Ainda sem liberação para treinar, Americano deve ter jogo com o America postergado
Matheus Berriel - Atualizado em 19/06/2020 20:24
Reinício dos trabalhos no Centro de Treinamento Eduardo Viana depende de liberação da Prefeitura, pois Campos continua em lockdown parcial
Reinício dos trabalhos no Centro de Treinamento Eduardo Viana depende de liberação da Prefeitura, pois Campos continua em lockdown parcial / Foto: Arquivo/Folha da Manhã
Garantido na Seletiva da Série A do Campeonato Estadual de 2021, o Americano tem um entrave para concluir a atual temporada. Previsto para acontecer na próxima quinta-feira (25), embora a data não conste na tabela oficial, o jogo contra o America, último compromisso do Alvinegro campista no Grupo Z, deve ser postergado. Durante a semana, o presidente Vagner Xavier teve negociações com o prefeito de Campos, Rafael Diniz, e o subsecretário de Governo, Fábio Bastos, sobre a retomada dos treinos no Centro de Treinamento (CT) Eduardo Viana, em Guarus, que não havia sido liberada até a noite de sexta (19). O município continua em lockdown parcial devido à pandemia do novo coronavírus.
— Ainda esta semana houve uma reunião com representantes da Prefeitura e do Americano Futebol Clube. Na ocasião, representantes do clube apresentaram à Prefeitura um pedido de retomada de treinos. Este plano de retomada foi avaliado pela equipe técnica da Prefeitura, que sugeriu adequações, sendo fundamental maior rigor. O clube aceitou as modificações, que colocam como prioridade a saúde dos envolvidos, para que não haja risco de contaminação pelo Covid-19. Haverá formalização do protocolo de intenções para efetiva liberação da prática no CT — informou em nota a Prefeitura na sexta-feira.
Ainda segundo o poder público municipal, a formalização do protocolo será feita a partir do efetivo agendamento de testes para Covid-19 em jogadores, integrantes da comissão técnica e demais funcionários do Americano.
— Para iniciar o treinamento, basta que o clube siga os protocolos de segurança, entre eles, principalmente, a realização dos testes de diagnóstico do Covid-19, que, segundo o próprio Americano, já estava sendo providenciado junto a Ferj — complementou a Prefeitura.
Entrevistado na última quinta (18) na primeira edição do Folha no Ar, da Folha FM 98,3, o presidente do Americano deu detalhes sobre o plano de retomada das atividades.
— Após a liberação, a gente vai convocar os jogadores que irão participar, será um número reduzido, para fazer os testes. A Ferj disponibilizou para a gente 40 testes e, se houver necessidade, pode chegar a 45. Eles virão aqui, vão testar jogadores, dirigentes e os funcionários que trabalham no CT. Todos serão testados e se, por ventura, vier aparecer alguma alguma contaminação, serão afastados. A partir daí, todos vão para o CT e ficam até o jogo — disse Vagner Xavier, até então com expectativa de que a liberação da Prefeitura para a volta dos treinos saísse na própria quinta-feira, o que não aconteceu, assim como no dia seguinte.
Passando a quarentena em Bauru, no interior de São Paulo, o técnico Rafael Soriano aguarda contato da diretoria do Americano para voltar a Campos. No reinício das atividades, segundo Vagner Xavier, será permitido que apenas 25 pessoas estejam no CT, entre integrantes do elenco, da comissão técnica e outros profissionais. Cada pessoa ficará hospedada em um quarto. Em espaços compartilhados, será obrigatório o uso de máscara, respeitando o distanciamento social. Para os treinos, a ideia é de implementar um modelo que diminua o contato físico entre os atletas.
Além da data, ainda não está definido o local da partida contra o America, que luta contra o rebaixamento. Até a parada do Estadual, o Americano mandou seus jogos no estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira. Porém, para enxugar os gastos no retorno, existe a possibilidade de o confronto acontecer no estádio Ângelo de Carvalho, do Campos Atlético.
Taça Rio volta com vitória do Fla e imbróglio
Com portões fechados para as torcidas no Maracanã e sem transmissão televisiva, Flamengo e Bangu protagonizaram na noite de quinta-feira o retorno do futebol não só no Rio de Janeiro, como no Brasil. Pela penúltima rodada da Taça Rio, o Rubro-Negro venceu por 3 a 0 e assumiu a liderança provisória na classificação geral do Estadual, com 25 pontos. Arrascaeta, Bruno Henrique e Pedro Rocha marcaram pelo campeão da Taça Guanabara, que precisa terminar em primeiro no somatório dos turnos para ser campeão antecipado em caso de título também da Taça Rio.
Atual vice-líder, com 24 pontos e um jogo a menos, o Fluminense não pretende entrar em campo nesta segunda (22) para enfrentar o Volta Redonda, às 22h, no Maracanã. Tanto o Flu quanto o Botafogo recorreram ao Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) tentando reverter a decisão em primeira instância, que manteve as datas dos jogos da rodada. O próximo compromisso do Fogo também está marcado para segunda, contra a Cabofriense, às 17h30, no estádio Nilton Santos.
Neste domingo (21), o Madureira recebe o Resende, às 15h30, no estádio Aniceto Moscoso, enquanto o Vasco encara o Macaé às 16h, em São Januário. Portuguesa e Boavista empataram sem gols sexta-feira à tarde, no estádio Luso Brasileiro.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS