Conselho Tutelar de Porciúncula sem viatura para trabalhar
19/09/2017 | 14h08
COMO SERÁ O AMANHÃ EM PORCIÚNCULA?
Por Charles Ferreira Machado*
Como se é possível imaginar um futuro melhor se, sequer cuidamos de nossas crianças e adolescentes, ainda mais quando em conflito com a Lei. Esta é a situação vivida pela querida Porciúncula, onde o Conselho Tutelar está impedido de agir dentro dos limites impostos pela legislação, pois não possui uma única viatura em condições de uso.
É muito fácil pedir a menoridade penal, ainda mais quando não somos nós os atingidos de forma direta pela omissão relevante do Estado. Como esperar um futuro sadio de uma juventude que ao primeiro erro, sequer tem a oportunidade de corrigir-se, pela simples ausência de uma viatura?
Será que essa mesma ausência ocorre na Câmara de Vereadores, no Gabinete do Prefeito ou nos de seus Secretários ?
Simplesmente inadmissível em uma sociedade que se diz civilizada não haver condições mínimas para a atuação do Conselho Tutelar, este que, antes de tudo, atua em favor da própria sociedade.
 
*Charles Ferrreira Machado é advogado
Compartilhe
Uma Palavra para quem Precisa nos Momentos Imprecisos
19/09/2017 | 10h57
Priscila Boni*
Seu tronco foi cortado? As decepções, dívidas, problemas familiares, te deixam desmotivada e sem ânimo? Só por teimosia, seja como a natureza, renasça para cumprir o seu proprosito, tenho certeza que chegou até aqui, para cumprir sua missão. A força está dentro de você. Eu acredito em Você. Tenha conciência da responsabilidade que os sonhos são de exclusividade sua. Então crie meios para realiza-los.
 
 
 
 
 
 
* Priscila Boni é Coach em Planejamento Financeiro e Motivação Vivencial
Compartilhe
Prefeito e 2 secretários em Brasília
18/09/2017 | 11h09
EM 1ª MÃO
O prefeito de Itaperuna, Marcus Vinícius de Oliveira Pinto, a 1ª Dama e secretária de Ação Social, Camila Andrade e o secretário de Esportes & Lazer Eduardo do Toldo, viajam neste momento para Brasília, onde vão se encontrar com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani,
O retorno à Itaperuna está marcado para quarta-feira, 20 de SETEMBRO.
Compartilhe
"CPI" na Câmara de Itaperuna
16/09/2017 | 09h18
EM 1ª MÃO
Sinei Torresmo, vereador do PTN-Itaperuna, entrou na quarta-feira, 14 de setembro recente, com um projeto de resolução autorizando a presidente da Casa, Amanda da Aidê, do PDT, a constituir uma CEI-Comissão Especial de Inquérito para apuração de "possíveis alterações na Lei que dispõe sobre a Organização e Estrutura da Prefeitura Municipal de Itaperuna fixa mecanimos de gestão e dá outras providências pelo prazo de 90 dias."
Compartilhe
Quadrilha de fraudadores de licitações públicas é desbaratada
15/09/2017 | 11h28
Sucesso total para a Polícia Civil do Rio, a conclusão da Operação “Gigabyte” ontem, 14 de agosto, com participações efetivas da 35ª DP de Itaocara, 155ª  de São Sebastião do Alto, 142ª de Cambuci, 141ª de São Fidélis, 144ª de Bom Jesus do Itabapoana, 139ª Porciúncula e da 136ª de Santo Antônio de Pádua e da delegacia do município Guaçuí, no Espírito Santo, para acabar com uma quadrilha especializada em fraude de licitações.
Ocorrerem duas prisões cautelares e busca e apreensão, de Michel Ângelo Machado de Freitas e Vandir Dias de Freitas, dono da VDS Sistemas.

Em Itaocara, foram efetuados mais mandados de busca e apreensão em quatro residências no Centro, Caxias, Adolvane e em Portela, com apreensão de diversos documentos e computadores.

 A organização criminosa fraudava licitações na contratação de serviços de informática e assessoria para Câmaras de Vereadores de Itaocara e São Fidélis, além da Caixa de Assistência, Previdência e Pensões dos Servidores Públicos Municipais de Miracema (CAPPS).


Ronaldo Cavalcante, delegado titular de Itaocara,  disse que os envolvidos estão indiciados pelos crimes de lavagem de dinheiro, crimes contra a administração pública, supressão de documento público, prevaricação, sonegação fiscal entre outros.
Oito pessoas foram conduzidos para serem ouvidos em inquérito.

Com informações do site SFN-São Fidélis Notícias e Folha Itaocarense
Compartilhe
Maior dos Maiores, Maestro José Carlos Ligiéro Faleceu Ontem
13/09/2017 | 11h59
POR MARCOS VINICIO DIAS RIBEIRO
Uma história de dedicação a musica, a arte e a cultura de nosso município

Morreu na noite desta terça-feira, 13 de setembro, o grande nome da música itaperunense, o maestro José Carlos Ligiéro. Nascido no dia 04 de dezembro de 1930 no distrito de Comendador Venâncio. Filho caçula de Francisco Mattos Ligiéro e Maria do Carmo Goulart Ligiéro, cresceu protegido e cercado do carinho dos seus pais e irmãos: Antônio, João, Rita de Cássia e Pedro. Sempre fascinado pela música, José Carlos Ligiéro, o Juca, como era conhecido pelos familiares, herdou o talento do avô Giovane Francesco, um imigrante italiano que era músico.

Nas lembranças de José Carlos Ligiéro, quando em conversas, sempre aparecia o nome do maestro e professor Orlando Tupini que mudou-se para Comendador Venâncio e ali conheceu o menino Juca e a ele deu a oportunidade de tocar o primeiro instrumento e ensiná-lo a arte da música. Mas, por uma sucessão de tragédias onde perdeu todos os filhos, Orlando Tupini resolveu abandonar a carreira pelo desgosto. Sabedor da presença de um professor de música em Laje do Muriaé, Nicolino Mazzinne, José Carlos Ligiéro não mediu esforços para ir lá e aprender a arte que tanto amava. Ele fazia o percurso a pé sob sol, chuva e muitas vezes amassando muito barro até o local das aulas.



Aos 14 anos mudou-se para Itaperuna com toda a sua família em 1945 o que veio trazer grande mudanças em sua vida. Entre essas a amada Irani a quem declara que foi a sua musa a sua alma.

“Quando chegamos em Itaperuna, aqui já existia a banda 19 de Março e comecei a tocar com aquela equipe e assim foi durante um bom tempo”, disse José Carlos Ligiéro.

José Carlos – O Músico

Em 1947 foi criada a banda-baile “Ases da Melodia” que atuou até 1950 com presença constante na Rádio Itaperuna que naquela época tinha uma participação importantíssima na difusão da cultura de Itaperuna. Neste mesmo ano veio para a cidade o maestro “Chiquito” que foi um grande amigo de José Carlos Ligiéro e criaram a “Itaperuna Orquestra”.

“Me lembro muito bem o dia da primeira apresentação da orquestra, foi 10 de maio de 1950. Eram somente dois conjuntos naquela época o “Ases da Melodia” e o “Jazz Natal” que era da família Costa. A fusão destes dois conjuntos fez surgir esta orquestra”, acrescentou José Carlos.




Em 1953 no dia 24 de janeiro casou-se com a D. Irani que teve um papel importantíssimo em sua carreira, pois sempre o apoiou principalmente nos momentos difíceis. Pode com o apoio de D. Irani aperfeiçoar os seus estudos e aprimorou-se em: harmonia, morfologia, estruturação musical. Teoria musical, introdução a pesquisa folclórica, regência, composição entre outros aspectos da música. Foi para o Rio de Janeiro em 1956 onde pode mostrar o seu talento e sendo sempre convidado a apresentar nas festividades da então capital federal. O talento deste itaperunense levou a banda dos Salesianos de Niterói a conquistar um prêmio na Suiça com um de seus arranjos.

Em 1959, Claudio Cerqueira Bastos (Claudão), Alcemar Vargas e Norival de knopp fundaram a Sociedade Musical Itaperunese tendo José Carlos Ligiéro como o seu primeiro e único maestro. Prêmios não faltaram a esta Banda de Música onde além de reger ensinava também música.



Como compositor José Carlos tem mais de 900 obras registradas e uma delas foi executada pela Orquestra Sinfônica do Rio de Janeiro em 1989 na comemoração do centenário da República no palácio do Catete no Rio de Janeiro. Pode formar vários corais no norte e no noroeste fluminense e na zona da mata mineira. Sem dúvida se Itaperuna hoje tem uma cultura musical deve em muito ao talento e a dedicação de José Carlos Ligiéro, pois quase a unanimidade dos músicos que atual hoje em nossa cidade e muitos espalhados por esse Brasil passaram pelas mãos deste tão brilhante maestro.

“Muitos profissionais estão na Aeronáutica, Marinha, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e que iniciaram com suas aulas por essa Banda fundada pelo Claudão antes mesmo de ser político”, acrescentou José Carlos.


A Fotografia entrou na vida de José Carlos Ligiéro como um hobby, e sem maiores pretensões levava sempre em suas viagens com a Orquestra uma máquina fotográfica que era uma de suas mais fiéis companhias e com ela tirava fotos da natureza, dos amigos e das cidades por onde passava.

“Apesar de ter várias fotografias de pessoas importantes, da minha família entre outras o meu grande prazer era fotografar a natureza, pois ela nunca faz pose e a sua beleza é sem dúvida inesgotável”, disse o maestro.

Carlos com o pai Francisco a mãe Maria do Carmo e os irmãos, João, Rita de Cássia e Pedro
José Carlos com o pai Francisco a mãe Maria do Carmo e os irmãos, João, Rita de Cássia e Pedro
Em 1977 ele pode mostrar em uma exposição suas belas obras fotográficas na Sala Celília Meirelles no Rio de Janeiro, e consta nos registros que foi uma das mais concorridas amostras realizadas naquele local.

“Hoje me sinto muito feliz, pois trabalhei em uma profissão que sempre amei e gostei e criei oito filhos o que para mim foi a mais bela melodia por mim criada”, finalizou o maestro.
Fonte-RadioItaperunaFMGospel
 
Compartilhe
Polícia Federal Prende Anthony Garotinho
13/09/2017 | 11h21
A Polícia Federal  prendeu, na manhã de hoje, o ex-governador do Rio Anthony Garotinho. Os agentes cumpriram um mandado de prisão domiciliar.
Os policiais
estiveram às 10:30h  na porta da Rádio Tupi, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.
Garotinho apresentava seu programa diário no rádio quando o mandado foi cumprido. O programa vai continuar no ar até as 11h, com outro apresentador.
O carro da PF neste momento está levando Garotinho para Campos, onde será cumprida a prisão domiciliar.
Fonte- O Globo
Compartilhe
Varre-Sai Festeja Semana da Pátria com Fervor Cívico
12/09/2017 | 12h05
Escolas de Varre-Sai celebram centenário da Lira Santa Cecília no desfile cívico
 O desfile cívico em comemoração ao Dia da Independência aconteceu em Varre-Sai, cidade do Noroeste Fluminense na recente tarde do dia seis de setembro , quando 16 escolas do município, além do Tiro de Guerra e Lira Santa Cecília, puderam mostrar o amor à pátria e civismo na rua Felicíssimo Faria Salgado. As solenidades foram iniciadas com o hasteamento das bandeiras na Praça Antônio Camilo, no centro da cidade.
 
A grande homenageada da tarde foi a Lira Santa Cecília que este ano comemorou 100 anos de fundação. Várias apresentações e homenagens foram prestadas à banda que abriu o desfile. A história da Lira recebeu destaque especial com desfile de quadros dos presidentes, homenagens aos músicos atuais e menções em diversas apresentações. O atual presidente da Lira, Waldir Fabri, comentou que ele os demais integrantes se emocionaram com as homenagens.
 
Conforme anunciado anteriormente, durante o desfile cívico, foram apresentados também a Bandeira, Estandarte e Nome da Banda Marcial de Varre-Sai, escolhidos através de um concurso. A banda Giuseppe Tupini, formada durante o ano com os instrumentos adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, promoveu um resgate dos antigos desfiles cívicos, encantando a todos com sua apresentação.
 
“Por um momento, esquecemos todas as nossas diferenças e nos unimos para mostrar a força que a Educação tem”, afirmou o secretário de Educação e Cultura de Varre-Sai, Carlos Alberto da Silva.
 
O prefeito de Varre-Sai, Silvestre José Gorini, ao lado do vice-prefeito João Said, secretários municipais, vereadores e demais autoridades municipais estiveram acompanhando o evento.
 
“Parabenizo às escolas pelo momento oportunizado à população de Varre-Sai, pois além de recuperá-lo, precisamos manter viva a tradição dos desfiles cívicos no nosso município”, destacou o prefeito.
Compartilhe
Demissão em massa em uma certa cidade do Noroeste
08/09/2017 | 13h57
O advogado Charles Ferreira Machado, vai daqui a pouco ao Programa Nino Bellieny na 103 FM, às 15h e conta como, porque e em qual município.
Ouça AQUI 
Compartilhe
Caneta descobre Câncer em 10 segundos
08/09/2017 | 13h10
Este é o tempo gasto pelo dispositivo para detectar a doença. Criada por pesquisadores da Universidade do Texas-EUA, ela vai permitir a retirada de tumores de forma mais rápida e segura.
MasSPec Pen é o nome da caneta que tem acertado em 96% das vezes e estará disponível em larga escala em pouco tempo
Compartilhe
Sobre o autor

Nino Bellieny

[email protected]