim Moreira. O governador Sérgio Cabral, por meio da assessoria, divulgou nota sobre a manifestação. "A oposição busca antecipar o calendário eleitoral criando constrangimentos à governabilidade. O governador, legitimamente eleito por 67% dos votos no primeiro turno, nas últimas eleições, reitera o seu compromisso de continuar a manter o Rio de Janeiro na rota do desenvolvimento social e econômico". Fonte: BrasilEBC Na foto da VEJA; veja se isso aí se parece com manifestantes lutando por seus direitos de cidadão. [caption id="attachment_935" align="alignright" width="300" caption="Bando de vândalos infiltrados nas manifestações no Rio de Janeiro"][/caption]
Comentar
Compartilhe
PF investiga fraudes no programa Minha Casa, Minha Vida
17/07/2013 | 21h24
São Paulo – Uma operação da Polícia Federal (PF), com apoio da Controladoria-Geral da União (CGU), investiga irregularidades na [caption id="" align="alignright" width="300" caption="Programa Minha Casa, Minha Vida (Minplan)"][/caption]execução do Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Segundo nota da Polícia Federal em São Paulo, oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos: seis deles em São Paulo, um em Fortaleza e um em Brasília. "De acordo com a PF, o esquema investigado tem o envolvimento de instituições financeiras, correspondentes bancários e empresas de fachada, que teriam desviado recursos destinados à construção de casas populares em municípios com menos de 50 mil habitantes. Há indícios, segundo o órgão, de participação de ex-servidores do Ministério das Cidades, que valiam-se de informações e de influência para prestar serviços inexistentes ao programa." Fonte Agencia EBC
Comentar
Compartilhe
Dos Portos ou dos porcos ?
17/07/2013 | 06h44

"A prefeita Rosinha foi recebida em audiência, na manhã desta terça-feira, em Brasília, pelo ministro dos Portos, Leônidas Cristino", Informação publicada aqui na coluna de Economia do Folha OnLine

Até ai, cumprem suas atribuições, fica tudo mais ou menos. O caso é que me veio à cabeça a doce lembrança de tia velha espanhola, que costumava às tardes, entre um naco de tortilha e outro, lançar por entre dentes, ditados que grudaram em minha memória, nenhum igual estes: "Por fora bela viola, por dentro pão bolorento, ou a pérola; fulano é muito de dourar a pílula." No universo político, no Gran Bazar das personalidades, por toda a parte se insinuam as máscaras que escondem insidiosas verdades. Com que facilidade batem e maior ainda assopram estes Garotinhos. QUE PÍLULA ESTARÃO A DOURAR? Sabemos o que significa esta frase, mostram sempre situação e ou atitude difícil ou desagradável, como coisa fácil de aceitar. Origina-se na prática comum das farmácias antigas, que consistia em embrulhar pílulas em papéis finos, com o fim de preparar psicologicamente o cliente para engolir um remédio, sempre de gosto muito amargo. Dourar a pílula é a tática sutil de persuadir renitentes, quando se procura destacar os aspectos positivos de algo desfavorável. Do jeito como atua a dupla, fica fácil fazer coro com o Digníssimo Senhor Ronaldo Caiado, Deputado Federal pelo Democratas de Goiás. Mas não vou gastar nosso tempo, deixo que fale em seu púlpito na Câmara dos Deputados o Senhor Caiado. [caption id="attachment_913" align="aligncenter" width="844" caption="Clique na imagem para acessar ao vídeo"][/caption] Assista aqui a resposta do Deputado Federal Anthony Matheus
Comentar
Compartilhe
R$ 1.000.000,00 em tapumes, onde será ?
16/07/2013 | 21h43
Do Facebook Jean Azevedo: Informativo importante: Pesquisa aponta que Administração Pública, gasta-se muito recurso com tapume de obras, chegando a gastar R$ 1.000.000,00 com tapumes em uma única obra. Informativo importante: [caption id="" align="alignnone" width="403" caption="R$ 1.000.000,00 em Tapumes "][/caption] Curtir · · Compartilhar · há 4 minutos · Jean Azevedo: Em alguns casos..a empresa só recebe e não executa. Postado no Blog estouprocurandooquefazer Utilizando por base a planilha abaixo com este vlr da obra; R$1.000.000,00 seriam possíveis instalar 30.102 m2 de tapumes, em linha reta um pouco mais de 13 quilômetros de tapumes. Onde é a obra mesmo ? [caption id="attachment_897" align="alignright" width="930" caption="A planilha acima serve para parâmetro comparativo (ilustrativa)"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Senado não dá gorjeta, Lindbergh intervem
16/07/2013 | 21h16
Senado adia para agosto votação do projeto sobre gorjeta de garçons Brasília – O projeto de lei que regulamenta as gorjetas e aposentadorias dos garçons será votado somente no retorno dos senadores ao trabalho, na primeira quinzena de agosto, após o fim do recesso parlamentar. Representantes da categoria foram[caption id="" align="alignright" width="300" caption="imagem da internet Garçom meio zangado"][/caption] recebidos hoje (16) pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e fecharam acordo para que a matéria seja votada no plenário da Casa no começo do próximo mês. O projeto não só regulamenta a distribuição das gorjetas em bares, restaurantes, hotéis e estabelecimentos similares, como também estabelece que 20% delas devem ser destinadas à aposentadoria dos garçons. Também participaram das negociações, o relator da matéria na Comissão de Assuntos Econômicos, senador Lindbergh Faria (PT-RJ), que defendeu a complementação na aposentadoria. Segundo ele, a gorjeta representa grande parte da renda da categoria e a aposentadoria baseada apenas no salário registrado acaba significando uma perda importante para o orçamento familiar. Para evitar perdas na renda dos garçons, Lindbergh disse que pretende incluir as gorjetas dos garçons entre as previsões da Medida Provisória (MP) 597, que está em tramitação no Congresso e trata de desonerações tributárias. “Conseguimos construir um acordo. Através da MP vamos desonerar PIS e Cofins das gorjetas”, disse.
Comentar
Compartilhe
Criancinhas sem escola no IPS
16/07/2013 | 11h14
A triste informação e os questionamentos nos chegaram através de comentário do Sr. Edi Cardoso, com a palavra a Secretária de Educação, Marinéa Abude de Cerqueira Martins. Caso a prefeita Rosinha esteja pela cidade, por favor responda. E eu quero saber o porquê da Escola Municipal Maria Sebastiana, no I.P.S. as crianças do G1 ter somente UM DIA DE AULA, NA SEMANA PASSADA? SOMENTE NA 2ª FEIRA. no resto da semana ficaram em casa as criancinhas. Pergunta: que qualidade de ensino ou até mesmo que ensino essa escola aplica a seus alunos? Que tipo de aprendizado elas conseguirão, se infelizmente precisam estudar num local de ensino de tão baixo nível e sem compromisso com a educação dos mesmos??? Leia a postagem que provocou o comentário: NÃO IMPORTAM AS CRIANCINHAS ?
Comentar
Compartilhe
FAB abre a caixa preta ...
16/07/2013 | 03h31
Após denúncias sobre o uso de aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) para assuntos pessoais, por autoridades dos três Poderes, a FAB começou a divulgar em seu site, nesta segunda-feira, dados sobre vÔos solicitados por autoridades. CLIQUE NA IMAGEM Para avivar nossas memórias recentes: Quatro autoridades das mais altas esferas do poder nacional tiveram que dar explicações em junho e julho de 2013 sobre o uso irregular de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e também de cotas de viagens oficiais. O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), usaram dos benefícios para ir ao Rio de Janeiro assistir a final da Copa das Confederações. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), por sua vez, utilizou a aeronave da FAB para participar do casamento de Brenda Braga, filha mais velha do líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), em Trancoso, na Bahia. A carona oficial, no entanto, não é novidade e vem sendo usual há décadas no Brasil. 26 viagens, com 142 passageiros Fonte site Terra
Comentar
Compartilhe
Que REDA-se as professorinhas !
15/07/2013 | 18h24
Na manhã gélida de hoje, desde cinco horas da madrugada, na garoa fria que caía na região da estação da Leopoldina, onde fica a Secretaria de Educação, as “tais professorinhas” dos REDAs e RPAs se arrumavam em fila indiana para fazer nova inscrição, na esperança de continuar envolvidas na saga educacional municipal e tentar manter suas vidas e o futuro de seus pequeninos alunos organizadas. Deveriam estar agradecidas prefeita Rosinha ? Continuem lendo: Não Importam as criancinhas ?
Comentar
Compartilhe
COLUNA COMENTÁRIOS DIA 12_07_2013
15/07/2013 | 04h10
Comentar
Compartilhe
NÃO IMPORTAM AS CRIANCINHAS ?
14/07/2013 | 18h12
No antigo REDA, as professoras tomaram um calote da prefeitura comandada pela senhora Rosinha Garotinho e ficaram sem o[caption id="attachment_844" align="alignright" width="647" caption="Imagem da Internet"][/caption] pagamento dos três meses trabalhados. As informações é de que, por parte das professorinhas, foram três meses de entrega, cuidados, orientação pedagócica , carinho e atenção dispensada as criancinhas matriculadas nas escolas municipais. Isso 0800 para a Prefeitura da Rosinha! Mas, a 4.a Vara Cível entendeu e o Ministro do STF Joaquim Barbosa entendeu que “não importam as criancinhas.” Para preencher o vazio que ficou com a dispensa das Redantes, a prefeita Rosinha mandou ver num monte de RPAs que terminam agora no dia 19 de Julho, as novas e antigas professoras Redas que estavam tentando dar um mínimo de dignidadee as criancinhas vão de novo pro olho da rua. As criancinhas estão com as cabecinhas embaralhadas, em uma escola municipal em travessão, houve comoção e choro coletivo ao saberem que a sua nova e querida professora já tinha na sexta feira próxima passada, assinado sua dispensa e já caminhava pro olho da rua, elas se sentiram novamente colocadas de lado, mais uma vez abandonadas à propria sorte; sem professora em sala de aula elas são dispensadas e vão pra casa ou pras ruas. Contaram que a professorinha nem mesmo consegui chorar, mas balbuciou: “ Pra essa gente que comanda; não importa as criancinhas!” Vem ai o novo REDA e, talvez novas professoras sejam colocadas no lugar das que estavam a lhes cuidar, caras novas a lhes olhar, talvez mais ou menos carinho e dedicação, talvez algumas indicações deste ou daquele político, novas posturas e métodos a serem aplicados, ficam as cabecinhas embaralhadas das criancinhas que não entendem nada, muito pouco conseguem aprender e desse jeito , muito pouco conseguirão aprender. Se já lhes falta, ambiente e estrutura ideal para o aprendizado, tiram- lhe a chance de manter à frente de seus olhinhos a esperança de um futuro melhor, tiram-lhe a oportunidade de se envolver, de socializar e assim permitir-se a confiar em quem lhes conduz na estrada do conhecimento. A chave desta porta emperrada, estava na mão da professora que deveria estar ao seu lado pelo menos por um ano inteiro. Todos deveríamos nos envolver e gritar, como gritaram os Cabruncos, muitos ocuparam estes bancos escolares municipais , muitos que já viveram estes dramas. Socorro Cabruncada... Precisamos gritar: - AS CRIANCINHAS NOS IMPORTAM ! Leia Também: Papo dos Garotinhos na operação Integração IV Comentário: "Aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam..." William Shakespeare zéa
Comentar
Compartilhe
MÚSICAS NAS MADRUGADAS
14/07/2013 | 04h25
Música Sertaneja de raiz, é de adoçar o coração... O Vai E Vem Do Carreiro Carreiro vai, Carreiro vem Beirando matas, cordilheiras e espigões Na estrada azul dos matagais Lhe acompanham passarinhos vindos dos sertões No peito seu eu sei que tem Seis bois puxabdo o carro triste do seu coração É a saudade emparelhada com a lembrança O amor e a esperança, desespero e a solidão Carreiro vai, Carreiro vem Rodando só pelo sertão cantando assim Carreiro vai, Carreiro vem Na sua estrada de paixão que não tem fim Carreiro vai, Carreiro vem Para bem longe do filhinho que ficou no lar Bem cedo sai e a tarde vem Deitar nos braços de Chiquinha sempre a lhe esperar Solta seus bois lá no curral Quando no morro surge o claro raio de luar Pega na viola pra cantar sua poesia Quando fora a brisa fria Vem com ele doetar Carreiro vai, Carreiro vem Rodando só pelo sertão cantando assim Carreiro vai, Carreiro vem Na sua estrada de paixão que não tem fim No vai e vem que o mundo dá Vai o seu rastro rabiscando pedras e areiões Dois riscos só Deixa no pó E o orvalho remulando sobre mil botões Igual ao sol passa por nós E a tarde deita no poente para repousar Solta a boiada de estrelas sintilantes Ruminando lá distante Pelos campos do luar Carreiro vai, Carreiro vem Rodando só pelo sertão cantando assim Carreiro vai, Carreiro vem Na sua estrada de paixão que não tem fim
Comentar
Compartilhe
GAP da vez ?
13/07/2013 | 14h55
A Justiça deu ganho de causa a PMCG e a licitação para as concessões das linhas de ônibus vai acontecer. Por aqui as coisas tangentes as coisas licitatórias são muito discutidas, o normal é a insatisfação! Umas partes nestas dudas licitatórias sempre são convidadas a sair da disputa, umas saem no "carinho," outras saem na pressão e ganha sempre a empresa que interessa; " a quem interessa!" E aí, qual a GAP da vez ?
Comentar
Compartilhe
Vândalos estão sendo monitorados e investigados, diz Polícia Civil do Rio
13/07/2013 | 04h13
12/07/2013 - 21h10 Douglas Corrêa Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro - A Polícia Civil do Rio informou, em nota, que integrantes do grupo Black Bloc, que agem de maneira articulada e praticam atos de vandalismo com os rostos cobertos por panos de cor preta, e todos os manifestantes que agem depredando e colocando fogo em caixas coletoras de lixo durante os protestos, estão sendo monitorados e investigados. Desde o dia 10 de junho, quando começaram as manifestações, 53 pessoas foram presas em flagrante por crimes como furto qualificado, formação de quadrilha e porte de explosivos, sendo 29 liberadas mediante pagamento fiança, e 25 menores foram apreendidos. Agentes da Coordenadoria de Informações e Inteligência Policiais (Cinpol) têm acompanhado os protestos nas ruas, registrando imagens e colhendo informações que ajudem nas investigações. Além das prisões em flagrante, investigações da 5ª Delegacia Policial, no centro, identificaram em redes sociais e durante os protestos seis pessoas. O grupo foi indiciado por incitação e apologia ao crime, delitos de competência do Juizado Especial Criminal (Jecrim). Todos prestaram depoimento e foram liberados. A Polícia Civil pediu à Justiça a prisão temporária de oito pessoas envolvidas em atos de violência, mas apenas um foi concedido. Arthur dos Anjos Nunes foi indiciado e teve a prisão decretada por formação de quadrilha e dano ao patrimônio. Ele é considerado foragido. Durante o protesto dessa quinta-feira (11), na região central da cidade, três pessoas foram presas em flagrante pelos crimes de formação de quadrilha, lesão corporal, desobediência e corrupção de menores. O grupo jogou pedras em policiais militares, ônibus e lojas na Avenida Chile. À tarde, a Justiça concedeu liberdade provisória ao grupo, que vai responder aos crimes em liberdade. A Polícia Militar informou que empregou 150 policiais para garantir a segurança durante as manifestações das centrais sindicais de ontem (11) na Avenida Rio Branco, no centro. Por volta das 19h30, os organizadores anunciaram o fim da manifestação, que foi pacífica. Nesse momento, vários jovens mascarados, vestidos de preto, começaram a praticar atos de vandalismo. Lixeiras foram incendiadas, tapumes de lojas foram arrancados e morteiros, pedras e bombas foram arremessados em direção a prédios e pessoas. Houve a intervenção da PM para conter o grupo com a utilização de munição química. Foi necessário também o acionamento do Batalhão de Choque em razão dos violentos atos de vandalismo. Mais tarde, na segunda manifestação em frente ao Palácio Guanabara, por volta das 20h05, um grupo infiltrado entre os manifestantes arremessou um coquetel molotov em direção ao prédio e morteiros foram arremessados contra a tropa da Polícia Militar, que reagiu com o emprego de armamento não letal. Durante a ação, um policial militar foi ferido na cabeça vítima de uma pedrada. No total, 46 pessoas foram presas, sendo que nove foram autuadas em flagrante. Douglas Corrêa Repórter da Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
Quem mandou quebrar Cabral ?
12/07/2013 | 04h12
Manifestantes e policiais militares entram em confronto em frente ao Palácio Guanabara no Rio Rio de Janeiro – Um grupo de manifestantes que se concentram, desde as 19h, em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo fluminense, em Laranjeiras, voltou a enfrentar o Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) com rojões atirados contra os policiais. Para dispersar o grupo, os militares usaram bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, balas de borracha e jatos d´água. Em confronto anterior, por volta das 20h, os manifestantes chegaram a atirar rojões na direção do palácio. Durante a ação da PM, alguns manifestantes correram para as ruas próximas e foram perseguidos pela Tropa de Choque e por homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope). A perseguição da polícia se estendeu a até quatro quarteirões do Palácio Guanabara. No caminho, vários baderneiros depredaram veículos estacionados na Rua Paissandu. Na Praça São Salvador, o bando destruiu caçambas de coleta de lixo e quebraram os vidros dos pontos de ônibus da região. Todo comércio da praça e no Largo do Machado fechou às portas. O mesmo ocorreu nas ruas Presidente Carlos de Campos e Marquês de Pinedo, que ficam nas proximidades da sede do governo estadual. As bombas de gás lacrimogêneo lançadas pela PM levaram os moradores dos prédios próximos a fechar as janelas dos apartamentos por causa do incômodo causado pelo produto. Muita gente se refugiou na Clínica Pinheiro Machado, por causa fumaça emitida pelas bombas de efeito moral. Os moradores da Rua São Salvador também reclamaram do incômodo causado pelo gás. O cheiro era tão forte que às pessoas tiveram de fechar as janelas e basculantes de suas casas. A Praça São Salvador, ali perto, foi cercada pela PM e por homens do Grupamento de Motociclistas. As ruas Paissandu, Senador Vergueiro e São Salvador e as transversais tiveram também tiveram as caixas coletaras de lixo arrancadas, lixo domiciliar jogo no meio da rua, placas com nomes de ruas destruídas e pontos de ônibus depredados. A maioria dos baderneiros usava máscaras para cobrir o rosto. Por volta das 22h30, as pistas nos dois sentidos da Rua Pinheiro Machado foram liberadas ao tráfego pela Polícia Militar. De acordo com advogados da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Rio de Janeiro, que acompanhavam a manifestação, 22 pessoas foram detidas pela polícia e levadas para a 12ª Delegacia Policial, em Copacabana, onde está funcionando a Central de Flagrantes. Os policiais do Batalhão de Choque apreenderam pedras, pedaços de paus, garrafas de vidro e barras de ferro com os detidos. O governador Sérgio Cabral divulgou nota sobre a tentativa de invasão do Palácio Guanabara. "O vandalismo não será tolerado no estado do Rio de Janeiro. Grupos que vão para as ruas com o objetivo claro de gerar o pânico e destruir o patrimônio público e privado tentam se aproveitar das recentes manifestações legítimas de milhares de jovens desejosos de participar e aperfeiçoar a democracia conquistada com muita luta pelo povo brasileiro", disse. Douglas Corrêa Repórter da Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
"Engraçadinha," é mais familia, pode ser ?
11/07/2013 | 15h24
Obra de Nélson Rodrigues Sensual Engraçadinha, filha de um moralista, noiva de um sujeito[caption id="attachment_801" align="alignright" width="320" caption="imagem da internet"][/caption] simplório, jovenzinha, encanta a todos, até sua melhor amiga, que é noiva de seu primo, por quem Engraçadinha é apaixonada. Um prenúncio trágico, este triângulo amoroso, mas, que se rompe quando o o seu pai descobre a relação e a beira do desespero, revela que o primo de Engraçadinha também é seu filho, na realidade seu irmão, ele tinha em sua juventude se deliciado com a cunhada. Para complicar o enrolo passional Letícia assume tara por Engraçadinha, aí deu ruim de tudo: O primo/irmão se mata ao descobrir que passou a ferro e fogo a irmã, nos lençóis macios da luxúria. Foi lá pelos anos 40, mas não perdeu atualidade, nesta nova sociedade, cínica, ainda que mais discretamente, repudia qualquer atitude que fuja aos padrões, mais ainda se tiver sexo. Pela pressão social , após morte de Sílvio, Engraçadinha despenca de sua pequena cidade para um centro maior, Décadas depois, recalcada pela vida, agora protestante, está casada com o antigo noivo , e cuidando de seus filhos com o rigor da religião. Uma senhorinha, de faces talhadas no rouge, mas muito simples, sua vida seria normal se não carregasse a frustração do passado e se sua jovem filha não fosse tão exuberante e simpática e exuberante como ela era na sua juventude. Ao passo que foge das investidas da ainda apaixonada Letícia, é bastante autoritária com Silene, repreendendo-a. Engraçadinha é ainda uma mulher muito bonita, mas que se esconde sob a capa da religião, tentando livrar-se do que considera os pecados do passado. Quer apenas cuidar da casa e manter a filha sob a sua guarda. Mas um confronto com o seu passado poderá despertar de novo a vontade de viver e a busca pelo prazer. A oito de paus pode tentar emplacar esta pérola do Nelson Rodrigues, o enredo parece mais familiar.... Comentário: Esta é uma postagem de ficção, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. zéa
Comentar
Compartilhe
Papo dos garotinhos na operação Integração IV
11/07/2013 | 04h02
Dois garotinhos numa conversa na porta da Escola. Magrão tem 15 anos e Boletinha 14 anos, mal escrevem, soletram, não somam nem subtraem, sabem contar dinheiro e não socializam na sala de aula com os coleguinhas de idades entre 10 e 12 anos. [caption id="attachment_789" align="alignright" width="300" caption="Foto Divulgação PRF"][/caption] - Vão nessa, a diretora entrô numa de incorporá, Demorô cumpadi, na responsa , vão dá um rolé, os professô aí do 29 é tudo caozeiro, já metemo o rango, tô é ligado em zoar e em dar uns cortes, vamu colar com os cata mocréia, aew , ói a novinha, é pra pegar uma pra criar, ê parça, né nada, vão nessa , ralá peito que essa mina é mulher chumbinho. Vão vazar, na responsa, temu que cumpri umas obrigação com o patrão. Deixa a tia jogando estes leros de dever de casa pros pivete, isso é papo pra enganar teteu. Vão entocar que os alemão tá de asa. Saí batido, se dé bobs, é vala. Conversa entre dois garotinhos, na saída do turno da manhã, na Escola Municipal 29 de Maio, próximo a Comunidade da Baleeira na manhã de ontem durante a operação Integração IV. Dos pais,também nos portões desta escola, ouviu-se o comentário, de que a Diretora do Colégio Municipal , pegou trinta dias de licença,por conta de estresse profundo, causado por ameaças graves de um comunitário, irmão de um destes garotinhos. É chegar pra perto e confirmar ... Gírias ouvidas na conversa entre os menininhos Incorporar: encarnar o mau, o diabo. Demorô: Isso aí, sim Cumpadi: Amigo, camarada, companheiro, cara Rolé: Passear, Andar sem compromisso. Caozeiro: Quem mente demais Meter o rango: Comer o lanche Zoar: Agitar, fazer agito Dar uns cortes: Transar com uma mulher. Cata-Mocréia: Pessoa que vai em porta de escola seduzir as alunas na hora da saída. Pegar pra criar: Fato de seduzir uma garota novinha com o intuito de possuí-la, mais tarde, quando estiver com corpo formado. Rala peito: Sai fora, vaza Mulher Chumbinho: Mulher com doença, com HIV (AIDS) Vazar:Ir embora Responsa: Confiável, Agradável, divertido. Obrigação: compromisso, trabalho Patrão: O Dono da boca. Leros: Conversa fiada Vai enganar Teteu: Expressão que significa "Eu não acredito nisso" Entocar: Esconder Alemão: Polícia Asa: Helicóptero Sai batido: Sai rápido Bobs: Bobeira Vala: a própria morte. "se você der mole vai pra vala"
Comentar
Compartilhe
DIDIN DO LALAU VOLTOU ...
10/07/2013 | 03h50
Dinheiro é oriundo de corrupção e desvio de verbas públicas relacionados à construção do TRT-SP O Ministério da Justiça e a Advocacia Geral da União (AGU) conseguiram repatriar US$ 4,7 milhões (cerca de R$ 10,7 milhões) mantidos por Nicolau dos Santos Neto em bancos suíços. Segundo nota divulgada nesta terça-feira, 9, pelo Ministério, foram 13 anos de esforços junto ao governo suíço para a recuperação do valor, que é o maior recuperado pelo governo brasileiro de uma única vez, no trabalho de enfrentamento à corrupção e à lavagem de dinheiro. [caption id="attachment_780" align="alignright" width="300" caption="BRASIL 1 X 0 LALAU.. "][/caption] De acordo com o Ministério da Justiça, o dinheiro é oriundo de corrupção e desvio de verbas públicas relacionados à construção do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª região de São Paulo, na década de 90. O ministério considerou a ação um "marco na atuação conjunta dos órgãos do governo brasileiro no combate à corrupção e ao crime transnacional e reflete o avanço nas relações de cooperação jurídica internacional entre Brasil e Suíça". Segundo a nota, os recursos serão transferidos para a conta única do Tesouro Nacional para reparar o dano causado ao erário. Nicolau dos Santos Neto foi condenado pelo crime de lavagem de dinheiro em processo penal no Brasil e em ação penal movida na Suíça.
Comentar
Compartilhe
Mulheres no Poder !
09/07/2013 | 19h15
Quase 80% dos brasileiros querem mais mulheres no poder Brasília - Oito em cada dez brasileiros ouvidos pelo Ibope e pelo Instituto Patrícia Galvão (78% dos entrevistados) para uma pesquisa sobre a presença de mulheres na política defenderam a obrigatoriedade de uma divisão com o mesmo número de candidatos e candidatas nas listas partidárias para eleições. Para 1,6 mil entrevistados, essa composição meio a meio da lista de candidatos deveria ser obrigatória nas eleições para o Legislativo municipal, estadual e federal. Os dados fazem parte do estudo Mais Mulheres na Política, divulgado hoje (9) em Brasília... "A ministra de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, ressaltou o fato de a maioria dos entrevistados associar a democracia a uma divisão mais equilibrada entre a participação de homens e mulheres nas listas partidárias. “A pesquisa evidencia que não existe processo democrático sem democracia de gênero e sem participação das mulheres.”.... Trechos de publicação de Carolina Gonçalves Veja na íntegra aquí Repórter da Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
A mão que balança a pedra ...
09/07/2013 | 02h05
O jornalista Jorge Bastos Moreno, na sua coluna de sábado, "insinuou" que os vândalos que apedrejaram o edifício onde mora o governador Sérgio Cabral, são correligionários do deputado Garotinho. Em outras manifestações , como a dos bombeiros, o deputado também foi acusado de ser um dos mentores e articuladores do movimento. O objetivo é desgastar o governador. [caption id="attachment_758" align="alignright" width="300" caption="Quem atirou a primeira pedra foi ......"][/caption]Entretanto, duas situações devem ser observadas. Garotinho como deputado da república, diante do juramento que prestou,não pode admitir,que dirá incitar ou estar por trás de práticas criminosas,como as que foram presenciadas no Leblon. A "insinuação " é muito séria e precisa ser apurada. Além do crime em si de vandalismo, os atos irresponsáveis desse bando de marginais, poderiam terminar em tragédia, com mortos e feridos. Estranha-se o silêncio do deputado diante da suposta acusação. - É bom o deputado não se esquecer do ditado:quem cala ,consente.
Comentar
Compartilhe
Funcionários dos Correios também perdem com rombo de Eike Batista
08/07/2013 | 04h30
Fundo dos Correios perde com ações de Eike Segundo a Folha, fundo de pensão tem rombo de quase R$ 1 bilhão; fundos oferecidos por empresas para a aposentadoria dos empregados também têm riscos. [caption id="" align="aligncenter" width="590" caption="Central dos Correios: Funcionários que participam do fundo terão descontos no salário para suprir déficit"][/caption] São Paulo – O fundo de pensão dos funcionários dos Correios acumula um déficit de 985 milhões de reais nos últimos dos anos. Em uma gravação obtida pelo jornal Folha de S.Paulo, Wanderley José de Freitas, presidente da Globalprev (consultoria contratada pelo fundo), declarou que a perda “decorre da significativa redução dos juros e da diversificação que ocorreu na Bolsa, concentrada especialmente em ações das empresas de Eike Batista”. Em outras palavras, o fundo Postalis, que é o terceiro maior do país em número de participantes, com 130 mil investidores, também foi embalado pelas promessas do grupo EBX. Segundo a Folha, para reverter o prejuízo, desde abril os salários dos funcionários têm sofrido descontos equivalentes a 3,94% do valor do benefício que eles receberão na aposentadoria. Fonte: Exame.com
Comentar
Compartilhe
[ JOAQUIM BARBOSA ]
07/07/2013 | 06h27
Barbosa recebeu R$ 580 mil em benefícios atrasados
Crítico dos gastos do Judiciário, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, recebeu R$ 414 mil do Ministério Público Federal por conta de controverso bônus salarial criado nos anos 90 para compensar, em diversas categorias, o auxílio-moradia concedido a deputados e senadores. Chamado de PAE (Parcela Autônoma de Equivalência), o benefício já foi repassado para 604 membros do Ministério Público Federal, incluindo Barbosa. O pagamento consumiu R$ 150 milhões. Embora legalizados, auxílios do gênero provocaram polêmicas ao longo dos anos. A mais recente é travada no CNJ (Conselho Nacional de Justiça), presidido por Barbosa. Em breve, o conselho vai analisar uma proposta que pede a suspensão do pagamento de auxílio-moradia a juízes trabalhistas. No mês passado, o CNJ autorizou o pagamento de cerca de R$ 100 milhões a oito tribunais de Justiça nos Estados relativos a auxílio-alimentação. Barbosa foi contrário, e sua posição contra os penduricalhos salariais ganhou amplo destaque. Ele chamou de "esdrúxula" e "inconstitucional" a resolução do CNJ. O ministro ironizou o benefício ao dizer que "não cabe a cada Estado estabelecer auxílio-moradia, auxílio-funeral ou auxílio-paletó". Em 2010, o próprio Barbosa foi relator de pedido da Associação dos Juízes Federais que buscava reconhecimento do direito dos juízes ao auxílio-moradia em ação no STF. Ao negar a liminar, o ministro escreveu que o auxílio "não serve para complementar a remuneração do magistrado federal, mas sim para indenizá-lo por despesas que surgem da sua designação para o exercício em localidade distante". Em 2000, a Procuradoria Geral da República estendeu aos procuradores os efeitos de resolução do STF que determinava o pagamento da PAE aos ministros do tribunal. Em 2002, a resolução virou lei. Além desse auxílio, o presidente do STF recebeu, em 2007, R$ 166 mil (ou R$ 226,8 mil, em valores corrigidos) mediante a conversão em dinheiro de 11 meses de licenças-prêmio não gozadas. Esse benefício, não mais em vigor, permitia que um servidor recebesse três meses de folga a cada cinco anos de vínculo empregatício. A ideia era estimulá-los a efetivamente tirarem as folgas, mas muitos, como Barbosa, preferiram não usá-las, deixando que elas se acumulassem. Em outubro de 2007, o Conselho Nacional do Ministério Público autorizou a conversão em dinheiro, no ato da aposentadoria, das licenças-prêmio e férias não gozadas. Somando os dois benefícios, o presidente do STF recebeu do Ministério Público Federal R$ 580 mil referentes ao período em que ele foi procurador. Corrigido pelo IPCA, o total atinge R$ 704,5 mil. OUTRO LADO A assessoria do STF informou que Barbosa, após ser empossado na corte, "viu-se impossibilitado" de tirar licenças a que tinha direito e "requereu, com êxito, ao procurador-geral da República" o pagamento delas, o que teria sido feito também "por antigos membros do MPF que ingressaram na magistratura". A resposta é diferente da fornecida pela Procuradoria Geral da República, que afirmou: "A conversão do saldo de licença-prêmio não foi feita a pedido do servidor, mas por decisão administrativa". Sobre a PAE, o STF informou que "o presidente esclarece que não recebeu nada ilegal, e nada além do que foi recebido por todos os membros do Judiciário do país, do Ministério Público e do Tribunal de Contas da União". RUBENS VALENTE (Folha de S.Paulo). O jornalista é repórter da sucursal de Brasília do jornal Folha de S.Paulo
Comentar
Compartilhe
O grito das ruas valeu !
06/07/2013 | 22h53
Confira as revindicações atendidas após protestos em todo o país As diversas manifestações que ocorrem em todo o Brasil têm provocado entre a população e especialistas um esforço para entender seus reais significados. Para uns, a voz que vem das ruas ainda segue sem propósito bem definido. Para outros, a mobilização é apenas o começo de mudanças estruturais no país. Opiniões diferentes à parte, os protestos vêm influenciando transformações políticas e alcançado objetivos. Desde o início de junho, quando estouraram as primeiras manifestações para criticar o aumento nas tarifas de ônibus de dezenas de cidades, governos municipais voltaram atrás e anunciaram reduções nos preços. Com a crescente do movimento e novas reivindicações ganhando as ruas, a agenda nacional de discussão desses temas também foi acelerada. Na lista abaixo, confira a cronologia e exemplos de atitudes governamentais motivadas pelas manifestações. 7 de junho: em Manaus (AM), o prefeito Arthur Virgílio (PSDB) reduz a tarifa de ônibus de R$ 3 para R$ 2,90. 10 de junho: liminar da Justiça cancela o aumento da tarifa de ônibus em Goiânia, que saiu de R$ 3 e voltou para R$ 2,70. 18 de junho: governos de quatro capitais brasileiras (Cuiabá, Porto Alegre, Recife e João Pessoa), além de outras cidades, anunciam queda nas tarifas de ônibus. 19 de junho: passa a valer em Cuiabá (MS) redução no preço das passagens de ônibus. 19 de junho: São Paulo e Rio de Janeiro anunciam redução de tarifas no transporte coletivo. 19 de junho: Prefeitura de Aracaju (SE) anuncia redução de R$ 0,10 no transporte público da capital. 20 de junho: começa a valer em Recife (PE) o novo preço da passagem de ônibus. Houve redução de R$ 0,10 em todas as categorias. 20 de junho: no Rio de Janeiro (RJ), entra em vigor a redução no preço do ônibus coletivo, que saiu de R$ 2,95 e voltou para R$ 2,75 a tarifa. 20 de junho: protestos em Curitiba (PR) fazem prefeito Fruet (PDT) anunciar queda no preço do transporte coletivo. A tarifa da rede integrada diminuiu de R$ 2,85 para R$ 2,70 a partir de 1º de julho. 21 de julho: presidenta Dilma Rousseff (PT) faz pronunciamento em rede nacional. Assista o vídeo na íntegra. 24 de junho: em São Paulo (SP), começa a valer a anunciada redução de preço no transporte público, que volta a R$ 3,00. 24 de junho: presidenta Dilma Rousseff (PT) faz reunião com governadores e prefeitos para discutir pactos e propõe plebiscito sobre Reforma Política. 26 de junho: Pela primeira vez, desde a Constituição de 1988, o STF determina a prisão imediata de um deputado com mandato em vigor. A ministra Carmen Lúcia rejeitou recurso do deputado Natan Donadon (PMDB-RO). 25 de junho: PEC 37 é rejeitada pela Câmara dos Deputados. 25 de junho: Câmara aprova destinação dos recursos dos royalties para a educação e Saúde. 26 de junho: Senado aprova projeto que transforma corrupção em crime hediondo. 26 de junho: Senado conclui votação de projeto do FPE e aprova novas regras do fundo. 26 de junho: DER anuncia redução de tarifas na Grande Natal (RN). 29 de junho: Câmara de Belo Horizonte aprova desnoração de impostos para reduzir tarifa de ônibus. 1º de julho: João Pessoa (PB) reduz tarifa em R$ 0,10. Usuários do sistema passam a pagar R$ 2,20, ao invés de R$ 2,30. 1º de julho: vigora de Curitiba (PR) redução de R$0,15 no preço da rede integrada de transporte coletivo. 1° de julho: Começa a valer em Campina Grande (PB) redução de R$ 0,10 no transporte público. 2 de julho: Sancionada lei que reduz tarifa para R$ 2,80 em Porto Alegre (RS). 2 de julho: Projeto de "cura gay" é retirado da pauta de votações da Câmara. 4 de julho: Senado aprova resolução para criar um mecanismo na internet onde a população poderá opinar nas discussões sobre as proposições em tramitação na Casa. 4 de julho: Senado aprova Lei Anticorrupção, que estabelece punições para empresas que cometem crimes contra a administração pública. 5 de julho: prefeito de Belo Horizonte (MG) anuncia redução em 15 centavos no preço da passagem de ônibus. O valor sai de 2,80 para R$ 2,65. Fonte: BrasilEBC
Comentar
Compartilhe
E aí, Dever cumprido ?
06/07/2013 | 13h32
A repercussão da nota na nossa Coluna Comentários sobre a satisfação pessoal do Dr. Edilson Peixoto com seu trabalho, causou espanto em alguns leitores, por email o nosso leitor, morador na pecuária lembrou que quase a totalidade das ruas em seu bairro foram asfaltadas, por coincidência e justamente no período eleitoral de 2012. Acabou a eleição, veio o verão e as chuvas, alagamentos constantes, uma mosquitada que antes nunca tinha sido vista, logo a seguir as ruas foram rasgadas para acontecer a obra de rede pluvial. Ainda nos dias atuais ele e todos os moradores do bairro tem dificuldades em transitar e, até de entrar com seus veículos na própria garagem. "Não fizeram como se devia e estão fazendo duas vezes, é nosso dinheiro: Satisfeito e com o dever cumprido, onde Dr. Edilson Peixoto trator ? " Fica aqui a pergunta do S. Nilo , morador da Pecuária.[caption id="attachment_682" align="alignright" width="150" caption="Em ano eleitoral vale inaugurar orelhão para reforçar imagem na mídia"][/caption] "Sofrem o mesmo martírio do Sr. Nilo e sua família, moradores da Lapa, Penha, Jockey, Ururaí e por todos os lugares de Campos onde aconteceu este mutirão de obras feitas na corrida eleitoral de 2012. " Apenas para ilustrar, na página do MPF, uma nota relata entre o ocorrido em outras cidades do RJ, o seguinte fato: "Em Campos dos Goytacazes, administrada por Rosinha Garotinho (PMDB), propagandas institucionais da prefeitura podem ser encontradas em diversos canteiros de obras que tomaram a cidade nos últimos meses. Rosinha também tenta a reeleição este ano. No bairro Lapa, por exemplo, banners da prefeitura foram pendurados nos postes das ruas que estão sendo contempladas por um programa de recuperação de pista. Perto de algumas destas propagandas, também foram flagradas faixas com frases em prol da reeleição de Rosinha, que teriam sido feitas por um "movimento" de apoio à peemedebista."
Comentar
Compartilhe
Receita libera na segunda-feira novo lote de restituição do Imposto de Renda
06/07/2013 | 12h29
A Receita Federal liberará na segunda-feira (8) a consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2013. O órgão também disponibilizará informações sobre lotes residuais de 2008 a 2012. O dinheiro para 1,113 milhão de contribuintes será depositado no banco no próximo dia 15. Será pago um valor total de R$ 1,4 bilhão referente ao lote de 2013 e aos residuais. Do total a ser depositado, R$ 1,327 bilhão são destinados a 1,079 milhão de contribuintes que declararam Imposto de Renda em 2013, tendo por base o ano-calendário de 2012. O valor está acrescido da taxa Selic de maio a julho deste ano, totalizando 2,21% de correção. Os contribuintes devem acessar a página da Receita na internet para saber se tiveram a declaração liberada. A informação também pode ser obtida por telefone, no número 146. Ao todo, a Receita Federal libera sete lotes regulares de restituição a cada ano. O último está previsto para 16 de dezembro. O calendário de restituição está no Ato Declaratório n° 3, publicado no Diário Oficial da União. Fonte: BrasilEBC
Comentar
Compartilhe
Mais um ! Ministro da Previdência vai ressarcir custos por usar avião da FAB para ir à final da Copa das Confederações
05/07/2013 | 22h50
Brasília - O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, vai ressarcir os cofres públicos pelo uso de avião da Força Aérea Brasileira (FAB) em viagem pessoal para assistir à final da Copa das Confederações, no último dia 30, no Rio de Janeiro.Eita puxada de orelha... Garibaldi comunicou a decisão ao Palácio do Planalto na noite de hoje (5) e disse que vai ressarcir o Erário para eliminar qualquer dúvida ou questionamento sobre o episódio. Informações sobre o valor e a data do ressarcimento serão detalhadas pelo Ministério da Previdência. A viagem de Garibaldi ao Rio de Janeiro em avião da FAB foi noticiada em reportagem de hoje do jornal Folha da S.Paulo. Segundo a assessoria do ministro, ele usou o avião na sexta-feira (28) para ir a um compromisso oficial em Nova Morada (CE). Na volta, em vez de retornar a Brasília ou a Natal (RN) – onde mora – Garibaldi decidiu ir diretamente para o Rio de Janeiro. O ministro retornou a Brasília na segunda-feira (1°) em voo comercial, pago por ele, segundo nota divulgada mais cedo por sua assessoria. Fonte: EBC Comentário: Em Brasília as orelhas estão sendo puxadas e, aqui na planície rosácea e biliardária ?
Comentar
Compartilhe
Coluna Comentários 05_07_2013
05/07/2013 | 20h31

Comentar
Compartilhe
Renan devolve R$ 32 mil por voo em avião da FAB e formaliza consulta a órgão de transparência do Senado
05/07/2013 | 18h51
O presidente do Senado, Renan Calheiros, divulgou há pouco uma nota à imprensa em que anuncia a devolução de R$ 32 mil, [caption id="attachment_632" align="alignright" width="300" caption="Imagem da internet"][/caption]referentes a voo em avião da FAB para comparecer a um casamento na Bahia. Renan também informou que formalizará consulta ao Conselho de Transparência do Senado para que este se manifeste sobre o uso da aeronave para cargos de representação. Leia abaixo a íntegra da nota, assinada pela Secretaria de Imprensa da Presidência do Senado. NOTA À IMPRENSA O Senado Federal, sensível à nova agenda e aos novos tempos, vem implementando cortes substanciais de seus custos, eliminando redundâncias e ampliando a transparência e o controle social. Até aqui, para o biênio 2013/2014, foram economizados mais de R$ 300 milhões com a eliminação de redundâncias, revisão e extinção de contratos, redução de 25% dos cargos comissionados e enxugamento das estruturas internas da Casa. Paralelamente, a nova direção do Senado Federal ampliou a transparência disponibilizando todas as informações relativas a gastos, contratos e despesas da Instituição. Só não estão disponíveis as informações protegidas pela própria lei. O Senado Federal é o único a contar com um Conselho de Transparência com representantes da sociedade civil que não deixam dúvidas quanto aos propósitos da Casa de ser referência em controle social. Desta forma, o senador Renan Calheiros está formalizando consulta ao referido conselho para que se manifeste sobre o uso da aeronave para cargos de representação. Antecipadamente, o senador está recolhendo aos cofres públicos os valores – R$ 32 mil - relativos ao uso da aeronave em 15 de junho entre as cidades de Maceió, Porto Seguro e Brasília, objeto de dúvidas levantadas pelo noticiário. O Senado Federal reitera seu compromisso de esgotar a pauta de votações elaborada consensualmente entre todos os líderes e que vão ao encontro das demandas da sociedade. Foram votados, em menos de 10 dias, as novas destinações do FPE, endurecidas as punições para crimes de corrupção, ficha limpa para servidores públicos, a lei do simples para advocacia, royalties para educação e saúde, a responsabilização de empresas envolvidas em corrupção e o fim do voto secreto para julgamento de senadores e deputados. Estamos realizando sessões de votação também às segundas e sextas-feiras de forma a conferir agilidade e objetividade aos anseios expostos pela sociedade. Nos próximos dias, estaremos votando a lei do passe livre, a extinção foro privilegiado para deputados e senadores, a eliminação da aposentadoria como pena disciplinar de magistrados e promotores condenados por corrupção ou crime, a diminuição da exigência para apresentação de leis de iniciativa popular, recursos para saúde e educação, a carreira de médico que serão contratados e o combate à tortura. São ações e práticas que a sociedade cobra e espera do Congresso Nacional. Elas não serão, no mérito ou na agilidade, embaçadas ou prejudicadas por quaisquer diversionismos políticos. Secretaria de Imprensa da Presidência do Senado Leia aqui a Coluna Comentários de Hoje do Jornal A Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
O Poder da Mídia (Estudo literário )
05/07/2013 | 16h44
Estava aqui em um de meus voluntários e habituais exílios vespertinos, e em um breve passeio internético, resolvi pesquisar sobre o tema: O Poder da Mídia.... Deparei com este presente do companheiro Saulo Pessanha , publicado uns dias atrás... Nos comentários do post, o objeto materializado de minha busca, disse o Sr. Claudio: "É uma metáfora perfeita para mostrar o poder que a mídia detém, podendo influenciar para o bem ou para o mal." Compartliho e agradeço Saulo... A imprensa de Campos pelo avesso – um causo de Silvio Fontoura Por Saulo Pessanha, em 26-12-2010 - 8h56 Para quem não conheceu Silvio Fontoura, fundador de A Noticia, vai aqui uma comparação generosa: era tão magro quanto Ceceu, que foi dono do Café Capital. Belo dia, no Boulevard, um grupo de homens de bem o aborda: — Doutor Silvio, seu jornal tem que tomar uma providência. Precisa dar uma matéria sobre esse mau-elemento, conhecido por Zé Grande, filho da viúva Cotinha. O velho jornalista anotou tudo. Zé Grande era tipo truculento, batia até na guarnição de radiopatrulha. Ninguém podia com ele. Desrespeitava as moças de família, xingava e era capaz de gestos obscenos. E nada lhe acontecia. O sujeito era um armário. Dois metros de altura por três de largura, como se dizia. No dia seguinte, o jornal circulou com uma matéria descendo o pau no bandidão. “O mau-elemento conhecido por Zé Grande, arruaceiro e desocupado, filho da viúva Cotinha, é um salafrário que precisa ser detido pelas autoridades…” e foi por aí. No final, a assinatura: Silvio Fontoura. Ao passar no Boulevard, eventuais puxa-sacos de Zé Grande apresentaram o jornal a ele, lendo em voz alta. O marginal pegou o jornal e prometeu a todos: — Esse Silvio Fontoura vai engolir isso aqui. E partiu para o jornal A Notícia. Subiu as escadarias em dois tempos, meteu o pé na porta da sala do diretor e deu uns empurrões em Silvio. E voltou para se gabar no Boulevard. No dia seguinte, em manchete, A Noticia publicava. “Mau-elemento apanha de jornalista”. A matéria dizia assim: “Indignado, como se honra tivesse, o conhecido facínora conhecido por Zé Grande, insatisfeito com a matéria publicada ontem por nosso diretor dr. Silvio Fontoura, entendeu de vir à redação tirar satisfação e foi posto daqui pra fora com pontapé nos fundilhos …” Quem leu espantou-se: um velhinho de metro e meio bateu naquele brutamontes? No meio policial, nascia um sentimento de que o marginal não era tudo que se pensava. Ao caminhar no Boulevard, Zé Grande notou que as pessoas riam dele e ficou sabendo do motivo. Leu o jornal, releu e tomou uma decisão: — Vou quebrar aquele velhinho — disse alto, em frente ao Restaurante 13 de Maio. Contam que o sujeito, de fato, deu uma surra no jornalista. De volta ao Boulevard, Zé Grande apregoava a façanha. No dia seguinte, estava nas páginas do jornal. “Cumprimos informar que nosso diretor, dr. Silvio Fontoura, reconhecidamente um homem de bem e que jamais se envolveria em cenas de selvageria, viu-se obrigado a abrir mão dessa condição de cidadão pacato e ordeiro e chegou às vias de fato com o marginal conhecido por Zé Grande. Não restou ao diretor outra alternativa senão aplicar uma merecida sova no meliante”. No Boulevard, Zé Grande foi conferir a repercussão da surra que aplicara no velho Silvio. E deu de cara com um grupo de policiais, que caíram de cacete no seu lombo. — Se o velho bateu, nós também podemos — diziam, enquanto desciam o cacetete. Leia aqui a Coluna Comentários de Hoje do Jornal A Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Pum no elevador do Maracanã
05/07/2013 | 01h42
No imenso elevador que dá acesso ao setor de Convidados CBF no Maracanã, completamente lotado, os comentários eram só para as vozes entusiasmadas das ruas, de repente muda o rumo da conversa e na base do cochicho, cada um manda uma triste palinha do poder: Será que o Senador Renan Calheiros que usa um avião C-99 da FAB a passeio, para participar da festa de casamento da filha do companheiro Senador Eduardo Braga, ouvirá nossos gritos roucos ? Aperta aí, dá espaço pro Presidente da Câmara, Eduardo Henrique Alves, chegando com seis pessoas, ei, falam que veio em jatinho oficial de Natal ao RJ para ver este jogo Brasil x Espanha, e de carona veio a noiva Laurita Arruda, o irmão dela, Arturo, e a esposa, Larissa, além de um filho e dois enteados, que moleza , num avião da FAB. Esse com certeza, não ouve a voz das ruas, é surdinho ! Caraca meu, aí do seu ladinho, o Wladimir, camisa do Goytacaz, time do coração, é o irmão daquela Deputada estudiosa lá das “Chicagos Schools”, o filho do Garotinho, o tal político bonzinho que esta mirando firme nas cifras da CBF, veio com a esposa, mas como , não tô entendendo , convidado de honra, VIP( Very important Person) do Marin. Um gaiato e mais engraçadinho, mandou essa e logo levanta a polêmica , será que veio de FAB? Uma voz feminina foi mais rápida no gatilho e devolveu: de FAB não , veio de GAP... Putz , agora fedeu tudo, soltaram um track aqui dentro. Larga mão meu , este cheiro insuportável de papo de urubu vem de lá e eu vou gritar a pleno pulmões, como se estivesse em segurança, numa manifestação a três quilômetros daqui: - Eu , eu, eu, se fedeu, o pum é deles que são VIP, não é meu ! Só falta o Brasil perder a final!
Comentar
Compartilhe
MPX desiste de oferta de ações e aceita renúncia de Eike
04/07/2013 | 18h50
Divulgação/MPX A MPX decidiu cancelar a oferta pública de ações diante das condições desfavoráveis dos mercados acionários São Paulo - O conselho de administração da empresa de energia MPX decidiu cancelar a oferta pública de ações da companhia e promover um aumento de capital de 800 milhões de reais por meio de uma operação privada, diante das condições desfavoráveis dos mercados acionários, informou a companhia nesta quinta-feira. [caption id="" align="aligncenter" width="590" caption="A MPX decidiu cancelar a oferta pública de ações com mercado desfavorável"][/caption] O conselho também aceitou a renúncia do empresário Eike Batista do cargo de presidente e membro do grupo. A recomendação para o cancelamento da oferta pública e promoção da capitalização privada partiu do banco BTG Pactual, que tem atuado como assessor financeiro do grupo EBX, de Batista. Além disso, segundo a MPX, "investidores e acionistas relevantes da MPX não manifestaram interesse em participar da oferta pública". O empresário e gestores da MPX têm 29 por cento da empresa, com a alemã E.ON detendo 36 por cento e o restante em circulação no mercado acionário. Um porta-voz da E.ON afirmou apenas que a renúncia de Batista ocorreu "por sua decisão pessoal". As ações das empresas do grupo EBX sofreram pesadas baixas na Bovespa nas últimas semanas, em meio à desconfiança de investidores sobre o fôlego financeiro das companhias e atrasos de projetos. "Portanto, o BTG considerou que a oferta pública não seria viável em sua estrutura original nesse momento", divulgou a MPX. Inicialmente, a operação previa levantar pelo menos 1,2 bilhão de reais. A capitalização será promovida ao preço de 6,45 reais por ação, valor de fechamento da ação da MPX na quarta-feira. Parcela de cerca de 366,7 milhões de reais da operação será subscrita pela E.ON, que em março fechou acordo para comprar mais 24,5 por cento de participação na companhia de energia, numa operação de cerca de 1,5 bilhão de reais . O restante poderá ser assumido pelo próprio BTG Pactual, que assinou compromisso para capitalização da empresa caso os atuais acionistas não subscrevam a parcela remanescente. [caption id="" align="alignnone" width="590" caption="Fonte: Exame"][/caption]
Comentar
Compartilhe
Eike se tornará minoritário após venda das empresas X
04/07/2013 | 12h11
Foi posto em marcha um plano para o completo desmembramento do grupo X, de Eike Batista. No fim do processo, que prevê vendas de empresas inteiras, de projetos, diluições de participações e renegociações de dívidas, o mais provável é que não reste nenhuma das empresas hoje sob o guarda-chuva da EBX. Fonte. Valor Economico
Comentar
Compartilhe
MPX sem X
03/07/2013 | 21h38
MPX sem o X O novo acordo entre EBX e E.ON para o aumento de capital da MPX trará uma novidade (caso seja aprovado pelo conselho de administração da empresa hoje): Eike Batista, fundador da MPX, deixará o posto de presidente do conselho.[caption id="" align="alignnone" width="510" caption="MPX Termoelétrica Açú"][/caption] Além disso, a empresa mudará de nome e de sede. Tiago Lethbridge Redator-Chefe da revista EXAME
Comentar
Compartilhe
OSX tem TX2 estaleiro de R$ 3,4 bilhões na lista de portos privados
03/07/2013 | 16h36
A OSX, de Eike Batista, teve incluído na lista dos primeiros 50 portos privados anunciada pela presidente Dilma Rousseff o seu estaleiro de R$ 3,4 bilhões, o TX2 está localizado em São João da Barra, no Rio de Janeiro, e é parte do complexo denominado Porto do Açu. A Presidente Dilma , disse em seu discurso: " Esse é o primeiro anúncio de cinquenta terminais, como vocês viram, de uso privado, de terminais de uso privado que nós estamos anunciando após aprovação tanto da Lei dos Portos quanto da promulgação do decreto. E eu acredito que ele tem um papel muito importante: serão R$ 11 bilhões de investimento. E ao mesmo tempo movimentarão 105 milhões de toneladas a mais no sistema portuário brasileiro. Os ministros do governo, eles agiram de uma forma bastante acelerada para garantir que esse projeto tivesse resultados, o mais rápido possível, dada a urgência para o Brasil. Urgência para o setor agrícola, para o transporte de graneis sólidos, de graneis líquidos na área de combustíveis, de contêiner e, como eu disse, ele faz parte... é um primeiro passo. É um primeiro passo com uma característica muito positiva, ele foi célere, foi rápido. E ao mesmo tempo ele abre o caminho por uma grande modernização do sistema portuário brasileiro. É um passo concreto que tem um sentido simbólico. Hoje nós estamos completando o que a gente chamou quando lançamos o projeto, de nova abertura dos portos brasileiros. Ao invés de ser às nações amigas é ao setor privado deste país. Por que isso? Porque nós precisamos de uma estrutura mais robusta no sistema portuário, de maior eficiência. E também nós precisávamos diminuir, praticamente superar, as reservas de mercado que retardavam o desenvolvimento da economia brasileira. Nós temos certeza que essa nova Lei dos Portos executada com celeridade, com eficiência, ouvindo o setor e garantindo um fluxo constante de autorizações, ela não só vai ampliar a concorrência entre os prestadores de serviços portuários, como ela vai aumentar, também, oportunidades. Ela vai garantir que haja mais oportunidades, mais possibilidades de investimento por aqueles que têm necessidade de ter um terminal que, muitas vezes até funciona como um prolongamento do seu empreendimento, e também é uma garantia de competitividade da economia brasileira." Foto: Roberto Stuckert Filho/PR Fonte: ASCOM SEGOV Leia também MPX sem X
Comentar
Compartilhe
Instituto PAPPEL, pesquisa avalia atuação da Prefeita Rosinha e intensões para 2014
03/07/2013 | 15h45
O Instituto PAPPEL divulgou, no seu seu FACEBOOK OFICIAL o resultado da "RADIOGRAFIA POLÍTICA-COMUNITÁRIA DE CAMPOS DOS GOYTACAZES", realizada no mês de junho de 2013... Foram entrevistadas 1050 pessoas das sete zonas eleitorais do município... 1 - Pesquisa de Governador Garotinho ....... 40,28 % Lindberg Faria ....... 18,75 % Marcelo Crivela ....... 16,45 % Pezão ....... 6,21 % Nenhum ....... 18 ,31 % 2 - Deputado Federal Arnaldo Viana ....... 21,43 % Clarissa Garotinho ....... 19,24 % Mackoul Moussalen ....... 10,00 % Paulo Feijó ....... 9,05 % Geraldo Pudim ....... 8,76 % Nelson Nahim ....... 7,90 % Nenhum ....... 23,62 % 3 - Presidente da República Dilma Roussef ....... 52,71 % Marina Silva ....... 10,31 % Aécio Neves ....... 9,37 % Eduardo Campos ....... 4,17 % Nenhum ....... 23,44 % 4 - Atuação da Prefeita Rosinha Garotinho Ótimo ....... 13,86 % Bom ....... 29,61 % Regular ...... 37,64 % Ruim ....... 7,44 % Péssíma ...... 11,44 % Popularidade ...... 81,11 % 5 - Deputado Estadual Wladimir Garotinho ....... 14,57 % João Peixoto ....... 11,81 % Odete Rocha ....... 9,81 % Roberto Henriques ....... 9,62 % Carla Machado ....... 8,38 % Albertinho ....... 6,19 % Marcão ....... 5,33 % Magal ....... 5,24 % Gil Viana ....... 3,81 % Prof. Alexandre ....... 2,67 % Bruno Dauaire ....... 2,48 % Nenhum ....... 20,10 % A divulgação da enquete foi divulgada no endereço https://www.facebook.com/gervasio.cordeiro
Comentar
Compartilhe
OGX em nível de pré calote
03/07/2013 | 04h08
[caption id="attachment_578" align="alignright" width="300" caption="Dívidas com Bancos"][/caption] Agência de classificação de risco corta nota da OGX, de Eike, para nível pré-calote A agência de classificação de risco Standard & Poor's cortou nesta terça-feira (2) sua avaliação de crédito da petroleira OGX, do empresário Eike Batista, de "B-" para "CCC", num nível próximo ao de empresas em situação de calote. A perspectiva para a nota é negativa. A agência atribui a nota "CCC" quando acredita haver 50% de chance de uma empresa não honrar seus compromissos de dívida. A nota também é atribuída se é provável que o calote ocorra dentro de um prazo de 12 meses. Segundo a S&P, o rebaixamento deve-se principalmente ao anúncio feito pela OGX na segunda de que não vai investir no aumento da produção dos poços do campo de Tubarão Azul, que podem podem cessar a produção em 2014 devido à falta de tecnologia disponível. Além disso, a OGX cancelou encomendas para novas plataformas de petróleo, e não irá desenvolver os campos de Tubarão Tigre, Tubarão Gato e Tubarão Areia, todos na bacia de Campos. "Esperamos que a OGX precise de financiamento externo adicional para amortecer a falta de caixa no fim de 2013 e começo de 2014", segundo a agência de risco. A agência ainda afirmou considerar a administração e a governança da OGX como "fracas" devido à má avaliação por parte da empresa de seu posicionamento estratégico e à sua gestão de risco. "Em nossa avaliação, a habilidade administrativa [da OGX] de converter decisões estratégicas em ações construtivas fica atrás da de seus pares, e a empresa revisou frequentemente para baixo, às vezes de maneira abrupta, seus planos de produção", disse a S&P. Às 16h32, a ação da OGX na Bolsa paulista desabava 17,85%, a R$ 0,46, após já ter tombado quase 30% na véspera. No mesmo horário, o Ibovespa caía 4,38%. DA REUTERS DE SÃO PAULO
Comentar
Compartilhe
Garotinho, o pirulito e a dentadura.
02/07/2013 | 16h07
[caption id="attachment_575" align="alignright" width="150" caption="Imagem da Internet"][/caption]Este Diogo Portugal é impagável, nesta paródia invocando o espírito do grande Raul Seixas, não poupa a maneira equivocada de se encarar a eleição e nas figuras folclóricas da política brasileira. Não esqueceu daquele que representa nosso Campos e nossa gente em Brasília. Clique aqui e acesse ao vídeo do Raul Seixas, ops, do Diogo Portugal. Leia aqui a COLUNA COMENTÁRIOS do DIA 28_06_2013
Comentar
Compartilhe
Presidenta Dilma, ouve a voz das ruas e anuncia um novo pacto
01/07/2013 | 22h59
Reforma política incluirá financiamento de campanha e sistema de voto, diz presidenta Brasília – A presidenta Dilma Rousseff confirmou que enviará amanhã (2) ao Congresso Nacional mensagem pedindo um plebiscito para discutir a reforma política. Segundo ela, o governo pretende discutir pelo menos dois pontos: financiamento de campanhas e sistema eleitoral.[caption id="attachment_557" align="alignleft" width="300" caption="voz do brasil"][/caption] Dilma, no entanto, declarou que a formulação das perguntas não cabe ao Palácio do Planalto, mas ao Congresso e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ela ressaltou ainda que o poder de convocar uma consulta popular cabe exclusivamente ao Congresso. “Não vamos dar sugestões de perguntas. Isso fica entre o Senado, a Câmara dos Deputados e o Tribunal Superior Eleitoral. Está claro, na Consituição, que quem convoca plebiscito é o Congresso Nacional. Por isso, insisti na palavra sugestão no que se refere à relação entre o Executivo e o Legislativo”, explicou. Dilma disse ainda que o Congresso poderá mudar a proposta de reforma política enviada pelo Planalto. “Amanhã, enviamos nossa sugestão à Câmara e ao Senado no sentido de plebiscito apontando em linhas gerais as balizas que julgamos importantes. Isso não significa que outras balizas não podem aparecer”, declarou. A presidenta também disse que, na reunião desta tarde, tratou com os ministros sobre a necessidade de todos os ministérios acelerarem a execução dos projetos de infraestrutura, tanto das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) como dos projetos do Programa de Investimentos em Logística, que envolvem a concessão à iniciativa privada de portos, aeroportos, rodovias e ferrovias, além da licitação de áreas de exploração de petróleo e gás. Dilma interrompeu a reunião ministerial, a terceira de seu governo, para dar esclarecimentos à imprensa. O encontro começou por volta das 17h e, de acordo com a presidenta, ainda levará várias horas. Ela disse que seria “oportuno” que as eventuais mudanças resultantes do plebiscito sobre a reforma política valessem para as eleições de 2014, mas ressaltou que esse prazo não depende do governo. “Não tenho governabilidade sobre essa questão. Gostaria que tivesse efeito sobre essa eleição, agora se vai ser possível ou não, isso vai levar em conta uma séria de questões práticas do Tribunal Superior Eleitoral, da Câmara e do Senado.” Além de 37 ministros, os líderes do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), e no Congresso, deputado José Pimentel (PT-CE), participam da reunião na residência oficial da Granja do Torto. Somente os ministros da Cultura, Marta Suplicy, e das Relações Exteriores, Antonio Patriota, que estão em viagem ao exterior, não estiveram no encontro, mas mandaram representantes. No fim de semana, Dilma teve reuniões com os ministros das Comunicações, Paulo Bernardo, e da Saúde, Alexandre Padilha. Hoje (1°) de manhã, a presidenta recebeu o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Na semana passada, a presidenta recebeu pela primeira vez em seu governo representantes de movimentos sociais e organizações da sociedade civil, que, de alguma maneira, participaram dos recentes protestos ocorridos no país. Dilma também reuniu prefeitos das capitais e governadores para apresentar as medidas que o governo deve adotar em resposta às demandas levadas às ruas durante as manifestações. Entre as medidas anunciadas, está um plebiscito sobre a reforma política. A ideia do governo é consultar a população sobre os principais temas da reforma, e, em seguida, as eventuais mudanças no sistema eleitoral seriam consolidadas pelo Congresso Nacional. Foto Presidenta Dilma: Roberto Stuckert Fonte: Agencia EBC
Comentar
Compartilhe
TSE julga 99% dos processos eleitorais. Esse 1% ?
01/07/2013 | 18h16
TSE encerra semestre com 99% dos processos das Eleições 2012 julgados A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia, encerrou nesta segunda-feira (1º) o primeiro semestre forense de 2013 e anunciou que o Tribunal julgou 3.792 processos desde o início do ano.[caption id="" align="alignnone" width="430" caption="Foto site TSE"][/caption] A ministra Cármen Lúcia destacou que, em relação aos processos relativos a registro de candidatura das Eleições 2012, do total de 7.781 que chegaram ao TSE, já foram julgados 7.697, representando 99% dos recursos. Os outros 84 processos restantes, segundo a presidente do Tribunal, devem ser analisados logo no início do próximo semestre. Neste primeiro semestre, 2.414 novos casos foram distribuídos aos ministros do Tribunal e outros 1.378 são remanescentes de anos anteriores. “Tivemos um superávit processual em relação ao que se ingressou e ao que foi liberado”, afirmou. Ao apresentar o balanço, a ministra Cármen Lúcia destacou que os ministros do TSE proferiram 5.718 decisões, foram aprovadas três resoluções e decididas 91 liminares. Ao todo, foram publicados 1.305 acórdãos e 4.319 decisões monocráticas. O Tribunal realizou nesses primeiros meses do ano 64 sessões, sendo 38 jurisdicionais e 23 administrativas, uma sessão solene e duas sessões extraordinárias. Ao encerrar a sessão desta segunda-feira, a presidente do TSE agradeceu a todos os integrantes da Corte pelo empenho e por trabalharem arduamente, uma vez que todos têm dupla função em seus órgãos de origem. PGR Em seguida, o procurador-geral eleitoral, Roberto Gurgel, cumprimentou a presidente pelo trabalho desenvolvido à frente da Presidência do TSE e afirmou que os números apresentados são “absolutamente impressionantes” e que tal resultado só foi possível graças ao “imenso esforço desenvolvido por cada um e por todos os ministros da Corte”. Em nome dos advogados que militam no TSE, o advogado Tarciso Carvalho também agradeceu aos ministros e aos servidores pelo trabalho desenvolvido e desejou bom descanso a todos para que possam “continuar aprimorando a democracia brasileira” no retorno dos trabalhos. No topo da página leia: A melhor análise da última Pesquisa Data Folha
Comentar
Compartilhe
PR de Anthony Garotinho andou flertando com Brizola Neto.
01/07/2013 | 00h06
O Ex Ministro do Trabalho e emprego Brizola Neto anda as turras com o poderoso Carlos Lupi, esta luta é inglória, vai continuar perdendo. Sem emprego e sem mandato, anda pelos corredores do poder aos lamentos e choramingos, dizendo ser a primeira vez, desde os dezesseis anos é que fica sem uma renda mensal garantida. Mesmo assim recusou o "acarinhamento aprocimativo" do PR do Garotinho. Talvez um "Velho Gaudério", tenha de seu posto celestial lhe soprado ao ouvido: Vai não, eles não são firmes. lembra do que fizeram com vovô? "Aí São Pedro, meio preocupado, perguntou:[caption id="attachment_510" align="alignright" width="300" caption="Imagem da internet"][/caption] - O que é o poder para você? - Olha, Pedrinho, "o poder é um objetivo que tem que ser impregnado de nobreza, de espírito público. Poder pelo poder é coisa de criminoso qualquer, vaidade. Só para ter o prazer de nomear, de dar favores, de encobrir falcatruas, ou de exercer vaidosamente o poder. Não." (Trecho de Conto, Brizola no Céu de Milton Larentis)
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Murillo Dieguez

[email protected]