Um Natal sem preço e sem etiqueta...
26/12/2016 | 07h54

Resultado de imagem para Tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali na hora do rush matinal 

Em Nova York aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer. Eis que o sujeito desce na estação do metrô, vestindo jeans, camiseta e boné. Encosta-se próximo à entrada. Tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali na hora do rush matinal. Mesmo assim, durante os 45 minutos em que tocou, foi praticamente ignorado pelos passantes. Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas, num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares. Alguns dias antes, Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custaram a bagatela de mil dólares...

Resultado de imagem para Em uma casa no alto de uma montanha com muita nebulosidade morava um senhor bondoso

Em uma casa no alto de uma montanha com muita nebulosidade morava um senhor bondoso, com cabelos grisalhos e encaracolados, olhos verdes, pele clara, rosto com traços delicados e expressivos. A casa era “decorada” pela generosidade dessa doce criatura. Toda pintada na cor ocre, as janelas eram feitas de madeira em formato de pequenos corações entrelaçados, as cortinas tinham a transparência para que a luz do dia invadisse a sua alma de amor, os quartos eram pequenos e cheios de lembranças... os tapetes macios faziam as pegadas das suas botas serem suaves, sem ruídos nenhum, os únicos sons possíveis de serem ouvidos eram os dos pássaros gorjeando nas manhãs cobertas pela névoa, nas quais o céu aos poucos se abria mostrando toda a sua beleza com o seu azul radiante. O senhor era um colhedor de trigo. No meio de tanto trigo, as inúmeras flores, pelas quais a casa era cercada, os miosótis, as flores do campo, os ipês, as dálias, todas elas com suas cores vivas deixavam a paisagem do topo da montanha ainda mais bela. Durante toda sua vida ele havia passado a maior parte do tempo entre as colheitas de trigo, com as flores, livros e recordações... E também com a preocupação em oferecer no Natal, pequenos presentes as crianças da comunidade, mas durante esse ano ele não tinha a quantia suficiente para a compra dos mesmos, assim ele andava muito pensativo... Sentado em sua cadeira de balanço com a sua manta sobre as suas pernas, ele pensava em como poderia ofertar algo para as crianças que tanto alegravam a sua vida, e especialmente na noite de Natal, na qual a comunidade se agrupava, e como em um casulo compartilhavam do calor de estarem todos juntos para celebrarem a noite tão esperada e especial para todos. Os dias foram passando, e em uma bela manhã junto ao cantar de um sabiá, ele foi ao trigal, e recolheu todos os trigos mais verdes da safra, ficou horas fazendo essa colheita. E assim construiu uma árvore gigante utilizando eles, criou uma verdadeira escultura usando dos recursos naturais para isso. Trigo, folhas, flores, uma obra-de-arte elaborada com simplicidade e criatividade. Colocou bilhetinhos por toda a árvore, e nesses pedacinhos de papel escreveu mensagens para as crianças, palavras de amor, de encorajamento, de paz, de sentimentos que só os nossos corações podem sentir.

Resultado de imagem para violino no metro

Voltando a experiência do metrô... Vemos homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino. Bell, no metrô, era uma obra de arte sem moldura. Um artefato de luxo sem etiqueta de grife. Esse é mais um exemplo daquelas tantas situações que acontecem em nossas vidas, que são únicas, singulares e a que não damos importância, porque não vêm com a etiqueta de preço. Afinal, o que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes? É o que o mercado diz que podemos ter, sentir, vestir ou ser? Será que estamos valorizando somente aquilo que está com etiqueta de preço?

Imagem relacionada

O senhor bondoso, morador da montanha, deixou a gigante árvore guardada para a Noite de Natal. Nessa noite tão esperada, quando ele abriu a porta do local no qual a mesma estava escondida, ele teve a sensação de estar sonhando... Em cada pedaço de sua obra-de-arte, havia, caixas de presentes com anjos feitos de chocolate iluminados por luzes multicoloridas... As crianças quando entraram ficaram com os sorrisos estarrecidos pela beleza do momento, as luzes das caixinhas brilhavam de uma maneira tão intensa que ofuscaram as luzes artificiais. E assim todos ficaram iluminados por essa alegria contagiante do amor ser transformado em pura realidade...  Pois o amor é o mais gracioso de todos os bens, o maior presente dado aos seres humanos, nessa Noite de Magia... E é isso que precisamos aprender a valorizar. Aquilo que não tem preço, porque não se compra...  amizade, amor, afeição, carinho, dedicação, abraços e beijos. Não se compra raio de sol, nem gotas de chuva, a canção do vento... A criança que corre, espontânea, ao nosso encontro e se pendura em nosso pescoço, não tem preço. O colar que ela faz, contornando-nos o pescoço com os braços não está à venda em nenhuma joalheria. E o calor que transmite dura o quanto durar a nossa lembrança. O ar que respiramos, a brisa que embaraça nossos cabelos, o verde das árvores e o colorido das flores nos são dados por Deus, gratuitamente.  Pensemos nisso e aproveitemos mais tudo que está ao nosso alcance, sem preço, sem patente registrada, sem etiqueta de grife. Usufruamos dos momentos de ternura que é a vivência do Natal, do nascimento de Jesus, tudo o que os amores nos ofertam, intensamente, entendendo que sempre a manifestação do afeto é única, extraordinária e especial. Fiquemos mais atentos ao que nos cerca, sejamos gratos pelo que nos é ofertado e sejamos felizes, desde hoje, enquanto o dia nos sorri e o sol despeja luz em nosso coração apaixonado pela vida.

Imagem relacionada

Desejo a todos um Feliz Natal!!!

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Certeza Provisória...
19/12/2016 | 11h53

 Resultado de imagem para escolhas

 Nos conta um conto que...

"Era uma vez, uma pequena aldeia, em que vivia um lavrador a quem faltava dinheiro para pagar uma dívida vultosa a um velho horripilante e antipático. O lavrador tinha uma filha lindíssima que o usurário cobiçava, pelo que resolveu propor-lhe um novo contrato: O lavrador teria o perdão da dívida se lhe desse a filha em casamento. Quer o lavrador quer a filha, ficaram estarrecidos com esta proposta. Então, o velho usurário mudou um pouco os termos da sua proposta sugerindo que fosse a sorte a determinar se haveria casamento. Disse que iria colocar uma pedra branca e uma pedra negra numa sacola vazia. A jovem tiraria uma das pedras à sorte… sem olhar para dentro da sacola. Se tirasse a pedra negra, casar-se-ia com ele e a dívida do pai considerar-se-ia saldada. Se tirasse a pedra branca, não teria que casar-se com o velho e a dívida seria considerada saldada, de igual modo. Pelo contrário, se ela recusasse entrar neste jogo, o pai seria imediatamente levado para a prisão. Sempre a falar, o velho agiota baixou-se para apanhar as duas pedras. A jovem, que tinha olho de lince, reparou que… o velho tinha apanhado duas pedras negras e as metera sem ninguém se aperceber dentro da sacola. Contudo, nada disse. A seguir, o velho usurário pediu à moça que tirasse uma das pedras de dentro da sacola. Toda esta cena tinha tido lugar num pequeno caminho que levava à porta da casa do lavrador, caminho esse feito de pedras brancas e pretas. Imagine por um instante o leitor desta história o que é que teria feito para ajudar a filha do lavrador nesta tão delicada situação, se lá estivesse presente. Analisando bem a situação, existem 3 hipóteses : 1) A moça deveria recusar-se a tirar a pedra. 2) A moça deveria tirar as duas pedras pretas da sacola e demonstrar assim que o velho tinha feito batota. 3) A moça deveria tirar a inevitável pedra preta e sacrificar-se casando-se com aquele velho repulsivo para evitar a prisão de seu pai. Mas a jovem, não se ficou por estas 3 possibilidades, que continham todas problemas complicados associados: o dilema da jovem parece que não se pode resolver de uma forma convencional: se aceita a proposta, dá de mão beijada a sua felicidade, passando uma vida de sofrimento; mas se a repudia denunciando a armadilha, o pai vai diretamente para a prisão. Mas isto é assim apenas sob o ponto de vista do pensamento lógico tradicional.

Resultado de imagem para pedra branca e flores

Eis o que a jovem astuta fez: Meteu a mão na sacola e tirou uma das pedras, mas de imediato a deixou cair ao chão sem que ninguém tivesse tido tempo de vê-la, desculpando-se com ar assustado. Esta pedra confundiu-se imediatamente com as centenas de pedras pretas e brancas que formavam o caminho de entrada na casa. Ai, que desastrada sou!, exclamou a moça. Como é que isto me aconteceu? Mas não tem importância, prosseguiu rapidamente. Tudo tem solução. Pode saber-se que pedra é que tirei, vendo a que ficou na sacola. Porque se a que ficou for branca, é porque tirei a preta e se a que ficou for preta, é porque tirei a branca. Não é assim? Pediu ao velho agiota que verificasse qual a pedra que ficara na sacola, se era preta ou branca… Por conseguinte, a primeira pedra que a moça tirou não podia ser outra que não a branca. E como o velho agiota não se atreveu a confessar a batota, a moça transformou uma situação que parecia impossível num final muito vantajoso! Moral da história: Existe sempre uma solução para os problemas mais complexos. O problema surge quando não sabemos ver as coisas pelo ângulo mais apropriado."

Imagem relacionada

Um escritor húngaro nos explica a existência de Deus... No ventre de uma mãe haviam dois bebês. Um perguntou ao outro: "Você acredita em vida após o parto?" O outro respondeu: "É claro. Tem que haver algo após o parto. Talvez nós estejamos aqui para nos preparar para o que virá mais tarde." "Bobagem", disse o primeiro. "Que tipo de vida seria esta?" O segundo disse: "Eu não sei, mas haverá mais luz do que aqui. Talvez nós poderemos andar com as nossas próprias pernas e comer com nossas bocas. Talvez teremos outros sentidos que não podemos entender agora." O primeiro retrucou: "Isto é um absurdo. O cordão umbilical nos fornece nutrição e tudo o mais de que precisamos. O cordão umbilical é muito curto. A vida após o parto está fora de cogitação." O segundo insistiu: "Bem, eu acho que há alguma coisa e talvez seja diferente do que é aqui. Talvez a gente não vá mais precisar deste tubo físico." O primeiro contestou: "Bobagem, e além disso, se há realmente vida após o parto, então, por que ninguém jamais voltou de lá?" "Bem, eu não sei", disse o segundo, "mas certamente vamos encontrar a Mamãe e ela vai cuidar de nós." O primeiro respondeu: "Mamãe, você realmente acredita em Mamãe? Isto é ridículo. Se a Mamãe existe, então, onde ela está agora?" O segundo disse: "Ela está ao nosso redor. Estamos cercados por ela. Nós somos dela. É nela que vivemos. Sem ela este mundo não seria e não poderia existir." Disse o primeiro: "Bem, eu não posso vê-la, então, é lógico que ela não existe." Ao que o segundo respondeu: "Às vezes, quando você está em silêncio, se você se concentrar e realmente ouvir, você poderá perceber a presença dela e ouvir sua voz amorosa".  

Resultado de imagem para tudo passa

Esta é a certeza provisória que temos na vida...

A certeza de que tudo passa, mas que podemos sempre fazer a diferença quando não nos permitimos contaminar com o desânimo, com a tristeza, com a falta de fé. As soluções sempre vem ao nosso encontro, pois o universo sempre conspira a favor dos que acreditam que existem momentos especiais em que a magia da vida permeia os nossos pensamentos e ações... nos trazendo encantamento e a certeza da presença do divino a nos iluminar momentos e situações... Esta é a magia do Natal... período em que corações se sensibilizam, pessoas confraternizam e são capazes de perceber o amor do Jesus que renasce entre nós, pulsando em nossos corações e presente em nossos lares... Que possamos viver o período do Advento nesta confiança plena da presença de Deus em nossas vidas!!! A vida nos apresenta certezas provisórias, mas a nossa fé e o nosso bem querer são certezas definitivas que modificam sempre as certezas provisórias...

Imagem relacionada

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
A magia que existe dentro de você...
09/12/2016 | 21h42

Imagem relacionada          

  Se a desilusão atingir sua alma, devastando seus sonhos e ofuscando novas possibilidades, pense na infinidade de caminhos que podem se abrir para você em apenas um dia, uma hora, um minuto… Olhe para trás e veja o quanto você já caminhou e o quanto cresceu colhendo em cada trilha amigos sinceros, amores, experiências inesquecíveis…       

Imagem relacionada

Se a preocupação com encargos do dia-a-dia tomar sua mente e enfraquecer o seu corpo, despertando o nervosismo e o estresse, olhe o horizonte e tente descobrir as saídas para os problemas ao invés de lamentar! Você é capaz de tudo desde que acredite em si mesmo, pois todos nós temos uma força, uma magia magnífica dentro de si. Rotina é uma palavra que não existe, pois cada dia traz consigo pequenas surpresas e cada pequeno gesto guarda uma imensa felicidade!                              

                      Resultado de imagem para guarda chuva diferente                                   

Mas diante dessas constatações, fiquei me perguntando: Por que será que algumas pessoas olham para suas vidas, seus problemas e vitórias de modo tão diferente? Por que algumas pessoas vêem mágica em suas vidas e outros não? A diferença, talvez, esteja nestes aspectos:     Acredite na mágica força que existe dentro de você. Toda pessoa é um ser mágico, sua concepção e nascimento foi uma grande obra. Acredite, existe um grande poder dentro de você, um poder que é capaz de mudar suas atitudes, influenciar o meio em que você vive. A escolha é sua!     Você pode decidir entre realmente fazer a diferença ou ser mais um no meio da multidão.

Resultado de imagem para arco iris

Mas, saiba que como todo bom mágico é preciso muito trabalho e perseverança para estar entres os melhores. Acreditar nos seus dons, nos seus sonhos, no seu talento é a base para construir uma carreira de sucesso. Experimentem novas cores em sua vida...

Provoque e construa mudanças positivas. Experimente uma nova vida colocando novos temperos em seu dia-a-dia. Crie novos hábitos como a leitura, o trabalho voluntário, opinar e dar mais idéias no ambiente de trabalho. Não mude tudo! Não seja radical, comece com pequenas mudanças no comportamento. Quer ser mais paciente, menos ansioso, pratique a meditação. Quer ter mais pique no trabalho, pratique mais atividades físicas. Comece trocando 2 ou 3 maus hábitos por outros mais saudáveis.

Resultado de imagem para dia lindo      

      Mude sua percepção sobre os fatos, procure ver o contexto, não tire conclusões precipitadas, somente decida ou comente algo quando estiver convicto que vale a pena fazê-lo. Crie momentos mágicos. Tenha o bom humor, o alto astral sempre como aliado. Procure iluminar o lugar em que você vive. Demonstre seu entusiasmo pela vida, paixão naquilo que faz, agradeça sempre ao Criador por tudo o que você tem e é. Acredite: problema sério é problema de saúde, assim mesmo, as soluções existem, e a fé supera... o resto você pode, deve e vai superar. Tenha sempre essa certeza. Não faça tempestade em copo d’água, não crie problemas imaginários e pare de procurar  “problemas onde eles não existem”, cuidado pois um dia pode acabar encontrando.  

Resultado de imagem para bom dia       

     A vida é curta demais para torná-la um grande peso, seja pró-ativo e foque a solução do problema. Depois ensine seus momentos mágicos, pois a partir do momento em que você conhece novos truques para encantar seus expectadores, é hora de repassar seus conhecimentos e nova filosofia de vida. Divulgue e treine as pessoas à sua volta. Peça sempre um sorriso, faça questão de um “bom dia” diferente, estimule pensamentos positivos, aceite sugestões! Lembre-se mantenha a porta e o coração abertos e aumente a auto-estima de toda e qualquer pessoa que conviva com você.

Imagem relacionada

            A velha e boa história de “faça o bem, não importa a quem” vai se tornar um grande impulso para novos saltos em nossa vida. A decisão é sua. A magia está dentro de você. Tá na hora de procurar onde você tem deixado sua varinha de condão.

            E depois de tudo isso, olhe para si mesmo e veja o quão especial você é… Imagine o quanto pode fazer pelo mundo e pelas pessoas, valorize as suas qualidades e tente corrigir seus defeitos (o que é realmente difícil) e saiba o quanto é privilegiado por poder caminhar, cair e aprender com os erros, por ser capaz de escrever uma história única, como nenhuma outra…                                                                                 Pense nisso… Ouse sonhar, pois os sonhadores vêem o amanhã. Ouse fazer um desejo, pois desejar abre caminhos para a esperança e ela é o que nos mantém vivos. Ouse buscar as coisas que ninguém mais pode ver. Não tenha medo de ver o que os outros não podem.                   

Acredite em seu coração e em sua própria bondade, pois, ao fazê-lo, outros acreditarão nisso também. Acredite na magia, pois a vida é cheia dela, mas, acima de tudo, acredite em si mesmo…

Imagem relacionada

Porque dentro de você reside toda a magia da esperança, do amor e dos sonhos de amanhã.

            Desejo uma maravilhosa semana para você!

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
FOCA NA SEXTA!!!
09/12/2016 | 13h50

Mais uma semana vencida!!!

Vamos, assim como a foca na cesta...

focarmos em nossa sexta-feira e sermos felizes!!!

Resultado de imagem para FOCA NA SEXTA

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
... Novos motivos para sorrir!
05/12/2016 | 13h33
Resultado de imagem para MENSAGENS BOA SEMANA

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Somos todos Chapecoenses...
03/12/2016 | 10h37

Resultado de imagem para estadio chapeco velorio 

Quando um avião cai a gente cai junto, nos diz Felipe Sandrin...

“Um avião transporta mais do que vidas, transporta sonhos. É o pai que está indo reencontrar os filhos, é a mãe que está indo buscar o sustento de sua família, são pilotos que planejam estar em casa ao jantar e a aeromoça que leva na bagagem o perfume favorito do namorado.  Quando cai um avião a gente cai junto, pois quantos de nós viram os sonhos começar dentro de um avião. A viagem tão esperada, a assinatura de um contrato, o encontro com alguém que tanto sonhamos estar junto. Aviões partem rumo a sonhos, e era isso que cabia também neste trágico voo que quase chegou a seu destino. Jogadores que representavam o sonho do menino que quer ser jogador, jogadores que representavam seus familiares, seus torcedores.”

Resultado de imagem para tragedia chapecoense

Assim é a vida... Vivemos de flashes de alegria e de dor, esperança que nasce em meio as pedras do caminho, momentos de intensa alegria e momentos de lutas muito fortes. E nós sempre lá, caminheiros em busca de nos desbravarmos, de nos sintonizarmos com a energia do universo e entendermos os nossos afazeres, o real propósito da nossa estadia no Planeta Terra. São muitos questionamentos, mas uma única certeza... as marcas que deixamos devem ser indeléveis... nas terras dos corações que encontramos. Marcas de um amor profundo e genuíno que deve renascer e vencer a cada dia, a cada intempérie, a cada motivação, a cada ano que desabrocha como uma flor única e rara em forma de uma nova oportunidade.

Resultado de imagem para tragedia chapecoenses

Na tristeza do momento que tornou o grito de dor dos Chapecoenses um uníssono a percorrer o nosso Brasil mundo afora, fica registrado em nós o dever de refletirmos e lutarmos com mais afinco pelos nossos sonhos... De nos permitir sonhar com mais intensidade e força. De buscarmos a luz de Deus com mais confiança de sua presença a iluminar os nossos caminhos de vida. Vida que te quero vida! Entre os nossos afetos sinceros, amigos da vida, familiares queridos, sonhos que queremos construir e temos como pano de fundo deste espetáculo chamado VIDA todas as lutas que perpassam os nossos anseios.

Resultado de imagem para tragedia chapecoenses

Sejamos sonhadores com mais intensidade, com efetivo desejo de realização das nossas projeções mentais, com convicção renovada de que está em nossas mãos a construção em meio às dores da alma, e na certeza de que jamais caminhamos sós.

Nesse momento de dor, todo o país se une aos familiares dos Chapecoenses em um abraço fraterno, permeado pela irmandade que nos une a todos nos momentos das tragédias como essa, na certeza de que juntos e de mãos dadas estaremos mais fortalecidos para vencer o momento de dor profunda.

Resultado de imagem para velas acesas

E que venha com o mês de dezembro muitas esperanças a todos os corações das pessoas que se foram neste voo. Que suas famílias sejam protagonistas ao rememorar cada um com muito amor e intensidade, entendendo que nada nesta vida é ao acaso.

Desejo com muito afeto que o Natal chegue a esses lares trazendo a renovação do amor, da esperança, da certeza de que as vidas valiosas que tiveram em seu convívio, como verdadeiros presentes de Deus, estão nesse momento acolhidos e aconchegados na Casa do Pai, onde há muitas moradas, onde todos são amparados no momento de sua viagem de volta.

Imagem relacionada

Que os símbolos do Natal, dia em que se comemora o nascimento de Jesus, chegue a esses lares lhes trazendo alegria e esperança. Que a luz emanada das velas de Natal, simbolize a luz de Jesus Cristo que ilumina os caminhos da vida, pois as velas estão associadas à luz divina e ao espírito divino. Que a estrela guia que guiou os três reis magos (Baltazar, Gaspar e Melchior) até ao local do nascimento do menino Jesus seja a estrela guia para esses lares lhes trazendo iluminação. Que os sinos que marcam o som dos céus lhes tragam, em suas badaladas na noite de Natal, o anúncio do nascimento do Menino Jesus que assinala a passagem para uma nova era.

Resultado de imagem para tragedia chapeco enterro

E que essa nova Era de Solidariedade que se instala, possa inundar este momento de dor de toda uma cidade, de um país e do mundo, em um sentimento nobre: a compaixão. Parar o tempo para chorar e dedicar orações até pra quem não conhecemos, numa energia de profunda paz, tentando com isso minimizar a dor dessas famílias. Não podemos deixar de comentar também o exemplo dos colombianos que nos carregaram no colo num momento tão difícil, tornando-se todos Chapecoenses. Que a vida nunca passe por economias nem de combustível, nem de afeto, de abraços, de carinho e de amor. Que a fraternidade e a solidariedade sejam a marca do humano em todos os povos. E que as tragédias sirvam de lição para novos aprendizados.

Bruno Rangel marcou dois pela Chapecoense (Foto: FuturaPress/Divulgação)

Deixo um abraço para a família de Bruno Rangel Domingues, maior artilheiro que a Chapecoense já teve, para que neste momento de dor tenham forças para seguir em frente. Sintam-se abraçados por todos nós campistas e amparados na fé e no amor.

Resultado de imagem para estadio chapeco velorio

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Elizabeth Landim

[email protected]