O adeus de Guto Leite no mar que tanto amava
Matheus Berriel 19/06/2020 20:36 - Atualizado em 20/06/2020 09:55
Publicitário morreu quinta-feira, aos 50 anos, enquanto surfava
Publicitário morreu quinta-feira, aos 50 anos, enquanto surfava / Reprodução/Facebook
Empresário bem-sucedido, profissional competente e um cara do bem. Assim ficará lembrado o publicitário campista Guto Leite, proprietário da BL Publicidade, que faleceu aos 50 anos. Nas horas vagas, era um amante do mar. O mesmo que o levou na manhã da última quinta-feira, enquanto surfava em Barra do Furado, Quissamã. Guto não teria conseguido se soltar após ficar embolado em uma rede. Chegou a ser socorrido, mas não reanimado. Seu corpo foi sepultado sexta-feira, pela manhã, no cemitério Campo da Paz, em Campos. Guto deixou esposa, Bárbara Gazineu, e três filhos: Thiago e Lysandra do primeiro casamento, e Noah, fruto do matrimônio com Bárbara. Ele é irmão do radialista Eraldo Leite, presidente da Associação dos Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro (Acerj), e cunhado da prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco.
Segundo informações publicadas no blog “Ponto de Vista”, do diretor financeiro da Folha da Manhã, Christiano Abreu Barbosa, o publicitário entrou na água acompanhado por um amigo, o médico Felipe Sence Fernandes, próximo ao píer, pelo lado do Farol de São Thomé, em Campos. Ao remar para furar a arrebentação, que tinha ondas muito fortes, Guto foi empurrado pra baixo do mar, ficando submerso, preso em uma rede de pesca até se afogar.
Felipe conseguiu soltá-lo da rede e o retirou do mar com auxílio da prancha. Outros amigos que estavam na areia, se preparando para entrar na água, correram para ajudar no socorro, fazendo massagem e respiração boca a boca na tentativa de reanimá-lo. Sobre a prancha, Guto foi carregado até o Canal das Flexas e, de canoa, levado para o outro lado do píer, onde uma ambulância o aguardava. A travessia durou cerca de 15 minutos, tempo suficiente para que perdesse os sinais vitais até então presentes no pulso.
Parceria — Durante muitos anos, Guto Leite prestou serviços ao Grupo Folha de Comunicação através da BL Publicidade. Entre inúmeras peças publicitárias, é dele a logomarca comemorativa pelos 40 anos da Folha da Manhã, de 2018, tendo vencido um concurso que envolveu profissionais das áreas de marketing, publicidade e propaganda, artes plásticas e design.
— Na marca que criei, usei elementos importantes para essa data, que são o “F”, de Folha, e o número 40. Também aproveitei para inserir a #folha40anos, com o objetivo de trazer algo atual, pois estamos na era das hashtags. Pensei ainda na usabilidade da marca, então, busquei aplicá-la em camisas e outros produtos. Gostaria de agradecer o convite para participar deste concurso. Com certeza, trabalhos muito importantes foram apresentados. Fico feliz em estar junto em mais um momento em que a Folha faz acontecer, em fazer parte dessa história — disse Guto na ocasião.
O profissional também assina as logomarcas do portal Folha1, da rádio Folha FM 98,3 e dos 42 anos do grupo, além de diversas camisas temáticas da tradicional Feijoada da Folha.
Homenagens — Em nota, a Associação de Imprensa Campista (AIC) lamentou a morte de Guto: “O publicitário deixou uma marca de competência e brilhantismo na área de comunicação, com criação de campanhas de alto nível para diversos clientes em Campos e região. A AIC manifesta as suas condolências aos amigos, colegas de trabalho e familiares de Guto Leite, um querido companheiro que será sempre lembrado pela forma cortês com que tratava a todos”.
As aulas on-line de quinta-feira foram suspensas no Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora (Censa) e nos Institutos Superiores de Ensino do Censa (Isecensa). “Com imenso pesar nos despedimos de Guto Leite. A perda de um parceiro de trabalho, há mais de 30 anos partilhando o cotidiano conosco, amigo e um dos mais talentosos profissionais, que sempre distribuiu criatividade e motivação, nos deixa perplexos e enlutados. Neste momento, nos unimos em oração à sua família e amigos para que esta perda seja compreendida com a esperança do conforto de Deus”, diz a nota compartilhada pelas instituições.
A Prefeitura de Quissamã se manifestou via site oficial: “Guto Leite é muito querido no meio de comunicação e tem inúmeros trabalhos realizados pelo município. Aos familiares, nossa solidariedade nesse momento de dor”.
Guto assina vários trabalhos publicitários para a Folha, como o logo dos 40 anos
Guto assina vários trabalhos publicitários para a Folha, como o logo dos 40 anos / Folha da Manhã
Registros de uma vida iluminada
“Para nós, da família, ele era tudo. O nosso bibelô. O mais amado, o mais sensível. Nunca tinha uma palavra de desagrado para ninguém. É inacreditável que isso tenha acontecido exatamente no mar, que ele amava. Só Deus pode explicar, só a fé pode nos manter de pé”.
- Eraldo Leite, irmão
“Tudo o que fazia era sempre muito bem feito. Guto era muito querido e amava muito o surfe. Ele comprava prancha para a garotada de Barra do Furado, os levava para campeonato, incentivava a prática esportiva. Uma pessoa que vai fazer muita falta”.
- Sérgio Tinoco, irmão
“Somos sete irmãos unidos. Sou o mais velho, e Guto, o mais novo. Nascemos no mesmo dia, 21 de outubro, com 15 anos de diferença. Fui aprendendo a ser um pai para ele. Cresceu e virou um homem fantástico, preocupado com todos. Com ele, foi-se um pedaço de todos nós”.
- Oldemar Tinoco, irmão
“Extremamente generoso, de excelente caráter. Guto caminha comigo desde minha primeira campanha a vereadora, em 2004. Ele cuidava de todo o material, os vídeos, que produzia com um olhar humanizado. Perdemos uma pessoa que amamos muito”.
- Fátima Pacheco, cunhada, prefeita de Quissamã
“O que começou como uma relação de trabalho se tornou uma amizade forte. É meu padrinho de casamento, num gesto de agradecimento e reconhecimento pela oportunidade e por todos os momentos que compartilhamos em todos esses anos.”
- Felipe Fernandes, publicitário, primo de 2º grau e amigo
“Parceiro de trabalho por mais de 30 anos, um dos profissionais mais talentosos de Campos. Sua competência, além do extremo profissionalismo, vinha da entrega de alma. Uma mente brilhante, uma alma iluminada”.
- Elizabeth Landim, amiga, e vice-presidente do Censa e do IseCensa
“Uma pessoa muito boa. Um jovem sem cifrão na testa, que vivia da arte. Estou tão arrasada como se fosse um filho meu que tivesse partido, principalmente nas ondas que tanto amava. Esteja onde estiver, ele está brilhando”.
- Diva Abreu Barbosa, diretora-presidente do Grupo Folha
“Perda irreparável para o mercado publicitário. Era extremamente talentoso. Além da questão profissional, era um cara espetacular, sempre muito educado, gentil. Deixa bons frutos por onde passou”.
- Christiano Abreu Barbosa, diretor financeiro do Grupo Folha
“Convivi muito com ele quando a BL prestava serviços à Prefeitura. Pessoa da maior qualidade. Só o empurrão da própria vida nos impulsiona. Que Deus ampare e console os corações dilacerados pela dor”.
- Cristina Lima, presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima
“Além de excelente profissional, tratava todo mundo com cordialidade, com um sorriso no rosto. Tive o prazer de ter um convívio muito harmônico com ele e sua família. A gente perde um cara iluminado”.
- Wellington Cordeiro, amigo, e presidente da Associação de Imprensa de Campos
“Sempre o admirei pela sua postura ética e pelo talento das suas criações. A comunicação social perde um grande profissional, e eu, um grande parceiro, que sempre me recebeu com seu sorriso franco”.
- Genilson Paes Soares, presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Campos
“Foi como um roteiro de filme publicitário: rápido, intenso, bonito e feliz. Assim, para mim, foi a vida do melhor publicitário da região. No mar, se desligava do mundo e criava o surpreendente”.
- Thiago Bellotti, publicitário, e superintendente de Comunicação de Campos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS