Pudim namora PT para 2020
Aldir Sales - Atualizado em 02/12/2019 19:43
A presidente do diretório municipal do PT em Campos, Odisséia Carvalho, confirmou que o ex-deputado Geraldo Pudim (MDB) procurou o partido com o interesse de candidatar a vereador pela legenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Odisséia disse, ainda, que a direção petista em Campos vai se reunir na próxima semana para decidir se aceita ou não a filiação de Pudim. A informação foi publicada em primeira mão no blog do Gilberto Gomes, hospedado no Folha1.
— Na sexta-feira passada reunimos a executiva do PT Campos onde recebemos esta informação do interesse de Geraldo Pudim em se candidatar a vereador pelo partido.
Combinamos que faríamos uma reunião na semana que vem com o diretório para analisarmos esta situação e estaremos decidindo coletivamente — explicou Odisséia.
Depois de vários anos no grupo político do ex-governador Anthony Garotinho (sem partido), Geraldo Pudim pulou para o barco do MDB do então presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, e do então governador Luiz Fernando Pezão, em 2015. No ano seguinte, ele disputou a Prefeitura de Campos, mas obteve apenas 2.160 votos, e terminou na penúltima colocação. Pudim também concorreu a deputado federal em 2018, quando somou 5.046 votos, e não conseguiu se eleger.
Desde então, o ex-deputado perdeu espaço no MDB e foi substituído na direção local do partido por Netinho da Baixada.
Mesmo sem mandato, Pudim manteve a boa relação com o presidente da Alerj, André Ceciliano – que também é do PT – e conseguiu uma nomeação para ser secretário-geral da Casa.
De acordo com Gilberto Gomes, Pudim “afirmou que quer ser um ‘soldado’ do PT em 2020, que almeja ‘apenas’ concorrer a vereador e que não pretende interferir na condução e escolha da candidatura a prefeito do partido”.
No entanto, Gilberto, que também é filiado ao Partido dos Trabalhadores, relata que existe resistência ao nome do ex-parlamentar dentro do PT devido ao seu longo histórico de relação com a família Garotinho.
Atualmente, o PT possui pelo menos dois pré-candidatos a prefeito para 2020. Além de Odisséia, que é ex-vereadora, o petroleiro José Maria Rangel também se coloca no páreo. Em entrevista ao programa Folha no Ar, na rádio Folha FM 98,3, no último dia 25 de novembro, Rangel disse que o partido deve decidir o nome de seu candidato até o início de 2020.
A equipe de reportagem tentou contato com Geraldo Pudim, mas obteve retorno até o fechamento desta edição.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS