BEIJO GOSTOSO...
27/08/2014 | 22h22

Nada como um beijo gostoso...

Se entregar nos braços e encontrar os lábios de quem se ama...

pare um pouquinho e relembre... como é bom!!!!

O ar falta, o aconchego transborda e a sensação é de se desprender...

Precisamos beijar mais... abraçar mais... amar sempre...

Experimente...

O argentino Ignacio Lehmann fez mais de 1,5 mil fotos para retratar demonstrações de afeto por diversos lugares do mundo.

Sair fotografando beijos na rua, ao sabor das intempéries, é mais difícil do que parece, conta Lehmann.

Torre Eiffel em Paris

Berlim

Cali, na Colômbia.

Em frente ao quadro 'Os Namorados da Torre Eiffel', de Marc Chagall, no Centro Pompidou, em Paris.

Beijo em uma rua de Oaxaca, México...

Essas demonstrações de afeto não têm um efeito apenas sobre quem se beija,

interpreta Lehmann, mas também sobre quem assiste.

No rio Amazonas,  Peru.

Roma ...

No Japão

Machu Picchu, no Peru.

Com afeto e um beijo,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Os domingos precisam de feriados...
25/08/2014 | 12h43

Estamos no meio de mais um ano, tempo de parar, refletir, repensar... o presente mais precioso que temos... o nosso tempo. Me pergunto se estamos sendo senhores dos nossos destinos?

Como nos diz a Oração ao Tempo de Caetano Veloso... “És um senhor tão bonito, quanto a cara do meu filho, tempo tempo tempo tempo, vou te fazer um pedido, tempo tempo tempo tempo... Compositor de destinos, tambor de todos os ritmos, entro num acordo contigo, tempo tempo tempo tempo... Por seres tão inventivo e pareceres contínuo, és um dos deuses mais lindos, tempo tempo tempo tempo... Que sejas ainda mais vivo, no som do meu estribilho, ouve bem o que te digo, tempo tempo tempo tempo... Peço-te o prazer legítimo e o movimento preciso, quando o tempo for propício, tempo tempo tempo tempo... De modo que o meu espírito ganhe um brilho definido e eu espalhe benefícios, tempo tempo tempo tempo... O que usaremos prá isso fica guardado em sigilo, apenas contigo e comigo, tempo tempo tempo tempo... E quando eu tiver saído para fora do teu círculo não serei nem terás sido, tempo tempo tempo tempo... Ainda assim acredito ser possível reunirmo-nos, num outro nível de vínculo, tempo tempo tempo tempo... Portanto peço-te aquilo e te ofereço elogios nas rimas do meu estilo...”

O rabino Nilton Bonder nos deixa uma reflexão... “Toda sexta-feira à noite começa o Shabat para a tradição judaica. Shabat é o conceito que propõe descanso ao final do ciclo semanal de produção, inspirado no descanso divino, no sétimo dia da criação. Muito além de uma proposta trabalhista, entendemos a pausa como fundamental para a saúde de tudo o que é vivo. A noite é pausa, o inverno é pausa, mesmo a morte é pausa. Onde não há pausa, a vida lentamente se extingue. Para um mundo no qual funcionar 24 horas por dia parece não ser suficiente, onde o meio ambiente e a terra imploram por uma folga, onde nós mesmos não suportamos mais a falta de tempo, descansar se torna uma necessidade do planeta. Hoje, o tempo de pausa é preenchido por diversão e alienação. Lazer não é feito de descanso, mas de ocupações para não nos ocuparmos. A própria palavra entretenimento indica o desejo de não parar. E a incapacidade de parar é uma forma de depressão. O mundo está deprimido e a indústria do entretenimento cresce nessas condições. Nossas cidades se parecem mais com a Disneylândia. Longas filas para aproveitar experiências pouco interativas. Fim de dia com gosto de vazio. Um divertido que não é nem bom nem ruim. Dia pronto para ser esquecido, não fossem as fotos e a memória de uma expectativa frustrada que ninguém revela para não dar o gostinho ao próximo...

Entramos no milênio num mundo que é um grande shopping. A Internet e a televisão não dormem. Não há mais insônia solitária, solitário é quem dorme.  As bolsas do Ocidente e do Oriente se revezam fazendo do ganhar e perder, das informações e dos rumores, atividade incessante. A CNN inventou um tempo linear que só pode parar no fim. Mas as paradas estão por toda a caminhada e por todo o processo. Sem acostamento, a vida parece fluir mais rápida e eficiente, mas ao custo fóbico de uma paisagem que passa. O futuro é tão rápido que se confunde com o presente. As montanhas estão com olheiras, os rios precisam de um bom banho, as cidades de uma cochilada, o mar de umas férias, o domingo de um feriado... Os namorados querem “ficar”, trocando o “ser” pelo “estar”. Saímos da escravidão do século XIX para o leasing do século XXI - um dia seremos nossos? Quem tem tempo não é sério, quem não tem tempo é importante. Nunca fizemos tanto e realizamos tão pouco.

Nunca tantos fizeram tanto por tão poucos... Parar não é interromper. Muitas vezes continuar é que é uma interrupção. O dia de não trabalhar não é o dia de se distrair: - literalmente, ficar desatento; - é um dia de atenção, - de ser atencioso consigo e com sua vida. A pergunta que as pessoas se fazem no descanso é: “o que vamos fazer hoje?” - já marcada pela ansiedade. E sonhamos com uma longevidade de 120 anos, quando não sabemos o que fazer numa tarde de domingo. Quem ganha tempo, por definição, perde. Quem mata tempo, fere-se mortalmente. É este o grande “radical livre” que envelhece nossa alegria – o sonho de fazer do tempo uma mercadoria. Em tempos de novo milênio, vamos resgatar coisas que são milenares. A pausa é que traz a surpresa e não o que vem depois. A pausa é que dá sentido à caminhada. A prática espiritual deste milênio será viver as pausas. Não haverá maior sábio do que aquele que souber quando algo terminou e quando algo vai começar. Afinal, porque o Criador descansou? Talvez porque, mais difícil do que iniciar um processo do nada seja dá-lo como concluído.”

Como nos diz Drummond, quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente.

Um bom domingo de feriado para você...

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Ilusões de ótica hipnotizantes...
18/08/2014 | 22h00

O professor Akiyoshoi Kitaoka passou a vida estudando uma série de ilusões de ótica vertiginosas.

O japonês passou uma década coletando e criando obras de revirar o estômago.

Alguns de seus desenhos foram usados por Lady Gaga, no álbum 'Art Pop'.

Olhe bem devagar , pois as imagens não tem movimento ...são ilusões ...

Sonhar sempre... se iludir jamais!!!!Ter os pés no chão e a cabeça nas estrelas...nos faz pessoas renovadas...Experimente olhar para as imagens !!!

 

 

 

 

 

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
A inutilidade e o verdadeiro amor...
18/08/2014 | 09h38

A velhice é o tempo em que vivemos a doce inutilidade. Porque mais cedo ou mais tarde iremos experimentar esse território desconcertante da inutilidade. Esse é o movimento natural da vida. Perder a juventude é você perder a sua utilidade, é uma conseqüência natural da idade que chega. O sol do amanhã... Sob o olhar de uma cuidadora... Como você decide viver é o que faz a diferença no momento das provações, nos diz Padre Fábio de Melo, falando sobre a velhice... Quem tiver a oportunidade de assistir ao seu DVD “No meu interior tem Deus”, não deixe de ver e principalmente de ouvir com o “coração”. Vale muito a pena!!! Aqui vai um trechinho...

“... A velhice nos trás direitos maravilhosos. Enquanto a juventude é cheia de obrigações. A velhice é o tempo em que passa a utilidade e aí fica somente o significado da pessoa. É o momento que a gente se purifica. É o momento que a gente vai tendo a oportunidade de saber quem nos ama de verdade. Porque só nos ama pra ficar até o fim aquele que, depois da nossa utilidade, descobriu o nosso significado. É por isso que sempre rezo para envelhecer ao lado de quem me ama. Para poder ter a tranqüilidade de não ser útil, mas ao mesmo tempo não perder o valor. Se você quiser saber se alguém te ama de verdade, é só identificar se ele seria capaz de tolerar a sua inutilidade. Quer saber se você ama alguém? Pergunte a si mesmo, quem nesta vida que pode ficar inútil pra você sem que você sinta o desejo de jogá-lo fora. E é assim que nós descobrimos o significado do amor... Só o amor nos dá condições de cuidar do outro até o fim! Feliz daquele que tem ao fim da vida a graça de ser olhado nos olhos, e ouvir a fala que diz: - Você não serve pra nada, mas eu não sei viver sem você!”

O que falta muitas vezes para poder resolver os nossos problemas é a simplicidade em enxergá-los. Devemos retirar os excessos. Não permitir que os nossos excessos venham obscurecer a nossa visão, ou até mesmo de nos impedir de encaminhar uma solução para aquilo que nos faz sofrer. Isso é ter fé. É a gente acreditar que Deus está ao nosso lado no momento da nossa luta, no momento da nossa dor. E que, portanto, a gente tem o direito de ser simples.

É interessante observar os movimentos de nossas mudanças interiores. Nem sempre sabemos identificar o nascimento da inadequação que gera todo o processo. O fato é que um dia a gente acorda e percebe que a roupa não nos serve mais. Como se no curto espaço do descanso de uma noite a alma sofresse dilatação, deixando de caber no espaço antigo onde antes tão bem se acomodava. É inevitável. Mais cedo ou mais tarde, os sonhos da juventude perdem o viço. O que antes nos causava gozo, aos poucos, bem ao poucos deixa de causar. Nossos valores vão se tornando mais consistentes.

Mas não precisamos necessariamente chegar à velhice extrema, para entendermos o sentido da inutilidade que leva ao amor... Perder tempo, gastar tempo, ou melhor dizendo “Ter a utilidade do seu tempo” para as coisas que nos levam aos verdadeiros sentimentos... Se permitir “jogar conversa fora” com seus filhos, seus amigos, fazer piqueniques e voltar a ser criança, andar na chuva, sentir o cheiro da terra molhada, passear na praça, na praia, no bosque... sentir a liberdade do rosto te acariciando a pele... jogar frescobol, voleibol, “buraco”, seja o que for, apenas com o intuito de reunir os amigos, e a família... Assim como faziam os homens das cavernas. Ascendiam a fogueira e ao seu redor conversavam, conversavam e conversavam... e assim os laços iam se tecendo, os abraços se alongavam e a vida mesmo na rusticidade daqueles tempos, era aconchegante!!!  Tempo... sempre o tempo do Senhor a nos ensinar... Assim como na história de Alice no País das Maravilhas em que seu coelho, corria com o relógio pendurado atrás do tempo... Estamos hoje nós a fazer o mesmo... Que o tempo da inutilidade amorosa, possa ser constante no tempo de nossa utilidade existencial. Que a simplicidade faça morada em nossos corações, atitudes e sentimentos. E que nossos sentimentos estejam sempre no ritmo e no compasso do “amor inútil” aquele que traz pleno significado. Que saibamos respeitar a dor de cada hora, a esperança de cada momento, sendo ao mesmo tempo de Aço e de Flores... Que neste tempo de Quaresma, possamos sentir a esperança brotar de cada coração, nos fazendo pessoas melhores, menos complicadas, de aço, para enfrentar os desafios, mas sem perder a doçura de ser simplesmente humano... Um tempo para nos purificar... Primeiro consigo mesmo, pois muitas vezes somos nosso maior carrasco e depois com todas as pessoas que nos cercam. É essa sensibilidade de enxergar cada tempo com sabedoria, que nos levará a conhecer o significado do amor...

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
O QUE FAZ UMA SENHA??....
13/08/2014 | 12h15

O que faz uma senha hein Eleonora Martins?.....

Posso te falar que me trouxe imensa alegria!!!!!!

Não tenho palavras para agradecer tanto carinho...

Gostaria de retribuir a cada um de vocês, que deixaram meu dia ainda mais feliz!!

Adoro meu aniversário e Eleonora, que trabalha comigo no blog, me fez esta grata surpresa....

Minha vida só tem sentido  porque vocês a deixam sempre colorida, aconchegante, vibrante... sou apaixonada por minha família e por meus amigos!!!!

Muito obrigada pelas mensagens sinceras e carinhosas e a você Eleonora,  anjo da guarda, muito, muito obrigada ....

Com afeto e Gratidão,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
... porque hoje é o seu dia...
12/08/2014 | 08h09

Beth, hoje entramos um pouquinho no seu espaço porque o dia é nosso...

para falar de amor...

Nós, sua família, seus amigos e seus leitores queremos compartilhar com você tudo de melhor, na mesma intensidade com que você entra em nossas vidas, em nossos corações, em nosso viver. Receba com carinho nossas singelas mensagens, na certeza de que são verdadeiramente plenas de energias revigorantes para alegrar o seu dia. Parabéns pelo seu niver e por tudo o que você representa para cada um de nós... Continue assim, Beth, esta pessoa do bem, que espalha a alegria por onde vai, nos alavancando a seguir com coragem e esperança!!!Hoje somos nós, que COM AFETO, te desejamos um Feliz Aniversário...Eleonora Martins

Oi minha filha querida.!!!!!!!. Feliz dia.!!!! Hoje é o dia  que comemoramos mais um ano  de sua existência. Agradeço   a Deus o seu nascimento, a sua vida, o seu convívio maravilhoso comigo e com toda nossa família. Me orgulho de você, como filha dedicada,preocupada,companheira. Como mãe sempre atenta as necessidade de suas filhas, dando sempre muito amor, toda orientação necessária, sendo amiga.Como esposa, amando  seu marido.Como profissional, sempre tentando ultrapassar barreiras, galgando os mais novos conhecimentos,sempre  honesta, guerreira, ótima profissional. Beth, minha filha, continue sonhar sempre, só assim  a vida ficará renovada também sempre. DESEJO A VOCÊ TODA FELICIDADE DO MUNDO, MUITA SAÚDE,MUITA PAZ.UM BEIJO DE SUA MÃE QUE TE AMA MUITO.

 

Há pessoas em nossas vidas, que amamos e gostamos quase que naturalmente. Gostamos pelo simples fato de terem cruzado nossos caminhos. Pessoas extraordinárias que vão mostrar o mundo com os olhos da alma e que nos ajudam a cruzar com alegria o mar da historia. Pessoas que são capazes de nos ver como natureza preciosa , única e amada por Deus. E sempre com muita perícia e maestria cuidam de nós. Tive a graça de encontrar em meu sacerdócio uma pessoa assim. Feliz aniversario, Beth. Continue sendo gente com a cabeça no lugar, de conteúdo interno, idealismo nos olhos e com os pés no chão da realidade. Fazendo as coisas que gosta sem deixar de cumprir seus compromissos, por mais desgastastes que sejam. Continuo plantando e colhendo contigo na intercessão de nossa Mãe Auxiliadora. Obrigado, obrigado! saúde, paz. Assim como eu, Deus também gosta de pessoas como vc. Pe. Murialdo

 

Querida Beth, passamos o dia pensando no que escrever e nada seria suficientemente lindo pra traduzir o amor que sentimos por você. São muitas histórias, muitos momentos, muita cumplicidade. Amizade rara que nos faz querer ter você sempre por perto e que nos faz desejar só as melhores coisas! Que você tenha sempre momentos  muito felizes com suas família e seus amigos, que seu trabalho seja sempre muito gratificante, que nunca falte saúde e disposição pra ir à luta e que somente o que é verdadeiro faça  parte da sua vida. Amamos você! Maron, Mary e toda família!

 

Querida Beth, que prazer estar aqui para comemorar mais um ano da sua vida, um ano de grandes vitórias...! Conviver com você, com a sua alegria e força, com seus sonhos, não apenas distantes mas sim metas de trabalho é aprendizado constante...! Para além do trabalho também temos uma mulher de sorriso fácil e abraço carinhoso, aquecida nas suas relações de afeto. Sucesso nunca é por acaso ou sorte, o sucesso consolidado e crescente como o que vivemos na nossa instituição é resultado da sabedoria e competência de mulheres incríveis...realmente especiais. Você é uma vencedora, pessoa admirada e querida. Enfim motivos não nos faltam para comemorar o dia 12 de agosto com alegria e união em torno de alguém que nos  guia, fortalece e estimula...liderança amiga e presente em nossas vidas!!! Que, sob o manto sagrado de Nossa Sra. Auxiliadora, você permaneça protegida e abençoada cercada por tudo e todos que te tornam ainda mais feliz!!!! Com muito carinho, Patrícia Baracat

 

Beth, que seu coração, esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial. Que seu caminhar seja sempre premiado com a presença de Deus, guiando seus passos e intuindo suas decisões, para que suas conquistas e vitórias, sejam constantes em seus dias. Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados. Parabéns por hoje, mas felicidades sempre!! Abraços, Rita Martins

 

Beth, Parabéns por esta data tão especial! Comemoramos a alegria do seu dia e agradecemos a Deus pela sua presença e energia positiva em nossas vidas!!!! Saúde e paz!!!! Grande beijo! Aline Marques

 

Existe um ditado africano que diz: “Se quiser ir apenas rápido, vá sozinho, se quiser ir longe, vá com alguém”.  Assim é Beth... uma pessoa humana, que acredita no outro e sabe reconhecer o valor de cada um para  o funcionamento do todo.  Uma mulher lúcida e inovadora, que nos instiga e nos conduz constantemente à “reflexão criadora”. Parabéns pela pessoa inspiradora que é e obrigada pela convivência diária!!! Um beijo carinhoso, Carolina Magalhães.

 

Bom dia, Beth. Feliz Aniversário!!!! Desejo muita saúde e realizações. Abraço grande. Gerson Tavares do Carmo

 

Beth querida, Fica difícil o que desejar para alguém tão especial como você, amigos já tem muitos, saúde que Deus conserve, família linda e competência no que faz. Só posso lhe desejar que Deus multiplique tudo de bom que já possui e que realize os sonhos do seu coração, aqueles que somente você e Deus sabem!! Parabéns e que Deus e Nossa Senhora iluminem sempre seus caminhos! Com amizade, Nilde

 

Bete, você é uma irmã de poucas palavras mas de gestos sinceros acolhedores e solidários e profundos. Muito bom comemorarmos teu aniversario todos com saúde alegrias e também vivermos o dia a dia valorizando os momentos todos juntos.  Com nossa família  seja na casa de nossos pais na sua na fazenda Maravilha ou simplesmente nos encontros dominicais! Acompanhando sua trajetória de vida familiar e profissional. Motivo de orgulho para todos nós. Sinto muitas vezes vontade de expressar mais de perto esse sentimento que você sabe ser puro e verdadeiro por você. Saiba que estrei sempre o teu lado e dos meus queridos Julião, juju, Rafa e Carol. Bjs sucesso saúde felicidades. Te amo. Helo Landim

 

Beth, parabéns por mais um ano de vida. Desejo felicidades, saúde e muita paz. Que Deus abençoe sempre a sua vida. Abraço fraterno. Guto Leite

 

Beth, que Deus, em sua infinita misericórdia, possa abençoar-lhe com muita sabedoria e saúde nesta data tão especial pra todos nós. Feliz Aniversario. Nilo Terra

 

Beth, sua dedicação, sua garra e liderança são verdadeiramente admiráveis. Convivemos há pouco tempo, mas o suficiente para perceber o quanto você é especial. Sua visão, sempre inovadora, consegue fazer de você uma profissional extremamente competente e cheia de êxitos, uma líder justa, que sabe valorizar o esforço e o mérito e, tudo isso, sem deixar de lado as questões humanas, pensando sempre naqueles que só precisam de uma oportunidade para mudar de vida. Parabéns Beth! Que Deus continue iluminando e abençoando você e sua família! Patrícia Daldegan

 

“As relações humanas são como pontes. Estamos sempre em travessia. Há sempre uma distância a ser percorrida, um passo a mais a ser dado no conhecimento do outro. Pontes são simbólicas. Elas estabelecem vínculos. Por elas cruzamos obstáculos que dificultam nossa chegada ao outro lado. Quanto mais construímos pontes, muito maior será a possibilidade de conhecermos verdadeiramente aqueles que fazem parte de nosso mundo” (Fábio de Melo). Confesso, Beth, que ao longo desses 10 anos de convivência tenho cruzado a ponte que me leva até você. E tenho aprendido muito ao longo deste caminho! Nossas semelhanças e diferenças têm composto um mosaico de fatos e sentimentos vividos, pensados, analisados... enfim, têm materializado uma parte de minha vida. No dia de seu aniversário peço a Deus que te abençoe e guarde para que você continue a ser ponte na vida de muitas pessoas! Grande abraço, Graça

 

Beth, que nesta data possas refletir os sucessos, planejar as conquistas e curtir as vitórias. Um feliz e merecido aniversário de muita paz. André Uébe

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar
Compartilhe
Como diz William...
11/08/2014 | 21h29

... o Shakespeare...

'' ... O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ... ''

Adoro flores e sempre recebo muitas...

Rosas, flores do campo, estreliças, orquídeas, gérberas...

Todas têm o seu encanto e nos falam com o seu perfume,suas cores, sua beleza singular,

estas que postei aqui hoje são as orquídeas do jardim da minha casa...

que ofereço para você!!!

Sempre colhemos o que plantamos... então plantemos flores...

 

... no pé de jabuticaba... alimento da alma...

 

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Algumas gotas de óleo...
09/08/2014 | 12h15

Hoje inicio este artigo parabenizando meu pai pelo início do seu terceiro mandato na ACIC – Associação Comercial e Industrial de Campos, cuja posse será no dia 11 deste mês. Desenvolveu nas suas gestões anteriores um belíssimo trabalho à frente desta Instituição centenária na luta pelo desenvolvimento e defesa de nossa Campos. Além do excelente trabalho, evidencio sua retidão e honestidade, algo tão raro nos dias de hoje, e que não deveria ser predicado e sim obrigação. Foi assim que aprendi. Porém, seu espírito público e coletivo realçados por sua sinceridade e vontade em colaborar nos enfrentamentos empresariais que vivemos, fizeram com unidade, o sucesso de sua gestão. Aproveito para parabenizar José Luiz Escocard, presidente atual, pela gestão de êxito e pelo dia dos pais. Parabéns pai, você é sempre um exemplo para nós, seus filhos!

Um homem que teve suas origens vivendo e trabalhando grande parte de sua juventude nas fazendas de seu pai, e trouxe consigo a pureza da vida do interior, a firmeza e a dureza da vida rural, sem abrir mão de sonhar com novos horizontes e com o desenvolvimento da cidade grande! Um homem de fé!

E pensando nesta data, que comemora o Dia dos Pais, penso também, no exemplo de Julião, meu marido. Julião carrega seu Edwiges, seu pai em seu coração diariamente... e transmite com maestria, este amor para suas filhas, ensinando-as a amar e conhecer, o que não tiveram oportunidade de vivenciar...

Isto é amor! Pois nossos pais não morrem nunca... apenas trocam de plano. E é esta proteção, essa firmeza, o caráter e os valores transmitidos de pai para filho, através deste amor incondicional, que me faz te admirar ainda mais, como pai e filho, Julião. Sua sinceridade, retidão, disponibilidade de ajudar sempre aos outros, não importando a quem e a hora, me fazem ter orgulho do homem e do pai que você é.

Meu pai, meus avós, meu marido, nunca tiveram vergonha de abraçar e beijar seus filhos. Pelo contrário, seu carinho genuíno nos aproxima sempre... mesmo quando pensamos completamente diferente, e por pensar e respeitar um ao outro, é que cada vez mais nos admiramos.

Para isso, deixo uma pequena reflexão, do que pode ser esta linda relação de pai, filhos, e gotas de óleo...

“Num quarto modesto, um triste doente em grave situação pedia silêncio. Mas a velha porta rangia nas dobradiças cada vez que alguém a abria ou fechava. O momento solicitava quietude, mas não era oportuno para a reparação adequada. Com a passagem do médico, a porta rangia nas idas e vindas do enfermeiro, no trânsito dos familiares e amigos, eis a porta a chiar, estridente. Aquela circunstância trazia ao enfermo e a todos que lhe prestavam assistência e carinho, verdadeira guerra de nervos. Contudo, depois de várias horas de incomodo, chegou um vizinho e colocou algumas gotas de óleo lubrificante na antiga engrenagem e a porta silenciou tranqüila e obediente. Quantos "ranger de portas" temos em nossas vidas? Quantos barulhos nos relacionamentos... entretanto na maioria dos casos nós podemos apresentar a cooperação definitiva para a extinção desses rangeres... Basta que lembremos do recurso infalível de algumas gotas de compreensão e a situação muda. Gotas de perdão acabam de imediato com o chiado das discussões mais calorosas. Gotas de paciência, no momento oportuno, podem evitar grandes dissabores. Poucas gotas de carinho penetram as barreiras mais sólidas e produzem efeitos duradouros e salutares. Algumas gotas de solidariedade e fraternidade podem conter uma guerra de muitos anos. É com algumas gotas de amor que nossos pais abrem as portas mais emperradas dos nossos corações. São as gotas de puro afeto que penetram e dulcificam as almas ressecadas pela tristeza, transformando em alegria na relação de amizade que temos com nossos pais. Às vezes, são necessárias apenas algumas gotas de silêncio para conter o ruído desagradável de uma discussão infeliz. E se você é daqueles que pensa que os pequenos gestos nada significam, lembre-se de que as grandes montanhas são constituídas de pequenos grãos de areia.”

Como nos diz Mário Quintana de forma tão doce: “Pai... São três letras apenas as desse nome bendito: também o céu tem três letras, e nele cabe o amor infinito. Para louvar o nosso pai, todo bem que se disser, nunca há de ser tão grande, como o bem que ele nos quer. Palavra tão pequenina, bem sabem os lábios meus, que és do tamanho do céu e apenas menor que Deus.”

Pai, tenha certeza de que suas gotas de óleo me fizeram uma pessoa mais flexível, mais livre, que acredita sempre no amor de pai. Suas gotas te rejuvenescem e me enriquecem ao mesmo tempo.

Aproveito o espaço para parabenizar todos os pais Amaros, Marons, Kikos, Aloísios, Everaldos, Fredericos, Rafaels, ... que comemoram neste domingo esta data tão especial, o Dia dos Pais, desejando a todos muitas felicidades e um domingo em família pleno de aconchego e alegrias.

Que sejamos sempre, essa gota de óleo, a inundar o coração de nossos pais, transformando sua vida em bálsamo...

Com afeto,

Beth Landim

 
Comentar
Compartilhe
Angelica de la Riva em Campos...
08/08/2014 | 12h43

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
RELEMBRAR...
07/08/2014 | 12h31

Tempo bom...

Nosso querido Professor Amilton e o sempre campeão Oscar Schmidt...

A saudade é uma forma de ficar... relembrar é saber que não passamos em vão na vida das pessoas...

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
O dia e a noite de NY - pelas lentes de Wilkes ...
05/08/2014 | 11h55

O americano Stephen Wilkes é capaz de fazer o dia virar noite em Nova York com um simples truque: a paciência. O fotógrafo passa de 10 a 15 horas seguidas registrando o mesmo cenário para montar a série Day to Night, que capta a mudança do tempo em uma única imagem.

Com uma câmera de alta resolução, Wilkes fotografa marcos de Nova York sob um mesmo ângulo e captura a transformação da paisagem urbana dentro de centenas de momentos. Depois, em casa, ele processa e funde as imagens numa só para conseguir o efeito deslumbrante do movimento inexorável da cidade.

Wilkes rejeita o instante decisivo de um espaço público para construir uma narrativa visual fluida. Suas fotografias, que custam até US$ 45 mil, dão uma escala épica a Nova York e traduzem a passagem do tempo com sensibilidade e muita técnica.

Vale a pena dar uma olhada nas fotos !!

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Você é do tamanho dos seus sonhos...
03/08/2014 | 19h22

Divido com vocês pequenas histórias que são capazes de nos fazer refletir na nossa caminhada.

Certa manhã, meu pai convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou: - Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa? Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi: - Estou ouvindo um barulho de carroça. - Isso mesmo, disse meu pai. É uma carroça vazia... Perguntei ao meu pai: - Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos? - Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia, por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz. Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, inoportuna, interrompendo a conversa de todo mundo, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo: Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz...

É necessário entendermos que temos a responsabilidade de sermos seres com conhecimento, valores, princípios... pois “carroças vazias” trepidam, trepidam, fazem barulho, mas não possuem consistência para o conhecimento profissional, humano e familiar. Isso significa entender que nossa busca por aprender deve ser diária e constante, pois vivemos na era do pensamento complexo, que corresponde à multiplicidade, ao entrelaçamento e a interação contínua da infinidade de sistemas e de fenômenos que compõem o mundo, e para tanto, temos que nos desafiar a todo o momento, buscando sempre a complementaridade das relações e do conhecimento.

Não é possível reduzir a complexidade a explicações simplistas, a regras rígidas, a fórmulas simplificadoras ou a esquemas fechados. Pois não podemos viver na simbologia do “ou” e sim do “e”... O mundo é feito para agregar, completar, preencher, somar e crescer, para que possamos preencher corretamente “nossas carroças”... O que significa que nossa busca deve ser intensa e nossas raízes profundas. Pensando assim, me remeto a história do bambu chinês...

Diz a lenda que os cultivadores do bambu chinês nos contam que depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada, durante cinco anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas, uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída.

Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês: você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e, às vezes não vê nada por semanas, meses, ou anos. Mas, se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu quinto ano chegará e, com ele, virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava... O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos, de nossos sonhos... especialmente no nosso trabalho, que é sempre um grande projeto em nossas vidas. Devemos lembrar do bambu chinês, para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão. Tenhamos sempre dois hábitos: Persistência e Paciência, pois você merece alcançar todos os sonhos!!! É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão. E então de uma coisa podemos ter certeza: de nada adianta querer apressar as coisas. Tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto. Mas a natureza humana não é muito paciente. Temos pressa em tudo! Aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca, por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo. Mas alguém poderia dizer: - Mas qual é esse tempo certo?

Bom, basta observar os sinais. Geralmente quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do cotidiano, enviarão sinais indicando o caminho certo. Pode ser a palavra de um amigo, um texto lido, uma observação qualquer. Mas com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa! Basta você acreditar que nada acontece por acaso! E talvez seja por isso que você esteja agora lendo essas linhas. Tente observar melhor o que está a sua volta. Com certeza alguns desses sinais já estão por perto, e você nem os notou ainda. Lembre-se que o universo, sempre conspira a seu favor, quando você possui um objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.

Portanto pensemos sempre como está nossa “carroça”? Está vazia? Está com entulhos? Está somente trepidando? Temos colocado amortecedores em nossa “carroça” para nos protegermos dos eventuais “buracos da estrada”?

Você é do tamanho dos seus sonhos, e como diz o ditado “saco vazio não pára em pé” e “carroça vazia” vai do nada a lugar nenhum... Pense nisso!

Com afeto,

Beth Landim

Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Elizabeth Landim

[email protected]